Taís Margutti do Amaral Gurgel

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3252159744888756
  • Última atualização do currículo em 26/07/2011


Doutora e Mestra em Educação , possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (2001) e formação no Curso Superior de Intéprete de Língua de Sinais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Taís Margutti do Amaral Gurgel
Nome em citações bibliográficas
GURGEL, T. M. A.


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2010
Doutorado em Educação.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Título: A formação do intérprete de língua de sinais no ensino superior, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Cristina Broglia Feitosa de Lacerda.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Palavras-chave: intérprete de língua de sinais; Ensino superior; Formação de intérpretes de língua de sinais.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
Setores de atividade: Educação.
2002 - 2004
Mestrado em Educação.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Título: O papel do instrutor surdo na promoção da vivência da língua de sinais por crianças surdas,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Maria Cecília Raphael de Góes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Palavras-chave: Educação; Libras; aquisição de linguagem; Instrutor surdo.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: surdez.
Setores de atividade: Educação.
2005 - 2007
Graduação em Curso Superior de formação de interprete de libras.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Título: Intérpretes de língua de sinais que atuam na universidade.
Orientador: Ana Claudia Lodi.
1998 - 2001
Graduação em Fonoaudiologia.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.


Formação Complementar


2007 - 2008
Extensão universitária em Curso superior de Intérprete de língua de sinais.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
2005 - 2007
Extensão universitária em Curso superior de Intérprete de língua de sinais. (Carga horária: 2000h).
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Educação Lúdica.
Educação Lúdica Jogaprende.
2000 - 2000
Extensão universitária em Língua de Sinais.
Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.


Atuação Profissional



Prefeitura, PREFEITURA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador e assessor, Carga horária: 3


Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Humanas, Programa de Doutorado em Educação.



Linhas de pesquisa


1.
Práticas Educativas e Processos de Interação

Objetivo: Este Núcleo propõe-se a estudar questões referentes à ação pedagógica e à formação do educando, focalizando práticas sociais das instituições educacionais, com ênfase na perspectiva histórico-cultural. Quanto aos contextos de investigação, o Núcleo assume três âmbitos preferenciais: processos de ensino-aprendizagem - educação infantil e ensino fundamental; práticas sociais relacionadas à inclusão social e à educação inclusiva; ações educativas em ciência, tecnologia, sociedade e ambiente ..
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: intérprete; INCLUSÃO; Ensino superior; Libras.


Projetos de pesquisa


2008 - Atual
Projeto bílíngue-Educação de surdos

Descrição: Esse projeto visa a inclusão de alunos surdos nas escolas de educação infantil, ensino médio e fundamental, contanto com a presneça de profissionais que atuam na área da surdez como intérpretes de Libras, instrutores surdos e profssores bilíngues..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Taís Margutti do Amaral Gurgel - Coordenador.


Outros Projetos


Práticas Educativas e Processos de Interação

Situação: Desativado; Natureza: Outra.

Integrantes: Taís Margutti do Amaral Gurgel - Coordenador.
O papel do instrutor surdo na promoção da vivência da língua de sinais por crianças surdas

Situação: Desativado; Natureza: Outra.

Integrantes: Taís Margutti do Amaral Gurgel - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação/Especialidade: Educação Especial.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: surdez.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: surdez/Especialidade: intérprete de língua de sinais.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: surdez/Especialidade: inclusão.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2010
Doutora em Educação, Universidade Metodista de Piracicaba.
2004
Mestre em Educação, Unimep.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
GURGEL, T. M. A. ; SANTOS, Lara Ferreira dos . O instrutor surdoem uma escola inclusiva bilíngue. In: Ana Claudia Lodi e Cristina Broglia Feitosa de Lacerda. (Org.). uma escola duas línguas:letramento em língua portuguesa e língua de sinais nas etapas iniciais de escolarização. 1ed.Porto Alegre: Editora Mediação, 2009, v. 3, p. 07-143.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GURGEL, T. M. A. . revista comunicações. revista comunicações.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GURGEL, T. M. A. . Deaf children of hearing parents and the access to sign language: focusing a group experience coordinated by a deaf adult. In: Anais da 2nd International Conference on Newborn Hearing Screening Diagnosis and Intervention, 2002, Como/Italy. Anais do 2nd International Conference on Newborn Hearing Screening Diagnosis and Intervention. Como, 2002. p. 175-175.

2.
GURGEL, T. M. A. . O papel do instrutor surdo no ensino da língua de sinais: refletindo sobre o perfil e comportamento da criança surda em grupo. In: 9o.Congresso de Iniciação Científica, 2001, Piracicaba. 9o.Congresso de Iniciação Científica. Piracicaba: Editora da Unimep, 2001. v. 1. p. 109-110.

3.
GURGEL, T. M. A. . A criança surda e a língua de sinais no contexto de sala de aula de alunos ouvintes. In: 8o.Congresso de Iniciação Científica, 2000, Piracicaba. Anais do 8o.Congresso de Iniciação Científica. Piracicaba: Editora da Unimep, 2000. v. 1. p. 227-228.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GURGEL, T. M. A. . O papel do instrutor surdo na promoção da vivência da língua de sinais por crianças surdas. In: VI encontro de pesquisa em Educação da Região Sudeste, Política, Conhecimento e Cidadania, 2004, Rio de Janeiro. VI Encontro de Pesquisa em Educação da Região do Sudeste, 2004. v. VI. p. 224-224.

Artigos aceitos para publicação
1.
GURGEL, T. M. A. ; LACERDA, Profa Dra Cristina Bf de . Perfil de tradutores-intérpretes de Libras (TILS) que atuam no ensino superior no Brasil. Revista Brasileira de Educação Especial, 2012.

2.
GURGEL, T. M. A. . O papel do instrutor surdo na promoção da vivência da língua de sinais por crianças surdas. Revista Comunicações, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
GURGEL, T. M. A. ; SANTOS, Lara Ferreira dos . Reflexões sobre a experiência do intérprete de Língua Brasileira de Sinais no espaço educacional inclusivo.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
GURGEL, T. M. A. . Intérpretes de língua de sinais no Ensino Superior ,. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
GURGEL, T. M. A. ; LACERDA, Profa Dra Cristina B F de . Necessidades Formativas e Atuação do Instrutor Surdo na Educação Infantil ,. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GURGEL, T. M. A. . Intérpretes de Língua de Sinais no Espaço Universitário: Reflexões sobre alguns caminhos percorridos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
GURGEL, T. M. A. . Curso de Libras Básico. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
GURGEL, T. M. A. ; GÓES, Profa Dra Maria Cecília Rafael de . Educação de surdos, inclusão escolar e abordagem bilíngue. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
GURGEL, T. M. A. . Atendimento às Necessidades Educacionais de Alunos que requerem Materiais, Códigos e Linguagens Alternativas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
GURGEL, T. M. A. . A educação de surdos e o movimento de inclusão social. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Demais trabalhos
1.
GURGEL, T. M. A. . Características das enunciações do instrutor surdo na promoção da viv6encia da língua de sinais por crianças surdas: um estudo de caso. 2005 (III Simpósio de práticas educativas na educação básica- a ação educativa no centro das reflexões) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GURGEL, T. M. A.. Participação em banca de gurgel.Um panorama da Educação Física na inclusão de alunos surdos em escolas regulares. 2007 - Universidade Metodista de Piracicaba.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Inclusão: do discurso à ação. 2011. (Seminário).

2.
II Congresso Nacional de Pesquisa em Tradução e Interpretação de Língua de Sinais Brasileira. 2010. (Congresso).

3.
IV Congresso Brasileiro de Educação Especial e VI Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial,. Reflexões sobre a experiência do intérprete de Língua Brasileira de Sinais no espaço educacional inclusivo. 2010. (Congresso).

4.
Intérpretes de Língua de Sinais no Espaço Universitário: Reflexões sobre alguns caminhos percorridos. Intérpretes de Língua de Sinais no Espaço Universitário: Reflexões sobre alguns caminhos percorridos. 2008. (Congresso).

5.
III Congresso Brasileiro de Educação Especial e IV Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial. III Congresso Brasileiro de Educação Especial e IV Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial. 2008. (Congresso).

6.
IV Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial. 2008. (Congresso).

7.
I Congresso Nacional de Pesquisa em Interpretação e Tradução de Língua de Sinais. 2008. (Congresso).

8.
no XIV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino (Endipe. Necessidades Formativas e Atuação do Instrutor Surdo na Educação Infantil. 2008. (Congresso).

9.
VII Simpósio de Dissertações e Teses.Intérpretes de língua de sinais no Ensino Superior . 2008. (Simpósio).

10.
I Congresso Centro-Brasileiro de Fonoaudiologia,. I Congresso Centro-Brasileiro de Fonoaudiologia,. 2007. (Congresso).

11.
VII Simpósio de Dissertações e Teses.Intérpretes de Língua de Sinais no espaço Universitário. 2007. (Simpósio).

12.
Tradutores-Intérpretes de Línguas Orais e de Libras/Português: um encontro com profissionais da área.Tradutores-Intérpretes de Línguas Orais e de Libras/Português: um encontro com profissionais da área. 2006. (Simpósio).

13.
Jornada em Comemoração aos 10 anos da Clínica de Fonoaudiologia da Universidade Metodista de Piracicaba.Letramento. 2006. (Simpósio).

14.
II Pré-Conferêncica dos Direitos da Cidadania dos Surdos de São Paulo.II Pré-Conferêncica dos Direitos da Cidadania dos Surdos de São Paulo. 2005. (Seminário).

15.
III simpósio de práticas educativas na educação básica.características das enunciações do instrutor surdo na promoção da vivência de língua de sinais por crianças surdas:um estudo de caso. 2005. (Simpósio).

16.
Grupo de Estudo de Motricidade Oral.Grupo de Estudos de Motricidade Oral. 2005. (Encontro).

17.
IV encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste. IV encontro de pesquisa em educação da Região Sudeste. 2004. (Congresso).

18.
VI Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste. VI Encontro de Pesquisa em educação da Região Sudeste. 2004. (Congresso).

19.
A comunicação eficaz na empresa e nos negócios.A comunicação eficaz na empresa e nos negócios. 2004. (Seminário).

20.
3º Seminário de intérprete de Língua de Sinais: Políticas Educacionais e comunidade Surda.3º Seminário de intérprete de Língua de Sinais: Políticas Educacionais e comunidade surda. 2004. (Seminário).

21.
2º Seminário de Intérprete de Língua de Sinais: Questões de cidadania.2ºSeminário de Intérprete de Língua de Sinais: Questões de cidadânia. 2003. (Seminário).

22.
IV Simpósio Regional de segurança e Saúde no Trabalho.IV Simpósio Regional de Segurança e Saúde no Trabalho. 2003. (Simpósio).

23.
III Simpósio de Dissertações e Teses.III Simpósio de Dissertações e Teses. 2003. (Simpósio).

24.
2nd International Conference on Newborn Hearing Screening Diagnosis anda Intervention. Anais do 2nd International Conference on Newborn Hearing Screening Diagnosis and Intervention. 2002. (Congresso).

25.
25ºReunião Anual da Anped. 25ºReunião Anual da Anped. 2002. (Congresso).

26.
V Encontro de pesquisa em Educação da Região Sudeste. V Encontro de Pesquisa em educação da Região Sudeste. 2002. (Congresso).

27.
1ºSeminário de Intérprete de Língua de Sinais em Educação.1ºSeminário de intérprete de Língua de Sinais em Educação. 2002. (Seminário).

28.
9O. Congresso de Iniciação Científica. O papel do instrutor surdo no ensino da língua de sinais: refletindo sobre o perfil e comportamento da criança surda em grupo. 2001. (Congresso).

29.
8O. Congresso de Iniciação Científica. A criança surda e a língua de sinais. 2000. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Amélia Renata Diniz Ferreira. Algumas considerações e caminhos para a educação da superação de estigmasem relação aos sujeitos portadores de defiências. 2006. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Especial) - Universidade Metodista de Piracicaba. Orientador: Taís Margutti do Amaral Gurgel.

Orientações de outra natureza
1.
Sandra Scolivat. O Deficiente Mental em sintonia com o mundo da arte e do brincar. 2004. 16 f. Orientação de outra natureza - Unimep. Orientador: Taís Margutti do Amaral Gurgel.

2.
Elizabeth Gorga. Algumas considerações sobre a surdez. 2004. 15 f. Orientação de outra natureza - Unimep. Orientador: Taís Margutti do Amaral Gurgel.



Outras informações relevantes


Fiz um curso de inglês no Canadá com 103 horas de duração.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/04/2014 às 15:40:58