Marco Antonio Fonseca Conceicao

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3023554121974587
  • Última atualização do currículo em 22/08/2014


Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Uberaba (1982), mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e doutorado em Agronomia pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Irrigação e Drenagem, atuando principalmente nos seguintes temas: irrigação, viticultura, evapotranspiração, climatologia e meteorologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marco Antonio Fonseca Conceicao
Nome em citações bibliográficas
CONCEICAO, M. A. F.

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho, Estação Experimental de Viticultura Tropical.
Córrego Barra Bonita s/nº
Barra Bonita
15700971 - Jales, SP - Brasil - Caixa-postal: 241
Telefone: (17) 36227111
Fax: (17) 36329666
URL da Homepage: http://www.cnpuv.embrapa.br


Formação acadêmica/titulação


1998 - 2002
Doutorado em Irrigação e Drenagem.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Simulação da distribuição de água em microaspersores em condição de vento, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Rubens Duarte Coelho.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Irrigação Vento Microaspersão Modelagem.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo / Especialidade: Irrigação e Drenagem.
Setores de atividade: Irrigação e Drenagem.
1984 - 1988
Mestrado em Engenharia Agrícola.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Comparação entre valores medidos e estimados do potencial matricial da água no solo utilizando fontes puntuais e lineares,Ano de Obtenção: 1988.
Orientador: Paulo Afonso Ferreira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Irrigação Solo Gotejamento Modelagem.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo / Especialidade: Irrigação e Drenagem.
Setores de atividade: Irrigação e Drenagem.
1987 - 1987
Especialização em Hidrogeologia.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Bolsista do(a): Instituto de Cooperación Iberoamericano.
1978 - 1982
Graduação em Engenharia Civil.
Universidade de Uberaba, UNIUBE, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Internacionalização de Empresas. (Carga horária: 70h).
Fundação Getúlio Vargas.
2012 - 2012
Gestão da Comunicação. (Carga horária: 60h).
Fundação Getúlio Vargas.
2012 - 2012
Ética Empresarial. (Carga horária: 60h).
Fundação Getúlio Vargas.
2011 - 2011
Presença Estratégica. (Carga horária: 60h).
Fundação Getulio Vargas - SP.
2011 - 2011
Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho. (Carga horária: 60h).
Fundação Getulio Vargas - SP.
2011 - 2011
Comunicação em Apresentações. (Carga horária: 40h).
Fundação Getúlio Vargas.
2011 - 2011
Inteligência Competitiva. (Carga horária: 70h).
Fundação Getúlio Vargas.
2011 - 2011
Estilo de Gestão e Liderança. (Carga horária: 60h).
Fundação Getúlio Vargas.
2011 - 2011
Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. (Carga horária: 60h).
Fundação Getúlio Vargas.
2009 - 2010
MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Pessoas. (Carga Horária: 410h).
Fundação Educacional de Fernandópolis, FEF, Brasil.
Título: Benefícios não financeiros como fatores de motivação.
Orientador: Marcelo Henrique Fassa Gomes.
Palavras-chave: Administração; Gestão de Pessoas; Recursos Humanos.
2009 - 2009
Gestão de Pessoas. (Carga horária: 60h).
Fundação Getulio Vargas - SP.
2009 - 2009
Competências Gerenciais. (Carga horária: 70h).
Fundação Getulio Vargas - SP.
2009 - 2009
Gestão Contemporânea. (Carga horária: 80h).
Fundação Getulio Vargas - SP.
2009 - 2009
Gestão e Desenvolvimento de Competências. (Carga horária: 70h).
Fundação Getulio Vargas - SP.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador A, Carga horária: 40

Atividades

3/1993 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho, Estação Experimental de Jales.

8/1994 - 7/1997
Direção e administração, Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho, Estação Experimental de Jales.

Cargo ou função
Supervisor III - Responsável pela Estação Experimental de Jales.
3/1988 - 2/1993
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Agricultura Irrigada, .


Universidade de Uberaba, UNIUBE, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 1988
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

10/1986 - 2/1988
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Hidráulica
9/1987 - 1/1988
Direção e administração, Departamento de Ciências Agrárias, .

Cargo ou função
Chefe de Departamento.


Linhas de pesquisa


1.
Engenharia de Irrigação
2.
Relações Solo-Água-Planta-Atmosfera
3.
Meteorologia Agrícola
4.
Viticultura
5.
Engenharia de Irrigação e Drenagem
6.
Relações Solo-Água-Planta-Atmosfera
7.
Fruticultura
8.
Olericultura


Projetos de pesquisa


2012 - Atual
Doenças fúngicas da videira em regiões tropicais: condições de ocorrência e estratégias alternativas de controle

Descrição: Vários fungos podem infectar a videira, constituindo-se num dos principais entraves para a produção qualitativa e quantitativa de uva. Além daquelas consideradas importantes para a cultura, como o míldio, o oídio, a antracnose, as podridões dos cachos e a ferrugem, doenças relativamente recentes e doenças consideradas de menor importância têm se apresentado como novos desafios à viticultura em regiões tropicais. A requeima das folhas, cuja causa ainda não foi elucidada, tem causado grandes preocupações para os produtores de Niágara Rosada da região noroeste do Estado de São Paulo nos últimos anos. A fusariose, cujas ocorrências eram raras até 2004 no Vale do São Francisco, também tem sido motivo de preocupação recente para os viticultores dessa região. Nas regiões tropicais produtoras de uvas de mesa, o programa de controle de doenças envolve aplicação maciça de fungicidas, representando cerca de 20% dos custos de manutenção da cultura. Além disso, o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos (PARA) realizado pela ANVISA classificou 56% das amostras de uva em 2009 como insatisfatórias (ANVISA, 2011). Dessa forma, alternativas economicamente viáveis e ecologicamente sustentáveis para o controle de doenças fúngicas da videira precisam ser estudadas. Assim, a adoção de modelos de previsão desenvolvidos e validados poderão reduzir e/ou tornar mais eficientes as aplicações de fungicidas, dando um importante passo para a construção de um sistema de alerta contra doenças. Ainda neste contexto, a utilização de substâncias fungitóxicas extraídas de plantas e fungos saprófitas capazes de inibir a atividade dos patógenos em níveis semelhantes àqueles observados quando aplicados os fungicidas convencionais, a utilização de produtos indutores de resistência de plantas ou revigorantes e anti-estresse, bem como a utilização de microorganismos antagonistas, têm surgido como uma nova alternativa no controle de doenças de plantas. Na presente proposta pretende-se estabelecer es.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Coordenador / Dauri José Tessmann - Integrante / Reginaldo Teodoro de Souza - Integrante / Ana Paula dos Santos Santana - Integrante / Marli de Fátima Stradioto Papa - Integrante / Aparecida Conceição Boliani - Integrante / Francislene Angelotti - Integrante / Ester Holcman - Integrante / Paulo Cesar Sentelhas - Integrante / MARCEL BELLATO SPÓSITO - Integrante / PATRICIA COELHO DE SOUZA LEAO - Integrante / ALEXANDRE HOFFMANN - Integrante / José Eduardo Boffino de Almeida Monteiro - Integrante / BERNARDO DE ALMEIDA HALFELD VIEIRA - Integrante / CARLOS ALBERTO TUAO GAVA - Integrante / EDIVALDO DOMINGUES VELINI - Integrante / FABIO ROSSI CAVALCANTI - Integrante / Fernando Perez Cappello - Integrante / Gilberto José Batista Pelinson - Integrante / JOSE MAURICIO CUNHA FERNANDES - Integrante / JOSE MAURO DA CUNHA E CASTRO - Integrante / KATIA DE LIMA NECHET - Integrante / Leonardo Sousa Cavalcanti - Integrante / Marcelo Luiz Casteleti - Integrante / Marco Antonio Tecchio - Integrante / Nelson Sidnei Massola Junior - Integrante / Rodrigo Monteiro - Integrante / Sílvia Andreu Avelhaneda Pigari - Integrante / Tadeu Calvoso Paulon - Integrante / VIVIANE MARIA ZANELLA BELLO FIALHO - Integrante / WAGNER BETTIOL - Integrante.
2011 - Atual
Produção Integrada de Uva para Processamento - Vinho e Suco

Descrição: A viticultura ocupa uma área de aproximadamente 82,5 mil hectares no Brasil e produz 1,34 milhões de toneladas de uva/ano. Portanto a cultura da videira tem relevância sócio-econômica no país, sendo o Rio Grande do Sul o maior polo vinícola do Brasil, responsável por cerca de 90% da produção nacional de vinhos e sucos, produzindo, em 2009, aproximadamente 434 milhões de litros de vinhos (Mello, 2010). A principal região produtora é a Serra Gaúcha, onde encontra-se a microrregião de Caxias do Sul (IBGE, 2010) composta por 18 municípios e que respondem por quase 90% do volume total da produção vinícola gaúcha (IBGE, 2010; Mello & Machado, 2008). O Vale do São Francisco é o segundo maior polo produtor de vinho do Brasil, com 7 vinícolas, uma área plantada de 600 ha e uma produção de 8 milhões de litros de vinho. Estes resultados lhe permitem destacar-se como modelo de desenvolvimento para o Nordeste. No entanto, a fruticultura moderna deve ser capaz de gerar produtos de qualidade e saudáveis, em conformidade com os requisitos da sustentabilidade ambiental, da segurança alimentar e da viabilidade econômica, mediante a utilização de tecnologias não-agressivas ao meio ambiente e à saúde humana (Brasil, 2001b). A Produção Integrada de Frutas viabiliza a obtenção destes objetivos, mas se, por um lado, a produção de uvas finas de mesa já conta com Normas Técnicas validadas para cultivo nos moldes da Produção Integrada (Brasil, 2003), a produção de Uvas para Processamento- Vinho e Suco, ainda não. Dessa forma, este projeto tem como objetivo principal elaborar e disponibilizar à sociedade brasileira, especialmente ao setor vitivnícola, o produto Normas Técnicas da Produção Integrada de Uvas para Processamento - Vinho e Suco..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador / Marcos Botton - Integrante / George Wellington Bastos de Melo - Integrante / Luciano Gebler - Integrante / Reginaldo Teodoro de Souza - Integrante / Gildo Almeida da Silva - Integrante / Flávio Bello Fialho - Integrante / Carlos Alberto Ely Machado - Integrante / CESAR LUIS GIRARDI - Integrante / Paulo Vitor Dutra de Souza - Integrante / CELITO CRIVELLARO GUERRA - Integrante / MAURO CELSO ZANUS - Integrante / SAMAR VELHO DA SILVEIRA - Integrante / ALBERTO MIELE - Integrante / ALEXANDRE HOFFMANN - Integrante / ANDREA DE ROSSI RUFATO - Integrante / Ana Lúcia dos Santos Stepan - Integrante / GIULIANO ELIAS PEREIRA - Integrante / JOAO CAETANO FIORAVANCO - Integrante / Jocemar Dalcorno - Integrante / LEANDRO VARGAS - Integrante / LUCAS DA RESSURREICAO GARRIDO - Integrante / LUCIANA ELENA MENDONCA PRADO - Integrante / PAULO ROBERTO COELHO LOPES - Integrante / RONALDO AUGUSTO REGLA - Integrante / Silvia Kuhn Berenguer Barbosa - Integrante / Jair Molon - Integrante.
2011 - Atual
REDE DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA A MODERNIZAÇÃO DO SETOR DA MAÇÃ NO SUL DO BRASIL

Descrição: A produção de maçã esta concentrada na Região Sul do Brasil, que é responsável por 98,5% da produção nacional. Nos últimos anos têm sido verificadas perdas de aproximadamente de 30% da produção, aliada a diminuição da qualidade. Estas perdas estão relacionadas às mudanças climáticas verificadas regionalmente, da falta de frio invernal, da deficiência hídrica em vários períodos, do surgimento de novas pragas e/ou doenças e agravamento daquelas conhecidas, da falta de tecnologias inovadoras e competitivas para o setor da maçã. A REDEMAÇÃ será estruturada com o envolvimento de estrutura multinstitucional e multidisciplinar das principais instituições e pesquisadores envolvidos com a cultura, compondo um conjunto de ações conectadas, integradas e compartilhadas, caracterizadas por ações de pesquisa desenvolvidas simultaneamente, nas três principais regiões produtores (Vacaria (RS), Fraiburgo (SC) e São Joaquim (SC). O Projeto "REDE DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA A MODERNIZAÇÃO DO SETOR DA MAÇÃ NO SUL DO BRASIL REDEMAÇÃ será coordenado pela Embrapa Uva e Vinho e contará com uma equipe formada por mais de 50 pesquisadores de alta competência e experiência, vinculados às seguintes Instituições: Embrapa Uva e Vinho, Embrapa Instrumentação Agropecuária, Embrapa Trigo, EPAGRI, ESALQ/USP, PROTERRA, UCS, UDESC, UFPel, UFSC, UFSC, UNICAMP, UNIOESTE, que atuam em pesquisa sobre maçã e sobre fruticultura. O Projeto está estruturado em três temas (Manejo de pragas e doenças da macieira; Manejo de plantas de macieira; Manejo da fruta de macieira), envolvendo 21 atividades de pesquisa e 01 atividade de gestão da Rede. A seleção das atividades de pesquisa para a elaboração desta proposta de projeto está em consonância com as diretrizes propostas pela ABPM. A obtenção de resultados e a disponibilização dos conhecimentos adquiridos no desenvolvimento do projeto, através de publicações, reuniões técnicas com o setor da maçã e em eventos científicos irá consolidar a Rede estabelecida e.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Marcos Botton - Integrante / Luciano Gebler - Integrante / Rosa Maria Valdebenito Sanhueza - Integrante / Luis Fernando Revers - Integrante / Henrique Pessoa dos Santos - Integrante / Flávio Bello Fialho - Integrante / CESAR LUIS GIRARDI - Integrante / Lucimara Rogéria Antoniolli - Integrante / Gilmar Ribeiro Nachtigall - Coordenador / Adalécio Kovaleski - Integrante / Amauri Bogo - Integrante / Frederico Denardi - Integrante / Gabriel Berenhauser Leite - Integrante / Janaína Pereira dos Santos - Integrante / José Luiz Petri - Integrante / Luiz Carlos Argenta - Integrante / Luiz Gonzaga Ribeiro - Integrante / Paulo Ricardo Dias de Oliveira - Integrante / Walter Ferreira Becker - Integrante / ANDREA DE ROSSI RUFATO - Integrante / JOAO CAETANO FIORAVANCO - Integrante / ANA BEATRIZ COSTA CZERMAINSKI - Integrante / Afonso Inácio Orth - Integrante / Atsuo Suzuki - Integrante / Edna Regina Amante - Integrante / Fabiano Fruett - Integrante / Flávio Gilberto Herter - Integrante / GILBERTO NAVA - Integrante / HAMILTON JUSTINO VIEIRA - Integrante / IVAN DAGOBERTO FAORO - Integrante / JOSE ITAMAR DA SILVA BONETI - Integrante / JOSE MASANORI KATSURAYAMA - Integrante / José Afonso Voltolini - Integrante / José Renato Stangarlin - Integrante / Karine Louise dos Santos - Integrante / MARCELO MARASCHIN - Integrante / MARCIEL JOAO STADNIK - Integrante / MARCOS DAVID FERREIRA - Integrante / Marcelo Couto - Integrante / Marcus Vinícius Kvitschal - Integrante / Marlise Nara Ciotta - Integrante / Murilo César dos Santos - Integrante / Quirino Augusto C.Carmello - Integrante / REGIS SIVORI SILVA DOS SANTOS - Integrante / Robson Marcelo Di Piero - Integrante / SILVIO ANDRE MEIRELLES ALVES - Integrante / YOSHINORI KATSURAYAMA - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2010 - Atual
Desenvolvimento de novas cultivares para a competitividade e sustentabilidade da vitivinicultura brasileira - Fase II

Descrição: O Programa de Melhoramento de Uva (PMU) vem desenvolvendo cultivares adaptadas às condições edafoclimáticas brasileiras, inclusive tropicais, por meio da obtenção de materiais resistentes a doenças e com menor requerimento de frio para quebra de dormência. A oferta de cultivares de uva com estas características contribui também para contornar os efeitos do aquecimento global, causado pela mudança climática. A trajetória do PMU, que completa 32 anos, pode ser considerada um exemplo de sucesso de estratégia. O PMU explora os recursos mantidos pelo Banco de Germoplasma de Uva e usa métodos clássicos de melhoramento aliados a ferramentas biotecnológicas. Desde 1994, foram lançadas 14 cultivares de uva, que atendem aos diversos segmentos da cadeia produtiva brasileira: uvas de mesa, comuns (2) e finas apirênicas (3), para produção de vinhos de mesa (3), e com duplo propósito (6), para elaboração de vinhos de mesa e sucos, para a Serra Gaúcha e regiões tropicais. Este projeto pretende não somente dar continuidade a esta estratégia, como reforçá-la, tendo como principal objetivo a criação de novas cultivares de uvas para mesa, vinho, suco e porta-enxertos, que apresentem adaptação, produtividade, resistência às doenças e pragas e qualidade, indispensáveis à competitividade e à sustentabilidade da cultura em condições edafoclimáticas brasileiras. O acompanhamento de áreas de produção das cultivares já lançadas pelo PMU será realizado como forma de reforçar sua adoção pelo setor produtivo e de realizar pequenos ajustes de manejo das cultivares lançadas para permitir que as mesmas expressem todo o seu potencial produtivo e qualitativo nos diversos pólos produtivos brasileiros (novos e tradicionais). Enfoque especial, através da realização de estudos básicos que permitam um melhor entendimento da relação patógeno-hospedeiro, será dado às principais doenças da videira, míldio (Plasmopara viticola) e cancro bacteriano (Xanthomonas campestris). O projeto prevê ainda o desenvolvim.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Integrante / Lucas da Ressureição Garrido - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Integrante / Reginaldo Teodoro de Souza - Integrante / Luis Fernando Revers - Integrante / Carlos Alberto Ely Machado - Integrante / CESAR LUIS GIRARDI - Integrante / Lucimara Rogéria Antoniolli - Integrante / Patrícia Silva Ritschel - Coordenador / Paulo Ricardo Dias de Oliveira - Integrante / Francislene Angelotti - Integrante / Ana Paula Artimonte Vaz - Integrante / Ana Rosa Peixoto Nascimento - Integrante / Adalberto C. Café Filho - Integrante / Adriane Marinho de Assis - Integrante / Benno Roes - Integrante / CELITO CRIVELLARO GUERRA - Integrante / Claudia Rita de Souza - Integrante / DEBORA COSTA BASTOS - Integrante / Danilo Razia - Integrante / ELCIO HIRANO - Integrante / EMILIO DELLA BRUNA - Integrante / Fábio Suano de Souza - Integrante / GEORGIOS JOANNIS PAPPAS JUNIOR - Integrante / Leocir José Welter - Integrante / MARCIO ELIAS FERREIRA - Integrante / MARCOS AURELIO MARANGON - Integrante / MARIA ANGELICA GUIMARAES BARBOSA - Integrante / MAURO CELSO ZANUS - Integrante / Marite Carlin Dal Osto - Integrante / Murillo de Albuquerque Regina - Integrante / Márcia Ortiz Mayo Marques - Integrante / PATRICIA COELHO DE SOUZA LEAO - Integrante / RITA MERCIA ESTIGARRIBIA B FAUSTIN - Integrante / Renata Vieira da Mota - Integrante / Renato Tratch - Integrante / Ricardo Enrique Bressan-Smith - Integrante / Silvia Capelari - Integrante / Stevan Grutzmann Arcari - Integrante / Sérgio Ruffo Roberto - Integrante / VERA MARIA QUECINI - Integrante / VISELDO RIBEIRO DE OLIVEIRA - Integrante / Werner Genta - Integrante.
2009 - Atual
Simulação de Cenários Agrícolas Futuros a partir de Projeções de Mudanças Climáticas Regionalizadas

Descrição: Na condição atual das pesquisas, já se avançou bastante na modelagem climática global, definindo-se níveis de incerteza para as projeções e melhorando-se a resolução dos resultados dos modelos, permitindo uma melhor diferenciação regional. Porém, a avaliação dos impactos desses cenários sobre a agricultura e a definição, a partir deles, de novos cenários agrícolas avançou pouco. Conseqüentemente, pouco se pôde propor em termos de medidas de mitigação e de adaptação. Assim, o interesse nessa proposta é avaliar e quantificar os impactos provocados pelas mudanças climáticas globais sobre as principais culturas econômicas do Brasil. Para tanto, como um refinamento ou "downscaling" dos cenários climáticos globais divulgados pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), projeções ou cenários regionalizados comporão o banco de dados de entrada para todos os modelos de todos os Projetos Componentes (PC) propostos. A partir desses cenários regionalizados é que se definirão os cenários agrícolas futuros com base em modelos matemáticos utilizados em simuladores eficientes, desenvolvidos especificamente de acordo com as necessidades computacionais desta proposta. A hipótese central que se levanta nesta proposta é a de que os impactos provocados pelas mudanças climáticas globais sobre as principais culturas econômicas do Brasil induzirão a novos cenários agrícolas futuros,caracterizados por uma nova matriz produtiva e a uma nova geografia de produção, e afetarão a economia do país, sendo possível avaliá-los e quantificá-los por meio de simulação baseada em projeções de cenários climáticos regionalizados e de técnicas de análise econômica que buscam a otimização da matriz produtiva. Para testar essa hipótese, é necessário que se responda às seguintes questões técnico-científicas: 1. Como realizar a regionalização, ou downscaling, das projeções de mudanças climáticas globais para um aumento de resolução espacial e temporal dos cenários agrícolas futuros.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Jorge Tonietto - Integrante / Henrique Pessoa dos Santos - Integrante / Giampaolo Queiroz Pellegrino - Coordenador / Ivan Rodrigues de Almeida - Integrante / Francislene Angelotti - Integrante / Maurício A Coelho - Integrante / Edson Eduardo M. Passos - Integrante / Alexandre Hugo C. Barros - Integrante / Dulce Regina Nunes Warnick - Integrante / Silvio Evangelista - Integrante / Magna Soelma - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2008 - 2011
Tecnologias para a sustentabilidade de sistemas de produção de uvas em pequenas propriedades rurais

Descrição: A produção de uvas no Brasil tem sido uma atividade desenvolvida em pequenas propriedades rurais com uso de mão-de-obra familiar, principalmente nas regiões sul e sudeste do país, diferentemente do que ocorre na região nordeste, onde prevalecem grandes empresas rurais. A viticultura, independente do destino da produção, é uma atividade geradora de emprego e renda, auxiliando, assim, na fixação do homem no campo e gerando riquezas na região onde ela se consolida. Os sistemas tradicionais de cultivo, entretanto, têm apresentado uma elevação dos custos de produção, devido ao aumento nos gastos com mão de obra e insumos. Os sistemas sustentáveis devem, assim, contemplar tecnologias de manejo que reduzam custos e incrementem a produtividade e a qualidade final do produto, o que refletirá em melhores preços de mercado. Essas tecnologias devem incrementar a eficiência de práticas culturais como manejo, adubação, irrigação, controle fitossanitário, entre outras, além de se ampliar a disponibilidade de cultivares para mesa e indústria para os produtores. Deve-se considerar, ainda, a necessidade de se reduzir o impacto da atividade sobre o meio ambiente, buscando-se adequar a viabilidade técnica e econômica da atividade com a sustentabilidade dos recursos naturais. O projeto está dividido em cinco planos de ação que contemplam a gestão do projeto (1); o controle fitossanitário da cultura (2); o manejo da água e do solo (3); e o manejo fitotécnico e a avaliação de cultivares e seleções de videiras para mesa (4) e processamento (5) em diferentes condições de clima e solo. Os planos, assim, se complementam no desenvolvimento de sistemas de produção visando menor custo, maior rentabilidade e menor impacto ambiental. As ações apresentadas no presente projeto visam dar continuidade e, ou, complementar atividades desenvolvidas no projeto do MP2 intitulado "Tecnologias para a sustentabilidade de sistemas de produção de uvas regiões tropicais do Brasil", que apresentou, como principai.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Integrante / Loiva Maria Ribeiro de Mello - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Integrante / Umberto Almeida Camargo - Integrante / Ben-Hur Mattiuz - Integrante / Dauri José Tessmann - Integrante / Reginaldo Teodoro de Souza - Coordenador / Henrique Pessoa dos Santos - Integrante / CESAR LUIS GIRARDI - Integrante / Marli de Fátima Stradioto Papa - Integrante / Aparecida Conceição Boliani - Integrante / Maria Aparecida Anselmo Tarsitano - Integrante / Salatier Buzetti - Integrante / Lucimara Rogéria Antoniolli - Integrante / Patrícia Silva Ritschel - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Inovações tecnológicas para a modernização do setor da maçã

Descrição: Desenvolvimento e implementação de tecnologias para contribuir para a modernização do setor da maçã e sua adequação aos cenários futuros..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Thor Vinícius Martins Fajardo - Integrante / Reginaldo Teodoro de Souza - Integrante / Rosa Maria Valdebenito Sanhueza - Integrante / Osmar Nickel - Integrante / Luis Fernando Revers - Integrante / Henrique Pessoa dos Santos - Integrante / Flávio Bello Fialho - Integrante / Ângela Diniz Campos - Integrante / Lucimara Rogéria Antoniolli - Integrante / Gilmar Ribeiro Nachtigall - Coordenador / João Bernardi - Integrante / Antônio Roque Dechen - Integrante / Adalécio Kovaleski - Integrante / Adilson José Pereira - Integrante / Amauri Bogo - Integrante / Clori Basso - Integrante / Eduardo da Costa Nunes - Integrante / Rufino Fernando Flores-Cantillano - Integrante / Frederico Denardi - Integrante / Gabriel Berenhauser Leite - Integrante / Janaína Pereira dos Santos - Integrante / José Itamar Boneti - Integrante / José Luiz Petri - Integrante / José Massanori Katsurayama - Integrante / Luis Antônio Suita de Castro - Integrante / Luiz Carlos Argenta - Integrante / Luiz Gonzaga Ribeiro - Integrante / Paulo Ricardo Dias de Oliveira - Integrante / Walter Ferreira Becker - Integrante / Yoshinori Matsurayama - Integrante.
Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Associação Brasileira dos Produtores de Maçã - Auxílio financeiro.
2006 - 2009
Avanços tecnológicos para monitoramento do zoneamento agrícola

Descrição: O setor agropecuário do Brasil é responsável por mais de 30% do PIB do país e exerce importância decisiva na balança comercial, com superávites que contribuem com a estabilidade econômica do Brasil. A quantificação dos riscos e a delimitação das áreas e períodos com pequenas chances de perdas são ferramentas de grande importância para a exploração racional dos sistemas de produção, com produtividades elevadas e uso sustentável dos recursos naturais. Os resultados obtidos com os zoneamentos anteriores são expressivos, mas atualmente já é possível atualizar alguns procedimentos utilizados para melhoria da qualidade dos produtos gerados. Nesse sentido, este projeto visa a desenvolver e testar em condições operacionais conceitos inovadores em termos de modelagem e simulação do crescimento de culturas agrícolas, além de desenvolver recursos e ferramentas de tecnologias da informação que possibilitem o processamento mais ágil do zoneamento, o armazenamento seguro em bancos de informações meteorológicas, de solos e de recursos naturais e, por fim, sua disponibilização via Internet de forma rápida e automática. A estrutura de pesquisa que sustenta o zoneamento agrícola de riscos climáticos pode ser também utilizada para a constituição de um sistema de previsão de safras baseados em modelos agrometeorológicos que estimem a produtividade das culturas, e em levantamentos da área cultivada a partir de amostragem aleatória. As competências em modelagem para determinação da produtividade, estatística e sensoriamento remoto para o levantamento da área cultivada, e tecnologia da informação para processamento e disponibilização das previsões, estão na Embrapa e atuam atualmente de forma desagregada. Este projeto pretende aproveitar a estrutura utilizada para a confecção do zoneamento para agregar a equipe da Embrapa envolvida em estudos que podem contribuir para a concepção e teste de um sistema de previsão de Safras demanda da CONAB configurada no projeto Ge.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Integrante / Eduardo Delgado Assad - Integrante / Silvio Roberto Medeiros Evangelista - Coordenador.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2005 - 2007
Zoneamento Pedoclimático da Viticultura no Estado de São Paulo

Descrição: A viticultura tem importância estratégica no Brasil e, no Estado de São Paulo, figura como cultura tradicional e de grande importância econômica e social em diversas regiões. Atualmente, há grande disponibilidade de conhecimentos sobre a influência de ambiente na viticultura e sobre as respostas das videiras em termos de rendimento e qualidade da produção aos fatores do meio físico. O Estado de São Paulo, no entanto, ainda não conta com um zoneamento específico para a cultura enfocando o potencial de produção de vinhos de qualidade. O planejamento operacional da produção vitícola, a análise de viabilidade econômica da atividade, a elaboração de políticas públicas e a identificação de origem dos produtos vitícolas podem ser beneficiados por estudos sobre a regionalização das condições ambientais aplicadas à viticultura. Este projeto objetiva elaborar o zoneamento da viticultura considerando a produção de uvas para mesa e para vinhos, com base em variáveis climáticas e de solo. As variáveis de maior importância e os limites críticos para cada uma delas serão definidos a partir de resultados de literatura e também serão baseados na experiência dos pesquisadores envolvidos no Projeto. Pretende-se utilizar técnicas de apoio à decisão como suporte à classificação das variáveis de clima e solo selecionadas, estabelecendo-se, com isso, uma ordem de importância das variáveis utilizando critérios menos subjetivos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Francisco Mandelli - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Coordenador / Jorge Tonietto - Integrante / Eduardo Delgado Assad - Integrante / Maria Leonor R. C. L. Assad - Integrante / Jurandir Zullo Jr - Integrante / João Carlos C. B. S. de Mello - Integrante / Hilton Silveira Pinto - Integrante / Eliane Gonçalves Gomes - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2004 - 2008
Tecnologias para a sustentabilidade de sistemas de produção de uvas em regiões tropicais do Brasil

Descrição: A viticultura é uma das atividades agrícolas com maior capacidade de gerar empregos e renda no meio rural, tanto para grandes empresas como para pequenas propriedades familiares. A produção de uvas para a indústria em regiões tropicais apresenta, em relação às regiões tradicionais de clima temperado, maior rendimento potencial e glucométrico e a possibilidade de produção e processamento durante o ano inteiro, permitindo uma redução nos custos fixos da indústria. Por essas razões, algumas indústrias foram instaladas recentemente no Sudoeste de Goiás e no Norte do Paraná, despertando interesse dos produtores. Para garantir o sucesso neste novo cenário, há necessidade de novas cultivares para compor a matriz produtiva, uma vez que parte das cultivares tradicionais não se adapta à essas condições. A produção de uvas finas de mesa, por sua vez, já está concentrada em regiões tropicais, como o Norte do Paraná, Noroeste de São Paulo e no Vale do Rio São Francisco, e tem se baseado, principalmente, no cultivo de variedades com sementes que tem elevado custo de produção em função da alta susceptibilidade às doenças fúngicas e grande demanda de mão-de-obra. A matriz produtiva com estas cultivares tem proporcionado baixo retorno econômico levando muitos viticultores ao abandono da atividade. A sustentabilidade da viticultura de mesa depende de novas cultivares e, principalmente, de uvas sem sementes com qualidades para exportação visando ocupar os períodos de pouca oferta no mercado internacional, quando os preços são muito elevados. O presente projeto tem como objetivo desenvolver tecnologias que permitam a sustentabilidade de sistemas de produção de uvas para processamento e sem sementes para mesa em regiões tropicais do Brasil. Será realizado um levantamento e um zoneamento agroclimático das regiões vitícolas tropicais, visando definir períodos mais adequados para a produção e regiões de maior potencial para o cultivo da videira. Os sistemas de produção de uvas para proces.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Francisco Mandelli - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Integrante / Jorge Tonietto - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Coordenador / José Fernando da Silva Protas - Integrante / Loiva Maria Ribeiro de Mello - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Integrante / Umberto Almeida Camargo - Integrante / Fagoni Fayer Calegario - Integrante / Luciano Gebler - Integrante / Ben-Hur Mattiuz - Integrante / Dauri José Tessmann - Integrante / José Fernando Durigan - Integrante / Glaucia de Figueiredo Nachtigal - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 25
2004 - 2008
Caracterização e controle de pragas e doenças da videira e fruteiras temperadas

Descrição: A produção de uvas e de frutas temperadas é responsável pela geração de renda para milhares de pequenos produtores que empregam mão-de-obra familiar. Para a viabilização destas atividades é importante a solução dos problemas fitossanitários, dentre outros, decorrentes do uso intensivo de agrotóxicos e de materiais para plantio não isentos de pragas e patógenos. Este projeto tem por objetivo central a caracterização, o estudo da etiologia, da epidemiologia e das medidas de controle das principais doenças e pragas de importância econômica da videira e de fruteiras temperadas. Visa-se, desta forma, a racionalização do controle químico, por meio da simulação e validação de sistemas de prognóstico de ocorrência de doenças, monitoramento e utilização de controle com tecnologias "limpas", tornando estas culturas sustentáveis e economicamente viáveis, para fortalecer a agricultura familiar e o agronegócio. Iniciando-se com a caracterização das principais pragas e patógenos, medidas de controle (químico, físico, cultural e biológico) serão avaliadas, após a determinação das variáveis ambientais que interferem no desenvolvimento de epidemias bem como na flutuação populacional das pragas, obtida por meio de simulação e monitoramento das pragas-alvo. Um sistema especialista será desenvolvido a partir da construção de uma banco de dados, para dar suporte a tomada de decisão por parte dos técnicos e produtores. Pretende-se com isto, disponibilizar preferencialmente tecnologias "limpas", tais como sistemas de alerta para racionalização das pulverizações a campo, a produção de anticorpos para detecção de viroses e a produção de microrganismos de controle biológico antagonistas a fungos fitopatogênicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Francisco Mandelli - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Integrante / Gilmar Barcelos Kühn - Integrante / Loiva Maria Ribeiro de Mello - Integrante / Lucas da Ressureição Garrido - Integrante / Marcos Botton - Integrante / Olavo Roberto Sônego - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Integrante / Saulo de Jesus Soria - Integrante / George Wellington Bastos de Melo - Integrante / Thor Vinícius Martins Fajardo - Coordenador / Luciano Gebler - Integrante / Glaucia de Figueiredo Nachtigal - Integrante / Rosa Maria Valdebenito Sanhueza - Integrante / Osmar Nickel - Integrante / Luiz Eduardo Antunes - Integrante / Luis Fernando Revers - Integrante / Lílian Amorim - Integrante / Henrique Pessoa dos Santos - Integrante / Gildo Almeida da Silva - Integrante / Flávio Bello Fialho - Integrante / Erlei Melo Reis - Integrante / César Bauer Gomes - Integrante / Carlos Alberto Ely Machado - Integrante / Ângela Diniz Campos - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
1996 - 1998
Levantamento e caracterização dos sistemas de irrigação de videiras da região de Jales, SP

Descrição: A irrigação é imprescindível para as videiras na região de Jales, SP. uma vez que o seu ciclo produtivo ocorre durante o período mais seco do ano. Essa técnica, contudo, tem sido realizada de forma empírica, proporcionando baixos níveis de eficiência no uso da água. Este projeto teve como objetivo levantar os principais parâmetros de clima, solo e dos sistemas de irrigação utilizados na região, fornecendo subsídios técnicos para um manejo racional da água pelos produtores..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
1996 - 1998
Estimativa da demanda hídrica da cultura da videira na região noroeste de São Paulo

Descrição: O objetivo desse projeto foi estimar a necessidade de água da cultura da videira sob as condições edafoclimáticas do noroeste paulista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador / João Dimas Garcia Maia - Integrante / João Mandarini Neto - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Cooperativa Agrícola Mista dos Produtores da Região de Jales - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 7
1991 - 1993
Efeito da suspensão da irrigação no meloeiro

Descrição: Esse projeto teve como objetivo determinar a melhor época para suspender a irrigação na cultura do meloeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador / Eugenio Ferreira Coelho - Integrante / Valdomiro Aurélio B Souza - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
1989 - 1991
Respostas das culturas do melão e do pimentão a diferentes manejos de irrigação em solos de tabuleiros do Baixo Parnaíba Piauiense

Descrição: O objetivo desse projeto foi avaliar a respostas das culturas do melão e do pimentão, irrigadas por gotejamento, a diferentes lâminas de irrigação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador / Eugenio Ferreira Coelho - Integrante / Valdomiro Aurélio B Souza - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
1988 - 1990
Uniformidade e eficiência de aplicação do sistema de aspersão por tubos perfurados

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Coordenador / Eugenio Ferreira Coelho - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1988 - 1990
Adequação de aspersão convencional de média e alta pressão às condições dos tabuleiros litorâneos do Piauí.

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / Eugenio Ferreira Coelho - Coordenador / Luís Carlos Nogueira - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de desenvolvimento


2004 - 2008
Desenvolvimento do sistema de produção integrada de uva para mesa no estado do Paraná

Descrição: O Objetivo desse projeto é desenvolver o Sistema de Produção Integrada de Uva de Mesa no Estado do Paraná para melhor viabilizar a atividade..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

Integrantes: Marco Antonio Fonseca Conceicao - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Jair Costa Nachtigal - Integrante / José Fernando da Silva Protas - Integrante / Lucas da Ressureição Garrido - Coordenador / Marcos Botton - Integrante / Olavo Roberto Sônego - Integrante / Rosemeire de Lellis Naves - Integrante / Umberto Almeida Camargo - Integrante / George Wellington Bastos de Melo - Integrante / Luciano Gebler - Integrante / José Odair Mazzia - Integrante / Ernestina Izumi Muraoka - Integrante / Japiassú de Melo Freire - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Fruticultura
2004 - 2007
Periódico: Revista Brasileira de Agrometeorologia
2005 - 2006
Periódico: Ciência e Agrotecnologia
2008 - Atual
Periódico: Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online)
2011 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo/Especialidade: Irrigação e Drenagem.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica/Especialidade: Hidráulica.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia/Especialidade: Relações Solo Água Planta Atmosfera.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Física do Solo.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia.
6.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Viticultura.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CONCEICAO, M. A. F.2013CONCEICAO, M. A. F. ; ZEOLI, J. J. S. ; PAULA, M. V. B. . Irrigation cutoff on BRS Clara seedless grapevines during berry ripening stage. Ciência e Técnica Vitivinícola, v. 28, p. 167-170, 2013.

2.
CONCEICAO, M. A. F.2013CONCEICAO, M. A. F. . Ajuste do modelo de Hargreaves para estimativa da evapotranspiração de referência no noroeste paulista. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, v. 7, p. 306-316, 2013.

3.
CONCEICAO, M. A. F.2013CONCEICAO, M. A. F. ; ARAÚJO, W. F. ; TONIETTO, J. ; PRADO, R. J. . Aptidão climática para o cultivo da videira em Boa Vista, Roraima. Agro@mbiente On-line, v. 7, p. 277-283, 2013.

4.
CONCEICAO, M. A. F.2012CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. ; FIALHO, F. B. . Uso da temperatura para cálculo do Índice de Seca de regiões produtoras de uva. Revista Brasileira de Fruticultura (Impresso), v. 34, p. 175-182, 2012.

5.
CONCEICAO, M. A. F.2012CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. ; ZEOLI, J. J. S. ; PAULA, M. V. B. . Coeficiente de cultura (Kc) para videira com e sem cobertura vegetal no solo. Irriga (UNESP Botucatu), v. Esp., p. 234-249, 2012.

6.
ARAÚJO, W. F.2012ARAÚJO, W. F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; VENANCIO, J. B. . Evapotranspiração de referência diária em Boa Vista (RR) com base na temperatura do ar. Irriga (UNESP Botucatu), v. Esp., p. 155-169, 2012.

7.
COSTA, T. V.2012COSTA, T. V. ; TARSITANO, M. A. A. ; CONCEICAO, M. A. F. . Caracterização social e tecnológica da produção de uvas para mesa em pequenas propriedades rurais da região de Jales-SP. Revista Brasileira de Fruticultura (Impresso), v. 34, p. 766-773, 2012.

8.
CAMARGO, U.A.2012CAMARGO, U.A. ; MANDELLI, F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Grapevine performance and production strategies in tropical climates. Asian Journal of Food and Agro-Industry, v. 5, p. 257-269, 2012.

9.
CONCEICAO, M. A. F.2011CONCEICAO, M. A. F. ; NACHTIGALL, G. R. ; CARGNINO, C. ; FIORAVANCO, J. C. . Demanda hídrica e coeficientes de cultura (Kc) para macieiras em Vacaria, RS. Ciência Rural (UFSM. Impresso), v. 41, p. 459-462, 2011.

10.
CONCEICAO, M. A. F.2010CONCEICAO, M. A. F. . Evapotranspiração de referência com base na radiação solar global estimada pelo método de Bristow-Campbell. Engenharia Agrícola (Impresso), v. 30, p. 619-626, 2010.

11.
CONCEICAO, M. A. F.2009CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Condições microclimáticas em um parreiral irrigado coberto com tela plástica. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 31, p. 423-431, 2009.

12.
ARAUJO, E. G.2009ARAUJO, E. G. ; PIEDADE, S. M. S. ; CONCEICAO, M. A. F. ; PEREIRA, J. C. . Métodos de amostragem e tamanho de amostra para avaliar o estado de maturação da uva Niágara Rosada. Revista Brasileira de Biometria, v. 27, p. 501-518, 2009.

13.
MARIN, F.R.2008MARIN, F.R. ; ASSAD, M. L. R. C. L. ; PACHECO, L. R. F. ; PILAU, F. G. ; PINTO, H. S. ; CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. ; MANDELLI, F. . Potencial de clima e solo para a viticultura no estado de São Paulo. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 16, p. 141-152, 2008.

14.
CONCEICAO, M. A. F.2007CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Avaliação de modelos para a estimativa de valores diários da radiação solar global com base na temperatura do ar. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 15, p. 103-108, 2007.

15.
CONCEICAO, M. A. F.2005 CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Climatic potential for wine grape production in the tropical north region of Minas Gerais State, Brazil. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 27, n.3, p. 404-407, 2005.

16.
CONCEICAO, M. A. F.2005CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Comparação entre métodos de estimativa da evapotranspiração de referência em Bento Gonçalves, RS. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Piracicaba, v. 13, n.2, p. 304-307, 2005.

17.
CONCEICAO, M. A. F.2004CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Efeito do vento sobre a distribuição de água por microaspersores DAN 2001. Irriga (Botucatu), Botucatu, v. 9, n.1, p. 62-71, 2004.

18.
CONCEICAO, M. A. F.2004CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Distribuição do volume de água aplicado pelo microaspersor DAN 2001. Irriga (Botucatu), Botucatu, v. 9, n.3, p. 289-295, 2004.

19.
CONCEICAO, M. A. F.2003 CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Simulating wind effect on microsprinkler water distribution. Scientia Agricola, Piracicaba, v. 60, n.2, p. 205-209, 2003.

20.
CONCEICAO, M. A. F.2003CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Ballistic model to estimate microsprinkler droplet distribution. Scientia Agricola, Piracicaba, v. 60, n.4, p. 775-778, 2003.

21.
CONCEICAO, M. A. F.2003CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Relação vazão x pressão em microaspersores Dan 2001 sob condição adversa de operação. Irriga (Botucatu), Botucatu, v. 8, n.1, p. 63-68, 2003.

22.
SOUZA, R. O. R. M.2003SOUZA, R. O. R. M. ; Lucas, A. A. T. ; Righi, E. Z. ; COELHO, R.D. ; CONCEICAO, M. A. F. . Influência da inclinação da haste e da ação do vento no desempenho do microaspersor Dan-2001. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 23, n.1, p. 64-77, 2003.

23.
CONCEICAO, M. A. F.2003 CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa da evapotranspiração de referência com base na temperatura do ar para as condições do Baixo Rio Grande, SP. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, v. 11, n.2, p. 229-236, 2003.

24.
CONCEICAO, M. A. F.2002 CONCEICAO, M. A. F. . Reference evapotranspiration based on Class A pan evaporation. Scientia Agricola, Piracicaba, SP, v. 59, n.3, p. 417-420, 2002.

25.
CONCEICAO, M. A. F.1998CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. . Estimativa da demanda hídrica da videira durante o primeiro ciclo produtivo em Jales, SP. Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 20, n.1, p. 39-44, 1998.

26.
COELHO, E.F.1998COELHO, E.F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, V. A. B. . Estimativa dos limites de disponibilidade de água em função da densidade global e da textura do solo. Revista Ceres, Viçosa, MG, v. 45, n.258, p. 183-192, 1998.

27.
COELHO, E.F.1996COELHO, E.F. ; SOUZA, V. A. B. ; CONCEICAO, M. A. F. . Comportamento da cultura da cebola em três regimes de irrigação e cinco espaçamentos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 31, n.8, p. 585-591, 1996.

28.
COELHO, E.F.1994COELHO, E.F. ; SOUZA, V. A. B. ; CONCEICAO, M. A. F. ; DUARTE, J. O. . Comportamento da cultura do tomateiro sob quatro regimes de irrigação. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 29, n.12, p. 1959-1968, 1994.

29.
COELHO, E.F.1993COELHO, E.F. ; CONCEICAO, M. A. F. . Estimativas de parâmetros de solos para fins de drenagem. Revista Ceres, v. 41, n.232, p. 553-565, 1993.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NACHTIGAL, J.C (Org.) ; CAMARGO, U.A. (Org.) ; CONCEICAO, M. A. F. (Org.) . Uvas sem sementes: cultivares BRS Clara, BRS Linda e BRS Morena. 1. ed. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2004. 88p .

Capítulos de livros publicados
1.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação e fertirrigação. In: FIORAVANÇO, J. C.; SANTOS, R.S.S. dos. (Org.). Maçã: o produtor pergunta, a Embrapa responde. 1ed.Brasília: Embrapa, 2013, v. , p. 111-121.

2.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação. In: HOFFMANN, A.; SILVEIRA, S. V. da; GARRIDO, L. da R.. (Org.). Boas práticas agrícolas na viticultura: manejo do solo e da água. 1ed.Brasília: SEBRAE, 2012, v. 2, p. 33-41.

3.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. ; MANDELLI, F. ; MAIA, J.D.G. . Condições climáticas. In: MAIA, J.D.G.; CAMARGO, U.A.. (Org.). O cultivo da videira Niágara no Brasil. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2012, v. , p. 23-29.

4.
CONCEICAO, M. A. F. . Sistemas de irrigação e manejo da água. In: MAIA, J.D.G.; CAMARGO, U.A.. (Org.). O cultivo da videira Niágara no Brasil. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2012, v. , p. 253-274.

5.
CONCEICAO, M. A. F. ; SILVA, D. J. ; PINTO, J. M. . Irrigação e fertirrigação na cultura da uva. In: MAROUELLI, W.A.; COELHO, E.F.; PINTO, J.M.; COELHO FILHO, M.A.. (Org.). Irrigação e fertirrigação em fruteiras e hortaliças. 1ed.Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2011, v. , p. 523-551.

6.
CONCEICAO, M. A. F. ; NACHTIGALL, G. R. ; CARGNINO, C. ; FIORAVANCO, J. C. ; ANTONIOLLI, L. R. . Fertirrigação da cultura da macieira. In: NACHTIGALL, G. R. (Org.). Inovações tecnológicas para o setor da maçã - Inovamaçã. 1ed.Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2011, v. , p. 199-218.

7.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Uva em clima tropical. In: MONTEIRO, J.E.B.A.. (Org.). Agrometeorologia dos cultivos: o fator meteorológico na produção agrícola. Brasília: Instituto Nacional de Meteorologia, 2009, v. , p. 519-530.

8.
CONCEICAO, M. A. F. . A irrigação no cultivo de uvas rústicas. In: BOLIANI, A.C.; FRACARO, A.A.; CORRÊA, L de S.. (Org.). Uvas rústicas: cultivo e processamento em regiões tropicais. Piracicaba: Universitária Gráfica & Editora, 2008, v. , p. 174-194.

9.
TONIETTO, J. ; MANDELLI, F. ; CONCEICAO, M. A. F. . Clima. In: NACHTIGAL, J. C.; MAZZAROLO, A.. (Org.). Uva: o produtor pergunta, a Embrapa responde. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008, v. , p. 33-42.

10.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Irrigação e fertirrigação. In: NACHTIGAL, J. C.; MAZZAROLO, A.. (Org.). Uva: o produtor pergunta, a Embrapa responde. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2008, v. , p. 85-94.

11.
CONCEICAO, M. A. F. . Clima. Sistema de Produção de Uva de Mesa do Norte de Minas Gerais. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2005, v. 11, p. -.

12.
CONCEICAO, M. A. F. . Manejo da irrigação. Sistema de Produção de Uva de Mesa do Norte de Minas Gerais. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2005, v. 11, p. -.

13.
CONCEICAO, M. A. F. ; REZENDE, R. . Clima. Sistema de Produção de Uva de Mesa no Norte do Paraná. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2005, v. 10, p. -.

14.
CONCEICAO, M. A. F. . Manejo da irrigação. Sistema de Produção de Uva de Mesa no Norte do Paraná. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2005, v. 10, p. -.

15.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação de videiras em regiões tropicais do Brasil. Sistema de Produção de Uvas Rústicas para Processamento em Regiões Tropicais do Brasil. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2005, v. 9, p. -.

16.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação: sistemas e manejo. In: Jair Costa Nachtigal; Umberto Almeida Camargo; Marco Antônio Fonseca Conceição. (Org.). Uvas sem sementes: cultivares BRS Clara, BRS Linda e BRS Morena. 1ed.Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2004, v. , p. 41-48.

17.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . O clima em regiões tropicais do Brasil. Cultivo da Videira Niágara Rosada em Regiões Tropicais do Brasil. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2003, v. 5, p. -.

18.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação em regiões tropicais. Cultivo da Videira Niágara Rosada em Regiões Tropicais do Brasil. Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2003, v. 5, p. -.

19.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação. In: Maia, J.D.G.; Kuhn, G.. (Org.). Cultivo da Niágara Rosada em Áreas Tropicais do Brasi. 1ed.Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2001, v. , p. 60-63.

20.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação da cultura da videira. In: Boliani, A.C.; Corrêa, L. de S.. (Org.). Cultura de uvas de mesa: do plantio à comercialização. 1ed.Ilha Solteira: UNESP/FAPESP, 2000, v. , p. 177-200.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura chegou a 2,0 C em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 12, 28 jul. 2013.

2.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuvas em junho ficam acima da média. Jornal de Jales, Jales, p. 09, 07 jul. 2013.

3.
CONCEICAO, M. A. F. . Será que vale a pena irrigar os vinhedos da região sul do Brasil?. Jornal da Fruta, Lages, p. 02, 01 jul. 2013.

4.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura chega a 7,4 C em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 06, 12 maio 2013.

5.
CONCEICAO, M. A. F. . Abril termina sem chuvas e com temperaturas mais amenas. Jornal de Jales, p. 12, 05 maio 2013.

6.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuvas em março ficaram acima da média. Jornal de Jales, Jales, p. 07, 07 abr. 2013.

7.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em janeiro fica abaixo da média. Jornal de Jales, Jales, p. 09, 03 fev. 2013.

8.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade do ar mais alta aumenta a sensação de calor. Jornal de Jales, Jales, p. 04, 09 dez. 2012.

9.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura em Jales chegou a 41 C. Jornal de Jales, Jales, p. 05, 04 nov. 2012.

10.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em setembro fica próximo à média. Jornal de Jales, Jales, p. 05, 07 out. 2012.

11.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade relativa do ar chega a 18% no início de setembro. Jornal de Jales, Jales, p. 09, 09 set. 2012.

12.
CONCEICAO, M. A. F. . Julho termina com pouca chuva e umidade baixa. Jornal de Jales, Jales, p. 10, 05 ago. 2012.

13.
CONCEICAO, M. A. F. . Embrapa registra temperatura de 5,5 C. Jornal de Jales, Jales, p. 4, 22 jul. 2012.

14.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em junho é superior a quatro vezes a média do mês. Jornal de Jales, Jales, p. 5, 01 jul. 2012.

15.
COSTA, T. V. ; TARSITANO, M. A. A. ; CONCEICAO, M. A. F. . Caracterização das propriedades e dos sistemas de irrigação utilizados na cultura da videira na região de Jales (SP). Jornal da Fruta, Lages, p. 04, 01 jul. 2012.

16.
CONCEICAO, M. A. F. . Trabalho caracteriza as propriedades e os sistemas de irrigação utilizados na viticultura da região. Jornal de Jales, Jales, p. 11 - 11, 24 jun. 2012.

17.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuvas em maio ficam um pouco abaixo da média. Jornal de Jales, Jales, p. 12, 03 jun. 2012.

18.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura em Jales chega a 7,9 C. Jornal de Jales, Jales, p. 5 - 5, 06 maio 2012.

19.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em março correspondeu a 30% da média mensal. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 08 abr. 2012.

20.
CONCEICAO, M. A. F. . Cerca de 70% da água consumida no Brasil é usada na irrigação. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 25 mar. 2012.

21.
CONCEICAO, M. A. F. . Em fevereiro chove apenas 26% da média mensal. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 04 mar. 2012.

22.
CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. ; ZEOLI, J. J. S. . Suspensão da irrigação e rachadura de bagas em uvas BRS Morena . Jornal da Fruta, Lages, p. 5 - 5, 01 mar. 2012.

23.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura em fevereiro alcança valor mais alto em 18 anos. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 12 fev. 2012.

24.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em janeiro fica próximo à média.. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 04 fev. 2012.

25.
CONCEICAO, M. A. F. . Estado de emergência: umidade do ar abaixo de 12%. Jornal de Jales, Jales, p. 8 - 8, 11 set. 2011.

26.
CONCEICAO, M. A. F. . Estado de alerta: umidade do ar abaixo de 20%.. Jornal de Jales, Jales, p. 7 - 7, 21 ago. 2011.

27.
CONCEICAO, M. A. F. . Agosto começa com chuva e temperatura de 4,6 C. Jornal de Jales, Jales, p. 8 - 8, 07 ago. 2011.

28.
CONCEICAO, M. A. F. . Embrapa registra temperatura de 1,6 C em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 1 - 1, 03 jul. 2011.

29.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura chega a 8,5 C no final de maio. Jornal de Jales, Jales, p. 5 - 5, 12 jun. 2011.

30.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura chega a 12,5 C na semana mais fria do ano. Jornal de Jales, Jales, p. 1 - 1, 08 maio 2011.

31.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em março foi três vezes maior do que a média. Jornal de Jales, Jales, p. 7 - 7, 03 abr. 2011.

32.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em fevereiro fica 50% acima da média. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 06 mar. 2011.

33.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuvas em Jales ficam acima da média em janeiro. Jornal de Jales, Jales, p. 5 - 5, 06 fev. 2011.

34.
ANDRADE JUNIOR, A. S. ; BASTOS, E. A. ; TONIETTO, J. ; CONCEICAO, M. A. F. . Potencial climático da região semiárida do Piauí para a produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos finos. Página Rural, 09 nov. 2010.

35.
CONCEICAO, M. A. F. . Chegada da primavera traz chuva para Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 03 out. 2010.

36.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade do ar chegou a 10%, mas aumenta no final da semana. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 19 set. 2010.

37.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade do ar chega a 13% em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 1 - 1, 29 ago. 2010.

38.
CONCEICAO, M. A. F. . Quatro meses quase sem chuvas em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 7 - 7, 08 ago. 2010.

39.
CONCEICAO, M. A. F. . Junho foi o mês mais seco do ano em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 7 - 7, 04 jul. 2010.

40.
CONCEICAO, M. A. F. . Estação da Embrapa registra 5,4 C na Barra Bonita. Jornal de Jales, Jales, p. 5 - 5, 16 maio 2010.

41.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperaturas no mês de fevereiro ficaram acima da média. Jornal de Jales, Jales, p. 3 - 3, 28 fev. 2010.

42.
CONCEICAO, M. A. F. . As chuvas em Jales em 2009 e no início de 2010. Jornal de Jales, Jales, p. 8 - 8, 31 jan. 2010.

43.
CONCEICAO, M. A. F. . Total de chuvas em outubro foi o dobro da média. Jornal de Jales, Jales, p. 8 - 8, 08 nov. 2009.

44.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . Chuva recorde em Jales no mês de setembro. Jornal de Jales, Jales, p. 1-05 - 1-05, 04 out. 2009.

45.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuva supera média em Jales no mês de agosto. Jornal de Jales, Jales, p. 1-05 - 1-05, 30 ago. 2009.

46.
CONCEICAO, M. A. F. . Massa de ar frio derruba temperaturas em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 7 - 7, 07 jun. 2009.

47.
CONCEICAO, M. A. F. . Jales registra o dia mais frio do ano. Jornal de Jales, Jales, p. 1-01 - 1-01, 24 maio 2009.

48.
CONCEICAO, M. A. F. . O calor em Jales no início de março. Jornal de Jales, Jales, p. 1-05 - 1-05, 08 mar. 2009.

49.
CONCEICAO, M. A. F. . As chuvas em Jales no início do ano. Jornal de Jales, Jales, p. 1-04 - 1-04, 15 fev. 2009.

50.
CONCEICAO, M. A. F. . As chuvas em outubro. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 06 out. 2008.

51.
CONCEICAO, M. A. F. . 28 de agosto, o dia mais quente do ano. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 31 ago. 2008.

52.
CONCEICAO, M. A. F. . Estado de atenção para a baixa umidade do ar em Jales. Jornal de Jales, Jales, SP, p. 06 - 06, 27 jul. 2008.

53.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade do ar em Jales atinge menor valor do ano. Jornal de Jales, Jales, SP, p. 04 - 04, 01 jun. 2008.

54.
CONCEICAO, M. A. F. . Umidade do ar em Jales atinge menor valor do ano. A Tribuna, Jales, SP, p. 09 - 09, 01 jun. 2008.

55.
CONCEICAO, M. A. F. . O frio chegou a Jales. Jornal de Jales, Jales, SP, p. 04 - 04, 11 maio 2008.

56.
CONCEICAO, M. A. F. . Condições climáticas em Jales durante a FACIP. Jornal de Jales, Jales, SP, p. 04 - 04, 06 abr. 2008.

57.
CONCEICAO, M. A. F. . Em fevereiro, chuva em Jales manteve a média. Jornal de Jales, Jales, p. 04 - 04, 02 mar. 2008.

58.
CONCEICAO, M. A. F. . Embrapa de Jales e a previsão de chuvas para novembro. Jornal de Jales, Jales, p. 04 - 04, 04 nov. 2007.

59.
CONCEICAO, M. A. F. . Alerta para a baixa umidade do ar em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 05 - 05, 16 set. 2007.

60.
CONCEICAO, M. A. F. . Calor e chuva em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 8 - 8, 11 mar. 2007.

61.
CONCEICAO, M. A. F. . Mudanças climáticas e irrigação de fruteiras na região Sul. Jornal da Fruta, Lages, p. 8 - 8, 30 jul. 2006.

62.
CONCEICAO, M. A. F. . O frio na região de Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 11 - 11, 21 maio 2006.

63.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperaturas e chuvas até o fim de março. Jornal de Jales, Jales, 05 fev. 2006.

64.
CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. . Uso de plásticos na produção de uvas. Jornal de Jales, Jales, p. 4 - 4, 18 dez. 2005.

65.
CONCEICAO, M. A. F. . Chuvas nos meses de setembro e outubro em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 18 - 18, 25 set. 2005.

66.
CONCEICAO, M. A. F. . Temperatura e chuvas no mês de fevereiro em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 10 - 10, 06 mar. 2005.

67.
CONCEICAO, M. A. F. . Probabilidade de chuvas em Jales. A Tribuna, Jales, p. 11 - 11, 21 nov. 2004.

68.
CONCEICAO, M. A. F. . Probabilidade de chuvas para o mês de abril em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 12 - 12, 04 abr. 2004.

69.
CONCEICAO, M. A. F. . Probabilidade de chuvas para o mês de março em Jales. Jornal de Jales, Jales, p. 10 - 10, 07 mar. 2004.

70.
CONCEICAO, M. A. F. . Região noroeste tem condições climáticas para a produção de uvas para vinhos finos. Jornal de Jales, Jales, p. 12 - 12, 19 out. 2003.

71.
CONCEICAO, M. A. F. . Embrapa prevê altas temperaturas em outubro. Jornal de Jales, Jales, p. 10 - 10, 28 set. 2003.

72.
CONCEICAO, M. A. F. . Resenha climática do mês de fevereiro de 2003. Jornal de Jales, Jales, p. 5 - 5, 30 mar. 2003.

73.
CONCEICAO, M. A. F. . Resenha climática do mês de janeiro de 2003. Jornal de Jales, Jales, p. 2 - 2, 09 fev. 2003.

74.
CONCEICAO, M. A. F. . Eficiência de aplicação de água na irrigação localizada. Portal do Fazendeiro.

75.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Potencial climático para a produção de uvas para vinhos finos na região de Pirapora (MG). Portal do Fazendeiro.

76.
CONCEICAO, M. A. F. . Necessidade de água da cultura da videira. Portal do Fazendeiro.

77.
NACHTIGALL, G. R. ; CARGNINO, C. ; CONCEICAO, M. A. F. ; FIORAVANCO, J. C. . Projeto Inovamaçã avalia efeito da irrigação e fertirrigação na cultura da macieira. Jornal da Fruta, Lages, p. 18 - 18.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CONCEICAO, M. A. F. ; EVANGELISTA, S. R. M. ; MONTEIRO, J. E. B. A. ; MANDELLI, F. ; TEIXEIRA, A. H. C. ; TONIETTO, J. . Viticultural climatic zoning in temperate, subtropical and tropical zones, Brazil: bases for estimating the impact of climate change. In: CONGRES DES TERROIRS VITIVINICOLES, 2012, Bourgogne. IX CONGRES DES TERROIRS VITIVINICOLES, 2012. p. 54-57.

2.
ARAÚJO, W. F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; PRADO, R. J. . Estimativa da necessidade de irrigação para a cultura da videira em Boa Vista (RR). In: XXII Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem, 2012, Cascavel. Cooperação e inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada. Cascavel: ABID, 2012. p. 1-6.

3.
ZEOLI, J. J. S. ; PAULA, M. V. B. ; CONCEICAO, M. A. F. . Suspensão da irrigação durante o período de maturação de frutos em videiras BRS Morena . In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 2011, Petrolina. CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM. Petrolina: ABID, 2011. p. 1-6.

4.
CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa da evapotranspiração de referência usando termômetro de baixo custo. In: CONGRESO LATINOAMERICANO Y DEL CARIBE DE INGENIERÍA AGRÍCOLA, 2010, Vitória. A engenharia agrícola e o desenvolvimento das propriedades familiares. Vitória: Incaper, 2010. p. 1-8.

5.
COSTA, T. V. ; TARSITANO, M. A. A. ; CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. . Caracterização dos produtos e do sistema de produção de uvas na regional de Jales - SP. In: CONGRESSO SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 2010, Campo Grande. Tecnologias, desenvolvimento e integração social. Campo Grande: Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2010. v. 48. p. 1-18.

6.
CONCEICAO, M. A. F. ; PAULA, M. V. B. ; ALTEMAR, A. M. S. . Transpiração de videiras sob diferentes níveis de água no solo. In: WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO, 2010, Fortaleza. WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO. Fortaleza: IFCE, 2010. v. 3. p. 230-234.

7.
CONCEICAO, M. A. F. . Planilha eletrônica para manejo da irrigação em pequenas propriedades. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 2010, Uberaba. CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM. Uberaba: ABID, 2010. v. 20. p. 1-6.

8.
CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa da evapotranspiração de referência com base na equação de BRISTOW-CAMPBELL. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2009, Juazeiro. XXXVIII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Jaboticabal: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA), 2009. v. 38.

9.
CONCEICAO, M. A. F. . Uso do método de Penman-Monteith com base em valores medidos e estimados do saldo de radiação. In: Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009, Belo Horizonte. Mudanças climáticas, recursos hídricos e energia para uma agricultura sustentável. Belo Horizonte: SBA/UFV, 2009. p. 1-5.

10.
CONCEICAO, M. A. F. ; NACHTIGALL, G. R. ; CARGNINO, C. ; FIORAVANCO, J. C. . Balanço hídrico na cultura da macieira em Vacaria, RS. In: Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009, Belo Horizonte. Mudanças climáticas, recursos hídricos e energia para uma agricultura sustentável. Belo Horizonte: SBA/UFV, 2009. p. 1-5.

11.
CONCEICAO, M. A. F. ; LACERDA, L. A. ; HENRIQUE, C. R. ; SANTANA, A. P. S. . Efeito de diferentes níveis de irrigação sobre o desempenho da videira BRS Violeta durante o primeiro ciclo produtivo. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2008, Vitória. XX Congresso Brasileiro de Fruticultura. Vitória: Incaper, 2008.

12.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Tendências climáticas na região da serra gaúcha. In: XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2007, Aracaju. Anais do XV Congresso Brasileiro de Agrometeorologia - Efeitos das mudanças climáticas na agricultura. Aracaju: SBA/Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007.

13.
CONCEICAO, M. A. F. ; LACERDA, L. A. ; HENRIQUE, C. R. ; SANTANA, A. P. S. . Resposta da videira BRS Violeta a diferentes níveis de irrigação durante o ciclo de formação dos ramos. In: Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem, 2007, Mossoró. Agricultura Irrigada no Semi-Árido. Mossoró: ABID, 2007.

14.
CONCEICAO, M. A. F. ; ARAÚJO, W. F. ; COELHO, R.D. . Distribuição de água aplicada por microaspersor invertido operando a diferentes distâncias do solo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2002, Salvador, BA. XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Cruz das Almas: SBEA/UFBA/EMBRAPA, 2002.

15.
CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Distribuição do volume de água aplicado por microaspersores utilizando rotores. . In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2002, Salvador, BA. XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Cruz das Almas: SBEA/UFBA/EMBRAPA, 2002.

16.
CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Uso de modelo balístico para a estimativa dos diâmetros de gotas aplicadas por microaspersores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2002, Salvador, BA. XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Cruz das Almas: SBEA/UFBA/EMBRAPA, 2002.

17.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . Coeficiente da cultura (Kc) para a videira Niagara Rosada em Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 2001, Fortaleza, CE. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA. Fortaleza: SBA/FUNCEME, 2001. v. 2. p. 411-412.

18.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . Relação entre os graus-dia acumulados e o coeficiente da cultura (Kc) para a videira Niagara Rosada. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 2001, Fortaleza, CE. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA. Fortaleza: SBA/FUNCEME, 2001. v. 2. p. 513-514.

19.
CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Distribuição do tamanho de gotas de microaspersores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2001, Foz do Iguaçu. XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Foz do Iguaçu: SBEA/UNIOESTE, 2001.

20.
ARAÚJO, W. F. ; CONCEICAO, M. A. F. . Determinação do fator de sensibilidade ao déficit hídrico na cultura do amendoim. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2000, Fortaleza. XXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Fortaleza: SBEA/UFC, 2000.

21.
SOUZA, V. F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; FOLEGATTI, M. V. ; ALENCAR, C. M. ; FRIZZONE, J. A. ; CORRÊA, R. A. . Distribuição de fertilizantes sob diferentes concentrações da solução aplicada via água de irrigação por gotejamento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2000, Fortaleza. XXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Fortaleza: SBEA/UFC, 2000.

22.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . Programação da irrigação para a cultura da videira na região de Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 1997, Campina Grande. XXVI Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Campina Grande: SBEA/UFPB, 1997.

23.
CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, E.F. ; SOUZA, V. A. B. . Efeito da suspensão da irrigação na cultura do melão. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 1996, Campinas. XI CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM. Campinas: ABID, 1996. p. 120-132.

24.
CONCEICAO, M. A. F. . Desempenho de tubos perfurados para irrigação por aspersão. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 1992, Natal. IX Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem. Fortaleza: ABID, 1991. p. 1207-1220.

25.
COELHO, E.F. ; NOGUEIRA, L. C. ; CONCEICAO, M. A. F. . Comportamento de aspersores de média pressão sob diferentes condições de vento. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 1992, Natal. IX Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem. Fortaleza: ABID, 1991. p. 153-171.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. ; ZEOLI, J. J. S. ; PAULA, M. V. B. . Coeficiente de cultura (Kc) para videira com e sem cobertura vegetal no solo.. In: INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING.; WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO, 2012, Fortaleza. INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING.; WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO. Fortaleza: INOVAGRI, 2012.

2.
ARAÚJO, W. F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; VENANCIO, J. B. . Evapotranspiração de referência diária em Boa Vista (RR) com base na temperatura do ar. In: INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING.; WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO, 2012, Fortaleza. INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING.; WORKSHOP INTERNACIONAL DE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA IRRIGAÇÃO. Fortaleza: INOVAGRI, 2012.

3.
HOLCMAN, E. ; CONCEICAO, M. A. F. ; SENTELHAS, P. C. ; SOUZA, R. T. . Alterações microclimáticas e qualidade dos frutos da videira BRS Morena com dois tipos de cobertura plástica na região de Jales, SP. In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves. XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura. Bento Gonçalves: SBF, 2012. p. 1-4.

4.
HOLCMAN, E. ; SILVA, K. F. B. ; CONCEICAO, M. A. F. . Distribuição da umidade em solo cultivado com videira BRS Morena sob dois tipos de cobertura plástica, na região de Jales (SP). In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves. XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura. Bento Gonçalves: SBF, 2012. p. 1-4.

5.
CONCEICAO, M. A. F. ; ARAÚJO, W. F. ; TONIETTO, J. . Condições climáticas para a produção de uvas na região de Boa Vista, RR. In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves. XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura. Bento Gonçalves: SBF, 2012. p. 1-4.

6.
CONCEICAO, M. A. F. . Manejo da irrigação de videiras com o uso de planilhas eletrônicas. In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves. XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura. Bento Gonçalves: SBF, 2012. p. 1-4.

7.
SANTANA, A. P. S. ; BALDIN, I. ; ALTEMAR, A. M. S. ; PAULA, M. V. B. ; CONCEICAO, M. A. F. . Modelos para estimativa da área foliar das videiras BRS Clara e BRS Morena. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. v. 21.

8.
PAULA, M. V. B. ; CONCEICAO, M. A. F. ; ALTEMAR, A. M. S. ; SOUZA, R. T. . Consumo hídrico da videira Niágara Rosada sob diferentes tipos de cobertura de solo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. v. 21.

9.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. ; FIALHO, F. B. . Uso da equação de Hargreaves no índice de seca da classificação climática multicritérios geovitícola. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. v. 21.

10.
CONCEICAO, M. A. F. . Modelos de estimativa do saldo de radiação na região noroeste do estado de São Paulo. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 2006, GOIÂNIA. CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM. Viçosa: Contexto/CENTEV/UFV, 2006.

11.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Estimativa diária da radiação solar incidente com base no número de horas de brilho solar para a região de Bento Gonçalves, RS. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 2005, CAMPINAS. ANAIS DO XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA. CAMPINAS: SOCIEDADE BRASILEIRA DE AGROMETEOROLOGIA/UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, 2005.

12.
CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Estimativa da radiação solar incidente com base na amplitude térmica diária. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 2005, CAMPINAS. ANAIS DO XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA. CAMPINAS: SOCIEDADE BRASILEIRA DE AGROMETEOROLOGIA/UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, 2005.

13.
CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Estimativa da evapotranspiração de referência utilizando os métodos de Hargreaves-Samani e do tanque Classe A. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 2005, CAMPINAS. ANAIS DO XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA. CAMPINAS: SOCIEDADE BRASILEIRA DE AGROMETEOROLOGIA/UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, 2005.

14.
CONCEICAO, M. A. F. . Comparação entre métodos de estimativa da evapotranspiração de referência para o Noroeste Paulista. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2004, São Pedro. XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Campinas: Faculdade de Engenharia Agrícola da UNICAMPEmbrapa Informática Agropecuária, 2004.

15.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação da videira com base nos valores médios da evapotranspiração de referência. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2004, São Pedro. XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Campinas: FEAGRI-UNICAMP/Embrapa Informática Agropecuária, 2004.

16.
CONCEICAO, M. A. F. ; COELHO, R.D. . Efeito do vento sobre a distribuição de água por microaspersores sob diferentes condições operacionais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2004, São Pedro. XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. Campinas: FEAGRI-UNICAMP/Embrapa Informática Agropecuária, 2004.

17.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Estimativa da evapotranspiração de referência diária usando métodos baseados na temperatura do ar. In: REUNIÓN ARGENTINA Y LATINOAMERICANA DE AGROMETEOROLOGÍA, 2004, Mar del Plata. X REUNIÓN ARGENTINA YIV LATINOAMERICANA DE AGROMETEOROLOGÍA. Mar del Plata: Associación Argentina de Agrometeorologia, 2004.

18.
CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Efeito de variáveis meteorológicas sobre a evapotranspiração de referência em uma região de clima tropical úmido do Brasil. In: REUNIÓN ARGENTINA Y LATINOAMERICANA DE AGROMETEOROLOGÍA, 2004, Mar del Plata. X REUNIÓN ARGENTINA Y IV LATINOAMERICANA DE AGROMETEOROLOGÍA. Mar del Plata: Associación Argentina de Agrometeorologia, 2004.

19.
CONCEICAO, M. A. F. . Uniformidade de distribuição de água superficial e subsuperficial para microaspersores invertidos. In: Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem, 2003, Juazeiro. XIII Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem. Juazeiro: ABID, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
HOLCMAN, E. ; CONCEICAO, M. A. F. ; SENTELHAS, P. C. . Molhamento foliar em videira BRS Clara com e sem tela de sombreamento. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2012, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012. p. 54-54.

2.
SILVA, K. F. B. ; SOUZA, R. T. ; CONCEICAO, M. A. F. . Avaliação do crescimento inicial da videira BRS Morena sobre diferentes porta-enxertos. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2012, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012. p. 55-55.

3.
HOLCMAN, E. ; SENTELHAS, P. C. ; CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa do saldo de radiação sobre um cultivo de videira BRS Clara com e sem tela de sombreamento. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2011, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2011. p. 47-47.

4.
SILVA, K. F. B. ; SOUZA, R. T. ; CONCEICAO, M. A. F. . Aspectos biométricos e de produção da cultivar 'BRS Morena' em cultivo protegido. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2011, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA; ENCONTRO DE PÓS-GRADUANDOS DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2011. p. 46-46.

5.
CAMARGO, U.A. ; MANDELLI, F. ; CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Grapevine performance and production strategies in tropical climates. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON TROPICAL WINE, 2011, Chiang Mai. INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON TROPICAL WINE. Chiang Mai: Rajamangala University of Technology Lanna Doi Saket, 2011. p. 33-33.

6.
MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. ; CONCEICAO, M. A. F. ; MACHADO, C. A. E. ; RITSCHEL, P. S. . Estimativa das necessidades térmicas de germoplasma de videira. III. Híbridas (Vitis spp). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS, 2010, Salvador. CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS. Salvador: Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos, 2010. v. 1.

7.
MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. ; CONCEICAO, M. A. F. ; MACHADO, C. A. E. ; RITSCHEL, P. S. . Estimativa das necessidades térmicas de germoplasma de videira. II. Vitis Labrusca e Vitis bourquina. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS, 2010, Salvador. CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS. Salvador: Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos, 2010. v. 1.

8.
CAMARGO, U.A. ; MAIA, J.D.G. ; CONCEICAO, M. A. F. ; MACHADO, C. A. E. ; RITSCHEL, P. S. . Estimativa das necessidades térmicas de germoplasma de videira. I. Vitis vinifera. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS, 2010, Salvador. CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS. Salvador: Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos, 2010. v. 1.

9.
CONCEICAO, M. A. F. ; SAVEGNAGO, R. R. ; SANTOS, L. C. ; TEIXEIRA, E. C. Z. ; SANTANA, A. P. S. . Suspensão da irrigação durante o período de maturação de uvas para suco. In: CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA, 2009, Montevideo. CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA. MONTEVIDEO: ASOCIACIÓN DE ENÓLOGOS DEL URUGUAY, 2009. p. 1-1.

10.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigation water requirement for grapevines using two reference evapotranspiration methods. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON IRRIGATION OF HORTICULTURAL CROPS, 2009, Viña del Mar. INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON IRRIGATION OF HORTICULTURAL CROPS. Talca: Universidad de Talca/ISHS, 2009. p. 148-148.

11.
PAULA, M. V. B. ; ALTEMAR, A. M. S. ; CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. . Umidade do solo com e sem cobertura morta em área de Niágara Rosada conduzida em espaldeira na Região de Jales, SP. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2009, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2009. v. 7. p. 17-17.

12.
CARGNINO, C. ; NACHTIGALL, G. R. ; CONCEICAO, M. A. F. . Crescimento de frutos de macieira submetidos a tratamento de irrigação e fertirrigação. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA UVA E VINHO, 2009, Bento Gonçalves. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA UVA E VINHO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2009. v. 7. p. 17-17.

13.
SOUZA, R. T. ; CONCEICAO, M. A. F. ; MORANTE, J. P. ; SANTANA, A. P. S. . Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura da videira, cultivar BRS Violeta. In: Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2008, Bento Gonçalves. XII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia: novos horizontes para a vitivinicultura brasileira. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008. p. 134-134.

14.
CONCEICAO, M. A. F. ; LACERDA, L. A. ; HENRIQUE, C. R. ; SANTANA, A. P. S. . Estimativa do teor de sólidos solúveis totais de uvas da cultivar BRS Violeta. In: Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2008, Bento Gonçalves. XII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia: novos horizontes para a vitivinicultura brasileira. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008. p. 126-126.

15.
CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Efeito da irrigação sobre as condições microclimáticas na cultura da videira. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2006, CABO FRIO. Frutas do Brasil: saúde para o mundo. Cabo Frio: SBF/UENF/UFRRJ, 2006. p. 417-417.

16.
CONCEICAO, M. A. F. ; MARIN, F.R. . Efeito da cobertura de tela e do dossel da cultura na radiação solar incidente em videiras. In: CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA, 2005, Bento Gonçalves. 4 Encontro de Iniciação Científica da Embrapa Uva e Vinho. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2005. v. 1. p. 251-251.

17.
CONCEICAO, M. A. F. ; REZENDE, R. . Irrigação com base na temperatura do ar em áreas de produção integrada de uvas na região norte do Paraná. In: SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRODUÇÃO INTEGRADA, 2005, Fortaleza. Documentos - Embrapa Agroindústria Tropical. Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical, 2005. v. 1. p. 120-120.

18.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Climatic potential to produce grapes for wine-making in the tropical North Region of Minas Gerais State, Brazil. In: Joint International Conference on Viticultural Zoning, 2005, Cape Town. South African Journal of Enology and Viticulture. Dennesig, 2005. v. 26. p. 22-23.

19.
CONCEICAO, M. A. F. . Índices climáticos para o cultivo de uvas para vinho na região noroeste do Estado de São Paulo.. In: CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA, 2003, SANTIAGO DE CHILE. CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA CHILE 2003. SANTIAGO DE CHILE: PONTIFÍCIA UNIVERSIDAD CATÓLICA DE CHILE, 2003. p. 26-26.

20.
CONCEICAO, M. A. F. . Uso de dados meteorológicos para o controle do míldio da videira na região noroeste do Estado de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2003, BENTO GONÇALVES. CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. BENTO GONÇALVES: EMBRAPA UVA E VINHO, 2003. p. 195-195.

21.
CONCEICAO, M. A. F. . Condições climáticas para a produção de uvas de mesa na região do Baixo São Francisco. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2003, BENTO GONÇALVES. CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. BENTO GONÇALVES: EMBRAPA UVA E VINHO, 2003. p. 195-195.

22.
CONCEICAO, M. A. F. . Perspectivas para a produção de vinhos finos no Brasil Central. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2003, BENTO GONÇALVES. CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. BENTO GONÇALVES: EMBRAPA UVA E VINHO, 2003. p. 228.

23.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDARINI NETO, J. ; MAIA, J.D.G. . Evapotranspiração da videira Niágara Rosada em Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 1999, Bento Gonçalves, RS. IX CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. Bento Gonçalves: EMBRPA/CNPUV, 1999.

24.
SOUZA, V. F. ; ALENCAR, C. M. ; CONCEICAO, M. A. F. ; FRIZZONE, J. A. ; FOLEGATTI, M. V. ; CORRÊA, R. A. . Distribuição espacial e temporal de fertilizantes em um sistema de irrigação por gotejamento. In: Workshop de Fertirrigação, 1999, Piracicaba. I Workshop de Fertirrigação. Piracicaba: DER/ESALQ/USP, 1999. p. 5-5.

25.
CONCEICAO, M. A. F. . Balanço hídrico climatológico para a videira na região noroeste de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 1999, Bento Gonçalves. IX Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: EMBRAPA/CNPUV, 1999.

26.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDARINI NETO, J. ; MAIA, J.D.G. . Manejo da irrigação da videira utilizando-se tensiômetros. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 1998, Poços de Caldas. XV Congresso Brasileiro de Fruticultura. Lavras: UFLA, 1998. p. 749-749.

27.
MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. ; CZERMAINSKI, A. B. C. ; RIBEIRO, V. G. ; CONCEICAO, M. A. F. . Avaliação de cultivares de uvas americanas em Jales-noroeste paulista. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 1998, Poços de Caldas. XV Congresso Brasileiro de Fruticultura. Lavras: UFLA, 1998. p. 750-750.

28.
CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa da evapotranspiração de referência para a região vitícola de Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 1996, Bento Gonçalves. VIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: EMBRAPA/CNPUV, 1996. p. 66-66.

29.
MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. ; CZERMAINSKI, A. B. C. ; CONCEICAO, M. A. F. . Avaliação de cultivares de uvas de mesa com sementes em Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 1996, Bento Gonçalves. VIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: EMBRAPA/CNPUV, 1996. p. 34-34.

30.
MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. ; CZERMAINSKI, A. B. C. ; CONCEICAO, M. A. F. . Avaliação de cultivares de uvas de mesa apirênicas em Jales, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 1996, Bento Gonçalves. VIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: EMBRAPA/CNPUV, 1996. p. 33-33.

31.
CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. ; CAMARGO, U.A. . Estimativa da demanda hídrica da videira durante o primeiro ciclo produtivo em Jales, SP.. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 1996, Curitiba. XIV Congresso Brasileiro de Fruticultura. Londrina: IAPAR, 1996. p. 409-409.

Outras produções bibliográficas
1.
CONCEICAO, M. A. F. . Critérios para o manejo da irrigação de videiras em pequenas propriedades no noroeste paulista. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2013 (Circular Técnica).

2.
CONCEICAO, M. A. F. ; SOUZA, R. T. . Efeito da cobertura vegetal do solo sobre o consumo de água de videiras Niágara Rosada . Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2013 (Comunicado Técnico).

3.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrivitis: planilha para manejo da irrigação em videiras. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012 (Comunicado Técnico).

4.
CONCEICAO, M. A. F. . Estratégias de manejo para aumentar a eficiência do uso da água na viticultura irrigada. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012 (Comunicado Técnico).

5.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Clima vitícola da região de Jales (SP). Bemto Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2012 (Documentos).

6.
COSTA, T. V. ; TARSITANO, M. A. A. ; CONCEICAO, M. A. F. . Caracterização dos produtores de uvas de mesa e dos sistemas de irrigação da região de Jales (SP). Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2011 (Comunicado Técnico).

7.
CONCEICAO, M. A. F. . Uso de termômetro de baixo custo para estimar a evapotranspiração das culturas. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2010 (Comunicado Técnico).

8.
CONCEICAO, M. A. F. ; CARGNINO, C. ; NACHTIGALL, G. R. ; FIORAVANCO, J. C. . Consumo de água e coeficiente de cultura (Kc) para macieiras em Vacaria - RS. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2010 (Comunicado Técnico).

9.
CONCEICAO, M. A. F. . Balanço hídrico em fruteiras. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2010 (Circular Técnica).

10.
ANDRADE JUNIOR, A. S. ; TONIETTO, J. ; BASTOS, E. A. ; CONCEICAO, M. A. F. . Potencial climático da região semiárida do Piauí para a produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos finos. Teresina: Embrapa Meio Norte, 2010 (Documentos).

11.
CONCEICAO, M. A. F. . Efeito da irrigação por microaspersão nas condições microclimáticas de vinhedos. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2009 (Comunicado Técnico).

12.
CONCEICAO, M. A. F. . Novo método para estimativa da evapotranspiração de referência com base na temperatura do ar. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2009 (Comunicado Técnico).

13.
CONCEICAO, M. A. F. . Microclima em vinhedo coberto com tela plástica. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2009 (Comunicado Técnico).

14.
CONCEICAO, M. A. F. . Condições predominantes dos ventos em Jales (SP). Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008 (Comunicado Técnico).

15.
CONCEICAO, M. A. F. . Tendências da precipitação pluvial na região de Jales (SP). Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008 (Comunicado Técnico).

16.
CONCEICAO, M. A. F. . A irrigação na produção de uvas para elaboração de vinhos finos. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2008 (Circular Técnica).

17.
CONCEICAO, M. A. F. ; ZANETONI, L. P. . Estimativa de chuvas usando pluviômetros plásticos. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2007 (Comunicado Técnico).

18.
CONCEICAO, M. A. F. . Roteiro de cálculo da evapotranspiração de referência pelo método de Penman-Monteith-FAO. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2006 (Circular Técnica).

19.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. ; ZAT, D. A. . Variações climáticas na região da Serra Gaúcha. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2006 (Comunicado Técnico).

20.
CONCEICAO, M. A. F. . Estimativa do saldo de radiação no noroeste paulista com base na radiação solar incidente. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2006 (Comunicado Técnico).

21.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação e fertirrigação de macieiras. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2006 (Circular Técnica).

22.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Estimativa diária da radiação solar incidente com base no número de horas de brilho solar para a região de Bento Gonçalves, RS. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2006 (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento).

23.
CONCEICAO, M. A. F. ; TONIETTO, J. . Potencial climático da região norte de Minas Gerais para a produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos finos. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2005 (Comunicado Técnico).

24.
CONCEICAO, M. A. F. . Probabilidade de ocorrência de chuvas na região de Jales, SP. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2005 (Comunicado Técnico).

25.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDELLI, F. . Cálculo da evapotranspiração de referência com base na temperatura do ar. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2005 (Comunicado Técnico).

26.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação de fruteiras por microaspersão. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2004 (Circular Técnica).

27.
KÜHN, G.B. ; MELO, G.W.B. de ; NACHTIGAL, J.C ; MAIA, J.D.G. ; PROTAS, J.F. da S. ; MELLO, L.M.R. de ; GARRIDO, L. da R. ; CONCEICAO, M. A. F. ; BOTTON, M. ; SÔNEGO, O.R. ; NAVES, R. de L. ; SORIA, S. de J. ; CAMARGO, U.A. . Cultivo da videira Niágara Rosada em regiões tropicais do Brasil. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2003 (Sistema de Produção).

28.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação da videira em regiões tropicais do Brasil. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2003 (Circular Técnica).

29.
CONCEICAO, M. A. F. . Determinação da evapotranspiração de referência com base na evaporação do tanque Classe A na região noroeste de São Paulo. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2001 (Comunicado Técnico).

30.
CONCEICAO, M. A. F. ; MANDARINI NETO, J. . Informações para a irrigação da videira na região de Jales. Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 1998 (Comunicado Técnico).

31.
PASSOS, E.M. ; CONCEICAO, M. A. F. ; MAIA, J.D.G. . Germinação da semente e desenvolvimento de plântulas de coqueiro no noroeste de São Paulo. Aracaju: Embrapa CNPCo, 1997 (Comunicado Técnico).

32.
CONCEICAO, M. A. F. . Critérios para a instalação de quebra-ventos. Bento Gonçalves: Embrapa CNPUV, 1996 (Comunicado Técnico).

33.
ANDRADE, C. de L.T. de ; SILVA, A.A.G. da ; SOUZA, I.R.P. de ; CONCEICAO, M. A. F. . Coeficientes de cultivo e de irrigação para o Caupi. Paranaíba: Embrapa CNPAI, 1993 (Comunicado Técnico).

34.
CONCEICAO, M. A. F. . Época da suspensão da irrigação na cultura do melão. Parnaíba: Embrapa CNPAI, 1992 (Pesquisa em Andamento).

35.
CONCEICAO, M. A. F. . Dimensionamento de tubulações e uniformidade de vazão para sistemas de irrigação por gotejamento. Parnaíba: Embrapa CNPAI, 1991 (Comunicado Técnico).

36.
COELHO, E.F. ; CONCEICAO, M. A. F. . Recomendações para instalações de drenos de bambu e drenos livres. Parnaíba: Embrapa CNPAI, 1990 (Circular Técnica).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
CONCEICAO, M. A. F. . IRRIVITIS: Planilha para manejo da irrigação em videiras. 2012.

2.
MARIN, F.R. ; ASSAD, M. L. R. C. L. ; PINTO, H. S. ; CONCEICAO, M. A. F. ; PILAU, F. G. ; TONIETTO, J. ; MANDELLI, F. ; ZULLO JR, J. ; ASSAD, E. D. ; PACHECO, L. R. F. . Zoneamento pedoclimático da vitivinicultura do Estado de São Paulo (Brasil). 2009.

3.
CONCEICAO, M. A. F. . Planilhas para estimativa diária da evapotranspiração das culturas (ETc) utilizando valores da temperatura do ar. 2008.

4.
CONCEICAO, M. A. F. . Planilha para cálculo da evapotranspiração em estações de alerta fitossanitário. 2008.

5.
CONCEICAO, M. A. F. . Planilha para cálculo diário da evapotranspiração de referência pelo método de Penman-Monteith parametrizado pela FAO. 2007.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
VASCONCELLOS, M. A. S.; MARTELLETO, L. A. P.; CONCEICAO, M. A. F.. Participação em banca de Miquéias Permanhani. Produção e Comportamento Fenológico da Videira 'Niágara Rosada' no Norte do Estado do Rio de Janeiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

2.
ARAUJO, E. G.; PIEDADE, S. M. S.; CONCEICAO, M. A. F.. Participação em banca de Elton Gean Araújo. Métodos de amostragem e tamanho de amostra para avaliar o estado de maturação da uva Niágara Rosada. 2008. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Estatística e Experimentação Agronômica)) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MARODIN, G. A. B.; SANTOS, H. P.; BERGAMASCHI, H.; SOUZA, P. V. D.; CONCEICAO, M. A. F.; CHAVARRIA, G.. Participação em banca de Leonardo Cury da Silva. Ecofisiologia e relações hídricas no cultivo protegido de videiras "Itália" (Vitis vinifera L.). 2011. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
COELHO, R.D.; CONCEICAO, M. A. F.; PEREIRA, A. S.; FOLEGATTI, M. V.; FRIZZONE, J. A.. Participação em banca de Ralini Ferreira de Mélo. Dinâmica e controle do entupimento de gotejadores em função de precipitados químicos e fitoplâncton. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Agronomia - Área de concentração em Irrigação e Drenagem) - Universidade de São Paulo.

3.
COELHO, R.D.; FOLEGATTI, M. V.; ZOCOLER, J. L.; SAAD, J. C. C.; CONCEICAO, M. A. F.. Participação em banca de Ronaldo Souza Resende. Intrusão radicular e efeito de vácuo em gotejamento enterrado na irrigação de cana-de-açúcar. 2004. Tese (Doutorado em Irrigação e Drenagem) - Universidade de São Paulo.




Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Ester Holcman. SISTEMAS DE ALERTA FITOSSANITÁRIO PARA O CONTROLE DO MÍLDIO EM VINHEDOS CONDUZIDOS COM E SEM COBERTURAS PLÁSTICAS, NA REGIÃO DE JALES, SP. Início: 2012. Tese (Doutorado em ENGENHARIA DE SISTEMAS AGRÍCOLAS) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Co-orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Jéssica de Jesus Sousa Zeoli. Irrigação com déficit na cultura da videira. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnologia em Agronegócio) - Faculdade de Tecnologia de Jales, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Fonseca Conceicao.

2.
Marcos Vinicius Bogas de Paula. Irrigação com déficit na cultura da videira. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnologia em Agronegócio) - Faculdade de Tecnologia de Jales, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Fonseca Conceicao.

3.
Renato Rodrigo Savegnago. Desenvolvimento da videira sob restrições hídricas. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Centro Universitário de Jales, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Fonseca Conceicao.

4.
Lígia Alves Lacerda. Resposta da videira a diferentes lâminas de irrigação. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Biologia) - Centro Universitário de Jales, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Antonio Fonseca Conceicao.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
CONCEICAO, M. A. F. . Irrigação e fertirrigação. In: FIORAVANÇO, J. C.; SANTOS, R.S.S. dos. (Org.). Maçã: o produtor pergunta, a Embrapa responde. 1ed.Brasília: Embrapa, 2013, v. , p. 111-121.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2014 às 1:01:24