Beny Spira

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1153835367118420
  • Última atualização do currículo em 13/12/2018


Professor livre-docente da Universidade de São Paulo. Biólogo, possui doutorado em genética molecular pela Universidade de Tel-Aviv e pós-doutorado na Universidade de Sydney. Coordena o Laboratório de Genética Bacteriana. As linhas de pesquisa atuais do laboratório são: Mecanismo de seleção de mutantes, Evolução de bactérias em tempo real, Mecanismo do acúmulo de polifosfato em bactérias, Construção de bactérias geneticamente modificadas da espécie Pseudomonas aeruginosa para a biorremediação de águas residuárias. Atua principalmente nos seguintes temas: evolução e adaptação de bactérias ao ambiente, controle da expressão gênica, bactérias ambientais e biorremediação de águas residuárias. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Beny Spira
Nome em citações bibliográficas
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.
Avenida Professor Lineu Prestes
Butantã
05508000 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30918346
URL da Homepage: www.icb.usp.br/~benys


Formação acadêmica/titulação


1992 - 1997
Doutorado em Genética Molecular.
Tel Aviv University, TAU, Israel.
Título: Studies on the control of the PHO regulon and the phosphate specific transport of Escherichia coli, Ano de obtenção: 1998.
Orientador: Ezra Yagil.
Bolsista do(a): Tel Aviv University, TAU, Israel.
Palavras-chave: PHO regulon; pst.
Grande área: Ciências Biológicas


Pós-doutorado e Livre-docência


2010
Livre-docência.
Instituto de Ciencias Biomedicas, ICB, Brasil.
Título: Adaptação de Escherichia coli à limitação nutricional, Ano de obtenção: 2010.
Palavras-chave: chemostat; EPEC; estresse nutricional; expressão gênica; PHO regulon; rpoS.
Grande área: Ciências Biológicas
2006 - 2007
Pós-Doutorado.
The University of Sydney, U.SYDNEY, Austrália.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos / Especialidade: Bacteriologia.
1997 - 1999
Pós-Doutorado.
Instituto Butantan, IB, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1999 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.

05/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biomédicas, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de radioproteção do instituto.
01/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.

Cargo ou função
Coordenador da comissão de informática do departamento.
02/2003 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas (Microbiologia), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
BMM5804-1 Análise e crítica científica
11/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.

01/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.

01/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Microbiologia.

3/2001 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Microbiologia Básica para alunos de farmácia-BMM160


Linhas de pesquisa


1.
Virulência e estresse nutricional em Escherichia coli patogênica

Objetivo: A bactéria Escherichia coli pode ser do tipo comensal ou patogênica, estando associada a uma série de enfermidades em mamíferos, inclusive em humanos. Entre as doenças mais comuns, podemos citar as diarréias infantis, infecções urinárias e septicemia. Na natureza, as linhagens de E. coli patogênicas enfrentam as mesmas dificuldades que as linhagens comensais, ou seja, a escassez de nutrientes é a regra, alternada por breves períodos de abundância de nutrientes. Demonstramos que os genes associados com a captação de fosfato aumentam a virulência de Escherichia coli enteropatogênica (EPEC). Isto foi demonstrado através da introdução de mutações no cromossomo de EPEC e a medição direta de fatores de virulência e da expressão de genes envolvidos na virulência (Ferreira e Spira, 2008). No momento, analisamos o efeito de outros genes associados ao estresse, tais como rpoS, relA e spoT..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos.
Setores de atividade: Saúde Humana.
Palavras-chave: PHO regulon; pst; rpoS; estresse nutricional; ppGpp.
2.
Seleção e evolução dirigida de bactérias em ambientes controlados

Objetivo: Bactérias que crescem em ambientes limitados em nutrientes sofrem uma pressão seletiva constante e evoluem no sentido de otimizar seus sistemas de captação e assimilação destes nutrientes. Para acelerar o processo de evolução de bactérias frente a limitação nutricional, utilizamos um processo de cultura contínua (quimiostato), onde a concentração de um dos nutrientes é limitada, forçando a adaptação da bactéria a essas condições. Nós mostramos que bactérias cultivadas em ambientes pobres em Pi acumulam mutações no gene rpoS como forma de aumentar a expressão dos genes do PHO regulon. Nossas investigações demonstraram que em situações de limitação de fosfato, há um processo de divergência simpátrica, em que surgem diversas populações de bactérias mutantes, como resposta à limitação nutricional imposta pelo meio. Estas mutações ocorrem na maioria dos casos em genes regulatórios. Como aplicação, está sendo levado a cabo um sistema de evolução dirigida com a bactéria Pseudomonas aeruginosa. A intenção é obter um mutante super-adaptado à limitação de fosfato, com capacidade de acumular grandes quantidades deste nutriente..
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos.
Palavras-chave: estresse nutricional; expressão gênica; evolução dirigida; polifosfato; quimiostato.
3.
Efeito de plantas medicinais brasileiras sobre a atividade e expressão da glutationa transferase

Objetivo: As Glutationa-S-transferases (GSTs) formam uma família de enzimas relacionadas diretamente ao processo de detoxificação de compostos tóxicos e carcinogênicos. Estas proteínas protegem o organismo da ação destes compostos neutralizando-os. Por outro lado, as GSTs estão também relacionadas a resistência que tumores malignos adquirem ao tratamento quimioterápico, infligindo um sério problema a pacientes portadores de câncer. As florestas brasileiras apresentam uma gama variada de plantas de potencial medicinal. Extratos de plantas que tenham efeito inibitório sobre GST poderiam contribuir ao tratamento quimioterápico, ao passo que plantas que induzam a expressão de GST contribuiriam para uma dieta saudável. Utilizando hepatócitos e linfócitos leucêmicos como modelo, nós estudamos o padrão de expressão das GSTs em resposta a tratamentos com extratos de plantas medicinais. Este trabalho é realizado ao nível de expressão do gene, através da medição de seu RNA mensageiro especifico e também ao nível de expressão da proteína e sua atividade enzimática..
Grande área: Ciências Biológicas
Palavras-chave: glutathione transferase; plantas medicinais; expressão gênica.
4.
Recuperação e reciclagem de fosfato de águas residuárias

Objetivo: Fósforo é um componente vital para a agricultura. As fontes minerais de fósforo são limitadas e se esgotarão em alumas poucas dezenas de anos. Portanto, a reciclagem de fósforo para uso agrícola é um imperativo. Por outro lado, a presença de fósforo em águas residuais é um problema ambiental de dimensões crescentes, principalmente devido à eutrofização de massas de água. O objetivo deste projecto é resolver simultaneamente dois problemas ambientais: 1) extração de fosfato a partir de águas residuais evitando assim a eutrofização de efluentes; e 2) fornecer uma fonte renovável de fósforo que possa ser utilizada como fertilizante agrícola. Para atingir esse objetivo, estamos construindo e testando uma bactéria geneticamente modificada capaz de absorver grandes quantidades de fosfato e acumulá-lo na forma de polifosfato..
Grande área: Ciências Biológicas
Palavras-chave: evolução; polifosfato; fosfato.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Polimorfismo da resposta a estresses em isolados naturais de Escherichia coli
Descrição: O genoma de Escherichia coli codifica para sete fatores sigma diferentes. O fator sigma principal, σ70 , é responsável pela transcrição da maioria dos genes, principalmente daqueles associados ao crescimento bacteriano. RpoS (σS ) é o segundo em importância, sendo responsável pela transcrição de mais de uma centena de genes envolvidos na resposta ao estresse. Apesar de sua relevância, o gene rpoS é apresenta acentuado polimorfismo e os níveis proteicos deste fator sigma são muito variáveis. A frequência de mutações nulas em rpoS é muito maior do que a esperada para mutações espontâneas. Isso ocorre porque há uma forte pressão seletiva sobre rpoS e sobre os genes que regulam a sua expressão. Neste projeto, investigamos o nível de polimorfismo de rpoS na espécie E. coli em uma análise longitudinal de 12 meses de duração. Amostras coletadas mensalmente são analisadas em relação à presença de RpoS, seu nível intrínseco, polimorfismo genético, frequência de mutantes espontâneos, aptidão e outras características. Uma outra molecula associada à resposta ao estresse que analisamos é a guanosina tetrafosfato (ppGpp). Além de regular a expressão de genes de estresse, ppGpp coordena também o crescimento e a homeostase bacteriana, podendo ser considerado o regulador mestre de bactérias. Os níveis de ppGpp, assim como ocorre com RpoS, também variam intrinsecamente em diferente isolados da mesma espécie. Nós investigamos diversos elementos celulares influenciados por ppGpp, entre eles, a produção de toxinas por linhagens patogênicas de E. coli, a relação de ppGpp com a resistência a antibióticos e o seu envolvimento na resposta à presença do herbicida glifosato..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Origem de mutantes PHO-constitutivos
Descrição: De acordo com a síntese moderna da evolução das espécies, eventos mutacionais ocorrem espon- taneamente e são considerados aleatórios em relação ao resultado adaptativo que acarretam ao organismo. Em outras palavras, mutações benéficas não podem ser selecionadas diretamente, mas ocorrem por acaso e são filtradas pela seleção natural. No entanto, nos últimos 30 anos vários es- tudos sugeriram a existência de uma categoria de mutação que escapa aos padrões estabelecidos pela seleção natural clássica - a chamada "mutação adaptativa". Esse tipo de mutações está associ- ado a fenótipos não-letais, como a capacidade de crescer com uma fonte de carbono alternativa. As bactérias que não podem usar uma determinada fonte de carbono evoluem para acumular mutações em genes que permitem o uso desse nutriente específico. A novidade é que essas mutações ocor- rem somente após a exposição à fonte de carbono. O mecanismo pelo qual as mutações adaptativas ocorrem ainda não está esclarecido, sendo debatido vigorosamente na comunidade científica. Neste projeto, investigamos um tipo de mutação que aparenta ser de natureza adaptativa. Mu- tantes PHO-constitutivos têm a capacidade de crescer utilizando uma fonte de carbono alterna- tiva, o glicerol-2-fosfato (G2P). Estes mutantes são selecionados em um meio contendo G2P como única fonte de carbono. Uma peculariedade dessas mutações é que a frequencia de mutantes PHO- constitutivos observada em experimentos é pelo menos 100 vezes mais baixa do que a frequência esperada para mutantes espontâneos em E. coli. Nosso objetivo é descobrir o motivo da baixa frequencia de mutantes PHO-constitutivos, além de estudar outros aspectos dessas mutações, tais como, o efeito das mutações sobre a aptidão (fitness) das bactérias, a sua estabilidade, as condi- ções ambientais que favorecem ou prejudicam o seu surgimento e a sua prevalência em isolados naturais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Beny Spira - Coordenador / Henrique Iglesias Neves - Integrante / Tuanny Fernanda Pereira - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2011 - Atual
Melhoramento genético de microrganismos para a recuperação de fosfato de águas residuárias e do solo
Descrição: Fósforo é um componente vital para a agricultura. As fontes atuais de fósforo são limitadas e se esgotarão em algumas dezenas de ano. A reciclagem de fósforo para uso agrícola é, portanto, um imperativo. Por outro lado, a presença de fósforo em águas residuárias é um problema ambiental de dimensões crescentes. O objetivo deste projeto é a obtenção de bactérias da espécie Pseudo- monas aeruginosa modificadas geneticamente para otimizar os processos de captação de fosfato e solubilização de sais de fosfato insolúveis presentes no solo. Uma vez acumulado na bactéria, o fosfato poderá ser utilizado como fertilizante agrícola, caracterizando um processo de reciclagem de fósforo. Neste esquema estaremos resolvendo dois problemas simultaneamente: 1) extração de fósforo de águas residuárias evitando assim a eutrofização de efluentes; e 2) obtenção de uma fonte renovável de fósforo. Foi construído no laboratório um mutante no gene phoU que possui uma capacidade aumentada em acumular polifosfato. Os diversos efeitos da mutação phoU sobre o metabolismo bacteriano são analisados. Por exemplo, a mutação phoU causa, além do aumento de polifosfato, maior sesibili- dade a estresses ambientais, menor resistência a antibióticos, diminuição no ritmo de crescimento (replicação). Adicionalmente, o mutante phoU serve de ponto de partida para a evolução em um aparelho chamado quimiostato, onde bactérias podem crescer continuamente em condições mais ou menos constantes durante longos períodos de tempo e acumular mutações novas que permitam a sua adaptação à condições de escassez de nutrientes. O crescimento contínuo no quimiostato é utilizado para acompanhar a evolução de bactérias em tempo-real. Além de aprender sobre o processo biológico de evolução bacteriana, o crescimento contínuo é utilizado para o melhoramento genético de bactérias acumuladoras de polifosfato..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Beny Spira - Coordenador / Luiz Gustavo de Almeida - Integrante / Nicolás Federico Villamil Munévar - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2009 - 2011
Variabilidade do fator sigma-S em isolados de EPEC e ETEC e sua relação com a virulência
Descrição: Bactérias da espécie Escherichia coli possuem 7 fatores sigma conhecidos. O fator sigma principal, sigma-70, é responsável pela transcrição da maior parte dos genes da bactéria, enquanto que sigma-S, o segundo em importância, é responsável pela transcrição de genes envolvidos na resposta geral ao estresse e fase estacionária de crescimento. Nestas condições, a bactéria produz proteínas que conferem proteção contra eventuais estresses. Em condições de limitação (ou estresse) nutricional sigma-S acumula-se no citoplasma e acaba competindo com sigma-70 pela ligação ao cerne da RNA polimerase. Esta competição irá ao longo de vários dias de cultivo, resultar na seleção de mutações em rpoS. Por este motivo isolados naturais de E. coli tendem a apresentar uma alta porcentagem de mutações em rpoS. Por outro lado, há fortes indícios na literatura relacionando sigma-S e a virulência de diversas espécies bacterianas. Neste projeto estaremos avaliando um possível envolvimento de σS nos mecanismos de patogenicidade de dois grupos de E. coli diarreiogênicas- EPEC (enteropatogênica) e ETEC (enterotoxigênica). Além disto, diversos isolados clínicos de EPEC e ETEC serão avaliados em relação ao alelo de rpoS e suas características fenotípicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Caracterização do efeito positivo de rpoSam sobre genes do regulon PHO de Escherichia coli
Descrição: O gene rpoS, que codifica sigma-S , é altamente polimórfico sendo que mutações neste gene são comuns. A mutação pontual C→T na posição 97 do ORF de rpoS, resulta em um códon de parada TAG (âmbar) (rpoSam). Um Shine-Dalgarno alternativo e um códon de início de tradução na posição 157 dá início a uma proteína RpoS truncada. Mesmo apresentando um menor tamanho, a proteína truncada permanece parcialmente funcional. A privação de fosfato inorgânico é uma situação de estresse na qual o regulon comandado por sigma-S é ativado. Porém, na limitação deste nutriente ocorre também a ativação do regulon PHO. Resultados anteriores em nosso laboratório mostraram a relação conflituosa entre sigma-S e a expressão de PHO, cujos genes são predominantemente transcritos por sigma-70. Neste trabalho será investigada a forma truncada de sigma-S e sua relação com a expressão do regulon PHO. Há indícios de que a forma truncada de RpoS não afeta negativamente a expressão dos genes de PHO, mas, pelo contrário, participa ativamente de sua transcrição. Uma vez que a forma truncada de RpoS é comumente encontrada em isolados naturais de E. coli, o estudo de rpoSam aumentaria nosso entendimento sobre a adaptação de bactérias ao meio. O alelo rpoSam será introduzido na cepa selvagem que será testada em relação à expressão dos genes de PHO, outro genes dependentes de sigma-70 (lacZ ), e genes dependentes de RpoS, tal como proU e osmY. Ensaios de imunoprecipitação de cromatina serão realizados para testar se RpoS truncada é capaz de reconhecer a sequência promotora destes genes. O fitness da cepa que carrega rpoSam será testado em ensaios de competição com a cepa selvagem ou com o mutante nulo de rpoS..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Beny Spira - Coordenador / Heloisa Filus Galbiati - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2008 - 2012
Adaptação de Chromobacterium violaceum à limitação de Pi ? características bioquímicas e evolução de mutantes
Descrição: A concentração de fósforo no Rio negro é de no máximo 0.5 uM (15.6 ug/l). Bactérias, como C. violaceum que proliferam neste habitat devem ser muito competentes na captação de Pi do meio. Seria, portanto, extremamente interessante estudar os sistemas de captação de Pi em C. violaceum. As características do metabolismo de fósforo em C. violaceum estão sendo analisadas. A regulação dos sistemas de captação e assimilação de fosfato está sendo estudada através do isolamento de mutantes espontâneos e também pela introdução de mutações sítio-dirigidas em genes regulatórios..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Beny Spira - Coordenador / Fernanda Nogales da Costa Vasconcelos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2006 - 2009
O efeito de plantas medicinais da flora brasileira sobre células leucêmicas
Descrição: As Glutationa-S-transferases (GSTs) formam uma família de enzimas relacionadas diretamente ao processo de detoxificação de compostos tóxicos e carcinogênicos. Estas proteínas protegem o organismo da ação destes compostos neutralizando-os. Por outro lado, as GSTs estão também relacionadas a resistência que tumores malignos adquirem ao tratamento quimioterápico, infligindo um sério problema a pacientes portadores de câncer. As florestas brasileiras apresentam uma gama variada de plantas de potencial medicinal. Extratos de plantas que tenham efeito inibitório sobre GST poderiam contribuir ao tratamento quimioterápico, ao passo que plantas que induzam a expressão de GST contribuiriam para uma dieta saudável. Utilizando hepatócitos e linfócitos leucêmicos como modelo, nós estudamos o padrão de expressão das GSTs em resposta a tratamentos com extratos de plantas medicinais. Este trabalho é realizado ao nível de expressão do gene, através da medição de seu RNA mensageiro especifico e também ao nível de expressão da proteína e sua atividade enzimática..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2008 - 2011
Obtenção de fosfato para uso agrícola a partir de águas residuárias
Descrição: A reciclagem de fósforo para uso agrícola é de extrema importância, dada a extração não sustentavel de fósforo que vem ocorrido até o presente.Por outro lado, a presença de fósforo em águas residuarias é um problema ambiental de dimensões crescentes. A proposta deste projeto é de reciclar o fósforo do efluente seundário e transferi-lo para uso agrícola, desenvolvendo para isto biofilmes bacterianos super-acumuladores de polifosfato..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Pharmaceutical Biology
2009 - Atual
Periódico: BMC Molecular Biology
2009 - Atual
Periódico: Current Microbiology
2000 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Microbiology
2007 - Atual
Periódico: Electronic Journal of Biotechnology
2000 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Medical and Biological Research
2006 - Atual
Periódico: Genetics and Molecular Biology
2010 - Atual
Periódico: Molecular Genetics and Genomics
2009 - Atual
Periódico: Molecular Microbiology (Print)
2010 - Atual
Periódico: PLoS Neglected Tropical Diseases
2015 - Atual
Periódico: Microbiology (Reading. Print)
2017 - Atual
Periódico: JOURNAL OF BACTERIOLOGY


Revisor de projeto de fomento


2010 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2000 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos/Especialidade: Expressão Genica.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Bacteriologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Hebraico
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2008
Prêmio terceiro melhor trabalho publicado por aluno de pós-graduação no ano de 2008 conferido a Gerson Moura Ferreira, Departamento de Microbiologia ICB/SP.
2004
Premio "melhor trabalho publicado" pela aluna de pós-graduação Natalia Taschner, IV Reunião Científica do Departamento de Microbiologia.
2004
Menção Honrosa ao aluno de iniciação científica Murilo Tadeu Domingues pela publicação de trabalho, IV Reunião Científica do Departamento de Microbiologia.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:38
Total de citações:649
Fator H:17
Spira, Beny  Data: 29/09/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
DA GAMA, AURICÉLIA MATOS2018DA GAMA, AURICÉLIA MATOS ; DE ALMEIDA, LUIZ GUSTAVO ; YAMANE, TETSUO ; Spira, Beny . Two Draft Genome Sequences of Isolates from the Rio Negro. GENOME ANNOUNCEMENTS, v. 6, p. e01348-17, 2018.

2.
STELLA, A. E.2017STELLA, A. E. ; LUZ HESSEL DA CUNHA, D. ; PIAZZA, R. M. F. ; SPIRA, B. . ppGpp and cytotoxicity diversity in Shiga toxin-producing Escherichia coli (STEC) isolates. EPIDEMIOLOGY AND INFECTION, v. 145, p. 2204-2211, 2017.

3.
MATA, GARDÊNIA MÁRCIA SILVA CAMPOS2017MATA, GARDÊNIA MÁRCIA SILVA CAMPOS ; Ferreira, Gerson Moura ; Spira, Beny . RpoS role in virulence and fitness in enteropathogenic Escherichia coli. PLoS One, v. 12, p. e0180381, 2017.

4.
VALENCIA, ESTELA YNÉS2017VALENCIA, ESTELA YNÉS ; ESPOSITO, FERNANDA ; Spira, Beny ; BLÁZQUEZ, JESÚS ; GALHARDO, RODRIGO S. . Ciprofloxacin-Mediated Mutagenesis Is Suppressed by Subinhibitory Concentrations of Amikacin in Pseudomonas aeruginosa. ANTIMICROBIAL AGENTS AND CHEMOTHERAPY, v. 61, p. e02107-16, 2017.

5.
SILVA, KETRIN C.2016SILVA, KETRIN C. ; MORENO, MARINA ; CABRERA, CARLOS ; Spira, Beny ; CERDEIRA, LOUISE ; LINCOPAN, NILTON ; MORENO, ANDREA M. . First Characterization of CTX-M-15-Producing Escherichia coli Strains Belonging to ST410, ST224 and ST1284 from Commercial Swine in South America. Antimicrobial Agents and Chemotherapy (Print), v. 60, p. 2505-2508, 2016.

6.
DA COSTA VASCONCELOS, FERNANDA NOGALES2016DA COSTA VASCONCELOS, FERNANDA NOGALES ; PADILLA, GABRIEL ; Spira, Beny . Chromobacterium violaceum adaptation to low-phosphate conditions. Archives of Microbiology, v. 198, p. 269-277, 2016.

7.
MUNÉVAR, NICOLÁS FEDERICO VILLAMIL2016MUNÉVAR, NICOLÁS FEDERICO VILLAMIL ; DE ALMEIDA, LUIZ GUSTAVO ; Spira, Beny . Differential regulation of polyphosphate genes in Pseudomonas aeruginosa. Molecular Genetics and Genomics (Print), v. 292, p. 105-116, 2016.

8.
DE ALMEIDA, LUIZ GUSTAVO2015DE ALMEIDA, LUIZ GUSTAVO ; ORTIZ, JULIA HELENA ; SCHNEIDER, RENÉ P. ; Spira, Beny . phoU inactivation in Pseudomonas aeruginosa enhances ppGpp and polyphosphate accumulation.. Applied and Environmental Microbiology (Print), v. 81, p. AEM.04168-14, 2015.

9.
NEVES, HENRIQUE IGLESIAS2015NEVES, HENRIQUE IGLESIAS ; PEREIRA, TUANNY FERNANDA ; Yagil, Ezra ; Spira, Beny . Ugp and PitA participate in the selection of PHO-constitutive mutants. Journal of Bacteriology (Print), v. 197, p. JB.02566-14-1385, 2015.

10.
SPIRA, B.2015SPIRA, B.; WINTER, C. E. . Comment on: Antimicrobial stewardship: the role of scientists?. Journal of Antimicrobial Chemotherapy (Print), v. 70, p. 2923-2924, 2015.

11.
Spira, Beny2014Spira, Beny; Ferreira, Gerson Moura ; DE ALMEIDA, LUIZ GUSTAVO . relA Enhances the Adherence of Enteropathogenic Escherichia coli. Plos One, v. 9, p. e91703, 2014.

12.
GALBIATI, HELOISA F.2014GALBIATI, HELOISA F. ; TASCHNER, NATALIA P. ; Spira, Beny . The effect of the rpoSam allele on gene expression and stress resistance in Escherichia coli. Archives of Microbiology, v. 196, p. 589-600, 2014.

13.
ASSIS, VANIA REGINA DE2013ASSIS, VANIA REGINA DE ; TITON, STEFANNY CHRISTIE MONTEIRO ; BARSOTTI, ADRIANA MARIA GIORGI ; Spira, Beny ; GOMES, FERNANDO RIBEIRO . Antimicrobial Capacity of Plasma from Anurans of the Atlantic Forest. South American Journal of Herpetology (Impresso), v. 8, p. 155-160, 2013.

14.
Luz, D.E.2012Luz, D.E. ; Nepomuceno, R.S.L. ; SPIRA, B. ; Ferreira, R.C.C. . The Pst system of Streptococcus mutans is important for phosphate transport and adhesion to abiotic surfaces. MOL ORAL MICROBIOL, v. 27, p. 172-181, 2012.

15.
KONAN, NZI ANDRÉ2012KONAN, NZI ANDRÉ ; LINCOPAN, NILTON ; COLLANTES DÍAZ, INGRIT ELIDA ; DE FÁTIMA JACYSYN, JACQUELINE ; TANAE TIBA, MIRTES MIDORI ; PESSINI AMARANTE MENDES, JOÃO GUSTAVO ; BACCHI, ELFRIEDE MARIANNE ; Spira, Beny . Cytotoxicity of cashew flavonoids towards malignant cell lines. Experimental and Toxicologic Pathology (Print), v. 64, p. 435-440, 2012.

16.
Ferenci, Thomas2011Ferenci, Thomas ; Galbiati, Heloisa ; Betteridge, Thu ; Phan, Katherine ; Spira, Beny . The constancy of global regulation across a species: the concentrations of ppGpp and RpoS are strain-specific in Escherichia coli. BMC Microbiology (Online), v. 11, p. 62, 2011.

17.
Spira, Beny2011Spira, Beny; de Almeida Toledo, Rodrigo ; Maharjan, Ram P ; Ferenci, Thomas . The uncertain consequences of transferring bacterial strains between laboratories - rpoS instability as an example. BMC Microbiology (Online), v. 11, p. 248, 2011.

18.
SPIRA, B.2010 SPIRA, B.; Wang, L. ; Zhou, Z. ; Feng, L. ; Maharjan, R. P. ; Li, X. ; Li, F. ; McKenzie, C. ; Reeves, P. R. ; FERENCI, T. . Divergence Involving Global Regulatory Gene Mutations in an Escherichia coli Population Evolving under Phosphate Limitation. GENOME BIOL EVOL, v. 2, p. 478-487, 2010.

19.
Spira, Beny2010Spira, Beny; Aguena, Meire ; Castro Oliveira, Juliana Velasco ; Yagil, Ezra . Alternative promoters in the pst operon of Escherichia coli. Molecular Genetics and Genomics, v. 284, p. 489-498, 2010.

20.
Aguena, Meire2009Aguena, Meire ; Ferreira, Gerson Moura ; Spira, Beny . Stability of the pstS transcript of Escherichia coli. Archives of Microbiology, v. 191, p. 105-112, 2009.

21.
Aguena, Meire2009Aguena, Meire ; Spira, Beny . Transcriptional Processing of the pst Operon of Escherichia coli. Current Microbiology, v. 58, p. 264-267, 2009.

22.
Príncipe, Cássia Rosalina2009Príncipe, Cássia Rosalina ; Spira, Beny . The effect of sixteen medicinal plants used in the Brazilian pharmacopoeia on the expression and activity of glutathione S -transferase in hepatocytes and leukemia cells. Pharmaceutical Biology, v. 47, p. 1192-1197, 2009.

23.
FERREIRA, G. M.2008 FERREIRA, G. M. ; SPIRA, B. . The pst operon of enteropathogenic Escherichia coli enhances bacterial adherence to epithelial cells. Microbiology (Reading), v. 154, p. 2025-2036, 2008.

24.
SPIRA, B.2008 SPIRA, B.; HU, X. ; FERENCI, T. . Strain variation in ppGpp concentration and RpoS levels in laboratory strains of Escherichia coli K-12. Microbiology (Reading), v. 154, p. 2887-2895, 2008.

25.
FERENCI, T.2007FERENCI, T. ; SPIRA, B. . Variation in Stress Responses within a Bacterial Species and the Indirect Costs of Stress Resistance. Annals of the New York Academy of Sciences, v. 1113, p. 105-113, 2007.

26.
Spira, Beny2007Spira, Beny; Ferenci, Thomas . Alkaline phosphatase as a reporter of ?S levels and rpoS polymorphisms in different E. coli strains. Archives of Microbiology, v. 189, p. 43-47, 2007.

27.
Taschner, Natalia Pasternak2006Taschner, Natalia Pasternak ; Yagil, Ezra ; Spira, Beny . The effect of IHF on σ S selectivity of the phoA and pst promoters of Escherichia coli. Archives of Microbiology, Alemanha, v. 185, n.3, p. 234-237, 2006.

28.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B2005SPIRA, B.. Current methods of gene expression analysis and quantification. Current Pharmaceutical Analysis, v. 1, n.3, p. 243-249, 2005.

29.
TASCHNER, N. P.2004 TASCHNER, N. P. ; SPIRA, B. . A differential effect of  S on the expression of the PHO regulon genes of Escherichia coli. Microbiology (Reading), v. 150, n.9, p. 2985-2992, 2004.

30.
PAISANO, A. F.2004PAISANO, A. F. ; SPIRA, B. ; CAI, S. ; BOMBANA, A. . In vitro antimicrobial effect of bacteriophages on human dentin infected with Enterococcus faecalis ATCC 29212. Oral Microbiology and Immunology, v. 19, p. 327-330, 2004.

31.
Bueno, Murilo Tadeu Domingues2004Bueno, Murilo Tadeu Domingues ; Spira, Beny . Thioacetamide differentially affects the expression and activity of glutathione-S-transferase in the liver of Wistar rats. Human & Experimental Toxicology, v. 23, n.9, p. 431-437, 2004.

32.
Amarante-Paffaro, A2004Amarante-Paffaro, A ; QUEIROZ, G S ; CORREA, S T ; Spira, B ; BEVILACQUA, E . Phagocytosis as a potential mechanism for microbial defense of mouse placental trophoblast cells. REPRODUCTION, v. 128, p. 207-218, 2004.

33.
Spira, B2003Spira, B ; SPIRA, B. . Differentially expressed genes in the liver of thioacetamide treated rats. Comparative Biochemistry and Physiology. C, Toxicology & Pharmacology, v. 135, n.2, p. 129-135, 2003.

34.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B2003SPIRA, B.; AGUENA, M. . RT-PCR of long prokaryotic operon transcripts without DNase treatment. Journal of Microbiological Methods, v. 55, n.2, p. 419-423, 2003.

35.
AGUENA, M.2002AGUENA, M. ; YAGIL, E. ; SPIRA, B. . Transcriptional analysis of the pst operon of Escherichia coli. Molecular Genetics and Genomics, v. 268, p. 518-524, 2002.

36.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B2000SPIRA, B.; RAW, I. . The effect of thioacetamide on the activity and expression of cytosolic rat liver glutathione-S-transferase. Molecular and Cellular Biochemistry, v. 211, n.1-2, p. 103-110, 2000.

37.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B1999SPIRA, B.; YAGIL, E. . Integration Host Factor (IHF) inhibits alkaline phosphatase activity by increasing the expression of the operon pst. Current Microbiology, New York, v. 38, n.2, p. 80-85, 1999.

38.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B1998SPIRA, B.; YAGIL, E. . The relation between ppGpp and the PHO regulon in cells of Escherichia coli. Molecular Genetics and Genomics, New York, v. 257, n.4, p. 469-477, 1998.

39.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B1995 SPIRA, B.; SILBERSTEIN, N. ; YAGIL, E. . Guanosine 3', 5'-bispyrophosphate (ppGpp) synthesis in cells of Escherichia coli starved for inorganic orthophosphate. Journal of Bacteriology, v. 177, n.14, p. 4053-4058, 1995.

40.
SPIRA, B.;Spira, Beny;B Spira;B. Spira;Spira, B1992SPIRA, B.; BREITBART, H. . The role of anion channels in the mechanism of acrosome reaction in bull spermatozoa. Biochimica et Biophysica Acta. Biomembranes, v. 1109, p. 65-73, 1992.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PAISANO, A. F. ; SPIRA, B. ; CAI, S. ; BOMBANA, A. . Fagoterapia: método de isolamento de fagos específicos com finalidades terapeuticas. In: 23 Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, 2005, Sao Paulo. Anais do 23 Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, 2005.

2.
AGUENA, M. ; SPIRA, B. . Analise transcricional do operon pst de Escherichia coli.. In: 50 Congresso Brasileiro de Genetica, 2004, Florianopolis. 50 Congresso Brasileiro de Genetica, 2004.

3.
FERREIRA, G. M. ; SPIRA, B. . Mutações no operon pst afetam a adesão de Escherichia coli enteropatogênica. In: 50 Congresso Brasileiro de Genetica, 2004, Florianopolis. 50 Congresso Brasileiro de Genetica, 2004.

4.
PAISANO, A. F. ; SPIRA, B. ; CAI, S. ; BOMBANA, A. . Fagoterapia: método de isolamento de fagos específicos com finalidades terapeuticas. In: 21 reunião Anual SBPqO, 2004, Aguas de Lindoia. Anais da 21 Reunião Anual SBPqO, 2004.

5.
PAISANO, A. F. ; SPIRA, B. ; CAI, S. ; BOMBANA, A. . Ação antimicrobiana de bacteriófagos em dentina humana infectada por Enterococcus faecalis. In: 20 reunião Anual SBPqO, 2003, Aguas de Lindoia. Anais da 20 Reunião Anual SBPqO, 2003.

6.
PAISANO, A. F. ; SPIRA, B. ; CAI, S. ; BOMBANA, A. . Ação antimicrobiana de bacteriófagos em dentina humana infectada por Enterococcus faecalis. In: XXII Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2003, Florianópolis. Anais do 23 Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2003.

7.
TASCHNER, N. P. ; SPIRA, B. . Regulation of alakaline phosphatase by the sigmaS factor of RNA polymerase in Escherichia coli.. In: XXIII Reunião de Genetica de Microrganismos, 2002, Pirenopolis. XXIII Reunião de Genetica de Microrganismos, 2002.

8.
AGUENA, M. ; SPIRA, B. . Transcription analysis of the pst operon of escherichia coli. In: XXIII Reunião de Genetica de Microrganismos, 2002, Pirenopolis. XXIII Reunião de Genetica de Microrganismos, 2002.

9.
SPIRA, B.; OLIVEIRA, J. V. C. . Análise mutacional dos genes do operon pst de Escherichia coli. In: 10o. Simposio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2002, Ribeirão Preto. 10o. Simposio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2002.

10.
SPIRA, B.; FERREIRA, G. M. . Efeito de mutações em genes do regulon Pho sobre a aderência de Escherichia coli patogênicas entéricas. In: 10° Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP), 2002, Ribeirão Preto. Anais do 10° Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP), 2002.

11.
OLIVEIRA, J. V. C. ; SPIRA, B. . Análise mutacional dos genes do operon pst de Escherichia coli. In: 9o. Simposio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2001, Ribeirão Preto. 9o. Simposio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2001.

Artigos aceitos para publicação
1.
CRUVINEL, GABRIELA TORRES ; NEVES, HENRIQUE IGLESIAS ; Spira, Beny . Glyphosate induces the synthesis of ppGpp. MOLECULAR GENETICS AND GENOMICS, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Spira, Beny. Evolução dirigida de bactérias sob limitação de fosfato. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Spira, Beny. Um olhar para a microbiologia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Spira, Beny. Evolução dirigida de bactérias sob limitação de fosfato. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
SPIRA, B.. A Ciência como Uma Vela no Escuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SPIRA, B.. Evolução dirigida de bactérias sob limitação de fosfato. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
SPIRA, B.. Stress-related genes in diarrheogenic E. coli. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Spira, Beny. Ciência é a ferramenta mais poderosa jamais inventada. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SPIRA, B.. A ciencia em nossa mesa: transgenicos, organicos e demais perversões. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SPIRA, B.. Adaptação bacteriana a carência de fosfato-Uma análise molecular. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SPIRA, B.; TASCHNER, N. P. . Regulação da Fosfatase Alcalina pelo fator sigmaS da RNA polimerase de Escherichia coli. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
AGUENA, M. ; SPIRA, B. . Análise Transcrional do operon pst de Escheria coli. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
FERREIRA, G. M. ; SPIRA, B. . Efeito de mutações em genes do regulon Pho sobre a aderência de Escherichia coli patogênica entérica. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
SPIRA, B.. Glutathione-S-transferase expression in the pre-cirrotic rat liver. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
SPIRA, B.. Controle da expressão e padrão de transcrição do operon pst de Escherichia coli.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SPIRA, B.. Controle da expressão e padrão de transcrição do operon pst de Escherichia coli. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
SPIRA, B.; TASCHNER, N. P. . Regulação da Fosfatase Alcalina pelo fator sigma S da RNA polimerase de Escherichia coli. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
AGUENA, M. ; SPIRA, B. . Análise Transcrional do operon pst de Escheria coli. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
FERREIRA, G. M. ; SPIRA, B. . Efeito de mutações em genes do regulon Pho sobre a aderência de Escherichia coli patogênicas entéricas. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
SPIRA, B.. Regulação do stress em Escherichia coli. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
Spira, B. Bacterial genetics lab. 2017; Tema: Página do laboratório. (Site).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, A. M.; Farah SC; SPIRA, B.. Participação em banca de Gustavo Antonio teixeira Chavess. Captação de ferro e efeito desse metal para o crescimento e morfologia de Xylella fastidiosa. 2012 - Instituto de Química.

2.
CABRERA, J. G.; Maldonado, GP; SPIRA, B.. Participação em banca de Daniela Carolina Pinto e Licio. Isolamento de bacterias produtoras de polihidroxialcanoatos e caracterização molecular de sua PHA sintase. 2011. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

3.
Farah SC; Galhardo RS; SPIRA, B.. Participação em banca de Heloisa Filus Galbiati. Caracterização de cepas de Escherichia coli contendo diferentes alelos rpoS. 2011. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

4.
Spira, Beny; FERREIRA, L. C. S.. Participação em banca de Rafael Ciro Marques Cavalcante. Desenvolvimento de estratégias vacinais contra tumores induzidos pelo vírus do Papiloma Humano tipo 16 (HPV-16) baseadas em linhagens geneticamente modificadas de Bacillus subtilis. 2009. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

5.
PESSOA JUNIOR, O. F.; VILLANI, A.; SPIRA, B.. Participação em banca de Osvaldo Dias Venezuela. Demarcando ciências e pseudociências para alunos de ensino médio. 2008. Dissertação (Mestrado em Interunidades em Ensino de Ciências) - Universidade de São Paulo.

6.
AMARAL, T. A. T.; PIAZZA, R. M. F.; SPIRA, B.. Participação em banca de Caroline Arantes Magalhães Castilhone. Enterohemolisina de Escherichia coli enteropatogênica atípica: novas características fenotípicas. 2008. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

7.
SPIRA, B.; Baldini, R.; GUEIROS FILHO, F. J.. Participação em banca de Viviane Martins. A relação entre a fosfatase alcalina e o polimorfismo de rpoS em cepas de Escherichia coli enterotoxigênicas. 2007. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

8.
FISCHER, D. C. H.; SANTOS, M. A. A.; SPIRA, B.. Participação em banca de cassia rosalina principe. O efeito de plantas medicinais brasileiras sobre a atividade da glutationa-S-transferase em células de hepatócitos, células leucêmicas e procarióticas. 2007. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

9.
SPIRA, B.. Participação em banca de Elisa Emiko Oshiro. Aplicação da técnica de electrotransformação para a geração de mutantes no gene oppA em Xanthomonas axonopodis pv citri. 2004. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

10.
SPIRA, B.. Participação em banca de Edna Kagohara. Extração e identificação das proteínas da superfície de Pseudomonas aeruginosa. 2003. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

11.
SPIRA, B.. Participação em banca de Elisa Emiko Oshiro. Obtenção de mutantes deficientes na proteína OppA de Xanthomonas axonopodis pv citri por ruptura genica. 2003. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

12.
SPIRA, B.. Participação em banca de Edna Kagohara. Extração e identificação das proteínas da superfície de Pseudomonas aeruginosa. 2002. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

13.
SPIRA, B.. Participação em banca de Adelaide Muraro Anjo Janizelli. Construção de biosensor bacteriano para a detecção de hidrocarbonetos aromaticos utilizando o gene reporter phoA. 2002. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

14.
SPIRA, B.. Participação em banca de Daniela Strauss Thuler. Bactérias fixadoras de nitrogênio : Beijerinckia derxii e Azospirillum brasilense como produtoras de substâncias ativas em plantas. 2001. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

15.
SPIRA, B.. Participação em banca de Daniela Strauss Thuler. Excreção de aminoacidos de substancias reguladoras de crescimento vegetal pelas bacterias fixadoras de N2: Beijerinckia derxii e Azospirillum braziliensis. 2000. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

16.
SPIRA, B.. Participação em banca de Vania Santos Braz. Caracterização do operon pep em Caulobacter crescentus. 2000. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
Vanetti, MC; Mantovani, HC; Queiroz, MV; Pinto UM; Spira, Beny. Participação em banca de Gardênia Márcia Silva Campos Mata. Guanosina tetrafosfato regula o sistema de detecção de Quorum e a formação de biofilme em Salmonella enterica serovar Enteritidis. 2012. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

2.
GALES, A. C.; SANTOS FILHO, L.; FURTADO, G. H. C.; SAMPAIO, J. L. M.; SPIRA, B.. Participação em banca de Danilo Elias Xavier. INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE TRANSPORTE DE FOSFATO DE ALTA AFINIDADE PstCAB NA RESISTÊNCIA À POLIMIXINA E VIRULÊNCIA DE Pseudomonas aeruginosa. 2012 - Universidade Federal de São Paulo.

3.
MARQUES, M. V.; Barbosa, HR; GOMES, S. L.; CABRERA, J. G.; SPIRA, B.. Participação em banca de Carolina Antunes do Prado Tavares Silva. Estudo da regulação do gene cspD de Caulobacter crescentus. 2011. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

4.
Farah SC; GOMES, S. L.; GUEIROS FILHO, F. J.; SPIRA, B.; Van Sluys M. Participação em banca de Maxuel de Oliveira Andrade. Estudo da sinalização celular envolvendo a via do quorum sensing e os segundos mensageiros c- diGMP e (p)ppGpp no fitopatógeno Xanthomonas axonopodis pv citri. 2011 - Instituto de Química.

5.
CABRERA, J. G.; MARQUES, M. V.; Maldonado, GP; Baldini, R.; SPIRA, B.. Participação em banca de Nuri Andrea Merchan Castellanos. Avaliação do sistema de mobilização de poli-3-hidroxibutirato em Burkholderia sacchari. 2010. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

6.
Spira, Beny; FERREIRA, L. C. S.; Schneider RP. Participação em banca de Cristiane Santos de Souza. Análise molecular e estrutural da proteína ligadora de maltose (MalE) de Xanthomonas axonopodis pv citri. 2009. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

7.
Spira, Beny; GOMES, S. L.. Participação em banca de Rogério Ferreira Lourenço. Caracterização dos sistemas ChrR-sigmaR e CC3476-sigmaT na resposta de Caulobacter crescentus aos estresses oxidativo e osmótico. 2009. Tese (Doutorado em Bioquímica) - Universidade de São Paulo.

8.
Spira, Beny; AMARAL, T. A. T.; MARTINEZ, M. B.; SCALETSKY, I.; Elias WP. Participação em banca de Fabiana Campiteli Moreira. Análise do potencial de virulência de amostras de Escherichia coli do sorotipo O51:H40. 2009. Tese (Doutorado em Microbiologia e Imunologia) - Universidade Federal de São Paulo.

9.
CAI, S.; CAI, S.; GUIMARAES, J. L. H.; BOMBANA, A.; SPIRA, B.. Participação em banca de Adriana Fernandes Paisano. Estudo in vitro da ação antimicrobiana de bacteriófagos em canais radiculares infectados por isolados clínicos de Enterococcus faecalis. 2008. Tese (Doutorado em Clinicas Odontologicas) - Universidade de São Paulo.

10.
AZEVEDO, V. A. C.; LEE HO, P.; SPIRA, B.; CASTRO, A. F. P.; FERREIRA, L. C. S.. Participação em banca de Julinao Domiracci Paccez. Aplicação de linhagens geneticamente modificadas de Bacillus subtilis no desenvolvimento de vacinas de mucosas contra patogenos entericos. 2007. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

11.
SPIRA, B.; GOMES, S. L.; SILVA, A. M.; CABRERA, J. G.; FERREIRA, R. C. C.. Participação em banca de Meire Aguena. Analise transcricional do operon pst de Escherichia coli. 2007. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

12.
Baldini, R.; SILVA, A. M.; MARQUES, M. V.; MENCK, C. F. M.; SPIRA, B.. Participação em banca de Natalia Pasternak Taschner. A regulação da fosfatase alcalina pelo fator sigmaS da RNA polimerase de Escherichia coli. 2006. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas.

13.
SPIRA, B.. Participação em banca de Michelle Fernanda Susin. Análise funcional das proteínas HrcA, GroES/GroEL e DnaK/DnaJ em Caulobacter crescentus. 2005 - Instituto de Química da Universidade de São Paulo.

14.
SPIRA, B.. Participação em banca de Eduardo Mora Bejarano. Extração e identificação de biopolimeros adesivos não específicos da estrutura de carimbos celulares de Pseudomonas aeruginosa MDC. 2005. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

15.
SPIRA, B.. Participação em banca de Cristina Elisa Alvares Martinez. Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus. 2004 - Instituto de Química da Universidade de São Paulo.

16.
SPIRA, B.. Participação em banca de Patricia Puccinelli Orlandi Nogueira. Estudos sobre virulência de enterobactérias e Pseudomonas : 1. Estudo epidemiológico molecular de enterobactérias em Rondônia; 2. Mecanismos de virulência associados ao Quorum sensing em Pseudomonas aeruginosa. 2003. Tese (Doutorado em Biologia da relação patógeno-hospedeiro) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

17.
SPIRA, B.. Participação em banca de Monique Dall'agnol. Estudo da adesão de Escherichia coli enteroagregativa a superficies bióticas e abióticas. 2002 - Faculdade de Ciências Farmacûticas - USP.

Qualificações de Doutorado
1.
BASSERES, D. S.; MIRANDA, M. T. M.; Spira, Beny. Participação em banca de Ana Paula Barbosa do Nascimento. Um novo gene envolvido na percepção do quorum de Pseudomonas aeruginosa PA14. 2012 - Instituto de Química.

2.
SPIRA, B.. Participação em banca de Cristiano Galina Moreira. Formação de biofilme em Escherichai coli Enteropatogenica. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia da relação patógeno-hospedeiro) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

3.
SPIRA, B.. Participação em banca de Leandro Maza Garrido. Identificação de glicosoltransferases envolvidas na biossíntese de antraciclina cosmomicina, produzida por Streptomyces olindensis. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

4.
SPIRA, B.. Participação em banca de Adelaide Muraro Anjo Janizelli. Construção de biosensor bacteriano para a detecção de hidrocarbonetos aromaticos utilizando o gene reporter phoA. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

5.
SPIRA, B.. Participação em banca de Rodrigo da Silva Galhardo. Distinção das atividades da proteína THI1 por mutagenese sitio-dirigida. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

6.
SPIRA, B.. Participação em banca de Patricia Puccinelli Orlandi Nogueira. Estudos sobre a regulação do sistema de secreção do tipo III. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia da relação patógeno-hospedeiro) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.




Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Katia Bejarano Ospino. Efeito do herbicida glifosato sobre a resistência a antibióticos e produção de toxina Shiga. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
henrique iglesisas neves. Estudo do surgimento de mutantes PHO-Constitutivos em Escherichia coli. Início: 2015. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

2.
luiz gustavo de almeida. O Regulon PHO e evolução dirigida em Pseudomonas aeruginosa. Início: 2014. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Estela Ynés Valencia Morante. Início: 2017. Instituto de Ciencias Biomedicas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Iniciação científica
1.
Vinicius Sousa Flores. Evolução dirigida de P. aeruginosa em cultura contínua. Início: 2017 - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

2.
Gabriella Trombini Machado. Frequência de mutantes PHO-constitutivos: influência do meio de cultura e de seus tampões. Início: 2017 - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

3.
Taissa Cristina dos Santos Ramos. Mutações adaptativas PHO constitutivas: relação e custo da constitutividade e efeito de RpoS. Início: 2017 - Instituto de Ciencias Biomedicas. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Nicolás Federico Villamil Munevar. Análise do metabolismo de polifosfato e do operon pst em Pseudomonas aeruginosa. 2015. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

2.
Jackeline P. Barros. Análise do status de RpoS em isolados naturais de Escherichia coli. 2014. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, . Orientador: Beny Spira.

3.
Luiz Gustavo de Almeida. Acúmulo de polifosfato e o papel do gene phoU em Pseudomonas aeruginosa. 2013. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Beny Spira.

4.
Luiz Gustavo de Almeida. Acúmulo de polifosfato e o papel do gene phoU em Pseudomonas aeruginosa. 2011. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Beny Spira.

5.
Heloisa Filus Galbiati. Caracterização do efeito positivo de rpoSam sobre genes do regulon PHO de Escherichia coli. 2009. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Beny Spira.

6.
Viviane Martins. A relação entre a fosfatase alcalina e o polimorfismo de rpoS em cepas de Escherichia coli enterotoxigênicas. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Microbiologia)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Beny Spira.

7.
Cassia Rosalina Principe. O efeito de plantas medicinais brasileiras sobre a atividade da glutationa-S-transferase em células de hepatócitos, células leucêmicas e procarióticas. 2007. Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, . Orientador: Beny Spira.

Tese de doutorado
1.
Fernanda Nogales da Costa Vasconcelos. Caracterização de genes pertencentes ao regulon PHO e resistência geral ao estresse em Chromobacterium violaceum. 2014. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

2.
Gerson Moura Fereira. Estudo sobre a Relação entre Genes do Regulon Pho e a Adesão de Escherichia coli Enteropatogênica. 2009. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Microbiologia)) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

3.
Meire Aguena. Análise transcricional do operon pst de Escherichia coli. 2007. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

4.
Natalia Pasternak Taschner. A regulação da fosfatase alcalina pelo fator sigma-S da RNA polimerase de Escherichia coli. 2006. Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Gardênia Márcia Silva Campos Mata. 2015. Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Beny Spira.

2.
Ariel Eurides Stella. 2014. Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Beny Spira.

3.
Nzi Andre Konan. Efeito de S. nigra (Caprifoliaceae), P. pseudocaryophyllus (Myrtaceae), B. forficata (Leguminosae) e C. pachystachia (Cecropiaceae) sobre a atividade e expressão de glutationa-S-transferase de células Jurkat. 2006. Universidade de São Paulo, Bryan Gunn's Appeal. Beny Spira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Juliana Rodrigues Calil. O papel da proteína PhoU em Pseudomonas aeruginosa: relação com antibióticos e estresses ambientais. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Instituto de Química, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

2.
Ana Carolina de Freitas Tomioshi. Construção do Mutante phoU de Pseudomonas aeruginosa. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Química) - Instituto de Química. Orientador: Beny Spira.

3.
Natalia Pasternak Taschner. A relaćão entre sigmaS e a fosfatase alcalina de Escherichia coli. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - Instituto de Biociências da USP. Orientador: Beny Spira.

Iniciação científica
1.
Cláudia Ramos de Carvalho Pinto. Caracterização de mutações PHO-constitutivas em Escherichia coli. 2017. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

2.
Nicole Gonçalves Picinin. Efeitos de Mg2+ sobre o mutante phoU de Pseudomonas aeruginosa. 2016. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

3.
Diogo Shuiti Oshiro. A participação de RpoS no conflito de escolha entre resistência e competência nutricional de Escherichia coli enteropatogênica. 2015. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

4.
Aluna: Talita de Sousa Laurentinoi. RELAÇÃO ENTRE O COORDENADOR DA RESPOSTA GERAL A ESTRESSES E A VIRULÊNCIA DE Escherichia coli ENTEROTOXIGÊNICA. 2015. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas. Orientador: Beny Spira.

5.
Alessandro Fabricio Beldi Nunes. Estudo de um promotor alternativo do gene phoU em Pseudomonas aeruginosa. 2014. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

6.
Lívia Akemi. Seleção e identificação de mutações no operon pst associadas a constitutividade do regulon PHO. 2013. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

7.
Juliana Rodrigues Calil. O papel da proteína PhoU em Pseudomonas aeruginosa: relação com a resistência a antibióticos e estresses ambientais. 2012. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

8.
Henrique Iglesias Neves. Mecanismo de seleção de mutantes PHO-constitutivos em Escherichia coli. 2012. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

9.
Luiza da Cruz Caramelo. A relação de phoU e pstS de Pseudomonas aeruginosa com a captação de fosfato e regulação de PHO. 2012. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

10.
Henrique Iglesias Neves. Mecanismo de seleção de mutantes PHO-constitutivos em Escherichia coli. 2011. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

11.
Gabriela Ferreira Martins. Obtenção de mutantes pst em Escherichia coli, sua relação com rpoS e com a regulação de PHO. 2010. Iniciação Científica - Instituto de Ciencias Biomedicas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

12.
Eduardo Garcia Constantino. Fisiologia do crescimento bacteriano durante carência de fosfato. 2005. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

13.
Carolina Toshie Fudissaku. Caracterização do polimorfismo no nível de expressão de GST em ratos de diferentes biotérios. 2003. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

14.
Murilo Tadeu Domingues Bueno. O efeito da tioacetamida sobre a transcrição das famílias alfa, mu e pi da Glutationa-S-transferase em hepatócitos de ratos. 2003. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

15.
Gerson Moura Ferreira. Efeito de mutações em genes do regulon PHO sobre a aderência de Escherichia coli patogênicas entericas. 2002. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

16.
Juliana Velasco de Castro Oliveira. Análise mutacional dos genes do operon pst de Escherichia coli. 2002. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Beny Spira.

17.
Ricardo Shiguero Aoki. O efeito da tioacetamida sobre a transcrição das famílias alfa, mu e pi da Glutationa-S-transferase em hepatócitos de ratos. 2002. Iniciação Científica - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

18.
Fabio Iecks Gomes Torres. Mecanismo de ação da Tioacetamida em hepatócitos de ratos. 1999. Iniciação Científica - Instituto Butantan, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Beny Spira.

Orientações de outra natureza
1.
Arthur Baruel Zaneti. Reversão de mutações no gene rpoS através de evolução dirigida. 2012. Orientação de outra natureza. (Ciencias Biomedicas) - Instituto de Ciencias Biomedicas. Orientador: Beny Spira.

2.
Jung Park. Obtenção de uma linhagem de Burkholderia cepacia com maior capacidade de solubilizar fosfatos inorgânicos. 2012. Orientação de outra natureza. (Ciencias Biomedicas) - Instituto de Ciencias Biomedicas. Orientador: Beny Spira.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
Spira, Beny. Ciência é a ferramenta mais poderosa jamais inventada. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Spira, Beny. Evolução dirigida de bactérias sob limitação de fosfato. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Spira, Beny. Um olhar para a microbiologia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SPIRA, B.. A Ciência como Uma Vela no Escuro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SPIRA, B.. Evolução dirigida de bactérias sob limitação de fosfato. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Redes sociais, websites e blogs
1.
Spira, B. Bacterial genetics lab. 2017; Tema: Página do laboratório. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 6:43:58