Pedro Schestatsky

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9076635148175462
  • Última atualização do currículo em 19/05/2016


Possui Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (1999), Mestrado (2004) e Doutorado (2007), ambas pela Pós-Graduação em Ciências Médicas da UFRGS, sendo a última realizada parcialmente no Hospital Clínico de Barcelona. Foi consultor em medicamentos da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). É neurologista e neurofisiologista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Tem experiência na área de Neurologia com principal ênfase em Eletroneuromiografia (Especialização pela Universidade de Barcelona - 2005 a 2007), Doenças Neuromusculares (Fellow Observer pela Harvard University - 2011) e Neuromodulação (Harvard University, 2012). Como professor da Pós-Graduação em Ciências Médicas e Psiquiatria da UFRGS, suas linhas de pesquisa incluem Fisiologia da Dor, Sistema Nervoso Autonômico e Distúrbios do Movimento. É revisor de periódicos representativos na área da Neurologia e Neurofisiologia, tais como "Brain", "Movement Disorders", "Clinical Neurophysiology", "Parkinsonism and Related Disorders", "European Journal of Neurology", "Expert Opinion on Drugs Safety" entre outros. Em 2009 foi nomeado Chefe do Comitê de Dor da European Neurological Society (ENS) e do Departamento Científico de Dor da Academia Brasileira de Neurologia, cargos exercidos até o ano de 2014. Em 2012 realizou Pós-Doutorado pela Universidade Harvard na área de Neuromodulação e em janeiro de 2013 iniciou suas atividades como Professor Adjunto do Departamento de Medicina Interna da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) após realização de Concurso Público. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Pedro Schestatsky
Nome em citações bibliográficas
SCHESTATSKY, P.;SCHESTATSKY, PEDRO;SCHESTATSKY P

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento de Medicina Interna.
Avenida Ramiro Barcelos, 2400
Bom Fim
90035903 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (051) 33085117
Fax: (051) 33085059
URL da Homepage: www.sobreneurologia.com.br


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2007
Doutorado em Medicina: Ciências Médicas.
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
com período sanduíche em Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Orientador: Márcia Lorena Fagundes Chaves e Josep Valls-Solé).
Título: Estudo de Técnicas Neurofisiológicas para a avaliação da Dor em indivíduos normais e pacientes com doença de Parkinson e Dor Central, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Márcia Lorena Fagundes Chaves (BRA); Josep Valls-Solé (ESP).
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2004 - 2004
Mestrado em Medicina: Ciências Médicas.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Avaliação da Resposta Cutânea Simpática em pacientes com doença de Parkinson,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Irênio Gomes.
2000 - 2002
Especialização - Residência médica.
Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil. Residência médica em: Neurologia
Número do registro: .
Grande área: Ciências da Saúde
2003 - 2004
Especialização em Neurologia.
Academia Brasileira de Neurologia, ABN, Brasil.
Título: Prova de Título de Especialista - ABN.
Orientador: Academia Brasileira de Neurologia.
2012 - 2013
Aperfeiçoamento em Pós-Doutorado. (Carga Horária: 40h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
Título: O papel da estimulação magnética transcraniana e da estimulação elétrica por corrente continua sobre o Sistema Nervoso Autonômico. Ano de finalização: 2013.
Orientador: Felipe Fregni.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2006 - 2006
Aperfeiçoamento em Eletroneuromiografia.
Universidade de Barcelona, UB, Espanha.
Título: Sympathetic skin response induced by muscle contraction. Ano de finalização: 2006.
Orientador: Josep Valls-Solé.
1993 - 1999
Graduação em Medicina.
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, FAMED, Brasil.
Título: Faculdade de Medicina - Universidade Fecederal do Rio Grande do Sul.
Orientador: -.


Pós-doutorado


2012 - 2013
Pós-Doutorado.
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2013 - 2013
Eletroneuromiografia. (Carga horária: 24h).
Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica, SBNC, Brasil.
2011 - 2011
Visitor Observer in Neuromuscular Diseases. (Carga horária: 300h).
Brigham and Women´s Hospital - Harvard University, BWH, Estados Unidos.
2011 - 2011
Visitor Observer - Lateral Amyotrophic Sclerosis. (Carga horária: 150h).
Massachusetts General Hospital - Harvard University, MGH, Estados Unidos.
2010 - 2010
Neurology in Internal Medicine. (Carga horária: 2h).
Sociedade Européia de Neurologia - Berlim, Alemanha, ENS, Suiça.
2010 - 2010
Clinical Neurophysiology. (Carga horária: 2h).
Sociedade Européia de Neurologia - Berlim, Alemanha, ENS, Suiça.
2009 - 2009
Extensão universitária em Capacitação no Dx e Tto Hanseníase. (Carga horária: 8h).
Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, SES-RS, Brasil.
2009 - 2009
Eletroneuromiografia. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica, SBNC, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Potenciais evocados.
Universidade de Valência, UV, Espanha.
2007 - 2007
Extensão universitária em Investigação em pacientes pós-AVC.
Sociedade Européia de Neurologia - Rodes, Grécia, ENS, Grécia.
2007 - 2007
Enxaqueca.
Sociedade Européia de Neurologia - Rodes, Grécia, ENS, Grécia.
2007 - 2007
Aplicação de Toxina Botulínica.
Sociedade Européia de Neurologia - Rodes, Grécia, ENS, Grécia.
2007 - 2007
Computer Aided Sensory Evaluator CASE IV Training. (Carga horária: 12h).
Fold Rx, FR, Estados Unidos.
2006 - 2007
Toxina Botulínica nas Distonias.
Hospital Clinic Barcelona, HC, Espanha.
2005 - 2007
Fellowship em Neurofisiologia Clínica.
Hospital Clinic Barcelona, HC, Espanha.
2006 - 2006
Neuropatias Focais.
Sociedade Européia de Neurologia - Lausanne, Suíça, ENS, Suiça.
2006 - 2006
Miopatias.
Sociedade Européia de Neurologia - Lausanne, Suíca, ENS, Suiça.
2006 - 2006
Neurofisiologia Clínica.
Sociedade Européia de Neurologia - Lausanne, Suíça, ENS, Suiça.
2004 - 2005
Eletromiografia e Potenciais Evocados.
Hospital São Lucas da PUCRS, HSL-PUCRS, Brasil.
2004 - 2004
Imunologia prática p/ o tto doenças autoimunes. (Carga horária: 20h).
Academia Brasileira de Neurologia, ABN, Brasil.
2004 - 2004
Sistema Nervoso Autônomo. (Carga horária: 6h).
Academia Brasileira de Neurologia, ABN, Brasil.
2004 - 2004
Toxina Botulínica. (Carga horária: 12h).
Academia Brasileira de Neurologia, ABN, Brasil.
2004 - 2004
VII Curso Introdutório ao SPSS para Médicos. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2003 - 2003
Eletroneuromiografia. (Carga horária: 6h).
Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clinica, SBNC*, Brasil.
2002 - 2002
Biópsia de Nervo/Músculo - Dra. Leila Chimelli-RJ. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto do Dep. Medicina Interna, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor Epidemiologia e Bioestatística, Carga horária: 20
Outras informações
Programa de Monitoria departamento de Medicina Social, disciplina MED05518 Orientadores: Prof.Bruce B. Duncan e Profª Sandra da Costa Fuchs

Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Monitor Voluntário Bioquímica, Enquadramento Funcional: Monitor Voluntário Bioquímica
Outras informações
Monitor voluntário na disciplina de BIO 119- BIOQUIMICA III - durante o segundo semestre de 1994, sob a orientação dos professores Wajner e Clóvis Milton Duval Wannmacher.

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Monitor de Biofísica, Enquadramento Funcional: Monitor de Biofísica
Outras informações
Monitor Oficial durante um ano na disciplina de BIO 314, sob orientação do professor Jorge Alberto Quillfeldt tendo obetido conceito "A" pelo desempenho nas atividades propostas.

Atividades

04/1997 - 12/1997
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MED05518 - Departamento MEDICINA SOCIAL
08/1995 - 12/1995
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
BIO 119 - BIOQUIMICA III
03/1994 - 12/1994
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
BIO 314
Monitor Oficial durante um ano 16/03/ a 31/12/1994- Departamento de Biofísica
Orientador: Prof. Jorge Alberto Quillfeldt

Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor ad-hoc, Carga horária: 1
Outras informações
Consultor ad-hoc para medicamentos de alto custo.

Atividades

01/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Agência de Vigilância Sanitária, .

Cargo ou função
Consultor.

Associação dos Médicos do Rio Grande do Sul, AMRIGS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Instituição, Carga horária: 1

Atividades

04/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Médica do Rio Grande do Sul, .

Cargo ou função
Membro.

Campus Universitário de Botucatu, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Estágio Voluntário, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio voluntário no Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina do Campus Universitário de Botucatu_UNESP na área de Pronto-Socorro Pediátrico no período de 15 de janeiro a 31 de janeiro de 1997, cumprindo o horário das 8:00 às 18:00 e em escala de plantão

Atividades

01/1997 - 01/1997
Estágios , Pronto-Socorro Pediátrico, .

Estágio realizado
Departamento de Pediatria da UNESP.

Central Médica Carlos Chagas, CMCC, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Neurologista, Carga horária: 30


Hospital Clinic Barcelona, HC, Espanha.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Neurofisiologista da Unidade EMG C Motor


Hospital Clínic y Provincial de Barcelona, HCP, Espanha.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Unidade de Eletromiografia e Controle Motor


Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Neurologista, Carga horária: 60


Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre, HPS, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Estágio Curricular, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular FAMED/UFRGS, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio curricular no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre, realizado pela Assessoria Científica AC/HPS, no período de 01 a 30 de setembro de 1999, com uma carga horária de 272 horas, sob coordenação do Dr. Isidoro D. Papadopol, tendo obtido conceito ?A?

Atividades

09/1999 - 09/1999
Estágios , Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre, .

Estágio realizado
Estágio Curricular.

Hospital Geral de Porto Alegre, HGPA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Médico, Carga horária: 40
Outras informações
Atividade médida como Neurologista no Hospital Geral de Porto Alegre, vinculado ao Exército Brasileiro nas áreas de Emergência, Consultoria, Internaçãoes e Unidade de Terapia Intensiva.

Atividades

04/2003 - 12/2003
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Neurologia.

Instituto de Previdência do Estado, IPE, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Técnico em Neurologia, Carga horária: 1

Atividades

01/2004 - Atual
Serviços técnicos especializados , Instituto de Previdência do Estado - RS, .

Serviço realizado
Serviço técnico especializado.

Instituto Lauro de Souza Lima, ILSL, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador intelectual - escritura artigo


Ministério da Saúde, MS, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor

Atividades

05/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Ministério da Saúde, .

Cargo ou função
Consultor.

Policlínica Militar, POMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Médico, Enquadramento Funcional: Médico

Atividades

01/2004 - 03/2005
Serviços técnicos especializados , Policlínica Militar, .

Serviço realizado
Médico.

Prefeitura Municipal de Picada Café, PMPC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Clínico Geral, Carga horária: 12


Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, CNPQ/UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista: Propesq/CNPq
Outras informações
Orientador: Prof. Flávio Pereira Kapczinski Projeto: Efeitos da Restrição Aguda de Triptofano sobre o Humor, A Memória e a Ansiedade Induzida em voluntários Normais no período de 01/08/1997 a 31/07/1998

Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Bolsista Propesq/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista: Propesq/CNPq
Outras informações
Orientador: Prof. Flávio Pechansky Projeto: A relação dentre atitudes de Risco frente ao HIV e Informações Prévias sobre prevenção em usuários de drogas injetáveis da grande Porto Alegre no período de 01/08/1996 a 31/01/1997

Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista: Propesq/CNPq, Carga horária: 10
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica do Programa Interno desenvolvido pela PROPESQ/Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa da UFRGS, sob a aorientação da Dra. Maria Isabel Albano Edelweiss, no projeto: "Avaliação do efeito do álcool etílico e na n-nitrosonornicotina na carcinogênese esofágica induzida pela dietilnitrosamina: modelo experimental em camundongos", no período de 01/04/96 a 31/07/96.

Atividades

08/1996 - 01/1997
Estágios , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, .

Estágio realizado
Bolsista.

Royal Free Hospital School of Medicine ? University of London/Depatment of, RFHSM, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Estágio Voluntário, Enquadramento Funcional: Estágio Voluntário, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio voluntário no Royal Free Hospital School of Medicine ? University of London/Department of Primary Care & Population Sciences, sob a supervisão do Dr. Joe Rosenthal, no período de 19 de janeiro a 13 de fevereiro de 1998, obtendo conceito máximo. Londres, UK.

Atividades

01/1997 - 02/1998
Estágios , University of London/Depatment of Primary Care & Population Sciences, .

Estágio realizado
Royal Free Hospital School of Medicine.

Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, SES, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Perito, Carga horária: 12

Atividades

05/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, .

Cargo ou função
Consultor.

Sindicato Médico do RS, SIMERS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro, Carga horária: 1

Atividades

03/2005 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Sindicato Médico do RS, .

Cargo ou função
Membro.


Projetos de pesquisa


2011 - Atual
Estudo da atividade sudomotora autonômica durante o sono em pacientes com ansiedade generalizada
Descrição: Os pacientes com ansiedade generalizada apresentam uma condição de hiperexcitabilidade constante sem causa aparente. Tal hiperexcitabilidade ou alto grau de ?arousal? pode ser quantificada através da atividade sudomotora simpática, considerada um índice do ?suor emocional?, e que encontra-se atenuada durante o sono em sujeitos saudáveis. O presente projeto visa determinar o grau de hiperexcitabilidade autonômica através da respostas cutânea simpáticas nos pacientes com ansiedade generalizada durante sono. Nossa hipótese é de que estes pacientes, mesmo dormindo, apresentam tônus simpático aumentado, provavelmente por disfunção de núcleos vegetativos ao nível do tronco encefálico.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Limiares de dor e temperatura em estudantes de medicina antes e depois de um plantão
Descrição: A determinação dos limiares de temperatura (calor, dor por calor), também conhecido como teste de quantificação sensitiva, é uma técnica validada para análise funcional da via nociceptiva (fibras finas, trato espinotalâmico e projeções corticais). É sabido que tal via pode ser modulada pelo estresse, mas há pouca documentação deste fenômeno em indivíduos saudáveis durante sua atividade laboral. O presente projeto avaliará os limiares de estudantes de medicina, livres de qualquer doença que possa afetar a excitabilidade da via da dor, antes e depois de um plantão médico. Para isso, utilizar-se-á um estimulador térmico baseado no princípio de Peltier, capaz de elevar a temperatura da pele localmente na velocidade de 1ºC/s. Nossa hipótese é que de a via nociceptiva estará potencializada (limiares diminuídos) após uma jornada de trabalho médico noturno.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Validação da Escala de Dor Catastrófica
Descrição: A dor pode ser aferida do ponto de vista discriminativo (escala visual analógica) ou emocional. A Escala de Catastrofização da Dor (ECD) é um instrumento de ampla utilização para avaliar a repercussão emocional que estados dolorosos crônicos podem acarretar a um determinada grupos pacientes. Alguns autores relacionam altos escores da ECD com uma baixa capacidade de controle inibitório de estímulos nociceptivos ascendentes e têm sido implicados como preditores de dor pós-operatória em pacientes com radiculopatia crônica. Apesar da relevância de uma escala com tal propósito, ainda não existem estudos de validação deste instrumento para a língua portuguesa do Brasil. O presente estudo visa a validação da ECD ao nosso meio. Para isto serão realizadas as diferentes etapas de um processo de validação (tradução, retrotradução, confiabilidade inter- e intra examinadores etc) utilizando pacientes com espectros opostos de catastrofização de dor: pacientes fibromiálgicos (alta catastrofização) e com osteoartrose (baixa catastrofização dos sintomas álgicos). A permissão da validação do instrumento já foi concedida pelo autor original..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
O estudo da proteína S100-Beta nos pacientes com neuropatia diabética
Descrição: A Neuropatia Diabética (ND) é a forma mais freqüente de polineuropatia no mundo, sendo responsável pela alta morbidade da doença. Apesar da sua alta prevalência, o diagnóstico precoce ainda é um desafio na prática clínica, bem como o entendimento de seus mecanismos fisiopatológicos subjacentes. Este projeto de pesquisa tem como objetivo analisar os níveis da Proteína S100-Beta nos indivíduos diabéticos com neuropatia periférica admitidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre durante o período de agosto a dezembro de 2009. A Proteína S100-Beta é encontrada nos astrócitos e vem sendo considerada um marcador precoce de lesão neural. Alguns autores relatam níveis liquóricos aumentados desta proteína nos pacientes com a síndrome de Guillain-Barré, a causa mais importante de neuropatia aguda. Baseado nestes achados, acreditamos que tal proteína pode estar alterada nos pacientes com diabetes melitus e neuropatia periférica. Assim, a mensuração dos níveis da Proteína S100-Beta nesta população poderia auxiliar no diagnóstico precoce e contribuir para o entendimento fisiopatológico da neuropatia diabética..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
O estudo do reflexo RIII na fibromialgia
Descrição: A fibromialgia é uma doença crônica caracterizada por dor intratável, comorbidades psiquiátricas e ausência de lesão estrutural demonstrável por meio de exames complementares. O reflexo RIII é uma técnica neurofisiológica bastante estudada que reflete o grau de sensibilização central do sistema nociceptivo. Existem poucos estudos avaliando o reflexo RIII nos pacientes com fibromialgia, e de que forma as intervenções terapêuticas podem modulá-lo. O presente projeto visa estudar pacientes com fibromialgia antes e após intervenção médica através desta técnica que pode ser útil no diagnóstico, prognóstico e como parâmetro de acompanhamento clínico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Diagnóstico precoce de neuropatia de fibras finas nos pacientes com pré-diabetes
Descrição: A lesão do nervo periférico é uma das complicações mais freqüentes e precoces dos pacientes com diabetes melito, podendo ocorrer até nos estágios pré-diabéticos. O nervo é composto por fibras de diferentes diâmetros. As fibras de pequeno diâmetro (fibras finas) costumam ser as primeiras a serem lesadas envolvidas no processo de neuropatia associada à hiperglicemia. No entanto, os métodos diagnósticos disponíveis na prática clínica não são capazes de analisar a função das fibras finas e, portanto, incapazes de identificar a neuropatia precocemente. Os autores deste projeto pretendem estudar detalhadamente a função das fibras finas (fibras C amielínicas e fibras Aδ pouco mielinizadas) através de métodos acurados e sua associação com outras complicações micro- e macrovasculares, ao longo do tempo, nos indivíduos com diferentes estágios de tolerância à glicose, incluindo o DM. Nossa hipótese principal é de que a disfunção das fibras finas, mesmo assintomática, é o principal marcador de complicações precoces relacionadas à hiperglicemia crônica. Para isso, pretende-se utilizar, além de testes autonômicos que avaliam as fibras C eferentes simpáticas, um estimulador térmico seletivo para as fibras C e Aδ colocado sobre a pele dos indivíduos para registrar potenciais evocados (CHEPs) de larga latência. Através da análise da amplitude e da latência destes potenciais, poder-se-á estimar a função das fibras finas do tipo termoalgésicas contidas dentro do nervo periférico e correlacioná-la com uma diversidade de fatores além das demais complicações micro- e macrovasculares. Posteriormente, os pacientes isentos de complicações no início do estudo serão avaliados de forma prospectiva, através de testes clínicos e laboratoriais periódicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Respostas sudomotoras simpáticas induzidas pela mastigação em pacientes com disfunção da articulação temporo-mandibular
Descrição: A disfunção da articulação têmporo-mandibular (DATM) é caracterizada por dor facial crônica e persistente associada à má-oclusão dentária. No entanto, muitos pacientes com má-oclusão dentária não desenvolvem DATM. Uma das hipóteses para explicar o fenômeno é encarar a dor destes pacientes como a do tipo ?mantida pelo simpático? (sympathetic maintained pain), conforme alguns autores. Estes estudos, no entanto, somente avaliaram pacientes com DATM sintomáticos, e não aqueles com má oclusão dentária e bruxismo sem DATM. Assim, é plausível que a alta atividade simpática observada nestes pacientes seja mera conseqüência ? e não a causa ? de um estado de dor crônica. O presente projeto visa avaliar a função autonômica de sujeitos com DATM, má oclusão dentária e sem dor, e sujeitos normais. Para isso, vamos utilizar o método de respostas autonômicas cutâneas induzidas pela mastigação. Através de eletrodos de superfície colocados sobre o ventre dos músculos temporal e masseter, registrar-se-á o início da contração voluntária com a conseqüente atividade sudomotora (registro na palma das mão com eletrodos de superfície). Desta forma, a latência, amplitude e o padrão de habituação serão analisados nos 3 diferentes grupos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Prevalência de síndrome miofascial nos pacientes do ambulatório de doenças neuromusculares do HCPA
Descrição: A síndrome miofascial é uma condição extremamente frequente na prática clínica e pode acompanhar uma série de outras patologias. Os pacientes com doenças neuromusculares são particularmente vulneráveis à esta comorbidade e suspeita-se que muitas vezes sofrem mais pela síndrome miofascial associada do que pela doença de base propriamente dita, como ocorre em alguma miopatias. Assim sendo, o presente projeto visa estabelecer a prevalência de síndrome miofascial nos pacientes do ambulatório de doenças neuromusculares do HCPA. Desta forma, poder-se-á abordar a síndrome miofascial especificamente e melhorar a funcionabilidade e qualidade de vida dos nossos pacientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Avaliação funcional dos pacientes com transtorno neuromuscular
Descrição: Os pacientes com transtorno neuromuscular (lesões do corno anterior, plexo, raiz, nervo, placa motora ou músculo) apresentam uma grande variedade de déficits motores e sensitivos que vão depender da etiologia específica e da gravidade do processo neuromuscular. Uma maneira de medir estes déficits é através de escalas de força e sensibilidade universalmente utilizadas na prática clínica. No entanto, o grau de funcionalidade não é usualmente avaliado. O presente projeto, através de escalas de funcionabilidade recentemente validadas para o português, visa estabelecer o perfil dos pacientes do ambulatório de transtornos musculares do HCPA, com intuito de seleccionar pacientes passíveis de tratamento ocupacional de forma focada. Para isso serão avaliados pacientes com doenças neuromusculares em topografias variadas e aplicando vários outras escalas para correlações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Neurophysiological study of pull test in patients with Parkinson disease and controls
Descrição: INTRODUCTION: The pull test (PT) is used as a measure of postural instability in Parkinson's disease (PD) and other movement disorders. Surface electromyograpgy (EMG) is a widely used technique for muscle contraction evaluation. Our aim was to assess EMG activity of the principal muscles recruited during PT in patients with PD. METHODS: The study was carried out in 8 newly diagnosed PD patients and 8 controls. We assess clinical (MMSE, UPDRS and Hoehn and Yahr scales) and demographical data from all subjects. Fallers were excluded. By means of surface electrodes we registered electrical activity from the following muscles during the PT maneuver: tibialis anterior, gastrocnemius and biceps femoralis. We also placed an electrode at the anterior part of deltoid muscle to serve as a screen trigger and performed the PT 10 times at both ?on? and ?off? states. At each maneuver we noted the number of abnormal tests and steps necessary to regain postural stability after pulling. RESULTS: The mean duration and amplitude of muscle burst activity were similar between patients and controls. Surprisingly, the mean latency of all tested muscles were shorter in patients than in controls. In the latter we observed a progressive prolongation of the latencies from trial 1st to 8th., whereas in patients, the latency of muscle burst remained constant in all trials for muscles. As expected, the prevalence of abnormal PTs and the total number of steps after 10 maneuvers were higher in patients when compared to controls. After l-dopa intake, neurophysiological data remain unchanged. There was no correlation between neuropshysiological and clinical data in both ?on? and ?off? phases. CONCLUSIONS: Patients with PD have a characteristic pattern of muscle activation during PT that is not reversed after levodopa administration. This methodology underscores the possibilities of physiological and clinical studies using PT monitored by EMG in the assessment of parkinsonian syndromes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Validação da Escala LANSS (Dor neuropática vs. Nociceptiva)
Descrição: O diagnóstico de dor neuropática é feito através de anamnese e exame físico detalhados. A utilização de instrumentos ou escalas breves que facilitem o diagnóstico deste sintoma ajuda a homogeneizar e reduzir substancialmente o tempo da consulta desses pacientes. A escala de dor do LANSS (Leeds Assessment of neuropathic Symptoms and Signs) é considerada confiável e de curta duração (Bennett, 2001), já tendo sido validada na língua espanhola (Pérez et al., 2006). A mesma possui propriedades psicométricas adequadas para discriminar a dor neuropática da dor nociceptiva. Aplicada por um entrevistador treinado, a escala consta de duas secções: uma que explora os aspectos qualitativos da dor e outra os aspectos sensoriais. Até o presente momento não existe nenhuma escala em português que auxilie o clínico na diferenciação entre dor tipo neuropática e a dor do tipo inflamatória ou nociceptiva. Por isso, o objetivo deste trabalho é validar uma versão traduzida e adaptada para o português do LANNS em pacientes brasileiros com dor crônica. Atualmente já temos 54 pacientes com a escala preenchida para um cálculo do tamanho de amostra de 80 sujeitos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
O estudo da proteína S100-Beta nos pacientes com síndrome de Guillain-Barré
Descrição: A síndrome de Guillain-Barré (SGB) é caracterizada por uma polirradiculoneuropatia de instalação aguda, usualmente imuno-mediada, associado a um envolvimento sensitivo e motor progressivo, determinando grande incapacidade e morbi-mortalidade nos indivíduos acometidos pela doença. A Proteína S100-Beta é encontrada nos astrócitos e tem tido grande importância para o melhor entendimento dos processos fisiopatológicos na injúria do Sistema Nervoso Central. Alguns autores relataram a correlação entre a SGB e os níveis liquóricos da Proteína S100-Beta. Assim, acreditamos que este marcador possa constituir em importante ferramenta prognóstica nos portadores da SGB. Nosso objetivo é estudar a sintomatologia clínica dos pacientes com diagnóstico da SGB e identificar padrões clínicos e laboratoriais, principalmente a medida dos níveis séricos e liquóricos da Proteína 100 Beta, que consigam predizer o prognóstico desta doença..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2009
Prevalência da onda A nos pacientes com doença de Hansen e dor neuropática
Descrição: Neuropathic pain (NP) is a well recognized manifestation of leprosy that affects approximately 60% of patients during their illness. However, the definitive diagnosis of NP is difficult to achieve using clinical criteria solely. In the study reported here, by means of conventional nerve conduction studies, we sought for a neurophysiological surrogate of NP in leprosy patients with ulnar neuropathy. We carried out a clinical and neurophysiological study in 8 leprosy patients with ulnar neuropathy and NP. For comparison, we also studied 8 patients with ulnar neuropathy without pain. We assessed the clinical characteristics of pain complaints, including a visual analogue scale for pain intensity (pVAS) and performed nerve sensory and motor nerve conduction studies, as well as long latency responses (F and A waves) of the ulnar nerve. There was no association between pain prevalence or pain intensity with data from the sensory and motor nerve conduction studies. However, A wave prevalence was higher in the group of patients with NP in comparison with those without pain. There was a positive correlation between the number of elicited A waves obtained out of 10 consecutive electrical stimuli and pVAS, but not between A waves and CMAP amplitude. The presence of A waves correlates well with pain complaints of neuropathic characteristics in leprosy patients. Probably, such response shares similar mechanisms with the small fiber dysfunction seen in these patients with NP. Further studies using specific tools for small fiber assessment are warranted in order to confirm our findings..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Pedro Schestatsky - Integrante / José Antonio Garbino - Coordenador / Marcos da Cunha Lopes Virmond - Integrante / Manoel Henrique Salgado - Integrante / Somei Ura - Integrante / Bernard Naafs - Integrante.
2009 - 2009
Estudo da atividade sudomotora palmar induzida por temperatura em pacientes com hiperhidrose primária antes e depois da simpatectomia
Descrição: Electrical stimuli are commonly used for the analysis of the sudomotor activity of the hands in patients with primary palmar hyperhidrosis (PPH). However, effects of thermoalgesic stimuli have not been yet examined. We recorded the electrodermal activity (EDA) in response to slow and tonic thermal stimuli before and after thoracoscopic sympathectomy (TS). We carried out a study in 18 PPH patients and 20 controls. We assessed a visual analogue scale for sweating (s-VAS) and for compensatory sweating (c-VAS). We also measured the ongoing EDA in the hands and concomitant temperature perception (t-VAS) in response to thermal stimuli given over the forearm. The EDA was analyzed according to four different phases of t-VAS: pre-perception, warm, pain and post-perception phases. In patients with PPH, thresholds for warm sensation were lower, while the EDA was higher in all t-VAS-based phases in comparison with controls. After TS, thermal thresholds and EDA normalized. A period of absent sudomotor activity right after the pain-sensation phase was present in all controls, but not in PPH patients, even after surgery (p=0.01). There was a significant positive correlation between preoperatively EDA and c-VAS (from r=0.45 to 0.57), but not between s-VAS and c-VAS (p>0.05). Apart from the increased sweating, patients with PPH showed a high sensitivity for warm sensation, that both normalized after TS. However, signs of increased autonomic reactivity to temperature stimuli were not modified after the procedure. The recording of temperature-induced EDA may help in the understanding of the pathophysiological mechanisms underlying PPH..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Avaliação autonômica nos pacientes com pré-diabetes
Descrição: Uma das complicações mais freqüentes do diabetes é a neuropatia. Nestes casos, as fibras de menor calibre de dentro do nervo são as primeiras a serem lesadas. No entanto, seu diagnóstico precoce é extremamente difícil já que os métodos convencionais de avaliação (estudos de neurocondução e eletromiografia) somente são capazes de avaliar a função das fibras mais grossas, ricamente mielinizadas e mostram alterações nos estágios mais tardios da neuropatia diabética. As fibras finas podem ser nociceptivas ou autonômicas, ambas do tipo C (amielínicas). O presente projeto visa identificar neuropatia precoce através do estudo das fibras C autonômicas nos pacientes com diabetes e intolerantes à glicose (pré-diabetes) através da resposta cutânea simpática e análise do intervalo RR. As alterações encontradas serão correlacionadas com uma série de parâmetros incluindo perfis genéticos aferidos no Serviço de Endocrinologia do HCPA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Cronopatologia das dores crônicas músculo-esqueléticas e inflamatória: Função do eixo imune-pineal e estratégias terapêuticas.
Descrição: As dores crônicas de origem não-oncológicas podem ser classificadas em imunoinflamatórias e músculo-esqueléticas, cujo foco etiopatogênico tem dirigido atenção à integração dos sistemas adrenérgico, imune e glândula pineal. A integração destes sistemas constitui o eixo imune-pineal. Interessantemente, sabe-se que os processos imunes não são somente consequência da reação à infecção, mas também aos estressores físicos ou psíquicos não vinculados à infecção ou ferimento. Considerando o custo individual e social da dor crônica e a limitação da terapêutica disponível, novas pesquisas devem ser feitas com objetivo de: (1) embasar decisões terapêuticas de intervir e tratar situações estressantes e dolorosas, (2) analisar a eficácia de medidas farmacológicas e não-farmacológicas no alívio da dor crônica, (3) possibilitar estudo das variáveis clínicas e ambientais capazes de precipitar ou minorar o episódio doloroso e (4) definir alterações bioquímicas, fisiológicas e psicológicas ocorridas no curso dos processos dolorosos crônicos. Dentre novas opções terapêuticas, em teste pelo nosso grupo, consta a melatonina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2009 - Atual
Periódico: Revista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Arquivos Brasileiros de Psiquiatria, Neurologia e Medicina Legal
2006 - Atual
Periódico: Movement Disorders
2005 - Atual
Periódico: Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
2006 - Atual
Periódico: Clinical Neurophysiology
2006 - Atual
Periódico: Parkinsonism & Related Disorders
2007 - Atual
Periódico: Expert Opinion on Drug Safety
2009 - Atual
Periódico: Revista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
2011 - Atual
Periódico: Brain (London. Print)
2009 - Atual
Periódico: Parkinsonism & Related Disorders


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Neurologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
Título de Especialista em Neurofisiologia Clínica, Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica - ABN.
2012
Professor Adjunto Nível I, UFRGS.
2009
Presidente do Comitê de Dor da Sociedade Européia de Neurologia, European Neurological Society.
2008
Prêmio Hour Concur em Neuropatias Periféricas: Estudo Neurofisiológico da Dor Central em pacientes com doença de Parkinson, Academia Brasileira de Neurologia.
2008
Melhor Apresentação de Tema Livre: Sympathetic skin responses in spinal cord injury patients, International Federation of Clinical Neurophysiology.
2008
1o Lugar no Concurso para Contratado em Eletroneuromiografia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
2008
Aprovado em 3o lugar no Concurso para Professor Adjunto em Neurologia, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
2008
Mencion Especial - Premio Enrique Delamonica, Sociedad Argentina de Electroencefalografía y Neurofisiología Clínica.
2007
Melhor comunicação oral sobre Dor Neuropática: "Mudanças na atividade sudomotora associadas à percepção de calor e dor térmica", Sociedade Espanhola de Neurologia.
2005
Bolsa Doutorado-sandwich: Avaliação do Potencial Evocado e Resposta Cutânea Simpática gerados por estímulos nociceptivos através de Raio Laser em sujeitos normais e pacientes com Dor Crônica, CAPES.
2005
Test of English as a Foreign Language (TOEFL), Educational Testing Service - ETS.
2005
Diploma de Español como Lengua Extranjera (DELE), Instituto Cervantes.
2004
Título de Especialista em Neurologia (ABN), Academia Brasileira de Neurologia.
2002
Certificado de apreciação em reconhecimento à participação ativa no trabalho ?Avaliação de situações de risco para a transmissão do HIV em Porto Alegre, Brasil, Center for Drug and Alcohol Studies of the University of Delaware, USA.
1998
Destaque na Área da Saúde: "Efeitos da restrição aguda de triptofano sobre o humor, a memória e a ansiedade induzida em voluntários normais", X Salão de Iniciação Científica - UFRGS.
1996
Menção Honrosa: "Seguimento de uma coorte de pacientes em tratamento em Porto Alegre-RS", XVIII Congresso Brasileiro de Nefrologia.
1995
Prêmio Revelação em Concurso Literário para monitores/UFRGS: "Ensaio sobre a monitoria... Uma nova abordagem (se é que alguém já não abordou)", Pró-Reitoria de Graduação.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TRINDADE, ANELISE BONILLA2015TRINDADE, ANELISE BONILLA ; SCHESTATSKY, PEDRO ; TORRES, VÍTOR FÉLIX ; GOMES, CRISTIANO ; GIANOTTI, GIORDANO CABRAL ; PAZ, ANA HELENA DA ROSA ; TERRACIANO, PAULA BARROS ; MARQUES, JANETE MARIA VOLPATO ; GUIMARÃES, KARINA MAGANO ; GRAÇA, DOMINGUITA LÜHERS ; CIRNE-LIMA, ELIZABETH OBINO ; CONTESINI, EMERSON ANTONIO . Functional and regenerative effects of local administration of autologous mononuclear bone marrow cells combined with silicone conduit on transected femoral nerve of rabbits. Research in Veterinary Science, v. 102, p. 27-33, 2015.

2.
BRUCKI, SONIA M. D.2015BRUCKI, SONIA M. D. ; FROTA, NORBERTO ANÍSIO ; SCHESTATSKY, PEDRO ; SOUZA, ADÉLIA HENRIQUES ; CARVALHO, VALENTINA NICOLE ; MANREZA, MARIA LUIZA GIRALDES ; MENDES, MARIA FERNANDA ; COMINI-FROTA, ELIZABETH ; VASCONCELOS, CLÁUDIA ; TUMAS, VITOR ; FERRAZ, HENRIQUE B. ; BARBOSA, EGBERTO ; JURNO, MAURO EDUARDO . Cannabinoids in neurology ? Brazilian Academy of Neurology. Arquivos de Neuro-Psiquiatria (Impresso), v. 73, p. 371-374, 2015.

3.
HABEKOST, CLARISSA TOLLER2014HABEKOST, CLARISSA TOLLER ; SCHESTATSKY, PEDRO ; TORRES, VITOR FELIX ; DE COELHO, DANIELLA MOURA ; VARGAS, CARMEN REGLA ; TORREZ, VITOR ; OSES, JEAN PIERRE ; PORTELA, LUIS VALMOR ; PEREIRA, FERNANDA DOS ; MATTE, URSULA ; JARDIM, LAURA BANNACH . Neurological impairment among heterozygote women for X-linked Adrenoleukodystrophy: a case control study on a clinical, neurophysiological and biochemical characteristics. Orphanet Journal of Rare Diseases, v. 9, p. 6-9, 2014.

4.
SCHESTATSKY, PEDRO2013 SCHESTATSKY, PEDRO; SIMIS, MARCEL ; FREEMAN, ROY ; PASCUAL-LEONE, ALVARO ; FREGNI, FELIPE . Non-invasive brain stimulation and the autonomic nervous system. Clinical Neurophysiology, v. 1, p. 1, 2013.

5.
GUARANY, FÁBIO COELHO2013 GUARANY, FÁBIO COELHO ; PICON, PAULO DORNELLES ; GUARANY, NICOLE RUAS ; DOS SANTOS, ANTONIO CARDOSO ; CHIELLA, BIANCA PAULA MENTZ ; BARONE, CAROLINA ROCHA ; FENDT, LÚCIA COSTA CABRAL ; SCHESTATSKY, PEDRO . A Double-Blind, Randomised, Crossover Trial of Two Botulinum Toxin Type A in Patients with Spasticity. Plos One, v. 8, p. e56479, 2013.

6.
SCHESTATSKY, PEDRO2013SCHESTATSKY, PEDRO; MORALES-QUEZADA, LEON ; FREGNI, FELIPE . Simultaneous EEG Monitoring During Transcranial Direct Current Stimulation. Journal of Visualized Experiments, v. 1, p. 1-2, 2013.

7.
LINDEN JUNIOR, EDUARDO2013LINDEN JUNIOR, EDUARDO ; BECKER, JEFFERSON ; SCHESTATSKY, PEDRO ; ROTTA, FRANCISCO TELLECHEA ; MARRONE, CARLO DOMENICO ; GOMES, IRENIO . Prevalence of amyotrophic lateral sclerosis in the city of Porto Alegre, in Southern Brazil. Arquivos de Neuro-Psiquiatria (Impresso), v. 71, p. 959-962, 2013.

8.
SCHESTATSKY, P.2013SCHESTATSKY, P.; DALL-AGNOL, L. ; GHELLER, L. ; STEFANI, L. C. ; SANCHES, P. R. S. ; DE SOUZA, I. C. ; TORRES, I. L. ; CAUMO, W. . Pain-autonomic interaction after work-induced sleep restriction. European Journal of Neurology (Print), v. 20, p. 638-646, 2013.

9.
SCHESTATSKY, PEDRO2012SCHESTATSKY, PEDRO; JANOVIK, NATHALIA ; LOBATO, MARIA INÊS ; BELMONTE-DE-ABREU, PAULO ; SCHESTATSKY, SIDNEI ; SHIOZAWA, PEDRO ; FREGNI, FELIPE . Rapid therapeutic response to anodal tDCS of right dorsolateral prefrontal cortex in acute mania. Brain Stimulation: basic, translational and clinical research in neuromodulation, v. ., p. ., 2012.

10.
VALLS-SOLÉ, JOSEP2012VALLS-SOLÉ, JOSEP ; CASTELLOTE, JUAN M. ; KOFLER, MARKUS ; CASANOVA-MOLLA, JORDI ; KUMRU, HATICE ; SCHESTATSKY, PEDRO . Awareness of Temperature and Pain Sensation. The Journal of Pain (Print), v. 13, p. 620-627, 2012.

11.
Garbino JA2011Garbino JA ; Naafs B ; Salgado MH ; Ura S ; Virmond MCL ; SCHESTATSKY, P. . Association between neuropathic pain and a-waves in leprosy patients with type 1 and 2 reactions. Journal of Clinical Neurophysiology, v. 28, p. 329-332, 2011.

12.
SCHESTATSKY, P.2010SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; Callejas M . Abnormal modulation of electrodermal activity by thermoalgesic stimuli in patients with primary palmar hyperhidrosis. Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry, v. 82, p. 92-96, 2010.

13.
Jonas Saute2010Jonas Saute ; VALLER, L. ; SCHESTATSKY, P. . The role of lithium in ALS remains unknown. Amyotrophic Lateral Sclerosis (Print), v. 11, p. 574-574, 2010.

14.
KUMRU H2009KUMRU H ; Vidal J ; Perez M ; SCHESTATSKY, P. ; Valls-Solé J . Sympathetic skin responses evoked by different stimuli modalities in spinal cord injury patients. Neurorehabilitation and Neural Repair, v. 23, p. 553-558, 2009.

15.
SCHESTATSKY, P.2009SCHESTATSKY, P.; Gerchman F ; Valls-Solé J . Neurophysiological tools for small fiber assessment in painful diabetic neuropathy. Pain Medicine (Malden), v. 10, p. 601-601, 2009.

16.
SCHESTATSKY, P.2009SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; Torres VF ; Guarany F ; Castellote J ; PEREZ, D. ; COSTA, J. . Sympathetic skin responses evoked by muscle contraction. Neuroscience Letters, v. 1, p. 1-1, 2009.

17.
SCHESTATSKY, P.2009SCHESTATSKY, P.. Definition, diagnosis and treatment of neuropathic pain. Revista do HCPA & Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, v. 28, p. 177-187, 2009.

18.
SCHESTATSKY, P.2009SCHESTATSKY, P.; Nascimento O . What do general neurologists need to know about neuropathic pain?. Arquivos Brasileiros de Psiquiatria, Neurologia e Medicina Legal, v. 67, p. 741-749, 2009.

19.
SCHESTATSKY, P.2009SCHESTATSKY, P.; Picon PD . How Many Coils Do Patients With Aneurysmal Subarachnoid Hemorrhage Need?. Stroke (Dallas. 1970), v. 40, p. e717-e717, 2009.

20.
SCHESTATSKY, P.2008SCHESTATSKY, P.; Lladó-Carbó E ; CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; Valls-Solé J . Small fibre function in patients with meralgia paresthetica.. Pain (Amsterdam), v. 139, p. 342-348, 2008.

21.
VECIANA, M.2007VECIANA, M. ; Valls-Solé J ; SCHESTATSKY, P. ; Montero J ; Casado V . Abnormal sudomotor skin responses to temperature and pain stimuli in syringomyelia. Journal of Neurology, v. 254, p. 638-645, 2007.

22.
SCHESTATSKY, P.2007SCHESTATSKY, P.; ALGABA, R. ; PEREZ, D. ; LEON, L. ; COSTA, J. ; Valls-Solé J . Transient decrease of sensory perception after thermoalgesic stimuli for quantitative sensory testing. Muscle & Nerve, v. 36, p. 466-470, 2007.

23.
Freitag FM2007Freitag FM ; Cunha VS ; Diehl E ; SCHESTATSKY, P. ; Fuchs SC . Acne treated successfully with azythromicin?. International Journal of Dermatology, v. 46, p. 334-335, 2007.

24.
Rieder CRM2007Rieder CRM ; SCHESTATSKY, P. ; Socal M ; Monte TL ; Fricke D ; COSTA, J. ; Picon PD . A double-blind, randomized, crossover study of prosigne versus botox in patients with blepharospasm and hemifacial spasm. Clinical Neuropharmacology, v. 30, p. 39-42, 2007.

25.
SCHESTATSKY, P.2007SCHESTATSKY, P.; KUMRU H ; Valls-Solé J ; Valderiolla F ; Martí MJ ; Tolosa E ; Chaves ML . Neurophysiological study of central pain in patients with Parkinson´s disease.. Neurology (Cleveland, Ohio), v. 69, p. 2162-2169, 2007.

26.
SCHESTATSKY, P.2007SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; COSTA, J. ; LEON, L. ; VECIANA, M. ; Chaves ML . Skin autonomic reactivity to thermoalgesic stimuli. Clinical Autonomic Research, v. 17, p. 349-355, 2007.

27.
SCHESTATSKY, P.2006SCHESTATSKY, P.; Zanatto VC ; Margis R ; Chachamovich E ; Reche M ; Batista RG ; Fricke D ; Rieder CRM . Quality of life in a Brazilian sample of patients with Parkinson's disease and their caregivers. Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, v. 28, p. 209-211, 2006.

28.
SCHESTATSKY, P.2006SCHESTATSKY, P.; Ehlers JA ; Rieder CRM ; Gomes I . Evaluation of sympathetic skin response in Parkinson's disease. Parkinsonism & Related Disorders, v. 12, p. 486-491, 2006.

29.
SCHESTATSKY, P.2006SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; Ehlers JA ; Rieder CRM ; Gomes I . Hyperhidrosis in Parkinson's disease. Movement Disorders, v. 21, p. 1744-1748, 2006.

30.
SCHESTATSKY, P.2006SCHESTATSKY, P.; Chedid M ; Amaral OB ; OLIVEIRA, F. M. ; UNIS, G. ; Severo LC . Isolated central nervous system histoplasmosis in immunocompetent hosts: a series of 11 cases. Scandinavian Journal of Infectious Diseases, v. 38, p. 43-48, 2006.

31.
Schaf, D2005Schaf, D ; Tort A ; Fricke D ; SCHESTATSKY, P. ; Portela L ; Souza D ; Rieder CRM . S100B and NSE levels in patients with Parkinson´s disease. Parkinsonism & Related Disorders, USA, v. 11, n.1, p. 39-43, 2005.

32.
SCHESTATSKY, P.2005SCHESTATSKY, P.; Picon PD . Reasons for exclusion from thrombolytic therapy following acute ischemic. Neurology (Cleveland, Ohio), v. 65, p. 1844-1845, 2005.

33.
SCHESTATSKY, P.2005SCHESTATSKY, P.; Picon PD ; Chaves ML . Cholinesterase inhibitors for patients with Alzheimer's disease: the experience of Brazilian Ministry of Health.. BMJ. British Medical Journal, v. 321, p. 331, 2005.

34.
SCHESTATSKY, P.2004SCHESTATSKY, P.; Fernandes LN . Acquired Ondine´s curse: case report. Arquivos Brasileiros de Psiquiatria, Neurologia e Medicina Legal, São Paulo, v. 62, n.2B, p. 523-527, 2004.

35.
SCHESTATSKY, P.2004SCHESTATSKY, P.; Streher L ; Sander G ; Costa AF ; Fuchs SC ; Picon PD . Lack of cost-effectiveness studies in hepatitis C screening programs.. Annals of Internal Medicine, v. 9, p. 141, 2004.

36.
SCHESTATSKY, P.1998SCHESTATSKY, P.; Kuhl G ; Abreu M ; Barlem GG ; Kruel CP . A sinusite no paciente infectado pelo HIV - uma revisão. Revista de Medicina da ATM 98/2, Porto Alegre, v. 18, n.2, p. 234-239, 1998.

37.
SCHESTATSKY, P.1998SCHESTATSKY, P.; Gurski RR ; Komlós F ; Kruel CP ; Dornelles F . A importância das nitrosaminas específicas do tabaco na carcinogênese - revisão da literatura. Revista da ATM 98/1, Porto Alegre, v. 17, n.1, p. 75-77, 1998.

38.
SCHESTATSKY, P.1997SCHESTATSKY, P.; Zavaschi MLS ; Tramontina S ; Schmitz M ; Martins AS ; Herynkopf P ; Záchia S ; Brunstein C ; Lorenzon SF . Influência da separação precoce na interação mãe-bebê. Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, Brasil, v. 19, n.1, p. 57-60, 1997.

39.
Zavaschi MLS1996Zavaschi MLS ; Costa F ; Lorenzon SF ; Michelon MN ; Pacheco M ; Záchia S ; Brunstein C ; Souza ALW ; Martins SO ; SCHESTATSKY, P. . Influência da Separação Precoce na Interação Mãe-bebê. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v. 18, n.2, p. 261-266, 1996.

40.
SCHESTATSKY, P.1996SCHESTATSKY, P.; Abreu MR ; Barlem GG ; Kruel CP ; Pimentel M ; Barreto SSM ; Chachamovich E ; Hammes LS . A valorização dos sinais vitais no HCPA entre médicos e enfermeiros: uma questão de entendimento. Revista do HCPA, Porto Alegre, v. 3, p. 233-236, 1996.

Capítulos de livros publicados
1.
SCHESTATSKY, P.. Fármacos utilizados na dor neuropática. In: Elvino Barros, Helena MT Barros. (Org.). Medicamentos na Prática Clínica. 1ed.Porto Alegre: Artmed, 2010, v. 1, p. 700-707.

2.
SCHESTATSKY, P.; Chakr R . Relaxantes musculares. In: Elvino Barros, Helena MT Barros. (Org.). Medicamentos na prática clínica. 1ed.Porto Alegre: Artmed, 2010, v. 1, p. 882-888.

3.
SCHESTATSKY, P.; Chaves ML ; Krug BC ; Amaral K . Esclerose Lateral Amiotrófica. In: Gadelha, MI; Beltrame A; Picon PD. (Org.). Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas. Vol 1. 1ed.São Paulo: Hospital Alemão Osvaldo Cruz, 2010, v. 1, p. 277-290.

4.
SCHESTATSKY, P.; Rotta FT ; Krug BC ; Amaral K . Miastenia Gravis. In: Picon PD; Gadelha MI; Beltrame A. (Org.). Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas do MS do Brasil 2011. 1ed.São Paulo: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, 2010, v. 1, p. 465-488.

5.
SCHESTATSKY, P.; Torres VF ; Beltrami L ; Krug BC ; Amaral K . Síndrome de Guillain-Barré. In: Picon PD; Gadelha MI; Beltrame A. (Org.). Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do MS do Brasil - 2010. 1ed.São Paulo: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, 2010, v. 1, p. 545-562.

6.
Valls-Solé J ; SCHESTATSKY, P. ; VECIANA, M. . Dor Neuropática. In: Eduardo Gutiérrez-Rivas; Maria Dolores Jiménez; Júlio Pardo; Manuel Romero. (Org.). Manual de Eletromiografia. 1ed.Madri: Ergon, 2008, v. , p. 403-411.

7.
SCHESTATSKY, P.; Ehlers JA ; Ehlers B . Dor neuropática. In: Márcia L. F. Chaves, Alessandro Finkelsztejn e Marco Antonio Stefani. (Org.). Rotinas em Neurologia e Neurocirurgia. Porto Alegre: Artmed Editora, 2008, v. , p. -.

8.
SCHESTATSKY, P.; Zanonnato A . Polineuropatias. In: Márcia L. F. Chaves, Alessandro Finkelsztejn e Marco Antonio Stefani. (Org.). Rotinas em Neurologia e Neurocirurgia. Porto Alegre: Artmed Editora, 2008, v. , p. -.

9.
SCHESTATSKY, P.; Schuk A ; Valls-Solé J . Eletroneuromiografia. In: Márcia L. F. Chaves, Alessandro Finkelsztejn e Marco Antonio Stefani. (Org.). Rotinas em Neurologia e Neurocirurgia. Porto Alegre: Artmed Editora, 2008, v. , p. -.

10.
SCHESTATSKY, P.. Técnicas Neurofisiológicas para o Estudo da Dor Neuropática. In: Pimenta CA; Kurita GP; Galvão AC; Corrêa CF. (Org.). Arquivos XIII Simpósio Brasileiro e Encontro Internacional sobre Dor. São Paulo: Office Editora, 2007, v. , p. 75-77.

11.
Valls-Solé J ; SCHESTATSKY, P. ; VECIANA, M. . Exploração das fibras grandes mielinizadas. In: Jordi Serra Catafau. (Org.). Tratado de Dor Neuropática. 1ed.Barcelona: Editora Medica Panamericana, 2006, v. , p. 221-231.

12.
SCHESTATSKY, P.; Rieder CRM . Doença de Parkinson. In: Duncan BB, Schmidt MI, Giugliani E. (Org.). Medicina Ambulatorial: condutas clínicas em atenção primária. 3ed.Porto Alegre: Artmed, 2004, v. 2, p. 346-350.

13.
SCHESTATSKY, P.; Finkelsztejn A ; Francisconi C ; Martins S . Consulta Rápida em Neurologia. In: Stefani SD, Barros E e cols. (Org.). Clínica Médica: consulta rápida. 2ed.Porto Alegre: Artmed, 2002, v. , p. 203-236.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SCHESTATSKY, P.. O Testemunho de Auschwitz e Birkenau. Jornal Zero-Hora, Porto Alegre, 11 maio 1999.

2.
SCHESTATSKY, P.. Amor em Hazorea. Jornal da Cidade de Ioqneam - Israel, Ioqneam - Israel, p. 12 - 13, 01 out. 1998.

3.
SCHESTATSKY, P.. Cinema in the UK.. Jornal Cooperativa Artigo de Cinema, Porto Alegre, p. 4 - 5, 01 jan. 1998.

4.
SCHESTATSKY, P.. A Hollywood dos anos 40. Jornal Cooperativa Artigo de Cinema, Porto Alegre, p. 4 - 5, 01 jan. 1997.

5.
SCHESTATSKY, P.. Quarto Norte. O Bisturi, Porto Alegre, p. 3 - 3, 01 jan. 1997.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SCHESTATSKY, P.; PEREZ, D. ; COSTA, J. ; LEON, L. ; ALGABA, R. ; Valls-Solé J . Cambios en la actividad sudomotora asociados a la percepción de calor y dolor térmico. In: LVIII REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA (Barcelona), 2006. LVIII Reunión Anual de la Sociedad Española de Neurología, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SCHESTATSKY, P.; Araújo TG ; Gamarra A ; Rieder CRM . Neurophysiological study of pull test in Parkinson´s disease and controls. In: XXI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA, 2011, Lisboa. Journal of Neurology. Basel: Springer, 2011. v. 258. p. 29-29.

2.
SCHESTATSKY, P.; Dall´Agnol L ; Gheller ; Stefani ; Sanches P ; Ferreira I ; Torres I ; Caumo W . Pain-Autonomic Interaction in sleep-deprived healthy subjects. In: XXI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA, 2011, Lisboa. Journal of Neurology. Basel: Springer, 2011. v. 258. p. S56-S56.

3.
SCHESTATSKY, P.; Araújo TG ; Gamarra A ; Rieder CRM . Neurophysiological study of pull test in patients with Parkinson´s disease and controls. In: VI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA, 2011, Punta del Este. Neurofisiolgía 2011. Montevideo: x, 2011. v. 1. p. 1-1.

4.
SCHESTATSKY, P.; GHISLENI, G. ; Garcia S ; Knuth G ; Gerchman F . The analysis of sudomotor skin responses and RR interval in patients with different degrees of glucose intolerance. In: XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2010, Rio de Janeiro. XXIV Congresso Brasileiro de Neurologia, 2010.

5.
SCHESTATSKY, P.; GHISLENI, G. ; Garcia S ; Gerchman F . The analysis of sudomotor skin responses and RR interval in patients with different degrees of glucose tolerance. In: XX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Berlim, Alemanha), 2010, Berlim. Journal of Neurology. Heidelberg: Springer Verlag, 2010. v. 257. p. 94-94.

6.
Torres VF ; Oses JP ; Motta LS ; Oliveira MA ; Rieder M ; Portela L ; Bianchin MM ; SCHESTATSKY, P. . Neurotrophins NGF and GDNF are decreased in Guillain-Barré syndrome. In: XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2010, Rio de Janeiro. Arquivos Brasileiros de Neuro-Psiquiatria, 2010. v. 1. p. 1-1.

7.
Torres VF ; Portela L ; Oses JP ; Motta LS ; SCHESTATSKY, P. ; Cherubini PA ; Chaves ML ; Souza DO ; Bianchin MM . S100, but not neuron specific enolase, is increased in Guillain-Barré syndrome. In: XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2010, Rio de Janeiro. Arquivos Brasileiros de Neuro-Psiquiatria, 2010. v. 1. p. 1-1.

8.
SCHESTATSKY, P.; Genari B ; Vidor L ; Caumo W . Sympathetic skin responses evoked by jaw clenching in patients with bruxism. In: XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2010, Rio de Janeiro. Arquivo Brasileiro de Neuro-Psiquiatria, 2010. v. 1. p. 1-1.

9.
SCHESTATSKY, P.; Vidor L ; Genari B ; Schestatsky R ; Caumo W . Sympathetic skin responses evoked by jaw clenching in patients with bruxism. In: XX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Berlim, Alemanha), 2010, Berlim. Journal of Neurology. Heildelberg: Springer Verlag, 2010. v. 257. p. 99-99.

10.
SCHESTATSKY, P.; CALLEJAS, M. ; Valls-Solé J . Temperature-induced electrodermal activity in patients with primary palmar hyperhidrosis. In: XIX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Milão, Itália), 2009. Journal of Neurology, 2009.

11.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; COSTA, J. ; LEON, L. ; VECIANA, M. ; Chaves ML . You may lie during quantitative sensory testing, but your skin won´t. In: XIX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Milão, Itália), 2009, Milão. Journal of Neurology, 2009.

12.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; Torres VF ; Castellote J ; PEREZ, D. ; COSTA, J. . Sympathetic skin responses evoked by muscle contraction. In: XIX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Milão, Itália), 2009, Milão. Journal of Neurology, 2009.

13.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; PEREZ, D. ; COSTA, J. ; Chaves ML ; LEON, L. . You may lie when you´re in pain, but your emotional sweating won´t. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA, 2009, Florianópolis. XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Florianópolis: Oceano, 2009. v. 1.

14.
SCHESTATSKY, P.; Torres VF ; Castellote J ; COSTA, J. ; PEREZ, D. . Sympathetic skin responses evoked by muscle contraction. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA, 2009, Florianópolis. XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Florianópolis: Oceano, 2009. v. 1. p. 85-86.

15.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; KUMRU H ; Tolosa E ; Chaves ML ; Valderiolla F ; Martí MJ . Neurophysiologic study of central pain in patients with Parkinson´s disease. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA, 2009, Florianópolis. XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Florianópolis: Oceano, 2009. v. 1. p. 94-94.

16.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; Lladó-Carbó E ; Álvarez-Blanco S ; CASANOVA-MOLLA . Small fiber function in patients with meralgia paresthetica. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA, 2009, Florianópolis. XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Florianópolis: Oceano, 2009. v. 1. p. 96-96.

17.
SCHESTATSKY, P.; Lladó-Carbó E ; CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; Valls-Solé J . A neurophysiological study of pain in patients with meralgia paresthetica. In: XVIII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA, 2008, Nice. Journal of Neurology. Heidelberg: Steinkopf Verlag, 2008. v. 255. p. 214-214.

18.
SCHESTATSKY, P.; Torres VF ; Finkelsztejn A ; Ehlers JA ; Chaves ML . Late-onset multifocal motor neuropathy. In: XVIII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA, 2008, Nice. Journal of Neurology. Heildelberg: Steinkopff Verlag, 2008. v. 255. p. 125-125.

19.
Álvarez-Blanco S ; SCHESTATSKY, P. ; CASANOVA-MOLLA ; Ruiz A ; Collado A ; Valls-Solé J . Reduced habituation to repeated nociceptive stimuli in patients with fibromyalgia. In: XVIII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA, 2008, Nice. Journal of Neurology. Heildelberg: Steinkopff Verlag, 2008. v. 255. p. 64-64.

20.
KUMRU H ; SCHESTATSKY, P. ; Benito J ; Perez M ; Valls-Solé J . Sympathetic skin responses in spinal cord injury patients. In: XIII CONGRESSO EUROPEU DE NEUROFISIOLGIA CLÍNICA, 2008, Istambul. Clinical Neurophysiology, 2008. v. 119. p. 2-2.

21.
SCHESTATSKY, P.; KUMRU H ; Tolosa E ; Valls-Solé J ; Martí MJ ; Valderiolla F . Estudo neurofisilógico da dor central nos pacientes com doença de Parkinson. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2008, Belém do Pará. Arquivos de Neuro-Psiquiatria. São Paulo: Área Visual Comunicação Gráfica, 2008. v. 66. p. 88-88.

22.
SCHESTATSKY, P.; Ehlers B ; CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; Valls-Solé J ; Lladó-Carbó E . A função das fibras pequenas nos pacientes com meralgia parestésica. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2008, Belém do Pará. Arquivos de Neuro-Psiquiatria. São Paulo: Área Visual e Comunicação Gráfica, 2008. v. 66. p. 187-188.

23.
SCHESTATSKY, P.; KUMRU H ; Valls-Solé J ; Valderiolla F ; Martí MJ ; Tolosa E ; Chaves ML . Neurophysiological study of central pain in patients with Parkinson´s disease. In: XVII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Rodes, Grécia), 2007. Journal of Neurology. Rodes: Springer, 2007. v. 254. p. 39-39.

24.
Lladó, E. ; CASANOVA-MOLLA ; SCHESTATSKY, P. ; LEON, L. ; Valls-Solé J . Prepulse inhibition of facial reflex responses to painful electrical stimulus. In: XVII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Rodes, Grécia), 2007. Journal of Neurology. Rodes: Springer, 2007. v. 254. p. 121-121.

25.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; KUMRU H ; Lladó-Carbó E ; Valderiolla F ; Martí MJ ; Tolosa E ; Chaves ML . Localized brainstem dysfunction in patients with Parkinson´s disease and central pain. In: IV ENCONTRO INTERNACIONAL DA SOCIEDADE DO TRONCO ENCEFÁLICO, 2007. IV International Meeting of the Brain Stem Society, 2007.

26.
SCHESTATSKY, P.; KUMRU H ; Valls-Solé J ; Lladó-Carbó E ; Ehlers JA ; Tolosa E ; Chaves ML . Estudo neurofisiológico da dor central em pacientes com doença de Parkinson. In: XIII SIMPÓSIO BRASILEIRO E ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE DOR (SIMBIDOR), 2007, São Paulo. Arquivos do 8o Simpósio Brasileiro e Encontrol Internacional sobre Dor. São Paulo: Office Editora, 2007. v. 1. p. 391-391.

27.
SCHESTATSKY, P.; Álvarez-Blanco S ; CASANOVA-MOLLA ; Ehlers JA ; Valls-Solé J . La función de las fibras pequeñas en los pacientes con meralgia parestésica. In: LIX REUNIÃO DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA, 2007, Barcelona. Neurología. Barcelona, 2007. v. 22. p. 559-665.

28.
CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; SCHESTATSKY, P. ; Valls-Solé J . Diferencias en la percepción termoalgésica entre piel pilosa y piel glabra mediante potenciales cerebrales evocados por contacto térmico.. In: LIX REUNIÃO DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA, 2007. Neurología. Barcelona, 2007. v. 22. p. 559-665.

29.
Rieder CRM ; SCHESTATSKY, P. ; Socal M ; Monte TL ; COSTA, J. ; Fricke D ; Picon PD . A double-blind, randomized, crossover study of two commercial preparation of botulinum toxin A in patients with blepharoespasm and hemifacial spasm. In: IV ANUAL MEETING HTAi, 2007, Barcelona. IV ANUAL MEETING HTAi. Barcelona: HTAi, 2007.

30.
Picon PD ; Leal M ; Guarany F ; Socal M ; Laporte E ; SCHESTATSKY, P. ; Gabbardo-Reis J . Implementation of Brazilian guidelines for botulinum toxin: a three-year follow-up of a cost-reduction strategy in the public health system of Rio Grande do Sul, Brazil. In: IV ANNUAL MEETING HTAi, 2007, Barcelona. IV ANNUAL MEETING HTAi, 2007.

31.
SCHESTATSKY, P.; PEREZ, D. ; COSTA, J. ; Castillo C ; ALGABA, R. ; LEON, L. ; CASANOVA-MOLLA ; KUMRU H ; Valls-Solé J . Changes in electrodermal activity elicited by temperature and pain stimuli. In: XXVIII CONGRESSO INTERNACIONAL DE NEUROFISIOLOGIA (Edimburgo), 2006. Clinical Neurophysiology. Edimburgo: Elsevier, 2006. v. 117. p. 121-336.

32.
SCHESTATSKY, P.; Rieder CRM ; Ehlers JA ; Valls-Solé J ; Gomes I . Sweating disturbances and sudomotor skin responses in patiens with Parkinson´s disease.. In: XVI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Lausanne), 2006. Sixteenth Meeting of the European Neurological Society. Lausanne: Elsevier, 2006. v. 253. p. 46-46.

33.
SCHESTATSKY, P.; Tort A ; Schaf, D ; Fricke D ; Portela L ; Souza D ; Rieder CRM . S100B and NSE serum levels in patients with atypical Parkinson´s disease. In: XXI Congresso Brasileiro de Neurologia, 2004, Brasília. idem. idem: idem, 2004. v. 1. p. 122-122.

34.
SCHESTATSKY, P.; Nora DB ; Gomes I ; Ehlers JA ; Becker J . Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson. In: XXI Congresso Brasileiro de Neurologia, 2004, Brasília. idem, 2004. v. 1. p. 233-233.

35.
SCHESTATSKY, P.; Gomes I ; Becker J ; Nora DB ; Ehlers JA . Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson. In: XIX Congresso Brasileiro de Neurofisiologia Clínica, 2003, Rio de Janeiro. idem. idem: idem, 2003. v. 1. p. 3-3.

36.
SCHESTATSKY, P.; Nora DB ; Gomes I ; Becker J ; Ehlers JA . Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson e parkinsonismo atípico. In: XIV Jornada da Sociedade Brasileira de Investigação em Moléstias Musculares/Jornada da Sociedade Brasileira de Neuropatias Periféricas, 2003, Botucatu-SP. idem. idem: idem, 2003. v. 1.

37.
SCHESTATSKY, P.; Nora DB ; Gomes I ; Becker J ; Ehlers JA . Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson e Parkinsonismo Atípico. In: VII JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS, 2003. Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson e Parkinsonismo Atípico, 2003.

38.
SCHESTATSKY, P.; Ehlers JA ; Gomes I ; Becker J ; Nora DB . Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson e Parkinsonismo Atípico. In: XIV JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INVESTIGAÇÃO EM MOLÉSTIAS MUSCULARES, 2003. Avaliação da resposta cutânea simpática na doença de Parkinson e Parkinsonismo Atípico, 2003.

39.
Rieder CRM ; Fricke D ; Hofmann K ; Ziegler D ; Francisconi C ; SCHESTATSKY, P. . Mudança de peso na Doença de Parkinson: um estudo com avaliação antropométrica e nutricional.. In: XX Congresso Brasileiro de Neurologia., 2002, Florianopólis -SC. XX Congresso Brasileiro de Neurologia. 28 de setembro a 3 de outubro de 2002. Florianópolis-SC, 2002.

40.
Silva AC ; SCHESTATSKY, P. ; Fernandes LN . Hipoventilação Alveolar Central (Maldição de Ondina). In: XX Congresso Brasileiro de Neurologia. 28 de setembro a 3 de outubro de 2002. Florianópolis-SC, 2002, Florianopólis/SC. XX Congresso Brasileiro de Neurologia. 28 de setembro a 3 de outubro de 2002. Florianópolis-SC, 2002. p. 34-35.

41.
SCHESTATSKY, P.; Silva AC ; Fernandes LN . Hipoventilação alveolar central (Maldição de Ondina). In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2002. Hipoventilação alveolar central (Maldição de Ondina), 2002.

42.
Rieder CRM ; Fricke D ; SCHESTATSKY, P. . Mudança de Peso na doença de Parkinson: um estudo com avaliação antropométrica e nutricional. In: XX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA, 2002. Mudança de Peso na doença de Parkinson: um estudo com avaliação antropométrica e nutricional, 2002.

43.
SCHESTATSKY, P.; Rieder CRM . Experiência de dois anos do ambulatório de Distúrbios de Movimento do HCPA. In: 21a Semana Científica do HCPA, 2001, POA. idem. POA: UFRGS, 2001. v. 1.

44.
Busnello EA ; SCHESTATSKY, P. ; Carrão AD ; Abreu M ; Shansis F ; Kapczinski F . Efeitos da Restrição Aguda de Triptofano sobre o Humor, a Memória e a Ansiedade Induzida em Voluntários Normais.. In: Anais do X Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1998, Porto Alegre. Anais do X Salão de Iniciação Científica da UFRGS. POA: UFRGS, 1998. p. 352.

45.
SCHESTATSKY, P.; Grevet E ; Abreu M ; Busnello JV ; Foerster L ; Shansis F ; Kapczinski F ; Izquierdo I . O Efeito Agudo da Nicotina sobre a Atenção e Memória em Pacientes com Déficit de Atenção e Hiperatividade (DAHA).. In: Anais do IX Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1997, Porto Alegre. . Anais do IX Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1997. p. 244.

46.
SCHESTATSKY, P.; Grevet E ; Abreu M ; Busnello JV ; Foerster L ; Shansis F ; Kapczinski F ; Izquierdo I . O Efeito Agudo da Nicotina sobre a Atenção e Memória em Pacientes com Déficit de Atenção e Hiperatividade (DAHA).. In: Anais do IX Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1997, Porto Alegre. . Anais do IX Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1997. p. 244.

47.
Zavaschi ML ; Costa F ; Záchia S ; Brunstein C ; Lorenzon S ; Michelon MN ; Martins SO ; Tramontina S ; SCHESTATSKY, P. ; et al . Gestante Idosa: acompanhamento de uma boa interação com o bebê.. In: XVIII Jornada Sul-rio-grandense de Psiquiatria Dinâmica, 1996, Porto Alegre. Livro de resumos, 1996. p. 10.

48.
Abreu MR ; SCHESTATSKY, P. ; Barlem GG ; Hammes LS ; Kruel CP ; Sprinz E . O Impacto do Curso de Medicina na Prática Sexual do Estudante frente ao HIV. In: VI Congresso Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS/Congresso Pan-americano de DST-AIDS, 1996, Porto Alegre. Livro de resumos, 1996. p. 1996.

49.
SCHESTATSKY, P.. Gestante Idosa: acompanhamento de uma boa interação mãe-bebê. In: XVIII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica, 1996, Gramado. idem. Gramado: Idem, 1996. v. 1.

50.
SCHESTATSKY, P.. Avaliação do Efeito do Álcool Etílico e da N-Nitrosonornicotina (NNN) na carcinogênese esofágica induzida pela dietilnitrosamina. In: VIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 1996, Porto Alegre. idem. Porto Alegre: UFRGS, 1996. v. 1.

51.
SCHESTATSKY, P.. Avaliação do Efeito do Álcool Etílico e da N-nitrosonornicotina (NNN) na Carcinogênese Esofágica Induzida pela Dietilnitrosamina (DEN). In: Semana Técnica da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (FEPPS), 1996, Porto Alegre. idem. Porto Alegre: idem, 1996. v. 1.

52.
SCHESTATSKY, P.. Avaliação de Situações de Risco para a Transmissão do HIV através do questionário CRA em Porto Alegre - dados preliminares. In: III Congresso Gaúcho e Alcoolismo e outras dependências, 1996, Porto Alegre. idem. Porto Alegre: idem, 1996. v. 1.

53.
SCHESTATSKY, P.. Avaliação de Situações de Risco para a Transmissão do HIV através do questionário CRA em Porto Alegre. In: 16a Semana Científica do HCPA, 1996, Porto Alegre. idem. POA: UFRGS. v. 1.

54.
SCHESTATSKY, P.; Pechansky F . Situações de risco para a transmissão do HIV em uma amostra de usuários de drogas em POA. In: VI Congresso Brasieiro de DST/AIDS e do I Congresso Pan-americano de DST/AIDS, 1996, Porto Alegre. idem. POA: idem, 1996. v. 1.

55.
SCHESTATSKY, P.. A postura do estudante de Medicina frente à SIDA. In: 16a Semana Científica do HCPA, 1996, Porto Alegre. idem. POA: UFRGS, 1996. v. 1.

56.
SCHESTATSKY, P.. A valorização dos sinais vitais no HCPA entre Médicos e Enfermeiros: uma questão de entendimento. In: 16a Semana Científica do HCPA, 1996, Porto Alegre. idem. POA: UFRGS, 1996. v. 1.

57.
SCHESTATSKY, P.. O impacto do Curso de Medicina na Prática Sexual do Estudante frente ao HIV. In: VI Congresso Brasileiro de DST/AIDS e Congresso Pan-americano de DST/AIDS, 1996, POA. idem. POA: UFRGS, 1996. v. 1.

58.
SCHESTATSKY, P.. O Estudante de Semiologia: perfil e aptidões - estudo piloto. In: 16a Semana de Inciação Científica do HCPA, 1996, POA. idem. POA: UFRGS, 1996. v. 1.

59.
SCHESTATSKY, P.. Hepatite Crônica autoimune ou Lupus Eritematoso Sistêmico? - Relato de caso. In: 16a Semana Científica do HCPA, 1996, POA. idem. POA: UFRGS, 1996. v. 1.

60.
SCHESTATSKY, P.. Análise dos pacientes transplantados a partir de uma coorte de urêmicos de 1993. In: XVIII Congresso Brasileiro de Nefrologia/VII Congresso Brasileiro de Enfermagem em Nefrologia, 1996, São Paulo. idem. São Paulo: local, 1996. v. 1.

61.
SCHESTATSKY, P.. Influência da Separação Precoce na Interação Mãe-Bebê. In: VII Salão de Iniciação Científica, 1995, Porto Alegre. idem. Porto Alegre: HCPA, 1995. v. 1.

62.
Zavaschi ML ; Costa F ; Rohde L ; Záchia S ; Oliveira V ; Bergmann D ; Brunstein C ; Lorenzon S ; SCHESTATSKY, P. ; et al . Influência da Separação Precoce na Interação Mãe-bebê.. In: XVII Jornada Sul-rio-grandense de Psiquiatria Dinâmica, 1994, Porto Alegre. Resumos de Comunicações de Pesquisas, Pôsteres e Temas Livres, 1994. p. 11.

63.
SCHESTATSKY, P.. Seguimento de uma coorte de pacientes em tratamento dialítico em Porto Alegre-RS. In: XVIII Congresso Brasileiro de Nefrologia/VII Congresso Brasileiro de Enfermagem em Nefrologia, 1991, São Paulo. idem. São Paulo: Local, 1996.

Apresentações de Trabalho
1.
SCHESTATSKY, P.; Dall´Agnol L ; GHELLER, L. ; Stefani ; Sanches P ; Ferreira I ; Torres I ; Caumo W . Pain-autonomic interaction after work-induced sleep restriction. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Genari B ; SCHESTATSKY, P. ; Vidor L ; Schestatsky R ; Caumo W . Sympathetic skin response induced by jaw clenching in patients with bruxism. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
SCHESTATSKY, P.; Knuth G ; Gerchman F ; GHISLENI, G. . THE ANALYSIS OF SUDOMOTOR SKIN RESPONSES AND RR INTERVAL IN PATIENTS WITH DIFFERENT DEGREES OF GLUCOSE TOLERANCE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SCHESTATSKY, P.; Lladó-Carbó E ; CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; Valls-Solé J . A função das fibras pequenas nos pacientes com meralgia parestésica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; KUMRU H ; Martí MJ ; Valderiolla F ; Tolosa E ; Chaves ML . Estudo neurofisiológico da dor central nos pacientes com doença de Parkinson. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
SCHESTATSKY, P.; Valls-Solé J ; KUMRU H ; Martí MJ ; Valderiolla F ; Tolosa E ; Chaves ML . Estudo neurofisiológico da dor central em pacientes com doença de Parkinson. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SCHESTATSKY, P.. Neurofisiologia aplicada aos transtornos do movimento. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SCHESTATSKY, P.; Lladó-Carbó E ; CASANOVA-MOLLA ; Álvarez-Blanco S ; Ehlers B ; Valls-Solé J . La función de las fibras pequeñas en los pacientes com meralgia parestésica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SCHESTATSKY, P.; KUMRU H ; Lladó-Carbó E ; Martí MJ ; Valderiolla F ; Tolosa E ; Chaves ML . Estudio neurofisiológico del dolor central en los pacientes com la enfermedad de Parkinson. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SCHESTATSKY, P.. Hiperhidrosi en la malatia de Parkinson. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
SCHESTATSKY, P.. Actividad electrodérmica en palmas y plantas: pré y post-simpatectomia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
SCHESTATSKY, P.. Dolor neuropático: estudios neurofisiológicos clínicos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
SCHESTATSKY, P.. Técnicas neurofisiológicos para el estudio del dolor neuropático. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
SCHESTATSKY, P.. Dolor en la malaltia de Parkinson. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
SCHESTATSKY, P.; REIHNER, R. . Site Literário (zine): Simplicíssimo. Porto Alegre: Rafael Reihner, 2003 (Resenhas).

2.
SCHESTATSKY, P.. Filhos da Diálise. Porto Alegre: AGE, 2001 (Texto-Médico-literário).

3.
SCHESTATSKY, P.; Abreu M ; Hammes LS ; Reppeto E ; Luz C ; Edelweiss MK . Jornal "O Ectópico". Porto Alegre: UFRGS, 1995 (Jornalismo Médico).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
SCHESTATSKY, P.; Chaves ML ; Amaral K . Esclerose Lateral Amiotrófica - Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas MS do Brasil. 2010.

2.
SCHESTATSKY, P.; Rotta FT ; KRUG, B. C. ; Amaral K . Miastenia Gravis - Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas MS do Brasil. 2010.

3.
SCHESTATSKY, P.; Torres VF ; KRUG, B. C. ; Amaral K . Síndrome de Guillain-Barré - Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas MS do Brasil. 2010.

4.
SCHESTATSKY, P.; Costa AF ; Sander G ; FERNANDES, J. G. ; Ehlers JA ; Picon PD ; Brondani R . Avaliação da trombólise no AVC agudo. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
SCHESTATSKY, P.. Ambulatório de Doenças Neuromusculares. 2005.

2.
Costa AF ; Flávio Costa Vieira ; Sander G ; SCHESTATSKY, P. ; Halal R ; Leal M ; Laporte E ; Figueiró T . Relação Estadual de Medicamentos de Atenção Básica (REMAB). 2005.

3.
SCHESTATSKY, P.. Grupo de apoio à pacientes idosos com declínio cognitivo leve. 2004.

4.
SCHESTATSKY, P.; Rotta FT ; Amaral K ; Picon PD . PCDT: Miastenia Gravis. 2003.

5.
SCHESTATSKY, P.; Gomes I ; Amaral K ; Picon PD . PCDT: Síndrome de Guillan-Barré. 2003.

6.
SCHESTATSKY, P.; Schwartz IV ; Amaral K ; Picon PD . PCDT: Imunodeficiência Primária com predomínio de deficiência da produção de anticorpos. 2003.

Redes sociais, websites e blogs
1.
SCHESTATSKY, P.. Sobre Neurologia. 2013; Tema: Neurologia, Graduação, Pós-Graduação e informação aos pacientes. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
SCHESTATSKY, P.. Fraqueza nas Pernas. 2011. .

2.
SCHESTATSKY, P.. VII Curso Básico de Oftalmologia 2011. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SCHESTATSKY, P.. O Papel da ENMG no Diagnóstico das Doenças Neuromusculares. 2011. .

4.
SCHESTATSKY, P.. Semiologia das Neuropatias. 2011. .

5.
SCHESTATSKY, P.. Toxina Botulínica nas Distonias. 2011. .

6.
SCHESTATSKY, P.. What´s Up in Neurosciences: Estimulando o cérebro e reduzindo dores. 2011. .

7.
SCHESTATSKY, P.. Síndromes sensitivas e Motoras na Prática Clínica: papel da ENMG. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
SCHESTATSKY, P.. O que o dermato deve saber de neuro frente a um paciente com hanseníase?. 2010. .

9.
SCHESTATSKY, P.. VI Curso Básico de Oftalmologia 2010. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
SCHESTATSKY, P.. Farmacologia Clínica Aplicada - Sistema Nervoso. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
SCHESTATSKY, P.; Picon PD . Curso de Capacitação em Avaliação de Medicamentos e Tecnologia em Saúde. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
SCHESTATSKY, P.. O papel da EMG na investigação de síndromes genéticas. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

13.
SCHESTATSKY, P.. Neuropatias hereditárias. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

14.
SCHESTATSKY, P.. Protocolos Clínicos para Medicamentos de Alto Custo para o SUS. 2009. .

15.
SCHESTATSKY, P.. Técnicas Neurofisiológicas para o Estudo da Dor Neuropática. 2008. .

16.
SCHESTATSKY, P.. Insuficiência vascular e neuropatias.. 2008. .

17.
SCHESTATSKY, P.. Sistema Nervoso Sensitivo. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

18.
SCHESTATSKY, P.. Sistema nervoso motor. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
SCHESTATSKY, P.. Sistema Nervoso Autônomo. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
SCHESTATSKY, P.. Polineuropatias. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

21.
SCHESTATSKY, P.. O papel da eletroneuromiografia no diagnóstico das miopatias. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

22.
SCHESTATSKY, P.. Polineuropatia e miopatia do paciente crítico. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

23.
SCHESTATSKY, P.. Mecanismos Fisiológicos de Controle Central da Dor. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

24.
SCHESTATSKY, P.. Avaliação Clínica e Neurofisiológica da Neuropatia diabética dolorosa. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

25.
SCHESTATSKY, P.. Estudis Neurofisiològics del Dolor Neuropàtic. 2006. .

26.
SCHESTATSKY, P.. Disfunções Autonômicas na doença de Parkinson. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

27.
SCHESTATSKY, P.; Costa AF ; Sander G ; Picon PD . Políticas de Saúde Baseadas em Evidência: incorporação de tecnologias e elaboração de laudos técnicos. 2005. .

28.
SCHESTATSKY, P.; Rieder CRM . I Seminário dos Centros de Referência para medicamentos de alto custo: toxina botulínica para distonias. 2005. .

29.
SCHESTATSKY, P.. Entendimento Neurofisiológico da Prática Clínica da Disfagia. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

30.
SCHESTATSKY, P.. Acidente Vascular Cerebral. 2004. .

31.
SCHESTATSKY, P.. Tonturas e Vertigens. 2004. .

32.
SCHESTATSKY, P.. Entendimento Neurofisiológico da Prática Clínica da Disfagia. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

33.
SCHESTATSKY, P.. Ensaios Clínicos em Esclerose Múltipla. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

34.
SCHESTATSKY, P.. Neurologia para o Clínico Geral. 2003. .

35.
SCHESTATSKY, P.. Princípios de Neurologia para Radiologistas - HMD. 2003. .

36.
SCHESTATSKY, P.. Princípios de Neurologia para Radiologistas - HCPA. 2003. .

37.
SCHESTATSKY, P.. Paraparesias de etiologia Central. 2003. .

38.
SCHESTATSKY, P.. II Curso de Neurologia. 2003. .

39.
SCHESTATSKY, P.. Abordagem inicial do paciente em coma. 2002. .

40.
SCHESTATSKY, P.. Tópicos em Neurologia de Emergência. 2002. .

41.
SCHESTATSKY, P.. Tópicos Essenciais em Neurologia. 2002. .

42.
SCHESTATSKY, P.; Abreu M ; Barlem GG ; Hammes LS ; Kruel CP . I Curso de Revisão e Atualização em Semiologia Médica. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

43.
SCHESTATSKY, P.. Membro de Núcleo de Prevenção contra o HIV do HCPA/Recursos Humanos,. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
SCHESTATSKY, P.; ZANELLA, C. . Clube do Ouvinte. 1994. Outra.

Outras produções artísticas/culturais
1.
SCHESTATSKY, P.. I Sarau Literário (realmente) Interativo:. 1999 (Literatura).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Ana Carolina Faedrich dos Santos. Os efeitos da estimulação magnética transcraniana repetitiva no tratamento de pacientes com transtornos alimentares. 2014. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

2.
SCHESTATSKY P. Participação em banca de Tatiana Lauxen Peruzzolo. Correlação entre BDNF e volume hipocampal em jovens com transtorno bipolar. 2014. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

3.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Simone Sieben da Mota. Prevalência e processamento de informações em pacientes integrados no serviço de um hospital geral de POA. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

4.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Daniela Duarte Fraga. Detecção do treponema pallidum no LCR por PCR em pacientes HIV+ assintomáticos. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

5.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Mariane Meirelles Alfonsin. Correlação da algometria e EVA e outros escores em mulheres com dor pélvica crônica. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

6.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Débora Schmidt. CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS DO DESENVOLVIMENTO DE POLINEUROMIOPATIA DO DOENTE CRÍTICO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIV A. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

7.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Maria da Graça Lopes Tarragó. Eficácia das estimulações magnética transcraniana repetida e intramuscular: ensaio clínico, randomizado, cego, em paralelo, controlado com placebo-sham. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

8.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Aline Patrícia Brietzke. Efeito da estimulacao magnetica transcraniana no tratamento da dor da pancreatite aguda. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

9.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Fernanda Camboim Rockett. Migrânea e risco para doenças cardiovasculares em mulheres. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

10.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Simone Rosa Poletto Gobbato. Cuidado Pós-AVC. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

11.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Vanessa Alves Piper. Avaliação da efetividade da orientação nutricional em pacientes com AVC: ensaio clínico randomizado. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

12.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Eduardo Linden Júnior. Prevalência de Esclerose Lateral Amiotrófica no estado do Rio Grande do Sul. 2012 - Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde da PUCRS.

13.
Caumo W; SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Maira Isis dos Santos Stangler. Impacto da medicação pré-anestésica na ansiedade pré-operatória e no delírio pos-operatório de crianças submetidas à cirurgia ambulatorial. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
SCHESTATSKY, P.; Gomes I; Schonwald S. Participação em banca de Lílian Saldanha Paiva. Avaliação do equilíbrio em pacientes com doença de Parkinson por meio de exame de posturografia em unidade virtual. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

15.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Vanessa Ribas Massia. Resultados funcionais da aplicação de toxina botulínica em pacientes com AVC. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

16.
SCHESTATSKY, P.; Caumo W. Participação em banca de Liliane Pinto Vidor. Eficácia da melatonina no tratamento da dor miofascial crônica facial: ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado com placebo. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
SCHESTATSKY, P.; Bianchin MM. Participação em banca de Vitor Félix Torres. Níveis séricos e liquóricos da proteína S100 beta, enolase específica do neurônio, neurotrofinas e interleucina-6 na síndrome de Guillain-Barré. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
SCHESTATSKY, P.; Rieder CRM. Participação em banca de Cláudio Luiz Mendes Couto. Eficácia da estimulação intramuscular no tratamento da dor miofascial crônica. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Vanessa Ribas Massia. Resultados funcionais da aplicação de toxina botulínica tipo A em pacientes com AVC. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

20.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Rodrigo Costa Schuster. Efeitos da estimulação elétrica funcional na atividade muscular do membro parético de hemiparéticos: estudo piloto. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

21.
SCHESTATSKY, P.; Sander G. Participação em banca de Alexandre Paulo Machado de Britto. Custo-efetividade do uso de imunoglobulina intravenosa e de plasmaferese no tratamento da síndrome de Guillain-Barré. 2009. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Andrea Garcia de Almeida. AVALIAÇÃO DA RECANALIZAÇÃO ARTERIAL APÓS USO DE ALTEPLASE NO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL AGUDO ATRAVÉS DA MONITORIZAÇÃO POR DOPPLER TRANSCRANIANO. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

2.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Giovana Sasso Turra. Prevalência de disfagia associada a entubação orotraqueal em pacientes da UTI do HCPA. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

3.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Renata Kochhann. Processamento da memória episódica em indivíduos saudáveis: avaliação da persistência de aprendizagem intencional e incidental. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

4.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Jairo Alberto Dussan Sarria. Efeito da pregabalina sobre a excitabilidade cortical e seus efeitos combinados com tDCS na fibromialgia: ensaio clínico randomizado, cego, controlado com tDCS-sham. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

5.
SCHESTATSKY, P.; Nascimento O; Barreira AA; Marques Jr, W; Werneck LC. Participação em banca de Vinícius Horário Stefani Borghetti. Análise fenotípica e genotípica de crianças e adolescentes portadores de neuropatia crônica com início antes dos 18 anos. 2010. Tese (Doutorado em Neurociências e Ciências do Comportamento) - Universidade de São Paulo - Ribeirão Preto.

6.
SCHESTATSKY, P.; Tufik S; Lins OG; Tierra-Criollo CJ. Participação em banca de Eduardo Azevedo Pacheco. Estudo do limiar de ativação das fibras nociceptivas em indivíduos privados de sono utilizando o potencial evocado por laser. 2010. Tese (Doutorado em Psicobiologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Liliane Pinto Vidor. Efeito da estimulação transcraniana com corrente continua e laser terapêutico de baixa intensidade no tratamento e reabilitação de pacientes com dor miofascial facial. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

2.
SCHESTATSKY, P.. Participação em banca de Fábio Coelho Guarany. Comparação de eficácia da toxina botulínica vs fenol nos pacientes com espasticidade. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS.

3.
SCHESTATSKY, P.; Bianchin MM; FAGONDES, S. C.; Hilbig A. Participação em banca de Regina Margis. Estudo eletrofisiológico do ciclo sono-vigília em ratos expostos à rotenona. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SCHESTATSKY, P.; VALLER, L.; Chaves ML. Concurso de Residência Médica em Neurologia. 2011. Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Outras participações
1.
SCHESTATSKY, P.. Revisor de resumos científicos - XX Encontro da Sociedade Européia de Neurologia. 2010. Sociedade Européia de Neurologia.

2.
SCHESTATSKY, P.. Comitê de Ética do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 2010. Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

3.
SCHESTATSKY, P.. Avaliador dos Temas Livres Orais da 29a Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 2009. Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

4.
SCHESTATSKY, P.. Avaliador de Pôsteres dos Trabalhos de Temas Livres da 29a Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 2009. Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

5.
SCHESTATSKY, P.. Avaliador de Pôsteres na III Reunião do DC de Transtornos do Movimento da ABN. 2009. Academia Brasileira de Neurologia.

6.
SCHESTATSKY, P.; Nascimento O. Comunicações Orais em Dor. 2007. Sociedade Européia de Neurologia - Rodes, Grécia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SIMPÓSIO "DOR: QUINTO SINAL VITAL".Mesa Redonda: casos clínicos de dor visceral e neuropática. 2014. (Simpósio).

2.
11o SIMBIDOR. Neurofisiologia da transmissão dolorosa. 2013. (Congresso).

3.
11o SIMBIDOR. Dor Neuropática: definição e fisiopatogenia. 2013. (Congresso).

4.
33a SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA.Pôsteres em Neurologia. 2013. (Encontro).

5.
7o CONGRESSO DE NEUROLOGIA/NEUROCIRURGIA DO RS. Dor neuropática fármaco-resistente. 2013. (Congresso).

6.
ENCONTRO REGIONAL DC MOLÉSTIAS NEUROMUSCULARES: MIOPATIAS.Semiologia das miopatias. 2013. (Simpósio).

7.
GRAND ROUND DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Novidades terapêuticas (Neuromodulação). 2013. (Seminário).

8.
GRAND ROUND DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Estimulação cerebral não-invasiva baseada em evidências na Neurologia. 2013. (Seminário).

9.
II CONGRESSO SUL-BRASILEIRO DE DOR. Curriculum de Dor: como se tornar um expert em Dor?. 2013. (Congresso).

10.
II CONGRESSO SUL-BRASILEIRO DE DOR. Tratamentos alternativos para dor baseados em evidência. 2013. (Congresso).

11.
II CONGRESSO SUL-BRASILEIRO DE DOR. Qual o seu tipo de Dor?: Diagnóstico clínico e neurofisiológico. 2013. (Congresso).

12.
II CONGRESSO SUL-BRASILEIRO DE DOR. O papel da ENMG no estudo da Dor. 2013. (Congresso).

13.
IX CONGRESSO PAULISTA DE NEUROLOGIA. Neuromodulação na prática clínica. 2013. (Congresso).

14.
IX CONGRESSO PAULISTA DE NEUROLOGIA. Estimulação cerebral não-invasiva e o Sistema Nervoso Autonômico. 2013. (Congresso).

15.
REUNIÃO CIENTÍFICA DO SERV. DE OTORRINOLARINGOLOGIA HCPA.Papel da Neuromodulação no tratamento de sintomas otorrinolaringológicos. 2013. (Seminário).

16.
V CONGRESSO URUGUAIO DE NEUROLOGIA. Neuropatias de fibras finas e QST. 2013. (Congresso).

17.
V CURSO PRÁTICO DE ESTIMULAÇÃO CEREBRAL NÃO-INVASIVA.EStimulação cerebral não-invasiva e o Sistema Nervoso Autonômico. 2013. (Oficina).

18.
V SIMPÓSIO ANUAL DE NEUROLOGIA - HOSP. PILAR - CURITIBA. Neuropatias periféricas dolorosas. 2013. (Congresso).

19.
V SIMPÓSIO INTERNACIONAL EM NEUROMODULAÇÃO. Estimulação cerebral não-invasiva e o Sistema Nervoso Autonômico. 2013. (Congresso).

20.
XXIV CONGRESSO DA SOC. BRAS. DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. SNA: o que todo o neurofisiologista clínico deve saber?. 2013. (Congresso).

21.
XXIV CONGRESSO DA SOC. BRAS. DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. CHEPS e LEPS: Aspectos atuais. 2013. (Congresso).

22.
REUNIÃO DE PESQUISADORES BRASILEIROS EM BOSTON.Estimulação cerebral não-invasiva: será o fim dos comprimidos?. 2012. (Seminário).

23.
XIII CONGRESSO PANAMERICANO DE NEUROLOGIA - LA PAZ (BOLÍVIA). Neuropatias e o Sistema Nervoso Autonômico. 2012. (Congresso).

24.
XXV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Diagnóstico da miastenia gravis. 2012. (Congresso).

25.
CONGRESSO CHILENO DE TOXINA BOTULÍNICA.Toxina botulínica na espasticidade. 2011. (Encontro).

26.
REUNIÃO DO SERVIÇO DE NEUROPEDIATRIA HCPA.O papel da ENMG no diagnóstico das doenças neuromusculares. 2011. (Seminário).

27.
SIMPÓSIO EURO-LATINO-AMERICANA DE MIOLOGIA (EVELAM). 2011. (Simpósio).

28.
V CONGRESSO INTERDISCIPLINAR DE DOR (CINDOR) da USP. Potencial Evocado Laser: uma visão crítica. 2011. (Congresso).

29.
VI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Evaluación del Tracto Espinotalámico en Pacientes con Neuropatía Dolorosa. 2011. (Congresso).

30.
VI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Pain-autonomic interaction after work-induced sleep restriction. 2011. (Congresso).

31.
VI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Disfunción Autonómica en los Síndrome Dolorosos. 2011. (Congresso).

32.
VII CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES. Estimulando o cérebro e reduzindo dores. 2011. (Congresso).

33.
VII CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES. Dor e transtornos de humor e personalidade: relevância para a prática clínica. 2011. (Congresso).

34.
VII CURSO BÁSICO DE OFTALMOLOGIA 2011.Vias Visuais Centrais. 2011. (Simpósio).

35.
VI SIMPÓSIO SOBRE ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA.Diagnóstico Diferencial da Esclerose Lateral Amiotrófica. 2011. (Simpósio).

36.
XI ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O ESTUDO DA DOR (SBED): Sábado da Dor - Porto Alegre.Avanços no Diagnóstico e Tratamento da Dor Neuropática. 2011. (Encontro).

37.
XXI CONGRESSO EUROPEU DE NEUROLOGIA - LISBOA. Pôsteres de "Dor e Cefaléia". 2011. (Congresso).

38.
XXI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA: LISBOA. Neurophysiological study of pull test in patients with Parkinson´s disease and controls. 2011. (Congresso).

39.
XXI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA: LISBOA. Poster Session: Pain and Headache. 2011. (Congresso).

40.
30a SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Sympathetic skin responses induced by jaw clenching. 2010. (Encontro).

41.
BOTULINUM TOXIN TYPE A CONGRESS, 2010. A double-blind, randomized, crossover study of prosigne versus botox in patients with blepharospasm and hemifacial spasm. 2010. (Congresso).

42.
DIREITO À SAÚDE E SAÚDE SUPLEMENTAR.Evidência Científica e Decisões Judiciais. 2010. (Seminário).

43.
EVENTO ANUAL DA LIGA DE NEUROLOGIA.Manifestações Neurológicas de Doenças Sistêmicas. 2010. (Seminário).

44.
EVENTO ANUAL DA LIGA DE NEUROLOGIA DE PORTO ALEGRE.Manifestações Neurológicas de Doenças Sistêmicas. 2010. (Encontro).

45.
II FÓRUM DE ENTIDADES MÉDICAS - Norte e Centro-Oeste (BRA).Evidência Científica e Decisões Judiciais. 2010. (Simpósio).

46.
III CURSO DE CAPACITAÇÃO E AVALIAÇÃO DE MEDICAMENTOS E TECNOLOGIAS EM SAÚDE.1. Delineamentos de Pesquisa; 2. Como buscar a evidência científica?. 2010. (Oficina).

47.
III SEMINÁRIO DE DIREITO À SAÚDE.Novo Código e Ética Médico. 2010. (Seminário).

48.
SIMPÓSIO SUL-BRASILEIRO DE ATUALIZAÇÃO EM NEUROLOGIA E NEUROCIRURGIA.Dor em Neurologia: Fisiologia da Dor e Mecanismos da Dor Neuropática. 2010. (Simpósio).

49.
VI CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES. 2010. (Congresso).

50.
VI CURSO BÁSICO DE OFTALMOLOGIA.Vias Visuais Centrais. 2010. (Simpósio).

51.
V SIMPÓSIO BRASILEIRO DE HANSENOLOGIA.Fisiopatologia da Dor Neuropática. 2010. (Simpósio).

52.
V WORKSHOP DE ELETRONEUROMIOGRAFIA USP-RP. 2010. (Oficina).

53.
XI JORNADA PAULISTA DE NEUROFISIOLOGIA. Neurofisiologia dos Transtornos de Movimento. 2010. (Congresso).

54.
XI JORNADA PAULISTA DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Effect of relaxation in motor imagery on motor neuron excitability. 2010. (Congresso).

55.
XI JORNADA PAULISTA DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. Avaliação funcionaldas fibras finas: C polimodais e autonômicas. 2010. (Congresso).

56.
XI JORNADA PAULISTA DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA.Motor Neuron Excitability. 2010. (Simpósio).

57.
XX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA: BERLIM. Avaliação de resumos científicos. 2010. (Congresso).

58.
XX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Berlim, Alemanha). The analysis of sudomotor skin responses and RR interval in patients with different degrees of glucose intolerance. 2010. (Congresso).

59.
XXIII CICLO DE AVANÇOS EM CLÍNICA PSIQUIÁTRICA. Estimulação Cerebral. 2010. (Congresso).

60.
XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Dor Neuropática: como investigar, como tratar?. 2010. (Congresso).

61.
XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. The analysis of sudomotor skin response and RR interval in patients with different degrees of glucose intolerance. 2010. (Congresso).

62.
XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Potenciais Evocados por dor e temperatura (LEPS e CHEPS). 2010. (Congresso).

63.
XXV JORNADA SUL-RIOGRANDENSE DE PSIQUIATRIA DINÂMICA.Estímulos Cerebrais Elétricos e Magnéticos em Neuro. 2010. (Simpósio).

64.
XXX SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Avaliação de pôsteres e temas livres. 2010. (Encontro).

65.
29a SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Avaliados de Pôsteres e Apresentações Orais. 2009. (Simpósio).

66.
5o CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTE E EMOÇÕES. Sem cérebro, sem dor - e vice-e-versa: Entendendo a modulação emocional da dor. 2009. (Congresso).

67.
5o CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES. O papel da emoção sobre nosso sistema anti-dor. 2009. (Congresso).

68.
8o CONGRESSO ARGENTINO DE NEUROFISIOLOGIA. La función de las fibras pequeñas en los pacientes con meralgia parestésica. 2009. (Congresso).

69.
CURSO DE CAPACITAÇÃO NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA HANSENÍASE. 2009. (Oficina).

70.
GRAND ROUND DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Dor nociceptiva vs. neuropática? Qual delas é a sua?. 2009. (Seminário).

71.
III JORNADA DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE SAÚDE DO IMIP.Protocolos Clínicos para Medicamentos de Alto Custo para o SUS. 2009. (Simpósio).

72.
III REUNIÃO DO DC DE TRANSTORNOS DE MOVIMENTO DA ABN. Avaliado da Sessão de Pôsteres. 2009. (Congresso).

73.
III REUNIÃO DO DEPARTAMENTO CIENTÍFICO DE TRANSTORNOS DO MOVIMENTO DA ABN. Estudo neurofisiológico da dor central nos pacientes com doença de Parkinson. 2009. (Congresso).

74.
III REUNIÃO DO DEPARTAMENTO CIENTÍFICO DE TRANSTORNOS DO MOVIMENTO DA ABN. Sessão de Pôsteres. 2009. (Congresso).

75.
SIMPÓSIO DE FLEBOLOGIA DA SOCIEDADE BRAS. ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR.Neurites pós-safenectomias: como tratar?. 2009. (Simpósio).

76.
V CONGRESSO GAÚCHO DE NEUROLOGIA E NEUROCIRURGIA. Polineuropatias Dolorosas. 2009. (Congresso).

77.
V CONGRESSO GAÚCHO DE NEUROLOGIA E NEUROCIRURGIA. A função das fibras pequenas nos pacientes com meralgia parestésica. 2009. (Congresso).

78.
XIX ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Milão, Itália). Temperature-induced electrodermal activity in patients with primary palmar hyperhidrosis. 2009. (Congresso).

79.
XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. You may lie when you´re in pain, but your emotional sweating won´t. 2009. (Congresso).

80.
28a SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE.Neurofisiologia aplicada dos distúrbios do movimento. 2008. (Simpósio).

81.
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ELETROMIOGRAFIA, Universidade de Barcelona. Mecanismos Fisiológicos del controle del Dolor: Evaluación Neurofisiológica. 2008. (Congresso).

82.
I SIMPÓSIO DOS DEPARTAMENTOS DA DOR, NEUROPATIAS PERIFÉRICAS E DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS DA ABN.Estudo Neurofisiológico da Dor Central em Pacientes com doença de Parkinson. 2008. (Simpósio).

83.
I SIMPÓSIO DOS DEPARTAMENTOS DA DOR, NEUROPATIAS PERIFÉRICAS E DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS DA ABN.Neurofisiologia nas Neuropatias Predominantemente de Fibras Finas: Avaliação Neurofisiológica da Dor Neuropática. 2008. (Simpósio).

84.
I SIMPÓSIO DOS DEPARTAMENTOS DA DOR, NEUROPATIAS PERIFÉRICAS E DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS DA ABN.Neurofisiologia das Neuropatias Periféricas Predominantemente de Fibras Finas. 2008. (Simpósio).

85.
MONITORIZAÇÃO NEUROFISIOLÓGICA EM UTI. 2008. (Oficina).

86.
REUNIÃO SOCIEDADE DE REUMATOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL.O papel da Eletroneuromiografia na Reumatologia. 2008. (Encontro).

87.
XVIII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA. Small fibre function in patients with meralgia paresthetica. 2008. (Congresso).

88.
XVIII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Nice, França).Clinical and neurophysiological assessment of neuropathic pain. 2008. (Oficina).

89.
XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Fisiopatologia da Dor Neuropática. 2008. (Congresso).

90.
XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Neurofisiologia da Dor Neuropática. 2008. (Congresso).

91.
XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Instrumentos para avaliação da dor neuropática. 2008. (Congresso).

92.
XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. Estudo neurofisiológico da dor central nos pacientes com doença de Parkinson. 2008. (Congresso).

93.
II CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE DOR NEUROPÁTICA. 2007. (Congresso).

94.
IV ENCONTRO INTERNACIONAL DA SOCIEDADE DO TRONCO ENCEFÁLICO. Localized brainstem dysfunction in patients with Parkinson´s disease with central pain. 2007. (Congresso).

95.
LIX REUNIÃO DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA. La función de las fibras pequeñas en los pacientes con meralgia parestésica. 2007. (Congresso).

96.
PAIN & LASER TALKS. 2007. (Encontro).

97.
PAIN SESSIONS OF THE HOSPITAL CLÍNIC AND MC MUTUAL.Pain in Parkinson´s disease. 2007. (Encontro).

98.
XIII SIMPÓSIO BRASILEIRO E ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE DOR (SIMBIDOR).Avaliação Neurofisiológica da dor neuropática. 2007. (Simpósio).

99.
XIII SIMPÓSIO BRASILEIRO E ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE DOR (SIMBIDOR).Estudo neurofisiológico da dor central em pacientes com doença de Parkinson. 2007. (Simpósio).

100.
XLV REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE ESPAÑOLA DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA.Oficina de Potenciais Evocados por raio laser. 2007. (Oficina).

101.
XVII ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Rodes, Grécia). Estudo neurofisiológico da dor central em pacientes com doença de Parkinson. 2007. (Congresso).

102.
I CONGRESSO INTERNACIONAL DE MARCHA E FUNÇÃO MENTAL (Madri). 2006. (Congresso).

103.
III JORNADA DO GRUPO COOPERATIVO SOBRE CIRURGIA ENDOSCÓPICA DO SISTEMA SIMPÁTICO TORÁCICO. Actividad eletrodérmica en palmas y plantas. Pre y postsimpatectomia torácica. 2006. (Congresso).

104.
II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DISTÚRBIOS DE MOVIMENTO EM PEDIATRIA (Barcelona). 2006. (Congresso).

105.
LVIII REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA (Barcelona). Cámbios en la actividad sudomotora relacionados con la percepción del calor y dolor térmico. 2006. (Congresso).

106.
XI CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA SOCIEDADE NEUROLÓGICA ASTURIANA.Dolor Neuropático: estudios neurofisiológicos clínicos. 2006. (Simpósio).

107.
XVI ENCONTRO DA SOCIEDADE EUROPÉIA DE NEUROLOGIA (Lausanne). Sweating disturbances and sudomotor skin responses in patiens with Parkinson´s disease. 2006. (Congresso).

108.
XXVIII CONGRESSO INTERNACIONAL DE NEUROFISIOLOGIA (Edimburgo). Changes in the sudomotor activity associated with subjective perception of thermoalgesic stimuli. 2006. (Congresso).

109.
III CONGRESSO GAÚCHO DE NEUROLOGIA E NEUROCIRURGIA. III CONGRESSO GAÚCHO DE NEUROLOGIA E NEUROCIRURGIA. 2005. (Congresso).

110.
I SEMINÁRIOS DOS CENTROS DE REFERÊNCIA PARA MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO DO SUS.Distonias. 2005. (Seminário).

111.
LVII REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE ESPANHOLA DE NEUROLOGIA (Barcelona). 2005. (Congresso).

112.
CURSO DE POLÍTICA DE SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS: INCORPORAÇÃO DE TECNOLOGIAS E ELABORAÇÃO DE LAUDOS TÉCNICOS.Delineamentos de Pesquisa. 2004. (Simpósio).

113.
O SUS, O JUDICIÁRIO E O ACESSO A MEDICAMENTOS EXCEPCIONAIS. 2004. (Seminário).

114.
SIMPÓSIO DE DEMÊNCIAS. 2004. (Simpósio).

115.
XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. 2004. (Congresso).

116.
I CONFERÊNCIA ESTADUAL DE POLÍTICA DE MEDICAMENTOS E ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA. 2003. (Simpósio).

117.
VII JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS.VII JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPATIAS PERIFÉRICAS. 2003. (Simpósio).

118.
XIV JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INVESTIGAÇÃO EM MOLÉSTIAS MUSCULARES.XIV JORNADA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INVESTIGAÇÃO EM MOLÉSTIAS MUSCULARES. 2003. (Simpósio).

119.
XIX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. XIX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA. 2003. (Congresso).

120.
XX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. XX CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA. 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SCHESTATSKY, P.; MARRONE, C. D. ; RODRIGUES, T. . ENCONTRO REGIONAL DO DC DE MOLÉSTIAS NEUROMUSCULARES D ABN: MIOPATIAS. 2013. (Congresso).

2.
FRIEDRICH, M. ; SCHESTATSKY, P. ; MAULAZ, A. ; FERNANDES, J. G. ; Francisconi C . Terapia trombolítica aguda para o AVC isquêmico agudo: relato dos 10 primeiros casos em Porto Alegre. 2001. (Outro).

3.
SCHESTATSKY, P.; Hammes LS ; Abreu MR ; Kruel CRP ; Barlem GG . I Curso de Revisão e Atualização em Semiologia. 1999. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Pablo Brea Winckler. ESTUDO NEUROFISIOLÓGICO E BIOQUÍMICO DE SUJEITOS COM DIFERENTES GRAUS DE TOLERÂNCIA À GLICOSE (NORMAIS, PRÉ-DIABÉTICOS E DIABÉTICOS. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS, . Orientador: Pedro Schestatsky.

2.
Tatiane Gomes de Araújo. Análise eletromiográfica de músculos do membro inferior em pacientes com Doença de Parkinson durante a realização do Pull Test. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS, . Coorientador: Pedro Schestatsky.

3.
Bruna Larissa Seibel. Desenvolvimento, aplicação e avaliação de um modelo de intervenção positiva para pacientes com miastenia gravis. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Programa de Pós-Graduação Psicologia UFRGS, . Coorientador: Pedro Schestatsky.

4.
Letizzia Dall'Agnol. Interação entre limiar de dor e função autonômica após restrição de sono em indivíduos saudáveis. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS, . Coorientador: Pedro Schestatsky.

Tese de doutorado
1.
Nanucha Teixeira da Silva. Associação entre comportamentos de oposição em adolescentes e arousal : avaliação por meio de resposta cutânea simpática. 2014. Tese (Doutorado em Psquiatria) - Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas da UFRGS, . Coorientador: Pedro Schestatsky.

Iniciação científica
1.
Glober Knuth. Caracterização clínica e laboratorial da neuropatia periférica nos indivíduos com diferentes estágios de tolerância à glicose e sua associação com demais complicações vasculares.. 2011. Iniciação Científica - PIBIC-HCPA. Orientador: Pedro Schestatsky.



Outras informações relevantes


- Membro da Sociedade Espanhola de Neurologia 2006-2009; 
- Membro Titular da Academia Brasileira de Neurologia desde 2004; 
- Membro Fundador da Sociedade Brasileira de Dor Neuropática (2002)
- Coordenador do Comitê Científico de Dor da Academia Brasileira de Neurologia (2009-2014). 
- Membro da Sociedade Européia de Neurologia (Active Member); 
- Coordenador do Comitê Científico de Dor da Sociedade Européia de Neurologia (2009-2014). 
- Membro da Sociedade Gaúcha de Neurologia e Neurocirurgia desde 2008
- Membro Titular da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (2013)
- Regente do Internato de Medicina Interna da FAMED-UFRGS (2013-)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 9:38:30