Haydée Glória Cruz Caruso

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6889569648252727
  • Última atualização do currículo em 24/07/2018


Professora Adjunta III do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília. Foi investigadora visitante de pós-doutorado no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra(2017/2018). Coordena o Laboratório de Ensino de Sociologia Lélia Gonzalez. É Doutora (2009) e Mestre (2004) em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense. Possui pós-graduação em Políticas Públicas de Justiça Criminal e Segurança Pública (2001) e graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Atua nas áreas de Sociologia da Violência, Antropologia Urbana, Antropologia do Direito, com ênfase nos seguintes temas: segurança pública, justiça criminal, administração institucional de conflitos, cultura policial e juventudes. Foi servidora do Ministério da Justiça(2009-2011) onde coordenou a Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública - RENAESP. É pesquisadora do Núcleo de Estudos sobre Violência e Segurança - NEVIS da UnB e pesquisadora associada do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT-INEAC) da Universidade Federal Fluminense. Em 2014 recebeu o reconhecimento do UNLIREC- Centro Regional de las Naciones Unidas para la Paz, el Desarme y el Desarrollo en América Latina y el Caribe por sua contribuição como agente de mudança nos temas de segurança pública e desarmamento no Brasil. Entre 2015 e 2016 Integrou a equipe de especialistas que elaborou a 1a e 2a versão do componente de Sociologia da Base Nacional Comum Curricular - BNCC para a Educação Básica.Foi Conselheira do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (2015-2017). É mãe de uma filha e esteve de licença maternidade em 2012. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Haydée Glória Cruz Caruso
Nome em citações bibliográficas
CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Departamento de Sociologia.
Campus Darcy Ribeiro
70000-000 - Brasilia, DF - Brasil
URL da Homepage: www.unb.br


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2009
Doutorado em Antropologia.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Entre Ruas, Becos e Esquinas: por uma antropologia dos processos de construção da ordem na Lapa Carioca, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Roberto Kant de Lima.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: antropologia urbana; Estado e Sociedade; Estudos de Polícia; formação policial; segurança pública.
Grande área: Ciências Humanas
2002 - 2004
Mestrado em Antropologia.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Das práticas e dos seus saberes: a construção do fazer policial entre as praças da PMERJ,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Roberto Kant de Lima.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: antropologia do direito; cultura policial; formação policial; antropologia urbana.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Serviços Coletivos Prestados Pela Administração Pública Na Esfera da Segurança e Ordem Pública, Inclusive Defesa Civil.
2000 - 2001
Especialização em Especialização Em Políticas Públicas de Justiça Cr. (Carga Horária: 615h).
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: A denúncia anônima como ferramenta para ação policial: Disque-Denúncia, uma experiência em curso.
Orientador: Jacqueline de Oliveira Muniz.
1995 - 1999
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.


Formação Complementar


2006 - 2006
La escritura y la investigación en antropologia. (Carga horária: 32h).
Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora Adjunta II do Departamento de Sociologia e Coordenadora da Licenciatura em Ciências Sociais desde maio de 2013. Atualmente sou responsável pelas orientações de licenciandos em estágio docência. Disciplinas ministradas: Prática de Ensino em Ciências Sociais. Introdução à Sociologia Métodos e Técnicas de Pesquisa Sociologia da Violência e das conflitualidades

Atividades

03/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Sociologia, .


Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Investigadora Visitante
Outras informações
Investigadora Visitante de pós-doutorado no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa sob orientação do Prof. Dr. José Machado Pais.


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

02/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Núcleo de Ensino Pesquisa Extensão em Administração Institucional Conflitos.


Universidade de Coimbra, UC, Portugal.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Investigadora Visitante
Outras informações
Investigadora Visitante no Centro de Estudos Sociais sob supervisão da Professora Dra. Tatiana Moura.


Ministério da Justiça, MJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Secretaria Nacional de Segurança Pública, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Exerceu funções de Assessora da Coordenação Geral de Ensino da Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP. Setor responsável pela política nacional de formação e aperfeiçoamento dos profissionais de segurança pública: policiais militares, policiais civis, bombeiros militares, peritos, policiais federais, rodoviários federais e guardas municipais.


Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Professora da Católica Virtual para o Curso de Tecnólogo em Segurança e Ordem Pública.


VIVA RIO, VIVA RIO, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: coordenadora de projetos, Carga horária: 30
Outras informações
Coordenou o Projeto "Rede Latino-americana de Policiais e Sociedade Civil" que reúne membros de instituições policiais, universidades e centros de pesquisa de 10 países da América Latina: Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, El Salvador, Guatemala, México, Nicarágua, Peru e Venezuela. Mais informações ver: http://policiaesociedade.comunidadesegura.org


Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultora, Carga horária: 0
Outras informações
Consultora para produção de relatórios técnicos sobre prevenção da violência em nível local

Atividades

5/2004 - 12/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, .

Cargo ou função
Consultor.

Governo do Estado do Rio de Janeiro, GOVERNO/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Cargo comissionado, Carga horária: 20
Outras informações
Desenvolveu atividades relacionadas ao desenho de políticas públicas para formação e aperfeiçoamento dos policiais do Rio de Janeiro.

Atividades

4/2002 - 12/2002
Serviços técnicos especializados , Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Instituto de Segurança Pública.

Serviço realizado
Elaboração de cursos de capacitação policial.
4/2002 - 12/2002
Treinamentos ministrados , Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Instituto de Segurança Pública.

Treinamentos ministrados
Curso de aprimoramento da prática policial cidadã

Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Ministrei as disciplinas de sociologia geral, sociologia jurídica e métodos/técnicas de pesquisa para os cursos de: Direito, Marketig,Fisioterapia e Serviço social.


Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais, FLACSO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: professor temporário, Carga horária: 10
Outras informações
Ministrou disciplinas de Metodologia Científica e Gestão Integrada de Segurança Pública no Curso de Especialização em Segurança Pública da FLACSO/viva Rio


Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora



Linhas de pesquisa


1.
Sociologia da Violência e das Conflitualidades
2.
Práticas institucionais, processos de administração de conflitos e moralidades

Objetivo: Essa linha de pesquisa terá como foco principal a análise das formas de atuação e intervenção das instituições estatais, em processos específicos de administração institucional de conflitos. Trata-se de identificar e de compreender como as instituições lidam de forma conflituosa com os procedimentos e normas a elas prescritos, conforme certas tradições institucionais, nas ocasiões que envolvem a administração dos conflitos pelos agentes e as pessoas neles envolvidas. Entende-se que nessas interações colocam-se em jogo valores morais e éticas corporativos e/ou institucionais que modulam as regras e práticas institucionais e conformam diferentes moralidades, mais ou menos em tensão..


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
INCT ? Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos - INCT-InEAC
Descrição: O presente projeto aprovado na Chamada Nº 16/2014 INCT/MCT/CNPq/CAPES/FAPs do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia/CNPq, é resultado de articulação de uma rede nacional e internacional de instituições de ensino, pesquisa e extensão, reunidos há 06 anos no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia/Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT/In-EAC), aprovado, em abril de 2009, na Chamada Nº 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP/ Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Esse programa é aqui consolidado e ampliado no sentido de promover ainda mais o trabalho de interlocução, inédito no Brasil, entre as ciências sociais e as ciências socicais aplicadas, especialmente entre a Antropologia e o Direito. A rede reunida nesse projeto integra instituições ? grupos de pesquisa e programa de pós-graduação- de sete estados brasileiros (RJ, MG, SP, PE, BA, RS, DF) e cinco países (Canadá, Argentina, França, Estados Unidos, Portugal). Este novo INCT tem como escopo da atuação a análise dos processos de administração institucional de conflitos e as formas não institucionais, especialmente, os processos de demanda de direitos e por reconecimento por parte de diversos atores. Essas duas vias de pesquisa articulam-se com as ações propostas na área da transferência de conhecimento. No primeiro caso, trata-se de ações fortemente ancoradas nas tecnologias de formação, capacitação e interlocução como operadores dos sistemas de Segurança Pública, de Justiça e de outras burocracias estatais, gerando espaços de desconstrução e construção de matrizes e práticas institucionais e corporativas arraigadas nas formas de fazer do Estado no Brasil. No segundo caso, as ações serão inovadoras no sentido da construção de tecnologias sociais que promovam não a aplicação unilateral do conhecimento, mas a construção conjunta de formas de intervenção na esfera e no espaço públicos que considerem diferentes pontos de vista e reivindicações das pessoas envolvidas nos conflitos tratados pelas agências públicas. No campo da atuação internacional do Instituto, as estratégias são tendentes à internacionalização de nossos pesquisadores e não só da produção por eles elaborada, como a publicação em revistas estrangeiras e participação em eventos acadêmicos internacionais. O foco da internacionalização do presente projeto é vencer os obstáculos impostos pela exclusão de nossa área do Programa Ciência Sem Fronteiras, para promover o intercâmbio institucional e fluido entre pesquisadores, estudantes e professores dos países envolvidos, como vistas à troca de experiências de pesquisa, de ambientes acadêmicos mas, principalmente, para criar oportunidades para realização de pesquisas de campo em outros países, com a finalidade de produzir resultados que possam ser contrastados àqueles aqui obtidos. Assim, destaca-se que esse projeto se funda em uma perspectiva comparada e multidisciplinar de análise, pioneira no Brasil em relação à interlocução entre o Direito e as Ciências Sociais, no entendimento da Segurança Pública como um campo de disputas e consensos que vai além da criminalidade e da intervenção repressiva..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Polícia e Juventude: uma análise sócio-antropológica das formas de administração de conflitos numa perspectiva comparada entre países lusófonos
Descrição: A pesquisa tem como desafio contribuir para o debate sobre o policiamento público em contextos urbanos, marcados por disputas políticas e simbólicas que ora reiteram princípios igualitários, ora hierárquicos e produtores de desigualdades entre os indivíduos. No caso, aqui proposto, pretende-se refletir sociologicamente sobre o (des) encontro entre policiais e cidadãos, a fim de melhor compreender os elementos sociais e culturais que norteiam tais interações, especialmente, entre as diversas juventudes e a(s) polícia(s). Nos últimos 20 anos, as Ciências Sociais no Brasil têm se dedicado aos estudos sobre violência, criminalidade, administração institucional de conflitos e segurança pública. A pesquisa se insere neste campo temático que paulatinamente ganha visibilidade no Brasil como em outros países, tanto na produção acadêmica quanto no desenho de políticas públicas para área de segurança pública e juventude(s). No contexto brasileiro vale salientar que a visibilidade dos estudos produzidos e o reconhecimento público de fenômenos relacionados à violência policial e à violência sofrida e perpetrada por jovens não se traduziu, plenamente, em redução dos índices de violência e criminalidade. Pelo contrário, em muitos lugares, houve incremento significativo destes índices. A partir de uma perspectiva sócio-antropológica, pretende-se problematizar a relação entre jovens e polícia de modo comparado, no sentido de contribuir para o entendimento sobre universo de representações que orientam e dão sentido as práticas policiais cotidianas na contemporaneidade. Por essa razão, a perspectiva comparada surge como uma possibilidade concreta de colocar em diálogo realidades vividas em países de língua portuguesa considerando, portanto, investir em Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Timor Leste e Brasil através de suas respectivas capitais: Lisboa, Luanda, Maputo, Praia, Dili e Brasília. Tal ideia surge em razão de já ter sido feito um investimento inicial de pesquisa no contexto brasiliense através da aprovação de um Edital Universal (CNPq/2013) o que nos levou a perceber a necessidade de trabalhar sociologicamente por contraste e por semelhança outras realidades. Assim, optou-se por conhecer a dinâmica das relações entre polícia e juventude em países cujo INeAC mantem vínculos formais, assim como, pretende-se estabelecer novas parcerias com países e colegas ainda não integrantes da Rede, o que permitirá o trabalho conjunto com ênfase na internacionalização e na produção conjunta de conhecimento entre países que integram a CPLP- Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Cabe destacar o forte intercambio já existente entres os países lusófonos no tocante à segurança pública e a estruturação das instituições policiais. Por vários momentos, a polícia brasileira, em especial a Federal desenvolveu parcerias institucionais em Angola, Moçambique e Cabo Verde com vistas à qualificação dos profissionais de polícia e/ou projetos considerados de ?reforma institucional?. Compreender tais intercâmbios, seus efeitos e dinâmicas locais pode ser um caminho analítico interessante a ser feito..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / alessandra fontana oberling - Integrante / Raissa Menezes de Oliveira - Integrante / Cristiane do Socorro Loureiro Lima - Integrante / Elizabete Ribeiro Albenaz - Integrante / Yuri Gregório Ferreira de Moraes - Integrante / Gabriela do Nascimento Rodrigues - Integrante / Marina Carvalho Paz - Integrante / Yacine Guellati - Integrante / Laura Gonçalves de Lima - Integrante / Sérgio da Silva Santos - Integrante / Gabriela Costa - Integrante / Natália Adriele Pereira de Sousa - Integrante / Julia Gasparetto Azevedo - Integrante.Financiador(es): Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional Conflitos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2014 - 2016
Programa de Iniciação à Docência - PIBID Sociologia UnB
Descrição: O tema central do PIBID- Sociologia versa sobre formas de administração de Conflitos em Ambiente escolar. Neste caso, o PIBID se faz presente em duas escolas do DF, o Centro de Ensino Médio 02 em Ceilândia e o Centro de Ensino Médio Paulo Freire na Asa Norte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2016
Interações, tensões e conflitos: um estudo sócio-antropológico sobre a relação entre os jovens e a polícia na periferia do Distrito Federal
Descrição: O projeto visa a ampliar o debate acadêmico sobre os mecanismos de controle social que envolve a relação do Estado, através da Polícia com os jovens, segmento etário que apresenta maior vulnerabilidade social. O projeto pretende, além de, contribuir para o debate sobre segurança pública no DF, dar ênfase a cidade, como lócus privilegiado para o exercício a diferença, lugar por excelência que congrega diferentes grupos em seus diferentes destinos.Objetivos  Compreender, a partir de uma abordagem sócio-antropológica, as formas de interação entre a polícia e o público jovem nas regiões de Taguatinga e Ceilândia;  Mapear as estratégias de policiamento adotadas para administrar os conflitos sociais envolvendo jovens em espaços de grande circulação;  Trabalhar as noções de conflito, ordem e desordem para os dois públicos investigados: jovens e policiais;  A partir das distintas formas de interação analisadas, produzir mapas de referência que, de modo ilustrado, explicitem as visões de mundo dos jovens sobre o espaço público que freqüentam, estudam ou se divertem e dos policiais sobre o mesmo em que atuam..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / Luanne da Cruz Carrion - Integrante / marcelle gomes figueira - Integrante / Gabriella dos Santos Ferreira - Integrante / Bruna Braz Cavalcante Marques Ramalho - Integrante / Yuri Gregorio Ferreira de Moraes - Integrante / Alana Carvalho Pinheiro - Integrante / Luiz Coimbra Barbosa - Integrante / Maria Laura Correa Brochado - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 3
2013 - 2016
Interações, tensões e conflitos: um estudo sócio-antropológico sobre a relação entre os jovens e a polícia na periferia do Distrito Federal
Descrição: Ceilândia e Taguatinga compõem regiões importantes para compreensão das dinâmicas urbanas no DF por conta de sua densidade populacional e da sua expressividade nos dados levantados sobre violência urbana. Ceilândia é a campeã em número absoluto de homicídios dolosos, sendo a maioria jovens negros do sexo masculino. Os estudos que tratam sobre o fazer policial foram fundamentais. O papel da formação policial no trato com a população em geral, mas especificamente com as juventudes, dado que estas aparecem recorrentemente na figura do suspeito a ser patrulhado. Concluímos que o recorte racial e etário na construção deste suspeito configura o olhar policial também no DF. A diversidade de vivências descritas sobre a juventude reforçou a importância de trabalhar juventudes no plural, tal como as ciências sociais propõem. Foram realizadas entrevistas com policiais. Ocorreram no início e no final da pesquisa. Também foram realizados grupos focais como jovens, 04 grupos de aproximadamente 10 jovens em cada. A observação participante aconteceu na fase final da pesquisa numa escola pública de Ceilândia. As aulas de sociologia e eventos da cultura Hip Hop formaram o lócus privilegiado das observações. Algumas questões nos pareceram fundamentais para análise: a) A polícia aparece como elemento chave em vários espaços, mas principalmente no cotidiano escolar e nos momentos de lazer. b) Há um consenso entre os dois grupos que os bacus, forma regional de se referir às abordagens policiais, possuem uma destinação específica não só no que toca à faixa etária e à raça dos suspeitos, neste caso, os negros são os preferencialmente abordados, mas também a identidades e estilos de vidas delimitados. c) Para os PMs, uma técnica corporal é descrita como determinante para a escolha da abordagem: o circuitar, apresentada como atitude suspeita padrão. d) A ostensividade da abordagem está ligada ao lugar em que ela acontece e a quantidade de estigmas acumulados pelo seu alvo. Destaca-se como principal impacto da pesquisa o canal de diálogo que foi possível construir envolvendo jovens de distintos coletivos das cidades investigadas, bem como policiais, em geral, igualmente jovens que puderam construir algum exercício de alteridade, na medida em que falaram abertamente sobre suas vivências e expectativas sobre a relação juventude e polícia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2016
Programa de Pesquisa e Formação em Segurança Pública, Justiça Criminal e Processos de Administração Institucional de Conflitos. A proximidade e a macrocriminalidade, em perspectiva comparada. ? Instituto de Estudos Comparados em Administração Instituciona
Descrição: Este projeto foi aprovado para a formação de um Instituto na área induzida Segurança Pública, do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia na chamada MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP nº 15/2008. Sua finalidade é a promoção de um Programa de Pesquisa e Formação, nas áreas de Ciências Humanas e de Ciências Sociais, a respeito das formas institucionais de administração de conflitos nos diferentes âmbitos dos sistemas de Segurança Pública e de Justiça Criminal. O foco do projeto está dado na análise da natureza dos conflitos tratados pelos sistemas mencionados, atendendo às distinções qualitativas entre categorias como conflito, crime, violência física, insulto moral, entre outras possíveis. Assim, o objetivo principal do Instituto é produzir conhecimento empírico e teórico sobre as lógicas de tratamento e administração institucional de conflitos por parte dos agentes públicos e sua relação com a natureza distinta desses conflitos. Para tanto, as pesquisas empíricas e discussões teóricas a serem produzidas no âmbito do Instituto terão como eixo a comparação entre as formas de administração institucional daqueles conflitos considerados menores, produto de relações de proximidade (vizinhança, parentesco, afinidade, amizade) e daqueles crimes classificados pelo campo jurídico como macrocriminalidade ou crime organizado. Esses dois tipos de conflitualidade envolvem não só mecanismos e lógicas de administração diferenciadas, por parte das agências de Segurança Pública e Justiça Criminal, mas também distintas moralidades no tratamento dos casos e das pessoas envolvidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (81) / Mestrado acadêmico: (65) / Doutorado: (68) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / Nalayne Mendonça Pinto - Integrante / Daniel Schroeter Simião - Integrante / Ana Paula Mendes de Miranda - Integrante / Edilson Márcio Almeida da Silva - Integrante / Fábio Reis Mota - Integrante / Fernanda Duarte Lopes Lucas da Silva - Integrante / Glaucia Maria Pontes Mouzinho - Integrante / Roberto Kant de Lima - Integrante / Herbert Toledo Martins - Integrante / Jacqueline Sinhoretto - Integrante / Kátia Sento Sé Mello - Integrante / Lenin dos Santos Pires - Integrante / Lucía Eilbaum - Integrante / Luis Roberto Cardoso de Oliveira - Integrante / Marco Antonio da Silva Mello - Integrante / Maria Stella de Amorim - Integrante / Paulo Gabriel Hilu da Rocha Pinto - Integrante / Pedro Heitor Barros Geraldo - Integrante / Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo - Integrante / Ronaldo Joaquim da Silveira Lobão - Integrante / Simoni Lahud Guedes - Integrante / Sofía Tiscornia - Integrante / Antonio Carlos Rafael Barbosa - Integrante / Jorge Zaverucha - Integrante / José Maria Nóbrega - Integrante / Lana Lage da Gama Lima - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / PROPPI - Auxílio financeiro / PROPPI - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3


Projetos de extensão


2015 - Atual
Programa Diálogos Palmares
Descrição: O Programa Diálogos Palmares é fruto de uma parceria institucional da Fundação Cultural Palmares ? FCP/MinC e a Universidade de Brasília ? UnB. O objetivo central é construir, de forma colaborativa, um amplo debate que possibilite formular diretrizes para as políticas públicas voltadas à valorização da cultura afro-brasileira, qualificando a intervenção de todos os atores neste processo democrático de participação social. São atores prioritários neste Programa: a União, os Estados e Municípios, bem como os representantes da sociedade civil que atuam na área, a partir de diferentes matrizes..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / edson silva de farias - Integrante.Financiador(es): Fundação Cultural Palmares - Outra.


Outros Projetos


2014 - 2014
Avaliação dos efeitos da Rede Nacional de Educação a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública na trajetória profissionais dos seus discentes
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2013 - 2014
Avaliação do impacto dos Cursos da Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública na trajetória profissional dos seus egressos em cinco regiões brasileiras
Descrição: O projeto visa contribuir para a melhor compreensão sobre a eficiência e eficácia dos cursos da RENAESP em diferentes regiões do país. Dessa formal, a principal contribuição desse projeto será a de sistematizar e analisar os dados sobre egressos dos cursos e sobre a produção acadêmica e o desenvolvimento da temática Segurança Pública nas Instituições de Ensino Superior onde os cursos são realizados. Para tanto será realizada ampla pesquisa quantitativa e qualitativa com alunos que concluíram os cursos da RENAESP, com gestores das Instituições de Ensino Superior (IES) participantes da Rede e com gestores públicos que receberam os egressos em suas instituições..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / Elizabete Ribeiro Albernaz - Integrante / Verônica Almeida dos Anjos - Integrante / Rodrigo Suassuna - Integrante / alessandra fontana oberling - Integrante / marcelle gomes figueira - Integrante / luciane patrício braga de moraes - Integrante / nalayne mendonça pinto - Integrante.Financiador(es): Ministério da Justiça - Cooperação.
2006 - 2009
Rede Latino-americana de Policiais e Sociedade Civil
Descrição: O projeto da Rede visa incentivar a sistematização de programas policiais inovadores em termos de prevenção da violência e de aproximação com as comunidades, de gestão da sergurança local, bem como controle e avaliação do trabalho policial na América Latina. Para isso, promove intercâmbios entres os países latino-americanos, realiza estudos comparativos. Visa ainda contribuir para a reforma das instituições policiais na região. Site institucional: http:policiasysociedad.org.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2005 - 2006
Desenvolvimento Institucional da Polícia Militar do Rio de Janeiro
Descrição: O projeto consistiu na elaboração de um amplo Diagnóstico Institucional da PMERJ, que serviu de subsídio para a construção de um conjunto de propostas discutidas no seminário intitulado ?A polícia que queremos?, realizado em 2006. A partir deste evento, o projeto dedicou-se a quatro temas principais: Gestão e Planejamento, Formação e Aperfeiçoamento profissional, Comunicação interna e externa e Policiamento em áreas especiais. As atividades desenvolvidas foram: a) Realização do Fórum em Defesa da vida ? com intuito de produzir propostas para a redução da violência armada no RJ; b) Reformulação do Currículo do Curso de Formação de Oficiais; c) Assinatura de um Convênio de Cooperação Técnica PMERJ ? Viva Rio (para produção de pesquisas aplicadas à segurança pública)..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Haydée Glória Cruz Caruso - Coordenador / Luciane Patrício Braga de Moraes - Integrante / Verônica Almeida dos Anjos - Integrante / Elizabete Ribeiro Albernaz - Integrante.Financiador(es): Fundação Konrad Adenauer - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2


Membro de corpo editorial


2007 - 2008
Periódico: Botetim Busca Avançada - Biblioteca Virtual em Seg. Pública e Dir. Humanos


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Revista Sociedade e Estado
2012 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Segurança Pública


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana/Especialidade: Cultura Policial.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana/Especialidade: Violência Urbana.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana/Especialidade: Segurança Pública.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Ensino de Sociologia na educação básica.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Juventude.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Recognizing the contribution of Latin Amercian anda Caribbean Women to Disarmament, UNLIREC - Centro Regional de las Naciones Unidas para la paz, el desarme y el desarollo en América.
2009
Prêmio Inovação na Gestão Pública Federal, Escola Nacional de Administração Pública.
2004
Concurso Nacional de Pesquisas Aplicadas em Justiça Criminal e Segurança Pública, Ministério da Justiça - Secretaria Nacional de Segurança Pública.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1MUNIZ, JACQUELINE2018 MUNIZ, JACQUELINE ; CARUSO, HAYDÉE ; FREITAS, FELIPE . Os estudos policiais nas ciências sociais: um balanço sobre a produção brasileira a partir dos anos 2000. REVISTA BRASILEIRA DE INFORMAÇÃO BIBLIOGRÁFICA EM CIÊNCIAS SOCIAIS - BIB, v. 1, p. 148-187, 2018.

2.
2CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE2015 CARUSO, Haydée. A ordem e a desordem de ontem e de hoje: notas etnográficas sobre a Polícia na Lapa Carioca. Civitas: Revista de Ciências Sociais, v. 15, p. 66-83, 2015.

3.
5CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE2014CARUSO, Haydée; NASCIMENTO, N. C. . Desafios para a Implementação de Políticas de Pessoal de Segurança Pública nas Fronteiras Brasileiras. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 8, p. 174-196, 2014.

4.
6CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE2010CARUSO, Haydée; MAITRE, Rachel . Mapeamento sobre a Institucionalidade Policial na América Latina e no Caribe. Anuario de la Seguridad Regional en América Latina y el Caribe, v. 01, p. 469-485, 2010.

5.
4CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE2007CARUSO, Haydée; RICARDO, C. M. . Segurança Pública: um desafio para os municípios brasileiros. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 01, p. 102-119, 2007.

6.
3ALBERNAZ, Elizabete Ribeiro2007 ALBERNAZ, Elizabete Ribeiro ; CARUSO, Haydée ; MORAES, Luciane Patrício Braga de . Tensões e desafios de um policiamento comunitário em favelas do Rio de Janeiro: o caso do Grupamento de Policiamento em Áreas Especiais. São Paulo em Perspectiva (Impresso), v. 21, p. 39-52, 2007.

7.
8CARUSO, Haydée;CARUSO, HAYDÉE2006CARUSO, Haydée; ALBERNAZ, Elizabete Ribeiro ; MORAES, Luciane Patrício Braga de . A polícia que queremos: desafios para a reforma da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Cadernos ADENAUER (São Paulo), Rio de Janeiro, v. 3, p. 05-15, 2006.

8.
7ALBERNAZ, E. R.2006ALBERNAZ, E. R. ; CARUSO, Haydée ; MORAES, L. P. B. . ?A Polícia que queremos?: desafios para a reforma da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Cadernos ADENAUER (São Paulo), v. 2, p. 105-118, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARUSO, Haydée. ENTRE RUAS, BECOS E ESQUINAS: A CONSTRUÇÃO DA ORDEM NA LAPA CARIOCA. 1. ed. BRASÍLIA: EDITORA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, 2016. v. 1. 304p .

2.
CARUSO, Haydée; MUNIZ, Jacqueline de Oliveira (Org.) ; BLANCO, Antonio Carlos Carballo (Org.) . Policía, Estado y Sociedad: prácticas y saberes latinoamericanos. 01. ed. Rio de Janeiro: PUBLIT soluções editoriais, 2007. v. 01. 606p .

3.
CARUSO, Haydée; MUNIZ, Jacqueline de Oliveira (Org.) ; BLANCO, Antonio Carlos Carballo (Org.) . Polícia, Estado e Sociedade: práticas e saberes latino-americanos. 01. ed. Rio de Janeiro: PUBLIT soluções editoriais, 2007. v. 01. 606p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARUSO, Haydée. Os laboratórios de Ensino de Ciências Sociais\Sociologia: a melhoria da formação inicial e continuada dos docentes. In: ILEIZI FIORELLI SILVA;DANYELLE NILLIN GONÇALVES. (Org.). A SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA. 1ed.SÃO PAULO: ANNABLUME, 2017, v. 01, p. 09-396.

2.
CARUSO, Haydée. Em busca de um "lugar" para a prevenção da violência. In: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD. (Org.). Convivência e Segurança Cidadã: reflexões por uma nova abordagem de Segurança Pública. 1ed.Brasília: PNUD, 2016, v. 01, p. 6-152.

3.
CARUSO, Haydée; SILVA, J. F. ; SUASSUNA, R. ; ALBERNAZ, E. R. ; FIGUEIRA, M. G. ; SILVA, L. M. ; OLIVEIRA, R. M. ; DE MORAES, Yuri . Educação a Distância em Segurança Pública no Brasil: um estudo sobre os efeitos Rede -EAD-SENASP na trajetória dos seus discentes. In: Ana Carolina Cambeses Pareschi;Cíntia Liara Engel; Gustavo Camilo Baptista; Alex Jorge das Neves. (Org.). Coleção Pensando a Segurança Pública - Volume 7. 1aed.Brasília: , 2016, v. 7, p. 215-256.

4.
CARUSO, Haydée; PINTO, Nalayne Mendonça ; MARTINS, L. P. B. ; ALBERNAZ, Elizabete Ribeiro ; CORTES, V. A. P. . Cursos de Pós Graduação em Segurança Pública e a Construção da RENAESP como política pública: considerações sobre seus efeitos a partir de diferentes olhares. In: FIGUEIREDO, Isabel; LIMA; Cristiane; BAPTISTA, Gustavo. (Org.). Coleção Pensando a Segurança Pública Volume 4. 1aed.Brasília: Ministério da Justiça, 2014, v. 4, p. 226-260.

5.
CARUSO, Haydée. 'Choque de ordem na Lapa': uma análise sobre as lógicas e práticas de policiamento no centro cultural do Rio de Janeiro.. In: KANT DE LIMA, Roberto; EILBAUM, Lucía; PIRES, Lenin. (Org.). Conflitos, Direitos e Moralidades em Perspectiva Comparada. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2010, v. 1, p. 71-110.

6.
CARUSO, Haydée; MORAES, Luciane Patrício Braga de ; ALBERNAZ, Elizabete Ribeiro . "La policía que queremos": consideraciones sobre el proceso de reforma de la Policía Militar de Río de Janeiro.. In: Caruso, Haydée;Muniz, Jacqueline, Blanco, Antonio Carlos Carballo. (Org.). Policía, Estado y Sociedad: prácticas y saberes latinoamericanos. 01ed.Rio de Janeiro: PUBLIT soluções editoriais, 2007, v. 01, p. 165-180.

7.
CARUSO, Haydée. A denúncia anônima como ferramenta para ação policial: Disque-Denúncia, uma experiência em curso. In: Instituto de Segurança Pública; Núcleo Fluminense de Estudos e Pesquisas- NUFEP. (Org.). Políticas Públicas de Justiça Criminal e Segurança Pública. 01ed.Niterói: EDUFF, 2003, v. 01, p. 07-228.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARUSO, Haydée; MORAES, Luciane Patrício Braga de ; PINTO, Nalayne Mendonça . Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro: da escola de formação à prática policial.. In: 25 Reunião Brasileira de Antropologia, 2006, Goiânia. Saberes e práticas antropológicas: desafios para o século XXI, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARUSO, Haydée. Polícia e Juventude: uma análise sociológica sobre a formas de administração de conflitos na periferia de Brasília. In: 2013 Congress of the Latin American Studies Association, 2013, Washington D.C. 2013 Congress of the Latin American Studies Association, 2013.

2.
CARUSO, Haydée. Encontros e Desencontros: Um estudo sobre a interação entre policiais e cidadãos nas Ruas do Centro do Rio.. In: VIIª Reunião Brasileira de Antropólogos do Mercosul, 2007, Porto Alegre. Desafios antropológicos, 2007.

3.
CARUSO, Haydée. Encontros e Desencontros: um estudo sobre a interação entre policiais e cidadãos nas Ruas do Centro do Rio. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. Desafios Antropológicos, 2007. v. 01.

Apresentações de Trabalho
1.
CARUSO, Haydée. O que jovens e policiais de Brasília têm a dizer? Uma análise sociológica sobre identidades, representações e violências. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CARUSO, Haydée. Quando o campo é a polícia: experiências etnográficas na Polícia Militar do Rio de Janeiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CARUSO, Haydée. O que jovens e policias têm a dizer? Uma análise sociológica sobre identidades, representações e violências. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CARUSO, Haydée. Audiência Pública no Senado Federal - Pacto Nacional de Redução de Homicídios. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CARUSO, Haydée. Antropologia, Segurança Pública e Polícias: Mudança e Formação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CARUSO, Haydée; SUASSUNA, R. ; SILVA, J. F. . Educação a distância em segurança pública no Brasil: um estudo sobre os efeitos rede-ead senasp na trajetória de seus discentes.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
CARUSO, Haydée. Audiência Pública sobre Segurança Pública no DF. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
CARUSO, Haydée. Sociedade e Conflito. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
CARUSO, Haydée. A Política de 'Choque de Ordem' na Lapa Carioca: formas de administração de conflitos no espaço público. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
CARUSO, Haydée. Unidades de Polícia Pacificadora: La 'nueva' estrategia de actuación policial en favelas de Río de Janeiro- tensiones, desafíos y avances. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CARUSO, Haydée. Encontros e desencontros: um estudo sobre a interação entre policiais e e cidadãos nas ruas do centro do Rio.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CARUSO, Haydée. "Choque de ordem na Lapa":um estudo sobre a interação entre policiais,moradores e transeuntesno Bairro da Lapa, Centro do Rio.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
CARUSO, Haydée. Os desafios para a reforma da Polícia Militar do Rio de Janeiro. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
CARUSO, Haydée. Desafios do policiamento comunitário em favelas: a experiência do GPAE. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
CARUSO, Haydée. O que Jovens e Policiais da periferia de Brasília têm a dizer? Uma análise sociológica sobre identidades, representações e violências. 2018 (BLOG).

2.
CORTES, V. A. P. ; CARUSO, Haydée ; JUCA, M. . Boletim "Busca Avançada". Rio de Janeiro: Viva Rio, 2007 (Boletim Eletrônico Mensal).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BURGOS, Marcelo ; SILVA, iLEIZI ; CARUSO, Haydée ; FARIAS, Fabiano ; SILVA, Marcos . Base Nacional Comum Curricular - Componente Sociologia. 2015.

2.
CARUSO, Haydée; NASCIMENTO, N. C. . Políticas de Pessoal de Segurança Pública nas Fronteiras Brasileiras. 2013.

Trabalhos técnicos
1.
BALESTRERI, R. B. ; BARROSO, Juliana ; PONGELUPPI, Melissa ; CARUSO, Haydée . Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública. 2009.

2.
CARUSO, Haydée; MORAES, Luciane Patrício Braga de ; PINTO, Nalayne Mendonça . Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro: da Escola de Formação à Prática Policial. 2006.

3.
CARUSO, Haydée; ANJOS, Verônica Almeida dos . O Papel da Guarda Municipal na Segurança Pública: propostas para uma Guarda Profissional. 2005.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARUSO, Haydée; FIGUEIRA, M. G. . Diálogos: Segurança no Distrito Federal. 2016.

2.
CARUSO, Haydée; FIGUEIRA, M. G. . Diálogos: Segurança Pública no Distrito Federal. 2016.

3.
CARUSO, Haydée. Audiência Pública interativa debate o plano de redução de homicídios de jovens no Brasil -TV SENADO. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CARUSO, Haydée. Gênero na segurança é tratado como tema 'periférico', diz especialista. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CARUSO, Haydée. Gênero na Segurança Pública é tratado como tema ´periférico, diz especialista. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
CARUSO, Haydée; DA SILVA FILHO, José Vicente . Os protestos não vão parar. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
CARUSO, Haydée; MONTEIRO, J. . Programa Direito Sem Fronteiras - TV Justiça. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
CARUSO, Haydée. Especial Metrópoles. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
CARUSO, Haydée. Jornal Em Cima da Hora. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
CARUSO, Haydée. O que jovens e policiais de Brasília têm a dizer? Uma análise sociológica sobre identidades, representações e violências. 2018; Tema: Juventude e Polícia. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARUSO, Haydée; DE MORAES, Yuri . Jovens e Policiais: um diálogo possível?. 2016. (Documentário).

2.
CARUSO, Haydée. Estado, Polícia e Sociedade. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
CARUSO, Haydée; MUNIZ, Jacqueline de Oliveira ; BLANCO, Antonio Carlos Carballo . Curso de Liderança para o Desenvolvimento Institucional Policial. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
MUNIZ, Jacqueline de Oliveira ; CARUSO, Haydée . Cidadania e Políticas de Segurança Pública. 2007. .

5.
CARUSO, Haydée; MUNIZ, Jacqueline de Oliveira ; BLANCO, Antonio Carlos Carballo . Curso de Liderança para o Desenvolvimento Institucional Policial. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
MORAES, Luciane Patrício Braga de ; CARUSO, Haydée . Manual de elaboração do Curso de Aprimoramento para as Guardas Municipais: ordem pública e prevenção da violência. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - capacitação de guardas municipais).

7.
MORAES, Luciane Patrício Braga de ; CARUSO, Haydée . Manual do Curso de Aprimoramento da Prática Policial Cidadã. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Capacitação de Policiais).

8.
CARUSO, Haydée; PINTO, Nalayne Mendonça ; MORAES, Luciane Patrício Braga de . Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro: da escola de formação à prática policial. 2005. (Relatório de pesquisa).

9.
CARUSO, Haydée; MORAES, Luciane Patrício Braga de . Políticas Públicas de Prevenção e Combate a violência contra a Mulher. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
CARUSO, Haydée; DE MORAES, Yuri . Documentário Jovens e Policiais: um diálogo possível?. 2016. Outra.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PORTO M.S.G; CARUSO, Haydée; MACHADO, Bruno. Participação em banca de Edi Alves de Oliveira Neto. Os cães ladram mas a caravana não para: Estudo etnográfico sobre o policiamento com cães no DF. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

2.
PINTO, S. R.; CARUSO, Haydée. Participação em banca de Laura Gonçalves de Lima. Crimes de Maio: estigmas e memórias da democracia das Chacinas. 2016. Dissertação (Mestrado em Estudos Comparados Sobre As Américas) - Universidade de Brasília.

3.
CARUSO, Haydée; PORTO M.S.G; MACHADO, Bruno. Participação em banca de Luiz Coimbra Barbosa. Cativando Mentes e Corações dos "Guardiões da Ceilândia": As Re- representações Sociais do 8º Batalhão da PMDF. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade de Brasília.

4.
SIMIAO, D. S.; CARUSO, Haydée; MIRANDA, A. P. M.. Participação em banca de Nicholas Moreira Borges de Castro. Pedagógico e disciplinar: O militarismo como prática de governo na educação pública do estado de Goiás. 2016. Dissertação (Mestrado em PPGA) - Universidade de Brasília.

5.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée; GALASSI, Andrea. Participação em banca de Isabela Bentes Abreu Teixeira. Expurgos urbanos:epidemia e gestão penal na política de enfrentamento ao Crack. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

6.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée. Participação em banca de Yacine Guellati. Os jovens em seu bairro: efeitos de bairro e sociabilidades juvenis no município de Águas Lindas de Goiás.. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

7.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée; CALMON, P. C. P.. Participação em banca de Andre Codo Jakob. A relação entre o Estado e a Sociedade Civil no programa de proteção a testemunhas de Pernambuco: análise da estrutura de governança através de conselhos intersetoriais. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

8.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée. Participação em banca de Jânio Alcântara Silva. A Descentralização Administrativa do Trânisto no Brasil: o processo de formação de agenda de decisão. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília.

9.
CARUSO, Haydée; MUNIZ, Jacqueline de Oliveira. Participação em banca de Roberto Gomes Nunes. O papel da polícia civil na sociedade democrática - Prestação de Serviços e Segurança Pública. 2004. Dissertação (Mestrado em Criminologia) - Universidade Candido Mendes.

Teses de doutorado
1.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée; OLIVEIRA JUNIOR, A.; CALMON, P. C. P.; BAPTISTA, A. L. S.. Participação em banca de Gilvan Gomes da Silva. Políticas Públicas de Segurança Pública: um olhar sobre a formação da Agenda, das Mudanças do padrão de policiamento e da manutenção do policiamento comunitário no Distrito Federal. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

2.
SOUZA, D. M. B. L. D.; De Lima, Renato Sérgio; CARUSO, Haydée; RABELO, F. C. E.; Dijaci David de Oliveira; DURÕES, Telma. Participação em banca de Michele Cunha Franco. OS DADOS SOBRE HOMICÍDIO DOLOSO EM GOIÁS COMO UM PROBLEMA SOCIOLÓGICO. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
costa, Arthur t. m.; CARUSO, Haydée; OLIVEIRA JUNIOR, A.; SOUZA, D. M. B. L. D.; MELO, D. L. B.. Participação em banca de Najla Franco Frattari. As configurações sociais do medo do crime na cidade de Goiânia. 2013. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
FARIAS, E. S.; TAVARES, B. L.; CARUSO, Haydée. Participação em banca de Saulo Nepomuceno Furtado de Araújo. A festa e o compromisso: economias e políticas nos mercados rap candango. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
CARUSO, Haydée; MACHADO, Bruno; BAPTISTA, A. L. S.. Participação em banca de Cyntia Cristina de Carvalho e Silva. Prostituição e Criminalidade: um estudo sociológico da prostituição feminina na avenida W3 Norte. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CARUSO, Haydée; PEREIRA, B. C. J.. Participação em banca de Aline Maia Nascimento. Tem que ter raça: polícia militar como ascensão social negra. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

2.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Luís Marcelo Silva de Almeida. Policiamento Preventivo versus Reativo: Utilização de viaturas par estratégias de policiamento preventivo na PMDF. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

3.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Erasmo de Jesus Diniz. NO FUNDO DO POSTO: Um diagnóstico das estruturas e do olhar dos Policiais e Cidadãos que atuam e interagem com os PCSs do DF. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

4.
CARUSO, Haydée; DURANTE, M. O.. Participação em banca de Jaqueline de Queiroz Souza Santana. Inovando a Gestão de Informação Operacional para a Redução de Acidentes - o desafio da construção do método na Polícia Rodoviária Federal. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

5.
CARUSO, Haydée; BAPTISTA, A. L. S.. Participação em banca de Sara Nunes Rodrigues de Queiroz. O encontro entre medida protetiva e socioeducativa: o lugar do adolescente em conflito com a lei. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

6.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de André Hideki Nogueira. Aplicações dos cães de detecção de substância e sua importância para a Polícia Militar do Distrito Federal. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília.

7.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Cidclay Costa de Abreu. A rotatividade no Corpo de Praças da PMDF a partir de uma análise de dados do período de 2002 a 2013. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília.

8.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Daniel de Souza Leão. Programas de Redução da Violência: A prevenção da violência escolar em Brasília/DF e a Filosofia de Polícia Comunitária. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília.

9.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Reinaldo Ferreira Vieira. A utilização do regulamento disciplinar do exercício na Polícia Militar do Distrito Federal após a vigência da CF/88: é possível que a polícia militar garanta a proteção dos direitos individuais e sociais quando policiais militares tem parte destes direitos suprimidos por regulamentos disciplinares.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília.

10.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Antonio José de Araújo Silv. A relação entre Polícia, Estado e Sociedade a partir do marco constitucional de 88.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília.

11.
CARUSO, Haydée. Participação em banca de Barbara Andressa Cruz Lisboa. Um estudo sobre os reflexos do Curso de Segurança Pública e Cidadania da UnB na Atividade Profissional de dois policiais militares do DF.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília.

12.
MUNIZ, Jacqueline de Oliveira; CARUSO, Haydée; De Lima, Renato Sérgio; Silva, José Vicente Tavares. Participação em banca de WASHINGTON FRANÇA DA SILVA. POLÍTICAS, PROCEDIMENTOS E PRÁTICAS DA POLÍCIA OSTENSIVA NO ATENDIMENTO ÀS OCORRÊNCIAS CRIMINAIS DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO E ÀS NÃO-CRIMINAIS: Um estudo sobre a atuação da Polícia Militar da Paraíba em João Pessoa. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso Superior de Polícia) - Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARUSO, Haydée; LUNECKE, Alejandra; VANDERSCHUEREN, Franz. Participação em banca de Ignácio Perez; Fernanda Varela.Estudio de las condiciones físicas y sociales que promueven el temor al delito en la comunidad de cavalão y las lecciones de la aplicación de la prevención situacional a través del diseño ambiental (CPTED). 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sociologia) - Universidad Jesuita Alberto Hurtado.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
CARUSO, Haydée; Silva Filho, Thadeu de Jesus; Antunes. I Prêmio de Monografias em Segurança com Cidadania Professora Valdemarina Bidone de Azevedo. 2009. Ministério da Justiça.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Antropologia e Direitos Humanos: reflexões etnográficas e a retórica da "crise".A relação entre jovens e policiais na periferia do Distrito Federal. 2016. (Seminário).

2.
Seminário Internacional Decolonialidade e Perspectiva Negra. A Experiência de Produzir um Texto Didático sobre Antropologia Cultural: uma perspectiva decolonial?. 2016. (Congresso).

3.
Seminário Transregional: Primavera árabe encontra o Black lives matter no Rio de Janeiro.Juventude, Movimentos Políticos e Lutas pela Educação. 2016. (Seminário).

4.
17o Congresso Brasileiro de Sociologia. Educação a distância em segurança pública no Brasil: um estudo sobre os efeitos rede ead-senasp na trajetória dos seus discentes. 2015. (Congresso).

5.
IV Encontro Nacional de Antropologia do Direito.Antropologia, Segurança Pública e Polícias: Mudança e Formação. 2015. (Encontro).

6.
XII Congresso Luso-Afro Brasileiro de Ciências Sociais e 1o Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas de Lingua Portuguesa ern. Juventude e Polícia: uma análise sociológica sobre as Interações, tensões e conflitos na periferia do Distrito Federal ? Brasil. 2015. (Congresso).

7.
XI Reunión de Antropología del Mercosur. PRÁCTICAS, PUGNAS Y REPRESENTACIONES EN TORNO A LAS NORMAS, ACCIONES Y MEDIDAS DE CONTROL SOCIAL Y PENAL PARA ADOLESCENTES Y JÓVENES: UN ANÁLISIS DEL SISTEMA NORMATIVO JUVENIL EN ARGENTINA, BRASIL Y URUGUAY CON ESPECIAL ÉNFASIS EN LAS MOVILIZACIONES EN TO. 2015. (Congresso).

8.
29a Reunião Brasileira de Antropologia. Policiando a Cidade: um estudo sócio-antropológico sobre as estratégias de administração de conflitos na Lapa Carioca. 2014. (Congresso).

9.
Seminário Cidades, Conflitos e Transformações.Da "Lapa Limpa" à "Lapa Presente": conflitos, ordem e desordem. 2014. (Seminário).

10.
34o Encontro Anual da ANPOCS. 2010. (Congresso).

11.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul. Encontros e Desencontros:Um estudo sobre a interação entre policiais e cidadãos nas Ruas do Centro do Rio.. 2007. (Congresso).

12.
30ª Encontro Anual da ANPOCS. Mesa Redonda: Segurança Pública - Humanização e Modernidade. 2006. (Congresso).

13.
Saberes e práticas antropológicas - desafios para o século XXI. 25ª Reunião Brasileira de Antropologia. 2006. (Congresso).

14.
24ª Reunião Brasileira de Antropologia. Das práticas e dos seus saberes: a construção do fazer policial entre as praças da PMERJ. 2004. (Congresso).

15.
V Fórum de Formação Policial. 2004. (Outra).

16.
VIII Congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais. Os desafios do policiamento comunitário em favelas - a experiência do GPAE. 2004. (Congresso).

17.
IV Fórum de Formação Policial. 2003. (Encontro).

18.
23ª Reunião Brasileira de Antropologia. 2002. (Congresso).

19.
III Fórum de Formação Policial. 2002. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARUSO, Haydée; SILVA, iLEIZI . V ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA. 2017. (Congresso).

2.
CARUSO, Haydée. Oficina Roda de Conversa entre Jovens e Policiais. 2016. (Outro).

3.
CARUSO, Haydée; DE MORAES, Yuri . Workshop - Juventude e Polícia: Um diálogo Possível ?. 2013. (Outro).

4.
CARUSO, Haydée; costa, Arthur t. m. . Seminário Internacional Segurança Pública e Governança Democrática. 2011. (Congresso).

5.
CARUSO, Haydée; MAITRE, Rachel . 1a Conferencia Regional de la Red Latinoamericana de Policías y Sociedad Civil. 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Yacine Guellati. O significado social da religião entre jovens no Brasil e na França. Efeitos de bairro e sociabilidades religiosas.. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Natália Adriele Pereira de Sousa. A exclusão da exclusão: o processo de regularização fundiária do setor habitacional sol nascente em Ceilândia/df. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

3.
Laura Gonçalves de Lima. Governo do terror e do medo - um estudo sobre racismo e segurança pública na amérikkka. Início: 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Sérgio da Silva Santos. As faces das representações: jovens e policiais militares em Maceió/AL.. Início: 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Luiz Coimbra Barbosa. Cativando Mentes e Corações dos ?guardiões da Ceilândia? : as re-representações sociais do 8º batalhão da PMDF. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília, . Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

2.
Cyntia Cristina de Carvalho e Silva. Narrativas sobre a prostituição na W3 Norte: construindo um dispositivo. 2016. Dissertação (Mestrado em sociologia) - Universidade de Brasília, . Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

3.
Daniel Luiz de Carvalho Mota. O negligenciado caráter interacional da violência na escola: Situações de violência dentro e fora de uma escola em Ceilândia. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade de Brasília, . Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

4.
Luis Fernando Calvache Ceballos. PRIVATIZAÇÃO DA SEGURANÇA E CONFIGURAÇÃO DA ORDEM LOCAL EM MEDELLÍN (COLÔMBIA) NO SÉCULO XXI.. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

5.
Raissa Menezes de Oliveira. Homicídios de Adolescentes Negros e Instituições:reflexões a partir do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM). 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Keila Silveira Vasconcelos. Contribuição dos Investimentos da SENASP aos Estados do Nordeste, no período de 2008 a 2010, para combate à criminalidade. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Especialização em Segurança Pública e Ciddania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

2.
Leonan Crouchoud Fernandes. Força Nacional de Segurança Pública no DF: um breve estudo sobre essa nova representação social. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Especialização em Segurança Pública e Ciddania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

3.
Viviane Pereira Peixoto Sousa. A formação das Polícias Militares no Brasil: Um breve diálogo entre os campos de estudos da Educação e da Segurança Pública. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Especialização em Segurança Pública e Ciddania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

4.
Aline Maia Nascimento. Tem que ter raça: polícia militar como ascensão social negra/. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

5.
Daniel de Souza Leão. Programas de Redução da Violência: A prevenção da Violência Escolar em Brasília/DF e a Filosofia de Polícia Comunitária. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

6.
Cidclay Costa de Abreu. A rotatividade no Corpo de Praças da PMDF a partir de uma Análise de Dados do período de 2002 a 2013. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

7.
Reinaldo Ferreira Vieira. A utilização do regulamento disciplinar do exército na Polícia Militar do Distrito Federal após a vigência da CF/88: é possível que a polícia militar garanta a proteção dos direitos individuais e sociais quando policiais militares tem parte deste direitos suprimidos por regulamentos disciplinares?. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

8.
Antonio José de Araujo Silva. A relação entre Polícia, Estado e Sociedade a partir do marco constitucional de 88. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

9.
Barbara Andressa Cruz Lisboa. Um estudo sobre os reflexos do Curso de Segurança Pública e Cidadania da UnB na atividade Profissional de dois Policiais Militares do DF. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Segurança Pública) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

10.
Luís Marcelo Silva de Almeida. Policiamento Preventivo versus Reativo: Utilização de viaturas para estratégias de policiamento preventivo na PMDF. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

11.
Erasmo Jesus Diniz. NO FUNDO DO POSTO: Um diagnóstico das estruturas e do olhar dos Policiais e Cidadãos que atuam e interagem com os PCSs do DF.. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

12.
Jaqueline de Queiroz Souza Santana. Inovando a Gestão de Informação Operacional para a Redução de Acidentes - o desafio da construção do método na Polícia Rodoviária Federal.. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

13.
André Hideki Nogueira. Aplicações dos cães de detecção de substância e sua importância para a Polícia Militar do Distrito Fedral.. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

14.
Sara Nunes Rodrigues de Queiroz. O encontro entre medida protetiva e socioeducativa: o lugar do adolescente em conflito com a lei.. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em IV Curso em Segurança Pública e Cidadania) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

15.
Marco Antonio Campos Losano. O programa Delegacia Legal. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-graduação Segurança Pública e cidadania) - Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

16.
MARCOS JOSÉ TELLES DE MIRANDA FILHO. GESTÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA ATRIBUIÇÕES DOS ÓRGÃOS MUNICIPAIS DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE URBANO. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-graduação Segurança Pública e cidadania) - Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriela Costa Carvalho. Violência se resolve na (bancada da) bala: Percepções sobre a Frente Parlamentar de Segurança Pública. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sociologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

2.
Marina Carvalho Paz. Quem vem para ser: formação identitária e afetiva dos policiais militares do Batalhão de Choque a PMF. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sociologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

Iniciação científica
1.
Gabriela do Nascimento Rodrigues. Das Vivências e convivências no espaço escolar: juventudes e pertencimento no Centro de Ensino Médio 12 de Ceilândia.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

2.
Gabriella dos Santos Ferreira. A produção acadêmica sobre formação policial no Brasil. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica da UFRRJ. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

3.
BRUNA BRAZ CAVALCANTE MARQUES RAMALHO. Relação entre os jovens e Polícia na periferia do Distrito Federal: o que os dados sociais, econômicos e criminais revelam. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

4.
ALANA CARVALHO PINHEIRO. Polícia e Juventude no DF: uma análise sociojurídica da questão. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

5.
Gabriella dos Santos Ferreira. Os jovens na cidade: diversidade, conflitos e formas de pertencimento. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

6.
Maria Laura Correa Brochado. Polícia e Juventude(s): cotidiano e práticas policiais na periferia do Distrito Federal. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

7.
luanne da Cruz Carrion. Jovens e Polícia: De quais conflitos estamos falando?. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

8.
Tomé de Pádua Frutuoso. Jovens e Polícia: administração de conflitos no DF a partir de um olhar sócio-espacial.. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade de Brasília. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

9.
Luanne da Cruz Carrion. Jovens e Polícia: De que conflitos estamos falando?. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Sociologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

10.
Thiago Arcoverde. Ordem Pública na Lapa. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em geografia) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

11.
Anelise Assumpção. Choque de ordem na Lapa: um estudo sobre a interação entre policiais e cidadãos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em geografia) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.

12.
Irene Chada. Choque de ordem na Lapa: um estudo sobre a interação entre policiais e cidadãos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em geografia) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Haydée Glória Cruz Caruso.



Inovação



Projetos de pesquisa

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
CARUSO, Haydée. Em busca de um "lugar" para a prevenção da violência. In: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD. (Org.). Convivência e Segurança Cidadã: reflexões por uma nova abordagem de Segurança Pública. 1ed.Brasília: PNUD, 2016, v. 01, p. 6-152.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARUSO, Haydée; FIGUEIRA, M. G. . Diálogos: Segurança no Distrito Federal. 2016.

2.
CARUSO, Haydée. Audiência Pública interativa debate o plano de redução de homicídios de jovens no Brasil -TV SENADO. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CARUSO, Haydée. Gênero na segurança é tratado como tema 'periférico', diz especialista. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CARUSO, Haydée; MONTEIRO, J. . Programa Direito Sem Fronteiras - TV Justiça. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CARUSO, Haydée; DA SILVA FILHO, José Vicente . Os protestos não vão parar. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Redes sociais, websites e blogs
1.
CARUSO, Haydée. O que jovens e policiais de Brasília têm a dizer? Uma análise sociológica sobre identidades, representações e violências. 2018; Tema: Juventude e Polícia. (Blog).


Artes Visuais
1.
CARUSO, Haydée; DE MORAES, Yuri . Documentário Jovens e Policiais: um diálogo possível?. 2016. Outra.



Outras informações relevantes


Foi Visiting Scholar da Universidade de Buenos Aires, no período de 2006, como parte do doutorado em Antropologia. 
Entre 2006 e 2008 coordenou a Rede Latino-americana de Policiais e Sociedade Civil, projeto idealizado pelo Viva Rio em parceria com organizações civis de 10 países: Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, México, Peru e Venezuela. Hoje, policiais de 22 instituições latino-americanas, integram a Rede. 
É membro associado do Fórum Brasileiro de Segurança Pública - FBSP
Atualmente teve projeto de pesquisa aprovado no edital de pesquisas Pensando a Segurança Pública (Ministério da Justiça/SENASP) cujo título é "Avaliação do Impacto dos cursos da Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública na trajetória profissional dos seus egressos em 05 regiões brasileiras". Este projeto é fruto de uma parceria entre a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, sob a coordenação da Profa. Nalayne Mendonça Pinto e a Universidade de Brasília, sob minha coordenação.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 9:44:40