Nilton Ken Ota

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8508490092147036
  • Última atualização do currículo em 16/10/2018


Professor do Departamento de Sociologia da FFLCH/USP (2016 - 2018) e professor-visitante do Programa de Pós-graduação em Sociologia da FFLCH/USP. Pesquisador associado do laboratório Sophiapol da Université Paris Nanterre e pesquisador do LMI SAGEMM do Institut de Recherche pour le Développement (IRD). Co-líder do Grupo de Pesquisa Neoliberalismo, racionalidades sociais e subjetivação. Pós-doutor em Sociologia pela Université Paris Nanterre (2013 - 2014) e em Filosofia pela USP (2012 - 2016), ambos com financiamento da FAPESP. Doutor e mestre em Sociologia (USP). Graduado em Ciências Sociais (USP) e Comunicação Social (ESPM). Possui formação em Psicanálise, com experiência em supervisão de programas socioeducativos. Co-fundador de laboratório de investigação do Centro de Investigação e Estudos da Infância e Adolescência (CIEN) da Associação Mundial de Psicanálise (AMP). Consultor do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) (2002-2006). Membro e fundador da Rede Interdisciplinar de Pesquisadores (FFLCH/USP). Desenvolve pesquisas e leciona nas áreas de Sociologia política, Teoria sociológica, Pensamento francês dos anos de 1960/70, Sociologia dos intelectuais e Teoria psicanalítica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Nilton Ken Ota
Nome em citações bibliográficas
OTA, N. K.


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O poder como linguagem e vida: formalismo normativo e irrealidade social, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Irene de Arruda Ribeiro Cardoso.
Grande área: Ciências Humanas
2001 - 2005
Mestrado em Sociologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A forma generalizada: a política dos direitos de crianças e adolescentes,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Irene de Arruda Ribeiro Cardoso.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1996 - 2000
Graduação em Ciênciais Sociais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1994 - 1997
Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.
Escola Superior de Propaganda e Marketing, ESPM, Brasil.


Pós-doutorado


2012 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
2013 - 2014
Pós-Doutorado.
Université Paris-Ouest Nanterre la Défense, PARIS OUEST, França.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.


Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em Modelos estatísiticos de análise multi-nível. (Carga horária: 40h).
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, FSP/USP, Brasil.
2004 - 2005
Formação em Psicanálise. (Carga horária: 720h).
Centro Lacaniano de Investigação da Ansiedade, CLIN-A, Brasil.
2002 - 2003
Cartel de formação em psicanálise. (Carga horária: 320h).
Escola Brasileira de Psicanálise, EBP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante na Pós-graduação

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 12
Outras informações
Professor Contratado (Nível III) junto ao Departamento de Sociologia, área de Teoria Sociológica Clássica e seus Desdobramentos Contemporâneos.

Atividades

04/2017 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FLS-5172 - Genealogia dos dispositivos intelectuais de engajamento: maio de 68 e pensamento francês dos anos de 1970
FLS-5182 - Razão estratégica e teoria social
08/2016 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
FSL 0117 - Introdução à Sociologia (Faculdade de Direito)
FSL 0109 - Introdução à Sociologia (Instituto de Psicologia)
05/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

02/2004 - 08/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Sociologia, .

06/2002 - 08/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Sociologia, .


Université Paris-Ouest Nanterre la Défense, PARIS OUEST, França.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando

Atividades

06/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Sophiapol, .

Linhas de pesquisa
Políticas de subjetivação

Institut de Recherche pour le Développement, IRD, França.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador do laboratório misto internacional SAGEMM (Social activities, gender, markets and mobilities from below - Latin America).


Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Consultor
Outras informações
2006 - Construção e implementação do Sistema de Informação para o Desenvolvimento de iniciativas fundamentadas na gerência baseada em resultados e enfoque de direitos. 2005 - Avaliação do processo de municipalização das medidas socioeducativas em meio aberto da cidade de São Paulo 2003/2004 - Elaboração do projeto-piloto de avaliação e monitoramento da medida socioeducativa de liberdade assistida no município de São Paulo. 2002 - Elaboração e coordenação da pesquisa A Liberdade Assistida e os sentidos da lei.

Atividades

03/2006 - 12/2006
Serviços técnicos especializados , Unicef/DF, .

Serviço realizado
Construção e implementação do Sistema de Informação para o Desenvolvimento de iniciativas fundamentadas na gerência baseada em resultados e enfoque de direitos..
09/2002 - 12/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Unicef/Centro-Sul, .


Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de pós-graduação, Carga horária: 40

Atividades

05/2009 - 06/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Academia Paulista Anchieta, Subcomissão de Avaliação da Comissão Própria de Avaliação.

Cargo ou função
Representante do Mestrado Profissional Adolescente em conflito com a lei.
02/2009 - 06/2010
Ensino, Adolescente em conflito com a lei, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Questão social e problemas epistemológicos das áreas sociais críticas
02/2009 - 06/2010
Ensino, Adolescente em conflito com a lei, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Projetos de pesquisa I
08/2008 - 06/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Academia Paulista Anchieta, Pós-Graduação - Mestrado Profissional.

Cargo ou função
Membro do Conselho Editorial da Revista Brasileira Adolescente e Conflitualidade.
07/2008 - 06/2010
Serviços técnicos especializados , Academia Paulista Anchieta, Pós-Graduação - Mestrado Profissional.

Serviço realizado
Administrador do Portal do Laboratório social do Programa Adolescente em conflito com a lei.
09/2008 - 12/2008
Ensino, Práticas profis. - Adol. em conflito com a lei, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Técnicas de elaboração de projetos
01/2007 - 07/2008
Outras atividades técnico-científicas , Academia Paulista Anchieta, Academia Paulista Anchieta.

Atividade realizada
Pesquisador do comitê de elaboração de proposta de Mestrado profissional a ser submetida pela CAPES.

Centro Lacaniano de Investigação da Ansiedade, CLIN-A, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Membro do laboratório CIEN, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário, IBEAC, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Prestação de serviço, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Fundação Projeto Travessia, TRAVESSIA, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Educador social de rua, Carga horária: 40



Linhas de pesquisa


1.
ECA e reordenamento institucional
2.
Questão social, democracia e formação nacional
3.
Neoliberalismo e racionalidade política
4.
Psicanálise e Ciências Sociais
5.
Políticas de subjetivação


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
LMI - SAGEMM - Laboratório Misto Internacional
Descrição: The context of globalization is marked by an acceleration of social, economical and environmental interdependencies between regional social, production, political systems at a global scale. The proposed IJL in Social Sciences is located in the field of labour, social policies, gender and migration studies, beeing of central relevance in the contemporary context. This international integrated research consortium aims at hosting a focused, multisited and transdisciplinary research program. It will be based on mutually reinforcing actions of research and postgraduate education in the South. The IJL SAGEMM deals with the transformations of the work-family-welfare nexus in the South, in particular in Latin America, in focusing on similarities, relations, transnational influences, interdependencies but as well differences in between the different countries of the region. In a global context, the actual paradoxal but also homogenic dynamics in between the North and the South nourrish the explication of the observed phenomenae. This pluri-annual research and educational program covers social, political, economical as well as policy-related factors. It will be conducted by UMR 201 DEVSOC (IRD/Paris I - IEDES) and our main partner in the South (Brazil), the University of São Paulo (USPFFLCH-Cenedic/IAU)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Da teoria ao discurso social: neoliberalismo e o pensamento francês dos anos de 1960 e 1970
Descrição: O objetivo da pesquisa proposta por este projeto é problematizar teoricamente a normatização da crítica social. Esse fenômeno é um dos efeitos políticos mais significativos do modo de governo neoliberal e, a despeito de sua importância, tem sido negligenciado pelos estudos sobre o tema. O que se pretende, aqui, diversamente, é analisar a conversão de uma crítica intelectual em discurso social hegemônico, processo que dá origem a um atual e específico neoliberalismo de esquerda. Nessa perspectiva, o legado do pensamento francês das décadas de 1960 e 1970 possui um valor estratégico. A partir de maio de 68, em meio às polêmicas e aos intensos debates, era a própria figura do intelectual que ganhava nova significação histórica. O ?engagement? sofreu mudanças a tal ponto disruptivas que não era mais possível tomá-lo pela idéia de que o interesse público estaria sob a guarda da consciência dos intelectuais, ao modo do que havia representado até então o existencialismo sartreano. Sob o neoliberalismo, o repertório crítico de 68 passa a ser capturado pelos seus aparatos de controle. É nesse sentido que convém falar em neoliberalismo de esquerda e reconhecer sua proveniência francesa. Pouco comum nos estudos de história da Filosofia, trata-se de adotar, nesta pesquisa, uma interpretação centrada tanto nos textos quanto nas modalidades práticas do engajamento político dos intelectuais do período. A prerrogativa intelectual do neoliberalismo francês se revela pela conversão da teoria em discurso social, donde a atualidade dos dispositivos da clínica anti-edípica de Deleuze e Guattari, da militância foucaultiana, da Escola lacaniana, objetos desta pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Experiência punitiva e mercado: afinidades no processo de individualização dos jovens
Descrição: A pesquisa tem como objetivo compreender a permeabilidade entre o contexto vivencial das medidas socioeducativas e o universo valorativo da esfera econômica. Parte da hipótese de que os dispositivos de controle que incitam e modulam, com sinais invertidos, as trajetórias sociais de jovens em duas dimensões radicalmente distintas, o sistema de justiça e o mundo corporativo das grandes empresas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Nilton Ken Ota - Coordenador.
2005 - 2006
Práticas culturais para juventude na periferia paulistana
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
A criança e as ficções jurídicas
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
Municipalização das medidas socioeducativas em meio aberto na cidade de São Paulo: perspectivas e impasses
Descrição: Avaliação do projeto de municipalização das medidas socioeducativas em meio aberto acordado entre Prefeitura e Governo de São Paulo. Observação participante das etapas de implantação do projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2004
Metodologia de monitoramento e avaliação das medidas socioeducativas em meio aberto para a cidade de São Paulo
Descrição: Construção de metodologia de monitoramento e avaliação das medidas socioeducativas em meio aberto, com a participação dos atores do Sistema de Garantia de Direitos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2003
A liberdade assistida e os sentidos da lei: a percepção dos adolescentes
Descrição: Análise da experiência punitiva dos adolescentes em medida socioeducativa de liberdade assistida. Diferenciação desta experiência a partir das trajetórias pelo sistema de justiça..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2009 - 2010
Periódico: Revista Brasileira de Adolescência e Conflitualidade
2002 - 2003
Periódico: Plural (USP) (0104-6721)


Revisor de periódico


2009 - 2010
Periódico: Revista Brasileira de Adolescência e Conflitualidade
2012 - 2012
Periódico: Revista Psicologia USP
2013 - 2013
Periódico: Bresil(s)
2014 - 2016
Periódico: Contemporânea - Revista de Sociologia da UFSCar
2017 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)
2017 - Atual
Periódico: Sociologias (UFRGS)
2017 - Atual
Periódico: DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Japonês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OTA, N. K.2018 OTA, N. K.. Intelectuais à prova das barricadas: Félix Guattari e a subjetivação militante de 68. SOCIOLOGIAS (UFRGS. IMPRESSO), v. 47, p. 74-107, 2018.

2.
OTA, N. K.2017 OTA, N. K.. Uma atualidade in extremis: Foucault entre Marx e o neoliberalismo. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL, v. 2, p. 45-66, 2017.

3.
OTA, N. K.2016 OTA, N. K.. A Quarta parede do marxismo francês: Maio de 68 e a invenção dos dispositivos intelectuais de engajamento. Dois Pontos (UFPR) digital, v. 13, p. 53-72, 2016.

4.
OTA, N. K.2016 OTA, N. K.. A Psicanálise como Paráfrase Política: École Freudienne de Paris e a Etificação da Teoria Lacaniana. Trans/form/ação (UNESP. Marília. On line), v. 39, p. 59-84, 2016.

5.
OTA, N. K.2015OTA, N. K.; ANDRADE, D. . Pensar uma alternativa ao neoliberalismo. Tempo Social, v. 27, p. 275-315, 2015.

6.
OTA, N. K.2014OTA, N. K.. Breve inventário francês do sofrimento social. PSICOLOGIA USP (IMPRESSO), v. 25, p. 51-62, 2014.

7.
OTA, N. K.2011 OTA, N. K.. O social e suas vicissitudes na psicanálise lacaniana. Tempo Social (USP. Impresso), v. 23, p. 137-165, 2011.

8.
OTA, N. K.2002OTA, N. K.; CUNHA, M. P. ; FERRAZ, M. A. S. . A universidade e seu tempo. Plural (USP), v. 9, p. 225-243, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. (Org.) ; GEORGES, I. (Org.) . Tempos do social e da política. 1. ed. São Paulo: Alameda Casa Editorial, 2018.

2.
OTA, N. K.. TEAR ? Sistema de avaliação e monitoramento das medidas socioeducativas em meio aberto do município de São Paulo. São Paulo: Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura de São Paulo/Secretaria Especial de Direito, 2004. v. 1. 102p .

Capítulos de livros publicados
1.
OTA, N. K.. As reticências da virtude democrática: engajamento e controle na política de direitos de crianças e adolescentes. In: Ota, N. K.; Cunha, M.; Georges, I.. (Org.). Tempos do social e da política. 1ed.São Ppaulo: Alameda Casa Editorial, 2018, v. , p. 25-72.

2.
OTA, N. K.. La ?condición peculiar? de los adolescentes autores de acto de infracción en la política brasileña de derechos. In: Beatriz Udenio. (Org.). El Niño - Publicación del Instituto del Campo Freudiano. 11ed.Buenos Aires: Instituto Clínico de Buenos Aires, 2009, v. 1, p. 44-53.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OTA, N. K.. Mercantilização da pobreza e idealização neoliberal da juventude. In: II Seminário Internacional Direitos Humanos, Violência e Pobreza: A Situação de crianças e adolescentes na América Latina hoje. Programa de Estudos de América Latina e Caribe ? PROEALC. Centro de Ciências Sociais (CCS/UERJ)., 2008, Rio de Janeiro. Anais do II Seminário Internacional Direitos Humanos, Violência e Pobreza: A Situação de crianças e adolescentes na América Latina hoje. Programa de Estudos de América Latina e Caribe ? PROEALC. Centro de Ciências Sociais (CCS/UERJ).. Rio de Janeiro: Editora Rede Siruius - UERJ, 2008.

2.
OTA, N. K.. Pode o processo civilizador fundar uma antropologia atual dos direitos humanos?. In: IV Encontro Anual da Associação Nacional de Direitos Humanos (ANDHEP)., 2008, Vitória/ES. IV Encontro Anual da Associação Nacional de Direitos Humanos (ANDHEP)., 2008.

3.
OTA, N. K.; TELLES, H. P. S. ; PACHECO, C. ; TELLES, R. S. ; MILANO, R. . Servir-se da ficção jurídica. In: XIV Encontro Internacional do Campo Freudiano ? II Encontro americano, 2005, Buenos Aires. Anais do XIV Encontro Internacional do Campo Freudiano ? II Encontro americano, Buenos Aires, Argentina., 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OTA, N. K.. Les protestations brésiliennes de juin 2013 : une ébauche d?interprétation sur les nouvelles voies de l?engagement démocratique. In: XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014, Yokohama. XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014.

2.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. . Neoliberalism Beyond Economics. In: XVIII ISA World Congress of Sociology 13-19 July 2014 ? Yokohama, 2014, Yokohama. XVIII ISA World Congress of Sociology 13-19 July 2014 ? Yokohama, 2014.

3.
OTA, N. K.. Processo civilizador e subjetivação dos direitos. In: III Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise, 2008, Rio de Janeiro. Psicanálise e Sociedade: III Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise - Programas e Resumos, 2008. p. 97-99.

4.
OTA, N. K.. A medida dos direitos e os limites da lei: avaliar e monitorar a execução das medidas socioeducativas. In: V Colóquio Internacional do Laboratório de Estudos e Pesquisas Psicanalíticas e Educacionais sobre a Infância ? Instituto de Psicologia e Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo., 2004, São Paulo. : Anais do V Colóquio Internacional do Laboratório de Estudos e Pesquisas Psicanalíticas e Educacionais sobre a Infância ? Instituto de Psicologia e Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo., 2004. p. 24-24.

5.
OTA, N. K.. Meninos de rua: a cristalização das reticências e a política do impossível. In: Seminário Internacional sobre a criança e o jovem ? Unesp/Marília, 2002, Marília. Anais do Seminário Internacional sobre a criança e o jovem ? Unesp/Marília, 2002. p. 80-80.

6.
OTA, N. K.. O estatuto da criança e do adolescente e os ?meninos de rua?: política do impossível ou o possível da política?. In: XII Congresso Nacional dos Sociólogos ? UFPR/Curitiba, 2002, Curitiba. Anais do XII Congresso Nacional dos Sociólogos ? UFPR/Curitiba, 2002. p. 34-34.

Apresentações de Trabalho
1.
OTA, N. K.. Commun de la recherche au Brésil et réseau de recherche internationale. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OTA, N. K.; COSTA, A. D. ; JESUS, S. C. S. ; PACHECO, A. P. . Peut-on penser le commun en tant que stratégie politique dans un pays périphérique comme le Brésil ?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
OTA, N. K.. Les régimes de mobilisation et d'engagement au Brésil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
OTA, N. K.. Por uma genealogia dos dispositivos intelectuais de engajamento: a politização do 'social' no maio de 68 francês. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
OTA, N. K.. Foucault e suas contribuições para as reflexões sobre o neoliberalismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
OTA, N. K.. Abertura democrática e a razão neoliberal. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
OTA, N. K.. Les protestations brésiliennes de juin 2013 : une ébauche d?interprétation sur les nouvelles voies de l?engagement démocratique. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CUNHA, M. P. ; OTA, N. K. . Neoliberalism Beyond Economics. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
OTA, N. K.. O sujeito e o poder: Foucault e seus contemporâneos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
CARDOSO, I. A. R. ; OTA, N. K. ; PEREIRA, L. . Subjetividade e Cultura: o Sofrimento no Social 2010 (Video - Série Seminários Temáticos do Programa de Pós-graduação em Sociologia - FFLCH/USP).

2.
OTA, N. K.; PACHECO, C. ; TELLES, H. P. S. ; TELLES, R. S. ; MILANO, R. . Servir-se da ficção jurídica. São Paulo: Escola Brasileira de Psicanálise, 2006 (Boletim da Escola Brasileira de Psicanálise - EBP/SP).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
OTA, N. K.; MAIA, M. M. ; MARINHO, H. . Sistema de Informação para o Desenvolvimento de iniciativas fundamentadas na gerência baseada em resultados e enfoque de direitos - UNICEF/BRASIL. 2006.

2.
OTA, N. K.; MAIA, M. M. ; MARINHO, H. . TEAR ? Sistema de avaliação e monitoramento das medidas socioeducativas em meio aberto do município de São Paulo - UNICEF/Prefeitura de São Paulo/Secretaria Especial de Direitos Humanos. 2004.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OTA, N. K.; MARANHAO, T.; BELLO, C.. Participação em banca de Iann Longhini Léda. Governos Lula (2003-2010): elementos de continuidade e de ruptura com o neoliberalismo. 2017. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

2.
Albuquerque, M.C; Salla, F.; OTA, N. K.. Participação em banca de Rose Iracema Martins. SIG - SIstema de Informação de Gestão da Fundação Casa: um instrumento para a tomada de decisões. 2012. Dissertação (Mestrado em Adolescente em conflito com a lei) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
SAFATLE, V. P.; CHAUI, M.; OTA, N. K.; KLAUSEN, J.; VIANNA, A. R. B.. Participação em banca de Fábio Luís Ferreira Nobrega Franco. Da biopolítica à necrogovernamentalidade: um estudo sobre os dispositivos de desaparecimento no Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.




Eventos



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. ; LAVAL, C. . I Oficina Práticas Utópicas. 2017. (Outro).

2.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. ; GEORGES, I. . I Oficina Observar os tempos do social. 2017. (Outro).

3.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. ; LAVAL, C. . II Oficina Práticas Utópicas. 2017. (Outro).

4.
OTA, N. K.; LAVAL, C. . Seminário Neoliberalismo e razão do comum. 2016. (Outro).

5.
OTA, N. K.. IV Seminário Neoliberalismo e racionalidade política. 2016. (Outro).

6.
OTA, N. K.; CUNHA, M. P. ; GEORGES, I. . I Seminário Tempos do social e da política. 2016. (Outro).

7.
OTA, N. K.. Jornada de Estudos Michel Foucault. 2016. (Congresso).

8.
OTA, N. K.. III Seminário Neoliberalismo e racionalidade política. 2015. (Outro).

9.
OTA, N. K.. I Seminário Neoliberalismo e racionalidade política. 2013. (Outro).

10.
OTA, N. K.. II Seminário Neoliberalismo e racionalidade política. 2013. (Outro).

11.
CARDOSO, I. A. R. ; OTA, N. K. . Subjetividade e Cultura: o Sofrimento no Social. 2010. (Outro).

12.
JACOME, Iram. ; OTA, N. K. . I Simpósio de Pesquisa de Pós-Graduação em Sociologia da USP, Unicamp e UFSCar. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Renata Cristina Barbosa. Para o jovem, o que é uma mulher?. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade Bandeirante de São Paulo. Orientador: Nilton Ken Ota.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 24:27:55