Pedro Vasconcellos Eisenlohr

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7153034797991302
  • Última atualização do currículo em 27/09/2018


Professor Adjunto II da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) - Campus de Alta Floresta. Orientador no Programa de Pós-Graduação (PPG) em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos da UNEMAT - Campus de Alta Floresta, no PPG em Ecologia e Conservação da UNEMAT - Campus de Nova Xavantina e no PPG em Ecologia e Conservação da Biodiversidade da UFMT. Orienta atualmente 2 doutorandos, 5 mestrandos e 2 bolsistas de Iniciação Científica. Foi paraninfo de formandos do curso de Ciências Biológicas da UNEMAT - Campus de Alta Floresta por cinco vezes. É Coordenador do Centro de Tecnologia da Amazônia Meridional - CETAM e Membro do Comitê Científico da UNEMAT. Editor dos volumes 1 e 2 do livro "Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos" (Editora UFV). Foi Editor Convidado do periódico Biodiversity and Conservation (2014-2015) e, atualmente, é Editor Associado do periódico Acta Botanica Brasilica. Atua ou atuou como revisor de periódicos como Diversity & Distributions, Biotropica, Plant Ecology e Flora. Atua principalmente nos seguintes temas: ecologia da vegetação, modelagem ecológica, autocorrelação espacial, transições biogeográficas, fitogeografia e conservação da biodiversidade. Indicadores de produção científica: i) 55 artigos publicados, 46 dos quais em revistas com Fator de Impacto - ISI/JCR; ii) Fator H (ISI): 10 (393 citações); iii) Fator H (Scopus): 10 (443 citações); iv) Fator H (Google Scholar): 14 (945 citações); v) Fator i10 (Google Scholar): 26; vi) RG Score: 30.46. Rotinas em R: https://github.com/pedroeisenlohr Contato: pedro.eisenlohr@unemat.br (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Pedro Vasconcellos Eisenlohr
Nome em citações bibliográficas
EISENLOHR, P.V.;Eisenlohr, Pedro Vasconcellos;Eisenlohr, Pedro V.;EISENLOHR, P. V.;EISENLOHR, PV

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus Universitário de Alta Floresta.
Laboratório de Ecologia
Jardim Flamboyant
78580000 - Alta Floresta, MT - Brasil
Telefone: (66) 35215927
URL da Homepage: www.pedroeisenlohr.webnode.com.br


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2012
Doutorado em Biologia Vegetal.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Padrões florístico-estruturais, de diversidade alfa e de distribuição potencial de espécies arbóreas entre os domínios do Cerrado e da Amazônia, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Fernando Roberto Martins.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2006 - 2008
Mestrado em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente.
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Título: Aspectos ecológicos e composição florística de comunidades arbóreas adjacentes a trilhas de duas áreas de Floresta Atlântica,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Maria Margarida da Rocha Fiuza de Melo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2002 - 2006
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Fanerógamas ornamentais do campus-sede da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG. Monografia de conclusão de curso.
Orientador: Rita Maria de Carvalho Okano.
Bolsista do(a): Programa de Educação Tutorial, PET, Brasil.


Pós-doutorado


2012 - 2013
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Atuação Profissional



Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Científico da UNEMAT (Área de Ciências Biológicas).
01/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho de Pós-Graduação.
08/2014 - Atual
Ensino, Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Multivariada
Fundamentos de Ecologia e Diversidade
Interdisciplinaridade no Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento Amazônico
03/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Universitário de Alta Floresta, .

03/2014 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica III
Delineamento de Experimentos e Análise de Dados
Ecologia de Populações
Estágio de Bacharelado para Ciências Biológicas II
Evolução
Morfologia e Sistemática de Algas, Liquens, Briófitas e plantas vasculares sem flor
Ecologia Geral
12/2012 - Atual
Ensino, Ecologia e Conservação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Multivariada
Estatística Aplicada à Ecologia
Métodos de Redação Científica
10/2017 - 03/2018
Direção e administração, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Diretor de Unidade Regionalizada - Político, Pedagógico e Financeiro (Em Substituição).
09/2016 - 12/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Assessor de Gestão de Pesquisa e Pós-Graduação - Portaria 2126/2016.
09/2015 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Biológicas e Agrárias, .

Cargo ou função
Membro Titular do Colegiado da Faculdade de Ciências Biológicas e Agrárias.
06/2017 - 07/2017
Direção e administração, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Diretor de Unidade Regionalizada - Político, Pedagógico e Financeiro (Em Substituição) - Portaria 1168/2017.
06/2014 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Conselho de Pós-Graduação.
03/2016 - 09/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Avaliação e Socialização dos resultados do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) do Curso de Ciências Biológicas.
03/2016 - 09/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Avaliação e Socialização dos resultados da Avaliação Institucional - Curso de Ciências Biológicas.
07/2014 - 12/2015
Direção e administração, Faculdade de Ciências Biológicas e Agrárias, Coordenação do Curso de Ciências Biológicas.

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Ciências Biológicas.
07/2014 - 12/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Universitário de Alta Floresta, .

Cargo ou função
Presidente do Colegiado do Curso de Ciências Biológicas.

FAVALE - Unidade Associada à UEMG, FAVALE/UEMG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor e Orientador de Pós-Graduação

Atividades

03/2011 - 06/2011
Ensino, Educação Ambiental, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Disciplina: Fundamentos de Ecologia


Linhas de pesquisa


1.
Biodiversidade e Conservação
2.
Florística e Fitossociologia
3.
Ecologia da Vegetação e Fitogeografia


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
NeotropTrans, um banco de dados da vegetação ecotonal. Fase 1: Transição Cerrado-Amazônia
Descrição: Projeto institucionalizado mediante Portaria 4002/2017 - UNEMAT A difusão do conhecimento sobre hotspots mundiais vem sendo importante na definição de áreas prioritárias para a conservação ambiental, particularmente com relação à biodiversidade, mas as transições ecológicas também precisam ser enfatizadas nas políticas públicas, pois constituem ambientes de grande riqueza de espécies e fonte de novidades evolutivas, dentre outros atributos. A presente proposta tem como objetivo iniciar esforços no sentido de se criar e manter um banco de dados relacional, denominado NeotropTrans, envolvendo distribuição geográfica de espécies vegetais e características físicas do ambiente em ambientes transicionais da região neotropical. Nesta primeira fase, propomos que o foco se dê na região de transição entre os domínios da Amazônia e do Cerrado, as duas maiores regiões biogeográficas da América do Sul. O NeotropTrans utilizará a plataforma Microsoft Access® e seguirá uma política de disponibilização gradual e gratuita de suas informações conforme as publicações forem sendo geradas pelos líderes do projeto e seus parceiros. Para cada espécie inserida, serão disponibilizadas informações botânicas, etnobotânicas, ecológicas e fitogeográficas. Para cada sítio (área circular com raio de 5 km), serão incluídas informações sobre o clima, os solos e a topografia. Modelos de distribuição potencial de espécies serão preparados e disponibilizados a fim de que o usuário conheça as áreas ótimas de ocorrência das espécies e avalie possíveis alterações em suas distribuições geográficas frente às projeções de mudanças climáticas. O NeotropTrans será uma ferramenta de grande auxílio para pesquisadores, ambientalistas e tomadores de decisão interessados em áreas de transição em grande escala ao longo da região neotropical..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Distribuição e diversidade de espécies vegetais na transição Cerrado-Amazônia: o efeito das mudanças climáticas e suas consequências para o planejamento de Unidades de Conservação
Descrição: O objetivo da proposta é predizer possíveis efeitos das mudanças climáticas sobre a distribuição e diversidade de espécies vegetais na zona de transição entre os domínios do Cerrado e da Amazônia. Utilizaremos algoritmos de modelagem de distribuição potencial de espécies considerando cenários climáticos futuros otimistas e pessimistas fornecidos pelo IPCC ? Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas. Esperamos gerar subsídios para o planejamento adequado de novas unidades de conservação na região, o que possibilitará a proteção de sua rica biodiversidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Pedro Vasconcellos Eisenlohr - Coordenador / Ary Teixeira de Oliveira-Filho - Integrante / Beatriz Schwantes Marimon - Integrante / Eddie Lenza de Oliveira - Integrante / Ricardo Keichi Umetsu - Integrante / Ben Hur Marimon Júnior - Integrante / Paulo Sérgio Morandi - Integrante / Célia Regina Araújo Soares Lopes - Integrante / José Martins Fernandes - Integrante / Everton Alves Maciel - Integrante / Rozangela Cristina Alves de Oliveira - Integrante / Mônica Aparecida Cupertino-Eisenlohr - Integrante / Luciene Castuera de Oliveira - Integrante / Ricardo Claro Ortis - Integrante / Ingrid Koch - Integrante / Marinez Ferreira de Siqueira - Integrante / Guarino Colli - Integrante / Caroline Nóbrega - Integrante / Simone Matias de Almeida Reis - Integrante.
2014 - Atual
Ecologia da Transição Cerrado-Floresta Amazônica
Descrição: A transição Cerrado-Floresta Amazônica forma um extenso ecótono, que proporciona excelente modelo para a condução de estudos em ecologia e evolução. Esses estudos podem contribuir significativamente para o entendimento da origem e manutenção da elevada biodiversidade da região Neotropical e, ainda, para o entendimento dos efeitos de mudanças climáticas sobre essa biota. Entretanto, a descontrolada expansão da fronteira agrícola nessa transição, também conhecida como "Arco do Desmatamento", é séria ameaça à conservação e ao uso sustentável de sua biodiversidade. Esse projeto visa estabelecer uma rede de pesquisa e colaboração envolvendo três Programas de Pós-Graduação (PPGs), da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Mato Grosso (UNEMAT) e da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Esses três PPGs da área de Ecologia possuem grupos de pesquisa capazes de produzir, de maneira sinérgica, novos conhecimentos e formar pessoal altamente qualificado para promover ações de conservação e de transformação social nessa área de conflito. Esse projeto estende parcerias já estabelecidas entre a UnB e a UNEMAT à UFT, com vistas ao fortalecimento e consolidação de linhas e grupos de pesquisa, à exploração de suas vocações e potenciais e à promoção da pesquisa científica conjunta, através do incremento da mobilidade acadêmica intra- e inter-regional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Caracterização fitogeográfica, distribuição das espécies lenhosas e determinantes vegetacionais na transição Cerrado/Amazônia
Descrição: Serão feitos levantamentos de solos e vegetação na transição Amazônia/Cerrado ao longo de 1.000 km entre Mato Grosso, Pará e Maranhão com o objetivo de identificar o padrão fitogeográfico, a distribuição das espécies lenhosas e os possíveis determinantes históricos e edafo-climáticos das duas grandes vegetações. Será testado o possível avanço da Floresta Amazônica sobre o Cerrado ao longo dos últimos 10.000 anos através da análise da composição isotópica da matéria orgânica do solo (δ13C) e sua datação por radiocarbono (14C). Estas duas extensas províncias vegetacionais têm passado por diversas fases de expansão e contração, com o cerrado avançando sobre a floresta e vice-versa à medida que o clima se alternava entre períodos secos e períodos úmidos (pulsos climáticos), especialmente durante o final do Pleistoceno e começo do Holoceno. As variáveis edáficas e climáticas também serão investigadas, uma vez que podem estar associadas à distribuição das espécies e fitofisionomias, especialmente em relação à textura do solo, sazonalidade pluviométrica e temperatura. Espera-se obter uma descrição detalhada do padrão de distribuição da vegetação e suas respectivas espécies lenhosas ao longo da zona de transição Cerrado/Amazônia, estabelecendo-se uma relação das fitofisionomias com os fatores edafo-climáticos e históricos nesta complexa faixa de contato. Será feito pela primeira vez nesta região uma paleo-investigação da vegetação verificando se os determinantes da distribuição geográfica dos tipos vegetacionais estão associados aos fatores ambientais e/ou às possíveis mudanças históricas dos pulsos climáticos do Holoceno..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Transição Cerrado-Floresta Amazônica: bases ecológicas e sócio-ambientais para a conservação (etapa II)
Descrição: Este projeto teve início em junho de 2010 a partir do edital MCT/CNPq Nº 59/2009 e faz parte do programa PELD (Projetos Ecológicos de Longa Duração) do CNPq. O sítio de estudo (15) localiza-se na transição entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica e as linhas temáticas principais estão voltadas aos estudos de dinâmica de populações e organização de comunidades e ecossistemas, ciclos biogeoquímicos, ecologia de espécies invasoras, padrões e frequência de perturbações naturais e impactos antrópicos, além de ações de educação ambiental. A base do sítio localiza-se em uma unidade de conservação (Parque Municipal do Bacaba) onde estão sendo monitoradas áreas para avaliar as mudanças temporais e espaciais de fitofisionomias e de corpos d´água (Córrego Bacaba) que permitirão a distinção entre processos dinâmicos naturais e mudanças resultantes da ação antrópica. Além do monitoramento contínuo de ecossistemas no Parque do Bacaba, nesta segunda etapa serão incorporadas novas áreas de estudo que já estão sendo monitoradas desde 2008, todas localizadas na transição entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica, além de um novo córrego próximo ao atual, que juntos irão compor o Sítio 15 (Transição Cerrado-Floresta Amazônica). O projeto possui parcerias internacionais importantes (Universidade de Leeds e Universidade de Oxford, Reino Unido), que incluíram as áreas que estão sendo monitoradas por este sítio em estudos de escala global que buscam compreender a dinâmica das zonas de transição, os impactos das mudanças climáticas sobre a biota e também avaliar o estoque e balanço de carbono, determinando o estado de equilíbrio biogeoquímico do ecossistema frente às variações climáticas sazonais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (10) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Pedro Vasconcellos Eisenlohr - Integrante / Beatriz Schwantes Marimon - Coordenador / Eddie Lenza - Integrante / Ben Hur Marimon Júnior - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Acta Botanica Brasílica (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Revista de Ciências Agro-Ambientais (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Biota Neotropica (Edição em Português. Online)
2014 - 2015
Periódico: Biodiversity and Conservation
2011 - 2013
Periódico: Check List (São Paulo. Online)


Revisor de periódico


2010 - 2013
Periódico: Bioscience Journal (Online)
2011 - 2015
Periódico: Revista Brasileira de Botânica (Impresso)
2011 - 2013
Periódico: Rodriguesia
2011 - 2015
Periódico: Revista Brasileira de Biociências (Online)
2011 - 2016
Periódico: Acta Botanica Brasílica (Impresso)
2012 - 2014
Periódico: Biotemas (UFSC)
2012 - 2012
Periódico: Environmental Conservation
2013 - 2013
Periódico: CERNE (UFLA)
2013 - 2013
Periódico: Revista de Biologia Tropical
2013 - 2015
Periódico: Journal of Vegetation Science
2013 - 2016
Periódico: Hoehnea (São Paulo)
2013 - 2015
Periódico: Boletim do Museu de Biologia Mello Leitao
2013 - 2013
Periódico: Journal of Scientific Research and Reports
2013 - 2013
Periódico: Biota Neotropica (Online. Edição em Inglês)
2013 - 2013
Periódico: International Journal of Biodiversity and Conservation
2013 - 2016
Periódico: Biodiversity and Conservation
2014 - 2014
Periódico: Environmental Earth Sciences (Internet)
2014 - 2014
Periódico: New Zealand Journal of Forestry Science
2014 - 2014
Periódico: Journal of Biogeography
2014 - 2014
Periódico: Ecological Research
2014 - 2014
Periódico: Ecology and Evolution
2014 - 2014
Periódico: Journal of Mountain Science
2014 - 2014
Periódico: Austral Ecology
2015 - 2016
Periódico: Anais da Academia Brasileira de Ciências (Impresso)
2014 - 2015
Periódico: International Forestry Review
2015 - 2015
Periódico: Plant and Soil (Dordrecht. Online)
2015 - 2015
Periódico: Revista de Ciências Agro-Ambientais (Impresso)
2015 - 2015
Periódico: Acta Amazonica (Impresso)
2015 - 2018
Periódico: Biotropica (Lawrence, KS)
2015 - 2017
Periódico: Plant Ecology (Dordrecht)
2015 - 2016
Periódico: Functional Ecology
2016 - 2016
Periódico: Journal of Forestry Research
2016 - 2017
Periódico: Flora (Jena)
2016 - 2016
Periódico: Acta Oecologica (Montrouge)
2016 - 2017
Periódico: Journal of Plant Ecology (Print)
2017 - Atual
Periódico: DIVERSITY AND DISTRIBUTIONS
2018 - Atual
Periódico: Acta Ecologica Sinica (Online)
2018 - 2018
Periódico: Acta Ecologica Sinica (Online)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Vegetal / Fitogeografia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Biologia da Conservação.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Paraninfo de formandos do curso de Ciências Biológicas, UNEMAT - Campus de Alta Floresta.
2017
The Sentinels of Science Awards - The Top 10% of Reviewers, Publons Board.
2016
Prêmio UnB de Dissertação e Tese - Henrique Augusto Mews (Coorientador: Pedro V. Eisenlohr), UnB.
2016
Paraninfo de formandos do curso de Ciências Biológicas, UNEMAT - Campus de Alta Floresta.
2015
Paraninfo de formandos do curso de Ciências Biológicas, UNEMAT - Campus de Alta Floresta.
2014
Paraninfo de formandos do curso de Ciências Biológicas, UNEMAT - Campus de Alta Floresta.
2009
Menção Honrosa ao trabalho de Iniciação Científica de Adriano V. Silva (coorientador: Pedro V. Eisenlohr), Universidade Federal de Viçosa.
2006
Votos de Louvor por destacado rendimento acadêmico na graduação., Universidade Federal de Viçosa.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:50
Total de citações:393
Fator H:10
Eisenlohr, Pedro  Data: 07/09/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:45
Total de citações:443
EISENLOHR, P.V.  Data: 18/07/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
37GERVAZIO, W.2018GERVAZIO, W. ; YAMASHITA, O. ; FELITO, R. ; EISENLOHR, P.V. . Soil quality and its relationship with weeds in urban homegardens of Alta Floresta, Southern Amazonia. AGROFORESTRY SYSTEMS, p. 000, 2018.

2.
35OLIVEIRA, L. C.2018OLIVEIRA, L. C. ; CUPERTINO-EISENLOHR, M. A. ; BISPO, R. A. ; SILVA, D. R. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; EISENLOHR, P.V. . Composição, riqueza e categorias de ameaça das espécies arbóreas da Amazônia. REVISTA DE CIÊNCIAS AGRO-AMBIENTAIS (IMPRESSO), v. 15, p. 223-237, 2018.

3.
36JOSE-SILVA, L.2018JOSE-SILVA, L. ; SANTOS, R. C. ; LIMA, B. M. ; LIMA, M. ; OLIVEIRA-JUNIOR, J. F. ; TEODORO, P. E. ; EISENLOHR, P.V. ; SILVA-JUNIOR, C. A. . Improving the validation of ecological niche models with remote sensing analysis. ECOLOGICAL MODELLING, v. 380, p. 22-30, 2018.

4.
1REZENDE, VANESSA L.2018REZENDE, VANESSA L. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; BUENO, M. L. ; EISENLOHR, P.V. . Patterns of tree species variation across southern South America are shaped by environmental factors and historical processes. PERSPECTIVES IN PLANT ECOLOGY EVOLUTION AND SYSTEMATICS, p. 10-16, 2018.

5.
40MOTA, T. J. R. C.2017MOTA, T. J. R. C. ; CARVALHO, F. A. ; IVANAUSKAS, N. M. ; EISENLOHR, P.V. . On the relevance of floristic and quantitative studies to the restoration of degraded areas: the case of the Atlantic Forest hotspotRunning title: Insights for restoration in Atlantic Forest. AIMS Environmental Science, v. 4, p. 42-53, 2017.

6.
41CUPERTINO-EISENLOHR, M. A.2017CUPERTINO-EISENLOHR, M. A. ; VINICIUS-SILVA, R. ; MEIRELLES, L. D. ; EISENLOHR, P.V. ; MEIRA NETO, J. A. A. ; SANTOS-GONCALVES, A. P. . Stability or breakdown under climate change? A key group of woody bamboos will find suitable areas in its richness center. Biodiversity and Conservation, p. 000-000, 2017.

7.
39NEVES, D.R.M.2017NEVES, D.R.M. ; DEXTER, K. G. ; PENNINGTON, R. T. ; VALENTE, A. S. M. ; BUENO, M. L. ; EISENLOHR, P.V. ; FONTES, M. A. L. ; MIRANDA, P. L. S. ; MOREIRA, S. N. ; REZENDE, V.L. ; SAITER, F. Z. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Dissecting a biodiversity hotspot: the importance of environmentally marginal habitats in the Atlantic Forest Domain of South America. DIVERSITY AND DISTRIBUTIONS, v. 000, p. 001-000, 2017.

8.
38DOS SANTOS, JOSIAS OLIVEIRA2017DOS SANTOS, JOSIAS OLIVEIRA ; LENZA, EDDIE ; MARACAHIPES-SANTOS, LEONARDO ; FORSTHOFER, M?NICA ; ROBERTO, REGIANE LIMA ; Eisenlohr, Pedro V. ; Sanchez, Maryland ; Pedroni, Fernando . Assessment of differences between two vegetation physiognomies, including the variation among strata, provides insights on biodiversity conservation of ?Cerrado?. Brazilian Journal of Botany, v. 000, p. 001-010, 2017.

9.
47MACIEL, EVERTON A.2016MACIEL, EVERTON A. ; Eisenlohr, Pedro V. . On the collective analysis of species: how can Red Lists and lists of regional priorities be combined to assist in decision-making? A reply to Lõhmus (2015). Biodiversity and Conservation, v. 25, p. 611-614, 2016.

10.
42ARRUDA, D. M.2016ARRUDA, D. M. ; EISENLOHR, P. V. . Analyzing the edge effects in a Brazilian seasonally dry tropical forest. Brazilian Journal of Biology (Online), v. 76, p. 169-175, 2016.

11.
44GASPER, ANDRÉ LUÍS DE2016GASPER, ANDRÉ LUÍS DE ; Eisenlohr, Pedro V. ; SALINO, ALEXANDRE . Improving collection efforts to avoid loss of biodiversity: lessons from comprehensive sampling of lycophytes and ferns in the subtropical Atlantic Forest. Acta Botanica Brasilica, v. 30, p. 166-175, 2016.

12.
45MAÇANEIRO, JOÃO PAULO DE2016MAÇANEIRO, JOÃO PAULO DE ; OLIVEIRA, LAIO ZIMERMANN ; SEUBERT, RAFAELA CRISTINA ; Eisenlohr, Pedro V. ; SCHORN, LAURI AMÂNDIO . More than environmental control at local scales: do spatial processes play an important role in floristic variation in subtropical forests?. Acta Botanica Brasilica, v. 30, p. 183-192, 2016.

13.
48MACANEIRO, J. P.2016MACANEIRO, J. P. ; OLIVEIRA, LAIO ZIMERMANN ; EISENLOHR, P.V. ; SCHORN, LAURI AMÂNDIO . Paradox Between Species Diversity and Conservation: A Subtropical Atlantic Forest Reserve in Brazil Has Similar Tree Species Diversity to Unprotected Sites in the Same Region. Tropical Conservation Science, v. 9, p. 001, 2016.

14.
49MORANDI, PAULO SÉRGIO2016MORANDI, PAULO SÉRGIO ; MARIMON, BEATRIZ SCHWANTES ; Eisenlohr, Pedro V. ; MARIMON-JUNIOR, BEN HUR ; OLIVEIRA-SANTOS, CLAUDINEI ; FELDPAUSCH, TED R. ; DE OLIVEIRA, EDMAR ALMEIDA ; REIS, SIMONE MATIAS ; LLOYD, JON ; PHILLIPS, OLIVER L. . Patterns of tree species composition at watershed-scale in the Amazon -arc of deforestation?: implications for conservation. Environmental Conservation, v. 000, p. 1-10, 2016.

15.
51SARMENTO, C. D. E.2016SARMENTO, C. D. E. ; FRANCA, M. G. C. ; EISENLOHR, P.V. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Studies Related to Organic Carbon Stock in the Brazilian Cerrado: What have we Learned So Far?. Annual Research & Review in Biology, v. 11, p. 1-11, 2016.

16.
46MEWS, HENRIQUE A.2016MEWS, HENRIQUE A. ; PINTO, JOSÉ ROBERTO R. ; Eisenlohr, Pedro V. ; LENZA, EDDIE . No evidence of intrinsic spatial processes driving Neotropical savanna vegetation on different substrates. Biotropica (Lawrence, KS), v. 48, p. n/a-n/a, 2016.

17.
50MACIEL, EVERTON A.2016MACIEL, EVERTON A. ; Oliveira-Filho, Ary T. ; Eisenlohr, Pedro V. . Prioritizing rare tree species of the Cerrado-Amazon ecotone: warnings and insights emerging from a comprehensive transitional zone of South America. Natureza & Conservação, v. 14, p. 74-82, 2016.

18.
43SIMIONI, P. F.2016SIMIONI, P. F. ; EISENLOHR, P. V. ; PESSOA, M. J. G. ; SILVA, I. V. . ELUCIDATING ADAPTIVE STRATEGIES FROM LEAF ANATOMY: DO AMAZONIAN SAVANNAS PRESENT XEROMORPHIC CHARACTERISTICS?. FLORA, p. 38-46, 2016.

19.
25SLIK, J. W. F.2015SLIK, J. W. F. ARROYO-RODRIGUEZ, V. AIBA, S. ALVAREZ-LOAYZA, P. ALVES, L. F. ASHTON, P. BALVANERA, P. BASTIAN, M. L. BELLINGHAM, P. J. VAN DEN BERG, E. BERNACCI, L. BISPO, P. C. BLANC, L. BOHNING-GAESE, K. BOECKX, P. BONGERS, F. BOYLE, B. BRADFORD, M. BREARLEY, F. Q. HOCKEMBA, M. B. BUNYAVEJCHEWIN, S. MATOS, D. C. L. CASTILLO-SANTIAGO, M. CATHARINO, E. L. CHAI, S. , et al.CHEN, Y. COLWELL, R. K. ROBIN, C. CLARK, C. CLARK, D. B. CLARK, D. A. CULMSEE, H. DAMAS, K. DATTARAJA, H. S. DAUBY, G. DAVIDAR, P. DEWALT, S. J. DOUCET, J. DUQUE, A. DURIGAN, G. EICHHORN, K. A. O. Eisenlohr, Pedro V. ELER, E. EWANGO, C. FARWIG, N. FEELEY, K. J. FERREIRA, L. V. FIELD, R. OLIVEIRA-FILHO, A. T. FLETCHER, C. ; An estimate of the number of tropical tree species. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, p. 201423147, 2015.

20.
2EISENLOHR, P.V.2015 EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Revisiting Patterns of Tree Species Composition and their Driving Forces in the Atlantic Forests of Southeastern Brazil. Biotropica (Lawrence, KS), v. 47, p. 689-701, 2015.

21.
32REZENDE, VANESSA LEITE2015REZENDE, VANESSA LEITE ; DE OLIVEIRA-FILHO, ARY T. ; Eisenlohr, Pedro V. ; KAMINO, LUCIANA HIROMI YOSHINO ; VIBRANS, ALEXANDER CHRISTIAN . Restricted geographic distribution of tree species calls for urgent conservation efforts in the Subtropical Atlantic Forest. Biodiversity and Conservation (Dordrecht. Online), v. 24, p. 1057-1071, 2015.

22.
54BUNGER, M.2015BUNGER, M. ; STEHMANN, J. R. ; EISENLOHR, P.V. . Resolving Species Delimitations in the Eugenia involucrata Group (Eugenia sect. Phyllocalyx - Myrtaceae) with Morphometric Analysis. Systematic Botany, v. 40, p. 000-000, 2015.

23.
31REZENDE, VANESSA LEITE2015REZENDE, VANESSA LEITE ; Eisenlohr, Pedro V. ; VIBRANS, ALEXANDER CHRISTIAN ; DE OLIVEIRA-FILHO, ARY TEIXEIRA . Humidity, low temperature extremes, and space influence floristic variation across an insightful gradient in the Subtropical Atlantic Forest. Plant Ecology (Dordrecht), v. 216, p. 759-774, 2015.

24.
30PEREIRA, JOSÉ ALDO ALVES2015PEREIRA, JOSÉ ALDO ALVES ; DE OLIVEIRA-FILHO, ARY TEIXEIRA ; Eisenlohr, Pedro V. ; MIRANDA, PEDRO L. S. ; DE LEMOS FILHO, JOSÉ PIRES . Human Impacts Affect Tree Community Features of 20 Forest Fragments of a Vanishing Neotropical Hotspot. Environmental Management (New York), v. 55, p. 296-307, 2015.

25.
29SAITER, F. Z.2015SAITER, F. Z. ; Eisenlohr, Pedro V. ; BARBOSA, M. R. V. ; THOMAS, W. W. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . From evergreen to deciduous tropical forests: how energy-water balance, temperature, and space influence the tree species composition in a high diversity region. Plant Ecology & Diversity (Print), v. 000, p. 1-10, 2015.

26.
27OLIVEIRA-FILHO, A. T.2015OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; BUDKE, J. C. ; JARENKOW, J. A. ; EISENLOHR, P. V. ; NEVES, D. R. M. . Delving into the variations in tree species composition and richness across South American subtropical Atlantic and Pampean forests. J PLANT ECOL-UK, v. 8, p. 242-260, 2015.

27.
33Eisenlohr, Pedro V.2015Eisenlohr, Pedro V.; DE OLIVEIRA-FILHO, ARY T. ; Prado, Jefferson . The Brazilian Atlantic Forest: new findings, challenges and prospects in a shrinking hotspot. Biodiversity and Conservation, v. 24, p. 2129-2133, 2015.

28.
34REZENDE, VANESSA L.2015 REZENDE, VANESSA L. ; DE MIRANDA, PEDRO L. S. ; MEYER, LEILA ; MOREIRA, CECÍLIA V. ; LINHARES, MARIANA F. M. ; DE OLIVEIRA-FILHO, ARY T. ; Eisenlohr, Pedro V. . Tree species composition and richness along altitudinal gradients as a tool for conservation decisions: the case of Atlantic semideciduous forest. Biodiversity and Conservation, v. 24, p. 2149-2163, 2015.

29.
28MARIMON, BEATRIZ SCHWANTES2015MARIMON, BEATRIZ SCHWANTES ; COLLI, GUARINO R. ; MARIMON-JUNIOR, BEN HUR ; MEWS, HENRIQUE A. ; Eisenlohr, Pedro V. ; FELDPAUSCH, TED R. ; PHILLIPS, OLIVER L. . Ecology of Floodplain Campos de Murundus Savanna in Southern Amazonia. International Journal of Plant Sciences, v. 176, p. 670-681, 2015.

30.
26RODRIGUES, PMS2015RODRIGUES, PMS ; SILVA, JO ; EISENLOHR, PV ; SCHAEFER, CEGR . Climate change effects on the geographic distribution of specialist tree species of the Brazilian tropical dry forests. Brazilian Journal of Biology (Online), v. 75, p. 00-00, 2015.

31.
55MOREIRA, SUZANA N.2015 MOREIRA, SUZANA N. ; Eisenlohr, Pedro V. ; POTT, ARNILDO ; POTT, VALI J. ; Oliveira-Filho, Ary T. . Similar vegetation structure in protected and non-protected wetlands in Central Brazil: conservation significance. Environmental Conservation, v. 42, p. 1-7, 2015.

32.
53SAITER, FELIPE Z.2015SAITER, FELIPE Z. ; Eisenlohr, Pedro V. ; FRANÇA, GLAUCO S. ; STEHMANN, JOÃO R. ; THOMAS, WILLIAM W. ; OLIVEIRA-FILHO, ARY T. DE . Floristic units and their predictors unveiled in part of the Atlantic Forest hotspot: implications for conservation planning. Anais da Academia Brasileira de Ciências (Online), v. 87, p. 2031-2046, 2015.

33.
52MARACAHIPES SANTOS, LEONARDO2015MARACAHIPES SANTOS, LEONARDO ; LENZA, EDDIE ; DOS SANTOS, JOSIAS OLIVEIRA ; MARIMON, BEATRIZ SCHWANTES ; Eisenlohr, Pedro V. ; MARIMON JUNIOR, BEN HUR ; FELDPAUSCH, TED R. . Diversity, floristic composition, and structure of the woody vegetation of the Cerrado in the Cerrado-Amazon transition zone in Mato Grosso, Brazil. Revista Brasileira de Botânica (Impresso), v. 38, p. 877-887, 2015.

34.
6EISENLOHR, P.V.2014EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Tree species composition in areas of Atlantic Forest in southeastern Brazil is consistent with a new system for classifying the vegetation of South America. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 28, p. 227-233, 2014.

35.
23EISENLOHR, P.V.2014EISENLOHR, P.V.; TAVARES, J. R. ; OLIVEIRA, S. L. ; SANTOS, A. O. ; VALADAO, M. B. X. ; BILCE, J. M. ; ROBERTO, R. L. ; CASTRO, H. B. ; ZARATIM, E. C. P. ; LIMA, S. L. ; SANTOS, A. J. ; SILVA, A. P. G. ; LIMA, L. B. ; MELO-SANTOS, K. S. ; FIGUEIREDO, J. D. S. ; SANTOS, L. M. ; PEREIRA, F. C. ; OLIVEIRA, J. C. A. ; MIGUEL, T. B. ; SERPA, A. O. ; KREUTZ, C. ; REIS, S. M. A. . Thinking better about high-quality science: A look at some ethical flaws and productivity evaluation. Brazilian Journal of Biology (Impresso), v. 74, p. 1009-1010, 2014.

36.
7MOSER, PAMELA2014MOSER, PAMELA ; OLIVEIRA, WASHINGTON L. ; MEDEIROS, MARCELO B. ; PINTO, JOSÉ R. ; Eisenlohr, Pedro V. ; LIMA, ISABELA L. ; SILVA, GLOCIMAR P. ; SIMON, MARCELO F. . Tree Species Distribution along Environmental Gradients in an Area Affected by a Hydroelectric Dam in Southern Amazonia. Biotropica (Lawrence, KS), v. 46, p. n/a-n/a, 2014.

37.
24REZENDE, VANESSA LEITE2014REZENDE, VANESSA LEITE ; Eisenlohr, Pedro V. ; GASPER, ANDRÉ LUÍS DE ; VIBRANS, ALEXANDER CHRISTIAN ; OLIVEIRA-FILHO, ARY TEIXEIRA DE . Toward a better understanding of the subtropical Atlantic Forest in the state of Santa Catarina, Brazil: tree sampling accuracy, species richness and frequency of rare species. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 28, p. 382-391, 2014.

38.
20MEWS, HENRIQUE A.2014MEWS, HENRIQUE A. ; PINTO, JOSÉ ROBERTO R. ; Eisenlohr, Pedro V. ; LENZA, EDDIE . Does size matter? Conservation implications of differing woody population sizes with equivalent occurrence and diversity of species for threatened savanna habitats. Biodiversity and Conservation, v. 23, p. 1119-1131, 2014.

39.
22Eisenlohr, Pedro V.2014 Eisenlohr, Pedro V.. Persisting challenges in multiple models: a note on commonly unnoticed issues regarding collinearity and spatial structure of ecological data. Revista Brasileira de Botânica (Impresso), v. 37, p. 365-371, 2014.

40.
4EISENLOHR, P.V.2013EISENLOHR, P.V.. Challenges in data analysis: pitfalls and suggestions for a statistical routine in Vegetation Ecology. Revista Brasileira de Botânica (Impresso), v. 36, p. 83-87, 2013.

41.
8CUPERTINO, M.A.2013CUPERTINO, M.A. ; EISENLOHR, P.V. . Análise florística comparativa da arborização urbana nos campi universitários do Brasil. Bioscience Journal (UFU. Impresso), v. 29, p. 739-750, 2013.

42.
15EISENLOHR, P.V.2013EISENLOHR, P.V.; MEYER, L. ; MIRANDA, P. L. S. ; REZENDE, V.L. ; SARMENTO, C. D. ; MOTA, T. J. R. C. ; GARCIA, L. C. ; MELO, M.M.R.F. . Trilhas e seu papel ecológico: o que temos aprendido e quais as perspectivas para a restauração de ecossistemas?. Hoehnea, v. 40, p. 407-418, 2013.

43.
3Eisenlohr, Pedro V.2013 Eisenlohr, Pedro V.; ALVES, LUCIANA F. ; BERNACCI, LUÍS CARLOS ; PADGURSCHI, MAÍRA C. G. ; TORRES, ROSELI B. ; PRATA, EDUARDO M. B. ; DOS SANTOS, FLAVIO ANTONIO M. ; ASSIS, MARCO ANTÔNIO ; Ramos, Eliana ; ROCHELLE, ANDRÉ LUÍS C. ; MARTINS, FERNANDO R. ; CAMPOS, MARIANA C. R. ; Pedroni, Fernando ; Sanchez, Maryland ; PEREIRA, LARISSA S. ; VIEIRA, SIMONE A. ; GOMES, JOSÉ ATALIBA M. A. ; TAMASHIRO, JORGE Y. ; SCARANELLO, MARCOS A. S. ; CARON, CORA J. ; Joly, Carlos Alfredo . Disturbances, elevation, topography and spatial proximity drive vegetation patterns along an altitudinal gradient of a top biodiversity hotspot. Biodiversity and Conservation, v. 22, p. 2767-2783, 2013.

44.
14Sanchez, Maryland2013Sanchez, Maryland ; Pedroni, Fernando ; Eisenlohr, Pedro V. ; Oliveira-Filho, Ary T. . Changes in tree community composition and structure of Atlantic rain forest on a slope of the Serra do Mar range, southeastern Brazil, from near sea level to 1000m of altitude. Flora (Jena), v. 208, p. 184-196, 2013.

45.
16GASPER, ANDRÉ LUÍS DE2013GASPER, ANDRÉ LUÍS DE ; EISENLOHR, P.V. ; SALINO, ALEXANDRE . Climate-related variables and geographic distance affect fern species composition across a vegetation gradient in a shrinking hotspot. Plant Ecology & Diversity (Print), p. 1-11, 2013.

46.
9Joly, Carlos Alfredo2012Joly, Carlos Alfredo ; Assis, Marco Antonio ; Bernacci, Luis Carlos ; Tamashiro, Jorge Yoshio ; Campos, Mariana Cruz Rodrigues de ; Gomes, José Ataliba Mantelli Aboin ; Lacerda, Maryland Sanchez ; Santos, Flávio Antonio Mães dos ; Pedroni, Fernando ; Pereira, Larissa de Souza ; Padgurschi, Maíra de Campos Gorgulho ; Prata, Eduardo Magalhães Borges ; Ramos, Eliana ; Torres, Roseli Buzanelli ; Rochelle, André ; Martins, Fernando Roberto ; Alves, Luciana Ferreira ; Vieira, Simone Aparecida ; Martinelli, Luiz Antonio ; Camargo, Plínio Barbosa de ; Aidar, Marcos Pereira Marinho ; Eisenlohr, Pedro Vasconcellos ; Simões, Eliane ; Villani, João Paulo ; Belinello, Renato . Florística e fitossociologia em parcelas permanentes da Mata Atlântica do sudeste do Brasil ao longo de um gradiente altitudinal. Biota Neotropica (Edição em Português. Online), v. 12, p. 125-145, 2012.

47.
5Santos, Rubens M.2012Santos, Rubens M. ; Oliveira-Filho, Ary T. ; Eisenlohr, Pedro V. ; Queiroz, Luciano P. ; Cardoso, Domingos B. O. S. ; Rodal, Maria J. N. . Identity and relationships of the Arboreal Caatinga among other floristic units of seasonally dry tropical forests (SDTFs) of north-eastern and Central Brazil. Ecology and Evolution, v. 2, p. 409-428, 2012.

48.
10EISENLOHR, P.V.2011EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; SILVA, M.R. ; SCHMAL, P. ; FERREIRA-JUNIOR, W. G. ; DIAS, A. S. ; SILVA, A.F. . Floristic variations in a woody plant community along a trail in a Semideciduous Seasonal Forest, Viçosa, Minas Gerais State, Brazil. Hoehnea, v. 38, p. 61-71, 2011.

49.
17Nóbrega, Giseli Areias2011Nóbrega, Giseli Areias ; Eisenlohr, Pedro Vasconcellos ; Paciência, Mateus Luis Barradas ; Prado, Jefferson ; Aidar, Marcos Pereira Marinho . A composição florística e a diversidade de pteridófitas diferem entre a Floresta de Restinga e a Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas do Núcleo Picinguaba/PESM, Ubatuba/SP?. Biota Neotropica (Edição em Português. Online), v. 11, p. 153-164, 2011.

50.
18Assis, Marco Antonio2011Assis, Marco Antonio ; Prata, Eduardo Magalhães Borges ; Pedroni, Fernando ; Sanchez, Maryland ; Eisenlohr, Pedro Vasconcellos ; Martins, Fernando Roberto ; Santos, Flavio Antonio Maës dos ; Tamashiro, Jorge Yoshio ; Alves, Luciana Ferreira ; Vieira, Simone Aparecida ; Piccolo, Marisa de Cássia ; Martins, Susian Christian ; Camargo, Plínio Barbosa de ; Carmo, Janaina Braga do ; Simões, Eliane ; Martinelli, Luiz Antonio ; Joly, Carlos Alfredo . Florestas de restinga e de terras baixas na planície costeira do sudeste do Brasil: vegetação e heterogeneidade ambiental. Biota Neotropica (Edição em Português. Online), v. 11, p. 103-121, 2011.

51.
19HIRATA, JULIANA KIOMI RODRIGUES2010HIRATA, JULIANA KIOMI RODRIGUES ; MELO, MARIA MARGARIDA DA ROCHA FIUZA DE ; Eisenlohr, Pedro Vasconcellos . Padrões florísticos do componente arbóreo sob interferência de trilhas em um trecho de Floresta Ombrófila Densa de Transição em São Paulo, SP, Brasil. Hoehnea, v. 37, p. 555-570, 2010.

52.
21SANTOS, ANA CAROLINA LAURENTI DOS2010SANTOS, ANA CAROLINA LAURENTI DOS ; MELO, MARIA MARGARIDA DA ROCHA FIUZA DE ; Eisenlohr, Pedro Vasconcellos . Trilhas podem influenciar a composição florística e a diversidade de epífitas na Floresta Atlântica?. Hoehnea, v. 37, p. 743-754, 2010.

53.
11EISENLOHR, P.V.;Eisenlohr, Pedro Vasconcellos;Eisenlohr, Pedro V.;EISENLOHR, P. V.;EISENLOHR, PV2009EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; SILVA, A. V. . Trilhas afetam comunidades arbóreas florestais?: dois levantamentos na Floresta Atlântica do sudeste brasileiro. Hoehnea, v. 36, p. 293-302, 2009.

54.
13Lima, M.M.2008Lima, M.M. ; Carlos, J. ; Areal, R.B. ; Souza, R.J.S. ; Lima, S.S. ; Campos, L.A.O. ; EISENLOHR, P.V. ; Filardi, M.P. . Conhecimento da população de Viçosa, MG, sobre as formas de transmissão da aids. Ciência & Saúde Coletiva, v. 13, p. 1879-1888, 2008.

55.
12EISENLOHR, P.V.;Eisenlohr, Pedro Vasconcellos;Eisenlohr, Pedro V.;EISENLOHR, P. V.;EISENLOHR, PV2008EISENLOHR, P.V.; Carvalho-Okano, R. M. ; Vieira, M. F. ; Leone, F. R. ; Stringheta, A.C.O. . Flora Fanerogâmica do Campus da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais. Revista Ceres, v. 55, p. 317-326, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
EISENLOHR, P. V.; FELFILI, J. M. ; MELO, M.M.R.F. ; ANDRADE, L. A. ; MEIRA NETO, J. A. A. . Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos - Volume 2. 1. ed. Viçosa, MG: Editora UFV, 2015.

2.
FELFILI, J. M. (Org.) ; EISENLOHR, P.V. (Org.) ; MELO, M.M.R.F. (Org.) ; ANDRADE, L. A. (Org.) ; MEIRA NETO, J. A. A. (Org.) . Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos - Volume 1. 1. ed. Viçosa: Editora UFV, 2011. v. 1. 558p .

Capítulos de livros publicados
1.
Eisenlohr, Pedro V.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Obtenção e estruturação de metadados para trabalhos fitogeográficos de síntese e o banco de dados NeotropTree como estudo de caso. In: EISENLOHR, P.V.; FELFILI, J.M.; MELO, M.M.R.F.; ANDRADE, L.A.; MEIRA-NETO, J.A.A.. (Org.). Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos - Volume 2. 1ed.Viçosa, MG: Editora UFV, 2015, v. , p. 387-411.

2.
Eisenlohr, Pedro V.; MELO, M.M.R.F. ; NASCIMENTO, M. T. ; SANTOS, A. C. L. ; RODRIGUES, P. J. F. P. . Estrutura de comunidades vegetais em áreas suscetíveis a efeitos de borda: conceitos, métodos e estudos de caso. In: EISENLOHR, P.V.; FELFILI, J.M.; MELO, M.M.R.F.; ANDRADE, L.A.; MEIRA-NETO, J.A.A.. (Org.). Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos - Volume 2. 1ed.Viçosa, MG: Editora UFV, 2015, v. , p. 119-138.

3.
EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; IVANAUSKAS, N. M. ; SOUZA, V. C. ; RODRIGUES, R. R. ; DUARTE, A. R. ; BREIER, T. B. ; UDULUTSCH, R. G. . Floresta Ombrófila Densa Atlântica: bases conceituais e estudo de caso no Parque Estadual de Carlos Botelho, Estado de São Paulo.. In: Jeanine Maria Felfili; Pedro Vasconcellos Eisenlohr; Maria Margarida da Rocha Fiuza de Melo; Leonaldo Alves de Andrade; João Augusto Alves Meira Neto. (Org.). Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2011, v. 1, p. 372-387.

4.
MARTINS, S. V. ; BRITO-IBRAHIM, E. R. B. ; EISENLOHR, P.V. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; SILVA, A.F. . A vegetação de Ipucas no Tocantins: estudo de caso e relações florísticas com remanescentes do Cerrado e da Amazônia.. In: Jeanine Maria Felfili; Pedro Vasconcellos Eisenlohr; Maria Margarida da Rocha Fiuza de Melo; Leonaldo Alves de Andrade; João Augusto Alves Meira Neto. (Org.). Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2011, v. 1, p. 460-478.

5.
BARBOSA, J. M. ; EISENLOHR, P.V. ; RODRIGUES, M. A. ; BARBOSA, K. C. . Ecologia da Dispersão de Sementes em Florestas Tropicais. In: S.V. Martins. (Org.). Ecologia de Florestas Tropicais do Brasil. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2009, v. 1, p. 52-73.

6.
CAIAFA, A. N. ; MARTINS, S. V. ; NUNES, J. A. ; EISENLOHR, P.V. . Espécies arbóreas raras. In: S.V. Martins. (Org.). Ecologia de Florestas Tropicais do Brasil. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2009, v. 1, p. 245-261.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, L. C. ; ORTIS, R. C. ; OLIVEIRA, R. C. A. ; EISENLOHR, P.V. . Distribuição potencial de Hirtella glandulosa Spreng. (Chrysobalanaceae), espécie arbórea dominante do Cerradão. In: IV Seminário de Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos, 2016, Alta Floresta, MT. Anais do IV Seminário de Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos. Alta Floresta: UNEMAT, 2016. v. 4.

2.
REZENDE, V.L. ; EISENLOHR, P.V. ; Oliveira-Filho, Ary T. . Similaridade de Espécies Arbóreas nas Diferentes Fitofisionomias de Santa Catarina. In: XI Congresso Nacional de Meio Ambiente, 2013, Poços de Caldas. XI Congresso Nacional de Meio Ambiente. Poços de Caldas, 2013.

3.
OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; EISENLOHR, P.V. . O banco de dados TREEATLAN e a classificação da vegetação da América do Sul tropical e subtropical. In: 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville, SC. Anais do 63 Congresso Nacional de Botânica. Joinville, SC: Sociedade Botânica do Brasil, 2012.

4.
CUPERTINO, M.A. ; EISENLOHR, P.V. ; REIS, C.R. ; ROCHA, M.J.R. . Síndromes de dispersão de sementes em um remanescente de floresta estacional semidecidual em Caratinga, Minas Gerais. In: II Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2012, Viçosa. Anais do II Simpósio Nacional de Áreas Protegidas, 2012.

5.
EISENLOHR, P.V.; REZENDE, V.L. ; KAMINO, L.Y. . Sistematizando conhecimentos da vegetação nos domínios fitogeográficos do Brasil e novos desafios em análise de dados. In: 63 Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville, SC. Anais do 63 Congresso Nacional de Botânica. Joinville, SC: Sociedade Botânica do Brasil, 2012.

6.
EISENLOHR, P.V.; Carvalho-Okano, R. M. ; Stringheta, A.C.O. ; Vieira, M. F. ; Leone, F. R. . Espécies arbóreas empregadas na ornamentação do campus-sede da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, Brasil. In: X Congresso Brasileiro de Arborização Urbana, 2006, Maringá, PR. Anais do X Congresso Brasileiro de Arborização Urbana. Maringá, PR: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, A. V. ; Vieira, M. F. ; EISENLOHR, P.V. . Fenologia de Piper vicosanum (Piperaceae) em fragmento de Floresta Estacional Semidecídua de Viçosa, MG. In: IX Congresso de Ecologia do Brasil, 2009, São Lourenço, MG. Anais do IX Congresso de Ecologia do Brasil, 13 a 17 de Setembro de 2009, São Lourenço - MG. São Lourenço, MG, 2009.

2.
EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; MELLO, S.M. ; GUIMARAES, A. G. O. ; DIAS, A. S. . Densidade e Mortalidade em Vegetação Adjacente a uma Trilha de Uso Público em Floresta Estacional Semidecídua de Viçosa, MG, Brasil.. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil., 2007, Caxambu. VIII Congresso de Ecologia do Brasil. Caxambu, MG, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MEYER, L. ; REZENDE, V.L. ; MIRANDA, P. L. S. ; MOREIRA, C. V. ; LINHARES, M. F. M. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; EISENLOHR, P.V. . Tree species data providing support for conservation decisions in different elevation zones of the southeastern Atlantic semideciduous forest. In: 59th Symposium Annual of the International Association for Vegetation Science, 2016, Pirenópolis, GO. 59th Symposium Annual of the International Association for Vegetation Science. Pirenópolis, GO: IAVS, 2016.

2.
MACIEL, E. A. ; MARIMON, B. S. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. ; EISENLOHR, P.V. . Identificando espécies prioritárias para a conservação da Transição Cerrado-Amazônia a partir de metadados florísticos. In: 66º Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos, SP. 66º Congresso Nacional de Botânica. Santos, SP, 2015.

3.
JESUS, L. ; MACIEL, E. A. ; CUPERTINO-EISENLOHR, M. A. ; EISENLOHR, P.V. . Distribuição potencial da espécie de bambu lenhoso Guadua sarcocarpa Londoño & P.M.Peterson: efeitos das mudanças climáticas. In: 66º Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos, SP. 66º Congresso Nacional de Botânica. Santos, SP: Sociedade Botânica do Brasil, 2015.

4.
MEYER, L. ; EISENLOHR, P. V. ; MOSER, P. ; VIBRANS, A. C. ; LEMOS-FILHO, J. P. . How much sampling is enough? Insights from understory of rainforest. In: Simpósio Internacional de Ecologia e Evolução, 2014, Belo Horizonte. Anais do Simpósio Internacional de Ecologia e Evolução - 2014. Belo Horizonte, 2014.

5.
ARRUDA, D. M. ; EISENLOHR, P.V. . Can seasonally dry tropical forest demonstrate edge effects?. In: II International Symposium of Ecology and Evolution, 2014, Viçosa, MG. II International Symposium of Ecology and Evolution. Viçosa, MG, 2014.

6.
CUPERTINO, M.A. ; EISENLOHR, P.V. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Quais são os principais preditores da variação florística arbórea no estado de Minas Gerais, Brasil?. In: 64o Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte, MG. Anais do 64o Congresso Nacional de Botânica. Belo Horizonte: Sociedade Botânica do Brasil, 2013.

7.
CUPERTINO, M.A. ; REIS, C.R. ; ROCHA, M.J.R. ; EISENLOHR, P.V. . Composição florística do componente arbóreo em uma Área de Proteção Ambiental em Caratinga, Minas Gerais, Brasil. In: 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville, SC. Anais do 63 Congresso Nacional de Botânica. Joinville, SC, 2012.

8.
REZENDE, V.L. ; EISENLOHR, P.V. ; OLIVEIRA-FILHO, A. T. . Riqueza de espécies arbóreas para as fisionomia florestais de Santa Catarina. In: 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville, SC. Anais do 63 Congresso Nacional de Botânica. Joinville, SC: Sociedade Botânica do Brasil, 2012.

9.
GASPER, A. L. ; SALINO, A. ; EISENLOHR, P.V. . Diversidade de pteridófitas e as variáveis ambientais que influenciam a composição das espécies em Santa Catarina. In: 63o Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville, SC. Anais do 63o Congresso Nacional de Botânica. Joinville, SC: Sociedade Botânica do Brasil, 2012.

10.
BERNACCI, L. C. ; EISENLOHR, P.V. ; TORRES, R. B. ; MARTINS, F.R. ; ASSIS, M. A. ; GOMES, J.A.M.A. ; RAMOS, E. ; PRATA, E. M. B. ; ROCHELLE, A. L. C. ; CAMPOS, M.C.R. ; TAMASHIRO, J. Y. ; VIEIRA, S. A. ; ALVES, L. F. ; SIMOES, E. ; JOLY, C. A. . Variación de la composición y diversidad de árboles a lo largo de una elevación en la Mata Atlántica en Ubatuba - SP, Brasil. In: X Congreso Latinoamericano de Botánica, 2010, La Serene, Chile. X Congreso Latinoamericano de Botánica. La Serene, Chile, 2010.

11.
EISENLOHR, P.V.; BERNACCI, L. C. ; PRATA, E. M. B. ; MARTINS, F.R. ; JOLY, C. A. . Composition and diversity of arboreal component along a hillside in the Atlantic Rainforest, Ubatuba, Brazil. In: International Conference: Getting Post 2010. Biodiversity Targets Right., 2010, Bragança Paulista. International Conference: Getting Post 2010. Biodiversity Targets Right. Bragança Paulista, 2010. v. único.

12.
SILVA, A. V. ; EISENLOHR, P.V. ; Vieira, M. F. . Variações fenológicas de duas espécies de Piper L. (Piperaceae) em diferentes níveis de proximidade de uma trilha de Floresta Estacional Semidecídua em Viçosa, Minas Gerais. In: 61o Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus. Anais do 61o Congresso Nacional de Botânica. Manaus: Sociedade Botânica do Brasil, 2010.

13.
MELO, M.M.R.F. ; VILLAGRA, B. L. P. ; ROMANIUC NETO, S. ; SANTOS, A. C. L. ; HIRATA, J. K. R. ; EISENLOHR, P.V. . Estrutura das sinúsias arbórea, de trepadeiras e de epífitas vasculares de trecho da floresta ao longo de trilhas no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), SP, Brasil. In: X Congreso Latinoamericano de Botánica, 2010, La Serene, Chile. Anais do X Congreso Latinoamericano de Botánica. La Serene, Chile, 2010.

14.
ARRUDA, D. M. ; EISENLOHR, P.V. ; ESPIRITO-SANTO, M. M. . Fitossociologia em uma mata seca do Norte de Minas Gerais.. In: XXX Encontro Regional de Botânicos, 2010, Vitória, ES. Anais do XXX Encontro Regional de Botânicos. Vitória, ES: Sociedade Botânica do Brasil, 2010.

15.
MELO, M.M.R.F. ; VILLAGRA, B. L. P. ; ROMANIUC NETO, S. ; SANTOS, A. C. L. ; HIRATA, J. K. R. ; EISENLOHR, P.V. . Estrutura das comunidades arbórea, trepadora e epifítica ao longo de trilhas no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, SP, Brasil. In: 61o Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Anais do 61o Congresso Nacional de Botânica. Manaus, AM: Sociedade Botânica do Brasil, 2010.

16.
SILVA, A. V. ; Vieira, M. F. ; CARVALHO, K. J. ; Eisenlohr, Pedro V. . Fenologia reprodutiva de espécies de Piper L. (Piperaceae) em fragmento de Floresta Estacional Semidecídua em Viçosa, Minas Gerais. In: XIX Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa, 2009, Viçosa, MG. XIX Simpósio de Iniciação Científica. Viçosa, MG: UFV, 2009.

17.
SILVA, A. V. ; Vieira, M. F. ; CARVALHO, K. J. ; EISENLOHR, P.V. . Interferência de uma trilha no sucesso reprodutivo de espécies de Piper L. (Piperaceae) em fragmento de Floresta Estacional Semidecídua em Viçosa, Minas Gerais. In: XIX Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa, 2009, Viçosa, MG. XIX Simpósio de Iniciação Científica. Viçosa, MG: UFV, 2009.

18.
EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; SCHMAL, P. ; SILVA, A. V. ; MOREIRA, L. C. B. . Interferência de trilhas sobre a vegetação arbórea: estudo comparativo entre dois fragmentos de Floresta Atlântica na região sudeste do Brasil.. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal, RN. Resumos do 59o Congresso Nacional de Botânica. Natal, RN: Sociedade Botânica do Brasil, 2008.

19.
SILVA, A. V. ; SILVA, M.R. ; SCHMAL, P. ; CHAVES, M. P. B. ; OLIVEIRA, S. F. ; EISENLOHR, P.V. . Trilhas podem interferir na proporção entre espécies iniciais e tardias? Um estudo comparativo em dois fragmentos de floresta atlântica no sudeste brasileiro.. In: Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa, 2008, Viçosa, MG. Resumos do Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa. Viçosa, MG: UFV, 2008.

20.
SILVA, A. V. ; SILVA, M.R. ; SCHMAL, P. ; CHAVES, M. P. B. ; EISENLOHR, P.V. . Interferência de trilhas na dispersão de espécies arbóreas em dois fragmentos de floresta atlântica no sudeste do Brasil. In: Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa, 2008, Viçosa, MG. Resumos do Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa. Viçosa, MG: UFV, 2008.

21.
SILVA, A. V. ; EISENLOHR, P.V. ; MELO, M.M.R.F. ; SILVA, M.R. ; SCHMAL, P. ; NOTINI, M.M. ; CHAVES, M. P. B. . Método fitossociológico na investigação sobre o efeito de trilhas: representatividade florística. In: Encontro Regional de Botânicos MG/BA/ES, 2008, Carangola, MG. Resumos do Encontro Regional de Botânicos MG/BA/ES. Carangola, MG, 2008.

22.
EISENLOHR, P.V.; MELO, M.M.R.F. ; CHAVES, M. P. B. ; SILVA, A. V. ; ANDRADE, L. S. ; SOUSA, P. M. ; MOREIRA, L. C. B. ; MELO, N. M. J. . Trilhas podem modificar a vegetação adjacente? Um estudo pioneiro em uma Floresta Estacional Semidecídua de Viçosa, Minas Gerais. In: II Congresso Mineiro de Biodiversidade - COMBIO, 2008, Belo Horizonte. Resumos do II COMBIO - Congresso Mineiro de Biodiversidade. Belo Horizonte, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
Eisenlohr, Pedro V.. Gerenciamento e síntese de dados: o NeotropTree e as mais recentes descobertas sobre a vegetação da Mata Atlântica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
EISENLOHR, P.V.. O papel das instituições na formação do pesquisador. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
EISENLOHR, P.V.. Desembaraçando conceitos, ideias e perspectivas sobre conservação da biodiversidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
EISENLOHR, P.V.. Sistematizando conhecimentos nos domínios fitogeográficos do Brasil e novos desafios em análise de dados. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
EISENLOHR, P.V.. Ecologia e Conservação de Ecossistemas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
EISENLOHR, P.V.. Interferência de trilhas sobre a vegetação arbórea da Mata Atlântica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
EISENLOHR, P.V.. O conceito de Bioma. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
EISENLOHR, P.V.. Um Brasil que dá certo: o caso do distrito paulistano do Jardim Ângela. Viçosa 2005 (Biologia em Foco - PET Biologia da Universidade Federal de Viçosa).

2.
EISENLOHR, P.V.. Fatores envolvidos no comportamento suicida: um estudo junto à população de Campinas, SP. Viçosa, MG 2005 (Biologia em Foco - PET Biologia da Universidade Federal de Viçosa).

3.
EISENLOHR, P.V.. Arqueobactérias metanogênicas: sem elas, estaríamos aqui hoje?. Viçosa, MG 2004 (Biologia em Foco - PET Biologia da Universidade Federal de Viçosa).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Flora (Jena). 2018.

2.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Plant Ecology. 2017.

3.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Journal of Plant Ecology (Print). 2017.

4.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Diversity and Distributions. 2017.

5.
EISENLOHR, P.V.. Membro do Comitê Científico da UNEMAT (Portaria Nº 2063/2017-REITORIA). 2017.

6.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Acta Botanica Brasílica. 2016.

7.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Biodiversity and Conservation. 2016.

8.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Anais da Academia Brasileira de Ciências. 2016.

9.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Functional Ecology. 2016.

10.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Acta Oecologica (Montrouge). 2016.

11.
EISENLOHR, P.V.. Membro da Comissão encarregada de promover, supervisionar e acompanhar o processo seletivo simplificado da UNEMAT, Câmpus de Alta Floresta (Portaria Nº 2821/2016). 2016.

12.
EISENLOHR, P.V.. Membro da Comissão para estudo de ocupação e uso de espaço físico destinado aos Laboratórios da UNEMAT, Câmpus de Alta Floresta (Portaria Interna Nº 008/2016-DPPF-AFL). 2016.

13.
EISENLOHR, P.V.. Editor Associado - Acta Botanica Brasilica. 2016.

14.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Plant and Soil (Dordrecht. Online). 2016.

15.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Revista Brasileira de Biociências. 2015.

16.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Journal of Vegetation Science. 2015.

17.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Acta Amazonica. 2015.

18.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Biotropica. 2015.

19.
EISENLOHR, P.V.. Editor Associado - Biota Neotropica. 2015.

20.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Environmental Earth Sciences. 2014.

21.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - New Zealand Journal of Forestry Science. 2014.

22.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Journal of Biogeography. 2014.

23.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Ecological Research. 2014.

24.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Ecology and Evolution. 2014.

25.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Journal of Mountain Science. 2014.

26.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Austral Ecology. 2014.

27.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Revista Brasileira de Botânica. 2013.

28.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Rodriguesia. 2013.

29.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Cerne. 2013.

30.
Eisenlohr, Pedro Vasconcellos. Revisor - Bioscience Journal. 2012.

31.
EISENLOHR, P.V.. Revisor - Environmental Conservation. 2012.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
EISENLOHR, P.V.; CUPERTINO-EISENLOHR, M. A. ; SILVA, L. J. . Minicurso: 'Como prever a distribuição geográfica das espécies?'. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
EISENLOHR, P.V.. Conselho do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos. 2017. (Membro de Órgãos Colegiados).

3.
EISENLOHR, P.V.. Colegiado Regional - UNEMAT, Câmpus de Alta Floresta. 2017. (Membro de Órgãos Colegiados).

4.
EISENLOHR, P.V.. Publicar em Alto Nível: Bases da Redação Científica. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
EISENLOHR, P.V.. Colegiado de Faculdade - UNEMAT, Câmpus de Alta Floresta. 2015. (Membro de Órgãos Colegiados).

6.
EISENLOHR, P.V.; MEYER, L. . Minicurso: 'Desafios em análise de dados: armadilhas e sugestões para uma rotina estatística em Ecologia da Vegetação'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
EISENLOHR, P.V.; MEYER, L. . Minicurso 'Análise de Dados da Vegetação'. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Testes estatísticos: bases para aplicação em Ecologia". 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Bioestatística: bases para aplicação em Ecologia". 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Bioestatística básica". 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
EISENLOHR, P.V.. Revisor ad hoc de capítulos do livro "Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos". 2010. (Revisor ad hoc de capítulos de livro).

12.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Vegetação brasileira: fundamentos e diversidade". 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Fitogeografia do Brasil: Panorama geral". 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
EISENLOHR, P.V.. Minicurso: "Análise de dados da vegetação arbórea". 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
EISENLOHR, P.V.; Vieira, M. F. . Minicurso: "Flora Ornamental do Campus da Universidade Federal de Viçosa". 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
EISENLOHR, P.V.. Monitor Voluntário na disciplina "Diversidade Estrutural em Plantas", da UFV. 2007. (Monitoria).

17.
EISENLOHR, P.V.. Coordenação de Programa de Reforço Escolar. 2003. (Programa de Reforço Escolar).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GARLET, J.; EISENLOHR, P.V.; BOSCARDIN, J.. Participação em banca de Márcia Soares da Silva. Levantamento da Artropodofauna em diferentes usos do solo na Amazônia Meridional. 2018. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
SILVA, I. V.; ORIANI, A.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Andréia Aparecida Franco. Anatomia ecológica e fenologia reprodutiva de espécies de Rubiaceae de sub-bosque no norte de Mato Grosso, Brasil.. 2018. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

3.
SILVA, I. V.; ORIANI, A.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Angélica Oliveira Müller. Anatomia ecológica e fenologia de espécies de Melastomataceae arbustivas no norte de Mato Grosso, Brasil.. 2018. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

4.
EISENLOHR, P.V.; SANCHEZ, M.; MORAIS, V. A.. Participação em banca de Sandra Cristina Gallo. Composição florística e estrutura comunitária de herbáceas em área de afloramento rochoso na Amazônia Meridional. 2018. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

5.
EISENLOHR, P.V.; REZENDE, V.L.; FERNANDES, J. M.. Participação em banca de Loana Araújo Silva Souza. Variações na composição de espécies arbóreas ao longo da transição Cerrado-Amazônia: preditores ambientais e espaciais. 2018. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

6.
EISENLOHR, P.V.; SANCHEZ, M.; KOCH, A. K.. Participação em banca de Paola Pereira dos Santos. Efeitos do fogo no estrato herbáceo- subarbustivo de Cerrado típico e Cerrado rupestre no Parque Municipal do Bacaba, Nova Xavantina, Mato Grosso,. 2018. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

7.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.; GARLET, J.. Participação em banca de Rozangela Cristina Alves de Oliveira. Distribuição potencial de espécies de lianas na Transição Cerrado-Amazônia: efeitos preditivos de mudanças climáticas. 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

8.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA, U.; GARLET, J.. Participação em banca de Ricardo Claro Ortis. Conservação de espécies herbáceas na transição entre os dois maiores domínios fitogeográficos sul-americanos: mudanças climáticas afetarão a definição de áreas prioritárias?. 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

9.
EISENLOHR, P.V.; ROCHA, D. S. B.; GRESSLER, E.. Participação em banca de Dennis Rodrigues da Silva. Diversidade, estrutura e adequabilidade climática de espécies arbóreas sobre afloramento rochoso na Amazônia Meridional. 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

10.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.; MORAIS, V. A.. Participação em banca de Everton Alves Maciel. Definindo espécies e áreas prioritárias para conservação da biodiversidade na transição Cerrado-Amazônia. 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

11.
SILVA, I. V.; EISENLOHR, P.V.; BIERAS, A. C.; GRESSLER, E.. Participação em banca de Priscila Fernanda Simioni. Estratégias adaptativas morfoanatômicas de espécies vegetais predominantes em área de savana amazônica, Mato Grosso, Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

12.
CARVALHO, M. A. C.; LOPES, C. R. A. S.; EISENLOHR, P.V.; RODRIGUES, D. J.. Participação em banca de Fabiana Ferreira Cabral. Composição e estrutura da vegetação e serapilheira em ecossistemas florestais na Amazônia Meridional. 2016. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

13.
EISENLOHR, P.V.; LEUNG, R.; UMETSU, R.K.. Participação em banca de Pablo Henrique Fernandes Santos. Variação individual na dieta, estrutura trófica e ecomorfologia de peixes de riachos do Parque Estadual da Serra Azul no Médio Araguaia, Mato Grosso. 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

14.
KUNZ, S. H.; DIAS, H. M.; EISENLOHR, P. V.; CALLEGARO, R. M.. Participação em banca de Eduardo Alves Araújo. Estrutura, composição florística e relação vegetação-ambiente em Floresta Ombrófila Densa no Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

15.
CAIONE, G.; ROBOREDO, D.; YAMASHITA, O.; Eisenlohr, Pedro V.. Participação em banca de Wagner Gervazio. Agrobiodiversidade e qualidade do solo em quintais agroflorestais urbanos amazônicos no município de Alta Floresta ? MT. 2015. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

16.
LEMOS-FILHO, J. P.; EISENLOHR, P.V.; VIBRANS, A. C.; BUENO, M.. Participação em banca de Leila Meyer. Suficiência amostral e preditores ambientais da vegetação de sub-bosque da Mata Atlântica de Santa Catarina, Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
Eisenlohr, Pedro V.; DURIGAN, G.; SAMPAIO, M. B.. Participação em banca de Caio Jefiter dos Reis Santos Soares. Padrões de diversidade do componente arbustivo-arbóreo em diferentes escalas espaciais em fragmentos de Cerrado. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

18.
DAVIDE, A. C.; Eisenlohr, Pedro V.; BARROS, D. A.. Participação em banca de Roberta von Dollinger de Melo Carvalho. Regeneração natural em unidades demonstrativas implantadas para restauração de cobertura vegetal no Alto São Francisco - Minas Gerais. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras.

19.
SILVA JUNIOR, M. C.; EISENLOHR, P.V.; MUNHOZ, C. B. R.. Participação em banca de Felipe Meirelles Casella. O Cerradão e o cerrado sentido restrito no Parque Ecológico dos Pequizeiros, Distrito Federal. 2014. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade de Brasília.

20.
MUNHOZ, C. B. R.; EISENLOHR, P.V.; SILVA JUNIOR, M. C.. Participação em banca de Andrielle Cristine Medeiros de Souza. Comunidades de monocotiledôneas herbáceas e pteridófitas terrestres e suas relações com o ambiente em Mata de Galeria no Parque Nacional de Brasília. 2014. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade de Brasília.

21.
MARIMON-JÚNIOR, B.H.; EISENLOHR, P.V.; MATRICARDI, E. A. T.. Participação em banca de Isabelle Bonini. Consequências biogeoquímicas da conversão de floresta em plantio de soja e seringueira na transição Amazônia-Cerrado. 2014. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

22.
Pinto, J.R.R.; EISENLOHR, P.V.; Takahashi, F. Participação em banca de Pamela Moser. Vegetação arbórea e sua relação com fatores ambientais e espaciais em florestas de terra firme no noroeste de Rondônia, Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade de Brasília.

23.
BRANDO, P. M.; EISENLOHR, P.V.; TRUMBORE, S.. Participação em banca de Wanderley Rocha da Silva. Produtividade primária e ciclagem de carbono em floresta de transição intacta e queimada no sul da Amazônia. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

24.
MEIRA NETO, J. A. A.; EISENLOHR, P.V.; NERY, A. V.. Participação em banca de Taís Lacerda. Neutralismo, dinâmica e distribuições de abundância de espécies em florestas de galeria no Domínio do Cerrado. 2012. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

25.
MARIMON, B. S.; EISENLOHR, P.V.; LENZA, E.. Participação em banca de Paulo Sérgio Morandi. Composição florística, estrutura da vegetação e fitogeografia de florestas estacionais da transição cerrado-floresta amazônica, leste de Mato Grosso e sul do Pará, Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

26.
SANCHEZ, M.; EISENLOHR, P.V.; RESENDE, I. L. M.. Participação em banca de Carlos Kreutz. Variação temporal e fatores determinantes da estrutura da assembleia de samambaias e licófitas em matas de galeria do Parque Estadual da Serra Azul, Barra do Garças, MT. 2012. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Teses de doutorado
1.
MARIMON, B. S.; EISENLOHR, P.V.; SILVA, E. A.; SCALON, M. C.; RIBEIRO, G. E. P. M.. Participação em banca de Simone Matias de Almeida Reis. Efeito de fatores bióticos e abióticos na estrutura de florestas da borda sul-amazônica. 2018. Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia (Rede BIONORTE)) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
PINTO, JOSÉ ROBERTO R.; EISENLOHR, P.V.; MEDEIROS, M. B.; WALTER, B. M. T.. Participação em banca de Helena Lara Lemos. Cerrado Típico e Cerrado Rupestre no norte do Brasil: Composição florística, florístico-estrutural e fatores reguladores da vegetação arbustivo-arbórea. 2017. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade de Brasília.

3.
OLIVEIRA-FILHO, A. T.; EISENLOHR, P.V.; BUENO, M. L.; STEHMANN, J. R.; SILVEIRA, F.A.O.. Participação em banca de Vanessa Leite Rezende. Distribuição de espécies arbóreas e diversidade filogenética no sul da América do Sul. 2017. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
SANTOS, F. A. M.; EISENLOHR, P.V.; MEIRELLES, L. D.; SHIMIZU, G.; KOCH, I.. Participação em banca de Ivan Jeferson Sampaio Diogo. Biogeografia e Diversidade de Florestas Serranas Úmidas do Nordeste do Brasil. 2017. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
GRELLE, C. E. V.; EISENLOHR, P.V.; DUARTE, L. S.; SIQUEIRA, M. F.; MATTOS, E. A.. Participação em banca de Felipe Cito Nettesheim. Influence of Niche and Neutral Factors on Brazilian Atlantic Forest tree community. 2016. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AMORIM, A. M.; EISENLOHR, P. V.; CARVALHO, G.; MARIANO, E.; CAIAFA, A. N.. Participação em banca de Diogo Souza Bezerra Rocha. Diversidade vegetal em Floresta Atlântica no sul da Bahia: uma avaliação dos efeitos ambientais sobre a composição e estrutura da comunidade arbórea. 2016. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

7.
CORDEIRO, I.; EISENLOHR, P.V.; IVANAUSKAS, N. M.; SOUZA, F. M.; GOMES, E. P. C.. Participação em banca de Marcos Enoque Leite Lima. Dinâmica da Mata Atlântica de Paranapiacaba. 2015. Tese (Doutorado em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente) - Instituto de Botânica.

Qualificações de Doutorado
1.
EISENLOHR, P.V.; REZENDE, V.L.; FONTES, M. A. L.. Participação em banca de Luciene Castuera de Oliveira. Conexões fitogeográficas, riqueza, endemismo e filogenia de táxons arbóreos no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
SOUZA, S. A. M.; EISENLOHR, P.V.; KARSBURG, I. V.. Participação em banca de Juliana de Freitas Encinas Dardengo. Estrutura genética de populações e filogeografia molecular de Theobroma speciosum Willd. ex Spreng. (Malvaceae). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia (Rede BIONORTE)) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Qualificações de Mestrado
1.
EISENLOHR, P.V.; GRESSLER, E.; FERNANDES, J. M.. Participação em banca de Loana Araújo Silva Souza. Variações na composição de espécies arbóreas ao longo da transição Cerrado-Amazônia. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
EISENLOHR, P.V.; KOCH, A. K.; SANCHEZ, M.. Participação em banca de Sandra Cristina Gallo. Composição florística e estrutura comunitária de herbáceas sobre afloramento rochoso na Amazônia Mato-grossense. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

3.
EISENLOHR, P.V.; MORANDI, PAULO SÉRGIO; MARIMON-JÚNIOR, B.H.. Participação em banca de Paola Pereira dos Santos. Estrutura, diversidade e composição florística do estrato herbáceo-subarbustivo de Cerrado no Parque do Bacaba, Nova Xavantina-MT: variações relacionadas ao fogo e à fitofisionomia. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

4.
LIMA, M. G.; GARLET, J.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Maicon Diego Pinto Rossi. Análise de Séries Temporais em gradientes espaciais: compreendendo os efeitos da construção de barragens sobre a assembleia de borboletas frugívoras amazônicas. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

5.
MELO, F. R.; EISENLOHR, P.V.; UMETSU, R.K.. Participação em banca de Marluci Baldo Fachi. Distribuição potencial do jupará (Potos flavus Schreber 1774, Carnivora: Procyonidae) como preditora da conexão histórica entre a Floresta Amazônica e a Mata Atlântica. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

6.
ROSSI, A. A. B.; EISENLOHR, P.V.; DARDENGO, J. F. E.; HOOGERHEIDE, E. S. S.. Participação em banca de Eliane Cristina Moreno de Pedri. Diversidade genética, caracterização morfoagronômica e qualidade culinária de etnovariedades de mandioca em épocas de colheita. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

7.
Eisenlohr, Pedro Vasconcellos; SILVA, S. A. A.; LIMA, M. G.. Participação em banca de Pablo Henrique Fernandes Santos. Variação individual na dieta, estrutura trófica e ecomorfologia de peixes de riachos do Parque Estadual da Serra Azul no Médio Araguaia, Mato Grosso. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

8.
EISENLOHR, P.V.; RODRIGUES, D. J.; FERNANDES, J. M.. Participação em banca de Rozangela Cristina Alves de Oliveira. Distribuição potencial de espécies de lianas na transição Cerrado-Amazônia: efeitos preditos de mudanças climáticas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

9.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA, U.; FERNANDES, J. M.. Participação em banca de Ricardo Claro Ortis. Conservação de espécies herbáceas na transição entre os dois maiores domínios fitogeográficos da América do Sul: mudanças climáticas afetarão a definição de áreas prioritárias?. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

10.
LIMA, M. G.; EISENLOHR, P.V.; SILVA-JUNIOR, C. A.. Participação em banca de Marraiane Ana da Silva. A influência da morte súbita das pastagens para uma pecuária de baixo carbono na Amazônia. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

11.
EISENLOHR, P.V.; FERNANDES, J. M.; MORAIS, V. A.. Participação em banca de Everton Alves Maciel. Definindo áreas prioritárias para a conservação da diversidade de árvores na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

12.
SILVA, I. V.; EISENLOHR, P.V.; RUEDELL, C. M.; ROSSI, A. A. B.. Participação em banca de Priscila Fernanda Simioni. Estratégias adaptativas de 22 espécies vegetais predominantes em área de Savana Amazônica, Mato Grosso, Brasil. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

13.
CARVALHO, M. A. C.; LOPES, C. R. A. S.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Fabiana Ferreira Cabral. Decomposição e recomposição de serapilheira na Amazônia Meridional. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

14.
YAMASHITA, O. M.; CAIONE, G.; ROBOREDO, D.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Wagner Gervazio. Agrobiodiversidade e qualidade do solo em quintais agroflorestais urbanos amazônicos no município de Alta Floresta ? MT. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

15.
LENZA, E.; EISENLOHR, P.V.; UMETSU, R. K.. Participação em banca de Simone Matias de Almeida Reis. Efeito de diferentes distúrbios sobre a dinâmica de cerradões na transição Cerrado-Floresta Amazônica, leste de Mato Grosso. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

16.
LENZA, E.; EISENLOHR, P.V.; UMETSU, R. K.. Participação em banca de Letícia Gomes da Silva. Efeito do fogo sobre a dinâmica da vegetação lenhosa de um cerrado rupestre e um cerrado típico na transição cerrado-floresta amazônica, mato grosso, brasil. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ROSSI, A. A. B.; EISENLOHR, P.V.; TIAGO, A. V.. Participação em banca de Vinícius Delgado da Rocha.Diversidade genética de Hymenaea courbaril l. na Amazônia mato-grossense: implicações para a conservação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
EISENLOHR, P.V.; STEFANI, E. J. F.; MULLER, E. O.. Participação em banca de Juliana Sobreira Arguelho.Distribuição geográfica potencial de espécies prioritárias à restauração florestal na região de Alta Floresta, Mato Grosso. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

3.
WOJCIECHOWSKI, J. C.; EISENLOHR, P. V.; SILGUEIRO, V. F.. Participação em banca de Emanuelle Brugnara.Planejamento e priorização de Áreas de Preservação Permanente para restauração florestal visando à conectividade da paisagem no projeto de assentamento São Pedro em Paranaíta-MT. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

4.
EISENLOHR, P.V.; SILVA, D. R.; FERNANDES, J. M.. Participação em banca de Caterine Paes da Silva.Ocorrência de espécies arbóreas sob ameaça de extinção no Cerrado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

5.
SILVA, E. D. R.; ARANTES, J.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Elisângela Dellai da Silva.Relação entre a ocupação do território e a conservação ambiental, no sudoeste do Pará. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

6.
EISENLOHR, P. V.; COCHEV, J.; CUPERTINO-EISENLOHR, M. A.. Participação em banca de Valter de Souza Sá.Modelagem de distribuição preditiva de espécies como subsídio para recuperação para áreas degradadas: um estudo de caso com Copaifera langsdorffii Desf.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

7.
PAIXAO, J. S.; EISENLOHR, P.V.; LIMA, M. G.. Participação em banca de Luiz Paulo Araújo de Oliveira.Estudo taxonômico da megafauna quaternária do acervo paleontológico do Museu de História Natural de Alta Floresta. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

8.
EISENLOHR, P.V.; SILVA, I. V.; OLIVEIRA, R. C. A.. Participação em banca de Leandro José da Silva.Modelagem preditiva de distribuição geográfica de espécies ameaçadas de extinção em área de ecótono Cerrado?Floresta Amazônica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

9.
EISENLOHR, P.V.; RUEDELL, C. M.; CUPERTINO-EISENLOHR, M. A.. Participação em banca de Priscila Bispo Paixão.Distribuição potencial de samambaias ocorrentes na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

10.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA, L. C.; ORTIS, R. C.. Participação em banca de Marciana dos Santos da Silva.Espécies arbóreas raras da transição Cerrado-Amazônia: podem as atuais Unidades de Conservação protegê-las?. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

11.
CUPERTINO-EISENLOHR, M. A.; ARRUDA, V. M.; EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Aryane Carvalho Lima.Padrões de distribuição geográfica de flebotomíneos no estado de Mato Grosso. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

12.
EISENLOHR, P.V.; FERNANDES, J. M.; SILVA, E. D. R.. Participação em banca de Lucilene de Jesus.Distribuição potencial de bambus lenhosos (Guadua paniculata Munro e G. refracta Munro) ocorrentes na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

13.
EISENLOHR, P.V.; PAIXAO, J. S.; PESSOA, M. J. G.. Participação em banca de Maria Marta Marconato Guisoni.Terra Preta de Índio: análise e caracterização físico-química de possíveis solos antropogênicos no município de Alta Floresta - Mato Grosso. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

14.
EISENLOHR, P.V.; NEVES, D.R.M.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.. Participação em banca de Cecília Valladares Moreira.Padrões fitogeográficos preliminares da flora arbórea da floresta estacional semidecidual Atlântica do sudeste do Brasil e correlações com variáveis ambientais. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
EISENLOHR, P.V.; SILVEIRA, F.A.O.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.. Participação em banca de Mariana Fonseca de Magalhães Linhares.Estado de conservação das espécies arbóreas em diferentes altitudes na floresta estacional semidecidual Atlântica do sudeste do Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
GUERRA, T.J.A.; EISENLOHR, P.V.; STARLING, M.F.V.. Participação em banca de Luiza Gabriela Mendonça de Resende.Fitossociologia da Mata da PUC Minas. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

17.
EISENLOHR, P.V.. Participação em banca de Priscila Muniz de Souza.Composição florística, estrutura e efeito de uma trilha em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual, Reserva Oikós, Timóteo, Minas Gerais. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Leste de Minas Gerais.

18.
EISENLOHR, P.V.; NUNES, Y. R. F.; ESPIRITO-SANTO, M. M.. Participação em banca de Daniel Meira Arruda.Uma pastagem pode exercer efeito de borda sobre a composição florística e a diversdiade de uma floresta tropical seca?. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Montes Claros.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LOPES, C. R. A. S.; EISENLOHR, P. V.; FERNANDES, J. M.. Teste seletivo simplificado de Provas e Títulos - Professor Substituto. 2015. Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
EISENLOHR, P.V.; BLEICH, M. E.; SILVA, S. A. A.. Teste seletivo simplificado de Provas e Títulos - Professor Substituto. 2015. Universidade do Estado de Mato Grosso.

3.
EISENLOHR, P.V.; BORGES, G.; EBURNEO, L.. Teste seletivo simplificado de Provas e Títulos - Professor Substituto. 2015. Universidade do Estado de Mato Grosso.

4.
EISENLOHR, P.V.; OLIVEIRA, L. C.; BENTO, K. D.. Teste seletivo simplificado de Provas e Títulos - Professor Substituto. 2015. Universidade do Estado de Mato Grosso.

5.
EISENLOHR, P.V.; LOPES, C. R. A. S.; FERNANDES, J. M.; SILVA, I. V.; BRAGA, L. F.. Teste seletivo simplificado de Provas e Títulos - Professor Substituto. 2014. Universidade do Estado de Mato Grosso.

Outras participações
1.
EISENLOHR, P.V.; SILVA, I. V.; CARVALHO, M. A. C.; YAMASHITA, O. M.. Processo seletivo - Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos. 2016. Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
EISENLOHR, P.V.; MARIMON, B. S.; LIMA JUNIOR, D. P.; GUILHERME, F. A. G.. Processo seletivo - Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação - UNEMAT/Nova Xavantina. 2013. Universidade do Estado de Mato Grosso.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
8a Reunião de Acompanhamento e Avaliação do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração - PELD/CNPq. 2013. (Oficina).

2.
63 Congresso Nacional de Botânica. Simpósio "Vegetação e Mudanças globais: desafios, possibilidades e sistematização do conhecimento". 2012. (Congresso).

3.
62o Congresso Nacional de Botânica. Lançamento do livro "Fitossociologia no Brasil: Métodos e Estudos de Casos". 2011. (Congresso).

4.
I Workshop - Modelos preditivos de distribuição de espécies: aplicações, desafios e perspectivas. 2011. (Oficina).

5.
61o Congresso Nacional de Botânica. Variações fenológicas de duas espécies de Piper L. (Piperaceae) em diferentes níveis de proximidade de uma trilha de Floresta Estacional Semidecídua em Viçosa, Minas Gerais. 2010. (Congresso).

6.
58o Congresso Nacional de Botânica. Estudos multidisciplinares da vegetação adjacente a trilhas no município de Viçosa, MG, Brasil.. 2007. (Congresso).

7.
X Congresso Brasileiro de Arborização Urbana. Espécies arbóreas empregadas na ornamentação do campus-sede da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, Brasil. 2006. (Congresso).

8.
56o Congresso Nacional de Botânica. Levantamento Preliminar das fanerógamas ornamentais do campus da Universidade Federal de Viçosa. 2005. (Congresso).

9.
Fórum Mundial de Educação. 2004. (Congresso).

10.
III Simpósio sobre Educação à Distância. 2004. (Simpósio).

11.
VII Encontro dos Grupos PET Biologia de Minas Gerais. 2004. (Encontro).

12.
XII Congresso da Sociedade Brasileira de Biologia Celular. 2004. (Congresso).

13.
XXXIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular. 2004. (Congresso).

14.
XXII Semana Acadêmica de Biologia: O Homem e seus (Ecos) Sistemas. 2003. (Simpósio).

15.
XXX Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular. Marker Assisted Selection for low linolenic acid content in soybean seeds. 2001. (Congresso).

16.
II Congresso Nacional de Bem-Estar Animal e I Congresso Latino-Americano de Bem-Estar Animal. 1998. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
EISENLOHR, P.V.; CAIONE, G. ; DA SILVA, IVONE VIEIRA ; WOJCIECHOWSKI, J. C. . I Simpósio Científico Integrado da UNEMAT. 2017. (Outro).

2.
EISENLOHR, P.V.. Simpósio: "Gerenciamento e síntese de dados sobre a vegetação do Brasil: ligando conhecimento de base às demandas da biologia da conservação". 2015. (Congresso).

3.
EISENLOHR, P.V.. Simpósio "Vegetação e Mudanças globais: desafios, possibilidades e sistematização do conhecimento". 2012. (Congresso).

4.
EISENLOHR, P.V.. Mesa-Redonda: "Sistematização do conhecimento sobre a vegetação brasileira". 2012. (Congresso).

5.
EISENLOHR, P.V.. 58o Congresso Nacional de Botânica - Sessão de Painéis e Resumos. 2007. (Congresso).

6.
EISENLOHR, P.V.. Semana Acadêmica de Biologia.. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Jôine Cariele Evangelista do Vale. Flora de angiospermas arbóreas e sua utilização potencial por comunidades rurais na Amazônia Meridional. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso. (Orientador).

2.
Lucas Barros da Rosa. Em definição. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal de Mato Grosso. (Orientador).

3.
Islandia Silva Pereira. Variação da diversidade filogenética em comunidades arbóreas da transição Cerrado-Amazônia. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso. (Orientador).

4.
Samara Santos de Souza Bueno. Influência dos solos sobre a variação na composição e diversidade de espécies vegetais na Amazônia Meridional e Transição Cerrado-Amazônia. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

5.
Leandro José da Silva. Transição entre Cerrado e Amazônia: utilizando modelos de adequabilidade de habitat para o planejamento de áreas prioritárias para conservação da biodiversidade. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
João Carlos Pires de Oliveira. Adequabilidade de habitat de angiospermas na transição Cerrado-Amazônia: implicações para a restauração ecológica. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

7.
Cleide Carnicer. História biogeográfica da pacarana (Rodentia: Dinomidae: Dinomis branickii): implicações para a conservação. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Domingos Lucas dos Santos Silva. Fitogeografia, filogenia e modelos de adequabilidade de habitat de plantas vasculares em ambientes rupestres neotropicais. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Luciene Castuera de Oliveira. Composição, riqueza e distribuição potencial do componente arbóreo no Brasil e suas implicações para a conservação. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Laryssa Sonia Santana da Silva. Clareiras naturais: estrutura, regeneração e diversidade de espécies em um fragmento florestal na transição Cerrado-Amazônia. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Eduarda Karuline Duarte Morais. Indicadores de avaliação de efeito de borda em um fragmento florestal na transição Cerrado-Amazônia. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Paola Pereira dos Santos. Efeitos do fogo no estrato herbáceo- subarbustivo de Cerrado típico e Cerrado rupestre no Parque Municipal do Bacaba, Nova Xavantina, Mato Grosso,. 2018. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

2.
Dennis Rodrigues da Silva. Diversidade, estrutura e adequabilidade climática de espécies arbóreas sobre afloramento rochoso na Amazônia Meridional. 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

3.
Sandra Cristina Gallo. Composição florística e estrutura comunitária de herbáceas em área de afloramento rochoso na Amazônia Meridional. 2016. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

4.
Loana Araújo Silva Souza. Variações na composição de espécies arbóreas ao longo da transição Cerrado-Amazônia: preditores ambientais e espaciais. 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

5.
João Paulo de Maçaneiro. Florística, estrutura fitossociológica e o efeito das variáveis ambientais em uma comunidade arbóreo-arbustiva de um trecho de Floresta Ombrófila Densa Atlântica em Brusque, SC. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

6.
Leila Meyer. Suficiência amostral e preditores ambientais da vegetação de sub-bosque da Mata Atlântica de Santa Catarina, Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

7.
Wagner Gervazio. Agrobiodiversidade e qualidade do solo em quintais agroflorestais urbanos no município de Alta Floresta ? MT. 2015. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

8.
Ricardo Claro Ortis. Conservação de espécies herbáceas na transição entre os dois maiores domínios fitogeográficos sul-americanos: mudanças climáticas afetarão a definição de áreas prioritárias?. 2015. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

9.
Rozangela Cristina Alves de Oliveira. Distribuição potencial de espécies de lianas na Transição Cerrado-Amazônia: efeitos preditivos de mudanças climáticas. 2015. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

10.
Leonardo Maracahipes dos Santos. Perfil florístico-estrutural, relação solo-vegetação e dinâmica de comunidades de cerrado na transição Cerrado-Amazônia, Mato Grosso, Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

11.
Mariana Piacesi Batista Chaves. Estrutura, dinâmica e diversidade em um fragmento de Floresta de Galeria em Itutinga (MG) durante dezoito anos. 2014. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

12.
Pedro Luiz Silva de Miranda. Estrutura, composição e diversidade do estrato arbóreo de três fragmentos florestais urbanos de Belo Horizonte com diferentes históricos de impacto. 2014. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

13.
Cristiane Dias e Sarmento. Florística, diversidade e estoque de biomassa viva acima do solo em diferentes fisionomias de cerrado no Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais, Brasil. 2014. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

14.
Josias Oliveira dos Santos. Influência dos fatores edáficos sobre a composição florística e estrutura da vegetação em áreas de cerrado típico e ralo no Parque Estadual da Serra Azul. 2014. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

15.
Everton Alves Maciel. Definindo espécies e áreas prioritárias para conservação da biodiversidade na transição Cerrado-Amazônia. 2014. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

16.
Pablo Henrique Fernandes Santos. Variação individual na dieta, estrutura trófica e ecomorfologia de peixes de riachos do Parque Estadual da Serra Azul no Médio Araguaia, Mato Grosso. 2014. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

17.
Priscila Fernanda Simioni. Estratégias morfoanatômicas foliares de espécies de Savana Amazônica, Mato Grosso, Brasil. 2014. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos) - Universidade do Estado de Mato Grosso, . Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

18.
Vanessa Leite Rezende. Padrões Fitogeográficos da Flora Arbórea do Estado de Santa Catarina. 2013. Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

19.
Paulo Sérgio Morandi. Padrões fitogeográficos de florestas estacionais da transição Cerrado-Floresta Amazônica no leste de Mato Grosso. 2012. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

Tese de doutorado
1.
Felipe Zamborlini Saiter. Padrões fitogegráficos da região central do Domínio Atiântico brasileiro. 2015. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

2.
Henrique Augusto Mews. Padrões florísticos, de abundância e de diversidade alfa de espécies lenhosas em áreas de cerrado sentido restrito sobre dois substratos no Estado de Goiás, Brasil. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Morgana Flávia Rodrigues Rabelo. Influência do ambiente e espaço sobre a composição de espécies arbóreas em um gradiente de vegetação complexo no Brasil. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Avaliação de Impactos Ambientais e RAD) - Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

2.
Rafaela Pataro Dutra. Identificação de áreas prioritárias para conservação em região de transição entre os biomas Cerrado-Amazônia, Brasil. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Avaliação de Impactos Ambientais e RAD) - Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

3.
Thaís Jeanne R. de Carvalho Mota. Aplicação de estudos florísticos e fitossociológicos na Restauração de Áreas Degradadas da Mata Atlântica, no Sudeste brasileiro. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Avaliação de Impactos Ambientais e RAD) - Centro Universitário de Belo Horizonte. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

4.
Letícia Valente Campos. Educação ambiental no campo e utilização de práticas agroecológicas: um estudo de caso nos municípios de fervedouro e são francisco do glória/mg. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - FAVALE - Unidade Associada à UEMG. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

5.
Lídia Alvim Lopes. Educação ambiental como ferramenta na prevenção do tráfico de animais silvestres no município de Carangola, Minas Gerais. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - FAVALE - Unidade Associada à UEMG. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

6.
Cristina Aparecida Alves. Percepção ambiental de moradores da Área de Proteção Ambiental da Seritinga - São João do Manhuaçu-MG. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - FAVALE - Unidade Associada à UEMG. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

7.
Pamela Queiroz da Silva. Etnoecologia como subsídio à conservação da fauna e flora da APAM Morre da Torre, Carangola, Minas Gerais. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - FAVALE - Unidade Associada à UEMG. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

8.
Sabrina Sanglard Verly. Educação ambiental para alunos do ensino fundamental com vistas à conservação da fauna e flora: um estudo de caso em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural de Alto Jequitiba - MG. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental) - FAVALE - Unidade Associada à UEMG. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Juliana Sobreira Arguelho. Distribuição geográfica potencial de espécies prioritárias à restauração florestal na região de Alta Floresta, Mato Grosso. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

2.
Valter de Souza Sá. Modelagem de distribuição preditiva de espécies como subsídio para recuperação para áreas degradadas: um estudo de caso com Copaifera langsdorffii Desf.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

3.
Caterine Paes da Silva. Ocorrência de espécies arbóreas sob ameaça de extinção no Domínio do Cerrado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

4.
Marciana dos Santos da Silva. Espécies arbóreas raras da transição Cerrado-Amazônia: podem as atuais Unidades de Conservação protegê-las?. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

5.
Priscila Bispo Paixão. Distribuição potencial de samambaias ocorrentes na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

6.
Lucilene de Jesus. Distribuição potencial de bambus lenhosos (Guadua paniculata Munro e G. refracta Munro) ocorrentes na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

7.
Leandro José da Silva. Modelagem preditiva de distribuição geográfica de espécies ameaçadas de extinção em área de ecótono Cerrado?Floresta Amazônica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

8.
Daniel Meira Arruda. Efeito de borda causado por pastagem pode alterar composição florística e estrutura em Floresta Estacional Decídua?. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

Iniciação científica
1.
Juliana Sobreira Arguelho. Modelagem de distribuição potencial de espécies candidatas à restauração florestal em área de ecótono Cerrado-Amazônia. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

2.
Sara Mineli Caioni Cardoso. Espécies de interesse medicinal na transição Cerrado-Amazônia: distribuição atual e futura. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

3.
Priscila Bispo Paixão. Distribuição potencial de espécies de samambaias ocorrentes na transição Cerrado-Amazônia. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

4.
Marciana dos Santos da Silva. Espécies arbóreas raras da transição Cerrado-Amazônia e as mudanças climáticas: podem as atuais unidades de conservação protegê-las?. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.

5.
Leandro José da Silva. Modelagem preditiva de distribuição potencial de espécies arbóreas ameaçadas de extinção na Transição Cerrado?Amazônia. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Pedro Vasconcellos Eisenlohr.



Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
EISENLOHR, P.V.; CAIONE, G. ; DA SILVA, IVONE VIEIRA ; WOJCIECHOWSKI, J. C. . I Simpósio Científico Integrado da UNEMAT. 2017. (Outro).





Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 21:54:39