Juliana Mio de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8788297066328484
  • Última atualização do currículo em 22/04/2018


Pesquisadora da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri. Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003) e mestrado em Engenharia Civil, área de concentração Cadastro Técnico Multifinalitário pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Topografia/Geodésia, Cartografia,Cartografia para Web e Sistemas de Informações Geográficas, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto , ortorretificação, geoprocessamento, cadastro técnico multifinalitário, gestão territorial, meio ambiente, controle de qualidade de produtos cartográficos, análise espacial e sistemas de mapas para a web. Atualmente doutoranda em Geografia: Ciências da Informação Geográfica do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa - IGOT/ULisboa em Portugal. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Juliana Mio de Souza
Nome em citações bibliográficas
SOUZA, Juliana Mio de

Endereço


Endereço Profissional
Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, ciram.
Rodovia Admar Gonzaga, 1347
Itacorubi
88034901 - Florianópolis, SC - Brasil
Telefone: (48) 36655157
URL da Homepage: www.epagri.sc.gov.br


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2006
Mestrado em Engenharia Civil.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Análise da qualidade cartográfica dos dados da Shuttle Radar Topography Mission-SRTM,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Ruth Emília Nogueira Loch.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: qualidade cartográfica; sensoriamento remoto; Modelo Digital de Elevação da SRTM; ortorretificação; cadastro técnico multifinalitário.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Sensoriamento Remoto.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: GEOPROCESSAMENTO.
Setores de atividade: Outros.
1997 - 2003
Graduação em Engenharia Cartográfica.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Estudo sobre a Dispersão de Mata Nativa e Corredores Ecológicos na UGRHI-22 usando Sensoriamento Remoto e Índices de Paisagem.
Orientador: Maria de Lourdes Trindade Galo.




Formação Complementar


2016 - 2016
CCIR, da atualização à descaracterização do imóvel. (Carga horária: 2h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2016 - 2016
Drones para análise ambiental. (Carga horária: 1h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2015 - 2015
A invasão do drones no Brasil. (Carga horária: 2h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2015 - 2015
Do mundo das ideias às ideias no mundo. (Carga horária: 1h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2015 - 2015
A invasão do drones no Brasil, na Agricultura. (Carga horária: 1h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2015 - 2015
Por dentro dos Vants. (Carga horária: 1h).
Instituto Geoeduc, GEOEDUC, Brasil.
2013 - 2013
Curso Básico de Corel Draw X6. (Carga horária: 12h).
Agência Célula Comunicação, ACC, Brasil.
2013 - 2013
Curso Básico de Photoshop cs5. (Carga horária: 12h).
Agência Célula Comunicação, ACC, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento Fundamentos do ERDAS IMAGINE I e II. (Carga horária: 40h).
Santiago & Cintra Consultoria, SCCON, Brasil.
2012 - 2012
IIReunião da Rede Bras. de Pesquisa em MDS. (Carga horária: 32h).
Embrapa Solos, EMBRAPA, Brasil.
2008 - 2008
Ciclo de Curso de Atualização em Direito Ambiental. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2005 - 2005
· Curso de Geoestatística e Tópicos da Estatística. (Carga horária: 30h).
Empresa Brasileria de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
2005 - 2005
Geoestatística na análise de dados geográficos. (Carga horária: 8h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2004 - 2004
O que há de novo no ArcGis 9.0. (Carga horária: 16h).
Centro de treinamento Imagem, IMAGEM, Brasil.
2004 - 2004
Introdução ao ArcSDE. (Carga horária: 24h).
Centro de treinamento Imagem, IMAGEM, Brasil.
2001 - 2001
Curso Básico de Microstation. (Carga horária: 48h).
Divisão de Levantamentos General Alfredo Vidal, DL, Brasil.
2001 - 2001
Curso Básico de I /Ras B. (Carga horária: 12h).
Divisão de Levantamentos General Alfredo Vidal, DL, Brasil.
2001 - 2001
Curso de I Geovec. (Carga horária: 12h).
Divisão de Levantamentos General Alfredo Vidal, DL, Brasil.
2001 - 2001
Curso de Validação. (Carga horária: 15h).
Divisão de Levantamentos General Alfredo Vidal, DL, Brasil.
2001 - 2001
Fotogrametria Digital. (Carga horária: 16h).
Instituto Militar de Engenharia, IME, Brasil.
2001 - 2001
Torrequedista. (Carga horária: 8h).
Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil, CI PQDT, Brasil.
2000 - 2000
Curso Básico de Perícia na Área de Engenharia Cart. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 40

Atividades

1/1999 - 3/1999
Estágios , Departamento de Cartografia, .

Estágio realizado
Implantação do Cadastro Técnico Multifinalitário no município de Presidente Vesceslau.

Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, EPAGRI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Ag. Tec. de Formação SuperiorIII-Pesquisadora, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: serviço técnico especializado, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: serviço técnico especializado, Carga horária: 30

Atividades

2006 - 2008
Serviços técnicos especializados , ciram, Geoprocessamento.

Serviço realizado
Consultoria em Cartografia e Geoprocessamento.
2004 - 2005
Serviços técnicos especializados , Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC, .

Serviço realizado
interpretação visual e automática de imagens, estruturação de dados, layouts, levantamento de campo com GPS.

Engenharia e Mapeamento Ltda, ENGEMAP, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: estagiária, Enquadramento Funcional: estagiária, Carga horária: 40

Atividades

8/2002 - 2/2003
Estágios , Setor de Geoprocessamento, .

Estágio realizado
Montagem e edificação de mapas digitais em software gráfico;processamento digital de imagens;auxílio a operação do sistema de informação geográfica; elaboração de dados para SIG.

Divisão de Levantamentos General Alfredo Vidal, DL, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 40

Atividades

1/2001 - 2/2001
Estágios , Federal, Unidade de Levantamentos do Exército.

Estágio realizado
Cartografia Automatizada.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Avaliação da qualidade geométrica dos produtos cartográficos do Levantamento Aerofotogramétrico do Estado de Santa Catarina realizado no período de 2010 a 2012
Descrição: O controle de qualidade de um produto cartográfico é uma fase extremamente importante no processo de produção de mapas. O Levantamento Aerofotogramétrico de Santa Catarina realizado no período de 2010 a 2012 gerou um conjunto de produtos cartográficos que necessitam de validação quanto à sua precisão geométrica para que a confecção de mapas e modelos derivados dele sejam confiáveis.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Rede Climasul - Rede Sul Brasileira de pesquisas sobre mudanças climáticas e prevenção aos desastres naturais
Descrição: Sub-projeto: Implementação, Carga e Operacionalização de Banco de Dados e Metadados. Instituições: SIMEPAR/PR, EPAGRI/SC e FEPAGRO/RS. Coordenação Geral Cesar Augustus Assis Beneti (Simepar). Coordenação em Santa Catarina - Carlos Eduardo Sales Araújo (Epagri).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Desenvolvimento de metodologia para a estruturação de um modelo de PSA (Pagamento por Serviços Ambientais) como estratégia de desenvolvimento regional sustentável
Descrição: Este projeto propõe o desenvolvimento de uma metodologia para o levantamento de potencial e operacionalização de PSA, com uso de técnicas de geoprocessamento, analise multicritério e planejamento participativo. Este desenvolvimento tem por base a integração de informações de produção agrícola/uso da terra com as regras definidas na legislação buscando definir a melhor estratégia de priorização de áreas e candidatos aos recursos previsto pela lei de PSA Estadual, LEI Nº 15.133 , definindo /adaptando uma cadeia de resultados (MMA.2012), fluxos e processos de produção sustentável buscando equacionar a relação sobrevivência x preservação e tem como área piloto a comunidade do Rio da Prata no município de Anitápolis encravada no Bioma da Mata Atlântica. A lei e PSA estipula como diretrizes, no CAPITULO I, Artigo 4 ,dentre outros, o pagamento de serviços ambientais como forma de promover o desenvolvimento sustentável, através da recuperação, proteção preservação e manutenção dos recursos naturais/biodiversidade e reconhece a contribuição da agricultura familiar , pesca artesanal, povos indígenas e comunidades tradicionais para a conservação ambiental; Estabelece também a utilização e gestão desses recursos em áreas prioritárias. Apesar dos enquadramentos estarem bem estruturados não há metodologia definida de como proceder os levantamentos e ranqueamento das áreas candidatas de maneira objetiva e imparcial. Tampouco estão definidos de maneira clara fluxos e processos legais identificados de maneira a prover a aplicabilidade da lei de pagamento de PSA, de forma participativa, e que possa ser replicado para o maior numero de situações. A pequisa aqui proposta pretende identificar as melhores formas de levantamento de elementos de decisão que vai do nível macro com a identificação do enquadramento prioritário de uma área aos programas previstos na legislação à quantificação das áreas candidatas, documentação da propriedade, relevância para a preservação e quaisquer.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Manutenção dos Sistemas de Informações Florístico-Florestais de Santa Catarina - SIFFSC
Descrição: Devido a grande necessidade de dados e informações para estabelecer estratégias adequadas ao manejo e consevação das florestas nativas de Santa Catarina e a fim de dar continuidade ao que já foi desenvolvido para construção dos SIFFSC ( Portal, Sistema de Visualização dos dados Florestais - Vinflor e Sistema de Mapas para Web) o presente projeto tem como objetivo manter os SIFFSC operacional e atualizado, realizando atualização de conteúdo bem como implementação de melhorias e ajustes nas ferramentas de consulta e visualização das informações..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
Sistemas de Informações Florístico-Florestais de Santa Catarina
Descrição: Os Sistemas de Informações Florístico-Florestais de Santa Catarina (SIFFSC) são sistemas computacionais desenvolvidos para atender a necessidade de armazenamento e disponibilização dos dados do projeto Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina (IFFSC). O principal objetivo deste sistema consiste em integrar os dados às ferramentas de visualização web/local permitindo o acesso direto e a geração de informações. Os dados provenientes das metas do projeto foram estruturados em bancos de dados relacionais com componentes alfanuméricos e geográficos. Os sistemas desenvolvidos foram: o Portal, com o objetivo de disponibilizar informações do projeto do IFFSC; o Vinflor - Sistema de Visualização de Informações Florestais (acesso restrito), baseado em Business Intelligence ? BI e desenvolvido na ferramenta QlikView, que possibilita consultas de forma cruzada aos dados, no formato de gráficos e tabelas; o Sistema de Mapas para Web (acesso livre), integrando os dados alfanuméricos e geográficos, programado em Flex sobre a plataforma GisServer, que permite consultas do tipo, ocorrência de espécies, índices florestais/genotipagem, fotos, gráficos e relatórios e considera referências espaciais como unidade amostral, mesorregião, microrregião, bacia hidrográfica, etc. Também foram desenvolvidos dois sistemas de apoio que operam localmente: o sistema Herbária utilizado pelos herbários catarinenses para armazenamento das exsicatas e o sistema LSA para digitação e validação dos dados dos questionários do levantamento socioambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Juliana Mio de Souza - Coordenador / Emanuela S.P. Pinto - Integrante / Joelma Miszinski - Integrante / Eduardo Nathan Antunes - Integrante / Fernanda Maraschin - Integrante / Suely Lewenthal Carrião - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2009 - 2011
INVENTÁRIO FLORÍSTICO FLORESTAL DE SANTA CATARINA ? Caracterização Socioeconômica e Sistema de Informações Florestais ? Fase III ? Final
Descrição: Este projeto de pesquisa visa realizar a terceira e última fase das metas 4 e 5 (Caracterização socioeconômica do uso dos recursos florestais nativos e aperfeiçoamento do Sistema de Informações Florestais, respectivamente). Em complementação às informações secundárias e às obtidas pelos demais grupos de pesquisa do IFFSC, serão identificadas, através de uma ampla pesquisa junto às comunidades, as espécies mais importantes do ponto de vista socioeconômico e cultural para cada região do Estado, a importância desses recursos para àquelas populações, as percepções sócioculturais em relação às florestas nativas, seus usos atuais e potenciais e os locais de maior utilização. Finalmente, o conjunto de informações coletadas e trabalhadas nesta fase e nas fases anteriores, será organizado em um Sistema de Informações Florestais, sedimentado em bancos de dados integrados das diversas metas, com dados alfanuméricos e georreferenciados dos recursos florestais de Santa Catarina. Assim, o sistema de informações florestais web, na arquitetura de um portal de informações, possibilitará a consulta dos dados do Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina, no formato de relatórios, gráficos e mapas além de acesso às notícias, documentos, galeria de fotos e links relacionados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2010
Sistema de Alerta para Fenômenos Meteorológicos Extremos
Descrição: Avaliação da vulnerabilidade do território às ações de fenômenos climáticos extremos.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2009
Planos Locais de Desenvolvimento da Maricultura - PLDM
Descrição: Zoneamento de áreas potenciais para implantação de parques aquícolas no litoral de Santa Catarina.Elaboração dos 11volumesde mapas temáticos por município ( Itapoá, São Chico Norte São Chico Sul e Barra do Sul; Penha; Balneário Camboriú, Itapema e Porto Belo; Bombinhas; Governador celso Ramos; Florianópolis Baia Norte e Florianópolis Baía Sul; Biguaçu; São José; Palhoça; Laguna e Jaguaruna; Integral - Santa Catarina).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
Desenvolvimento de um sistema de informação para regionalização do controle e monitoramento da vegetação sob as redes elétricas - Fase2
Descrição: aspecto mais inovador deste projeto diz respeito à aplicação de diversas áreas do conhecimento integradas pelo uso de técnicas de geoprocessamento e meteorologia aplicada para o monitoramento e controle da vegetação sob as linhas de distribuição/transmissão. O projeto original foi proposto tendo como objetivo principal o estabelecimento de um sistema automatizado de "alerta" da necessidade de corte abaixo das linhas de energia elétrica através, dentre outros, com uso de técnicas de geoprocessamento. Outro aspecto importante diz respeito à questão operacional de implementação do protótipo de alerta ao nível institucional. Neste sentido fazia-se necessário desenvolver metodologia especifica tanto para a determinação da área de abrangência dos modelos de crescimento vegetativo como para a implementação do aplicativo para as linhas de energia na área extrapolada...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Cartografia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Cartografia/Especialidade: Controle de qualidade cartográfica.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: SIG/Geoprocessamento.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Sensoriamento Remoto.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Fotogrametria.
6.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Cadastro Técnico Multifinalitário.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GARBOSSA, L. H. P.2014GARBOSSA, L. H. P. ; VANZ, A. ; SOUZA, R. V. ; SOUZA, Juliana Mio de ; RUPP, G. S. . Modelo de utilidade de marégrafo de boia e contrapeso com estrutura compacta. Agropecuária Catarinense, v. 27, p. 42-43, 2014.

2.
SOUZA, Juliana Mio de2013 SOUZA, Juliana Mio de; MISZINSKI, J. ; ANTUNES, E. N. ; PINTO, E. S. P. ; MARASCHIN, F. ; CARRIAO, S. L. . Sistema Visualizador de Informações Florestais (Vinflor) e o sistema de mapas para web do inventário florístico-florestal de Santa Catarina. Agropecuária Catarinense, v. 26, p. 49-51, 2013.

3.
SOUZA, Juliana Mio de2008 SOUZA, Juliana Mio de; LOCH, R. E. N. . Análise e melhoria da qualidade altimétrica dos dados da Shuttle Radar Topography Mission, SRTM-3. RBC. Revista Brasileira de Cartografia, v. 60/02, p. 155-166, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
MISZINSKI, J. ; SOUZA, Juliana Mio de ; CARRIAO, S. L. ; ANTUNES, E. N. ; MARASCHIN, F. ; PINTO, E. S. P. ; ORSI, V. . Sistemas de Informações Florístico-Florestais de Santa Catarina - SIFFSC. In: Vibrans, A.C.; Sevegnani, L.; Gasper, A.L.de; Lingner, D.V.. (Org.). Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina, Vol.I, Diversidade e conservação dos remanescentes florestais. 1ed.Blumenau: Edifurb, 2012, v. 1, p. 263-277.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOUZA, Juliana Mio de; MISZINSKI, J. . Flora mapeada: Sistemas de Informações Florístico-Floreastais de Santa Catarina. MundoGeo - revista de geomática e soluções geoespaciais, América do Sul, p. 40 - 41, 06 set. 2013.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TRABAQUINI, K. ; VIEIRA, V. F. ; VIEIRA, E. ; SOUZA, Juliana Mio de ; RICCE, W. S. . Caracterização do uso e cobertura do solo do sistema agroalimentar queijo serrano. In: V Workshop Catarinense de Indicação Geográfica, 2016, Joinville. Anais do V Workshop Catarinense de Indicação Geográfica. Joinville: EDITORA UNIVILLE, 2016. p. 151.

2.
FURTADO, T. V. ; OLIVEIRA, M. E. ; SOUZA, Juliana Mio de . Comparação entre restituição estereoscópica e extração automática da hidrografia. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, João Pessoa. Anais do 17º Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2015. p. 866-873.

3.
SOUZA, Juliana Mio de; CARRIAO, S. L. ; MARASCHIN, F. ; ANTUNES, E. N. ; MISZINSKI, J. . Sistema de Mapas para Web do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina. In: III Simpósio brasileiro de Geomática, 2012, Presidente Prudente. II Simpósio Brasileiro de Geomática e V Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas. [s.l.]: [s.n.], 2012. v. 1. p. 072-077.

4.
GARBOSSA, L. H. P. ; VANZ, A. ; SOUZA, R. V. ; SOUZA, Juliana Mio de ; RUPP, G. S. . Desenvolvimento de modelo de utilidade de marégrafo compacto de boia e contrapeso com referência de nível. In: 5º Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais.... Rio de Janeiro: CBO, 2012.

5.
SOUZA, Juliana Mio de; NOGUEIRA, R. E. . Analysis and Improvement of Altimetric Quality of Shuttle Radar Topography Mission Data, SRTM-3. In: 33º International Symposium on Remote Sensing of Environment, 2009, Stresa. Sustaining the Millennium Development Goals, 2009.

6.
SOUZA, Juliana Mio de; LOCH, R. E. N. . Como melhorar a qualidade geométrica do modelo digital de elevação da Shuttle Radar Topography Mission, SRTM-3. In: XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, Florianópolis. XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007.

7.
SOUZA, Juliana Mio de; LOCH, R. E. N. . Refinamento do Modelo Digital de Elevação da Shuttle Radar Topography Mission - SRTM. In: 7° Congresso de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2006, Florianópolis. 7° Congresso de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2006.

8.
SOUZA, Juliana Mio de; VIANNA, L. F. ; FURLANETTI, T. L. R. ; Carrião, S.L. . Qualidade Geométrica do Modelo Digital de Elevação da Shuttle Radar Topography Mission - SRTM para o Estado de Santa Catarina. In: Congresso Brasileiro de Cartografia, 2005, Macaé. CD/Rom - Cartografia como instrumento para o desenvolvimento sustentável, 2005.

9.
SOUZA, Juliana Mio de; LOCH, R. E. N. . Qualidade Geométrica da Imagem SPOT PAN Ortorretificada a partir dos dados SRTM. In: XXII Congresso Brasileiro de Cartografia, 2005. XXII Congresso Brasileiro de Cartografia, 2005.

10.
SOUZA, Juliana Mio de; Loch, C. ; Vargas, R. . Algumas Considerações sobre a Avaliação da Paisagem na Área de Influência para Implantação de Hidroelétricas. In: Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2004, Florianópolis. COBRAC, 2004.

11.
SOUZA, Juliana Mio de; Loch, C. . Estruturação de dados para a Gestão Ambiental em Hidroelétricas: Coleta de Dados. In: 6º Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2004. 6º Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2004.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, Juliana Mio de; VIANNA, L. F. . Levantamento dos deslizamentos ocasionados pelas chuvas de novembro de 2008 no complexo do Morro do Baú Município de Ilhota, Gaspar e Luiz Alves. In: II Workshop Internacional de História do Ambiente: Desastres ambientais e Sustentabilidade & Gisday, 2011, Florianópolis. II Workshop Internacional de História do Ambiente: desastres ambientais e Sustentabilidade & Gisday, 2011.

2.
SILVEIRA, F. ; DORTZBACH, D. ; ARAUJO, I. S. ; SOUZA, Juliana Mio de ; BACIC, I. L. Z. . Análise temporal do uso e ocupação do solo e da qualidade da água na Microbacia Ribeirão Irma, Massaranduba, SC. In: I Congresso Brasileiro de Organização do Espaço e X Seminário de Pós-graduação da Unesp-Rio Claro., 2010, Rio Claro. I Congresso Brasileiro de Organização do Espaço, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VIBRANS, A. C. ; MISZINSKI, J. ; SOUZA, Juliana Mio de ; Lingner, D.V. ; GASPER, ; SCHORN, L. A. . Data management at Santa Catarina State Floristic and Forest Inventory (IFFSC) in southern Brazil. In: XXIII IUFRO World Congress - Forests for the Future: Sustaining Society and the Environment, 2010, Seoul. Abstracts of the XXIII IUFRO World Congress - Forests for the Future: Sustaining Society and the Environment. Shropshire, UK : The International Forestry Review, 2010. v. 12.

Apresentações de Trabalho
1.
SOUZA, Juliana Mio de; VIERIA, V. F. ; TRABAQUINI, K. ; DORTZBACH, D. ; VIEIRA, E. . Qualidade geométrica das ortofotos e modelo digital de terreno do levantamento aerofotogramétrico do Estado de Santa Catarina. Estudo de caso: Microbacia Alto Cubatão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
SOUZA, Juliana Mio de; Carrião, S.L. ; MARASCHIN, F. ; ANTUNES, E. N. ; MISZINSKI, J. . Sistema de Mapas para Web do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
SOUZA, Juliana Mio de; VIANNA, L. F. . Levantamento dos deslizamntos ocasionados pelas chuvas de novembro no complexo do Morro do Baú Município de Ilhota, Gaspar e Luiz Alves. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
SOUZA, Juliana Mio de; VIANNA, L. F. . Levantamento georreferenciado do Pontos de Deslizamentos Ocorridos no Complexo do Morro do Baú. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SOUZA, Juliana Mio de; VIANNA, L. F. . Levantamento georreferenciado dos pontos de deslizamentos ocorrido no Complexo do Morro do Baú. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SOUZA, Juliana Mio de; NOGUEIRA, R. E. . Analysis and Improvement of altimetric quality of Shuttle Radar Topography Mission data, SRTM-3. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
SOUZA, Juliana Mio de; VIEIRA, E. ; VIEIRA, V. F. ; ZAMPARETTI, A. F. ; SILVA, E. . Determinação de altitude ortométrica do radar meteorológico localizado no município de Lontras, SC. Boletim Ambiental: Síntese Trimestral - Primavera 2015.. Florianópolis: Epagri, 2016 (Artigo Técnico).

2.
VIBRANS, A. C. ; MISZINSKI, J. ; MULLER, J. J. V. ; SOUZA, Juliana Mio de ; REIS, M. S. . Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina: metodologia dos trabalhos executados 2007-2011. Blumenau: 3 de Maio Ltda, 2013 (Folder técnico).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
AGUIAR, M. ; SOUZA, Juliana Mio de . Exposição Itinerante Nossas Florestas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SOUZA, Juliana Mio de; MISZINSKI, J. . Sistemas de Informações Florísitico-Florestais de Santa Catarina. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SOUZA, Juliana Mio de; MACAGNAN, M. F. ; VIANNA, L. F. . Plano Local de Desenvolvimento da Maricultura de Santa Catarina - PLDM/SC. 2008. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

2.
SOUZA, Juliana Mio de; Carrião, S.L. ; Silva, C.M. . Mapa de identificação de pontos críticos de assoreamento da Lagoa do Silveira. 2004. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

3.
SOUZA, Juliana Mio de; Mendieta, I ; Sousa, K.C. ; Martins, A.O. ; Magnani, E. ; Gonçalves, J.R. . Fragmentos de mata e corredores ecológicos na UGRHI-22. 2003. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

4.
SOUZA, Juliana Mio de. Curso Básico de Geoprocessamento, com o uso do GeoMedia. 2002. .



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Qualidade geométrica das ortofotos e modelo digital de terreno do levantamento aerofotogramétrico do Estado de Santa Catarina. Estudo de Caso: Microbacia Alto Cubatão. 2017. (Simpósio).

2.
GisDay-SC. 2015. (Encontro).

3.
2º Seminário Nacional de Planejamento e Desenvolvimento. 2014. (Seminário).

4.
XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2013. (Congresso).

5.
III Simpósio Brasileiro de Geomática.Sistema de Mapas para Web do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina. 2012. (Simpósio).

6.
II Workshop Internacional de História do AMbinete: desastres ambientais e Sustentabilidade & Gisday.Levantamento dos deslizamentos ocasionados pelas chuvas de novembro de 2008 no Complexo do Morro do Baú, municípios de Ilhota, Gaspar e Luiz ALves. 2011. (Oficina).

7.
GISDAY 2010 - Dia Mundial do SIG. 2010. (Encontro).

8.
33º International Symposium on Remote Sensing of Environment.Analysis and Improvement of Altimetric Quality of Shuttle Radar Topography Mission Data, SRTM-3. 2009. (Simpósio).

9.
Medidas Preventivas, corretivas e de recuperação ambiental em deslizamentos deencostas e assoreamentos. 2009. (Seminário).

10.
Workshop Geotécnico-Geológico das catástrofes Naturais em Santa Catarina.Levantamento georreferenciado dos POntos de Deslizamentos ocorridos no Complexo do Morro do Baú. 2009. (Oficina).

11.
Workshop Geotécnico-Geológico das catástrofes Naturais em SC.Levantamento georreferenciado dos pontos de deslizamento ocorridos no complexo do Morro do Baú. 2009. (Oficina).

12.
8° Congresso de Cadastro Técnico Multifinalitário. Apresentação do sistema SIGEO - Sistema de Informações georreferenciadas da Epagri/Ciram. 2008. (Congresso).

13.
Eco Power Conference. 2008. (Outra).

14.
Seminário Internacional Indicações Geográficas no Brasil: perspectivas e desafios. 2008. (Seminário).

15.
Workshop Internacional Tecnologias de Informação e Comumicação (TIC) para modernização dos sistemas de irrigação e valorização dos sistemas de irrigação ancestrais. 2008. (Outra).

16.
XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Como melhorar a qualidade geométrica do modelo digital de elevação da Shuttle Radar Topography ission, SRTM-3. 2007. (Simpósio).

17.
7° Congresso de Cadastro Técnico Multifinalitário. Refinamento do Modelo Digital de Elevação da Shuttle Radar Topography Mission - SRTM. 2006. (Congresso).

18.
XXII Congresso Brasileiro de Cartografia. Qualidade Geométrica do Modelo Digital de Elevação da Shuttle Radar Topography Mission - SRTM para o Estado de Santa Catarina. 2005. (Congresso).

19.
6° Congresso Brasileiro de cadastro técnico Multifinalitário. 6° Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário. 2004. (Congresso).

20.
1º Simpósio Brasileiro de Geomática. 2002. (Simpósio).

21.
5º Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário. Algumas Considerações sobre a Avaliação da Paisagem na Área de Influência para Implantação de Hidroelétricas. 2002. (Congresso).

22.
IX SAGEC. 2002. (Seminário).

23.
VIII SAGEC. 2001. (Seminário).

24.
VI SAGEC. 1999. (Seminário).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOUZA, Juliana Mio de; MISZINSKI, J. . Sistemas de Informações Florísitico-Florestais de Santa Catarina. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 22:56:21