Sandra Isay Saad

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0103102694865890
  • Última atualização do currículo em 12/09/2018


Doutora em Ciência Ambiental pela Universidade de São Paulo e graduada e mestre em Meteorologia pela mesma Universidade. Atualmente é Professora Adjunto da Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Campina Grande. Trabalhou na Climatempo durante 9 anos onde coordenou equipes de desenvolvedores e pesquisadores e desenvolveu soluções meteorlógicas e ambientais para problemas atuais. Tem atuado nas seguintes linhas de pesquisa: Modelagem de Serviços Ecossistêmicos; impactos da mudança do uso da terra; modelos de previsão meteorológica; e impacto de mudança climática nos recursos hídricos. Contato: sandraisaad@gmail.com (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sandra Isay Saad
Nome em citações bibliográficas
SAAD, S. I.;Saad, Sandra I.;SAAD, SANDRA ISAY

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Campina Grande, Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas.
R. Aprígio Veloso, 882. Centro de Tecnologia e Recursos Naturais. Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas
Universitário
58429900 - Campina Grande, PB - Brasil
Telefone: (11) 998817921
URL da Homepage: http://www.dca.ufcg.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2016
Doutorado em Ciência Ambiental.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Modelagem e valoração dos serviços ambientais hidrológicos na recuperação da vegetação no Ribeirão das Posses, Extrema, MG, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Humberto Ribeiro da Rocha.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Serviços Ecossistêmicos; Modelagem Ambiental; Pagamento por Serviços Ambientais.
Grande área: Outros
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Modelagem Numérica.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica / Especialidade: Hidrologia.
2006 - 2008
Mestrado em Meteorologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Efeitos da extensão e posição do desmatamento em meso-escala sobre a circulação atmosférica e a chuva na Amazônia,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Humberto Ribeiro da Rocha.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: brisa do desmatamento; Modelagem Numérica; Floresta Amazônica; BRAMS; LBA.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Modelagem Numérica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Climatologia.
2002 - 2005
Graduação em Meteorologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
I Python Boot Camp. (Carga horária: 16h).
Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, IAG-USP, Brasil.
2015 - 2015
Workshop de Oceanografia e Modelagem Oceanográfica. (Carga horária: 8h).
Agência Climatempo, CLIMATEMPO, Brasil.
2014 - 2014
Radar. (Carga horária: 6h).
Sociedade Brasileira de Meteorologia, SBMET, Brasil.
2013 - 2013
Plataforma de Monitoramento Ambiental TerraMA². (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2012 - 2012
WRF Data Assimilation Tutorial. (Carga horária: 20h).
National Center for Atmospheric Research, NCAR, Estados Unidos.
2012 - 2012
Nowcasting and Very Short Range Forecasting. (Carga horária: 16h).
World Meteorological Organzation, WMO, Suiça.
2012 - 2012
WRF Basic Tutorial. (Carga horária: 40h).
National Center for Atmospheric Research, NCAR, Estados Unidos.
2012 - 2012
The Soil Water Assessment Tool (SWAT). (Carga horária: 20h).
Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, IAG-USP, Brasil.
2010 - 2010
Gestão para resultados. (Carga horária: 24h).
Instituto de Desenvolvimento Gerencial, INDG, Brasil.
2010 - 2010
Desenvolvendo Líderes. (Carga horária: 8h).
Crescimentum, CRESCIMENTUM, Brasil.
2009 - 2009
PHP. (Carga horária: 20h).
Faculdade Impacta de Tecnologia, FIT, Brasil.
2009 - 2009
XHTML: Tableness. (Carga horária: 20h).
Faculdade Impacta de Tecnologia, FIT, Brasil.
2008 - 2008
MySQL. (Carga horária: 20h).
Faculdade Impacta de Tecnologia, FIT, Brasil.
2008 - 2008
Fundamentos de Linux. (Carga horária: 40h).
Faculdade Impacta de Tecnologia, FIT, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas, .


Agência Climatempo, CLIMATEMPO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Meteorologista, Carga horária: 30

Atividades

01/2016 - 07/2017
Direção e administração, Laboratório de Pesquisa e Inovação, .

Cargo ou função
Coordenadora de Modelagem, Inovação e P&D do Labs Climatempo, em São José dos Campos, SP..
04/2008 - 07/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Modelagem, Pesquisa e Desenvolvimento, .

09/2009 - 12/2015
Direção e administração, Setor de Modelagem, Pesquisa e Desenvolvimento, .

Cargo ou função
Coordenadora da Modelagem, Pesquisa e Desenvolvimento.
10/2008 - 04/2010
Serviços técnicos especializados , Setor de Previsão, .

Serviço realizado
Previsora de Tempo e Monitoramento de Condições Meteorológicas Severas.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2016
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estudante e estagiária

Atividades

07/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Energia e Ambiente, .

07/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Energia e Ambiente, .

03/2006 - 05/2008
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas.

Atividade realizada
Mestrado. Orientador: Humberto Ribeiro da Rocha. Agência financiadora: Fapesp.
03/2007 - 07/2007
Estágios , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.

Estágio realizado
Estágio Superviosionado em docência na disciplina Climatologia I.
08/2006 - 11/2006
Estágios , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.

Estágio realizado
Estágio supervisionado em docência na disciplina Hidrometeorologia I.
08/2005 - 12/2005
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas.

Atividade realizada
Iniciação Científica. Orientador: Humberto Ribeiro da Rocha. Projeto: O controle dos fluxos de energia na superfície na formação de nebulosidade: uma investigação utilizando-se medidas em torres de fluxos. Agência Financiadora: Fapesp.
08/2003 - 07/2005
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas.

Atividade realizada
Iniciação Científica. Orientador: Humberto Ribeiro da Rocha. Projeto: O controle da vegetação na formação de nuvens e precipitação: um estudo observacional com torres micrometeorológicas. Agência financiadora: CNPq.

Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica, FCTH, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Cooperada, Enquadramento Funcional: Monitoramento de chuva, Carga horária: 36

Atividades

01/2006 - 02/2006
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Monitoramento de chuva.


Linhas de pesquisa


1.
Impactos da mudança do uso da terra
2.
Modelagem de Serviços Ecossistêmicos
3.
Modelos de previsão meteorológica
4.
Impacto da mudança climática nos recursos hídricos


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Climate-Smart Watershed Investments in the Montane Tropics of South America (ClimateWIse) PROJETO TEMÁTICO, EDITAL BELMONT FORUM
Descrição: Milhões de sul americanos dependem dos mananciais hídricos dos páramos Andinos e das florestas de Mata Atlântica, que estão sob progressiva pressão do uso da terra e das mudanças climáticas. Os Investimentos de Serviços Hídricos (ISH) nas microbacias representam uma rede observatória sem precedentes, com forte potencial de criar oportunidades de avaliação dos impactos do uso da terra e das mudanças climáticas nos recursos hídricos em escala regional. O projeto ClimateWIse avaliará a eficiência de provisão dos ISH aos serviços ambientais hídricos, em montanhas tropicais da América do Sul, na escala de médio prazo para distintos cenários de uso da terra, e no longo prazo sob os cenários de mudanças do clima. A avaliação visará especificamente 1.1) as expectativas dos agentes intervenientes dos ISH; 1.2) a síntese de novos dados de monitoramento e 1.3) o aperfeiçoamento de modelos matemáticos para desenho e avaliação dos ISH. Para buscar ações efetivas de resiliência climática, o projeto visará especificamente 2.1) como os ISH assimilam a variável climática no planejamento de longo prazo; 2.2) o aperfeiçoamento das previsões de resposta hidrológica ao clima e ao uso da terra na bacia; e 2.3) a integração de todas estas ações para formular critérios de adaptação ao clima. O projeto ClimateWIse integrará um corpo de pesquisadores com experiência em 3 diferentes países, que trará de forma inédita uma ênfase à hidroclimatologia e aos aspectos dos ISH da América do Sul. Esta integração visará encurtar as conexões da Parceria de Fundos de Água da América Latina (LAWFP) e o Programa Produtor de Água (ANA/Brasil), por meio da ênfase no aconselhamento da gestão sustentável da água, com conhecimento científico acerca dos impactos do uso da terra e das mudanças climáticas nas montanhas tropicais. Espera-se obter resultados que transformem certos aspectos do conceito da gestão baseada nos serviços ambientais em benefícios diretos para os usuários e para a gestão ambiental também em outras escalas territoriais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
Auxilio Pesquisa Fapesp - REDE DE GEOSENSORES SERVICOS AMBIENTAIS HIDROCLIMATICOS.
Descrição: A proposta pretende desenvolver dois estudos piloto, por meio da implantação de redes wifi de geosensores hidroclimáticos, (temperatura e umidade do ar, umidade do solo e nível do aquífero), em dois sítios experimentais, em uma microbacia de Floresta de Mata Atlanticae em outra de área Antropizada na região da bacia dos rios PCJ que fornece agua para Sao Paulo. As informações serão assimiladas em modelos computacionais de Serviços Ambientais, com o fim de se descrever cenários de uso da terra múltiplos e otimizados, para uma ampla variação de condições climáticas. Pretende-se desenvolver expertise em instrumentação eficiente e de baixo custo, por meio da montagem de sensores comerciais com interfaces e outros sensores especialmente projetados e validados nos laboratórios do Iag/Usp. O sistema completo deverá prover configuração e formas de gerenciamento adequados para otimizar a instalação de campo, aquisição de dados, armazenamento e manutenção. A arquitetura proverá a aquisição de grandes quantidades de dados e de forma apropriada para a utilização científica que antecipe a abilidade de gerenciar dados em escalas de tempo e espaço necessárias para o estudo de fenômenos hidroclimáticos. Serão utilizados os modelos InVEST and e SWAT, os quais em conjunto com os dados de campos, auxiliarão na tarefa de levantar novos conhecimentos em questões como: a resposta dos ecossistemas ao clima e diferentes escalas temporais e espaciais; como as forçantes antrópicas de mudanças de uso da terra influenciam o balanço de água em bacias de pequena e mesoescala, e em condições de mudanças do clima, em especial nos biomas da mata Atlantica; e como e onde as políticas publicas de conservação e adaptação às mudanças do clima podem se embasar para definir áreas críticas, fazendo assim a tradução do conhecimento científico em ferramentas efetivas de conservação, gestão dos recursos hídricos e consolidação dos serviços ambientais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2014
Tematico FAPESP Carbon Tracker and Water availability: controls of land use and climate changes
Descrição: Investigar as consequências das mudanças globais do clima no funcionamento dos ecossistemas, com ênfase no ciclo de carbono e de água, e especialmente na questão da produtividade e emissão dos ecossistemas naturais, e nos setores de recursos hídricos e agricultura para os agroecossistemas. Por meio da estimativa da variabilidade do balanço de radiação da atmosfera, incluindo os efeitos dos aerosóis, gases traço e mudanças de uso da terra, essa proposta investigará a composição e variabilidade dos gases estufa na Amazônia em grande escala, e os efeitos das mudanças de uso da terra e do clima nos recursos hídricos em pequena e meso escala, por meio de medições e modelagem com modelos físico-matemáticos. Pretende-se responder se a bacia Amazônia opera como um sumidor ou fonte de carbono, durante a escala de 2-3 anos, em que extensão as mudanças de uso da terra controlam a disponibilidade de recursos hídricos em microbacias, e como estes padrões de balanço de pequena e grande escala serão alterados por mudanças globais do clima. Planeja-se desenvolver um sistema de interpretação de fluxos na escala espaço-temporal sobre a Amazonia, com uma adadptação do algoritmo (Carbon tracker) utilizado na NOAA/USA ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2009
Interação Biosfera-Atmosfera Fase 2 : Cerrados e Mudanças de Uso da Terra
Descrição: Este projeto propõe a quantificação de longo prazo da dinâmica dos fluxos de água, energia e CO2 em biomas de Cerrado (Sudeste do Brasil), cerrados alagáveis (ecótonos) na Ilha do Bananal, e sobre os agrossistemas de Cana-de-açúcar e Eucalipto. As principais metas serão caracterizar e comparar a funcionalidade ecofisiológica, a dependência do clima e disponibilidade hídrica, e padrões de fonte/sumidouro de CO2 entre os ecossistemas. Será investigado o impacto de mudanças de uso da terra no ciclo de água e carbono na escala de microbacia (observacionalmente) e na escala regional (experimentos com modelos numéricos acoplados biosfera-atmosfera-hidrosfera). Em paralelo serão conduzidas investigações ecológicas, essencialmente as de conhecimento das trocas e trajetórias de água, C e N através de técnicas isotópicas. O estudo da variabilidade climática de grande escala e sua influência nos fluxos de superfície (e v.v.) será o tema complementar na abrangência do projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2011 - 2016
Construção de um sensor meteorológico integrado de raios, chuva, temperatura e vento com transmissão de dados em tempo real a serem inseridos numa plataforma WEBGIS com sistema de alerta de tempo severo.
Descrição: A construção de um sensor meteorológico integrado para medição e transmissão de dados em tempo real de descargas atmosféricas, temperatura, vento e chuva, inseridos em uma plataforma WEBGIS, teve início em 2011, com o objetivo de auxiliar na previsão do tempo de curto prazo, com emissão de alertas que permitam um melhor gerenciamento de riscos na transmissão de energia. Atualmente, não existe um sensor com as mesmas características disponível no mercado..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2010 - 2012
Caracterização e avaliação do impacto dos agentes poluentes locais nos sistemas isolantes associados à sazonalidade climática e ao comportamento das variáveis meteorológicas regionais
Descrição: O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de um Software que permite a caracterização da climatologia e variáveis meteorológicas que afetam cadeias de isoladores de linhas de transmissão. Potencializando assim, o efeito de agentes poluentes para uso em modelos atmosféricos e de dispersão para determinação de períodos críticos. Proposto pela Sul Transmissora de Energia e executado pela Agência Brasileira de Meteorologia e Jordão Engenharia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2014 - 2015
Aperfeiçoamento da previsão hidro-meteorológica no Estado de São Paulo

Projeto certificado pela empresa Agência Climatempo em 31/08/2015.
Descrição: Este projeto está dividido em duas frentes. Na primeira, pretende-se melhorar a previsão meteorológica em termos de qualidade e de visualização. Para melhoria da qualidade da previsão, serão utilizadas técnicas bastante promissoras: a análise objetiva e a assimilação de dados. Muitos trabalhos mostram uma melhoria na performance da previsão com estes métodos, que ainda são pouco utilizados no ambiente operacional. Já a melhoria da visualização se trata da escolha de um conjunto de variáveis ou índices em um mesmo mapa, que agilizem a interpretação dos fenômenos meteorológicos previstos por parte dos meteorologistas previsores. Em uma segunda frente, pretende-se implementar a previsão hidrológica de médio (até 15 dias) e longo prazo (seis meses), através de um conjunto de simulações, constituindo a previsão hidrológica por conjunto. A previsão por conjunto pode levar a melhores decisões relacionadas a questões operacionais hidrológicas, por associar as previsões a um grau de incerteza e melhorar a qualidade da previsão. A assertividade da previsão meteorológica exercerá um forte controle na assertividade da previsão meteorológica. Assim, os benefícios encontrados na primeira frente poderão ser incorporados à segunda frente. Estas duas frentes se caracterizam por inovações potenciais, uma vez que a melhoria da previsão de chuva e de vazão representam mais um passo dado em direção à excelência dos produtos providos pela empresa e à satisfação de seus clientes..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sandra Isay Saad - Coordenador / Humberto Ribeiro da Rocha - Integrante / Jonathan Mota da Silva - Integrante / Ricardo Hallak - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Meteorologia


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Interação Biosfera-Atmosfera.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Modelagem Numérica.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Micrometeorologia.
4.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Hidrologia.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Tecnologia da Informação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2012
6o Premio Ação pela Água / 1o Lugar Cat. Pesquisa & Inovação, Consórcio Intermunicipal de bacias das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Resultados da Pesquisa de Doutorado., Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ).
2012
Moção de aplausos, Câmara Municipal de Americana-SP.
2005
PRÊMIO DE MELHOR PAINEL na área de meteorologia no X Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, IAG - USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SAAD, SANDRA ISAY2018 SAAD, SANDRA ISAY; MOTA DA SILVA, JONATHAN ; SILVA, MARX LEANDRO NAVES ; GUIMARÃES, JOÃO LUIS BITTENCOURT ; SOUSA JÚNIOR, WILSON CABRAL ; FIGUEIREDO, RICARDO DE OLIVEIRA ; ROCHA, HUMBERTO RIBEIRO DA . Analyzing ecological restoration strategies for water and soil conservation. PLoS One, v. 13, p. e0192325, 2018.

2.
CRUZ, PATRÍCIA PORTA NOVA DA2017CRUZ, PATRÍCIA PORTA NOVA DA ; GREEN, TIMOTHY R. ; FIGUEIREDO, RICARDO DE OLIVEIRA ; PEREIRA, ANDERSON SOARES ; KIPKA, HOLM ; SAAD, SANDRA ISAY ; SILVA, JONATHAN MOTA DA ; GOMES, MARCO ANTONIO FERREIRA . Hydrological modeling of the Ribeirão das Posses - An assessment based on the Agricultural Ecosystem Services (AgES) watershed model. Revista Ambiente e Agua, v. 12, p. 351-364, 2017.

3.
SAAD, S. I.;Saad, Sandra I.;SAAD, SANDRA ISAY2010 SAAD, S. I.; da Rocha, Humberto R. ; Silva Dias, Maria A. F. ; Rosolem, Rafael . Can the Deforestation Breeze Change the Rainfall in Amazonia? A Case Study for the BR-163 Highway Region. Earth Interactions, v. 14, p. 1-25, 2010.

4.
LLOPART, M.2007LLOPART, M. ; ACOSTA, R. ; TATSCH, J. ; FREITAS, H. ; SAAD, S. I. ; DUARTE, H. ; ROCHA, H. R. . Calibração do Módulo de Transferência Turbulenta do Modelo SiB2 para Floresta Tropical Amazônica. Ciência e Natura, v. Esp, p. 325-328, 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. ; Silva, J. M. . Valoração dos Serviços Ambientais na Bacia do Ribeirão das Posses, do Projeto Conservador das Águas, Extrema (MG) através de Modelagem Hidrológica. In: 4º Encontro Internacional de Governança da Água, 2013, São Paulo. Água e Pagamento de serviços ecossistêmicos, 2013.

2.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. ; Silva, J. M. ; Brasilio, E. . Valoração dos Serviços Ambientais Hidrológicos do Projeto Conservador das Águas na Bacia do Ribeirão das Posses, Extrema (MG). In: XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013, Bento Gonçalves, RS. Anais do XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.

3.
Silva, J. M. ; ROCHA, H. R. ; SAAD, S. I. ; Brasilio, E. . O efeito do reflorestamento nas áreas de proteção permanente ripárias na vazão e erosão do solo na bacia do Ribeirão das Posses, Extrema (MG). In: XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013, Bento Gonçalves, RS. Anais do XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013.

4.
PALMA, G. ; SAAD, S. I. ; MORALES, C. A. ; AMIANTI, G. ; MOURA, D. Z. ; ABREU, J. F. ; D?ACUNTI, F. B. ; BASTOS, M. R. . SIMM ? Sistema Integrado de Medições Meteorológicas. In: VII Congresso de Inovaç ão Tecnológica em Energia Elétrica, 2013, Rio de Janeiro - RJ. Anais do VII Congresso de Inovaç ão Tecnológica em Energia Elétrica, 2013.

5.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. ; Silva, J. M. . Quantificando Serviços Ambientais de Qualidade d?água na Bacia do Piracicaba com o Modelo InVEST. In: XVII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2012, Gramado - RS. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2012.

6.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. ; Guimarães J. ; Silva, J. M. . Avaliação do Modelo INTEGRATED VALUATION OF ECOSYSTEM SERVICES AND TRADEOFFS para o Sistema Cantareira: Módulos de Hidrologia e de Perda de Sedimentos. In: XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2011, Maceió. Anais do XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2011.

7.
Macedo, A. L. F. ; MADEIRA, P. D. ; SAAD, S. I. . Influence of baroclinic sistems in severe rainstorms in Buena Fe, Ecuador. In: IV Simpósio Internacional de Climatologia, 2011, João Pessoa, PB. Anais do IV Simpósio Internacional de Climatologia, 2011.

8.
Saad, Sandra I.; PALMEIRA, R. ; PALMA, G. . Avaliação dos Modelos de Previsão de Tempo utilizados na CLIMATEMPO baseado no dia de antecedência da Previsão. In: XVI Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2010, Belém - PA. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2010. v. 5.

9.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. . Efeitos da extensão e forma do desmatamento em meso-escala sobre a circulação atmosférica e a chuva na Amazônia. In: XV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2008, Sao Paulo. XV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2008.

10.
SAAD, S. I.; SILVA DIAS, M. A. F. ; ROCHA, H. R. . Circulação local na Floresta Nacional do Tapajós utilizando-se dados das torres de fluxo. In: XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006, Florianópolis. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006.

11.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. . Padrões de estado à superfície associados ao início da formação de nuvens: uma investigação com medidas de torres de fluxo. In: XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006, Florianópolis. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006.

12.
GOUVEA, M. L. ; SAAD, S. I. ; SILVA DIAS, P. L. ; CAMARGO, R. ; FREITAS, E. D. de . Estudo de caso: tempestade envolvendo interação entre a brisa marítima e o efeito de ilha de calor urbana em 01/03/99. In: XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006, Florianópolis. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PALMA, G. ; THIES, O. ; MADEIRA, P. D. ; SAAD, S. I. ; RAMOS, C. M. G. ; LOBO, B. . SMAC: Sistema de Monitoramento e Alerta Climatempo. In: Conferência Brasileira de Desastres Naturais, 2013, São José dos Campos - SP. Anais da Conferência Brasileira de Desastres Naturais, 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MORAIS, MARCOS VINÍCIUS BUENO DE ; PESSOA, ALEX SANDRO AGUIAR ; SAAD, SANDRA ISAY ; XAVIER, LUIZ FELIPE ; RAMOS, CAMILA GOMES MARTINS ; LOBO, BIANCA ; PALMA, GILCA . Análise do desempenho computacional de modelos numéricos de previsão do tempo e de ondas na arquitetura EC2 Amazon Cloud. In: XXXV CNMAC Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional, 2015. v. 5.

2.
SAAD, S. I.; PESSOA, A. A. ; LOBO, B. ; PALMA, G. ; PALMEIRA, R. . Avaliação da técnica de correção estatística Model Output Calibration (MOC) aplicado sobre o modelo meteorológico MM5 em ambiente operacional (. In: XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014, Recife. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014.

3.
MATSUO, P. T. ; SAAD, S. I. ; Macedo, A. L. F. . Granizo no leste paulista: análise descritiva com base em 9 anos de dados de altitude e de superfície. In: XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014, Recife, PE. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014.

4.
MATSUO, P. T. ; SAAD, S. I. ; MORAIS, M. V. B. ; RAMOS, C. M. G. . Previsibilidade de temperaturas extremas sob aquecimento adiabático e critério de alerta de onda de calor para sistemas de saúde na Baixada Santista. In: XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014, Recife, PE. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014.

5.
Silva, J. M. ; ROCHA, H. R. ; SAAD, S. I. . O uso da modelagem hidrológica na quantificação dos serviços ambientais hidrológicos: um estudo de caso na bacia do Ribeirão das Posses, Extrema (MG). In: XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014, Recife, PE. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, 2014.

6.
RAMOS, C. M. G. ; Saad, Sandra I. ; MATSUO, P. T. ; PALMA, G. ; PESSOA, A. A. ; LOBO, B. ; CECCHINI, M. A. ; Silva, J. M. . Relationship between natural gas consumption and the climate in Rio de Janeiro. In: AGU Meeting of Americas, 2013, Cancun. Eposters, 2013.

7.
Silva, J. M. ; SAAD, S. I. ; PALMA, G. ; da Rocha, Humberto R. ; PALMEIRA, R. ; LOBO, B. ; PESSOA, A. A. ; RAMOS, C. M. G. ; CECCHINI, M. A. . Streamflow forecast in the Alto do Rio Doce watershed in Brazil, using hydrological and atmospheric model. In: AGU Meeting of Americas, 2013, Cancun. Eposters, 2013.

8.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. . Impacto do desmatamento e umidade do solo na precipitação de uma região na Amazônia utilizando o modelo atmosférico de mesoescala BRAMS. In: III Conferência Regional Sobre Mudanças Globais: América do Sul, 2007, São Paulo. III Conferência Regional Sobre Mudanças Globais: América do Sul, 2007.

9.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. . O controle da vegetação na formação de nuvens e na precipitação: Um estudo observacional com torres micrometeorológicas.. In: X Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, 2005, São Paulo. X Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, 2005.

10.
SAAD, S. I.. O controle da vegetação na formação de nuvens e na precipitação: Um estudo observacional com torres micrometeorológicas.. In: IX Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, 2004, São Paulo, 2004.

11.
SAAD, S. I.. O controle da vegetação na formação de nuvens e na precipitação: Um estudo observacional com torres micrometeorológicas.. In: XII Simpósio de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (SIICUSP), 2004, São Paulo, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
SAAD, S. I.; PALMA, G. ; RAMOS, C. M. G. ; Nascimento, A. . A Cheia de 2014 do Rio Madeira, em Porto Velho, RO: Uma Análise da Precipitação à Montante. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SAAD, S. I.; PALMA, G. ; RAMOS, C. M. G. . Avaliação da Precipitação e Vazão no Rio Madeira. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
SAAD, S. I.; ROCHA, H. R. . Efeitos da extensão e posição do desmatamento em meso-escala sobre a circulação atmosférica e a chuva na Amazônia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Nascimento, A. ; SAAD, S. I. ; FIORATTI, P. . Como funciona a previsão do tempo. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SAAD, S. I.. Workshop de Oceanografia e Modelagem Oceanográfica. 2015. .

2.
SAAD, S. I.. Workshop de Modelagem Meteo-Oceanográfica. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
SAAD, S. I.; SOUSA JUNIOR, W. C. ; SINISGALLI, P. ; GONCALVES, D. ; LUCCAS, F. ; PAVANI, B. ; ZANETTI, V. . Curso de Instrumentos Econômicos e Ferramentas de Valoração Ambiental (InVEST). 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LIMA, K. C.; MENDES, D.; Silva, J. M.; SYRIDES, M. H. C.; BOURGUIGNON, M.; UVO, C. B.; SAAD, S. I.. Participação em banca de Danilo Henrique Morais Castro Oliveira. Extremos de precipitação e vazão associados às características naturais e antrópicas das Regiões Hidrográficas do São Francisco e do Paraná. 2018. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS CLIMÁTICAS) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTADE, G. B.; BARBOSA, R. L.; SAAD, S. I.; SILVA, F. F.; SANTOS, R. A. F.. Participação em banca de Verônica Alessandra Ferreira de Almeida.Projeto Data Mart CLIMATEMPO: Avaliação de modelos de previsão do tempo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Banco de Dados) - Faculdade Impacta de Tecnologia.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Semana das Ciências Atmosféricas e Climáticas da UFRN. 2017. (Encontro).

2.
I Workshop Brasileiro para Avaliação de Ameaças, Vulnerabilidades, Exposição e Redução de Risco de Desastres ? BRAHVE. 2017. (Oficina).

3.
2014 International SWAT Conference. 2014. (Congresso).

4.
II Encontro da Meteorologia com a Nova Era do Setor Elétrico Brasileiro.A Cheia de 2014 do Rio Madeira, em Porto Velho, RO: Uma Análise da Precipitação à Montante. 2014. (Encontro).

5.
XVIII Congresso Brasileiro de Meteorologia. Avaliação da técnica de correção estatística Model Output Calibration (MOC) aplicado sobre o modelo meteorológico MM5 em ambiente operacional (. 2014. (Congresso).

6.
4º Encontro Internacional de Governança da Água.Valoração dos Serviços Ambientais na Bacia do Ribeirão das Posses, do Projeto Conservador das Águas, Extrema (MG) através de Modelagem Hidrológica. 2013. (Encontro).

7.
Conferência Brasileira de Desastres Naturas. SMAC - Sistema de Monitoramento e Alerta Climatempo. 2013. (Congresso).

8.
III Seminário Internacional Políticas Públicas, Mudanças Climáticas e Impactos sobre Áreas Frágeis. 2013. (Seminário).

9.
XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Valoração dos Serviços ambientais hidrológicos do projeto Conservador das Águas na bacia do Ribeirão das Posses, Extrema (MG). 2013. (Simpósio).

10.
3rd WMO/WWRP International Symposium on Nowcasting and Very Short Range Forecasting. 2012. (Simpósio).

11.
II WORKSHOP NERC/AMAZONICA -FAPESP/CTracher&water.Environmental Services Modeling. 2012. (Oficina).

12.
XVII Congresso Brasileiro de Meteorologia. QUANTIFICANDO SERVIÇOS AMBIENTAIS DE QUALIDADE D?ÁGUA NA BACIA DO PIRACICABA COM O MODELO INVEST. 2012. (Congresso).

13.
Eu Esri 2011 - II Encontro de Usuários Esri Brasil. 2011. (Encontro).

14.
International Conference on Atmospheric Electricity. 2011. (Congresso).

15.
XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.Avaliação do Modelo INTEGRATED VALUATION OF ECOSYSTEM SERVICES AND TRADEOFFS para o Sistema Cantareira: Módulos de Hidrologia e de Perda de Sedimentos. 2011. (Simpósio).

16.
XVI Congresso Brasileiro de Meteorologia. Avaliação dos Modelos de Previsão de Tempo utilizados na CLIMATEMPO baseado no dia de antecedência da Previsão. 2010. (Congresso).

17.
Conferência LBA/GEOMA/PPBio, Manaus.Efeitos da extensão e posição do desmatamento em meso-escala sobre a circulação atmosférica e a chuva na Amazônia. 2008. (Outra).

18.
XV Congresso Brasileiro de Meteorologia. Efeitos da extensão e forma do desmatamento em meso-escala sobre a circulação atmosférica e a chuva na Amazônia. 2008. (Congresso).

19.
III Conferência Regional Sobre Mudanças Globais: América do Sul.Impacto do desmatamento e umidade do solo na precipitação de uma região na Amazônia utilizando o modelo atmosférico de mesoescala BRAMS. 2007. (Outra).

20.
6th RAMS/BRAMS/OLAM International Users Workshop. 2006. (Oficina).

21.
XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia. Circulação local na Floresta Nacional do Tapajós utilizando-se dados das torres de fluxos. 2006. (Congresso).

22.
II Conferência Regional Sobre Mudanças Globais: América do Sul. 2005. (Outra).

23.
IX Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas.X Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas. 2005. (Simpósio).

24.
IX Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas.IX Simpósio de Iniciação Científica do Instituto de Astronomia, Geofísica e de Ciências Atmosféricas. 2004. (Simpósio).

25.
XIII Congresso Brasileiro de Meteorologia. 2004. (Congresso).

26.
XII Simpósio de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (SIICUSP).O controle da vegetação na formação das nuvens e na precipitação: um estudo observacional com torres micrometeorológicas. 2004. (Simpósio).



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SAAD, S. I.; PALMA, G. ; RAMOS, C. M. G. ; Nascimento, A. . A Cheia de 2014 do Rio Madeira, em Porto Velho, RO: Uma Análise da Precipitação à Montante. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
SAAD, S. I.. Workshop de Modelagem Meteo-Oceanográfica. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
SAAD, S. I.; SOUSA JUNIOR, W. C. ; SINISGALLI, P. ; GONCALVES, D. ; LUCCAS, F. ; PAVANI, B. ; ZANETTI, V. . Curso de Instrumentos Econômicos e Ferramentas de Valoração Ambiental (InVEST). 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Outras informações relevantes


Indicada ao Prêmio CAPES de teses, edição 2017, pelo PROCAM-USP.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 6:36:57