Paulo Rogério Beltramin da Fonseca

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6353825905266426
  • Última atualização do currículo em 10/06/2018


Engenheiro Agrônomo (Graduação pela UFGD), Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Agronomia (Área de Concentração: Produção Vegetal) na Universidade Federal da Grande Dourados, MS (2011), Doutorado em Agronomia (Área de Concentração: Produção Vegetal) na Universidade Federal da Grande Dourados, MS, UFGD/FCA (Dourados-MS). Membro do Grupo de Pesquisa: (Novas Descobertas). Tem experiência na área de Fitotecnia, Fitossanidade, Fertilidade do Solo, e atuou na extensão rural com produtores e alunos de escolas rurais e urbanas. Atualmente Professor Adjunto I - UFAM/IEAA (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Rogério Beltramin da Fonseca
Nome em citações bibliográficas
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da;FONSECA, P.R.B da;FONSECA, P.R.B.;PAULO, ROGÉRIO BELTRAMIN DA FONSECA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Amazonas, Campus Vale do Rio Madeira - CVRM.
Rua 29 de Agosto, nº 786
Bairro Divino Pranto
69800000 - Humaitá, AM - Brasil
Telefone: (67) 99644985


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2014
Doutorado em Agronomia.
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
Título: DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E AMOSTRAGEM SEQUENCIAL DE PRAGAS EM SOJA (Glycine max (L.) Merrill), GENETICAMENTE MODIFICADO (Bt) E CONVENCIONAL, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Dr.Marcos Gino Fernandes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Soja; Manejo de Pragas; Distribuição de Pragas.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
2009 - 2011
Mestrado em Agronomia.
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
Título: DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE Anthonomus grandis BOHEMAN, 1843 (COLEOPTERA: CURCULIONIDAE) E Euschistus heros (FABRICIUS, 1974) (HEMIPTERA: PENTATOMIDAE) EM ALGODOEIRO (Gossypium hirsutum L.) BT E CONVENCIONAL,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Dr. Marcos Gino Fernandes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: OGM; índice de dispersão; manejo integrado de pragas.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aqüicultura; Atividades profissionais, científicas e técnicas.
2004 - 2008
Graduação em Engenharia Agronomica.
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
Título: Distribuição espacial de adultos de Anthonomus grandis (Boheman, 1843) (Coleoptera: Curculionidae) em algodoeiro.
Orientador: Paulo Eduardo Degrande.
1999 - 2001
Curso técnico/profissionalizante em Tecnico em Agropecuária.
Centro de Educação Profissional de Aquidauna, CEPA, Brasil.
1994 - 1998
Ensino Fundamental (1º grau).
Escola Agricola Laurindo Estragliotto, AGRICOLA, Brasil.




Formação Complementar


2009
Extensão universitária em Uso do Portal de Periodico da Capes. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2012 - 2012
Reflexão e Ação no Contexto Escolar. (Carga horária: 20h).
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO DO SUL, SES, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Seminario de Credito Rural. (Carga horária: 4h).
Sindicato Rural de Dourados, SRD, Brasil.
2011 - 2011
14 Workshop de Plantas Medicinais do MS. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2011 - 2011
Agroecologia e a Qualidade da Vida. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2011 - 2011
Treinamento no uso do Portal de Periódicos CAPES. (Carga horária: 16h).
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2010 - 2010
Articulação de ATER. (Carga horária: 8h).
Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDA, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Agroecologia. (Carga horária: 24h).
Pulsar Organização social, PULSAR, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Gestão da extensão universitária - informatizado. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Elaboração de projetos para empreendimentos. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2009 - 2009
Estagio Docencia. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Uso de adubo orgânico. (Carga horária: 100h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Estágio supervisionado - Soja, Milho, Algodão. (Carga horária: 2500h).
Grupo Fazenda Nova (GFN-Agricola), GFN, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Orientação de pantio de mudas frutíferas. (Carga horária: 100h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Preservação do meio ambiente. (Carga horária: 100h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Estágio de Complementação Educacional/ Agricultura. (Carga horária: 2160h).
Instituro Euvaldo Lodi, IEL, Brasil.
2007 - 2007
Dimensionamento e aplicações de motobombas. (Carga horária: 2h).
Indústrias Schneider S.A., IS, Brasil.
2007 - 2007
Gestão do Agronegócio. (Carga horária: 8h).
VI Congresso de Algodão, CBA, Brasil.
2007 - 2007
Relações interpessoais. (Carga horária: 15h).
Serviço Nacional Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Manejo de horta orgânica. (Carga horária: 100h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em 1º Curso de atualização em Fruticultura. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2006 - 2006
Uso de receptores GPS de navegação. (Carga horária: 8h).
Embrapa Agropecuária Oeste, EMBRAPA, Brasil.
2006 - 2006
Controle biológico da broca da cana e do percevejo. (Carga horária: 6h).
Embrapa Agropecuária Oeste, EMBRAPA, Brasil.
2005 - 2006
Extensão universitária em Implantação de Pomares Caseiros. (Carga horária: 200h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2005 - 2006
Produção de mudas Florestais - Gestor projetos. (Carga horária: 100h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2005 - 2006
Estagiario na Agricultura Familiar. (Carga horária: 3608h).
Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, SEMAF, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em 55º Curso de defesa fitossanitária. (Carga horária: 20h).
Associação Nacional de Desfesa Vegetal, ANDEF, Brasil.
2005 - 2005
IV CURSO DE FRUTICULTURA E O I ENCONTRO REGIONAL. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2005 - 2005
Inteligência Emocional a Serviço da Empresa. (Carga horária: 16h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Campo Grande, SEBRAE/MS, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Curso de Inglês - Basico I. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Mesofauna Edáfica no Plantio Direto. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Contaminação do ambiente agropecuário / pesticidas. (Carga horária: 8h).
Fundação Instituto de Planejamento e Meio Ambiente, IPLAN, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Plantas Medicinais Nativas do Cerrado - Minicurso. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2003 - 2003
Treinamento e Plano de Negocios. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2002 - 2003
Extensão universitária em Saúde para todos - combate a dengue. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Estário em agricultura comercial extensivo. (Carga horária: 200h).
Agripec - Comercio e representações agrícolas, AGRIPEC, Brasil.
2002 - 2002
Operação e manutenção de trator John Deere. (Carga horária: 8h).
John Deere Brasil, JOHN DEERE, Brasil.
2002 - 2002
Curso de Piscicultura. (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2002 - 2002
OMR de pulviverizadores - UNIPORT. (Carga horária: 16h).
Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia, FSNT, Brasil.
2002 - 2002
Produção de embutidos e defumados de suínos. (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Formação de Agente de Saude Animal. (Carga horária: 24h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2001 - 2001
Implatação e manejo básico de horta. (Carga horária: 24h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2001 - 2001
Plantio e manejo básico de pomar. (Carga horária: 24h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2001 - 2001
Cooperativismo. (Carga horária: 16h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
1999 - 2001
Técnico Em Agropecuária. (Carga horária: 1462h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2000 - 2000
Manejo Básico de Aviários (postura). (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2000 - 2000
Conservas de frutas e hortaliças. (Carga horária: 24h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2000 - 2000
Suinocultura. (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - MS, SENAR/MS, Brasil.
2000 - 2000
Avicultura de corte. (Carga horária: 40h).
Centro Educacional rural de Aquidauana, CERA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2017 - 12/2017
Ensino, Mestrado em Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PGORI172 - ATIVIDADES DE PESQUISA 2017/2
PGCA501 - METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA
07/2017 - 12/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAA065 - CULTURA DE LEGUMINOSAS E CEREAIS
IEA124 - IRRIGAÇÃO E DRENAGEM RURAL
IAA055 - IRRIGAÇÃO E DRENAGEM RURAL
IAA078 - OLERICULTURA
03/2017 - 07/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAA071 - Horticultura
IAA068 - Fruticultura
03/2017 - 07/2017
Ensino, Mestrado em Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PGCA520 - Métodos de Amostragens em Agroecossistemas
11/2016 - 02/2017
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAA065 - Cultura de Leguminosas e Cereais
IAA080 - Trabalho de Conclusão de Curso
IAA078 - Olericultura
11/2016 - 02/2017
Ensino, Mestrado em Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PGCA504 - Seminário I
02/2016 - 12/2016
Direção e administração, Campus Vale do Rio Madeira - CVRM, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Agronomia.
05/2016 - 09/2016
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAA068 - Fruticultura
IAA073 - Tecnologia de Produção de Sementes
IAA080 - Trabalho de Conclusão de Curso
05/2016 - 09/2016
Ensino, Mestrado em Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
PGCA520 - Métodos de Amostragens em Agroecossistemas
01/2016 - 05/2016
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAA030 - Agricultura Geral
IAA065 - Cultura de Leguminosas e Cereais
IAA078 - Olericultura
IAA080 - Trabalho de Conclusão de Curso
8/2015 - 12/2015
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
IAE073 - Tecnologia de Produção de Sementes
IAE077 - Silvicultura
IAA068 - Fruticultura

Faculdade Anhanguera de Dourados, FAD, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 20

Atividades

02/2015 - 07/2015
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura II (Cereais de Inverno, Milho e Sorgo)
Agricultura V (Fruticultura, Horticultura e Plantas Medicinais)
Geologia e Mineralogia
Pedologia e Edafologia
09/2014 - 12/2014
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura I (Soja, Girassol e Mamona)
Agricultura III (Algodão, Cana-de-Açucar e Café)
Geologia e Mineralogia
Solos
02/2013 - 07/2014
Ensino, Técnico em Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho Técnico e Construções Rurais
Fertilidade do Solo
02/2014 - 06/2014
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura II (Cereais de Inverno, Milho e Sorgo)
Agricultura V (Fruticultura, Horticultura e Plantas Medicinais)
Desenho Técnico e Construções Rurais
Fertilidade do Solo
Pedologia e Edafologia
09/2013 - 12/2013
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura I (Soja, Girassol e Mamona)
Agricultura III (Algodão, Cana-de-Açucar e Café)
Geologia e Mineralogia
Solos
Desenho Técnico e Construções Rurais
02/2013 - 07/2013
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura II (Cereais de Inverno, Milho e Sorgo)
Agricultura V (Fruticultura, Horticultura e Plantas Medicinais)
Desenho Técnico e Construções Rurais
Fertilidade do Solo
Pedologia e Edafologia
08/2012 - 12/2012
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agricultura I (Soja, Girassol e Mamona)
Agricultura III (Algodão, Cana-de-Açucar e Café)
Geologia e Mineralogia
Solos
02/2012 - 07/2012
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fertilidade do Solo
Melhoramento Vegetal e Animal
Pedologia e Edafologia
Plantas Daninhas

Escola Estadual Castro Alves, EE CASTRO ALVES, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 20

Atividades

07/2013 - 12/2013
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estágio Professional Supervisionado
Administração e Economia Rural
02/2013 - 07/2013
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estágio Professional Supervisionado
Administração e Economia Rural
07/2012 - 12/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estágio Professional Supervisionado
Administração e Economia Rural
Produção Agroindustrial Vegetal
02/2012 - 07/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estágio Professional Supervisionado
Administração e Economia Rural
Produção Agroindustrial Vegetal
02/2012 - 07/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estágio Professional Supervisionado
Administração e Economia Rural
Produção Agroindustrial Vegetal
08/2011 - 12/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
Administração e Economia Rural
Produção Agroindustrial Animal
Produção Agroindustrial Vegetal
Topografia

Grupo Fazenda Nova, GFN, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Treinee - Pesquisador Junior, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisa: Eficiencia de inseticida, Manejo de Pragas, Avaliacoes de MIP, Com diferentes cultivares, Eficiencia de Fungicida, Eficiencia de Aplicacao, Manejo Cultural.


Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Colaborador de Projeto, Enquadramento Funcional: Extensionista de Cursos, Carga horária: 5


Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista Capes, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Proferiu aula de Docência na Disciplina de Entomologia Aplicada

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: PIBIC, Enquadramento Funcional: Discente Autor, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Pesquisador: Iniciação Cientifica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Pesquisador: Iniciação Cinetifica, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Avaliação de caracteres agronômicos de cultivares de arroz cultivados em sistema de sequeiro no município de Humaitá ? AM
Descrição: O sul do estado do Amazonas apresenta grande potencial para produção deste grão, devido as áreas de campos naturais que podem ser exploradas de maneira contínua e mecanizada, no entanto as pesquisas relacionadas a cultivares adaptadas as condições edafoclimáticas locais ainda são escassas. Outra grande vertente do arroz para região seria o potencial de uso na recuperação de áreas degradadas de pastagem, ou para utilização no sistema de integração lavoura-pecuária-floresta por se adaptar mais facilmente a solos de baixa fertilidade natural, a exemplo de grande parte da Amazônia. Além disso, a produção de arroz na região também é facilitada pelo clima que se caracteriza pelo tipo tropical, com período seco variando de um a três meses, não havendo problemas de deficiência hídrica que é um dos fatores limitantes para a cultura em todo o país..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Thiago Abraão Reis de França - Integrante / William Maciel da Silva - Integrante.
2017 - Atual
Indução de resistência em mudas de cafeeiro com o uso de extratos vegetais no controle da cercosporiose
Descrição: O café no Brasil destaca-se por sua grande área de cultivo e também por estar entre os principais produtos agrícolas de exportação. No entanto, apesar da representatividade, um dos grandes problemas enfrentados pelos cafeicultores é a suscetibilidade do cafeeiro a doenças, sendo este um dos fatores que contribuem para a redução da produtividade e da qualidade do café, além de aumentar o custo de produção. Diante disso, este trabalho tem como objetivo avaliar o a indução de resistência em mudas de cafeeiro com o uso de extratos vegetais no controle da cercosporiose. O experimento será conduzido no laboratório de Fitopatologia e em casa de vegetação da Universidade Federal do Amazonas. Para o desenvolvimento do projeto, serão adquiridas mudas de café (Coffea canephora) com seis meses de idade das cultivares Canilon, Guarani e Robusta, como materiais suscetíveis a C. coffeicola. As mudas serão adquiridas em viveiro certificado, no estado de Rondônia e mantidas em casa de vegetação durante todo o período experimental, onde serão irrigadas periodicamente e receberão adubações complementares com NPK e mais micronutrientes. O inóculo de C. coffeicola será obtido a partir de folhas de cafeeiro infectadas naturalmente no campo, na região de Rolim de Moura, RO. As inoculações serão sempre realizadas sete dias após a pulverização dos tratamentos, executadas ao final da tarde, com a deposição de uma gota da suspensão de conídios na concentração de 15.000 conídios viáveis. mL-1 no meristema apical de cada muda com 6 meses de idade. Durante vinte e quatro horas após o processo de inoculação, a umidade relativa do ar será mantida próxima a 100 %, para propiciar condições à penetração fúngica. Para obtenção dos extratos vegetais serão utilizadas folhas de Extratos aquosos de casca de fruto de café, vassoura de lobeira, pimenta de macaco, camomila, cavalinha e folhas de Laranjeira. As mudas serão pulverizados com os extratos vegetais 7 dias antes da inoculação, e a segunda pulverização será 30 dias após a primeira inoculação, até o ponto de escorrimento. A testemunha será pulverizada somente com água. A avaliação da Cercosporiose no cafeeiro será realizada quinzenalmente. Seguindo a proposta por Oliveira et al., (2011), serão avaliados a incidência, severidade, número de lesões da C. coffeicola, enfolhamento e crescimento, totalizando seis avaliações. Após as avaliações, será calculada a área abaixo da curva de progresso da doença para cada tratamento, de acordo com Shaner & Finney (1977). O experimento em casa de vegetação será conduzido no delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 8x3, com cinco repetições. Os dados coletados serão submetidos a análises de variância e testes de médias (Teste de Tukey). Espera-se com esse trabalho obter resultados satisfatórios no controle da cercosporiose do cafeeiro a partir do emprego de extratos vegetais, visando à diminuição do uso de agroquímicos nos cultivos atuais e o aumento do banco de dados em pesquisas de controle alternativo, para possibilitar a aplicação deste manejo a campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Cleisson Hugo Barbosa - Integrante / PERICLES LEAO DA CUNHA - Integrante / APARECIDA GOMES FEITOSA - Integrante.
2017 - Atual
Dinâmica populacional de pragas e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum L.), no município de Humaitá, AM.
Descrição: A cultura de algodoeiro pode sofrer danos em todas as fases de seu desenvolvimento por diversos insetos, que atacam as mais variadas partes da planta tornando-se um dos fatores limitantes para sua exploração, caso não se adote medidas adequadas de controle. O comprometimento da produtividade na cultura do algodão pode ser em decorrência da conseqüência ao ataque de pragas e no uso irracional de produtos fitossanitários que, além disso, ocasionam problemas para com o agroecossistema, relacionados ao desequilíbrio e à contaminação ambiental. Neste aspecto, a realização de amostragem da população dos organismos prejudiciais se torna peça fundamental do monitoramento, permitindo saber o momento correto de agir de modo a promover o equilíbrio ecológico de todo o sistema de produção. A classificação das pragas e inimigos naturais do algodoeiro podem variar nas diferentes regiões do Brasil, fazendo-se, necessário realizar levantamentos para cada região. No sul do estado do Amazonas não há informações acerca das principais pragas da cultura do algodão, por isso, há a necessidade de se investir em ações de pesquisas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Thiago Abraão Reis de França - Integrante / William Maciel da Silva - Integrante.
2016 - 2017
Levantamento das principais pragas do arroz (Oryza sativa L.) cultivado em sistema de sequeiro no município de Humaitá, AM
Descrição: A cultura do arroz é afetado por diversas doenças e insetos fitófagos, durante todo o ciclo, que podem reduzir significativamente a produtividade e a qualidade dos grãos. A amostragem da população dos organismos prejudiciais se torna peça fundamental do monitoramento, permitindo saber o momento correto de agir de modo a promover o equilíbrio ecológico de todo o sistema de produção. A classificação das pragas do arroz como primárias ou secundárias podem variar nas diferentes regiões do Brasil, fazendo-se, necessário realizar levantamentos para cada região. No sul do estado do Amazonas não há informações sobre as principais pragas da cultura do arroz, por isso, há a necessidade de se investir em ações de pesquisas voltadas à prospecção, identificação e quantificação de insetos-praga existentes na região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Adriana Miguel Fernando - Integrante / LUCAS PEREIRA DE OLIVEIRA - Integrante / Thiago Abraão Reis de França - Integrante.
2016 - 2017
Avaliação do desempenho agronômico de cultivares de soja [Glycine max, (L.)] para o município de Humaitá, AM
Descrição: A atual área de cultivo com soja no estado do amazonas é muito pequena, pois poucos são os resultados de pesquisa disponíveis sobre a cultura, sendo que o estado tem grande demanda desse grão, tendo em vista as transformações ocorridas no sistema agro alimentar; nas indústrias de cosméticos e farmacêuticos para a produção de novos medicamentos e tratamentos; no uso industrial para a fabricação de ácidos graxos, na fabricação de óleos com alto conteúdo de ácido erúcico utilizado na produção de filmes, fibras, lubrificantes e combustíveis, sem falar na ração animal usada na atividade pecuária e piscicultura. A expansão da cultura da soja no estado proporciona uma mudança no modelo de ocupação do espaço territorial e no desenvolvimento da economia e por outro lado, proporciona maior renda ao produtor rural. Torna atividades como a avicultura e piscicultura viáveis para a região e estado, têm enorme benefício na recuperação de áreas degradadas através da fixação biológica de nitrogênio, reciclagem de nutrientes e permite a rotação de cultura nas áreas cultivadas com arroz e milho. A cultura é muito importante para recuperação de pastagens através da integração lavoura-pecuária, sem a necessidade de derrubar a floresta para novas áreas de pastagem. Para o planejamento e execução do cultivo, tratos culturais e colheita, a semeadura de mais de uma cultivar de soja é necessária, pois obtém-se maiores ganhos com a cultura e melhora a qualidade de vagens e grãos, minimizando riscos de perdas, causadas pela disseminação de pragas e/ou doenças, que facilmente avançam sobre uma cultivar, seja na mesma safra ou nas safras seguintes, diferente quando da presença de mais de uma cultivar, onde o patógeno encontra resistência para a sua disseminação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Adriana Miguel Fernando - Integrante / LUCAS PEREIRA DE OLIVEIRA - Integrante / Thiago Abraão Reis de França - Integrante.
2016 - Atual
Manejo agropecuário no sul do amazonas: uma análise dos principais impactos ambientais.
Descrição: A questão do manejo agropecuário tem sido colocada em evidencia ao longo dos anos pelos danos que podem causar ao meio ambiente quando realizado de maneira agressiva sobre os recursos naturais. Tendo em vista a grande expansão das áreas destinadas a expansão agropecuária cresce a preocupação com as questões ambientais referentes aos impactos que podem ser ocasionados pelo intenso avanço da fronteira agrícola no sul do Amazonas. O crescente aumento da degradação ambiental é um fator preocupante, resultante da ação antrópica negativa, que altera e modifica o meio ambiente, contribuindo com o empobrecimento do solo através das atividades agrícolas exercidas modificando suas características químicas, físicas e biológicas. No cenário brasileiro da exploração agropecuária é notório os avanços destas atividades visando o aumento dos setores produtivos e financeiros com produtos destinados a atender os mercados externos e interno, visando sempre os fatores econômicos movidos pela competitividade do mercado. A intensa competitividade no setor agrário brasileiro tem levado ao aumento das áreas de produção trazendo consigo os danos ambientais por práticas de manejo inadequadas e sem o planejamento de preservação e recuperação dos recursos utilizados. Com o aumento dos impactos ambientais ocasionados pelos manejos inadequados do solo, recursos hídricos e da flora o que tem sido visto e aumento de problemas não só relacionados ao meio ambiente em si, mais a todo os envolvidos neste contexto como a população a nível local, regional e mundial. O estado do Amazonas é conhecido mundialmente pela sua imensa biodiversidade de riquezas naturais, sendo banhado pelo Rio Amazonas, um dos maiores do mundo, e seus inúmeros afluentes, e uma imensa floresta tropical com as mais diversificadas espécies florestais. Todo este patrimônio torna-se ameaçado pelas intensas atividades humanas que buscam a exploração de seus recursos naturais para os diversos fins, dentre eles a exploração, madeireira, mineral e agropecuária. A exploração agropecuária no estado do Amazonas tem sido a cada ano que passa motivo de preocupação para todos que defendem a manutenção e preservação da biodiversidade do local pelos mais variados impactos que a atividade pode gerar ao meio ambiente quando explorada sem as devidas licenças e regularização dos órgãos competentes. A região sul do Amazonas é vista como uma região de fronteira da exploração agrícola devido ao seu acesso com os demais estados vizinhos, destacando-se as cidades de Humaitá, Lábrea como as mais vulneráveis ao aumento da degradação ambiental gerado pelas intensas pressões para a liberação da expansão agropecuária nestes locais. No estado do Amazonas na porção sul vem se consolidando como nova área de expansão da fronteira agropecuária e concentrando a maior parte das novas frentes de desmatamento no estado. A cidade de Humaitá no sul do estado do Amazonas por ser mais próxima do estado de Rondônia, tanto pelo acesso terrestre através da Br 319, como pelo acesso hidroviário pelo Rio Madeira, possui ampla possibilidade de exploração e escoamento da produção agropecuária para os demais estados do país, sendo por este motivo uma região de extrema preocupação para os que defendem a preservação ambiental. Alterações ambientais físicas e biológicas ao longo do tempo modificam a paisagem e comprometem ecossistemas, fato este que poderá está relacionado com desenvolvimento tecnológico contemporâneo e as culturas das comunidades contribuído para que essas alterações no ambiente se intensifiquem..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Ivalmir Mota Abadias - Integrante / CHRISTIANNE MAR DOS SANTOS - Integrante / MARCIO FREIRE DAS CHAGAS - Integrante.
2015 - 2017
Desempenho de cultivares de arroz (Oryza sativa, L.) em diferentes tipos de solo na amazônia ocidental
Descrição: O arroz é uma cultura versátil que se adapta às diferentes condições de clima e solo, sendo considerada a espécie de maior potencial de aumento de produção para o combate da fome no mundo. No Amazonas segundo o IBGE, o consumo per capita anual é de 12,183Kg de arroz diversos e 7,249kg de arroz polido. Isso se deve a mudança de hábito já que a região possui uma diversidade de alimentos que substitui o arroz, como por exemplo, a farinha, o consumo per capta anual perfaz 23,54kg. O Brasil é o 9º produtor de arroz do mundo e o maior entre os países não orientais. O arroz pertence à Divisão: Magnoliopsida, Classe: Liliopsida, Ordem: Poales, Família: Poaceae, Gênero: Oryza (Cronquist,1988). O arroz é uma gramínea com duas espécies cultivadas, no mundo, a Oryza sativa, L. e Oryza glaberrima, presume-se que a primeira é originária da Ásia e a segunda da Africa Ocidental, porém não se sabe ao certo a origem das espécies e dos gêneros. O gênero Oryza é o mais rico e importante da tribo Oryzeae e engloba cerca de 23 espécies, diversas espontaneamente nas regiões tropicais da Ásia, África e Américas. A espécie O. sativa é considerada polifilética, resultante do cruzamento de formas espontâneas variadas. A produção mundial está estimada em 480,72 milhões de toneladas, sendo 8,3 milhões de toneladas produzidas no Brasil. Os dez maiores países produtores são, em ordem decrescente: China, Índia, Indonésia, Bangladesh, Vietnã, Tailândia, Myanmar, Filipinas, Brasil e Japão. A china e a Índia com uma produção de 144,56 e 105,48 milhões de toneladas de arroz beneficiado, respectivamente. Os maiores exportadores que são a Tailândia, Vietnã, Estados Unidos da América (EUA), Índia, China e Paquistão. No Brasil, a previsão para a safra 2016/17 está em 12,317,7 mil ton./ha-1 com área cultivada estimada em 1.975,3 milhões de hectares, registra redução de 1,6% na área plantada em relação à safra passada, isso se deve principalmente a redução das áreas de plantio em sequeiro, que é mais difundido territorialmente com produção em Mato Grosso, Goiás, Piauí, Maranhão, Pará, Rondônia e Tocantins . Para manter a grande produtividade e o suprimento da demanda, faz-se necessário a utilização de cultivarem produtivas e adaptadas às condições de cultivo. Sabe-se que existe grande diversidade genética e diferentes variedades cultivadas no mundo, mesmo assim, o uso de cultivares locais de arroz bem adaptados é um fator importante. O cultivo quando praticado com cultivares local favorece a ampliação e manutenção da diversidade genética, a maior resistência as adversidades climáticas e favorece o desenvolvimento da agricultura familiar que se beneficia pelas condições locais. A produção nacional de arroz não vem acompanhada do crescimento do consumo. Há, portanto, a necessidade de aumentar a produção visando às demandas futuras. A inserção do cultivo de arroz em áreas de pastagens natural degradadas e o uso de campos naturais pode ser uma alternativa ao desmate da floresta desde que praticado em sistemas agrícolas sustentáveis, explorando-se todas as suas aptidões, poderá tornar-se áreas com elevada produtividade agrícola. As características físicas, fertilidade do solo, os efeitos causados pela ação antrópica sobre a propriedade física do solo, a implantação de novas áreas agrícolas, bem com o manejo adequado na implantação da cultura, são elementos essenciais para obter uma produtividade satisfatória, sem causar danos ao ambiente, principalmente em uma exploração agrícola..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / JACILMA DE SIQUEIRA PINHO SALVADOR - Integrante / Vairton Radmann - Integrante.
2015 - 2016
Avaliação de cultivares de milho (Zea mays) no município de Humaitá no estado do Amazonas
Descrição: O Estado do Amazonas tem grande demanda desse grão, tendo em vista as transformações ocorridas no sistema agro alimentar que tem no milho uma boa parte dos produtos processados nas indústrias alimentícias e nas indústrias de cosméticos, sem falar na ração animal usada na atividade pecuária (aves, bovinos, suínos) e piscicultura. A cultura é importante para recuperação de pastagens através da integração lavoura-pecuária, sem a necessidade de derrubar a floresta para novas áreas de pastagem, e permitindo a rotação de culturas e consequentemente a expansão da cultura do milho no estado onde proporciona uma mudança no modelo de ocupação do espaço territorial e no desenvolvimento da economia, e por outro lado, proporciona maior renda ao produtor rural. A semeadura de mais de uma cultivar de milho é necessária para o planejamento e execução do cultivo, minimizando riscos de perdas, e obtendo maiores ganhos com a cultura e melhorar a qualidade do grão, pois perdas estas causadas pela disseminação de pragas e/ou doenças. Nesse sentido, o cultivo de milho e de suma importância, pois o mesmo proporciona o melhor uso da terra e aproveitamento dos recursos naturais como água, luz, nutrientes, pois é uma importante opção para incrementar a produção de alimentos, especialmente em pequenas propriedades rurais onde se pratica o uso intensivo de mão-de-obra..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Ramylle Júnior Lourenço Ramos - Integrante / LEONARDO REZENDE GUIMARÃES - Integrante.
2011 - 2014
Distribuição espacial e amostragem sequencial de insetos no cultivo da soja (Glycine max (L.) Merrill) geneticamente modificada (Bt) e convencional
Descrição: A introdução de características de resistência de plantas a insetos através de engenharia genética tem levantado questionamentos a respeito de sua eficácia e dos efeitos potenciais sobre entomofauna benéfica. A busca por tecnologias mais específicas, com baixa persistência no ambiente, e esforços para um Manejo Integrado de Pragas (MIP) baseado na resistência de plantas a insetos vem de longa data. O grande questionamento quanto à utilização de organismos geneticamente modificados (OGMs) vem de aspectos relacionados aos efeitos da tecnologia ao meio ambiente, principalmente pelo efeito da toxina Bt na entomofauna não-alvo e aspectos econômicos relacionados à adoção da tecnologia. A utilização da soja transgênica resistente a insetos no Brasil é fundamental para melhorar a competitividade do setor produtivo do sojicultor através de sua provável redução de custos com inseticidas. Um amplo estudo se faz necessário para adequação e viabilidade da soja-Bt, devido à grande diversidade da entomofauna existente nas regiões produtoras, porém com conhecimentos do impacto que a tecnologia poderia causar. Com o advento da biotecnologia foi desenvolvido a soja resistente a insetos a cultivar MON 87701 (CTNBio, 2010). O objetivo dessa transformação foi reduzir o uso de inseticidas para controlar lepidópteros-praga em regiões tropicais e subtropicais, sobretudo contra o ataque de Anticarsia gemmatalis, lagarta da soja e de Pseudoplusia includens, a falsa medideira, como alvos primários, e Crocidosema aporema, a broca das axilas, e Rachiplusia nu, como alvos secundários. O conhecimento da distribuição espacial e temporal dos insetos é um parâmetro importante a ser considerado para subsidiar a tomada de decisão do local e momento mais adequados para aumentar a eficiência de seu controle no manejo integrado de pragas, bem como reduzir custos de controle e danos ambientais. A determinação do tipo de distribuição espacial da praga é o primeiro passo para o estabelecimento de um plano..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Wagner Justiniano - Integrante.
2009 - 2010
Interações tritróficas entre plantas de algodão Bt, o fitófago Aphis gossypii Glover e o predador Chrysoperla sp.
Descrição: Dentre os insetos que se destacam como predadores dessa praga agrícola, os indivíduos da família Chrysopidae constituem-se de espécies com alta capacidade de predação e plasticidade ecológica, sendo que várias espécies são encontradas em diferentes agroecossistemas. Com base na necessidade de mais conhecimentos sobre as interações entre plantas resistentes e inimigos naturais, este trabalho tem por objetivo gerar informações sobre as interações tri-tróficas, observando possíveis efeitos da toxina Cry1Ac sobre predador C. externa alimentados com A. gossypii previamente tratados com algodão (Bt) NuOpal Bollgard livre de agroquímicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Integrante / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Thiago Alexandre Mota - Coordenador / Maria Freire de Sousa - Integrante.
2009 - 2010
Distribuição espacial e amostragem seqüencial de pragas em algodão-Bt e com o algodão convencional
Descrição: Descrição: A pesquisa proposta objetiva determinar o padrão de distribuição espacial, além de construir planos de amostragem seqüencial para os insetos Bicudo Anthonomus grandis, Lagarta-Militar Spodoptera frugiperda, Ácaro-Rajado Tetranychus urticae, Lagarta-do-colo Elasmopalpus lignosselus no cultivo do algodão geneticamente modificado (GM) resistente a insetos comparativamente com o algodão convencional. Os experimentos serão conduzidos através de amostragens semanais em cultivar Bt (GM) e convencional. Com os dados obtidos com as contagens dos indivíduos serão calculados os índices de dispersão e ajustados os valores das classes observadas em campo com as distribuições teóricas de freqüência. Posteriormente serão estabelecidos os planos de amostragem seqüencial para cada praga avaliada em cada uma das cultivares..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Marcos Gino Fernandes - Integrante.
2009 - 2010
Distribuição espacial e amostragem seqüencial de pragas em algodão-Bt comparativamente com o algodão convencional
Descrição: A pesquisa proposta objetiva determinar o padrão de distribuição espacial, além de construir planos de amostragem seqüencial para os insetos Bicudo Anthonomus grandis, Lagarta-Militar Spodoptera frugiperda, Ácaro-Rajado Tetranychus urticae, Lagarta-do-colo Elasmopalpus lignosselus no cultivo do algodão geneticamente modificado (GM) resistente a insetos comparativamente com o algodão convencional. Os experimentos serão conduzidos através de amostragens semanais em cultivar Bt (GM) e convencional. Com os dados obtidos com as contagens dos indivíduos serão calculados os índices de dispersão e ajustados os valores das classes observadas em campo com as distribuições teóricas de freqüência. Posteriormente serão estabelecidos os planos de amostragem seqüencial para cada praga avaliada em cada uma das cultivares..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Thiago Alexandre Mota - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2009 - 2010
Impacto do Algodão Geneticamente Modificado sobre Organismos não-alvo
Descrição: Algodão expressando a proteína Cry1Ac utiliza esta substância como um inseticida direcionado contra a lagarta-rosada Pectinophora gossypiella (Saunders, 1844), lagarta-da-maçã Heliothis virescens (Fabricius, 1781) e o curuquerê-do-algodoeiro Alabama argillacea (Hübner, 1818), estando estas entre as principais pragas desta cultura (não-Bt). A presente pesquisa tem como objetivo analisar e avaliar a influência que a proteína Cry1Ac presente no solo e no floema vegetal oriundos do cultivo da variedade de algodão geneticamente modificado (Bt) NuOpal Bollgard , exerce sobre a longevidade e reprodução dos seguintes organismos não-alvo: minhoca Eisenia fetida (Savigny, 1826), e o pulgão-do-algodoeiro A. gossypii, em condições laboratoriais. Espera-se que a tecnologia do algodão transgênico resistente a insetos tenha pouca influência sobre a população de minhocas uma vez que tais organismos são benéficos para a agricultura. Espera-se que tal estudo contribua para o desenvolvimento da agricultura e o fortalecimento da economia da região, utilizando o algodão transgênico como uma cultura ecologicamente correto e economicamente viável para os agricultores...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Integrante / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Thiago Alexandre Mota - Integrante / Ana Cláudia Terumi Abe - Coordenador.
2007 - 2008
Impacto do algodão geneticamente modificado na população do pulgão-do-algodoeiro Aphis gossypii Glover (1877) (Hemiptera:Aphididae) e sua interação com predadores e parasitoides
Descrição: O presente trabalho sera conduzido atraves de amostragens de plantas, a cada 3 a 4 dias realizadas na cultura do algodão (Gossypium hirsitum) geneticamente modificado e convencional. Posteriormente, sera efetuado uma analise dos dados do pulgão Aphis gossypii e sua interação com predadores e parasitoides ocorrentes na area, alem das suas abundancias e diversidade. A identificação das especies de parasitoides e predadores desconhecidos sera feita por especialista, apos a coleta dos juvenis e adultos coletados a campo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Paulo Eduardo Degrande - Integrante / Roni Paulo Fortunato - Integrante / MIGUEL FERREIRA SORIA - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2006 - 2007
Impacto da entomofauna de culturas de cobertura sobre a cultura da soja (Glycine max (L.) Merr.)
Descrição: A sustentabilidade da atividade agrícola está diretamente relacionada com os impactos ambientais, econômicos e sociais das técnicas de produção. Embora experimentos de longa duração confirmem os benefícios do Sistema Plantio Direto (SPD) para conservação do solo, áreas sobre esse sistema apresentam características intrínsecas com relação a pragas, doenças e invasoras. Ações preventivas como a dessecação antecipada, a aplicação de inseticidas associada à dessecação e a aplicação de inseticidas anterior à dessecação são sugeridas caso sejam encontradas pragas nas culturas de cobertura. No entanto, essas recomendações são baseadas em dados empíricos de constatação dos insetos e de níveis de dano para a cultura subseqüente ou de cobertura. Este projeto teve como objetivo avaliar o impacto da entomofauna de culturas de cobertura em sistemas conservacionistas de cultivo da cultura soja. Para isso foi realizado um experimento no período de pré-safra e safra 2006/2007 da cultura da soja. A entomofauna das culturas de cobertura do sorgo, milheto e vegetação espontânea foram avaliadas no período de pré-semeadura e desenvolvimento inicial da cultura da soja, analisando-se seu impacto sobre características agronômicas da soja..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Integrante / Paulo Eduardo Degrande - Coordenador / MIGUEL FERREIRA SORIA - Integrante / Luis Carlos Ferreira de Souza - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2005 - 2007
Seletividade de inseticidas a Predadores de Pragas do Algodoeiro em Condições de Campo
Descrição: Os predadores de Pragas da Cultura do Algodoeiro são agentes biologicos que exercem o controle natural reduzindo a população de suas presas, diminuindo os danos causados e em muitos casos evitam surtos populacionais, contribuim para manter as pragas secundarias abaixo do nivel de dano economico. Para se manter essa ação e necessario, apenas, preservar a população desses insetos, uma alternativa e a utilização de inseticidas seletivos no controle das pragas da cultura..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Seletividade de inseticidas quimicos tradicionalmente utilizados no controle do pulgão sobre predadores sobre solo da cultura do algodão
Descrição: A utilização de pesticidas seletivos aos inimigos naturais de pragas em um sistema de Manejo Integrado de Pragas (MIP) contribui para o maior equilibrio do agroecossistema. O desenvolvimento de pesquisas que identifiquem estes tipos de produtos e fundamental para o estabelecimento de programas sustentaveis de controle de pragas do algodoeiro. Os inimigos naturais, tanto predadores como parasitoides, das pragas do algodoeiro assumem relevante importancia na manutenção da população das pragas abaixo do nivel economico. Em especial, os predadores de solo assumem importancia no controle de lagartas e pupas de lepidopteras que atacam a cultura no momento que algumas delas descem ao solo para pupação. Muitas destas especies de inimigos naturais tem a capacidade de subir na planta e fazer predatismo as pragas presentes na parte aerea do vegetal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Paulo Eduardo Degrande - Integrante / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Thiago Ferreira Bertoncello - Integrante / João Franco Ribeiro - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2004 - 2005
Recolonização de unidades experimentais por predadores de pragas apos a aplicação de inseticidas no algodoeiro
Descrição: A utilização de pesticidas seletivos em um sistema de Manejo Integrado de Pragas (MIP) contribui para buscar maio equilibrio do agroecossistema. Logo, o desenvolvimento de pesquisas que identifiquem estes tipos de pesticidas e fundamental para o estabelecimento desses programas de controle de pragas. Em geral, nestes tipos de estudos, as unidades experimentais tratadas tem a população de predadores reduzida apos o tratamento com produtos letais as especies predadores e a recolonização da area assume importante papel para o entendimento do real efeito destas substancias em teste, seja pela analise do poder residual ou avaliação de mortalidade propriamente dita..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Juliano Lopes - Integrante / Paulo Eduardo Degrande - Integrante / Marcos Gino Fernandes - Integrante / Rodrigo Fernandes Nogueira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2004 - 2005
Avaliação de diferentes métodos de amostragens para testes de seletividade de inseticidas a predadores de pragas do algodoeiro
Descrição: Testar metodologias experimentais para avaliar a seletividade de inseticidas em predadores de pragas do algodoeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Integrante / Juliano Lopes - Coordenador / Paulo Eduardo Degrande - Integrante / Marcos Gino Fernandes - Integrante.


Projetos de extensão


2016 - 2017
Substratos na produção de mudas de Açaí em viveiro para os agricultores de subsistência no município de Humaitá-AM
Descrição: A agricultura e a pecuária produzem imensas quantidades de resíduos que constituem potenciais poluentes ambientais. Muitos desses materiais se dispersam, por não serem coletados e reciclados ou por serem destruídos pela ação de queimadas. No entanto, quando manipulados adequadamente, podem suprir aos sistemas agrícolas, boa parte da demanda de insumos sem afetar os recursos do solo e do ambiente. O aprimoramento de práticas destinadas à reciclagem ambiental como o uso da cobertura morta e o reaproveitamento de resíduos, carece de estudos científicos aprofundados. Estas técnicas destinam-se ao desenvolvimento de novas possibilidades de uso dos resíduos agropecuários, sendo, portanto, imprescindíveis para aperfeiçoamento do agronegócio, redução de impactos ambientais e ampliação do mercado pela disponibilização e valorização de novos produtos. A cultura do açaí vem sendo implantada em grandes sistemas agrícolas principalmente na região norte do país, onde as preocupações com o meio ambiente tornaram a produção de grãos que domina a região centro-oeste, quase inviável. A tecnificação do açaí é uma realidade no século XXI. O consumo de açaí vem sendo disseminado, e se tornando constante por todo o mundo. A América do Norte assim como o Japão são hoje grandes compradores da poupa da fruta do Brasil, sendo que o maior exportador no país é o estado do Pará. Da produção total do estado, apenas 10% é destinada ao mercado internacional, expondo assim, a oportunidade de expandir a produção do açaí pela região norte do Brasil, já que a produção total atual não supre a necessidade do mercado. Serão realizadas apresentações de palestras sobre a forma de produção, expectativas do mercado para os próximos anos, estimulando assim o aumento da produção na região de Humaitá-AM dando novas oportunidades de crescimento da economia local e gerando fonte renda para pequenos agricultores. Desta forma, tal trabalho se faz necessário, pois também visa utilizar resíduos agroindustriais, que originam uma quantidade excessiva e significativa de resíduos dos quais estes podem ser amplamente utilizados como adubos para a produção obtendo assim mudas com um padrão de qualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / PERLA JOANA SOUZA GONDIM - Integrante / Lucas Firmo Dantas Silva Dantas Silva - Integrante.
2016 - 2017
Substratos na Produção de Mudas de Espécies Arbóreas em Viveiro para Arborização Urbana no Município de Humaitá - AM
Descrição: A agricultura e a pecuária produzem imensas quantidades de resíduos que constituem potenciais poluentes ambientais. Muitos desses materiais se dispersam, por não serem coletados e reciclados ou por serem destruídos pela ação de queimadas. No entanto, quando manipulados adequadamente, podem suprir aos sistemas agrícolas, boa parte da demanda de insumos sem afetar os recursos do solo e do ambiente. O aprimoramento de práticas destinadas à reciclagem ambiental como o uso da cobertura morta e o reaproveitamento de resíduos, carece de estudos científicos aprofundados. Estas técnicas destinam-se ao desenvolvimento de novas possibilidades de uso dos resíduos agropecuários, sendo, portanto, imprescindíveis para aperfeiçoamento do agronegócio, redução de impactos ambientais e ampliação do mercado pela disponibilização e valorização de novos produtos. Cidades são os ambientes mais alterados pela ação do homem, principalmente pela alta concentração de edificações e alta densidade populacional, isso decorre por elas serem os principais centros de poder político, econômico e social, exercendo uma grande atração de pessoas em busca por melhores condições de emprego, educação, lazer, consumo, cultura e de bem estar. Em decorrência disso, há o comprometimento da qualidade de vida de seus habitantes, nas condições climáticas, hidrológicas, impermeabilização do solo, poluição (atmosférica, hídrica, sonora e visual) é principalmente na redução da cobertura vegetal urbana. Nas últimas décadas a arborização urbana vem constantemente sendo alvo de estudos principalmente em decorrência de seus valores fundamentais no estabelecimento de áreas verdes, devido os pesquisadores entenderem que essas proporcionam uma melhor qualidade de vida às pessoas e, ao mesmo tempo, estreita os laços entre o homem e a natureza. As áreas verdes urbanas, são componentes estratégico da cidade, pois contribuem com o ciclo hidrológico, controle de erosões, estabilização de encostas, regulação dos fluxos em canais de drenagem, oferecem áreas de sombreamento, retenção de partículas, redução do ruído além de contribuir para a democratização de espaços para práticas de lazer, atividades de educação ambiental e amenização térmica. A apresentação de palestras sobre a importância da arborização urbana para qualidade de vida e a própria distribuição das mudas de espécies arbóreas tais como: (Flamboyant, Ipê-Roxo, Ipê-amarelo, Ipê-branco e Oiti), possibilitará o interesse da comunidade pela arborização da cidade. Desta forma, tal trabalho se faz necessário, pois, visa utilizar resíduos agroindustriais, que originam uma quantidade excessiva e significativa de resíduos dos quais estes podem ser amplamente utilizados como adubos para a produção das mais variadas espécies arbóreas, obtendo assim mudas com um padrão de qualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / Ramylle Júnior Lourenço Ramos - Integrante / PERLA JOANA SOUZA GONDIM - Integrante / ALAN FERREIRA LEITE DE LIMA - Integrante.
2015 - 2016
Arborização do Instituto de Educação e Agricultura e Ambiente de Humaitá-AM
Descrição: A arborização urbana é o conjunto de áreas públicas e privadas com vegetação predominantemente arbórea ou em estado natural, que o município apresenta, incluindo as árvores de ruas e avenidas, parques públicos e demais áreas verdes. Diversos são os benefícios atribuídos à presença de espaços verdes nas cidades, como melhoria do microclima; beleza cênica; barreira natural contra ruídos e ventos; bem-estar psíquico; dentre outros. A percepção dos moradores urbanos verificou que 59% dos questionados declararam-se favoráveis a contribuir financeiramente com a manutenção da arborização da cidade. A presença da vegetação exerce grande influência em aspectos de conforto ambiental principalmente nas questões referentes ao conforto térmico e a percepção do ambiente construído. A arborização do IEAA/UFAM será uma importante atividade de Educação Ambiental, na medida em que possibilita o compromisso socioambiental de alunos e professores, torna o espaço escolar mais agradável e viabiliza a aprendizagem de diferentes disciplinas de diversos cursos (Agronomia, Engenharia Ambiental), tornando-as significativas para qualidade do ar, diminuição dos ventos, diminuição dos raios solares, resgate da Biodiversidade local, como flora, fauna em geral. Visa este projeto também proporcionar a maior interação entre os estudantes e o meio ambiente com informações sobre ocorrência, nomenclatura científica e popular das espécies, contribuindo para conhecimento monitorado ou autoguiado bem como para a valorização e auxílio na manutenção dos ambientes verdes da IEAA..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - 2016
Levantamento urbano sob a distribuição espacial de Aedes aegypti e Anopheles na região sul do Estado do Amazonas.
Descrição: O Aedes aegypti é um mosquito de hábito diurno, principalmente no início da manhã e no final da tarde; tem preferência por ambientes urbanos e intradomiciliares; e alimenta-se principalmente de sangue humano (Barreto et al.,2008). A proliferação do mosquito é feita pela postura de ovos pela fêmea em coleções de água parada onde posteriormente eles eclodem originando as larvas. O tempo decorrido entre a eclosão do ovo e o mosquito adulto é cerca de 10 dias, sendo influenciado por fatores como a temperatura, que acelera esse processo (Teixeira, 2008). O ovo do mosquito sobrevive por até um ano fora da água, aguardando condições ambientais favoráveis para se desenvolver (Silva et al.,2010). A malária é uma das principais doenças parasitárias do mundo, acometendo importante contingente de pessoas. Por seu alcance epidemiológico e pela possibilidade de desenvolvimento de quadros graves quase sempre devidos ao Plasmodium falciparum, se faz necessário o conhecimento adequado de suas manifestações clínicas e da terapêutica, para otimização da conduta (Batista et al., 2012). Na malária grave a internação em unidade de terapia intensiva é mandatória para redução das complicações decorrentes da infecção. O início do tratamento deve ser o mais precoce possível, o qual tem impacto na sobrevida do paciente, e é baseado na combinação de drogas antimaláricas e medidas de suporte (Gomes et al., 2011). Vale ressaltar que o acompanhamento adequado, as medidas de suporte avançado e o diagnóstico rápido diminuem a letalidade relacionada à enfermidade. Contudo, não se deve substituir ou relegar, para segundo plano, as medidas de controle da doença em todo o mundo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Coordenador / PERLA JOANA SOUZA GONDIM - Integrante / Sheury Celante Marques - Integrante.
2002 - 2003
Desenvolvimento da Apicultura na Região de Cassilandia
Descrição: O projeto e dividido em 3 fases Implantação do Apiario, Cursos seuqenciais, Analise e acompanhamento pos-cursos. Na fase de implantação de apiarios serão instalados as colmeias na unidade e levantamento do potencial melifero das abelhas que vivem na região, principalmente do genero Apis. Na 2 fase sera ministrada quatro cursos, 1 Curso: Apicultura para iniciantes, 2 curso sera de produção de mel em favos, coleta e processamento de polen e de propolis, o 3 sera de produção e comercialização de geleia real e abelhas rainhas, 4 e ultimo de polinização de culturas. Na 3 fase sera entregue uma ficha para cada participante dos cursos para estes puderem avaliar os cursos oferecidos, dando sujestões para o aperfeiçoamento do cursos. Todos os alunos serão incentivados a formarem uma cooperativa, para poderem comercializar seus produtos, tendo apoio da prefeitura e acessoria da UEMS de Cassilandia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca - Integrante / Nilton César Bellizzi - Coordenador / Eliomar Sergio Veloso - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Manejo e Tratos Culturais.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
Patrono da Turma de Agronomia, Faculdade Anhanguera.
1997
Aluno do Ano (Medalha de Ouro), Escola Agricola Laurindo Estragliotto.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PAULO, ROGÉRIO BELTRAMIN DA FONSECA2017PAULO, ROGÉRIO BELTRAMIN DA FONSECA; MARCOS, GINO FERNANDES ; WAGNER, JUSTINIANO ; LEONARDO, HIROITO CAVADA ; CÁCIA, LEILA TIGRE PEREIRA VIANA ; JOÃO, ALFREDO NETO DA SILVA . Spatial distribution of adults and nymphs of stink bug, Edessa meditabunda (Fabricius, 1974) (Hemiptera: Pentatomidae) on soybean Bt and non-Bt. AFRICAN JOURNAL OF AGRICULTURAL RESEARCH, v. 12, p. 3013-3023, 2017.

2.
SILVA, J. A. N. da2015SILVA, J. A. N. da ; SOUZA, C. M. A. ; SILVA, C. J. ; FONSECA, P.R.B. . Produtividade de híbridos de milho em cultivo solteiro e consorciado com pinhão-manso. Scientia Agraria Paranaensis, v. 14, p. 43-48, 2015.

3.
FONSECA, P.R.B.2015FONSECA, P.R.B.; SCHUCK, M. B. ; SILVA, J. A. N. da . Diferentes tipos de alface sob duas condutividades na hidroponia. A Revista Eletrônica da Faculdade de Ciências Exatas e da Terra, v. 5, p. 9-16, 2015.

4.
FONSECA, P.R.B.2015FONSECA, P.R.B.; BOHM, K. A. ; SANTOS, K. G. ; SILVA, J. A. N. da . Aplicação de diferentes tipos de calcário na cultura do milho. A Revista Eletrônica da Faculdade de Ciências Exatas e da Terra, v. 4, p. 43-52, 2015.

5.
5FONSECA, P.R.B.2014FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; JUSTINIANO, W. ; CAVADA, L. H. ; SILVA, J. A. N. da . Spatial Distribution of Adults and Nymphs of Euschistus heros (F.) (Hemiptera: Pentatomidae) on Bt and Non-Bt Soybean. Journal of Agricultural Science, v. 6, p. 131-142, 2014.

6.
3LIMA, P. R.2014LIMA, P. R. ; CARLESSO, R. E. ; BORSOI, A. ; ECCO, M. ; FERNANDO, F. V. ; MEZZALIRA, E. J. ; RAMPIM, L. ; ROSSET, J. S. ; BATTISTUS, A. G. ; MALAVASI, U. C. ; FONSECA, P.R.B. . Effects of different rates of nitrogen (N) and phosphorus pentoxide (P2O5) on eggplant yield. African Journal of Agricultural Research, v. 9, p. 1435-1441, 2014.

7.
1DUTRA, F.2014DUTRA, F. ; MARCHETTI, M. E. ; FONSECA, P.R.B. . Cloreto de potássio capeado e convencional na cultura da soja. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 9, p. 244-248, 2014.

8.
2FONSECA, P.R.B.2014FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; PAIM, L. R. ; SILVA, J. A. N. da . Desfolha artificial simulando danos de pragas na cultura do milheto. Nucleus (Ituverava. Impresso), v. 11, p. 93-100, 2014.

9.
4FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2014FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; FERNANDES, MARCOS GINO ; JUSTINIANO, WAGNER ; CAVADA, LEONARDO HIROITO ; SILVA, JOÃO ALFREDO NETO DA . Sequential Sampling of Adults and Nymphs of Euschistus heros (F) (Hemiptera: Pentatomidae) on Soybean Bt and Non-Bt. Journal of Agricultural Science, v. 6, p. 110-117, 2014.

10.
JUSTINIANO, W.2014JUSTINIANO, W. ; Fernandes, M. G. ; VIANA, C. L. T. P. ; FONSECA, P.R.B. . Intacta RR2 PRO® (MON87701 x MON89788) for Management of the Main Target and Non-Target Insects in Soybeans. Global Institute for Research & Education, v. 3, p. 11-18, 2014.

11.
FONSECA, P.R.B.2014FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; BRITO, M. ; TUTIJA, J. H. S. ; SILVA, J. A. N. da . DESFOLHA ARTIFICIAL SIMULANDO DANOS DE PRAGAS NO CULTIVO DE CRAMBE. Global Science and Technology, v. 7, p. 19-25, 2014.

12.
8MOTA, T. A.2013MOTA, T. A. ; SOUSA, M. F. ; Fernandes, M. G. ; FONSECA, P.R.B. ; KASSAB, S. O. ; QUADROS, J. C. . Biological parameters of the non-target pest Aphis gossypii Glover (Hemiptera: Aphididae) on GM Bt cotton. African Journal of Biotechnology, v. 12, p. 1987-1992, 2013.

13.
14FONSECA, P.R.B.2013FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. ; MOTA, T. A. ; KASSAB, S. O. . Spatial distribution of adult Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae) and buds with feeding punctures on conventional and Bt cotton. Semina. Ciências Agrárias (Online), v. 34, p. 1129-1138, 2013.

14.
9FONSECA, P.R.B.2013FONSECA, P.R.B.; PARIZZOTO, P. A. ; BAROZZI, A. J. ; SILVA, A. S. ; SILVA, J. A. N. da . Desfolha artificial na cultura da canola. Revista de Ciências Exatas e da Terra, v. 2, p. 16-24, 2013.

15.
13FONSECA, P.R.B.2013FONSECA, P.R.B.; BRITO, M. ; TUTIJA, J. H. S. ; SILVA, A. S. ; SILVA, J. A. N. da . Sorgo submetido à desfolha artificial. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, p. 60-64, 2013.

16.
10FONSECA, P.R.B.2013FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; CAVADA, L. H. ; SILVA, J. A. N. da . Distribuição espacial de adultos de Piezodorus guildine em algodoeiro Bt e não Bt. Revista de Ciências Exatas e da Terra, v. 71, p. 2-82, 2013.

17.
11FONSECA, P.R.B.2013FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; JUSTINIANO, W. ; CAVADA, L. H. ; SILVA, J. A. N. da . Leaf Chlorophyll Content and Agronomic Performance of Bt and Non-Bt Soybean. Journal of Agricultural Science, v. 5, p. 117-125, 2013.

18.
6SILVA, J. A. N. da2013SILVA, J. A. N. da ; SILVA, C. J. ; OLIVEIRA, H. N. ; SOUZA, C. M. A. ; FONSECA, P.R.B. . Abamectina no controle do ácaro-branco na cultura do pinhão-manso. Revista Cultivando o Saber, v. 6, p. 195-205, 2013.

19.
7MOTA, T. A.2013MOTA, T. A. ; SOUSA, M. F. ; FERNANDES, MARCOS G. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; Kassab, S. O. ; QUADROS, J. C. . Biological parameters of the non-target pest Aphis gossypii Glover (Hemiptera: Aphididae) on genetically modified (GM) Bt cotton. African Journal of Biotechnology, v. 12, p. 1987-1992, 2013.

20.
12SILVA, J. A. N. da2013SILVA, J. A. N. da ; SILVA, C. J. ; SOUZA, C. M. A. ; FONSECA, P.R.B. . Produtividade de cultivares de nabo forrageiro em cultivo solteiro e consorciado com pinhão-manso. Revista de Ciências Exatas e da Terra, v. 2, p. 56-63, 2013.

21.
20FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2012FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; MOTA, T. A. ; KASSAB, S. O. ; Fernandes, M. G. . Seletividade de inseticidas utilizados no controle da Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) nos inimigos naturais epigéicos na cultura do milheto. Revista Caatinga (UFERSA. Impresso), v. 25, p. 14-19, 2012.

22.
23FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2012FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Fernandes, M. G. ; DUTRA, F. ; SOUZA, T. A. ; PONTIN, B. C. A. . Uso do Spad-502 na avaliação dos teores foliares de clorofila, em híbridos de milho, (Zea mays L.) Bt e isogênico. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 7, p. 56-60, 2012.

23.
17HAYASHIDA, E. K.2012HAYASHIDA, E. K. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. ; LOUREIRO, E. S. . Efeito dos isolados de Metarhizium anisopliae (Metschnikoff) Sorokin (Hypocreales: Clavicipitaceae) sobre parasitóide Cotesia flavipes (Cameron, 1891) (Hymenoptera: Braconidae). Nucleus (Ituverava. Impresso), v. 9, p. 1-5, 2012.

24.
19KASSAB, S. O.2012KASSAB, S. O. ; GAONA, J. C. ; LOUREIRO, E. S. ; MOTA, T. A. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. . Novos surtos populacionais de mosca-dos-estábulos no Mato Grosso do Sul: medidas de controle e prevenção. Agrarian (Dourados. Online), v. 5, p. 84-87, 2012.

25.
21MOTA, T. A.2012MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; SOUSA, M. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; QUADROS, J. C. ; KASSAB, S. O. . Tritrofic interactions between Bt cotton plants, the aphid Aphis gossypii Glover, 1827 (Hemiptera: Aphididae), and the predator, Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae). African Journal of Agricultural Research, v. 7, p. 5919-5924, 2012.

26.
15KASSAB, S. O.2012KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; BARBOSA, R. H. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. . Alteração no método de amostragem de Mahanarva fimbriolata (STÅL, 1854) (HEM.: Cercopidae) e avaliação da eficiência de Metarhizium anisopliae (METSCHNIKOFF, 1879) SOROKIN, 1883 (HYP.: Clavicipitaceae). Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 79, p. 621-625, 2012.

27.
16JUSTINIANO, W.2012JUSTINIANO, W. ; NOVAES, G. T. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . Atividade inseticida do extrato de nim sobre lagartas da Diatraea saccharalis (FABRICIUS, 1794) de primeiro instar da broca da cana-de-açúcar. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 7, p. 97-100, 2012.

28.
18KASSAB, S. O.2012KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; BARBOSA, R. H. ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. . Metarhizium anisopliae no controle da cigarrinha-da-raiz da cana-de-açúcar Mahanarva fimbriolata (STÅL, 1854) (Hemiptera: Cercopidae). Global Science and Technology, v. 5, p. 121-129, 2012.

29.
22Mota, T. A.2012Mota, T. A. ; FERNANDES, MARCOS G. ; Souza, M. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; Quadros, J. C. ; Kassab, S. O. . Tritrofic interactions between Bt cotton plants, the aphid Aphis gossypii Glover, 1827 (Hemiptera: Aphididae), and the predator, Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae). African Journal of Agricultural Research, v. 7, p. 5919-5924, 2012.

30.
25FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2011FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Fortunato Paulo Roni ; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; DEGRANDE, P. E. . Absorção foliar, caulinar e radicular dos inseticidas Pymetrozine e Flonicamid no controle do pulgão Aphis Gossypii Glover,1877 (Hemiptera: Aphididae) em algodoeiro. Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 78, p. 123-127, 2011.

31.
27Bertoncello Ferreira Thiago2011Bertoncello Ferreira Thiago ; Junior Lima de Santos dos Isidro ; MELO, E. P. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . Desfolha artificial simulando danos de pragas no cultivo de arroz de sequeiro de casa de vegetação. Revista Acadêmica: Ciências Agrárias e Ambientais (PUCPR. Impresso), v. 9, p. 33-39, 2011.

32.
30KASSAB, S. O.2011KASSAB, S. O. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. ; BARBOSA, R. H. ; LOUREIRO, E. S. . Isolados de fungos entomopatogênicos no controle do Rhipicephalus (Boophilus) microplus (CANESTRINI, 1887) (ACARI: IXODIDAE). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 6, p. 222-225, 2011.

33.
32Fortunato Paulo Roni2011Fortunato Paulo Roni ; DEGRANDE, P. E. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . Simulate rain about action insecticide flonicamid in the control of the cotton aphid. Acta Scientiarum. Agronomy (Impresso), v. 33, p. 603-606, 2011.

34.
31KASSAB, S. O.2011KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; PEREIRA, F. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . Primero relato de Costalimaita ferruginea (Fabricius, 1801) (Coleoptera: Chrysomelidae) em eucalipto no Estado do Mato Grosso do Sul. Ciência Florestal (UFSM. Impresso), v. 21, p. 777-780, 2011.

35.
28BARBOSA, R. H.2011BARBOSA, R. H. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. ; SILVA, A. S. . Inseticidas biológico e natural no controle da Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em milho cultivado em condições de campo. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 6, p. 247-251, 2011.

36.
29FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2011FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Junior Lima de Santos dos Isidro ; SORIA FERREIRA MIGUEL ; Kodama Cássio ; DEGRANDE, P. E. . Inseticidas neonicotinoides no controle do bicudo-do-algodoeiro Anthonomus grandis (Boheman, 1843) (Coleoptera: curculionidae) e a falha de controle do endosulfan. Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 78, p. 545-551, 2011.

37.
26BARBOSA, R. H.2011BARBOSA, R. H. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. ; SILVA, A. S. . Associacão de Metarhizium anisopliae (Hyp.: clavicipitaceae) e thiamethoxam para o controle da cigarrinha-das-raízes em cana-de-açúcar. Ensaios e Ciência (Campo Grande. Impresso), v. 15, p. 41-51, 2011.

38.
24FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da;FONSECA, P.R.B da;FONSECA, P.R.B.;PAULO, ROGÉRIO BELTRAMIN DA FONSECA2011FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; FORTUNATO, R. P. ; LIMA JUNIOR, Izidro dos Santos ; BERTONCELLO, Thiago Ferreira ; DEGRANDE, Paulo E. . Absorção foliar, caulinar e radicular dos inseticidas pymetrozine e flonicamid no controle do pulgão Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae) em algodoeiro. Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 78, p. 123-127, 2011.

39.
33FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2008FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Bertoncello Ferreira Thiago ; Ribeiro Franco João ; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. . Seletividade de inseticidas aos inimigos naturais ocorrentes sobre o solo cultivado com algodoeiro. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Universidade Federal de Goiás (Cessou em 1998. Cont. ISSN 1517-6398 Pesquisa Agropecuária Tropical (Impres, v. 38, p. 304-309, 2008.

40.
34FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2007 FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Nogueira, F. R. ; LOPES, J. ; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. . Impacto de aplicação de lambdacialotrina sobre inimigos naturais de pragas de algodoeiro e período de recolonização de predadores. Revista Brasileira de Agrociencia (UFPEL), v. 13, p. 409-412, 2007.

41.
35FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da2002FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da. Tecnicas de Comunicacao Escrita - (e-mail:ecp.jornalistica@terra.com.br). Jornal de Cassilândia, v. 2, p. 3, 2002.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DUTRA, F. ; PEREIRA, F. F. ; PASTORI, P. L. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, P.R.B. . Desenvolvimento do controle biológico no Brasil. Boletim tecnico - UFGD/FCA/FCBA, UFGD, p. 4 - 5, 02 jun. 2011.

2.
KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; FONSECA, P.R.B. . CIGARRINHA-DAS-RAIZES (Mahanarva fimbriolata) x FUNGO VERDE (Metarizium anisopliae). BOLETIM DE ENTOMOLOGIA AGROECOLOGICA, UFGD/FCBA, p. 04 - 04, 06 jun. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZANUTTO, R. P. ; GOMES, C. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SILVA, A. S. ; SILVA, M. S. ; ROCHA ; CARVALHO, U. M. . Variedades de Pimenta na Região de Dourados. In: 9º Feira de Sementes Nativas e Crioulas e de Produtores Agroecológicos, 2013, Juti. 2º Seminário sobre uso e conservação do cerrado do sul de Mato Grosso do Sul, 2013.

2.
GOMES, M. E. S. ; SILVA, R. S. ; MORENO, I. H. ; BICAS, R. R. ; GOMES, C. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SILVA, A. S. ; SANTOS, M. J. G. . Produção de Hortaliças em Hidroponia. In: 9º Feira de Sementes Nativas e Crioulas e de Produtores Agroecológicos, 2013, Juti. 2º Seminário sobre uso e conservação do cerrado do sul de Mato Grosso do Sul, 2013.

3.
SILVA, M. S. ; ZANUTTO, R. P. ; GOMES, M. E. S. ; GOMES, C. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SILVA, A. S. ; MARTINS, G. O. ; SILVA, F. R. B. . Variedades de Milho Crioulo na Região de Dourados. In: 9º Feira de Sementes Nativas e Crioulas e de Produtores Agroecológicos, 2013, Juti. 2º Seminário sobre uso e conservação do cerrado do sul de Mato Grosso do Sul, 2013.

4.
DUTRA, F. ; MARCHETTI, M. E. ; NOVELINO, J. O. ; FONSECA, P.R.B. ; PAIM, L. R. . Efeito da adubação potássica no teor de clorofila e massa seca de plantas de soja adubadas com cloreto de potássio granulado e convencional. In: ENEPE, 2011, . Dourados. In: 2º Encontro de Ensino de Graduação. 4º Encontro de Pós-Graduação. 5º Encontro de Iniciação Científica. 5º Encontro de extensão, 2011. Dourados: Editora UFGD, 2011, 2011.

5.
BARBOSA, R. H. ; FONSECA, P.R.B. ; ROSSONI, C. ; Colman, ; SILVA, A. S. . INFESTAÇÃO DE Mahanarva fimbriolata STAL, 1854 (HEM.: CERCOPIDAE) EM ÁREAS TRATADAS COM Metarizium anisopliae e THIAMETHOXAM EM CANA-DE-AÇÚCAR. In: ENEPE, 2011, Dourados. In: 2º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 4º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5º ENCONTRO DE EXTENSÃO. Dourados: Editora UFGD, 2011, 2011.

6.
SOUSA, M. F. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; FONSECA, P.R.B. ; KASSAB, S. O. . Interações tritróficas entre plantas de algodão Bt, o pulgão Aphis gossypii Glover, 1987 (Hemiptera: Aphididae) e o predador Chrysoperla externa (Hagen 1961) (Neuroptera: Chrysopidae). In: In: XX Congresso de Biólogos do CRBio-01, 2011, Corumbá, MS. nais do XX Congresso de Biólogos do CRBio-01, 2011. v. 1.

7.
ROSSONI, C. ; LOUREIRO, E. S. ; KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; BERTOTO, N. . PRIMEIRO REGISTRO DE INFECÇÃO NATURAL DE Isaria sp.(HYPOCREALES: CLAVICIPITACEAE) SOBRE Anticarsia gemmatalis,(HÜBNER, 1818) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. In: ENEPE - ENCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 2010, Dourados. 3º ENCONTRO DE POS-GRADUAÇÃO. DOURADOS-MS: UFGD, 2010. v. 1.

8.
KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; ROSSONI, C. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; PESSOA, L. G. A. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . EFICIÊNCIA DAS DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. UTILIZADAS PARA O CONTROLE DA Mahanarva fimbriolata (Stal, 1854) (Hemiptera: Cercopidae). In: ENEPE - ENCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 2010, DOURADOS-MS. 3º ENCONTRO DE POS-GRADUAÇÃO. DOURADOS-MS: UFGD, 2010. v. 1. p. 1-1.

9.
KASSAB, S. O. ; GAONA, J. C. ; LOUREIRO, E. S. ; ROSSONI, C. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; PESSOA, L. G. A. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . AVALIAÇÃO DE AMBIENTES PROPÍCIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA MOSCA-DOS-ESTÁBULOS (Stomoxys calcitrans), EM ÁREAS CANAVIEIRAS: MEDIDAS DE CONTROLE E PREVENÇÃO. In: ENEPE-ENCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-ANAIS, 2010, DOURADOS-MS. 3º ENCONTRO DE POS-GRADUAÇÃO. DOURADOS-MS: UFGD, 2010. v. 1. p. 1-1.

10.
BERTOTO, N. ; LOUREIRO, E. S. ; KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; ROSSONI, C. . OCORRÊNCIA DO PREDADOR DE NINFAS DA CIGARRINHA-DA-RAIZ EM UMA ÁREA DE PLANTIO COMERCIAL DE CANA-DE-AÇÚCAR NO MUNICÍPIO DE DOURADOS-MS. In: ENEPE-ENCONTRO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 2010, DOURADOS-MS. 3º ENCONTRO DE POS-GRADUAÇÃO. DOURADOS-MS: UFGD, 2010. v. 1. p. 1-1.

11.
MOTA, T. A. ; ZAMPIVA, N. K. ; Fernandes, M. G. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . IMPACTOS DO ALGODÃO GENETICAMENTE MODIFICADO SOBRE MINHOCAS EISENIA FETIDA (HAPLOTAXIDA: LUMBRICIDAE). In: CIENCIA NO BRASIL, 2009, Dourados. 2º Encontro de Pos-Graduação. UFGD: UFGD, 2009.

12.
DUTRA, F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SOUZA, T. A. ; PONTIN, B. C. A. ; SCALON, S. P. Q. ; PEREIRA, S. B. . Teores de clorofila, fotossíntese, condutância estomática e transpiração, avaliados em híbrido de milho, (Zea mays, L.) Bt e isogênico. In: Ciência no Brasil, 2009, Dourados. 2º Encontro de Pós-Graduação. Dourados: UFGD, 2009.

13.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Fortunato Paulo Roni ; SORIA FERREIRA MIGUEL . IMPACTO DO ALGODÃO GENETICAMENTE MODIFICADO NA POPULAÇÃO DO PULGÃO-DO-ALGODOEIRO APHIS GOSSYPII GLOVER (1877) (HEMIPTERA: APHIDIDAE) E SUA INTERAÇÃO COM PREDADORES E PARASITÓIDES. In: II Encontro de Iniciação Cientifica UFGD/UEMS e I Encontro de Pos-Graduação, 2008, Dourados. Iniciação Cientifica. Dourados-MS: Editora: UFGD, 2008.

14.
Ribeiro Franco João ; Suekane Renato ; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . SELETIVIDADE DE LAGARTICIDAS AOS PREDADORES OCORRENTES NO ALGODOEIRO EM CONDIÇÕES DE CAMPO. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA-MG. ENTOMOLOGIA-TRABALHOS. UBERLANDIA: ABRAPA, 2007. v. 1. p. 47-47.

15.
Ribeiro Franco João ; Suekane Renato ; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . Seletividade de inseticidas usados no controle do tripes e do pulgão aos predadores de pragas ocorrentes no algodoeiro em condições de campo. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA-MG. ENTOMOLOGIA. UBERLANDIA-MG: ABRAPA, 2007.

16.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Bertoncello Ferreira Thiago ; Ribeiro Franco João ; DEGRANDE, P. E. . Seletividade de inseticidas aos inimigos naturais ocorrentes sobre o solo cultivado com algodoeiro. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA-MG. ENTOMOLOGIA. UBERLANDIA-MG: ABRAPA, 2007.

17.
Thomazoni Danielle ; Fortunato Paulo Roni ; Kodama Cássio ; CARBONARI, V. ; Junior Alves Valter ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SORIA FERREIRA MIGUEL ; DEGRANDE, P. E. . Seletividade de inseticidas sobre adultos de Apis mellifera (LINNAEUS, 1758) (Hymenoptera: Apidae). In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA-MG. ENTOMOLOGIA. UBERLANDIA: ABRAPA, 2007.

18.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; Fortunato Paulo Roni ; DEGRANDE, P. E. . Eficiencia de inseticidas no controle do pulgão Aphis gossypii GLOVER, 1877 (Hemiptera: Aphididae) na cultura do algodoeiro. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA. ENTOMOLOGIA. UBERLANDIA-MG: ABRAPA, 2007.

19.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Junior Lima de Santos dos Isidro ; SORIA FERREIRA MIGUEL ; Kodama Cássio ; DEGRANDE, P. E. . Eficiencia de inseticidas no controle do Bicudo Anthonomus grandis (Boheman, 1843) (Coleoptera: Curculionidae). In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 2007, UBERLANDIA-MG. ENTOMOLOGIA. UBERLANDIA-MG: ABRAPA, 2007.

20.
Ribeiro Franco João ; SANCHES, G. ; AARAO, F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; Nogueira, F. R. ; DEGRANDE, P. E. . MONITORAMENTO E CONTROLE DO BICUDO-DO-ALGODOEIRO (Anthonomus grandis BOHEMAN, 1843) NA REGIÃO SUL DO ESTADO DE SÃO PAULO. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE ALGDÃO, 2005, Salvador-Bahia. Entomologia Agricola. SALVADOR-BAHIA: FUNDEAGRO, 2005. v. 1. p. 24-25.

21.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Nogueira, F. R. ; LOPES, J. ; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. . Recolonização de Unidades Experimentais por Predadores de Pragas apos a Aplicação de Inseticida no Algodoeiro visando estudo de Seletividade. In: V CONGRESSO DE BRASILEIRO DE ALGODÃO, 2005, SALVADOR-BAHIA. ENTOMOLOGIA AGRICOLA. SALVADOR-BAHIA: FUNDEAGRO, 2005. v. 1. p. 26-27.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Colman ; BARBOSA, R. H. ; FONSECA, P.R.B. ; Masson, G.L, . AUBAÇÃO ORGÂNICA SOBRE A PRODUTIVIDADE DO MILHO. In: ENEPE, 2011, Dourados. In: 2º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 4º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5º ENCONTRO DE EXTENSÃO UFGD. Dourados: Editora UFGD, 2011, 2011.

2.
BARBOSA, R. H. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, P.R.B. ; Colman ; ROSSONI, C. ; Colman, ; LOUREIRO, E. S. ; SILVA, A. S. . APLICAÇÃO DE Metarhizium anisopliae (MESCH.) SOROKIN., THIAMETOXAM E ASSOCIAÇÕES CONTRA A CIGARRINHA-DAS-RAÍZES EM CANA-DE-AÇÚCAR. In: In: 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011, São Paulo - SP. Anais do 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011.

3.
KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, P.R.B. ; BARBOSA, R. H. ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. ; HAYASHIDA, E. K. . EFICIÊNCIA DAS DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE Metarhizium anisopliae (METSCH.) SOROKIN. NO CONTROLE DA Mahanarva fimbriolata (St l, 1854) (HEMIPTERA: CERCOPIDAE) EM PONTA PORÃ. In: In: 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011, São Paulo - SP. Anais do 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011.

4.
Colman, ; BARBOSA, R. H. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, P.R.B. ; ROSSONI, C. ; Masson, G.L, ; LOUREIRO, E. S. ; SILVA, A. S. . EFICIÊNCIA DE Metarhizium anisopliae E DE Bacillus thuringiensis aizawai CONTRA A LAGARTA-DO-CARTUCHO NA CULTURA DO MILHO-VERDE. In: In: 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011, São Paulo - SP. Anais do 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011.

5.
KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, P.R.B. ; BARBOSA, R. H. ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. . Alteração no método de amostragem da Mahanarva fimbriolata (Stal, 1854) (Hemiptera: Cercopidae) e avaliação da eficiência de Metarhizium anisopliae. In: In: 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011, São Paulo - SP. Anais do 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011.

6.
ROSSONI, C. ; KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, P.R.B. ; BARBOSA, R. H. ; Colman, ; MOTA, T. A. . EFEITO DE FUNGICIDAS SOBRE O DESENVOLVIMENTO IN VITRO DO FUNGO Metarhizium anisopliae (METSCH.) SOROK. In: In: 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011, São Paulo - SP. Anais do 12º Simpósio de Controle Biológico, 2011.

7.
SILVA, A. S. ; GAONA, J. C. ; SILVA, E. S. ; KASSAB, S. O. ; FONSECA, P.R.B. ; BAZIQUETTO, R. C. S. . PRINCIPAIS INSETOS E MÉTODOS DE CONTROLE UTILIZADO NA CULTURA DE MANDIOCA NO VALE DO IVINHEMA, MS. In: In: 20º CONGRESSO DE BIÓLOGOS DO CRBio-01, 2011, Corumbá - MS. CRBio-01.

8.
ROSSONI, C. ; KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; PESSOA, L. G. A. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; BERTOTO, N. . AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DOS ISOLADOS DE FUNGOS ENTOMOPATOGÊNICOS PARA O CONTROLE DO RHIPICEPHALUS (BOOPHILUS) MICROPLUS (ACARI: IXODIDAE). In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA - CD ROM, 2010, NATAL-RN. ENTOMOLOGIA. NATAL-RN: EMPARN, 2010. v. 1. p. 687-687.

9.
KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; PEREIRA, F. F. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . PRIMERO RELATO DE COSTALIMAITA FERRUGINEA (FABRICIUS, 1801) (COLEOPTERA: CHRYSOMELIDAE) EM EUCALIPTO NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 2010, NATAL-RN. ENTOMOLOGIA. NATAL-RN: EMPARN, 2010. v. 1. p. 331-331.

10.
KASSAB, S. O. ; GAONA, J. C. ; LOUREIRO, E. S. ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; PESSOA, L. G. A. ; Fernandes, M. G. . SITUAÇÃO DOS SURTOS DE MOSCA-DOS-ESTÁBULOS NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, BRASIL. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 2010, NATAL-RN. SITUAÇÃO DOS SURTOS DE MOSCA-DOS-ESTÁBULOS NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, BRASIL. NATAL-RN: EMPARN, 2010. v. 1. p. 415-415.

11.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; MOTA, T. A. ; KASSAB, S. O. ; Fernandes, M. G. . DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE ADULTOS DE CALOSOMA GRANULATUM PERTY (COLEOPTERA: CARABIDAE) EM MILHETO. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 2010, NATAL-RN. ENTOMOLOGIA. NATAL-RN: EMPARN, 2010. v. 1. p. 664-664.

12.
BARBOSA, R. H. ; SILVA, A. S. ; KASSAB, S. O. ; MOTA, T. A. ; ROSSONI, C. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE NINFAS DE MAHANARVA FIMBRIOLATA (STÅL, 1854) (HEMIPTERA: CERCOPIDAE) EM CANA-SOCA. In: XXIII CONGRESSO BRASILERIO DE ENTOMOLOGIA, 2010, NATAL-RN. ENTOMOLOGIA. NATAL-RN: EMPARN, 2010. v. 1. p. 665-665.

13.
Neto Silva Rezende Maurílio ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; Gonçalves Carlos Manoel . AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE ALUMINIO E DE NITROGENIO EM CULTIVARES DE MILHO PIPOCA. In: VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA UFMS, 2005, DOURADOS. PRO REITORIA DE PESQUISA E POS-GRADUAÇÃO. CAMPO GRANDE: UFMS, 2005.

Artigos aceitos para publicação
1.
DUTRA, F. ; FONSECA, P.R.B. . Cloreto de potássio capeado e convencional na cultura da soja. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 2013.

2.
FONSECA, P.R.B.; Fernandes, M. G. ; JUSTINIANO, W. ; CAVADA, L. H. ; SILVA, J. A. N. da . Leaf Chlorophyll Content and Agronomic Performance of Bt and Non-Bt Soybean. Journal of Agricultural Science, 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
FONSECA, P.R.B.. Palestra: Engenheiro Agronomo - Responsabilidade Técnica, Atuação Profissional do Mercado de Trabalho. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
FONSECA, P.R.B.. Manejo integrado das pragas na cultura do milho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FONSECA, P.R.B.. Manejo integrado das pragas na cultura da soja. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FONSECA, P.R.B.. Manejo integrado das pragas na cultura da cana-de-açúcar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SOUSA, M. F. ; MOTA, T. A. ; Fernandes, M. G. ; FONSECA, P.R.B. ; KASSAB, S. O. . Interaçoes tritroficas entre plantas de algodoeiro Bt, o pulgao Aphis gossypii Glover, 1987 (Hemiptera: Aphididae) e o predador Chrisoperla externa (Hagen 1961) (Neuroptera: Chrysopidae). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
KASSAB, S. O. ; LOUREIRO, E. S. ; FONSECA, P.R.B. ; BARBOSA, R. H. ; MOTA, T. A. ; HAYASHIDA, E. K. ; ROSSONI, C. . ALTERAÇÃO NO MÉTODO DE AMOSTRAGEM DA Mahanarva fimbriolata (St l, 1854) (HEMIPTERA: CERCOPIDAE) E AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE Metarhizium anisopliae. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
FONSECA, P.R.B.. Tecnologia de aplicação de produtos fitossanitários. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
FONSECA, P.R.B.. Distribuição e amostragem seqüencial de insetos agrícolas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FONSECA, P.R.B.. Pragas da cultura do feijão. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
FONSECA, P.R.B.. Pragas de grãos armazenados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Bertoncello Ferreira Thiago ; Ribeiro Franco João ; DEGRANDE, P. E. . SELETIVIDADE DE INSETICIDAS AOS INIMIGOS NATURAIS OCORRENTES SOBRE O SOLO CULTIVADO COM ALGODOEIRO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; Fortunato Paulo Roni ; DEGRANDE, P. E. . EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DO PULGÃO Aphis gossypii Glover,1877 (Hemiptera: Aphididae) NA CULTURA DO ALGODOEIRO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
Ribeiro Franco João ; Suekane Renato ; Junior Lima de Santos dos Isidro ; Bertoncello Ferreira Thiago ; Kodama Cássio ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . SELETIVIDADE DE INSETICIDAS USADOS NO CONTROLE DO TRIPES E DO PULGÃO AOS PREDADORES DE PRAGAS OCORRENTES NO ALGODOEIRO EM CONDIÇÕES DE CAMPO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Junior Lima de Santos dos Isidro ; SORIA FERREIRA MIGUEL ; Kodama Cássio ; DEGRANDE, P. E. . EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NEOCOTINÓIDES NO CONTROLE DO BICUDO Anthonomus grandis (BOHEMAN, 1843) (COLEOPTERA:CURCULIONIDAE). 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
Thomazoni Danielle ; Fortunato Paulo Roni ; Kodama Cássio ; Junior Alves Valter ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; SORIA FERREIRA MIGUEL ; DEGRANDE, P. E. . SELETIVIDADE DE INSETICIDAS SOBRE ADULTOS DE Aphis mellifera ( LINNAEUS, 1756) ( HYMENOPTERA: APIDAE). 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
SORIA FERREIRA MIGUEL ; Thomazoni Danielle ; Fortunato Paulo Roni ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . AÇÃO RESIDUAL DE THIAMETOXAM E IMIDACLOPRID USADOS EM TRATAMENTOS DE SEMENTES DE ALGODOEIRO NO CONTROLE DE Aphis gossypii Glover, 1877 ( Hemiptera: Aphididae) SOB CONDIÇÃO DE CASA-DE-VEGETAÇLÃO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
Ribeiro Franco João ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; DEGRANDE, P. E. . MONITORAMENTO E CONTROLE DO BICUDO-DO-ALGODOEIRO (Anthonomus grandis BOHEMAN, 1843) NA REGIÃO SUL DO ESTADO DE SÃO PAULO. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da. Seletividade de lagarticidas aos predadores de pragas ocorrentes no algodoeiro em condições de campo.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; DEGRANDE, P. E. . RECOLONIZAÇÃO DE UNIDADES EXPERIMENTAIS POR PREDADORES DE PRAGAS APOS A APLICAÇÃO DE INSETICIDAS NO ALGODOEIRO. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Nogueira, F. R. ; LOPES, J. ; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. . Recolonização de unidades experimentais por predadores de pragas após a aplicação de inseticida no algodoeiro visando esstudos de seletividade. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Nogueira, F. R. ; LOPES, J. ; Fernandes, M. G. ; DEGRANDE, P. E. . RECOLONIZAÇÃO DE UNIDADES EXPERIMENTAIS POR PREDADORES DE PRAGAS APOS A APLICAÇÃO DE INSETICIDAS NO ALGODOEIRO VISANDO ESTUDO DE SELETIVIDADE. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; DEGRANDE, P. E. ; RIBEIRO, R. A. ; MISTURA, D. ; VEDRUSCULO, E. . PRODUÇÃO AGRICOLA-GRUPO FAZENDA NOVA (GFN AGRICOLA) SANTO ANTONIO DO LESTE - MT, BRASNORTE-MT. DOURADOS-MS: UFGD, 2008 (Estagio Supervisionado - (ANO 2008)).


Demais tipos de produção técnica
1.
FELICIANO, E. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . Praticas de Laboratorio na Disciplina Quimica Geral e Organica. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
DEGRANDE, P. E. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da ; Fortunato Paulo Roni . Canal Rural - (Programa Tecnica Rural) Monitoramento de Lavouras Cultivadas com Algodão Transgenico. 2007.

Demais trabalhos
1.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da. Tamanho de amostras e números de repetições para avaliação de caractéres de produtividade do feijoeiro comum. 2003 (Bolsista Voluntário de Pesquisa) .

2.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; Bellizzi, N. C. ; VELOSO, E. S. . Extensão do projeto 'DESENVOLVIMENTO DA APICULTURA NA REGIAO DE CASSILANDIA'sob a orientacao do prof Dr. Nilton Cezar Bellizi, que foi desenvolvido na Unidade de Cassilandia, no periodo de novembro/2002 a abril/2003, com carga horaria total de 340 horas.. 2003 (Projeto de Bolsa de Extensao) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Fernandes, M. G.; MELO, E. P.; LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Bruno Petelin. Diferenças de eventos de plantas transgênicas no controle de pragas. 2014. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Junior Lima de Santos dos Isidro; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Participação em banca de Laura do Amaral Gois da Silva.Técnicas de amostragem de mosca-branca Bemisia tabaci (Hemiptera: Aleyrodidae) no tomate hidropônico em casa de vegetação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Técnico Integrado ao Médio em Agricultura) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul.

2.
GOMES, C. F.; ALVES, V. B.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Raphael Fossati Cortes.Participação em banca de Raphael Fossati Cortes. Diferentes Metodologias de amostragem de solos utilizadas para análise química.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

3.
SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Magno Barbosa Nogueira Filho e Vandinei Nogueira dos Santos.Participação em banca de Magno Barbosa Nogueira Filho e Vandinei Nogueira dos Santos. Levantamento entomólogico em diferentes adubos consorciados com bananeira .. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

4.
FONSECA, P.R.B.; SILVA, A. S.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Ricardo Estefano Carlesso e Fernando Vinícius Fernandes.Participação em banca de Ricardo Estefano Carlesso e Fernando Vinícius Fernandes. Produção de berinjela em resposta a adubação fosfatada.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

5.
FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Marcus Vinícius Thorstenberg Ribeiro.Participação em banca de Marcus Vinícius Thorstenberg Ribeiro. Aspectos da cultura do trigo para o Estado de Mato Grosso do Sul.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

6.
GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Filipe Bortolin de Matos e Thiago de Matos Krugman.Participação em banca de Filipe Bortolin de Matos e Thiago de Matos Krugman. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

7.
GOMES, C. F.; FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Robervaldo Soares da Silva e Semos Brune Caboco.Participação em banca de Robervaldo Soares da Silva e Semos Brune Caboco. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

8.
GOMES, R. A.; ALVES, F. M. S.; FONSECA, P.R.B.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Genézio Vital Lara Netto.Participação em banca de Genézio Vital Lara Netto. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

9.
COELHO, C. J.; ALVES, F. M. S.; FONSECA, P.R.B.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Carla Dhania Braga Machado de Queiroz.Participação em banca de Carla Dhania Braga Machado de Queiroz. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

10.
NUNES., A. S.; ALVES, F. M. S.; FONSECA, P.R.B.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Participação em banca de Rick Allan Mendes da Conceição.Desempenho do tratamento de sementes no controle de pragas iniciais na cultura do milho. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

11.
NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.; SANTOS, C. M. B.; SILVA, A. S.. Participação em banca de Paulo Henrique Benitez de MouraJorge Marques de Jesus Junior.Participação em banca de Paulo Henrique Benitez de Moura e Jorge Marques de Jesus Junior. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

12.
GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Kenia Kadamani Mesquita.Participação em banca de Kenia Kadamani Mesquita. Uso da tecnologia Bt no milho safrinha no Mato Grosso do Sul.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

13.
GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Otavio Geremias Segatel.Participação em banca de Otavio Geremias Segatel. Clones de mandioca industrial na regiao de Navirai, Mato Grosso do Sul. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

14.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; ALVES, F. M. S.. Participação em banca de Pedro Afonso Parizotto e Anderson João Barozzi.Participação em banca de Pedro Afonso Parizotto e Anderson João Barozzi. Desfolha artificial da cultura da canola.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

15.
FONSECA, P.R.B.; COELHO, C. J.. Participação em banca de Daniel Fretes Portiolli.Participação em banca de Daniel Fretes Portiolli. Efeito do Standak Top na emergência do feijão Caupi. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

16.
CABOCO, R. B.; GOMES, C. F.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Bruna Cristina Ferreira Rosa e Fernando Guerreiro de Oliveir.Participação em banca de Bruna Cristina Ferreira Rosa e Fernando Guerreiro de Oliveira. O uso de cultivo de soja no Mato Grosso do Sul. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

17.
GOMES, C. F.; GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Ricardo Vieira Aoki e Valtrudes Machado dos Santos.Participação em banca de Ricardo Vieira Aoki e Valtrudes Machado dos Santos. Emergência de pau-roxo cultivado em dois tipos de substratos. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

18.
FONSECA, P.R.B.; NUNES., A. S.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Rafael Moreira Pinto.Participação em banca de Rafael Moreira Pinto. Efeito do tratamento de mudas de berinjela com diferentes doses de nitrogênio com e sem potássio. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

19.
NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Marcos Assunção de Oliveira.Participação em banca de Marcos Assunção de Oliveira. Germinação e dormência de sementes. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

20.
GOMES, C. F.; FONSECA, P.R.B.; NUNES., A. S.. Participação em banca de Pedro Afonso Rocha Filho e Rodrigo Alves Cordeiro.Participação em banca de Pedro Afonso Rocha Filho e Rodrigo Alves Cordeiro. Tratamento de sementes de soja com biorregulador Stimulate. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

21.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Gustavo Morais Pereira e João Victor Loureiro de Lima.Participação em banca de Gustavo Morais Pereira e João Victor Loureiro de Lima. Desfolha artificial da berinjela Embu. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

22.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; GOMES, C. F.. Participação em banca de Danilo H. Milhoranca e Guilherme H. de Matos Micheleto.Participação em banca de Danilo Henrique Milhoranca e Guilherme Henrique de Matos Micheleto. Diferentes inseticidas sob a cultura do feijoeiro. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

23.
COELHO, C. J.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Ricardo Bello.Participação em banca de Ricardo Bello. Avaliação do efeito estimulate do tratamento de sementes de feijão-cariocão com inseticida Thiametoxan. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

24.
FONSECA, P.R.B.; CABOCO, R. B.; COELHO, C. J.. Participação em banca de Reginaldo Luis Rios Vaz e Alfredo de Freitas Fernandes.Participação em banca de Reginaldo Luis Rios Vaz e Alfredo de Freitas Fernandes. Herbicida no controle de plantas daninhas na cultura do milho (Zea mays L.) no Mato Grosso do Sul. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

25.
SILVA, A. S.; NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Guilherme Ferronato e Tulio Anzileiro Basso.Participação em banca de Guilherme Ferronato e Tulio Anzileiro Basso. Tratamento de sementes de milho safrinha com inseticidas visando o controle inicial do percevejo barriga-verde em Maracaju - MS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

26.
CEOLIN, A. C. G.; SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Henrique Guarda Missio e João Fernando Tisott.Participação em banca de Henrique Guarda Missio e João Fernando Tisott. Efeito de Inseticidas e bioestimulate no crescimento inicial da soja. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

27.
CEOLIN, A. C. G.; ALVES, F. M. S.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Silvio Dalla Vechia e Rodrigo Gaspar Zanatta.Participação em banca de Silvio Dalla Vechia e Rodrigo Gaspar Zanatta. Ação do Stimulate na produção da soja. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

28.
CEOLIN, A. C. G.; Nonato,; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Alexsandro Luiz Terol.Participação em banca de Alexsandro Luiz Terol. Tratamento de cultivares de soja para o controle de fitonematoides. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

29.
CEOLIN, A. C. G.; Nonato,; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Giancarlo Antonini.Participação em banca de Giancarlo Antonini. Molhamento no terço inferior na soja cultivar BMX Potencia RR, sob diferentes populações. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

30.
SILVA, A. S.; KASSAB, S. O.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Cyndi Gomes Batista.Participação em banca de Cyndi Gomes Batista. Avaliacao de isolados de Bacillus thuringiensis no controle de larvas de cascudinho Alphitobius diaperinus (Coleoptera: Tenebrionidae). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

31.
SILVA, A. S.; KASSAB, S. O.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Ariane Duarte Sobrinho.Participação em banca de Ariane Duarte Sobrinho. Controle biológico de adultos de cascudinho Alphitobius diaperinus Panzer (Coleoptera: Tenebrionidae) com novos isolados de Beauveria bassiana. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

32.
SIMOES, J. F.; CABOCO, R. B.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Alexandre Cid Rosa.Participação em banca de Alexandre Cid Rosa. Avaliacao dos híbridos de milho Bt em Dourados-MS, na safra verão. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

33.
SIMOES, J. F.; CABOCO, R. B.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Igor Novaes Pires e Lucas Xavier Bernardes.Participação em banca de Igor Novaes Pires e Lucas Xavier Bernardes. Avaliação do rendimento de milho a partir da inoculação de sementes com Azospirilum brasiliense em condições ótimas e sob estresse hídrico. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

34.
NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.; DRESCH, D. M.. Participação em banca de Bruno Agostini Colman.Participação em banca de Bruno Agostini Colman. Tolerância cruzada induzida por choque frio na germinação de sementes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

35.
COELHO, C. J.; GELAIN, E.; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Andre Luiz Pinto Martins e Guilherme Bevilaqua.Participação em banca de Andre Luiz Pinto Martins e Guilherme Bevilaqua. Adubação nitrogenada na cultura da soja. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

36.
SOUZA, T. A.; PRADO,; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Giovane Jose Schefer.Participação em banca de Giovani Jose Schefer. Sorção de atrazina no solo de uma area de milho irrigado na região de Dourados-MS. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

37.
SOUZA, T. A.; FONSECA, P.R.B.; Nonato,. Participação em banca de Vitor Chedid.Participação em banca de Vitor Chedid. Desmembramento de propriedade rural com georreferenciamento. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

38.
GELAIN, E.; SILVA, J. A. N. da; FONSECA, P.R.B.. Participação em banca de Jose Joaquim de Souza Neto.Participação em banca de Jose Joaquim de Souza Neto. Desenvolvimento radicular e produtividade do feijoeiro em resposta ao tratamento de sementes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

39.
LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; SILVA, J. A. N. da. Participação em banca de Leonardo Vieira Alves e Marco Eligius Huijsmans.Participação em banca de Leonardo Vieira Alves e Marco Eligius Huijsmans. Tratamento de sementes de algodão com inseticida e um bioestimulante. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

40.
LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.; SILVA, J. A. N. da. Participação em banca de Loester de Almeida.Participação em banca de Loester de Almeida. Tratamento de sementes de soja com inseticida e um bioestimulante. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

41.
NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.; SILVA, J. A. N. da. Participação em banca de Thomas Pereira Gomes.Participação em banca de Thomas Pereira Gomes. Choque térmico e estresse hídrico na germinação e vigor de sementes de crambe. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

42.
LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.; COELHO, C. J.. Participação em banca de Ricardo Djalma Datsch de Oliveira.Participação em banca de Ricardo Djalma Datsch de Oliveira. Flutuação populacional de inimigos naturais e pragas em variedade da cultura do algodão. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.

43.
LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.; CEOLIN, A. C. G.. Participação em banca de Guilherme Ramalho Maidana.Participação em banca de Guilherme Ramalho Maidana. Comportamento da broca da cana-de-açucar em diferentes cultivares na região de Dourados - MS. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SILVA, A. S.; NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.. Membro da Banca de Seleção de professores do curso de (Agronomia) para a Disciplina de Maquinas e Implementos Agrícolas e de Topográfia. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

2.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; ALVES, V. B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado III elaborado por Pedro Henrique Espinoza de Mattos. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

3.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; ALVES, V. B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Pedro Henrique Espinoza de Mattos. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

4.
SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado III elaborado por Magno Barbosa Nogueira Filho. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

5.
SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Vandinei Nogueira dos Santos. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

6.
SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Magno Barbosa Nogueira Filho. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

7.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; SILVA, A. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado III elaborado por Fernando Vinícius Fernandes. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

8.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; SILVA, A. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Fernando Vinícius Fernandes. 2013. Faculdade Anhanguera de Dourados.

9.
FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Marcus Vinicius Thorstenberg Ribeiro. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

10.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; ALVES, F. M. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Lucas Correia Teixeira. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

11.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; ALVES, F. M. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Pedro Afonso Parizotto. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

12.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; SIMOES, J. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Gustavo Morais Pereira. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

13.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da; GOMES, C. F.; GOMES, R. A.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado III elaborado por João Victor Loureiro de Lima. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

14.
GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Otavio Geremias Segatel. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

15.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.; ALVES, F. M. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Anderson João Barozzi.. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

16.
GOMES, C. F.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado III elaborado por Rodrigo Alves Cordeiro. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

17.
GOMES, R. A.; GOMES, C. F.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Kenia Kadamani Mesquita. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

18.
FONSECA, P.R.B.; COELHO, C. J.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Daniel Fretes Portiolli. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

19.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; SIMOES, J. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Daniel Pavão Correa. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

20.
FONSECA, P.R.B.; GOMES, C. F.; SIMOES, J. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Guilherme de Matos Micheleto. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

21.
GOMES, C. F.; GOMES, R. A.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Ricardo Vieira Aoki. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

22.
FONSECA, P.R.B.; NUNES., A. S.; GOMES, C. F.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Rafael Moreira Pinto. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

23.
SILVA, A. S.; FONSECA, P.R.B.; GOMES, R. A.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Ricardo Bello. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

24.
SILVA, A. S.; NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Guilherme Ferronato. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

25.
FONSECA, P.R.B.; CABOCO, R. B.; COELHO, C. J.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Alfredo de Freitas Fernandes. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

26.
CEOLIN, A. C. G.; FONSECA, P.R.B.; SILVA, A. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Henrique Guarda Missio. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

27.
CEOLIN, A. C. G.; FONSECA, P.R.B.; Nonato,. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Giancarlo Antonini. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

28.
CEOLIN, A. C. G.; FONSECA, P.R.B.; Nonato,. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Rodrigo Gaspar Zanatta. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

29.
CEOLIN, A. C. G.; FONSECA, P.R.B.; ALVES, F. M. S.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Silvio Dalla Vecchia. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

30.
CEOLIN, A. C. G.; FONSECA, P.R.B.; Nonato,. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Alexsandro Luiz Terol. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

31.
SIMOES, J. F.; CABOCO, R. B.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Alexandre Cid da Rosa. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

32.
SIMOES, J. F.; CABOCO, R. B.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Helbert Fujinaka. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

33.
SILVA, A. S.; KASSAB, S. O.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Cyndi Gomes Batista. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

34.
SILVA, A. S.; KASSAB, S. O.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Ariane Duarte Sobrinho. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

35.
SIMOES, J. F.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Luiz Antonio R. Batista. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

36.
COELHO, C. J.; LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Andre Luiz Pinto Martins. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

37.
SILVA, A. S.; NUNES., A. S.; FONSECA, P.R.B.. Membro da Banca de Seleção de professores do curso de (Agronomia) para a Disciplina de Construções Rurais. 2012. Faculdade Anhanguera de Dourados.

38.
LIMA JUNIOR, I. S.; FONSECA, P.R.B.; SILVA, J. A. N. da. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Marco Eligius Huijsmans. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.

39.
COELHO, C. J.; GELAIN, E.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Guilherme Bevilaqua. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.

40.
GELAIN, E.; FONSECA, P.R.B.; SILVA, J. A. N. da. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Joaquim de Souza Neto. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.

41.
NUNES., A. S.; DRESCH, D. M.; FONSECA, P.R.B.. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Bruno Agostini Colman. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.

42.
SOUZA, T. A.; FONSECA, P.R.B.; PRADO,. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Giovani Jose Schefer. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.

43.
Anisio da Silva Nunes; FONSECA, P.R.B.; SILVA, J. A. N. da. Comissão Avaliadora de Estágio Supervisionado IV elaborado por Thomas Pereira Gomes. 2011. Faculdade Anhanguera de Dourados.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Credito Rural ? Uma ferramenta para o agronegócio. 2012. (Seminário).

2.
4º CBEU - CONGRESSISTA- CONGRESSO BRASILEIRO DE EXTENSÃO UNIVERSITARIO. 2009. (Congresso).

3.
I Encontro de Cooperação e Intercambio Internacional de Dourados - I ECIND. 2009. (Encontro).

4.
Palestra: Quero Estudar na Europa-Venha Conhecer o Programa Erasmus Mundus. 2009. (Encontro).

5.
Sementes Jotabasso - Encontro Tecnico.Pragas Ocorrentes na Cultura da Soja. 2008. (Simpósio).

6.
10º WORKSHOP - Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul. 2007. (Simpósio).

7.
I SEMINARIO DE ESTUDOS SOBRE AS TRANSFORMAÇÕES RURAIS EM MATO GROSSO DO SUL: DILEMAS E PERSPECTIVAS. 2007. (Seminário).

8.
IX Seminario Nacional - Milho Safrinha. 2007. (Seminário).

9.
Seminário: Métodos e Procedimentos na Erradicação da Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul. 2007. (Seminário).

10.
VI CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO. 2007. (Congresso).

11.
VIII Semana do Meio Ambiente e XI Eco-Dourados. 2007. (Encontro).

12.
VII Semana do Meio Ambiente e XI Eco-Dourados. 2007. (Outra).

13.
Metodos e Procedimentos na Erradicação da Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul. 2006. (Seminário).

14.
Palestra Sobre Prevenção de Acidentes de Transito. 2006. (Outra).

15.
XL VII SIMPAS: Sistemas Integrados de Manejo da Prodção Agricola Sustentavel. 2006. (Simpósio).

16.
15º Semana Agronomica: Multidisciplinaridade da Agronomia. 2005. (Encontro).

17.
2º Forum Municipal Sobre Segurança No Transito. 2005. (Encontro).

18.
55º Curso de Defesa Fitossanitaria, Tecnologia de Aplicação e Receituario Agronomico - DEFTARA. 2005. (Outra).

19.
V CONGRESSO BRASILEIRO DE ALGODÃO. 2005. (Congresso).

20.
VI Semana do Meio Ambiente IX Eco-Dourados. 2005. (Simpósio).

21.
XI CONGRESSO BRASILEIRO DE MANDIOCA. 2005. (Congresso).

22.
14º SEMANA AGRONOMICA: EMBRAPA AGROPECUARIA OESTE. 2004. (Seminário).

23.
14º SEMANA AGRONOMICA-UFMS. 2004. (Seminário).

24.
SHOWTEC FUNDAÇÃO MS. 2004. (Encontro).

25.
V Semana do Meio Ambiente VIII Eco Dourados. 2004. (Encontro).

26.
1º Encontro de Etnobiologia e Etnoecologia da Região Centro-Oeste e 7º Workshop de Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul. 2003. (Encontro).

27.
1º Seminário Estadual: Empreendendo o Peixe e o Turismo Local. 2003. (Seminário).

28.
Conferência Municipal do Meio Ambiente - Vamos Cuidar de Dourados. 2003. (Simpósio).

29.
III Simposio de Suinocultura na 39º Expoagro. 2003. (Simpósio).

30.
II Seminario de Educação a Distancia: Conhecimento , Aprendizagem e Tecnologia. 2003. (Seminário).

31.
IV Semana do Meio Ambiente e VII Eco-Dourados. 2003. (Encontro).

32.
Projeto de Evento - Treinamento em Plano de Negócios. 2003. (Outra).

33.
Suintec 2003 - A Sustentabilidade da Suinocultura:Aspectos Tecnológicos e Ambientais. 2003. (Seminário).

34.
XIII Semana Agronômica do Curso de Agronomia-UFMS. 2003. (Encontro).

35.
1º Seminario de Agoecologia do Mato Grosso do SUL. 2002. (Seminário).

36.
1º Seminario Sobre Agricultura e o Meio Ambiente de Cassilandia. 2002. (Seminário).

37.
2º Simpósio de Pecuária Procampo Agroshopping. 2002. (Simpósio).

38.
Ciclo de Atividades Complementares do Campus de Paranaiba-Curso de Administração. 2002. (Outra).

39.
Fertilizantes Bio Ativo (Fertilizantes Biologicos). 2002. (Outra).

40.
I AGROPEC-Semana da Agropecuaria da UEMS. 2002. (Congresso).

41.
I Encontro Científico da UEMS. 2002. (Seminário).

42.
I Seminario de Estudos Sobre o Lixo e o Meio Ambiente. 2002. (Seminário).

43.
IV Tecnoagro - Fundação Chapadão. 2002. (Encontro).

44.
I Seminário Ténico em Agropecuária da UEMS. 2001. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FONSECA, P.R.B.. VI Semana Agronomica da Faculdade Anhanguera de Dourados. 2013. (Outro).

2.
ISHIKAWA, P. R. G. ; MARANHAO, T. A. ; FONSECA, P.R.B. . Ação Social do Projeto Promotoria Comunitária: MP mais perto de você ? Área 1. 2012. (Outro).

3.
ISHIKAWA, P. R. G. ; MARANHAO, T. A. ; FONSECA, P.R.B. . Ação Social do Projeto Promotoria Comunitária: MP mais perto de você ? Área 2. 2012. (Outro).

4.
FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da. Milho Safrinha: IX Seminário Nacional 26 a 28 de Novembro de 2007- Dourados, MS. 2007. (Outro).

5.
FORNAZIERI, J. L. ; FACHINELLO, J. C. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . IV CURSO DE FRUTICULTURA E DO I ENCONTRO REGIONAL DE FRUTICULTURA. 2005. (Outro).

6.
Bellizzi, N. C. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . 1º Jornada de Agronomia da UEMS-Cassilandia. 2002. (Outro).

7.
FERREIRA, M. A. A. M. ; FONSECA, Paulo Rogério Beltramin da . Curso: Mini-Curso de Meteorologia. 1999. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Nader Nunes Mariano. Dinâmica populacional de insetos predadores na cultura do sorgo granífero e sacarino. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

2.
Polyana Rafaella Santos. Desfolha artificial na cultura da aveia branca. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

3.
Agnaldo Ferreira Carvalho e Cicero Osmir da Silva. Brotação de cultivares de cana-de-açucar submetida a diferentes quantidades de gemas. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

4.
Gabrielle de Lima Masson. Transmissão plantas-sementes de Colletotrichum truncatum em soja. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

5.
Bruno Junior Martins da Silva e Adolfo Escobar Neto. Dinamica populacional de insetos alvos em sistemas agrícolas. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

6.
Maycon Paiva de Souza Kleber e Alvaro Miyabara Marques. Avaliação do efeito de inseticidas em sementes de soja em diferentes profundidades de semeadura. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

7.
Maycon Aurelio Santos Chaves. Adubação nitrogenada em arroz sob diferentes formas de irrigação. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

8.
Saulo André Comparim Ferreira e Lucas Menole Pareja. Avaliação de diferentes formas de adubação nitrogenada na cultura do trigo. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

9.
Diego Dreon Pierezan e Eber da Silva de Oliveira. Avaliação da produtividade e do desenvolvimento da soja transgênica, sob aplicações de diferentes herbicidas de folhas largas pós-emergentes e o glifosato. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Renata Barbosa Vilela e Rafael Luiz Wierzbicki Kusiak. Trigo granifero submetido á desfolha artificial. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

2.
Wendel Jose Pereira e Kaio da Cruz Benati. Efeito de inseticidas para o controle do pulgão (Aphis gossypii) do aldoeiro. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

3.
Lucas Correia Teixeira. Efeito de azadiractina e óleos essenciais sobre Myzus persicae Glover (Hemipetra: Aphididae) em pimenta. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).

4.
Gustavo Branquinho Dias e Arnaldo Garcia de Araujo Junior. Recuperação da área degradada no interior do sítio Vale da Esperança no município de Caarapó, MS. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Jacilma de Siqueira Pinho Salvador. LEVANTAMENTO DE CULTIVARES DE ARROZ (Oryza sativa, L.) EM DIFERENTES TIPOS DE SOLO NO SUL DO AMAZONAS.. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, . Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Lucas Pereira de Oliveira. AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE SOJA [Glycine max, (L.)] PARA O MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AM. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

2.
Adriana Miguel Fernando. LEVANTAMENTO DAS PRINCIPAIS PRAGAS DO ARROZ (Oryza sativa L.) CULTIVADO EM SISTEMA DE SEQUEIRO NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AM. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

3.
Leonardo Rezende Guimarães. DESEMPENHO DE CULTIVARES DE MANDIOCA (Manihot esculenta, Crantz) NO SUL DO ESTADO DO AMAZONAS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

4.
Ramylle Junior Lourenço Ramos. AVALIAR O COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE MILHO NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AMAZONAS, SAFRA 2015/16.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

5.
João Luiz Malta de Souza. IMPLANTACAO DA CULTURA DO AÇAÍ (Euterpe oleracea, Martins, 1824) EM TERRA FIRME NO MUNICIPIO DE CANUTAMA NO ESTADO DO AMAZONAS.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

6.
Maria José Pinto da Silva. PRODUÇÃO DE MUDAS DE MANGABEIRA (Hancornia speciosa, Gomes, 1982) EM DIFERENTES SUBSTRATOS NO SUL DO AMAZONAS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

7.
Pedro Henrique Espinoza de Mattos. Aspectos da cultura da cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

8.
Ricardo Estefano Carlesso e Fernando Vinícius Fernandes. Produção de berinjela em resposta a adubação fosfatada.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

9.
Marcus Vinícius Thorstenberg Ribeiro. Aspectos da cultura do trigo para o Estado de Mato Grosso do Sul.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

10.
Reginaldo Luiz Rios Vaz e Alfredo de Freitas Fernandes. Herbicida no controle de plantas daninhas na cultura do milho (Zea mays L.) no Mato Grosso do Sul. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

11.
Danilo H. Milhoranca e Guilherme H. de Matos Micheleto. Diferentes inseticidas sob a cultura do feijoeiro. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

12.
Pedro Afonso Parizotto e Anderson João Barozzi. Desfolha artificial da cultura da canola. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

13.
Daniel Fretes Portiolli. Efeito do Standak Top na emergência do feijão Caupi. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

14.
Rafael Moreira Pinto. Participação e Efeito do tratamento de mudas de berinjela com diferentes doses de nitrogênio com e sem potássio. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

15.
Gustavo Morais Pereira e João Victor Loureiro de Lima. Desfolha artificial da berinjela Embu. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

Iniciação científica
1.
Lucas Pereira de Oliveira. PIB-A/0155/2016 - AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE SOJA [Glycine max, (L.)] PARA O MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AM.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

2.
Adriana Miguel Fernando. PIB-A/0026/2016 - LEVANTAMENTO DAS PRINCIPAIS PRAGAS DO ARROZ (Oryza sativa L.) CULTIVADO EM SISTEMA DE SEQUEIRO NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AM.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

3.
Leonardo Rezende Guimarães. PIBA/0027/2015 - DESEMPENHO DE CULTIVARES DE MANDIOCA (Manihot esculenta, Crantz) NO SUL DO ESTADO DO AMAZONAS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

4.
Ramylle Junior Lourenço Ramos. PIBA/0025/2015 - AVALIAR O COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE MILHO NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ, AMAZONAS, SAFRA 2015/16.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

5.
Gabrielle de Lima Masson. Seletividade de inseticidas químicos tradicionalmente utilizados no controle dos percevejos na cultura do sorgo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

6.
Polyana Rafaella Santos. Seletividade de inseticidas químicos tradicionalmente utilizados no controle da lagarta-do-cartucho sobre predadores ocorrentes no solo da cultura do sorgo. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

7.
Marcelo de Brito. Desfolha artificial na cultura do crambe. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

8.
Jonatas Hernrique dos Santos Tutija. Plantas de feijoeiro submetido a diferentes volumes de solo. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

9.
Ricardo Pereira Zanutto. Variedades de pimentas cultivadas na região de Dourados, MS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

10.
Marcilei Sousa Silva. Variedades de milho crioulo cultivados na região de Dourados, MS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

Orientações de outra natureza
1.
Fernando Vinícius Fernandes. Estágio Supervisionado III (Área de Produção da cultura do milho). 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

2.
Fernando Vinícius Fernandes. Estágio Supervisionado IV (Área de Produção da cultura da soja). 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

3.
Marina Guarda Missio. Monitoria na aula prática da disciplina: Fertilidade do Solo. 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

4.
Marcelo de Brito. Monitoria da aula prática: Agricultura II. 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

5.
Klêmia Gomes dos Santos. Monitoria na aula prática: Agricultura III. 2013. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

6.
João Victor Loureiro de Lima. Estágio Supervisionado IV (Área de Assistência Técnica). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

7.
Guilherme Henrique de Matos Micheletto. Estágio Supervisionado IV (Área de Manejo Integrado de Pragas - Soja). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

8.
Daniel Pavão Correa. Estágio Supervisionado IV (Área de Colheita de Mudas e Plantio Mecanizado ? cana-de-açúcar). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

9.
Daniel Fretes Portiolli. Estágio Supervisionado IV (Área de Extensão Rural). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

10.
Gustavo Morais Pereira. Estágio Supervisionado IV (Área de Campo Experimental - Soja). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

11.
Marcus Vinicius Thorstenberg Ribeiro. Marcus Vinicius Thorstenberg Ribeiro. Estágio Supervisionado IV (Área de Assistência Técnica). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

12.
Anderson João Barozzi. Estágio Supervisionado IV (Área de Cooperativa Agrícola). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

13.
Pedro Afonso Parizotto. Pedro Afonso Parizotto. Estágio Supervisionado IV (Área de Intercambio Agrícola). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

14.
Lucas Correia Teixeira. Estágio Supervisionado IV (Área de Extensão Rural). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

15.
Rafael Moreira Pinto. Rafael Moreira Pinto. Estágio Supervisionado IV (Área de Assistência Técnica).. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

16.
Alfredo de Freitas Fernandes. Alfredo de Freitas Fernandes. Estágio Supervisionado IV (Área de Assistência Técnica). 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.

17.
Everton Arnold Gelain. Monitoria na aula prática da disciplina: Agricultura V. 2012. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Faculdade Anhanguera de Dourados. Orientador: Paulo Rogério Beltramin da Fonseca.



Outras informações relevantes


Desde 2003 auxilia em projeto realizados na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).
Itens Relevantes:
a) Pesquisador Bolsista CNPq/UFGD durante os cinco anos da Graduação (Agronomia): 
1º ano: Bolsista PIBIC/CNPq-UFMS (Agosto 2004-Julho 2005).
2ºano: Bolsita PIBIC/CNPq-UFMS (Agosto 2005-Julho 2006).
3ºano: Bolsista PIBIC/CNPq-UFGD (Agosto 2007-Julho 2008).
Atualmente: Bolsita CAPES (Mestrado em Produção Vegetal-Capes 4).
b)Atua como Colaborador em diversos Projetos de Mestrandos tanto da UFGD, como de outras instituiçoes.
Participou em diversas pesquisas desde a semeadura ate as avalições destes ensaios.
Artigos Submetidos para Publicação:
1. Artropofauna do solo de Importância agrícola associada ao milho
2.?AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE ALUMINIO E DE NITROGÊNIO EM CULTIVARES DE MILHO PIPOCA?.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 15:38:30