Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9002845002057024
  • Última atualização do currículo em 15/11/2018


Possui graduação em História (2004), mestrado (2007) e doutorado (2011) em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Assistente Editorial de Passagens - Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica. Coordenadora do Grupo de Pesquisa História, Poder e Ideias Políticas (CNPq/UERJ). Professora Adjunta de História do Brasil e do Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - FFP. Procientista UERJ. Jovem Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil e em Teoria e Metodologia da História, atuando principalmente nos seguintes temas: pobreza urbana, repressão e controle social, discurso jurídico, cidadania e direitos, poder e ideias jurídicas, intelectuais e pensamento político e social, escrita da história, circulação cultural e de ideias e relações Brasil/Argentina. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva
Nome em citações bibliográficas
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, FFP.
Rua Francisco Portela, 1470
Patronato
24435005 - São Gonçalo, RJ - Brasil
Telefone: (21) 37054631
URL da Homepage: http://http://www.ffp.uerj.br/


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Diálogos sobre a escrita da história: Ibero-americanismo, catolicismo, (des)qualificação e alteridade no Brasil e na Argentina (1910-1940), Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Gizlene Neder.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: circulação cultural e de idéias; escrita da história.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
2005 - 2006
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Discurso Jurídico e (Des)qualificação Moral e Ideológica das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade: Evaristo de Moraes (1871-1939),Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Gizlene Neder.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: cidadania e direitos; discurso jurídico; História Institucional; historiografia; pobreza urbana; repressão e controle social.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
2000 - 2004
Graduação em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Desqualificação Ideológica e Controle Social da Pobreza Urbana na Passagem à Modernidade no Rio de Janeiro (1890-1910).
Orientador: Gizlene Neder.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, UERJ/FFP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora do PPGHS, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Adjunta - História do Brasil, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenadora da Licenciatura em História, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenadora do LCP

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor (Estágio docente), Enquadramento Funcional: Estágio docente como aluno de doutorado, Carga horária: 60

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estágio Docente, Enquadramento Funcional: Estágio Docente, Carga horária: 60
Outras informações
O estágio ocorreu na Universidade Federal Fluminense, na turma de graduação, sob a orientação da Professora Doutora Gizlene Neder na disciplina História, Poder e Idéias Políticas: imperialismo, campo político e inovações epistemológicas.

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Outro (Iniciação científica em projeto integr, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa de Iniciação Científica - FAPERJ Projeto Integrado de Pesquisa: "Assistência, Abandono, Repressão e Função Parental do Estado".

Atividades

2004 - 2011
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Estudos Gerais, Centro de Estudos Gerais.

Atividade realizada
Coordenação do Grupo de Estudos de História Institucional - Laboratório Cidade e Poder.
2003 - 2005
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Estudos Gerais, Centro de Estudos Gerais.

Atividade realizada
Participação no Grupo de Estudos de Gênero e Feminismo - Núcleo de Estudos Contemporâneos.

Universidade de Buenos Aires, UBA, Argentina.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador - GEHBP
Outras informações
Pesquisadora Associada ao Grupo de Estudos de História do Brasil e Portugal, vinculado à Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires. O vínculo inclui o intercâmbio de atividades entre professores argentinos e brasileiros nas universidades envolvidas (UBA, Universidade Nacional de Luján, UFRJ, UFF, UERJ e Universo. Neste sentido, em 2012 ministrei aulas na Universidade Nacional de Luján e, em 2013 e 2016, na Cátedra de Historia do Brasil da Universidade de Buenos Aires.


Anpuh Brasil, ANPUH, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Associada, Enquadramento Funcional: Associada


Escola Municipal Alzira Araujo, EMAA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor regente, Carga horária: 12
Outras informações
Exonerada a pedido no dia 10/12/2012.


Fundação Bradesco / Rio de Janeiro, FB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Professora substituta, Enquadramento Funcional: Professor por contrato


Centro de Atividades Comunitárias Esperança do Futuro, CACEF, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Professora de pré-vestibular, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 6



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Escrita da história, unidade e integração entre as décadas de 1870 e 1940: Brasil e Argentina - Da Missão Mitre a Segunda Guerra
Descrição: Neste projeto analisamos diferentes momentos da relação Brasil e Argentina entre as décadas de 1870 e 1940. Neste período, após a Guerra do Paraguai (1864-1870), o general Bartolomé Mitre buscou apaziguar as historicamente tensas relações entre os países e que vinham se agravando desde 1868 com o governo do presidente Domingo Faustino Sarmiento (1868-1874). Mitre investiu na aproximação diplomática apesar das desconfianças mútuas oriundas das disputas territoriais durante e após a guerra e das distintas formas de governo: Monarquia no Brasil e República na Argentina. Assim, pensamos a figura de Bartolomé Mitre como central na mudança mútua de olhar entre os dois países. Ele foi militar, presidente da Argentina na década de 1860 e ator político fundamental no processo de formação da nação. Em 1870 fundou o jornal La Nación. Na década de 1890 fundou a Junta de História e Numismática Americana, instituição marco na formação de uma historiografia argentina. Da instituição partiu a escrita de uma versão para a história nacional de caráter unificador, pacificador e americanista que, entre os anos 1910 e 1940, deu origem a um movimento de revisão historiográfica conhecido como Nova Escola Histórica. Muito referido por esta geração de historiadores, acreditamos que ele traga importantes aspectos do século XIX que fundamentam uma aproximação com o Brasil na primeira metade do século XX. Daí sua apropriação por historiadores, políticos e diplomatas neste contexto. Mitre conjugou política, história e diplomacia nas tentativas de apaziguamento das relações Brasil /Argentina. A análise do seu pensamento e atuação auxilia ainda na conjugação entre estes campos. Propomos, assim, pesquisar a fundo a missão Mitre no Brasil, em 1872, que, por sua relevância, se tornou um dos principais objetos da pesquisa. Pouco estudada pela historiografia brasileira, a missão é bastante significativa em sua trajetória e gerou frutos para as diplomacias brasileira e argentina nas décadas posteriores. Nela, o general argentino negociou com o Império brasileiro os tratados de paz com o fim da Guerra do Paraguai. Isto em um momento de tensão e discordâncias entre os dois países. No Rio de Janeiro, encontrou pessoalmente figuras como o Visconde do Rio Branco e o próprio Imperador Dom Pedro II e foi bem recebido por políticos e intelectuais brasileiros em geral. Diante destas questões, refletimos acerca do porquê de boa parte dos projetos de integração entre Brasil e Argentina, expandidos para outros países ibero-americanos, terem em Mitre um precursor. Ele foi um dos primeiros a defender o fim das desconfianças mútuas ainda nas décadas de 1870 e 1880, apresentando, inclusive, visão simpática ao Império vizinho e seu Imperador. Neste sentido, buscamos os elementos do seu discurso que inspiraram a integração regional décadas depois a fim de melhor compreender as razões deste protagonismo. Projeto financiado pela UERJ com bolsa PIBIC/CNPq e bolsa de Prociência (2015-2018 e 2018-2021). Financiado também pela FAPERJ com bolsa de IC e bolsa do Jovem Cientista do Nosso Estado (2018-2021)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva - Coordenador / Thays Siqueira Rodrigues de Assis - Integrante / Caroline Fernandes Pereira - Integrante / Diogo Raniele Costa de Lima - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
2013 - 2015
Escrita da História, unidade e integração nacional nas primeiras décadas republicanas: diálogos entre Guilherme Studart e Max Fleiuss (1889-1931).
Descrição: No projeto analisamos a escrita da história nacional nas primeiras décadas republicanas, a partir dos diálogos desenvolvidos entre o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Instituto Histórico, Geográfico e Antropológico do Ceará. Neste período, o contato do IHGB com os Institutos regionais foi fundamental em um processo de revisão historiográfica, de investimento na pesquisa documental e de fortalecimento da unidade e da identidade nacionais. O interesse neste intercâmbio se inseria numa tentativa de inserção das diferentes regiões brasileiras na escrita da história. Uma história que integrasse o nacional e o regional de modo a conferir unidade à diversidade brasileira. Assim, a história produzida seria uma história do Brasil e não um olhar do centro sobre si mesmo. Destacamos uma relação de reciprocidade entre centro e periferia, simbolicamente representados pelo IHGB e pelo Instituto do Ceará. Afinal, se o centro almejava a integração, para a periferia também seria importante alcançar um papel de relevo na história nacional. Esta relação entre centro e periferia, além de fluida, era caracterizada por acordos, projetos comuns e conflitos que envolvem expectativas individuais e coletivas, referidas ao próprio campo historiográfico em fase de profissionalização. Nestes diálogos entre instituições ganham destaque as atuações de Max Fleiuss (secretário perpétuo do IHGB) e Guilherme Studart (um dos fundadores do Instituto do Ceará). A aproximação entre eles reflete a própria relação centro/periferia da qual tratamos. Trabalhamos com os anos entre 1889, marcado pela proclamação da República, e 1931, ano do Segundo Congresso de História Nacional e da Reforma Francisco Campos. Como fontes, utilizamos correspondências, artigos publicados em anais e periódicos, manuscritos e atas do Primeiro e do Segundo Congressos de História Nacional (1914; 1931)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva - Coordenador / Rafael Accacio da Silva - Integrante / Camila de Sousa Freire - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Pensar a tolerância e a cidadania: secularização das instituições políticas no Rio de Janeiro na passagem à modernidade

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Gizlene Neder em 13/02/2014.
Descrição: Este projeto enfoca o processo de formação do campo político no Rio de Janeiro (Corte e Capital Federal) a partir das instituições de controle social: assistência social, educação e justiça, na virada para o XX. A proposta visa à análise das opções políticas (assistência e/ou repressão) feitas pelo poder instituído. Trabalharemos as relações entre cultura política e cultura religiosa e seus efeitos sobre o processo de secularização da justiça e de escolas e asilos. Compulsaremos o debate político e a ação dos gestores das instituições políticas, cujas reformas acompanharam a reestruturação do Estado sob a forma republicana; a transição para o trabalho livre; e os efeitos das disputas da Igreja com a governação imperial (desde a década de 1870) e que marca suas posições nas instituições republicanas; destacaremos dois grandes temas: educação e família; temas são essenciais para as políticas públicas, seja na esfera escolar seja na da assistência social. A observação das instituições sediadas na cidade do Rio de Janeiro é fundamental para a compreensão da formação histórica brasileira, pelo desempenhado como sede da governação do país (Corte e depois Capital Federal). Para o Rio de Janeiro convergiam as lideranças regionais; e a cidade atuava como ?caixa de ressonância? para o conjunto das diferentes regiões que compunham a União (de províncias e depois de estados federados). Muitas das leis ou instituições políticas foram pensadas e implementadas a partir da observação das necessidades e de acontecimentos políticos ocorridos na cidade do Rio de Janeiro. Várias instituições políticas (para assistência, educação e administração da justiça) foram instituídas de forma exemplar no Rio de Janeiro, como é o caso do Colégio Pedro II. Trabalharemos com fontes históricas (Séries: Justiça e Educação do Arquivo Nacional); livros (Obras Gerais e Obras Raras) da Biblioteca Nacional e o acervo do Nudom (Núcleo de Documentação Memória - Unidade Centro do Colégio Pedro II)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2010
Diálogos intelectuais entre dois lados do Atlântico: práticas historiográficas, circulação de ideias e apropriação cultural. (Re)conhecimento e legitimidade (1870-1946).
Descrição: A pesquisa apresentava dois eixos centrais: diálogos intelectuais e teoria da história. Enfocamos os diálogos entre historiadores brasileiros, argentinos, portugueses e espanhóis entre o final do século XIX e o início do século XX como janela de reflexão para a teoria da história e as categorias do tempo que envolvem o trabalho do historiador. Analisamos a formação do pensamento intelectual e sua inserção em um processo de circulação de ideias e apropriação cultural. Propomos pensar a construção do conhecimento histórico por uma via dialógica. Com este objetivo, selecionamos o pensamento e a atuação de quatro historiadores em especial: um português, Fidelino de Figueiredo; um espanhol, Rafael Altamira; um brasileiro, Max Fleiuss; e um argentino, Ricardo Levene. Isto a fim de analisar a retomada de diálogos intelectuais entre antigas metrópoles e colônias na passagem à modernidade, em meio à busca de reconhecimento e legitimidade e à conquista de alteridade. Diante deste diálogo a escrita da história ganha papel de destaque. Afinal, a obtenção de reconhecimento abarca a resignificação da história de países de passado colonial, como Brasil e Argentina. Era preciso construir autonomia, mas sem se afastar por completo de Portugal e da Espanha. Retoma-se o passado colonial, destacando o que nele haveria de positivo, sem deixar de promover rupturas e construir bases teóricas e ideológicas próprias..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Antonio Evaristo de Moraes: discurso jurídico e desqualificação moral e ideológica das classes subalternas na passagem à modernidade no Brasil (1894-1916)
Descrição: O objeto central da pesquisa encontrava-se relacionado à trajetória e ao pensamento do sujeito histórico individual Evaristo de Moraes, a partir dos quais buscamos compreender o discurso jurídico referente às camadas populares no Brasil da passagem à modernidade. Deste modo, trabalhamos com um recorte cronológico interno a nosso objeto e centrado, sobretudo, mas não apenas, entre os anos de 1894 (quando Evaristo torna-se rábula criminalista, período que coincide com os anos imediatamente posteriores à Proclamação da República) e 1916 (ano em que Evaristo gradua-se em direito pela faculdade Teixeira de Freitas e período do fim das discussões em torno do Código Civil). Analisamos o desenvolvimento de tecnologias de controle social que, no discurso e na prática quotidiana, acreditamos constituir-se numa das principais características da relação entre poder político, autoridades instituídas e classes subalternas num período de reestruturação do Estado sob forma republicana. Período no qual também acreditamos haver uma resignificação das concepções de crime e punição dos pobres. As discussões desenvolvidas no campo jurídico acerca da questão dos direitos, em especial no que tange às camadas populares, nos foram, ao mesmo tempo, de grande relevância, já que pensamos uma população que era, então, alvo das frequentes políticas públicas marcadas não raramente pelo autoritarismo e pela repressão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2004
Assistência, abandono, repressão e função parental do Estado
Descrição: O projeto objetivava desenvolver um estudo interdisciplinar ? que abrangia as áreas do Direito, das Ciências Políticas e da História ? sobre as instituições políticas e as relações sociais de poder a fim de alcançar as políticas públicas e as ideologias de controle social na passagem à modernidade que se concretizam por meio de assistência, abandono ou repressão. Concomitantemente, reflete-se sobre o pensamento político das autoridades dirigentes e o processo de sacralização e secularização da sociedade que oscila entre a caridade e o dever. O período histórico em questão refere-se as últimas décadas do século XIX e primeiras décadas do século XX, cujos principais marcos foram a Guerra do Paraguai, o fim do trabalho escravo e a proclamação da República. Era enfocado ainda o processo histórico de formação social e institucional do Estado no Brasil, tendo como referência as instituições de controle social: assistência social e médica, educação e segurança pública. Através do estudo destas instituições foi possível analisar as opções políticas e ideológicas ? de assistência ou repressão ? que foram assumidas pelo poder e identificar o oscilante movimento das políticas públicas entre a assistência, o abandono e a consequente omissão dele resultante..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2012 - Atual
Passagens. Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Gizlene Neder em 13/02/2014.
Descrição: A publicação de Passagens. Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica (on-line) é iniciativa do Grupo de Pesquisa (Laboratório Cidade e Poder - http://www.historia.uff.br/lcp), fundado no início dos anos 1990 e atuante no Instituto de Ciências Humanas e Filosofia. Passagens está vinculada ao programa de Pós-Graduação em História Social (nível 7 - CAPES) da UFF. A revista Passagens objetiva constituir-se em espaço de sociabilidade no campo do humanismo crítico, numa perspectiva multidisciplinar. Tem como editores os professores Gizlene Neder e Gisálio Cerqueira Filho, e visa à ampliação da visibilidade da discussão pertinente no Brasil e no exterior, com destaque estratégico para a América do Sul. Privilegia, especialmente, a publicação de trabalhos inéditos e que apresentem resultados de pesquisas desenvolvidas a partir de uma dimensão empírica definida. Passagens foi fundada em Milão, como marca de cidade de passagens, durante o Encontro do Research Committee on Sociology of Law, realizado entre os dias 9 e 12 de julho de 2008 (Milão e Como). Lá está a Galeria Victor Emanuel II (1867), como território de passagem, a conferir expansividade para o significante símbolo vinculado aos estudos sobre modernidade realizados por Walter Benjamin. Passagens pretende ser um veículo de sociabilidade aberto às distintas teorias e reflexões. Estamos firmando posição favorável ao questionamento dos dogmatismos e fundamentalismos teóricos, visando o estímulo do confronto e debate entre teorias e metodologias. A publicação é quadrimestral em formato eletrônico. Tem duas metas prioritárias: 1. Modernização e profissionalização de um periódico multidisciplinar e aberto às inovações (temáticas e epistemológicas); 2. Atuar na internacionalização das trocas acadêmicas do campo das ciências humanas e sociais, visando a projeção e a articulação de pesquisadores brasileiros..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: REVISTA DIREITO EM MOVIMENTO
2015 - Atual
Periódico: Editora Autografia


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Revista Ágora (Vitória)
2013 - Atual
Periódico: Interagir (UERJ)
2014 - Atual
Periódico: Trashumante
2014 - Atual
Periódico: História Revista (Online)
2015 - Atual
Periódico: Revista Escrita da História
2015 - Atual
Periódico: PolHis. Boletín Bibliográfico Electrónico del Programa Buenos Aires de Hist
2016 - Atual
Periódico: Estudos Ibero-Americanos
2016 - Atual
Periódico: História da Historiografia
2016 - Atual
Periódico: Dia-logos (Rio de Janeiro)
2016 - Atual
Periódico: Tempos Históricos (EDUNIOESTE)
2017 - Atual
Periódico: MOSAICO (RIO DE JANEIRO)
2018 - Atual
Periódico: CADERNOS DE HISTÓRIA
2018 - Atual
Periódico: PASSAGENS: REVISTA INTERNACIONAL DE HISTÓRIA POLÍTICA E CULTURA JURÍDICA
2018 - Atual
Periódico: REVISTA DE ESTUDIOS BRASILEÑOS
2018 - Atual
Periódico: CANTAREIRA (UFF)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: História do Direito.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Idéias Políticas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2004
Seminário de Iniciação Científica e Prêmio Vasconcelos Torres de Ciência e Tecnologia - Trabalho selecionado entre os 10 melhores da áres de Ciências Humanas, Universidade Federal Fluminense.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FREIRE, C. S.2018FREIRE, C. S. ; BARCELOS, ANA PAULA . O Instituto do Ceará e a intelectualidade cearense: Identidade regional, sociabilidade e escrita da história da abolição na província. PASSAGENS: REVISTA INTERNACIONAL DE HISTÓRIA POLÍTICA E CULTURA JURÍDICA, v. 10, p. 440-463, 2018.

2.
BARCELOS, ANA PAULA2017BARCELOS, ANA PAULA. Bartolomé Mitre: Reflexões sobre circulação de ideias, escrita da história e diplomacia nas relações entre Brasil e Argentina. PASSAGENS: REVISTA INTERNACIONAL DE HISTÓRIA POLÍTICA E CULTURA JURÍDICA, v. 9, p. 286-307, 2017.

3.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2016 BARCELOS, Ana Paula. 'Nem história nem mesmo chronica': Escrita da história, identidade e integração nacional no intercâmbio entre o IHGB e o Instituto do Ceará (1889-1931). Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 471, p. 101-124, 2016.

4.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2015 BARCELOS, Ana Paula. História e integração regional: intelectuais, convênios e livros no Brasil e na Argentina nas primeiras décadas do século XX. História da Historiografia, v. 18, p. 231-247, 2015.

5.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2014BARCELOS, Ana Paula. O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e a Junta de História e Numismática Americana: O papel integracionista da escrita da história (1910-1940). Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 175, p. 59-80, 2014.

6.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2014BARCELOS, Ana Paula; PINTO, J. A. . Tradição e modernidade: reflexões sobre intelectuais e circulação de ideias no período da neocristandade no Brasil. Intellèctus (UERJ. Online), v. 2, p. 103-122, 2014.

7.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2013BARCELOS, Ana Paula; PEREIRA, Aline Pinto . Tensões, escolhas e expectativas: ideias políticas e contexto histórico e social a partir de trajetórias individuais. Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, v. 5, p. 286-306, 2013.

8.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2013BARCELOS, Ana Paula. Um olhar sobre a história: medo, angústia e morte no pensamento de Fidelino de Figueiredo. Convergência Lusíada, v. 30, p. 1-17, 2013.

9.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2012BARCELOS, Ana Paula. Max Fleiuss e Ricardo Levene: Diálogos sobre o ibero-americanismo e a escrita da história no Brasil e na Argentina. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 454, p. 209-235, 2012.

10.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2012BARCELOS, Ana Paula. O rábula e advogado Evaristo de Moraes: discurso jurídico e defesa das classes subalternas. Discursos Sediciosos (Rio de Janeiro), v. 17, p. 425-436, 2012.

11.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2011BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes e o discurso de (des)qualificação da pobreza urbana na passagem à modernidade no Brasil. Dimensões - Revista de História da UFES, v. 26, p. 129-145, 2011.

12.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2010BARCELOS, Ana Paula. Fidelino de Figueiredo e Jonathas Serrano. Pensamento Católico e radicalização política na década de 1930. Algumas reflexões.. Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, v. 2, p. 39-66, 2010.

13.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2009BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene . Intelectuais, circulação de idéias e apropriação cultural - Anotações para uma discussão metodológica. Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, v. 1, p. 29-54, 2009.

14.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2009BARCELOS, Ana Paula. (Des)qualificação, exclusão, diálogos intelectuais, reconhecimento e legitimidade: Reflexões sobre a latinoamericanidade em Gilberto Freyre. Revista Ágora (Vitória), v. 9, p. 1-22, 2009.

15.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2007BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes: Pobreza, criminalidade e punição das classes subalternas na passagem à modernidade no Brasil (1890-1930). Revista de Estudos Criminais, v. 24, p. 173-191, 2007.

16.
BARCELOS, Ana Paula;BARCELOS, ANA PAULA2006BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes: subjetividade, pobreza urbana, direito e trajetória individual. Achegas.net, v. 32, p. 2, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BARCELOS, Ana Paula; TAVARES, C. C. S. (Org.) . Anais do IV Seminário Fluminense dos Pós-Graduandos em História. 1. ed. Rio de Janeiro: Anpuh-Rio, 2016. v. 1. 2637p .

2.
BARCELOS, Ana Paula; PEREIRA, Aline Pinto (Org.) ; PEREIRA, V. (Org.) . O Brasil e o Exterior: Estado, Instituições e Intelectuais na relação com o Outro (séculos XIX e XX) - Propostas para professores de História. 1. ed. Rio de Janeiro: Autografia, 2015. 243p .

3.
NEDER, Gizlene (Org.) ; BARCELOS, Ana Paula (Org.) ; VIEIRA, Jessie Jane (Org.) . Intolerância e Cidadania: Secularização, Poder e Cultura Política. 1. ed. Rio de Janeiro: Autografia, 2015. 448p .

4.
BARCELOS, Ana Paula; PINTO, J. A. (Org.) . Poder e política: Pensando a tolerância e a cidadania.. 1. ed. Niterói: PPGHistória-UFF, 2013. v. 1. 185p .

5.
BARCELOS, Ana Paula; PEREIRA, Aline Pinto (Org.) . Trajetórias individuais e experiências sociais: Sociabilidades e ideias políticas no Brasil (1820-1940). 1. ed. Niterói: Eduff, 2012. v. 1. 174p .

6.
BARCELOS, Ana Paula. Discurso jurídico e (des)qualificação moral e ideológica da pobreza urbana: Evaristo de Moraes (1871-1939). 1a. ed. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, 2011. v. 1. 222p .

7.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos sobre a Escrita da História: Brasil e Argentina (1910-1940). 1. ed. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2011. v. 1. 540p .

8.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene (Org.) . Anais do 3o Colóquio Internacional do LCP: A América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul. 1. ed. Niterói: PPGHISTÓRIA-UFF, 2011. v. 1. 88p .

Capítulos de livros publicados
1.
BARCELOS, Ana Paula. Breves reflexões sobre a universidade e a reconstrução de identidades. In: Gizlene Neder; Flávia Beatriz Ferreira de Nazareth. (Org.). 'Questão Religiosa', Poder e Secularização. Homenagem a Gisálio Cerqueira Filho.. 1ed.Niterói: EdPPGH, 2016, v. , p. 28-33.

2.
BARCELOS, Ana Paula. História e cultura religiosa no Brasil na passagem do século XIX para o XX: A atuação de Guilherme Studart no Ceará. In: Gizlene Neder; Flávia Beatriz Ferreira de Nazareth. (Org.). 'Questão Religiosa', Poder e Secularização. Homenagem a Gisálio Cerqueira Filho.. 1ed.Niterói: EdPPGH, 2016, v. , p. 34-59.

3.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da história, catolicismo e integração nacional: relações centro/periferia nas primeiras décadas republicanas (1889-1931). In: NEDER, Gizlene; BARCELOS, Ana Paula; SOUSA, Jessie Jane Vieira de. (Org.). Intolerância e Cidadania: Secularização, Poder e Cultura Política. 1ed.Rio de Janeiro: Autografia, 2015, v. , p. 323-357.

4.
BARCELOS, Ana Paula. A História, as guerras e a construção do pacifismo na Ibero-América (1920-1940). In: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva; Aline Pinto Pereira; Vantuil Pereira. (Org.). O Brasil e o Exterior: Estado, Instituições e Intelectuais na relação com o Outro (séculos XIX-XX) - Propostas para professores de História. 1ed.Rio de Janeiro: Autografia, 2015, v. 1, p. 170-199.

5.
BARCELOS, Ana Paula. Redes de sociabilidade e integração nacional: O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro nas primeiras décadas republicanas. In: Rogelio de la Mora; Hugo Cancino. (Org.). La Historia Intelectual y el Movimiento de las Ideas en América Latina, siglos XIX-XX. 1ed.Xalapa, Veracruz, México: Universidad Veracruzana, 2015, v. 1, p. 82-95.

6.
BARCELOS, Ana Paula. Novos olhares sobre antigas colônias: O exílio ibero-americano de Rafael Altamira e Fidelino de Figueiredo. In: Lená Medeiros de Menezes; Hugo Cancino Troncoso; Rogelio de la Mora. (Org.). Intelectuais na América Latina: Pensamentos, contextos e instituições. Dos processos de independência à globalização.. 1ed.Rio de Janeiro: UERJ/LABIME, 2014, v. , p. 689-714.

7.
BARCELOS, Ana Paula; PINTO, J. A. . Entrevista com Gizlene Neder (20 anos do Laboratório Cidade e Poder). In: Ana Paula Barcelos; Jefferson de Almeida Pinto. (Org.). Poder e Política: Pensando a tolerância e a cidadania. 1ed.Niterói: PPGHistória-UFF, 2013, v. 1, p. 9-22.

8.
BARCELOS, Ana Paula. Trajetória individual, subjetividade e circulação de ideias: Evaristo de Moraes e a (des)qualificação moral e ideológica das classes subalternas (1871-1939). In: Aline Pinto Pereira; Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva. (Org.). Trajetórias individuais e experiências sociais: Sociabilidades e ideias políticas no Brasil (1820-1940). Niterói: Eduff, 2012, v. , p. 101-122.

9.
BARCELOS, Ana Paula. O Rio de Janeiro nas primeiras décadas republicanas: modernização e reformas urbanas. In: Rivail Carvalho Rolim. (Org.). História do Brasil República: Estado e sociedade 1889/1945.. 1ed.Maringá: EDUEM, 2012, v. , p. 27-39.

10.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos intelectuais e escrita da história: Reaproximação entre antigas colônias e metrópoles no início do século XX.. In: Ana Paula Barcelos; Gizlene Neder. (Org.). Anais do 3o Colóquio Internacional do LCP: A América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul.. 1ed.Niterói: PPGHISTÓRIA-UFF, 2011, v. 1, p. 7-17.

11.
BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes: discurso jurídico, criminalização e punição das classes subalternas (1894-1939). In: Gizlene Neder. (Org.). História e Direito: Jogos de encontros e transdisciplinaridade. Rio de Janeiro: Revan, 2007, v. , p. 151-162.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BARCELOS, Ana Paula. Política, história e alteridade a partir das relações entre Bartolomé Mitre e o império brasileiro. In: IV Workshop Argentino-Brasileiro de História Comparada, 2018, Cuiabá. Anais IV Workshop Argentino-Brasileiro de História Comparada, 2018.

2.
BARCELOS, Ana Paula. A missão Mitre no Brasil em 1872: disputas diplomáticas e na imprensa. In: Encontro Internacional e XVIII Encontro de História da Anpuh-Rio: História e Parcerias, 2018, Niterói. Anais do Encontro Internacional e XVIII Encontro de História da Anpuh-Rio: História e Parcerias. Rio de Janeiro: Anpuh-Rio, 2018.

3.
PINTO, J. A. ; BARCELOS, ANA PAULA . Notes on how History is written in Brazil and how this reflects in education and teacher training. In: National Festival of Science. XXII International conference of students, post-graduate students and young scientists 'Science and Education?, 2018, Tomsk. National Festival of Science. XXII International conference of students, post-graduate students and young scientists "Science and Education?. Tomsk: Tomsk State Pedagogical University - Publishing house - TSPU, 2018. v. 4. p. 58-63.

4.
BARCELOS, ANA PAULA. Bartolomé Mitre e as relações com o Império brasileiro entre as décadas de 1870 e 1880. In: XXIX Simpósio Nacional de História, 2017, Brasília. Anais do XXIX Simpósio Nacional de História - Contra os preconceitos: História e democracia. Brasília: UNB, 2017. v. 1.

5.
BARCELOS, Ana Paula. Diplomacia, integração e redes de sociabilidade nas cartas entre Bartolomé Mitre e o Visconde do Rio Branco (1865-1876). In: XVII Encontro de História da Anpuh Rio, 2016, Nova Iguaçu. Anais do XVII Encontro de História da Anpuh Rio. Rio de Janeiro: Anpuh Rio, 2016. p. 1-8.

6.
BARCELOS, Ana Paula. Diplomacia e circulação de ideias: a correspondência entre o Visconde do Rio Branco e Bartolomé Mitre nas décadas de 1860 e 1870. In: II Seminário Internacional da SEO - Brasil no século XIX, 2016, Londrina. Anais do II Seminário Internacional da SEO. Niterói: SEO-UFF, 2016. v. 2. p. 1-11.

7.
BARCELOS, Ana Paula. Um historiador na Sociedade São Vicente de Paulo: Reflexões sobre escrita da história e cultura religiosa no início da República brasileira. In: XVIII Simpósio Nacional de História - Lugar dos historiadores: Velhos e novos desafios, 2015, Florianópolis. Anais do XVIII Simpósio Nacional de História, 2015.

8.
BARCELOS, Ana Paula. História, relações diplomáticas e integração ibero-americana: Bartolomé Mitre, a Argentina e o Brasil (1870-1940). In: III Workshop Argentino-Brasileiro de História Comparada, 2015, Rio de Janeiro. Actas del III WAB, 2015. v. 1. p. 94-102.

9.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da história e catolicismo na passagem do século XIX para o XX: Um historiador e sua militância católica. In: XVI Encontro Regional de Históriai da Anpuh-Rio: Saberes e Práticas Científicas, 2014, Rio de Janeiro. Anais do XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio, 2014.

10.
BARCELOS, Ana Paula. História, identidade e integração nacional na passagem do século XIX para o XX (1889-1931). In: 8o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - Variedades do discurso histórico: possibilidades para além do texto, 2014, Mariana. Anais do 8o Seminário Brasileiro de História da Historiografia, 2014.

11.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da história, catolicismo e integração nacional na passagem do século XIX para o XX. In: I Seminário Internacional 'Brasil no século XIX', 2014, Vitória. Anais do I Seminário Internacional, 2014.

12.
BARCELOS, Ana Paula. Max Fleiuss e Ricardo Levene: História e integração regional nas primeiras décadas do século XX. In: II Congresso de História Intelectual da América Latina, 2014, Buenos Aires. Anais do II Congresso de História Intelectual da América Latina, 2014.

13.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da história, unidade e integração nacional nas primeiras décadas republicanas (1889-1931). In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2013, Natal - RN. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História, 2013.

14.
BARCELOS, Ana Paula. Novos olhares sobre antigas colônias: o exílio ibero-americano de Rafael Altamira e Fidelino de Figueiredo. In: III Encontro do GT da Associação Europeia de Historiadores Latinoamericanistas - Intelectuais na América Latina: Pensamento, contextos e instituições dos processos de independência à globalização, 2013, Rio de Janeiro. Anais do III Encontro do GT da AHILA, 2013.

15.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos Brasil-Argentina sobre a escrita da história: integração regional e reinterpretação do passado nas primeiras décadas do século XX. In: II Workshop Argentino-Brasileño de Historia Comparada, 2013, Buenos Aires. Actas Electrónicas II-WAB. Buenos Aires, 2013.

16.
BARCELOS, Ana Paula. Pensando a escrita da história no Brasil e na Argentina: Reflexões sobre integração e identidade na América Ibérica. In: XV Encontro Regional de História - Ofício do Historiador: Ensino & Pesquisa, 2012, São Gonçalo. Anais do XV Encontro Regional de História - Ofício do Historiador: Ensino & Pesquisa, 2012.

17.
BARCELOS, Ana Paula. Entre revisões e traduções: História e integração regional no Brasil e na Argentina (1930-1940). In: 6o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - O Gio-Linguístico e a Historiografia: balanço e perspectivas, 2012, Mariana. Anais do 6o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - O Gio-Linguístico e a Historiografia: balanço e perspectivas, 2012.

18.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos intelectuais e escrita da história: Reaproximação entre antigas colônias e metrópoles no início do século XX. In: Colóquio Internacional América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul, 2011, Niterói. Anais do Colóquio internacional América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul, 2011.

19.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos intelectuais e escrita da história: Ensinar, construir e formar as futuras gerações. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História, 2011.

20.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da história e integração regional: Diálogos entre Brasil e Argentina no início do século XX. In: XII Congresso Internacional Fomerco, 2011, Rio de Janeiro. Anais 2011 - Fomerco, 2011.

21.
BARCELOS, Ana Paula. A Junta de Historia y Numismática Americana e o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro: Integração ibero-americana e escrita da história. In: I Workshop Argentino-Brasileño de Historia Comparada, 2011, Buenos Aires. Actas electrónicas I WAB. Buenos Aires: Editorial de la Facultad de Filosofía y Letras de la Universidad de Buenos Aires, 2011.

22.
BARCELOS, Ana Paula. Intelectuais, pensamento católico e radicalização política no Brasil: Os diálogos entre Jonathas Serrano e Fidelino de Figueiredo na década de 1930. In: XIV Encontro Regional da Anpuh-Rio - Memória e Patrimônio, 2010, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Regional da Anpuh-Rio - Memória e Patrimônio, 2010.

23.
BARCELOS, Ana Paula. Entre tradição e modernidade: Práticas historiográficas, diálogos intelectuais e ideias religiosas no Brasil e na Argentina (1870-1940). In: III Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder, 2010, Buenos Aires. Anais do III Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder (GERE), 2010.

24.
BARCELOS, Ana Paula. Intelectuais, escrita da história e circulação cultural e de idéias: (des)qualificação, reconhecimento e legitimidade. In: Colóquio Internacional Sociabilidades, Poder e Cultura Política, 2009, Niterói. Anais do Colóquio Internacional Sociabilidades, Poder e Cultura Política, 2009.

25.
BARCELOS, Ana Paula. Positivismo X Neotomismo: Reflexões sobre práticas historiográficas no Brasil e na Argentina (1870-1940). In: XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética, 2009, Fortaleza. Anais do XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética, 2009.

26.
BARCELOS, Ana Paula. A história que ensina e constrói: Reflexões sobre intercâmbios culturais e intelectuais e escrita da história. In: Encontro de história - Anpuh-Rio, 2008, Seropédica. Identidades - XIII Encontro de história - Anpuh-Rio, 2008.

27.
BARCELOS, Ana Paula. Tempo histórico e modernidade: Reflexões sobre circulação de idéias e escrita da história. In: XXVIIa Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2008, Rio de Janeiro. Anais da XXVIIa Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2008.

28.
BARCELOS, Ana Paula. Intercâmbios intelectuais entre Brasil e Argentina: A história e a formação das futuras gerações. In: VII Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos, 2008, Porto Alegre. VII Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos, 2008.

29.
BARCELOS, Ana Paula. Ricardo Levene e Max Fleiuss: Idéias jurídicas e história. Diálogos intelectuais e circulação cultural e de idéias. In: XXIV Simpósio Nacional de História: História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. Anais do XXIV Simpósio Nacional de História: História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007.

30.
BARCELOS, Ana Paula. Diálogos intelectuais entre Brasil e Argentina: direito, história e construção de identidades. In: VI Encontro Internacional do Fórum Universitário Mercosul, 2007, Aracajú. Anais do VI Encontro Internacional do Fórum Universitário Mercosul, 2007.

31.
BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes - Direito, Liberdade e Tolerância na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1939). In: XII Encontro Regional de História, 2006, Niterói. Anpuh 2006.

32.
BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes - Pensamento Político e Social dos Intelectuais do Campo Jurídico na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1939). In: 26a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica, 2006, Rio de Janeiro. Anais SBPH.

33.
BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico, Criminalidade e Punição das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1939). In: II Encontro Anual do Instituto Brasileiro de História do Direito, 2006, Niterói. Anais do II Encontro do IBHD.

34.
BARCELOS, Ana Paula. Antonio Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico e Desqualificação Moral e Ideológica das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade no Brasil. In: Jornada de Estudos Multidisciplinares sobre Cultura Jurídica e História do Direito, 2005, Niterói. Não houve publicação, 2005.

35.
BARCELOS, Ana Paula. Antonio Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico e Desqualificação Moral e Ideológica das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1916). In: Anpuh - Assosiação Nacional dos Professores Universitários de História, 2005, Londrina - Paraná. Anpuh - 2005, 2005.

36.
BARCELOS, Ana Paula. Evaristo de Moraes - Intelectuais, Discurso Jurídico e Pensamento Político e Social na Passagem à Modernidade no Brasil. In: V Semana de História da Universidade Estadual do Rio de Janeiro - Política, Educação, Cultura, 2005, Rio de Janeiro. V Semana de História da Universidade Estadual do Rio de Janeiro - Política, Educação, Cultura, 2005.

37.
BARCELOS, Ana Paula. Discurso Jurídico e Desqualificação Social das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade (1894-1916). In: 15º Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia, 2005, Niterói. 15º Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia, 2005.

38.
BARCELOS, Ana Paula. Desqualificação Social e Pobreza Urbana no Rio de Janeiro (1890-1910). In: Prêmio Vasconcelos Torres, 2004, Niterói. 14 Seminário de Iniciação Científica - Prêmio UFF Vasconcelos Torres de Ciência e Tecnologia - 2004, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
BARCELOS, Ana Paula. O IHGB e a Junta de Historia y Numismática Americana: o papel integracionista da escrita da história (1910-1940). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BARCELOS, Ana Paula. Sociedad y política en el Brasil de entreguerras: La crisis de los años 1920: Tensiones, conflictos e interpretaciones. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
BARCELOS, Ana Paula. Prefácio. Rio de Janeiro, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
BARCELOS, Ana Paula. Poder, Obediência e Submissão em August Strindberg 2008 (Resenha).

3.
FILHO, Gisálio Cerqueira ; BARCELOS, Ana Paula . Fundamentalismo religioso y la obra Moisés y el monoteísmo, de Sigmund Freud, 2008. (Tradução/Outra).

4.
FILHO, Gisálio Cerqueira ; BARCELOS, Ana Paula . El Compromiso Social del Psicoanalista, 2005. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BARCELOS, Ana Paula. 7o Relatório de Doutorado. 2010.

2.
BARCELOS, Ana Paula. 8o Relatório de Doutorado. 2010.

3.
BARCELOS, Ana Paula. 5o Relatório de Doutorado. 2009.

4.
BARCELOS, Ana Paula. 6o Relatório de Doutorado. 2009.

5.
BARCELOS, Ana Paula. 3o Relatório de Doutorado. 2008.

6.
BARCELOS, Ana Paula. 4o Relatório de Doutorado. 2008.

7.
BARCELOS, Ana Paula. 1o Relatório de Doutorado. 2007.

8.
BARCELOS, Ana Paula. 2o Relatório de Doutorado. 2007.

9.
BARCELOS, Ana Paula. 3o Relatório de Mestrado. 2006.

10.
BARCELOS, Ana Paula. 4o Relatório de Mestardo. 2006.

11.
BARCELOS, Ana Paula. 1o Relatório de Mestrado. 2005.

12.
BARCELOS, Ana Paula. 2o Relatório de Mestrado. 2005.

13.
BARCELOS, Ana Paula. Relatório Parcial de Bolsista de Iniciação Científica. 2004.

14.
BARCELOS, Ana Paula. Relatório Final de Bolsista de Iniciação Científica. 2004.

15.
BARCELOS, Ana Paula. Relatório Parcial de Bolsista de Iniciação Científica. 2003.


Demais tipos de produção técnica
1.
BARCELOS, Ana Paula; NAZARETH, F. B. F. . Minicurso Intelectuais e pensamento político e social nas primeiras décadas republicanas. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BARCELOS, Ana Paula. Período regencial e Segundo Reinado: Poder, história e construção da nação. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
BARCELOS, Ana Paula. Ciclo de Conferencias organizado pela Cátedra de HIstoria de Brasil y el GEHBP. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
BARCELOS, Ana Paula. Escrita da História, intelectuais e circulação cultural e de idéias na passagem à modernidade no Brasil. 2008. (Estágio docente).

5.
BARCELOS, Ana Paula. A Revolta do Vintém (1879/1880). 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Oficina de Ensino da História).

6.
NEDER, Gizlene ; BARCELOS, Ana Paula . História, Poder e Idéias Políticas: Imperialismo, Campo Político e Inovações Epistemológicas (Estágio Docente - Disciplina Instrumental de Graduação em História na UFF). 2006. (Estágio Docente).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BARCELOS, Ana Paula; SOUSA, M. A. S.; MAGALHAES, L. D. R.; ALVES, J.. Participação em banca de Rafael Trindade da Silva. Bartolomé Mitre e Rui Barbosa: memória, estado e nação (Argentina e Brasil, 1837-1914). 2018. Dissertação (Mestrado em Memória:Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

2.
BARCELOS, Ana Paula; MACHADO, H. F.; COSTA, G. V. L.. Participação em banca de Camila de Sousa Freire. O Instituto do Ceará e a identidade regional a partir do movimento abolicionista cearense (1884-1956). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

3.
BARCELOS, Ana Paula; PINTO, J. A.; FERREIRA, T. M. T. B. C.. Participação em banca de Nádia Marcella Siqueira da Silva. Martins Penna, a ideia de nação e o teatro popular brasileiro (1833-1848). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

4.
BARCELOS, Ana Paula; SCHEIDT, E.; PINTO, J. A.. Participação em banca de Ruana Garcia de Souza Brito. José Bonifácio: Exílio, ressentimento e pensamento político e social (1824-1829). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

5.
BARCELOS, Ana Paula; PEREIRA, V.; NEDER, Gizlene; SCHEIDT, E.. Participação em banca de Jônatas Roque Mendes Gomes. "Novo Pacto Social": As apropriações dos conceitos de Constitucionalismo e Contratualismo no processo de construção da nação no Brasil (1820-1831). 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

6.
BARCELOS, Ana Paula; FILHO, Gisálio Cerqueira; NEDER, Gizlene. Participação em banca de Patrick Correa Monteiro. O Anteparo do Sagrado: A Liga Eleitoral Católica e o princípio da indissolubilidade do casamento na Constituição de 1934. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense.

7.
BARCELOS, Ana Paula; CORREA, M. L.; PINHEIRO, A. M. M. P. B.. Participação em banca de Vívian Marcello Ferreira. Moda e condição feminina nas páginas da Revista Fon-Fon (1910-1920). 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

8.
BARCELOS, Ana Paula; LAIDLER, C.; VIANA, L.. Participação em banca de Camila Menegardo Mendes. Sociedades beneficentes e fronteira racial: associativismo de trabalhadores negros na segunda metade do século XIX. 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

9.
BARCELOS, Ana Paula; GABRIEL, C. T.; CABRAL, M. A.. Participação em banca de Luisa Duque Estrada Rosati. O tempo histórico em sala de aula: desafios e perspectivas. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado profissional em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

10.
BARCELOS, Ana Paula; CORREA, M. L.; PINTO, S. C. S.. Participação em banca de Adauto Tavares Araujo. Administração pública e reformas: um estudo sobre a produção intelectual de Carlos Sampaio (1920-1930). 2016 - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

11.
BARCELOS, Ana Paula; MAGALHAES, M. S.; CORREA, M. L.. Participação em banca de Bruna Vieira Gomes de Oliveira. A Política: Revista Combativa Ilustrada: Imprensa e política na Primeira República. 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

12.
BARCELOS, Ana Paula; MAGALHAES, M. S.; CORREA, M. L.. Participação em banca de Flávio Rodrigues Neves. Vozes da reação: Atuação católica e laicização do Estado brasileiro (1890-1891). 2014. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

13.
BARCELOS, Ana Paula; CAMPOS, A. P.; LEITE, J. L.. Participação em banca de Larissa Milanezi Fabriz. Joaquim Nabuco: Pan-americanismo, circulações de representações e relações de poder (1905-1910). 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Espírito Santo.

14.
BARCELOS, Ana Paula; SANTOS, R. E. N.; SILVA, C. A.. Participação em banca de Elloá Figueiredo dos Santos. O processo de criação da Reserva Biológica do Tinguá: conflitos na constituição de uma Unidade de Conservação, Nova Iguaçu - RJ (1987-1989). 2014. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

Teses de doutorado
1.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene; FILHO, Gisálio Cerqueira; MACHADO, H. F.; RODRIGUES, C.. Participação em banca de Adriano Ribeiro Paranhos. Sentir, pensar e agir em José de Alencar: Ideias jurídicas e cultura política no Segundo Reinado. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

2.
RIBEIRO, V. V.; BARCELOS, Ana Paula; LERRER, D. F.; FERRERAS, N. O.; SANTOS, C. R. A.. Participação em banca de Bruno de Almeida Gambert. As leis dos roceiros: implantando o Estatuto del Peón na Argentina e o Estatuto do trabalhador rural no Brasil (1944-1963). 2018. Tese (Doutorado em Historia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
BARCELOS, Ana Paula; MACHADO, H. F.; FERREIRA, T. M. T. B. C.; GONCALVES, M. S.. Participação em banca de Vanessa da Silva Albuquerque. O IHGB, a política externa brasileira e a imprensa no estabelecimento da nação: construindo e reconstruindo o território (1851-1909). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

2.
BARCELOS, Ana Paula; SCHEIDT, E.; CASTRO, F. L. V.. Participação em banca de Leda Agnes Simões de Melo. O discurso em torno dos semiáridos do Nordeste brasileiro e do Noroeste argentino: um estudo sobre as secas do Ceará e de Santiago del Estero (1932-1937). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

3.
BARCELOS, Ana Paula; FILHO, Gisálio Cerqueira; NEDER, Gizlene. Participação em banca de Adriano Ribeiro Paranhos. Sentir, pensar e agir em José de Alencar: Ideias jurídicas e cultura política no Segundo Reinado.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Mestrado
1.
BARCELOS, Ana Paula; SILVA, M. R. N.; SCHEINVAR, E.; SOUSA, G. P.. Participação em banca de Rebecca de Medeiros Silva. Discurso punitivo e lógica escravista: análise de discursos sobre a punição dos escravos no Brasil na década de 1880. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
SCHEIDT, E.; BARCELOS, Ana Paula; SA, M. E. N.. Participação em banca de Monique Santana de Oliveira Sousa. Irmãos latinos ou parentes distantes: O Brasil e a América Hispânica na ótica do General Abreu e Lima (1819-1848). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

3.
BARCELOS, Ana Paula; CORREA, M. L.; FONSECA, M. L. B.. Participação em banca de Rodrigo Maia Monteiro. Elysio de Carvalho e o Boletim Policial: criminalidade e punição no Rio de Janeiro no início do século XX (1907-1918). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

4.
MONTEIRO, C. A. S.; SANTOS, C. R. A.; BARCELOS, ANA PAULA. Participação em banca de Matheus Monteiro Pedrosa. Silêncio rompido: O retorno da questão servil na pauta política (1865-1871). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

5.
BARCELOS, ANA PAULA; MACHADO, H. F.; COSTA, G. V. L.. Participação em banca de Camila de Sousa Freire. O movimento abolicionista cearense e a formação de uma identidade regional no Ceará (1884-1956). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

6.
BARCELOS, ANA PAULA; FERREIRA, T. M. T. B. C.; QUELHAS, I. T. G.. Participação em banca de Nádia Marcella Siqueira Silva. Martins Penna, a ideia de nação e o teatro popular brasileiro (1833-1848). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

7.
BARCELOS, ANA PAULA; SCHEIDT, E.; PINTO, J. A.. Participação em banca de Ruana Garcia de Souza Brito. A experiência do exílio e a produção de conhecimento em José Bonifácio (1824-1829). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

8.
BARCELOS, Ana Paula; TERRA, P. C.; BRANDAO, R. V. M.. Participação em banca de Sayonara Faria Sisquim. Hermes da Fonseca e o movimento operário: A questão social na Primeira República através do Jornal Gazeta de Notícias. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

9.
BARCELOS, Ana Paula; PEREIRA, V.; SCHEIDT, E.. Participação em banca de Jônatas Roque Mendes Gomes. "Novo pacto social": As apropriações dos conceitos de Constitucionalismo e Contratualismo no processo de construção da nação brasileira (1820-1831). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

10.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene; FILHO, Gisálio Cerqueira. Participação em banca de Patrick Correa Monteiro. O Anteparo do Sagrado: A Liga Eleitoral Católica e o princípio da indissolubilidade do casamento na constituição de 1934. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

11.
BARCELOS, Ana Paula; CORREA, M. L.; PINHEIRO, A. M. M. P. B.. Participação em banca de Vivian Marcello Ferreira. Moda e condição feminina nas páginas da Revista Fon-Fon (1910-1920). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

12.
BARCELOS, Ana Paula; BRANDAO, R. V. M.; MACIEL, L. R.. Participação em banca de Jorge Valdevino Queiroz. Carlos Pinto Seidl: ciência e política. Contrapontos em uma trajetória intelectual frente à Diretoria Geral de Saúde Pública (1912-1918). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

13.
CABRAL, M. A.; BARCELOS, Ana Paula; GABRIEL, C. T.. Participação em banca de Luisa Duque Estrada Rosati. O tempo histórico na sala de aula: desafios e perspectivas. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado profissional em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

14.
BARCELOS, Ana Paula; LAIDLER, C.; VIANA, L.. Participação em banca de Camila Menegardo Mendes. O mutualismo negro no século XIX: sociedades beneficentes e fronteira racial. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

15.
BARCELOS, Ana Paula; MAGALHAES, M. S.; CORREA, M. L.. Participação em banca de Flávio Rodrigues Neves. Vozes da reação: Atuações católicas e laicização do Estado brasileiro (1890-1891). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

16.
BARCELOS, Ana Paula; CAMPOS, A. O.; SILVA, C. A.. Participação em banca de Elloá Figueiredo dos Santos. A luta dos moradores de Tinguá (Nova Iguaçu - RJ) pela institucionalização da reserva biológica (1986-1989): elementos para a compreensão da história ambiental. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BARCELOS, Ana Paula; BAHIA, J.; CABRAL, M. A.. Concurso público de provas para processo seletivo de professor substituto. 2014. Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

Outras participações
1.
BARCELOS, Ana Paula; FERNANDES, R. A.; PENNA, F.. Banca de seleção de mestrado para o ano de 2018 - PPGHS. 2017. Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.

2.
BARCELOS, Ana Paula. 25a Semana de Iniciação Científica da UERJ. 2016. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
BARCELOS, Ana Paula; BAHIA, J.; LOURENCO NETO, S.; GONCALVES, M. A.; FERNANDES, R. A.. Banca de seleção de doutorado para o ano de 2016 - PPGHS. 2015. Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Encontro Internacional e XVIII Encontro de História da Anpuh-Rio: História e Parcerias.A missão Mitre no Brasil em 1872: disputas diplomáticas e na imprensa. 2018. (Encontro).

2.
III Seminário Internacional da SEO - O Brasil no século XIX.Intelectuais, viagens e diplomacia: Bartolomé Mitre, a Argentina e o Brasil. 2018. (Seminário).

3.
IV Workshop Argentino-Brasikeiro de História Comparada.Política, história e alteridade a partir das relações entre Bartolomé Mitre e o Império brasileiro. 2018. (Outra).

4.
VI Encontro do Grupo de Trabalho da Ahila: Trabalho intelectual, pensamento, e modernidade na América Latina, séculos XIX e XX.Bartolomé Mitre e o Império Brasileiro: Intelectuais, política e diplomacia (décadas de 1870 e 1880). 2018. (Encontro).

5.
XIII Jornada de Estudos Históricos Professor Manoel Salgado.História Política na América no século XIX. 2018. (Outra).

6.
Seminário Poder e Política no Brasil - Séculos XIX e XX.Bartolomé Mitre, o La Nación e o Império Brasileiro. 2017. (Seminário).

7.
XII Jornada de Estudos Históricos Professor Manoel Salgado.Historiografia, teoria e metodologia da História. 2017. (Outra).

8.
XXIX Simpósio Nacional de História.Bartolomé Mitre e as relações com o Império brasileiro entre as décadas de 1870 e 1880. 2017. (Simpósio).

9.
9o Seminário Brasileiro de História da Historiografia.Escrita da história e diplomacia: Bartolomé Mitre e as relações entre Brasil e Argentina. 2016. (Seminário).

10.
II Seminário Internacional Brasil no Século XIX.Diplomacia e circulação de ideias: a correspondência entre o Visconde do Rio Branco e Bartolomé Mitre nas décadas de 1860 e 1870. 2016. (Seminário).

11.
XVII Encontro de História da Anpuh Rio.Diplomacia, integração e redes de sociabilidade nas cartas entre Bartolomé Mitre e o Visconde do Rio Branco (1865-1876). 2016. (Simpósio).

12.
III Workshop Argentino-Brasileiro de História Comparada.História, relações diplomáticas e integração ibero-americana: Bartolomé Mitre, a Argentina e o Brasil (1870-1940). 2015. (Outra).

13.
IV Congreso Internacional de Historia - Encuentro del Grupo de Trabajo de AHILA - Trabajo intelectual, pensamiento y modernidad en América Latina, siglos XIX y XX. Redes de sociabilidade e integração nacional: O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro nas primeiras décadas republicanas. 2015. (Congresso).

14.
XVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos historiadores: Velhor e novos desafios.Um historiador na Sociedade São Vicente de Paulo: Reflexões sobre escrita da história e cultura religiosa no início da República brasileira. 2015. (Simpósio).

15.
8o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - Variedades do discurso histórico: possibilidades para além do texto.História, identidade e integração nacional na passagem do século XIX para o XX (1889-1931). 2014. (Seminário).

16.
II Congresso de História Intelectual da América Latina. Max Fleiuss e Ricardo Levene: História e integração regional nas primeiras décadas do século XX. 2014. (Congresso).

17.
I Seminário Internacional "Brasil no século XIX".Escrita da história, catolicismo e integração nacional na passagem do século XIX para o XX. 2014. (Seminário).

18.
XVI Simpósio Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e Práticas Científicas.Escrita da história e catolicismo na passagem do século XIX para o XX: Um historiador e sua militância católica. 2014. (Simpósio).

19.
III Encontro do GT da Associação Europeia de Historiadores Latinoamericanistas - Intelectuais na América Latina: Pensamento, contextos e instituições dos processos de independência à globalizaçãoção. Novos olhares sobre antigas colônias: o exílio ibero-americano de Rafael Altamira e Fidelino de Figueiredo. 2013. (Congresso).

20.
II Seminário de História Política - Poder e Política: pensando as dinâmicas sociais e os regimes políticos.Leituras da América Latina: governos e discursos políticos. 2013. (Seminário).

21.
II Workshop Argentino-Brasileño de Historia Comparada.Diálogos Brasil-Argentina sobre a escrita da história: integração regional e reinterpretação do passado nas primeiras décadas do século XX. 2013. (Outra).

22.
Sessão da Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas - CEPHAS - IHGB.O IHGB e a Junta de Historia y Numismática Americana: o papel integracionista da escrita da história (1910-1940). 2013. (Outra).

23.
XXVII Simpósio Nacional de História.Escrita da história, unidade e integração nacional nas primeiras décadas republicanas (1889-1931). 2013. (Simpósio).

24.
6o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - O Giro-Linguístico e a Historiografia: balanço e perspectivas.Entre revisões e traduções: História e integração regional no Brasil e na Argentina (1930-1940). 2012. (Seminário).

25.
V Ciclo de conferencias de actualización científica y de recorrido pedagógico 2012.Sociedad y política en el Brasil de entreguerras: La crisis de los años 1920: Tensiones, conflictos e interpretaciones. 2012. (Outra).

26.
XV Encontro Regional de História - Ofício do Historiador: Ensino & Pesquisa.Pensando a escrita da história no Brasil e na Argentina: Reflexões sobre integração e identidade na América Ibérica. 2012. (Encontro).

27.
Colóquio Internacional América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul.Diálogos intelectuais e escrita da história: Reaproximação entre antigas colônias e metrópoles no início do século XX. 2011. (Outra).

28.
I Workshop Argentino-Brasileño de Historia Comparada.A Junta de Historia y Numismática Americana e o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro: Integração ibero-americana e escrita da história. 2011. (Outra).

29.
XII Congresso Internacional Fomerco. Escrita da história e integração regional: Diálogos entre Brasil e Argentina no início do século XX. 2011. (Congresso).

30.
XXVI Simpósio Nacional de História.Diálogos intelectuais e escrita da história: Ensinar, construir e formar as futuras gerações. 2011. (Simpósio).

31.
III Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder.Entre tradição e modernidade: Práticas historiográficas, diálogos intelectuais e ideias religiosas no Brasil e na Argentina (1870-1940). 2010. (Simpósio).

32.
III Simposio Internacional sobre Religiosidad, Cultura y Poder.Mesa Culturas religiosas, imaginarios educativos y acción política, siglos XIX y XX. 2010. (Simpósio).

33.
XIV Encontro Regional da Anpuh-Rio - Memória e Patrimônio.Intelectuais, pensamento católico e radicalização política no Brasil: Os diálogos entre Jonathas Serrano e Fidelino de Figueiredo na década de 1930. 2010. (Encontro).

34.
Colóquio Internacional Sociabilidades, Poder e Cultura Política.Intelectuais, escrita da história e circulação cultural e de idéias: (des)qualificação, reconhecimento e legitimidade. 2009. (Outra).

35.
II Seminário Internacional do CEO/PRONEX "Dimensões da cidadania no século XIX". 2009. (Seminário).

36.
Tertulia Biblioteca Nacional de Maestros (Biblioteca, Museo y Archivo Ricardo Levene). 2009. (Outra).

37.
XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética.Positivismo X Neotomismo: Reflexões sobre práticas historiográficas no Brasil e na Argentina (1870-1940). 2009. (Simpósio).

38.
Encontro de história - Anpuh-Rio.A história que ensina e constrói: Reflexões sobre intercâmbios culturais e intelectuais e escrita da história. 2008. (Encontro).

39.
I Seminário Integrado do NEI - Núcleo de Estudos Indiciários da UFES.Gilberto Freyre e a Latinoamericanidade: (Des)qualificação, diálogos intelectuais, reconhecimento e legitimidade. 2008. (Seminário).

40.
I Seminário Integrado do NEI - Núcleo de Estudos Indiciários da UFES.Mesa Redonda: Reflexões acerca de um novo paradigma para a Ciência Política. 2008. (Seminário).

41.
I Seminário Nacional de História da Historiografia Brasileira. 2008. (Seminário).

42.
VII Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos. Intercâmbios intelectuais entre Brasil e Argentina: A história e a formação das futuras gerações. 2008. (Congresso).

43.
XXVIIa Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Tempo histórico e modernidade: reflexões sobre circulação de idéias e escrita da história. 2008. (Simpósio).

44.
VI Encontro Internacional do Fórum Universitário Mercosul.Diálogos intelectuais entre Brasil e Argentina: direito, história e construção de identidades. 2007. (Encontro).

45.
XXIV Simpósio Nacional de História: História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos.Ricardo Levene e Max Fleiuss: Idéias jurídicas e história. Diálogos intelectuais e circulação cultural e de idéias. 2007. (Simpósio).

46.
26a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica.Evaristo de Moraes - Pensamento Político e Social dos Intelectuais do Campo Jurídico na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1939). 2006. (Encontro).

47.
II Encontro Anual do Instituto Brasileiro de História do Direito.Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico, Criminalidade e Punição das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1939). 2006. (Encontro).

48.
II Encontro Anual do Instituto Brasileiro de História do Direito.II Encontro Anual do Instituto Brasileiro de História do Direito Coordenação do Grupo de Trabalho e Pesquisa A História do Direito na Iniciação Científica. 2006. (Encontro).

49.
Seminário Internacional Nação e Cidadania no Oitocentos. 2006. (Seminário).

50.
Usos do Passado - XII Encontro Regional de História.Coordenação do Painel de Iniciação Científica - Simpósio Direito, Justiça e Relações de Poder: a perspectiva da História do Direito e das Instituições. 2006. (Encontro).

51.
Usos do Passado - XII Encontro Regional de História.Evaristo de Moraes - Direito, liberdade e tolerância na passagem à modernidade no Brasil (1894-1939). 2006. (Encontro).

52.
15º Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia.Discurso Jurídico e Desqualificação Social das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade, 1894-1916. 2005. (Seminário).

53.
III Colóquio de Estudos Medievais e Ibéricos A Latinidade Medieval de Jacques Le Goff. 2005. (Congresso).

54.
Jornada de Estudos Multidisciplinares As Crianças, as Famílias e os Direitos. 2005. (Seminário).

55.
Jornada de Estudos Multidisciplinares sobre Cultura Jurídica e História do Direito.Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico e Desqualificação Moral e Ideológica das Classes Subalternas na Passagem à Modernidade no Brasil. 2005. (Encontro).

56.
Seminário Internacional Gênero, família e trabalho em perspectiva comparada. 2005. (Seminário).

57.
V Semana de História da Uerj - Política, Educação, Cultura.Evaristo de Moraes - Intelectuais, Discurso Jurídico e Pensamento Político e Social na Passagem Modernidade no Brasil. 2005. (Seminário).

58.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz.Antonio Evaristo de Moraes - Discurso Jurídico e Desqualificação Moral e Ideológica das Classes na Passagem à Modernidade no Brasil (1894-1916). 2005. (Simpósio).

59.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz - Guerra e Paz no Campo: uma história dos conflitos de terra no Brasil (participação como ouvinte da oficina ditada pela Profa. Márcia Menendes Motta). 2005. (Oficina).

60.
14o Seminário de Iniciação Científica - Prêmio Vasconcelos Torres de Ciência e Tecnologia.Desqualificação Social e Pobreza Urbana no Rio de Janeiro (1890-1910). 2004. (Seminário).

61.
2o Seminário Regional do Centro de Estudos dos Oitocentos. 2004. (Outra).

62.
A Produção da Pesquisa em História da Educação no Brasil. 2004. (Outra).

63.
XI Encontro Regional de História. 2004. (Encontro).

64.
Gênero e Sexualidade na História. 2003. (Outra).

65.
Colóquio Cidade, Cidadania e Direitos. 2002. (Outra).

66.
Pensando com a História. Poder, violência e ideologia. 2002. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARCELOS, Ana Paula; BRANDAO, R. V. M. ; PEREIRA, A. C. H. . VI Seminário Interno do Programa de Pós-Graduação em História Social - Universidade, democracia e retrocessos políticos e sociais. 2018. (Outro).

2.
BARCELOS, ANA PAULA; TERRA, P. C. . Seminário Poder e Política no Brasil - Séculos XIX e XX. 2017. (Outro).

3.
BARCELOS, Ana Paula; TAVARES, C. C. S. ; CATAO, B. ; FREIRE, J. ; FREIRE, A. O. G. ; CAMPOS, A. L. V. ; GALEANO, D. A. ; SA, D. M. ; SCHEIDT, E. ; ALMEIDA, G. R. ; CORREA, M. L. ; MUAZE, M. A. F. ; CARVALHO, M. P. ; SILVA, P. D. ; TEIXEIRA, R. G. ; MATTOS, R. A. ; REIS, T. S. . IV Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História. 2016. (Outro).

4.
BARCELOS, Ana Paula; OLIVEIRA JUNIOR, C. M. ; SCHEIDT, E. . Concurso para Professor Adjunto de Teoria e Filosofia da História. 2015. (Concurso).

5.
GANDELMAN, L. ; MAGALHAES, M. S. ; BARCELOS, Ana Paula ; KROPF, S. ; CATAO, B. ; BELTRAO, C. ; KAMITA, J. M. ; FREIRE, J. ; SOUZA, J. P. ; GRIN, M. ; SILVA, M. R. ; GONTIJO, R. ; FONTES, P. . III Seminário Fluminense de Pós-Graduandos em História. 2015. (Congresso).

6.
RODRIGUES, M. B. F. ; BARCELOS, Ana Paula ; PINHEIRO, A. M. M. P. B. ; FERNANDES, F. ; NAZARETH, F. B. F. ; RAMOS, H. B. . A questão religiosa em dois tempos: história política, secularização,laicização e cultura jurídica. 2015. (Congresso).

7.
BARCELOS, Ana Paula; ARAUJO, A. T. ; DEZIDERIO, D. ; BRITO, E. C. V. O. ; AGUIAR, L. C. ; SILVA, V. G. S. . IV Seminário Interno do Programa de Pós-Graduação em História Social: Poder, Identidades e Ensino de História. 2015. (Outro).

8.
BARCELOS, Ana Paula; TAVARES, C. C. S. ; MONTEIRO, C. A. S. . Concurso para Professor Adjunto de Métodos e Técnicas de Ensino: Ensino de História. 2015. (Concurso).

9.
BARCELOS, Ana Paula; CORREA, M. L. ; REZNIK, L. . Concurso para Professor Adjunto de História do Brasil. 2015. (Concurso).

10.
NEDER, Gizlene ; VARGAS, S. B. ; BARCELOS, Ana Paula . I Seminário do Colégio Pedro II sobre Ensino de História: Ensinar para a tolerância e a cidadania. 2014. (Outro).

11.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene . V Colóquio Internacional do LCP: (In)tolerância e cidadania. 2013. (Congresso).

12.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene . I Seminário em História Política e do Poder na UFF e IV Colóquio Internacional do LCP: Poder e Política: Pensando a tolerância e a cidadania.. 2012. (Congresso).

13.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene . III Colóquio Internacional do LCP: A América Ibérica e as relações ibero-americanas no contexto do Mercosul. 2011. (Congresso).

14.
BARCELOS, Ana Paula; NEDER, Gizlene . II Colóquio Internacional Sociabilidades, Poder e Cultura Política. 2010. (Congresso).

15.
NEDER, Gizlene ; VIEIRA, Jessie Jane ; BARCELOS, Ana Paula . Colóquio Internacional Sociabilidades, Poder e Cultura Política. 2009. (Congresso).

16.
NEDER, Gizlene ; BARCELOS, Ana Paula . II Encontro Anual do Instituto Brasileiro de História do Direito. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Maia Monteiro. Elysio de Carvalho e o Boletim Policial: criminalidade e punição no início do século XX no Rio de Janeiro (1907-1918). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Vívian Marcello Ferreira Caetano. Relações de poder, gênero e condição feminina na imprensa carioca: O Malho, Careta e Fon-Fon (1910-1950). Início: 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. (Orientador).

2.
Leda Agnes Simões de Melo. O discurso em torno dos semiáridos do Nordeste brasileiro e do Noroeste argentino: um estudo sobre as secas dos sertões do Ceará e de Santiago del Estero (1932-1937). Início: 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Alid da Silva Maciel. Escritoras negras, pobreza e silenciamento: um recorte da obra e da trajetória de Carolina Maria de Jesus (1958-1963). Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. (Orientador).

2.
Thays Siqueira Rodrigues de Assis. A missão Mitre no Rio de Janeiro em 1872 através do jornal A Nação. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Caroline Fernandes Pereira. História, unidade e relações diplomáticas: Bartolomé Mitre, a Argentina e o Brasil nas últimas décadas do Império Brasileiro (1870-1889). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Diogo Raniele Costa de Lima. Escrita da história, unidade e integração entre as décadas de 1870 e 1940: Brasil e Argentina - Da Missão Mitre a Segunda Guerra. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Camila de Sousa Freire. O Instituto do Ceará e a identidade regional a partir do movimento abolicionista cearense (1884-1956). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

2.
Nádia Marcella Siqueira Silva. Martins Penna, a ideia de nação e o teatro popular brasileiro (1833-1848). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

3.
Ruana Garcia de Souza Brito. José Bonifácio: Exílio, ressentimento e pensamento político e social (1824-1829). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, . Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

4.
Sayonara Faria Sisquim. O governo de Hermes da Fonseca e a construção de vilas operárias na Primeira República (1909-1915). 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, . Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

5.
Jônatas Roque Mendes Gomes. "Novo Pacto Social": As apropriações dos conceitos de Constitucionalismo e Contratualismo no processo de construção da nação no Brasil (1820-1831). 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

6.
Vívian Marcello Ferreira. Moda e condição feminina nas páginas da Revista Fon-Fon (1910-1920). 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Lilian Ojeda Machado. A mãi de família: Considerações sobre a família, a mulher e a medicina no Brasil na segunda metade do século XIX (1879-1882). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

2.
Juliana Conceição dos Santos. O jornal Imprensa Evangélica e os protestantes no Brasil na segunda metade do século XIX (1864-1867). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

3.
Vitória de Moura Dias Lima. O poder público e as favelas: A implantação do programa favela-bairro (1994-1996). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

4.
Roberta Alcântara Gomes da Silva. O casamento civil e a condição jurídica da mulher na passagem à modernidade no Brasil - Clóvis Bevilácqua e o livro Direito da Família. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

5.
Gabriela Nascimento Luciano. Os cortiços e o discurso higienista no Rio de Janeiro no final do século XIX. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

6.
Rhaiane das Graças Mendonça Leal. Urupês e Ideias de Jeca Tatu: Monteiro Lobato e o projeto de identidade nacional no início do século XX. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

7.
André Fidelis Santos. Rebelião escrava e a lei 10 de junho de 1835. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

8.
Naila Regina Silva Martins. José do Patrocínio e o abolicionismo nos últimos anos da escravidão na Corte (1886-1888). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

9.
Hellen Dayane da Silva Corrêa. A criminalização da prostituição no Rio de Janeiro (1890-1910). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

10.
Renata Fernandes Nogueira. Modernidade e pobreza urbana no Rio de Janeiro a partir da Revista O Malho (1902-1904). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

11.
Wellington dos Santos Souza. Joaquim Nabuco e O Abolicionismo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

12.
Camila de Sousa Freire. A Sociedade Cearense Libertadora e a abolição da escravidão no Ceará (1881-1884). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

13.
Wendel Ramos da Silva. A chegada da família real portuguesa e o processo de europeização dos costumes e vestimentas no Rio de Janeiro (1808-1822). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

14.
Acácia Regina Pereira. A condição social do negro no pós-abolição: As crônicas de Machado de Assis na Gazeta de Notícias (1888-1889). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

15.
Rebecca de Medeiros Silva. Escravidão e controle social: A punição dos escravos no Brasil na década de 1880. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

16.
Matheus Monteiro Pedrosa. Carlos e Ciriaco: Escravidão, resistência e sociabilidade no Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

17.
Bruna Ancelmo Gerwazio Ribeiro. Ações de liberdade, usos da lei e resistência escrava: o caso de Sinfrônia Olímpia (1859-1868). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

18.
Ruana Garcia de Souza Brito. "Projetos para o Brasil": Reflexões sobre o pensamento e a trajetória de José Bonifácio (1822-1824). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

19.
Rafael Accacio da Silva. O processo de secularização no início da República: Uma ótica protestante através do Jornal Imprensa Evangélica (1889-1892). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

20.
Carmen Lúcia dos Santos. Nina Rodrigues e Os Africanos no Brasil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

Iniciação científica
1.
Caroline Fernandes Pereira. História, unidade e relações diplomáticas: Bartolomé Mitre, a Argentina e o Brasil nas últimas décadas do Império Brasileiro (1870-1889). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

2.
Camila de Sousa Freire. Escrita da História, unidade e integração nacional nas primeiras décadas republicanas: diálogos entre Guilherme Studart e Max Fleiuss (1889-1931). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

3.
Thays Siqueira Rodrigues de Assis. Escrita da história, unidade e relações diplomáticas entre Brasil e Argentina: A missão Mitre em 1872.. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, PIBIC/UERJ. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

4.
Rafael Accacio da Silva. Escrita da História, unidade e integração nacional nas primeiras décadas republicanas: diálogos entre Guilherme Studart e Max Fleiuss (1889-1931). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.

Orientações de outra natureza
1.
Lilian Ojeda Machado. História do Brasil III. 2017. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro / FFP, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva.



Outras informações relevantes


Coordenadora do Grupo de Pesquisa História, Poder e Ideias Políticas/UERJ.
Membro do Grupo de Pesquisa Intelectuais, Sociedade e Política/UERJ.
Membro do Laboratório Cidade e Poder/UFF.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 18:39:02