Paula Regina Pereira Marcelino

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5794537264211714
  • Última atualização do currículo em 14/11/2018


Sou professora do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP). Graduei-me em Ciências Sociais em 1999 pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e obtive os títulos de mestre em Sociologia (2002) e doutora em Ciências Sociais (2008) pela mesma instituição. Parte dos meus estudos de doutorado foi feita na École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, França. Fiz três pós-doutoramentos: um em Sociologia na Universidade Federal da Bahia (UFBA) entre 2008 e 2009 (1 ano); um em Ciência Política na Unicamp, em 2010 (1 ano) e um terceiro também em Sociologia na École Normale Supérieure de Lyon entre 2012 e 2013 (2 meses). Trabalho com temas relacionados à situação e à ação dos trabalhadores: crise e recuperação do sindicalismo, classes sociais, reestruturação produtiva, neoliberalismo e precarização do trabalho. Publiquei, entre outros textos, os livros: A logística da precarização: terceirização do trabalho na Honda do Brasil, São Paulo: Expressão Popular, 2004 (com 1a reimpressão em 2009) e Trabalhadores terceirizados e luta sindical, Curitiba: Appris, 2013. Sou editora da Revista Crítica Marxista (São Paulo). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paula Regina Pereira Marcelino
Nome em citações bibliográficas
MARCELINO, P. R. P.;MARCELINO, Paula;MARCELINO, P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Avenida Professor Luciano Gualberto, 403 / 315, Departamento de Sociologia
Cidade Universitária
05508900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913703
URL da Homepage: http://sociologia.fflch.usp.br/


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2008
Doutorado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Terceirização e Ação Sindical: a singularidade da reestruturação do capital no Brasil, Ano de obtenção: 2008.
Orientador: Ricardo Luiz Coltro Antunes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: terceirização; Sindicalismo; Reestruturação Produtiva; precarização.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho / Especialidade: Trabalho e Sindicalismo.
2005 - 2006
Doutorado em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
com período sanduíche em École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris (Orientador: Michel Löwy).
Título: Terceirização e Ação Sindical; a singularidade da reestruturação do capital no Brasil, Ano de obtenção: 2008.
Orientador: Ricardo Luiz Coltro Antunes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: ação sindical; terceirização; teoria marxista; precarização do trabalho.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2000 - 2002
Mestrado em Sociologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: A Logística da Precarização: a terceirização do trabalho na Honda do Brasil,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Ricardo Luiz Coltro Antunes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Indústria Automobilísitica; Reestruturação Produtiva; terceirização; precarização.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho.
1995 - 1999
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Flexibilidade e Precarização: leituras sobre a crise e a reestruturação do capital.
Orientador: Ricardo Luiz Coltro Antunes.
1989 - 1992
Curso técnico/profissionalizante.
Centro Específico de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério, CEFAM, Brasil.
Bolsista do(a): Governo do Estado de São Paulo, GSP, Brasil.


Pós-doutorado


2012 - 2013
Pós-Doutorado.
École Normale Supérieure de Lyon, ENS/Lyon, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
2010 - 2011
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2008 - 2009
Pós-Doutorado.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho / Especialidade: Trabalho e Sindicalismo.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Doutora, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2016 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria da ação sindical
05/2014 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenação de Graduação.
08/2011 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia para Psicologia
Métodos e Técnicas de Pesquisa II: Pesquisa Qualitativa
Práticas de leitura e escrita acadêmicas
Sociologia Brasileira do Sindicalismo
Sociologia de Marx
Sociologia I - Introdução
Sociologia e feminismo

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsita de Pós-Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2009 - 07/2009
Ensino, Ciência Política/Sociologia/Antropologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia do Trabalho

Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa, IPEP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor, Carga horária: 12

Atividades

09/2003 - 02/2005
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Responsabilidade Social
Teoria da Comunicação
Noções de Sociologia
Estágio Supervisionado em Administração
Leitura e Interpretação de Textos
Metodologia de Pesquisa Científica
Sociologia Aplicada à Administração
Técnica de Escrita Criativa

Escola Futura, ESCOLAFUTURA, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professora, Carga horária: 20

Atividades

1/1998 - 6/2000
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estudos Sociais
Ciências
Matemática
Português

Colégio Evolução, CE, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1997
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professora, Carga horária: 20

Atividades

8/1993 - 12/1997
Ensino,

Disciplinas ministradas
Estudos Sociais
Ciências
Matemática
Português


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
O marxismo nas universidades brasileiras
Descrição: Nossa pesquisa investiga o perfil socioeconômico e político, as opções/situações profissionais e as opções teóricas específicas dos marxistas brasileiros que trabalham no ensino superior como docentes e/ou que estão ligados à universidade (pública ou privada) por vínculo de estudo na pós-graduação. A primeira fase dessa pesquisa, já em andamento, consiste no levantamento de dados quantitativos através de questionário. Finalizada essa etapa, serão avaliadas as possibilidades de continuidade da pesquisa com a inclusão de procedimentos de caráter qualitativo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
Conflitos sociais, trabalho e política. O Brasil e a França na mundialização neoliberal
Descrição: A mundialização econômica e as dinâmicas sociais, políticas e culturais que a acompanham aumentam o interesse na cooperação científica Norte-Sul, notadamente em termos de enfoque comparativo. As equipes brasileira e francesa que apresentam este projeto de cooperação, pesquisa e formação pretendem desenvolver um trabalho comum nas áreas que são de interesse de ambas as partes e sobre as quais ambas as equipes já publicaram muitos trabalhos: modos de inserção de cada espaço societal nacional na mundialização econômica; precarização e informalização do trabalho; renovação da configuração das relações de classe e dos movimentos sociais; os desafios colocados por essas transformações e os movimentos sociais que surgiram nos setores tradicionalmente menos organizados do salariado. O programa de cooperação cobre uma série de temas para os quais os interesses e as competências estão presentes nas duas equipes que estão propondo esta pareceria. A abordagem das classes sociais e de sua configuração nacional estará atenta tanto à dimensão sócio-econômica e morfológica dos grandes grupos sociais, quanto às dimensões política e sindical da manifestação desses grupos. Nós aprofundaremos, particularmente, a análise das relações entre três temas: conflitos sociais, trabalho e política. Projeto aprovado pelo programa de cooperação Capes-Cofecub. Coordenador brasileiro: Armando Boito Jr. Coordenador francês: Paul Boufartigue.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (12) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Armando Boito Jr. - Coordenador / Andréia Galvão - Integrante / Ruy Braga - Integrante / Paul Boufartigue - Integrante / Sophie Béroud - Integrante / Baptiste Giraud - Integrante / Mustapha El Miri - Integrante.
2011 - Atual
Crise e recuperação do sindicalismo
Descrição: Esse projeto teve início com um pós-doutoramento na Universidade Estadual de Campinas e permancerá em desenvolvimento durante todo o período de estágio probatório da Universidade de São Paulo (2011 a 2016). O objetivo da pesquisa que propomos é revisitar um debate que mobilizou os estudiosos, observadores e ativistas do movimento sindical nas décadas de 1980 e 1990. Naquela época, escreveu-se muito sobre a crise e, em alguns casos, sobre o declínio histórico do movimento sindical. A questão que queremos levantar é a seguinte: à luz da atividade sindical na década de 2000, o que podemos, retrospectivamente, dizer sobre aquelas teses? Na década de 2000, o sindicalismo deixou a crise para trás? Podemos afirmar que a atividade sindical da década em curso está desmentindo a tese do declínio histórico do sindicalismo? Nos primeiros 3 anos, a pesquisa tratará do sindicalismo no Brasil. Pretendemos, entretanto, dar prosseguimento à pesquisa nos anos subseqüentes, de forma a ter um panorama amplo da atividade sindical brasileira ao final de quatro anos e uma análise do sindicalismo internacional ao final de seis anos. Nessa última etapa se imporá a necessidade da composição de uma amostra estratificada de países que representem alguns dos modelos de sindicalismo existentes, principalmente na Europa e na América Latina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
O sindicalismo deixou a crise para trás? Uma análise do sindicalismo nos anos 2000
Descrição: O objetivo da pesquisa que propomos é revisitar um debate que mobilizou os estudiosos, observadores e ativistas do movimento sindical nas décadas de 1980 e 1990. Naquela época, escreveu-se muito sobre a crise e, em alguns casos, sobre o declínio histórico do movimento sindical. A questão que queremos levantar é a seguinte: à luz da atividade sindical na década de 2000, o que podemos, retrospectivamente, dizer sobre aquelas teses? Na década de 2000, o sindicalismo deixou a crise para trás? Podemos afirmar que a atividade sindical da década em curso está desmentindo a tese do declínio histórico do sindicalismo? A pesquisa tratará do sindicalismo no Brasil. Para a presente proposta de pós-doutoramento de 12 meses, nosso objetivo será fazer um levantamento de dados de modo a que, ao final de cada ano, possamos apresentar ? em forma de artigo e comunicações para congressos ? as primeiras análises sobre a ação sindical de 2000 até 2009: números de greves, dados sobre sindicalização e sobre o nascimento das cinco novas centrais sindicais . Trata-se, contudo, de um projeto de longo prazo. Pretendemos dar prosseguimento à pesquisa nos anos subseqüentes, de forma a ter um panorama amplo da atividade sindical brasileira ao final de quatro anos e uma análise do sindicalismo internacional ao final de seis anos. Nessa última etapa se imporá a necessidade da composição de uma amostra estratificada de países que representem alguns dos modelos de sindicalismo existentes, principalmente na Europa e na América Latina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2013
As bases sociais das centrais sindicais brasileiras
Descrição: Nosso objetivo é traçar o perfil socioeconômico e político das centrais sindicais hoje existentes no Brasil. Para tanto, utilizamos levantamentos (surveys) junto aos delegados e entidades participantes dos congressos nacionais organizados pelas oito centrais sindicais existentes hoje no cenário político sindical. Nosso intuito não é apenas colher, sistematizar e divulgar informações e análises relativas a cada uma dessas organizações, mas também analisar o seu perfil sócio-econômico e político. Ademais, essa pesquisa coletiva guarda vínculo estreito e direto com as pesquisas individuais da coordenadora do projeto e das pesquisadoras doutoras. Assim, pretende-se: 1) desenvolver uma comparação entre as centrais atualmente existentes, identificando os setores econômicos, as ocupações, as orientações político ideológicas, e as posições sindicais predominam em cada uma delas; 2) contribuir para compreender o processo de reconfiguração do movimento sindical atualmente em curso no Brasil (pesquisa de Andréia Galvão); 3) contribuir para compreender a representação de setores econômicos específicos, tais como a classe média, nas centrais sindicais (pesquisa de Patrícia Trópia); 4) contribuir para a discussão sobre se existe ou não um revigoramento da atividade sindical no Brasil nos anos 2000 (pesquisa de Paula Marcelino). A hipótese geral que orienta esta pesquisa é a de que a composição das bases sociais das centrais sindicais brasileiras tem papel determinante, embora não exclusivo, em seus posicionamentos e ações políticas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Andréia Galvão - Coordenador / Patrícia Vieira Trópia - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
A precarização social do trabalho no Brasil: uma proposta de construção de Indicadores
Descrição: presente proposta origina-se dos projetos de pesquisa que venho desenvolvendo desde 2002, com o apoio do CNPq e PIBIC/UFBa: Trabalho, Flexibilização e Precarização: (re) construindo conceitos à luz de estudos empíricos e, mais recentemente, o projeto Flexibilização e Precarização do Trabalho um estudo comparativo França-Brasil, apoiado pela Capes - estágio pós-doutoral na França em 2006. Ambos inseridos nas Linhas de Pesquisa "Trabalho, Saúde e Meio Ambiente", do Centro de Recursos Humanos/FFCH/UFBA e "Trabalho e Sociedade", do Programa de Pós Graduação em C. Sociais/FFCH/UFBA. O presente estudo tem por objetivo, construir Indicadores de Precarização do Trabalho e Indicadores de Resistência no período de 1990-2010, no Brasil, o que será desdobrado em duas tarefas fundamentais: i) conceber indicadores, isto é, discutir aspectos teórico-metodológicos, quais variáveis são relevantes e porque, como defini-las etc.; e ii) fazer um ensaio desta proposta para o caso brasileiro no período de 1990-2010. O conceito temático, do qual se parte para a construção de indicadores, é a Precarização Social do Trabalho, compreendida como um processo em que se instala econômica, social e politicamente - uma institucionalização da flexibilização e da precarização moderna do trabalho, que renova e re-configura a precarização histórica e estrutural do trabalho no Brasil, agora justificada pela necessidade de adaptação aos novos tempos globais, marcados pela inevitabilidade e inexorabilidade de um processo mundial de precarização. A partir desse conceito temático mais geral que se pretende construir os Indicadores de Precarização do Trabalho e os Indicadores de Resistência a essa precarização. Considera-se que esses indicadores podem explicitar e objetivar, no plano empírico, a precarização social no Brasil nas duas últimas décadas, já que esta é constituída, de um lado, pela precarização do trabalho como elemento chave e central e, de outro, pelas novas formas de resistência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Jair Batista da Silva - Integrante / Maria da Graça Druck - Coordenador / Tânia Franco - Integrante / Selma Cristina de Jesus - Integrante / Luiz Paulo Oliveira - Integrante / Elaine Silva de Souza - Integrante / Cícero Muniz Brito - Integrante / Ana Soraya Bonfim - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2007 - 2008
Teoria das classes sociais
Descrição: Esse projeto visa realizar um balanço das teorias das classes sociais a partir dos anos de 1970, dando especial atenção à produção brasileira sobre o tema. Esse projeto se articula num momento em que a temática das classes sociais, em suas diversas vertentes teóricas, é retomada no âmbito das Ciências Humanas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (6) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Henrique José Domiciano Amorim - Coordenador / Santiane Arias - Integrante / Andriei da Cunha Guerrero Gutierrez - Integrante / Elaine Regina Aguiar Amorim - Integrante / Jair Batista da Silva - Integrante / Carolina Cristina Alves - Integrante / José dos Santos Souza - Integrante / Francini Hirata - Integrante / Leandro Galastri - Integrante / Adriano Nascimento Silva - Integrante / Danilo enrico Martuscelli - Integrante.
2006 - 2014
Neoliberalismo e relações de classe no Brasil
Descrição: O presente projeto visa analisar os efeitos da política neoliberal sobre diferentes classes, organizações e movimentos sociais, bem como o posicionamento dessas classes, organizações e movimentos frente ao neoliberalismo. Esse objetivo traduz-se no problema geral da pesquisa, que se desdobra nas seguintes questões: 1) como o neoliberalismo repercute sobre as relações de classe? 2) como as classes trabalhadoras, as classes dominantes e a classe média, através de suas organizações representativas e dos movimentos que integram, reagem e assimilam a ideologia neoliberal? 3) que tipo de resistências é possível identificar? 4) que impactos essas resistências provocam sobre a política dos diferentes governos?.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Santiane Arias - Integrante / Armando Boito Jr. - Coordenador / Andréia Galvão - Integrante / Andriei da Cunha Guerrero Gutierrez - Integrante / Elaine Regina Aguiar Amorim - Integrante / Francini Hirata - Integrante / Danilo enrico Martuscelli - Integrante / Ana Elisa Corrêa - Integrante / Nathália Oliveira - Integrante / Gonzalo Adrián Rojas - Integrante / Patrícia Vieira Trópia - Integrante / Davisson Charles Cangussu de Souza - Integrante / Benjamin John Parton - Integrante / Carolina Filho - Integrante / Claudinei Coletti - Integrante / Éllen Gallerani Correa - Integrante / José Rodrigues - Integrante / Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza - Integrante / Marcela Medeiros - Integrante / Marina Rebelo Tavares - Integrante / Patrícia Rocha Lemos - Integrante / Sandra Regina Zarpelon - Integrante / Tatiana Gonçalves - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Outra.
1999 - 2006
Para onde vai o mundo do trabalho?
Descrição: Projeto de Pesquisa sobre as mudanças em curso no mundo do trabalho e suas repercussões sobre a subjetividade e consciência dos trabalhadores. A pesquisa trata também do papel que a categoria trabalho desempenha no mundo contemporâneo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Paula Regina Pereira Marcelino - Integrante / Ricardo Antunes - Coordenador / Elaine Regina Aguiar Amorim - Integrante / Jair Batista da Silva - Integrante / José dos Santos Souza - Integrante / Arnaldo Mazzei França Nogueira - Integrante / Nise Maria Jinkings - Integrante / Edilson José Graciolli - Integrante / Sávio Machado Cavalcante - Integrante / Fabiane Previtalli - Integrante / Isabella Jinkings - Integrante / Adriano Pereira Santos - Integrante / Stela Cristina Godói - Integrante / Jesus José Ranieri - Integrante / Daniel Romero - Integrante / Frederico Lisboa Romão - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista Trabalho, Política e Sociedade (RTPS)
2013 - Atual
Periódico: Mouro
2009 - Atual
Periódico: Lutas e Resistências
2009 - 2015
Periódico: Revista de Educação Técnica e Tecnológica em Ciências Agrícolas
2008 - Atual
Periódico: Crítica Marxista (São Paulo)
2008 - Atual
Periódico: Cadernos do Cemarx
2007 - Atual
Periódico: Margem Esquerda


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Metodologia e Técnica de Pesquisa.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Homenagem dos formandos 2017 do curso de Ciências Sociais - USP, Formandos 2017 CS/USP.
2017
Homenagem dos formandos 2016 do curso de Ciências Sociais - USP, Formandos 2016 CS/USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BUBBICO, D.2018BUBBICO, D. ; GRABENER, J. ; MARCELINO, P. . L?organizzazione del lavoro, le condizioni di lavoro e l?intervento sindacale. Sociologia Del Lavoro, v. n,151, p. 7-20, 2018.

2.
MARCELINO, Paula2017 MARCELINO, Paula. Sindicalismo e neodesenvolvimentismo: analisando as greves entre 2003 e 2013 no Brasil. Tempo Social, v. 29, p. 201-227, 2017.

3.
BOITO JR., A.2015BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. ; MARCELINO, P. . La nouvelle phase du syndicalisme brésilien (2003-2013)A nova fase do sindicalismo brasileiro (2003-2013)La nueva etapa del sindicalismo brasileño (2003-2013). Cahiers des Amériques Latines (Paris), p. 145-164, 2015.

4.
TRÓPIA, PATRÍCIA VIEIRA2014TRÓPIA, PATRÍCIA VIEIRA ; MARCELINO, Paula ; GALVÃO, A. . As bases sociais da União Geral dos Trabalhadores. Revista da ABET (Impresso), v. 12, p. 141-163, 2014.

5.
TRÓPIA, PATRÍCIA VIEIRA2013TRÓPIA, PATRÍCIA VIEIRA ; GALVÃO, ANDRÉIA ; MARCELINO, Paula . A reconfiguração do sindicalismo brasileiro nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico da Conlutas. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 19, p. 81-117, 2013.

6.
MARCELINO, Paula2012MARCELINO, Paula; CAVALCANTE, SÁVIO . Por uma definição de terceirização. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 25, p. 331-346, 2012.

7.
MARCELINO, P. R. P.2011MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A. . Novo operariado, velhos desafios: o sindicalismo dos trabalhadores terceirizados. Estudos de Sociologia, v. 16, p. 341-362, 2011.

8.
MARCELINO, P. R. P.2011MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A. . Decline in Unionism?: An Analysis of the New Wave of Strikes in Brazil. Latin American Perspectives, v. 38, p. 62-73, 2011.

9.
MARCELINO, P. R. P.2011MARCELINO, P. R. P.. As palavras e as coisas: uma nota sobre a terminologia dos estudos de trabalho. Revista Mediações (UEL), v. 16, p. 55-70, 2011.

10.
BOITO JR., A.2010 BOITO JR., A. ; MARCELINO, P. R. P. . O sindicalismo deixou a crise para trás? Um novo ciclo de greves na década de 2000. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 23, p. 323-338, 2010.

11.
MARCELINO, P. R. P.2009MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. . Brasil: o movimento sindical e popular na década de 2000. Observatorio Social de América Latina, v. n. 26, p. 35-55, 2009.

12.
MARCELINO, P. R. P.2008MARCELINO, P. R. P.. La sous-traitance chez Honda au Brésil: quelques aspects des processus de travail, de la discrimination et de l'organisation syndicale. Autrepart, v. n. 47, p. 73-90, 2008.

13.
MARCELINO, P. R. P.2007MARCELINO, P. R. P.. Afinal, o que é terceirização? Em busca de ferramentas de análise e de ação política. Pegada (UNESP. Impresso), v. 1, p. 61-78, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GALVÃO, A. ; MARCELINO, Paula ; TRÓPIA, P. V. . As bases sociais das novas centrais sindicais brasileiras. 1. ed. Curitiba-PR: Appris, 2015. 293p .

2.
MARCELINO, Paula. Trabalhadores terceirizados e luta sindical. 1. ed. Curitiba-PR: Appris, 2013. v. 1. 308p .

3.
MARCELINO, P. R. P.; ALIAGA, L. (Org.) ; AMORIM, H. J. D. (Org.) . Marxismo: teoria, história e política. São Paulo: Alameda, 2011. 304p .

4.
MARCELINO, P. R. P.. A Logística da Precarização: terceirização do trabalho na Honda do Brasil. 1. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2004. 238p .

Capítulos de livros publicados
1.
GALVÃO, A. ; MARCELINO, Paula . O sindicalismo brasileiro diante do golpe. In: Sayonara Grillo Coutinho Leonardo da Silva, Lilian Balmant Emerique, Thiago Barison. (Org.). Reformas institucionais de austeridade, democracia e relações de trabalho. 1ed.São Paulo - SP: LTr, 2018, v. 1, p. 85-96.

2.
BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. ; MARCELINO, Paula . O neodesenvolvimentismo e a recuperação do movimento sindical brasileiro. In: Armando Boito Jr.. (Org.). Reforma e crise política no B4rasil. 1ed.São Paulo - SP: Unicamp/Unesp, 2018, v. , p. 183-207.

3.
BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. ; MARCELINO, P. . A nova fase do sindicalismo braisleiro. In: Cesit (Unicamp)/UGT. (Org.). Sindicalismo contemporâneo: uma nova visão para o movimento sindical brasileiro. 1ed.São Paulo-SP: Salinas, 2015, v. 1, p. 206-223.

4.
MARCELINO, P.. A Administração e a terceirização: como o pragmatismo compromete a análise. In: Valquíria Padilha. (Org.). Antimanual de gestão: descontruindo os discursos do management. 1ed.São Paulo-SP: Ideias & Letras, 2015, v. 1, p. 91-125.

5.
MARCELINO, Paula. A ação sindical de trabalhadores terceirizados da região de Campinas. In: Ricardo Antunes. (Org.). Riqueza e Miséria do Trabalho III. 1ed.São Paulo-SP: Boitempo, 2014, v. , p. 401-427.

6.
BOITO JR., A. ; MARCELINO, P. R. P. . Crise e recuperação do sindicalismo brasileiro.. In: António Simões do Paço Raquel Varela; Sjaak van der Velden. (Org.). Strikes and social conflicts. Towards a global history. Lisboa-Portugal: International Association Strikes and Social Conflict, 2012, v. 1, p. 77-86.

7.
MARCELINO, P. R. P.. Base fragamentada, ação combativa: a experiência sindical dos trabalhadores da refinaria de Paulínia. In: Armando Boito Júnior; Andréia Galvão. (Org.). Política e Classes Sociais no Brasil dos anos 2000. 1ed.São Paulo: Alameda, 2012, v. , p. 227-279.

8.
MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. . Brasil: o movimento sindical e popular na década de dois mil. In: Julián Rebon; Massimo Modonesi. (Org.). Una década en movimiento: luchas populares en América Latina en el amanecer del siglo XXI. 1ed.Buenos Aires: Clacso, 2011, v. 1, p. 153-181.

9.
MARCELINO, P. R. P.. Discurs, savoir et pouvoir dans l' entreprise: domination et résistance face à la precarisation du travail chez Honda au Brésil. In: Pierre Teisserenc, Nilton Milanez, Sonia Barbosa Magalhães. (Org.). Le Brésl à l'épreuve de la Modernité: discurs, savoir et pouvoir. 1ed.Paris: l' Harmattan, 2007, v. , p. 149-165.

10.
MARCELINO, P. R. P.. Honda. Terceirização e precarização: a outra face do toyotismo. In: Ricardo Antunes. (Org.). Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2006, v. , p. 93-114.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GALVÃO, A. ; TRÓPIA, P. V. ; MARCELINO, P. R. P. . A reorganização da esquerda sindical nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico de CTB, Intersindical e Conlutas. In: IIe Colloque Internacional Grèves et conflicts sociaux, 2013, Dijon-França. Anais do IIe Colloque Internacional Grèves et conflicts sociaux. Dijon-França: MSH, 2013. p. 103-109.

2.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A. ; TRÓPIA, P. V. . As bases sociais da União Geral dos Trabalhadores (UGT). In: XV Congresso Brasileiro de Sociologia, 26 a 29 de julho, 2011, Curitiba-PR. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. Curitiba-PR: SBS, 2011.

3.
CAVALCANTI, S. M. ; MARCELINO, P. R. P. . A terceirização enquanto desafio teórico e político. In: XII Econtro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho - 21-23/09 - UFPB, 2011, João Pessoa - PB. Anais do XII Econtro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho. João Pessoa - PB: Editora Univrsitária da UFPB, 2011.

4.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A. ; TRÓPIA, P. V. . A reconfiguração do sindicalismo brasileiro nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico da Conlutas. In: 34º ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 2010, Caxambu. Suite do 34º ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS. Caxambu: ANPOCS, 2010.

5.
BOITO JR., A. ; MARCELINO, P. R. P. . O sindicalismo deixou a crise para trás? Notas sobre o caso brasileiro. In: XI Encontro Nacional da ABET, 2009, Campinas, SP. Anais do XI Encontro Nacional da ABET. Campinas: ABET, 2009.

6.
MARCELINO, P. R. P.. A estrutura sindical brasileira e a representação de trabalhadores terceirizados. In: XXVII Congreso ALAS (Asociación Latinoamericana de Sociología), 2009, Buenos Aires. Anais do XXVII Congreso ALAS (Asociación Latinoamericana de Sociología). Buenos Aires, Argentina: ALAS, 2009.

7.
MARCELINO, P. R. P.. A estrutura sindical brasileira e a representação de trabalhadores terceirizados. In: VI Colóquio Internacional Marx Engels, 2009, Campinas. Anais do VI Colóquio Internacional Marx Engels. Campinas (SP): Cemarx, 2009.

8.
MARCELINO, P. R. P.. A organização sindical de trabalhadores terceirizados: reflexões a partir da experiência de dois sindicatos da região de Campinas (SP). In: 32o Encontro Nacional da Anpocs, 2008, Caxambu - MG. 32o Encontro Nacional da Anpocs. São Paulo: Página da Anpocs, 2008.

9.
MARCELINO, P. R. P.. Enfrentamento, conciliação e resistência na CUT e na Força Sindical: como as centrais enfrentam a terceirização. In: 2. III Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Trabalhadore(a)s em movimento: constituição de um novo proletariado?, 2008, Londrina. Anais doI III Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Trabalhadore(a)s em movimento: constituição de um novo proletariado?. Londrina: UEL, 2008.

10.
MARCELINO, P. R. P.. Terceirização do Trabalho no Brasil e na França. In: II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Crise das Democracias Latino-americanas: dilemas e contradições, 2006, Londrina. Anais do II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Crise das Democracias Latino-americanas: dilemas e contradições, 2006.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARCELINO, P. R. P.. O lugar do sindicalismo na frente neodesenvolvimentista. In: 38o Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu-MG. Anais do 38o Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo-SP: ANPOCS, 2014. v. -. p. ---.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A. ; TRÓPIA, P. V. . As bases sociais da União Geral dos Trabalhadores (UGT). In: XV Congresso Brasileiro de Sociologia, 26 a 29 de julho, 2011, Curitiba-PR. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. Curitiba-PR: SBS, 2011.

2.
CAVALCANTI, S. M. ; MARCELINO, P. R. P. . A terceirização enquanto desafio teórico e político. In: XII Econtro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho - 21-23/09 - UFPB, 2011, João Pessoa - PB. Anais do XII Econtro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho. João Pessoa - PB: Editora Universitária da UFPB, 2011. p. 75-75.

3.
MARCELINO, P. R. P.. A organização sindical de trabalhadores terceirizados: reflexões a partir da experiência de dois sindicatos da região de Campinas (SP). In: 32o Encontro Nacional da Anpocs, 2008, Caxambu - MG. Anais do 32o Encontro Nacional da Anpocs. São Paulo: Anpocs, 2008. v. 1. p. 263-263.

4.
MARCELINO, P. R. P.. Enfrentamento, conciliação e resistência na CUT e na Força Sindical: como as centrais enfrentam a terceirização. In: 2. III Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Trabalhadore(a)s em movimento: constituição de um novo proletariado?, 2008, Londrina. Anais do III Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Trabalhadore(a)s em movimento: constituição de um novo proletariado?. Londrina: UEL, 2008. v. 1. p. 112-112.

5.
MARCELINO, P. R. P.. Terceirização do Trabalho no Brasil e na França. In: II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Crise das Democracias Latino-americanas: dilemas e contradições, 2006, Londrina. Caderno de Resumos do II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Crise das Democracias Latino-americanas: dilemas e contradições, 2006. p. 87-87.

6.
MARCELINO, P. R. P.. Dividir para governar: terceirização e discriminação na Honda do Brasil. In: XI Congresso Brasileiro de Sociologia - Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS), 2003, Campinas. Anais do XI Congresso Brasileiro de Sociologia - Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS). São Paulo: SBS, 2003. v. 1. p. 185-185.

7.
MARCELINO, P. R. P.. A ação sindical diante da terceirização do trabalho na Honda do Brasil. In: III Seminário do Trabalho, 2003, Marília. Anais do III Seminário do Trabalho, 2003. v. 1. p. 43-44.

Artigos aceitos para publicação
1.
GALVÃO, A. ; MARCELINO, P. . Balance of the Brazilian trade union movement in the 21st century: the PT governments, the coup and counter-reforms. LATIN AMERICAN PERSPECTIVES, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
GALVÃO, A. ; TRÓPIA, P. V. ; MARCELINO, P. . A reorganização da esquerda sindical nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico de CTB, Intersindical e Conlutas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
BOITO JR., A. ; MARCELINO, P. R. P. . Crise e recuperação do sindicalismo braisleiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
BOITO JR., A. ; MARCELINO, P. R. P. . O sindicalismo deixou a crise para trás? notas sobre o caso brasileiro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MARCELINO, P. R. P.. A estrutura sindical braisleira e a representação de trabalhadores terceirizados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
MARCELINO, P. R. P.. A estrutura sindical brasileira e a representação de rabalhadores terceirizados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MARCELINO, P. R. P.. A organização sindical de trabalhadores terceirizados: reflexões a partir da experiência de dois sindicatos da região de Campinas (SP). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MARCELINO, P. R. P.. Conversa com autores: A Logística da Precarização. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MARCELINO, P. R. P.. Terceirização do Trabalho no Brasil e na França. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MARCELINO, P. R. P.. Lançamento do livro: A Logística da Precarização. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MARCELINO, P. R. P.. Dividir para governar: terceirização e discriminação na Honda do Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
MARCELINO, P. R. P.. A ação sindical diante da terceirização do trabalho na Honda do Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MARCELINO, P. R. P.. Reestruturação produtiva e projeto empresarial de formação no novo trabalhador. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MARCELINO, P. R. P.. As relações entre sindicalismo e Estado no Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; SILVA, L. M. O. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, Paula ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTI, S. M. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 46. São Paulo - SP: Unesp, 2018 (Editoria).

2.
BUBBICO, D. ; GRABENER, J. ; MARCELINO, P. . L?organizzazione del lavoro, le condizioni di lavoro e l?intervento sindacale: Brasile, Italia, Francia. Bologna - Itália: Franco Angeli, 2018 (Organização de dossiê).

3.
MARCELINO, Paula. Resenha do livro: 'Marxismo sociológico: quatro países, quatro décadas, quatro grandes transformações e uma tradição crítica' de Michael Burawoy (2014). São Paulo - SP: Unesp, 2017 (resenha).

4.
GALVÃO, A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, Paula ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTE, SÁVIO ; BERRINGER, T. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 44. São Paulo - SP: Unesp, 2017 (Editoria).

5.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, P. ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTE, SÁVIO ; BERRINGER, T. . Editoria da revista Crítica Marxista n.45. São Paulo - SP: Unesp, 2017 (Editoria).

6.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, P. ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTE, SÁVIO ; BERRINGER, T. ; SILVA, L. M. O. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 42. São Paulo - SP: Unesp, 2016 (Editoria).

7.
MARCELINO, P. R. P.; TATEMOTO, R. . ?Insatisfação com governo Temer pode gerar uma retomada da luta?, diz socióloga. São Paulo - SP: Brasil de Fato, 2016 (entrevista concedida).

8.
MARCELINO, Paula. Orelha do livro: A estrutura sindical de Estado no Brasil e o controle judiciário após a Constituiçã. São Paulo - SP: LTr, 2016 (Orelha do livro: A estrutura sindical de Estado no Brasil e o controle judiciário após a Constituiçã).

9.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, Paula ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTE, SÁVIO ; BERRINGER, T. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 43. São Paulo - SP: Unesp, 2016 (Editoria).

10.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; MARCELINO, P. ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTI, S. M. ; LESSA, S. ; BERRINGER, T. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 40. São Paulo-SP: Unesp, 2015 (Editoria).

11.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; ALIAGA, L. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, P. ; COSTA NETO, P. L. ; CAVALCANTI, S. M. ; BERRINGER, T. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 41. São Paulo-SP: Unesp, 2015 (Editoria).

12.
MARCELINO, P.; GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; MOURA, M. C. B. ; COSTA NETO, P. L. ; LESSA, S. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 38. São Paulo-SP: Unesp, 2014 (Editoria).

13.
MARCELINO, P.. Resenha do livro: Marx, Weber e o marxismo weberiano - de Francisco Teixeira e Celso Frederico - para Revista Crítica Marxista n.38. São Paulo-SP: Unesp, 2014 (resenha).

14.
GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, P. ; COSTA NETO, P. L. ; BERRINGER, T. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 39. São paulo: Unesp, 2014 (Editoria).

15.
MARCELINO, Paula; GALVÃO, A. ; BOITO JR., A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; MOURA, M. C. B. ; COSTA NETO, P. L. ; LESSA, S. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 37. São Paulo-SP: Unesp, 2013 (Editoria).

16.
BOITO JR., A. ; GALVÃO, A. ; MORAES, J. C. K. Q. ; GRESPAN, J. ; SILVA, L. M. O. ; MOURA, M. C. B. ; MARCELINO, P. R. P. ; COSTA NETO, P. L. ; LESSA, S. . Editoria da Revista Crítica Marxista n. 36. São Paulo - SP: Unesp, 2013 (Editoria).

17.
MARCELINO, P. R. P.. Resenha do livro: 'Ler Marx' de Emmanuel Renault, Gérard Duménil e Michel Löwy, São Paulo: Unesp, 2011; para a Revista Crítica Marxista n. 35. São Paulo: Unesp, 2012 (resenha).

18.
MARCELINO, P. R. P.; ALIAGA, L. ; AMORIM, H. J. D. . Apresentação do livro: Marxismo: teoria, história e política. São Paulo, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

19.
MARCELINO, P. R. P.. Resenha do livro: 'A Perda da Razão Social do Trabalho: terceirização e precarização', de Graça Druck e Tânia Franco, Publicada na revista Margem Esquerda n.11. São Paulo: Boitempo, 2008 (resenha).

20.
MARCELINO, P. R. P.; AMORIM, H. J. D. ; DUMENIL, G. . Neoliberalismo e dominação de classe: uma análise marxista do capitalismo contemporâneo - entrevista com Gérard Duménil. São Paulo: Neils/PUC São Paulo, 2007 (entrevista realizada).

21.
MARCELINO, P. R. P.. Mundialização: novo horizonte do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2006. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MARCELINO, P. R. P.. Assessora científica da Fapesp - início em setembro de 2011. 2018.

Trabalhos técnicos
1.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Cadernos CRH (UFBA). 2018.

2.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Idéias (revista do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp). 2018.

3.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Vivência (revista de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte). 2018.

4.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista da ABET. 2018.

5.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista Lua Nova. 2018.

6.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Temas em Psicologia. 2017.

7.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Tempo Social. 2017.

8.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Lua Nova: revista de cultura e política. 2017.

9.
MARCELINO, P.. Parecerista ad hoc da Contemporânea - Revista de Sociologia da UFSCar. 2017.

10.
MARCELINO, P.. Parecerista ad hoc da Revista Sociologias (UFRGS). 2017.

11.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista de Ciências Sociais: Política & Trabalho - Universidade Federal da Paraíba. 2017.

12.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Cadernos do Cemarx. 2016.

13.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Brasileira de Ciências Sociais - dezembro. 2016.

14.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Brésil(s). 2015.

15.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Prelúdios (UFBA). 2014.

16.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da revista Cadernos de Campo (Unesp). 2014.

17.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Primeiros Estudos (USP). 2014.

18.
MARCELINO, P. R. P.. Avaliadora da 1a etapa do 22o Simpósio Internacional de Iniciação Ciêntífica e Tecnológica da USP. 2014.

19.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista de Sociologia & Política (UFPR). 2013.

20.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Caderno CRH (UFBA). 2013.

21.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc do 21o Sicusp. 2013.

22.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Brasileira de Ciências Sociais (ANPOCS). 2013.

23.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc do VII Colóquio Intrernacional Marx & Engels. 2012.

24.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista Caderno CRH (UFBA). 2012.

25.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da revista Actes de la Recherche en Sciences Sociales. 2012.

26.
MARCELINO, Paula. Parecerista ad hoc da Revista Crítica Marxista. 2012.

27.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc Revista Enfoques, Edição Temática "Mundos do Trabalho". 2011.

28.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc Revista Katálysis- n.2, vol. 12, 2009.. 2009.

29.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista Eletrônica Mundos do Trabalho. 2009.

30.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc no Processo de Avaliação dos Relatórios Técnicos Finais da Pesquisa dos Bolsistas de Iniciação Científica da Universidade do Estado da Bahia. 2008.

31.
MARCELINO, P. R. P.. Parecerista ad hoc da Revista Temáticas - dossiê: Trabalho. 2006.

32.
MARCELINO, P. R. P.. Elaboração do Relatório Anual de Avaliação dos Programas de Pós-Graduação - CAPES Relatório do Mestrado em Sociologia e Pós-Graduação em Demografia/Unicamp. 2004.

33.
MARCELINO, P. R. P.. Elaboração do Relatório Anual de Avaliação dos Programas de Pós-Graduação - CAPES Relatório do Mestrado em Sociologia e Doutorado em Demografia/Unicamp. 2003.

34.
MARCELINO, P. R. P.. Elaboração do Relatório (CAPES-SNPG) para Aprovação e Implementação do Doutorado em Sociologia/Unicamp. 2003.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MARCELINO, Paula; PENNA, I. . Quem são os caminhoneiros grevistas?. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MARCELINO, P.; CAMPOS, L. . Reforma trabalhista traz pior cenário para o movimento sindical. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MARCELINO, P.. A terceirização e os trabalhadores. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MARCELINO, Paula. Sessão 9: Questões de Trabalho II. 2013. (Coordenação de sessão de trabalhos no 40o Encontro Nacional de Estudos Rurais e Urbanos.).

2.
MARCELINO, P. R. P.. Terceirização: contexto, conceitos e tendências. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, L. G. M. E.; TEIXEIRA, M. O.; CARDOSO, A. M.; MARCELINO, Paula. Participação em banca de Danilo Lucena Mendes. Ação sindical no contexto de avanço e consolidação da terceirização: um estudo sobre o Sindeepres. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

2.
MARCELINO, Paula; SOUTO MAIOR, J. L.; BATISTA, F. R.. Participação em banca de Paulo de Carvalho Yamamoto. Trabalhadores unidos, Direito em ação: crítica da legalização da classe operária brasileira sob o sindicalismo de Estado pós-88. 2016.

3.
MARCELINO, P. R. P.; HIRANO, S.; TANIGUTI, G. T.. Participação em banca de Wilbert Villca Lopez. Racionalidades e invenções andinas nos conflitos de luta pela posse da terra em regiões tropicais da Bolívia. 2016. Dissertação (Mestrado em Integração da América Latina) - Universidade de São Paulo.

4.
MARCELINO, Paula; GALVÃO, A.; KREIN, J. D.. Participação em banca de Tatiana Gonçalves. A reorganização sindical no governo Lula: um estudo sobre a Conlutas e a Intersindical. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
MARCELINO, P.; GOULART, P. M.; VIEIRA, N. P.; LACAZ, F. A. C.. Participação em banca de Tamiris Pereira Rizzo. Desprecarização do trabalho no SUS; um estudo sobre o plano de cargos, carreiras e salários do SUS, na perspectiva dos trabalhadores e representantes sindicais no município de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. 2014. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de São Paulo.

6.
SILVA, L. G. M. E.; ARAUJO, A.; MARCELINO, P. R. P.. Participação em banca de Thaís de Souza Lapa. Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva. 2014. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

7.
BOITO JR., A.; MARCELINO, P. R. P.; COSTA, V. M. F.. Participação em banca de Pedro Henrique Carinhato e Silva. Organizações Sociais no Estado de São Paulo: um estudo de caso sobre uma parceria público-privada na área de saúde. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
MARCELINO, P. R. P.; MORAES, J. C. K. Q.; REGO, W. G. D. L.. Participação em banca de Márcia dos Santos Fontes. Estado democrático em Norberto Bobbio: um diálogo com os jusnaturalistas. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
MARCELINO, P. R. P.; FARIAS, J. F. C.; MARTINS, M. V.. Participação em banca de Carlos Roberto Rodrigues Batista. (Des) Igualdades entre trabalhadores: um estudo da indústria de TIC na cidade do Rio de Janeiro. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

10.
MARCELINO, P. R. P.; ANTUNES. R.; LOURENÇO, F. A.. Participação em banca de Heber Rebouças Jorge. Terceirizar, flexibilizar, precarizar: um estudo crítico sobre a terceirização do trabalho. 2011. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Estadual de Campinas.

11.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A.; TRÓPIA, P. V.. Participação em banca de Marcela Medeiros Moura. Discurso e prática dos sindicatos metalúrgicos do Estado de São Paulo. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

12.
MARCELINO, P. R. P.; ANTUNES. R.; BRAGA, R.. Participação em banca de Ricardo Colturato Festi. Zanon, fábrica sem patrão: um debate sobre classismo e controle operário. 2010. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Teses de doutorado
1.
SOUTO MAIOR, J. L.; SEVERO, V. S.; SANTOS, R. L.; BATISTA, F. R.; MACHADO, G. S. S.; MARCELINO, Paula. Participação em banca de Danilo Uler Corregliano. A captura da greve e suas fugas. 2018. Tese (Doutorado em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

2.
BRAGA, R.; MARCELINO, P.; SEGNINI, L. R. P.; ANTUNES. R.; RODRIGUES, I. J.. Participação em banca de Wilson Emanuel Fernandes dos Santos. O trabalhador digitalizado: a formação do sujeito neoliberal no setor bancário (2008-2018). 2018. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

3.
SANTOS, R. L.; CORREIA, M. O. G.; MARCELINO, Paula; BATISTA, F. R.; RAMOS FILHO, W.; COUTINHO, A. R.. Participação em banca de Maira Sila Marques da Fonsceca. Elementos da teoria crítica do direito do trabalho: reflexões sobre os tempos de trabalho. 2017. Tese (Doutorado em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

4.
MARCELINO, Paula; SANTOS, R. L.; DRUCK, M. G.; FREITAS JR, A. R.; SILVA, W. L. R.. Participação em banca de Carolina Vieira Mercante. As ações jurídico-políticas das centrais sindicais e a (des)construção da legislação trabalhista no Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

5.
CORSI, F. L.; MARCELINO, Paula; ANDRADE, E.; MAZZEO, A. C.; SANTOS, A.. Participação em banca de Alessandro de Moura. Movimento operário em Osasco e São Paulo: tradições e rupturas. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
MARCELINO, Paula; SANDOVAL, S. A. M.; COELHO, F. S.; DOWBOR, L.; CHAIA, V. L. M.. Participação em banca de Maria Adelina França. Impactos das novas tecnologias da informação e comunicação na participação e consciência política na juventude urbana de São Paulo. 2015. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

7.
CORREIA, M. O. G.; SOUTO MAIOR, J. L.; GALVÃO, A.; MARCELINO, P.; SILVA, S. G. C. L.. Participação em banca de Thiago Barison de Oliveira. A estrutura sindical de Estado no Brasil e o controle do Judiciário após a constituição de 1988. 2014. Tese (Doutorado em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

8.
MARCELINO, P. R. P.; STEIN, L. M.; CARDOSO, A. M.; JARDIM, M. A. C.; CAMPOS, R. L. S.. Participação em banca de Guilherme Gonçalves de Carvalho. A representação da CUT no Governo Lula (2003-2010). 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Sociologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
MARCELINO, P. R. P.; BRAGA, R.; GALVÃO, A.; GRUN, R.; TOMIZAKI, K. A.. Participação em banca de Maurício Rombaldi. Internacionalização do sindicalismo no Brasil: um estudo sobre os setores metalúrgico e de telecomunicações. 2012. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo.

10.
MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A.; GALVÃO, A.; AMADEO, J.; GOHN, M. G.. Participação em banca de Santiane Arias Ribeiro. O perfil de classe média do movimento altermundialista: o caso da ATTAC. 2011. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
BESERRA, B. L. R.; MARCELINO, P. R. P.; BARRETO, S. P.; RODRIGUES, L. C.; GINDIN, J. J.. Participação em banca de Herlon Alves Bezerra. Professores universitários federais em greve: tendência à oficialização e sentido conjuntural na crise do neodesenvolvimentismo petista. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal do Ceará.

2.
SOUTO MAIOR, J. L.; BIROLI, F.; MARCELINO, P. R. P.. Participação em banca de Patícia Maeda. Interseccionalidade e direitos: a participação das trabalhadoras na Assembleia Nacional Constituinte. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

3.
MARCELINO, Paula; BRAGA, R.; SILVA, L. G. M. E.. Participação em banca de José Guirado Neto. Alameda: trabalho coorperativo e internacionalização na Argentina. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

4.
BRAGA, R.; SILVA, L. G. M. E.; MARCELINO, P.. Participação em banca de Iuri Roberto Sacramento Ramos. Do trabalho ao capital Sindicalismo e fundos de pensão sob a égide da finança mundializada. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

5.
BRAGA, R.; RODRIGUES, I. J.; MARCELINO, P.. Participação em banca de Wilson Emanuel Fernandes dos Santos. Transformações e permanências nas novas configurações do trabalho bancário. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

6.
MARCELINO, P. R. P.; SOUTO MAIOR, J. L.; BATISTA, F. R.. Participação em banca de Danilo Uler Corregliano. As greves "por fora" da estrutura sindical oficial e a busca por um sujeito de direito. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

7.
MARCELINO, Paula; MANCINI, F.; XELTHUANTZI, M.; ZAPATA, F.; BOUZAS, J. A.. Participação em banca de Cristián Pozo Mayorga. Transformaciones sindicales y nuevas formas de accíon bajo patrones flexibles: estudio comparado de organizaciones de trabajadores subcontratistas en Chile y Brasil. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doctorado en Ciencias Políticas y Sociales) - Universidad Nacional Autónoma de Mexico.

8.
MARCELINO, Paula; VACCARO, K. O.; ACUNA, M. E.; RADISZCZ, E.; FERNANDEZ, M. U.. Participação em banca de Claudia Andrea González Cid. Flexibilidad y control: las trabajadoras a domicilio en el Chile neoliberal. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doctorado en Ciencias Sociales) - Universidad de Chile.

9.
MARCELINO, Paula; MUSSE, R.; SILVA, L. G. M. E.. Participação em banca de Daniele de Jesus Oliveira. Homens de fé e militância sindical: um estudo de caso sobre os trabalhadores evangélicos brasileiros em Londres. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA) - Universidade de São Paulo.

10.
MARCELINO, Paula; SANDOVAL, S. A. M.; DOWBOR, L.. Participação em banca de Maria Adelina França. Impacto das tecnologias de informação e comunicação na participação e consciência política da juventude. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

11.
BOITO JR., A.; MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A.. Participação em banca de Nathalia Cristina Oliveira. Movimentos sociais de urgência no Brasil nos anos 90 e 2000. Reflexão sobre as famílias e os movimentos dos sem-teto e sem-terra. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

12.
MARCELINO, P. R. P.; CORREIA, M. O. G.; GALVÃO, A.. Participação em banca de Thiago Barison de Oliveira. Sindicalismo e Direito Coletivo do Trabalho após a Constituição de 1988. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

13.
MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A.; GALVÃO, A.. Participação em banca de Santiane Arias. Qual outro mundo é possível? A questão da natureza de classe do movimento altermundialista. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Mestrado
1.
OLIVEIRA, E. A.; FORTES, R. V.; MARCELINO, P. R. P.. Participação em banca de Anderson Martins Silva. O processo de acumulação capitalista no Brasil e as relações salariais nos governos do Partido dos Trabalhadores. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Serviço Social) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

2.
MARCELINO, Paula; DRUCK, M. G.; VENTURI, G.. Participação em banca de Adriana Marcolino. BALANÇO DA PRODUÇÃO ACADÊMICA BRASILEIRA SOBRE CONDIÇÕES E RELAÇÕES DE TRABALHO DOS TERCEIRIZADOS. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

3.
SOUTO MAIOR, J. L.; MACHADO, G. S. S.; MARCELINO, P. R. P.. Participação em banca de Tainã Góis. A construção do sujeito de direito e discriminação da mulher. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

4.
BRAGA, R.; MARCELINO, P.; SILVA, L. G. M. E.. Participação em banca de Thiago Sereno Ricardo. Contexto urbano e transporte, uma vista a partir do processo de trabalho dos motoristas de ônibus do ABC. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

5.
SILVA, L. G. M. E.; CARDOSO, A. M.; MARCELINO, P.. Participação em banca de Danilo Lucena Mendes. Sindicalismo de terceirizados: o Sineespres. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

6.
SANTOS, R. L.; BATISTA, F. R.; MARCELINO, Paula. Participação em banca de Andrea da Rocha Carvalho Gondim. Elementos da Teoria Crítica do Direito do Trabalho: Reflexões sobre os Tempos de Trabalho. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho e Seguridade Social) - Universidade de São Paulo.

7.
SANTOS, R. L.; BATISTA, F. R.; MARCELINO, Paula. Participação em banca de Clarissa Maçaneiro Viana. Trabalho feminino e sindicalismo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho e Seguridade Social) - Universidade de São Paulo.

8.
SANTOS, R. L.; MARCELINO, Paula; BATISTA, F. R.. Participação em banca de Clarissa Maçaneiro Viana. A flexibilização da jornada perante os tibunais e a precarização do trabalho. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho e Seguridade Social) - Universidade de São Paulo.

9.
MARCELINO, P. R. P.; SILVA, W. L. R.; ANTUNES. R.. Participação em banca de Ivan Alberto Longo Palma. O estado corporativista na Constituição Federal de 1988: fatores para a manutenção do regime de parcial liberdade sindical. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho) - Universidade de São Paulo.

10.
MARCELINO, P.; SOUTO MAIOR, J. L.; BATISTA, F. R.. Participação em banca de Paulo de Carvalho Yamamoto. Trabalhadores unidos, Direito em ação: crítica da legalização da classe trabalhadora brasileira. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Direito do Trabalho e Seguridade Social) - Universidade de São Paulo.

11.
MARCELINO, Paula; LACAZ, F. A. C.; RIBEIRO, M. A.. Participação em banca de Tamiris Pereira Rizzo. Desprecarização do trabalho no SUS: um estudos sobre os Planos de Cargos e Salários do SUS, na perspectiva dos trabalhadores e representantes sindicais no município de Guarulhos (SP). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de São Paulo.

12.
SILVA, L. G. M. E.; HIRATA, H. S.; MARCELINO, P.. Participação em banca de Thaís de Souza Lapa. Mobilização operária, processo e divisão sexual do trabalho na indústria eletrônica no contexto da flexibilidade produtiva. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

13.
MARCELINO, P. R. P.; BOITO JR., A.; GALVÃO, A.. Participação em banca de Patrícia Rocha Lemos. A estrutura sindical no discurso e na prática das centrais sindicais brasileiras (UGT e CTB). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

14.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A.; TRÓPIA, P. V.. Participação em banca de Tatiana Gonçalves. A reorganização do movimento sindical no governo Lula: um estudo sobre a Conlutas e a Intersindical. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

15.
MARCELINO, P. R. P.; BRAGA, R.; MUSSE, R.. Participação em banca de Thiago Ocampos Alves. A desregulamentação das leis trabalhistas e a nova configuração da condição operária: o impacto e a apropriação pelos trabalhadores da General Motors do Brasil em São José dos Campos das mudanças na legislação trabalhista (1995-2008). 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

16.
BOITO JR., A.; MARCELINO, P. R. P.; COSTA, V. M. F.. Participação em banca de Pedro Carinhato e Silva. Organizações sociais do estado de São Paulo: um estudo de caso sobre uma parceria público-privada na área de saúde. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

17.
MARCELINO, P. R. P.; GALVÃO, A.; TRÓPIA, P. V.. Participação em banca de Marcela Medeiros Moura. Entre o discurso e a prática: uma análise comparada entre o sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, nos governos Lula. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

18.
BOITO JR., A.; MARCELINO, P. R. P.; NOVELLI, J. M. N.. Participação em banca de Lucas Massimo Tonial Antunes de Souza. Implantação das reformas neoliberais no Brasil da década de 1990: uma análise bibliográfica da literatura brasileira. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

19.
MARCELINO, P. R. P.; ANTUNES. R.; LOURENÇO, F. A.. Participação em banca de Heber Rebouças Jorge. Trabalho e terceirização: o caso da Unicamp e a atuação do STU. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Estadual de Campinas.

20.
MARCELINO, P. R. P.; ANTUNES. R.; AMORIM, H. J. D.. Participação em banca de Ricardo Colturato Festi. Zanón: fábrica sem patrão - um estudo sobre a centralidade do trabalho e a classe operária. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Estadual de Campinas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MARCELINO, Paula; BECHARA, E. J. H.; SANCHEZ, F. J. B.; SAFATLE, V.; COSTA, J. C. Z.. Seleção de docente: Formação humanística e compreensão humana/Sociologia. 2014. Universidade Federal de São Paulo.

Outras participações
1.
MARCELINO, Paula; BERTONCELO, E.; FREIRE-MEDEIROS, B.. Banca de seleção de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo (PPGS/USP). 2017. Universidade de São Paulo.

2.
MARCELINO, P.; LIMA, M. R.; GARCIA, S. G.. Banca de seleção de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo (PPGS/USP). 2014. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Conferência Internacional Greves e Conflitos Sociais - de 10 a 13 de julho - FFLCH/USP. Greves e o recrudescimento do neoliberalismo: os governos de Temer no Brasil, Macri na Argentina e Macron na França. 2018. (Congresso).

2.
18o Congresso Brasileiro de Sociologia - de 26 a 29 de julho - Centro de Convenções Ulysses Gumarães. Sociologia política da crise (2013-2016): o sindicalismo e a crise - mesa-redonda. 2017. (Congresso).

3.
Conferência: Il movimento sindacale brasiliano e il ciclo di sciopero durante e dopo i governi Lula-Dilma - FISPPA Department of University of Padua, that will take on Tuesday 10th of October 2017 at 12.30, at FISPPA Department.Il movimento sindacale brasiliano e il ciclo di sciopero durante e dopo i governi Lula-Dilma. 2017. (Outra).

4.
Palestra: Os Pensadores - Marx - promoção: Caso do Saber - 22 de novembro.Os Pensadores - Marx. 2017. (Outra).

5.
XXII Encontro Nacional de Economia Política - de 30/5 a 2/6 -Unicamp.Sindicalismo, neodesenvolvimenstismo e o golpe de 2016. 2017. (Encontro).

6.
XXXV Congresso da Lasa - Lima, Peru, 29 de abril a 1 de maio - PUC. O sindicalismo brasileiro diante do golpe. 2017. (Congresso).

7.
A representação dos empregados na gestão as empresas públicas - Ciclo de debates - Escola do Parlamento - 18 de agosto - Câmara Municipal de São Paulo.A representação dos empregados na gestão as empresas públicas. 2016. (Seminário).

8.
Séminaire Internacional: Le Brésil et la France dans la mondialisation néoliberale: changements politiques et contestation socialee - 26 e 27 de janeiro.Les transformations de la conflitualité du travail au Brésil et en France. 2016. (Seminário).

9.
VIII Congreso Latinoamericano de Estudios del Trabajo - de 3 al 5 de agosto - Facultad de Ciencias Económicas de la Universidad de Buenos Aires.. As greves e os governos de Lula da Silva e Dilma Rousseff (2003-2013). 2016. (Congresso).

10.
39o Econtro Nacional da Anpocs - de 26 a 30 de outubro.Os marxistas nas universidades brasileiras. 2015. (Encontro).

11.
V Fórum Trabalho e Saúde - Unesp/Marília - de 21 a 23 de outubro.Terceirização: elementos conceituais. 2015. (Outra).

12.
VIII Colóquio Internacional Marx & Engels - Unicamp - 14 a 17 de julho.O marxismo nas universidades brasileiras. 2015. (Outra).

13.
XIV encontro nacional da ABET (Associação Brasileira de Estudos do Trabalho) - de 15 a 18 de setembro - Unicamp.Avanços e limites do sindicalismo ao longo dos governos petistas. 2015. (Encontro).

14.
38o Encontro Anual da ANPOCS - 27 a 31 de outubro.O lugar do sindicalismo na frente neodesenvolvimentista. 2014. (Encontro).

15.
IIe Coloque Internacional Grèves et Conflitcs Sociaux - de 15 a 17 de maio. A reorganização da esquerda sindical nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico de CTB, Intersindical e Conlutas. 2013. (Congresso).

16.
Lançamento do livro "Política e classes sociais no Brasil dos anos 2000" - UFFS - em em 25 de abril.Sindicalismo e terceirização. 2013. (Outra).

17.
Lançamento do livro "Política e classes sociais no Brasil dos anos 2000" - USP - em 19 de março.Sindicalismo e terceirização. 2013. (Outra).

18.
Séminaire des relations professionnelles (RT18) La représentativité: Perspectives internationales - 1er février 2013, Paris, CNAM.La représentativité syndicale sous les gouvernements du Parti des Travailleurs au Brésil. 2013. (Seminário).

19.
Seminário Capes-Cofecub. Projeto: Trabalho, conflito social e política. O Brasil e a França na mundialização neoliberal. 18/01/2013.La reprise du mouvement syndical au Brésil: les grèves des années 2000. 2013. (Seminário).

20.
VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho - de 2 a 5 de julho - USP. A reorganização da esquerda sindical nos anos 2000: as bases sociais e o perfil político-ideológico de CTB, Intersindical e Conlutas. 2013. (Congresso).

21.
V Simpósio Internacional Lutas Sociais na América Latina - de 10 a 13 de setembro - UEL.Base fragmentada, ação combativa: a experiência dos trabalhadores terceirizados da Replan. 2013. (Simpósio).

22.
8o Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Sindicalismo e participação política: uma análise da década de 2000. 2012. (Encontro).

23.
Debate: A intervenção do Estado nas relações de trabalho: história e atualidade - Livraria Expressão Popular - 2 de julho.A intervenção do Estado nas relações de trabalho: história e atualidade. 2012. (Outra).

24.
O Ensino de Sociologia na Universidade - Departamento de Sociologia/USP - 12 de novembro - o.Sociologia na USP: perfis. 2012. (Seminário).

25.
VII Colóquio Internacional MarxEngels.O sindicalismo e as greves no Brasil: intensificação da luta de classes?. 2012. (Outra).

26.
35o Econtro Anual da ANPOCS - 24 a 28 de outubro. 2011. (Encontro).

27.
Ciclo de debates: Neoliberalismo, precarização das relações de trabalho e movimentos sociais - Unifesp/Departamento de Serviço Social.Neoliberlaismo e terceirização das relações de trabalho. 2011. (Outra).

28.
Debatedora em lançamento do livro: A precarização tem rosto de mulher.Debatedora em lançamento do livro: A precarização tem rosto de mulher. 2011. (Outra).

29.
III Seminário "Amazônia: interações entre o global e o local. Identidade, território e desenvolvimento" 22-25/11.Sindicalismo e classes sociais no Brasil contemporâneo. 2011. (Seminário).

30.
Internation Conference Strikes and social conflicts XX cent. Crise e recuperação do sindicalismo brasileiro. 2011. (Congresso).

31.
XII Econtro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho - 21-23/09 - UFPB.A terceirização enquanto desafio teórico e político. 2011. (Encontro).

32.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia, 26 a 29 de julho. As bases sociais da União Geral dos Trabalhadores (UGT). 2011. (Congresso).

33.
Congrès Marx Internacional VI - Promoção Actuel Marx - 22-25 setembro. La crise des syndicats est-elle finie? Le nouveau cycle de grèves au B`résil des années 2000. 2010. (Congresso).

34.
II Seminário sobre Trabalho, Educação e Políticas Públicas da Baixada Fluminense.O sindicalismo deixoua crise para trás?. 2009. (Seminário).

35.
I Seminário GT Trabalho e Trabalhadores: trabalho, sindicato e novas estratégias.Trabalhadores, interesses e representação sindical. 2009. (Seminário).

36.
VI Colóquio Internacional Marx Engels, Unicamp, novembro.a estrutura sindical brasileira e a representação de trabalhadores terceirizados. 2009. (Outra).

37.
XI Encontro nacional da ABET (Associação Brasileira de Estudos do Trabalho), Unicamp, de 28/09 a 01/10.O sindicalismo deixou a crise para trás? Notas sobre o caso brasileiro. 2009. (Encontro).

38.
XXVII Congreso Alas - 31 a 4 de setembro. A estrutura sindical brasileira e a representação de trabalhadores terceirizados. 2009. (Congresso).

39.
32o Encontro Anual da Anpocs.A organização sindical de trabalhadores terceirizados: reflexões a partir da experiência de dois sindicatos da região de Campinas (SP). 2008. (Encontro).

40.
Ciclo de Estudos Jurídicos 2008: Justiça do Trabalho - 06/08/2008.Reflexões sobre a Justiça do Trabalho a partir da terceirização: o difícil equacionamento entre a proteção e a regulamentação reativa. 2008. (Outra).

41.
Conferência: O modelo japonês no mundo do trabalho. Promoção: Faculdade de Medicina e outras faculdades da Unesp - Botucatu - em 06/11/2008.O modelo japonês no mundo do trabalho. 2008. (Outra).

42.
III Simpósio Lutas Sociais na América Latina - UEL.Enfrentamento, cinciliação e resistência na CUT e na Força Sindical: como as centrais enfrentam a terceirização. 2008. (Simpósio).

43.
II Seminário Científico: Teoria Política do Socialismo - marxismo e movimentos sociais na virada do milênio.A organização sindical de trabalhadores terceirizados: repensando o discursos da fragmentação na composição das classes trabalhadoras. 2008. (Seminário).

44.
Teses em Debate - Centro de Documentação e Memária da Unesp - 01/09/2008.O modelo japonês no mundo do trabalho Brasil-Japão, Japão-Brasil: Dekasseguis. 2008. (Outra).

45.
III Seminário Mundos do Trabalho - UEL- Gestos.Precarização do trabalho e novas tecnologias. 2007. (Seminário).

46.
Introdução ao Uso de banco de dados. 2007. (Oficina).

47.
I Seminário sobre Trabalho, Educação e Políticas Públicas da Baixada Fluminense.Têndências e Perspectivas dos Estudos do Trabalho no Brasil. 2007. (Seminário).

48.
Processos e relações de trabalho na indústria japonesa no Brasil.Processos e relações de trabalho na ind´sutria japonesa no Brasil - Palestra para turmas da disciplina HZ292 A e B. 2007. (Outra).

49.
VIII Jornada sobre o Trabalho - 29/10/2007.A modernidade e os signos da civilização da barbárie. 2007. (Outra).

50.
Ciclo de Palestras sobre Trabalho.Terceirização: precarização e resistência na Honda do Brasil. 2006. (Outra).

51.
Debate de lançamento do livro: Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil.Terceirização na Honda do Brasil. 2006. (Outra).

52.
II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina. Crise das Democracias Latino-americanas: dilemas e contradições.Terceirização do Trabalho no Brasil e na França. 2006. (Simpósio).

53.
Minicurso: A análise do capitalismo neoliberal. 2006. (Outra).

54.
3º Colóquio Marx e Engels. 2003. (Outra).

55.
2º Colóquio Marx e Engels. 2001. (Outra).

56.
II Seminário sobre Mídia, Educação e Leitura/ UNICAMP e ALB. 1997. (Congresso).

57.
3º Semana de Estudos de Alfabetização. 1992. (Seminário).

58.
Simpósio do Pensamento de Paulo Freire. 1992. (Simpósio).

59.
8º COLE ( Congresso de Leitura do Brasil ). 1991. (Congresso).

60.
VIII Encontro Nacional de Professores do PROEPRE. 1991. (Encontro).

61.
7º COLE ( Congresso de Leitura do Brasil ). 1989. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARCELINO, Paula; GALVÃO, ANDRÉIA ; VARELA, R. ; CARRERA, N. I. ; TERRA, P. . IV Conferência Internacional Greves e Conflitos Sociais - de 10 a 13 de julho - FFLCH/USP. 2018. (Congresso).

2.
LEITE, M. P. ; KREIN, J. D. ; ARAUJO, A. ; GUIMARAES, N. ; SEGNINI, L. ; RODRIGUES, I. J. ; MARCELINO, P. ; GUIMARAES, P. ; PRATES, Y. . VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho. 2013. (Congresso).

3.
MUSSE, R. ; MARCELINO, Paula ; BRAGA, R. ; SINGER, A. ; PRADO, E. ; PEREIRA, A. T. ; KURKDJIAN, A. ; DAVID, A. ; LIMA, B. D. T. C. ; SANTOS, E. A. C. ; MELLO, G. M. ; CARLOTTO, M. C. ; RODRIGUES, M. ; RIVETTI, U. . V Colóquio Internacional Marx e os marxismos. 2013. (Outro).

4.
MARCELINO, P. R. P.; BRAGA, R. ; MUSSE, R. ; PRADO, E. ; PAULANI, L. ; SECCO, L. ; RICÚPERO, B. . IV Colóquio Marx e os Marxismos. 2011. (Outro).

5.
AMORIM, E. R. A. ; AMORIM, H. J. D. ; ARIAS, S. ; BOITO JR., A. ; CAVALCANTI, S. M. ; CORRÊA, A. E. ; GALASTRI, L. ; GALVÃO, A. ; MARTUSCELLI, D. E. ; BIANCHI, A. ; MARCELINO, P. R. P. . VI Colóquio Internaqcional Marx Engels. 2009. (Outro).

6.
MARCELINO, P. R. P.; ARIAS, S. . Jornada 40 Anos de Maio de 1968. 2008. (Outro).

7.
MARCELINO, P. R. P.. V Colóquio Internacional Marx & Engels. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Francisco Prandi Mendes de Carvalho. CENTRAIS SINDICAIS E CRISE POLÍTICA NO BRASIL (2015-2017). Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Karolina Guedes de Oliveira. A precarização do trabalho feminino: uma análise das centrais sindicais brasileiras. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Camila Ribeiro Duarte Lisboa. A percepção dos usuários do metrô de São Paulo sobre as greves e ações sindicais. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
Mateus Moretti Gomes de Azevedo. Localização , consciência e práticas de classe: os petroleiros na Replan. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

5.
Adriana Marcolino. Balanço crítico da bibliografia sobre terceirização no Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Claudia Andrea González Cid. Flexibilidad y control: las trabajadoras a domicilio em el Chile neoliberal. Início: 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, Comisión Nacional de Investigación Científica y Tecnológica. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Supervisão de pós-doutorado
1.
Maria Dalva Casimiro da Silva. 2018. Universidade de São Paulo, . Paula Regina Pereira Marcelino.

Iniciação científica
1.
Lívia de Lucas Olivero. Mulheres e divisão sexual do trabalho no Brasil: uma revisão bibliográfica. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

2.
Mateus Alves de Mendonça. A influência das manifestações de junho de 2013 nas lutas e greves de trabalhadores sindicalizados de São Paulo (SP). 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

3.
Júlia Machini de Miranda. Reconstruindo a greve dos metroviários ? um estudo do movimento sindical e de sua estrutura. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, USP/FFLCH. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

4.
Francisco Prandi Mendes de Carvalho. O sindicalismo brasileiro nos governos do PT: um balanço crítico da bibliografia. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

5.
Tainá Holanda Caldeira Baptista. Greves de Trabalhadores rurais no governo Dilma. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Reitoria da Universidade de São Paulo. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

6.
Francisco Prandi Mendes de Carvalho. As centrais sindicais e os governos do PT: um balanço bibliográfico. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, USP/FFLCH. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

7.
Marcello Pocai Stella. As greves dos servidores públicos federais nos anos de governo Dilma. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo - Programa Ensinar com Pesquisa. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

8.
Thaís Silva dos Santos. As greves nos setores metalúrgico e bancário nos anos de governo Dilma. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo - Programa Ensinar com Pesquisa. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

9.
Carolina Verlengia Bertanha. Greves de Trabalhadores Terceirizados. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Santander. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

10.
Mateus Moretti Gomes de Azevedo. Greves dos Trabalhadores dos Correios e Petroleiros. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

11.
Matheus Nordon Preis. As organizações patronais e as greves no Brasil. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

12.
Yan Pereira Rego. A distribuição das greves brasileiras por central sindical. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

13.
Guilherme Montanholli. A esquerda sindical e as greves no Brasil. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.

14.
Mateus Henrique Pinho Pereira. As greves no setor de construção civil nos anos de governo Dilma. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo - Programa Ensinar com Pesquisa. Orientador: Paula Regina Pereira Marcelino.



Outras informações relevantes


1- Membro do comitê executivo da International Association Strikes and Social Conflicts desde maio de 2013. Demais membros: Raquel Varela (Portugal); Andréia Galvão (Brasil); Serge Wolikow (França); Sjaak van der Velden (Holanda); Alvaro Bianchi (Brasil); Geert van Goethem (Alemanha); Marcel van der Linden (Holanda); Xavier Domènech (Espanha); Giulia Stripoli (Itália); Cláudio Batalha (Brasil); Christian Devitto (Itália); Peyman Jafari (Índia); Maria Celia Cotarelo (Argentina).

2- Membro da direção da ABET (Associação Brasileira de Estudos do Trabalho) - gestão 2017/2018.

3- Entre os anos de 2003 e 2008 orientei aproximadamente 60 alunos de graduação em Administração na elaboração de trabalhos de conclusão de curso no Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa (IPEP-Campinas/SP). Eram trabalhos de caráter eminentemente técnico, envolvendo observação, coleta de dados, breve análise e elaboração de sugestões para resolução de problemas administrativos dos locais pesquisados.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 22:46:37