Climbiê Ferreira Hall

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1933659895174677
  • Última atualização do currículo em 15/08/2018


Atualmente (2017-) sou Professor Adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas, concursado na área de Taxonomia Vegetal. Sou bacharel em Ciências Biológicas (2003-2006) pela Universidade Federal de Goiás, onde trabalhei em áreas de campo rupestre, com foco em Orchidaceae. Cursei o Mestrado em Ecologia e Evolução (2007-2009) na mesma universidade, tendo trabalhado com biologia floral e reprodutiva de um grupo de orquídeas e ainda trabalhando com flora de Orchidaceae em campo rupeste. Realizei o doutorado em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente (2011-2015) no Instituto de Botânica com bolsa sanduíche de oito meses na Universidade de Gotemburgo (Suécia), utilizando Next Generation Sequencing e filogenia molecular como ferramentas para estudar os padrões biogeográficos e evolutivos da subtribo Zygopetalinae (Orchidaceae). Trabalhei como professor da Universidade Estadual Vale do Acaraú (2009-2010) ministrando disciplinas para os cursos de biologia e pedagogia. Atuei também como tutor e orientador do curso (EAD) de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia (2010-2011) da Universidade Federal de Goiás. Posteriormente, realizei um Pós-doc com bolsa do Programa de Capacitação Institucional do CNPq (2015-2017) no Museu Paraense Emílio Goeldi, realizando estudos com diversas famílias de Fanerógmas (especialmente Orchidaceae, Iridaceae e Cyperaceae). Dentre minhas linhas de pesquisa, destacam-se: taxonomia de fanerógamas, inventário de flora, filogenética, sistemática de Orchidaceae, fitossociologia, biologia floral e reprodutiva; com experiência em estudos da flora em diversos biomas brasileiros, especialmente Cerrado e Amazônia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Climbiê Ferreira Hall
Nome em citações bibliográficas
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS - Campus de Três Lagoas.
Av. Ranulpho Marques Leal, 3484
Distrito Industrial
79610100 - Três Lagoas, MS - Brasil
Telefone: (67) 996480204


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente.
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
com período sanduíche em Göteborgs Universitet (Orientador: Alexandre Antonelli).
Título: Sistemática filogenética, revisão taxonômica e análise citogenética do gênero Koellensteinia Rchb. f. (Orchidaceae), Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Fábio de Barros.
Coorientador: Fábio Pinheiro.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Filogenia; Next-generation sequencing; Citogenética; Orchidaceae; Zygopetalinae.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Sistemática Vegetal.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.
2007 - 2009
Mestrado em Ecologia e Evolução.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Orchidaceae da Serra de Caldas Novas,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Vera Lúcia Gomes Klein.
Coorientador: Fábio de Barros.
Bolsista do(a): Fundação de Apoio à Pesquisa, FUNAPE, Brasil.
Palavras-chave: Orchidaceae; Levantamento; Polinização; Cyrtopodium eugenii.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2003 - 2006
Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2000 - 2002
Ensino Médio (2º grau).
Centro Federal de Ensino Tecnológico do Estado de Goiás, CEFET-GO, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2017
Pós-Doutorado.
Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Formação Complementar


2016 - 2016
Researcher Connect. (Carga horária: 24h).
British Council, Inglaterra.
2013 - 2013
Estudos interdiscipl. em Bromeliaceae e Xyridaceae. (Carga horária: 10h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2012 - 2012
Paleolimnology as a tool for the study and....
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2012 - 2012
Filogenia de plantas através de caracteres morfológicos. (Carga horária: 45h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Fundamentos teóricos e aplicações da biologia molecular. (Carga horária: 90h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Latim instrumental para botânicos. (Carga horária: 60h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Citotaxonomia básica. (Carga horária: 45h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Sistemática molecular e reconstrução filogenética. (Carga horária: 60h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Taxonomia e distribuição de plantas epífitas. (Carga horária: 60h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Nomenclatura taxonômica vegetal. (Carga horária: 45h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2011 - 2011
Genética de populações aplicadas ao estudo da biodiversidade e especiação. (Carga horária: 90h).
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Formação de Orientadores Acadêmicos e Tutores. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2008 - 2008
Capacitação da Rede de Parcelas Permanentes do .... (Carga horária: 70h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2008 - 2008
Atualidades em fitossociologia. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
2008 - 2008
Ecologia de campo. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Métodos para quantificar a diversidade biológica. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Ecologia e evolução: conceitos e epistemologia. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Biologia reprodutiva de plantas. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Métodos estatísticos em ecologia e evolução. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Biologia floral. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Ecologia de comunidades. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Identificação, amostragem e aspectos ecológicos da vegetação do Cerrado. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Dinâmica da produção e da avaliação científica. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2007 - 2007
Ecologia de populações. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2006 - 2006
Programa BRAHMS para informatização do Herbário. (Carga horária: 25h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2005
O problema dos taxonomistas com enfoque na coleta. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2005
Técnicas de coletas, manutenção de material botâni. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2005
Cladística sob uma ótica evolutiva. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2005
Aspectos Morfológicos e Taxonômicos da Sapindaceae. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2004 - 2004
Quêloneos do Cerrado. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2004 - 2004
Produção de orquídeas. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
2004 - 2004
Técnicas multivariadas em ecologia. (Carga horária: 9h).
Universidade Estadual de Goiás, UEG, Brasil.
2003 - 2003
Animais Peçonhentos. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2003 - 2003
Macroecologia. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2003 - 2003
Taxidermia. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.


Atuação Profissional



Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando com bolsa PCI/DB, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa do Programa de Capacitação Institucional (PCI) para doutores com menos de dois anos de formado (DB)

Atividades

2015 - 2017
Pesquisa e desenvolvimento , Diretoria, Coordenação de Botânica.

2015 - 2017
Ensino, Ciências Biológicas: Botânica Tropical, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Morfologia externa de Fanerógamas (carga horária: 60hs; ano: 2016)
Morfologia externa de Fanerógamas (carga horária: 60hs; ano: 2017)
Seminários Gerais
Taxonomia e História Natural das Angiospermas (carga horária: 40hs; ano: 2017)

Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor Orientador, Enquadramento Funcional: Professor Orientador, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Orientador do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Orientação de monografias na área de Educação Ambiental.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor (Tutor a distância), Carga horária: 20
Outras informações
Professor (Tutor a distância) do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Módulo Introdutório - Disciplina de Fundamentos de Ciência Tecnologia e Cidadania.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor (Tutor a distância), Carga horária: 20
Outras informações
Professor (Tutor a distância) do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Módulo I - Disciplina de Fundamentos de Bioquímica.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor (Tutor a distância), Carga horária: 20
Outras informações
Professor (Tutor a distância) do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Módulo I - Disciplina de Introdução à Genética e Biologia Molecular.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor (Tutor a distância), Enquadramento Funcional: Professor (Tutor a distância), Carga horária: 20
Outras informações
Professor (Tutor a Distância) do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Módulo II - Disciplina de Seminário de integração 2.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor (Tutor a distância), Carga horária: 20
Outras informações
Professor (Tutor a Distância) do curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia. Módulo 3 - Disciplina de Seminário de integração 3.

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Mestrando

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágiário, Carga horária: 12

Atividades

2010 - 2011
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

Linhas de pesquisa
Educação Ambiental
2003 - 2010
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

2007 - 2009
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.


Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA-CE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Biologia dos Microorganismos", para o curso de licenciatura plena em biologia, no município de Anápolis-GO, com carga horária total do módulo de 60 horas.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Anatomia e Fisiologia Humana e Comparada", para o curso de licenciatura plena em biologia, no município de Goiânia-GO, com carga horária total do módulo de 60 horas.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Didática das Ciências", para o curso de licenciatura plena em pedagogia, no município de Goiânia-GO, com carga horária total do módulo de 30 horas.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Os Conteúdos Principais das Ciências nos Parâmetros Curriculares Nacionais", para o curso de licenciatura plena em pedagogia, no município de Goiânia-GO, com carga horária total do módulo de 40 horas.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Conteúdos fundamentais para o ensino de ciências no ensino fundamental", para o curso de licenciatura plena em pedagogia, no município de Jataí-GO, com carga horária total do módulo de 60 horas.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Morfologia vegetal", para o curso de licenciatura plena em biologia, no município de Jataí-GO, com carga horária total do módulo de 60 horas.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor do módulo de "Didática das ciências", para o curso de licenciatura plena em pedagogia, no município de Goiânia-GO, com carga horária total do módulo de 30 horas.


Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Doutorando

Atividades

2011 - 2015
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão do Jardim Botânico de São Paulo, Seção de Orquidário do Estado.


Göteborgs Universitet, GU, Suécia.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Doutorado Sanduíche, Enquadramento Funcional: Guest PhD Student


Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Campus de Três Lagoas. Concurso na área de Taxonomia Vegetal.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas - Licenciatura (0788), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atividades Complementares
Prática de Ensino em Fanerógamas (34 hs)
Estudos de Campo de Ecossistemas Brasileiros (68 hs)
Estágio Obrigatório em Ciências Físicas e Biológicas II
Estágio Obrigatório em Biologia II
Biologia e Sistemática de Fanerógamas II (51 hs)
01/2018 - Atual
Direção e administração, UFMS - Campus de Três Lagoas, .

Cargo ou função
Membro do colegiado do Curso de Ciências Biológicas (designado pela IS nº 441, 07/11/2017).
07/2018 - 07/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Membro da comissão do processo seletivo do programa de monitoria de ensino de graduação do Campus de Três Lagoas da UFMS (designado pela IS Nº 271, 09/07/2018).
02/2018 - 06/2018
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia e Sistemática de Fanerógmas I (51 hs)
Conservação e Educação Ambiental (34 hs)
Ecologia I (51 hs)
03/2018 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Membro de Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração dos candidatos autodeclarados pretos e pardos, da 5ª chamada de graduação da UFMS, Campus Três Lagoas, que ingressaram pelo SISU ou vestibular (IS nº 73, 07/03/2018, banca dia 08/03/2018).
02/2018 - 02/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Presidente de Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração dos candidatos autodeclarados pretos e pardos, da 3ª chamada de graduação da UFMS, Campus Três Lagoas, que ingressaram pelo SISU ou Vestibular (IS nº 50, 09/02/2018, banca dia 22/02/2018).
02/2018 - 02/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Membro de Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração dos candidatos autodeclarados pretos e pardos, da 1ª chamada de graduação da UFMS, Campus Três Lagoas, que ingressaram pelo SISU (IS nº 17, 31/01/2018, banca dia 02/02/2018).
02/2018 - 02/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Presidente de Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração dos candidatos autodeclarados pretos e pardos, da 3ª chamada de graduação da UFMS, Campus Três Lagoas, que ingressaram pelo SISU ou Vestibular (IS nº 63, 23/02/2018, banca dia 23/02/2018).
01/2018 - 02/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFMS, Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFMS.

Cargo ou função
Membro de Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração dos candidatos autodeclarados pretos e pardos, da 1ª chamada de graduação da UFMS, Campus Três Lagoas, que ingressaram pelo SISU (IS nº 5, 24/01/2018, banca dia 30/01 a 01/02/2018).
08/2017 - 12/2017
Ensino, Ciências Biológicas - Licenciatura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia e Sistemática de Fanerógamas II (51 hs)
Prática de Ensino de Biologia Celular (34 hs)
Prática de Ensino de fanerógamas (34 hs)


Linhas de pesquisa


1.
Educação Ambiental
2.
Biologia Floral e Reprodutiva
3.
Florística de Angiospermas
4.
Florística de Orchidaceae
5.
Fitossociologia
6.
Citogenética de Orchidaceae
7.
Filogenia de Orchidaceae
8.
Taxonomia de Orchidaceae
9.
Florística de Angiospermas
10.
Sistemática de Orchidaceae
11.
Taxonomia de Cyperaceae
12.
Taxonomia de Iridaceae


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
A família Cyperaceae Juss. nos arredores do Ribeirão Palmito, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
Descrição: A família Cyperaceae possui distribuição cosmopolita, com 109 gêneros e ca. 5.500 espécies, sendo a terceira maior família entre as Monocotiledôneas e a décima entre as Angiospermas no Neotrópico. No Mato Grosso do Sul são registrados 21 gêneros e 183 espécies, porém, historicamente poucos foram os estudos com Cyperaceae importantes para o Mato Grosso do Sul, sendo inexistentes no município de Três Lagoas. Os estudos de flora realizados em áreas de Três Lagoas apresentam em conjunto apenas nove espécies de Cyperaceae, o que provavelmente está longe da diversidade real da família no município. Assim, o objetivo do presente estudo é realizar o tratamento taxonômico das espécies de Cyperaceae presentes nos arredores do Ribeirão Palmito localizado no município de Três Lagoas-MS. O Ribeirão Palmito é um afluente do Rio Paraná, que possui curso d?água principal com cerca de 44 km de comprimento e possui ainda em suas margens, vegetação de mata de galeria, campo úmido, vereda e cerrado. Serão realizadas coletas mensais à área de estudo e todo material será depositado no Herbário do Campus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (HERBA-UT/CPTL), e adicionalmente, serão consultadas amostras presentes em outros herbários, especialmente o CGMS. Serão elaboradas chave de identificação, descrições, ilustrações, fotos, comentários, e avaliação do estado de conservação das espécies de Cyperaceae da área de estudo. Esse projeto foi contemplado com uma bolsa de iniciação científica (PIBIC/CNPq) e está sendo executado pelo graduando Felipe Martins Pereira, sob minha orientação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Climbiê Ferreira Hall - Coordenador / Felipe Martins Pereira - Integrante.
2018 - Atual
Taxonomia, biossistemática e ecologia da flora de Mato Grosso do Sul e estados vizinhos
Descrição: O estado de Mato Grosso do Sul apresenta quatro domínios fitogeográficos em seu território: Chaco e Pantanal no Oeste do estado, Mata Atlântica no Sudeste, e Cerrado em cerca de 60% do estado. Realizar um inventário da flora de Mato Grosso do Sul apresenta um problema histórico. Como o estado só foi emancipado de Mato Grosso em 1977, vouchers de herbário e a literatura botânica anterior a esse ano refere-se apenas a ?Mato Grosso?. Dentre os estados da região Centro-Oeste, o Mato Grosso do Sul é o estado com o menor número de espécies, apesar disso, a falta de conhecimento da flora do estado fica evidente quando se compara o número de espécies conhecidos atualmente com o que era registrado em 2010. O município de Três Lagoas está localizado no nordeste do estado de Mato Grosso do Sul e assim apresenta a particularidade de estar na fronteira com o estado de São Paulo, e próximo aos estados de Goiás e Mato Grosso. Estudos taxonômicos no Mato Grosso do Sul e estados vizinhos, subsidiariam melhores estratégias de conservação das espécies e manejo das unidades de conservação, especialmente se aliados à estudos biossistemáticos e ecológicos. Assim, o presente projeto pretende realizar estudos taxonômicos e florísticas com famílias botânicas selecionadas no Mato Grosso do Sul e estados vizinhos, desenvolvendo estudos biossistemáticos e ecológicos complementares, e formando novos recursos humanos em botânica na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas. Endereço para o grupo de pesquisa: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9110697345802902.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Climbiê Ferreira Hall - Coordenador / Josué Bispo da Silva - Integrante / José Ragusa-Netto - Integrante / Taiany Conte Bianchi do Prado - Integrante / Felipe Martins Pereira - Integrante / Mariane Zambone Sakuma - Integrante.
2018 - Atual
A família Malvaceae Juss. nos arredores do Ribeirão Palmito, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
Descrição: A família Malvaceae possui distribuição cosmopolita, com cerca de 250 gêneros e mais de 4200 espécies, sendo 73 gêneros e 783 espécies ocorrentes no Brasil. No Mato Grosso do Sul são registradas 149 espécies, porém, historicamente poucos foram os estudos com Malvaceae importantes para o Mato Grosso do Sul, sendo inexistentes no município de Três Lagoas. Assim, este projeto tem como objetivo realizar o tratamento taxonômico das espécies de Malvaceae presentes nos arredores do Ribeirão Palmito localizado no município de Três Lagoas-MS. O Ribeirão Palmito é um afluente do Rio Paraná que possui em suas margens, vegetação de mata de galeria, campo úmido, vereda e cerrado. Coletas mensais serão realizadas nas fitofisionomias ao longo do ribeirão, o que irá contribuir para incremento da coleção do Herbário do Campus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (HERBA-UT/CPTL). Serão elaboradas chave de identificação, descrições, ilustrações, fotos, comentários, e avaliação do estado de conservação das espécies de Malvaceae da área de estudo. Esse projeto foi contemplado com uma bolsa de iniciação científica (PIBIC/UFMS) e está sendo executado pela graduanda Taiany Conte Bianchi do Prado, sob minha orientação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Climbiê Ferreira Hall - Coordenador / Taiany Conte Bianchi do Prado - Integrante.
2018 - Atual
Destino de sementes de espécies arbóreas do Cerrado
Descrição: A predação e a dispersão de sementes são processos ecológicos importantes nos trópicos por influenciar a estrutura das comunidades vegetais. Essas interações são efetuadas por uma elevada diversidade de organismos invertebrados e vertebrados e estão sob efeito da sazonalidade, tipo de hábitat, tamanho, diversidade e densidade de sementes disponíveis. Esse estudo tem como objetivo avaliar o destino de sementes de espécies do cerrado conforme fatores supramencionados. Dessa forma, iremos amostrar a predação e remoção pré-dispersão, bem simular experimentalmente a deposição de sementes ao longo de trilhas dispostas no interior e borda de remanescentes de cerrado, de reservas naturais, em diferentes estações do ano. Avaliaremos os padrões de mortalidade densidade-distância dependente utilizando equação alométrica e analisaremos as taxas de predação, dispersão e estocagem por roedores. Os valores de cada destino das sementes serão considerados em proporções e transformados (raiz do arco-seno). As comparações estatísticas se darão através de análise de variância multivariada (MANOVA). Esperamos obter esclarecimentos sobre as variações espaço-temporais quanto à sobrevivência das sementes e respectivas implicações sobre a regeneração de espécies arbóreas do cerrado. Grupo de pesquisa: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4499966755279314.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2018
Estudos taxonômicos e biossistemáticos da flora da região metropolitana de Belém, Pará, Brasil
Descrição: A região metropolitana de Belém (RMB), localizada no nordeste do estado do Pará (Brasil), é composta por sete municípios. A RMB sofre com grande urbanização, diminuindo a cobertura vegetal original e fragmentando as florestas remanescentes. Um simples levantamentos de espécies nos herbários mostra várias espécies que atualmente não existem ou são raras na região, consequência principalmente da perda de habitats. Apesar da fácil logística para realização de trabalhos taxonômicos e biossistemáticos, poucos são os tratamentos realizados para famílias específicas para a RMB. Estudos taxonômicos na RMB, subsidiariam melhores estratégias de conservação das espécies e manejo das unidades de conservação, especialmente se aliados a estudos biossestemáticos, como os de anatomia vegetal e biologia floral. Assim, o presente projeto pretende realizar o tratamento taxonômico de famílias botânicas selecionadas da região metropolitana de Belém e desenvolver estudos biossistemáticos complementares com os grupos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Cyperaceae Juss. no estado do Pará: incremento de acervos, taxonomia e conservação
Descrição: A Amazônia brasileira é apontada como uma das áreas mais biodiversas do planeta e, em detrimento de sua importância, constitui uma grande lacuna de conhecimento botânico para o Brasil. O baixo conhecimento sobre a flora amazônica é influenciado pela amostragem quantitativamente baixa e espacialmente concentrada, e pela carência de estudos e de botânicos, principalmente taxonomistas. Coleções de herbários representativas e bem identificadas são primordiais para embasar quaisquer estudos de flora ou planejamento de manejo e conservação dos recursos vegetais. Apesar do Pará ser essencialmente amazônico, o estado apresenta cobertura vegetal marcada por sua heterogeneidade fisionômica e paisagística, e ainda apresenta parco conhecimento sobre sua composição florística. Assim, torna-se evidente a necessidade de novas expedições, em localidades pouco coletadas, visando o incremento dos acervos botânicos paraenses, e principalmente uma reavaliação das coleções de herbário por especialistas. Cyperaceae, a terceira maior família dentre as monocotiledôneas, apresenta no Pará, 25 gêneros, comportando 174 espécies. Estes números não refletem a real diversidade de Cyperaceae no estado, já que os herbários paraenses abrigam muitas exsicatas mal determinadas e/ou indeterminadas, com muitos nomes desatualizados ou perpetuados de forma equivocada. Diante dos fatos, estamos propondo avaliar, atualizar e divulgar o conhecimento taxonômico sobre as Cyperaceae ocorrentes no estado do Pará. Buscando elucidar a riqueza, taxonomia, padrões de distribuição e estado de conservação das espécies, por meio da compilação das Cyperaceae dos herbários paraenses (HBRA, HCJS, HSTM, IAN, MFS e MG) e novas coletas, especialmente em fitofisionomias abertas do estado. Espera-se com isso, um incremento significativo das coleções dos herbários paraenses, resoluções de questões taxonômicas na família Cyperaceae, contribuir para a Flora do Brasil 2020 e ainda avaliar o estado de conservação das espécies, na tentativa de munir os órgãos governamentais e empresas, de informações mais precisas sobre a flora paraense, como subsídio para conservação dos recursos naturais no estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Flora do Brasil Online 2020
Descrição: O projeto da Flora do Brasil 2020, que objetiva cumprir a Meta 1 estabelecida pela GSPC-CDB para 2020, com a divulgação de descrições, chaves de identificação e ilustrações para todas as espécies de plantas, algas e fungos conhecidos para o país. O projeto Flora do Brasil 2020 é parte integrante do Programa Reflora e está sendo realizado com o apoio do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr). Conta no momento com quase 700 pesquisadores trabalhando em rede para a elaboração das monografias. Esses pesquisadores também são responsáveis por informações nomenclaturais e distribuição geográfica (abrangência no Brasil, endemismo e Domínios Fitogeográficos), além de incluírem dados valiosos sobre formas de vida, substrato e tipos de vegetação para as espécies monografadas. Os resultados das buscas nesta página também incluem informações sobre as espécies ameaçadas da nossa flora (devido à cooperação com o Centro Nacional de Conservação da Flora) e possibilitam acesso ao Index Herbariorum (devido à cooperação do The New York Botanical Garden). Além dessas informações, os usuários também podem ter acesso a imagens de exsicatas, inclusive de tipos nomenclaturais, provenientes tanto do Herbário Virtual Reflora, como do INCT Herbário Virtual da Flora e dos Fungos; bem como a imagens de plantas vivas e de ilustrações científicas, sendo todas as imagens incluídas pelos especialistas de cada grupo. Como resultado dos meus esforços no projeto de pesquisa, já estão disponíveis on-line gêneros de Iridaceae, Euphorbiaceae e Phyllanthaceae. Gêneros de Orchidaceae e Cyperaceae dos quais eu sou um dos responsáveis ainda estão em andamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2018
Flora e Florística dos campos rupestres de canga da Serra do Carajás, Pará, Brasil
Descrição: A Serra dos Carajás localiza-se na região sudeste do estado do Pará, e abrange peculiares formações rupestres ferríferas, denominadas canga, que se distribuem como platôs de altitude entre 600 e 800m. Essas áreas sustentam uma vegetação savânica altamente especializada, marcada pelo alto índice de endemismo vegetal. Desde o final da década de 1960, botânicos do Museu Paraense Emílio Goeldi realizaram coletas botânicas nessa região, contribuindo para o construção de um expressivo acervo dessa flora no herbário MG. Outros herbários brasileiros, como o RB e BHCB também abrigam importantes coleções botânicas da Serra dos Carajás. Entretanto, a peculiar flora dessa região ainda não foi sistematicamente estudada, apesar do crescente avanço de atividades de mineração em Carajás. A atividade de mineração, pelo seu impacto ao meio ambiente, exige uma base informacional dinâmica e atualizada sobre a biodiversidade da área explorada ou a ser explorada e do seu entorno. O projeto tem por objetivo resgatar as informações e constituir uma base informacional sobre a flora das áreas de canga da região de Carajás, integrando o acervo do Museu Goeldi e de outros herbários com novas coletas. Os dados obtidos poderão subsidiar processos de licenciamento, avaliação de impactos e diretrizes para conservação e recomposição florística de áreas degradadas. Será realizado o levantamento das informações existentes nos acervos que concentram coleções de Carajás, a formação de banco de dados e a atualização taxonômica das coletas. Paralelamente serão realizadas coletas na mesma região, visando à elaboração de uma lista florística atualizada de Carajás. Essa etapa conta com o apoio de especialistas nas diversas famílias estudadas, e pertencentes a várias instituições brasileiras. Como produtos, serão reunidos dados taxonômicos atualizados e autenticados para a flora das cangas da Serra dos Carajás, os quais serão organizados, integrados e publicados, como tratamentos taxonômicos, por família, na revista Rodriguésia, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Como resultado do projeto de pesquisa sou autor de quatro artigos publicados: 1) HALL, C.F. 2016.Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Proteaceae. Rodriguésia 67: 1463-1465. 2) HALL, C.F.; Gil, A.S.B. 2016.Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Alismataceae. Rodriguésia 67: 1195-1199. 3) HALL, C.F.; GIL, A.S.B. 2016. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Hydrocharitaceae. Rodriguésia 67: 1367-1371. 4) GOMES-KLEIN, V.L. et al. 2016. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Cucurbitaceae. Rodriguésia: 67: 1319-1327. Outros três trabalhos estão aceitos: 1) HALL, C.F.; Gil, A.S.B. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Anacardiaceae. 2) HALL, C.F.; MEIRELLES, J. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Siparunaceae. 3) HALL, C.F. et al. 2016. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Oxalidaceae..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2018
A aplicação do sequenciamento em larga escala em sistemática molecular: um estudo focado em Zygopetalinae (Orchidaceae)
Descrição: Estudos filogenéticos envolvendo abordagens moleculares multi-loci ainda são raros no Brasil, mas deverão aumentar substancialmente nos próximos anos. Em qualquer estudo filogenético, a robustez das análises depende da quantidade de genes utilizados. Técnicas de sequenciamento em larga escala (Next Generation Sequencing - NGS) resolvem os principais problemas das abordagens multi-loci, porque possuem baixo custo por base sequenciada. A subtribo Zygopetalinae (Orchidaceae) possui cerca de 450 espécies distribuídas em 36 gêneros. O grupo apresenta distribuição Neotropical, ocorrendo desde o sul do México até o norte da Argentina. O Brasil possui 23 gêneros e 104 espécies, sendo que metade dessas ocorrem na Região Norte do país. A filogenia molecular de Whitten confirmou que a subtribo é monofilética, no entanto o estudo usou apenas três marcadores genéticos e focou sua amostragem principalmente no clado de Huntleya; assim, as relações entre os gêneros dentro do clado de Zygopetalum continuaram incertas, mesmo com a indicação de que vários gêneros não são monofiléticos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2015
Sistemática filogenética, revisão taxonômica e análise citogenética do gênero Koellensteinia Rchb. f. (Orchidaceae)
Descrição: O gênero Koellensteinia Rchb. f. (Orchidaceae) possui cerca de 17 espécies distribuídas pela América do Sul, com centro de dispersão no Brasil. O grupo possui diversas incertezas taxonômicas relacionadas à delimitação de suas espécies e, até mesmo, circunscrição do próprio gênero. Estudos filogenéticos recentes indicam que Koellensteinia não compõe um grupo monofilético, e sua relação com gêneros próximos como Aganisia, Paradisanthus e Otostylis ainda é incerta. Este projeto tem como objetivos principais fazer uma revisão taxonômica de Koellensteinia e elaborar uma hipótese filogenética para o grupo, numa tentativa de esclarecer as relações evolutivas do gênero dentro da subtribo Zygopetalinae. Além disso, o número cromossômico das espécies utilizadas será determinado e a evolução cariotípica do grupo será discutida num contexto filogenético. Como resultado do projeto de pesquisa foram publicados os trabalhos: HALL, C.F.; KOCH, A.K.; VIEIRA, T.L.; BARROS, F. Koellensteinia dasilvae sp. nov. (Zygopetalinae ? Orchidaceae) from the Brazilian Amazon. Nordic Journal of Botany, Early View. 2015. HALL, C.F.; BARBERENA, F.F.V.A.; QUEIROZ, S.; RODRIGUES, V.T.; KOCH, A.K.; BARROS, F. Brazilian species of the subtribe Zygopetalinae (Orchidaceae). Field guide. Field Museum. 2015..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Levantamento florístico e fitossociológico de uma área de cerrado sensu stricto em uma reserva no município de Silvânia, Goiás
Descrição: Cerrado sensu stricto é uma formação caracterizadas por plantas arbustiva-arbóreas, abertas, com árvores e arbustos tortuosos e espaçados, de casca grossa, folhas grandes, escleromorfas. É constituído por aproximadamente 300-450 espécies de plantas vasculares por hectare, atrás apenas das florestas tropicais úmidas. Estudos florísticos e fitossociológicos relativos ao cerrado sensu stricto têm apontado um bom conhecimento sobre essa vegetação, contudo carecem ainda de alguns dados, visto a grande distribuição espacial das espécies. Desse modo, o objetivo deste projeto é realizar um levantamento florístico e fitossociológico de uma área de cerrado sensu stricto na reserva FLONA no município de Silvânia, Goiás. Como resultado do projeto de pesquisa foram publicados dois artigos: 1) Flora fanerogâmica da Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. Enciclopédia Biosfera, v.8, n.14. 2012. 2) Composição florística e estrutura fitossociológica de áreas de campo sujo e cerrado sentido restrito na Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. Insula, 41: 42-58. 2012..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Biologia floral e reprodutiva e efeitos da herbivoria floral no sucesso reprodutivo de Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. (Orchidaceae)
Descrição: Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. possui ampla distribuição no território brasileiro, com ocorrência concentrada na região Centro-Oeste do país. A herbivoria floral é definida como qualquer tipo de dano por consumo nos botões florais ou flores maduras antes do desenvolvimento das sementes. Esta pode ter efeitos diretos (consumo de estruturas sexuais) e indiretos (redução da atratividade da flor ao polinizador) sobre o sucesso reprodutivo da planta. Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. (Orchidaceae) é uma espécie melitófila que não oferece recompensa ao seu polinizador, sendo polinizada por engodo, e por isso tem uma baixa produção de frutos. A fenologia, morfologia floral, biologia floral e biologia reprodutiva de C. eugenii foram estudadas em populações localizadas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCAN), Estado de Goiás, Brasil. Além disso, verificou-se os níveis de herbivoria natural ocorrentes nas flores de C. eugenii em seu hábitat natural, além de avaliar os efeitos indiretos da herbivoria floral na reprodução de C. eugenii, através de um experimento manipulativo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
A família Orchidaceae no Município de Caldas Novas, Goiás, Brasil
Descrição: O Brasil possui 235 gêneros e 2.419 espécies de orquídeas, das quais 666 ocorrem no Bioma Cerrado. O município de Caldas Novas está localizado no sudeste do estado de Goiás e tem no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCAN) a sua área com vegetação melhor preservada. Com o objetivo de inventariar as espécies de Orchidaceae ocorrentes no município, foram realizadas coletas mensais, durante o ano de 2008. Paralelamente aos trabalhos de campo foram realizados levantamentos nos herbários CEN, IBGE, UB e UFG. foram produzidas: chave de identificação, descrições morfológicas, comentários e ilustrações das espécies. Como resultado do projeto de pesquisa foram publicados os trabalhos: HALL, C.F.; GOMES-KLEIN, V.L.; BARROS, F. Orchidaceae no município de Caldas Novas, Goiás, Brasil. Rodriguésia, 64(4): 685-704. 2013. HALL, C.F.; FRANCENER, A.; MARTINS, C.O.; GOMES-KLEIN, V.L.; BARROS, F. Orchidaceae of the municipality of Caldas Novas, state of Goiás, Brazil. Field guide. Field Museum. 2015..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Florística em áreas de extração de níquel da Empresa Anglo American, Barro Alto, Goiás
Descrição: O Cerrado é um dos hotspots mundiais de diversidade e constitui o 2º maior bioma do Brasil, sendo Goiás o estado em que se encontra a maior porção da área do Bioma. Os complexos Goianos de rochas e solos ultramáficos são importantes economicamente, por causa da mineração de minerais associados a uma geologia ultramáfica, como: talco, cromita, magnesita e minério de níquel. Na natureza existem espécies que são tolerantes ao níquel, chegando a acumular grandes quantidades deste elemento, e existem espécies que não são tolerantes. Por isso, a flora encontrada em áreas próximas geograficamente, porém com geologias diferentes, podem exibir grandes diferenças. O presente estudo tem como objetivo principal verificar a composição florística de áreas com alto teor de níquel (com potencial de extração mineral) e áreas com baixo teor de níquel (sem potencial de extração) nas propriedades da empresa Anglo American no município de Barro Alto, Goiás, Brasil. Como resultado da pesquisa, foram publicados um livro intitulado "Plantas", assim como um material em cd para formação de professores, integrando a coleção "A biodoversidade vai para a escola"..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Rodriguésia (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Hoehnea
2015 - Atual
Periódico: Post Doc Journal
2017 - Atual
Periódico: PeerJ


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Angiospermas.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Orchidaceae.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Sistemática Vegetal.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Florística.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Biologia Floral e Reprodutiva de Plantas.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Educação Ambiental.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2006
2o Melhor pôster da XVII Semana do ICB, UFG.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BARROS, F.2018BARROS, F. ; HALL, C. F. ; PAIVA NETO, V. B. ; BATISTA, J. A. N. . Check-list das Orchidaceae do estado de Mato Grosso do Sul, Brasil. IHERINGIA SERIE BOTANICA, v. 73, p. 287-296, 2018.

2.
KOCH, ANA KELLY2018KOCH, ANA KELLY ; MIRANDA, JESIANE CARDOSO ; HALL, CLIMBIÊ FERREIRA . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Orchidaceae. Rodriguesia, v. 69, p. 165-188, 2018.

3.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2017HALL, C. F.; GIL, A. S. B. ; Bittrich, V. ; Amaral, M. C. E. . Typification of the neglected species Neomarica brachypus (Iridaceae). Kew Bulletin (online), v. 72, p. 1, 2017.

4.
GIL, A. S. B.2017GIL, A. S. B. ; HALL, C. F. ; KOCH, A. K. ; Bittrich, V. ; Amaral, M. C. E. . Two new species of Neomarica (Trimezieae, Iridoideae, Iridaceae) from Southeast Brazil. Phytotaxa (Online), v. 299, p. 199-210, 2017.

5.
VIEIRA, T. L.2017VIEIRA, T. L. ; HALL, C. F. ; BARROS, F. . First record of Triphora Nutt. (Orchidaceae) for Northeastern Brazil. HOEHNEA, v. 44, p. 246-250, 2017.

6.
HALL, C. F.2017HALL, C. F.; GIL, A. S. B. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Anacardiaceae. Rodriguesia, v. 68, p. 911-916, 2017.

7.
HALL, C. F.2017HALL, C. F.; MEIRELLES, J. ; FIASCHII, P. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Oxalidaceae. Rodriguesia, v. 68, p. 1067-1071, 2017.

8.
HALL, C. F.2017HALL, C. F.; MEIRELLES, J. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Siparunaceae. Rodriguesia, v. 68, p. 1151-1153, 2017.

9.
GIL, A. S. B.2016 GIL, A. S. B. ; HALL, C. F. ; Bittrich, V. ; Amaral, M. C. E. . Neomarica sergipensis sp. nov. (Trimezieae-Iridaceae) from the Brazilian Atlantic Forest. Nordic Journal of Botany, p. 559-564, 2016.

10.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2016HALL, C. F.; GIL, A. S. B. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Hydrocharitaceae. Rodriguésia (Online), v. 67, p. 1367-1371, 2016.

11.
ALMEIDA, R. F.2016ALMEIDA, R. F. ; HALL, C. F. . Taxonomic Revision of Coleostachys (Malpighiaceae). Phytotaxa (Online), v. 277, p. 77-84, 2016.

12.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2016HALL, C. F.; GIL, A. S. B. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Alismataceae. Rodriguésia (Online), v. 67, p. 1195-1199, 2016.

13.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2016HALL, C. F.. Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Proteaceae. Rodriguésia (Online), v. 67, p. 1463-1465, 2016.

14.
GOMES-KLEIN, V. L.2016GOMES-KLEIN, V. L. ; HALL, C. F. ; GIL, A. S. B. . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Cucurbitaceae. Rodriguésia (Online), v. 67, p. 1319-1327, 2016.

15.
KOCH, ANA KELLY2016KOCH, ANA KELLY ; HALL, CLIMBIÊ FERREIRA ; SMIDT, ERIC ; ALMEIDA, AUDIA BRITO RODRIGUES DE ; BOLSON, MÔNICA ; SILVA, CELICE ALEXANDRE . First record of the genus Tropidia Lindl. (Orchidaceae) for Brazil. Hoehnea, v. 43, p. 521-528, 2016.

16.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2015 HALL, C. F.; KOCH, A. K. ; VIEIRA, T. L. ; BARROS, F. . Koellensteinia dasilvae sp. nov. (Zygopetalinae ? Orchidaceae) from the Brazilian Amazon. Nordic Journal of Botany, v. EV, p. 1-EV-4-EV, 2015.

17.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2014HALL, C. F.; KOCH, A. K. ; FRANCENER, A. ; BARROS, F. . First record of the genus Cranichis Sw. (Orchidaceae) for the state of Pará, Brazil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Naturais, v. 9, p. 233-236, 2014.

18.
FRANCENER, A.2014FRANCENER, A. ; FERNANDES-JUNIOR, A. J. ; DANTAS-QUEIROZ, M. V. ; HALL, C. F. . Nymphoides grayana (Griseb.) Kuntze: First record of Menyanthaceae for the state of Tocantins. Check List (São Paulo. Online), v. 10, p. 1538-1540, 2014.

19.
HALL, C. F.;HALL, CLIMBIÊ FERREIRA2013 HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Orchidaceae no município de Caldas Novas, Goiás, Brasil. Rodriguésia (Online), v. 64, p. 685-704, 2013.

20.
BARROS, F.2012BARROS, F. ; HALL, C. F. . Novo sinônimo para o gênero Acianthera e novas combinações em Pabstiella (Pleurothallidinae: Orchidaceae). Orquidario (Rio de Janeiro), v. 26, p. 27-32, 2012.

21.
SANTOS, M. V.2012SANTOS, M. V. ; HALL, C. F. . Aceitação das sacolas ecológicas em substituição das sacolas plásticas no Município de Fernandópolis ? SP. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 990-995, 2012.

22.
FRANCENER, A.2012FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; PORFIRIO JUNIOR, E. D. ; ARAÚJO, W. S. . Flora fanerogâmica da Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 1263-1277, 2012.

23.
ARAÚJO, W. S.2012 ARAÚJO, W. S. ; PORFIRIO JUNIOR, E. D. ; FRANCENER, A. ; HALL, C. F. . Composição florística e estrutura fitossociológica de áreas de campo sujo e cerrado sentido restrito na Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. Ínsula (Florianópolis), v. 41, p. 42-58, 2012.

24.
MEIRELES, G. C.2012MEIRELES, G. C. ; HALL, C. F. . O despertar de valores ecológicos nas escolas: conhecer e preservar o Cerrado por meio da pesquisa de campo. Enciclopédia Biosfera, v. 8, p. 2150-2157, 2012.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LIMA, F. P. ; HALL, C. F. ; FRANCENER, A. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Plantas. Goiânia: UFG : FUNAPE : Anglo American, 2010. 56p .

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
HALL, C. F.. O sexo das orquídeas - biologia da polinização na família Orchidaceae. In: I ORQUINAT - Encontro sobre orquídeas nativas e adaptadas ao cerrado brasileiro, 2011, Chapadão do Sul - MS. Anais do I ORQUINAT - Encontro sobre orquídeas nativas e adaptadas ao cerrado brasileiro, 2011.

2.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Biologia reprodutiva de Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. (Orchidaceae). In: 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. Resumos do 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009.

3.
FERREIRA, J. M. G. ; HALL, C. F. ; MARTINS, C. O. . Distribuição da entomofauna associada a Solanum Lycocarpum St. Hill. (Solanaceae) em duas áreas de pastagem em Goiânia, Goiás. In: III Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - III COMPEEX, 2006, Goiânia. Resumos do III COMPEEX, 2006.

4.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. C. . Levantamento Preliminar da Família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. In: III Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - III CONPEEX, 2006, Goiânia. Resumos do III CONPEEX, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
HALL, C. F.; BARROS, F. . Nova ocorrência de Koellensteinia eburnea (Barb.Rodr.) Schltr. (Orchidaceae) para o estado do Mato Grosso do Sul. In: XI Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014, Salvador. Anais do XI Congreso Latinoamericano de Botánica, 2014.

2.
HALL, C. F.; ABREU, N. L. ; SOUZA, F. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. ; ANTONELLI, A. . The promises and challenges of next-generation sequencing in molecular systematics and biogeography: a preliminary comparison focusing on Brazilian orchids. In: 15th Nordic Meeting on Tropical Botany, 2014, Copenhague. 15th Nordic Meeting on Tropical Botany, 2014.

3.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . A família Orchidaceae na Serra de Cladas Novas e arredores, Goiás, Brasil. In: 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville - SC. Resumos do 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012.

4.
HALL, C. F.; CORREA, A. M. ; BARROS, F. . Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae). In: 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville - SC. Resumos do 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012.

5.
BARROS, F. ; HALL, C. F. ; BATISTA, J. A. N. ; PAIVA NETO, V. B. . Checklist das Orchidaceae do Mato Grosso do Sul. In: 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville - SC. Resumos do 63º Congresso Nacional de Botânica, 2012.

6.
HALL, C. F.; CORREA, A. M. ; BARROS, F. . Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae). In: 19a Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2012, São Paulo. Resumos da 19a Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2012.

7.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Efeitos diretos e indiretos da herbivoria floral no sucesso reprodutivo de Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. (Orchidaceae). In: 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. Resumos do 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009.

8.
FRANCENER, A. ; GONZAGA, A. F. N. ; HALL, C. F. ; PORFIRIO JUNIOR, E. D. ; ARAÚJO, W. S. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento preliminar da família Malpighiaceae Juss. na Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. In: 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. Resumos do 60º Congresso Nacional de Botânica, 2009.

9.
HALL, C. F.; PADIAL, A. A. ; JUEN, L. ; JESUS, J. D. N. . Diferenças na complexidade da vegetação em uma floresta de transição Amazônia-Cerrado submetida a diferentes regimes de fogo. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008, Natal - RN. Resumos do 59º Congresso Nacional de Botânica.

10.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. . Efeitos diretos e indiretos da herbivoria floral no sucesso reprodutivo em Cyrtopodium eugenii Rchb. f. (Orchidaceae). In: V Congresso de Pesquisa e Exteção - V CONPEEX, 2008. Resumos do V Congresso de Pesquisa e Exteção.

11.
HALL, C. F.; FRANCENER, A. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; SILVA, M. A. . Florística em áreas de extração de níquel da empresa Anglo American, Barro Alto, Goiás. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008. Resumos do 59º Congresso Nacional de Botânica.

12.
FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento Preliminar da Família Malpighiaceae Juss. em Áreas da Empresa Anglo American no Munícipio de Barro Alto, Goiás, Brasil. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008. Resumos do 59º Congresso Nacional de Botânica.

13.
FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento Preliminar da Família Malpighiaceae Juss. no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, Goiás, Brasil. In: 59º Congresso Nacional de Botânica, 2008. Resumos do 59º Congresso Nacional de Botânica.

14.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; PINHEIRO, F. C. ; BARROS, F. . Novas ocorrências da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. In: 58º Congresso Nacional de Botânica, 2007, São Paulo - SP. Resumos do 58º Congresso Nacional de Botânica, 2007.

15.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. C. . Levantamento preliminar da Família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás Brasil. In: 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado-RS. Resumos do 57º congresso Nacional de Botânica, 2006.

16.
OLIVEIRA, D. E. ; MELO, M. S. ; CARRIJO, T. F. ; HALL, C. F. ; MOREIRA, M. A. . Levantamento preliminar das fanerógamas da Serra de Jaraguá, Jaraguá, Goiás. In: 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado. Resumos do 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006.

17.
HALL, C. F.; MARTINS, C. O. ; FERREIRA, J. M. G. . Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum St. Hill. (solanaceae) em duas áreas de Pastagem em Goiânia, Goiás. In: 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006. Resumos do 57º Congresso Nacional de Botânica, 2006.

18.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. C. . Levantamento preliminar da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Pirenópolis, Goiás, Brasil. In: XVII Semana do ICB, 2006, Goiânia. Resumos da XVII Semana do ICB, 2006.

19.
HALL, C. F.; MARTINS, C. O. ; FERREIRA, J. M. G. . Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum Hill. 1833 (Solanaceae) em duas áreas de pastagem em Goiânia, Goiás. In: XVII Semana do ICB, 2006. Resumos da XVII Semana do ICB, 2006.

20.
DELPRETE, P. G. ; MOURA, B. E. L. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; COSTA, M. A. C. ; MONTEIRO, C. H. ; BOTTA, G. V. ; PASCHOAL, B. C. M. ; SANTANA, J. R. O. ; HALL, C. F. ; MOURA, I. O. ; SCHLIEWE, M. A. . Checklist Preliminar das Fanerógamas da Serra dos Pireneus. In: 55º Congresso Nacional de Botânica, 2004, Viçosa, MG. Resumos do 55º Congresso Nacional de Botânica, 2004.

21.
DELPRETE, P. G. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; MOURA, B. E. L. ; MONTEIRO, C. H. ; COSTA, M. A. C. ; BOTTA, G. V. ; PASCHOAL, B. C. M. ; HALL, C. F. ; SANTANA, J. R. O. ; MOURA, I. O. ; SCHLIEWE, M. A. . LIstagem preliminar das Fanerógamas da Serra dos Pireneus, Pirenópolis, Goiás. In: VIII semana de Biologia da Universidade Católica de Goiás, 2004, Goiânia. Resumos da VIII semana de Biologia da Universidade Católica de Goiás, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
HALL, C. F.; BARROS, F. . Nova ocorrência de Koellensteinia eburnea (Barb.Rodr.) Schltr. (Orchidaceae) para o estado do Mato Grosso do Sul. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
HALL, C. F.; ABREU, N. L. ; SOUZA, F. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. ; ANTONELLI, A. . The promises and challenges of next-generation sequencing in molecular systematics and biogeography: a preliminary comparison focusing on Brazilian orchids. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
HALL, C. F.; CORREA, A. M. ; BARROS, F. . Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . A família Orchidaceae na Serra de Cladas Novas e arredores, Goiás, Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BARROS, F. ; HALL, C. F. ; BATISTA, J. A. N. ; PAIVA NETO, V. B. . Checklist das Orchidaceae do Mato Grosso do Sul. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
HALL, C. F.; CORREA, A. M. ; BARROS, F. . Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae). 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
HALL, C. F.. O sexo das orquídeas - biologia da polinização na família orchidaceae. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Efeitos Diretos e Indiretos da Herbivoria Floral no Sucesso Reprodutivo de Cyrtopodium eugenii Rchb.f. & Warm. (Orchidaceae). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Biologia Floral e Reprodutiva de Cyrtopodium eugenii Rchb.f. & Warm. (Orchidaceae). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
FRANCENER, A. ; GONZAGA, A. F. N. ; HALL, C. F. ; PORFIRIO JUNIOR, E. D. ; ARAÚJO, W. S. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento preliminar da família Malpighiaceae Juss. na Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
HALL, C. F.; FRANCENER, A. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; SILVA, M. A. . Florística em áreas de extração de níquel da empresa Anglo American, Barro Alto, Goiás. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
HALL, C. F.; PADIAL, A. A. ; JUEN, L. . Diferenças na complexidade da vegetação em uma floresta de transição Amazônia-Cerrado submetida a diferentes regimes de fogo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento Preliminar da Família Malpighiaceae Juss. em Áreas da Empresa Anglo American no Munícipio de Barro Alto, Goiás, Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. . Efeitos diretos e indiretos da herbivoria floral no sucesso reprodutivo em Cyrtopodium eugenii Rchb. f. (Orchidaceae). 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Levantamento Preliminar da Família Malpighiaceae Juss. no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, Goiás, Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Novas Ocorrências de Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. C. . Levantamento preliminar da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Pirenópolis, Goiás, Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
HALL, C. F.; MARTINS, C. O. ; FERREIRA, J. M. G. . Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum St. Hill. 1833 (Solanaceae) em duas áreas de Pastagem em Goiânia, Goiás. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
OLIVEIRA, D. E. ; MELO, M. S. ; CARRIJO, T. F. ; HALL, C. F. ; MOREIRA, M. A. . Levantamento preliminar das fanerógamas da Serra de Jaraguá, Jaraguá, Goiás. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. ; PINHEIRO, F. C. . Levantamento Preliminar da Família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
HALL, C. F.; FERREIRA, J. M. G. ; MARTINS, C. O. . Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum St. Hill. (Solanaceae) em duas áreas de pastagem em Goiânia, Goiás. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
DELPRETE, P. G. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; MOURA, B. E. L. ; MONTEIRO, C. H. ; COSTA, M. A. C. ; BOTTA, G. V. ; PASCHOAL, B. C. M. ; SANTANA, J. R. O. ; HALL, C. F. ; MOURA, I. O. ; SCHLIEWE, M. A. . Checklist Preliminar das Fanerógamas da Serra dos Pireneus, Pirenópolis, Goiás. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
DELPRETE, P. G. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; MOURA, B. E. L. ; MONTEIRO, C. H. ; COSTA, M. A. C. ; BOTTA, G. V. ; PASCHOAL, B. C. M. ; SANTANA, J. R. O. ; HALL, C. F. ; MOURA, I. O. ; SCHLIEWE, M. A. . Listagem Preliminar das Fanerógamas da Serra dos Pireneus, Pirenópolis, Goiás. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
GIL, A. S. B. ; HALL, C. F. . Neomarica (Iridaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção.. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

2.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Amanoa (Phyllanthaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção.. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

3.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Didymocistus (Phyllanthaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

4.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Hyeronima (Phyllanthaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

5.
HALL, C. F.; SECCO, R. S. ; ROSARIO, A. S. . Jablonskia (Phyllanthaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

6.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Sandwithia (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

7.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Sagotia (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

8.
SECCO, R. S. ; ROSARIO, A. S. ; HALL, C. F. . Pausandra (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

9.
SECCO, R. S. ; HALL, C. F. ; ROSARIO, A. S. . Maprounea (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

10.
SECCO, R. S. ; ROSARIO, A. S. ; HALL, C. F. . Dodecastigma (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

11.
SECCO, R. S. ; ROSARIO, A. S. ; HALL, C. F. . Alchorneopsis (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

12.
HALL, C. F.; SECCO, R. S. ; ROSARIO, A. S. . Adenophaedra (Euphorbiaceae) in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2017 (Publicação on-line).

13.
FRANCENER, A. ; HALL, C. F. ; ALMEIDA, R. F. ; MAMEDE, M. C. H. . Brazilian species of the genus Byrsonima (Malpighiaceae). Chicago: Field Museum, 2016 (Guia de Campo).

14.
HALL, C. F.; BARBERENA, F. F. V. A. ; QUEIROZ, S. ; RODRIGUES, V. T. ; KOCH, A. K. ; BARROS, F. . Brazilian species of the subtribe Zygopetalinae (Orchidaceae). Chicago: Field Museum, 2015 (Guia de Campo).

15.
HALL, C. F.; FRANCENER, A. ; MARTINS, C. O. ; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Orchidaceae of the municipality of Caldas Novas, state of Goiás, Brazil. Chicago: Field Museum, 2015 (Guia de Campo).

16.
LISSONI, R. C. ; HALL, C. F. . Educação ambiental e seletividade de resíduos sólidos como metodologia pedagógica para alunos do ensino fundamental. Goiânia-Goiás: Centro Científico Conhecer, 2011 (Resumo de monografia de especialização).

17.
SANTOS, M. V. ; HALL, C. F. . Verificação da utilização de sacolas plásticas e substituição por sacolas ecológicas no município de Fernandópolis, São Paulo. Goiânia-Goiás: Centro Científico Conhecer, 2011 (Resumo de monografia de especialização).

18.
HALL, C. F.; GOMES-KLEIN, V. L. ; BARROS, F. . Orchidaceae do Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, Goiás, Brasil 2009 (Resumo de dissertação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2018.

2.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2017.

3.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico PeerJ. 2017.

4.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2017.

5.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2017.

6.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

7.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

8.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

9.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

10.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

11.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

12.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2016.

13.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Hoehnea. 2015.

14.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Post Doc Journal. 2015.

15.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2014.

16.
HALL, C. F.. Parecer Científico para o Periódico Rodriguésia. 2014.

17.
HALL, C. F.. Parecerista ad hoc dos Anais do VIII Encontro de Botânicos do Centro-Oeste (VIII ENBOC). 2010.


Demais tipos de produção técnica
1.
HALL, C. F.. Ilustração no artigo 'Tetrapterys Cav. (Malpighiaceae) from Brazilian Midwest'. 2015. (Ilustração).

2.
HALL, C. F.. Fotografias no website 'Flora do Brasil'. 2014. (Fotografia).

3.
HALL, C. F.. Fotografias no livro 'Orquídeas - nativas do Mato Grosso'. 2013. (Fotografia).

4.
HALL, C. F.. Fotografias no website 'Malpighiaceae'. 2012. (Fotografia).

5.
HALL, C. F.. O sexo das orquídeas - biologia da polinização na família Orchidaceae. 2011. (Palestra).

6.
HALL, C. F.; FRANCENER, A. ; GOMES-KLEIN, V. L. . Plantas. In: A biodiversidade vai para a escola - material complementar. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Capítulo de livro do professor).

7.
GOMES-KLEIN, V. L. ; HALL, C. F. . Identificação de espécies vegetais do cerrado. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
HALL, C. F.. Polinização na Família Orchidaceae. 2009. (Palestra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GIL, A. S. B.; WATANABE, M. T. C.; HALL, C. F.; ILKIU-BORGES, A. L.. Participação em banca de Agirlayne de Souza Reis. Flora das cangas da Serra dos Carajás: Acanthaceae. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

2.
ILKIU-BORGES, A. L.; MARTINS, A. C. C. T.; HALL, C. F.; GIL, A. S. B.. Participação em banca de Monique Lucila Melo do prado. Estudos Sistemáticos em Cyclolejeunea A. Evans. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

3.
HALL, C. F.; KOCH, A. K.; GIL, A. S. B.; MARTINS, A. C. C. T.. Participação em banca de Lisandra Assunção Teixeira. Sloanea L. (Eleocarpaceae Juss.) nos estados do Amapá e Pará - Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

4.
HALL, C. F.; GIULIETTI, A. M.; VIANA, P. L.; GIL, A. S. B.. Participação em banca de Clebiana de Sá Nunes. Flora Rupestre da Serra dos Carajás: Cyperaceae. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

5.
HALL, C. F.; MEIRELLES, J.; ROSARIO, A. S.; SECCO, R. S.. Participação em banca de Talita de Souza Praia. Rapateaceae do estado do Pará. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

6.
HALL, C. F.; GIULIETTI, A. M.; SECCO, R. S.; VIANA, P. L.. Participação em banca de Ana Paula Oliveira Cruz. Flora Rupestre da Serra dos Carajás: Asteraceae. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

Qualificações de Doutorado
1.
HALL, C. F.; MARTINS, A. C. C. T.; SANTOS, J. U. M.. Participação em banca de Mônica Falcão da Silva. Diversidade de Caesalpinioideae lenhosas em ambientes amazônicos: diversificação in situ ou evolução de nicho?. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em BIODIVERSIDADE E EVOLUÇÃO) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

2.
HALL, C. F.; ALEIXO, A.. Participação em banca de Bruno Almeida. Filogeografia comparada de linhagens de aves do oeste da Amazônia utilizando Elementos Ultra Conservados (UCEs). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em BIODIVERSIDADE E BIOTECNOLOGIA - REDE BIONORTE) - Universidade Federal do Amazonas.

Qualificações de Mestrado
1.
HALL, C. F.; SANTOS, J. U. M.; GIL, A. S. B.. Participação em banca de Caio Lima Braga da Silva. Estudos taxonômicos das Cyperaceae Juss. nos Campos de natureza do município de Cameté, Pará, Brasil. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

2.
HALL, C. F.; GIL, A. S. B.; VIANA, P. L.. Participação em banca de Amanda Reis da Silva. Genética de paisagem de Brasianthus carajasensis (Melastomataceae), uma espécie anual da Serra dos Carajás. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

3.
HALL, C. F.; JARDIM, M. A. G.; SANTOS, J. U. M.. Participação em banca de Robson Marinho Alves. Composição florística das plantas arbóreas em trechos florestais da Estação Ecológica do Jari, Almeirim, Pará, Brasil. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

4.
HALL, C. F.; MEIRELLES, J.; ILKIU-BORGES, A. L.. Participação em banca de Monique Lucila Melo do Prado. Revisão taxonômica e filogenética de Cyclolejeunea A.Evans. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
PEIXOTO, E. A. M.; HALL, C. F.; COSTA, M. F. O.. Participação em banca de Alessandra dos Santos Inhota. Saberes docentes e a alfabetização em educação ambiental: contrapontos entre teoria e prática. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
HALL, C. F.; DE MARCO JUNIOR, P.; LEITAO, V. O.. Participação em banca de Joyce Rodrigues Teodoro. Educação ambiental na SAEV: contribuindo na formação dos estudantes de Votuporanga. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
PEIXOTO, E. A. M.; HALL, C. F.; COSTA, M. F. O.. Participação em banca de Juliana de Freitas Maglahães. Biologia da conservação e educação ambiental através da avaliação do conhecimento sobre serpentes com os discentes do 7º ano do Cem. Prof. Orozimbo Furtado Filho, no município de Simonsen, São Paulo, Brasil. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

4.
LEITAO, V. O.; HALL, C. F.; COSTA, M. F. O.. Participação em banca de Miriã Carla Lopes Munhoz. Avaliação do conhecimento de adolescentes sobre o HPV em escola do ensino médio de Votuporanga ? SP. um estudo de caso. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

5.
PEIXOTO, E. A. M.; HALL, C. F.; VIGARIO, A. F.. Participação em banca de Frank Hulder de Oliveira. As concepções de educação ambiental e a prática em sala de aula. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

6.
HALL, C. F.; PEIXOTO, E. A. M.; VIGARIO, A. F.. Participação em banca de Rosemeire de Cássia Lissoni. Educação ambiental e seletividade de resíduos sólidos como metodologia pedagógica para alunos do ensino fundamental. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

7.
HALL, C. F.; VIGARIO, A. F.; FRANCENER, A.. Participação em banca de Daiany de Faria Maia. Ecoturismo: benefícios ou riscos a população alexaniense?. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

8.
HALL, C. F.; MORAES, M. G.; FRANCENER, A.. Participação em banca de Andréia Lima Pereira Dutra. A importância da prática da educação ambiental nas escolas de Alexânia, Goiás. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

9.
HALL, C. F.; FRANCENER, A.; MORAES, M. G.. Participação em banca de Elizabete Batista de Souza. O reflorestamento de nascentes como ferramenta de educação ambiental de alunos do ensino médio no município de Taquaral. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

10.
HALL, C. F.; FRANCENER, A.; VIGARIO, A. F.. Participação em banca de Victor Paulo Batista de Sá. O uso de mudas de árvores do Cerrado como ferramenta metodológica na promoção da educação ambiental. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

11.
HALL, C. F.; CHAVEIRO, E. F.; SILVA, G. F. O.. Participação em banca de Deusamar Pereira Rosa Schreiber. Qualidade de vida e a inter-relação entre educação e meio ambiente. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

12.
HALL, C. F.; CHAVEIRO, E. F.; FRANCENER, A.. Participação em banca de Gleyce Candida Meireles. O despertar de valores ecológicos nas escolas: conhecer e preservar o Cerrado por meio da pesquisa de campo. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

13.
HALL, C. F.; CHAVEIRO, E. F.; FRANCENER, A.. Participação em banca de Sidnei Sanzone. Educação ambiental como prática sustentável do Bioma Cerrado. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

14.
HALL, C. F.; CHAVEIRO, E. F.; PORFIRIO JUNIOR, E. D.. Participação em banca de Geomar Souza Alves. Projetos pedagógicos: uma ponte à educação ambiental. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

15.
HALL, C. F.; LIMA, F. P.; PORFIRIO JUNIOR, E. D.. Participação em banca de Weslaine de Abreu Brandão. Capacitação de professores com relação à utilização de recursos didáticos inovadores nas aulas de Educação Ambiental. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

16.
HALL, C. F.; LIMA, F. P.; SILVA, G. F. O.. Participação em banca de Marcos Vinícius dos Santos. A educação ambiental como ferramenta para redução do uso de sacolas plásticas. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GIL, A. S. B.; HALL, C. F.; FERNANDES-JUNIOR, A. J.. Participação em banca de Layla Jamylle Costa Schneider.Sinopse do Rhynchospora Vahl (Cyperaceae) nas restingas do estado do Pará, Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará.

2.
POSSO, S. R.; REBUSTINI, M. E.; HALL, C. F.. Participação em banca de Leila Santos Belini.Sequência didática e etnoornitologia em três escolas públicas de Três Lagoas/MS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

3.
SILVA, G. F. O.; SGMATI, C. A.; HALL, C. F.. Participação em banca de Laiz Rodrigues dos Santos.Estudo limnológico em ambientes lênticos e lóticos na Usina do Verdão no município de Turvelândia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade União de Goyazes.

4.
VALLE, N. C.; ANDRADE, H. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Frednando Frederico de Sousa Brito.Levantamento de vetores patogênicos ao homem no baixo Rio Bonito. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade União de Goyazes.

5.
VALLE, N. C.; HALL, C. F.; SANTOS, M. E. M.. Participação em banca de Ruth Soares.Distribuição espacial e temporal da anurofauna na bacia do Rio Bonito do Município de Arenópolis-GO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade União de Goyazes.

6.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Valdirene Matias Pereira.Vida realização de sonhos sempre início. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

7.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Elza Santana Flores.Memórias de uma conquista ? idas e vindas ao mundo. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

8.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Camila da Silva Souza.Transformações. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

9.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Paula Fernanda P. Barbosa.Andanças até onde me pretendo levar ? educação. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

10.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Marta Pereira de Souza.Meu encontro com a educação tentando fazer a diferença. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

11.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Leila Maria Gonçalves da Cruz.Aprimorando saberes acreditando em um sonho. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

12.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Maria Aparecida Cardoso.Lembrando minhas memórias. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

13.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Meire Rose Ribeiro.Lembranças e Instantes: Momentos que marcaram minha vida. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

14.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Gleice Leidiane de Morais.Memórias de uma menina que aprendeu com as experiências de vida. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

15.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Nilva Alecrim da Silva.A vida é assim sonhos desafios e aprendizagens. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

16.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Joteide Almeida Ribeiro de Morais.Sonhos que se tornam realidade: a busca. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

17.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Daniela Domingues Borges de Almeida.Contextualizando minhas vivências do mundo com as etapas de minha formação. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

18.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Fabrícia Benício de Souza.Lutas e glórias de uma eterna aprendiz. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

19.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Helci Santana Flores.Memórias do saber sonhos e realizações. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.

20.
CARVALHO, M. P.; HALL, C. F.. Participação em banca de Maria Sônia Fragoso da Silva.Um caminho ainda longo a percorrer. 2010 - Universidade Estadual Vale do Acaraú.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15th Nordic Meeting on Tropical Botany. The promises and challenges of next-generation sequencing in molecular systematics and biogeography: a preliminary comparison focusing on Brazilian orchids. 2014. (Congresso).

2.
XI Congreso Latinoamericano de Botánica. Nova ocorrência de Koellensteinia eburnea (Barb.Rodr.) Schltr. (Orchidaceae) para o estado do Mato Grosso do Sul. 2014. (Congresso).

3.
30o Encontro sobre temas de genética e melhoramento. 2013. (Encontro).

4.
19ª Reunião Anual do Instituto de Botânica (RAIBT).Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae). 2012. (Outra).

5.
63º Congresso Nacional de Botânica. Números cromossômicos em Zygopetalinae (Orchidaceae) / A Família Orchidaceae na Serra de Caldas Novas e arredores, Goiás, Brasil. 2012. (Congresso).

6.
18ª Reunião Anual do Instituto de Botânica (RAIBT). 2011. (Outra).

7.
I Encontro sobre orquídeas nativas e adaptadas ao cerrado brasileiro (ORQUINAT).O sexo das orquídeas - biologia da polinização na família orchidaceae. 2011. (Encontro).

8.
South American Compositae Meeting. 2011. (Outra).

9.
VIII Encontro de Botânicos do Centro-Oeste. 2010. (Encontro).

10.
60º Congresso Nacional de Botânica. BIOLOGIA FLORAL E REPRODUTIVA DE Cyrtopodium eugenii Rchb. f. & Warm. (ORCHIDACEAE). 2009. (Congresso).

11.
VIII Encontro de Biologia da Unidade Universitária de Porangatu.Polinização na família Orchidaceae. 2009. (Encontro).

12.
2º Curso de Capacitação da Rede de Parcelas Permanentes dos Biomas Cerrado e Pantanal. 2008. (Outra).

13.
59º Congresso Nacional de Botânica. Florística em áreas de extração de níquel da empresa Anglo American, Barro Alto, Goiás / Diferenças na complexidade da vegetação em uma floresta de transição Amazônia-Cerrado submetida a diferentes regimes de fogo. 2008. (Congresso).

14.
V Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - V CONPEEX. Efeitos diretos e indiretos da herbivoria floral no sucesso reprodutivo em Cyrtopodium eugenii Rchb. f. (Orchidaceae). 2008. (Congresso).

15.
VII Encontro Regional de Botânicos do Centro-Oeste. 2008. (Encontro).

16.
58º Congresso Nacional de Botânica. Novas ocorrências da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. 2007. (Congresso).

17.
3ª Mostra Multicultural Milton Santos. 2006. (Outra).

18.
57º Congresso Nacional de Botânica. Levantamento Preliminar das fanerógamas da Serra de Jaraguá / Levantamento preliminar da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus / Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum St. Hill. em duas áreas de pastagem em Goiânia. 2006. (Congresso).

19.
III Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - III CONPEEX. Levantamento preliminar da Família Orchidaceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. 2006. (Congresso).

20.
XVII Semana do ICB.Levantamento Preliminar das fanerógamas da Serra de Jaraguá / Levantamento preliminar da família Orchidaceae na Serra dos Pireneus / Distribuição da entomofauna associada a Solanum lycocarpum St. Hill. em duas áreas de pastagem em Goiânia. 2006. (Outra).

21.
56º Congresso Nacional de Botânica. 2005. (Congresso).

22.
II Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão - CONPEEX. 2005. (Congresso).

23.
XVI Semana do ICB. 2005. (Outra).

24.
2ª Mostra Multicultural Milton Santos. 2004. (Outra).

25.
55º Congresso Nacional de Botânica. 2004. (Congresso).

26.
XV Semanado ICB. 2004. (Outra).

27.
XIV Semana do ICB. 2003. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HALL, C. F.. Museu de Portas Abertas. 2016. (Outro).

2.
HALL, C. F.. VIII Encontro de Botânicos do Centro-Oeste (VIII ENBOC). 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Taiany Conte Bianchi do Prado. Malvaceae Juss. nos arredores do Ribeirão Palmito, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas - Licenciatura (0788)) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. (Orientador).

2.
Felipe Martins Pereira. Cyperaceae Juss. nos arredores do Ribeirão Palmito, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas - Licenciatura (0788)) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Markus Meireles Campos. Estudos taxonômicos em Heliantheae (Asteraceae) na Amazônia Brasileira. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas: Botânica Tropical) - Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Climbiê Ferreira Hall.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Rosemeire de Cássia Lissoni. Educação ambiental e seletividade de resíduos sólidos como metodologia pedagógica para alunos do ensino fundamental. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

2.
Gleyce Candida Meireles. O despertar de valores ecológicos nas escolas: conhecer e preservar o Cerrado por meio da pesquisa de campo. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

3.
Deusamar Pereira Rosa Schreiber. Qualidade de vida e a inter-relação entre educação e meio ambiente. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

4.
Victor Paulo Batista de Sá. O uso de mudas de árvores do Cerrado como ferramenta metodológica na promoção da educação ambiental. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

5.
Elizabete Batista de Souza. O reflorestamento de nascentes como ferramenta de educação ambiental de alunos do ensino médio no município de Taquaral. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

6.
Andréia Lima Pereira Dutra. A importância da prática da educação ambiental nas escolas de Alexânia, Goiás. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

7.
Daiany de Faria Maia. Ecoturismo: benefícios ou riscos a população alexaniense?. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

8.
Sidnei Sanzone. Educação ambiental como prática sustentável do Bioma Cerrado. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

9.
Marcos Vinícius dos Santos. A educação ambiental como ferramenta para redução do uso de sacolas plásticas. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

10.
Geomar Souza Alves. Projetos pedagógicos: uma ponte à educação ambiental. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

11.
Weslaine de Abreu Brandão. Capacitação de professores com relação à utilização de recursos didáticos inovadores nas aulas de Educação Ambiental. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Biologia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.

Iniciação científica
1.
Jesiane Miranda Cardoso. A família Heliconiaceae Nakai na região metropolitana de Belém, Pará, Brasil. 2017. Iniciação Científica - Museu Paraense Emílio Goeldi, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Climbiê Ferreira Hall.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 4:44:11