Silvia Regina Liebel

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2211902144689012
  • Última atualização do currículo em 25/09/2018


Dedicada à história cultural da Primeira Modernidade, Silvia Liebel é professora adjunta de História Moderna da Universidade Federal de Minas Gerais, onde também atua no programa de pós-graduação em História, linha de pesquisa História Social da Cultura. Sua formação compreende passagem pela Université Paris 13, onde concluiu doutorado pleno (2011) sob a orientação de Robert Muchembled, e pela UFPR, onde concluiu mestrado (2006) e graduação (2004). Seus interesses de pesquisa giram em torno de mundos do impresso, gênero, criminalidade, violência e as práticas que construíram o indivíduo moderno, com ênfase no cenário francês dos séculos XVI e XVII. É autora de Les Médées modernes. La cruauté féminine d'après les canards imprimés français (1574-1651) (PUR). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Silvia Regina Liebel
Nome em citações bibliográficas
LIEBEL, Silvia.;LIEBEL, S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.
Universidade Federal de Minas Gerais
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34095045


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2011
Doutorado em Historia.
Université Paris 13 - Paris-Nord, UP13, França.
Título: Les Médées modernes. La cruauté féminine d'après les canards imprimés français (1574-1651). Menção: Très honorable avec les félicitations du jury à l'unanimité, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Robert Muchembled.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Historia moderna; violência; canards; literatura de rua; Gênero; França.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
Setores de atividade: Educação Superior.
2004 - 2006
Mestrado em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: O mundo às avessas: humor, sandice e crítica social na Europa dos séculos XVI e XVII,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Ana Paula Vosne Martins.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: humor; imaginário; literatura; imageria popular; França; Historia moderna.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1999 - 2003
Graduação em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum.
Orientador: Ana Paula Vosne Martins.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2000 - 2001
Extensão universitária em Programa Especial de Treinamento - PET História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2000 - 2000
Noções de paleografia e leitura de documentos luso. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2018 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Cargo ou função
Representante docente na Câmara Departamental.
03/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.

Linhas de pesquisa
História Social da Cultura
03/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna
Tópicos Especiais em História Moderna: utopias modernas (séculos XVI e XVII)
Tópicos Especiais em História Moderna: o Estado moderno e o pensamento político

Université Paris 13 - Paris-Nord, UP13, França.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Doutoranda/Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Doutoranda/Pesquisadora, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Integrante do CRESC (Centre de Recherches Espaces, Sociétés, Cultures)


Herzog August Bibliothek - Wolfenbüttel, HAB, Alemanha.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador convidado, Carga horária: 40


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Outro (mestranda), Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2017 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna II
História, Cultura Impressa e Leitura
10/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, Departamento de História - DI.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante.
08/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, Departamento de História - DI.

08/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, Departamento de História - DI.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do ProfHistória.
07/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História do Impresso
07/2016 - 12/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I
03/2016 - 12/2016
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, Departamento de História - DI.

Atividade de extensão realizada
II Jornada Utopia: Linguagens e representação. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus.
07/2015 - 07/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I
História Moderna II
03/2015 - 12/2015
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, Departamento de História - DI.

Atividade de extensão realizada
Programa Utopia: linguagens e representação.
07/2014 - 12/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I
História Moderna II
08/2013 - 07/2014
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Contemporânea II
História Moderna I
História Moderna II
02/2013 - 07/2013
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Moderna I
História Moderna II
Filosofia Política Moderna
08/2012 - 12/2012
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HistórIa Contemporânea II
HistórIa e Relações de Gênero
HistórIa Medieval
HistórIa Moderna II


Linhas de pesquisa


1.
Linguagens e Narrativas Históricas: Produção e Difusão
2.
História Social da Cultura


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Mulheres desregradas: narrativas de crimes femininos dos dois lados do Canal da Mancha (França e Inglaterra, séculos XVI e XVII)
Descrição: Este projeto de pesquisa dedica-se à cultura impressa na França e Inglaterra da Primeira Modernidade a partir do estudo da literatura de rua que compreende canards, de um lado, e baladas e chapbooks, de outro. Material barato e de rápida circulação dos impressores, ofertados por vendedores ambulantes, esses textos eram essenciais para a difusão de notícias (reais ou imaginárias) no contexto enfocado, tanto expressando elementos do imaginário de então, como contribuindo para sua formação. Na conjunção entre a História do Impresso e a História Cultural, objetiva- se com este estudo analisar os elementos de uma cultura material do impresso com o compartilhamento de técnicas, circularidade de motivos e intertextualidade com outras formas narrativas, além da construção das masculinidades e feminilidades nessa literatura. Ao investigar o universo criminal, atenta-se para as representações femininas em duas sociedades que enfatizam diferentes preocupações sem, contudo, perder um ponto em comum: a necessidade de controle da mulher desordeira. Destinada ao público amplo, a literatura de rua contribui para o disciplinamento do corpo social ainda que frequentemente de forma sub-reptícia, com relatos que reproduzem estruturas sexuadas da sociedade há muito enraizadas. O estudo insere-se, dessa forma, no quadro maior de crescente afirmação da ordem imposta pelos Estados modernos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Utopias modernas: literatura e construção da ordem (1467-1699)
Descrição: O presente projeto de pesquisa volta-se ao estudo da literatura utópica produzida na Idade Moderna, especificamente no recorte compreendido entre 1467, ano de redação de Hypnerotomachia Poliphili, ou O Sonho de Poliphilo, de Francesco Colonna, e 1699, ano de publicação de As Aventuras de Telêmaco, de François Fénelon. Gênero especialmente fecundo no período, notadamente a partir da concepção inauguradora de Thomas Morus em Utopia (1516), esta literatura se revestirá de características precisas diante de um imaginário moldado pelo humanismo, pelo Renascimento, pelas reformas religiosas e pela ampliação do mundo até então conhecido. Escritas na forma de panfletos, peças e livros, as utopias do período moderno encontraram grande sucesso entre os impressores ? e, portanto, entre o público leitor ? desde os inícios da difusão da prensa de Gutenberg. Objetiva-se com esta pesquisa coletar os textos produzidos no período especificado, disponíveis em diferentes bibliotecas, bem como de forma virtual, analisando os mais significativos em suas relações com seu ambiente de produção. Partindo-se destas utopias enquanto resultado de um contexto específico de afirmação da ordem e concentração do poder, busca-se sua compreensão enquanto, simultaneamente, instrumentos de evasão e reestruturação da ordem, apresentando a possibilidade de um novo (e melhor) mundo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Integrante / Silvia Liebel - Coordenador / Carlos Alberto Vieira Junior - Integrante / Kelly Carolina Appelt - Integrante / Paola Povosian Freitas Calle - Integrante / Silvana de Paula Palma - Integrante / Ana Carolina Nascimento - Integrante / Jhenifer da Rocha Gallo - Integrante.Número de orientações: 10
2012 - 2016
Faces do Feminino na literatura de rua francesa (séculos XVI e XVII)
Descrição: O presente projeto de pesquisa volta-se a analisar as representações femininas na literatura de rua francesa dos séculos XVI e XVII. Traçar-se-á paralelos com as histórias trágicas, inspiradoras desse gênero de publicação e freqüentemente inspiradas em retorno por ele, bem como com as discussões no período referente à querelle des femmes ? os debates retóricos que opunham atacantes e defensores das capacidades das mulheres. A literatura de rua do período enfocado compreende panfletos, peças e notadamente os canards, então essenciais para a difusão de notícias (reais ou imaginárias). Tratam-se de livretos publicados ocasionalmente nos grandes centros urbanos franceses em papel barato e com poucos cuidados tipográficos, de forma que seu baixo valor atraía um público amplo. Publicados desde 1528, esses textos encontraram seu auge nas duas primeiras décadas do século XVII para, a partir de então, apresentarem um paulatino declínio do número de títulos impressos que passaram a sofrer a concorrência da imprensa periódica e o avanço do racionalismo. Histórias de calamidades, fantasmas, milagres e sobre a presença do diabo no mundo eram impressas concomitantemente às narrativas acerca de crimes sangrentos e da malignidade feminina. Objetiva-se com esta pesquisa retraçar tais representações femininas nesta literatura e suas relações com os modelos de comportamento então difundidos, além de introduzir o tema, pertinente à história do impresso e à história cultural francesa, no cenário nacional. Através de uma análise quantitativa das fontes coletadas, de sua categorização e análise, elas poderão ser inseridas no quadro de crescente afirmação da ordem imposto pelas políticas absolutistas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2011
Les Médées modernes. La cruauté féminine d'après les canards imprimés français (1574-1651)
Descrição: Tese doutoral sobre as representações da crueldade feminina na literatura de rua francesa, especificamente nos ocasionais chamados "canards" dos séculos 16 e 17, analisados paralelamente às historias tragicas de François de Belleforest, François de Rosset, Jean-Pierre Camus e Pierre Boaistuau. Tais textos focam-se em eventos sobrenaturais, calamidades e crimes, dando uma atenção especial às faltas femininas: a concupiscência, a insubordinação e a vaidade. Os principais crimes atribuidos às mulheres são o infanticídio, o assassinato do marido ou companheiro e o adultério..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
O mundo às avessas: humor, sandice e crítica social na Europa dos séculos XVI e XVII
Descrição: Análise das representações do « mundo às avessas » em imagens populares e textos de Erasmo, François Rabelais, Agrippa d?Aubigné e Cyrano de Bergerac. A relação estabelecida entre textos e imagens, assim como as diferentes percepções da realidade e o caráter cômico das inversões no período são o foco desta pesquisa que conduziu à redação de dissertação de mestrado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2004
Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum
Descrição: Projeto voltado à elaboração de monografia sobre o fundo intelectual do Malleus Maleficarum, manual inquisitório escrito em 1486 pelos dominicanos H. Kramer et J. Sprenger, obra máxima dentro da ampla produção acerca da demonologia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - 2016
II Jornada Utopia: linguagens e representação. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Integrante / Silvia Liebel - Coordenador / Paola Povosian Freitas Calle - Integrante / Ana Carolina Nascimento - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Utopia: linguagens e representação
Descrição: A presente proposta consiste em três ações voltadas à reflexão sobre o conceito de utopia e suas diferentes manifestações: - uma oficina de análise de fontes dos séculos XVI e XVII. Centrada na caracterização, peculiaridades e metodologias de análise do objeto central do historiador, esta oficina se dedicará a uma abordagem interdisciplinar entre a História e a Literatura na apreensão das utopias modernas; - uma jornada de estudos com a presença de pesquisadores de diferentes instituições dedicados a explorar o conceito de utopia e a literatura utópica em tradições distintas; - a elaboração de um site oferecendo, especialmente aos professores do Ensino Médio, a apresentação de fontes em diferentes suportes (da literatura ao cinema), reflexões sobre utopias e distopias e planos de aula voltados à temática. Busca-se, portanto, a vinculação entre pesquisa, ensino e extensão na análise de um tema diretamente relacionado às necessidades sociais. Mais do que reflexo de um dado contexto vivido, a utopia também contribui para sua formação, alimentando o imaginário de cada época e o sonho de uma outra opção de mundo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Integrante / Silvia Liebel - Coordenador / Carlos Alberto Vieira Junior - Integrante / Kelly Carolina Appelt - Integrante / Paola Povosian Freitas Calle - Integrante / Silvana de Paula Palma - Integrante / Ana Carolina Nascimento - Integrante / Jhenifer da Rocha Gallo - Integrante / Rogério Rosa Rodrigues - Integrante / Lívia Bernardes Roberge - Integrante / Viviane Trindade Borges - Integrante / Márcia Ramos de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2014 - 2014
Seminário Mulheres e Feminismos
Descrição: O 'Seminário Mulheres e Feminismos' tem por objetivo proporcionar para o público alvo reflexões sobre o lugar social da mulher, suas experiências e representações na contemporaneidade. O evento, promovido anualmente pelo Laboratório de Relações de Gênero e Família (LABGEF), é parte do conjunto de ações desenvolvidas por diferentes instituições governamentais e não governamentais relativas ao dia Internacional da Mulher, no município de Florianópolis (SC).
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2013
Seminário Mulheres e Feminismos
Descrição: O 'Seminário Mulheres e Feminismos' tem por objetivo proporcionar para o público alvo reflexões sobre o lugar social da mulher, suas experiências e representações na contemporaneidade. O evento, promovido anualmente pelo Laboratório de Relações de Gênero e Família (LABGEF), é parte do conjunto de ações desenvolvidas por diferentes instituições governamentais e não governamentais relativas ao dia Internacional da Mulher, no município de Florianópolis (SC).
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2000 - 2001
Descobrindo nossa descoberta do Brasil - as representações iconográficas acerca da história do Brasil (séc. XIX)
Descrição: Projeto coletivo do grupo PET-História da UFPR voltado à análise de parte da produção inconográfica brasileira do século XIX. Este projeto conduziu à realização de seminários para alunos e professores do Ensino Fundamental e do Ensino Médio..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Integrante / Rafael Faraco Benthien - Integrante / Hilton Costa - Integrante / Eliane Maass - Integrante / Marcelo José de Sousa - Integrante / Rodrigo Turin - Integrante / Carlos Alberto Medeiros Lima - Coordenador.Financiador(es): Secretaria de Ensino Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3
2000 - 2001
Magia e bruxaria nos séculos XVI e XVII
Descrição: Projeto de pesquisa individual dentro do grupo Pet-História UFPR, volta-se ao estudo das principais linhas de análise historiográfica sobre a bruxaria na Europa moderna..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.


Outros Projetos


2017 - 2017
VIII Semana Acadêmica de História da UDESC. Desafios históricos: embates, traumas e práticas
Descrição: Coordenadora do programa de ensino VIII Semana Acadêmica de História.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Silvia Regina Liebel - Integrante / Silvia Liebel - Coordenador / Carolina de Wit - Integrante / Lucas Santos - Integrante / Alice Simas - Integrante / Camila Thomazini - Integrante / Mariani Casanova - Integrante / Mateus Vieira - Integrante / Sofia Badaloti - Integrante / Vinícius Gomes - Integrante.Financiador(es): UDESC - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea/Especialidade: História Cultural.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do impresso.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das relações de gênero.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
LIEBEL, Silvia  Data: 01/08/2008

Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIEBEL, Silvia.2017LIEBEL, Silvia. . Les canards. The Literary Encyclopedia, v. 1, p. 19449, 2017.

2.
LIEBEL, Silvia.2017LIEBEL, Silvia. . 17th century French street literature. The Literary Encyclopedia, v. 1.5.2, p. 19450, 2017.

3.
LIEBEL, Silvia.2016LIEBEL, Silvia. . Viagem à Lua: utopia, viagem imaginária e o mundo de ponta-cabeça em Cyrano de Bergerac. MORUS (UNICAMP), v. 11, p. 489-512, 2016.

4.
LIEBEL, Silvia.2015 LIEBEL, Silvia. . Ingratas e pérfidas Medeias! Infanticídio e normatização da sexualidade feminina na literatura de rua francesa dos séculos XVI e XVII. Topoi (Rio de Janeiro), v. 1, p. 182-202, 2015.

5.
LIEBEL, Silvia.2015 LIEBEL, Silvia. . A disputa pelos culotes: gênero e o mundo às avessas na Europa moderna. PROJETO HISTÓRIA (PUCSP), v. 53, p. 227-256, 2015.

6.
LIEBEL, Silvia.2013LIEBEL, Silvia. ; LIEBEL, Vinícius . The Hunger Games - or 1984 in the entertainment Era. Journal of American Studies of Turkey, v. 1, p. 132-134, 2013.

7.
LIEBEL, Silvia.;LIEBEL, S.2008LIEBEL, Silvia.. A construção social do prazer. ESTUDOS FEMINISTAS, v. 16, p. 711-713, 2008.

8.
LIEBEL, Silvia.;LIEBEL, S.2004LIEBEL, Silvia.. O Diabo e a dinâmica do Ocidente. HISTÓRIA. QUESTÕES E DEBATES, Curitiba, v. Ano 21, n.41, p. 209-215, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LIEBEL, Silvia. . Les Médées modernes. La cruauté féminine d'après les canards imprimés français (1574-1651). 1. ed. Rennes: PUR (Presses Universitaires de Rennes), 2013. v. 1. 226p .

Capítulos de livros publicados
1.
LIEBEL, Silvia. . Os canards e a literatura de rua na França moderna (séculos XVI e XVII). In: Rogério Rosa Rodrigues. (Org.). Possibilidades de pesquisa em História. 1ed.São Paulo: Contexto, 2017, v. , p. 17-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
LIEBEL, Silvia. ; LIEBEL, Vinícius . O homem cordial biografado. Diário Catarinense, Forianópolis, p. 1 - 1, 19 out. 2013.

2.
LIEBEL, Silvia. ; LIEBEL, Vinícius . A Crença e a Opinião na Democracia. Jornal de Londrina, Londrina, p. 6 - 6, 12 out. 2012.

3.
LIEBEL, Silvia. ; LIEBEL, Vinícius . A Crença e a Opinião na Democracia. Gazeta do Povo, Curitiba, p. 6 - 6, 12 out. 2012.

4.
LIEBEL, Silvia.. Polanski e a subjetividade da justiça. O Estado do Parana, Curitiba, p. 3 - 3, 06 out. 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LIEBEL, Silvia. . Literatura e crime na primeira modernidade: o caso dos canards franceses. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal. Anais eletrônicos do XXVII Simpósio Nacional de História: Conhecimento histórico e diálogo social, 2013. v. 1. p. 1-9.

2.
LIEBEL, Silvia. . Moiras, Erínias, Amazonas: as mulheres da primeira modernidade sob o véu clássico. In: Fazendo Gênero 10, 2013, Florianópolis. Anais eletrônicos Fazendo Gênero 10. Florianópolis, 2013. v. 1.

3.
LIEBEL, Silvia.. Les Femmes dans les canards imprimés français : Fatalité et vengeance féminine (XVIe - XVIIe siècle). In: Colloque international Interdits et Genre: constructions, représentations et pratiques du féminin et du masculin, 2009, Tours. Colloque international Interdits et Genre: constructions, représentations et pratiques du féminin et du masculin. Tours, 2009.

4.
LIEBEL, Silvia. . O mundo às avessas na Europa moderna. In: Simpósio Nacional de História. História: Guerra e Paz, 2005, Londrina. Anais eletrônicos, 2005.

5.
LIEBEL, Silvia.. Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum. In: IX Encontro Regional de História: Identidades e Representações, 2004, Ponta Grossa. IX Encontro Regional de História: Identidades e Representações - Anais Eletrônicos., 2004.

6.
LIEBEL, Silvia.. O Malleus Maleficarum e a elaboração da imagem da bruxa demoníaca. In: X Encontro Estadual de História: Trabalho, Cultura e Poder, 2004, Florianópolis. História: Trabalho, Cultura e Poder. Anais do X Encontro Estadual de História. Florianópolis: UFSC/Pró-Reitoria de Cultura e Extensão, 2004. v. 1. p. 274-276.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LIEBEL, Silvia. . Literatura e crime na primeira modernidade: o caso dos canards franceses. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal. XXVII Simpósio Nacional de História: Conhecimento histórico e diálogo social. Caderno de Resumos., 2013. v. 1. p. 497-497.

2.
LIEBEL, Silvia.. Les Femmes dans les canards imprimés français : Fatalité et vengeance féminine (XVIe - XVIIe siècle). In: Colloque international Interdits et Genre: constructions, représentations et pratiques du féminin et du masculin, 2009, Tours. Colloque international Interdits et Genre: constructions, représentations et pratiques du féminin et du masculin. Tours, 2009. p. 46-46.

3.
LIEBEL, Silvia.. The modern Medeas: The feminine cruelty in French canards.. In: Sixteenth Century Society & Conference, 2009, Genebra. Sixteenth Century Society & Conference, 2009.

4.
LIEBEL, Silvia.. O mundo às avessas na Europa moderna. In: XXIII Encontro Nacional de História. História: Guerra e Paz, 2005, Londrina. Programas & Resumos do XIII Simpósio Nacional de História: Guerra e Paz.. Londrina: ANPUH/Editorial Mídia, 2005. p. 429.

5.
LIEBEL, Silvia.. O Malleus Maleficarum e a elaboração da imagem da bruxa demoníaca. In: X Encontro Estadual de História. História: Trabalho, Cultura e Poder, 2004, Florianópolis. Caderno de programação e resumos. Florianópolis: ANPUH - SC, 2004. v. 1. p. 55-56.

6.
LIEBEL, Silvia.. Os Pecados femininos e o imaginário inquisitorial. In: Seminário Internacional Os pecados capitais na Idade Média, 2004, Porto Alegre. Seminário Internacional Os Pecados Capitais na Idade Média - Caderno de Resumos. Porto Alegre: ANPUH - RS, 2004. v. 1. p. 41.

7.
LIEBEL, Silvia.. Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum. In: IX Encontro Regional de História: Identidades e representações, 2004, Ponta Grossa. Identidades e Representações: Caderno de Resumos.. Ponta Grossa: ANPUH-PR, 2004. p. 17-17.

Apresentações de Trabalho
1.
LIEBEL, Silvia. . Le foie et la vengeance féminine : la littérature des rues, source d'une histoire des sentiments. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
LIEBEL, Silvia. . Os canards impressos: literatura de rua e disciplinamento na França moderna (séculos XVI e XVII). 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
LIEBEL, Silvia. . Ingratas e pérfidas Medeias! Infanticídio e normatização da sexualidade feminina na literatura de rua francesa dos séculos XVI e XVII. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
LIEBEL, Silvia. . Tuer le fils pour se venger du père: l'infanticide du canard imprimé aux histoires tragiques. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
LIEBEL, Silvia. . A criminosa entre o canard impresso e as histórias trágicas: intertextualidade, ethos feminino e moldagem de comportamentos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
LIEBEL, Silvia. . Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
LIEBEL, Silvia. . Continuidades e transformações na construção da serva do diabo: da Eva tentadora à bruxa demoníaca. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
LIEBEL, Silvia. . Utopias modernas e a construção da ordem. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
LIEBEL, Silvia. . Literatura e crime na primeira modernidade: o caso dos canards franceses. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
LIEBEL, Silvia. . Moiras, Erínias, Amazonas: as mulheres da primeira modernidade sob o véu clássico. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
LIEBEL, Silvia. . Jogos Vorazes. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
LIEBEL, Silvia.. Les Femmes dans les canards imprimés français : Fatalité et vengeance féminine (XVIe-XVIIe siècle). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
LIEBEL, Silvia.. The modern Medeas: The feminine cruelty in French canards. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
LIEBEL, Silvia. . Les inversions du monde juvénile à l'aube des Temps Modernes : Évasion, convention, critique sociale.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
LIEBEL, Silvia.. Os pecados femininos e o imaginário inquisitorial. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
LIEBEL, Silvia.. O Malleus Maleficarum e a elaboração da imagem da bruxa demoníaca. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
LIEBEL, Silvia.. Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Temporalidades. 2018.

2.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Maracanan. 2018.

3.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à revista Estudos Ibero-Americanos. 2017.

4.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à revista Epígrafe. 2017.

5.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Temporalidades. 2017.

6.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Estudos Ibero-Americanos. 2016.

7.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Tempo e Argumento. 2015.

8.
LIEBEL, Silvia. . Parecer ad hoc à Revista Contemporânea. 2015.

Redes sociais, websites e blogs
1.
LIEBEL, Silvia. ; CALLE, P. P. F. ; NASCIMENTO, A. C. . Amaurota 500. 2016; Tema: Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. (Blog).

2.
LIEBEL, Silvia. ; PALMA, S. P. ; CALLE, P. P. F. . Projeto Utopia. 2015; Tema: Blog voltado à divulgação da temática utópica entre alunas/os e professoras/es do Ensino Médio. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
LIEBEL, Silvia. ; CALLE, P. P. F. ; PALMA, S. P. . Projeto Utopia. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

2.
LIEBEL, Silvia. . Semana Acadêmica de História: Entre o discurso e a espada: Traumas, conflitos e memórias. 2013. (Membro de Comissão Científica).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LIEBEL, Silvia.; MONTEIRO, R. N. B.; SOARES, L. C.. Participação em banca de Lívia Bernardes Roberge. Stand up now, diggers all: a experiência digger na revolução inglesa (1640-1660). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense.

2.
LIEBEL, Silvia.; ARAUJO, A. G. de M.; GIULI, M.. Participação em banca de Victória Carvalho Junqueira. Crime, mulheres e ilegitimidade: o assassinato de crianças recém-nascidas bastardas na cidade de Londres e no condado de Middlesex (1674-183). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

3.
LIEBEL, Silvia.; RODRIGUES, R. R.; SILVEIRA, A. D.. Participação em banca de Lucas Roberto Soares Lopes. Jogando com a crítica histórica: as novas tecnologias e o desenvolvimento de "Os Revoltosos". 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
OLIVEIRA, M. R.; MOTTA, M. H. de S.; LIEBEL, Silvia.. Participação em banca de Dismael Sagás. Na Sintonia da História: ensino de História através da linguagem radiofônica no CEM Morar Bem - São José, SC. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
LIEBEL, Silvia.; SILVEIRA, A. D.; SOUZA, R. L. de. Participação em banca de Luiane Soares Motta. Gênero e cultura escrita: os rastros dos manuscritos e os caminhos da autoria pública. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em História da UFSC) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
LIEBEL, Silvia.; CUNHA, M. T. S.; OLIVEIRA, N. A. S.. Participação em banca de Ana Carolina Krieger. Literatura e História: possibilidades e desafios na formação da consciência histórica. Uma experiência de salão literário à luz da modernidade no ensino de História, Florianópolis, 2017-2018. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Ensino de História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

2.
LIEBEL, Silvia.; ARAUJO, A. G. de M.; LIMA, L. F. S.. Participação em banca de Joana Rios Ribeiro Maia Carbonesi. Os Gordon Riots e a imprensa: análise das narrativas dos julgamentos dos motinosos em Old Bailey e em St. Margaret's Hall publicadas em Londres em 1780. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade de Brasília.

3.
LIEBEL, Silvia.; RODRIGUES, R. R.; SARTORI, A. S.. Participação em banca de Lucas Roberto Soares Lopes. A História perante as outras ciências no meio educacional a partir dos jogos digitais. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Ensino de História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
LIEBEL, Silvia.; RODRIGUES, R. R.; BORGES, V. T.. Participação em banca de Alessandra Ramos da Silva. A Vida (des)fazendo-se: estética da existência de uma poeta infame. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

5.
LIEBEL, Silvia.; OLIVEIRA, M. R.; MOTTA, M. H. de S.. Participação em banca de Dismael Sagás. Na Sintonia da História: ensino de História através da linguagem radiofônica no CEM Morar Bem - São José, SC. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Ensino de História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CUNHA, M. T. S.; LIEBEL, Silvia.; ANDRADE, A. L. M. S.. Participação em banca de Isadora Muniz Vieira.Uma Mirada à biblioteca particular de Eglê Salim Malheiros Miguel: livros, leituras e seus rastros. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

2.
LIEBEL, Silvia.; CUNHA, M. T. S.; SILVEIRA, A. D.. Participação em banca de Paola Povosian Freitas Calle.O Mundo Resplandecente: narrativa e protagonismos femininos em uma utopia do século XVII. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

3.
LIEBEL, Silvia.; RODRIGUES, R. R.; CAMPOS, E. C.. Participação em banca de Carlos Alberto Vieira Junior.O Estado místico de Campanella: A Cidade do Sol e a utopia do século XVII. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
LIEBEL, Silvia.; CUNHA, M. T. S.; CAMPOS, E. C.. Participação em banca de Ana Carolina Nascimento.Utopia e civilidade: o controle dos indivíduos na Utopia, de Thomas More (1516). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

5.
SILVEIRA, A. D.; LIEBEL, Silvia.; COSTA, D. L.. Participação em banca de Leonardo de Lara Cardoso.O Livro da Cidade das Damas: Utopia para mulheres?. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
LIEBEL, Silvia.; LIEBEL, Vinícius; RODRIGUES, R. R.. Participação em banca de Jamylle Goulart Colvara.Aquilo que não era Schiller: a presença do "outro" em Os Bandoleiros e Intriga e Amor. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

7.
LIEBEL, Silvia.; DORE, A. C.; CUBAS, C. J.. Participação em banca de Silvana de Paula Palma.As mulheres nas utopias modernas: A Cidade do Sol, Nova Atlântida e as (des)igualdades imaginadas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

8.
LIEBEL, Silvia.; RIBEIRO, A. C. R.; RODRIGUES, R. R.. Participação em banca de Kelly Caroline Appelt.As viagens de Cyrano de Bergerac: ironia e ciência nas utopias francesas do século XVII. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

9.
LIEBEL, Silvia.; AREND, S.; LOHN, R.. Participação em banca de Antonio Shigueo Nakazima Junior.A Constituição de 1988: da repressão política à consolidação do Estado democrático de direito. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MIATELLO, A. L. P.; LIEBEL, Silvia.; TRABULSI, J. A. D.. Banca de seleção de professor substituto de História Medieval. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Colloque internacional Canards, occasionnels, éphémères :. Le foie et la vengeance féminine : la littérature des rues, source d'une histoire des sentiments. 2018. (Congresso).

2.
II Jornadas História Moderna em Foco. Os canards impressos: literatura de rua e disciplinamento na França moderna (séculos XVI e XVII). 2018. (Congresso).

3.
Colloque International Figures et Personnages de Criminelles, des histoires tragiques au roman policier. Tuer le fils pour se venger du père : l'infanticide du canard imprimé aux histoires tragiques. 2017. (Congresso).

4.
VIII Semana Acadêmica de História.Conferência de encerramento por Marcos Napolitano de Eugênio: "A construção da memória sobre o regime militar no Brasil: entre traumas e tabus". 2017. (Simpósio).

5.
XXIX Simpósio Nacional de História. A criminosa entre o canard impresso e as histórias trágicas: intertextualidade, ethos feminino e moldagem de comportamentos. 2017. (Congresso).

6.
II Jornada Utopia: linguagens e representação. Os 500 anos da Utopia de Thomas Mororus. Os 500 anos da Utopia: o nascimento de um gênero. Apresentação.. 2016. (Congresso).

7.
I Jornada Utopia: linguagens e representação.Utopias modernas e a construção da ordem. 2015. (Seminário).

8.
IV Colóquio Meridianum: O Mal.Continuidades e Transformações na Construção da Serva do Diabo: da Eva tentadora à bruxa demoníaca. 2015. (Simpósio).

9.
Seminário Internacional Fazendo Gênero.Moiras, Erínias, Amazonas: as mulheres da primeira modernidade sob o véu clássico. 2013. (Seminário).

10.
XXVII Simpósio Nacional de História.Literatura e crime na primeira modernidade: o caso dos canards franceses. 2013. (Simpósio).

11.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia. 2011. (Congresso).

12.
Colloque international Interdits et Genre: constructions, représentations et pratiques du féminin et du masculin. Les Femmes dans les canards imprimés français : Fatalité et vengeance féminine (XVIe – XVIIe siècle). 2009. (Congresso).

13.
Conference Genocide. The Future of Prevention. 2009. (Congresso).

14.
Sixteenth Century Society & Conference. The modern Medeas: The feminine cruelty in French canards. Sixteenth Century Society & Conference. 2009. (Congresso).

15.
Séminaire du Master, UFR LSHS, Université Paris 13.Les inversions du monde juvénile à l'aube des Temps Modernes : Évasion, convention, critique sociale. 2007. (Seminário).

16.
1906-2006: Hannah Arendt cent ans après sa naissance. 2006. (Seminário).

17.
3a. Reunião Nacional do GT de Estudos de Gênero - X Encontro Estadual de História de Santa Catarina.O Malleus Maleficarum e a elaboração da imagem da bruxa demoníaca. 2004. (Encontro).

18.
IX Encontro Regional de História: Identidades e representações.Demonização da mulher: a construção do discurso misógino no Malleus Maleficarum. 2004. (Encontro).

19.
Seminário Internacional Os pecados capitais na Idade Média.Os pecados femininos e o imaginário inquisitorial. 2004. (Seminário).

20.
Colóquio Internacional "A banalização da violência: a atualidade do pensamento de Hannah Arendt". 2002. (Congresso).

21.
Colóquio "Os lugares da violência". 2001. (Simpósio).

22.
"História e Multimeios" - Festival da Federal. 2000. (Outra).

23.
"O anti-ciganismo e os direitos culturais". 2000. (Outra).

24.
"O conceito de Estado na filosofia política moderna e contemporânea". 2000. (Seminário).

25.
1o. Congresso de Humanidades - Diálogo entre saberes. Memória em imagens: a iconografia brasileira do século XIX em questão. 2000. (Congresso).

26.
8o. Evento de Iniciação Científica - EVINCI 2000. Memória em imagens: a iconografia brasileira do século XIX em questão. 2000. (Congresso).

27.
Comemorações Alusivas aos 500 anos do Brasil e ao Advento do Milênio na UFPR.Descobrindo a nossa descoberta do Brasil. 2000. (Outra).

28.
Evento de Extensão Universitária "Cultura e sociedade: sociabilidades modernas". 2000. (Encontro).

29.
Evento de Extensão Universitária "Noções de paleografia e leitura de documentos luso-brasileiros antigos". 2000. (Oficina).

30.
Evento de Extensão Universitária "Terceira Jornada Setecentista". 2000. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LIEBEL, Silvia. ; ARNOULD, J-C. ; VIEGAS, R. . Colloque internacional Canards, occasionnels, éphémères : "information" et infra-littérature en France à l'aube des Temps Modernes. 2018. (Congresso).

2.
LIEBEL, Silvia. ; LIMA, L. F. S. . XXIX Simpósio Nacional de História. 2017. (Congresso).

3.
LIEBEL, Silvia. . VIII Semana Acadêmica de História. Desafios históricos: embates, traumas e práticas. 2017. (Congresso).

4.
LIEBEL, Silvia. ; RIBEIRO, A. C. R. ; WITEZE JR, G. ; SILVEIRA, A. D. ; SILVERIO, L. F. . II Jornada Utopia: Linguagens e Representação. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. 2016. (Congresso).

5.
LIEBEL, Silvia. ; RIBEIRO, A. C. R. ; BERRIEL, C. E. O. ; DORE, A. C. ; MEIHY, M. S. B. . I Jornada Utopia: Linguagens e Representação. 2015. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Carolina Krieger. Literatura e História: possibilidades e desafios na formação da consciência histórica. Uma experiência de salão literário à luz da modernidade no ensino de História, Florianópolis, 2017-2018. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Lívia Bernardes Roberge. "Eu escrevi, eu agi, eu tenho paz": as lutas de representação na formação de identidades Diggers na Inglaterra durante o Século XVII (1607-1652).. Início: 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Maria Adaiza Lima Gomes. Modernas, porém recatadas: relações de poder e discursos de gênero na imprensa fortalezense (1922-1927). Início: 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Lucas Pinheiro Silva. Mulheres desregradas: narrativas de crimes femininos dos dois lados do Canal da Mancha (séculos XVI e XVII). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Thamara Shintya Dias Souza Cardoso. Mulheres desregradas: narrativas de crimes femininos dos dois lados do Canal da Mancha (séculos XVI e XVII). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Lucas Roberto Soares Lopes. Jogando com a crítica histórica: as novas tecnologias e o desenvolvimento de "Os Revoltosos". 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Silvia Regina Liebel.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Paola Povosian Freitas Calle. O Mundo Resplandecente: narrativa e protagonismos femininos em uma utopia do século XVII. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

2.
Carlos Alberto Vieira Junior. O Estado místico de Campanella: A Cidade do Sol e a utopia do século XVII. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

3.
Ana Carolina Nascimento. Utopia e civilidade: o controle dos indivíduos na Utopia, de Thomas More (1516). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

4.
Jamylle Goulart. Aquilo que não era Schiller: a presença do "outro" em Os Bandoleiros e Intriga e Amor. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

5.
Kelly Caroline Appelt. A Morte na Lua e no Sol: religião, ciência e utopia nas viagens de Cyrano de Bergerac no século XVII. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

6.
Silvana de Paula Palma. As mulheres nas utopias modernas: A Cidade do Sol, Nova Atlântida e as (des)igualdades imaginadas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

Iniciação científica
1.
Jhenifer da Rocha Gallo. Entre a gula e o controle: a alimentação da Cocanha à Utopia de Thomas Morus. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

2.
Paola Povosian Freitas Calle. Margaret Cavendish: um caso de autoria feminina na Inglaterra do século XVII. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

3.
Ana Carolina Nascimento. O controle dos indivíduos na obra Utopia (1516) de Thomas More. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

4.
Carlos Alberto Vieira Junior. Utopias e mundos imaginários em Gargântua e Pantagruel de François Rabelais. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Regina Liebel.

5.
Silvana de Paula Palma. Nova Atlântida e A CIdade do Sol e a (des)igualdade imaginada. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

6.
Jhenifer da Rocha Gallo. Diz-me o que comes; eu te direi quem és: uma análise sobre alimentação na Utopia de Thomas More. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

7.
Paola Povosian Freitas Calle. "Os Gigantes Peludos": um relato dentro do gênero utópico. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

8.
Ana Carolina Nascimento. Visões de mundo: o olhar de Montaigne sobre os índios tupinambás da costa brasileira. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

9.
Kelly Caroline Appelt. As viagens de Cyrano de Bergerac: ironia e ciência nas utopias francesas do século XVII. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Silvia Regina Liebel.

Orientações de outra natureza
1.
Marina Fagundes. Monitoria em História Moderna I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

2.
Kauê Pisetta Garcia. Monitoria em História Moderna II. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

3.
Paola Povosian Freitas Calle. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

4.
Gabriel Dalapria. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Orientador: Silvia Regina Liebel.

5.
Ana Carolina Nascimento. Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Orientador: Silvia Regina Liebel.

6.
Kauê Pisetta Garcia. Monitoria em História Moderna II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Orientador: Silvia Regina Liebel.

7.
Marina Fagundes. Monitoria em História Moderna II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

8.
Paola Povosian Freitas Calle. Utopia: Linguagens e Representação. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Orientador: Silvia Regina Liebel.

9.
Silvana de Paula Palma. Utopia: Linguagens e Representação. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Orientador: Silvia Regina Liebel.

10.
Paola Povosian Freitas Calle. Monitoria em História Moderna I. 2014. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

11.
Kelly Caroline Appelt. Monitoria em História Moderna II. 2014. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

12.
Paola Povosian Freitas Calle. Monitoria em História Moderna II. 2014. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

13.
Ana Carolina Nascimento. Monitoria em História Moderna I. 2014. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

14.
Carlos Alberto Vieira Júnior. Monitoria em História Moderna I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

15.
Kelly Caroline Appelt. Monitoria em História Moderna I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

16.
Livia Bernardes Roberge. Monitoria em História Moderna II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.

17.
Carlos Alberto Vieira Junior. Monitoria em História Moderna II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade do Estado de Santa Catarina. Orientador: Silvia Regina Liebel.



Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
LIEBEL, Silvia. ; CALLE, P. P. F. ; PALMA, S. P. . Projeto Utopia. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LIEBEL, Silvia. ; RIBEIRO, A. C. R. ; BERRIEL, C. E. O. ; DORE, A. C. ; MEIHY, M. S. B. . I Jornada Utopia: Linguagens e Representação. 2015. (Congresso).


Redes sociais, websites e blogs
1.
LIEBEL, Silvia. ; CALLE, P. P. F. ; NASCIMENTO, A. C. . Amaurota 500. 2016; Tema: Os 500 anos da Utopia de Thomas Morus. (Blog).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 19:39:02