Eduardo da Silva Schneider

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2356981103904832
  • Última atualização do currículo em 13/02/2017


Possui graduação em Bacharelado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e mestrado em Matemática Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Doutorado em Matemática pela Bowling Green State University, Ohio, EUA. É professor Adjunto I da Universidade Federal de Pelotas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eduardo da Silva Schneider
Nome em citações bibliográficas
SCHNEIDER, Eduardo da Silva

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pelotas, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).
Rua Almirante Barroso, 1734
Centro
96010000 - Pelotas, RS - Brasil
URL da Homepage: www.ufpel.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Mathematics.
Bowling Green State University, B.G.S.U., Estados Unidos.
Título: Lagrangian Rate of Convergence on Discrete Time-dependent Random Velocity Fields,
Orientador: Craig Lee Zirbel.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2004 - 2006
Mestrado em Matemática Aplicada.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Solução das equações da cinética pontual pelo método da decomposição de Adomian,Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Marco Túlio Menna Barreto de Vilhena.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Nuclear / Subárea: Tecnologia dos Reatores.
1998 - 2003
Graduação em Bacharelado Em Matemática.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Equações Diferenciais Parciais. (Carga horária: 120h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Assistente II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2010 - Atual
Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise I
Cálculo Numérico
Cálculo 1
Cálculo 2
Cálculo 3
Equações Diferenciais
Introdução à Álgebra

Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professorm Assistente II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2006 - 12/2009
Extensão universitária , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, .

Atividade de extensão realizada
Desenvolvimento do site do Curso de Licenciatura em Matemática da UNIPAMPA.
9/2006 - 12/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, .

9/2006 - 12/2009
Ensino, Matemática e Engenharias, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Álgebra I
Álgebra Linear II
Análise I, Análise II
Aritmética
Cálculo I, Cálculo II
Geometria Analítica
Geometria Plana
Variável Complexa
9/2006 - 12/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, .

Cargo ou função
Membro da Comissão do Projeto Pedagógico do curso de Licenciatura em Matemática.
1/2008 - 7/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, .

Cargo ou função
Coordenador temporário do Curso de Licenciatura em Matemática.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 20

Atividades

03/2006 - 08/2006
Ensino, Engenharia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geometria Analítica
Cálculo Numérico
Cálculo com Geometria Analítica I
Álgebra Linear
7/2004 - 8/2006
Extensão universitária , Instituto de Matemática, .

Atividade de extensão realizada
PRÉ-CÁLCULO.
5/2004 - 3/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Matemática, .

Linhas de pesquisa
Geometria e Análise
5/2001 - 4/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Matemática, .

Cargo ou função
Representante discente na COMGRAD-MAT.
3/2001 - 2/2003
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Física, Instituto de Física.

Atividade realizada
Monitor de FIS01182 - ELETROMAGNETISMO.
3/1999 - 2/2001
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Física, Instituto de Física.

Atividade realizada
Monitor de FIS01181 - MECÂNICA.

Complexo de Ensino Superio Cachoeirinha, CESUCA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de Pós-Graduação, Carga horária: 0

Atividades

04/2008 - 09/2008
Ensino, Especialização em Geometria Analítica e Espacial, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Geometria Euclidiana


Linhas de pesquisa


1.
Geometria e Análise
2.
Fenômenos de Transporte
3.
Métodos Numéricos e Analíticos para Equações Diferenciais


Projetos de pesquisa


2009 - 2009
Da Geometria Euclidiana as Geometrias não Euclidianas
Descrição: Desde a Grécia Antiga, a Geometria desempenha um papel fundamental visto que é berço da chamada Matemática Dedutiva. No Brasil, por volta da década de 70, ocorreu o Movimento da Matemática Moderna que priorizava a técnica ao sistema dedutivo. Este movimento ainda produz reflexos no currículo e nos materiais didáticos de ensino de Matemática. Contudo, há alguns anos, um processo que resgata o método dedutivo da Matemática vem ganhando força como podemos ver em ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA O ENSINO MÉDIO Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias, documento do Ministério da Educação de 2006. Transcrevo o seguinte trecho deste documento: O estudo da Geometria (...). Também é um estudo em que os alunos podem ter uma oportunidade especial, com certeza não a única, de apreciar a faceta da Matemática que trata de teoremas e argumentações dedutivas. Para que ocorra o resgate do estudo do método dedutivo na escola é preciso que os professores da escola básica estejam preparados para participar desse processo. Neste contexto, visto que a UNIPAMPA forma professores para atuar na escola básica através do Curso de Licenciatura em Matemática, devemos oportunizar aos alunos desse curso o maior contato possível com o método dedutivo..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Eduardo da Silva Schneider - Coordenador.
2007 - 2008
Oscilações químicas não-lineares: a reação de Belousov-Zhabotinsky
Descrição: Muitos dos princípios em Ciências e Engenharias dizem respeito a relações entre quantidades que variam. Como as taxas de variação são representadas, matematicamente, por derivadas então é natural que tais princípios sejam expressos em termos de equações diferenciais. Nesse sentido, a grande área da Química fornece muitos exemplos interessantes e aplicações. Podemos citar, como exemplos, aplicações em problemas de misturas, decaimento radioativo, concentração de espécies químicas entre outras. Nas aplicações que estão relacionadas com concentração de espécies químicas podemos voltar nossa atenção aos sistemas que envolvem dinâmica não-linear. O fenômeno protótipo da dinâmica química não-linear é a oscilação na variação de concentração de uma ou mais espécies químicas que, geralmente, é periódica ou aproximadamente periódica no tempo. Um sistema que fornece este tipo de fenômeno foi descoberto, acidentalmente, pelo químico russo B. P. Belousov nos anos 50. A mistura da reação original consistia de bromato, ácido cítrico e íon cerium. Esperando observar uma mudança progressiva da cor amarela do íon Ce4+ para o incolor Ce3+, o químico ficou surpreso quando a coloração amarela reaparecia em intervalos periódicos de tempo. Uma década depois, o químico A. M. Zhabotinsky desenvolveu outra reação com base na reação de Belousov. Nessa outra reação, ele trocou o ácido cítrico por ácido malóico que se tornou o substrato padrão da reação para a reação de Belousov-Zhabotinsky (BZ). Assim, introduzir os conceitos relacionados a equações diferenciais, discutir alguns modelos matemáticos importantes que envolvem estas equações e analisar alguns métodos e técnicas para resolução analítica e numérica destas fazem parte de uma boa formação de um aluno de graduação vinculado às áreas das Ciências Exatas e da Terra e/ou Engenharias..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Eduardo da Silva Schneider - Coordenador / Nilo Eduardo Zimmermann - Integrante.Número de orientações: 2


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Matemática Aplicada.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
LUIZ, B. M. T. ; SCHNEIDER, Eduardo da Silva . Dualidade no Espaço Euclidiano Estendido. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SIMCH, M. R. R.; MORAES, J. C. P.; SCHNEIDER, Eduardo da Silva. Concurso Público para Professor Assistente. 2012. Universidade Federal de Pelotas.

Outras participações
1.
SCHNEIDER, Eduardo da Silva; FERREIRA, V. L.; DIAS, F.L.. Seleção Pública para Professor Substituto. 2009. Universidade Federal do Pampa.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
1o. COLÓQUIO DE MATEMÁTICA DA REGIÃO SUL.Dualidade no Espaço Euclidiano Estendido. 2010. (Encontro).

2.
IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DE MATEMÁTICA. 2007. (Congresso).

3.
35a. REUNIÃO REGIONAL DA ABE E REUNIÃO REGIONAL DA SOBRAPO. 2003. (Encontro).

4.
SEMINÁRIO EM BUSCA DA EXCELÊNCIA. 2003. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Bruno Moreira Teixeira Luiz. Da Geometria Euclidiana as Geometrias não Euclidianas. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Matemática) - Universidade Federal do Pampa, Fundação Universidade Federal do Pampa. Orientador: Eduardo da Silva Schneider.

2.
Bruna Simões Martins. Modelagem matemática e resolução numérica da reação de Belousov-Zhaboyinsky por diferenças finitas. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal do Pampa. Orientador: Eduardo da Silva Schneider.

3.
Rodrigo Porciuncula Soares. Modelagem matemática e resolução numérica da reação de Belousov-Zhaboyinsky por Runge-Kutta. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal do Pampa. Orientador: Eduardo da Silva Schneider.



Outras informações relevantes


Atuação como corretor da segunda fase das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) nos anos de 2007, 2008 e 2009.

Professor orientador do Programa de Iniciação Científica (PIC 2009 e PIC 2010) da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.

Professor-Pesquisador do curso de Licenciatura em Matemática à Distância da UFPel desde agosto de 2011.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 11:34:14