Luís Fernando Peres Calil

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9396116645318190
  • Última atualização do currículo em 05/12/2016


Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997), especialização em Finanças para Executivos pela FEPESE/UFSC (2001), mestrado em qualidade em tecnologia de superfícies pela EMC/UFSC (2001) e doutorado em gerenciamento de riscos pela EMC/UFSC (2009). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em analise de risco, atuando principalmente nos seguintes temas: confiabilidade, gestão de risco, gestão de contingência, análise de risco e segurança. É integrante do grupo de pesquisa CPNAVAL(Centro de Pesquisas em Engenharia Naval). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luís Fernando Peres Calil
Nome em citações bibliográficas
CALIL, L. F. P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC - Campus Joinville.
Rua João Colin, 2700
Santo Antônio
89218000 - Joinville, SC - Brasil
Telefone: (47) 34724664
URL da Homepage: http://www.joinville.ufsc.br


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2009
Doutorado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Metodologia para gerenciamento das contingências em relação à confiabilidade e à segurança em sistemas técnicos, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Acires Dias.
Palavras-chave: Gestão de contingência; Gestão de risco; Confiabilidade; Segurança.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia do Produto / Especialidade: Desenvolvimento de Produto.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas / Especialidade: Fundamentos Gerais de Projetos das Máquinas.
Setores de atividade: Produção e Distribuição de Energia Elétrica; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.
1998 - 2001
Mestrado em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Estudo de caso para avaliação do tratamento dado à tecnologia de superfície no meio fabril,Ano de Obtenção: 2001.
Orientador: Lourival Boehs.
Palavras-chave: Rugosidade; Superfície; Textura; Qualidade.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Gerência de Produção / Especialidade: Garantia de Controle de Qualidade.
Setores de atividade: Fabricação de Estruturas Metálicas, Caldeiraria Pesada, Tanques, Reservatórios e Outros Produtos de Metal, Exclusive Máquinas e Equipamentos; Fabricação de Máquinas e Equipamentos, Inclusive Máquinas-Ferramenta.
2001 - 2001
Especialização em Finanças para Executivo. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
1991 - 1997
Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
Propriedade intelectual - Modulo avançado. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2006 - 2006
Propriedade intelectual - Modulo intermediário. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2006 - 2006
Como elaborar um plano de negócio - Incubadora. (Carga horária: 40h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo, SEBRAE/SP, Brasil.
2006 - 2006
Propriedade intelectual - Modulo básico. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2003 - 2003
Formação de Auditores Internos da Qualidade. (Carga horária: 8h).
Leme Engenharia Ltda, LEME, Brasil.
2002 - 2002
Avaliação da viabilidade de projetos de cogeração. (Carga horária: 16h).
Cognitor Consultoria Pesquisa Tecnológica e Treinamento, COGNITOR, Brasil.
2001 - 2001
Turbinas a Gás - Ciclo Combinado / Cogeração. (Carga horária: 40h).
Instituto Brasileiro do Petróleo, IBP, Brasil.
2000 - 2000
Prevenção de Acidentes do Trabalho. (Carga horária: 20h).
.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Prestação de serviço, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Doutorando

Vínculo institucional

1998 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Mestrando

Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

09/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Joinville, Centro Tecnológico de Joinville.

Cargo ou função
Núcleo Docente.
03/2015 - Atual
Ensino, Engenharia Naval, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão Portuária
08/2014 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística e Probabilidade para Engenharia
07/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Joinville, Centro Tecnológico de Joinville.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Engenharia Naval.
07/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Joinville, Centro Tecnológico de Joinville.

Cargo ou função
Colegiado do Curso de Engenharia Naval.
08/2011 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Manutenção e confiabilidade
03/2013 - 06/2014
Direção e administração, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Direção Geral do Campus Joinville.
07/2011 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso Interdisciplinar em Mobilidade.
11/2012 - 03/2013
Direção e administração, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Engenharia Naval.
05/2012 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
Representante do Centro de Engenharias da Mobilidade no Conselho Universitário (CUn).
04/2011 - 03/2013
Extensão universitária , Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Atividade de extensão realizada
Projeto de barco solar monocasco para a competição.
04/2010 - 12/2012
Extensão universitária , Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Atividade de extensão realizada
Avaliação do curso e do Centro de Engenharias da Mobilidade.
03/2010 - 12/2012
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística e Probabilidade para Engenharia
01/2011 - 07/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Engenharias da Mobilidade, .

Cargo ou função
Membro da comissão para revisão do Projeto Pedagógico de Curso (PPC) do Centro de Engenharias da Mobilidade.
09/2011 - 01/2012
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Egenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise e Gerenciamento de Risco em Engenharia
03/2011 - 12/2011
Ensino, Interdisciplinar em Mobilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos das Engenharias da Mobilidade
09/2010 - 12/2010
Ensino, Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Confiabilidade e mantenabilidade de sistemas técnicos
08/2008 - 03/2010
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
EMC 5330 - Elementos de Máquinas I
EMC 5335 - Elementos de Máquinas
02/2004 - 03/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Desenvolvimento Integrado de Produtos, .

02/1998 - 02/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Análise de Superfícies Usinadas, .

Linhas de pesquisa
Tecnologia de Superfície
07/1995 - 12/1996
Estágios , Centro Tecnológico, Departamento de Engenharia Mecânica.

Estágio realizado
Medição com rugosímetro de bancada (sonda óptica e mecânica), padronização dos procedimentos de calibração e aferição, seleção de parâmetros de textura para qualificação de superfícies e tratamento estatístico de dados e resultados..

Associação Brasileira de Análise de Risco, Segurança e Confiabilidade, ABRISCO, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Membro do conselho fiscal, Enquadramento Funcional: Suplente


Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

03/2009 - 08/2009
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenho técnico

Coyne e Bellier Engenharia Ltda, COB, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Engenheiro Mecânico, Carga horária: 44
Outras informações
A empresa Coyne e Bellier Engenharia Ltda. foi incorporada pela Leme Engenharia em 2002.

Atividades

9/2000 - 1/2004
Serviços técnicos especializados , Coyne e Bellier Engenharia Ltda, .

Serviço realizado
Cogeração: projeto; análise de pré-viabilidade; especificação técnica para cotação; e análise das propostas dos potenciais fornecedores. Hidroenergia: análise de projeto e negociação com os fornecedores para alcançar soluções de interesse do cliente..

Krupp Metalúrgica Campo Limpo Paulista Ltda, KRUPP, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Pesquisador contratado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Mecânico, Carga horária: 0

Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 44

Atividades

03/1998 - 10/1999
Serviços técnicos especializados , Krupp Metalúrgica Campo Limpo Paulista Ltda, .

Serviço realizado
Análise da correlação entre textura da superfície e torque de desaperto em acoplamentos por interferência.
01/1996 - 02/1996
Estágios , Krupp Metalúrgica Campo Limpo Paulista Ltda, .

Estágio realizado
Acompanhamento do processo produtivo nos setores matrizaria, forjamento, usinagem e qualidade metalúrgica.

Empresa Brasileira de Compressores S/A, EMBRACO, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 44

Atividades

1/1997 - 7/1997
Estágios , Empresa Brasileira de Compressores S/A, .

Estágio realizado
Confecção de normas e implantação do controle estatístico de processo (CEP) na fábrica de compressores médios; melhoria da produção de sucata na linha de usinagem de blocos e melhoria do processo de brunimento concêntrico.

Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville, CONSELHO CIDADE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Membro do Conselho, Enquadramento Funcional: Conselheiro, Carga horária: 2
Outras informações
Participação no Conselho da Cidade (Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville), regulamentado pela lei Complementar Nº 380 (de 31 de julho de 2012), bem como na sua câmara de Mobilidade Urbana, na condição de representante do Segmento Acadêmico e de Pesquisa eleito na reunião do dia 18/mai./2013, para o período 2013 a 2016, conforme Decreto Nº 20.699 (de 28 de maio de 2013).



Linhas de pesquisa


1.
Tecnologia de Superfície
2.
Gerenciamento de risco e confiabilidade


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Pesquisa em gerenciamento de risco no que se refere ao dano e/ou à interrupção da função
Descrição: A presente pesquisa aborda o gerenciamento de risco focando nos possíveis danos (ao homem, ao meio ambiente e ao sistema técnico) e as interrupções de operação em ocorrência de um evento indesejado. Tipicamente, as questões relacionadas aos danos, principalmente as que se referem ao homem e ao meio ambiente, têm sido tratadas pelo gerenciamento de segurança; enquanto as relacionadas às interrupções vêm sendo tratadas pelo gerenciamento de continuidade ? ou disponibilidade, para o caso de sistemas técnicos. Note-se que a integração destas duas abordagens é especialmente interessante em setores como de transporte de pessoas e cargas; de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; de petróleo; etc., que estão expostos a riscos relativos à segurança e que a sociedade tem baixa tolerância quanto à descontinuidade da operação. Este projeto objetiva tratar os processos inseridos no Gerenciamento de Risco ? i.e., análise/avaliação, tratamento, aceitação (ativa e passiva) e comunicação ?, no que se refere a riscos com impacto ao homem, ao meio, e ao sistema técnico, bem como a operação da organização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Desagregador de aglomerados no processo Petrosix
Descrição: Objetivos Principais: Análise do processo de formação e estudo de viabilidade de mecanismo para a remoção de agregados no sistema Petrosix. Atividades Principais: Pesquisa e análise do processo atual, incluindo estudo do perfil térmico e mecanismo de formação de aglomerados. Análise e avaliação das opções tecnológicas para remoção de aglomerado Projeto conceitual da concepção do mecanismo escolhido e medição de formação de aglomerados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / Daniel Martins - Coordenador / Amir Antônio Martins de Oliveira Junior - Integrante / Márcio Jose Espindola Demétrio - Integrante / Tiago Loureiro da Costa Pinto - Integrante / Rodrigo de Souza Vieira - Integrante / Andrea Piga Carboni - Integrante / Roberto Simoni - Integrante / Edson Roberto De Pieri - Integrante / Henrique Simas - Integrante.Financiador(es): Petrobras - Unidade de Negócio da Industrialização do Xisto - Outra.
2006 - 2009
Análise e desenvolvimento de procedimentos para operação e manutenção de disjuntores visando mitigar a emissão de SF6 - MitiSF6
Descrição: O gás SF6 (hexafluoreto de enxofre) é importante para a confiabilidade dos disjuntores que operam em linhas de alta tensão. No entanto, seu potencial de dano para o efeito estufa é em torno de 23.900 vezes maior que o CO2. O projeto MitiSF6 objetiva desenvolver uma metodologia para mitigar a emissão deste gás durante a operação dos disjuntores e na manipulação do gás. O projeto foi elaborado em conjunto como uma empresa transmissora de energia elétrica, a ELETROSUL Centrais Elétricas, e teve como etapas principais: (a) Estudar, sistematizar e propor recomendações para confiabilidade e mantenabilidade nos processos de operação e de manutenção dos disjuntores isolados a SF6; (b) Elaborar uma metodologia para operar e manter os disjuntores, na perspectiva de mitigar a emissão de SF6 para a atmosfera; e (c) Definir programa de capacitação para operar e manter os disjuntores com gás SF6.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / Acires Dias - Integrante / André Ogliari - Integrante / Eduardo Yuji Sakurada - Integrante / Emerson Rigoni - Integrante / Victor Juliano De Negri - Integrante / Altair Coutinho Azevedo Júnior - Coordenador / Alzete Quadros - Integrante / Jovani Afonso de Souza - Integrante / Clóvis Nicoleit Carvalho - Integrante.Financiador(es): Agência Nacional de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
2006 - 2008
Desenvolvimento de software para suporte ao processo de Inovação Tecnológica - ITSoft
Descrição: Com o intuito de reduzir a distância e dificuldade de diálogo entre empresas e centros de pesquisa foi desenvolvido o projeto NUGIN, uma parceria entre a UFSC e a FIESC (IEL/SC) fomentado pela FINEP. No projeto NUGIN foi desenvolvida uma metodologia de planejamento e gestão da inovação tecnológica para possibilitar: a identificação de gargalos tecnológicos; a criação de núcleos integrados de pesquisa e desenvolvimento; e a implantação e utilização de ferramentas de gestão da inovação tecnológica nas empresas. Para dar suporte a esse processo são necessárias técnicas específicas. No projeto ITSoft, foram desenvolvidas ferramentas computacionais para auxiliar o uso de algumas dessas técnicas de suporte, a saber: banco de ideias para desenvolvimento de projeto e ferramente computacional (com código fonte aberto) para auxiliar na análise de modo de falha, seus efeitos e criticidade (FMECA), chamada OpenFMECA..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / André Ogliari - Coordenador / Gleber Estefani Diniz - Integrante / Ivo Rodrigues Montanha Junior - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2005 - 2005
Desenvolvimento de metodologia de análise de risco e planejamento de contingência em distribuição de energia elétrica
Descrição: A gestão do risco é um processo demandado pela necessidade de tratar eventos resultantes dos inter-relacionamentos entre sistemas técnicos, humanos e ambientais, com a possibilidade de interferir na função do sistema técnico e/ou de gerar dano. Neste projeto objetivou elaborar uma estrutura de trabalho para gerenciamento de risco ? mais especificamente para o gerenciamento de contingências ? sob a ação de eventos ambientais de intensidade acima das condições normais de operação. O projeto foi elaborado em conjunto como uma empresa distribuidora de energia elétrica, as Centrais Elétricas de Santa Catarina SA (CELESC) e teve como etapas principais: (1) desenvolvimento de uma metodologia para análise de risco e planejamento de contingência diante de tempestades severas; (2) acompanhamento da implementação nos Centros de Operação da Distribuição (COD); (3) acompanhamento da elaboração das instruções (procedimentos) para atuação em "estado de contingência"; e (4) acompanhamento da elaboração dos planos de ações para implementação da estrutura necessária para operacionalizar as instruções e para redução dos riscos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / Acires Dias - Integrante / Renato Borba Rolim - Integrante / Ricardo Haus Guembarovski - Coordenador / Valdomiro da Silva Cardoso - Integrante / Felipe Toccolini - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2
2004 - 2009
Metodologia para gerenciamento de risco: foco na segurança e na continuidade
Descrição: versa sobre gerenciamento de risco em organizações, focando não somente os possíveis danos ao homem, ao meio ambiente e ao sistema técnico resultante de um incidente, mas também os riscos de o negócio ser interrompido pela ocorrência de um evento indesejado. As questões relacionadas aos danos, principalmente as que se referem ao homem e ao meio ambiente, têm sido tratadas pelo gerenciamento de segurança, enquanto as relacionadas às interrupções, na operação do negócio, vêm sendo tratadas pelo gerenciamento de continuidade ? que é um conceito ampliado do planejamento de contingências. Apesar de a gestão de segurança e a de continuidade terem objetivos distintos, ambas são gerenciamento de risco. Este trabalho apresenta uma metodologia de gerenciamento de risco que considera esses dois aspectos. Este tipo de enfoque tem benefícios mais evidentes em organizações cujo empreendimento é portador de riscos à segurança e à continuidade, como na área de petróleo; geração, transmissão e distribuição de energia; setor naval; petroquímico; entre outros. É dentro desta perspectiva que a metodologia foi desenvolvida e parcialmente aplicada em duas empresas do setor elétrico, uma distribuidora e outra transmissora, que lidam com grande potencial de danos e, também, têm grande potencial de prejuízos , no caso de uma interrupção do negócio ? tanto para a organização (financeiros, à imagem da organização, etc.) quanto para a sociedade. Como resultados deste trabalhado, além da metodologia, destacam-se os seguintes pontos: foi definido um vocabulário único para suprir as necessidades do gerenciamento de continuidade e de segurança; foi elaborada uma estrutura de trabalho ? baseada nas técnicas IDEF0 (integration definition for function modeling), FHA (functional hazard assessment), FMECA (failure modes effects and criticality analysis), CNEA (Causal network event analysis), redes bayesianas, FTA (fault tree analysis) e atualização bayesiana ? que cont.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
1998 - 2001
Estudo de caso para avaliação do tratamento dado à tecnologia de superfície no meio fabril
Descrição: A pesquisa teve como objetivo analisar a forma com que a tecnologia de superfícies usinadas é abordada por parte das empresas que trabalham com tais tipos de superfícies. A pesquisa focou a avaliação das metodologias utilizadas por um grupo de empresas nas tomadas de decisões em relação à textura e à integridade das superfícies usinadas nessas empresas. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo, tipo estudo de caso, em seis empresas do setor metal mecânico, apropriadamente selecionadas para tal finalidade. Nas seis empresas estudadas, foram entrevistados técnicos e engenheiros dos setores de projeto, fabricação e avaliação e controle, considerados pelos dirigentes dessas empresas aptos a responder aos questionamentos. Adicionalmente, também se pesquisou a opinião dos entrevistados sobre a possibilidade de aplicação e utilização de um modelo já existente para a avaliação e escolha da textura de uma superfície, segundo sua função e fabricação, metodologia esta desenvolvida pela pesquisadora Noêmia Mesquita e apresentada em sua Tese de Doutorado na Universidade Federal de Santa Catarina (Mesquita, 1992). Para realizar este tipo de estudo, com base em entrevistas e interpretações da manifestação gravada dos entrevistados, foram utilizadas técnicas específicas e apropriadas, discutidas no trabalho. A pesquisa atingiu seus objetivos e confirmou as expectativas iniciais, de que muitas vezes não existe uma coerência entre as várias etapas da cadeia produtiva do componente, no que diz respeito ao tratamento da tecnologia de superfície. Quanto à metodologia proposta por Mesquita (1992), também foi possível realizar uma importante avaliação preliminar quanto à validade e aplicabilidade prática da mesma..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Implementação de protocolo unificado de coleta de dados de acidentes de trânsito em Joinville e análise piloto de dados preliminares coletados
Descrição: O projeto realizado pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) em parceria com o Corpo de Bombeiros, COTRAN e o IPPUJ, visa aprimorar o método de levantamento de dados dos acidentes de trânsito na cidade de Joinville, pela implementação de um protocolo unificado de coleta de dados de acidentes de trânsito em Joinville. Com base nos dados levantados será possível fazer uma análise piloto, destacando: (1) Mapeamento das ocorrências de acidentes de trânsito; (2) Análise espacial das regiões de ocorrência dos acidentes; (3) Identificação dos locais críticos de acidente de trânsito em Joinville; (4) Análise dos fatores e causas de risco nas áreas de alta incidência verificando possíveis conflitos; e (5) Delineamento de recomendações para reduzir a probabilidade de acidentes no local analisado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador / Antônio Carlos da Silva Santana Júnior - Integrante.
2016 - Atual
DUNA: Desafio Universitário de Nautidesign
Descrição: O DUNA, mediante a proposta de uma competição onde os universitários são estimulados a desenvolverem e construírem um modelo funcional, em escala reduzida, de uma embarcação desenvolvida e projetada pelos mesmos, tem por objetivo fomentar a geração de inovações na área de Engenharia Naval e estimular a interação entre alunos de engenharia, sobretudo, da área naval..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador / Tiago Vieira da Cunha - Integrante / Lucas Weihmann - Integrante / Luiz Eduardo Bueno Minioli - Integrante / Ricardo Aurélio Quinhões Pinto - Integrante / André Luís Condino Fujarra - Integrante / Thiago Pontin Tancredi - Integrante.
2016 - Atual
Análise estatística de colisões de aeronaves com fauna para subsidiar gestão de risco de aeródromos
Descrição: O projeto objetiva fazer uma análise estatística de colisões de aeronaves com fauna a fim de subsidiar a gestão de risco de aeródromos. Como objetivos específicos, destaca-se: Elaboração de base de dados sobre colisões de aeronaves com fauna; Elaboração de modelo matemático para representar teoricamente o comportamento das funções de probabilidade para cada espécie de fauna estudada; Elaboração de estatísticas para avaliar a probabilidade de ocorrência da colisão e sua gravidade; Realizar estudo piloto de análise de risco de colisão de aeronaves com fauna para o aeródromo de Joinville. A primeira fase do projeto consiste na revisão da bibliografia sobre colisões de aeronaves com fauna (destacadamente pássaros) e no levantamento de dados mundiais sobre essas colisões. Como não existe uma regulamentação internacional (ou mesmo nacional) para registro de colisões, cada aeródromo desenvolve sua própria base de dados. Assim, além de ter acesso à base de dados, é importante que se evidencie a forma com que ela foi elaborada e como o registro é tratado para ser incluído na base. Assim, será possível utilizar essas informações na base de dados a ser implementada no estudo piloto. A segunda fase consiste na modelagem da base de dados sobre colisões de aeronaves com fauna e das estatísticas para avaliar a probabilidade de ocorrência da colisão e sua gravidade Note-se que, para modelar as estatísticas, é necessário o entendimento teórico do comportamento de cada espécie de fauna estudada a fim de se definir um modelo matemático (função de probabilidade) para representar o comportamento dos animais, destacadamente no que diz repeito a probabilidade de colidirem com aeronaves. Com a base de dados e as estatísticas definidas, na terceira fase do projeto, pode-se transpor os dados obtidos nas bases coletadas para a base de dados elaborada neste projeto e gerar as estatísticas, tais como ?dano médio de colisões com uma determinada espécie?. Por conseguinte, pode-se desenvolver um estudo piloto no aeródromo de Joinville ? para analisar o risco de colisão de aeronaves com fauna especificamente deste aeródromo ? a fim de avaliar a representatividade dos resultados. Esses resultados, então, serão apresentados em um workshop para a INFRAERO, quando será possível fazer uma análise crítica da base de dados e das estatísticas geradas e, eventualmente, revisar o trabalho. Destaca-se, ainda, que pretende-se realizar outros workshops ao longo do projeto para discutir os encaminhamentos dados com os técnicos e gestores da INFRAERO e das companhias aéreas que atuam em Joinville. Por fim, será elaborado o relatório final do projeto e será feita uma avaliação do projeto como um todo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador / Emmanuel Schlickmann - Integrante.
2015 - 2016
Análise da escolha de modal de transporte urbano pela população de Joinville utilizando métodos Logit
Descrição: A infraestrutura de Joinville permite aos seus habitantes deslocarem-se utilizando uma diversidade de modais. O alto fluxo de carros, a frota limitada de ônibus e o baixo número de ciclovias são alguns dos fatores limitantes nas escolhas diárias de locomoção. Assim, do constante processo de melhoria da mobilidade urbana, é crucial entender o processo de escolha da população para que atitudes sejam tomadas com o intuito de equilibrar o uso dos modais com a capacidade da cidade. A fim de entender esse processo decisório, neste projeto prevê-se a aplicação de modelos Logit para examinar as percepções da população em relação ao uso de ônibus. Como resultado das análises espera-se dar subsídios para a elaboração de medidas a fim de atender as metas pontuadas no Plano de Mobilidade Urbana de Joinville, bem como subsidiar as discussões no Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville (A participação do coordenador deste projeto no Conselho da Cidade foi aprovada pelo Protocolo 2014.7077) e, eventualmente, na Câmara de Vereadores..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador / Diogo Kramel - Integrante.
2013 - 2015
DUNA: Desafio Universitário de Nautimodelismo
Descrição: A competição universitária de nautimodelismo tem como foco a criação de inovações na área de engenharia naval para uma maior eficiência das embarcações. Com a realização deste evento pretende-se: promover um evento que visa divulgar o curso de engenharia naval do centro das engenharias da mobilidade ? UFSC campus Joinville; desenvolver o interesse dos alunos do ciclo básico pelo curso de engenharia naval; e fomentar a aplicação prática dos conceitos vistos em sala de aula pelos alunos do curso de engenharia naval. O DUNA é uma competição de modelos navais onde as equipes, formadas por alunos de graduação, deverão projetar e construir um modelo em escala de um barco do tipo rebocador. As equipes, cada qual com o seu respectivo barco, irão participar de várias provas onde serão avaliados diversos requisitos de projeto conforme estabelecido pela organização do evento..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / Tiago Vieira da Cunha - Coordenador / Lucas Weihmann - Integrante / Luiz Eduardo Bueno Minioli - Integrante / Ricardo Aurélio Quinhões Pinto - Integrante.
2012 - 2012
Projeto de implementação da empresa júnior do Centro de Engenharias da Mobilidade
Descrição: O projeto deferido compreende a elaboração e mapeamento dos processos envolvidos durante o lançamento de uma empresa júnior vinculada à Universidade Federal de Santa Catarina. O objetivo do projeto consiste no suporte necessário à criação de um empreendimento, sem fins lucrativos, que congregue preços acessíveis a excelência dos serviços prestados. O lançamento de uma empresa júnior dentro de um centro requer uma série de etapas precedentes. Dessa forma, o presente projeto visa o suporte ? em termos de elaboração da documentação necessária ? para a efetiva instalação e início das atividades da primeira empresa júnior no Centro de Engenharias da Mobilidade (CEM/UFSC)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador.
2011 - 2013
Projeto de barco solar monocasco para a competição "Desafio Solar"
Descrição: O objetivo do projeto é a construção de uma embarcação monocasco para competir na prova "Desafio Solar Brasil" e, eventualmente, na "Frisian Solar Challenge" , realizada na Holanda..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Coordenador / Hazim Ali Al Qureshi - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2008 - 2011
Pharos: ferramenta computacional para análise de risco
Descrição: Desenvolvimento de software para dar suporte às técnicas FMECA (failure modes effects and criticality analysis), CNEA (causal network event analysis), redes bayesianas, IDEF0 (integration definition for function modeling), FTA (fault tree analysis).
Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Luís Fernando Peres Calil - Integrante / Acires Dias - Coordenador / Eduardo Yuji Sakurada - Integrante / Gleber Estefani Diniz - Integrante / Heitor Azuma Kagueiama - Integrante / Daniel Koudi Nakano - Integrante / Glauco Vinicius Gil Peron - Integrante / Leonardo Mecabô - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Gestão & Produção (UFSCAR. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Analise de Risco.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Manutenção e confiabilidade.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia do Produto/Especialidade: Gerência do Projeto e do Produto.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia do Produto/Especialidade: Metodologia de Projeto do Produto.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CALIL, L. F. P.2004CALIL, L. F. P.; BOEHS, L. . A atenção dada pelas empresas à textura das superfícies usinadas. Máquinas e Metais, v. 466, p. 142-153, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DIAS, A. ; CALIL, L. F. P. ; RIGONI, E. ; OGLIARI, A. ; SAKURADA, E. Y. ; KAGUEIAMA, H. A. . Metodologia para análise de risco: mitigação de perda de SF6 em disjuntores. 1. ed. Florianópolis: Studio S, 2011. v. 1. 304p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CALIL, L. F. P.; KAGUEIAMA, H. A. ; DIAS, A. . Framework for Risk Analysis Ba sed on FMEA, CNEA, FTA and BBN. In: International Society of Offshore and Polar Engineers (ISOPE), 2013, Anchorage. Proceedings of the Twenty-third (2013) International Offshore and Polar Engineering, 2013. v. 4. p. 398-406.

2.
BRAVO, R. R. S. ; LOCATELI, C. C. ; DIAS, A. ; CALIL, L. F. P. ; NEGRI, V. J. . Aplicação de técnicas de análise de risco em um regulador de velocidade eletro-hidráulico de turbinas de centrais hidrelétricas. In: VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2012, São Luis. VII CONEM, 2012.

3.
CALIL, L. F. P.; DIAS, A. . Proposal of a Risk Analysis Technique. In: Brazilian Congress of Mechanical Engineering, 2011, Natal. 21th COBEM, 2011.

4.
DIAS, A. ; AZEVEDO JUNIOR, A. C. ; RIGONI, E. ; CALIL, L. F. P. . Metodologia para mitigar a emissão de SF6 em disjuntores no contexto da manutenção. In: Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2011, Florianópolis. XXI SNPTEE, 2011.

5.
WOLF, F. G. ; MIKOWSKI, A. ; CALIL, L. F. P. . Uma proposta de estrutura acadêmica para instituições de ensino superior voltadas à formação em massa. In: Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia, 2011, Blumenau. XXXIX COBENGE, 2011.

6.
CALIL, L. F. P.; KAGUEIAMA, H. A. ; SAKURADA, E. Y. ; DIAS, A. . CNEA (causal network event analysis): Proposta de técnica de análise de risco. In: Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto, 2009, São José dos Campos - S.P. Anais do 7º CBGDP, 2009.

7.
DIAS, A. ; ANDRADE, B. L. ; ZAIONS, D. R. ; CALIL, L. F. P. . A framework for application of probabilistic risk analysis techniques. In: 19th International Congress of Mechanical Engineering, 2007, Brasília. Proceedings of 19h COBEM. Rio de Janeiro: ABCM, 2007. v. 1.

8.
CALIL, L. F. P.; DIAS, A. ; ANDRADE, B. L. ; SAKURADA, E. Y. ; RIGONI, E. ; KAGUEIAMA, H. A. ; HOLANDA, T. N. . Proposta de uma abordagem para elaboração de FMECA virtual. In: Congreso pan-americano de ingeniería naval transporte marítimo y ingeniería portuária, 2007, São Paulo. Anais do XX COPINAVAL. São Paulo: POLI - USP, 2007. v. 1.

9.
DIAS, A. ; ANDRADE, B. L. ; ZAIONS, D. R. ; CALIL, L. F. P. . Análise de risco: uma síntese dos setores marítimo, aéreo e nuclear. In: Congreso pan-americano de ingeniería naval transporte marítimo y ingeniería portuária, 2007, São Paulo. Anais do XX COPINAVAL. São Paulo: POLI - USP, 2007. v. 1.

10.
DIAS, A. ; CALIL, L. F. P. ; ROLIM, R. B. ; GUEMBAROVSKI, R. H. ; CARDOSO, V. S. . Metodologia para gerenciamento de risco. In: Simpósio internacional de confiabilidade, 2006, Salvador, BA. Anais do IV SIC, 2006. v. 1. p. 1-8.

11.
CALIL, L. F. P.; HIRANO, E. W. ; DIAS, A. . A risk quantification procedure based on bayesian inference. In: 18th International Congress of Mechanical Engineering, 2005, Ouro Preto. Proceedings of 18h COBEM, 2005.

12.
CALIL, L. F. P.; BOEHS, L. . Estudo de caso para avaliação do tratamento dado à textura das superfícies usinadas no meio fabril. In: Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, 2004, Belém. Anais do CONEM 2004, 2004.

13.
CALIL, L. F. P.; VICENTIN, G. C. ; BET, L. ; BOEHS, L. . Determinação dos parâmetros de textura superficial aplicáveis à qualidade da superfície de próteses ortodôntica. In: XII Congresso regional de iniciação científica e tecnologia em engenharia, 1996, Curitiba. Anais do XII CRICTE, 1996.

Outras produções bibliográficas
1.
TOCCOLINI, F. ; DIAS, A. ; CALIL, L. F. P. . Estruturação de ferramentas e análise de software para apoio ao desenvolvimento de uma metodologia de gestão de contingência em sistemas técnicos 2006 (Relatório de pesquisa).

2.
MOSTIACK, G. R. ; BOEHS, L. ; BET, L. ; CALIL, L. F. P. . Estudo do efeito do contato da ponta de um apalpador tipo estilete na medição da textura de superfícies técnicas 1999 (Relatório de pesquisa).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.

2.


Demais tipos de produção técnica
1.
SAKURADA, E. Y. ; CALIL, L. F. P. ; DIAS, A. . NE-RE-02: Análise do modo de falha, efeitos e criticidade (FMEA - Failure mode and effects analysis). 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

2.
TOCCOLINI, F. ; CALIL, L. F. P. ; DIAS, A. . NE-RE-03: Análise por árvore de falha (FTA - Fault tree analysis). 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

3.
CALIL, L. F. P.; KAGUEIAMA, H. A. ; DIAS, A. . NE-RE-05: BTA (Bow-tie analysis). 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

4.
CALIL, L. F. P.; KAGUEIAMA, H. A. ; DIAS, A. . NE-RE-06: Abordagem bayesiana. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

5.
CALIL, L. F. P.; KAGUEIAMA, H. A. ; DIAS, A. . NE-RE-04: IDEF0 (Integration definition for function modeling). 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

6.
KAGUEIAMA, H. A. ; CRUZ, E. M. G. ; CALIL, L. F. P. ; DIAS, A. . NE-TU-01: Tutorial do AI0WIN - ferramenta de modelagem de processos em IDEF0. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

7.
TOCCOLINI, F. ; CALIL, L. F. P. ; DIAS, A. . NE-RE-01: Análise por árvore de eventos (ETA - Event tree analysis). 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
BRINATI, H. L.; ANDRADE, B. L.; DIAS, A.; GUIMARAES, L. S.; CALIL, L. F. P.. Participação em banca de Luiz Henrique Maiorino Barbarini. Análise de risco para embarcações com sistemas de alarmes com foco nos fatores humanos e organizacionais. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Naval e Oceânica) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
ANDRADE, B. L.; BRINATI, H. L.; CALIL, L. F. P.. Participação em banca de Luiz Henrique Maiorino Barbarini. Análise de risco para embarcações com sistemas de alarmes com foco nos fatores humanos e organizacionais. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Naval e Oceânica) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CALIL, L. F. P.; EGER, J. S.; MENDOZA, Y. E. A.. Participação em banca de Rodrigo José Rocha.Estudo sobre métodos de estimação de F(t) para o cálculo dos parâmetros da Distribuição Weibull com aplicação em uma análise de falhas de garrafas PET. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Mobilidade) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
CALIL, L. F. P.; DA CUNHA, T. V.; TANCREDI, T. P.. Participação em banca de Elpidio Moura Faleiros Lima.Análise de falhas em processo de soldagem com arame tubular na indústria naval utilizando FMEA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
CALIL, L. F. P.; PINTO, R. A. Q.; MINIOLI, L. E. B.. Participação em banca de Marcus Vinícius Zucco.Metodologia para a melhoria contínua da produção de embarcações de recreio, com base na redução de defeitos de produção. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
TANCREDI, T. P.; CALIL, L. F. P.; FIORENTIN, T. A.. Participação em banca de Andressa Beckert Otto.Análise modal paramétrica para o dimensionamento estrutural de um tanque de reboque fabricado em aço. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
PINTO, R. A. Q.; CALIL, L. F. P.; GARCIA, J. R.. Participação em banca de João Luiz Francisco.Considerações sobre os fatores críticos de sucesso para a produtividade e competitividade dos estaleiros do Vale do Itajaí.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
TANCREDI, T. P.; CALIL, L. F. P.; MINIOLI, L. E. B.. Participação em banca de Maria Eduarda Felippe Chame.Projeto conceitual otimizado de embarcações utilizando fórmulas empíricas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina.

7.
CALIL, L. F. P.; FERNANDES, C. W. N.; GARCIA, J. R.. Participação em banca de Filipe Costa Medeiros.Análise da distribuição de medicamentos governamental. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Mobilidade) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CALIL, L. F. P.; SAKURADA, E. Y.; RIGONI, E.. Concurso para contratação de professor Adjunto em "Engenharia Mecânica/Máquinas. Motores e Equipamentos". 2015. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
BECKERT, S. F.; CALIL, L. F. P.; KELLER, S. C.. Concurso para contratação de professor Substituto por tempo determinado em "Probabilidade e Estatística". 2012. Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
SACCHELLI, C. M.; CALIL, L. F. P.; SOUZA, M. S. K.. Concurso para contratação de professor Substituto por tempo determinado em ''Mecânica dos Sólidos''. 2011. Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
CALIL, L. F. P.; ANDRADE, B. L.; CONTI, M. B.; SACCHELLI, C. M.; CARMINATTI, C. A.. Concurso para contratação de professor Adjunto em ''Projeto de Navios e de Sistemas Oceânico''. 2011. Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
SILVA, E. C.; CALIL, L. F. P.; SACCHELLI, C. M.. Concurso para contratação de professor Substituto por tempo determinado em ''Representação Gráfica''. 2011. Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
ALVES, M. K.; MOHR, H. B.; CALIL, L. F. P.; SOUSA, A. R.; LAFRATTA, F. H.. Concurso para contratação de professor Adjunto em ''Metrologia Aplicada''. 2010. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congreso pan-americano de ingeniería naval transporte marítimo y ingeniería portuária. Proposta de uma abordagem para elaboração de FMECA virtual. 2007. (Congresso).

2.
Congreso pan-americano de ingeniería naval transporte marítimo y ingeniería portuária. Análise de risco: uma síntese dos setores marítimo, aéreo e nuclear. 2007. (Congresso).

3.
Seminário Técnico sobre o Gás SF6. 2007. (Seminário).

4.
18th International Congress of Mechanical Engineering - COBEM. A risk quantification procedure based on bayesian inference. 2005. (Congresso).

5.
Formatando o prontuário das instalações elétricas conforme o novo texto da NR 10 ? segurança em instalações e serviços em eletricidade. 2005. (Oficina).

6.
XII Congresso regional de iniciação científica e tecnologia em engenharia. Determinação dos parâmetros de textura superficial aplicável à qualificação da superfície de próteses ortodônticas. 1996. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FERNANDES, C. W. N. ; CALIL, L. F. P. ; KRAUS JUNIOR, W. . XXVI ANPET - Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Julian Alfonso Sanabria. Metodologia para análise de confiabilidade em robôs com aplicação em robô paralelo. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Egenharia Mecânica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Luís Fernando Peres Calil.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Elpidio Moura Faleiros Lima. Análise de falhas em processo de soldagem com arame tubular na indústria naval utilizando FMEA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Luís Fernando Peres Calil.

2.
Marcus Vinícius Zucco. Metodologia para a melhoria contínua da produção de embarcações de recreio, com base na redução de defeitos de produção. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Naval) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Luís Fernando Peres Calil.

3.
Rodrigo José Rocha. Estudo sobre métodos de estimação de F(t) para o cálculo dos parâmetros da Distribuição Weibull com aplicação em uma análise de falhas de garrafas PET. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Interdisciplinar em Mobilidade) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Luís Fernando Peres Calil.

4.
Filipe Costa Medeiros. Análise da distribuição de medicamentos governamental. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Interdisciplinar em Mobilidade) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Luís Fernando Peres Calil.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 7:02:38