Karina Nascimento Costa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7255877647009355
  • Última atualização do currículo em 02/11/2018


Possui graduação em Medicina pela Universidade de Brasília (1986) ,mestrado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo (1998) e doutorado em Ciências Médicas pela Universidade de Brasília (2009). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Medicina da Criança e do Adolescenta da Universidade de Brasília, foi docente da Escola Superior de Ciências da Saúde ( 2002 - 2009). Trabalhou na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital de Base do Distrito Federal de 1989 a 2017. Fez parte do corpo editorial da Revista Brasília Médica de 2009 a 2013 . É revisora da Revista Paulista de Pediatria e da Revista Brasileira de Terapia Intensiva Pediátrica. Tem experiência na área de Medicina Intensiva Pediátrica e Neonatal, atuando principalmente nos seguintes temas: traumatismo cranio encefálico, peptideo natriuretico cerebral, Hiponatremia, Ventilação pulmonar mecânica, transtorno do estresse pós traumático ,marcadores inflamatórios e restrição de crescimento intrauterino (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Karina Nascimento Costa
Nome em citações bibliográficas
COSTA, K. N.;K. N. Costa;K.N. Costa;COSTA, KARINA N.


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Ciências Médicas.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Hiponatremia em pacientes com trauamtismo cranioencefálico: ausência de alteração sanguínea do peptídeo natriurético cerebral, aldosterona e vasopressia, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Luiz Augusto Casulari Roxo da Motta.
Palavras-chave: hiponatremia; Peptideo natriuretico cerebral; Traumatismo cranio encefálico.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica / Especialidade: Neurologia.
Setores de atividade: Saúde humana e serviços sociais.
1995 - 1998
Mestrado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria.
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Título: Dosagem do fator natriurético atrial em crianças submetidas a ventilação mecânica,Ano de Obtenção: 1998.
Orientador: Wherther Brunow de Carvalho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ventilação com pressão positiva intermitente; Fator natriurético atrial.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.
1987 - 1988
Especialização - Residência médica.
Fundação Hospitalar do Distrito Federal, FHDF, Brasil. Residência médica em:
Número do registro: .
2017 - 2017
Especialização em Especialização em Preceptoria de Residência Médica no SUS. (Carga Horária: 360h).
Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, IEP/HSL, Brasil.
Título: REFLEXÕES SOBRE O APRENDIZADO EM UM CURSO DE PRECEPTORIA.
Orientador: Cesar Vinicius Miranda Lopes.
2004 - 2005
Especialização em Especialização em ventilação mecânica. (Carga Horária: 360h).
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.
1980 - 1986
Graduação em Medicina.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2011
curso de atualização psiquiatria na infância e ado. (Carga horária: 96h).
associação psiquiátrica de brasília, APBR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professora adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora adjunta, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2012 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professora adjunta, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades: Pós graduação: Disciplina ministrada: 02/2012 : Tópicos em perinatologia

Atividades

02/2010 - Atual
Ensino, Ciências Médicas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Emergencias em pediatria
02/2010 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Neonatologia

Escola Superior de Ciências da saúde, ESCS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2009
Vínculo: Docente, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 20


Secretaria de Estado da Saúde, SES, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Medica terapia Intensiva pediátrica, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Rehospitalização de neonatos pretermos e fatores de risco associados em hospital universitário
Descrição: Uma grande variedade de problemas de saúde pode ocorrer em bebês prematuros antes e após alta da UTI neonatal, incluindo problemas de alimentação, insuficiência de crescimento, morbidades respiratórias, incluindo displasia bronco pulmonar, refluxo gastresofágico, anemia, doenças oculares, deficiência neurológica, problemas cirúrgicos e doenças dentárias. E tais situações podem gerar ansiedade significativa na família do neonato pré-termo, o que já se manifesta logo após a alta hospitalar. O presente projeto tem como objetivos: Avaliar a taxa de rehospitalização pós-alta da UTI neonatal do hospital universitário de recém-nascidos prematuros (24 a 36 6/7 semanas de gestação), e comparar tais resultados com a pontuação obtida de acordo com a escala de percepção de auto eficácia parental ?Perceived Maternal Parenting Self-Efficacy? (PMP S-E). Objetivos específicos são: Avaliar qualitativamente quais são as maiores dificuldades parentais em lidar com neonatos prematuros;Mensurar a preparação parental para cuidar e assegurar a manutenção do estado hígido de seu filho;Correlacionar o nível de preparação parental à frequência de rehospitalizações posteriores; Mensurar quais as causas de rehospitalização dos recém nascidos admitidos no estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Tainá Fontes Rehem - Integrante.
2018 - Atual
Impacto do projeto Mãe-Nutriz no aleitamento materno e no vínculo mãe-bebe durante internação em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Descrição: Tendo em vista a importância da manutenção do aleitamento materno e do vínculo mãe bebê nos prematuros, o objetivo principal deste trabalho é avaliar se a participação de mães de RN prematuros internados na UTIN do HuB no alojamento de mães nutrizes favoreceu a adesão ao aleitamento materno durante a internação e no momento da alta e se também favoreceu o vínculo mãe-bebê. Como objetivos secundários avaliar se a permanência no alojamento das mães nutrizes favoreceu a produção materna de leite humano e reduziu o uso de fórmula infantil, bem como se a favoreceu a evolução clínica do RN..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Lilayne Karla de Souza Araújo - Integrante / Louise Daameche - Integrante.
2017 - 2018
A influência do transtorno do estresse pós-traumático na amamentação
Descrição: A gravidez e o puerpério constituem um dos períodos mais intensos na vida de uma mulher. Sendo assim, elas encontram-se mais vulneráveis para desenvolverem depressão, ansiedade e estresse1. Sabe-se que durante o primeiro mês depois do parto, 85% das mulheres desenvolvem algum tipo de oscilação de humor e uma partes delas sofrerá desordens psiquiátricas as quais terão influência sobre a produção e a liberação de leite. O transtorno do estresse pós- traumático (TEPT) é uma das desordens que pode surgir nesse período de amamentação e ter significativa influência sobre o aleitamento materno. O objetivo deste projeto é avaliar a auto eficácia da amamentação das mães em Alojamento Conjunto da maternidade do HUB, buscando identificar a incidência do Transtorno do Estresse Pós-Traumático e quais são seus fatores de risco, além de dimensionar o impacto do TEPT no aleitamento materno..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Gabriella Tomaz Riccardi - Integrante.
2017 - 2018
Condutas Médicas na Morte Encefálica no Paciente Pediátrico: Adequação à Lei e ás Exigências Éticas
Descrição: A morte encefálica (ME) é definida pela perda definitiva e irreversível da atividade cerebral, ocasionada por uma causa conhecida, comprovada e que seja capaz de gerar o caso clínico. Esse diagnóstico é clínico e de certeza absoluta. Os procedimentos para o diagnóstico de morte encefálica devem ser realizados em todos os pacientes em coma não perceptivo com ausência de reatividade supraespinhal e apneia persistente que atendam pré-requisitos estabelecidos. A confirmação do diagnóstico implica na retirada de todo o suporte de vida oferecido caso não seja realizada a doação de órgãos. Entretanto a retirada do suporte vital nas UTIP ocorre frequentemente em tempo variável e prolongado. Esse projeto tem como objetivos: Identificar as condutas médicas adotadas nos casos de morte encefálica ocorridos em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Distrito Federal verificando se estão em consonância com a lei e a ética, Determinar a incidência de morte encefálica em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Distrito Federal, Comparar as práticas adotadas com as evidenciadas na literatura, Comparar as práticas adotadas nos casos de morte encefálica com as práticas em outras causas de óbito, Verificar a existência de ordens de limitação ou retirada de suporte de vida entre os pacientes que faleceram.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Débora Maria de Carvalho Saraiva - Integrante.
2016 - 2017
Avaliação do Transtorno do Estresse Pós-Traumático em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Descrição: A prevalência ao longo da vida do Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT) varia de acordo com o contexto social e o país em que se reside, variando de 1,3 a 12,2% e a prevalência de 1 ano é de 0,2 a 3,8% . O Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-TR-V) define o TEPT como uma condição que se desenvolve quando a pessoa vê, ouve ou é envolvida por um estressor traumático extremo . Ademais, tem como tríade psicopatológica do transtorno: (1) o re-experimentar o evento traumático (por exemplo, pensamentos, pesadelos, flashbacks); (2) a evitação de estímulos a ele associados (por exemplo, evitar lugares ou situações que lembrem o evento traumático); (3) e a presença persistente de sintomas de hiperestimulação autonômica(por exemplo, estar sempre hiper-vigilante). O presente estudo tem como objetivos: Avaliar a saúde mental dos pais cujos filhos foram internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), buscando identificar a incidência do Transtorno do Estresse Pós-Traumático. Avaliar se há diferença de gênero na resposta ao trauma e no surgimento do TEPT e se possível indicar correlações causais para as possíveis diferenças..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Elica Mafra Sampaio Rocha - Integrante.
2015 - 2016
Incompatibilidade sanguinea materno-fetal ?ABO: incidência, fatores de risco e complicações
Descrição: A hiperbilirrubinemia é um dos problemas mais comuns no período neonatal, ocorrendo em mais de 60% das crianças e se expressa clinicamente como icterícia. A doença hemolítica do recém-nascido ABO é a causa mais comum de icterícia chegando a 25%. Considerando-se relevância do tema somado com a falta de evidencias acerca dos fatores de risco e agravantes para a doença hemolíticas ABO o presente estudo visa avaliar a incidência de doença hemolítica perinatal, com hiperbilirrubinemia em RN com incompatibilidade sanguinea ABO. Também avaliar possíveis fatores de risco para o surgimento e intensidade de hiperbilirrubinemia e a incidência de complicações no RN ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Danyelly Lara Martins - Integrante.
2015 - 2016
Alterações na concentração sérica de sódio no paciente pediátrico com traumatismo cranioencefálico: Incidência e correlação com a evolução clínica
Descrição: O trauma crânio encefálico figura entre as principais etiologias que levam à morte devido a causas violentas. No ambiente da unidade intensiva de cuidados, o correto manejo do balanço hidroeletrolítico é essencial para evitar maiores danos neurológicos e secundários ao paciente, aumentando o índice de morbi-mortalidade. A ocorrência de hipernatremia foi sempre relacionada a um melhor desfecho, sendo inclusive usada como terapia para o edema cerebral e a ocorrência de aumento da pressão intracraniana. As causas da ocorrência de hipernatremia são diversas dentre os pacientes, incluindo perda de água insensível, baixa oferta de água, excesso de administração de sódio ou a presença de diabetes . O presente estudo tem como objetivo avaliar a frequência de alterações na concentração sérica de sódio em pacientes pediátricos vítimas de traumatismo cranioencefálico grave e correlacionar a presença, intensidade e duração das alterações na concentração sérica de sódio com a evolução destes pacientes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Susane Muniz Pereira - Integrante.
2013 - 2015
Dosagem dos marcadores inflamatórios em recém nascidos pequenos para a idade gestacional
Descrição: A Restrição do Crescimento Intra-uterino (RCIU) está relacionada à hipóxia fetal crônica com lesão tissular e é uma das principais causas de morbimortalidade perinatal. Ela apresenta achados patológicos semelhantes aos da resposta inflamatória, que envolve a produção de citocinas pro-inflamatórias e proteínas de fase aguda . Dessa forma, tem sido demonstrado que, em recém-nascidos Pequenos para a Idade Gestacional (PIG), os níveis de marcadores inflamatórios estão aumentados ao nascimento. O objetivo desse estudo é dosar marcadores inflamatórios : proteína C reativa, interleucina Il-6 e óxido nítrico em sangue de cordão de RN pequenos para a idade gestacional de e RN adequados para a idade gestacional e suas respectivas mães..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Catarina Salles Menezes - Integrante / Diogo Candeo Rodrigues Cordeiro - Integrante / Luciana Rodrigues Costa - Integrante / Matheus Antônio Matias de Lima - Integrante / Pedro Luis Monteiro Belmonte - Integrante.
2011 - 2015
Transtorno do estresse pos traumatico em unidade de terapia intensiva neonatal e alojamento conjunto
Descrição: Tem como objetivo analisar a incidencia e fatores de risco do transtorno do estresse pos traumático em pais de RN internados na unidade de terapia intensiva neonatal e alojamento conjunto. Procuramos estabelecer a incidencia fatores de risco, se há diferença entre gêneros e influencia na amamentação.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Jose Alfredo Lacerda de Jesus - Integrante / Geraldo Fernandes Magela - Integrante / Luan de Góis Lucas - Integrante / Danyelly Lara Martins - Integrante.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Hospital do Ursinho de Brasília
Descrição: Projeto desenvolvido em escolas públicas da região leste que tem como objetivo reduzir o medo das crianças de procedimentos ( consultas, procedimentos, exames) realizados em ambiente hospitalar.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) .
Integrantes: Karina Nascimento Costa - Coordenador / Jose Alfredo Lacerda de Jesus - Integrante / Geraldo Fernandes Magela - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Terapia Intensiva (Impresso)
2009 - 2013
Periódico: Brasília Médica


Revisor de periódico


2005 - Atual
Periódico: Revista Paulista de Pediatria (Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Endocrinologia.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Neurologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Professora Homenageada da 96 turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2018
Premio do trabalho destaque na Área Saúde e Vida no 24 Congresso de Iniciação Científica da UnB : A influencia do transtorno do estresse pós-traumático na amamentação, Universidade de Brasília.
2018
Menção honrosa ao trabalho : Condutas Médicas na Morte Encefálica no Paciente Pediátrico: Adequação à Lei e ás Exigências Éticas no 24 Congresso de Iniciação Científica da UnB, Universidade de Brasília.
2017
Professora Homenageada da 93 turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2017
Professora Homenageada da 94 turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2016
Paraninfa da 92 Turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2016
Paraninfa da 91 Turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2016
Indicação Premio do trabalho destaque na Área Saúde e Vida no 22 Congresso de Iniciação Científica da UnB : Alterações na concentração sérica de sódio no paciente pediátrico com traumatismo cranioenc, Universidade de Brasília.
2015
Paraninfa da 89 Turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2015
Patrona da 90 Turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2013
Professora Homenageada da 86 turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.
2013
Professora Homenageada da 87 turma de Medicina da Universidade de Brasília, Universidade de Brasília.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALMEIDA, FERNANDA C.2018ALMEIDA, FERNANDA C. ; GANDOLFI, LENORA ; COSTA, KARINA N. ; PICANÇO, MARILUCIA R. A. ; ALMEIDA, LUCAS M. ; NÓBREGA, YANNA K. M. ; PRATESI, RICCARDO ; PRATESI, CLAUDIA B. ; SELLESKI, NICOLE . Frequency of HLA-DQ, susceptibility genotypes for celiac disease, in Brazilian newborns. MOLECULAR GENETICS & GENOMIC MEDICINE, v. 6, p. 779-784, 2018.

2.
K.N. Costa2016K.N. Costa; PEREIRA, S. M. . Relação entre a hipernatremia e mortalidade em pacientes peddiátricos com traumatismo cranio encefálico grave. Revista Brasileira de Terapia Intensiva (Impresso), v. Supl1, p. S41, 2016.

3.
PARANHOS, C. N.2014PARANHOS, C. N. ; VIEIRA, N. C. M. ; PERES, I. ; TAVARES, A. C. ; COSTA, K. N. . Agenesia Traqueal- Revisão de Literatura e Relato de Caso. Pediatria Moderna, v. L, p. 93-94, 2014.

4.
2K.N. Costa2013K.N. Costa; Jose Alfredo Lacerda de Jesus ; Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. . Posttraumatic stress disorder amang mothers of a Brasilian Neonatal Intensive Care Unit. Intensive Care Medicine (Print), v. 2013, p. S53-S53, 2013.

5.
3K.N. Costa2013K.N. Costa; Jose Alfredo Lacerda de Jesus . Teenage Pregnancy and others risk factors associated with neonatal mortality in a Brazilian maternity. Intensive Care Medicine (Print), v. 2013, p. S53-S53, 2013.

6.
1Jose Alfredo Lacerda de Jesus2013Jose Alfredo Lacerda de Jesus ; K.N. Costa . Measurements of body segments in children in the first year of life. Intensive Care Medicine (Print), v. 2013, p. S59-S59, 2013.

7.
4COSTA, K. N.2012COSTA, K. N.; Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. . Transtorno do estresse pós traumático entre mães de unidade de terapia intensiva neonatal. Revista Brasileira de Terapia Intensiva (Impresso), v. suplemento, p. s17, 2012.

8.
5COSTA, K. N.2011COSTA, K. N.; Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. . estudo do estresse pós-traumático materno devido à internação de neonatos na UTIN. Revista Brasileira de Terapia Intensiva (Impresso), v. suplemento, p. s104, 2011.

9.
6COSTA, K. N.2009COSTA, K. N.; HM, N. ; CRUZ, L. R. ; LSVF, M. ; RC, S. N. ; CASULARI,LA, . hyponatremia and brain injury Absence of alterations of serum brain natriuretic peptide and vasopressin. Arquivos de Neuro-Psiquiatria (Impresso), v. 67, p. 1037-1037, 2009.

10.
7COSTA, K. N.2004 COSTA, K. N.. Differential diagnosis and treatment of hyponatremia following pituitary surgery. Journal neurosurgical science Italia, Itália, v. 48, p. 11-18, 2004.

11.
8COSTA, K. N.2000 COSTA, K. N.. Dosagem do fator natriurético atrial em pacientes pediátricos submetidos à ventilação pulmonar mecânica. Revista da Associação Médica Brasileira, São Paulo, v. 46, n.4, p. 320-324, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
K.N. Costa; KREBS, V. L. J. . Encefalopatia hipóxico-isquemica em recem-nascido /criança. In: Jefferson Pedro Piva, Werther Brunow de Carvalho. (Org.). PROTIPED Programa de atualização em terapia intensiva pediátrica. 1ed.POrto Alegre: Artmed Panamericana, 2017, v. 1, p. 145-175.

2.
K.N. Costa; BRESOLIN, N. L. . Hipertensão Arterial. In: Dennis Alexandre Rabelo Burns, Dioclesio Campos Jr, Luciana Rodrigues Silva, Wellington Borges. (Org.). Tratado de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria. 4ed.Barueri: Manole, 2017, v. 2, p. 1185-1208.

3.
K.N. Costa; KALIL FILHO, W. J. . Ventilação Mecanica no transporte da criança e do Recem nascido. In: Dennis Alexander Burns, Dioclesio Campos Jr, Luciana Rodrigues Silva, Wellington Gonçalves Bprges. (Org.). Tratado de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria. 4ed.Barueri: Manole, 2017, v. 2, p. 1855-1860.

4.
K.N. Costa; KALIL FILHO, W. J. . Transporte do Paciente de Alto Risco. In: WERTHER BRUNOW DE CARVALHO MÁRIO ROBERTO HIRSCHHEIMER TOSHIO MATSUMOTO. (Org.). TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA. 4ed.Rio de Janeiro: Atheneu, 2017, v. 1, p. 250-260.

5.
K.N. Costa. Asfixia. In: Jefferson Pedro Piva; Werther Brunow de carvalho. (Org.). PROTIPED- Programa de Atualização em Terapia Intensiva Pediátrica. 7ed.Porto Alegre: Artmed, 2016, v. 4, p. 9-31.

6.
K.N. Costa. Hipertensão Arterial. In: Dioclésio Campos Jr; Dennis Alexander Rabelo Burns; Fábio Ancona Lopez. (Org.). Tratado de Pediatria. 3ed.Barueri: Manole, 2014, v. 2, p. 3062-3072.

7.
K.N. Costa; KALIL FILHO, W. J. . Ventilação pulmonar mecânica no transporte do recém nascido e da criança. In: Dioclésio Campos Jr; Dennis Alexander Rabelo Burns; Fábio Ancona Lopez. (Org.). Tratado de Pediatria. 3ed.Barueri: Manole, 2014, v. 2, p. 2843-2861.

8.
K.N. Costa; Juang Horng Jyh ; Walter Perez Scaranto . Ventilação Pulmonar Mecânica no Paciente Queimado e Nas lesões Traumáticas de Tórax. In: Jefferson Pedro Piva; Werther Brunow de Carvalho. (Org.). ROTIPED - Programa de Atualização em Terapia Intensiva Pediátrica. 1ed.Porto Alegre: Artmed, 2013, v. , p. 31-81.

9.
K. N. Costa; KALIL FILHO, W. J. . Transporte da Criança Grave - Aspectos Hemodinâmicos. In: Werther Brunow de Carvalho ; Artur Figueiredo Delgado. (Org.). Manual de Monitorização Hemodinâmica em Pediatria. 1ed.São Paulo: Atheneu, 2013, v. , p. 91-108.

10.
K.N. Costa; BRESOLIN, N. L. ; CARVALHO, F. L. C. . Ventilación Pulmonar Mecánica en La Fistula Broncopleural y Lesión por Inhalación. In: Wether Brunow de Carvalho; Hassel Jimmy Jimenez; Jorge S. Sasbón; Hector Carrillo. (Org.). Ventilación Pulmonar Macánica en La Fistula Broncopleural y Lesión por Inhalación. 1ed.São Paulo: Editora Atheneu, 2012, v. , p. 301-317.

11.
COSTA, K. N.. Ventilação pulmonar mecânica: Alterações hormonais. In: Jefferson Pedro Piva ; Werther Brunow de Carvalho. (Org.). PROTIPED- Programa de atualização em terapia intensiva pediátrica. Porto alegre: ArtMed, 2010, v. 4, p. 9-35.

12.
COSTA, K. N.. Hipertensão arterial. In: Fábio Ancona; Dioclésio Campos Jr. (Org.). Tratado de Pediatria. Baueri: Ed Manole, 2009, v. , p. 2115-2122.

13.
COSTA, K. N.. Choque. In: Antônio José Duarte Jácomo; Marinice Coutinho Midlej Joaquim; Antônio Márcio Junqueira Lisboa. (Org.). Assistência ao recém nascido - Normas e rotinas. 3ed.São Paulo: Atheneu, 1999, v. , p. 94-98.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, K. N.. Alterações nos níveis de magnésio e cálcio podem predizer a mortaliade em pacientes pediátricos criticamente enfermos ?. In: XXII Jornada dos médicos residentes do HBDF, 2001, Brasília. Revista de Saúde do Distrito Federal. Brasília: FEPECS, 2001. v. 12. p. 50-50.

2.
COSTA, K. N.. Dosagem e pH gástrico no paciente pediátrico criticamente enfermo e sua relação com hemorragia gastrointestinal. In: XXI Jornada de médicos residentes do HBDF, 2000, Brasília. Revista de Saúde do distrito federal. Brasília: FEPECS, 2000. v. 11. p. 15-15.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
K. N. Costa; PEREIRA, S. M. . Revista Brasileira de Terapia Intensiva. In: VII Congresso Paramericano e Iberico de Medicina Critica Y terapia Intensiva, 2016, Porto Alegre. Relação entre a hipernatremia e mortalidade em pacientes pediátricos com traumatismo cranio encefálico grave, 2016. p. S41.

2.
COSTA, K. N.; OLIVEIRA, N. F. ; SOUZA, A. G. ; CAMPOS, M. J. V. . Revista Brasileira de Terapia Intensiva Pediátrica. In: XIX Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva, 2014, Goiânia. Morte encefálica e condutas médicas em um hospital de referência no Distrito Federal, 2014. v. Supl I. p. S34-S34.

3.
K.N. Costa; MENEZES, C. S. ; CORDEIRO, D. C. R. ; COSTA, L. R. ; LIMA, M. A. M. ; BELMONTE, P. L. M. . Revista Brasileira de Terapia Intensiva. In: XIX Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva, 2014, Goiania. Dosagem de marcadores inflamatórios , pproetéina C reativa, interleucina-6 e óxido nítrico em sangue de cordão umbilical e em mães: existe correlação?, 2014. v. Supl I. p. S13-S13.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
COSTA, K. N.2006COSTA, K. N.; CASULARI,LA, ; SL, C. ; LR, C. ; LSVF, M. ; HM, N. ; RC, S. N. . Relação do peptídeo natriurético cerebral com a hiponatremia seguindo traumatismo cranio encefálico grave. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, Porto Alegre /RS, v. 50, p. S42-S42, 2006.

2.
COSTA, K. N.2005COSTA, K. N.; CASULARI,LA, . Perda renal de sódio seguindo traumatismo cerebral : Correlação entre os níveis de peptídeo natruirético cerebral, aldosterona e ADH. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, Brasil, v. 49, n.3, p. s381-s381, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
K.N. Costa; LUCAS, L. G. ; ROSA, L. S. . EVALUATION OF POSTTRAUMATIC STRESS DISORDER IN POSTPARTUM MOTHERS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
K.N. Costa; TRISTAO, R. M. . MATERNAL SELF-EFFICACY AS A MARKER OF MOTHER'S MENTAL HEALTH POST DELIVERY. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
K.N. Costa; ROCHA, E. M. S. . Evaluation of posttraumatic stress disorder and its differences of manifestations between genders in the Neonatal Intensive Care Unit. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
K.N. Costa; PEREIRA, S. M. . CHANGES IN SERUM SODIUM CONCENTRATION MAY COMPLICATE THE OUTCOME OF PATIENTS WITH TRAUMATIC BRAIN INJURY. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
K.N. Costa; PEREIRA, S. M. . Relação entre a hipernatremia e mortalidade em pacientes pediátricos com traumatismo cranio-encefálico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
K.N. Costa; ROSA, L. S. ; LUCAS, L. G. . Avaliação da depressão pós parto em mães de alojamento Conjunto. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
K.N. Costa; MARTINS, D. L. ; MOURA, M. D. R. . O grupo sanguíneo pode influenciar na doença hemolítica neonatal ABO?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
K.N. Costa; LUCAS, L. G. ; ROSA, L. S. . Avaliação do Transtorno do Estresse Pós - Traumático em mães de alojamento conjunto. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
SOUZA, A. G. ; COSTA, K. N. ; CAMPOS, M. J. V. ; OLIVEIRA, N. F. ; BELMONTE, P. L. M. . Brain death : Medical management in a brazilian pediatric intensive care unit. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
K. N. Costa; NEVES, N. T. ; Laís Furtado de Oliveira . Postpartum Depression Among Mothers of a Brazilin Neonatal Intensive Care Unit. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
COSTA, K. N.; MENEZES, C. S. ; CORDEIRO, D. C. R. ; COSTA, L. R. ; LIMA, M. A. M. ; BELMONTE, P. L. M. . Dosagem de óxido nítrico em recém nascidos pequenos para a idade gestacional. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
COSTA, K. N.; MENEZES, C. S. ; CORDEIRO, D. C. R. ; COSTA, L. R. ; LIMA, M. A. M. ; BELMONTE, P. L. M. . Dosagem de marcadores inflamatórios proteína C reativa e Interleucina 6 em recém nascidos pedquenos para a idade gestacional. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
COSTA, K. N.; NEVES, N. T. ; Laís Furtado de Oliveira . Depressão pós-parto em mães de neonatos na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
COSTA, K. N.; SOUZA, T. M. O. . Percepção de aleitamento por mães adolescentes. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
COSTA, K. N.; Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. . transtorno do estresse pós traumático entre mães de unidade de terapia intensiva neonatal. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
NEVES, N. T. ; Laís Furtado de Oliveira ; COSTA, K. N. . Avaliação da depressão pós parto em mães de neonatos na UTIN. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
COSTA, K. N.; NEVES, N. T. ; Laís Furtado de Oliveira . Estudo do estresse pós traumático materno devido a intrnação de neonatos em UTIN. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. ; COSTA, K. N. . Prevalência do transtorno de estresse pós traumático e depressão pós parto materno devido à internação de neonatos em UTI neonatal. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
Laís Furtado de Oliveira ; NEVES, N. T. ; COSTA, K. N. . Estudo do estresse pós-traumático meterno devido à internação de neonatos na UTIN. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
COSTA, K. N.; CAMPOS JUNIOR, D.; JESUS, J. A. L.; SANTOS, C. E. V. G.. Participação em banca de Kelly Cristina Santos de Carvalho Bonan. Implicações do cuidado canguru nos parâmetros do sono em recem nascidos. 2014. Dissertação (Mestrado em Medicina (Clínica Médica)) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
COSTA, K. N.; PRATESI, R.; KESSLER, I. M.; TEIXEIRA, W. A.; MELLO, P. A.. Participação em banca de Benício Oton de Lima. Comparação de custos do tratamento da hidrocefalia com implante de válvula e cirurgia endoscópica. 2015. Tese (Doutorado em Medicina) - Universidade de Brasília.

2.
Jose Alfredo Lacerda de Jesus; COSTA, K. N.. Participação em banca de José Alfredo Lacerda de Jesus. condutância da pele como indicador de dor aguda no recém-nascido: estudo comparativo com frequencia cardíaca, saturação de ixigênio e escalas comportamentais de dor. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
K.N. Costa; NOVAES, M. R. C. G.; SANTANA, L. A.. Participação em banca de Ubirajara José Picanço de Almeida Junior. Ensino Superior em medicina e enfermagem: concepções sobre identidade organizacional e formação acadêmica dos atores. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
K.N. Costa; JESUS, J. A. L.; MODELLI, I. C. S.. Concurso publico para provimento de vaga no cargo de professor de magistério superior. 2017. Universidade de Brasília.

2.
PICANCO, M. R. A.; MATA, J. F.; COSTA, K. N.. Processo de Seleção Simplificada para professor substituto. 2015. Universidade de Brasília.

3.
Jose Alfredo Lacerda de Jesus; João da Costa Pimentel Filho; COSTA, K. N.. Concurso Público à Carreira Docente do Ensino Superior. 2013. Universidade de Brasília.

4.
COSTA, K. N.; Jose Alfredo Lacerda de Jesus; silva fahel batista. Seleção simplificada para Professor Substituto. 2013. Universidade de Brasília.

5.
COSTA, K. N.; Jose Alfredo Lacerda de Jesus; TEIXEIRA, A. A.. Seleção Simplificada para Professor Substituto. 2012. Universidade de Brasília.

6.
COSTA, K. N.; icaro camargo batista; silva fahel batista. seleção simplificada para professor substituto da área de medicina da criança e do adolescente. 2011. Universidade de Brasília.

7.
silva fahel batista; Maria Lígia Robalinho Lima; COSTA, K. N.. Processos de Seleção Simplificada para Professor Substituto.. 2011. Universidade de Brasília.

Outras participações
1.
COSTA, K. N.; COSTA, K. N.. comissão de avaliação para o processo de seleção de alunos de mestrado. 2011. Universidade de Brasília.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso de Atualização em Pediatria do Centro Oeste. O prematuro: e depois da alta da UTI?. 2017. (Congresso).

2.
I Congresso Brasiliense de Terapia Intensiva. Monitorização Hemodinâmica na criança. 2017. (Congresso).

3.
XIII Congresso Mundial de medicina Intensiva. Ventilação Mecânica: Estratégias. 2017. (Congresso).

4.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Meningite no RN. 2017. (Congresso).

5.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Neurointensivismo. 2017. (Congresso).

6.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Leucomalacia posterior reversivel. 2017. (Congresso).

7.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Infecção relacionada à cateter. 2017. (Congresso).

8.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Avaliador da prova Prática de título de especialista em medicina intensiva pediátrica. 2017. (Congresso).

9.
XIII Congresso Mundial de Medicina Intensiva. Debatedor de tema livre. 2017. (Congresso).

10.
23 Congresso Brasileiro de Perinatologia. Ferramentas Diagnósticas dos distúrbios hemodinâmicos no prematuro. 2016. (Congresso).

11.
Congresso de Atualização em Pediatria do Centro Oeste. Cuidados com o Pre termo Tardio. 2016. (Congresso).

12.
XI Congresso Panamericano e Ibérico de Medicina Crítica e Terapia Intensiva. Conduta no estado de mal epileptico refratário. 2016. (Congresso).

13.
XI Congresso Panamericano e Ibérico de Medicina Crítica e Terapia Intensiva. TCE: Atualização. 2016. (Congresso).

14.
XX Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Sedação e Analgesia: Sedação e Analgesia - quais as drogas mais indicadas. 2015. (Congresso).

15.
XX Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Paralisias Flácidas. 2015. (Congresso).

16.
12 Congresso de Pediatria de Brasília. O Recém Nascido que não para de chorar. 2014. (Congresso).

17.
12 Congresso de Pediatria de Brasília. Choque Septico. 2014. (Congresso).

18.
13 Congresso Brasileiro de Medicina intensiva Pediátrica. Estamos diagnosticando o DELIRIUM nas nossas crianças? Como diagnosticá-lo?. 2014. (Congresso).

19.
1 Congresso Paraense de Pediatria. Atendimento aos distúrbios metabólicos na sala de amergencia e métodos dialíticos. 2014. (Congresso).

20.
1 Congresso Paraense de Pediatria. Sepse no Pronto Socorro: O que todo o emergencista deve saber?. 2014. (Congresso).

21.
22 Congresso Brasileiro de Perinatologia. Quando tratar a hipotensão no recem nascido de muito baixo peso. 2014. (Congresso).

22.
XIX Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Delirium na UTIP- Como diagnosticar e como tratar?. 2014. (Congresso).

23.
XIX Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Infecção fúngica: terapêutica empírica quando?. 2014. (Congresso).

24.
O Pulmão Neonatal.Desenvolvimento pulmonar e fisiologia do pulmão prematuro.. 2013. (Outra).

25.
XVIII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Diagnóstico precoce de infecção no paciente com imunodeficiência. 2013. (Congresso).

26.
XVIII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Uso de bloqueadores neuromusculares : quando e como?. 2013. (Congresso).

27.
XVIII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Prevenção da infecção de corrente sanguínea. 2013. (Congresso).

28.
12 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pedátrica. Como eu tao: Crise Hipertensiva. 2012. (Congresso).

29.
12 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. Qual melhor método de desmame. 2012. (Congresso).

30.
12 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. Disturbio Metabólico. 2012. (Congresso).

31.
12 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. Ventilação Mecânica. 2012. (Congresso).

32.
XVII congresso brasileiro de medicina intensiva. Tromboembolismo agudo e persistente. 2012. (Congresso).

33.
XVII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Terapia Intensiva Neonatal I. 2012. (Congresso).

34.
XVII congresso de medicina intensiva. Manejo hídrico e suporte nutricional na UTI pediátrica. 2012. (Congresso).

35.
II Consenso Brasileiro de Ventilação Pulmonar Mecânica em Pediatria e Neonatologia.VPM no paciente com doença neuromuscular. 2011. (Simpósio).

36.
XVI Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Síndrome do Choque Tóxico. 2011. (Congresso).

37.
I Simpósio Acadêmico de Especialidades Médicas.Choque na Infância. 2010. (Simpósio).

38.
XIII Jornada Científica di HUB.Insuficiência respiratória na infância. 2010. (Encontro).

39.
XII Jornada de reabilitação do Hospital Brasília.Displasia broncopulmonar, onde estamos?. 2010. (Encontro).

40.
XV Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Pro/Con: Noradrenalina como droga de primeira escolha no choque septico pediátrico?. 2010. (Congresso).

41.
11 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediatrica. Distúrbios endócrinos. 2009. (Congresso).

42.
11 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediatrica. Coordenadora na sessão de temas livres. 2009. (Congresso).

43.
11 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediatrica. Complicações da ventilação mecânica: Traqueostomia X intubação prolongada. 2009. (Congresso).

44.
11 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediatrica. Insuficiência renal. 2009. (Congresso).

45.
34 Congresso Brasileiro de Pediatria. Atualização na reanimação cardiopulmonar. 2009. (Congresso).

46.
34 Congresso Brasileiro de Pediatria. Debatedora de Temas Livres. 2009. (Congresso).

47.
I Consenso Brasileiro de ventilação Mecânica em Pediatria e Neonatologia.Alterações Hormonais na ventilação mecânica. 2008. (Simpósio).

48.
XIII Cogresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Sepse. 2008. (Congresso).

49.
XIII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva. Atendimento ao politraumatizado. 2008. (Congresso).

50.
X Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. Atendimento do Politraumatizado. 2007. (Congresso).

51.
X Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. Emegência. 2007. (Congresso).

52.
XII Congresso da Academia de Neurocirurgia. Endocrinologia do Trauma. 2007. (Congresso).

53.
6 Congresso de Pediatria de Brasília. Choque hipovolêmico / Distúrbios hidroeletrolíticos. 2006. (Congresso).

54.
Reunião mensal da Sociedade Brasileira de Dermatologia, seção Distrito Federal.Diagnóstico diferencial das doenças exantemáticas. 2006. (Encontro).

55.
VII Jornada de Reabilitação do Hospital Brasília.Efeitos da ventilação mecânica no paciente pediátrico. 2006. (Encontro).

56.
XIII Simpósio Internacional de Neuroendocrinologia.Relação do peptídeo natriurético cerebral com a hiponatremia seguindo traumatismo cranio encefálico grave. 2006. (Simpósio).

57.
5 Congresso de Pediatria de Brasília. Choque : A importância do diagnóstico precoce. 2005. (Congresso).

58.
Congresso Brasileiro de atualização em Endocrinologia e Metabologia. Perda renal de sódio seguindo traumatismo cerebral > Correlação entre os níveis de peptídeo natriurético cerebral, aldosterona e ADH. 2005. (Congresso).

59.
VIII Jornada Unificada de Especialidades Pediátricas.Sepse : Uma visão geral para o pediatra. 2005. (Outra).

60.
VI Jornada Unificada de Especialidades Pediátricas.VI Jornada Unificada de especialidades pediátricas. 2004. (Encontro).

61.
3 Curso de Atualização em neonatologia do HUB.3 Curso de Atualização em neonatologia do HUB. 2000. (Encontro).

62.
Curso de atualização em terapia intensiva pediátrica.Curso de atualização em terapia intensiva pediátrica. 2000. (Encontro).

63.
2 Curso de atualização em neonatologia do HUB.2 Curso de Atualização em neonatologia do HUB. 1998. (Outra).

64.
III Jornada de Pediatria do Hospital Brasília e Centro Médico São Lucas.III Jornada de Pediatria do Hospital Brasília e Centro Médico São Lucas. 1998. (Encontro).

65.
1 Curso de atualização em Neonatologia do HUB.1 Curso de Atualização em neonatologia do HUB. 1997. (Outra).

66.
VI Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. VI Congresso brasileiro de terapia intensiva pediátrica. 1996. (Congresso).

67.
I Curso Teórico e prático de ventilação pulmonar mecânica neonatal e pediátrica do Distrito Federal.I Curso Teórico prática de Ventilação Pulmonar mecânica Neonatal e Pediátrica. 1993. (Outra).

68.
Serão - ressuscitação cardio-pulmonar e cerebral na criança.Ressuscitação cardio-pulmonar e cerebral na criança. 1993. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
K.N. Costa. 14 Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva Pediátrica. 2016. (Congresso).

2.
K.N. Costa. 22º Congresso Brasileiro de Perinatologia. 2014. (Congresso).

3.
COSTA, K. N.. O pulmão Neonatal. 2013. (Outro).

4.
COSTA, K. N.. Emergências em Neonatologia. 2012. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Geraldo Magela Fernandes. CORIOAMNIONITE HISTOLÓGICA COMO MODULADOR DE COMORBIDADES EM RECÉM-NASCIDOS PREMATUROSCORIOAMNIONITE HISTOLÓGICA COMO MODULADOR DE COMORBIDADES EM RECÉM-NASCIDOS PREMATUROS. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina (Clínica Médica)) - Universidade de Brasília. (Coorientador).

Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Tatiane Martins Barcelos. Perfil da hipertensão arterial sistêmica em lactentes acompanhados no ambulatório de nefrologia pediátrica do Hospital Universitário de Brasília. Início: 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Residencia em Pediatria) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Tainá Rehem. Re-hospitalização de neonatos pré-termo e fatores de risco associados, com enfoque na educação parental. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Lilayne Karla de Souza Araujo. Impacto do projeto Mãe Nutriz no aleitamento materno e no vínculo mãe-bebê durante internação em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Luiz Cláudio Bastos Sasaki. Perfil epidemiológico dos recém-nascidos da maternidade do Hospital Universitário de Brasília. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Residencia em Pediatria) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

2.
Luana Caprith de Macedo Maia. A importância no reconhecimento e manejo da síndrome de abstinência no uso de opióides no período neonatal. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Residencia em Pediatria) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

Iniciação científica
1.
Débora Maria de Carvalho Saraiva. Condutas Médicas na Morte Encefálica no Paciente Pediátrico: Adequação à Lei e ás Exigências Éticas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

2.
Gabriella Tomaz Riccardi. O Impacto do Transtorno do Estresse Pós-traumático na Amamentação. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

3.
Elica Mafra Sampaio Rocha. Avaliação do Transtorno do Estresse Pós-Traumático e suas diferenças de manifestações entre os gêneros em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

4.
Luan de Góis Lucas. Estudo do Transtorno do Estresse Pós Traumático em mães do Alojamento Conjunto. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

5.
Lorena da Silva Rosa. Avaliação da Depressão Pós-Parto em mães de neonatos no Alojamento Conjunto. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

6.
Danyelly Lara Martins. Incompatibilidade Sanguínea Materno-Fetal ABO: Incidência, Fatores de risco e Complicações. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

7.
Susane Muniz Pereira. Alterações na concentração sérica de sódio no paciente pediátrico com traumatismo cranioencefálico: Incidência e correlação coma evolução clínica. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

8.
Catarina Salles Menezes. Dosagem de proteína C reativa, interleucina 6, selectina E, molecula de adesão intracelular 1, molécula de adesão celular vascular 1, antígeno de proliferação nuclear celular e óxido nítrico em RN pequeno para a idade gestacional e correlação com as dosagens dos mesmos no sangue materno. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

9.
Diogo Candeo Rodrigues Cordeiro. Comparação na concentração dos marcadores inflamatórios proeteína C reativa, interleucina 6, selectina E, moldecula de adesão intracelular 1, molécula de adesão vascular 1, antígeno de proliferação nuclear celular e óxido nítrico entre recem nascidos por via vaginal e parto cesáreo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

10.
Luciana Rodrigues Costa. Pesquisa do marcador inflamatório IL-6 no sangue de cordão umbilical de recém nascidos pequenos para a idade gestacional na demanda da maternidade do HUB. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

11.
Matheus Antônio Matias de Lima. Dosagem do marcador inflamatório proteína C Reativa (PCR) em recém nascidos pequenos para a idade gestacional. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

12.
Pedro Luiz Monteiro Belmonte. Dosagem do óxido nítrico em neonatos pequenos para a idade gestacional. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

13.
Tássia Milenna Oliveira de Souza. Aleitamento por mães adolescentes primigestas: Percepções e Impacto no índice de massa corporal no primeiro ano pós - parto. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

14.
Nathália Teles das Neves. Avaliação da depressão pós parto em mães de neonatos na UTIN. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

15.
Laís Furtado de Oliveira. Estudo do estresse pós traumático materno devido à internação de neonatos na UTIN. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Karina Nascimento Costa.

16.
Laís Furtado de Oliveira. Estudo do estresse pós traumático materno devido à internação de neonato em UTIN. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

17.
Nathália Teles das Neves. Avaliação da depressão pós parto em mães de neonatos na UTIN. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade de Brasília. Orientador: Karina Nascimento Costa.

18.
Silva DM, Paula VVA, Silva LM.. Conhecimento sobre Hepatite C em população submetida à atividade de dermopigmentação artística e perfuração corporal.. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em medicina) - Escola Superior de Ciências da saúde, Escola Superior de Ciências da Saúde. Orientador: Karina Nascimento Costa.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 14:44:52