Luciana Cavalcanti Maia Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6121323026815026
  • Última atualização do currículo em 22/05/2018


Professora Doutora Efetiva do Instituto Federal de São Paulo, Câmpus Pirituba e docente orientadora no programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Aquática da UNESP/CLP. Doutora em Ecologia pelo Instituto de Biociências da USP (2015). Mestre em Ciência Ambiental pela Universidade de São Paulo (2010). Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista, UNESP/Rio Claro (2007). Líder do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Meio Ambiente, Ensino, Tecnologia e Cidade (AMBIENTEC) e do Grupo de Pesquisa em Sistemas Sócio-Ecológicos Costeiros e pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Biologia de Crustáceos - (CRUSTA). Foi professora Assistente Doutora da UNESP Campus de Registro de 2016 a 2017.Desde 2006 atua como pesquisadora da FAPESP, desenvolvendo projetos de pesquisa em ecologia e meio ambiente. Em 2008 foi bolsista da Society of Conservation GIS (Califórnia, EUA), realizando vários cursos de SIG voltados para conservação, planejamento e gestão ambiental. Em 2011 realizou estágio de doutorado na Vrije Universiteit Brussel (Bruxelas, Bélgica). Têm experiência em sensoriamento remoto, geoprocessamento e SIG aplicados para estudos ecológicos e ambientais, ensino de ciências e de ecologia, tomada de decisão, análise ambiental e sócio-ecológica, ecologia da paisagem, ecologia de comunidades e ecologia de populações, manejo da pesca, avaliação de impactos antrópicos na zona costeira e ecossistema manguezal, pesca artesanal e recursos pesqueiros, etnoecologia e conhecimento tradicional de comunidades costeiras, conservação e gestão ambiental, gerenciamento costeiro e desenvolvimento sustentável. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luciana Cavalcanti Maia Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, L. C. M.;SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de São Paulo, IFSP - Campus Pirituba.
Avenida Mutinga - 951
Jardim Santo Elias
05110000 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 986140334
URL da Homepage: https://ptb.ifsp.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Ecologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A pesca nos manguezais no Estuário do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): uma abordagem sócio-ecológica com ênfase no caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763), Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Marisa Dantas Bitencourt.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: manguezal; zona costeira; geoprocessamento; ecologia de populações; etnoecologia; pesca artesanal.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Sensoriamento remoto.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
2008 - 2010
Mestrado em Ciência Ambiental.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco, zona costeira de Sergipe, Brasil: uso e cobertura da terra e diagnóstico ambiental dos manguezais,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Yara Schaeffer Novelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: manguezal; zona costeira; sensoriamento remoto; SIG; Uso e ocupação do solo; gestão costeira.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
2004 - 2007
Graduação em Ciências Biológicas Bacharelado e Licenciatura.
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
Título: Análise da variação espaço-temporal de bosques de mangue do Rio Iriri (Baixada Santista, SP), antes e após o derrame de petróleo de 1983..
Orientador: Yara Schaeffer Novelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Impulsores climáticos de cambio global costero. (Carga horária: 16h).
XV Congreso Latino Americano de Ciências do Mar, COLACMAR, Uruguai.
2013 - 2013
Workshop de Capacitação em Publicação Científica. (Carga horária: 16h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2013 - 2013
Uso de Ferramentas Livres para a Modelagem de Proc. (Carga horária: 16h).
Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto/INPE, SBSR/INPE, Brasil.
2013 - 2013
Análise Espacial de Dados Geográficos. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2012 - 2012
Métodos e técnicas para mapeamento da Paisagem. (Carga horária: 30h).
Embrapa Informática Agropecuária/UNICAMP, UNICAMP, Brasil.
2011 - 2011
Programa de Aperfeiçoamento do Ensino (PAE). (Carga horária: 15h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2010 - 2010
Estruturação de artigo para publicação. (Carga horária: 2010h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2008 - 2008
Spatial Analyst & Fast Tracing for ArcGIS. (Carga horária: 24h).
Juniper GIS, JUNIPE-GIS, Estados Unidos.
2008 - 2008
Building Geodatabases. (Carga horária: 24h).
Environmental Systems Research Institute, ESRI, Estados Unidos.
2008 - 2008
Introduction to ArcGIS I. (Carga horária: 16h).
Environmental Systems Research Institute, ESRI, Estados Unidos.
2007 - 2007
Introdução ao SPRING. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2007 - 2007
Sensoriamento remoto SIG em ecossistemas costeiros. (Carga horária: 7h).
XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, COLACMAR, Brasil.
2006 - 2006
Biogeografia Marinha. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Cartografia, Orientação e Ferramentas gráficas. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
2006 - 2006
Introdução à oceanografia física de estuários. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Manguezais no contexto da ecologia da paisagem. (Carga horária: 5h).
Conselho Regional de Biologia 1ª Região, CRBIO1, Brasil.
2006 - 2006
GPS e técnicas de mapeamento para dados ambientais. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
2006 - 2006
Gestão pesqueira em áreas de manguezais. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Sensoriamento remoto aplicado: ambientes costeiros. (Carga horária: 8h).
Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, IOUSP, Brasil.
2005 - 2005
Avaliação de impactos ambientais. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista (São Vicente - SP), UNESP, Brasil.
2005 - 2005
Ecossistema Manguezal. (Carga horária: 8h).
II Congresso Brasileiro de Oceanografia, CBO, Brasil.
2005 - 2005
Bioecologia de Manguezais. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista (São Vicente - SP), UNESP, Brasil.
2005 - 2005
Ecotoxicologia. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
2004 - 2004
Biologia de Peixes de Água Doce. (Carga horária: 35h).
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
2004 - 2004
Ecossistemas costeiros vulnerabilidade ao petróleo. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
2003 - 2003
I Curso de Verão em Entomologia. (Carga horária: 86h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal de São Paulo, IFSP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2018 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geotecnologias para o ensino de Ecologia
03/2018 - Atual
Extensão universitária , IFSP - Campus Pirituba, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão: Geotecnologias para o ensino de Ecologia.
02/2018 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Biologia: Curso técnico de Logística, Primeiro Ano, turmas manhã e tarde
02/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFSP - Campus Pirituba, .

Cargo ou função
Membro da Comissão do Plano Político Pedagógico do IFSP cãmpus Pirituba.
10/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , IFSP - Campus Pirituba, .

10/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFSP - Campus Pirituba, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Própria de Avaliação - CPI.
10/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFSP - Campus Pirituba, .

Cargo ou função
Membro titular do Comitê de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente da Pós-Graduação, Carga horária: 16
Outras informações
Docente do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Aquática da UNESP Câmpus do Litoral Paulista.

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Líder e criador do: Grupo de Pesquisa em Sistemas Sócio-Ecológicos Costeiros, o qual visa a análise integrada de sistemas sócio-ecológicos, com foco em ecossistemas costeiros, manguezais, sistemas estuarinos e zona costeira. Análise de uso e cobertura da terra na zona costeira e em sistemas pesqueiros, com foco em espécies de crustáceos decápodes, visando a sustentabilidade desses sistemas e elaboração de planos de manejo e gestão. Uso de diferentes metodologias de estudo para a análise integrada e interdisciplinar, tais como: sensoriamento remoto, geoprocessamento, SIG, etnoecologia, ecologia da paisagem, ecologia de ecossistemas, comunidade e populacional, manejo da pesca. Docente responsável pelas disciplinas: Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto I, Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto II, Processamento de Dados, junto ao curso de Engenharia de Pesca.

Atividades

05/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Vice-Presidente da Comissão de Ensino da UNESP, Campus de Registro..
05/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão Permanente de Pesquisa.
10/2016 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Campus Experimental de Registro, Campus Experimental de Registro.

Atividade realizada
Líder e criador do Grupo de Pesquisa em Sistemas Sócio-Ecológicos Costeiros, certificado pela UNESP e CNPq.
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Conselho Consultivo do Parque Estadual Caverna do Diabo.
05/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Experimental de Registro, .

05/2016 - Atual
Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Processamento de Dados (4 créditos)
Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto I (3 créditos)
Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto II (3 créditos)
12/2016 - 01/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Comissão de Transferência Interna e Externa - 2017 (Portaria n. 072/2016 - CERe, de 28 de novembro de 2016) do Curso de Engenharia de Pesca.
07/2016 - 07/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Avaliação do Processo Seletivo de Transferência para o 2 semestre de 2016 - Curso Engenharia de Pesca.

Universidade Estadual Paulista (São Vicente - SP), UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora do grupo de pesquisa CRUSTA, Carga horária: 16
Outras informações
Pesquisadora do CRUSTA Grupo de Pesquisa em Biologia de Crustáceos da Universidade Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP, Campus do Litoral Paulista Unidade, São Vicente. Grupo de pesquisa cadastrado no CNPq desde 1994 e liderado pelo Prof. Dr. Marcelo Antonio Amaro Pinheiro. Nesse grupo a pesquisadora atua nas seguintes linha de pesquisa: - Biologia da Conservação e Ecologia de Manguezais - Biologia Pesqueira de Crustáceos - Biologia Populacional de Crustáceos

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 24
Outras informações
Professor substituto nos cursos de Ciências Biológicas bacharel e licenciatura nas disciplinas: Ecologia de Ambientes Bentônicos, Ecologia de Ecossistemas, Ecologia de Comunidades, Ecologia de Campo e Bioestatística.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 24
Outras informações
Professor substituto nos cursos de Ciências Biológicas bacharel e licenciatura nas disciplinas (Primeiro semestre de 2015; 24 h semanais): Ecologia de Ambientes Bentônicos, Ecologia de ecossistemas e Bioestatística.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 24
Outras informações
Professor substituto nos cursos de Ciências Biológicas bacharel e licenciatura nas disciplinas (Segundo semestre de 2015, 24 h semanais): Sistemas Estuarinos, Bioestatística, Ecologia de Populações e Sistemática Biológica.

Atividades

05/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UNESP - Campus do Litoral Paulista, .


Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Especialista do MMA, Carga horária: 4
Outras informações
Membro do Painel Independente de Especialistas, no âmbito do Ministério do Meio Ambiente, com o objetivo específico de atender ao disposto no art. 6º, § 3º, da Portaria MMA nº 445, de 17 de dezembro de 2014, referente à avaliação do estado de conservação das espécies de peixes e invertebrados aquáticos (espécie em análise: Guaiamum). (PORTARIA MMA Nº 162, DE 08 DE JUNHO DE 2015)

Atividades

10/2016 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, ICMBIO, .

Cargo ou função
Membro Assessor da ficha de Avaliação do Risco de Extinção dos Crustáceos Marinhos no Brasil - 2016,.

Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, IB/USP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 4
Outras informações
Pesquisadora voluntária do Laboratório de Ecologia da Paisagem e Conservação (LEPaC), onde atualmente desenvolve pesquisas e está redigindo manuscritos científicos em colaboração da Profa. Dra. Marisa Dantas Bitencourt.

Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Aluna Doutorado, Enquadramento Funcional: Aluna Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto de doutorado: Análise espaço-temporal dos manguezais e da produção de caranguejos do sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): conservação da biodiversidade, bens e serviços do ecossistema versus desenvolvimento de pressões antrópicas (Bolsista FAPESP Processo 2010/20028-9)

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio Docência, Carga horária: 6
Outras informações
Estágio docência no Programa de Aperfeiçoamento do Ensino (PAE) da USP, na disciplina: BIE 0426- Técnicas de Sensoriamento Remoto, do curso de graduação em Ciências Biológicas do Departamento de Ecologia, Instituto de Biociências.

Atividades

02/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ecologia, .


Vrije Universiteit Brussel, VUB, Bélgica.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Estágio de pesquisa, Enquadramento Funcional: Doutorando em estágio de pesquisa, Carga horária: 8
Outras informações
Estágio de pesquisa de doutorado, de curta duração (Short Research Stay), na Vrije Universiteit Brussel, em Bruxelas, Bélgica, sob a orientação do Prof. Dr. Farid Dahdouh-Guebas, no Laboratory of Plant Biology and Nature Management. Para realização desse estágio foi solicitada e concedida uma ajuda de custo de curto prazo (short term allowance) pelo Flemish Interuniversity Council (Vlaamse Interuniversitaire Raad) - University Cooperation for Development (VLIR-UOS).


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Aluna de mestrado, Enquadramento Funcional: Aluna de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa de mestrado FAPESP (Processo n. 07/56784-9). PROJETO: Estado de conservação da zona costeira de Sergipe, estuário do rio São Francisco: uma análise ambiental dos manguezais no contexto da paisagem. ORIENTADOR: Profa. Dra. Yara Schaeffer Novelli.


Remote Sensing and Photogrametry Society, RSPSOC, Inglaterra.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro


Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, IOUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa de Iniciação Científica FAPESP (Processo n. 06/57503-0). Projeto:Análise da variação espaço-temporal de bosques de mangue do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo, Brasil), antes e após o derrame de petróleo ocorrido em 1983. ORIENTADOR: Profa. Dra. Yara Schaeffer Novelli


Universidade Estadual Paulista-Campus de Rio Claro, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Monitoria -Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria -Bolsista, Carga horária: 6
Outras informações
Monitoria na disciplina: "Sistemática Vegetal", para o curso de Ciências Biológicas noturno da Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro. Docentes responsáveis: Prof. Dr. Julio Antonio Lombardi e Prof. Dr. Marco Antonio de Assis.

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica-Bolsista CNPq, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto: Anatomia de folhas e escapos de Paepalanthus chlorocephalus f. chlorocephalus e P. chlorocephalus f. parviflorus Silveira (Eriocaulaceae). Orientadora: Prof.ª Dr.ª Vera Lucia Scatena. Bolsa: Bolsa CNPq (Projeto Integrado de Pesquisa-AI)

Atividades

06/2004 - 04/2005
Estágios , Departamento de Botânica, .

Estágio realizado
Morfoanatômia de Eriocaulaceae.

Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFS, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
PROJETO:Biologia Floral e Composição química dos voláteis florais de Clusiacea do Estado de Sergipe. ORIENTADOR: Prof. Dr. Adauto de Souza

Atividades

01/2003 - 11/2003
Estágios , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .

Estágio realizado
Biologia Floral de Clusiáceas do Estado de Sergipe.

Universidade de São Paulo - Campus de Ribeirão Preto, FFCLRP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
Estágio de graduação em laboratório de pesquisa para execução de técnicas de estudo de relação entre plantas e insetos, sob orientação da Dra. Yumi Oki e supervisão da Profa. Dra. Elenice Mouro Varanda.



Linhas de pesquisa


1.
2. Ecologia de populações e manejo da pesca

Objetivo: Estudar a estrutura populacional de espécies pesqueiras em manguezais e zonas costeira e estuarinas, como subsídio ao levantamento do status populacional e do estoque dos recursos pesqueiro. Integrar esses dados em análise multicritério para avaliar o potencial pesqueiro e a necessidade de conservação dessas espécies..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
Palavras-chave: ecologia de populações; pesca artesanal; manejo da pesca.
2.
3. Ecologia de ecossistemas, Etnoecologia e Pesca em áreas de manguezais

Objetivo: Estudar o ecossistema manguezal considerando-o como um sistema sócio-ecológico complexo. Realizar levantamentos etnoecológicos acerca da pesca em áreas de manguezal. Aplicar esse conhecimento no manejo da pesca e na conservação e gestão do ecossistema manguezal. Trabalhar com boletins de estatística pesqueira e avaliar o estoque pesqueiro em áreas costeiras e de manguezais. Integrar diferentes dados e informações para o delineamento de políticas para pesca sustentável..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
Palavras-chave: manguezal; pesca artesanal; etnoecologia.
3.
1. Geoprocessamento aplicado ao estudo de ecossistemas costeiros

Objetivo: Utilizar diferentes ferramentas espaciais (SIG, sensoriamento remoto, geoprocessamento) para o mapeamento, análise e monitoramento ambiental e de impactos antrópicos na zona costeira e seus ecossistemas. Integrar dados de diferentes naturezas, como espaciais (mapas, imagens), ecológicos (tipos vegetacionais, estrutura populacional) e sociais (uso para pesca, percepções ambientais) em análise multicritério (MCE) para auxílio na tomada de decisão no planejamento territorial, manejo da pesca, na conservação, e gestão da zona costeira, seus ecossistemas e recursos naturais, orientando para medidas e estratégias para o desenvolvimento sustentável..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
Palavras-chave: geoprocessamento; sensoriamento remoto; planejamento territorial; gestão costeira; análise multicritério.
4.
Pesquisadora colaboradora no projeto: Monitoramento da densidade e estrutura populacional do caranguejo-uçá, Ucides cordatus (linnaeus, 1763) (Brachyura: Ucididae), como indicador de mudanças climáticas, coordenado pelo Prof. Dr. Marcelo Pinheiro.
5.
Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto aplicado ao estudo de sistemas sócio-ecológicos

Objetivo: Utilizar diferentes ferramentas espaciais (SIG, sensoriamento remoto, geoprocessamento) para o mapeamento, análise e monitoramento ambiental e de impactos antrópicos em sistemas sócio-ecológicos. Integrar dados de diferentes naturezas, como espaciais (mapas, imagens), ecológicos (tipos vegetacionais, estrutura populacional) e sociais (uso para pesca, percepções ambientais) em análise multicritério (MCE) para auxílio na tomada de decisão no planejamento territorial, manejo da pesca, na conservação, e gestão da zona costeira, seus ecossistemas e recursos naturais, orientando para medidas e estratégias para o desenvolvimento sustentável..
6.
Manejo da pesca

Objetivo: Estudar sistemas sócio-ecológicos costeiros em seus diferentes componentes ecológicos, sócio-econômicos e de governança, visando a integração de dados de diferentes campos do saber, para a elaboração de planos de manejo para a pesca sustentável, com foco em crustáceos decápodas..
7.
Gestão e Planejamento Ambiental

Objetivo: Estudar sistemas sócio-ecológicos costeiros, considerando seus diferentes ecossistemas e usos humanos, com vistas à fornecer subsídios para o planejamento ambiental e gestão costeira..
8.
Ecologia da Paisagem

Objetivo: Mapear áreas costeiras por meio do uso de ferramentas de SIG e sensoriamento remoto, analisar sua dinâmica espaço-temporal, e aplicar esse conhecimento para a gestão e conservação da paisagem costeira e seus recursos pesqueiros..
9.
Geotecnologias aplicadas ao ensino de Ecologia
10.
Gestão ambiental
11.
Líder do Grupo de Pesquisa em Meio Ambiente, Ensino, Tecnologia e Cidade - AMBIENTEC


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Aprendizado Global Para Soluções Locais: Reduzindo A Vulnerabilidade Das Comunidades Costeiras Dependentes Do Mar (Fapesp/Belmont Forum)
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Análise geoespacial para a pesca sustentável do caranguejo-uçá (Ucides cordatus), nos manguezais do Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia (Litoral Sul de São Paulo, Brasil)
Descrição: Ucides cordatus é um caranguejo semiterrestre que habita exclusivamente áreas de manguezal, sendo uma espécie com destacada importância ecológica e socioeconômica na costa do Brasil. Entretanto, altos níveis de exploração dessa espécie, associados à degradação dos manguezais e doenças, fizeram com que U. cordatus fosse incluído, em 2004, na lista brasileira de espécies sobreexplotadas ou ameaçadas de sobreexplotação. Em 2011, o IBAMA propôs um Plano Nacional de Gestão, visando à sustentabilidade do caranguejo-uçá, enquanto em 2015, a espécie foi incluída na categoria ?quase ameaçada? (NT). Esse contexto ressalta a importância de estudos sobre essa espécie, com vistas tanto à sua conservação e uso sustentável. Visando atender tal necessidade o presente projeto visa elaborar um plano de manejo para a pesca sustentável do caranguejo U. cordatus no Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia (CELIC - São Paulo, Brasil). Será considerada uma análise integradora de diferentes parâmetros bióticos (estrutura, densidade populacional e produção pesqueira do caranguejo em função da estrutura, composição, produtividade e mapeamento dos manguezais) e abióticos (fatores edáficos, atmosféricos e hídricos) em uma análise geoespacial, denominada análise multicritério, envolvendo ferramentas de sensoriamento remoto e geoprocessamento. Com base nos resultados gerados, será proposto um plano de manejo para a pesca e conservação da espécie no CELIC, com também um protocolo metodológico nacional para esta espécie na costa brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Luciana Cavalcanti Maia Santos - Coordenador / Marisa Dantas Bitencourt - Integrante / Marcelo A.A. Pinheiro - Integrante.Número de orientações: 5
2015 - Atual
Monitoramento da densidade e estrutura populacional do caranguejo-uçá, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (Brachyura: Ucididae), como indicador de mudanças climáticas
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Análise espaço-temporal dos manguezais e da produção de caranguejos do sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): conservação da biodiversidade, bens e serviços do ecossistema versus desenvolvimento de pressões antrópicas
Descrição: O sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco, zona costeira de Sergipe, faz parte de uma das bacias hidrográficas mais importantes do Brasil, caracterizando-se como uma área com amplas florestas de manguezal onde se destaca a atividade pesqueira. Todavia, diferentes pressões antrópicas incidem nessa região, como a carcinocultura e o uso agrícola em área de manguezal, além de impactos decorrentes de várias represas construídas à montante. O presente estudo visa: (1) avaliar os efeitos de pressões antrópicos na dinâmica espaço-temporal dos manguezais sistema estuarino lagunar do Rio São Francisco, (2) investigar se há uma relação entre a variação temporal dos manguezais, variação da produção de caranguejos das espécies comerciais Ucides cordatus e Cardisoma guanhumi e mudanças hidrológicas e (3) levantar o uso dos caranguejos como renda para comunidades pesqueiras locais e as percepções destas sobre os efeitos dos tensores antrópicos. Série temporal de imagens de sensoriamento remoto será processada em SIG e serão gerados mapas da paisagem para o cálculo de métricas de fragmentação. Dados do ESTATPESCA (Projeto de Estatística Pesqueira) serão utilizados na análise da variação temporal da produção dos caranguejos. Série histórica de parâmetros hidrológicos (vazão do rio, taxa de sedimentos e precipitação) será obtida na base de dados da Agência Nacional de Águas (ANA). Entrevistas semi-estruturadas com as comunidades locais serão utilizadas no levantamento etnoecológico. Serão aplicadas ferramentas estatísticas específicas para o tratamento e análise dos diferentes dados. Por fim, será procedida a análise integrada dos resultados de forma a gerar informações que contribuam para elaboração de planos de gestão costeira que assegurem a conservação dos manguezais e das espécies de caranguejos estudadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Estado de conservação da zona costeira de Sergipe, estuário do rio São Francisco: uma análise ambiental dos manguezais no contexto da paisagem
Descrição: O sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco, litoral norte da zona costeira de Sergipe, é uma região que apresenta vastas áreas de manguezal, apesar da incidência de tensores antrópicos. O presente estudo realizou um diagnóstico ambiental dos manguezais dessa zona costeira, considerando-se os níveis hierárquicos setting (paisagem), stand (unidade de paisagem) e site (parcela ou árvore), adaptado da proposta de Schaeffer-Novelli et al. (2000; 2005). Foram utilizadas diferentes ferramentas como: imagens de satélite, fotos aéreas, SIG e verdade de campo. Os resultados indicaram que os manguezais dessa região vêm a pelo menos 40 anos sendo pressionados por diferentes formas de uso da terra, destacando-se atualmente a carcinocultura. Portanto, o estudo revelou que os manguezaisum encontram-se em estado de conservação bastante vulnerável..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Luciana Cavalcanti Maia Santos - Coordenador / Yara Schaeffer-Novelli - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2006 - 2007
Análise da variação espaço-temporal de bosques de Mangue do rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo, Brasil), antes e após o derrame de petróleo ocorrido em 1983.
Descrição: O projeto de IC visou avaliar o impacto do derramento de petróleo nos bosques de mangue Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo, Brasil), por meio da aplicação de série temporal de fotografias aérea processadas em SIG. As informações geradas em SIG foram correlacionadas com dados de monitoramento da estrutura da vegetação de bosques de mangue..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
Anatomia de folhas e escapos de Paepalanthus chlorocephalus f. chlorocephalus e P. chlorocephalus f. parviflorus Silveira (Eriocaulaceae).
Descrição: Este projeto descereveu a anatomia de folhas e escapos de duas formas da espécie P. chlorocephalus.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2004
Biologia Floral e Composição química dos voláteis florais de Clusiacea do Estado de Sergipe
Descrição: Este projeto visou identificar os vistitantes florais da espécie Clusia sp. e sua relação com a composição química dos voláteis florais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luciana Cavalcanti Maia Santos - Integrante / Adauto de Souza Ribeiro - Coordenador.Financiador(es): PIBIC - Bolsa.


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Journal of Ecology and The Natural Environment (JENE)
2013 - Atual
Periódico: Journal of Geography and Regional Planning
2014 - Atual
Periódico: International Journal of Biodiversity and Conservation
2014 - Atual
Periódico: Ocean & Coastal Management
2014 - Atual
Periódico: International Journal of Marine Science
2016 - Atual
Periódico: Ambio (Oslo)
2016 - Atual
Periódico: Brazilian Archives of Biology and Technology (Online)


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física/Especialidade: Sensoriamento remoto.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica/Especialidade: Pesca.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Etnoecologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2008
SCGIS Global Scholarship Program 2008, Society for Conservation Geographic Information System (SCGIS).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:2
Total de citações:11
Fator H:2
Santos, Luciana C. M.  Data: 22/07/2016

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Santos, Luciana Cavalcanti Maia  Data: 15/01/2015

SCOPUS
Total de trabalhos:2
Total de citações:12
Santos, L.C.M.  Data: 22/07/2016

Outras
Total de trabalhos:13
Total de citações:35
Santos, L.C.M.  Data: 15/01/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA2017SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA; GASALLA, MARIA A. ; DAHDOUH-GUEBAS, FARID ; BITENCOURT, MARISA DANTAS . Socio-ecological assessment for environmental planning in coastal fishery areas: A case study in Brazilian mangroves. Ocean & Coastal Management, v. 138, p. 60-69, 2017.

2.
SANTOS, L. C. M.2016 SANTOS, L. C. M.; ROLLO, M. M. ; COSTA, T. M. ; PINHEIRO, M. A.A. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; BITENCOURT, M. D. . Spatial Analysis of a Coastal Area for Conservation and Fishery of Mangrove Edible Crab (Ucides cordatus). Journal of Coastal Research, v. 75, p. 685-689, 2016.

3.
SANTOS, L. C. M.2016SANTOS, L. C. M.; BITENCOURT, M. D. . Remote sensing in the study of Brazilian mangroves: review, gaps in the knowledge, new perspectives and contributions for management. REVISTA DE GESTÃO COSTEIRA INTEGRADA, v. 16, p. 246-261, 2016.

4.
SANTOS, L. C. M.2016SANTOS, L. C. M.; PINHEIRO, M. A.A. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; BITENCOURT, MARISA DANTAS . Population status and fishery potential of the mangrove crab, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) in North-eastern Brazil. Journal of the Marine Biological Association of the United Kingdom (Print), v. 1, p. 1-11, 2016.

5.
SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA2014 SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA; MATOS, HUMBERTO REIS ; SCHAEFFER-NOVELLI, YARA ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; BITENCOURT, MARISA DANTAS ; KOEDAM, NICO ; DAHDOUH-GUEBAS, FARID . Anthropogenic activities on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Brazil Northeast): A GIS-based analysis of CBERS and SPOT images to aid in local management. Ocean & Coastal Management, v. 89, p. 39-50, 2014.

6.
SANTOS, L. C. M.;SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA2012 SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; Cintrón, G. . Long-term effects of oil pollution in mangrove forests (Baixada Santista, Southeast Brazil) detected using a GIS-based multitemporal analysis of aerial photographs. Brazilian Journal of Oceanography (Online), v. 60, p. 159-170, 2012.

7.
CUNHA-LIGNON, M.2009CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R.P ; SANTOS, L. C. M. ; NIEMEYER-DINÓLA, C. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Estudo de caso nos manguezais do Estado de São Paulo (Brasil): aplicação de ferramentas com diferentes escalas espaço-temporais.. Gerenciamento Costeiro Integrado, v. 9, p. 79-81, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PINHEIRO, M. A.A. (Org.) ; SANTANA, W. R. A. (Org.) ; RODRIGUES, E. S. (Org.) ; IVO, C. T. (Org.) ; SANTOS, L. C. M. (Org.) ; TORRES, R. A. (Org.) ; BOOS, H. (Org.) ; Dias-Neto, J. (Org.) (Org.) . Livro Vermelho dos Crustáceos do Brasil: Avaliação 2010-2014. 1. ed. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Carcinologia (SBC), 2016. 360p .

Capítulos de livros publicados
1.
PINHEIRO, M. A.A. ; SANTANA, W. R. A. ; RODRIGUES, E. S. ; IVO, C. T. ; SANTOS, L. C. M. ; TORRES, R. A. ; BOOS, H. . Estado de Conservação dos Caranguejos Gecarcinideos (Decapoda: Gecarcinidae) no Brasil. In: Pinheiro, M.A.A. & Boos, H. (Org.). (Org.). Livro Vermelho dos Crustáceos do Brasil: Avaliação 2010-2014. 1ed.Cruz das Almas: Sociedade Brasileira de Carcinologia - SBC, 2016, v. , p. 167-181.

2.
PINHEIRO, M. A.A. ; SANTOS, L. C. M. ; SOUZA, C. A. ; JOAO, M. C. A. ; IVO, C. T. . Estado de Conservação do Caranguejo-uçá, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (Decapoda: Ucididae) no Brasil. In: Pinheiro, M.A.A. & Boos, H. (Org.). (Org.). Livro Vermelho dos Crustáceos do Brasil: Avaliação 2010-2014. 1ed.Cruz das Almas: Sociedade Brasileira de Carcinologia - SBC, 2016, v. , p. 441-458.

3.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Ocupação antrópica na zona costeira de São Paulo: alteração da paisagem em torno Canal de Bertioga (Baixada Santista, Brasil). In: Elisabete de Santis Braga. (Org.). Oceanografia e Mudanças Globais. 1ed.São Paulo: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, 2008, v. IV, p. 599-605.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, L. C. M.; NOVAES, M. C. L. C. E. ; SOUZA, F. V. B. . A DIMENSÃO HUMANA SOBRE A PESCA DO CARANGUEJO-UÇÁ Ucides cordatus NOS MANGUEZAIS DO BRASIL: UMA REVISÃO DA LITERATURA. In: III Congresso de Pesquisas Ambientais, 2018, Sorocaba. Anais III Congresso de Pesquisas Ambientais, 2018.

2.
SANTOS, L. C. M.; PINHEIRO, M. A.A. ; PIMENTA, C. E. R. ; ALVES, S. L. ; BITENCOURT, MARISA DANTAS . The use of RapidEye images and vegetation index to discriminate mangrove and tidal flat areas: applications to climate change monitoring. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017. p. 7527.

3.
DAMASIO NETO, J. B. ; CONCEICAO, L. N. ; DIAS, G. S. ; PINHEIRO, M. A.A. ; BITENCOURT, MARISA DANTAS ; SANTOS, L. C. M. . Mapeamento, quantificação e caracterização das áreas extrativas do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) no sistema estuarino-lagunar de Cananéia (Litoral Sul de São Paulo, Brasil) utilizando imagens Landsat-8/OLI. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017. p. 5163.

4.
DAMASIO NETO, J. B. ; CONCEICAO, L. N. ; DIAS, G. S. ; CASTRO, M. S. ; AVELLAR, F. B. ; HAITZMANN, V. M. ; BATISTA, R. A. W. ; NOVAES, M. C. L. C. E. ; PINHEIRO, M. A.A. ; SANTOS, L. C. M. . ANÁLISE COMPARATIVA DO POTENCIAL EXTRATIVO DO CARANGUEJO-UÇÁ UCIDES CORDATUS EM ÁREAS DE MANGUEZAL COM DIFERENTES INFLUÊNCIAS ANTRÓPICAS (CANANÉIA, SÃO PAULO): CONSIDERAÇÕES PARA O MANEJO. In: XX Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, 2017, Florianópolis. Anais, 2017.

5.
SANTOS, L. C. M.; BITENCOURT, M. D. ; DAHDOUH-GUEBAS, FARID . Multi-criteria evaluation for the conservation of the mangrove crab Ucides cordatus: a case study in the São Francisco River Estuary (Northeastern Brazil). In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, João Pessoa. Anais XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR,, 2015. p. 5392-5399.

6.
RODRIGUES, A. R. ; YKUTA, C. ; GOCALO, C. G. ; SANTOS, L. C. M. ; GASALLA, M. A. . ?Searching a cross-learning between small-scale and industrial fisheries governance tools: Is there something to learn from each other?. In: Second World Small-Scale Fisheries Congress, 2014, Merida. Second World Small-Scale Fisheries Congress, 2014.

7.
SANTOS, L. C. M.; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; BITENCOURT, M. D. . Population status and fishery potential of the mangrove crab (Ucides cordatus) in the São Francisco River Estuary (Brazil Northeast). In: VI Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014, Itajaí. Anais de Resumo - Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2014. p. 1992-1993.

8.
SANTOS, L. C. M.; BITENCOURT, M. D. . Imagens CBERS para o estudo de manguezais do Brasil: aplicações, potencialidades e limitações. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz do Iguaçu-PR. Anais/Proceedings do XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto -. São José dos Campos: MCT/INPE, 2013. p. 2226-2233.

9.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Satellite images (CBERS-2B and SPOT-5) processing used to map mangrove forests and the coastal landscape in the São Francisco River Estuary, Northeast Brazil. In: Remote Sensing and Photogrammetry Society Annual Conference 2009: New Dimensions in Earth Observation, 2009, Leicester. Proceedings of RSPSoc 2009 Annual Conference. Nottingham: RSPSoc, 2009. p. 68-76.

10.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Áreas de manguezal em um trecho do Canal da Bertioga (Baixada Santista, Brasil): alterações espaço-temporais pela introdução de estruturas náuticas.. In: XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2007, Florianópolis-SC. Anais do XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2007.

11.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Impacto de petróleo no manguezal do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo): diagnóstico da cobertura vegetal com base em fotografias aéreas digitais (1962 ? 2003).. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasi, 2007, Caxambu-MG. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BATISTA, R. A. W. ; SANTOS, L. C. M. ; DAMASIO NETO, J. B. ; PINHEIRO, M. A.A. . Estrutura populacional e potencial extrativo do caranguejo-uçá Ucides cordatus em manguezais sobre influência antrópica (Cananéia ? SP). In: XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016, Registro. Anais XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016.

2.
DAMASIO NETO, J. B. ; BATISTA, R. A. W. ; PINHEIRO, M. A.A. ; SANTOS, L. C. M. . Análise temporal (2003-2015) da produção pesqueira do caranguejo-uçá Ucides cordatus em Cananéia, litoral sul de São Paulo. In: XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016, Registro. Anais XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016.

3.
PINHEIRO, M. A.A. ; MATSUNAGA, A. M. F. ; MASUNARII, S. ; SANTOS, L. C. M. ; SOUZA, C. A. ; PIMENTA, C. E. R. ; RIO, J. P. P. ; ANGELONI, M. T. ; JOAO, M. C. A. ; ADAM, C. L. ; LEITE, R. D. ; MELO, M. S. ; MAROCHI, M. Z. . Densidade populacional do caranguejo-uçá, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763), e seu potencial uso como parâmetro indicador de mudanças climáticas em manguezais do Atlântico Ocidental. In: IX Congresso Brasileiro sobre Crustáceos, 2016, Crato. IX Congresso Brasileiro sobre Crustáceos, 2016.

4.
MATSUNAGA, A. M. F. ; PINHEIRO, M. A.A. ; MASUNARII, S. ; SANTOS, L. C. M. ; SOUZA, C. A. ; PIMENTA, C. E. R. ; RIO, J. P. P. ; ANGELONI, M. T. ; MELO, M. S. ; JOAO, M. C. A. ; ADAM, C. L. ; LEITE, R. D. ; MAROCHI, M. Z. . Produção pesqueira do caranguejo-uçá, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (Brachyura: Ucididae): Variação espacial do potencial extrativo em manguezais da ESEC Juréia (SP) e PARNA do Superagui (PR). In: IX Congresso Brasileiro sobre Crustáceos, 2016, Crato. IX Congresso Brasileiro sobre Crustáceos, 2016.

5.
SANTOS, L. C. M.; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; Bitencourt, M.D. . Mangrove fisheries as base of subsistence economy in the São Francisco River Estuary (Northeastern Brazil): considerations for local management. In: XV Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2013, Punta del Este. Anais XV Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2013.

6.
SANTOS, L. C. M.; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; BITENCOURT, M. D. . Local knowledge and capture practices of the mangrove crab Ucides cordatus in the São Francisco Estuary (Northeastern Brazil). In: VI Seminário Regional Sudeste de Etnobiologia e Etnoecologia, 2013, Botucatu. Anais VI Seminário Regional Sudeste de Etnobiologia e Etnoecologia, 2013.

7.
SANTOS, L. C. M.; BITENCOURT, M. D. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Discrimination of mangrove vegetation habitat types (Northeast Brazil) using CBERS-2B images and the Normalized Difference Vegetation Index (NDVI). In: Meeting on Mangrove ecology, functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference : Meeting on Mangrove ecology, functioning and Management. Bélgica: VLIZ Special Publication, 2012. p. 164-164.

8.
SANTOS, L. C. M.; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Bitencourt, M.D. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Satellite remote sensing and GIS to assess anthropogenic pressures and aid mangrove forest management: a case study at the São Francisco River Estuary (Northeast Brazil). In: Meeting on Mangrove ecology, functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference : Meeting on Mangrove ecology, functioning and Management. Bélgica: VLIZ Special Publication, 2012. p. 165-165.

9.
CUNHA-LIGNON, M. ; SANTOS, L. C. M. ; MENGHINI, R.P ; FLANDROY, J. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Human pressures on peri-urban and urban mangroves: examples from São Paulo State coast (Brazil).. In: 9th International Symposium on GIS and Computer Mapping for Coastal Management, 2009, Itajai. 9th International Symposium on GIS and Computer Mapping for Coastal Management, 2009.

10.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; Cintrón, G. . Aerial photographs and GIS used to assess oil spill impacts in a mangrove area (Baixada Santista, São Paulo, Brazil): multitemporal analysis as a tool to support coastal management and conservation issues. In: 28th ESRI International User Conference, 2008, San Diego. 28th ESRI International User Conference, 2008.

11.
SANTOS, L. C. M.; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Cintrón, G. . Human pressures on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Sergipe State, Brazil) investigated using Landsat ETM+ images and GIS.. In: 11th Society for Conservation GIS Annual Conference, 2008, Monterey, CA. 11th Society for Conservation GIS Annual Conference, 2008.

12.
SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; Cintrón, G. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R.P ; SANTOS, L. C. M. . The use (and misuse) of object-based GIS approches for interpreting coastal marine ecosystems: patterns, pitfalls and concerns.. In: 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008, Cuiabá. 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008.

13.
CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; MENGHINI, R.P ; SANTOS, L. C. M. ; NIEMEYER-DINÓLA, C. . State of São Paulo (Brazil) Mangrove Ecosystems Spatio-temporal Analysis: subsidies for coastal management and law enforcement.. In: 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008, Cuiabá. 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008.

14.
CUNHA-LIGNON, M. ; SANTOS, L. C. M. . Tipos de classificações em imagem Landsat do litoral do Estado de São Paulo (Municípios de Bertioga e Guarujá). In: IX Simpósio de Biologia Marinha, 2006, Santos. Anais do IX Simpósio de Biologia Marinha, 2006.

15.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Ocupação antrópica na zona costeira de São Paulo: alteração da paisagem em torno do Canal de Bertioga (Baixada Santista, Brasil).. In: III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006, São Paulo-SP. Oceanografia e Mudanças Globais. São Paulo: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, 2006.

16.
SANTOS, L. C. M.; Vera Lucia Scatena . Anatomia de folhas e escapos de Paepalanthus chlorocephalus f. chlorocephalus e P. chlorocephalus f. parviflorus. In: XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2004, Ilha Solteira. XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2004.

17.
SANTOS, L. C. M.; Lôbo, D. S. ; Carvalho, J.L.G. ; Santos,L. M. ; Santana, M. O. . Avaliação preliminar da fauna de invertebrados associada ao guano da caverna do Urubu, Riachuelo, Sergipe-Brasil. In: IV Congresso de Iniciação Científica, 2002, Aracaju. IV Congresso de Iniciação Científica. São Cristovão: Universidade Federal de Sergipe, 2002. v. 01. p. 118-119.

Artigos aceitos para publicação
1.
SOUZA, M. R. ; PINHEIRO, M. A.A. ; SANTOS, L. C. M. ; FONTES, R. . Density, abundance and extractive potential of the mangrove crab, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (Brachyura, Ocypodidae): subsidies for fishery management. ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS (ONLINE), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, L. C. M.. A abordagem sócio-ecológica para estudo e análise de sistemas pesqueiros sustentáveis. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, L. C. M.. A abordagem geoespacial e sócio-ecológica para análise de sistemas pesqueiros e ambientais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SANTOS, L. C. M.. Population status and fishery potential of the mangrove crab (Ucides cordatus) in the São Francisco River Estuary (Brazil Northeast). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SANTOS, L. C. M.. Recursos pesqueiros dos manguezais do estuário do Rio São Francisco (Nordeste do Brasil): análise sócio-ecológica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SANTOS, L. C. M.; BITENCOURT, M. D. . Imagens CBERS para o estudo de manguezais do Brasil: aplicações, potencialidades e limitações. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
SANTOS, L. C. M.. Mangrove fisheries as base of subsistence economy in the São Francisco River Estuary (Northeastern Brazil): considerations for local management. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
SANTOS, L. C. M.. Local knowledge and capture practices of the mangrove crab Ucides cordatus in the São Francisco Estuary (Northeastern Brazil). 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Satellite images (CBERS-2B and SPOT-5) processing used to map mangrove forests and the coastal landscape in the São Francisco River Estuary, Northeast Brazil.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; Cintrón, G. . Human pressures on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Sergipe State, Brazil) investigated using Landsat ETM+ images and GIS.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SANTOS, L. C. M.; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Cintrón, G. . Aerial photographs and GIS used to assess oil spill impacts in a mangrove area (Baixada Santista, São Paulo, Brazil): multitemporal analysis as a tool to support coastal management and conservation issues.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Áreas de manguezal em um trecho do Canal da Bertioga (Baixada Santista, Brasil): alterações espaço-temporais pela introdução de estruturas náuticas.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Impacto de petróleo no manguezal do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo): diagnóstico da cobertura vegetal com base em fotografias aéreas digitais (1962 ? 2003). 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
CUNHA-LIGNON, M. ; SANTOS, L. C. M. . Tipos de classificações em imagem Landsat do litoral do Estado de São Paulo (Municípios de Bertioga e Guarujá).. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
SANTOS, L. C. M.; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAEFFER-NOVELLI, Y. . Ocupação antrópica na zona costeira de São Paulo: alteração da paisagem em torno do Canal de Bertioga (Baixada Santista, Brasil). 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
SANTOS, L. C. M.; Vera Lucia Scatena . Anatomia de folhas e escapos de Paepalanthus chlorocephalus f. chlorocephalus e P. chlorocephalus f. parviflorus. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
SANTOS, L. C. M.; Lôbo, D. S. ; Carvalho, J.L.G. ; Santos,L. M. ; Santana, M. O. ; Zucon, M. H. . Avaliação preliminar da fauna de invertebrados associada ao guano da Caverna do Urubu, Riachuelo, Sergipe-Brasil.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, L. C. M.. Como elaborar um currículo lattres. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
SANTOS, L. C. M.. Roteiros de aulas práticas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto I: SPRING. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorialparaaulaprática).

3.
SANTOS, L. C. M.. Roteiros de aulas práticas de Processamento de Dados: Word, Excel e Kompozer.. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorialparaaulaprática).

4.
SANTOS, L. C. M.. Roteiros de aulas práticas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto II. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorialparaaulaprática).

5.
SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA. Roteiros de aulas práticas de Bioestatística, desenvolvidos para o curso de Ciências Biológicas bacharelado, da UNESP São Vicente.. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorialparaaulaprática).

6.
SANTOS, L. C. M.. Guia ilustrado de campo para caracterização estrutural de áreas de manguezal.. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Guia de campo).

7.
SANTOS, L. C. M.. Análise espaço-temporal dos manguezais e da produção de caranguejos do sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): conservação da biodiversidade, bens e serviços do ecossistema versus desenvolvimento de pressões antrópicas. 2014. (Relatório de pesquisa).

8.
SANTOS, L. C. M.. Análise espaço-temporal dos manguezais e da produção de caranguejos do sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): conservação da biodiversidade, bens e serviços do ecossistema versus desenvolvimento de pressões antrópicas. 2013. (Relatório de pesquisa).

9.
SANTOS, L. C. M.. Análise espaço-temporal dos manguezais e da produção de caranguejos do sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco (Sergipe, Brasil): conservação da biodiversidade, bens e serviços do ecossistema versus desenvolvimento de pressões antrópicas. 2012. (Relatório de pesquisa).

10.
SANTOS, L. C. M.. Short Research Stay in Belgium (SRS). 2012. (Relatório de Estágio no exterior).

11.
SANTOS, L. C. M.. Exercício Prático no Idrisi: Georegistro de Imagens Utilizando Reamostragem. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorial para aula prática).

12.
SANTOS, L. C. M.. Exercício Prático no Idrisi: Classificação Supervisionada. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tutorial para aula prática).

13.
SANTOS, L. C. M.. Uso e Cobertura do solo no Sistema Estuarino-Lagunar do Rio São Francisco (Sergipe). 2010. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

14.
SANTOS, L. C. M.. Estado de conservação da zona costeira de Sergipe, estuário do rio São Francisco: uma análise ambiental dos manguezais no contexto da paisagem. 2010. (Relatório de pesquisa).

15.
SANTOS, L. C. M.. Estado de conservação da zona costeira de Sergipe, estuário do rio São Francisco: uma análise ambiental dos manguezais no contexto da paisagem. 2009. (Relatório de pesquisa).

16.
SANTOS, L. C. M.. Análise da variação espaço-temporal de bosques de mangue do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo, Brasil) antes e após o derrame de petróleo ocorrido em 1983. 2007. (Relatório de pesquisa).

17.
SANTOS, L. C. M.. Guia Ilustrativo para identificação de espécies vegetais típicas de manguezais brasileiros. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Guia de campo para identificação de espécies vegetais de manguezais brasileiros).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SANTOS, L. C. M.; GASALLA, M. A.; DIEGUES, N. C. S.. Participação em banca de Vanessa Tais Cruz Mercado. Análise socioambiental dos pescadores de lulas (Mollusca: Cephalopoda) na região de São Sebastião, Estado de São Paulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia) - Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
SANTOS, L. C. M.; PINHEIRO, M. A.A.; PEREIRA, C. D.; BUENO, S. S.; CHOUERI, R. B.. Participação em banca de Caroline Araujo de Souza. O caranguejo-uçá, Ucides cordatus, como espécie bioindicadora do estado de conservação de manguezais. 2016. Tese (Doutorado em Ciencias Biologicas (Zoologia)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
TALAMONI, A. C. B.; KRIEGLER, N.; SANTOS, L. C. M.. Participação em banca de Sabrina Leite Alves.ESTADO DA ARTE DA UTILIZAÇÃO DE GEOTECNOLOGIAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS: UMA ANÁLISE QUALIQUANTITATIVA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SANTOS, L. C. M.; SANCHES, E. A.; MAKINO, L. C.. XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP Câmpus Registro.. 2016. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Oficina para Consolidação da proposta de Plano recuperação do Guaiamúm.How habitat assessment can influence in management? The case of mangrove and hypersaline tidal flat extents directing a regional fishery management of the land crab Cardisoma guanhumi. 2017. (Oficina).

2.
EcoEncontros- Pós Graduação em Ecologia da Universidade de São Paulo.A abordagem geoespacial e sócio-ecológica para estudo e análise de sistemas pesqueiros e ambientais. 2016. (Encontro).

3.
Metodologias Ativas: Aprendizado Baseado em Equipes (TBL). 2016. (Outra).

4.
Oficina de Avaliação do Risco de Extinção dos Crustáceos Marinhos no Brasil - 2016.Avaliação do Risco de Extinção dos Crustáceos Marinhos no Brasil - 2016. 2016. (Oficina).

5.
Semana de Atualização em Ciências Agrárias.A abordagem sócio-ecológica para estudo e análise de sistemas pesqueiros sustentáveis. 2016. (Outra).

6.
XXVIII Congresso de Iniciação Científica - UNESP Registro. ---. 2016. (Congresso).

7.
IV Congresso Brasileiro de Oceanografia. Population status and fishery potential of the mangrove crab (Ucides cordatus) in the São Francisco River Estuary (Brazil Northeast). 2014. (Congresso).

8.
VI Seminário Regional Sudeste de Etnobiologia e Etnoecologia.Local knowledge and capture practices of the mangrove crab Ucides cordatus in the São Francisco Estuary (Northeastern Brazil). 2013. (Seminário).

9.
XV Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar. Mangrove fisheries as base of subsistence economy in the São Francisco River Estuary (Northeastern Brazil): considerations for local management. 2013. (Congresso).

10.
XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Imagens CBERS para o estudo de manguezais do Brasil: aplicações, potencialidades e limitações. 2013. (Simpósio).

11.
Remote Sensing and Photogrammetry Society Annual Conference 2009: New Dimensions in Earth Observation. Satellite images (CBERS-2B and SPOT-5) processing used to map mangrove forests and the coastal landscape in the São Francisco River Estuary, Northeast Brazil. 2009. (Congresso).

12.
11th Society for Conservation GIS Annual Conference, Monterey. Human pressures on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Sergipe State, Brazil) investigated using Landsat ETM+ images and GIS. 2008. (Congresso).

13.
28th ESRI International User Conference. Aerial photographs and GIS used to assess oil spill impacts in a mangrove area (Baixada Santista, São Paulo, Brazil): multitemporal analysis as a tool to support coastal management and conservation issues. 2008. (Congresso).

14.
Seminários de Integração- Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental. 2008. (Outra).

15.
VIII Congresso de Ecologia do Brasil. Impacto de petróleo no manguezal do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo): diagnóstico da cobertura vegetal com base em fotografias aéreas digitais (1962 ? 2003).. 2007. (Congresso).

16.
XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar. Áreas de manguezal em um trecho do Canal da Bertioga (Baixada Santista, Brasil): alterações espaço-temporais pela introdução de estruturas náuticas.. 2007. (Congresso).

17.
"O Sertão vai virar mar" Palestra: "Manguezais: caracterização, pesquisa e conservação". 2006. (Outra).

18.
17º Encontro de Biólogos do CRBio-1(SP, MT, MS). 2006. (Encontro).

19.
III Simpósio Brasileiro de Oceanografia. Ocupação antrópica na zona costeira de São Paulo: alteração da paisagem em torno do Canal de Bertioga (Baixada Santista, Brasil).. 2006. (Congresso).

20.
IX Simpósio de Biologia Marinha.Tipos de classificações em imagem Landsat do litoral do Estado de São Paulo. 2006. (Simpósio).

21.
Mini-curso:Painéis para apresentação de trabalhos científicos. 2006. (Outra).

22.
Simpósio de Biologia Vegetal-Edição 2006. 2006. (Simpósio).

23.
XVII Semana de Estudos da Ecologia. 2006. (Outra).

24.
II Congesso Brasileiro de Oceanografia. 2005. (Congresso).

25.
II Encontro de Biologia Comparada. 2005. (Encontro).

26.
III Semana da Biologia Marinha e do Gerenciamento Costeiro. 2005. (Outra).

27.
II Simpósio da Biologia Vegetal. 2005. (Simpósio).

28.
Mini curso: Botânica funcional: a fisiologia vegetal de ontem e hoje. 2005. (Simpósio).

29.
Mini curso: Espécies Invasoras: Ameaça à biodiversidade''. 2005. (Outra).

30.
Mini-curso: Evolução das plantas: de Protista à Angiospermas. 2005. (Outra).

31.
Semináio sobe Resíduos de Petróleo. 2005. (Seminário).

32.
Simpósio da Biologia Vegetal - Edição 2005. 2005. (Simpósio).

33.
XVII Semana Nacional de Oceanografia. 2005. (Outra).

34.
Mini curso: a concepção de natureza no pensamento ocidental. 2004. (Outra).

35.
Mini curso: Algas no universo criptogâmico: importância, usos e. 2004. (Outra).

36.
Simpósio da Biologia Vegetal - Edição 2004. 2004. (Simpósio).

37.
Simpósio de Biologia Vegetal. 2004. (Simpósio).

38.
XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP. XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP. 2004. (Congresso).

39.
XVI Semana de Estudos da Biologia. 2004. (Outra).

40.
XVI Semana de Estudos da Biologia. 2004. (Outra).

41.
XV Semana de Estudos da Ecologia. 2004. (Outra).

42.
Congresso Brasileiro de Ecologia do Brasil. 2003. (Congresso).

43.
Encontro Sergipano de Paleontologia. 2003. (Encontro).

44.
Fórum Ambiental Petrobrás. 2003. (Outra).

45.
Mini curso: Ecologia das interações. 2003. (Outra).

46.
VIII Semana de Biologia de Sergipe. 2003. (Outra).

47.
Bioinformática: uma abordagem geral.. 2002. (Oficina).

48.
II Congresso Brasileiro de Educação. 2002. (Congresso).

49.
II Encontro de Proteção Vegetal Do Estado de Sergipe. 2002. (Encontro).

50.
IV Congresso de Iniciação Científica-UFS/CNPq. IV Congresso de Iniciação Científica-UFS/CNPq. 2002. (Congresso).

51.
Mini curso: Restauração de matas ciliares e áreas degradadas. 2002. (Outra).

52.
XXIII Encontro Nacional de Estudantes de Biologia. 2002. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Maria Carolina Las Casas e Novaes. Análise sócio-ecológica da pesca do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) no município de Cananéia, Litoral Sul de São Paulo: contribuições para o manejo e uso sustentável. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade Aquática) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Nicholas Kriegler. Caracterização da comunidade de caranguejos chama-maré (Brachyura: Gelasiminae) nas diferentes fitofisionomias do manguezal. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade Aquática) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
João Batista Damasio Neto. MAPEAMENTO DOS HABITATS DE MANGUEZAL DO CARANGUEJO-UÇÁ (Ucides cordatus) EM CANANÉIA (LITORAL SUL DE SÃO PAULO) COMO SUBSÍDIO PARA O MANEJO DA PESCA. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

2.
Vinicius Maciel Haitzmann dos Santos. Caracterização do uso e cobertura da terra no sistema estuarino de Cananéia (Litoral Sul de São Paulo) e sua relação com a produção pesqueira do caranguejo-uçá (Ucides cordatus). Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

3.
Luciana Nascimento Conceição. Caracterização espacial e estrutural dos manguezais do sistema estuarino de Cananéia (Litoral Sul de São Paulo) como subsídio para a gestão integrada da pesca. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Matheus dos Santos Castro. Caracterização edáfica e climática de bosques de mangue e sua influência sobre a pesca do caranguejo-uçá (Ucides cordatus). Início: 2016. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

2.
Gerson Santana Dias. Etnoconhecimento e práticas da captura do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) realizadas por pescadores no município de Cananéia, Litoral Sul de São Paulo.. Início: 2016. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Sabrina Leite Alves. ESTADO DA ARTE DA UTILIZAÇÃO DE GEOTECNOLOGIAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS: UMA ANÁLISE QUALIQUANTITATIVA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Luciana Cavalcanti Maia Santos.

Orientações de outra natureza
1.
Reginaldo Weissenberg Batista. Uso e cobertura da terra e análise da paisagem em Cananéia (Litoral Sul de São Paulo). 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Luciana Cavalcanti Maia Santos.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
SANTOS, L. C. M.. Como elaborar um currículo lattres. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


MANUSCRITOS SUBMETIDOS PARA REVISTAS:

1. Santos, L.C.M.;Souto, J.F.; Pinheiro, M.A.A.; Dadouh-Guebas, F.; Bitencourt, M. People and crabs: the need for the human dimension in the management of mangrove small-scale fisheries. Human Ecology. Artigo aceito após realização de revisão (revista Ocean and Coastal Management). 


COMISSÃO EDITORIAL

Membro titular da comisão editoria para avaliação do e-book: Educação ambiental sobre manguezais / Org. Marcelo Antonio Amaro Pinheiro, Ana Carolina Biscalquini Talamoni. São Vicente: Campus do Litoral Paulista ? Instituto de Biociências, 2017. 166 p. ISBN 978-85-61498-08-5.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 23:23:11