Renato Matoso Ribeiro Gomes Brandao

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1388182534894415
  • Última atualização do currículo em 05/11/2018


Possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2006), Mestrado em Filosofia Antiga (área de concentração: Filosofia daLinguagem - 2009) e doutorado em Filosofia Antiga (área de concentração: Ontologia - 2014) pela mesma instituição. Atua na área de Filosofia Antiga, com ênfase em Metafísica, Teoria do Conhecimento e Filosofia da Linguagem. Desde 2004, exerce atividades de pesquisa junto ao Núcleo de Filosofia Antiga (NUFA) da PUC-Rio. Durante seu doutoramento, colaborou com a Prof. Mary Louise Gill da Brown University em pesquisas acerca da obra de Platão, em especial o diálogo Parmênides. Renato exerceu pesquisas de Pós-Doutorado junto à Cátedra UNESCO-Archai da Universidade de Brasília e ao Programa de Pós-Graduação em Lógica e Metafísica da UFRJ. Atualmente, Renato é professor dos Programas de Graduação e Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio, Docente Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Metafísica da UnB e Editor Assistente do Plato Journal - the Journal of the International Plato Society. É o atual presidente da Sociedade Brasileira de Platonistas (2019-2020) e membro ativo da International Plato Society e da Metaphysical Society of America. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Renato Matoso Ribeiro Gomes Brandao
Nome em citações bibliográficas
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO

Endereço


Endereço Profissional
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Reitoria, Coordenação Central de Pós-Graduação.
Pontifícia Universidade Católica - PUC
Gávea
22451900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil - Caixa-postal: 38097
Telefone: (21) 35270101


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
com período sanduíche em Brown University (Orientador: Mary Louise Gill).
Título: A ontologia de Sócrates nos diálogos de Platão: da busca por definições às críticas do Parmênides, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Irley Franco.
Coorientador: Maura Iglésias.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Platão; Teoria das Ideias; ontologia.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Filosofia Antiga.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Letras Clássicas.
2007 - 2009
Mestrado em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: O Problema da Falsidade no Discurso: Ontolgia e Linguagem em Parmênides e Platão,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Maura Iglésias.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Lingua Grega; linguagem; ontologia; parmenides; Platão; Existência.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Filosofia da Linguagem.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Clássicas.
2002 - 2006
Graduação em Filosofia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: A dialética platonica e suas relações com a ontologia.
Orientador: Maura Iglésias.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Letras Clássicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
2015 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Historia da Filosofia Antiga.


Formação Complementar


2010 - 2011
Extensão universitária em Tutorial de Professores. (Carga horária: 45h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente Colaborador
Outras informações
Docente colaborador do Programa de Pós-Graduação em Metafísica, na Linha de Pesquisa Origens do Pensamento Ocidental


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de Pos-Graduação Latto Senso, Carga horária: 4


Brown University, BROWN, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Visiting Research Fellow, Carga horária: 20


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
O Pensamento e a obra dos Platonistas Médios
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Culturas em diálogo nas origens do pensamento ocidental: a filosofia platônica como ontologia e dialética do presente
Descrição: Desde a sua fundação, em 2001, a Cátedra UNESCO Archai: as origens do pensamento ocidental sempre manteve como foco de pesquisa o estudo das condições historiográficas que mediaram a sobrevivência da filosofia grega até à contemporaneidade. Esta identidade metodológica foi sendo gradualmente consolidada através de uma intensa e estreita colaboração com vários especialistas na área. Desse permanente diálogo com a comunidade académica nacional e internacional resultaram diversas atividades científicas (seminários e colóquios) e sobretudo várias publicações que registram os seus principais frutos (www.archai.unb.br). Em conformidade e continuidade com a identidade que define a Cátedra, o presente projeto é dedicado à obra de Platão (um dos principais pilares do pensamento ocidental), cuja interpretação exige ser renovada. A abordagem de leitura demasiadamente logocêntrica, que tem dominado os estudos platónicos desde o Iluminismo, já não consegue dar resposta às várias críticas lançadas pela contemporaneidade, especialmente pelas correntes pós-modernas e pós-coloniais. Assim, a nossa proposta de trabalho tem por principal objetivo situar no presente a filosofia de Platão pela reinterpretação da sua obra a partir de uma pluralidade de perspectivas, que variam conforme o contexto (histórico, político, geográfico etc.) de quem procura entender o seu projeto filosófico. Não se trata, pois, de substituir aquele paradigma por um outro, mas sim de reconhecer nos Diálogos platónicos uma abertura hermenêutica que só poderá ser abordada por uma diversidade de paradigmas de leitura. A proposta está enquadrada na identidade metodológica que define a Cátedra UNESCO Archai: estudar o processo de formação da filosofia e, por conseguinte, das origens (plurais) do pensamento ocidental. Numa primeira linha de análise, mais genérica, estará em causa uma leitura crítica da narrativa que tenta subsumir a história da filosofia a um processo linear de 'génese e evolução' de uma racionalidade (intelectiva, enquanto saber; e discursiva, enquanto exactidão) sem contexto. Numa segunda linha, a pesquisa incidirá sobre a obra de Platão (tomada do ponto de vista temático e formal), mais especificamente sobre a sua natureza radicalmente aberta e plural. De acordo com aquela narrativa pretensamente 'canónica', os Diálogos constituiriam o primeiro grande monumento de uma racionalidade já perfeitamente autónoma, porquanto liberta da tradição mítico-poética; de tal forma que o projeto platônico se limitaria a uma explicação do real e do homem estritamente centrada na razão. A nossa proposta tem por objetivo demonstrar justamente o contrário: Platão é o paradigma de que a complexidade do ser, pensar e agir humanos não pode ser subsumida num discurso unívoco e exato. Tal rede de problemas que constituem a filosofia poderá apenas ser abordada por uma multiplicidade de perspectivas, nenhuma das quais podendo ser considerada conclusiva. Desta forma, do ponto de vista metodológico, a pesquisa incidirá tanto nos problemas (ontológicos, epistemológicos, éticos, políticos, estéticos etc.) tratados nos Diálogos, quanto no método que Platão segue e propõe para os tratar, isto é, a forma dialógica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2018 - 2018
Periódico: O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ)
2017 - Atual
Periódico: Plato Journal - The Journal of the International Plato Society
2016 - 2017
Periódico: Revista Phaine
2015 - 2016
Periódico: Revista ARCHAI. As origens do pensamento ocidental
2008 - 2012
Periódico: Analógos (PUCRJ)


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Analógos (PUCRJ)
2015 - Atual
Periódico: Revista ARCHAI. As origens do pensamento ocidental
2016 - Atual
Periódico: Phaine: Revista de Estudos Sobre a Antiguidade
2015 - Atual
Periódico: Educação e Filosofia (UFU. Impresso)
2018 - Atual
Periódico: O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ)


Revisor de projeto de fomento


2016 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Filosofia da Linguagem.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Clássicas.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Latim
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Grego
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2011
Visiting Research Fellow, Brown University.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FRANCO, IRLEY FERNANDES2018FRANCO, IRLEY FERNANDES ; BRANDÃO, RENATO MATOSO . Apresentação. O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ), v. 27, p. 5, 2018.

2.
FRANCO, IRLEY FERNANDES2018FRANCO, IRLEY FERNANDES ; BRANDÃO, RENATO MATOSO . Aristóteles. Sobre as Ideias (Π--- ---Ω-). Excertos de Alexandre de Aphrodisias, em Aristotelis metaphysica commentaria.. O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ), v. 27, p. 139, 2018.

3.
MATOSO, RENATO2017MATOSO, RENATO. Separation and its language in Plato. Filosofia Unisinos, v. 18, p. 184, 2017.

4.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2016MATOSO, R.; CORNELLI, G. . A Filosofia e os Desafios do Século XXI em Debate. Veritas (Porto Alegre. Impresso), v. 61, p. 249-264, 2016.

5.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2016MATOSO, R.. As Origens do Paradigma Desenvolvimentista de Interpretação dos Diálogos de Platão. Revista Archai: Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, v. 18, p. 75-111, 2016.

6.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2014 MATOSO, R.. Parmenides Monism and The routes of Being. O Que nos Faz Pensar (PUCRJ), v. 34, p. 367-379, 2014.

7.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2014MATOSO, R.; FRANCO, I. F. . OS ARGUMENTOS FORMAIS DOS PLATONISTAS EM FAVOR DA EXISTÊNCIA DAS IDEIAS NO ΠΕΡΙ ΙΔΕΩΝ E NA METAFISICA A9 DE ARISTOTELES. Anais de Filosofia Clássica (Online), v. VIII, p. 24-47, 2014.

8.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2012MATOSO, R.. O Argumento do Terceiro Homem no Parmênides de Platão. Analógos (PUCRJ), v. XII, p. 368-376, 2012.

9.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2010MATOSO, R.. Paradoxos e a Teoria das Ideias. Analógos (PUCRJ), v. X, p. 200-208, 2010.

10.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2009MATOSO, R.. O Verbo Ser Grego. Analógos (PUCRJ), v. IX, p. 263-270, 2009.

11.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2009MATOSO, R.. Afirmações Existenciais na Antiguidade. Alter (Rio de Janeiro), v. VIII, p. 6-8, 2009.

12.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2008MATOSO, R.. O papel do individuo virtuoso como exemplo e guia de conduta. Alter (Rio de Janeiro), v. 9, p. 11-12, 2008.

13.
MATOSO, R.;MATOSO, RENATO;Matoso Brandão, Renato;BRANDÃO, RENATO MATOSO2008MATOSO, R.. Parmênides e a Impossibildade do Discurso Falso. Analógos (PUCRJ), v. VIII, p. 220-228, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
MATOSO, RENATO. On The Translation and Meaning of Phaedo 74 b7-9. In: Gabriele Cornelli; Thomas M. Robinson; Francisco Bravo. (Org.). PLATO'S PHAEDO. SELECTED PAPERS FROM THE ELEVENTH SYMPOSIUM PLATONICUM. 1ed.Sankt Augustine: Academia Verlag, 2018, v. , p. 49-53.

2.
MATOSO, R.. A ontologia de Sócrates nos diálogos de Platão: antecipação e continuidade na obra platônica. In: Izabela Bocayuva; Maria Ines Anachoreta. (Org.). O BELO NA ANTIGUIDADE GREGA. 1ed.Rio de Janeiro: NAU, 2017, v. 1, p. 1-217.

3.
MATOSO, R.. Métodos de Leitura e Trabalho com Diálogos Platônicos. In: Secco, G. D.. (Org.). Epistemologia e Currículo: registros do II Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS,. 1ed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2016, v. 1, p. 21-38.

4.
MATOSO, R.. A Ontologia dos Diálogos Socráticos: Formas, Participação e Continuidade na Obra Platônica. Platão. 1ed.: , 2015, v. , p. 42-54.

5.
MATOSO, R.. Participação, imitação e as críticas do diálogo Parmênides aos modelos de interpretação da relação sensível-inteligível. In: Vinicius Figueiredo; Marcelo Carvalho. (Org.). Filosofia antiga e medieval. 1ed.: , 2013, v. , p. 497-511.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MATOSO, R.. Participação, imitação e as críticas do diálogo Parmênides aos modelos de interpretação da relação sensível-inteligível. In: XV Encontro ANPOF, 2012, Curitiba. Livros da ANPOF. São Paulo: ANPOF, 2012. v. 1. p. 497-509.

2.
MATOSO, R.. O Não-Ser não é: Parmênides e a Impossibilidade da Linguagem. In: Simposio Nacional de filosofia Antiga, 2009, rio de Janeiro. Anais de Filosofia Antiga, 2008. v. II.

3.
MATOSO, R.. Referência e o problema da falsidade no discurso segundo o "sofista" de Platão. In: I seminário de filosofia antiga: Discursos antgos, interpretações atuais, 2007, Rio de Janeiro. Anais de Filosofia Antiga, 2007. v. 1.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MATOSO, R.. Ideias sob suspeita: o diálogo Parmênides e a crítica à Teoria das Ideias. In: XIV ANPOF, 2010, A´guas de Lindóia. Livro de Atas XIV ANPOF, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BRANDAO, R. M. R. G. ; MATOSO, R. . Aspectos centrais da Toeira das Ideias no Discurso de Diotima. In: XI Simpósio Internacional da Sociedade Brasileira de Platonistas/ VII Seminário Internacional Archai, 2011, Recife. Simpósio de Platão. Recife PE: UFPE, 2011. v. 1. p. 63-64.

2.
MATOSO, R.. Ser é ser o sujeito de uma predicação: paralelos entre a noção grega de ser e o slogan de Quine.. In: I Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2010, São Leopoldo - RS. Caderno de Resumos, 2010. p. 88-89.

Artigos aceitos para publicação
1.
MATOSO, R.. Separation and its Language in Plato.. Filosofia Unisinos (Impresso), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
MATOSO, RENATO. Perspectivismo (sincrônico e diacrônico): por uma nova metodologia de leitura dos diálogos de Platão.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MATOSO, RENATO. Ceticismo e platonismo na antiguidade tardia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MATOSO, RENATO. Antiautoritarismo e Epistemologia Socrática. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MATOSO, R.. Dualismo em Platão e na tradição platônica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MATOSO, RENATO. Perspectivism and Conciliation in the Reading of Plato?s Dialogues.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MATOSO, R.. Minicurso: Platonismo hoje. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MATOSO, R.. O Comentário Anônimo ao Teeteto de Platão e a Epistemologia do Ecletismo Filosófico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MATOSO, R.. Degenerescêncai Ética, Ontológica e Epistêmica em Platão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MATOSO, R.. Separação e a Unidade do Parmênides. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MATOSO, R.. ?The Anonymous Commentary on Plato?s Theatetus and the Syncretic Theory of Knowledge of Middle Platonism?.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MATOSO, R.. Perspectivismo e contexto dramático na leitura dos Diálogos.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MATOSO, R.. Ontologia Platônica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MATOSO, R.. ?The Anonymous Commentary on Plato?s Theatetus and the Syncretic Theory of Knowledge of Middle Platonism?.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
MATOSO, R.. On The Translation and Meaning of Phaedo 74b7. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
MATOSO, R.. O Comentário Anônimo ao Teeteto de Platão e a Teoria do Conhecimento Médio-Platônica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
CORNELLI, G. ; LOPES, R. ; MATOSO, R. . Mini-Curso ANPOF - Platão e Platonismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
MATOSO, R.. Sobre o conceito de ?separação? e a distinção entre Formas e coisas em Platão.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
MATOSO, R.. Métodos de leitura e trabalho com diálogos platônicos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
MATOSO, R.. Parmenides Monism. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
MATOSO, R.. Zenão, Parmênides e as contradições do diálogo Parmênides. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
MATOSO, R.. A Origem do Paradigma Atual de Interperatção dos Diálogos de Platão. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
MATOSO, R.. Participação, Imitação e as Críticas do Diálogo Parmênides aos Modelos de Interpretação da Relação Sensível-Inteligível. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
MATOSO, R.. O Livro II do 'Comentário ao Parmênides de Platão' de Próclo e a sua relevância no estudo da relação entre Zenão e Platão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
MATOSO, R.. Aspectos Centrais da Teoria das Ideias no Discurso de Diotima. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
MATOSO, R.. Ideias sob sispeita: o diálogo Parmênides e a critica à Teoria das Ideias. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
MATOSO, R.. Uma interpretação veritativa para as teses de Parmênides. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
MATOSO, R.. Ser é ser o sujeito de uma predicação: paralelos entre a noção grega de ser e o slogan de Quine.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
MATOSO, R.. O verbo "ser" grego: einai. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
MATOSO, R.. Ontologia e Existência na Antiguidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
MATOSO, R.. Afirmações de Existência em Homero. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
MATOSO, R.. O não-ser não é: Parmênides e a impossibilidade da linguagem. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
MATOSO, R.. A impossibilidade do discurso falso segundo as teses de Parmênides. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
MATOSO, R.. Éticas da virtude: em que sentido os sistemas éticos da antigüidade podem estar mais ligados às questões individuais.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
MATOSO, R.. Sistemas éticos da antigüidade e problemas éticos atuais: suas possíveis relações.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
MATOSO, R.. Referência e o problema da falsidade no discurso segundo o "Sofista" de Platão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
MATOSO, R.. Referencia e o problema da falsidade no discurso segundo o "Sofista" de Platão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
MATOSO, R.. A questão do Não-ser no "Sofista". 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
MATOSO, R.. O "Sofista" e sua importancia no conjunto da obra de Platão. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MATOSO, R.. EAD Universidade Aberta do Brasil. 2017.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
CORNELLI, G. ; CASERTANO, G. ; LOPES, R. ; MATOSO, R. . Summer School Archai - Ontologias Antigas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
MATOSO, R.; LOPES, R. ; CORNELLI, G. . Minicurso - Platonismo Hoje. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
MATOSO, R.; CORNELLI, G. ; LOPES, R. . Minicurso ANPOF - Platão e Platonismo Hoje. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
MATOSO, R.. A Ontologia de Sócrates nos Diálogos de Platão. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MATOSO, R.. Participação em banca de Victor Tiribás. O Semeador de Metafísica. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal Fluminense.

Teses de doutorado
1.
MATOSO, RENATO. Participação em banca de Emerson Fernandes. A invencão da Palavra-Diálogo. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

2.
MATOSO, RENATO. Participação em banca de Bianca Pereira das Neves Vilhena Campinho Pereira. Acerca dos Sonhos na Filosofia Platônica. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
MATOSO, R.; REIS, M.. Participação em banca de ANDRÉ MIRANDA DECOTELLI DA SILVA. A ATOPIA SOCRÁTICA. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

2.
MARCONDES, D.; RIBEIRO., L. F. B.; MATOSO, R.. Participação em banca de Emerson Fernandes. A invencão da Palavra-Diálogo. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CORNELLI, G.; MATOSO, R.. Participação em banca de LUIZA SILVA PORTO RAMOS.SOBRE A POSSIBILIDADE DA KALLIPOLIS NA REPÚBLICA DE PLATÃO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Filosofia) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MATOSO, R.. Comissão Avaliadora do Programa Nacional do Livro Didático. 2017. Ministério da Educação.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVII Encontro Nacional Anpof.O Comentário Anônimo ao Teeteto de Platão e a Teoria do Conhecimento Médio-Platônica. 2016. (Encontro).

2.
Metaphysical Society of America.Parmenides Monism.. 2014. (Encontro).

3.
SAF XV: Semana dos Alunos de Pós-graduação de Filosofia da PUC-Rio.A Questão Socrática e a Ontologia dos Primeiros Diálogos de Platão. 2014. (Seminário).

4.
XVI Encontro ANPOF.A ontologia dos diálogos socráticos: Formas, participação e continuidade na obra platônica. 2014. (Encontro).

5.
I Conferência da Área Latino-Americana da Internacional Plato Society.Zenão, Parmênides e as Contradições do Diálogo Parmênides. 2012. (Seminário).

6.
SAF XII: Semana dos Alunos de Pós-Graduação de Filosofia da PUC-Rio.A Origem do Atual Paradigma de Interpretação dos Diálogos de Platão. 2012. (Seminário).

7.
XV Encontro ANPOF.Participação, imitação e as críticas do diálogo Parmênides aos modelos de interpretação da relação sensível-inteligível. 2012. (Encontro).

8.
II Simpósio da Sociedade Ibero-Americana de Estudos Neo-Platônicos.O livro II do "Coemntário ao Parmênides" e sua relevância no estudo da relação entre Zenão e Platão. 2011. (Simpósio).

9.
XI Simpósio Internacional da Sociedade Brasileira de Platonistas/ VII Seminário Internacional Archai.Aspectos centrais da Teoria das Ideias no Discurso de Diotima. 2011. (Simpósio).

10.
I Congresso da SBFA. Ser é ser o sujeito de uma predicação: paralelo entre a noção grega de existência e o slogan de Quine. 2010. (Congresso).

11.
XIV Encontro Nacional ANPOF.Ideias sob suspeita: o diálogo Parmênides e a crítica à Teoria das Ideias. 2010. (Encontro).

12.
XVII Simpósio Interdisciplinar de Estudos Greco-Romanos.Uma interpretação Veritativa para as teses de Parmênides. 2010. (Simpósio).

13.
3 Seminario dos Alunos do Programa de Pos-Graduçao em Logica e Metafisica da UFRJ.Existência e Predicação na Antiguidade. 2009. (Seminário).

14.
XIII Coloquio Conesul de Filosofia das Ciencias Formais. 2009. (Congresso).

15.
X Semana dos Alunos de Pos-Graduaçao em Filosofia da PUC-Rio.Ontologia e Existencia na Antiguidade. 2009. (Seminário).

16.
XVII Seminario de Alunos de Alunos de Pos-Graduaçao em Filosofia da UFRJ.Afirmações de Existência em Homero. 2009. (Seminário).

17.
2º Seminário dos Alunos do Programa de Pós-graduação em Lógica e Metafísica da UFRJ.Impossibilidade do Discurso Falso segundo as Teses de Parmênides. 2008. (Seminário).

18.
II Seminário de Filosofia Antiga/ NEA-UERJ.O não-ser não é: Parmênides e o problema da flasidade no discurso. 2008. (Seminário).

19.
IX SAF: Semana de Alunos de Pós-Graduação de Filosofia da PUC-Rio.Parmênides e o Problema da Falsidade no Discurso. 2008. (Seminário).

20.
I seminário de filosofia antiga: Discursos antgos, interpretações atuais.Referência e o problema da falsidade no discurso segundo o "Sofista" de Platão. 2007. (Seminário).

21.
Philos III - Encontro de alunos de graduação em filosofia da Puc-rio.Sistemas éticos da antigüidade e problemas éticos atuais: suas possíveis relações.. 2007. (Encontro).

22.
Simpósio Internacional O futuro da autonomia.Éticas da virtude: em que sentido os sistemas éticos da antigüidade podem estar mais relacionados às questões individuais. 2007. (Simpósio).

23.
VIII SAF - Semana de Alunos de Pós-graduação de filosofia da Puc-rio.Referência e o problema da falsidade no discurso segundo o "Sofista" de Platão. 2007. (Encontro).

24.
Philos I- Encontro de alunos de graduação em filosofia da Puc-Rio.A questão do não-ser no "Sofista". 2005. (Encontro).

25.
XI Seminário de iniciação científica da Puc-Rio.O "Sofista" e sua importância no conjunto da obra de Platão. 2003. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MATOSO, R.; LOPES, R. ; CORNELLI, G. ; CASERTANO, G. . Summer School Archai - Ontologias Antigas. 2017. (Outro).

2.
MATOSO, R.; FRANCO, I. F. . Drama: da Tragédia à Filosofia. 2017. (Congresso).

3.
MATOSO, R.; CORNELLI, G. ; PUGLIESE, N. . HANGOUT UNESCO: FILOSOFIA, GÊNERO E FEMINISMO. 2017. (Outro).

4.
MATOSO, R.; CORNELLI, G. . HANGOUT UNESCO: Desafios da filosofia no século XXI. 2016. (Outro).

5.
CORNELLI, G. ; MATOSO, R. ; LOPES, R. . XI SYMPOSIUM PLATONICUM- INTERNATIONAL PLATO SOCIETY. 2015. (Congresso).

6.
MATOSO, R.. X SAF Seminario dos Alunos de Pos-Graduaçao em Filsofia da Puc-Rio. 2009. (Congresso).

7.
MATOSO, R.. IX SAF Semana dos Alunos de Pos-Graduaçao em Filosofia da PUC-Rio. 2008. (Congresso).

8.
MATOSO, R.. Philos Encontro de alunos de graduação de filosofia PUC-Rio. 2005. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Bruno Thiago Ramirez Cervo. Dois sentidos de δύναμις em Metaph. Θ. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Gabriel Pinto Rodrigues. O USO DE MÝTHOS EM PLATÃO. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Deysielle Costa Chagas. O Conceito Plotiniano de Hyle: ?Lugar?, ?natureza? e ?geração?. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
ANTONIO LUIZ CARDOSO DE FIGUEIRED. HOMOÍOSIS THÉOU E SEUS SENTIDOS POSSÍVEIS. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 5:30:14