Francisco Macêdo de Amorim

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0693648711988473
  • Última atualização do currículo em 04/01/2017


Doutorando em Engenharia Alimentar (Enologia) pelo Instituto Superior de Agronomia (Universidade de Lisboa). PROFESSOR DE ENOLOGIA NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA - IF SERTÃO PERNAMBUCANO. Mestre em Viticultura e Enologia pelo Instituto Superior de Agronomia (Universidade Técnica de Lisboa), em parceria com a Faculdade de Ciências do Porto (Universidade do Porto) e Estação Vitivinícola Nacional, Portugal(2008). Graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco(2002). Experiência de na execução de projetos de pesquisa em vitivinicultura e atividades relacionadas ao desenvolvimento, promoção e divulgação do setor vitivinícola da região do Vale do São Francisco desde 2002. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Francisco Macêdo de Amorim
Nome em citações bibliográficas
AMORIM, F. M. de

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal do Sertão Pernambucano.
Escola do Vinho - Rodovia BR 235, Km 22
Projeto SNC - N4 - Rural
56300-000 - Petrolina, PE - Brasil
Telefone: (87) 21018050
Ramal: 8081
URL da Homepage: www.ifsertao-pe.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Engenharia Alimentar.
Universidade de Lisboa, UL, Portugal.
Título: HETEROGENEIDADE NA MATURAÇÃO DA CV. ARAGONÊS/TEMPRANILLO E POTENCIAL ENOLÓGICO DAS CVS. FERNÃO PIRES E ARINTO. INTERAÇÕES ENTRE CLONES E PORTA-ENXERTOS E SEUS EFEITOS NA QUALIDADE DE VINHOS TROPICAIS BRASILEIROS,
Orientador: Jorge Manuel Ricardo da Silva.
Coorientador: Giuliano Elias Pereira.
Palavras-chave: Vinhos tropicais; Semiárido; Clone; Porta-enxerto; Heterogeneidade.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Fabricação de Bebidas.
2006 - 2008
Mestrado em Mestrado em Viticultura e Enologia.
Universidade Técnica de Lisboa, UTL, Portugal.
Título: Dormência e afinidade clone vs porta-enxerto na casta 'Cabernet Sauvignon' em clima tropical semi-árido - Vale do São Francisco - nordeste do Brasil,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Rogério Albino Neves de Castro.
Coorientador: Jorge Manuel Ricardo da Silva.
Palavras-chave: enologia; vitivinicultura; viticultura tropical; viticultura; vale do são francisco.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Vitivinicultura / Especialidade: VITICULTURA E ENOLOGIA.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados Com Essas Atividades; Produção Vegetal; Indústrias de Transformação.
1997 - 2002
Graduação em Engenharia Agronômica.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
ORATÓRIA. (Carga horária: 24h).
Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.
2013 - 2013
Estatística Aplicada. (Carga horária: 56h).
Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.
2012 - 2012
ORATÓRIA. (Carga horária: 16h).
Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaboração técnica em projeto de pesquisa
Outras informações
Colaboração nas ações de pesquisa do projeto intitulado "Desenvolvimento de tecnologias e uso da agricultura de precisão para colaborar com a certificação dos vinhos e com a sustentabilidade do setor vitivinícola do Vale do Submédio São Francisco".

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaboração técnica em projeto de pesquisa
Outras informações
Colaboração nas ações de pesquisa do projeto intitulado "Descrição da composição analítica e sensorial de vinhos tropicais como base para a certificação dos produtos do Vale do Submédio São Francisco".

Atividades

01/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisas do Trópico Semiarido, .

Linhas de pesquisa
Vitivinicultura
Enologia

Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor - setor de Enologia

Atividades

01/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA, .

07/2013 - Atual
Direção e administração, IF Sertão - Campus Petrolina Zona Rural, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Tecnologia em Viticultura e Enologia.
01/2012 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tecnologia de Processamento Vitivinícola I
Tecnologia de Processamento Vitivinícola II
08/2011 - Atual
Ensino, Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Enologia I
Enologia II
Enologia III
Enologia IV
Enologia V
Enoturismo
Logística
03/2012 - 07/2013
Direção e administração, IF Sertão - Campus Petrolina Zona Rural, .

Cargo ou função
Coordenador da Escola do Vinho.
12/2012 - 12/2012
Ensino, Processamento de Derivados de Frutas e Hortaliças, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Tecnologia do Processamento de Vegetais

INSTITUTO DO VINHO DO VALE DO SÃO FRANCISCO, VINHOVASF, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Consultor/Colaborador, Enquadramento Funcional: COORDENADOR TÉCNICO
Outras informações
Coordenação técnica das atividades de educação, pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica e promoção do desenvolvimento sustentável da vitivinicultura da região do Vale do São Francisco

Atividades

12/2003 - 07/2011
Serviços técnicos especializados , INSTITUTO DO VINHO DO VALE DO SÃO FRANCISCO - VINHOVASF, .

Serviço realizado
Ações de pesquisa, desenvolvimento e extensão no setor da vitivinicultura da região do Vale do São Francisco.

Associação dos Export. Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco, VALEXPORT, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: COORDENADOR DA CÂMARA DO VINHO DO VSF
Outras informações
Coordenação da Câmara do Vinho do Vale do São Francisco com ações voltadas para o monitoramento e organização da cadeia produtiva da vitivinicultura da região

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Bolsista FACEPE, Enquadramento Funcional: COOPERAÇÃO TÉCNICA, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Bolsista CNPq, Enquadramento Funcional: DESENVOLVIMENTO TÉCNICO INDUSTRIAL, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Bolsista PROJETO VINHOS - ITEP, Enquadramento Funcional: ENGENHEIRO AGRÔNOMO, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
ANTES DA CONCESSÃO DA BOLSA PELO CNPQ, QUE FOI FIRMADO EM FEVEREIRO DE 2003, O INÍCIO DAS ATIVIDADES OCORREU EM NOVEMBRO DE 2002, COM O PAGAMENTO DA BOLSA EFETUADO DIRETAMENTE PELO PROJETO "VINHOS TÍPICOS DE QUALIDADE PARA O VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO", SOB A COORDENAÇÃO DO INSTITUTO TECNOLÓGICO DE PERNAMBUCO - ITEP.

Atividades

11/2002 - 02/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Semi Árido.

Linhas de pesquisa
Vitivinicultura

Vinibrasil Vinhos do Brasil, VINIBRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Relações Públicas
Outras informações
Ações de divulgação dos vinhos da empresa e treinamentos nos diversos níveis da cadeia comercial, com objetivo de fixar o conhecimento dos produtos, das marcas e da região, difundindo o reconhecimento da qualidade dos vinhos produzidos no Vale do São Francisco.

Atividades

04/2011 - 07/2011
Serviços técnicos especializados , Vitivinícola Santa Maria, .

Serviço realizado
Treinamentos em diversos níveis da cadeia comercial, coordenação e organização de eventos..

Sociedade Agrícola Herdade do Esporão, ESPORÃO, Portugal.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Prestação de Serviços, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Laboratório e de Adegueiro, Carga horária: 70
Outras informações
Trabalho na elaboração de vinhos durante a época da vindima, como parte da disciplina Seminários, da especialização em Viticultura e Enologia.

Atividades

07/2006 - 10/2006
Serviços técnicos especializados , Sociedade Agrícola Herdade do Esporão - Portugal, .

Serviço realizado
Atividades de análises laboratoriais de uvas e vinhos e elaboração de vinhos.


Linhas de pesquisa


1.
Vitivinicultura

Objetivo: Desenvolvimento de atividades de pesquisa no setor vitivinícola do Vale do São Francisco.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados Com Essas Atividades.
2.
Produção e Processamento de Uvas e Derivados

Objetivo: Desenvolver atividades correlacionadas à produção e processamento de uvas e derivados, gerando produtos importantes para a cadeia vitivinícola..
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
Palavras-chave: Vinho; Espumante; Uva Passa; Vinagre.
3.
Vitivinicultura
4.
Enologia

Objetivo: Estudar e gerar tecnologias enológicas que resultem em vinhos representativos da identidade regional, com tipicidade, permitindo maior valor agregado e competitividade ao setor vitivinícola do Vale do São Francisco.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
Palavras-chave: Vinho; Avaliação sensorial; Técnicas enológicas.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos e sucos, conduzidas em sistema livre de condução tipo ?taça?, na região do vale do submédio São Francisco.
Descrição: A produção de uvas para processamento, no Vale do São Francisco, ainda é muito tímida entre pequenos produtores, sendo o principal motivo o alto custo de produção, principalmente pela grande demanda de mão-de-obra. Baseado nesta premissa torna-se emergencial a busca por novas alternativas de sistemas de produção, com manejo mais simplificado e menos oneroso. O objetivo é avaliar a interação clone x porta-enxerto de videira, em sistema livre de condução (forma de ?taça?), em sistema orgânico de produção..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Coordenador / Kathianne Rodrigues de Souza - Integrante / Fabio Freire de Oliveira - Integrante / Rita de Cássia Ferreira da Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Caracterização da composição química do bagaço da uva resultante da vinificação de vinhos tintos e roses.
Descrição: A vitivinicultura é uma atividade relativamente recente no Brasil, quando comparada aos países tradicionais, porém em constante expansão. Os indicadores da vitivinicultura do Vale do Submédio São Francisco apontam para uma realidade de produção média anual de seis milhões de litros de vinho, implicando, portanto, na produção de uma relevante quantidade de resíduos da vinificação. Dentre esses, citamos o bagaço da uva, que podem ser reaproveitados, resgatando compostos bioativos importantes, reduzindo o impacto ambiental e oportunizando ao produtor alternativas para elaboração de outros produtos. Nesse contexto, percebe-se uma valorosa oportunidade. O objetivo desse projeto é caracterizar a composição química do bagaço da uva resultante da vinificação de vinhos tintos e roses, como base de estudos preliminares para a elaboração de um produto inovador a partir da análise de amostras de bagaços de uva procedentes de empresas da região, provenientes da vinificação de 03 cultivares de uva vinífera (Syrah, Tempranillo e Ruby Cabernet), sendo 02 tipos de bagaço obtidos da vinificação de tintos e roses..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Coordenador / Arlete Ribeiro do Nascimento - Integrante / Vitor Prates Lorenzo - Integrante / Débora Samira dos Santos - Integrante / Solange Frasão da Silva - Integrante.Número de orientações: 1
2014 - Atual
Desenvolvimento de tecnologias e uso da agricultura de precisão para colaborar com a certificação dos vinhos e com a sustentabilidade do setor vitivinícola do Vale do Submédio São Francisco.
Descrição: A produção comercial de vinhos tropicais no Vale do Submédio São Francisco, localizado no Nordeste do Brasil, iniciou-se em meados dos anos 80, representando atualmente a segunda região produtora de vinhos finos do país, atrás do Rio Grande do Sul. Na região existem cinco empresas vinícolas com cerca de 500 hectares de vinhedos, que possibilitam a produção de uvas e a elaboração de cerca de 5 milhões de litros de vinhos finos por ano. Os vinhos da região apresentam características típicas, diferenciando-se daqueles elaborados em regiões tropicais de outros países, como Índia, Tailândia e Venezuela, bem como de vinhos de regiões temperadas elaborados em outras regiões do Brasil e do mundo. As condições edafoclimáticas da região permitem com que uma videira produza duas safras por ano, devido à elevada disponibilidade de radiação solar durante todo o ano, que acarreta em altas temperaturas do ar, baixa umidade relativa do ar, e devido à disponibilidade de água para a prática da irrigação, uma vez que existe uma precipitação pluvial irregular e insuficiente para suprir as necessidades hídricas das plantas. Além disso, os vinhos elaborados no primeiro e segundo semestres apresentam características analíticas e sensoriais distintas, devido à variabilidade climática intraanual, o que torna a vitivinicultura regional muito complexa, em comparação com as regiões tradicionais. A agricultura de precisão é uma ferramenta muito útil, pois permite melhor conhecer as características das parcelas no campo, bem como adotar manejos específicos em função da variabilidade encontrada, buscando diminuir perdas, rentabilizar os processos e agregar valor aos produtos obtidos. O setor vitivinícola regional está passando por problemas de competitividade, devido à instabilidade química e sensorial dos vinhos, que evoluem muito rapidamente, devido às altas temperaturas, além dos produtos apresentarem elevados valores de pH, baixos teores de acidez total e instabilidade química dos compostos fenólicos. Estes fatores estão causando problemas na comercialização dos produtos, para os espumantes, vinhos brancos e tintos, pois os vinhos têm perdido qualidade e os consumidores têm deixado de consumir os produtos da região, optando por vinhos tradicionais do Sul do Brasil, e mesmo os importados. As vinícolas da região estão interessadas na implementação da Indicação Geográfica de Procedência-IP para os vinhos da região (anexos). Esta certificação permitirá garantir proteção dos vinhos contra eventuais 3 fraudes, melhorar o reconhecimento, a notoriedade dos produtos comerciais da região e, consequentemente, a competitividade e a sustentabilidade da atividade vitivinícola no Vale. Por isso, esta proposta de projeto de pesquisa visa desenvolver tecnologias aplicadas à viticultura, como o uso de procedimentos e ferramentas da agricultura de precisão, técnicas específicas de elaboração de vinhos, protocolos de boas práticas agrícolas para os vinhedos, protocolos de boas práticas enológicas para as vinícolas, e assim colaborar com a certificação, melhorar a competitividade dos vinhos tropicais e promover a sustentabilidade das vinícolas do Vale do Submédio São Francisco..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Integrante / JORGE TONIETTO - Integrante / Giuliano Elias Pereira - Coordenador / Celito Crivellaro Guerra - Integrante / Ana Paula André Barros - Integrante / Kirley Marques Canuto - Integrante / Regina Vanderlinde - Integrante / Nonete Barbosa Guerra - Integrante / Claudia Moraes Rezende - Integrante / Elisabete Barbosa de Paula Barros - Integrante / Maria Paula do Amaral Alegria Guedes de Pinho - Integrante / Karina Correia da Silveira - Integrante / Rodrigo Fabian - Integrante / Mauro Celso Zanus - Integrante / Loiva Maria Ribeiro de Melo - Integrante / Luis Henrique Bassoi - Integrante / Iêdo Bezerra Sá - Integrante / Luíz Cláudio Corrêa - Integrante / Magna Soelma Bezerra de Moura - Integrante / Tony Jarbas Ferreira Cunha - Integrante / Edy Sousa de Brito - Integrante / Tigressa Helena Soares Rodrigues - Integrante / Paulo Riceli Vasconcelos Ribeiro - Integrante / Carlos Alberto Flores - Integrante / José Maria Filippini Alba - Integrante / Ivanira Falcade - Integrante / Heinrich Hasenack - Integrante / Eliseu Weber - Integrante / Eliana Casco Sarmento - Integrante / Fernando Hallwass - Integrante / Ana Paula Silveira Paim - Integrante / Samara Alvachian Cardoso Andrade - Integrante / Elizabeth do Nascimento - Integrante / Mateus Rosas Ribeiro Filho - Integrante / Samara de Macêdo Morais - Integrante / Carmem Sueze Miranda Masutti - Integrante / Carlos Augusto Rosa - Integrante / Raquel Miranda Cadete - Integrante / Luís Roberto Batista - Integrante / Cristina Ferreira Silva e Batista - Integrante / Guilherme Prado - Integrante / Jovita Eugênia Gazzinelli Cruz Madeira - Integrante / Marize Silva de Oliveira - Integrante / Rafael Von Sperling de Souza - Integrante / Daniela de Azevedo Silva - Integrante / Fabiano Narciso Paschoal - Integrante / Mateus Batista Gomes - Integrante / Kenia dos Santos Emidio - Integrante / Antônio Márcio Barbosa Junior - Integrante / Camila Munique Paula Baltar Silva de Ponzzes Gomes - Integrante / Marcos Martins Masutti - Integrante / Raphael Henrique Soares de Andrade - Integrante.
2013 - Atual
Descrição da composição analítica e sensorial de vinhos tropicais como base para a certificação dos produtos do Vale do Submédio São Francisco
Descrição: A produção comercial de vinhos tropicais no Vale do Submédio São Francisco, localizado no Nordeste do Brasil, iniciou em meados dos anos 80, sendo a segunda região produtora de vinhos do país, atrás do Rio Grande do Sul. Atualmente, existem seis empresas vinícolas na região com cerca de 700 hectares de vinhedos, que possibilitam a produção de uvas e a elaboração de 7 milhões de litros de vinhos finos por ano. Os vinhos da região apresentam características típicas, diferenciando-se daqueles elaborados em regiões tropicais de outros países, como Índia, Tailândia e Venezuela, bem como de vinhos de regiões temperadas elaborados em outras regiões do Brasil e do mundo. As condições edafoclimáticas da região permitem com que uma videira produza duas ou três safras por ano, dependendo da genética de cada cultivar, devido às altas temperaturas, altos índices de radiação solar e água disponível para a irrigação. Além disso, os vinhos elaborados no primeiro e segundo semestres apresentam características analíticas e sensoriais distintas, devido à variabilidade climática intra-anual. O setor vitivinícola regional estará pleiteando a Indicação Geográfica de Procedência-IP junto ao Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior-MDIC, o que permitirá garantir maior proteção dos vinhos contra eventuais fraudes, melhorar o reconhecimento e a notoriedade dos produtos comerciais da região e, consequentemente, a competitividade e a sustentabilidade da atividade vitivinícola. Com isso, os vinhos terão melhores condições mercadológicas, as Empresas poderão aumentar as áreas, contratar mais funcionários, promovendo a inserção social, a geração de empregos e de renda para a população ligada ao setor produtivo. Para isso, é necessário e realizar uma descrição das características intrínsecas dos vinhos, passando pela composição química e sensorial, principalmente para a determinação dos aromas responsáveis pela qualidade. Desta forma, esta proposta de projeto visa determinar os compostos químicos responsáveis pela tipicidade dos vinhos tropicais do Brasil, bem como sua estabilidade, além das avaliações sensoriais, de maneira a contribuir para a descrição dos produtos elaborados, nas diferentes épocas do ano, o que poderá servir de base e referência para o setor vitivinícola da região, na busca pela certificação dos produtos. Espera-se determinar os compostos químicos presentes em vinhos brancos e tintos comerciais, bem como identificar e descrever novas moléculas olfativas, que poderão estar relacionadas à identidade regional, possibilitando valorizar e diferenciar os vinhos tropicais da região..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO PARA EMPRESAS VITIVINICOLAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO
Descrição: O enoturismo é um segmento turístico que surge como forma alternativa de renda para vários setores econômicos, e atualmente se destaca também como fonte de laser e conhecimento sobre aspectos vitivinícolas. A pesquisa propôs identificar a importância do enoturismo para as empresas vitivinícolas da região do Vale do São Francisco e tentar ao mesmo tempo verificar a interferência do enoturismo nos fatores socioeconômicos das empresas vitivinícolas estudadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Coordenador / Francisco Daniel Carvalho de Medeiros - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2011 - 2012
CARACTERIZAÇÃO ANALÍTICA E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE VINHOS TINTOS PRODUZIDOS COM UVAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO
Descrição: Considerando o destaque da região do Vale do São Francisco na produção de uva e elaboração de vinhos, além do potencial antioxidante dos flavonóides presentes nesse subproduto, o projeto propôs avaliar o poder antioxidante dos vinhos tintos elaborados com uvas Ruby Cabernet (Vitis vinifera L.) produzida na região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Coordenador / Francisco Daniel Carvalho de Medeiros - Integrante / Jackson Nunes e Vasconcelos - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2003 - 2007
INTRODUÇÃO DE NOVAS CULTIVARES DE UVAS PARA VINHOS FINOS NO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO
Descrição: AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE CULTIVARES INTRODUZIDAS NA REGIÃO DO VALE DO SUB-MÉDIO SÃO FRANCISCO..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Integrante / UMBERTO ALMEIDA CAMARGO - Integrante / JORGE TONIETTO - Integrante / Celito Crivellaro Guerra - Integrante / José Monteiro Soares - Coordenador / Márcia Maria Pereira Lira - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 15
2002 - 2007
VINHOS TÍPICOS DE QUALIDADE PARA O VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO
Descrição: AVALIAÇÃO DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO VITIVINÍCOLA DA REGIÃO DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Integrante / UMBERTO ALMEIDA CAMARGO - Integrante / JORGE TONIETTO - Integrante / Celito Crivellaro Guerra - Integrante / José Monteiro Soares - Integrante / Márcia Maria Pereira Lira - Coordenador.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 11


Projetos de extensão


2014 - Atual
Contribuição do Vapor do Vinho como ferramenta integrada ao enoturismo para o desenvolvimento da cadeia vitivinícola do Vale do Submédio São Francisco.
Descrição: O Desenvolvimento do enoturismo no Vale do São Francisco tem despertado grandes ideias que favorecem a evolução da região e de suas bases sociais, econômicas e culturais. Tais criações são importantes para a construção de um roteiro atraente e ao mesmo tempo sustentável ao olhar do visitante e para a comunidade local. Dentro dessa perspectiva, o Vapor do Vinho foi escolhido como ferramenta de estudo, em função de sua força atuante nos mais diversos setores envolvidos com a atividade turística, ressaltando ainda o mundo dos vinhos, a fruticultura e belezas naturais do rio São Francisco. O benefício da proposta abrange consumidores dedicados, consumidores interessados e/ou consumidores ocasionais. Também se inclui uma ampla rede de possíveis empreendedores, profissionais e estudantes da área da viticultura e enologia e mais alguns outros setores como tecnologia de alimentos, turismo, hotelaria, gastronomia, artesanato, dentre outras. Esta ação segue em busca de informações sobre a viabilidade da ferramenta Vapor do Vinho, pautadas nos dados de evolução da atividade e seus reais benefícios, como tal as melhorias mensuradas nos aspectos econômico e social, evidenciando ainda fatores ambientais e seus impactos. Pretende-se, com isso, identificar falhas e oportunidades. O estudo, de caráter exploratório, classificado ainda como descritivo, visa expressar dados por termos qualitativos ou quantitativos, baseados no conceito de Van Dalen e Meyer (1978, p. 228). O intenso impacto resultante da realização desse projeto poderá tornar um sonho em realidade: o Vale do São Francisco como primeira opção em qualidade no cenário do enoturismo nacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Francisco Macêdo de Amorim - Coordenador / Nadine Raíssa Ferreira Gomes - Integrante / Euclides Francisco dos Santos Neto - Integrante / Geisiane Batista Nunes Vasconcelos - Integrante / Thamires de Morgado Silva - Integrante.Número de orientações: 1


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Revista Semiárido De Visu


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Vitivinicultura/Especialidade: Pesquisa e Desenvolvimento.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Vitivinicultura/Especialidade: VITICULTURA E ENOLOGIA.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Lê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
AMORIM, F. M. de2014AMORIM, F. M. de; Medeiros, F. D. C. . Estudo da viabilidade e da importância do Enoturismo como alternativa de uma atividade sustentável para a região vitivinícola tropical do Vale do Submédio São Francisco (Pernambuco/Bahia, Brasil). Turismo e Sociedade, v. 7, p. 523-541, 2014.

2.
RINGENBERG, R.2005RINGENBERG, R. ; BOTTON, M. ; GARCIA, M. S. ; AMORIM, F. M. de ; HAJI, F. N. . Traça voraz. Cultivar HF (Pelotas), v. 35, p. 31-33, 2005.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
AMORIM, F. M. de. Festival gastronômico movimenta restaurantes da região. FOLHA DO SÃO FRANCISCO, REGIÃO VALE DO SÃO FRANCISCO, p. D-2 - D-2, 14 out. 2010.

2.
Pollyanna Diniz ; AMORIM, F. M. de . Produção de bebidas mais leves. Jornal Diário de Pernambuco - Diário em Revista, Pernambuco, p. 08 - 09, 25 out. 2009.

3.
Leonardo Spinelli ; AMORIM, F. M. de . Preconceito afeta produtos locais. Jornal do Commercio - Economia/Marketing, Recife, PE, p. 8 - 8, 07 jun. 2009.

4.
Cláudio Messias ; AMORIM, F. M. de . Apoio institucional à vitivinicultura paulista. Jornal da Unicamp, Campinas-SP, p. 10 - 10, 15 dez. 2008.

5.
RINGENBERG, R. ; BOTTON, M. ; GARCIA, M. S. ; AMORIM, F. M. de ; HAJI, F. N. . Traça Voraz. Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas-RS, p. 31 - 33, 01 dez. 2008.

6.
Sergio Adeodato ; AMORIM, F. M. de . Quando o vinho encontra o bode. Revista Host & Travel, São Paulo-SP, 01 ago. 2008.

7.
HEITOR REALI ; AMORIM, F. M. de . Petrolina, pomar na caatinga. Revista Planeta, São Paulo-SP, 01 jan. 2008.

8.
ALBERTIM, B. ; AMORIM, F. M. de . O Sertão na taça. Engenho de Gastronomia, Recife, PE, p. 16 - 20, 01 jul. 2005.

9.
Cleiton Fernandes ; AMORIM, F. M. de . Produção de vinho rende vagas. Diário de Pernambuco - caderno de Empregos, Recife, PE, p. 45 - capa, 09 nov. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
U. A. CAMARGO ; AMORIM, F. M. de . Análise dos atuais sistemas de produção de uvas para vinho no Vale do São Francisco. In: 1º Workshop Internacional de Pesquisa, 2004, Recife e Petrolina. A Produção de Vinhos em Regiões Tropicais. Bento Gonçalves: Embrapa, 2004.

2.
U. A. CAMARGO ; AMORIM, F. M. de ; GUERRA, C. C. ; LIMA, M. V. D. O. . Introdução e avaliação de novas cultivares para vinho no Vale do São Francisco. In: 1º Workshop Internacional de Pesquisa, 2004, Recife e Petrolina. A Produção de Vinhos em Regiões Tropicais. Bento Gonçalves: Embrapa, 2004.

3.
LIMA, M. V. D. O. ; GUERRA, C. C. ; LIRA, M. M. P. ; XAVIER, P. R. ; P. R., ARNAUD ; AMORIM, F. M. de . Características das uvas do Vale do São Francisco sob o ponto de vista enológico. In: 1º Workshop Internacional de Pesquisa, 2004, Recife e Petrolina, PE. A Produção de Vinhos em Regiões Tropicais. Bento Gonçalves, RS: Embrapa Uva e Vinho, 2004.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . ESTUDO DA VIABILIDADE E DA IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO COMO ALTERNATIVA DE UMA ATIVIDADE SUSTENTÁVEL PARA A REGIÃO DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. In: Colóquio internacional ?Vinho, Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento?, 2013, Florianópolis-SC. Colóquio internacional ?Vinho, Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento?, 2014.

2.
CASTRO, R. A. N. ; CRUZ, A. ; AMORIM, F. M. de ; PEREIRA, G. E. ; SANTOS, J. ; LUCAS, C. ; SILVA, J. M. R. . Cabernet Sauvignon in tropical semi-arid climate (Pernambuco - Brasil): adaptation of some clones and their affinity to different rootstocks. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM OF THE GROUP OF INTERNATIONAL EXPERTS OF VITIVINICULTURAL SYSTEMS FOR COOPERATION, 2011, Asti-Alba. Proceedings... [S.l.]: Le Progrès Agricole et Viticole, 2011. p. 65-68.

3.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; U. A. CAMARGO . COMPORTAMENTO FENOLÓGICO DAS PRINCIPAIS CULTIVARES DE UVAS FINAS PARA VINHO CULTIVADAS NO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. In: XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal, 2005, Recife. XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal e X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, F. M. de; PEREIRA, G. E. ; CRUZ, A. ; SILVA, J. M. R. ; CASTRO, R. A. N. . Growth and yield performance of 'Cabernet Sauvignon' submitted to variations of concentration and application techniques of hydrogen cyanamide in the tropical region of Brazil. In: International Symposium on Tropical Wines, 2016, Petrolina - Pernambuco, Brasil. Book of Abstracts - 5th International Symposium on Tropical Wines, 2016.

2.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO PARA EMPRESAS VITIVINÍCOLAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: VII Jornada de Iniciação Científica e I Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE, 2013, Salgueiro-PE. VII Jornada de Iniciação Científica e I Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE, 2013.

3.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; PEREIRA, G. E. ; SOARES, J. M. ; Lima, M. A. C. ; SANTOS, J. O. . Produção da videira ?Ruby Cabernet? submetida a diferentes modalidades de colheita e sistemas de condução, no Vale do Submédio São Francisco, Brasil. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2007, Mendoza. Seduciendo al consumidor de hoy, 2007.

4.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; PEREIRA, G. E. ; SOARES, J. M. ; Lima, M. A. C. ; SANTOS, J. O. . Efeito da colheita seletiva na qualidade fisico-química da cultivar ruby cabernet plantada em diferentes sistemas de condução no Vale do Submédio São Francisco, Brasil. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2007, Mendoza. Seduciendo al consumidor de hoy, 2007.

5.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; PEREIRA, G. E. ; SOARES, J. M. ; Lima, M. A. C. ; SANTOS, J. O. . Efeito da colheita seletiva na qualidade fisico-química da cultivar ruby cabernet plantada em diferentes sistemas de condução no Vale do Submédio São Francisco, Brasil. In: XI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2007, Mendoza. CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2007.

6.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; U. A. CAMARGO ; SOARES, J. M. . Ciclo de produção de cultivares de videiras para vinho no Vale do Submédio São Francisco. In: VII Seminário Brasileiro de Produção Integrada de Frutas, 2005, Fortaleza. VII Seminário Brasileiro de Produção Integrada de Frutas. Fortaleza: Embrapa, 2005.

7.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; U. A. CAMARGO ; SOARES, J. M. . Influência do sistema de poda na produtividade de cultivares viníferas brancas na região do Submédio São Francisco. In: X Congresso Latino Americano de Viticultura e Enologia, 2005, Bento Gonçalves. X Congresso Latino Americano de Viticultura e Enologia, XI Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia e II Seminério Franco-brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: Embrapa, 2005.

8.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; U. A. CAMARGO ; SOARES, J. M. . Comportamento agronômico da videira cultivar Deckrot na região do Submédio São Francisco. In: X Congresso Latino Americano de Viticultura e Enologia, 2005, Bento Gonçalves. X Congresso Latino Americano de Viticultura e Enologia, XI Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia e II Seminério Franco-brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: Embrapa, 2005.

9.
AMORIM, F. M. de; SOUSA, C. B. ; U. A. CAMARGO ; SOARES, J. M. . Influência do sistema de poda na produtividade de cultivares viníferas tintas na região do Submédio São Francisco. In: CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2005, Bento Gonçalves - RS. X Congresso Latino Americano de Viticultura e Enologia, XI Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia e II Seminério Franco-brasileiro de Viticultura e Enologia. Bento Gonçalves: Embrapa, 2005.

10.
U. A. CAMARGO ; J. TONIETTO ; F. MANDELLI ; AMORIM, F. M. de . PHENOLOGY AND BIOCLIMATE OF WINE GRAPES IN THE TROPICAL REGION OF THE SÃO FRANCISCO VALLEY, BRAZIL. In: JOINT INTERNATIONAL CONFERENCE ON VITICULTURAL ZONING, 2004, CAPE TOWN, 2004.

11.
AMORIM, F. M. de; U. A. CAMARGO . Comportamento fenológico da cultivar Shiraz no Vale do Submédio São Francisco. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2003, BENTO GONÇALVES, RS. X Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. BENTO GONÇALVES, RS: EMBRAPA UVA E VINHO, 2003. p. 186.

Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, F. M. de. Histórico e realidade da produção de vinhos no Vale do São Francisco. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO PARA EMPRESAS VITIVINÍCOLAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
AMORIM, F. M. de. O curso e o profissional do Cruso Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
AMORIM, F. M. de. Histórico e importância da Vitivinicultura no Vale do Submédio São Francisco. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . CARACTERIZAÇÃO ANALÍTICA E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE VINHOS TINTOS PRODUZIDOS COM UVAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO PARA EMPRESAS VITIVINÍCOLAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
AMORIM, F. M. de. A Produção de Vinhos no Vale do São Francisco. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
AMORIM, F. M. de. Realidade da Produção de Vinhos no Vale do São Francisco ? o caso dos vinhos Botticelli. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
AMORIM, F. M. de. Realidade da Produção de Vinhos no Vale do São Francisco ? o caso dos vinhos Botticelli. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
AMORIM, F. M. de. Realidade da Produção de Vinhos no Vale do São Francisco ? o caso dos vinhos Botticelli. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
AMORIM, F. M. de. Realidade da Produção de Vinhos no Vale do São Francisco ? o caso dos vinhos Botticelli. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
AMORIM, F. M. de. Realidade da Produção de Vinhos no Vale do São Francisco ? o caso dos vinhos Botticelli. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
AMORIM, F. M. de. Harmonização dos Vinhos do Vale com a Gastronomia Regional. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
AMORIM, F. M. de. Harmonização de Vinhos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
AMORIM, F. M. de. Degustação dos Vinhos do Vale do São Francisco. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
AMORIM, F. M. de. Vinhedos e Vinhos do Vale do São Francisco: Sua História e Realidade Atual. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
AMORIM, F. M. de. Apresentação dos vinhos do Vale do São Francisco. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
AMORIM, F. M. de. Apresentação do vinho produzido durante estágio de vindima realizado da Herdade do Esporão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
AMORIM, F. M. de. A Essência dos Brancos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
AMORIM, F. M. de. Vinhos Tintos Linha Coleção Botticelli. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AMORIM, F. M. de. Introdução de cultivares de uva para produção de suco na região do Vale São Francisco. 2008.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
AMORIM, F. M. de. DECRETO PRESIDENCIAL QUE DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DAS PROFISSÕES. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
AMORIM, F. M. de. A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA DO VINHO E DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
AMORIM, F. M. de. CUIDADOS A SEREM ADOTADOS AO ABRIR UMA GARRAFA DE ESPUMANTE. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
AMORIM, F. M. de. IMPORTÂNCIA DO ACESSO À VINÍCOLA PARA APRESENTAÇÃO DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DAS UVAS E VINHOS. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
AMORIM, F. M. de. VINHOS, DEGUSTAÇÕES E HARMONIZAÇÕES. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
AMORIM, F. M. de. O CONSUMO DO VINHO NA SEMANA SANTA. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
AMORIM, F. M. de. PARTICIPAÇÃO DOS VINHOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO NO FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
AMORIM, F. M. de. VINHOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLHIDOS PELO PALÁCIO DO ITAMARATY (BRASÍLIA). 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
AMORIM, F. M. de. SÉRIE VINHOS DO SERTÃO. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
AMORIM, F. M. de. SÉRIE VALE DO SÃO FRANCISCO. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
AMORIM, F. M. de. DENOMINAÇÃO DE ORIGEM. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
AMORIM, F. M. de. SOMMELIER - FIC/PRONATEC. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
AMORIM, F. M. de. Elaboração Artesanal de Suco de Uva. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
AMORIM, F. M. de. SOMMELIER - FIC/PRONATEC. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
AMORIM, F. M. de. Degustação de Vinhos - I Feira de Gastronomia do Vale do São Francisco. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
AMORIM, F. M. de; SANTOS, J. B. . O Turismo viajando pela Enogastronomia do Vale do São ​ Francisco - I Feira de Gastronomia do Vale do São Francisco. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
AMORIM, F. M. de. OPERADOR DE PRODUÇÃO DE VINHOS - FIC/PRONATEC. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de . IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO PARA EMPRESAS VITIVINÍCOLAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2013. (Relatório de pesquisa).

8.
AMORIM, F. M. de. Como servir vinhos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
AMORIM, F. M. de. OPERADOR DE PRODUÇÃO DE VINHOS - FIC/PRONATEC. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
Medeiros, F. D. C. ; AMORIM, F. M. de ; VASCONCELOS, J. N. . CARACTERIZAÇÃO ANALÍTICA E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE VINHOS TINTOS PRODUZIDOS COM UVAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2012. (Relatório de pesquisa).

11.
AMORIM, F. M. de. Harmonização de Queijos e Vinhos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

13.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

14.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

15.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

16.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

17.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

18.
AMORIM, F. M. de. Oficina de Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

20.
AMORIM, F. M. de. Degustação e Serviço de Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

21.
AMORIM, F. M. de. Degustação e Serviço de Vinhos - HISTÓRICO E REALIDADE DA PRODUÇÃO DE VINHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

23.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

24.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

25.
AMORIM, F. M. de. Enogastronomia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

26.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

27.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

28.
AMORIM, F. M. de. Degustação e Serviço de Vinhos - HISTÓRICO E REALIDADE DA PRODUÇÃO DE VINHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

29.
AMORIM, F. M. de. Degustação e Serviço de Vinhos - Festival Gastronômico do Vale do São Francisco e o Projeto Delícias de Pernambuco. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

30.
AMORIM, F. M. de. Como Servir Vinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

31.
ABRASEL, ; AMORIM, F. M. de . Guia de Restaurantes. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livreto).

32.
AMORIM, F. M. de. Degustação, Harmonização e Serviço do Vinho. 2008. .

33.
AMORIM, F. M. de. O Serviço do Vinho. 2008. .

34.
AMORIM, F. M. de. Degustação de brancos, tintos e espumantes produzidos no Vale do São Francisco e o serviço adequado dos vinhos. 2008. .

35.
AMORIM, F. M. de. O Serviço do Vinho - Festival de Vinhos do Vale do São Francisco. 2008. .

36.
AMORIM, F. M. de. Degustação de brancos, tintos e espumantes produzidos no Vale do São Francisco e o serviço adequado dos vinhos. 2008. .

37.
AMORIM, F. M. de. Degustação, Harmonização e Serviço do Vinho. 2008. .

38.
AMORIM, F. M. de. Curso de Degustação e Serviço de Vinhos - Festival de Gastronomia Frutos do Vale. 2007. .

39.
AMORIM, F. M. de. Prova de Vinhos da Região do Vale do São Francisco. 2007. .

40.
AMORIM, F. M. de. PROVAS DE VINHOS - ÊNFASE AOS VINHOS REGIONAIS VALE DO SÃO FRANCISCO. 2007. .

41.
AMORIM, F. M. de. COMO APRECIAR E SERVIR VINHOS, COM FOCO NA PRODUÇÃO DE VINHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2005. .

42.
AMORIM, F. M. de. COMO APRECIAR E SERVIR VINHOS, COM FOCO NA PRODUÇÃO DE VINHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2005. .

43.
AMORIM, F. M. de. UTILIZAÇÃO RACIONAL DOS RECURSOS NATURAIS DA CAATINGA PARA ALIMENTAÇÃO ANIMAL; SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO; ANÁLISE DE SOLOS, E; PRAGAS E DOENÇAS DAS PLANTAS CULTIVADAS. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

44.
AMORIM, F. M. de. USO RACIONAL DE AGROTÓXICOS. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Mestrado
1.
AMORIM, F. M. de; BARROS, A. P. A.; PEREIRA, G. E.. Participação em banca de CARLA VALÉRIA DA SILVA PADILHA. Descrição da composição analítica e sensorial de vinhos tropicais como base para a certificação dos produtos do Vale do Submédio São Francisco. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
AMORIM, F. M. de; Azevedo, L. C. de; RYBKA, A. C. P.. Participação em banca de SABRINA DE FREITAS SANTOS. Elaboração artesanal de néctar a partir do resíduo obtido no processamento do suco de uva integral no Vale do São Francisco. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Processamento de Derivados de Frutas e Hortaliças) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, A. R. L.; LEAO, P. C. S.; AMORIM, F. M. de. Participação em banca de DAYNARA APARECIDA RODRIGUES GONÇALVES.Efeitos da Desfolha e do Desponte de ramos sobre a Área Foliar e Trocas Gasosas de videiras (Vitis Vinífera) 'Syrah' em Condições tropicais Semiáridas.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Viticultura e Enologia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
AMORIM, F. M. de; SANTOS, C. M. G.; SILVA, A. F.. VI JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. 2011. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Feira Internacional do Vinho - EXPOVINIS BRASIL. 2014. (Feira).

2.
Feira Nacional da Agricultura Irrigada.Elaboração Artesanal de Suco de Uva. 2014. (Oficina).

3.
I Feira de Gastronomia do Vale do São Francisco. O Turismo viajando pela Enogastronomia do Vale do São ​ Francisco. 2014. (Feira).

4.
I Feira de Gastronomia do Vale do São Francisco. Degustação de Vinhos. 2014. (Feira).

5.
Jornada de Iniciação Científica - IX JINCE. 2014. (Outra).

6.
1° SEMINÁRIO NACIONAL DE INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS. 2013. (Seminário).

7.
Colóquio Internacional ?Vinho, Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento?.ESTUDO DA VIABILIDADE E DA IMPORTÂNCIA DO ENOTURISMO COMO ALTERNATIVA DE UMA ATIVIDADE SUSTENTÁVEL PARA A REGIÃO DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. (Outra).

8.
Feira da Gastronomia Regional. Histórico e Importância da Vitivinicultura no Vale do Submédio São Francisco. 2013. (Feira).

9.
II Jornada para o Futuro.O Profissional Tecnólogo em Viticultura e Enologia. 2013. (Outra).

10.
FEIRA INTERNACIONAL DO VINHO - EXPOVINIS BRASIL. 2012. (Feira).

11.
XXVIII Congresso Maçônico. A produção de Uvas e Vinhos no Vale do Submédio São Francisco. 2012. (Congresso).

12.
IX Congresso Brasileiro de Farmácia. Novos horizontes na área tecnológica farmacêutica: produção e análise de vinhos produzidos no Vale do São Francisco. 2011. (Congresso).

13.
VI Sober Nordeste.Desenvolvimento Rural. 2011. (Encontro).

14.
18ª Agrinordeste.Coordenador do estande do Roteiro do Vinho. 2010. (Encontro).

15.
20º Festival de Inverno de Garanhuns ? FIG.Coordenador do estande do Instituto do Vinho do Vale do São Francisco. 2010. (Outra).

16.
Feira Nacional da Agricultura Irrigada - Fenagri.Coordenador do estande do Instituto do Vinho do Vale do São Francisco. 2010. (Outra).

17.
Festival Gastronômico Sabores de Garanhuns.Orientação e Apresentação na Degustação de Vinhos do Vale do São Francisco. 2010. (Encontro).

18.
Festival Gastronômico Sabores de Noronha.Orientação e Apresentação na Degustação de Vinhos do Vale do São Francisco. 2010. (Encontro).

19.
Festival Gastronômico Sabores do Vale.Serviço de Vinhos. 2010. (Oficina).

20.
Festival Gastronômico Sabores do Vale.Orientação e Apresentação na Degustação de Vinhos do Vale do São Francisco. 2010. (Encontro).

21.
II International Symposium of Tropical Wines.Articulador das atividades práticas de degustações harmonizadas e visitas às vinícolas do Vale do São Francisco. 2010. (Simpósio).

22.
II Mostra Internacional de Desenvolvimento Regional.Coordenador do estande do Vinho, junto ao estande da Rede Integrada de Desenvolvimento Econômico - RIDE. 2010. (Encontro).

23.
Mostra Internacional de Turismo ? MIT.Coordenador do estande do Roteiro do Vinho. 2010. (Encontro).

24.
MOSTRA NACIONAL DE TURISMO.A Realidade da Produção de Vinhos na Região do Vale do São Francisco. 2010. (Outra).

25.
Seminário EMPRETEC. 2010. (Seminário).

26.
Exposerra.Coordenador do estande do Roteiro do Vinho. 2009. (Outra).

27.
Festival Gastronômico Sabores do Vale.Orientação e Apresentação na Degustação de Vinhos do Vale do São Francisco. 2009. (Encontro).

28.
I ENCONTRO ENOGASTRONÔMICO DO VALE DO SÃO FRANCISCO.HARMONIZAÇÃO DE VINHOS E PRATOS REGIONAIS. 2009. (Encontro).

29.
I Mostra Internacional de Desenvolvimento Regional.Coordenador do estande do Vinho, junto ao estande da Rede Integrada de Desenvolvimento Econômico - RIDE. 2009. (Encontro).

30.
Mostra Internacional de Turismo ? MIT.Coordenador do estande do Roteiro do Vinho. 2009. (Encontro).

31.
V CONGRESSO NACIONAL DE TURISMO E GASTRONOMIA. Viticultura, Enogastronomia e Meio Ambiente. 2009. (Congresso).

32.
V Festa da Uva e do Vinho.Coordenador do estande do Instituto do Vinho do Vale do São Francisco. 2009. (Encontro).

33.
16ª AVALIAÇÃO NACIONAL DE VINHOS. 2008. (Encontro).

34.
III Simpósio em Pesquisa e Desenvolvimento em Vitivinicultura no Estado de São Paulo.Vinhedos e Vinhos do Vale do São Francisco: Sua História e Realidade Atual. 2008. (Simpósio).

35.
II SIMPÓSIO INTERNACIONAL VINHO E SAÚDE. 2008. (Simpósio).

36.
Tributo a Gonzagão ? Exposição 60 anos de baião.Apresentação e acompanhamento da degustação dos vinhos do Vale do São Francisco. 2008. (Outra).

37.
XII CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. 2008. (Congresso).

38.
5º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA. Micologia - Demandas do setor vitivinícola no Vale do São Francisco. 2007. (Congresso).

39.
ENCONTRO NACIONAL SOBRE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.O Agronegócio do Vinho no Vale do São Francisco. 2007. (Encontro).

40.
I MOSTRA NACIONAL DE VINHOS.Apresentação dos vinhos do Vale do São Francisco. 2007. (Encontro).

41.
XI CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. Efeito da colheita seletiva na qualidade fisico-química da cultivar ruby cabernet plantada em diferentes sistemas de condução no Vale do Submédio São Francisco, Brasil. 2007. (Congresso).

42.
COLÓQUIO VITIVINÍCOLA ? ?QUE VINHOS PARA O FUTURO?. 2005. (Encontro).

43.
FESTIVAL QUEIJOS E VINHOS.A Essência dos Brancos. 2005. (Outra).

44.
VII SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE FRUTAS.Ciclo de produção de cultivares de videiras para vinho no Vale do Submédio São Francisco. 2005. (Seminário).

45.
X CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. Influência do sistema de poda na produtividade de cultivares viníferas brancas na região do Submédio São Francisco. 2005. (Congresso).

46.
XII CONGRESSO LATINO AMERICANO DE FISIOLOGIA VEGETAL. COMPORTAMENTO FENOLÓGICO DAS PRINCIPAIS CULTIVARES DE UVAS FINAS PARA VINHO CULTIVADAS NO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2005. (Congresso).

47.
CURSO CFO. 2004. (Oficina).

48.
CURSO DE FERTIRRIGAÇÃO. 2004. (Outra).

49.
CURSO DE MANEJO DE IRRIGAÇÃO. 2004. (Oficina).

50.
CURSO DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE UVAS FINAS DE MESA. 2004. (Oficina).

51.
I WOKSHOP DO VINHO.Análise do atuais sistemas de produção de uvas para vinho no Vale do São Francisco. 2004. (Outra).

52.
SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE FRUTAS. 2004. (Seminário).

53.
CONGRESSO BRASILEIRO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. Comportamento fenológico da cultivar Shiraz no Vale do Submédio São Francisco. 2003. (Congresso).

54.
CURSO DE CAPACITAÇÃO EM TECNOLOGIAS EMPREGADAS NA PRODUÇÃO DE UVAS E ELABORAÇÃO DE VINHOS. 2003. (Oficina).

55.
CURSO DE FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA. 2003. (Oficina).

56.
ENCONTRO INTERNACIONAL DA REDE IBEROAMERICANA DE VITIVINICULTURA - GRUPO CYTED. 2003. (Seminário).

57.
SEMINÁRIO SOBRE VITIVINICULTURA NO ESTADO DE PERNAMBUCO. 2003. (Seminário).

58.
CURSO DE PERÍCIAS E AVALIAÇÕES RURAIS. 2002. (Oficina).

59.
CURSO DE CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE SOLOS. 2000. (Oficina).

60.
CURSO DE BOTÂNICA. 1998. (Oficina).

61.
CURSO TÉCNICAS DE HIDROPONIA. 1998. (Outra).

62.
CURSO DE ADUBAÇÃO E CALAGEM. 1997. (Outra).

63.
CURSO DE GPS (GLOBAL POSITION SYSTEM) NA TOPOGRAFIA. 1997. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AMORIM, F. M. de. Feira Internacional do Vinho (EXPOVINIS BRASIL). 2012. (Exposição).

2.
LIMA, L. L. de A. ; AMORIM, F. M. de . Visita técnica de alunos de Gastronomia da UFRPE às vinícolas do Vale do São Francisco. 2010. (Outro).

3.
AMORIM, F. M. de. Visita de profissionais de bares, restaurantes, hotéis, aeroporto, empresas aéreas e agências de viagens às empresas de produção de vinhos do Vale do São Francico. 2009. (Outro).

4.
AMORIM, F. M. de. Coordenação de jantar beneficente elaborado por renomados chef?s de cozinha de diversos estados do Brasil e definição dos vinhos da região para harmonização com os pratos. 2009. (Outro).

5.
AMORIM, F. M. de. Acompanhamento técnico junto a 27 chef?s de cozinha provenientes de diversos Estados do Brasil e mais 3 equipes da imprensa pernambucana (Jornal do Comércio, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco), em visita às empresas de produção de vinhos do Vale do São Francisco. 2009. (Outro).

6.
AMORIM, F. M. de. Simpósio de Engenharia Agronômica. 2001. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Kathianne Rodrigues de Souza. Produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos e sucos, conduzidas em sistema livre de condução tipo ?taça?, na região do vale do submédio São Francisco.. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Arlete Ribeiro do Nascimento. Caracterização da composição química do bagaço da uva resultante da vinificação de vinhos tintos e roses.. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Viticultura e Enologia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Nadine Raíssa Ferreira Gomes. Contribuição do Vapor do Vinho como ferramenta integrada ao enoturismo para o desenvolvimento da cadeia vitivinícola do Vale do Submédio São Francisco.. Início: 2014. Orientação de outra natureza. Instituto Federal do Sertão Pernambucano. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Francisco Daniel Carvalho de Medeiros. Importância do enoturismo para empresas Vitivinícolas do Vale do São Francisco. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Francisco Macêdo de Amorim.

2.
Francisco Daniel Carvalho de Medeiros. Caracterização analítica e avaliação da atividade antioxidante de vinhos tintos produzidos com uvas do Vale do São Francisco. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Francisco Macêdo de Amorim.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, F. M. de. Histórico e importância da Vitivinicultura no Vale do Submédio São Francisco. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
AMORIM, F. M. de. Elaboração Artesanal de Suco de Uva. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 8:41:52