Serafim da Silva Nossa Junior

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1501657534570489
  • Última atualização do currículo em 09/10/2018


Possui graduação em Desenho Industrial com Habilitação em Projeto do Produto pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Especialista em Metodologia do Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação nesta mesma Universidade; especialista em Design Gráfico e de Interfaces pela Universidade Salvador - UNIFACS; especialista em Filosofia Contemporânea pela Faculdade São Bento da Bahia - FSBB; e especialista em Game Design pela UNEB. É mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências da Universidade Federal da Bahia/Universidade Estadual de Feira de Santana - UFBA/UEFS. No mestrado, sob orientação do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva, teve como objeto de pesquisa a significação no Tractatus de Wittgenstein. Tal pesquisa obteve apoio de bolsa de estudos CAPES. É doutor em Filosofia pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFBA, onde pesquisou, sob orientação do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva e co-orientação do Prof. Rafael Lopes Azize, o lugar do ético na filosofia de Moritz Schlick. Esta pesquisa contou com apoio de bolsa PAC, concedida pela UNEB. Integra, desde 2006, o Grupo de Estudo e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática da UFBA (www.efg.ufba.br), sob coordenação do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva. Atualmente, tem como interesse de pesquisa temas ligados ao design, especialmente, o debate em torno da construção epistemológica deste campo do conhecimento. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Serafim da Silva Nossa Junior
Nome em citações bibliográficas
NOSSA JUNIOR, S. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado da Bahia, Assessoria de Comunicação - ASCOM.
Rua Silveira Martins, 2555
Cabula
41150000 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 31172390
Ramal: 2396
URL da Homepage: www.uneb.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2017
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Entre o normativo e o descritivo: o lugar do ético em Moritz Schlick, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: João Carlos Salles Pires da Silva.
Coorientador: Rafael Lopes Azize.
Bolsista do(a): Programa de Apoio à Capacitação - PAC/DT/UNEB, PAC/DT/UNEB, Brasil.
Palavras-chave: Schlick; Ética; Significação; Positivismo lógico; Círculo de Viena.
Grande área: Ciências Humanas
2011 interrompida
Doutorado interrompido em 2011 em Educação e Contemporaneidade.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: A terapia do objeto do design e suas implicações para o currículo,
Orientador: Arnaud Soares de Lima Júnior.
Ano de interrupção: 2011
Palavras-chave: Ensino de design; Currículo; Epistemologia; Arte; Ciência.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
2006 - 2008
Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Linguagem científica e significação no Tractatus de Wittgenstein,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: João Carlos Salles Pires da Silva.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Tractatus; Wittgenstein; Linguagem; Significação; Círculo de Viena.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Ciência.
2010 - 2011
Especialização em Game Design. (Carga Horária: 390h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: Desenvolvimento do jogo eletrônico Vanessa: a decoradora do sobrenatural.
Orientador: Lynn Rosalina Alves.
Bolsista do(a): Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2005 - 2006
Especialização em Filosofia Contemporânea. (Carga Horária: 440h).
Faculdade São Bento da Bahia, FSBB, Brasil.
Título: A noção de mundo no Tractatus de Wittgenstein.
Orientador: Milton Augustinis de Castro.
2004 - 2005
Especialização em Design Gráfico e de Interfaces. (Carga Horária: 390h).
Universidade Salvador, UNIFACS, Brasil.
Título: Por uma terapia do conceito de funcionalidade em design.
Orientador: Cleomar de Sousa Rocha.
2002 - 2003
Especialização em Metodologia do Ensino, Pesquisa e Ext. em Educação. (Carga Horária: 435h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: No terreno entre a objetividade e a subjetividade: um estudo sobre o lugar da significação em Bakhtin.
Orientador: Stella Rodrigues dos Santos.
1996 - 2000
Graduação em Desenho Industrial com Hab. em Projeto do Produto.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: Revista de arte sequencial (HQ) para divulgação do curso de Desenho Industrial da UNEB.
Orientador: Ana Beatriz Simon Factum.
Bolsista do(a): Programa de Iniciação Científica Uneb, PICIN, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Extensão universitária em Alemão (A1). (Carga horária: 120h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2010 - 2010
Educação e TIC (Aluno especial PPGEDUC). (Carga horária: 45h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2009 - 2009
Currículo e Sociedade (Aluno especial PPGEDUC). (Carga horária: 45h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2007 - 2007
O Tractatus de Wittgenstein. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Linguagem Interpretação e Conhecimento. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2005 - 2005
Filosofia e Ciência. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2004
Ética e Ciência. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2004
Epistemologia (Aluno especial PPGF). (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2004
Linguagem II (Aluno especial PPGF). (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Kant Civilização e Progresso Moral. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Ciência Objetividade e Valores. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Educação, Ciência e Cidadania. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Língua, Cultura, Cognição (Aluno especial PPGEFHC). (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Reflexões sobre a técnica (Aluno especial PPGF). (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Linguagem II (Aluno especial PPGF). (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1996 - 1996
O sexto sentido na comunicação visual. (Carga horária: 60h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.


Atuação Profissional



Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, SENAI, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor

Atividades

11/2010 - 11/2013
Ensino, Especialização em Design de Produtos Industriais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Semiótica aplicada ao design de produto

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Analista universitário, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Técnico nível médio, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Prestação de serviços, Enquadramento Funcional: Webdesigner, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Web designer / Gestor de conteúdo, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades ligadas ao Projeto Universidade para Todos (UPT) como a elaboração dos Portais Web do Projeto e gestão de conteúdos web.

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Bolsista iniciação científica, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
Esta bolsa foi concedida pelo PICIN/UNEB, como forma de apoio ao projeto de Desenvolvimento de revista de arte sequencial para divulgação do curso de desenho industrial da UNEB

Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Prestador de serviços, Enquadramento Funcional: Designer, Carga horária: 20
Outras informações
Durante este período, desenvolvi participei de diversas atividades e iniciativas da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX).

Atividades

09/2018 - Atual
Serviços técnicos especializados , Reitoria, .

Serviço realizado
Produção e revisão de documentos institucionais administrativos; Assessor Técnico.
12/2016 - 09/2018
Serviços técnicos especializados , Assessoria de Comunicação - ASCOM, .

Serviço realizado
Webdesign.
03/2013 - 12/2016
Serviços técnicos especializados , Pró-Reitoria de Infraestrutura - PROINFRA, .

Serviço realizado
Webdesign.
11/2010 - 03/2013
Serviços técnicos especializados , Unidade de Desenvolvimento Organizacional - UDO, .

Serviço realizado
Coordenação do Núcleo de Webdesign da UNEB.
01/2012 - 01/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Prova Habilidade Específica do Vestibular de Design, .

Cargo ou função
Professor.
01/2009 - 01/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciências Exatas e da Terra, .

Cargo ou função
Membro da comissão de reforma do currículo do curso de Desenho Industrial.
07/2009 - 11/2010
Serviços técnicos especializados , Unidade de Desenvolvimento Organizacional - UDO, .

Serviço realizado
Criação e produção de websites (webdesign).

Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
Trata-se do Grupo de Estudo e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFBA, sob coordenação do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva


Waynet Internet, WN, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Webdesigner, Carga horária: 20


Serviço de Atendimento ao Cidadão, SAC, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2000
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Técnico Nível Médio, Carga horária: 40
Outras informações
Entre 10/1996 e 10/1997 o vínculo empregatício permaneceu do tipo REDA junto a Secretaria de Administração do Estado da Bahia - SAEB, caracterizando, portanto, vínculo como servidor público estadual.


Faculdade da Cidade do Salvador, FCS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor horista

Atividades

01/2007 - 01/2008
Ensino, Publicidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Criação II
08/2004 - 01/2008
Ensino, Design de produto, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Semiótica
08/2004 - 01/2008
Ensino, Design de moda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Semiótica
01/2006 - 07/2006
Ensino, Design de produto, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Percepção visual
01/2006 - 07/2006
Ensino, Design de produto, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estética
07/2005 - 01/2006
Ensino, Design de produto, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Aspectos sócio-antropológicos do design
01/2005 - 12/2005
Ensino, Design de moda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Criatividade e design

Jornal A TARDE, A TARDE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Webdesigner, Carga horária: 44


Madison Comunicação Integrada, MADISON, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Webdesigner, Carga horária: 44


Fundação Estatal Saúde da Família, FESF-SUS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Conteudista



Projetos de pesquisa


2012 - 2017
Entre o normativo e o descritivo: o lugar do ético em Moritz Schlick
Descrição: Embora Moritz Schlick seja notoriamente reconhecido como um autor vinculado à pauta verificacionista do Círculo de Viena, grupo do qual foi, inclusive, um dos seus principais expoentes, seus escritos sobre ética compõem, por outro lado, uma parte importante de sua obra, notadamente dedicada ao estabelecimento da felicidade como o verdadeiro sentido da vida. A ética schlickiana segue, assim, marcada por uma visão hedonista da existência associada a uma concepção naturalista da ação humana. Esta relação entre hedonismo e naturalismo motiva o estabelecimento da tese de que todo instinto humano busca a prevalência do prazer do indivíduo e, por conseguinte, motiva ações que o conduzem sempre em direção à felicidade. A visão de que todo homem age de acordo com seus instintos e marcha inexoravelmente rumo à sua felicidade individual serve como base para a elaboração de princípio morais universais que expressariam o que determinada sociedade concebe como moralmente aceitável ou não. Tais regras de conduta, expressas nestes princípios, variam de cultura para cultura, de comunidade para comunidade, embora partilhem, radicalmente, a mesma tendência ou finalidade de estabelecer uma vida de prazer e felicidade para os membros da sociedade. Esta dimensão ética do pensamento schlickiano, via de regra, tem sido considerada como uma incursão filosófica sem relações estreitas com a perspectiva de seu empirismo consistente, influenciado, sobretudo, pelo Tractatus Logico-Philosophicus de Ludwig Wittgenstein. Este distanciamento, ou mesmo estranhamento, entre as ideias sobre ética e o normativismo lógico de Schlick encontra suas razões, muitas vezes, em argumentos que pressupõem o debate sobre o significado das proposições éticas como algo impróprio ou mero contrassenso ? portanto em aparente rota de colisão com a postura logicista do próprio Círculo de Viena; e em argumentos que fazem acreditar que os escritos éticos de Schlick compõem uma dimensão à margem do seu pensamento verificacionista, uma vez que seriam, no geral, produtos de suas tendências pessoais e políticas. Não obstante existam posições teóricas que ofertam argumentos razoáveis de justificação do distanciamento da ética schlickiana em relação ao núcleo lógico-empirista de seu pensamento, este nosso trabalho propõe estabelecer algum tipo de relação entre estas duas pontas deste espectro. Sendo assim, propomos reconhecer a ética schlickiana como uma instância filosófica em conexão com os princípios fundamentais do empirismo consistente de Schlick, apresentando, principalmente, a possibilidade de relacionar o método analítico de exame do sentido proposicional ? a verificabilidade, descrita, principalmente, em Sentido e verificação ? com a abordagem descritivista de inspeção do significado dos enunciados da ética, apresentada, especialmente, em Questões de ética. Para tanto, a noção de princípio moral segue fundamental para nossa reflexão, uma vez que o sentido particular de cada proposição ética pode, segundo Schlick, ser reduzido ao sentido expresso por tal princípio. Se nossa empreitada segue viável, esperamos poder, ao fim dela, estabelecer uma continuidade filosófica entre as ideias sobre lógica e ética de Schlick, propondo, ao cabo, que tanto o analítico quanto o descritivo constituem aspectos de uma mesma atitude filosófica schlickiana, qual seja: aclarar os pensamentos, dissolver pseudoproblemas, criar condições para que a ciência finalmente passe a operar livre de enigmas insolúveis e de sentenças carentes de sentido..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
A terapia do objeto do design e suas implicações para o currículo
Descrição: A demarcação do objeto do design, seja ele afinal artístico ou resultado apurado no rigor da ciência, tem criado importantes dificuldades teóricas, sobretudo de ênfase epistemológica, em processos de criação ou reformulação de currículos de design. Os impasses parecem resultar de uma compreensão parcial, senão apressada, da tarefa do designer determinada, muitas vezes, pela evangelização da técnica e do rigor metodológico. Essa concepção formalista do design também impede, de forma colateral, uma aproximação adequada entre conteúdos eminentemente teóricos ? em especial de teorias críticas ? e conteúdos de metodologia e tecnologia, fundamentalmente pragmáticos. Desse modo, o currículo de design tende, por vezes, a privilegiar disciplinas de caráter técnico, em especial de ensino de softwares e dos meios de produção material, colocando, em segundo plano, conteúdos de teoria da arte e de humanidades como, por exemplo, a filosofia, a psicologia e a antropologia. Diante de tal apelo, é comum observarmos a defesa de um amplo investimento em conhecimentos práticos e tecnológicos como meio de prover e garantir ao sujeito em formação, desde já, a perfeita sincronia entre conhecimento e sociedade de consumo; em outros termos, que este sujeito, ainda na condição de aprendiz, possa, o quanto antes, funcionar como uma peça ajustada e eficaz do sistema de produção intelectual e material corrente. Para além do ensino em função dos discursos de mercado, ou o perspectivismo no ensino de design ? que nos leva, por vezes, ao kitsch ?, os que pensam o currículo de design defrontam-se ainda com dificuldades de ordem essencialmente teórica, a saber: a localização do objeto do design nesta ou naquela seara do conhecimento; a dificuldade em reduzi-lo a um único conceito ou definição. Tais entraves parecem solicitar o que, aqui, chamamos de terapia do objeto do design; em outros termos, uma investida analítica sobre os marcos epistemológicos que assegurariam a dizibilidade deste objeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Projeto de Implantação da Disciplina Filosofia no Ensino Médio
Descrição: A implantação da filosofia de forma disciplinar e obrigatória no ensino médio coloca-nos grandes desafios, como o de tornar acessível tal conhecimento refinado, sem deturpação, em momento decisivo de afirmação da escolaridade básica. O objetivo deste projeto é, então, bastante claro. Trata-se de desenvolver, à luz das novas Orientações Curriculares Nacionais do MEC, uma pesquisa sobre a construção da narrativa da causalidade no ensino médio, sobre como então se entrelaçam questões filosóficas e científicas, de modo que possamos (em um guia para docentes e em outros produtos) apresentar metodologias e sugerir materiais (i) para a introdução dos conteúdos próprios da filosofia listados nas novas Orientações Curriculares para o Ensino de Filosofia e (ii) para a abordagem conjunta de temas transversais das disciplinas de ciências do ensino médio, tal como apresentados nas Orientações Curriculares das demais disciplinas. Além disso, considerando que a medida essencial da formação em filosofia é o texto filosófico, deveremos especialmente, com nossa pesquisa, enfrentar o problema de como pode ser favorecido o acesso a esse elemento incontornável do específico de nossa formação. Assim, produzindo materiais de interesse tanto dos docentes de filosofia como daqueles de outros componentes curriculares, procuraremos (i) destacar os principais elementos de conteúdo próprio ou transversal, (ii) ilustrar procedimentos, técnicas e recursos para sua transposição didática e ainda (iii) sugerir caminhos para a formação continuada dos docentes. O projeto envolve vários pesquisadores de instituições de ensino do país (UFBA, USP, UFSM, UNISINOS, PUC-PR, UEFS, UNEB), sendo coordenado pela UFBA e tendo a USP e a UFSM como instituições parceiras (texto de autoria do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Serafim da Silva Nossa Junior - Coordenador / SALLES, J. C. - Integrante / OLIVEIRA, W. T. DE - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2006 - 2008
Linguagem científica e significação no Tractatus de Wittgenstein
Descrição: Acreditando resolver definitivamente todos os problemas filosóficos, o Tractatus de Ludwig Wittgenstein, independentemente de cumprir ou não o ambicioso anúncio de seu Prefácio, por certo influenciou radicalmente os estudos de filosofia que seguiram à sua publicação. Sob forte influência de suas idéias, a epistemologia contemporânea deve à sua análise lógica da linguagem ? que elucida, ou mostra, como uma proposição com sentido pode bem dizer os fatos ? a matriz filosófica que municiou discussões acerca do princípio da verificabilidade. Desse modo, a aderência do Tractatus às idéias da filosofia do Círculo de Viena, ainda que ostensivamente criticada por Wittgenstein, se consolidara como a sua grande contribuição para o positivismo lógico, notadamente, a filosofia de Moritz Schlick e Alfred Jules Ayer. Ambos investiram na proximidade estreita entre a leitura lógica da estrutura da proposição, erguida por Wittgenstein, e a tarefa de fundamentação da atividade científica. Questões semelhantes a ?como posso verificar uma proposição?? e ?o que, enquanto condição, permite a verificabilidade de uma proposição?? rondavam, frequentemente, os espaços de debate filosófico, muitos deles, capitaneados por Schlick. Para esse filósofo, responder tais questões consistia o programa de pesquisa da nova filosofia da linguagem, projeto ancorado em passagens fundamentais do Tractatus, em particular naquelas voltadas à lógica como condição para a significatividade, para o sentido das proposições significativas. Isso posto, nosso trabalho se propõe cumprir dupla tarefa: expor, em linhas gerais, o projeto do Tractatus, enfatizando tanto suas idéias seminais para a lógica como aquela ?contraparte mística?, por vezes tomada como dispensável e tardia; e promover uma aproximação entre o princípio da verificabilidade e o projeto do Tractatus, na tentativa de identificação da estabelecida familiaridade entre as teses do Círculo e as idéias de Wittgenstein..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2000 - 2000
Intervenção Estratégica em São josé do Jacuípe-BA
Descrição: Este projeto integrou a agenda de atividades do Programa Bahia Solidária - BASOL, sob coordenação da UNEB em convênio com o Ministério da Educação e a Secretaria de Educação Superior..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Serafim da Silva Nossa Junior - Integrante / Antonio Neto - Coordenador / et al - Integrante / Eline Salume Xavier - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Desenho Industrial / Subárea: Design.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Linguagem.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.


Prêmios e títulos


1999
1º lugar na III Jornada de Iniciação Científica como melhor Projeto de Pesquisa na área de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Iniciação Científica - PICIN / Universidade do Estado da Bahia - UNEB.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOSSA JUNIOR, S. S.2017 NOSSA JUNIOR, S. S.. Da obrigatoriedade da prova de habilidade específica em processos seletivos para cursos de design: elementos para a reflexão da crise de identidade do design. Revista Tarrafa, v. 2, p. 130, 2017.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Sobre a obrigatoriedade da prova de habilidade específica para ingresso em cursos de design. Foroalfa, http://foroalfa.org, 07 out. 2013.

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O Corvo e o ensino de design. Foroalfa, http://foroalfa.org/, 01 out. 2013.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LIMA JUNIOR, A. S. ; NOSSA JUNIOR, S. S. ; ALMEIDA, D. F. . Uma nova perspectiva de sujeito para a gestão pública contemporânea. In: I Colóquio Internacional e II Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos, 2013, Salvador. I Colóquio Internacional e II Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos. Salvador: UNEB, 2013. v. 1. p. 524-536.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O projeto de uma ciência da ética em Problems of Ethics de Moritz Schllick. In: XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013, Salvador-BA. XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia. Salvador-BA: Quarteto, 2013. v. 1.

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Entre o normativo e o descritivo: o estatuto dos conceitos de bom e bem em Questões de Ética de Schlick. In: III Encontro de São Lázaro, 2012, Salvador. III Encontro de São Lázaro. Salvador: Quarteto, 2012. v. 1. p. 339-339.

3.
NOSSA JUNIOR, S. S.. A noção de Princípio Moral em Moritz Schlick. In: II Encontro de São Lázaro (Encontro dos Programas de Pós-Graduação FFCH/IPS/UFBA), 2011, Salvador. II Encontro de São Lázaro. Salvador: Quarteto Editora, 2011. p. 301-301.

4.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O projeto de uma ciência ética em Moritz Schlick. In: I Encontro dos Programas de Pós-Graduação da UFBA, 2010, Salvador. Encontro de São Lázaro. Salvador: Quarteto, 2010. p. 248-248.

5.
NOSSA JUNIOR, S. S.. A forma lógica de afiguração no Tractatus. In: XIII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF, 2008, Canela-RS. Atas do XIII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF. São Leopoldo: Unisinos, 2008.

6.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Lógica, contingência e liberdade epistemológica: o estatuto da ciência no Tractatus de Wittgenstein. In: I Encontro do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFBA, 2007, Salvador. I Encontro do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFBA, 2007.

7.
NOSSA JUNIOR, S. S.; HIROSHI, L. H. C. . Revista de arte sequencial para divulgação do desenho industrial. In: III Jornada de Iniciação Científica da UNEB, 1999, Salvador. III Jornada de Iniciação Científica da UNEB. Salvador: Editora da UNEB, 1999.

Apresentações de Trabalho
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O nonsense como temática para a produção videográfica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Entre o normativo e o descritivo: o estatuto dos conceitos de bom e bem em Questões de Ética de Schlick. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
Fiuza, Djalma ; LIMA JUNIOR, A. S. ; NOSSA JUNIOR, S. S. . Uma nova perspectiva de sujeito para a gestão pública contemporânea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O projeto de uma ciência da ética em Problems of Ethics de Moritz Schllick. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Entre o normativo e o descritivo: o estatuto dos conceitos de bom e bem em Questões de Ética de Schlick. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
NOSSA JUNIOR, S. S.. A noção de Princípio Moral em Moritz Schlick. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O projeto de uma ciência ética em Moritz Schlick. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O debate acerca do objeto do design: possíveis implicações para o currículo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O currículo de design enquanto imagem da terapia do objeto. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
NOSSA JUNIOR, S. S.. A forma lógica de afiguração no Tractatus. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
NOSSA JUNIOR, S. S.. A forma lógica de afiguração no Tractatus. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Afiguração e o inefável no Tractatus. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Lógica, contingência e liberdade epistemológica: o estatuto da ciência no Tractatus de Wittgenstein. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
NOSSA JUNIOR, S. S.; HIRATA, Lucas Hiroshi de Carvalho . Desenvolvimento de revista de arte sequencial para a divulgação do Design. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Projeto de Reformulação do Portal Universidade para Todos (UPT). 2008.

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Relatório de Atividades - 2008 - Portal Universidade para Todos. 2008.

3.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Relatório de Atividades - 2007 - Portal Universidade para Todos. 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Identidade visual para material impresso do XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia - SIF 2013. 2013. (Identidade visual).

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Identidade visual e material gráfico para divulgação do III Encontro de São Lázaro. 2012. (Identidade visual).

3.
NOSSA JUNIOR, S. S.; ALMEIDA, Djalma F. ; BITENCOURT, Elias ; CORREIA, C. ; BEATRIZ, A. ; et al . Projeto de criação do curso de design da Universidade do Estado da Bahia - UNEB. 2011. (Projeto).

4.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Identidade visual e material gráfico para divulgação do II Encontro de São Lázaro. 2011. (Identidade visual).

5.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Web site do VI Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática. 2011. (Web site).

6.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Identidade visual para o VI Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática. 2011. (Identidade visual).

7.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. ; OLIVEIRA, W. T. DE . Web site Filosofia no Ensino Médio. 2010. (Web site).

8.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. ; OLIVEIRA, W. T. DE . Identidade visual para coleção de DVDs das entrevistas que integram o conjunto de produtos obtidos com o Projeto de Implantação da Disciplina Filosofia no Ensino Médio. 2010. (Identidade visual para coleção de DVDs).

9.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Identidade visual e material gráfico para divulgação do I Encontro de São Lázaro. 2010. (Identidade visual).

10.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. . Web site do Grupo de Estudo e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática. 2008. (Web site).

11.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Portal Universidade para Todos (segunda versão). 2008. (Web site).

12.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Portal Universidade para Todos. 2007. (Web site).

13.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Processo de planejamento e criação de um website. 2004. (Palestra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Neto, A.; NOSSA JUNIOR, S. S.; SILVA, André Luiz S.. Participação em banca de AMOEDO, Andrés; KOTTLER, Alice; CAÃ, Cajila; et al.Campanha para divulgação do curso de Design da UNEB. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

2.
Neto, A.; NOSSA JUNIOR, S. S.; SILVA, André Luiz S.. Participação em banca de ANJOS, Igor dos; BRITO, Jalice; JORGE, José; LEAL, Rafael..Selo Cachaça Brasileira. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

3.
Neto, A.; NOSSA JUNIOR, S. S.; SILVA, André Luiz S.. Participação em banca de ROSA, Filipe; SILVA, Josenildo; NETO, Manoel; et al.Campanha de conscientização contra o uso do crack. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

4.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de OLIVEIRA, Ana Luisa; REZENDE, Naiara.Proposta de reposicionamento de imagem do Beco dos Artistas através de ferramentas e estratégias de comunicação. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

5.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de ALMEIDA, Ariane; COPELLO, Maria F.; AMORIN, Thalita.Formalização do projeto de comunicação organizacional da instituição beneficente Conceição Macêdo. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

6.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de MIGUEL, Amanda; SANTOS, Carolina; MAROCCI, Deborah.Análise da contribuição do uso do design estratégico para a promoção da imagem institucional da empresa Marrikah Consultoria e Gestão Socioambiental. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

7.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de BARBOSA, Amanda; OLIVEIRA, Larissa; BASTOS, Rafael.Análise da contribuição do uso do design estratégico para a promoção da imagem institucional da empresa NIP - Núcleo de Intervenção Psicopedagógica. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

8.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de FERNANDES, Pedro Araújo.Fortalecimento da identidade visual do Instituto Federal Baiano. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

9.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de RIBEIRO, Maurício; MOURA, Rafaela; GOMES, Samantha.Extraterrestres encontram o mercado. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

10.
ANDRADE, Laís; NOSSA JUNIOR, S. S.; SISAN, Cláudia. Participação em banca de FRANÇA, Danilo B.; FUGIMOTO, Davi; GUARÉ, Felipe.Modutec Solução em Containers. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Design) - Universidade do Estado da Bahia.

11.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Carolina Farias.Projeto de identidade visual para a Ong Paciência Viva. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

12.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Vicktoria Ribeiro.Projeto de Identidade visual Nexen Tecnologia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

13.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Juliana Leite.Projeto de identidade visual para ong. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

14.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Mauro Lira.Projeto de identidade visual para Locadora Video Cash. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

15.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Daniela Blumetti.Projeto de identidade visual para Mineradora Itacuí. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

16.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Leonardo Bruni.Projeto de identidade visual para jogo massivo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

17.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Carolina Garrido.Projeto de identidade visual para escritório DI2Design. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

18.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Lorena Cerqueira.Projeto de identidade visual para Loja Bossa Nova. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

19.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Angélica Silva Jorge.Projeto de identidade visual para Wahoo Náutica. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

20.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Marcus Leandro.Projeto de identidade visual para a Ong A Idade da Terra. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

21.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Flávia Gil.Projeto de identidade visual para indústria sisaleira. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

22.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Luciano Bastos.Projeto de identidade visual para Cooperativa Coope. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

23.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Newton Viana.Projeto de identidade visual para MP3 Produções e Montagens. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

24.
NOSSA JUNIOR, S. S.; JACOMEL NETO, J. L.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Daniel Soares Araújo.Projeto de identidade visual para Loja B.Rodrigues. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

25.
Neto, A.; NOSSA JUNIOR, S. S.. Participação em banca de Uri Carvalho Lins Wense.Cartilha infantil para educação ambiental. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em design) - Universidade Salvador.

26.
Fiuza, Djalma; NOSSA JUNIOR, S. S.. Participação em banca de Andlei Lisboa Souza.Embalagem para panetone. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.

27.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Tarcísio Cardoso; Sílvia Oliveira.Projeto de stand para camelô. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

28.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Márcio Porto; Juliana Castro.Projeto de stand para venda de pimenta orgânica. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

29.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Eneile Matos.Suporte para flores, garrafa e copos. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

30.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Nei Costa.Embalagem para colecionador de bonecos. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

31.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de João Paulo Espinheira.Projeto de veículo esportivo. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

32.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; FIGUEIREDO, M. C.. Participação em banca de Lindseyi Perez.Mapa verde para centros urbanos. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

33.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Lúcia Valesca.Projeto de CD de cantigas de roda. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

34.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Maria Izabel Suzart; Camila Nascimento Vieira; Nila Carneiro.Sistema de bolsa e stand para venda de artesanato. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

35.
FARIA, A. S.; NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, M.. Participação em banca de Luis Clovis.Suporte para venda de doces. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

36.
NOSSA JUNIOR, S. S.; Neto, A.. Participação em banca de Turma de alunos concluintes de curso.Produção e Análise da Imagem. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DESENHO INDUSTRIAL) - Universidade do Estado da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.; Neto, A.. Concurso de Fotografia Agenda 2013: UNEB, uma riqueza da Bahia ? Riquezas da Bahia. 2012. Universidade do Estado da Bahia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Encontro de Servidores Pesquisadores da UNEB.Entre o normativo e o descritivo: o estatuto dos conceitos de bom e bem em Questões de Ética de Schlick. 2015. (Encontro).

2.
I Colóquio Internacional e II Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos - CONECTE.Educação, Currículo e Processos Tecnológicos. 2013. (Outra).

3.
I Colóquio Internacional e II Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos - CONECTE.Uma nova perspectiva de sujeito para a gestão pública contemporânea. 2013. (Outra).

4.
XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia. O projeto de uma ciência da ética em problems of ethics de Moritz Schlick. 2013. (Congresso).

5.
III Encontro de São Lázaro.Entre o normativo e o descritivo: o estatuto dos conceitos de bom e bem em Questões de Ética de Schlick. 2012. (Encontro).

6.
II Encontro de São Lázaro.A noção de princípio moral em Moritz Schlick. 2011. (Encontro).

7.
VI Colóquio EFG: Sobre a certeza. 2011. (Outra).

8.
I Encontros dos Programas de Pós-Graduação da FFCH.O projeto de uma ciência ética em Moritz Schlick. 2010. (Encontro).

9.
I Simpósio de Educação e Tecnologias da Informação e Comunicação.O currículo de design enquanto imagem da terapia do objeto. 2010. (Simpósio).

10.
VI Encontro de Design UNEB.O debate acerca da natureza do objeto do design: possíveis implicações para o currículo. 2010. (Encontro).

11.
III Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática.A forma lógica de afiguração no Tractatus. 2008. (Outra).

12.
IV Encontro de Estudantes de Design da UNEB.Participação na mesa redonda "A dimensão filosófica do design". 2008. (Encontro).

13.
XIII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF.A forma lógica de afiguração no Tractatus. 2008. (Encontro).

14.
I Encontro do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFBA.Lógica, contingência e liberdade epistemológica: o estatuto da ciência no Tractatus de Wittgenstein. 2007. (Encontro).

15.
II Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática.Afiguração e o inefável no Tractatus. 2007. (Outra).

16.
XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. 2006. (Congresso).

17.
Colóquio Ibero-americano de Filosofia. 2005. (Outra).

18.
III Jornada de Iniciação Científica da UNEB.Desenvolvimento de revista de arte sequencial para a divugação do Design. 1999. (Outra).

19.
IX Encontro de Estudantes de Design - NDesign. 1999. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.; TEIXEIRA, G. ; OLIVEIRA, J. ; MARQUES, M. ; MELO, Q. J. ; DIAS, W. . Lutar e Resistir por uma Universidade Pública e Popular. 2018. (Outro).

2.
SALLES, J. C. ; PEPE, B. L. ; DÓRIA, Thiago ; OLIVEIRA, W. T. DE ; NOSSA JUNIOR, S. S. ; BATISTA, C. B. . VI Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática: sobre a certeza. 2011. (Outro).

3.
NOSSA JUNIOR, S. S.; SALLES, J. C. ; PEPE, B. L. ; BATISTA, C. B. ; OLIVEIRA, W. T. DE . IV Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática. 2009. (Congresso).

4.
NOSSA JUNIOR, S. S.; CORREIA, C. ; et al ; ALMEIDA, Djalma F. ; LISBOA, Ândlei . IV Encontro de Estudantes de Design da UNEB. 2008. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O Corvo e o ensino de design. Foroalfa, http://foroalfa.org/, 01 out. 2013.

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. Sobre a obrigatoriedade da prova de habilidade específica para ingresso em cursos de design. Foroalfa, http://foroalfa.org, 07 out. 2013.


Apresentações de Trabalho
1.
Fiuza, Djalma ; LIMA JUNIOR, A. S. ; NOSSA JUNIOR, S. S. . Uma nova perspectiva de sujeito para a gestão pública contemporânea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
NOSSA JUNIOR, S. S.. O projeto de uma ciência da ética em Problems of Ethics de Moritz Schllick. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Outras informações relevantes


Participação semanal, desde janeiro de 2006, no Grupo de Estudo e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFBA (http://www.efg.ufba.br), sob coordenação do Prof. João Carlos Salles Pires da Silva.


Outras aprovações em seleções de Programas de Pós-Graduação:
Aprovação, em 2010, no Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade da Universidade do Estado da Bahia - UNEB (doutorado interrompido em 2011).

Aprovações em concursos públicos:
Aprovação em 1º lugar na seleção, regime REDA, para Técnico Nível Médio em Webdesign da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, em 2007;
Aprovação em 1º lugar no concurso público para Técnico Nível Médio da UNEB, quadro permanente, em 2010;
Aprovação em 1º lugar no concurso público para Analista Universitário - Desenhista Industrial da UNEB, quadro permanente, em 2010 (cargo que ocupo atualmente).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 17:24:53