Lívia Gonçalves Magalhães

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2869043796354741
  • Última atualização do currículo em 07/01/2019


Professora Adjunta de História do Brasil República do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui graduação e licenciatura em História pela Universidade Federal Fluminense (2005). Mestre em Estudios Latinoamericanos pelo Centro de Estudios Latinoamericanos da Universidad Nacional de San Martín, Argentina (2008). Doutora em História Social pela Universidade Federal Fluminense (2013). Pós-Doutora em História na Unimontes/MG (Bolsista Capes 2014-2016) e na Universidade de Paris-Est Marne-la-Vallée (Bolsista Capes dezembro 2017- março 2018). Foi pesquisadora temporária do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), responsável pelo projeto "Diplomacia do Esporte" (janeiro-julho 2013). Foi professora Substituta de História da América na UFRJ (2015-2016). Em 2010 publicou o livro "Histórias do Futebol" pelo Arquivo Público de São Paulo, primeiro volume da Coleção Ensino e Memória. Em 2014 publicou o livro "Com a Taça nas mãos", pela FAPERJ/Lamparina. Em 2017 organizou o livro "Lugar de Mulher - Feminismo e Política no Brasil", Editora Oficina Raquel. Possui experiência na área de História do Brasil e da América Latina Contemporâneos e História do Esporte, com ênfase nos seguintes temas: memória, ditaduras civil-militares, futebol, autoritarismo, gênero. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lívia Gonçalves Magalhães
Nome em citações bibliográficas
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Fluminense, Instituto de História.
Rua Professor Marcos Waldemar de Freitas Reis
São Domingos
24210201 - Niterói, RJ - Brasil
Telefone: (21) 26292949
URL da Homepage: www.historia.uff.br/nec


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Com a taça nas mãos: sociedade, Copa do Mundo e ditadura no Brasil e na Argentina, Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Samantha Viz Quadrat.
Bolsista do(a): Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Univ. Federais, REUNI, Brasil.
Palavras-chave: Ditadura civil-militar; Argentina; Brasil; Copa do Mundo de Futebol; autoritarismos; consenso.
Grande área: Ciências Humanas
2005 - 2008
Mestrado em Estudios Latinoamericanos.
Universidad Nacional de San martin, UNSAM, Argentina.
Título: Trece jugadores en campo. Medios de comunicación, dictaduras militares y Mundiales de Fútbol en Brasil y Argentina,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Marina Franco.
Bolsista do(a): Secretaria de Cultura de la Nación, SCN, Argentina.
Palavras-chave: Brasil; Argentina; Ditadura civil-militar; meios de comunicação; memória; Copa do Mundo de Futebol.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América / Especialidade: História Latino-Americana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
Setores de atividade: Educação.
2001 - 2005
Graduação em Licenciatura em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: As propostas de nação contidas na obra Conflicto y armonía de las razas en America de Domingo Faustino Sarmiento.
Orientador: Marco Antonio Villela Pamplona.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2001 - 2005
Graduação em Bacharelado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: As propostas de nação contidas na obra Conflicto y armonía de las razas en America de Domingo Faustino Sarmiento.
Orientador: Marco Antonio Villela Pamplona.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
Université Paris-Est Marne-la-Vallée, UPEMLV, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2014 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2009 - 2009
II Curso de Democracia en América Latina. (Carga horária: 168h).
Programa de Naciones Unidas para el Desarrollo -América Latina y el Caribe, PNDU, Colômbia.
2006 - 2006
Latinoamerica y las identidades culturales. (Carga horária: 32h).
Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
2001 - 2001
História e Linguagens. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de História, ANPUH, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta de História do Brasil, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora Adjunta de História do Brasil República

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista Dutorado, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Univ. Federais (REUNI). Atividade de Pesquisa no Núcleo de Estudos Contemporâneos (NEC)

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Bolsista PIBIC, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação no Núcleo de Pesquisa em História Cultural (NUPEHC) no projeto "Comparando as formas de se imaginar e narrar a nação nas Américas: as experiências argentina, brasileira e norte-americana", sob coordenação do Professor Doutor Marco Antonio Villela Pamplona.

Atividades

10/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de História, .

Cargo ou função
Comissão Acadêmica.
08/2018 - 12/2018
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Brasil III GHT 00312
08/2018 - 12/2018
Ensino, História, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Cultura e Sociedade Contemporânea III Curso: História Comparada Das Ditaduras Na América Do Sul EGH.00340
05/2018 - 10/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de História, .

Cargo ou função
Comissão de saída.
07/2018 - 07/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de História, .

Cargo ou função
Comissão Revisão de Nota Graduação.
03/2018 - 07/2018
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
 Realidade Socioeconômica Política Brasileira GHT 00298  Seminário em História da Cultura IX ? Tema Monográfico GHT00560
04/2017 - 05/2018
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de História, Instituto de História.

Atividade realizada
Coordenadora do Núcleo de Estudos Contemporâneos (NEC).
12/2017 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de História, .

Cargo ou função
Comissão Elaboração Concurso Brasil República.
10/2017 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de História, .

Cargo ou função
Comissão de avaliação BAREMA.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Realidade Socioeconômica Política Brasileira GHT 00298
08/2017 - 12/2017
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em História, Poder e Política VI ? Tema Monográfico GHT00577
03/2017 - 07/2017
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Social e Política do Brasil III GHT04273
03/2017 - 07/2017
Ensino, Abi - História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Social e Política do Brasil III GHT00365

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20
Outras informações
2015.2 Professora de História da América Contemporânea 60 horas 2015.2 Professora de História da América III 60 horas 2016.1 Professora de Política Externa do Brasil Independente 60 horas 2016.1 Professora de História da América III 60 horas 2016.2 Professora de Política Externa do Brasil Independente 60 horas 2016.2 Professora de História da América III 60 horas

Atividades

04/2016 - 08/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Externa do Brasil Independente - RI (60h)
04/2016 - 08/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da América III - Integral (60h)
10/2015 - 03/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da América III - Noite (60h)
10/2015 - 03/2016
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da América Contemporânea - RI (60h)

Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós Doutorado Capes

Atividades

04/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de História, .


Centro Brasileiro de Relações Internacionais, CEBRI, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Pesquisador Temporário, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 30
Outras informações
Pesquisadora Responsável pelo Projeto Diplomacia do Esporte, contratado pelo Ministério do Esporte. Elaboração de Estudo sobre Esporte e Diplomacia; Apresentação sobre o Projeto para os responsáveis do Ministério do Esporte; Pesquisa sobre esporte e sociedade; Elaboração de propostas e iniciativas esportivas no marco dos megaeventos;


Institut d'Études Politiques de Paris, SciencesPo, França.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora de intercâmbio, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista PDEE (Doutorado Sanduíche) pela CAPES, sob orientação do Professor Doutor Dennis Rolland.


Universidad Nacional de San martin, UNSAM, Argentina.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista Mestrado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista da Secretaria de Cultura de la Nación Argentina.

Atividades

03/2006 - 09/2008
Pesquisa e desenvolvimento , CEL, .


Programa de Naciones Unidas para el Desarrollo -América Latina y el Caribe, PNUD, Colômbia.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Associate Expert, Enquadramento Funcional: Professora Virtual
Outras informações
Associet Expert para a Escuela Virtual - Consultora e Professora.


Colégio Curso pH, PH, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de História, Carga horária: 20


Curso Clio, CLIO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 2
Outras informações
Professora de Espanhol

Atividades

11/2015 - 10/2016
Ensino, Espanhol, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Espanhol - Telepresencial (41h)
04/2015 - 10/2015
Ensino, Espanhol, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Espanhol - Telepresencial (33h)
03/2015 - 05/2015
Ensino, Espanhol, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Espanhol (33h)
10/2014 - 03/2015
Ensino, Espanhol, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Espanhol (30h)

Lexlogos Translations, LEXLOGOS, Argentina.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Tradutora Senior, Enquadramento Funcional: Responsável pelo Departamento de Português
Outras informações
Tradutora e revisora: espanhol-português-espanhol e inglês-português-inglês


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Pós Graduação em História, Carga horária: 15
Outras informações
Curso de curta duração (15h): "História, Cotidiano e Memória dos regimes autoritários do século XX" com a professora Janaina Martins Cordeiro, no Programa de Pós-Graduação em História da PUCRS (2017.2).


Université Paris-Est Marne-la-Vallée, UPEMLV, França.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Estágio Pós-Doutorado, Enquadramento Funcional: Estágio Pós-Doutorado



Linhas de pesquisa


1.
Violência Política
2.
Copas do Mundo de Futebol
3.
Meios de comunicação
4.
Ditaduras civil-militares Brasil e Argentina
5.
História do Brasil República; História da América Latina Contemporânea; Relações Internacionais


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Feminismo e História no Brasil: debates, disputas e projetos
Descrição: Este projeto propõe como objeto de reflexão as diversas abordagens historiográficas sobre o feminismo no Brasil republicano. Tradicionalmente, divide-se o movimento feminista em ?ondas?: a primeira, mais conhecida como sufragista, tem como recorte cronológico o final do século XIX até as primeiras décadas do século XX, com conquistas políticas e relativas à vida pública (principalmente o direito ao voto); a segunda, a partir do final da década de 1960, foi mais marcada por lutas de liberação sexual e por igualdade no mercado de trabalho; a terceira onda, ao final da década de 1980, está vinculada ao neoliberalismo e a micropolítica, e no caso de alguns países, como o Brasil, também à redemocratização; finalmente, a quarta onda pode ser contextualizada a partir da década de 2010, no contexto das novas tecnologias com a Internet e a proliferação de redes sociais virtuais. Esta divisão é marcada por questionamentos e problemáticas: em primeiro lugar, parte de uma referência eurocentrista. Além disso, desconsidera a pluralidade de movimentos dentro do que se considera ?feminismo?. Hoje, vivemos uma pluralidade de vertentes e debates sobre o feminismo, em coletivos, partidos políticos, etc. A proposta deste projeto é relacionar tais ações com o campo acadêmico e fazer um levantamento bibliográfico, a partir do qual derivaremos para um debate em torno da historiografia sobre o tema, recuperando uma trajetória de análise e estudos muitas vezes esquecida nos debates cotidianos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador / Nathália Silvério da Cunha - Integrante / Bruna Lopes Melo da Silva - Integrante / Luiza Ferreira de Moraes - Integrante / Marianna de Albuquerque Silva Cunha - Integrante.
2017 - 2018
O dono do jogo: A trajetória de João Havelange na FIFA (1974-1998)
Descrição: Este projeto é parte de um mais amplo que propõe como objeto de reflexão o estudo da biografia e da trajetória de vida de João Havelange (1916-2016), empresário e dirigente esportivo brasileiro, ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) e ex membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). Nesta instância, a proposta é estudar dois momentos marcantes na trajetória do ex dirigente: sua primeira e sua última Copa do Mundo como presidente da FIFA, em 1978 e 1998, respectivamente. Havelange assumiu a Fifa após a Copa do Mundo de 1974, na Alemanha. A primeira competição organizada por ele foi em 1978 na Argentina, torneio que recebeu diversas denúncias em função da violenta ditadura que vigorava, desde 1976, no país-sede. Apesar das disputas e polêmicas, a ?era Havelange? ? como ficou conhecida pela opinião pública - foi de grandes transformações tanto para a FIFA como para o esporte mundial. Durante seus mandatos, multiplicaram-se e diversificaram-se os recursos da entidade, e a reformulação que a mesma sofreu permitiu também um aumento significativo no número de membros, sendo que hoje possui mais países que a Organização das Nações Unidas (ONU). Apesar de sua saída magistral em 1998, ao falecer 18 anos depois Havelange encontrava-se associado a denúncias de corrupção e sob fortes críticas em relação ao projeto político e financeiro que consolidou em seus anos de liderança..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2017 - Atual
Nos passos de João Havelange: da CBD à FIFA (1958-1975)
Descrição: Este projeto propõe como objeto de reflexão o estudo da biografia e da trajetória de vida de João Havelange (1916-2016), mais especificamente o período em que ele foi presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), entre 1958 e 1975. Empresário e dirigente esportivo brasileiro, ex-presidente da CBD, da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA, 1975-1998) e ex-membro do Comitê Olímpico Internacional (COI, 1962-2012), a trajetória de Havelange, como atleta, empresário e dirigente esportivo percorre quase todo o século XX brasileiro, entrando no século XXI. Sua liderança esportiva no Brasil atravessou ditaduras e períodos democráticos, momentos de euforia desenvolvimentista e nacionalista e enfrentamentos de crises políticas e econômicas. Ao mesmo tempo, sua biografia entrelaça-se de maneira íntima aos processos de institucionalização das práticas esportivas no país, os quais em muitos momentos, levaram a marca do dirigente, mas principalmente, refletem muitas vezes questões caras aos projetos políticos em disputa em suas épocas. A proposta deste projeto é, portanto, a partir do estudo deste período de sua biografia, discutir questões políticas, sociais e do mundo esportivo ao longo desses dezessete anos em que ele ocupou a presidência da entidade máxima do futebol brasileiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal Fluminense - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
A festa do Mundialito: Entre comemorações, memórias e esquecimentos no Uruguai dos anos 1980-2010
Descrição: nossa proposta é pensar dois momentos: 1980-81, quando acontecem, quase simultaneamente, o plebiscito e o Mundialito, e a época que posteriormente será considerada como o marco da transição; e o período entre 2000-10, década do avanço na questão de políticas de memória no Uruguai, contexto no qual é produzido o documentário ?Mundialito?, responsável pela recuperação do evento na memória uruguaia recente. Esta mini Copa permite pensar estes dois contextos, o do primeiro momento do que viria ser a fase transicional da ditadura e as disputas recentes de memória a partir da chegada de 2000, com um novo redirecionamento das políticas de memória a partir do Estado na presidência de Jorge Blatter e o aprofundamento desta política a partir de 2005 com a chegada do Frente Amplio ao poder..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador.
2016 - Atual
O dono do jogo? A trajetória de João Havelange (1916-2016)
Descrição: Este projeto propõe como objeto de reflexão o estudo da biografia e da trajetória de vida de João Havelange, empresário e dirigente esportivo brasileiro, ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) e ex-membro do Comitê Olímpico Internacional (COI). A trajetória de Havelange, como atleta, empresário e dirigente esportivo percorre quase todo o século XX brasileiro, atravessando ditaduras e períodos democráticos, momentos de euforia desenvolvimentista e nacionalista e enfrentamentos de crises políticas e econômicas. Ao mesmo tempo, sua biografia entrelaça-se de maneira íntima aos processos de institucionalização das práticas esportivas no país, os quais em muitos momentos, levaram a marca do dirigente, mas principalmente, refletem muitas vezes questões caras aos projetos políticos em disputa em suas épocas. Em 2016 Havelange completa cem anos. A proposta deste projeto é, portanto, a partir do estudo de sua biografia, discutir questões políticas, sociais e do mundo esportivo brasileiro ao longo deste centenário..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador.
2014 - 2016
Paixão de multidões e política de Estado: Relações Internacionais e megaeventos no Brasil (1950 e 2014) e na América do Sul
Descrição: A proposta desta pesquisa é analisar, desde a perspectiva das Relações Internacionais e de ações de políticas públicas no Brasil, a Copa do Mundo de 2014 realizada no país e a inevitável comparação com a Copa de 1950, evento de grande importância na memória nacional e do futebol mundial. A ideia é pensar como olhar tais megaeventos hoje a partir do conceito tão utilizado atualmente de soft power. Ao mesmo tempo, o projeto propõe também trabalhar outras países sedes de Copa do Mundo: Uruguai 1930, Chile 1962 e Argentina 1978. Tais eventos nem sempre tiveram a mesma importância e peso para os países sede, mas foram um importante espaço de construção de uma imagem internacional dos mesmos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Coordenador.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2013 - 2013
Diplomacia do Esporte
Descrição: As escolhas do Brasil como sede da Copa do Mundo FIFA 2014 e da cidade do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Verão de 2016 trouxeram o país e a região para a agenda global dos chamados megaeventos esportivos. Apesar dos desafios a serem enfrentados, estas competições se colocam como uma boa oportunidade de crescimento econômico para o Brasil, possibilitando a criação de empregos, melhorando a infraestrutura e aumentando o fluxo turístico em diferentes áreas do território nacional. Os megaeventos esportivos aparecem também como uma oportunidade de renovar e reinventar a imagem brasileira, de fortalecer a forma que queremos ser vistos internacionalmente. Sua realização se apresenta como uma grande oportunidade de lançar mão de ferramentas como soft power, que Cael Sampaio define como ?... a capacidade de um país de influir nos demais por meio de atração despertada por sua cultura, suas instituições, seus valores, seu nível de abertura e sua prosperidade, entre outros fatores? (JUNIOR, Nye, 2008, pp. 94-95, APUD SAMPAIO, Op. Cit ). Considerando o impacto de longo prazo, os megaeventos esportivos são também uma oportunidade para incrementar a Diplomacia do Esporte que vem sendo desenvolvida não apenas no marco da diplomacia brasileira, mas de outras instituições como o Ministério dos Esportes, Confederações e os próprios clubes desportivos, que através tanto da divulgação da imagem nacional como da cooperação com outros países envolvidos, ou não, nos eventos. Logo, a proposta deste projeto é levantar os caminhos e o potencial desta diplomacia do esporte brasileira, tendo como ponto inicial os megaeventos que seremos sede..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Lívia Gonçalves Magalhães - Integrante / Leonardo Paz Neves - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2013 - 2015
Periódico: Revista Contemporênea


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Edital Fopesq, UFF.
2012
Travel Grant, Latin America Studies Association.
2010
Segundo Prêmio BlogBooks - Categoria Esportes, Singular Digital e o Universo do Autor.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2018GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA. México 68: memórias olímpicas. Eco (UFRJ), v. 21, p. 71-88, 2018.

2.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2017MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. . Por uma história do cotidiano dos regimes autoritários no século XX. ESTUDOS IBERO-AMERICANOS, v. 43, p. 242-249, 2017.

3.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2017MAGALHÃES, Lívia G.. Mulheres e o golpe, um ano depois. Mundo em Transe, v. 1, p. 1, 2017.

4.
CORDEIRO, Janaína M.2016CORDEIRO, Janaína M. ; MAGALHÃES, Lívia G. . O Poder na Torcida: consenso, futebol e ditadura no Brasil (1970) e na Argentina (1978). Revista Faces do Clio, v. 2, p. 1-19, 2016.

5.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2014MAGALHÃES, Lívia G.. Apresentação Dossiê História e Esporte. Revista Contemporânea, v. 2, p. 1-5, 2014.

6.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2012MAGALHÃES, Lívia G.. Ditadura e futebol: O Brasil e a Copa do Mundo de 1970. PolHis. Boletín Bibliográfico Electrónico del Programa Buenos Aires de Historia Política, v. 9, p. 1, 2012.

7.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2011MAGALHÃES, Lívia G.. Instituições de Memória: O Caso Argentino do Memoria Abierta. Revista Contemporânea, v. 1, p. 184-202, 2011.

8.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2011MAGALHÃES, Lívia G.. O Jogo e a Ditadura: Reflexões sobre a Copa de 1978 na Argentina. Revista do Mestrado de História - USS, v. 13, p. 83, 2011.

9.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2009MAGALHÃES, Lívia G.. A memória da Copa do Mundo de 1970 em Januária, Minas Gerais.. Revista Litteris, v. 3, p. 17, 2009.

10.
MAGALHÃES, Lívia G.;GONÇALVES MAGALHÃES, LÍVIA2009MAGALHÃES, Lívia G.. "Trece jugadores en el campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina en los ?70". Revista de Estudios Latinoamericanos, v. 1, p. 187-203, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Lugar de Mulher: Feminismo e Política no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2017. v. 1. 104p .

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Com a taça nas mãos: sociedade, Copa do Mundo e ditadura no Brasil e na Argentina. 1. ed. Rio de Janeiro: Lamparina/Faperj, 2014. v. 1. 176p .

3.
Jardim, Marcela ; Joels, Camilla ; Motta, Fernanda ; MAGALHÃES, Lívia G. . Clube da Bolinha, por Luluzinhas. Rio de Janeiro: Blogbooks, 2011. v. 1. 168p .

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. Histórias do futebol. 1. ed. São Paulo: Arquivo Público do Estado, 2010. v. 1. 192p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARDOSO, Erika N. ; MAGALHÃES, Lívia G. . Nem santas nem putas: estigmas comportamentais e violência de gênero. In: MAGALHAES, Livia G.. (Org.). Lugar de Mulher: feminismo e política no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2017, v. 1, p. 47-.

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Introdução. In: MAGALHAES, Livia G.. (Org.). Lugar de Mulher: feminismo e política no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2017, v. 1, p. 7-.

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. O apito inicial: a institucionalização do futebol no Brasil e na Argentina. In: Renata Torres Schittino e Janaina Martins Cordeiro. (Org.). Caminhos da História Política ? os 20 anos do NEC/UFF. 1ed.Niterói: PPGHistória-UFF, 2016, v. 1, p. 15-36.

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. Imprensa, futebol e memória: a revista Veja e a Copa do Mundo de 1970. In: Rejane Meirelles. (Org.). A história na imprensa, a imprensa na história. 1ed.Jundiaí: Paco Editorial, 2016, v. 1, p. 0-0.

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. "25 millones de argentinos jugaremos el Mundial": comemorações e cotidiano na Argentina durante a Copa de 1978. In: QUADRAT, Samantha Viz; ROLLEMBERG, Denise. (Org.). História e memória das ditaduras do século XX. 1ed.Rio de Janeiro: FGV Editora, 2015, v. 2, p. 89-105.

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. "Tudo é um só coração"?: Disputas e conflitos de memória na vitória da Copa de 1970. In: Daniel Aarão Reis, Diego Omar da Silveira, Isabel Cristina Leite e Janaína Martins Cordeiro. (Org.). A Sombra das Ditaduras: Brasil e América Latina. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad, 2014, v. 1, p. 111-126.

7.
MAGALHÃES, Lívia G.; SANTOS, Daniel de A. . Década da esperança ou década perdida?A reestruturação do futebol brasileiro nos anos 1980. In: Samantha Viz Quadrat. (Org.). Não foi tempo perdido: os anos 80 em debate. 1ed.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2014, v. , p. 101-122.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Torcer ou não torcer?. Cuadernos de Coyuntura, Buenos Aires, 04 jul. 2014.

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Em campo: boicotes e política. Boletim Associação Sholem Aleichem (ASA), Rio de Janeiro, 01 jul. 2014.

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Muito Além da Bola Rolando. Chico da Boleia, Itapira, SP, p. 12 - 12, 25 jan. 2014.

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. La democracia se pone las faldas: el avance femenino en las presidencias del cono-sur. Revista Latinoamericana de Desarrolo Humano PNUD - ONU, 10 nov. 2009.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. El que no salta es gorila: la memoria de las izquierdas sobre los Mundiales de Fútbol en dictadura (Brasil 1970, Argentina 1978). In: XI Jornadas de Sociologia UBA, 2015, Buenos Aires. Anais eletrônicos XI Jornadas de Sociologia UBA, 2015.

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. De quem é a Copa? A memória social da conquista argentina de 1978. In: X Encontro Internacional da ANPHLAC, 2013, São Paulo. Anais Eletrônicos do X Encontro Internacional da ANPHLAC, 2012.

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Argentina 78: outro olhar sobre a Copa do Mundo de Futebol. In: XXX International Congress of the Latin American Studies Association, 2012, São Francisco, Califórnia. LASA2012 CONGRESS PAPER ARCHIVE, 2012.

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. A memória da ditadura através do futebol: Brasil, Argentina e as Copas do Mundo. In: História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação, 2012, Rio de Janeiro. Anais do Seminário Internacional História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação, 2012. v. 1.

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. ?Derechos y Humanos?: a revista Gente na Argentina de 1978. In: I Seminário de PósGraduandos em História da UFF: Estudos de Imprensa no Brasil, 2012, Niterói. Anais do I Seminário de PósGraduandos em História da UFF: Estudos de Imprensa no Brasil. Niterói: PPGHISTÓRIA, 2009. p. 73-89.

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Copa do Mundo e ditadura civil-militar: o futebol como meio de consenso no Brasil e na Argentina nos ?70.. In: III Jornadas de Historia Política, 2011, Montevidéu. III Jornadas de Historia Política, 2011. v. 1.

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol em tempos de ditadura civil-militar. In: XXVI simpósio nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-SP, 2011. v. 1.

8.
MAGALHÃES, Lívia G.. Em campo: memória, consenso e cultura política no Brasil e Argentina nos ?70 através das Copas do Mundo de Futebol.. In: 5º Congresso Mundial da Associação Internacional de Estudos Americanos (IASA), 2011, Niterói. 5º Congresso Mundial da Associação Internacional de Estudos Americanos (IASA), 2011.

9.
MAGALHÃES, Lívia G.. ?Salve a seleção?: as muitas memórias da conquista a 40 anos do Tricampeonato Mundial de Futebol.. In: Vº Jornadas de Trabajo sobre Historia Reciente, 2010, Los Polvorines. Vº Jornadas de Trabajo sobre Historia Reciente, 2010.

10.
MAGALHÃES, Lívia G.. A luta pela memória no campo virtual: o olhar positivo da ditadura pelos jovens argentinos. In: IX Encontro da ANHPLAC, 2010, Goiânia. Anais IX Encontro da ANPHLAC, 2010.

11.
MAGALHÃES, Lívia G.. Copa do Mundo e Ditadura Militar: a memória da conquista de 1970 em Januária.. In: VIII Encontro Regional Sudeste de História Oral, 2009, Belo Horizonte. Copa do Mundo e Ditadura Militar: a memória da conquista de 1970 em Januária., 2009.

12.
MAGALHÃES, Lívia G.. Trece jugadores en campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina en los 70?.. In: XII Jornada Interescuelas, 2009, Bariloche, Argentina. XII Jornada Interescuelas, 2009.

13.
MAGALHÃES, Lívia G.. ?LA PELOTA NO DOBLA?: DITADURA MILITAR E COPA DO MUNDO NA ARGENTINA EM 1978. In: IV Semana de História Política, 2009, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos IV Semana de História Política, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. O poder na torcida: líderes militares e as Copas do Mundo - Brasil 1970 e Argentina 1978. In: I Simpósio de Estudos sobre Futebol, 2010, São Paulo. Caderno de resumos, 2010.

Artigos aceitos para publicação
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Os campeões do Rio da Prata: Futebol e ditadura na Argentina e no Uruguai. Hispania Nova, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. O dono do jogo: a 'era Havelange' na Fifa (1974-1998). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Mulheres, poder e política na América Latina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e poder: os usos políticos do esporte. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.; SCHERER, F. . O que são Direitos Humanos?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. Direitos humanos e violência de gênero: a importância dos feminismos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Nossa resposta. Gêneros e identidades no Brasil: uma luta política. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Lugar de Mulher. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MAGALHÃES, Lívia G.; SOUZA, D. A. . Debate 'Os subterrâneos do Futebol'. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
MAGALHÃES, Lívia G.. Debate: 'O ano em que meus pais saíram de férias'. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e arquivos: explorando o ?campo? de pesquisa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MAGALHÃES, Lívia G.; VASCONCELLOS, E. M. M. . A atuação política na América latina no campo da bola e da literatura. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MAGALHÃES, Lívia G.; CRUZ, E. A. ; PRUDENCIO, I. . Lugar de Mulher é onde ela quiser. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MAGALHÃES, Lívia G.; CUNHA, N. S. . Debate: 'Eu não sou um homem fácil'. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol: Lugar de Mulher. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol, ditaduras e memórias no Cone Sul. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
MAGALHÃES, Lívia G.; FREIXO, A. . Copa do Mundo 2018: Geopolítica e migração. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CABECEIRAS, Manuel R. ; MAGALHÃES, Lívia G. . Abertura do Simpósio. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e ditadura na América do Sul. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
MAGALHÃES, Lívia G.. Bate Bola Futebol e autoritarismo Brasil e América do Sul. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
MAGALHÃES, Lívia G.. Vida que segue: a memória da resistência na imagem de João Saldanha. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
CORDEIRO, Janaína M. ; MAGALHÃES, Lívia G. . Práticas cotidianas de colaboração, resistência e políticas de memória durante as ditaduras Latinoamericanas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
MAGALHÃES, Lívia G.. História e Biografia: A trajetória de João Havelange (1916-2016). 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

23.
MAGALHÃES, Lívia G.. Com a taça nas mãos: sociedade, Copa do mundo e ditadura no Brasil e na Argentina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
MAGALHÃES, Lívia G.. El que no salta es gorila: la memoria de las izquierdas sobre los Mundiales de Fútbol en dictadura (Brasil 1970, Argentina 1978). 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
MAGALHÃES, Lívia G.. Violência em campo: resistência e colaboração futebolística nas ditaduras civil-militares do Cone Sul. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e ditaduras no Cone Sul. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
MAGALHÃES, Lívia G.. Salve a seleção: futebol em tempos de ditadura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol nos tempos do condor. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
MAGALHÃES, Lívia G.. Política F.C. - O futebol na ditadura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e Ditadura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e ditadura no Cone Sul. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
MAGALHÃES, Lívia G.; SANTOS, Daniel de A. . Futebol, Memória e Relações Internacionais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

33.
MAGALHÃES, Lívia G.. La pelota no se mancha: el fútbol como consenso y resistencia en el cine del Cono Sur. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
MAGALHÃES, Lívia G.. CONADEP e os julgamentos na Argentina: debate e memória. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
MAGALHÃES, Lívia G.. Memória e Justiça na Argentina em dois tempos: anos 1980 e 2000. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
MAGALHÃES, Lívia G.. Mesa Redonda Comissões da Verdade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
MAGALHÃES, Lívia G.. Com a Taça nas mãos: Copa do Mundo e ditadura no Brasil e na Argentina. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
MAGALHÃES, Lívia G.. João sem medo ou João sem jeito? Saldanha e a ditadura civil-militar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

39.
MAGALHÃES, Lívia G.. El que no salta es subversivo? Los medios de comunicación y las críticas a Mundiales de Fútbol en Brasil y Argentina en tiempo de dictadura. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

40.
MAGALHÃES, Lívia G.. 'Argentina 78: otra mirada sobre el Mundial de Fútbol'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
MAGALHÃES, Lívia G.. De quem é a Copa? A memória social da conquista argentina de 1978. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

42.
MAGALHÃES, Lívia G.. Copa do Mundo e ditadura civil-militar: o futebol como meio de consenso no Brasil e na Argentina nos ?70.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol em tempos de ditadura civil-militar. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

44.
MAGALHÃES, Lívia G.. Em campo: memória, consenso e cultura política no Brasil e na Argentina nos '70 através das Copas do Mundo de Futebol. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

45.
MAGALHÃES, Lívia G.. O poder na torcida: líderes militares e as Copas do Mundo - Brasil 1970 e Argentina 1978.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

46.
MAGALHÃES, Lívia G.. Trece jugadores en el campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
MAGALHÃES, Lívia G.. "Derechos y Humanos". 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

48.
MAGALHÃES, Lívia G.. 'Salve a seleção': as muitas memórias da conquista a 40 anos do Tricampeonato de Futebol. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

49.
MAGALHÃES, Lívia G.. "La pelota no dobla": Política, futebol e ditadura na Argentina em 1978.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

50.
MAGALHÃES, Lívia G.. Copa do Mundo e Ditadura Militar: a memória da conquista de 1970 em Januária.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

51.
MAGALHÃES, Lívia G.. Trece jugadores en campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina en los 70?.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

52.
MAGALHÃES, Lívia G.; Leite, E.C.B.C . Comparando as formas de se imaginar e narrar a nação nas Américas: as experiências argentina, brasileira e norte-americana. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Entre autoritarismos e resistências: uma entrevista com Pilar Calveiro. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017 (Entrevista).

2.
CORDEIRO, Janaína M. ; MAGALHÃES, Lívia G. . História, cotidiano e memória social ? a vida comum sob as ditaduras no século XX. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017 (Organização de Dossiê).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. História e Esporte. Niterói 2014 (Organização de Dossiê).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. De novelas, sexo e rock? and roll: as relações amorosas em dias de revolução. Florienópolis: Editora Mulheres, 2010. (Tradução/Artigo).

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. Os bairros e o futebol na cidade de Buenos Aires de 1930. Campinas: Unicamp/IFCH, 2010. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Estudios Brasileños. 2018.

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Política Hoje, vol.27. 2018.

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Locus. 2018.

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Outrora. 2018.

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. Locus Revista de História. 2017.

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Mosaico. 2017.

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Oficina do Historiador. 2016.

8.
MAGALHÃES, Lívia G.. Estudos Ibero-americanos. 2016.

9.
MAGALHÃES, Lívia G.. História Social. 2015.

10.
MAGALHÃES, Lívia G.. Estudos Ibero-Americanos. 2015.

11.
MAGALHÃES, Lívia G.. Taller (Segunda Época). Revista de Sociedad, Cultura y Política en América Latina. 2015.

12.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista História (São Paulo). 2015.

13.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista Angelus Novus. 2015.

14.
MAGALHÃES, Lívia G.. Ars Histórica. 2014.

15.
MAGALHÃES, Lívia G.. Ars Histórica. 2014.

16.
MAGALHÃES, Lívia G.. PolHis - Boletín Bibliográfico Electrónico del Programa Buenos Aires de História Política. 2014.

17.
MAGALHÃES, Lívia G.. História e Cultura. 2014.

18.
MAGALHÃES, Lívia G.. Revista História Oral. 2014.

19.
MAGALHÃES, Lívia G.. Ars Histórica. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Entrevista - Lívia Gonçalves Magalhães. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Copa do Mundo de 1978 ajudou a divulgar crimes da ditadura da Argentina. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.; CASTRO, Lúcio de ; KFOURI, J. . Série Jogo Duro - A derrota do Brasil na Copa de 1966. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.; CASTRO, Lúcio de ; KFOURI, J. . Perseguição militar ao jogador Fernando Antunes Coimbra. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
MAGALHÃES, Lívia G.; CASTRO, Lúcio de ; KFOURI, J. . Série Jogo Duro - Eliminatórias da Copa de 1970. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Rivalidade de argentinos é maior com ingleses e uruguaios do que com brasileiros. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Chefe da segurança da seleção de 1970 era torturador, diz jornalista em seminário. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
MAGALHÃES, Lívia G.. Pra frente Brasil. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
MAGALHÃES, Lívia G.; CASTRO, Lúcio de ; KFOURI, J. . Série Jogo Duro - Intervenção do regime militar no futebol fora do Brasil. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
MAGALHÃES, Lívia G.. É tudo um jogo - O uso político do esport. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
MAGALHÃES, Lívia G.. Curso de Extensão gratuito sobre Ditadura Militar começou no sábado. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
MAGALHÃES, Lívia G.. Idealizador da Copa Roca misturou política e futebol há um século. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
MAGALHÃES, Lívia G.. 'Histórias do Futebol' analisa a presença do esporte na vida dos brasileiros e traz reproduções. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
MAGALHÃES, Lívia G.; Jardim, Marcela ; Joels, Camilla ; Motta, Fernanda . Clube da Bolinha, por Luluzinhas. 2010; Tema: Futebol. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
CORDEIRO, Janaína M. ; MAGALHÃES, Lívia G. . História, Cotidiano e Memória dos regimes autoritários do século XX. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Cultura e Relações Internacioanis. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Cinema e Ditaduras na América do Sul ? Brasil, Chile e Argentina. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e Ditadura no Cone Sul. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. 50 anos do Golpe. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e Relações Internacionais. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Cultura e Relações Internacionais. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. ; ALONSO, G. . Revista Contemporânea - Dossiê 1964-2014, 50 anos depois: a cultura autoritária em questão. 2014. (Editoração/Periódico).

9.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. ; ALONSO, G. . Revista Contemporênea - Dossiê História e Esporte. 2014. (Editoração/Periódico).

10.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. . Cinema, Ditaduras e Memória Brasil e América Latina. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. . Cinema, Ditaduras e Memória Brasil e América Latina. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e Relações Internacionais. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
MAGALHÃES, Lívia G.; RIBERTI, L. J. . Fotografia e cinema como fontes de análise dos passados autoritários latinoamericanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. . Cinema, Ditaduras e Memória Brasil e América Latina. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. ; ALONSO, G. . Revista Contemporânea - Dossiê História e Literatura. 2013. (Editoração/Periódico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MAGALHÃES, Lívia G.; HOLLANDA, B. B. B.; BITTENCOURT, M.. Participação em banca de Glauco José Costa Souza. "Adiantam-se bastante nos subúrbios". O desenvolvimento do futebol na região suburbana do Rio de Janeiro (1907-1924). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense.

2.
VIANNA, M. A. G.; CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.; SANTOS, R. F.. Participação em banca de Christóvão Moreira da Cruz Filho. A relação do regime militar com a seleção brasileira de futebol nas Copas de 1970 e 1974. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Salgado de Oliveira.

3.
HOLLANDA, B. B. B.; FERRERAS, N. O.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Rafael Soares Gonçalves. De Quintino ao Olimpo do futebol nacional: Zico e as mudanças no futebol brasileiro entre 1978 e 1985. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense.

4.
MAGALHÃES, Lívia G.; PORTO, César H. Q.; RODRIGUES, Rejane M. A.. Participação em banca de Matheus Felipe Barbosa e Alves. Batman Begins e a identidade contemporânea. 2015. Dissertação (Mestrado em Historia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

5.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M.; SETEMY, A.. Participação em banca de Leonardo Simões Canavez. A imagem collorida: a construção da candidatura de Fernando Collor de Mello através da imprensa. 2015. Dissertação (Mestrado em História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

6.
SETEMY, A.; CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Paulo Sérgio da Rocha Camargo. A criação da Eletrobrás no contexto da política nacionalista e da oposição liberal (1954-1962). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

Qualificações de Doutorado
1.
FERREIRA, J.; CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Bruno Duarte Rei. Celebrando a pátria amada: esporte e propaganda e consenso nos festejos do sesquicentenário da Independência do Brasil (1972). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Mestrado
1.
CARLONI, Karla G.; MAGALHÃES, Lívia G.; FREIRE, A.. Participação em banca de Andressa Cristina de Miranda do Carmo. Memória Fluminense: O golpe civil-militar de 1964 e o impeachment do governador Badger da Silveira. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

2.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.; ROLLEMBERG, D.. Participação em banca de Juliana Marques do Nascimento. Guerrilheiras, biografias e memória: a construção da figura da mulher militante nos ciclos de memória sobre a ditadura civil-militar Brasileira. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

3.
FERREIRA, D. W.; MAGALHÃES, Lívia G.; MUNOZ, P.. Participação em banca de Iugh Andrade Mattar. A Copa do Mundo de 1998, política e identidade: o Brasil frente à França no trabalho de reelaborar as perdas. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Historia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

4.
SOIHET, Rachel.; MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M.. Participação em banca de Bárbara Romano Athila Freixo. A intimidade política: uma análise dislógica do particular (mais que) infinito de Gilka Machado. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

5.
HOLLANDA, B. B. B.; CARLONI, Karla G.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Glauco José Costa Souza. O futebol visto de baixo: O processo de desenvolvimento desse esporte nas camadas populares do Rio de Janeiro nas primeiras décadas do século XX (1907 ? 1924). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Fluminense.

6.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M.. Participação em banca de Leonardo Simões Canavez. A imagem Colorida: a construção da candidatura de Fernando Collor através da imprensa. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História) - UNIVERSIDADE DE VASSOURAS.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Andressa Coelho Maxnuck Soares. Políticas públicas de gênero: consonância dos instrumentos legislativos com o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Diana de Almeida.Nas trincheiras da educação: as trajetórias de estudantes e professores na batalha de gênero no Júlio de Castilhos, Porto Alegre. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

2.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Diego de Oliveira Magalhães.Políticas educacionais do governo de Carlos Lacerda na Guanabara (1960-1965). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

3.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Rodrigo da Cunha Tourinho.Collor entre o verde e o amarelo. os disfarces do velho presente no novo na construção da campanha presidencial de Collor em 1989. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

4.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Rafael Menezes Pereira.Crise social da década de 1980 sob a perspectiva de "Pixote, a lei do mais fraco". 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

5.
ALMEIDA, Juniele R.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Jamille Pereira Zaccur.História das mulheres e das relações de gênero. Um estudo sobre a consolidação do campo de pesquisa na historiografia, na escola e na sociedade.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

6.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Karla Quintanilha Gomes.Vitrine ou espelho: o espaço do negro nas telenovelas brasileiras (1965-1985). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

7.
SCHITTINO, R. T.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Renata Georgia da Silva Verdiano.Origens do imperialismo cultural norte-americano na América Latina através das animações da Disney e suas implicações na definição dos padrões comportamentais das mulheres nos dias atuais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

8.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Isabella Villarinho Pereyra.História, Cotidiano e autoritarismo: os trabalhadores da rede ferroviária federal e a ditadura civil-militar no Brasil (1968-1974). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

9.
MACIEL, L. A.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Pablo Andrade Afonso.A mudança da capital federal e o estado da Guanabara: disputas entre projetos no legislativo federal e na imprensa carioca. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

10.
FERRERAS, Norberto O.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Gabriel Angello Gomes Medeiros.Os impactos do neoliberalismo no futebol brasileiro nos anos de 1990: análise sobre a ida de Romário ao Flamengo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

11.
SECRETO, Maria Véronica; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Aline Andrade da Silva.Memória camponesa no Rio de Janeiro: conflito agrário de Fazenda Lagoinha ? Cachoeira de Macacu (1969 ? 1976). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense.

12.
MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Dandara Oliveira de Paula.Direitos Humanos e as Mulheres na América Latina. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Jefferson Basílio.?Entre a repressão e a rosa vermelha: Perspectivas e impasses do Coronel Cerqueira à frente da segurança pública do Rio de Janeiro (1983-1987)?. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal Fluminense.

14.
CORDEIRO, Janaína M.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de Marina Araujo Rocha.?A nova roupa da direita: o Movimento Brasil Livre, a juventude e a (re)ascensão do neoliberalismo no Brasil?. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal Fluminense.

15.
SANTOS, R. O.; MAGALHÃES, Lívia G.. Participação em banca de José Alberto Barbosa Júnior.Além da Cooperação: uma análise da atuação do grupo Odebrecht em Angola.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ANDRADE, R. P.; LOPES, Raimundo H.; MAGALHÃES, Lívia G.; MONTALVAO, Sérgio; MORAES, Renata F.. Concurso Público de Provas de Títulos para a Carreira de Magistério Superior área de conhecimento História do Brasil República - Santo Antônio de Pádua. 2017. Universidade Federal Fluminense.

Outras participações
1.
CARLONI, Karla G.; MAGALHÃES, Lívia G.; TERRA, Paulo. C.. Seleção Monitoria Brasil Republicano. 2018. Universidade Federal Fluminense.

2.
FERRERAS, Norberto O.; MAGALHÃES, Lívia G.; DEZEMONE, M. A. O.. Seleção Doutorado em História (PPGH). 2018. Universidade Federal Fluminense.

3.
ADDOR, C.; MAGALHÃES, Lívia G.; IEGELSKI, F.. Seleção Mestrado em História (PPGH). 2017. Universidade Federal Fluminense.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
A política das Copas - História e memória dos mundiais da Fifa (1978-2018).40 anos da Copa do Mundo da Argentina de 1978: futebol e ditaduras na América Latina. 2018. (Encontro).

2.
Encontro Internacional e XVIII Encontro de História da Anpuh-Rio: História e Parcerias.Coordenadora da mesa: Ditaduras, regimes autoritários e processos de transição no século XX: história e memória. 2018. (Encontro).

3.
III Simpósio Internacional de Estudos sobre Futebol - Políticas, Diversidades e Intolerâncias.Memórias Argentina 1978: Copa do povo ou da ditadura?. 2018. (Simpósio).

4.
III Simpósio Internacional de Estudos sobre Futebol - Políticas, Diversidades e Intolerâncias. 2018. (Simpósio).

5.
IV Congresso dell'Associazone Internazionale AREIA. O dono do jogo: a "era Havelange" na Fifa (1974-1998). 2018. (Congresso).

6.
La Coupe du Monde de Football: entre Europe et Amériques.40 years later: memories and heritage of the Argentinian 1978 World Cup. 2018. (Seminário).

7.
V Seminário Internacional do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Esporte e Sociedade.Esportes em estudos interdisciplinares. 2018. (Seminário).

8.
V Seminário Internacional do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Esporte e Sociedade.Moderadora da mesa: Perspectivas comparativas sobre esportes. 2018. (Simpósio).

9.
XIII Jornadas de Estudos Históricos Professor Manoel Salgado.Coordenadora da mesa: Ditaduras no Cone Sul. 2018. (Outra).

10.
III Jornadas de Trabajo Red de Estudios sobre Represión y Violencia Política (RER).El juego violento: fútbol y represión bajo dictaduras. 2017. (Outra).

11.
Jogar sem bola 2 ? pensando o futebol.Torcer ou não torcer? O cotidiano de Copas do Mundo em ditaduras. 2017. (Outra).

12.
Oficina de Realidade Virtual e Tecnologias 3D: aplicações para Patrimônio Cultural. 2017. (Oficina).

13.
Simpósio Internacional Guerra Fria: entre o local e o global.Futebol e ditaduras na América do Sul: nacionalismo, cooperação e resistência. 2017. (Simpósio).

14.
XXIX Simpósio Nacional de História - Contra os preconceitos: História e Democracia.O dono do jogo: João Havelange e a memória do esporte mundial. 2017. (Simpósio).

15.
8 Congreso Internacional CEISAL. Práticas cotidianas de colaboração, resistência e políticas de memória durante as ditaduras Latinoamericanas. 2016. (Congresso).

16.
BRASA XIII. Vida que segue: a memória da resistência na imagem de João Saldanha. 2016. (Congresso).

17.
II Curso de Verão ?A problemática do refúgio em uma perspectiva global?,. 2016. (Outra).

18.
Colóquio Internacional Violência Política no Século XX.Violência em campo: resistência e colaboração futebolística nas ditaduras civil-militares. 2015. (Outra).

19.
Democracia e Autoritarismo na América do Sul no século XX.Com a taça nas mãos: sociedade, copa do mundo e ditadura no Brasil e na Argentina. 2015. (Outra).

20.
XI Jornadas de Sociologia.El que no salta es gorila: la memoria de las izquierdas sobre los Mundiales de Fútbol en dictadura (Brasil 1970, Argentina 1978). 2015. (Outra).

21.
1964: 50 anos depois.Futebol, sociedade e ditadura. 2014. (Seminário).

22.
1964: 50 anos depois.Futebol e Ditadura. 2014. (Seminário).

23.
1964: 50 anos depois. 2014. (Seminário).

24.
A ditadura faz 50 anos: Passado, presente e futuro.Salve a seleção: futebol em tempos de ditadura. 2014. (Outra).

25.
Ditaduras latino-americanas: entre História e Memória.Futebol e ditadura no Cone Sul. 2014. (Seminário).

26.
II Simpósio Internacional de Estudos sobre Futebol.Futebol, Memória e Relações Internacionais. 2014. (Simpósio).

27.
II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE FUTEBOL.Futebol, memória e Relações Internacionais. 2014. (Simpósio).

28.
Mesa Redonda Comissões da Verdade.Comissões da Verdade no Cone Sul. 2014. (Outra).

29.
Política FC - o futebol na ditadura.90 milhões em ação?. 2014. (Seminário).

30.
Seminário NEC 20 anos.Futebol e ditaduras no Cone Sul. 2014. (Seminário).

31.
XI ENCONTRO INTERNACIONAL DA ANPHLAC.Memória e Justiça na Argentina em dois tempos: anos 1980 e 2000. 2014. (Encontro).

32.
XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas..Ditaduras, Justiças de Transição e memória no Brasil e na América Latina. 2014. (Encontro).

33.
XVI Encontro Regional de História da Anpuh-RJ: Saberes e práticas científicas.ST 016. Ditaduras, justiças de transição e memória no Brasil e na América Latina. 2014. (Encontro).

34.
XXXII International Congress of the Latin American Studies Association. La pelota no se mancha: el fútbol como consenso y resistencia en el cine del Cono Sur. 2014. (Congresso).

35.
XXXII International Congress of the Latin American Studies Association. La Mamoria y los Derechos Humanos en el Cine y la Literatura. 2014. (Congresso).

36.
3rd International Forum on Sport for Peace and Development. 2013. (Outra).

37.
Seminário Vidas e trajetórias durante a Ditadura (1964-1985).João sem medo ou João sem jeito? Saldanha e a ditadura civil-militar. 2013. (Seminário).

38.
VII Jornadas de História e II Jornada de História EAD.Com a taça nas mãos. 2013. (Outra).

39.
XXXI International Congress of the Latin American Studies Association. El que no salta es subversivo? Los medios de comunicación y las críticas a Mundiales de Fútbol en Brasil y Argentina en tiempos de dictadura. 2013. (Congresso).

40.
História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação.A memória da ditadura através do futebol: Brasil, Argentina e as Copas do Mundo. 2012. (Seminário).

41.
Nuestra América: das lutas anti-coloniais ao tempo presente. 2012. (Simpósio).

42.
X Encontro Internacional da ANPHLAC.O legado da última ditadura civil-militar na Argentina contemporânea: memória, esquecimento, resignificações. 2012. (Encontro).

43.
X Encontro Internacional Da ANPHLAC.De quem é a Copa? A memória social da conquista argentina de 1978. 2012. (Encontro).

44.
XI Encontro Nacional de História Oral."A Copa do mundo é nossa!": sociedade, futebol e ditadura no Brasil e na Argentina. 2012. (Encontro).

45.
XXX International Congress of the Latin American Studies Association. Argentina 78: outro olhar sobre a Copa do Mundo de Futebol. 2012. (Congresso).

46.
5 Congresso Mundial da Associação Internacional de Estudos Americanos (IASA). Em campo: memória, consenso e culturas políticas no Brasil e na Argentina nos 70 através das Copas do Mundo. 2011. (Congresso).

47.
III Jornadas de Historia Política.Copa do Mundo e ditadura civil-militar: o futebol como meio de consenso no Brasil e na Argentina nos ?70.. 2011. (Outra).

48.
XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA.Futebol em Tempos de Ditadura Civil-Militar. 2011. (Simpósio).

49.
I Seminário de pós-graduandos em História - Estudos de Imprensa no Brasil."Derechos y Humanos". 2010. (Seminário).

50.
I Simpósio de Estudos sobre Futebol.O poder na torcida: líderes militares e as Copas do Mundo - Brasil 1970 e Argentina 1978.. 2010. (Simpósio).

51.
Taller de Investigación Dirigida."Trece jugadores en el campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina en los ?70". 2010. (Outra).

52.
Vº Jornadas de Trabajo sobre Historia Reciente.?Salve a seleção?: as muitas memórias da conquista a 40 anos do Tricampeonato Mundial de Futebol.. 2010. (Outra).

53.
Caminhos Cruzados. 2009. (Seminário).

54.
IV Semana de História Política."La pelota no dobla": Política, futebol e ditadura na Argentina em 1978.. 2009. (Seminário).

55.
VIII Encontro Regional Sudeste de História Oral. Copa do Mundo e Ditadura Militar: a memória da conquista de 1970 em Januária.. 2009. (Congresso).

56.
XII Jornada Interescuelas. Trece jugadores en campo: medios de comunicación, dictaduras militares y mundiales de fútbol en Brasil y Argentina en los 70?.. 2009. (Congresso).

57.
1968 ? 40 anos depois: História e Memória. 2008. (Seminário).

58.
Problemas de Historia Reciente del Cono Sur. 2007. (Simpósio).

59.
XI Jornadas Interescuelas. 2007. (Congresso).

60.
Los sentidos Contemporáneos de América Latina. 2006. (Simpósio).

61.
ANPUH Regional Democracia e Conflito. 2004. (Simpósio).

62.
Otra mirada sobre América Latina. 2004. (Seminário).

63.
Seminário Vasconcelos Torres.Comparando formas de se imaginar e narrar a nação nas Américas: as experiências brasileira, argentina e norte-americana. 2004. (Seminário).

64.
Sociedade em rede: cidadania e democracia no ciberespaço. 2004. (Seminário).

65.
ANPUH Nacional Historia no novo milenio: entre o individual e o coletivo. 2001. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MAGALHÃES, Lívia G.; HOLLANDA, B. B. B. ; FONSECA, Vivian L. ; MEDEIROS, Jimmy . A política das Copas ? História e memória dos Mundiais da Fifa (1978-2018). 2018. (Outro).

2.
MAGALHÃES, Lívia G.; FREIXO, A. . Para além das quatro linhas: Futebol, Política e Sociedade. 2018. (Outro).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.; ROJO, L. F. . V Seminário Internacional do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Esporte e Sociedade. 2018. (Outro).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.; CORDEIRO, Janaína M. ; REIS FILHO, Daniel A. . 1968, os desafios de uma reflexão crítica. 2018. (Outro).

5.
CORDEIRO, Janaína M. ; MAGALHÃES, Lívia G. ; SCHITTINO, R. T. . II Colóquio sobre violência política no século XX. 2017. (Outro).

6.
TERRA, P. C. ; MAGALHÃES, Lívia G. . Cine NEC/PET. 2017. (Outro).

7.
MAGALHÃES, Lívia G.. Seminário NEC 20 anos. 2014. (Outro).

8.
MAGALHÃES, Lívia G.. Seminário 1964: meio século depois. 2014. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Nathalia Fernandes Pessanha. Arquibancada feminina: as torcedoras dos clubes cariocas e a relação de gênero dentro das torcidas. Da fundação da ASTORJ ao nascimento da FLU Mulher. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Aline Pinho Nunes. Não as matem! O assassinato as mulheres adúlteras no Rio de Janeiro da Primeira República (1901-1910). Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

2.
Yasmin de Castro Ramalho. Da espetacularização ao pertencimento: Uma nova forma de torcer. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

3.
Mariana da Silva Reis. Políticas de Gênero e o SUS. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

4.
Filipe Ralha Dias. São Januário e o uso político do estádio na "Era Vargas" (1930-1945). Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

5.
Matheus Morais da Costa. Quando o grito foi por anistia: a FLANISTIA e o torcer como forma de resistir (1979-1985). Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

6.
Jéssica Hudson de Souza Costa. A mudança do perfil da mulher imigrante no Brasil: Entre imigração europeia no século XIX e XX e o refúgio no século XXI. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

7.
Ana Cláudia de Souza Accorsi Miranda. ?Sapatonas? em movimento: a trajetória do Movimento Lésbico no Brasil. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Thais Gabrich Gueiros Pinheiro. O dono do jogo: João Havelange presidente da FIFA (1974-1998). Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Glauco José Costa Souza. "Adiantam-se bastante nos subúrbios". O desenvolvimento do futebol na região suburbana do Rio de Janeiro (1907-1924). 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Fluminense, . Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gabriel Estrella D'Avila. "Vence o Fluminense, usando a fidalguia?. Profissionalização e Identidade no Fluminense Football Club.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

2.
Gabriel Félix Fialho Tavares. Meio de Campo, lidera uma nova era: Afonsinho e a luta pelo passe livre, mais uma etapa na profissionalização do futebol brasileiro.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

3.
Gabriel da Costa Santos. O escoteiro, o estádio e o presídio: uma análise dos usos políticos do estádio Caio Martins em Niterói (1941-1964). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

4.
Hugo Goés Adriano. Uma legião de fãs: a torcida organizada do Vasco no Estado Novo. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

5.
Tiago Antônio Menezes da Silva. História e Cinema: análise do documentário "A revolução não será televisionada" como fonte histórica. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

6.
Mateus Henriques de Souza. O trabalho escravo nas divisões de base do futebol brasileiro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

7.
Isadora Braz dos Santos Toledo Cabral. Alegria do poder feminino: o papel do seriado Buffy, a caça-vampiros (1997-2003) na transição entre a segunda e a terceira onda do feminismo.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

8.
Maria Clara Martins Cavalcanti. ?A cor morena do Brasil fagueiro?: Gênero e mestiçagem nas músicas de Lamartine Babo (1932-1944). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

9.
Nathalia Fernandes Pessanha. ?FILHOS DA REVOLUÇÃO?. AS TORCIDAS JOVENS CARIOCAS COMO ESPAÇO DE SOCIABILIDADE DA JUVENTUDE NOS ANOS DE CHUMBO. (1968 - 1971). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

10.
Livia de Vasconcelos R. R. Siqueira. A atuação do jornal El Mercurio no período que antecede o golpe civil-militar no chile. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.

11.
Nathalia Caroline Silva de Lima. Diplomacia pública e mídias sociais - uma análise de discurso da Missão dos Estados Unidos no Brasil no Facebook. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Lívia Gonçalves Magalhães.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MAGALHÃES, Lívia G.. Bate Bola Futebol e autoritarismo Brasil e América do Sul. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MAGALHÃES, Lívia G.. Mulheres, poder e política na América Latina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e poder: os usos políticos do esporte. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MAGALHÃES, Lívia G.; SCHERER, F. . O que são Direitos Humanos?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MAGALHÃES, Lívia G.. Direitos humanos e violência de gênero: a importância dos feminismos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MAGALHÃES, Lívia G.. Lugar de Mulher. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MAGALHÃES, Lívia G.; SOUZA, D. A. . Debate 'Os subterrâneos do Futebol'. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol e arquivos: explorando o ?campo? de pesquisa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MAGALHÃES, Lívia G.; VASCONCELLOS, E. M. M. . A atuação política na América latina no campo da bola e da literatura. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MAGALHÃES, Lívia G.; CRUZ, E. A. ; PRUDENCIO, I. . Lugar de Mulher é onde ela quiser. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MAGALHÃES, Lívia G.. Futebol: Lugar de Mulher. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


1) Coordenadora do Núcleo de Estudos Contemporâneos (NEC) da UFF, 2017. 2) Integrante da Rede de investigação "Direitas, História e Memória" - http://direitashistoria.net/; 3) Integrante da International Network on Political Violence; 4) Membro Associação Nacional de História (Anpuh); 5) Membro da Brazilian Studies Association (BRASA). 7) Membro da Latin American Studies Association (LASA)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 2:45:09