Maria Thereza David João

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5531403602945012
  • Última atualização do currículo em 11/12/2018


Doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), na qual desenvolveu pesquisa na área de Egiptologia sob orientação do professor Dr. Marcelo Rede com fomento do CNPq. Entre 2012 e 2013 realizou seu doutorado sanduíche na Université Paris-Sorbonne (Paris IV) sob orientação da Prof. Dominique Valbelle. É mestre em História Antiga pela Universidade Federal Fluminense, onde defendeu dissertação intitulada "Dos Textos das Pirâmides aos Textos dos Sarcófagios: a "democratização" da imortalidade como um processo sócio-político", com apoio da CAPES. Bacharel e licenciada em História pela Universidade Federal do Paraná, na qual realizou por dois anos pesquisa de iniciação científica com bolsa PIBIC/CNPq. É membro do LAOP (USP) desde 2010 e do NIEP-Marx-PréK (UFF) desde 2014. Atualmente é professora do Centro Universitário Internacional (UNINTER) e trabalha na educação básica no Colégio Suíço-Brasileiro de Curitiba. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Thereza David João
Nome em citações bibliográficas
JOÃO, Maria Thereza David


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2015
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Université Paris-Sorbonne (Paris IV) (Orientador: Dominique Valbelle).
Título: Estado e elites locais no Egito do final do IIIº milênio a.C, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Marcelo Rede.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 - 2008
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Dos Textos das Pirâmides aos Textos dos Sarcófagos: a "democratização" da imortalidade como um processo sócio-político,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Marcelo Rede.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Egito antigo.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval / Especialidade: Egiptologia.
2002 - 2006
Graduação em Curso de História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Estelas funerárias, memória e poder.
Orientador: Renan Frighetto.




Formação Complementar


2018 - 2018
Intensive English + Business Intensive. (Carga horária: 90h).
EC Malta, EC, Malta.
2017 - 2017
Evasão: Práticas de Retenção. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2017 - 2017
Interdisciplinaridade: um conceito e muitas práticas. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2017 - 2017
Novas Metodologias para sala presencial, semipresencial e EaD. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2017 - 2017
Neurociência e a aprendizagem do adulto. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2017 - 2017
Docência e Inovação na Educação Superior. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2017 - 2017
A postura docente em sala de aula. (Carga horária: 3h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2016 - 2016
Curso de Libras - Nível Básico. (Carga horária: 40h).
Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
2015 - 2015
Taller Oficial Sobre Historia. (Carga horária: 20h).
La Asociación de colegios IB del Río de la Plata, ACBIRP, Argentina.
2011 - 2011
Cours Intensif de Français. (Carga horária: 40h).
Alliance Française Paris, AF, França.
2011 - 2011
Linguagem e Crítica Cinematográfica. (Carga horária: 15h).
Fundação da UFPR para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Cultura, FUNPAR, Brasil.
2006 - 2009
Língua Francesa.
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2007 - 2007
Ética, poder e participação no mundo antigo. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Escrita Egípcia Antiga IV. (Carga horária: 18h).
Centro Universitário Campos de Andrade, UNIANDRADE, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Escrita Egípcia Antiga III. (Carga horária: 18h).
Centro Universitário Campos de Andrade, UNIANDRADE, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Escrita Egípcia Antiga I. (Carga horária: 18h).
Centro Universitário Campos de Andrade, UNIANDRADE, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Escrita Egípcia Antiga II. (Carga horária: 18h).
Centro Universitário Campos de Andrade, UNIANDRADE, Brasil.
2002 - 2004
Língua Italiana.
Centro de Cultura Italiana Paraná-Santa Catarina, CCI, Brasil.
1995 - 2000
Língua Inglesa.
Cultura Inglesa, CI, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
Professora da disciplina História das Américas no curso de Bacharelado em Relações Internacionais

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Ensino Superior - História, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina História e Historiografia da Antiguidade Oriental no curso de Licenciatura em História

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina Antiguidade Oriental no curso de Licenciatura em História

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina Prática Profissional: Ensino de História, Linguagens e Fontes, no curso de Licenciatura em História

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina de História da América no curso de Licenciatura em História

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina de Arqueologia no curso de Licenciatura em História

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Professora da disciplina História Antiga no curso de Licenciatura em História


Schweizerschule Curitiba (Colégio Suíço Brasileiro), CHPR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 22
Outras informações
Professora de História, Filosofia e Sociologia


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Carga horária: 20


Colégio Dom Bosco, DB, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12
Outras informações
Professora de História do Ensino Fundamental II

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Professora de História do Ensino Fundamental II


Colégio SESC São José, SSJ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12
Outras informações
Professora de História do Ensino Médio


Colégio Nossa Senhora Medianeira - Matriz, CNSM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora Substituta de História (EM), Carga horária: 9


Escola Municipal Telêmaco Gonçalves Maia, EMTGM, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor I - História, Carga horária: 16


Escola Municipal Deputado Hilton Gama, EMDHG, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor II - História, Carga horária: 20


Colégio Estadual Mauá, CE MAUA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor II - História, Carga horária: 20


Escola Estadual Capitão Oswaldo Ornellas, EECON, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor II - História, Carga horária: 20


Grupo Educacional Miranda Barroso, GEMB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de Ensino Médio e Fundamental, Carga horária: 25


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CNPq - Mestrado


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista de iniciação científi, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC - CNPq, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Bolsista de iniciação científi, Enquadramento Funcional: Outro - Bolsista PIBIC-CNPq, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2004 - 2005
Os sertões do Tibagi e a expansão de Curitiba na segunda metade do século XVIII
Descrição: A partir de relatórios redigidos pelo ajudante de ordens do governador da capitania de São Paulo, Afonso Botelho de Sampaio e Souza, prestando contas sobre os "sucessos" das expedições exploradoras dos sertões do Tibagi, pretende-se compreender aspectos gerais da política de povoamento empreendida pela coroa portuguesa, na segunda metade do século XVIII, bem como o papel da comunidade curitibana na execução de tal política. Este plano de trabalho contempla, como indicou o historiador Brasil Pinheiro Machado, o estudo de um importante "capítulo da história do Paraná" e vincula-se ao projeto Povoamento e ocupação territorial do Brasil meridional; a vila de Curitiba no século XVIII..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Thereza David João - Integrante / Antonio Cesar de Almeida Santos - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2004 - 2004
Uma análise político-ideológica de estelas funerárias egípcias
Descrição: Através de estelas funerárias provenientes da região de Abidos (Médio Império - XII e XIII dinastias), importante centro de peregrinação no Egito antigo, procurar-se-á demonstrar que, para além de uma dimensão religiosa - qual seja, promover a participação do morto nas festas osiríacas anuais e, por conseguinte, nos mistérios de Osíris -, tais monumentos possuem também uma dimensão política. Uma vez que as festas de Osíris, em Abidos, estavam incluídas nas cerimônias de renovação anuais, decisivas para o restabelecimento e continuidade de maat, pretende-se demonstrar que a crença em um mundo dos mortos está vinculada a uma estrutura de poder. O objetivo, então, é o de demonstrar que as estelas de Abidos, ao preservarem a memória social e individual de membros de uma elite (no caso, altos funcionários da corte), corroboram para a manutenção do status quo, e afirmam a posição desta como auxiliar do faraó na manutenção da ordem..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Thereza David João - Coordenador.
2003 - 2004
A expansão de Curitiba no século XVIII; Afonso Botelho e os sertões do Tibagi
Descrição: A partir de relatórios redigidos por Afonso Botelho de Sampaio e Souza, ajudante de ordens do governador da capitania de São Paulo, sobre as expedições de exploração dos sertões do Tibagi, pretende-se compreender aspectos gerais da política de povoamento empreendida pela coroa portuguesa, na segunda metade do século XVIII, bem como o papel da comunidade curitibana na execução de tal política. Este plano de trabalho vincula-se às preocupações do projeto Povoamento e ocupação territorial do Brasil meridional; a vila de Curitiba no século XVIII, na medida em que contempla o estudo de um importante "capítulo da história do Paraná", como indicou o historiador Brasil Pinheiro Machado. Este projeto insere-se nas atividades do CEDOPE - Centro de Documentação e Pesquisa da História dos Domínios Portugueses (séculos XV-XIX), do Departamento de História da Univbersidade Federal do Paraná..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Thereza David João - Integrante / Antonio Cesar de Almeida Santos - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Membro de corpo editorial


2005 - Atual
Periódico: Cantareira (UFF) (1677-7794)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval/Especialidade: Egiptologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2009
Certificado de Proficiência em Língua Francesa, CAPES/CNPq.
2009
Certificado de Proficiência em Língua Francesa (DELF B2), Ministère de L'Éducation Nationale, de L'Enseignement Supérieur et de la Recherche.
2006
1a colocada na seleção de Mestrado do PPGH-UFF/ Banca de História Antiga, UFF.
2004
3a. colocada na banca de História do Evento de Iniciação Científica (EVINCI)., UFPR.
2000
Obtenção de diploma de proficiência em inglês (FCE), Cambridge University.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
JOÃO, Maria Thereza David2009JOÃO, Maria Thereza David. As Admoestações de Ipu-Ur: Reflexões sobre a sociedade egípcia do Primeiro Período Intermediário. Nearco (Rio de Janeiro), v. n.1, p. 1-11, 2009.

2.
JOÃO, Maria Thereza David2008JOÃO, Maria Thereza David. Relações de patronato no Egito antigo (2134-2040 A.C). Nearco (Rio de Janeiro), v. 1, p. n.1, 2008.

3.
JOÃO, Maria Thereza David2005JOÃO, Maria Thereza David. Heródoto e o testamento de Udjahor-Resenet. Cantareira (UFF), Niterói, 2005.

4.
JOÃO, Maria Thereza David2005JOÃO, Maria Thereza David. Afonso Botelho e os Sertões do Tibagi. Revista Vernáculo, v. 11, p. 87-94, 2005.

5.
JOÃO, Maria Thereza David2005JOÃO, Maria Thereza David. Osíris e a promessa de imortalidade. Scripta UNIANDRADE, v. 06, p. 69-76, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Tópicos de História Antiga Oriental. Curitiba: IBPEX, 2009. 143p .

2.
JOÃO, Maria Thereza David; BRODBECK, Martha . Acessando a História: 6o ano. Curitiba: Módulo Editora, 2009.

3.
JOÃO, Maria Thereza David; BRODBECK, Martha . Acessando a História: 7o ano. , 2009.

4.
JOÃO, Maria Thereza David; BRODBECK, Martha . Acessando a História: 8o ano. Curitiba: Módulo Editora, 2009.

5.
JOÃO, Maria Thereza David; BRODBECK, Martha . Acessando a História: 9o ano. Curitiba: Módulo Editora, 2009.

6.
JOÃO, Maria Thereza David; JOANILHO, André L. ; VASCONCELOS, J. A. . História - 7o ano. 2. ed. Curitiba: Módulo, 2009. 208p .

7.
JOÃO, Maria Thereza David; JOANILHO, André L. ; VASCONCELOS, J. A. . História - 8o ano. 2. ed. Curitiba: Módulo, 2009. 192p .

8.
JOÃO, Maria Thereza David; JOANILHO, André L. ; VASCONCELOS, J. A. . História - 9o ano. 2. ed. Curitiba: Módulo, 2009. 200p .

9.
JOANILHO, André L. ; JOÃO, Maria Thereza David ; VASCONCELOS, J. A. . História - 6o ano. 2. ed. Curitiba: Módulo, 2006. v. 4. 208p .

Capítulos de livros publicados
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Implicações econômicas dos templos egípcios e a constituição de poderes locais: um estudo sobre o Reino Antigo. In: Antonio Brancaglion Jr.; Thais Rocha da Silva; Rennan de Souza Lemos; Raizza Teixeira dos Santos. (Org.). Semna ? Estudos de Egiptologia. 1ed.: , 2014, v. , p. 103-111.

2.
JOÃO, Maria Thereza David. Literatura e Antigo Egito. In: Margaret Marchiori Bakos; Júlia Silveira Mattos; Gregory da Silva Balthazar. (Org.). Diálogos com o mundo faraônico. Rio Grande: FURG, 2009, v. , p. 131-140.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
JOÃO, Maria Thereza David. O lugar do feminino no Egito. As características da sociedade em que se destacou Cleópatra VII. Aventuras na História, São Paulo, p. 34 - 34, 01 abr. 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Do templário ao funerário no Egito antigo: o exemplo do Ritual de Abertura da Boca. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL HISTÓRIA, 2011, São Paulo. ANAIS DO XXVI SIMPÓSIO NACIONAL HISTÓRIA, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
JOÃO, Maria Thereza David. O lugar das elites locais na organização e distribuição do poder no Egito faraônico à luz do contexto do Reino Antigo e Primeiro Período Intermediário. In: XVI Encontro Regional de HIstória da ANPUH-Rio: Saberes e Práticas Científicas, 2014, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do XVI Encontro Regional de HIstória da ANPUH-Rio: Saberes e Práticas Científicas. Rio de Janeiro: Ed. ANPUH Rio, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
JOÃO, Maria Thereza David. A literatura funerária como fonte de estudo sobre a monarquia faraônica: Os Textos das Pirâmides. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
JOÃO, Maria Thereza David. O Estado egípcio durante o Reino Antigo (2686-2160 B.C): entre práticas e teoria. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
JOÃO, Maria Thereza David. Metodologias Inovadoras no Ensino de História: exemplos e reflexões. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
JOÃO, Maria Thereza David. O orientalismo no ensino sobre o Antigo Egito no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
JOÃO, Maria Thereza David. Mecanismos de controle e mobilidade social no Reino Antigo: o caso das elites provinciais e sua atuação na reprodução de lógicas estatais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
JOÃO, Maria Thereza David. O TEMPLO COMO UM MICROCOSMOS: UMA ANÁLISE DA ARTE E ARQUITETURA TEMPLÁRIA NO ANTIGO EGITO.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
JOÃO, Maria Thereza David. O percurso interdisciplinar da Egiptologia brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
JOÃO, Maria Thereza David. Elites e Estado no Egito Antigo: revisitando a historiografia do Primeiro Período Intermediário. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
JOÃO, Maria Thereza David; SCOVILLE, P. ; FRONZA, V. . A religião egípcia: princípios, práticas e intercâmbios. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
JOÃO, Maria Thereza David. O parentesco como lógica estatal no Egito do Reino Antigo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
JOÃO, Maria Thereza David. O lugar das elites locais na organização e distribuição do poder no Egito faraônico à luz do contexto do Reino Antigo e Primeiro Período Intermediário.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
JOÃO, Maria Thereza David. Reflexões sobre o Estado egípcio como práxis social. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
JOÃO, Maria Thereza David. Apontamentos sobre religião funerária: o contexto de produção dos Textos dos Sarcófagos.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
JOÃO, Maria Thereza David. Capital versus Províncias? Reflexões sobre as relações entre poder central e poderes locais no Egito da VI dinastia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
JOÃO, Maria Thereza David. Implicações econômicas dos templos egípcios e a constituição de poderes locais: um estudo sobre o Reino Antigo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
JOÃO, Maria Thereza David. Do profano ao divino: uma análise dos ?paraísos? agrários de Osíris como transfiguração da realidade social. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
JOÃO, Maria Thereza David. Elites provinciais e atividades de culto durante o Reino Antigo: a VI dinastia egípcia e suas transformações.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
JOÃO, Maria Thereza David. Do templário ao funerário no Egito Antigo: o exemplo do Ritual de Abertura da Boca. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
JOÃO, Maria Thereza David. Visões sobre a morte no Antigo Egito: uma análise do Diálogo de um homem com seu ba. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
JOÃO, Maria Thereza David. DIMENSÔES DA CULTURA NOMARCAL NO EGITO DO III MILÊNIO A.C: O CASO DA ?DEMOCRATIZAÇÃO? DA IMORTALIDADE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
JOÃO, Maria Thereza David. Representações egípcias acerca da morte: o destino osiriano nos Textos dos Sarcófagos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
JOÃO, Maria Thereza David. Egiptologia e Teoria Literária: um modelo de análise. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
JOÃO, Maria Thereza David. No terraço do Grande Deus: Osíris e os festivais de renovação anuais de Abidos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
JOÃO, Maria Thereza David. Religião e sociedade no Egito Antigo sob a ótica dos Textos dos Sarcófagos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
JOÃO, Maria Thereza David; MOERBECK, Guilherme G. ; COELHO, Liliane Cristina . Religião e Mumificação no Egito Antigo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
JOÃO, Maria Thereza David. A literatura funerária do Reino Médio: os Textos dos Sarcófagos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

27.
JOÃO, Maria Thereza David. Práticas funerárias e processos sociais no Egito do III milênio a.C.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
JOÃO, Maria Thereza David. Relações de Patronato no Egito antigo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
JOÃO, Maria Thereza David; REDE, Marcelo A. . CAPITAL VERSUS PROVÍNCIAS: UM ESTUDO DA ?DEMOCRATIZAÇÃO? DA IMORTALIDADE À LUZ DAS RELAÇÕES ENTRE PODER CENTRAL E PODERES LOCAIS NO EGITO NO III MILÊNIO A.C.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
JOÃO, Maria Thereza David. oder central e poderes locais no Egito antigo: uma comparação entre as autobiografias de Weni e Ankhtifi de Mo´alla. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
JOÃO, Maria Thereza David. oder central e poderes locais no Egito antigo: uma comparação entre as autobiografias de Weni e Ankhtifi de Mo´alla. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
JOÃO, Maria Thereza David. Afonso Botelho e a política portuguesa de povoamento no Brasil meridional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
JOÃO, Maria Thereza David. As Admoestações de Ipu-Ur: Reflexões sobre a sociedade egípcia do Primeiro Período Intermediário. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
JOÃO, Maria Thereza David. Dos Textos das Pirâmides aos Textos dos Sarcófagos: considerações sobre a ?democratização? da imortalidade no Egito antigo.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
JOÃO, Maria Thereza David. Sociedade e indivíduo no Egito antigo: perspectivas teóricas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
JOÃO, Maria Thereza David. Um panorama inicial acerca da imortalidade e "democratização" da religião funerária no Egito antigo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
JOÃO, Maria Thereza David. A democratização da imortalidade e a emergência do indivíduo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
JOÃO, Maria Thereza David. Os sertões do Tibagi e a expansão de Curitiba na segunda metade do século XVIII. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
JOÃO, Maria Thereza David; SANTOS, Antonio Cesar de Almeida . Política pombalina e a expansão territorial do Brasil Meridional. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
JOÃO, Maria Thereza David. Práticas Funerárias, Memória e Poder. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
JOÃO, Maria Thereza David. Uma análise político-ideológica de estelas funerárias egípcias. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
JOÃO, Maria Thereza David. A expansão de Curitiba no século XVIII: Afonso Botelho e os sertões do Tibagi. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
JOÃO, Maria Thereza David; MOERBECK, Guilherme G. ; LIMA, Fábio Afonso Frizzo de Morais . Entrevista com Maria Yedda Linhares. 12a edição, 2007 (Entrevista).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Parecer de Artigo Científico - Revista História, Questões e Debates. 2018.

2.
JOÃO, Maria Thereza David. Parecer de Artigo Científico - Revista Hélade. 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
JOÃO, Maria Thereza David; MILCHESKI, A. . ROGRAMA TIRA DÚVIDAS - CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA: ARQUEOLOGIA. 2018.

2.
JOÃO, Maria Thereza David. PROGRAMA TIRADÚVIDAS - CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA:HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA DA ANTIGUIDADE CLÁSSICA. 2018.

Redes sociais, websites e blogs
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Produção de conteúdo didático para a página de Facebook História Uninter. 2017; Tema: Produção de conteúdo didático para a página de Facebook História Uninter. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História da Filosofia Antiga. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

2.
JOÃO, Maria Thereza David. Ensino de História Antiga em Sala de Aula. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
JOÃO, Maria Thereza David. Critérios de Avaliação. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História e Historiografia da Antiguidade Oriental. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

5.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Moderna das Relações Internacionais. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

6.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Antiga. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

7.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Moderna das Relações Internacionais. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

8.
JOÃO, Maria Thereza David. História Antiga Oriental. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
JOÃO, Maria Thereza David; FRONZA, V. ; SCOVILLE, P. . A religião egípcia: princípios, práticas e intercâmbios. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Antiga Oriental - EAD Uninter. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

11.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Antiga Oriental. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

12.
CHAPOT, Gisela ; JOÃO, Maria Thereza David . ASPECTOS DA RELIGIÃO EGÍPCIA: O TEMPLÁRIO, O FUNERÁRIO E O CASO DE AMARNA.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
JOÃO, Maria Thereza David; CHAPOT, Gisela . RELIGIÃO TEMPLÁRIA NO ANTIGO EGITO: FARAÓ, DEUSES E CULTO. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
JOÃO, Maria Thereza David. Coordenação de mesa de comunicações no XX Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA. 2010. (Coordenação da mesa de comunicações no XX Ciclo de Debates em História Antiga do LHIA).

15.
JOÃO, Maria Thereza David; CHAPOT, Gisela . Religião Funerária no Egito Antigo. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

16.
JOÃO, Maria Thereza David; BRODBECK, Martha . Acessando a História (Livro do Aluno e do Professor). 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Coleção de Livros Didáticos de História de 5a a 8a série).

17.
JOÃO, Maria Thereza David. Coordenação da Mesa de Comunicações Coordenadas 7 no XVIII Ciclo de Debates do LHIA-UFRJ. 2008. (Coordenação da mesa de comunicações no XVIII Ciclo de Debates do LHIA - Dialogando com Clio).

18.
JOÃO, Maria Thereza David. As religiões na Antiguidade e hoje. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
JOANILHO, André L. ; VASCONCELOS, J. A. ; JOÃO, Maria Thereza David . Coleção Parceria (Livro do Aluno e Livro do Professor). 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Coleção de Livros Didáticos de História de 5a a 8a série).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
JOÃO, Maria Thereza David; REDE, Marcelo A.; MAGALHAES, J. C.; GONCALVES, C. H. B.. Participação em banca de Erika Rodrigues de Maynart Ramos. OS ESCRIBAS E A CULTURA MNEMÔNICA STATUS E INTERMEDIAÇÃO DE PRÁTICAS CULTURAIS NO REINO MÉDIO EGÍPCIO. 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
GONCALVES, C. H. B.; PEREIRA, M. C. C.; JOÃO, Maria Thereza David; REDE, Marcelo A.. Participação em banca de Carolina Velloza Ferreira. A imagem, o faraó e o deus na época de Amarna: continuidades e rupturas (Egito, século XIV a.C,). 2018. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

3.
JOÃO, Maria Thereza David; FRIGHETTO, Renan; COELHO, Liliane Cristina; SANTOS, Moacir Elias. Participação em banca de RISCILA CRISTINA NASCIMENTO LOPEZ DE SCOVILLE. ?Queremos nos amar como irmãos?: uma análise Historiográfica das cartas de Amarna e das relações entre Egito e o Reino de Mitani entre 1390 ? 1336 AEC.. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
ARAÙJO, Sônia Rebel; JOÃO, Maria Thereza David; FEITOZA, Nely; MORAES, Alexandre Santos; ZINGARELLI, Andrea; BASTOS, Mario Jorge da Motta. Participação em banca de Fábio Affonso Frizzo de Moraes Lima. Estado, Império e exploração econômica no Egito do Reino Novo. 2016. Tese (Doutorado em DOUTORADO EM HISTÓRIA) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Mestrado
1.
JOÃO, Maria Thereza David; SANTOS, Moacir Elias; FRIGHETTO, Renan. Participação em banca de Priscila Cristina Nascimento Lopez de Scoville. Queremos nos amar como irmãos: uma análise historiográfica das cartas de Amarna e das relações entre Egito e o Reino do Mittani entre 1390-1336 AEC. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
JOÃO, Maria Thereza David; PONS, Rafael; SIMIONI, C.. Participação em banca de Raphaely Fernanda Reis da Silva.Presidencialismo estaduniense e os regimes ambientais referentes ao desenvolvimento por recursos renováveis. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Centro Universitário Internacional Uninter.

2.
JOÃO, Maria Thereza David; HOFF, N.; MASSIMO, L.. Participação em banca de Eliézer Antunes de Souza.A política externa alemã de Bismack e Guilherme II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Centro Universitário Internacional Uninter.

3.
PONS, Rafael; JOÃO, Maria Thereza David; FROTA, A.. Participação em banca de Mathias Pagliarini.Crise dos Mísseis e a Teoria da Contenção. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Centro Universitário Internacional Uninter.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VI Semana de Egiptologia do Museu Nacional.O Estado egípcio durante o Reino Antigo (2686-2160 B.C): entre práticas e teoria. 2018. (Outra).

2.
V Jornada do NIEP Marx PréK.A literatura funerária como fonte de estudo sobre a monarquia faraônica: Os Textos das Pirâmides. 2018. (Outra).

3.
IV Encuentro de Investigadores sobre Sociedades Precapitalistas.O orientalismo no ensino sobre o Antigo Egito no Brasil. 2017. (Encontro).

4.
VI Semana de História da Uniandrade.Metodologias Inovadoras no Ensino de História: exemplos e reflexões. 2017. (Outra).

5.
V Semana de Egiptologia do Museu Nacional.Mecanismos de controle e mobilidade social no Reino Antigo: o caso das elites provinciais e sua atuação na reprodução de lógicas estatais.. 2017. (Outra).

6.
Ciclo de Palestra em História da Arte e Arquitetura.O TEMPLO COMO UM MICROCOSMOS: UMA ANÁLISE DA ARTE E ARQUITETURA TEMPLÁRIA NO ANTIGO EGITO. 2016. (Outra).

7.
Colóquio Internacional: Procedimentos Interdisciplinares Aplicados ao Egito Antigo e Oriente Próximo.O percurso interdisciplinar da Egiptologia brasileira.. 2016. (Outra).

8.
Perspectivas da materialidade no Antigo Egito: agência, reprodução culturla e mudança. 2016. (Outra).

9.
III Semana de Egiptologia do Museu Nacional.O parentesco como lógica estatal no Reino Antigo. 2015. (Outra).

10.
PD: História, primeiros exámenes. 2015. (Oficina).

11.
V Congresso Ibérico de Egiptologia. Elites e Estado no Egito Antigo: revisitando a historiografia do Primeiro Período Intermediário. 2015. (Congresso).

12.
IV Encontro Nacional de Estudos Egiptológicos: Religião e Religiosidade.Apontamentos sobre religião funerária: o contexto de produção dos Textos dos Sarcófagos. 2014. (Encontro).

13.
IV Jornada do NIEP-MArx-PréK.Reflexões sobre o Estado egípcio como práxis social. 2014. (Outra).

14.
XVI Simpósio Regional de História da ANPUH Rio: Saberes e Práticas Científicas.O lugar das elites locais na organização e distribuição do poder no Egito faraônico à luz do contexto do Reino Antigo e Primeiro Período Intermediário.. 2014. (Simpósio).

15.
II Atelier Doctoral Franco-Brésilien USP/ Université Paris I.Capital versus Províncias? Reflexões sobre as relações entre poder central e poderes locais no Egito da VI dinastia.. 2013. (Outra).

16.
I Semana de Estudos de Egiptologia do Museu Nacional.Implicações econômicas dos templos egípcios e a constituição de poderes locais: um estudo sobre o Reino Antigo. 2013. (Outra).

17.
Décrire, imaginer, construire l?espace: toponymie égyptienne de l?Antiquité au Moyen-Âge. 2012. (Outra).

18.
Hommage à Michel Baud (1963-2012). 2012. (Outra).

19.
III Jornadas Internacionales de Historia Antigua.Do profano ao divino: uma análise dos ?paraísos? agrários de Osíris como transfiguração da realidade social. 2012. (Outra).

20.
Encontro de Educadores Dom Bosco - História feita de futuro. 2011. (Encontro).

21.
Le Papyrus Prisse : un recueil de Sagesses de l?Égypte ancienne (BnF, Egyptien 183-194). 2011. (Outra).

22.
XII Jornada do CEIA - Viajantes, Navegantes e Imaginário.Visões sobre a morte no Antigo Egito: uma análise do Diálogo de um homem com seu ba. 2010. (Outra).

23.
XI Jornada de Estudos da Antiguidade (CEIA/UFF) - Imagens da Antiguidade.Representações egípcias acerca da morte: o destino osiriano nos Textos dos Sarcófagos. 2009. (Outra).

24.
XV Jornada de Estudos do Oriente Antigo.Egiptologia e Teoria Literária: um modelo de análise. 2009. (Outra).

25.
X Jornada do CEIA - Festivais, cultura e poder.No terraço do Grande Deus: Osíris e os festivais de renovação anuais de Abidos. 2008. (Outra).

26.
XVIII Ciclo de Debates do LHIA.Religião e sociedade no Egito antigo sob a ótica dos Textos dos Sarcófagos. 2008. (Outra).

27.
5o Seminário de Pesquisa/Seminário de Iniciação Científica.CAPITAL VERSUS PROVÍNCIAS: UM ESTUDO DA DEMOCRATIZAÇÃO DA IMORTALIDADE À LUZ DAS RELAÇÕES ENTRE PODER CENTRAL E PODERES LOCAIS NO EGITO NO III MILÊNIO A.C... 2007. (Seminário).

28.
Encontro Sobre o Pensamento do Egito Alexandrino."Setenta reis de Mênfis que governaram por setenta dias": O Egito do Primeiro Período Intermediário. 2007. (Encontro).

29.
II Encontro Nacional de Estudos Egiptológicos.A literatura funerária do Reino Médio: Os Textos dos Sarcófagos. 2007. (Encontro).

30.
IX Jornada de Estudos Interdisciplinares da Antiguidade - Arte e Identidade.Poder central e poderes locais no Egito antigo: uma comparação entre as autobiografias de Weni e Ankhtifi de Mo´alla.. 2007. (Outra).

31.
Semana de Educação e Letras.Religião e mumificação no Egito antigo. 2007. (Outra).

32.
VII Jornada de História Antiga: Vida, morte e magia no mundo antigo,.As relações de patronato no Egito antigo. 2007. (Outra).

33.
XIII Semana de Educação e Letras.Religião e Mumificação no Egito antigo. 2007. (Outra).

34.
XVII Ciclo de Debates em História Antiga.Práticas funerárias e processos sociais no Egito do III milênio a.C.. 2007. (Outra).

35.
XVIII Ciclo de Debates do LHIA - Dialogando com Clio.Religião e sociedade no Egito Antigo sob a ótica dos Textos dos Sarcófagos. 2007. (Outra).

36.
Semana de Educação e Letras.Os egiptólogos e a revolução social do Primeiro Período Intermediário: uma análise historiográfica.. 2006. (Outra).

37.
VI Fórum de Debates em História Antiga do NEA-UERJ.As Admoestações de Ipu-Ur: Reflexões sobre a sociedade egípcia do Primeiro Período Intermediário. 2006. (Outra).

38.
VIII Jornada de Estudos Interdisciplinares da Antiguidade, CEIA-UFF.Dos Textos das Pirâmides aos Textos dos Sarcófagos: considerações sobre a democratização da imortalidade no Egito antigo. 2006. (Outra).

39.
XII Encontro Regional de História.Um panorama inicial acerca da imortalidade e "democratização" da religião funerária no Egito antigo. 2006. (Encontro).

40.
XII Encontro Regional de História da ANPUH.Um panorama inicial acerca da imortalidade e "democratização" da religião funerária no Egito antigo. 2006. (Encontro).

41.
XVI Ciclo de Debates em História Antiga: Escritos e imagens na antiguidade (LHIA -UFRJ).Sociedade e indivíduo no Egito Antigo: perspectivas teóricas. 2006. (Outra).

42.
Semana de estudos de História. 2005. (Outra).

43.
VII Jornada do CEIA.Práticas funerárias, memória e poder. 2005. (Outra).

44.
VI Jornada Setecentista.Afonso Botelho e a política portuguesa de povoamento. 2005. (Outra).

45.
XI Jornada de Estudos do Oriente Antigo.Uma análise político-ideológica de estelas funerárias egípcias. 2005. (Outra).

46.
13o. EVINCI.Os sertões do Tibagi e a expansão de Curitiba na segunda metade do século XVIII. 2004. (Outra).

47.
Feira de profissões.Representante do CEDOPE-UFPR. 2004. (Outra).

48.
Grupo de Estudos de Arqueologia. 2004. (Outra).

49.
12o. EVINCI.A expansão de Curitiba no século XVIII: Afonso Botelho e os sertões do Tibagi. 2003. (Outra).

50.
11o. EVINCI. 2002. (Outra).

51.
Escrita e Historia no Egito Antigo. 2002. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
JOÃO, Maria Thereza David; VELLOZA, C. ; MAYNART, E. ; FATTORI, A. . Colóquio Internacional: Procedimentos Interdisciplinares Aplicados ao Egito Antigo e Oriente Próximo. 2016. (Outro).

2.
JOÃO, Maria Thereza David; FRONZA, V. ; SCOVILLE, P. . A religião egípcia: princípios, práticas e intercâmbios. 2015. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Vanessa Alves Kaluzny. Estado Ialâmico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em História) - Centro Universitário Internacional Uninter. Orientador: Maria Thereza David João.



Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Antiga. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

2.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Antiga Oriental. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

3.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História Moderna das Relações Internacionais. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).

4.
JOÃO, Maria Thereza David. Aulas de História da Filosofia Antiga. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - EAD).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
JOÃO, Maria Thereza David; MILCHESKI, A. . ROGRAMA TIRA DÚVIDAS - CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA: ARQUEOLOGIA. 2018.

2.
JOÃO, Maria Thereza David. PROGRAMA TIRADÚVIDAS - CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA:HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA DA ANTIGUIDADE CLÁSSICA. 2018.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 14:31:21