Cristiano Novaes de Rezende

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3387128026616467
  • Última atualização do currículo em 05/05/2017


Cristiano Novaes de Rezende é docente (e está coordenador de bacharelado e vice diretor, desde 2013) da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, onde foi concursado na área de Filosofia Moderna. Graduado em Filosofia pela UNICAMP, fez seu Mestrado na USP, sobre as relações entre a teoria do conhecimento, a ontologia e a ética de Baruch Espinosa, a partir do conceito de 'emendatio intellectus' (como bolsista FAPESP). Também na USP, desenvolveu seu Doutorado sobre as relações de oposição e continuidade entre a lógica aristotélica e a teoria espinosana da definição genética. Atualmente, elabora pesquisa sobre as matrizes tardo-escolásticas do amplo debate que cercou o moderno conceito de definição genética, investigando como as articulações aí presentes entre ontologia, matemática, lógica e medicina configuraram a noção seiscentista de "medicina da mente". Lecionou nas graduações em Filosofia e Psicologia da Universidade Mackenzie, em São Paulo; na Especialização em Psicopatologia e Saúde Pública da FSP-USP; e foi professor convidado da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Atua em História da Filosofia Moderna, nas linhas temáticas de Metafísica, Teoria do Conhecimento e Ética. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Cristiano Novaes de Rezende
Nome em citações bibliográficas
REZENDE, Cristiano Novaes de;REZENDE, C. N. de

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Filosofia.
UFG Campus II (Samambaia) s/n.
Itatiaia
74001-970 - Goiania, GO - Brasil - Caixa-postal: 131
Telefone: (62) 35211164
URL da Homepage: http://www.filosofia.ufg.br/


Formação acadêmica/titulação


2004 - 2009
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Intellectus Fabrica: Um ensaio sobre a teoria da definição no Tractatus De Intellectus Emendatione de Espinosa, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Luiz Henrique Lopes dos Santos.
Palavras-chave: Filosofia; Espinosa; intelecto; imanência; lógica; definição.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
1996 - 2002
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Investigação Sobre o Conceito de emendatio no Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Marilena de Souza Chauí.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Espinosa; imanência; conhecimento; felicidade; experiencia; método.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
1990 - 1995
Graduação em Filosofia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Récherche Sur Spinoza - entretien avec C. Jaquet. (Carga horária: 18h).
Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, PARIS 1, França.
2012 - 2012
Elementos para uma metafísica das relações no XVII. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2012 - 2012
Docência no ensino superior. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2011 - 2011
Proposições Temporais (com Paulo Faria). (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2008 - 2008
Filosofia da Matematica - P. Mancosu, U. Cali USA. (Carga horária: 12h).
Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, DPTO.FIL-FFLCH, Brasil.
2006 - 2006
Teoria do Juizo em Tomas de Aquino - Com R. Landim. (Carga horária: 12h).
Associacao Nacional de Pos Graduacao em Filosofia, ANPOF, Brasil.
1998 - 1998
Verdade e Certeza em Espinosa - Com M. A. Gleizer. (Carga horária: 12h).
Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, DPTO.FIL-FFLCH, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia, .

Cargo ou função
Presidente do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Bacharelado da FAFIL-UFG.
11/2012 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia, .

Cargo ou função
Vice diretor da Faculdade e Coordenador da Graduação.
08/2010 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Medieval I
Filosofia Moderna I
Tópicos de Filosofia Moderna

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Convidado - Graduação & Pós, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 2

Atividades

08/2009 - 08/2010
Ensino, Saude Coletiva e Medicina Preventiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Metodológica de Investigações em Saúde Coletiva: Bases Filosóficas e Metodológicas da Pesquisa Avaliativa (FCM/SC389) / Coordenacao: Profas. Dras. Maria da Graça Garcia Andrade e Silvia Maria Santiago
08/2009 - 08/2010
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Medicina e Saúde (FCM/MD243: relação médico-paciente) / coordenacao: Profa. Dr. Eloisa Valler
2006 - 2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, Departamento de Saúde Coletiva da FCM/UNICAMP.

Cargo ou função
Consultor na área de Ética e Filosofia, junto à OncoRede (rede de atenção ao câncer), gerida pelas Profas. Dras. Maria da Graça Garcia Andrade e Silvia Maria Santiago, docentes do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Ciência.
08/2009 - 12/2009
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, Departamento de Saúde Coletiva da FCM/UNICAMP.

Atividade de extensão realizada
FCM 639- "Técnica, Ciência e Ética : Aspectos Filosóficos da Humanização em Saúde ".

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de Curso de Especializacao, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2005 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro do Projeto Temático (Depto. Fil - FFLCH / FAPESP): Ética e Metafísica em Aristóteles. Coordenador Lider do Projeto: Marco Antonio Zingano

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 5

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Membro do Projeto Tematico (Depto.Fil-FFLCH / FAPESP): Experiencia e Razao na Modernidade. Coordenador Lider do Projeto: Marilena de souza Chaui

Vínculo institucional

1996 - 2002
Vínculo: Bolsista (Mestrado), Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

2009 - 08/2010
Ensino, Psicopatologia e Saude Publica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Disciplina: Bases Lógico-Filosóficas da Pesquisa em Psicopatologia e Saude Publica (fundamentos do discurso nosológico em saude mental), no Curso de Especialização em Psicopatologia e Saude Publica da FSP-USP.
2008 - 08/2010
Direção e administração, Faculdade de Saúde Pública, .

Cargo ou função
Membro da Coordenacao do Curso de Especializacao em Psicopatologia e Saude Publica da FSP-USP. Coordenador geral: prof. Dr. Alberto Olavo Advíncula Reis..
2006 - 2008
Extensão universitária , Faculdade de Saúde Pública, .

Atividade de extensão realizada
Supervisao presencial e teorica no Estagio dos alunos do Curso de Psicopatologia e Saude Publica da FSP-USP no Hospital Psiquiatrico Joao Evangelista (visitas de 3h semanais). Com os Profs. David Calderoni e Nayra C. P. Ganhito..
2006 - 2007
Ensino, Psicopatologia e Saude Publica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Professor Convidado na Disciplina 'Espinosa contra Aristoteles - Ciencia do singular e ciencia do universal em Psicopatologia'. Coordenacao da disciplina David Calderoni

Universidade Presbiteriana Mackenzie, MACKENZIE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 30

Atividades

08/2003 - 12/2004
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Logica I
Teoria do Conhecimento
5/2002 - 12/2004
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
Introdução à Metodologia Científica
Particas integradas de pesquisa
Psicologia do Cotidiano


Projetos de pesquisa


2011 - Atual
Medicina Mentis: A Lógica Genética Seiscentista E Suas Origens Na Tradição Aristotélica
Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo investigar, na transmissão da lógica aristotélica aos séculos XVI e XVII, as origens históricas e as bases conceituais das modernas teorias das definições genéticas, examinando particularmente como essas teorias se inscrevem na tradição que concebe a lógica como uma sorte de terapêutica do pensamento. Utilizadas já por Euclides, mas ainda como um procedimento coadjuvante, as definições de figuras geométricas através do movimento gerador passam, na modernidade, a protagonizar importantes discussões sobre as bases matemáticas da nova ciência da natureza, sugerindo que, simétrico ao conhecido esforço seiscentista de matematização da física, houve também um processo complementar de ?fisicalização? da matemática. E tomado a partir da idéia de emenda das matemáticas (Hobbes), ou de emenda do intelecto (Espinosa), esse processo pode ser caracterizado como uma medicina da mente (Medicina Mentis), tal como foi efetivamente designado pelo matemático alemão E. W. von Tschirnhaus ? interlocutor de Espinosa e Leibniz ? em seu livro ?Medicina da Mente ou Ensaio de uma Lógica Genuína?. Centrando-se, pois, nas implicações desse paradigma geométrico-genético para a questão lógica da forma da definição e para a questão epistêmica de seu alcance cognitivo, esta pesquisa examinará a hipótese de que ? apesar das explícitas censuras dos modernos à teoria aristotélica da definição por gênero e diferença específica ? existe uma dependência determinante das teorias seiscentistas da definição genética para com a noção de ?definição quasi-demonstrativa?, elaborada por Aristóteles sobretudo no Livro II dos Analíticos Posteriores, onde se defende que a definição científica deve possuir um alcance explicativo, para além do êxito na mera administração extensional de objetos. Para a verificação de tal hipótese serão determinadas as mediações tardo-escolásticas (Zabarella e Suarez) que comunicam esse capítulo da lógica aristotélica aos filósofos modernos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2009
Intellectus Fabrica: Um ensaio sobre a teoria da definição no Tractatus De Intellectus Emendatione de Espinosa
Descrição: O presente trabalho versou sobre a teoria da definição desenvolvida por Espinosa principalmente no Tractatus de Intellectus Emendatione. Através do exame dessa teoria, demonstrou-se a tese de que a estrutura conferida por Espinosa à definição perfeita constitui o núcleo de uma lógica da imanência, apta a presidir, na modernidade, a elaboração de uma ontologia que enfrenta o clássico problema do uno e do múltiplo, reformulado em termos de compatibilização entre a afirmação da unidade e unicidade substanciais e a afirmação de que, não obstante, da natureza dessa mesma substância una e única, seguem-se necessariamente infinitos entes singulares reais. Demonstrar essa tese conceitual equivaleu, numa chave histórica, a refutar a tradição interpretativa - iniciada já com os interlocutores contemporâneos de Espinosa mas que interferirá em toda recepção futura de sua obra - que considera a filosofia espinosana como uma sorte de eleatismo moderno. Demonstrando, a partir da teoria da definição, que certas acusações feitas pela posteridade já se encontravam implicitamente respondidas no debate espinosano com a escolástica de inspiração aristotélica, ambicionou-se, destarte, fornecer subsídios para uma revisão crítica da recepção da obra de Espinosa, caracterizando sua filosofia imanentista como uma possibilidade do racionalismo moderno historicamente mal compreendida e, por isso, talvez capaz de exigir alguma ampliação dos próprios conceitos de racionalismo e de modernidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1996 - 2002
O Conceito de Emendatio no Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa
Descrição: O projeto procurou elucidar o sentido do termo 'emendatio', que comparece no centro do titulo do Tractatus de Intellectus Emendatione. Através de uma analise detalhada do texto latino desta que e' uma das primeiras obras de Espinosa, foi feita a reconstrução do nexo conceitual pelo qual a noção de 'emendatio' articula os âmbitos ético-psicológico e epistêmico do pensamento espinosano. Concluiu-se que a noção de 'emenda' dá testemunho do fato de que uma filosofia da imanência radical - que afirma a presença do verdadeiro e do absoluto em nós - não exclui a necessidade de um ajuste categorial, de alcance terapêutico, que desfaça os preconceitos relativos às bases ontológicas desta perspectiva filosófica. Assim, por um lado, o Tratado da Emenda do Intelecto se organiza como uma busca (inquiritio), ao mesmo tempo em que, por outro lado, aquilo que já no percurso mesmo se recolhe é o conhecimento de que o buscado não está alhures. A noção de emendatio foi caracterizada, portanto, como sendo, nesta obra de juventude, o próprio movimento de descoberta da imanência como cerne organizador do sistema espinosano..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2009 - 2010
Espinosa e a 'Medicina Mentis' como Saúde Mental Pública: Lógica, Psicopatologia e Saúde Pública na Filosofia Moderna.
Descrição: Linha de pesquisa que se depreende das contribuições teóricas incluídas no documento de propositura do seguinte Núcleo de Apoio a Extensão e Cultura da Universidade de São Paulo (NACE-USP): Núcleo de Psicopatologia, Políticas Públicas em Saúde Mental e Ações Comunicativas em Saúde (NUPSI-USP), aprovado pela Pro-Reitoria de Extensão e Cultura e pela Reitoria da USP em Dezembro de 2009. No âmbito das Atividades de Formação previstas pelo NUPSI (especialmente atraves do Curso de Especializacao em Psicopatologia e Saude Publica da FSP-USP), o presente projeto se propõe a pesquisar e a orientar monografias sobre a contribuição da filosofia de Espinosa ao desenvolvimento do que, desde o sec. XIX, se convencionou chamar de psicopatologia (considerando sobretudo a psicopatologia psicanalitica e a psicopatologia fenomeno-estrutural). Neste sentido, assume particular relevância a correlação, feita por Espinosa no prefácio da Parte V da Ethica, entre lógica e medicina, bem como o conceito de 'Medicina Mentis' desenvolvido pelo matemático alemão W. Tschirnhaus, interlocutor de Espinosa. Frente a resistências - frequentemente de inspiração foucaultiana - contra essa correlação da lógica e da matemática com a saúde mental, procura-se caracterizar o conceito espinosano de lógica à luz das críticas que o próprio autor dirige ao formalismo abstrato, por ele imputado à lógica aristotélica. Em segundo lugar, procura-se demonstrar a contemporaneidade da filosofia espinosana também na consistente articulação conceitual por ela estabelecida entre a psicopatologia e o âmbito da saúde pública, nos quadros de uma defesa da democracia como sendo - segundo este filósofo - o mais natural dos regimes políticos. Dentro do espírito sistemático desta filosofia, evidencia-se a coerência entre a forma democrática, na política, e a forma do verdadeiro, na lógica, apontando para uma noção de forma que, vocacionada à concretude, antecipa certo estruturalismo existencial..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2013 - Atual
Periódico: Alegrar (Campinas)
2010 - Atual
Periódico: Revista Philósophos
1997 - 2003
Periódico: Cadernos Espinosanos (USP)


Revisor de periódico


1997 - 2004
Periódico: Cadernos Espinosanos (USP)
2010 - Atual
Periódico: Revista Philósophos
2010 - Atual
Periódico: Revista Inquietude


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Filosofia Moderna.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Escolástica Tardia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica/Especialidade: Ontologia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Latim
Lê Bem.
Grego
Lê Razoavelmente.
Italiano
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
REZENDE, C. N. de2016REZENDE, C. N. de. MÚLTIPLOS MODOS DE AFIRMAR E NEGAR: UMA REFUTAÇÃO DA LEITURA ELEATA DE ESPINOSA PELAVIA DOS MODOS DE PERCEBER. CADERNOS ESPINOSANOS (USP), v. 35, p. 135-165, 2016.

2.
REZENDE, C. N. de2015REZENDE, C. N. de. A TEORIA ESPINOSANA DA DEFINIÇÃO E A CRÍTICA À CONCEPÇÃO CARTESIANA DE EXTENSÃO. Cadernos de História e Filosofia da Ciência (UNICAMP), v. 21, p. 353-371, 2015.

3.
REZENDE, C. N. de2013REZENDE, C. N. de. A gênese textual da doutrina da educação das crianças no Tratado da Emenda do Intelecto de Espinosa. Filosofia e Educação, v. 5, p. 52-110, 2013.

4.
REZENDE, C. N. de2012 REZENDE, C. N. de. A Ira, o trovão e o círculo: aspectos aristoteelicos da definição explicativa da essIencia no De Emendatione de Espinosa. Analytica (UFRJ), v. 16, p. 85-118, 2012.

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de2010REZENDE, Cristiano Novaes de. O papel do movimento na teoria espinosana da essencia actuosa. Perspectiva Filosofica (UFPE), v. II, p. 43-59, 2010.

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de2008 REZENDE, Cristiano Novaes de. O estatuto das Hipóteses científicas na epistemologia de Espinosa. Cadernos de História e Filosofia da Ciência (UNICAMP), v. 18, p. 147-171, 2008.

7.
REZENDE, Cristiano Novaes de2004 REZENDE, Cristiano Novaes de. Os perigos da razão segundo Espinosa. Cadernos de História e Filosofia da Ciência (UNICAMP), v. 14, p. 59-118, 2004.

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de2004REZENDE, Cristiano Novaes de. A Ordem que Naturalmente temos (ordem lógica e ordem histórica na metodologia espinosana). Cadernos Espinosanos (USP), v. 11, p. 93-110, 2004.

9.
REZENDE, Cristiano Novaes de1997REZENDE, Cristiano Novaes de. Idéia Verdadeira e História (em Espinosa). Cadernos Espinosanos (USP), São Paulo, v. 2, p. 103-134, 1997.

10.
REZENDE, Cristiano Novaes de1997REZENDE, Cristiano Novaes de. Filosofia e Linguagem em Nietzsche. Cadernos Nietzsche, São Paulo, v. 3, n.3, p. 37-64, 1997.

Capítulos de livros publicados
1.
Rezende, Antonio M. de ; REZENDE, Cristiano Novaes de . A Lógica da Psicanálise, uma lógica simbólica relativa: considerações teórico-práticas sobre uma lógica(ana)lógica com vistas a uma interpretação concordante por ocasião de uma sessão de análise segundo Bion. In: Christiane Carrijo Eckhardt Mouammar; Érico Bruno Viana Campos. (Org.). Psicanálise e Questões da Contemporaneidade - I / Col. Rever - Psicanálise na UNESP. 1ed.Curitiba: CRV, 2013, v. 1, p. 67-88.

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Quimeras, entes de razão, fições e idéias em Espinosa. In: Custódio, M. Verza, T. Itokazu, A.. (Org.). Necessidade e Eternidade. Campinas: Ed. Uniicamp, 2008, v. , p. 163-180.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Visão Filosófica da Loucura ? Foucault, Descartes e Espinosa discutem razão e não-razão. Ciencia e Vida/ Psiquê - Edicao Especial: origens e caminhos da psicopatologia, Sao Paulo, p. 82 - 82, 15 jun. 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e a lógica como Medicina Mentis. In: IX Colóquio Internacional de História da Filosofia da Natureza ? Metafísica e Ciência ? IFCH-UNICAMP, 2009, Campinas. Anais do IX Colóquio Internacional de História da Filosofia da Natureza ? Metafísica e Ciência ? IFCH-UNICAMP. campinas: Ed. Uniicamp, 2009. p. 8-9.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
REZENDE, C. N. de. Espinosa e Hobbes a propósito da emenda das matemáticas no início da modernidade. In: X X I I I S e m a n a d e F i l o s o ö a e X V I I I S e m a n a d e I n t e g r a ç ã o G r a d u a, 2016, Goiânia. A n a i s d a X X I I I S e m a n a d e F i l o s o ö a e X V I I I S e m a n a d e I n t e g r a ç ã o G r a d u a ç ã o / P ó s - G r a d u a ç ã o d a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e G o i á s. Goiânia: FAFIL-GráficaUFG, 2016. p. 18-18.

2.
REZENDE, C. N. de. 'Para além da necessidade: o compromisso explicativo da lógica espinosana'. In: VIII Simpósio de Filosofia da UEM - Caminhos que se bifurcam: liberdade e determinismo, 2013, Maringá. VIII Simpósio de Filosofia da UEM - Caminhos que se bifurcam: liberdade e determinismo. Maringá: Departamento de Filosofia UEM, 2013. v. 1. p. 19-20.

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de. As Raízes da metodologia espinosana no pensamento de Gersônides. In: II Encontro Internacional PEM-UFG - II Encontro ABREM Centro-Oeste, 2012, Goiânia. Caderno de Resumos. Goiânia: PEM-UFG / ABREM, 2012. p. 39-39.

4.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Notas sobre a transposição da demonstração em definição na Lógica de Zabarella. In: XV Encontro ANPOF, 2012, Curitiba. Anais de Resumos do XV Encontro ANPOF 2012. Campinas: ANPOF, 2012. p. 157-157.

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Verdade e ficção na teoria espinosana das idéias. In: V Colóquio Filosofia e Ficção, 2011, Cidade de Goiás. Caderno de Resumos. Goiânia: Almeida & Clemént Edições, 2011. p. 33-34.

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa na história da superação dos desafios eleatas à ontologia. In: XVIII Semana de Filosofia UFG, 2011, Goiânia. Caderno de Resumos. Goiânia: UFG-FAFIL, 2011.

7.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A mediação de Zabarella nas relações histórico-conceituais entre as teorias da definição de Espinosa e Aristóteles. In: XIV Encontro Nacional ANPOF, 2010, Águas de Lindóia. Livro de Atas - XIV ANPOF. Campinas: ANPOF. p. 114-114.

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A teoria espinosana da definição e a crítica à concepção cartesiana de extensão. In: VII Colóquio de História da Filosofia da Natureza, 2007, Campinas. Resumos do VII Colóquio de História da Filosofia da Natureza IFCH/Unicamp,. Campinas: Ed. IFCH/UNICAMP, 2007. p. 15.

9.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Definição Genética e Ciência de Natureza. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2006, Salvador. Livro de Atas, 2006.

10.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Razão e definição no Tratado da Emenda do Intelecto de Espinosa. In: X Encontro Nacional de Filosofia ANPOF, 2002, São Paulo. Atas do X Encontro Nacional de Filosofia ANPOF, 2002. p. 256.

11.
REZENDE, Cristiano Novaes de. As noções de Verum Bonum e Summum Bonum no proêmio do Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa. In: IX Encontro Nacional de Filosofia ANPOF, 2000, Pocos de Caldas. Atas do IX Encontro Nacional de Filosofia ANPOF. Campinas, 2000. p. 136.

12.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Necessario debet dari Methodus: a Carta 37 de Espinosa. In: III Colóquio Internacional de Estudos do século XVII, 1999, São Paulo. Caderno de Resumos do III Colóquio Internacional de Estudos do século XVII. Sao Paulo, 1999.

13.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A crítica espinosana ao verbalismo e o conceito de 'idea vera'. In: VIII Encontro Nacional de Filosofia (ANPOF), 1998, Caxambú, MG. Caderno de Resumos do VIII Encontro Nacional de Filosofia (ANPOF). Campinas: Projetos Especiais CLE-Unicamp, 1998. p. 266.

14.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Dúvida e Certeza em Descartes e Espinosa. In: III Simposio Internacional de Filosofia Moderna e Contemporanea, 1998, Toledo. Anais do III Simpósio Internacional de Filosofia Moderna e Contemporânea. Toledo, 1998. p. 25.

15.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e os instrumentos intelectuais. In: X Colóquio de História da ciência - CLE-UNICAMP, 1997, Campos do Jordão, 1997.

16.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Idéia Verdadeira e História na metodologia espinosana. In: VII Encontro Nacional de Filosofia (ANPOF), 1996, Águas de Lindóia, 1996.

17.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Idéia verdadeira, idéia fictícia e hipótese: uma leitura de Espinosa a propósito do realismo na ciência. In: IX Colóquio de História da Ciência - CLE-UNICAMP, 1995, Aguás de Lindóia. Caderno de Resumos do IX Colóquio de História da Ciência - CLE-UNICAMP, 1995.

Apresentações de Trabalho
1.
REZENDE, C. N. de. Espinosa e Hobbes a propósito da emenda das matemáticas no início da modernidade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
REZENDE, C. N. de. Algumas especificidades do início do filosofar em Espinosa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
REZENDE, C. N. de. Certeza espinosana versus indubitabilidade cartesiana: aspectos do construtivismo de Espinosa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
REZENDE, C. N. de. A distinção entre inadequado e não adequado: sobre a fecundidade de uma orientação de Marilena. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
REZENDE, C. N. de. Definir as Paixões: Lógica, Matemática e Ética em Espinosa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
REZENDE, C. N. de. O proêmio do De Emendatione como prelúdio à Filosofia de Espinosa - identificando leitmotivs. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
REZENDE, C. N. de. Alexandre Koyré, Leitor de Espinosa e o Conceito de Reforma do Intelecto. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
REZENDE, C. N. de. Ficções, abstrações e entes físicos reais em Espinosa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
REZENDE, C. N. de. O lugar da produção do texto filosófico: Tradição e Cultura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Seminario 'O círculo, o trovão e a ira: contribuicoes do aristotelismo à teoria da definicao e à etica de Espinosa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A relevância de Zabarella na mediação entra antigos e modernos'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
REZENDE, Cristiano Novaes de. 'Para além da necessidade: o compromisso explicativo da lógica espinosana'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Tempo Lógico e espaço de significação: um encontro entre Filosofia e Museologia a partir do estruturalismo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Goya, W. . Baruch Espinosa: como pensar atraves das emoções. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A teoria da definiçnao em Espinosa e Aristóteles. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Humanização: entre a técnica e a ética. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
REZENDE, Cristiano Novaes de; LIMA, E. C. ; BASALI, R. A. M. . Ética, Política e Universidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e a querela sobre a certeza das matemáticas na filosofia seiscentista. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Notas para a caracterização da Substância como Sujeito no Breve Tratado de Espinosa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Integração multiprofissional no Ensino da saúde. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Análise antropológico-filosófica de elementos afetivos e intelectuais na situação clínica e na constituição da identidade médica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Forlim, Eneias ; Évora, Fatima R. ; CUSTODIO, M. D. ; VERZA, T. M. . De Clave, Descartes and Bacon as Novatori. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Verdade e ficção na teoria espinosana das idéias. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa na história da superação dos desafios eleatas à ontologia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A mediação de Zabarella nas relações histórico-conceituais entre as teorias da definição de Espinosa e Aristóteles. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
REZENDE, Cristiano Novaes de. O papel do movimento na teoria espinosana da essencia actuosa. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A importância da Filosofia na Educação Médica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Como ensinar Humanidades na Graduação em Medicina. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e a Lógica como Medicina Mentis. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Matemática e liberdade: a relevância da metodologia de Espinosa para a pesquisa em saúde coletiva". 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Saúde Pública como campo originário da Medicina (uma anamnese da atual desumanização da medicina a partir de uma análise da paidéia médica hipocrática). 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A pesquisa sobre a Medicina Mentis de Baruch Espinosa no contexto do Projeto NUPSI. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A teoria espinosana da definição e a crítica à concepção cartesiana de extensão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Diagnóstico e Intuição na Medicina da Mente, segundo Espinosa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Definição Genética e Ciência da Natureza. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Leitura Estrutural da Teoria da Definição na Obra de Espinosa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Psicanálise, Cultura e Mito. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
REZENDE, Cristiano Novaes de. O Paradigma Euclidiano na Caracterização Espinosana da Razão. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Lógica e Ética nas redes de trabalho multi-disciplinares (uma reflexão estruturalista a partir de ?O Feiticeiro e Sua Magia? de Claude Levi-Strauss). 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa: a imanência na racionalidade barroca (Parte I). 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa: a imanência na racionalidade barroca (Parte II). 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Família, Sociedade e Autoridade em Espinosa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e a noção de proporção no Livro VII dos Elementos de Euclides. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Popularização dos conhecimentos científicos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

45.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Racionalidade e Irracionalidade. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A teoria da definição no Tratado da Emenda do Intelecto de Espinosa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Inadequação da Razão Segundo Espinosa. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

48.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Ética ? uma história do conceito. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Filosofia da Ciência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Inadequação da Razão Segundo Espinosa. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Psicologia e Filosofia: Um Encontro a partir de Espinosa. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A Inadequação do terceiro modo de perceber segundo Espinosa. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Necessario debet dari Methodus: a Carta 37 de Espinosa. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

54.
Gleizer, Marcos A ; Landim, Raul ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Debate de lançamento em SP do livro 'Verdade e Certeza em Espinosa' de Marcos Andre Gleizer: Marcos A. Gleizer; Raul Landim; Cristiano Rezende. 1999. (Apresentação de Trabalho/Outra).

55.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Dúvida e Certeza, em Descartes e em Espinosa. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

56.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A crítica espinosana ao verbalismo e o conceito de 'idea vera'. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Espinosa e os Instrumentos Intelectuais. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Idéia Verdadeira e História: considerações sobre o método espinosano. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

59.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Aproximações a um conceito espinosano de História. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Experiência e Verdade ? Considerações sobre a Revolução Científica dos séculos XVI e XVII. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Idéia verdadeira, idéia fictícia e hipótese: uma leitura de Espinosa a propósito do realismo na ciência. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Chaui, Marilena de S. ; Santiago, H. ; Oliva, L. C. G. ; Rocha, A. ; Paula, Marcos F. de ; Xavier, H. P. ; REZENDE, C. N. de . Ética Demonstrada em Ordem Geométrica. São Paulo: Edusp, 2015. (Tradução/Livro).

2.
REZENDE, C. N. de. Tratado da Emenda do Intelecto. Campinas: Editora Unicamp, 2015. (Tradução/Livro).

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de; MESSAS, G. P. . Oxímoro Vital (vida e estrutura, psicopatologia e lógica). Sao Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Intellectus Fabrica: Um ensaio sobre a teoria da definição no Tractatus De Intellectus Emendatione de Espinosa 2009 (Tese).

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Resumo da Tese: 'Intellectus Fabrica - Um ensaio sobre a teoria da definiao no Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa. Sao Paulo: Depto. Fil. USP / Grupo de Estudos Espinosano e do seculo XVII (nos Cadernos Espinosano No. XX), 2009 (Resumo de Tese de Doutorado (em Cadernos Espinosanos No. 20)).

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Prefácio de Nicolau Copérnico aos Livros das Revoluções para o Santíssimo Senhor Paulo III, Sumo Pontífice (direto do Latim). Campinas: CLE - Unicamp, 2008. (Tradução/Artigo).

7.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Calderoni, David . Todas as coisas notáveis são tão difíceis quanto Raras. Sao Paulo, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Investigação sobre o conceito de 'emendatio' no proêmio do Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa 2002 (Dissertação).

9.
REZENDE, Cristiano Novaes de. As Sagradas Escrituras no tempo de Espinosa e no sistema espinosano. Paris: P.U. Paris-Sorbonne, 1992. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Calderoni, David ; Calderoni, Maria Lucia B. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Membro da Comissão Relatora do documento de propositura e Integrante signatário do Núcleo de Extensão e Cultura da Universidade de São Paulo NUPSI/USP: ?Núcleo de Psicopatologia, Políticas Públicas de Saúde Mental e Ações Comunicativas em Saúde Pública da Universidade de São Paulo?. 2009.

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Projeto de Pesquisa FAPESP (Mestrado) - Imanencia e Conhecimento Verdadeiro: o conceito de Emendatio no Tractatus de Intellectus Emendatione de Espinosa. 1998.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
REZENDE, C. N. de. Entrevista ao Jornal O Popular (Goiânia 28/02/2015), respondendo a 3 questões sobre Espinosa e explicando a apresentação 'Definir as Paixões' a ocorrer no mesmo dia no Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de; SANDES, N. F. . Entrevista sobre o Curso de Filosofia da FAFIL-UFG ao Programa 'Faz o que?' da TV UFG. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de. O Programa Nacional Ciência Sem Fronteiras: uma crítica filosófica. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Lebuffe, M. ; Levy, L. ; Gleizer, Marcos A ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Debate no Seminario Internacional sobre o Livro 'From Bondage to Freedom' de Michael LeBuffe.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de. V COLÓQUIO INTERAMERICANO DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E IV PENSAR DIREITOS HUMANOS 'AMÉRICA LATINA: FRONTEIRAS E HORIZONTES COMUNS EM EDH' - Debatedor das apresentações sobre Direitos Humanos e interdisciplinaridade. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Satnding, G. ; Suplicy, E. . A distinção entre dinheiro e riqueza em Espinosa: evitando equivocidades. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

7.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Trabalho, Renda, Saúde e Arte. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Calderoni, David ; Calderoni, Maria Lucia B. . Invenções Democráticas em Ação. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
REZENDE, C. N. de. 'A geometria da verdade: matemática, construtivismo e natureza em Espinosa. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
REZENDE, C. N. de. Intelecto, Demonstração e Causalidade Imanente nos Diálogos do Breve Tratado de Espinosa.. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de. As raízes da metodologia de Espinosa no Pensamento de Gersônides. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
REZENDE, Cristiano Novaes de; FELICIO, C. B. F. . Leitura Estrutural em História da Filosofia: Vícios e Virtudes. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A distinção entre Razão e Intelecto em Espinosa: fundamentos epistemológicos para uma crítica à psicopatologia instrumentalista. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
Rezende, Antonio M. de ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Mini-Curso: Aproximações Investigativas entre A Filosofia de Espinosa e a Psicanálise de W.R. Bion. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
Andrade, Maria da Graga G. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Mini-Curso: Bases históricas e filosóficas da distinção entre pesquisas quantitativas e qualitativas. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Apresentacao dos Resultados do Exame de Qualificacao e Sumula da Tese de Doutorado. 2007. (Relatorio para prorrogacao do prazo de conclusao do Doutorado).

9.
REZENDE, Cristiano Novaes de. C) Resultados Intermediarios. 2000. (Relatório de pesquisa).

10.
REZENDE, Cristiano Novaes de. D) Reultados Ulteriores e Solicitaca de Prorrogacao da Bolsa. 2000. (Relatório de pesquisa).

11.
REZENDE, Cristiano Novaes de. B) Primeiros Resultados de Pesquisa. 1999. (Relatório de pesquisa).

12.
REZENDE, Cristiano Novaes de. A) Imanência e Conhecimento Verdadeiro: o conceito de emendatio na teoria do conhecimento de Espinosa. 1998. (Relatório de pesquisa).

13.
REZENDE, Cristiano Novaes de. Mini-Curso: A Crítica Espinosana ao realismo Científico. 1995. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Santoro, T. S; REZENDE, C. N. de; Pinheiro, U.. Participação em banca de Elliot Scaramal. Singularidade e Intuição: Kant contra a teoria leibniziana da singularidade dos 1680s. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
Porto, A. S.; REZENDE, C. N. de; Carvalho, E.. Participação em banca de CHIYOKO GONÇALVES DO NASCIMENTO OLIVEIRA. SEMELHANÇA E FIGURAÇÃO EM LINGUAGENS DA ARTE DE NELSON GOODMAN. 2015. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
CRUVINEL, M. F.; REZENDE, C. N. de; ROCHA, M. A.. Participação em banca de Dayane Tosta. O riso como potência para o letramento literário. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica) - Universidade Federal de Goiás.

4.
Oliva, L. C. G.; Chaui, Marilena de S.; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Juarez Lopes Rodrigues. Identidade entre ideia e volição: a crítica à imagem do livre-arbítrio em Espinosa. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Departamento de Filosofia da FFLCH-USP.

5.
Neto, A. B. S.; Silva, A. A.; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Platon Teixeira de Azevedo. O Trabalho Decente Como Direito Humano - Por uma fundamentação teórica com base no pós-positivismo jurídico. 2014. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás.

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de; CUSTODIO, M. D.; Évora, Fatima R.. Participação em banca de Iara velasco e Cruz Malbouisson. Nicole Oresme: Filosofia e Ciência no Século XIV. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
Sarti, Cynthia A.; REZENDE, Cristiano Novaes de; Oliveria, Carmen Lucia M. V.; Silva, Julieta F.R, da. Participação em banca de Marilia de Toledo Almeida. A Ordem Medica e a Desordem do Sujeito na Formacao profissional Medica. 2010. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de São Paulo.

8.
REZENDE, Cristiano Novaes de; CUSTODIO, M. D.; VERZA, T. M.. Participação em banca de Luís Marcelo Rusmando. Multiplicidade de Atributos e Monismo em Espinosa. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal da Bahia.

Teses de doutorado
1.
Santiago, H.; REZENDE, C. N. de; Rocha, A.; Oliva, L. C. G.; Chaui, Marilena de S.. Participação em banca de Fernando Bonadia. Coererência e comunidade em Espinosa. 2015. Tese (Doutorado em Fisiologia) - Universidade de São Paulo.

2.
Évora, Fatima R.; Porto, A. S.; Barra, E. S. O.; CUSTODIO, M. D.; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Alex Calazans. George Berkeley e o problema da inteligibilidade dos objetos matemáticos. 2014. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de; OLIVEIRA, E. A. M.; Forlim, Eneias; CUSTODIO, M. D.; Évora, Fatima R.. Participação em banca de José Portugal dos Santos. Método e Ciência em Descartes. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
Silva Jr. Nelson da; Cromberg, Renata U.; Dias, Daniela R. B; Schmidt, M. L. S.; Paula, Marcos F. de; REZENDE, Cristiano Novaes de. Participação em banca de Lívia Godinho Nery Gomes. Implicacoes Politicas das relacoes de amizades mediadas pela internet. 2010. Tese (Doutorado em Pos-Graduacao em Psicologia Social e Do Trabalho) - Instituto de Psicologia da Universidade de Sao Paulo.

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de; CUSTODIO, M. D.; Barra, E. S. O.; NETTO, P. V.; Évora, Fatima R.. Participação em banca de Marcelo Moschetti. Navegando em um oceano infinito: A física geométrica de Galileu e o problema do contínuo. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
REZENDE, Cristiano Novaes de; OLIVEIRA, E. A. M.; Évora, Fatima R.. Participação em banca de Giorlando Madureira de Lima. A extensão do conhecimento em John Locke. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de; CUSTODIO, M. D.; Évora, Fatima R.. Participação em banca de Alex Calazans. George Berkeley e o problema da inteligibilidade dos objetos matemáticos. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Mestrado
1.
KORELC, M.; Santoro, T. S; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Rafael Carneiro Rocha. Idealismo e Realismo no método de Edith Stein para ascender ao sentido do ser. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de; CUSTODIO, M. D.; OLIVEIRA, E. A. M.. Participação em banca de Giorgio Gonçalves Ferreira. A separação entre distinção e número em Espinosa. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Platon Teixeira de Azevedo Neto. Direitos Humanos e Direito do Trabalho. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás.

4.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Évora, Fatima R.; Forlim, Eneias. Participação em banca de Fábio Mascarenhas Nolasco. A Intuição Intelectual em Descartes. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Évora, Fatima R.; Forlim, Eneias. Participação em banca de Giuliano Thomazini Casagrande. A Crítica do positivismo à filosofia cartesiana. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
Reis, Alberto O. A.; REZENDE, Cristiano Novaes de. Participação em banca de Herval Gonçalves Flores. Ato e Palavra Psicodrama e Psicanálise: uma Proposta de Integração. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializacao Psicopatologia e Saude Publica FSP) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
KORELC, M.; Bragança, V.M.F.R; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Gustavo Siqueira Aleixo.A Sabedoria como resultado da iluminação divina segundo Santo Agostinho. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

2.
REZENDE, Cristiano Novaes de; GHIZONI, G.; ROSA, M. H. S.. Participação em banca de Ronaldo Crispim Ribeiro.A Concepção de Tempo em Santo Agostinho. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

3.
Klotz, H. C.; Santoro, T. S; REZENDE, C. N. de. Participação em banca de Daniel André Nicoletti.A conexão entre o princípio de não-contradição de Aristóteles e o cógito de Descartes. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Damasceno, W.; Savian, J.; REZENDE, C. N. de. Concurso prof. efetivo na área de Filosofia Medieval. 2016. Universidade Federal de Goiás.

2.
STORCK, A.; KORELC, M.; REZENDE, Cristiano Novaes de. Concurso para professor na área de Filosofia Antiga e/ou Medieval. Edital de Abertura: No 77/2012. 2013. Universidade Federal de Goiás.

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Klotz, H. C.; Schulz, A.. Concurso prof. Substituto Fac. Filosofia UFG - Goânia. 2013. Universidade Federal de Goiás.

4.
REZENDE, Cristiano Novaes de; BORGES, A; GHIZONI, G.. Introdução a filosofia; Filosofia Antiga; Filosofia Medieval; Filosofia Moderna; Filosofia Moderna I; Filosofia Moderna II; Metodologia Cientifica.. 2011. Universidade do Estado do Amapá.

5.
REZENDE, Cristiano Novaes de; BORGES, A; GHIZONI, G.. Filosofia Política; Ética I; Ética II; Filosofia Contemporânea I; e Filosofia Contemporânea II; Metodologia Científica. 2011. Universidade do Estado do Amapá.

6.
REZENDE, Cristiano Novaes de; BORGES, A; GHIZONI, G.. Lógica I; Lógica II; Teoria do Conhecimento I; Teoria do Conhecimento II; e Metodologia da Investigação Filosófica; Metodologia Cientifica.. 2011. Universidade do Estado do Amapá.

7.
REZENDE, Cristiano Novaes de; BORGES, A; GHIZONI, G.. Metafísica I; Metafísica II; Antropologia Filosófica; Metodologia Cientifica.. 2011. Universidade do Estado do Amapá.

Outras participações
1.
BORGES, A; ROSA, M. H. S.; REZENDE, C. N. de. Banca Examinadora para Monitor da disciplina Filosofia Antiga I - FAFIL-UFG. 2014. Universidade Federal de Goiás.

2.
ROSA, M. H. S.; Klotz, H. C.; REZENDE, C. N. de. Banca Examinadora para Monitor da disciplina Moderna I - FAFIL-UFG. 2014. Universidade Federal de Goiás.

3.
FELICIO, C. B. F.; REZENDE, C. N. de. Membro do Juri do concurso de redações filosóficas do CEPAE-UFG. 2013. Universidade Federal de Goiás.

4.
Calderoni, David; REZENDE, Cristiano Novaes de. Selecao de candidatos ao Curso de Especializacao em Psicopatologia e Saude Publica. 2010. Curso de Especializacao em Psicopatologia e Saude Publica da FSP-USP.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Seminário Pensar os Direitos Humanos.Políticas Públicas de Saúde e Direitos Humanos. 2012. (Seminário).

2.
I Seminário Intersetorial NUPSI-USP.O encontro da Renda Básica com a Economia Solidária. 2012. (Seminário).

3.
XV Encontro ANPOF.Notas sobre a transposição da demonstração em definição na Lógica de Zabarella. 2012. (Encontro).

4.
49º Congresso Brasileiro de Educação Médica. A Medicina como modelo na história da Filosofia. 2011. (Congresso).

5.
Congresso APCD. Projeto, Ensino e Pesquisa. 2011. (Congresso).

6.
Definition and Causality in Aristotle Mataphysics and Posterior Analytics. David Bronstein presentation. 2011. (Congresso).

7.
VII Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública & I Colóquio Internacional NUPSI/USP. Oficina de Trabalo. 2011. (Congresso).

8.
48º Congresso Brasileiro de Educação Médica. Considerações sobre o ensino de Filosofia na formação em saúde. 2010. (Congresso).

9.
Seminário de Pesquisa do Projeto Temático "Filosofia grega clássica" (FAPESP 09/16877-3). 2010. (Seminário).

10.
XIV Encontro ANPOF.A mediação de Zabarella nas relações histórico-conceituais entre as teorias da definição de Espinosa e Aristóteles. 2010. (Encontro).

11.
II Congresso Internacional Spinoza e Nietzsche. Mesa mediada (MT5): O alcance Terapeutico das filosofias de Espinosa e Nietzsche.. 2009. (Congresso).

12.
IV Colóquio de psicopatologia e Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública. Polidez, Politica e Pilossemia no Dialogoa das Psicopatologias / Com Regina Bichaff. 2009. (Congresso).

13.
I Ciclo de Conferências em Saúde Coletiva ?A Estratégia das Redes e dos Diálogos na Saúde Coletiva?. Sofrimentos fisico e sofrimento psiquico nos cuidados do paciente com cancer. 2008. (Congresso).

14.
III Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública, ?Dominação ou Liberdade. Os múltiplos Sentidos da Clínica Psicopatológica em Saúde Pública?. A saúde no campo das inveções democráticas. 2008. (Congresso).

15.
III Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública, ?Dominação ou Liberdade. Os múltiplos Sentidos da Clínica Psicopatológica em Saúde Pública?. Subsídios para a clínica da Reforma Psiquiátrica. 2008. (Congresso).

16.
o XXI Congresso Brasileiro de Psicanálise: ?Prática Psicanalítica: Especificidades, Confrontações e Desafios?. 2007. (Congresso).

17.
II Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia. FFLCH-USP. Lógica.. 1998. (Congresso).

18.
Colóquio Internacional: Descartes 400 anos: Os Princípios da Filosofia Moderna, promovido pela Associação Nacional de Estudos do Século XVII, UFRJ, ANPOF, Seminário Filosofia da Linguagem, USP, Grupo de Pesquisas sobre a Filosofia do século XVII. 1996. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
REZENDE, C. N. de. Ciclo de Estudos e Debates em Direitos Humanos. 2015. (Congresso).

2.
Klotz, H. C. ; REZENDE, C. N. de ; FELICIO, C. B. F. . XXII Semana de Filosofia e XVII Semana de Integração Graduação/Pós-Graduação. 2015. (Congresso).

3.
REZENDE, Cristiano Novaes de; Silva, M. Z. A. ; Santoro, T. S ; ALMADA, L. F. ; DAMIAO, C. M. . XVIII Semana de Filosofia da UFG & XIII Semana de integração Graduação e Pós-Graduação: Natureza, Consciência, Liberdade. 2011. (Congresso).

4.
Reis, Alberto O. A. ; REZENDE, Cristiano Novaes de ; Calderoni, Maria Lucia B. ; Calderoni, David . V Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública: ?Psicopatologia e Saúde Mental na Rede Pública?. 2009. (Congresso).

5.
Reis, Alberto O. A. ; REZENDE, Cristiano Novaes de ; Calderoni, Maria Lucia B. ; Calderoni, David . IV Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública: ?O Direito e a Psicopatologia para a Saúde Pública ? Estratégias Participativas na Educação, no Trabalho e Na Justiça. 2009. (Congresso).

6.
Reis, Alberto O. A. ; REZENDE, Cristiano Novaes de ; Calderoni, David ; Calderoni, Maria Lucia B. . III Colóquio de Psicopatologia e Saúde Pública: ?Dominação ou Liberdade? ? Os múltiplos sentidos da Clínica. 2008. (Congresso).

7.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2007. (Outro).

8.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2006. (Outro).

9.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2005. (Outro).

10.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2004. (Outro).

11.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cinetífica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2003. (Outro).

12.
Machado Filho, Moyses F ; REZENDE, Cristiano Novaes de ; Chaui, Marilena de S. . V Colóquio Internacional de Estudos sobre o Século XVII. 2003. (Congresso).

13.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2002. (Outro).

14.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . X Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF. 2002. (Congresso).

15.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2001. (Outro).

16.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 2000. (Outro).

17.
Chaui, Marilena de S. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . III Colóquio Internacional de Estudos do Século XVII ? ?Cartas Filosóficas, Científicas e Literárias ? O papel da correspondência?. 1999. (Congresso).

18.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cientifica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 1999. (Outro).

19.
Évora, Fatima R. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . Ciclo de Seminários do Grupo de Pesquisa Revolução Cinetífica dos séculos XVI e XVII ? Origens, Influências e Bases Científicas e Filosóficas (Certificado pela UNICAMP e Credenciado junto ao CNPq).. 1998. (Outro).

20.
Chaui, Marilena de S. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . III Encontro de Estudos do Século XVII: ?Conhecer é conhecer pela causa?. 1998. (Congresso).

21.
Chaui, Marilena de S. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . II Encontro de Estudos Filosóficos do Século XVII. 1997. (Congresso).

22.
Chaui, Marilena de S. ; REZENDE, Cristiano Novaes de . I Encontro de Estudos sobre o Século XVII. 1996. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Divino Ribeiro Viana. Multitudo: a constituição ontológica do sujeito político em Espinosa.. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

2.
JOELMAR FERNANDO CORDEIRO DE SOUZA. O DIREITO À SAÚDE COMO ESTADO ?POSITIVO? DE BEM-ESTAR BIOPSICOSSOCIAL: Um diálogo a partir de Michel Foucault e Espinosa sobre as rupturas e continuidades epistemológicas da pós-modernidade. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Iniciação científica
1.
MAYKEL MIZAEL DE PAIVA. A PULSÃO DE MORTE À LUZ ESPINOSANA E O CONATUS À SOMBRA FREUDIANA. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Desirée Castello Branco. Uma Reflexão A Partir De Um Estudo De Caso, Sobre A Maneira Pela Qual A Psiquiatria Fenômeno ? Estrutural Entende A Dimensão Orgânica Dos Transtornos Psíquicos. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializacao Psicopatologia e Saude Publica FSP) - Universidade de São Paulo. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

2.
André Luis Charro Ramalho. Novas concepções da prática médica sob a lente da experimentação estética. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializacao Psicopatologia e Saude Publica FSP) - Universidade de São Paulo. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

3.
Marcus Kalil Damus. Psicopatologia das sociedades: a democracia e o fetichismo no cruzamento entre Freud, Marx e Lévi-Strauss. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializacao Psicopatologia e Saude Publica FSP) - Universidade de São Paulo. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
ALCÂNIA VICENTE PERES PELIGRINI. AMOR IMAGINATIVO VERSUS AMOR INTELECTUAL: considerações acerca da crítica de Espinosa ao dogmatismo judaico-cristão. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

2.
EDER DAVID DE FREITAS MELO. DESCARTES, NIETZSCHE: SOBRE RAZÃO E VERDADE EM SUAS FILOSOFIAS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

3.
ETHANNYN MYLENA MOURA LIMA CONSTANTINO. FILOSOFIA ESPINOSANA: GEOMETRIA CONSTRUTIVISTA E ATRIBUIÇÕES TEÓRICAS DA RECEPÇÃO CRÍTICA NA PARTE I DA ETHICA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

4.
Fábio Eduardo Bezerra e Carvalho. Os Fundamemntos Ontológicos do Estado Espinosano. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

5.
Paulo Júnio de Oliveira. Observações Epistemológicas sobre a Filosofia da Mente. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

Iniciação científica
1.
Sandro Rafaelle Nunes Góis. A Superação da Superstição Através do Intelecto Na Teoria do Conhecimento de Espinosa. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

2.
Fábio Eduardo Bezerra e Carvalho. As Bases Ontológicas e Epistemológicas do Conceito de Concórdia em Espinosa. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

3.
Luzhermínia Carvalho Lima. A Crítica de Espinosa à Perfeição Modelar no prefácio da Parte IV da Ética. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.

4.
Alexandre Guedes Barbosa. O conceito de Nous e sua relação com o conceito de dianoia na filosofia de Aristóteles. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Cristiano Novaes de Rezende.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
REZENDE, C. N. de. 'A geometria da verdade: matemática, construtivismo e natureza em Espinosa. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
REZENDE, C. N. de. Ciclo de Estudos e Debates em Direitos Humanos. 2015. (Congresso).



Outras informações relevantes


- Vencedor do XII Prêmio UFG de Iniciação científica 2014: Orientador na área de Ciência Humanas com o trabalho de Alexandre Guedes: O Conceito de Nous e sua relação com o conceito de Dianoia da Filosofia de Aristóteles.

- Aprovado em segundo lugar no Processo seletivo para Pesquisador do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE-UNICAMP), na área de Epistemologia e História da Ciência, na data de 16 de Abril de 2010, em Campinas.

- Banca da Defesa do Doutorado: Prof. Dr. Marcos Andre Gleizer (UERJ), Marilena Chaui (USP), Lucas Angioni (UNICAMP), Lia Levy (UFRGS). Nota: Aprovado com distincao, louvor e recomendacao da banca para publicacao da tese (nota unanime)

-Banca da Defesa do Mestrado: Prof. Dr. Franklin Leopoldo e Silva (USP) e Prof. Dr. Luiz Roberto Monzani (UNICAMP). Nota: Aprovado com distincao e louvor.

 -Membro do GT História da Filosofia da Natureza da ANPOF submetido e aprovado pelo conselho Científico em Julho de 2001 --

-Membro do Grupo de Pesquisa sobre a Revolução Científica dos séculos XVI e XVII, Origens, influências e bases científicas e Filosóficas ? IFCH-UNICAMP/CNPq ---

-Foi um dos Membros Fundadores (em 1996) do Grupo de Estudos Espinosanos da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) ---

-Foi membro da Associação Nacional de Estudos Filosóficos do Século XVII (desde sua criação até seu término) ---

-Membro do Centro de Estudos de História da Filosofia Moderna e Contemporânea CEMODECON-IFCH/Unicamp ---

-Revisor Técnico do livro de Marilena de Souza Chauí, A Nervura do Real. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. (Contrato Temporário de serviço autônomo junto a Editora Companhia das Letras como revisor técnico-especialista, a pedido da autora) ---

-Aprovado em concurso publico (1996) para Professor Substituto (Historia da Filosofia e Metodos e Tecnicas de Pesquisa), na Fac Filo. da Universidade Federal de Uberlandia (sem assuncao do cargo) ---



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 22:21:29