Martina Ahlert

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0255848252162200
  • Última atualização do currículo em 31/10/2018


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008) e doutorado em Antropologia Social pela Universidade de Brasília (2013). É professora do Departamento de Sociologia e Antropologia e do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão. Participa do Núcleo de Antropologia da Política (NUAP/UFRJ), do Laboratório de Antropologia e História (LAH/Museu Nacional/UFRJ) e coordena o Laboratório de Estudos em Antropologia Política (UFMA/UEMA). Atua principalmente nos seguintes temas: antropologia da política, casa e Encantaria Maranhense. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Martina Ahlert
Nome em citações bibliográficas
AHLERT, M.;AHLERT, MARTINA AHLERT

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Maranhão, Departamento de Sociologia e Antropologia.
Avenida dos Portugueses, 1966
Vila Bacanga
65080805 - São Luís, MA - Brasil
Telefone: (98) 32728325


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Antropologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Cidade Relicário: uma etnografia sobre terecô, "precisão" e Encantaria em Codó (Maranhão), Ano de obtenção: 2013.
Orientador: Antonádia Borges.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 - 2008
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Mulheres de Monte Verde: etnografia, subalternidade e política na relação de um grupo popular de Porto Alegre com o Programa Fome Zero,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Miriam Pillar Grossi.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Antropologia da Política; Reciprocidade; Grupos populares; Etnografia.
2002 - 2006
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
Museu Nacional - Universidade Federal do Rio de Janeiro, MN/UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA, FAPEMA, Brasil.


Formação Complementar


2015 - 2015
Ambientação Docente. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
2015 - 2015
Práticas pedagógicas: complementação ao programa de ambientação docente. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Seminários do Departamento de Antropologia. (Carga horária: 18h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2008 - 2008
Antropologias Minoritárias. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2005 - 2005
Práticas de Justiça e Diversidade Cultural. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2003 - 2003
Patrimônio e Processos Culturais Contemporâneos. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2018 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Antropologia I
09/2018 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia T01
Antropologia T02
09/2018 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Antropologia II
03/2017 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais II
03/2017 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Antropológica
09/2016 - 02/2017
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
09/2016 - 02/2017
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Geral e Jurídica
09/2016 - 02/2017
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Geral e Jurídica
05/2016 - 09/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
Laboratório de Ensino em Ciências Sociais V
03/2016 - 07/2016
Ensino, Cultura e Sociedade, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias da Cultura e Sociedade
11/2015 - 03/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia II
Laboratório de Ensino em Ciências Sociais V
08/2015 - 12/2015
Ensino, Cultura e Sociedade, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias da Cultura e da Sociedade
03/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia II
Laboratório de Ensino em Ciências Sociais VII
01/2015 - 02/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Antropologia II (Antropologia e Direitos Humanos)
09/2014 - 01/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
0279 - Fundamentos Sócio-Antropológicos da Arte
09/2014 - 01/2015
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
0156 - Fundamentos Antropológicos da Educação
09/2014 - 01/2015
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
0172 - Antropologia
05/2014 - 08/2014
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
1698.8 - Antropologia
05/2014 - 08/2014
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
3460.6 - Antropologia Cultural e Estrutural

Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Atividades

08/2013 - 12/2013
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HS 104 Antropologia Cultural Norte-Americana
HS 109 Outras Antropologias
03/2012 - 12/2013
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Antropologia, Departamento de Antropologia.

Atividade realizada
Membro do Colegiados dos cursos de Graduação: Geografia, Psicologia, Desenho Industrial, História, Nutrição e Enfermagem..
04/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia da Arte
04/2013 - 08/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Cultural
10/2012 - 01/2013
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pensamento Social Brasileiro
10/2012 - 01/2013
Ensino, Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia da Saúde
10/2012 - 01/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Cultural
03/2012 - 10/2012
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia III - Teorias Antropológicas II (Escola Sociológica Francesa e Estruturalismo)
03/2012 - 10/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia das Sociedades Complexas

Instituto Federal do Maranhão, IFMA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador


Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
Pesquisadora do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades, coordenado pela Profa. Dra. Miriam Grossi.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica no Antropologia e Cidadania em Grupos Populares, sob orientação da Profa. Dra. Claudia Fonseca.



Projetos de pesquisa


2015 - 2017
Sentidos e práticas do ?habitar? no Centro Histórico de São Luís
Descrição: Este projeto de pesquisa científica propõe uma análise das formas de habitar o Centro Histórico de São Luís, especificamente a Praia Grande e o Desterro. Procura compreender diferentes maneiras de experienciar a moradia nesse território a partir de três situações específicas: i) os casarões que são ocupados de forma ?informal? por sujeitos e famílias, e que constituem moradias coletivas; ii) a ocupação por parte da população de rua que circula nesse território e estabelece nele pontos de referência; iii) a ocupação formalizada e gerida pelo poder público em habitações de interesse social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Martina Ahlert - Coordenador / Conceição de Maria Teixeira Lima - Integrante / Alex Sandro Lopes Cordeiro - Integrante / Bruna Regina Trindade Azevedo - Integrante / Anna Christina Nunes Araújo - Integrante / Gabriela Lages Gonçalves - Integrante / Edilson de Jesus Sá - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
Mobilidade entre mestres e encantados do Terecô de Codó (Maranhão)
Descrição: Mobilidade entre mestres e encantados do terecô de Codó busca tratar dos deslocamentos de pais e mães de santo, e de suas entidades, a partir de uma pesquisa etnográfica no leste maranhense. O movimento ? como mobilidade ou migração ? fala sobre aprendizado, parentesco e relações sociais. Nesta pesquisa, busca-se pensar o andar entre a mata e o contexto urbano; assim como viagens entre cidades e estados brasileiros, levando em consideração a agência de seres diversos e as experiências de espiritualidade como uma condição política sobre ocupar e deslocar-se sobre o mundo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Martina Ahlert - Coordenador / Conceição de Maria Teixeira Lima - Integrante / Luís Alfredo Santos Lima - Integrante / Marcos Carvalho Lamy - Integrante / Francisca Gomes Costa - Integrante.
2011 - 2011
Estratégias de enfrentamento à fome e construções de gênero: o cotidiano das mulheres quebradeiras de coco babaçu na Região dos Cocais - MA
Descrição: A atividade do extrativismo do coco de babaçu é tradicionalmente ligada ao trabalho feminino no estado do Maranhão. Uma análise desta prática articula categorias como gênero, raça e classe. Na cidade de Codó, região dos Cocais, estima-se intensa participação das mulheres na quebra do coco. Este projeto pretende pensar o impacto do recebimento do benefício do Programa Bolsa Família (PBF) na constituição da rotina destas mulheres, de sua identidade e de seus modelos familiares. Estando o benefício vinculado, especialmente, às mulheres/mães, pretende-se investigar como ele ingressa entre as estratégias e projetos familiares de combate à fome. A pesquisa pretende ainda qualificar o conhecimento sobre esta situação social e, a partir das especificidades e lógicas de sua relação com o PBF, inquirir sobre o funcionamento do Programa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Martina Ahlert - Integrante / ALBUQUERQUE, Érika - Coordenador / Tatiane Duarte - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Representações de Iniciação Sexual e Homossexualidade em Escolas do Ensino Público de Santa Catarina/SC
Descrição: Descrição: Este projeto de pesquisa visa estudar as representações de iniciação sexual e homossexualidades de professor@s em escolas estaduais do ensino básico em Santa Catarina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Martina Ahlert - Integrante / GROSSI, Miriam Pillar. - Coordenador / FERNANDES, Felipe Bruno Martins - Integrante / CARDOZO, Fernanda - Integrante.Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.
2007 - 2008
Ensino Religioso e Gênero em Santa Catarina
Descrição: O projeto se insere no quadro geral das questões que dizem respeito à forma como é praticado o Ensino Religioso em escolas públicas no Brasil. A pesquisa visa estudar como está sendo implantado o Ensino Religioso (ER) nas escolas públicas de Santa Catarina. Tendo como focos de análise a forma como os temas relativos a gênero, sexualidade e reprodução estão sendo abordadas nesta disciplina e a adequação ou não do ER ao modelo proposto pelo Estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Martina Ahlert - Integrante / GROSSI, Miriam Pillar. - Integrante / DICKIE, Maria Amélia - Coordenador / WELTER, Tania - Integrante / WEISS, Fatima - Integrante.Financiador(es): PROSARE - Outra.
2004 - 2006
Narrativas Hegemônicas do Campo da Infância e Adolescência (Antropologia e Cidadania em Grupos Populares)
Descrição: Descrição: Narrativas Hegemônicas no Campo da Infância busca problematizar o impacto das políticas estatais no campo da infância e, particularmente, a colocação de crianças em famílias substitutas (adoção, abrigo, família acolhedora). À luz de discussões locais, nacionais e internacionais sobre o bem-estar infantil, o estudo tem desenvolvido aspectos comparativos que beneficiam o debate..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Martina Ahlert - Integrante / FONSECA, Claudia - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Novos Debates - fórum de debates em antropologia
2016 - Atual
Periódico: Campos (UFPR)
2012 - 2013
Periódico: Campos (UFPR)


Revisor de periódico


2012 - 2013
Periódico: Campos (UFPR)


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2008
Menção Honrosa - V Prêmio ABA-FORD de Direitos Humanos. Direitos Culturais, Desigualdades e Discriminações, Associação Brasileira de Antropologia; Fundação FORD.
2005
Destaque- XVII Salão de Iniciação Científica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
AHLERT, M.2018AHLERT, M.; CUNHA, A. S. ; LEAL, J. . Dinamismo e Criatividade em Ontologias Religiosas. REVISTA PÓS-CIÊNCIAS SOCIAIS, v. 15, p. 11-18, 2018.

2.
AHLERT, M.2018AHLERT, M.. Notas sobre o governo de corpos e coisas na Encantaria Maranhense. REVISTA PÓS-CIÊNCIAS SOCIAIS, v. 15, p. 49-66, 2018.

3.
RAUBER-BAIO, H.2017RAUBER-BAIO, H. ; AHLERT, M. . Da materialidade sufocante ao corpo informatizado: uma dança em espiral entre corporalidade e existência ciborgue a partir de uma análise antropológica do filme Gattaca. Gis - Gesto, Imagem e Som - Revista de Antropologia, v. 2, p. 131-151, 2017.

4.
MAIA, M. M. M.2017MAIA, M. M. M. ; AHLERT, M. . 'Onde fica a casa do meu amigo': agência e agenciamento de objetos no filme de Abbas Kiarostami. ANUÁRIO ANTROPOLÓGICO, v. 42, p. 87-109, 2017.

5.
AHLERT, M.2016AHLERT, M.. A gestão do imponderável e a esperança: notas exploratórias sobre conhecimento e escola entre quebradeiras de coco. Revista Pós-Ciências Sociais, v. 13, p. 44-60, 2016.

6.
AHLERT, M.2016 AHLERT, M.. Carregado em saia de encantado: pessoa e transformação no terecô de Codó (Maranhão, Brasil). Etnográfica, v. 20, p. 275-294, 2016.

7.
AHLERT, MARTINA AHLERT2015AHLERT, MARTINA AHLERT. RABELO, Miriam C. M. Enredos, feituras e modos de cuidado: dimensões da vida e da convivência no candomblé. Ilha. Revista de Antropologia (Florianópolis), v. 17, p. 205-211, 2015.

8.
AHLERT, M.2014AHLERT, M.. PINA-CABRAL, João de. SILVA, Vanda Aparecida da. Gente Livre: Consideração e Pessoa no Baixo Sul da Bahia. São Paulo: Terceiro Nome, 2013. 159p.. Campos (UFPR), v. 13, p. 107-110, 2014.

9.
AHLERT, M.2014AHLERT, M.. Tempo de roupa nova: beleza e transformação no tambor da mata de Codó. Iluminuras (Porto Alegre), v. 15, p. 81-101, 2014.

10.
AHLERT, M.2013AHLERT, M.. A 'precisão' e o luxo: usos do benefício do Programa Bolsa Família entre as quebradeiras de coco de Codó (MA). Política & Trabalho (Online), v. 38, p. 69-86, 2013.

11.
AHLERT, M.2013AHLERT, M.. A escola em contexto de vulnerabilidade social. Salto para o Futuro, v. 22, p. 04-09, 2013.

12.
AHLERT, M.2013AHLERT, M.. A escola e o direito de aprender. Salto para o Futuro, v. 22, p. 27-31, 2013.

13.
AHLERT, M.2012AHLERT, M.. A cidade relicário: disputas sobre tempo em Codó - MA. Ponto.Urbe (USP), v. 11, p. 01, 2012.

14.
AHLERT, M.2012AHLERT, M.. Foguetes e fitas coloridas: encontros nos movimentos pela cidade. Ponto.Urbe (USP), v. 11, p. xx, 2012.

15.
AHLERT, M.2012AHLERT, M.. 'Pagar noite' ou 'pagar tambor': a circulação de encantados, pais e filhos de santo em Codó (MA). Boletim da Comissão Maranhense de Folclore, v. 53, p. 11-13, 2012.

16.
AHLERT, M.2012AHLERT, M.. O relicário de Irene. Latitude, v. 3, p. 22-42, 2012.

17.
AHLERT, M.2010AHLERT, M.. Vulnerabilidade Social e Educação. Salto para o Futuro, v. 19, p. 05-10, 2010.

18.
AHLERT, M.2004AHLERT, M.; ALLEBRANDT, D. . "É chegada a hora de ir embora: um estudo antropológico sobre as políticas para asaída de adolescentes do sistema de abrigagem de Porto Alegre/RS". Grupo de estudos de transmissão de patrimônios culturais, Niterói - RJ, 2004.

Capítulos de livros publicados
1.
CARDOZO, Fernanda ; GROSSI, M.P. ; FERNANDES, Felipe Bruno Martina ; OLTRAMARI, L. C. ; AHLERT, M. ; CARNEIRO, M. L. B. ; PERREIRA, E. L. ; FERNANDES, G. S. ; JESUS, F. W. . Iniciação sexual, gênero e homofobia: questões teóricas. In: Miriam Pillar Grossi, Felipe Bruno Martins Fernandes, Fernanda Cardozo. (Org.). Sexualidades, juventude e representações docentes: uma etnografia em escolas públicas de Santa Catarina. 01ed.Florianópolis/Tubarão: Tribo da Ilha/Copiart, 2017, v. 01, p. 39-73.

2.
AHLERT, M.; PERREIRA, E. L. ; GROSSI, M.P. . Uma etnografia das escolas pesquisadas. In: Miriam Pillar Grossi, Felipe Bruno Martins Fernandes, Fernanda Cardozo. (Org.). Sexualidades, juventude e representações docentes: uma etnografia em escolas públicas de Santa Catarina. 01ed.Florianópolis/Tubarão: Tribo da Ilha/Copiart, 2017, v. 01, p. 75-103.

3.
PERREIRA, E. L. ; AHLERT, M. ; GROSSI, M.P. ; FERNANDES, F. B. M. . Professoras e professores: quem são e como atuam em sala de aula?. In: Miriam Pillar Grossi, Felipe Bruno Martins Fernandes, Fernanda Cardozo. (Org.). Sexualidades, juventude e representações docentes: uma etnografia em escolas públicas de Santa Catarina. 01ed.Florianópolis/Tubarão: Tribo da Ilha/Copiart, 2017, v. 01, p. 105-135.

4.
GROSSI, M.P. ; FERNANDES, G. S. ; CARNEIRO, M. L. B. ; JESUS, F. W. ; OLTRAMARI, L. C. ; FERNANDES, F. B. M. ; PERREIRA, E. L. ; AHLERT, M. ; CARDOZO, Fernanda . Representações de professoras e professores sobre a iniciação sexual e sexualidade dos jovens. In: Miriam Pillar Grossi, Felipe Bruno Martins Fernandes, Fernanda Cardozo. (Org.). Sexualidades, juventude e representações docentes: uma etnografia em escolas públicas de Santa Catarina. 01ed.Florianópolis/Tubarão: Tribo da Ilha/Copiart, 2017, v. 01, p. 137-161.

5.
AHLERT, M.. Gira corpo, gira mundo: política e mobilidade entre pessoas e encantados em Codó (MA). In: John Comerford; Marcos Otávio Bezerra; Moacir Palmeira. (Org.). Questões e dimensões da política: anais do Encontro de 20 anos do Núcleo de Antropologia da Política (NuAP). 01ed.Rio de Janeiro: Papéis Selvagens, 2017, v. 01, p. 385-403.

6.
AHLERT, M.. Um monóculo e muitas imagens: aventura e sacrifício para São Francisco em tendas de Terecô. In: Márcia Milena Galdez Ferreira; Marilande Martins Abreu. (Org.). Cultura, fenômenos religiosos e mundos do trabalho no tempo presente. 01ed.São Luís: EDUEMA, 2017, v. 01, p. 197-217.

7.
AHLERT, M.. Notas etnográficas sobre mulheres, política e repasses de alimentos na gestão de um núcleo do Fome Zero em Porto Alegre. In: Jurema Brites; Flávia de Mattos Motta. (Org.). Etnografia, o espírito da antropologia : tecendo linhagens homenagem a Claudia Fonseca. 1ed.Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2017, v. , p. 184-206.

8.
ALBUQUERQUE, Érika. ; AHLERT, M. ; DUARTE, T. ; LIMA SILVA, J. E. ; MOREIRA, A.G.S. ; TELES, E. S. ; SOUZA, E. ; BEZERRA, A. P. ; OLIVEIRA, K. E. H. ; FERREIRA, M. B. . Estratégias de enfrentamento da fome e construções de gênero: o cotidiano das quebradeiras de coco babaçu da Região dos Cocais - MA. In: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. (Org.). Avaliação de Políticas Públicas: reflexões acadêmicas sobre o desenvolvimento social e o combate à fome.. 1ed.Brasília: MDS/ SAGI, 2014, v. 1, p. 170-201.

9.
AHLERT, M.; ALLEBRANDT, D. ; FONSECA, Claudia . Pensando políticas para uma realidade que não deveria existir: 'egressos' do sistema de abrigos. In: Fonseca, Claudia; Schuch, Patrice. (Org.). Políticas de proteção à infância: um olhar antropológico. 01ed.Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009, v. , p. 41-64.

10.
AHLERT, M.. Política da ajuda: notas antropológicas sobre cestas básicas. In: Roberto Kant de Lima. (Org.). Antropologia e Direitos Humanos 5. Brasília; Rio de Janeiro: ABA; Booklink, 2008, v. , p. 318-349.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AHLERT, M.. 'A família de Légua está toda na eira': tramas de parentesco na relação entre pessoas e encantados. In: 30a Reunião Brasileira de Antropologia, 2016, João Pessoa. Anais da 30a Reunião de Antropologia do Mercosul, 2016. p. 01-13.

2.
AHLERT, M.. No pé do meu tambor: beleza, tendas e agências no terecô de Codó (MA). In: XIV Simpósio Nacional da Associação Brasileira de História das Religiões, 2015, Juiz de Fora (MG). XIV Simpósio Nacional da ABHR, 2015. v. 14. p. 1555-1563.

3.
AHLERT, M.. Pessoa e mobilidade: considerações a partir do Terecô de Codó (Maranhão, Brasil). In: I Simpósio Internacional Brasil e Itália: cruzamentos transatlânticos e questões interdisciplinares, 2015, São Luís. Anais do I Simpósio Internacional Brasil e Itália: cruzamentos transatlânticos e questões interdisciplinares, 2015. p. 399-412.

4.
AHLERT, M.. Giras de morte e vida: a circulação de mestres e encantados no terecô maranhense. In: 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014, Natal (RN). Anais da 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014. p. 01-21.

5.
AHLERT, M.. As matas de Seu Légua: pensando pobreza e religião a partir de Codó (Maranhão). In: XVII Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina, 2013, Porto Alegre. Anais da XVII Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina, 2013. p. 01-17.

6.
AHLERT, M.. Casa sagrada, caso doméstica: uma etnografia sobre a relação entre parentes, humanos e encantados em Codó - MA. In: 36 Encontro Anual da ANPOCS, 2012, Águas de Lindóia - SP. Anais do 36 Encontro Anual da ANPOCS, 2012.

7.
AHLERT, M.. Santos e encantados: religiosidade popular em Codó - MA. In: XVI Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina, 2011, Punta del Este. Anais da XVI Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina, 2011. p. 01-16.

8.
AHLERT, M.. Uma cidade relicário: disputas sobre tempo e cidade em Codó/MA. In: 35º Encontro Anual da ANPOCS, 2011, Caxambu. Anais do 35 Encontro Anual da ANPOCS, 2011. p. 01-22.

9.
AHLERT, M.. (Des) Conexões cotidianas. In: VIII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2009, Buenos Aires. VIII RAM, 2009.

10.
AHLERT, M.. A fome negada e a política: sobre a distribuição de alimentos no Programa Fome Zero. In: 26a Reunião Brasileira de Antropologia, 2008, Porto Seguro. 26a Reunião Brasileira de Antropologia: Desigualdade na diversidade, 2008.

11.
AHLERT, M.. Sobre as observações nas aulas de Ensino Religioso. In: Seminário Ensino Religioso, Gênero e Sexualidade em Santa Catarina, 2008, Florianópolis. Seminário Ensino Religioso, Gênero e Sexualidade em Santa Catarina, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AHLERT, M.. Criatividade e deslocamentos nas práticas do terecô de Codó (Maranhão - Brasil). In: VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia, 2016, Coimbra (Portugal). Anais do VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia, 2016. v. 1. p. 46-46.

2.
AHLERT, M.. Vida cheia: a trajetória de pais e mães de santo de Codó (Maranhão - Brasil). In: X Reunión de Antropología del Mercosur, 2013, Córdoba (ARG). Anais da X Reunión de Antropologia del Mercosur, 2013.

3.
AHLERT, M.. Correrias e trabalhos no Programa Fome Zero. In: Seminário Fazendo Gênero 8, 2008, Florianópolis. Anais Fazendo Gênero - Corpo, Violência e Poder, 2008.

4.
AHLERT, M.. A política da vida: ensaio etnográfico sobre a gestão de um núcleo do Programa Fome Zero na cidade de Porto Alegre. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007.

5.
AHLERT, M.. Deslocamentos etnográficos: procedimentos éticos e negociação no trabalho de campo. In: Quintas Jornadas sobre Etnografia y Métodos Cualitativas, 2007, Buenos Aires. Quintas Jornadas sobre Etnografia y Métodos Cualitativos, 2007.

6.
AHLERT, M.. Correndo atrás da comida: Fome Zero em Perspectiva. In: XVII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2005, Porto Alegre. XVII Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2005.

7.
AHLERT, M.. Correndo atrás da comida: Fome Zero em Perspectiva. In: VI Reunião de Antropologia do Mercosul, 2005, Montevideo. VI Reunión de Antropología del Mercosur, 2005. p. 333-333.

8.
AHLERT, M.. Um olhar antropológico frente às políticas institucionais para egressos do sistema de abrigagem. In: Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2004, Porto Alegre. São de Iniciação Científica da UFRGS, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
AHLERT, M.. Rodar o mundo: uma etnografia sobre mobilidade entre pessoas e encantados. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
AHLERT, M.. Mobility and house among masters and enchanted of Terecô of Codó (Maranhão - Brazil). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
AHLERT, M.. Encantaria da mata: uma análise a partir do Terecô de Codó (Maranhão). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
AHLERT, M.. Noção de pessoa e diversidade: uma discussão a partir da Encantaria Maranhense. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
AHLERT, M.. Notas sobre o 'governo' de coisas e corpos na Encantaria Maranhense. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
AHLERT, M.. Encantados, pessoas e potências: uma análise a partir do terecô de Codó (Maranhão). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
AHLERT, M.. Antropologia e religião. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
AHLERT, M.. Os usos do Programa Bolsa Família entre as quebradeiras de coco. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
AHLERT, M.. Mobilidade entre mestres e encantados do Terecô de Codó (Maranhão). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
AHLERT, M.. No pé do meu tambor - beleza, tendas e agências no Terecô de Codó (Maranhão). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
AHLERT, M.. Giras de morte e vida: a circulação de mestres e encantados no terecô maranhense. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
AHLERT, M.. Trabalho docente e diversidade cultural no cotidiano escolar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
AHLERT, M.. Um tambor carregado de heranças: discutindo pessoa e morte no terecô de Codó (MA). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
AHLERT, M.. Arte como conhecimento nas Ciências Humanas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
AHLERT, M.. Cidade relicário: uma etnografia sobre terecô, precisão e Encantaria em Codó (Maranhão). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
AHLERT, M.. Cidade relicário: uma etnografia sobre terecô, precisão e Encantaria em Codó (Maranhão). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
AHLERT, M.. A arte a partir de um olhar antropológico: imagem, produção e mercado. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
AHLERT, M.. Vida cheia: a trajetória de pais e mães de santo de Codó (Maranhão ? Brasil). 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
AHLERT, M.. Relações entre religião e espaço público: pensando a partir da remoção dos terreiros em áreas urbanas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
AHLERT, M.. Trabalho, religião e feitiçaria: os trajetos entre o campo e a cidade no sertão maranhense.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
AHLERT, M.. Casa sagrada, caso doméstica: uma etnografia sobre a relação entre parentes, humanos e encantados em Codó - MA.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
AHLERT, M.. (Des) Conexões cotidianas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
AHLERT, M.. Sobre as observações das aulas de Ensino Religioso. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
AHLERT, M.. A fome negada e a política: sobre a distribuição de alimentos no Programa Fome Zero. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
AHLERT, M.. Correrias e trabalhos no Programa Fome Zero. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
AHLERT, M.. A política da vida: ensaio etnográifco sobre a gestão de um núcleo do Programa Fome Zero na cidade de Porto Alegre. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
AHLERT, M.. Deslocamentos etnográficos: procedimentos éticos e negociação no trabalho de campo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

28.
AHLERT, M.. Correndo atrás da comida: Fome Zero em perspectiva. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
AHLERT, M.. Correndo atrás da comida: Fome Zero em perspectiva. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
AHLERT, M.. Um olhar antropológico frente as políticas institucionais para egressos do sistema de abrigagem. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
ALBUQUERQUE, Érika. ; AHLERT, M. ; DUARTE, T. ; LIMA SILVA, J. E. ; FERREIRA, M. B. ; BEZERRA, A. P. ; TELES, E. S. ; SOUZA, E. ; MOREIRA, A.G.S. ; OLIVEIRA, K. E. H. . Estratégias de Enfrentamento da Fome e Construções de Gênero: o Cotidiano das quebradeiras de coco da Região dos Cocais. Brasília: Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação, 2014 (Síntese de pesquisa).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AHLERT, M.. Relatório de Desenvolvimento Humano Regional para América Latina e Caribe. 2016.

2.
AHLERT, M.. Consultoria de Conteúdo Série Salto para o Futuro: A escola em um contexto de vulnerabilidade social. 2013.

3.
AHLERT, M.. Consultoria para a Organização Internacional do Trabalho. 2013.

4.
AHLERT, M.. Consultoria de Conteúdo Série Salto para o Futuro: Vulnerabilidade Social e Educação. 2010.

Trabalhos técnicos
1.
AHLERT, M.. Parecer para a RBCS - Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2017.

2.
AHLERT, M.. Parecer para a REPOCS - Revista Pós em Ciências Sociais. 2017.

3.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista R@u - Revista de Antropologia Social do PPGAS UFSCar. 2017.

4.
AHLERT, M.. Aspirações de progresso das pessoas no Brasil. 2017.

5.
AHLERT, M.. Parecer para a REPOCS - Revista da Pós-Graduação em Ciências Sociais. 2017.

6.
AHLERT, M.. Parecer para a revista Cadernos de Campo. 2016.

7.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Política & Trabalho. 2015.

8.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Pós Ciências Sociais. 2015.

9.
AHLERT, M.. Parecerista da VII Jornada Internacional de Políticas Públicas. 2015.

10.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Etnográfica. 2015.

11.
AHLERT, M.. Parece para a Revista Vivência: Revista de Antropologia do Departamento de Antropologia e da Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRN. 2014.

12.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Política & Trabalho. 2014.

13.
AHLERT, M.. Parecer para a R@U: Revista de Antropologia Social dos Alunos do PPGAS-UFSCar. 2014.

14.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Pós - Revista Brasiliense de Pós-Graduação em Ciências Sociais. 2014.

15.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Anuário Antropológico - UnB. 2013.

16.
AHLERT, M.. Parecer para a Revista Cadernos de Campo - USP. 2012.


Demais tipos de produção técnica
1.
AHLERT, M.. Preparando a extensão: estratégias para o trabalho de campo. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
AHLERT, M.. Etnografia e alteridade: pensando a partir dos estudos sobre Encantaria Maranhense. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ALBUQUERQUE, Érika. ; DUARTE, T. ; AHLERT, M. . Relatório final: Estratégias de enfrentamento da fome e a construção de gênero: o cotidiano das mulheres quebradeiras de coco babaçu na Região dos Cocais - MA. 2011. (Relatório de pesquisa).

4.
GROSSI, Miriam Pillar. ; AHLERT, M. . Projeto Um estudo interdisciplinar sobre o II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres e a III Conferência Nacional de Política para as Mulheres. 2011. (Pesquisa).

5.
AHLERT, M.. Pesquisa Qualitativa: métodos e técnicas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GOLDMAN, M.; FLAKSMAN, C. M.; AHLERT, M.. Participação em banca de Bárbara Pimentel da Silva Cruz. Confluências e transfluências no Terecô, religião de matria africana de Codó, Maranhão. 2018. Dissertação (Mestrado em ANTROPOLOGIA SOCIAL) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
CARNEIRO, M. D. S.; AHLERT, M.; ZANINI, M. C. C.. Participação em banca de Patrícia Rejane Froelich. "Vivemos dessa renda": a agricultura familiar de Santo Cristo/RS e a intensificação produtiva do leite. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

3.
BORGES, A. S.; ALMEIDA, A. J. S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Eliane Ramira Sousa Lopes. Política na Igreja/ Política da Igreja: formas e disputas de poder entre os bispos Dom Francisco Hélio Campos e Dom Alberto Paulo da Silva, na Diocese de Viiana - MA, durante a Ditadura Militar. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

4.
SOUZA FILHO, B.; BRUSTOLIN, C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Ricardo Trujillo Gonzalez. Território quilombola Santa Rosa dos Pretos: a produção do comum às margens do desenvolvimento. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

5.
ANDRADE, M. P.; MENEZES, M. A.; AHLERT, M.. Participação em banca de Benedita de Cássia Ferreira Costa. Briga com poderosos - resistência camponesa face à expropriação por grandes projetos em Santo Antonio dos Lopes, MA. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

6.
GUERIOS, P.; ZANINI, M. C. C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Cristopher Augusto Carnieri. A italianidade em movimento: travessias e olhares.. 2013. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
SANT'ANA, H. A.; BRUSTOLIN, C.; AHLERT, M.; SHIRAISHI NETO, J.; ANJOS, J. C. G.. Participação em banca de Viviane Vazzi Pedro. ?Quem não pode com a formiga não assanha o Cajueiro?: necropoder, margens e interstícios da judicialização do conflito socioambiental na Comunidade de Cajueiro em São Luís ? MA. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

2.
FLEISCHER, S.; MALUF, S.; GUIMARAES, S.; CAYON, L.; AHLERT, M.. Participação em banca de Ana Gretel Echazú. Corpo de planta: terapias e magias dxs curiosxs da baixa Amazônia do Peru, sob uma perspectiva situada de gênero e de saúde popular. 2015. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
SANT'ANA, H. A.; AHLERT, M.; BARROS, V.. Participação em banca de Isandra Maria Falcão Canjão. Sociabilidade Violenta no PAC Rio Anil Camboa. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

2.
OLIVEIRA, C. M. C.; SCHUELER, A. F. M.; AHLERT, M.. Participação em banca de Ilka Cristina Diniz Pereira. Pelas mãos de Mãe Nilza: negros, religião e matriarcado em Codó - MA. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal Fluminense.

3.
SOUSA, S. M. N.; SAMPAIO, J. O.; AHLERT, M.. Participação em banca de Carolina Vasconcelos Pitanga. Que beleza é essa? Marcas da diferença e a produção de gênero em campanhas publicitárias. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

4.
SOUSA, S. M. N.; SAMPAIO, J. O.; AHLERT, M.. Participação em banca de Nilvanete Gomes de Lima. Sombras, reflexos, Permanências, dissidências: multiplicidade, naturalização do binário e produção de fronteiras nas práticas sexuais vivenciadas por universitários. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

5.
ALCANTARA JR., J. O; CARREIRO, G. S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Marco Antônio Martins da Cruz. Configurações da interação na orla: demarcações do espaço social nas praias de São Luís. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

Qualificações de Mestrado
1.
AHLERT, M.; SANT'ANA, H. A.; BRUSTOLIN, C.; COELHO, E. M. B.. Participação em banca de Diego Fernando Carvajal Benjumea. A construção de um tipo de pessoa através da legislação colombiana sobre o consumo de substâncias psicoativas entre 1920 - 2012. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

2.
SOUSA, S. M. N.; SAMPAIO, J. O.; AHLERT, M.. Participação em banca de Luama Talita Alves Crispim Cirilo. "Não recomendado à sociedade": narrativas sobre relações amorosas, sexuais, profissionais, familiares e de amizade de algumas sapatonas residentes de São Luís. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

3.
BORGES, A. S.; NUNES, P. M. C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Marcelo Fontenelle e Silva. A besta fera vai ao paraíso: uma análise da construção da memória e identidade pública da médica e comunista maranhense Maria Aragão. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

4.
SILVA, V. G.; NASCIMENTO, S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Calliandra Sousa Ramos. Entre tambores, cantos e toadas: fluxos e percursos entre a encantaria maranhense e o bumba-meu-boi. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Social (Antropologia Social)) - Universidade de São Paulo.

5.
SHIRAISHI NETO, J.; CHAI, C. G.; AHLERT, M.. Participação em banca de Jorge Alberto Mendes Serejo. Intolerância à liberdade religiosa de povos e comunidades tradicionais de matriz africana no Maranhão à luz da Lei 7716/89. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Direito e Instituições do Sistema de Justiça) - Universidade Federal do Maranhão.

6.
SOUZA FILHO, B.; BRUSTOLIN, C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Ricardo Trujillo González. Território quilombola Santa Rosa dos Pretos: a produção do comum às margens do desenvolvimento. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

7.
MENENDEZ, L. L.; LEITE, J. C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Paulina Silva de Almeida. Quilombo Mutuca: devoção e dádiva nas festas de Santo. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos de Cultura Contemporânea) - Universidade Federal de Mato Grosso.

8.
ANDRADE, M. P.; SANT'ANA, H. A.; AHLERT, M.. Participação em banca de Benedita de Cássia Ferreira Costa. Demanda e o Complexo de Usinas Termelétricas Parnaíba: expropriação e resistência de famílias camponesas no contexto dos grandes projetos em Santo Antônio dos Lopes, MA. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

9.
STOLL, S.; Beviláqua, C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Alexandra Ambiel Barros Gil Duarte. Porque na boate pode: (des)construções de identidades em boates GLS de Curitiba, Paraná. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná.

10.
GUERIOS, P.; LIMA, E. C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Christopher Augusto Carnieri. A italianidade em movimento: diálogo identitário entre ítalo-brasileiros e italianos.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná.

11.
GUERIOS, P.; MEUCCI, S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Tatiana Fatuch Rabinowitz Mencier. Jobim, Tom & Antônio Brasileiro: um olhar de "dentro para fora"e "de fora para dentro" sobre conceitos e simbologias em torno da identidade brasileira através da obra de Antônio Carlos Jobim. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná.

12.
Beviláqua, C.; STOLL, S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Thaís Henriques Ramos. Jovens, festas, luxo e glamour: uma etnografia das elites juvenis em Florianópolis. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PANTOJA, E. J.; BRUSTOLIN, C.; AHLERT, M.. Participação em banca de Maria Francisca Rocha Enes.Programa Saúde na Escola: uma análise sobre a percepção sobre o Programa Saúde na Escola no Território Quilombola Santa Rosa dos Pretos, município de Itapecuru-Mirim/ MA no ano de 2016 e 2017. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia da Terra) - Universidade Federal do Maranhão.

2.
BRUSTOLIN, C.; PANTOJA, E. J.; AHLERT, M.. Participação em banca de Josiane do Espírito Santo Pires da Silva.?A minha mãe tirou meu diploma de caixeira sem eu saber": o festejo do Divino Espírito Santo como fortalecimento da cultura no território quilombola de Santa Rosa dos Pretos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia da Terra) - Universidade Federal do Maranhão.

3.
BRUSTOLIN, C.; AHLERT, M.; PANTOJA, E. J.. Participação em banca de Joércio Pires da Silva.Tambor não é só tradição, é também força e resistência. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia da Terra) - Universidade Federal do Maranhão.

4.
FERREIRA, M. M. G.; BARBORA, V. O.; AHLERT, M.. Participação em banca de Pablo Gabriel Pinto Monteiro.Encantaria, pajelança e prática de parto: a trajetória de Benedita Cadete. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Maranhão.

5.
BRUSTOLIN, C.; PANTOJA, E. J.; AHLERT, M.. Participação em banca de Bianca Nillaine dos Santos Pereira.Territórios quilombolas no Maranhão: conflitos na construção do processo de regularização fundiária. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

6.
PANTOJA, E. J.; ABREU, M. M.; AHLERT, M.. Participação em banca de Magno dos Santos Machado.Famílias atingidas por empreendimentos de infraestrutura: o Estado versus a sociedade. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

7.
AHLERT, M.; FERRETTI, S.; ARAUJO, R. I.. Participação em banca de Calliandra Sousa Ramos."Todo dia tem tambor de crioula na casa de Mestre Amaral" - etnografia de um tambor de crioula no Centro Histórico de São Luís. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

8.
BORGES, A.; AHLERT, M.. Participação em banca de Isabele Villwock Bachtold.A montanha vai a Maomé: considerações etnográficas sobre a política de ?busca ativa? do governo federal no estado do Pará. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília.

9.
LIMA, G. J.; FURTADO, M. L. S.; AHLERT, M.. Participação em banca de Ivanilde da Conceição Silva.Representações sobre o aborto: corpo, saúde e práticas tradicionais em Turiaçu - MA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual do Maranhão.

10.
AHLERT, M.; FERRETTI, S.; BARROS, A. E. A.. Participação em banca de Fladney Francisco da Silva Freire.Estética, identidade e fluxos no Terecô de Bacabal/MA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - Sociologia) - Universidade Federal do Maranhão.

11.
AHLERT, M.; SILVA, R. V. C.; GASPAR, R. B.. Participação em banca de Juliana Oliveira Silva.Entre swings, bolinhas e pernas de pau: circulação e trocas entre malabaristas de rua. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão.

12.
NAVIERA, M.; AHLERT, M.; CASTRO, A. C. M. O.. Participação em banca de Halina Rauber Baio.Da pele à película: corpos, ciborgues e divindades em uma análise antropológica dos filmes Gattaca e Equilibrium. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

13.
GUERIOS, P.; AHLERT, M.; CASTRO, A. C. M. O.. Participação em banca de Josiéli Andréa Spenassatto.Eles que não roubem você de mim: gênero e casamento entre um grupo Guarani Nhandeva. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

14.
SILVA, A. J.; AHLERT, M.; SALLAS, A. L. F.. Participação em banca de Mariana Poncio de Lima.Muros, cores e ideias: uma análise sociológica com grafiteiros de Curitiba e de São Paulo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.

15.
MORAES, P.; AHLERT, M.; ALDEMAN, Miriam.. Participação em banca de André Lucas Guerreiro Oliveira."Só aquele preconceitozinho básico": quando a homofobia não é violência, ou quando a violência não é homofobia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LIMA, G. J.; AHLERT, M.; GAIOSO, A. V.. Comissão Examinadora de Concurso Público de Cargos da Carreira do Magistério Superior. 2017. Universidade Estadual do Maranhão.

Outras participações
1.
AHLERT, M.; CARNEIRO, M. D. S.. Processo Seletivo de Estagio Pós-Doutoral PNPD/CAPES. 2017. Universidade Federal do Maranhão.

2.
AHLERT, M.; FERRETTI, S.; ALCANTARA JR., J. O. Banca de seleção de Mestrado em Ciências Sociais. 2017. Universidade Federal do Maranhão.

3.
AHLERT, M.; PEREIRA, M. J. F.; PANTOJA, E.. Processo Seletivo do Programa de Educação Tutorial (PET). 2016. Universidade Federal do Maranhão.

4.
REIS, E. T.; AHLERT, M.. Prova Suplementar de Língua Estrangeira. 2016. Universidade Federal do Maranhão.

5.
AHLERT, M.; ALCANTARA, J. O.; FERRETTI, S.. Processo Seletivo para Ingresso no Mestrado. 2016. Universidade Federal do Maranhão.

6.
AHLERT, M.. Avaliação dos painéis do I Encontro de Sociologia da Educação. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

7.
PEREIRA, M. J. F.; SAMPAIO, C.; AHLERT, M.. Avaliação dos painéis do Encontro 2015 da Rede Latino-Americana de Antropologia Jurídica. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

8.
AHLERT, M.; ABREU, M. M.; SILVA, R. V. C.. Processo Seletivo para Professor Substituto. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

9.
PEREIRA, M. J. F.; MARTINS, A. S.; AHLERT, M.. Processo Seletivo do Programa de Educação Tutorial - PET Ciências Sociais. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

10.
AHLERT, M.. 21 Evento de Iniciação Científica. 2013. Universidade Federal do Paraná.

11.
Beviláqua, C.; Silveira, M.; AHLERT, M.. Comissão de Avaliação do Teste Seletivo para Monitoria. 2012. Universidade Federal do Paraná.

12.
AHLERT, M.; FERNANDES, R. C.; CIMBALUK, L.. 20 Evento de Iniciação Científica. 2012. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18th IUAES. Mobility and house among masters and enchanted of Terecô of Codó (Maranhão - Brazil). 2018. (Congresso).

2.
Encontro do Núcleo de Antropologia da Política.Gira corpo, gira mundo: deslocamentos de pessoas e encantados no Terecô de Codó (Maranhão). 2017. (Encontro).

3.
I Colóquio Internacional: Religiões ontem e hoje.Encantaria da mata: uma análise a partir do Terecô de Codó (Maranhão). 2017. (Outra).

4.
30a Reunião Brasileira de Antropologia. A família de Légua tá toda na eira: tramas de parentesco nas relações entre pessoas e encantados. 2016. (Congresso).

5.
II Seminário de Projetos de Pesquisa.Debatedor da mesa: "E o artista o que é? Identidade de artistas cênicos a partir do trabalho em São Luís do Maranhão. 2016. (Seminário).

6.
Seminário Internacional do GERUR.Sociedade Ambiente e Direitos Territoriais. 2016. (Seminário).

7.
VI Colóquio Religiões e Religiosidades: teoria e metodologia nos estudos das religiões.Antropologia e religião. 2016. (Outra).

8.
VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia. Criatividade e deslocamentos nas práticas do terecô de Codó (Maranhão - Brasil). 2016. (Congresso).

9.
I Encontro de Sociologia da Educação.Grupo de Trabalho Metodologias e Práticas de Ensino de Sociologia e Educação. 2015. (Encontro).

10.
I Simpósio Internacional Brasil e Itália.Novos enfoques na pesquisa das religiões afro-brasileiras: Brasil e Itália. 2015. (Simpósio).

11.
XI Reunião de Antropologia do Mercosul.Mobilidade entre mestres e encantados do Terecô de Codó (Maranhão). 2015. (Outra).

12.
XIV Simpósio da Associação Brasileira de História das Religiões.No pé do meu tambor: beleza, tendas e agências no terecô de Codó (MA). 2015. (Simpósio).

13.
29 Reunião Brasileira de Antropologia. Giras de morte e vida: a circulação de mestres e encantados no terecô maranhense. 2014. (Congresso).

14.
Colóquio Estudo das Religiões e Religiosidades.Mesa Redonda: Debates sobre religiões afro-brasileiras. 2014. (Outra).

15.
Colóquio Estudo das Religiões e Religiosidades.Debates sobre Religiões Afro-brasileiras. 2014. (Outra).

16.
Colóquio Estudo das Religiões e Religiosidades.Um tambor carregado de heranças: discutindo pessoa e norte no Terecô de Codó (MA). 2014. (Outra).

17.
VI Semana de Antropologia: desafios da alteridade.Debatedora no GT: Sociabilidade, política e Estado. 2014. (Seminário).

18.
VI Semana de Antropologia: desafios da alteridade.Roupas novas no Terecô de Codó: museus, objetos e visualidades. 2014. (Seminário).

19.
VI Semana de Antropologia: desafios da alteridade.Comentadora: Apresentação de filmes etnográficos. 2014. (Outra).

20.
XIV Encontro Humanístico.Mesa Redonda: Pesquisa em Ciências Humanas. 2014. (Encontro).

21.
Diálogos do PET.Arte como conhecimento nas ciências humanas. 2013. (Outra).

22.
II Semana Acadêmica de Artes Visuais da UFPR.Arte a partir de um olhar antropológico: imagem, produção e mercado. 2013. (Outra).

23.
Seminário Antropologia e Desenvolvimento. 2013. (Seminário).

24.
V Desafios da Alteridade: Semana de Antropologia do PPGAS/ UFPR.GT 2 - Sociabilidades, política e Estado. 2013. (Outra).

25.
V Desafios da Alteridade: Semana de Antropologia do PPGAS/ UFPR. 2013. (Outra).

26.
X Reunión de Antropologia del Mercosur. Vida cheia: a trajetória de pais e mães de santo de Codó (Maranhão - Brasil). 2013. (Congresso).

27.
XVII Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina. As matas de Seu Légua: pensando pobreza e religião a partir de Codó (Maranhão). 2013. (Congresso).

28.
36 Encontro Anual da ANPOCS.Casa sagrada, caso doméstica: uma etnografia sobre a relação entre parentes, humanos e encantados em Codó - MA. 2012. (Encontro).

29.
IV Desafios da Alteridade: Semana de Antropologia do PPGAS/UFPR.Pesquisas em Andamento PPGAS/UFPR. 2012. (Outra).

30.
VII Semana Acadêmica das Ciências Sociais.Relações entre religião e espaços públicos. 2012. (Outra).

31.
XV CISO Pré Alas - Encontro Norte e Nordeste de Ciências Sociais.Trabalho, religião e feitiçaria:os trajetos entre o campo e a cidade no sertão maranhense. 2012. (Encontro).

32.
Seminário Internacional Cultura, Percepção e Ambiente. 2011. (Seminário).

33.
Seminário Internacional Trabalho Social em Intervenções Habitacionais. 2010. (Seminário).

34.
VIII Reunião de Antropologia do Mercosul. (Des) Conexões cotidianas. 2009. (Congresso).

35.
26 Reunião da Associação Brasileira de Antropologia. A fome negada e a política: sobre a distribuição de alimentos no Programa Fome Zero. 2008. (Congresso).

36.
Seminário Ensino Religioso, Gênero e Sexualidade em Santa Catarina.Experiências docentes. 2008. (Seminário).

37.
Seminário Ensino Religioso, Gênero e Sexualidade em Santa Catarina.Sobre as observações nas aulas de Ensino Religioso. 2008. (Seminário).

38.
Seminário Internacional Fazendo Gênero.Correrias e trabalhos no Programa Fome Zero. 2008. (Seminário).

39.
VII Congresso Brasileiro de Prevenção das DST e AIDS. 2008. (Congresso).

40.
Quintas Jornadas sobre Etnografia y Métodos Cualitativas.Deslocamentos etnográficos: procedimentos éticos e negociação no trabalho de campo. 2007. (Seminário).

41.
Seminário Corpo e Saúde. 2007. (Seminário).

42.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul. A política da vida: ensaio etnográfico sobre a gestão de um núcleo do Programa Fome Zero na cidade de Porto Alegre. 2007. (Congresso).

43.
Jornada Sherry Ortner (NIGS/NACI).Apontamentos sobre. 2006. (Encontro).

44.
Alimentação e Cultura. 2005. (Seminário).

45.
VI Reunião de Antropologia do Mercosul. A antropologia e os programas de intervenção: de problema social a problema científico. 2005. (Congresso).

46.
XXV Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia. 2005. (Congresso).

47.
Jornadas de Sociologia: Qual Cidadania?.Jornadas de Sociologia: Qual cidadania?. 2003. (Outra).

48.
V - Reunião de Antropologia do Mercosul. V - Reunião de Antropologia do Mercosul. 2003. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AHLERT, M.. IV Seminário de Licenciatura em Ciências Sociais. 2014. (Outro).

2.
AHLERT, M.. XIV Encontro Humanistico. 2014. (Outro).

3.
AHLERT, M.; QUINAGLIA SILVA, Erica ; GALLINA, Justina Franchi ; LUIZ, Daniela da Silva ; PEREIRA, Everton Luis ; TOMAZ, Natália ; TORREZAN, Flávia Maria . Mostra de Fotografias - Seminário Internacional Fazendo Gênero 8. 2008. (Exposição).

4.
GROSSI, Miriam Pillar. ; AHLERT, M. . Seminário Homofobia, Identidades e Cidadania LGBTTT. 2007. (Congresso).

5.
AHLERT, M.; QUINAGLIA SILVA, Erica ; ALBUQUERQUE, Marcos Alexandre ; PEREIRA, Everton Luis ; RIBEIRO, Marcelo Rodrigues Souza ; SOUZA, Ana Maria Alves de . Mostra de Fotografias - Seminário Fazendo Gênero 7. 2006. (Exposição).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Gabriela Lages Gonçalves. Os outros que habitam as casas: Uma análise sobre as relações sociais entre os moradores do Centro Histórico e seres intangíveis. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Conceição de Maria Teixeira Lima. Conexões entre tendas de Terecô em Codó (MA). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Diego Fernando Carvajal Benjumea. O ?DOENTE?: Uma Abordagem sócio-histórica a partir da criação e construção da Lei 1566/2012 na Colômbia. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Diego Fernando Carvajal Benjumea. Uma análise das leis sobre o consumo de substâncias psicoativas na Colômbia (1920-2012). 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Martina Ahlert.

2.
Alexandre Barros Gil Duarte. Porque na boate pode: masculinidades entre grupos de amigos homossexuais em Curitiba, Paraná. 2014. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Martina Ahlert.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Conceição de Maria Teixeira Lima. Relações cruzadas: uma etnografia sobre vínculos entre pessoas e encantados no terecô de Codó - Maranhão. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Martina Ahlert.

2.
Ellen Cristina Pinheiro Ferreira. Filhos Separados: entre construção de demandas e reconhecimento. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

3.
Marcos Carvalho Lamy. Força e criatividade a partir da música no Terecô em Codó (Maranhão). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

4.
Gabriela Lages Gonçalves. Os "viajantes" da Guest House: arte e corpo em uma perspectiva antropológica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

5.
Weslania Leal Costa Reis. Louvariê a todos os santos: religião afro-brasileira em Catucá, Bacabal (MA). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Humanas - Sociologia) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

6.
Bruna Regina Trindade Azevedo. Um dicionário de palavras: Uma análise da comunicação entre beneficiárias e funcionárias do Programa Bolsa Família em São Luís (MA). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

7.
Francisca Costa Gomes. Terecô e Herança: uma análise da Tenda São Jorge em Codó (MA). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

8.
Alex Sandro Lopes Cordeiro. Pessoas em movimento: considerações sobre "moradores de rua" em São Luís (Maranhão)". 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

9.
Whilma Miranda de Sousa Araújo. Religião Afro-brasileira em Presidente Dutra (MA): um estudo da Tenda São Francisco. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

10.
Joana Etiene Lima Silva. Gênero e políticas públicas: ações de enfrentamento à violência contra a mulher em Codó (MA). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

Iniciação científica
1.
Ester Ribeiro Barbosa. Presença de famílias de encantados do Terecô de Codó em tendas de religião afrobrasileira em outros contextos. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Martina Ahlert.

2.
Priscila da Conceição Aguiar. Pessoas em deslocamento para festas religiosas e tratamentos de cura. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Martina Ahlert.

3.
Conceição de Maria Teixeira Lima. Significados da mata e agência dos encantados. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Martina Ahlert.

4.
Luís Alfredo Lima. Deslocamentos de mestres e encantados entre a roça e a cidade. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.

5.
Nicole Pinheiro Bezerra. Sentidos e Práticas do habitar no Centro Histórico de São Luís (Maranhão). 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Maranhão, Universidade Federal do Maranhão. Orientador: Martina Ahlert.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
AHLERT, M.. Cidade relicário: uma etnografia sobre terecô, precisão e Encantaria em Codó (Maranhão). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
AHLERT, M.. Cidade relicário: uma etnografia sobre terecô, precisão e Encantaria em Codó (Maranhão). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


Aprovação, em Primeiro Lugar, no Teste seletivo para professor substituto - Edital 064/2012 - no Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Paraná (03/2012).

Aprovação, em primeiro lugar, no Concurso para professor efetivo (DE) - Edital 086/2013 - no Departamento de Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Maranhão.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 8:39:05