Rurion Soares Melo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1367116517575975
  • Última atualização do currículo em 27/08/2014


é professor do Departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP) e Pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). Possui graduação (2003), mestrado (2005) e doutorado (2009) em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), e pós-doutorado pelo CEBRAP (2011). Foi pesquisador visitante da J. W. Goethe Universität Frankfurt am Main e da Freie Universität Berlin entre 2007 e 2008. É membro do Grupo Interuniversitário de Pesquisa Filosofia Crítica e Modernidade (FiCeM) e coordena o Grupo de Estudos de Política e Teoria Crítica da USP. Desenvolve pesquisas nas áreas de teoria política e teoria social. É um dos coordenadores da Coleção Habermas pela Editora da UNESP. Atua principalmente nos seguintes temas: teoria crítica, marxismo e teoria política, teorias da democracia, esfera pública e lutas por reconhecimento, possuindo também trabalhos dedicados à relação entre música e sociedade. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rurion Soares Melo
Nome em citações bibliográficas
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Av. Professor Luciano Gualberto, 315. Cidade Universitária. Sala 2035
Butantã
05508900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913754
URL da Homepage: http://www.fflch.usp.br/dcp


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Sentidos da emancipação: Para além da antinomia revolução versus reforma, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Ricardo Terra.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: emancipação; revolução; reforma; Democracia; Estado social; Marx.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria das Ciências Humanas.
2003 - 2005
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O uso público da razão como procedimento: pluralismo, discurso e democracia em Habermas,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Ricardo Ribeiro Terra.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Democracia; Habermas; Política; Procedimento; Uso Público da Razão; pluralismo.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria das Ciências Humanas.
1998 - 2002
Graduação em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Democracia Deliberativa em Jürgen Habermas.
Orientador: Ricardo Ribeiro Terra.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.


Pós-doutorado


2009 - 2011
Pós-Doutorado.
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria das Ciências Humanas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.


Formação Complementar


2008 - 2008
Soziologisches Kolloquium. (Carga horária: 12h).
Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
2007 - 2008
Sozialphilosophie. (Carga horária: 20h).
Johann-Wolfgang Goethe Universität Frankfurt/Main.
2007 - 2008
Theorie und Recht der Politik. (Carga horária: 6h).
Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador da Graduação, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Ciência Política.

08/2013 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
1º semestre 2014 - Política III - Pensamento Político Moderno e Contemporâneo (Liberalismo, Conservadorismo e Socialismo)
2 semestre 2013 - Política II - Teoria Política Moderna
2º semetre 2014 - Política II - Teoria Política Moderna

Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2011 - Atual
Ensino, Curso de Pós-Graduacao em Ciências Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
2012 1 semestre: Temas Clássicos das Ciências Sociais
2011 - 2 Semestre: Cultura e política
08/2010 - 08/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Guarulhos, Departamento de Ciências Sociais.

08/2010 - 08/2013
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
2010 - 2 semestre: Emancipação e Política na Teoria Crítica
2011 - 1 semestre: Epistemologia das Ciências Sociais
2012 1 semestre: Introdução às Ciências Sociais: Ciência Política
2012 - 2 semestre: Política e Teoria Crítica
2013 - 1 semestre: Introdução às Ciências Sociais: Ciência Política
03/2010 - 12/2012
Direção e administração, Campus Guarulhos, Departamento de Ciências Sociais.

Cargo ou função
Vice-Chefe de Departamento.

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

01/2011 - Atual
Direção e administração, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, .

Cargo ou função
Membro da Câmara de Pesquisadores.
01/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, .

08/2000 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, .

08/2010 - 08/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo Direito e Democracia, .

08/2000 - 07/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo Direito e Democracia, .


Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 6
Outras informações
Curso "Sozialebewegungen und Staatsbürgerrechte in Lateinamerika", Sommersemester 2008, ministrado juntamente com o Prof. Sérgio Costa e realizado no Lateinamerika-Institut da Freie Universität Berlin

Atividades

03/2008 - 06/2008
Ensino, Sociologia e política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sozialebewegungen und Staatsbürgerrechte in Lateinamerika

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESPSP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4
Outras informações
Pós-Graduacao. Disciplina de Economia Política.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4
Outras informações
Graduacao em Sociologia. Disciplina "Oficina de Problemas Contemporâneos"

Atividades

02/2009 - 06/2010
Ensino, Globalizacao e Cultura, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
2010 - 1 semestre: Economia Política
2009 - 2 semestre: Economia Política
2009 - 1 semestre: Economia Política
08/2009 - 12/2009
Ensino, Sociologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Oficina de Problemas Contemporâneos

Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante

Atividades

02/2005 - 06/2006
Ensino, Direito da Economia e da Empresa, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa


Linhas de pesquisa


1.
Pesquisador do Núcleo Direito e Democracia
2.
Pesquisador da Área de Filosofia, Direito e Democracia
3.
Coordenador do Subgrupo Democracia Deliberativa
4.
Coordenador do Subgrupo Autonomia e Teoria Crítica
5.
Coordenador do Grupo de Estudos de Política e Teoria Crítica
6.
Política e Teoria Crítica: Autonomia, reconhecimento e democracia


Projetos de pesquisa


2011 - 2013
Política e Teoria Crítica: Emancipação, autonomia e a renovação dos modelos críticos

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador.
2011 - 2013
Grupo de Pesquisa Interdisciplinar Crítica e Emancipação

Descrição: A consolidação das ciências sociais foi constituída por uma rica diferenciação e especialização do conhecimento. Nesse quadro, as teorias sociais críticas se distinguem de modo peculiar de outras elaborações teóricas no campo das ciências humanas não por sua função no interior desse processo de especialização, mas antes por seu interesse essencial pelas condições reais da emancipação social. Parte-se do pressuposto de que o conhecimento dos processos sociais reais, nos quais estão ancorados os diagnósticos sobre as condições emancipatórias efetivas, não pode, por um lado, se limitar aos resultados parciais do conhecimento produzido pela especialização das ciências sociais, mas, por outro lado, depende principalmente de um trabalho conjunto em que a importância das especialidades é reforçada por uma perspectiva interdisciplinar. O presente grupo de pesquisa entende não ser possível uma crítica social teoricamente bem fundamentada sem o desenvolvimento de um trabalho coletivo. A proposta de trabalho em pauta consiste não apenas em reconstituir a produção teórica de viés crítico que se encontra disponível, mas também em se esforçar na elaboração de um diagnóstico a partir do entrelaçamento do conhecimento produzido pelo conjunto das ciências humanas. Cada encontro está dividido em duas partes: na primeira, discute-se importantes textos de referência; na segunda, aborda-se reflexões temáticas atuais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (6) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador / Javier Amadeo - Integrante / Christina Andrews - Integrante.
2010 - 2013
Subgrupo Autonomia e Teoria Crítica

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador / Monique Hulshof - Integrante / Fernando Costa Mattos - Integrante / Felipe Silva - Integrante / Ricardo Ribeiro Terra - Integrante.
2009 - 2013
Projeto temático FAPESP/CEBRAP: Moral, política e direito: Autonomia e teoria crítica

Descrição: A proposta ancora-se em um trabalho anterior de oito anos, financiado por dois Projetos Temáticos FAPESP sucessivos (processos 99/09544-4 e 03/11860-9). Com base nessa experiência de pesquisa, busca-se não apenas uma investigação sobre a tradição da Teoria Crítica e seus problemas, mas também uma investigação a partir dos desenvolvimentos dessa vertente intelectual. O fio condutor escolhido foi o conceito de autonomia, uma noção cujo exame crítico permite não só articular os diferentes domínios da Moral, da Política e do Direito na atualidade, mas igualmente operar com diferentes propostas críticas em investigações aplicadas. O projeto em uma caracterização geral compõe-se dos seguintes momentos: (1) posição do conceito de autonomia na tradição filosófica e na teoria social; (2) posição da noção de autonomia em diferentes concepções de teoria social e em diferentes modelos de Teoria Crítica da atualidade; (3) investigações aplicadas nos campos do Direito, da Política e da Moral tendo como pressuposto um escrutínio crítico da noção de autonomia..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (12) / Doutorado: (15) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Marcos Nobre - Coordenador / Denilson Luis Werle - Integrante / Monique Hulshof - Integrante / Maurício Cardoso Keinert - Integrante / Luiz Repa - Integrante / Fernando Costa Mattos - Integrante / Felipe Silva - Integrante / José Rodrigo Rodrigues - Integrante / Priscila Spécie - Integrante / Sérgio Costa - Integrante / Ricardo Ribeiro Terra - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2009 - 2011
A teoria da emancipação em Marx: Determinismo econômico e autodeterminação política

Descrição: A teoria da emancipação de Marx pode ser interpretada ora segundo as determinações histórica-econômicas, ora de acordo com a dimensão de autodeterminação do proletariado como autoatividade, de modo que o processo revolucionário em direção ao socialismo não pudesse contar apenas com um determinismo estrutural do próprio capitalismo. Essa ambivalência entre determinismo econômico e autodeterminação não poderia ser solucionada caso a práxis política fosse concebida com base em um paradigma produtivista, na qual a ação autônoma do proletariado estaria circunscrita à autoatividade produtiva, ou seja, à ação como trabalho. Adotando outra via de interpretação, em que seria possível dissociar o conceito de ação como trabalho da teoria da emancipação, pretendemos investigar até que ponto a autodeterminação política apresentada na Crítica da filosofia do direito de Hegel e nos textos histórico-políticos de Marx poderia fornecer categorias para que a autoemancipação do proletariado não fosse determinada por uma concepção de práxis entendida como autoatividade produtiva, mas como autodeterminação política..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2009 - 2011
PROBRAL - Movimentos sociais, esfera pública e as novas configurações do direito na América Latina

Descrição: A presente pesquisa busca analisar os nexos entre a dinâmica dos debates e conflitos na esfera pública (informal e formal) e os processos de formação racional da opinião e da vontade, fontes básicas de legitimação das decisões políticas e da legislação vigente. Em especial, busca-se compreender como tais nexos apresentam-se nos processos de consolidação democrática na América Latina, tanto nas dinâmicas de criação quanto de aplicação da lei. Postulamos que a tematização e as controvérsias públicas em torno de questões reguladas abstratamente pelas leis podem levar a uma reconfiguração do sistema de direitos existente, impondo-se a vigência da legislação e diminuindo-se o hiato existente entre normas jurídicas e práticas sociais. De acordo com nossa hipótese, os nexos entre a tematização pública das questões reguladas por determinada legislação e a aplicação da lei podem ser descritos em dois níveis inter-relacionados, quais sejam, o plano da auto-compreensão política dos cidadãos e o plano institucional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (6) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Marcos Nobre - Coordenador / Flávia Portella Püschel - Integrante / Marta Machado - Integrante / Felipe Silva - Integrante / José Rodrigo Rodrigues - Integrante / Evorah Lusci - Integrante / Sérgio Costa - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2009 - 2010
O marxismo ocidental e os diagnósticos do capitalismo

Descrição: Estudo conjunto sobre os diferentes diagnósticos do capitalismo analisados nas obras de Karl Marx, Rudolf Hilferding, Rosa Luxemburgo, Georg Lukács, Paul Sweezy, Friedrich Pollock, entre outros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador.
2006 - 2009
Anti-racismo e esfera pública no Brasil

Descrição: Partindo do pressuposto de que existe um vínculo estreito entre a dinâmica da esfera pública e o Estado democrático de direito, este projeto busca investigar a tematização e as controvérsias públicas em torno da questão do racismo, da discriminação e do preconceito racial no Brasil e suas relações com a configuração do sistema de direitos vigente e sua aplicação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (6) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Denilson Luis Werle - Integrante / Luiz Repa - Integrante / Marta Machado - Integrante / Felipe Silva - Integrante / Evorah Lusci - Integrante / Priscila Spécie - Integrante / Sérgio Costa - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Outra.
2005 - 2009
Teorias da democracia, esfera pública e autonomia

Descrição: A linha de pesquisa, iniciada no primeiro semestre de 2005, procura interpretar a dinâmica dos conflitos que se desenrolam entre Estado e sociedade a partir do conceito mediador de esfera pública . Este conceito permite entender não apenas os processos de formação política da opinião e da vontade, mas também a influência fática e legítima exercida pela sociedade sobre o sistema político (corporações parlamentares, governos e tribunais)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (5) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador / Denilson Luis Werle - Integrante / Luiz Repa - Integrante / Felipe Silva - Integrante / Evorah Lusci - Integrante / Priscila Spécie - Integrante / Sérgio Costa - Integrante.
2004 - 2008
Projeto temático FAPESP/CEBRAP: Moral, Política e Direito: Modelos de Teoria Crítica

Descrição: Tendo como pressuposto a constatação da necessidade da criação, no Brasil, de grupos de pesquisa de orientação interdisciplinar, o Projeto Temático "Moral, Política e Direito: Modelos de Teoria Crítica" aqui proposto busca apresentar-se não apenas como investigação sobre a tradição da Teoria Crítica e seus problemas, mas também como investigação a partir dos desenvolvimentos dessa vertente intelectual. O projeto articula diferentes ordens de problemas da moral, da política e do direito, não obstante a preeminência da perspectiva filosófica. A presente proposta ancora-se em um trabalho anterior de quatro anos, financiado por um Projeto Temático FAPESP (processo no. 99/09544-4), que teve nos escritos de Jürgen Habermas (especialmente a obra "Direito e Democracia") o ponto de fuga do trabalho coletivo. O projeto busca mapear em sua diversidade os diferentes modelos críticos de teoria social em suas vertentes morais, jurídicas e políticas para, com isso, divisar aplicações relevantes a problemas prementes da atualidade. Nesse sentido, esse Projeto Temático, em uma caracterização geral, compõe-se dos seguintes momentos: (1) relação da tradição da Teoria Crítica com a tradição filosófica, em especial com sua fonte kantiana; (2) reconstrução dos diversos modelos de Teoria Crítica em sua relação com as dimensões da moral, do direito e da política; bem como (3) investigações aplicadas nos campos do direito, da política e da moral.. .
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (18) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Marcos Nobre - Coordenador / Denilson Luis Werle - Integrante / Monique Hulshof - Integrante / Maurício Cardoso Keinert - Integrante / Luiz Repa - Integrante / Evorah Lusci - Integrante / Ricardo Ribeiro Terra - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2000 - 2004
PROJETO TEMÁTICO FAPESP/CEBRAP: Moral, política e direito: Uma investigacao a partir da obra de Jürgen Habermas

Descrição: O projeto pretende a partir da reflexão habermasiana articular ordens de problemas da moral, da política e do direito, não obstante a preeminência da perspectiva filosófica. A investigação se põe não apenas como uma investigação sobre a obra de Jürgen Habermas, mas também como uma investigação a partir da reflexão habermasiana, o que equivale a dizer que os escritos de Habermas são tomados como um estoque de problemas que, acreditamos, são dignos não apenas de uma reconstrução, mas também de desenvolvimento e avaliação. O projeto temático se subdivide claramente em dois sub-projetos, mas a estruturação da investigação é única para ambos: 1) relação do pensamento habermasiando com a tradição filosófica; 2) reconstrução interna da obra de Habermas, pondo em relevo a importância de sua inserção no desenvolviemnto da teoria crítica da sociedade; 3) desdobramentos da reflexão habermasiana nos campos do direito, da política e da moral. .
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (15) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Marcos Nobre - Integrante / Denilson Luis Werle - Integrante / Maurício Cardoso Keinert - Integrante / Daniel Tourinho Peres - Integrante / Luiz Repa - Integrante / José Rodrigo Rodrigues - Integrante / Ricardo Ribeiro Terra - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2000 - 2004
Democracia Deliberativa

Descrição: O debate contemporrâneo sobre a importância e os sentidos da democracia como princípio de legitimação das práticas e instituições políticas gerou uma diversidade de teorias políticas que, a despeito de suas diferenças, fornecem uma ampla argumentação que reconhece a centralidade do conceito de deliberação pública para explicar e compreender a dinâmica dos conflitos e a formação de acordos políticos em sociedades democráticas. O grupo de pesquisa procurará tratar os principais autores da corrente deliberativa de democracia, bem como seus principais críticos, ao abordar o problema da melhor forma de organização do poder político e os fundamentos da legitimidade do exercício desse poder em sociedades complexas e plurais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (5) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Integrante / Denilson Luis Werle - Coordenador / Maurício Cardoso Keinert - Integrante / Daniel Tourinho Peres - Integrante / Luiz Repa - Integrante / Felipe Silva - Integrante.


Outros Projetos


2011 - Atual
Grupo de Estudos de Política e Teoria Crítica

Descrição: O Grupo procura analisar a relação entre orientação emancipatória e as condições propriamente políticas para a emancipação tal como se encontram diagnosticadas em diferentes modelos de Teoria Crítica. Aborda-se nas leituras em conjunto a questão da emancipação nos autores da tradição de pensamento da Teoria Crítica e em seus representantes atuais, especificando a articulação entre política e orientação emancipatória em três grandes diagnósticos de época: os potenciais emancipatórios imanentes diagnosticados por Marx no quadro do capitalismo liberal e a formulação da práxis política no paradigma revolucionário; os obstáculos à emancipação e à práxis política diagnosticados no quadro do capitalismo tardio pela primeira geração da Teoria Crítica; e a retomada dos vínculos entre crítica social e teoria política para a renovação dos diagnósticos e modelos críticos apresentados pelas segunda, terceira e quarta gerações da Teoria Crítica, em que se discutem os desafios contemporâneos da democracia, os novos movimentos sociais, o papel da esfera pública e as lutas por reconhecimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador.
2009 - 2009
O ideal desenvolvimentista e a economia política brasileira

Descrição: A pesquisa aborda o debate em torno do ideal desenvolvimentista e suas consequencias para a compreensao da economia política brasileira atual, com ênfase nos textos de Celso Furtado, Caio Prado Júnior, Fernando Henrique Cardoso, Francisco de Oliveira, Ignácio Rangel, entre outros..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .

Integrantes: Rurion Soares Melo - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2000 - Atual
Periódico: Cadernos de Filosofia Alemã (1413-7860)
2007 - Atual
Periódico: Editora Esfera Pública
2012 - Atual
Periódico: Música Popular em Revista


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria das Ciências Humanas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2003
Menção Honrosa pela apresentação do trabalho Uma interpretação intersubjetivista do conceito kantiano de autonomia, 11 SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciacao Científica da USP.
2002
Menção Honrosa pela apresentação do trabalho O uso público da razão como procedimento: Jürgen Habermas e John Rawls ., 10 SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciacao Científica da USP.
2001
Destaque na apresentação do trabalho A dupla perspectiva instrumental-normativa do conceito do político de Jürgen Habermas, 9 SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciacao Científica da USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MELO, R.2013MELO, R. . Crítica e justificação em Rainer Forst. Cadernos de Filosofia Alemã, v. 22, p. 11-30, 2013.

2.
MELO, R.2013MELO, R. . Emancipação hoje e os desafios da democracia. Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP), v. 23, p. 05-18, 2013.

3.
MELO, RURION2012MELO, RURION ; FINS, ADÉLAÏDE GREGORIO . Habermas et la nécessaire révision de la gauche. Rue Descartes, v. 76, p. 42-55, 2012.

4.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2011MELO, R. . Teoria crítica e os sentidos da emancipação. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 24, p. 249-262, 2011.

5.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2011MELO, R. . Crítica e contradição: Qual herança marxista?. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 90, p. 35-47, 2011.

6.
MELO, R.2011MELO, R. . A teoria da emancipação de Karl Marx. Cadernos de Filosofia Alemã, v. XVIII, p. 35-48, 2011.

7.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2010MELO, R. . Autonomia, justiça e democracia. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), p. 207-215, 2010.

8.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2010MELO, R. ; MACHADO, M. ; SILVA, F. . The Public Sphere and the Anti-Racism Legal Protections in Brazil. Collection of Scientific Papers 2009, v. 1, p. 302-311, 2010.

9.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2010MELO, R. . Autonomia, construtivismo e razão pública: Rawls leitor de Kant. Dois Pontos (UFPR), v. 7, p. 127-149, 2010.

10.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2010MELO, R. . Reificação e reconhecimento: Um estudo a partir da teoria crítica da sociedade de Axel Honneth. Ethic@ (UFSC), v. 9, p. 223-237, 2010.

11.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2010MELO, R. ; MACHADO, M. ; SILVA, F. . A esfera pública e as proteções legais anti-racismo no Brasil. Cadernos de Filosofia Alemã, v. XVI, p. 125-146, 2010.

12.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2009MELO, R. . A ampliação do conceito do político: Para uma outra recepção da teoria crítica de Marx. Cadernos de Filosofia Alemã, v. XIII, p. 59-82, 2009.

13.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2008MELO, R. . A esquerda difícil: Em torno do paradigma e do destino das revoluções no século XX e alguns outros temas, de Ruy Fausto. Cadernos de Filosofia Alemã, v. 11, p. 110-121, 2008.

14.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2008MELO, R. . O uso público da razão como procedimento: Um contraste entre Rawls e Habermas. Dois Pontos (UFPR), v. 5, p. 113-141, 2008.

15.
Melo, Rúrion Soares2007Melo, Rúrion Soares ; Melo, Rúrion . O "Popular" em Egberto Gismonti. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), p. 191-200, 2007.

16.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2007MELO, R. . A crítica de Habermas ao paradigma "produtivista" como orientação emancipatória da esquerda. Cadernos de Filosofia Alemã, v. 10, p. 97-112, 2007.

17.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2006MELO, R. ; NOBRE, M. ; ZAN, J. R. ; BURNETT, H. . Chega de saudade. Trópico, 2006.

18.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2005MELO, R. . Habermas e a estrutura "reflexiva" do direito. Revista Direito GV, São Paulo, v. 1, p. 67-78, 2005.

19.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2005MELO, R. ; BURNETT, H. ; ZAN, J. R. ; NOBRE, M. . A morte e a morte da canção. Trópico, 2005.

20.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2002MELO, R. . Harmonia, de Arnold Schönberg. Cadernos de Filosofia Alemã, São Paulo, v. 8, p. 146-151, 2002.

21.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2002MELO, R. . O projeto do racionalismo integral. Cadernos Espinosanos (USP), São Paulo, v. IX, p. 171-197, 2002.

22.
MELO, R.;Melo, Rúrion;MELO, RURION2002MELO, R. . A dupla perspectiva instrumental-normativa do conceito do político de Jürgen Habermas. Primeiros Escritos, São Paulo, v. 5, p. 178-187, 2002.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MELO, R. . Marx e Habermas: Teoria crítica e os sentidos da emancipação. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. 385p .

2.
MELO, R. (Org.) . A teoria crítica de Axel Honneth: Reconhecimento, liberdade e justiça. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. 340p .

3.
MELO, R. (Org.) ; RAMOS, F. C. (Org.) ; FRATESCHI, Y. (Org.) . Manual de Filosofia Política. São Paulo: Saraiva, 2012.

4.
MELO, R. . O uso público da razão: Pluralismo e democracia em Jürgen Habermas. Sao Paulo: Loyola, 2011. 216p .

5.
MELO, R. (Org.) ; KEINERT, M. C. (Org.) ; LOPES, M. (Org.) ; NOBRE, M. (Org.) ; MATTOS, F. C. (Org.) ; PERES, D. T. (Org.) ; REPA, L. (Org.) . Tensões e passagens: Filosofia crítica e modernidade. São Paulo: Esfera Pública, 2008. 290p .

6.
WERLE, D. L. (Org.) ; MELO, R. (Org.) . Democracia Deliberativa. 1. ed. São Paulo: Esfera Pública, 2007. v. 1500. 314p .

Capítulos de livros publicados
1.
MELO, R. . Teoria crítica e os sentidos da emancipação. In: Javier Amadeo; Andréa Barbosa; Alessandra El Far. (Org.). Ciências sociais em diálogo: Pensamento político e social, Estado e ação coletiva. 1ed.São Paulo: FAP-UNIFESP, 2014, v. 3, p. 57-84.

2.
MELO, R. . Crítica da ideologia e emancipação: Marx, o direito e a democracia. In: Felipe Gonçalves Silva; José Rodrigo Rodriguez. (Org.). Manual de sociologia jurídica. 1ed.São Paulo: Saraiva, 2013, v. , p. 16-33.

3.
MELO, R. . Práxis social, trabalho e reconhecimento: O problema da reconstrução antropológica na teoria crítica. In: Rurion Melo. (Org.). A teoria crítica de Axel Honneth: Reconhecimento, liberdade e justiça. 1ed.São Paulo: Saraiva, 2013, v. , p. 182-207.

4.
MELO, R. ; WERLE, D. L. . Um déficit político do liberalismo hegeliano? Autonomia e reconhecimento em Honneth. In: Rurion Melo. (Org.). A teoria crítica de Axel Honneth: Reconhecimento, liberdade e justiça. 1ed.São Paulo: Saraiva, 2013, v. , p. 389-408.

5.
MELO, R. . Redistribuição, reconhecimento e a questão social. In: Anete B. L. Ivo. (Org.). Dicionário temático: Desenvolvimento e a questão social. 1ed.Campinas: Anna Blume, 2013, v. , p. 412-417.

6.
MELO, R. ; REPA, L. ; SILVA, F. ; MACHADO, M. ; WERLE, D. L. ; LUSCI, E. ; COSTA, S. . Para além da inefetividade da lei? Estado de direito, esfera pública e anti-racismo. In: Adrián Lavalle. (Org.). O horizonte da política: Questões emergentes e agendas de pesquisa. 1ed.Sao Paulo: UNESP, 2012, v. , p. 261-306.

7.
MELO, R. . Teorias contemporâneas da democracia: Entre realismo político e concepcoes normativas. In: Rúrion Melo; Yara Frateschi; Flamarion Calderia Ramos. (Org.). Manual de Filosofia Política. Sao Paulo: Saraiva, 2012, v. , p. -.

8.
MELO, R. ; SILVA, F. . Crítica e reconstrução em Direito e Democracia. In: NOBRE, M.; REPA, L.. (Org.). Habermas e a reconstrução. Sobre a categoria central da teoria crítica habermasiana. 1ed.Campinas: Papirus, 2012, v. , p. 135-167.

9.
MELO, R. . Crítica e contradição: Qual herança marxista?. In: André Penteado; Vinicius de Figueiredo. (Org.). Estante. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2012, v. , p. 74-96.

10.
MELO, R. ; LUSCI, E. ; MACHADO, M. ; REPA, L. ; RODRIGUES, J. R. ; SILVA, F. ; WERLE, D. L. ; COSTA, S. . Más allá de la Inefectividad de la Ley? Estado de Derecho, Esfera Publica y antirracismo. In: Adrian Lavalle. (Org.). El Horizonte de la política Brasil y la agenda contemporánea de investigación en el debate internacional. México: CIESAS, 2011, v. , p. 291-334.

11.
MELO, R. ; COSTA, S. ; SILVA, F. . Sociedad Civil, Estado y Derecho en América Latina: Tres Modelos Interpretativos. In: Araujo, Kathya.. (Org.). Se acata pero non se cumple?. Santiago: LOM, 2009, v. , p. 199-222.

12.
HULSHOF, M. ; KEINERT, M. C. ; MELO, R. . Diferenciação e complementaridade entre direito e moral. In: Marcos Nobre; Ricardo Ribeiro Terra. (Org.). Direito e democracia: Um guia de leitura de Habermas. : Malheiros, 2008, v. , p. -.

13.
VITALE, D. ; MELO, R. . Política deliberativa e o modelo procedimental de democracia. In: Marcos Nobre; Ricardo Ribeiro Terra. (Org.). Direito e democracia: Um guia de leitura de Habermas. : Malheiros, 2008, v. , p. -.

14.
MELO, R. ; WERLE, D. L. . Reconhecimento e justiça na teoria crítica da sociedade em Axel Honneth. In: Marcos Nobre. (Org.). Curso Livre de Teoria Crítica. Campinas: Papirus, 2008, v. , p. 183-198.

15.
MELO, R. . Lutas por reconhecimento no Estado democrático de direito: Habermas para além de liberais e comunitaristas. In: Daniel Tourinho Peres. (Org.). Justiça, virtude e democracia. Salvador: Quarteto, 2006, v. , p. 291-301.

16.
MELO, R. . Uma breve nota sobre cultura popular e formação. In: Jorge Melo. (Org.). A medicina popular no cordel: Meizinhas, Doenças e Curas. 1ed.Rio de Janeiro: Kether, 2005, v. , p. 11-16.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MELO, R. . O cidadão tem direito de ajudar a fazer as leis que obedece. Gazeta do Povo, Londrina, 19 maio 2014.

2.
MELO, R. ; NOBRE, M. ; HONNETH, A. . A dimensao moral. Folha de Sao Paulo. mais!, Sao Paulo, p. 10 - 10, 27 set. 2009.

3.
MELO, R. . Honneth e a reificação. Mente, Cérebro & Filosofia, São Paulo, p. 69 - 75, 01 abr. 2008.

4.
MELO, R. ; MACHADO, M. ; SILVA, F. . The public sphere and the anti-racism legal protections in Brazil. Social Science Research Network, 01 mar. 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MELO, R. . Da teoria à práxis? Lutas por reconhecimento na teoria política contemporânea. In: 37º Encontro Anual da ANPOCS, 2013, Águas de Lindóia. 37º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 2013. p. 398-399.

2.
MELO, R. . Crítica e justificação: sobre o projeto de uma teoria crítica da política. In: XV Encontro Nacional de Filosofia da Anpof, 2012, Curitiba. XV Encontro Nacional ANPOF. Curitiba: Anpof, 2012. p. 703-703.

3.
MELO, R. . Justica e sociedade: Práticas sociais e princípios normativos na teoria do reconhecimento de Axel Honneth. In: XIV Encontro Nacional de Pós-graduacao em Filosoifia (ANPOF), 2010, Aguas de Lindóia. XIV Encontro Nacional ANPOF, 2010. p. 516-516.

4.
MELO, R. . Teoria da justiça e diagnóstico do tempo em Axel Honneth. In: V Simpósio Internacional Principia, 2007, Florianópolis. V Simpósio Internacional Principia/Resumos. Florianópolis: NEL/UFSC, 2007. p. 157-157.

5.
MELO, R. . Emacipação negociada: solidariedade e democracia em Habermas. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da Anpof, 2006, Salvador. XII Encontro Nacional de Filosofia da Anpof/Livro de atas. Salvador: Anpof, 2006. v. 12. p. 504-505.

6.
MELO, R. . Sobre a relação entre moral e política: o debate de Habermas e McCarthy. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004, Salvador. Atas do XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Salvador: UESC/EDUFBA, 2004. p. 420-420.

Apresentações de Trabalho
1.
MELO, R. ; NOBRE, M. ; ZAN, J. R. . A morte da canção e os novos protestos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MELO, R. . Repensando a esfera pública. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MELO, R. . A teoria crítica de Axel Honneth. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MELO, R. . Os novos movimentos sociais e a esfera pública. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MELO, R. . Da teoria à práxis? Lutas por reconhecimento na teoria política contemporânea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MELO, R. . Emancipação hoje. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
MELO, R. . Emancipação hoje. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MELO, R. . O que é 'materialismo interdisciplinar'? Sobre a relação entre teoria crítica e pesquisa social. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MELO, R. . Emancipação hoje e os limites da democracia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
MELO, R. . Benjamin e as teses sobre história. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
MELO, R. . Crítica e justificação: Sobre o projeto de uma teoria crítica da política. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
MELO, R. . Práxis social e reconhecimento. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
MELO, R. . Trabalho, reificação e reconhecimento. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
MELO, R. ; NOBRE, M. . Modelos de teoria crítica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
MELO, R. . Race, culture, and cosmopolitanism. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
MELO, R. . Liberalismo e teoria crítica: Dois diagnósticos sobre a religião na esfera pública. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
MELO, R. . Religião e debates públicos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
MELO, R. . Reconstrução do Sistema de Direitos e Teoria da Democracia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
MELO, R. . Teoria e práxis em Marx. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
MELO, R. . Exigências da crítica imanente: Marx e a Teoria Crítica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
MELO, R. ; WERLE, D. L. ; NOBRE, M. . Redistribuição e reconhecimento em Nancy Fraser e Axel Honneth. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
MELO, R. . Teoria crítica e os sentidos da emancipação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
MELO, R. . Entre derechos y el derecho: Procesos de juridificación y sus trampas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
MELO, R. . Pluralismo e democracia deliberativa: A formulacao republicana kantiana em Jürgen Habermas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
MELO, R. . Justiça e sociedade: Práticas sociais e princípios normativos na teoria do reconhecimento de Axel Honneth. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
MELO, R. . Autonomia e razão pública: Rawls leitor de Kant. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
MELO, R. . Diagnóstico de época e patologia social na teoria crítica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
MELO, R. ; WERLE, D. L. . Axel Honneth. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
MELO, R. . Jürgen Habermas: Direito e integração social. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

30.
MELO, R. . Jürgen Habermas: Sociedade civil e esfera pública. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
MELO, R. . Jürgen Habermas: Circulação do poder, desenho do Estado e adjudicação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

32.
MELO, R. . Para uma teoria crítica da democracia: Limites e possibilidades de uma crítica imanente. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

33.
MELO, R. . Nominalismo e natureza no discurso rousseauniano. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
MELO, R. . Teoria crítica, psicanálise e política. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
MELO, R. ; REPA, L. . Um conceito complexo de racionalidade. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
MELO, R. ; WERLE, D. L. . Tolerância e justificação pública. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
MELO, R. ; MACHADO, M. ; SILVA, F. . The public sphere and the effectiveness of anti-racism legal protections. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
MELO, R. . Interesse prático e crítica da modernidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

39.
MELO, R. . Teoria da justiça e diagnóstico de época em Axel Honneth. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

40.
MELO, R. . Industria Cultural e autonomia da arte. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
MELO, R. . Emancipação negociada: solidariedade e democracia em Habermas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

42.
MELO, R. . Política deliberativa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
MELO, R. . Lutas por reconhecimento no Estado democrático de direito: Habermas entre liberais e comunitaristas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
MELO, R. . Teoria do reconhecimento. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

45.
MELO, R. . Sobre a relação entre moral e política: o debate de Habermas e McCarthy. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

46.
MELO, R. . A leitura de Rawls do Imperativo Categórico. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

47.
MELO, R. . Uma interpretação intersubjetivista do conceito kantiano de autonomia. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

48.
MELO, R. . O Uso Público da Razão como Procedimento: Jürgen Habermas e John Rawls. 2002. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

49.
MELO, R. . Habermas: Razão Prática e Política. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

50.
MELO, R. . A dupla perspectiva instrumental-normativa do conceito do político de Jürgen Habermas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

51.
MELO, R. . Observações sobre a relação entre esfera pública e democracia na filosofia de Habermas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
MELO, R. . Para a reconstrução do Materialismo Histórico (no prelo). São Paulo: UNESP, 2014. (Tradução/Livro).

2.
MELO, R. . Apresentação à edição brasileira. São Paulo, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
MELO, R. . O Império do Direito: Teoria política e sistema jurídico na sociedade moderna. São Paulo: Quartier Latin, 2013. (Tradução/Livro).

4.
MELO, R. ; FERNANDES, P. . Filosofia social e pesquisa social. O 'problema hegeliano' de Max Horkheimer e Axel Honneth. São Paulo: Saraiva, 2013. (Tradução/Artigo).

5.
MELO, R. . Teoria e Práxis. Estudos de filosofia social. São Paulo: UNESP, 2013. (Tradução/Livro).

6.
MELO, R. . Reificação. Um estudo de teoria do reconhecimento. São Paulo: Saraiva, 2013. (Tradução/Livro).

7.
MELO, R. ; FRATESCHI, Y. ; RAMOS, F. C. . Introdução. São Paulo, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

8.
MELO, R. ; REPA, L. ; WERLE, D. L. . Sobre a constituição da Europa. Um ensaio.. São Paulo: Unesp, 2012. (Tradução/Livro).

9.
MELO, R. . A teoria crítica da Escola de Frankfurt e a teoria do reconhecimento (Entrevista de Axel Honneth com Olivier Voirol). Frankfurt am Main: Campus Verlag, 2011. (Tradução/Artigo).

10.
CORREA, A. ; MELO, R. . Para Filosofar. Sao Paulo: Scipione, 2010 (Revisao técnica).

11.
MELO, R. . A Teoria Crítica dos sistemas da Escola de Frankfurt, 2010. (Tradução/Artigo).

12.
MELO, R. ; PUSCHEL, F. P. . Qual o conceito de pessoa de que necessita a teoria do discurso do direito?. Sao Paulo: Saraiva, 2009 (Revisão de tradução).

13.
MELO, R. . Direito natural e dignidade humana. Sao Paulo: Quartier Latin, 2009 (Revisao de traducao).

14.
MELO, R. . A dimensao Moral, 2009. (Tradução/Outra).

15.
MELO, R. ; KEINERT, M. C. ; NOBRE, M. ; PERES, D. T. ; LOPES, M. ; REPA, L. ; MATTOS, F. C. . Apresentação. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

16.
MELO, R. . A esfera pública e as lutas por reconhecimento: De Habermas a Honneth. Sao Paulo: Cadernos de Filosofia Alema 11, 2008. (Tradução/Artigo).

17.
WERLE, D. L. ; MELO, R. . Apresentação. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

18.
MELO, R. ; WERLE, D. L. . Teoria crítica, teorias da justiça e a reatualização de Hegel. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

19.
WERLE, D. L. ; MELO, R. . Democracia Deliberativa. São Paulo: Esfera Pública, 2007. (Tradução/Livro).

20.
MELO, R. . Sofrimento de indeterminação: Uma reatualização da Filosofia do Direito de Hegel. São Paulo: Esfera Pública, 2007. (Tradução/Livro).

21.
PUSCHEL, F. P. ; MELO, R. . Qual o conceito de pessoa de que necessita a teoria do discurso do direito?. São Paulo: Revista Direito GV n. 3, 2006 (Revisão de tradução).

22.
MELO, R. . Apresentação. Rio de Janeiro, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

23.
MELO, R. . O filósofo como verdadeiro professor de direito, 2005. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
MELO, R. . Revista Katalysis. 2013.

2.
MELO, R. . Brazilian Political Science Review. 2013.

3.
MELO, R. . Revista DOISPONTOS. 2012.

4.
MELO, R. . Editora UNESP. 2012.

5.
MELO, R. . Revista Política & Sociedade. 2011.

6.
MELO, R. . Revista Brasileira de Ciência Política. 2011.

7.
MELO, R. . Ethic@. 2011.

8.
MELO, R. . Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2011.

9.
MELO, R. . Revista Humanidades em Diálogo. 2010.

10.
MELO, R. . Revista Trans/Form/Ação. 2010.

11.
MELO, R. . Revista de Sociologia e Política. 2009.

12.
MELO, R. . Kínesis: Revista de Estudos dos Pós-Graduandos em Filosofia da UNESP. 2009.

13.
MELO, R. . Fundacao de Amparo a Pesquisa do Estado de Sao Paulo. 2009.

14.
MELO, R. . Caderno CRH de Ciências Sociais. 2009.

15.
MELO, R. . Ideias - Revista do Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas da UNICAMP. 2009.

16.
MELO, R. . Primeiros Escritos (USP). 2007.

17.
MELO, R. . Revista Direito GV. 2007.

18.
MELO, R. . Cadernos de Ética e Filosofia Política. 2006.

19.
MELO, R. . Cadernos de Filosofia Alemã. 2000.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MELO, R.; PINZANI, A.; WERLE, D. L.; DALLAGNOL, D.. Participação em banca de Jorge Armindo Sell. John Rawls e Amartya Sen em busca da justiça. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
MELO, R.; COHN, G.; ALBUQUERQUE, J. L. C.. Participação em banca de Fernando Antonio Santana da Silva. Teoria sociológica e sociedade brasileira: Possibilidades de produção do conhecimento teórica a partir de dois debates da sociologia brasileira. 2014. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
MELO, R.; SANTOS, G. A.; ALMEIDA, G. A.. Participação em banca de Bruno Martins Soares. Sujeitos de reconhecimento: Uma análise dos limites do reconhecimento a partir do julgamento sobre a união homo afetiva. 2014. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

4.
MELO, R.; ZAN, J. R.; SANTOS, A. R. C.. Participação em banca de Ismael de Oliveira Gerolamo. Arte engajada e música popular instrumental dos anos 1960: o caso do Quarteto Novo. 2014. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
MELO, R.; FRATESCHI, Y.; DUARTE, A.. Participação em banca de Fernando Henrique Rovere de Godoy. Hannah Arendt e Giorgio Agamben: Duas visões do Estado de Direito. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
MELO, R.; DIAS, M. T.. Participação em banca de Cauê de Camargo Martins. A comercialização de fonogramas digitais pela grande indústria fonográfica no Brasil e o esquematismo da indústria cultural (2006-2012). 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

7.
MELO, R.; Amadeo, J.; AMARAL, M.. Participação em banca de Andrei Chikhani Massa. Superexploração da força de trabalho: Uma categoria em disputa. 2013. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduacao em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Paulo.

8.
Melo, Rúrion; RANIERI, J.; CAMARGO, S.. Participação em banca de Aristóteles de Almeida Silva. O capitalismo tardio e sua crise: Estudo das interpretações de Ernst Mandel e Jürgen Habermas. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
Melo, Rúrion; WERLE, D. L.; PINZANI, A.. Participação em banca de André Luiz Souza Coelho. A gênese lógica do sistema de direitos fundamentais em Habermas. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
MELO, R.; NOBRE, M.. Participação em banca de Fabio Florence de Barros. O dilema entre Estado e democracia: Um estudo sobre a crítica da política na obra do jovem Marx. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

11.
MELO, R.; PINZANI, A.; WERLE, D. L.. Participação em banca de José marcos Monteiro de Souza. Liberdade, igualdade e eficiência: Os princípios de justiça em Rawls. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

12.
MELO, R.; WERLE, D. L.; DUTRA, D. V.. Participação em banca de Paula Roberta Sá do Nascimento. Democracia deliberativa: Dos fundamentos normativos à realização dos seus ideais nas sociedades contemporâneas. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

13.
MELO, R.; MONTERO, P.; ARAUJO, M.. Participação em banca de Leonardo Siqueira Antonio. Há controvérsias? A religião na televisão. 2012. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduacao em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Paulo.

14.
MELO, R.; KEINERT, M. C.; REPA, L.. Participação em banca de Sônia Pereira Gomes. A teoria crítica diante do capitalismo tardio. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

15.
MELO, R.; HULSHOF, M.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Ricardo Urizzi Carvalho. Subjetividade e intuição em Immanuel Kant. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

16.
MELO, R.; KEINERT, M. C.; WERLE, D. L.. Participação em banca de Jarbas Luiz dos Santos. O direito e a justica: A dupla face do pensamento kelseniano. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

17.
MELO, R.; LOPES, M.; OLIVEIRA, C. E.. Participação em banca de Alexandrina Paiva da Rocha. A reapropriacao contemporânea da ética aristotélica na filosofia moral de Alasdair MacIntyre. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

18.
MELO, R.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Juliano Barone Baragatti. A democracia deliberativa e a educacao contemporanea. 2009. Dissertação (Mestrado em Globalizacao e Cultura) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

19.
MELO, R.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Lenon Hymalaia. Déficit democrático no sistema liberal: problemas e crises no capitalismo tardio. 2009. Dissertação (Mestrado em Globalizacao e Cultura) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MELO, R.; SILVA, R. V.; SILVA, J. C. C. B.; TOKARSKI, F. M. B.; Araújo, C.. Participação em banca de Maria Ligia Ganacim Granado Rodrigues Elias. Liberdade como não interferência, liberdade como não dominação, liberdade construtivista: Uma leitura do debate contemporâneo sobre a liberdade. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

2.
MELO, R.; Vita, A.; LAVALLE, A. G.; LIMA, V. A.; MAIA, R. C. M.. Participação em banca de Renato Francisquini Teixeira. Democracia, liberdade de expressão e o valor equitativo das liberdades comunicativas. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

3.
MELO, R.; FRATESCHI, Y.; GIACOIA JUNIOR, O.; THOMAZ, O. R.; SILVA, A. C.. Participação em banca de Renata Romoldo Brito. Direito e política na filosofia de Hannah Arendt. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
MELO, R.; Werle, M. A.; KLOTZ, H. C.; CEPEDA, V.; LICHT, P.. Participação em banca de Tânia Malinski. O conceito de desenvolvimento segundo Hegel: A progressao da consciência. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

5.
MELO, R.; REPA, L.; FRATESCHI, Y.; TERRA, R. R.; COHN, G.. Participação em banca de Bruno Costa Simoes. A recusa teimosa: Ensaios sobre o pensamento conservador. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

6.
MELO, R.; TERRA, R. R.; WERLE, D. L.; MATTOS, F. C.; REPA, L.. Participação em banca de Luis Alexandre Dias do Carmo. Fundamentos da ética do discurso pragmático-transcendental. 2009. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
MELO, R.; SANTOS, A. R. C.; ZAN, J. R.. Participação em banca de Rodrigo Aparecido Vicente. Música popular brasileira em Hi-Fi: Um estudo sobre o Trio Surdina. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Música) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
MELO, R.; NOBRE, M.; RODRIGUES, J. R.. Participação em banca de Maria Érbia cassia Carnaúba. Teoria Crítica e Utopia em Marcuse. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
MELO, R.; NOBRE, M.; FRATESCHI, Y.. Participação em banca de Mariana Oliveira do Nascimento Teixeira. Teoria social e reconstrução normativa no modelo crítico de Axel Honneth. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
MELO, R.; REPA, L.; TERRA, R. R.. Participação em banca de Nathalie de Almeida Bressiani. Diagnóstico de patologias sociais e democracia deliberativa em Nancy Fraser. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

5.
MELO, R.; TERRA, R. R.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Rafael Rodrigues Garcia. Mito e liberdade: A crítica da cultura contra o totalitarismo político. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

6.
MELO, R.; Vita, A.. Participação em banca de André Luiz da Silva. Pluralismo e autonomia: Implicações normativas para democracias contemporâneas. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

7.
MELO, R.; YAZBEK, M. C.; RODRIGUES, M. L.. Participação em banca de Alessandra Genú Pacheco. Novas potencialidades de realização do projeto profissional do serviço social a partir do conceito habermasiano de esfera pública. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

8.
MELO, R.; RAMOS, F. C.; TERRA, R. R.. Participação em banca de Erinson Cardoso Otenio. Max Stirner como crítico da modernidade: Entre dialética do esclarecimento e crítica radical da razao. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

9.
MELO, R.; LICHT, P.; CODATO, L.. Participação em banca de Tania Malinsky. O desenvolvimento como processo dialético. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de São Carlos.

Qualificações de Mestrado
1.
MELO, R.; Amadeo, J.; BATISTINI, R.. Participação em banca de Andrei Chikhani Massa. O marxismo criativo de Ruy Mauro Marini. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Curso de Pós-Graduacao em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Paulo.

2.
MELO, R.; Amadeo, J.; AMARAL, M.. Participação em banca de Gabriela Fernandes Feliciano Murua. Imperialismo e dependência: elementos dialéticos do subimperialismo. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
MELO, R.; MONTERO, P.; ARAUJO, M.. Participação em banca de Leonardo Siqueira Antonio. Há controvérsias: A religiao na televisao. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

4.
MELO, R.; FRATESCHI, Y.; TELES, E.. Participação em banca de Fernando Henrique Rovere de Godoy. Arendt e Agambem: Duas concepções de Estado de direito. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
MELO, R.; DIAS, M. T.. Participação em banca de Cauê de Camargo Martins. O formato da música digital no Brasil. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Curso de Pós-Graduacao em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Paulo.

6.
MELO, R.; KEINERT, M. C.; MATTOS, F. C.. Participação em banca de Ricardo Urizzi Carvalho. Dedução transcendental e a questão do vínculo entre conceito e intuição. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

7.
MELO, R.; FRATESCHI, Y.; NOBRE, M.. Participação em banca de Leonardo Jorge da Hora Pereira. Habermas e o diagnóstico do capitalismo tardio. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
MELO, R.; TERRA, R. R.; WERLE, D. L.. Participação em banca de Flávio Azevedo Reis. Rawls, a posição original e o problema da justificação. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

9.
MELO, R.; Vita, A.; Araújo, C.. Participação em banca de Lucas Cardoso Petroni. Uma defesa do liberalismo político igualitário. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

10.
MELO, R.; PISANI, M.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Sonia pereira Gomes. A teoria crítica diante do capitalismo tardio. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

11.
MELO, R.; TERRA, R. R.; REPA, L.. Participação em banca de Nathalie Bressiani. Economia, cultura e normatividade: O debate de Nancy Fraser e Axel Honneth em torno da Teoria Social. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MELO, R.; SILVA, F. L. E.; CODATO, L.. Participação em banca de Renato Silveira Messa.Hegel: Estudo sobre a Introdução à Fenomenologia do Espírito. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Mosteiro de São Bento de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MELO, R.. Concurso de Professor Adjunto na Área de Ciência Política. 2012. Universidade Federal de São Paulo.

2.
MELO, R.. Processo Seletivo para Professor Assistente na área de Teoria e Pensamento Político. 2011. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Justiça, Virtude e Democracia: Representação Política. Esfera pública, autonomia e conflito. 2014. (Congresso).

2.
Escrita Sonora.A morte da canção e os novos protestos. 2014. (Seminário).

3.
Ciências Humanas e Sociais: Dentro ou fora do jogo?.Diagnósticos e perspectivas: a relevância das ciências sociais e humanas (moderação). 2014. (Seminário).

4.
37º Encontro Anual da ANPOCS.Da teoria à práxis? Lutas por reconhecimento na teoria política contemporânea. 2013. (Encontro).

5.
XVI Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia da UNICAMP.Emancipação hoje. 2013. (Encontro).

6.
A atualidade da Teoria Crítica.Emancipação hoje. 2013. (Outra).

7.
Quartas Sociais.O que é "materialismo interdisciplinar"? Sobre a relação entre teoria crítica e pesquisa social. 2013. (Outra).

8.
II Seminário Discente de Pós-Graduacao em Ciência Política da USP.Democracia e Liberdade. 2012. (Seminário).

9.
I Encontro Nacional de Filosofia Política Contemporânea.Emancipação hoje e os limites da democracia. 2012. (Encontro).

10.
Teoria Crítica em debate: Adorno e Benjamin,.Benjamin e as teses sobre história. 2012. (Encontro).

11.
XV Encontro Nacional da ANPOF.Crítica e justificação: Sobre o projeto de uma teoria crítica da política. 2012. (Encontro).

12.
A teoria crítica de Axel Honneth.Práxis social e reconhecimento. 2012. (Encontro).

13.
A teoria crítica de Axel Honneth.Trabalho, reificação e reconhecimento. 2012. (Encontro).

14.
VI SOFiA.Modelos de Teoria Crítica. 2012. (Encontro).

15.
Colóquio Internacional: Política, direito e cosmopolitismo.Race, culture and cosmopolitanism. 2012. (Outra).

16.
Sao Paulo Critical Theory Conference 2011. Discussant of "Freedom and Representation in South Africa" from Lawrence Hamilton. 2011. (Congresso).

17.
Seminário do Grupo de Estudos sobre Mediação e Alteridade (GEMA).Liberalismo e teoria crítica: Dois diagnósticos sobre a religião na esfera pública. 2011. (Seminário).

18.
Seminário do Grupo de Estudos sobre Mediação e Alteridade (GEMA).Religiao e debates públicos. 2011. (Seminário).

19.
Reconstruindo Habermas.Reconstrução do Sistema de Direitos e Teoria da Democracia. 2011. (Encontro).

20.
III Semana da Graduação em Filosofia: Filosofia Política.Teoria e prática em Marx. 2011. (Encontro).

21.
III Colóquio de Humanas.Exigências da crítica imanente: Marx e a Teoria Crítica. 2011. (Outra).

22.
Mesa Redonda Redistribuição e Reconhecimento.Redistribuição e reconhecimento em Nancy Fraser e Axel Honneth. 2011. (Outra).

23.
Seminário de Ciência Política da USP.Teoria crítica e os sentidos da emancipacao. 2010. (Seminário).

24.
Democracia, Movimientos Sociales y Derecho en America Latins: Nuevas Agendas de Investigación.Entre derechos y el derecho: Procesos de juridificación y sus trampas. 2010. (Seminário).

25.
IX Coloquio de Epistemologia da USJT - Kant: Crítica, autonomia e política.Pluralismo e democracia deliberativa: A formulacao republicana kantiana em Jürgen Habermas. 2010. (Simpósio).

26.
XIII Encontro Nacional de Pesquisa na Graduacao em Filosofia.Teoria Crítica. 2010. (Encontro).

27.
XIV Encontro Nacional de Pós-graduacao em Filosoifia (ANPOF).Justica e sociedade: Práticas sociais e princípios normativos na teoria do reconhecimento de Axel Honneth. 2010. (Encontro).

28.
Colóquio Internacional: Leituras Contemporâneas.Autonomia e razão pública: Rawls leitor de Kant. 2010. (Outra).

29.
Filosofia da Psicanálise.Diagnóstico de época e patologia social na teoria crítica. 2010. (Outra).

30.
Curso de Teoria Crítica: Direito, Filosofia e Comunicacao.Axel Honneth. 2010. (Outra).

31.
Curso de Direito e Teoria Crítica do CEBRAP.Jürgen Habermas: Direito e integracao social. 2010. (Outra).

32.
Curso de Direito e Teoria Crítica do CEBRAP.Jürgen Habermas: Sociedade civil e esfera pública. 2010. (Outra).

33.
Curso de Direito e Teoria Crítica do CEBRAP.Jürgen Habermas: Circulacao do poder, desenho do Estado e adjudicacao. 2010. (Outra).

34.
Colóquio A política hoje: teoria, acao e instituicoes.Para uma teoria crítica da democracia: Limites e possibilidades de uma crítica imanente. 2010. (Outra).

35.
II Colóquio Justiça, Virtude e Democracia: da amizade ao reconhecimento a fortuna histórica da philia.Nominalismo e natureza no discurso rousseauniano. 2009. (Encontro).

36.
I Jornada de Psicanálise e Teoria Crítica.Teoria crítica, psicanálise e política. 2009. (Encontro).

37.
A transformacao da filosofia em Jürgen Habermas.Um conceito complexo de racionalidade. 2009. (Outra).

38.
Justica e democracia: Ensaios sobre John Rawls e Jürgen Habermas.Tolerância e justificacao pública. 2009. (Outra).

39.
International Conference Law and Society. The public sphere and the effectiveness of anti-racism legal protections. 2007. (Congresso).

40.
Colóquio Genealogia e crítica: discutindo a Genealogia da Moral.Interesse prático e crítica da modernidade. 2007. (Simpósio).

41.
V Simpósio Internacional Princípia.Teoria da justiça e diagnóstico de época em Axel Honneth. 2007. (Simpósio).

42.
Dialética do Esclarecimento: Constelações.Indústria Cultural e Autonomia da Arte. 2006. (Encontro).

43.
XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.Emancipação negociada: solidariedade e democracia em Habermas. 2006. (Encontro).

44.
IX Encontro Nacional de Pesquisa na Graduacao em Filosofia da Universidade de Sao Paulo.Ética e filosofia política IV. 2006. (Encontro).

45.
Curso Direito e Democracia.Política deliberativa. 2006. (Outra).

46.
Colóquio Um Século de Sartre.Um Século de Sartre. 2005. (Simpósio).

47.
Colóquio Justiça, Virtude e Democracia.Lutas por reconhecimento no Estado democrático de direito: Habermas entre liberais e comunitaristas. 2005. (Encontro).

48.
VIII Encontro Nacional de Pesquisa na Graduacao em Filosofia.Filosofia política. 2005. (Encontro).

49.
Curso de Ciências Sociais/ Antropologia e Teoria Social Contemporânea.Teoria do Reconhecimento. 2004. (Seminário).

50.
XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.Sobre a relação entre moral e política: o debate de Habermas e McCarthy. 2004. (Encontro).

51.
I Colóquio Kant.A leitura de Rawls do Imperativo Categórico. 2004. (Outra).

52.
11 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Uma interpretação intersubjetivista do conceito kantiano de autonomia. 2003. (Simpósio).

53.
VII Encontro de Pesquisa em Filosofia na Graduacao em Filosofia da Universidade de Sao Paulo.Filosofia Política. 2003. (Encontro).

54.
10 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.O Uso Público da Razão como Procedimento: Jürgen Habermas e John Rawls. 2002. (Simpósio).

55.
VI Encontro de Pesquisa da Graduação em Filosofia.Habermas: Razão Prática e Política. 2002. (Encontro).

56.
9 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP).A dupla perspectiva instrumental-normativa do conceito do político de Jürgen Habermas. 2001. (Simpósio).

57.
V Encontro de Pesquisa na Graduação em Filosofia.Observações sobre a relação entre esfera pública e democracia na filosofia de Habermas. 2001. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MELO, R. . Seminário Internacional Ciências Humanas e Sociais: Dentro ou fora do jogo?. 2014. (Congresso).

2.
MELO, R. ; NOBRE, M. . A teoria Crítica de Axel Honneth. 2012. (Outro).

3.
TERRA, R. R. ; MELO, R. ; KEINERT, M. C. ; LOPES, M. ; MATTOS, F. C. . Animal político ou o lobo do homem?. 2009. (Outro).

4.
TERRA, R. R. ; MELO, R. ; KEINERT, M. C. ; LOPES, M. ; MATTOS, F. C. . Colóquio Genealogia e Crítica: Discutindo a Genealogia da Moral. 2007. (Outro).

5.
TERRA, R. R. ; MELO, R. ; KEINERT, M. C. ; LOPES, M. ; MATTOS, F. C. . Colóquio Dialética do Esclarecimento: Constelacoes. 2006. (Outro).

6.
TERRA, R. R. ; MELO, R. ; KEINERT, M. C. ; LOPES, M. ; MATTOS, F. C. . I Colóquio Kant: Posteridades da Crítica. 2004. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Samuel Carlos Maestro. História e experiência: A crítica do "materialismo histórico" de Walter Benjamin. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).

2.
Andrea Bárbara Lopes de Azevedo. Indivíduo e emancipação em Theodor W. Adorno. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Wanderley Todai Jr.. Objetivacao e liberdade em Lukacs: As bases ontológicas da emancipacao do ser social. 2009. Dissertação (Mestrado em Globalizacao e Cultura) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, . Orientador: Rurion Soares Melo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Paula Pontvianne Ribeiro de Souza. Sustentabilidade: Uma análise do debate. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Sociologia) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Orientador: Rurion Soares Melo.



Outras informações relevantes


-Pesquisa de doutorado sanduíche entre 2007 e 2008 realizada junto a J. W. Goethe Universität Frankfurt am Main, sob a co-orientação do Prof. Dr. Axel Honneth, com financiamento da FAPESP
-Estágio em 2008 na Freie Universität Berlin sob o convite do Prof. Dr. Sérgio Costa.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 29/08/2014 às 17:21:52