Luiz Marcio Santos Farias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8459439898470769
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Graduado em Matemática(UFBA/UCSAL), Pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior(EEAB), Mestre(UJF-França) e Doutor (UM2-França) em Didática das Ciências e Matemática. Atualmente é Professor Adjunto, do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Prof. Milton Santos (IHAC), da Universidade Federal da Bahia-UFBA. é Coodenador e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências da UFBA/UEFS. É pesquisador visitante da Université de Grenoble Alpes (Laboratoire d?Informatique de Grenoble -Equipe MeTAH-LIG) . Meombro do Observatoire international de la pensée algébrique-OIPA. Membro da Association pour la Recherche en Didactique des Mathématiques (ARDM) e da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN), é membro da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM). Coordenador do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Ensino e Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias - NIPEDICMT. Tem experiência na área de Didática das ciências em particular em Environnement Informatique d'Apprentissage Humain (EIAH) , com ênfase em Formação de professores. Atuando principalmente nos seguintes temas:Numeração; Formação e prática dos professores, em particular os que lecionam Matemática, pesquisa e desenvolvimento de situações didáticas para o ensino das ciências com enfase nos Instrumentos tecnológicos, análise de práticas de professores, Teoria Antropológica do Didático-TAD, Jogos sérios. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luiz Marcio Santos Farias
Nome em citações bibliográficas
FARIAS, L. M. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Reitoria, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências.
Rua Barão de Jeremoabo - Instituto de Física, Campus universitário de Ondina
Ondina
40170115 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32836608
Ramal: 6608
Fax: (71) 32836606
URL da Homepage: http://www.ppgefhc.ufba.br


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Didatica da Matematica.
Université de Montpellier II, UM2, França.
Título: Etude des rôles réciproques du numérique-algébrique et du géométrique dans l?enseignement mathématique secondaire. Cas des systèmes éducatifs brésiliens et français, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Alain Bronner.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Situações de aprendizagem; Rôles réciproques; Didactique de mathématiques; Antropologie du didactique; Transposition didactique; Domaines numerique-algebrique e geometrique.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem.
Setores de atividade: Educação.
2003 - 2004
Especialização em Metodologia E Didatica do Ensino Superior. (Carga Horária: 390h).
Escola de Engenharia e Agrimensura, EEA, Brasil.
Título: CONCEPÇÕES DOS PROFESSORES, ENVOLVIDOS EM UM PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA, SOBRE SUAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS.
Orientador: Pedro Paulo Borges da Costa Nunes.
2001 - 2003
Graduação em LICECIATURA EM MATEMATICA.
Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
19e École d?Été de Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 120h).
Université Paris Descartes, Paris V, França.
2015 - 2015
18ème Ecole d'été de Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 64h).
Association pour la Recherche en Didactique des Mathématiques, ARDM, França.
2014 - 2014
Extensão universitária em Curso de GeoGebra. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual do Paraná, UNESPAR, Brasil.
2012 - 2013
Interações Midiáticas na Educação. (Carga horária: 204h).
UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL, UAB, Brasil.
2008 - 2009
Extensão universitária em Criminologie et Fonctionnement de la Justice. (Carga horária: 360h).
Université Inter Ages du Dauphiné, UIAD, França.
2008 - 2008
Comunication Scientifique. (Carga horária: 25h).
Institut de Botanique de Montpellier, IBM, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Stage de Formation. (Carga horária: 2700h).
Ecole Nationale Supérieure de la Police, ENSP, França.
2007 - 2007
Formations des Compétences du C2iR.
Institut Universitaire de Formation de Maitres, IUFM, França.
2007 - 2007
Concepts et méthodes en Histoire et Philosophie de. (Carga horária: 22h).
Institut Universitaire de Formation de Maitres, IUFM, França.
2007 - 2007
Théories de l?apprentissage. (Carga horária: 34h).
Université Paris 8 - Vincennes-Saint-Denis, PARIS 8, França.
2007 - 2007
Concepts et méthodes en Didactiques des Sciences. (Carga horária: 22h).
Institut Universitaire de Formation de Maitres, IUFM, França.
2007 - 2007
Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 15h).
Université Claud Bernard - Lyon 1, UCB, França.
2007 - 2007
Anglais pour la recherche. (Carga horária: 18h).
Université de Montpellier II, UM2, França.
2007 - 2007
14ème Ecole d'été de Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 64h).
Association pour la Recherche en Didactique des Mathématiques, ARDM, França.
2007 - 2007
Eléments d'Epistémologie et des Didactique des Sci. (Carga horária: 22h).
Institut Universitaire de Formation de Maitres, IUFM, França.
2007 - 2007
14ème Ecole d'été de Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 54h).
Association pour la Recherche en Didactique des Mathématiques, ARDM, França.
2007 - 2007
Stagede formation Oficier de la Police Nationale. (Carga horária: 2800h).
Ecole Nationale Supérieure de la Police, ENSP, França.
2006 - 2006
Philosophie Sciences. (Carga horária: 24h).
Institut Polyttechnique de Montpellier, IPM, França.
2006 - 2006
Histoire des Sciences. (Carga horária: 22h).
Université de Montpellier II, UM2, França.
2006 - 2006
Philosophie Sciences. (Carga horária: 24h).
Université de Montpellier II, UM2, França.
2006 - 2006
Histoire des Sciences. (Carga horária: 22h).
Instituts Universitaires de Formation des Maîtres de l?Académie de Montpell, IUFM, França.
2006 - 2006
Concepts et méthodes en Didactiques.
Université Claude Bernarde Lyon 1, LYON I, França.
2006 - 2006
Anglais preparation TOEIC, TOEFL. (Carga horária: 18h).
Université de Montpellier II, Université de Mo, França.
2005 - 2005
Epistemologia de la Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 60h).
Association pour la Recherche en Didactique des Mathématiques, ARDM, França.
2004 - 2005
Didactique des Mathématiques. (Carga horária: 54h).
Université Joseph Fourier - Grenoble I, UJF, França.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor do PPGEFHC, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplinas Lecionadas Período letivo 2016.1 1. FISC04 TE- Fund.e Métodos da Pesquisa em Didática da Matemática 2. HACA38 - CIÊNCIA E TECNOLOGIA II Subtotal - C.H. Semanal- 11 hs C.H.Semestral- 200 hs Período letivo 2016.2 1. FISC04 TE- Fund.e Métodos da Pesquisa em Didática da Matemática 2. HACA38 -CIÊNCIA E TECNOLOGIA II 3. HACA46 - TÓPICOS ESPECIAIS EM CIÊNCIAS I Subtotal - C.H. Semanal - 12 hs C.H. Semestral - 204 hs Total Semanal - 23 hs Total semestral 404 hs

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas lecionadas Período 2015.2 Ciência e Tecnologia II Matemática, Natureza e Sociedade

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador do Programa -PPGEFHC

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular
Outras informações
Participou como avaliador dos projetos da seleção do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências para a turma DINTER-IFBA no período de junho de 2015. Ministrou a disciplina PGE 017 - Tópicos especiais em Educação II: Fundamentos da Didática da Matemática com carga horária de 45 horas, no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidades de Feira de Santana.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor Adjunto do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC) - UFBA. Disciplinas Lecionadas Período 2014.2 Ciência e Tecnologia II

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor do PPGEFHC, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplinas Lecionadas Período 2014.1 Fundamentos e Métodos da Pesquisa em Didática Período 2014.2 Teorias, Métodos e Investigações em Didática

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor do PPGEFHC, Carga horária: 4
Outras informações
Disciplina lecionada: 2013.1 FISC04 TE- Fund.e métodos da Pesquisa em Didática da Matemática

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Vice-coordenador do PPGEFHC, Carga horária: 20

Atividades

07/2014 - Atual
Direção e administração, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Prof. Milton Santos-IHAC.

Cargo ou função
Membro colegiado do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia.
7/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos - IHAC..

07/2014 - Atual
Ensino, Bacharelado Interdisciplinar en Ciências & Tecnolo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
HACA38-Ciência e Tecnologia II
HACA46 - TOPICOS ESPECIAIS EM CIÊNCIAS I
HACA83 - MATEMÁTICA, NATUREZA E SOCIEDADE
07/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Prof. Milton Santos-IHAC.

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante..
7/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Instituto de Física.

Cargo ou função
Membro do colegiado.
01/2014 - Atual
Direção e administração, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Instituto de Física.

Cargo ou função
Vice-Coordenador do Programa de Pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências.
01/2017 - 12/2017
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISD01 - TE-PERCURSO DE ESTUDO E PESQ. P/O ENS. DE CIÊN. E MATEMÁTICA
FISD03 - TE - ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DAS ECOLOGIAS DAS ORGANIZAÇÕES
01/2016 - 12/2016
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC04-Fund.e métodos da Pesquisa em Didática da Matemática.
07/2014 - 12/2015
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC26-Teorias,Métodos e Investigações em Didática
02/2013 - 07/2014
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos e Métodos da Pesquisa em Didática da Matemática.
02/2014 - 06/2014
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC04-Fund.e métodos da Pesquisa em Didática da Matemática.
07/2013 - 12/2013
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC26-Teorias,Métodos e Investigações em Didática.
02/2013 - 06/2013
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC04-Fund.e métodos da Pesquisa em Didática da Matemática.
07/2012 - 12/2012
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC26-Teorias,Métodos e Investigações em Didática
01/2012 - 06/2012
Ensino, Ensino, Filosofia e História das Ciências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FISC04-Fund.e métodos da Pesquisa em Didática da Matemática

Université de Grenoble, Grenoble-Univ, França.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Pesquisados, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Visitante na Université de Grenoble Alpes-UGA Projeto de investigação cooperativa e treinamento de teses e registo dos pesquisadores brasileiros nas pesquisas da equipe MetaH do Laboratoire d?Informatique de Grenoble (LIG), na Equipe Modèles et Technologies pour l?Apprentissage Humain METAH. Cooperação LIG/UFBA para a formação de doutorado e para pesquisa cooperativa em informática e em didática da matemática.

Atividades

11/2017 - 02/2018
Ensino, Master en Didactique des Sciences, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
UE 305 -Didactique des disciplines scientifiques - Théorie Anthropologique du Didactique

Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor do PPGE, Carga horária: 4
Outras informações
Professor Colaborador - Disciplina ministrada: Tópicos Especiais em Educação II - Fundamentos da Didática da Matemática.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas lecionadas 2014.1 Lóg. Matemática e Teor. dos Conjuntos Orientação à Pesquisa II Orientação à Pesquisa III Orientação à Pesquisa IV Projeto I Projeto II

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas lecionadas 2013.1 Pré-calculo Lóg. Matemática e Teor. dos Conjuntos Orientação à Pesquisa II Orientação à Pesquisa III Orientação à pesquisa IV Projeto I Projeto II 2013.2 Pré-calculo Lóg. Matemática e Teor. dos Conjuntos Orientação à Pesquisa I Orientação à Pesquisa II Orientação à Pesquisa III Orientação à pesquisa IV Projeto I Projeto II

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Vice-coordenador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Vice-coordenador do curso de Licenciatura em Matemática.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Pesquisa e Desenvolvimento, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas lecionadas 2011.2 Lógica Matemática e Teoria dos Conjuntos Evolução Matemática Inst. P/ Ensino da Matemática III Orientação a Pesquisa I Orientação a Pesquisa II Projeto II 2012.1 Lógica Matemática e Teoria dos Conjuntos Evolução Matemática Inst. P/ Ensino da Matemática III Orientação a Pesquisa II Orientação a Pesquisa III Projeto I Projeto II 2012.II Pré-calculo Lógica Matemática e Teoria dos Conjuntos Orientação a Pesquisa I Orientação a Pesquisa II Orientação a Pesquisa III Orientação a Pesquisa IV

Atividades

02/2013 - 07/2014
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
PRÉ-CALCULO
LÓG. MATEMÁTICA E TEOR. DOS CONJUNTOS
ORIENTAÇÃO À PESQUISA II
ORIENTAÇÃO À PESQUISA III
ORIENTAÇÃO À PESQUISA IV
Prática Educativa V- M
PROJETO I
2013 - 07/2014
Ensino, Enisno, Filosofia e História das Ciências UFBA/UE, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FUNDAMENTOS E MÉTODOS DA PESQUISA EM DIDÁTICA DA MATEMÁTICA
2012 - 07/2014
Ensino, Programa de Pós-graduação em Educação-UEFS, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias de Pesquisas em Didática
09/2011 - 07/2014
Serviços técnicos especializados , Departamento de Ciências Exatas, .

Serviço realizado
Parecerista do Programa Institucional de Bolsas Extensão da UEFS.
1/2011 - 07/2014
Direção e administração, Departamento de Ciências Exatas, .

Cargo ou função
Membro do conselho do Colegiado do curso de Licenciatura em Matematica.
09/2012 - 01/2013
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ORIENTAÇÃO À PESQUISA IV
ORIENTAÇÃO À PESQUISA III
ORIENTAÇÃO À PESQUISA II
ORIENTAÇÃO À PESQUISA I
LÓGICA MATEMÁTICA E TEORIA DOS CONJUNTOS
PRÉ-CALCULO
04/2012 - 08/2012
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
PROJETO II
PROJETO I
ORIENTAÇÃO À PESQUISA III
ORIENTAÇÃO À PESQUISA II
INSTRUMENTACÃO PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA III
EVOLUÇÃO DA MATEMÁTICA
LÓGICA MATEMÁTICA E TEORIA DOS CONJUNTOS
09/2011 - 03/2012
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LÓGICA MATEMÁTICA E TEORIA DOS CONJUNTOS
EVOLUÇÃO DA MATEMÁTICA
INSTRUMENTALIZAÇÃO PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA VIII
ORIENTAÇÃO À PESQUISA I
ORIENTAÇÃO À PESQUISA II
PROJETO II

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Prof da Licenc. em Mat. PLATAFORMA FREIRE

Atividades

9/2011 - Atual
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio supervisionado
Fundamentos teóricos da ação pedagógica
Fundamentos de Matemática elementar I

Universidade Católica do Salvador, UCSAL, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Prof. da Pos-graduação

Atividades

2008 - Atual
Ensino, Educação Matematica, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Didatica da matematica
Metodologia da Pesquisa
Metodologia do Ensino da Matematica
Tecnologias da Informação e Comunicação em ´ducação

Associação Clasista de Educação do Estado da Bahia, ACEEB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Prof. da Pos-graduação

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor da pós-graduação
Outras informações
Disciplina ministrada: Estatística Aplicada para o Trânsito no curso de Especialização em Gestão Pública do Trânsito.

Atividades

3/2011 - Atual
Ensino, Metod. de Ens. da Mat. c/ Ênfase em Pedag. de Proj, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Construção do Projeto Monográfico
Metodologia da Pesquisa Científica
Metodologia de Ensino da Matemática com Ênfase em Pedqgogia de Projetos
História e Concepção da Matemática
2009 - Atual
Ensino, Metod. de Ens. da Mat. c/ Ênfase em Pedag. de Proj, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
História da Matematica
Didatica da Matematica
Metodologia de Ensino de matematica
Orientação a pesquisa

Faculdade de Ciências Educacionais, FACE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12

Atividades

8/2010 - 8/2011
Ensino, Licenciatura em Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Matemática
Calculo I
Calculo II
Calculo III
Estatistica
Algébra Linear

Institut Universitaire de Formation des Maîtres, IUFM, França.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professeur Colaborador do Inst. For. Mestres

Atividades

08/2007 - Atual
Ensino, FORMACAO DE PROFESSORES DO SEGUNDO GRAU, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise de práticas Prifissionais
Epistemologia da Didática da Matemática
Educação comparada - Estágio Supervisionado

Colégio da Policia Militar da Bahia, CPMBA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

03/1994 - 09/2004
Ensino,

Disciplinas ministradas
Fisica
Quimica
Matematica
04/2000 - 03/2002
Serviços técnicos especializados , Departamento de Quimica, .

Serviço realizado
Coordenação do departamento.
03/1996 - 03/1999
Serviços técnicos especializados , Departamento de Matematica, .

Serviço realizado
Coordenação do departamento.

Colégio Cândido Portinari, CCP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

05/2000 - 12/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Colegio Emanuel Kant, CEK, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

06/1997 - 02/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Colégio Padre Luis Palmeiras - Simões Filho, CPLP, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

05/1996 - 12/1996
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Colégio Sartre, SARTRE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

04/2002 - 06/2004
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Curso Aplicar, APLICAR, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

02/1999 - 12/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Curso et colégio Analise, ANALISE, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

02/1996 - 12/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Empeendimento Educacional PHD, PHD, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

06/1997 - 12/1999
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Escola Madre Diamantina - Dias D'Avila, EMD, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1999
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica nivel III, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenador da disciplina Matematica

Atividades

02/1996 - 03/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Escola Tomaz de Aquino, ETA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

02/2000 - 06/2004
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Policia Militar da Bahia, PM/BA, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Policial, Carga horária: 40

Atividades

08/1993 - Atual
Serviços técnicos especializados , Policia Militar da Bahia, .

Serviço realizado
Sargento QPMP-6.

Prefeitura Municipal de Salvador, PMS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica- Projeto Universidade, Carga horária: 20

Atividades

02/2000 - 11/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Serviço de Ensino e Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matematica, Carga horária: 20

Atividades

03/1997 - 11/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Matematica

Associação Classista de Educação da Bahia, ACEB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 30
Outras informações
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO em Metodologia de Ensino da Matemática com Ênfase em Projetos PROFESSOR DA DISCIPLINA: HISTÓRIA E CONCEPÇÃO MATEMÁTICA


Sociedade Brasileira de Educação Matemática Regional Bahia, SBEM-BA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Membro da Diretoria, Enquadramento Funcional: Primeiro tesoureirro
Outras informações
No exercício do triênio 2013-2016.

Vínculo institucional

1995 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Sócio, Carga horária: 0
Outras informações
1ª Tesoureiro da Diretoria da SBEM - Regional Bahia no período de 2013 a 2015.


Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Linhas de pesquisa


1.
Ensino e Didática das Ciências e Matemática.

Objetivo: objetiva desenvolver, articular e integrar pesquisas em Ensino e Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias, que vem sendo desenvolvidas nas Universidades, ao processo de ensino e de aprendizagem, voltando fortemente um olhar para a escola. Esta linha foi idealizada na tentativa de se criar um espaço colaborativo, enquanto estudantes, professores e pesquisadores, da UFBA, bem como, de outras instituições e centros de ensino, cremos no espaço formativo, que possa oferecer oportunidades interdisciplinares de atividades de ensino, pesquisa, inovação e extensão universitária (cursos, oficinas, seminários, ciclos de estudos, construção de materiais didáticos, entre outros). Desta forma, esta linha, visa proporcionar a aproximação entre a prática e a teoria, por meio da inter-relação da visão acadêmica e da visão dos professores e futuros professores, possibilitando com isso intervenções significativas de cunho teórico e prático, referentes à implementação de elementos do Ensino, Didática e Tecnologias. Os trabalhos desenvolvidos nesta linha encontram apoio teórico fundamentalmente nas teorias em Didática, pricipiadas na França..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Didatica da Matematica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Teoria das Situações Didáticas; Teoria Antropológica do Didático; Transposição Informática.; Transposição didatica; Técnicas instrumentais.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Observatório Internacional do pensamento algébrico.
Descrição: Observatório Internacional do pensamento algébrica O Observatório Internacional do pensamento algébrica-OIPA federa pesquisadores de diferentes países interessados no desenvolvimento do pensamento algébrica da escola primária para escolas secundárias onde o advento da álgebra se torna explícito. Estes pesquisadores são membros do projeto OIPA (Observatório Internacional do pensamento algébrica) que existe há quatro anos. Este projecto está na continuidade do que teve lugar em Sherbrooke durante a 5ª edição das reuniões científicas da Universidade Sherbrooke/Montpellier em junho de 2015. Este projecto proporcionará uma oportunidade para dar uma olhadela ao progresso das diversas áreas de trabalho do OIPA e desenvolver o plano de trabalho para 2017-2020. As atividades do projeto incluirão pesquisas em diferentes contextos e estruturas teóricas usando dados coletados no âmbito do OIPA. Os seguintes eixos da pesquisa atual do OIPA serão abordados: -eixo 1-a definição de um modelo de referência epistemologia que pode ser para pesquisadores, formadores e professores uma ferramenta para analisar o ensino primário e projetos de aprendizagem no colégio para o desenvolvimento do pensamento algébrica. -eixo 2 ? análises comparativas dos programas oficiais de diferentes países no que diz respeito ao desenvolvimento do pensamento algébrica de acordo com uma metodologia comum a desenvolver. -eixo 3 ? a análise das práticas de ensino em particular quando experimentando problemas de comparação e generalização reconhecidos para promover o desenvolvimento do pensamento algébrica da primária. -AXIS 4 ? a realização de um quadro para análise de produções estudantis para caracterizar a natureza de seu raciocínio usado na resolução de problemas em um eixo que varia de um pensamento puramente aritmético para um pensamento puramente algébrica. Estamos interessados nos últimos anos, o desenvolvimento do pensamento algébrica está crescendo nos currículos da escola primária, como no caso da Austrália (Mulligan, Kavanaugh, & Keanan-Brown, 2012), dos Estados Unidos, para não mencionar que Aqueles. Esta ênfase é devida a uma actual álgebra precoce chamada que incide sobre o desenvolvimento do pensamento algébrica desde as primeiras idades (Blanton & kaput, 2011; Cai & Knuth, 2011; Carl & Schliemann, 2007). No caso do Brasil, o novo currículo, a base nacional comum curricular (BNC), tem estado em processo de preparação e consulta desde 2015. A segunda versão deste programa está agora disponível. Tendo em conta o facto de este programa explicitamente apelar para o desenvolvimento do pensamento algébrica e que apresenta o campo da álgebra no primeiro ano de escolaridade, consideramos importante analisar quais os meios que são privilegiados pelo BNCC Alcançar tal objetivo entre o primeiro e o sexto grau da escola primária. A análise dos meios provistas pelo BCNN para desenvolver o pensamento algébrica será baseada na teoria antropológica da didática de Chevallard (1991). Por esta razão, identificaremos as organizações matemáticas (OM) de referência às quais é feita uma referência explícita no programa. Isso irá identificar os tipos e tipos de tarefas propostas e que conhecimento de referência está associado as mesmas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Alain Bronner - Integrante / Márcia Azevedo Campos - Integrante / Hassane Squalli - Integrante / Izabella Oliveira - Integrante / Mirène Laerguier - Integrante / Brigitte Gruegon - Integrante / Joëlle Vlassi - Integrante / Isabelle Demonthy - Integrante / ANETE OTILIA CARDOSO DE SANTANA CRUZ - Integrante / BARTIRA FERNANDES TEIXEIRA - Integrante.Número de orientações: 2
2017 - Atual
T4TEL: UM QUADRO DE REFERÊNCIA PARA A FORMALIZAÇÃO E A EXTENSÃO DO MODELO PRAXEOLÓGICO
Descrição: Este projeto propõe uma síntese do desenvolvimento de uma estrutura de referência T4TEL. Estudaremos essas bases, seu interesse e suas contribuições em pesquisa em Didática Matemática, em especial as que fazem referência a Numeração. A pesquisa que será realizada, se iniciará no campo de objetos concretos avançando para o campo de Ambientes de Computador para a Aprendizagem Humana (EIAH), onde a modelação do conhecimento é uma questão central, ou seja é base dos vários serviços oferecidos pelo EIAH, como indexação e gerenciamento de recursos, o design de cenários de aprendizagem ou a produção de diagnósticos e feedbacks para o estutante ou o professor. É neste contexto, que objetivamos construir um modelo didático que possa ser implementado. Por isso desenvolvemos a estrutura de referência T4TEL (Chaachoua et al., 2013, Chaachoua 2010). A validação desta modelação foi feita no âmbito do projeto "Cartografia do conhecimento", onde as praxeologias foram representadas de acordo com o modelo ontológico e suas aplicações permitiram desenvolver ferramentas para professores do ensino primário: produção de perfis de alunos, produção testes diagnósticos. Deve-se notar que, embora este quadro tenha sido motivado por necessidades relacionadas aos problemas do EIAH, também encontra seu interesse e relevância na pesquisa em Didática fora do campo de EIAH. É essa dimensão que consagraremos neste projeto. A estrutura T4TEL faz parte da Teoria Antropológica da Didática (Chevallard, 1992, 1999) e mais especificamente na abordagem praxeológica (Bosch e Chevallard, 1999): este modelo representa uma formalização e extensão do modelo praxeológico. Duas extensões importantes: a introdução da noção de praxeologia pessoal (Croset, Chaachoua, 2016) e a noção de variável (Chaachoua, Bessot, 2017). Neste projeto procuraremos compreender o funcionamento do sistema de numeração, em particular o decimal e sua importância no funcionamento de diferentes áreas da Matemática: cálculos, conversões entre unidades de medida, decimais, etc. O sistema decimal é o resultado de uma articulação entre dois princípios diferentes: decimal e o de posição (Serfati, 2005). O princípio de posição permite associar cada unidade de numeração (unidades, dezenas, centenas ...) a uma classificação na escrita do número. Este aspecto informa sobre o valor de cada dígito no número de acordo com sua posição. O princípio decimal explica as relações entre os diferentes ordens em um número. É uma proporção de dez, dez unidades de uma determinada ordem são iguais a uma unidade da ordem imediatamente superior (10 unidades = 1 dezenas, 10 dez = 1 cem, etc.).Os estudantes têm uma compreensão da numeração baseada principalmente no aspecto posicional e o aspecto decimal é considerado uma fonte de dificuldade (Tempier, 2010). No entanto, o aspecto decimal é necessário para entender o sistema de numeração (Tempier, 2010, 2013). Neste projeto construiremos e analisaremos situações onde o aspecto decimal possa ser trabalhado através de atividades envolvendo regras de grupos e trocas. Essas regras estipulam que 10 elementos de uma unidade podem ser agrupados e trocados por um elemento da unidade superior e vice-versa, 1 elemento de uma unidade pode ser desfeito e trocado por 10 elementos da unidade inferior. Estas duas regras mobilizam conhecimentos básicos que permitem compreender o funcionamento desse sistema e, em particular, seu aspecto decimal. Além disso, as atividades envolvendo essas duas regras geralmente são trabalhadas usando um equipamento de numeração. Estaremos nos baseando na problemática apresentada por Tempier (2010), para identificarmos e analisarmos quais são as condições e restrições para que um Percurso de Estudo e Pesquisa (PEP) deve apresenta para ajudar os professores a melhorar o seu ensino de numeração, levando mais em consideração o aspecto decimal da numeração..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Edmo Fernandes Carvalho - Integrante / José Vieira do Nascimento Junior - Integrante / Eliene Santana Souza - Integrante / Hamid Chaachoua - Integrante / CHEICK OUMAR DOUMBIA - Integrante / BARTIRA FERNANDES TEIXEIRA - Integrante.Número de orientações: 2
2017 - Atual
A Matemática e os primeiros anos escolares: Processos de internacionalização, Institucionalização, profissionalização e circulação, 1880-1970
Descrição: Neste projeto propomos a realização de uma pesquisa histórica a ser desenvolvida compondo um projeto mais amplo de investigação intitulado ?A Matemática e os primeiros anos escolares: Processos de internacionalização, Institucionalização, profissionalização e circulação, 1880-1970? que envolve pesquisadores do Brasil e também do exterior, cujo propósito é a investigação à respeito dos processos de internacionalização, institucionalização, profissionalização e circulação referentes à matemática na escola primária no período estabelecido para pesquisa. Assim, a pergunta norteadora da pesquisa proposta neste projeto é: Qual a matemática ensinada nas escolas, sua caracterização, institucionalização, e circulação no estado da Bahia, especificamente em algumas regiões deste estado no período de 1890 a 1970?.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
INCOMPLETUDE DO TRABALHO INSTITUCIONAL
Descrição: O presente projeto objetiva é reconhecer elementos que compõem uma conceituação da incompletude do trabalho institucional. O estudo desse fenômeno possibilita a identificação e clareza de problemas didáticos (PD) que subsidiarão investigações no campo da Didática da Matemática a luz da antropologia da didática. São apresentadas noções mais gerais que se aproximam do conceito dessa incompletude, fazendo um recorte para atividade institucional, com exemplificação na atividade matemática. Como alternativa para enfrentamento desses PD, com vistas a minimização das dificuldades de ordem prática no que se refere ao ensino/estudo de saberes científicos relativos a incompletude da atividade institucional, apresenta-se o percurso de estudo e pesquisa (PEP). Em seguida, o fenômeno em questão é discutido pelo problema didático da não compreensão conceitual das funções. Reconhecer as incompletudes da atividade institucional, além de auxiliar no delineamento de problemas didáticos e objetos de investigação, conduz o foco sobre o que especificamente pode restringir a atividade dos sujeitos diante na mediação de objetos do saber. Palvras-chave: Incompletude do trabalho institucional; Problemas didáticos; Percurso de estudo e pesquisa.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Edmo Fernandes Carvalho - Integrante / Jany Santos Souza Goulart - Integrante / Eliane Santana de Souza - Integrante / Cecília Manoella Carvalho Almeida - Integrante / Hamid Chaachoua - Integrante / CHEICK OUMAR DOUMBIA - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 3
2015 - Atual
POTENCIALIZANDO A UTILIZAÇÃO DE JOGOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA: CONTRIBUIÇÕES DAS TERIAS DAS SITUAÇÕES DIDÁTICAS, INSTRUMENTAÇÃO E ANTROPOLÓGICA DO DIDÁTICO
Descrição: O papel do jogo no desenvolvimento dos estudantes tem sido amplamente estudado nas ciências sociais, ao longo do tempo. Assim, neste Projeto portamos uma atenção particular à aprendizagem em Matemática, na Educação Básica em contexto de jogos. Nosso interesse por esta temática deve-se à presença marcante de jogos nas salas de aula, principalmente neste atual contexto, onde muitas escolas vem implementando o tempo integral. A pesquisa de Neves (2011) mostra que no estado da Bahia muitos jogos, quando não já estão, podem ser inseridos na escola e participarem do processo de construção do conhecimento matemático. Neste contexto, perguntamo-nos: em que condições pode o jogo ser um instrumento a serviço da aprendizagem de matemática na Educação Básica? Através uma abordagem de pesquisa do tipo participativo, com intervenção, objetivamos potencializar a utilização dos jogos nas salas de aula de Matemática, estudando, propondo e analisando situações onde o jogo não apareça apenas pela sua natureza lúdica, mas que estas possam tomar lugar no processo de aprendizagem, reinvestindo ou descobrindo conceitos matemáticos da Educação Básica, favorecendo a construção de conhecimentos. O Projeto está inscrito na agenda de pesquisa do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Ensino e Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias ? NIPEDICMT, da Universidade Federal da Bahia. Está estruturado para promover um amplo mapeamento por parte dos professores da Educação Básica, acerca da utilização de jogos nas aulas de matemática, desde a construção, a formação de professores de matemática para uma utilização potencial de jogos, experimentação e para a análise de situações onde os jogos apareçam enquanto instrumentos que possam auxiliar a construção de conhecimento matemático. As análises e experimentos que conduziremos tentarão potencializar, nas situações baseadas em jogos, elementos que pode induzir a uma atividade matemática que vai além do emprego de regras e técnicas, propiciando o acesso ao conhecimento de atividade matemática. Metodologicamente a nossa pesquisa se desenvolverá em cinco momentos, cujo sujeitos serão professores e licenciandos em Matemática. No primeiro momento os pesquisadores realizarão o levantamento dos jogos que são conhecidos e/ou utilizados pelos sujeitos da pesquisa. No segundo momento será realizada uma praxeologia completa dos jogos mapeados e também de outros que não foram sinalizados na pesquisa, visando entender o seu uso, quando e como utilizá-los, porque e para quê utilizá-los em sala de aula. No terceiro momento pretendemos oferecer uma formação continuada aos sujeitos. Essa capacitação de caráter presencial ocorrerá no IAT ? Instituto Anísio Teixeira e será aberta a professores de matemática das redes pública estadual e municipal de ensino de Salvador e região. No quarto momento levaremos para sala de aula os jogos selecionados e analisados como forma de experimentar o que foi proposto e podermos observar o professor utilizando-os em sua sala de aula. Quanto aos licenciandos, estes aplicarão nas salas de aula de estágio obrigatório, em oficinas ou outras atividades práticas do curso, como nas ações do PIBID (Programa de Iniciação à Docência) que é desenvolvido nos cursos de licenciatura. O último momento será a montagem de uma cartilha contendo as situações desenvolvidas durante todo o processo de formação e as análises realizadas com a aplicação. Os resultados esperados são de ganhos cognitivos em relação à aprendizagem dos conteúdos matemáticos envolvidos, com a integração do recurso jogos de forma instrumentalizada ao processo de ensino e aprendizagem e dessa forma compreender as concepções dos professores sobre jogos como recurso didático. Além disso, pretendemos com esse projeto subsidiar de forma teórica e metodológica o trabalho docente e para tanto, nos fundamentaremos nas propostas pedagógicas prevista.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Maria Auxiliadora Lisboa Moreno Pires - Integrante / Anderson Souza Neves - Integrante / Edmo Fernandes Carvalho - Integrante / Eliane Santana de Souza - Integrante / Lucia de Fátima Carneiro Ferreira Lessa - Integrante / Rita Cineia Menezes - Integrante / Teresa Cristina Silva de Souza Souto - Integrante / Joselia França de Holanda Cavalcanti - Integrante / José Vieira do Nascimento Junior - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2014 - Atual
Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Ensino e Didática das Ciências, Matemática e Tecnologia NIPEDICMT
Descrição: O Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Ensino, Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias (NIPEDCMT) objetiva desenvolver, articular e integrar pesquisas em Ensino e Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias, desenvolvidas nas Universidades, ao processo de ensino e de aprendizagem, voltando também um olhar para a escola. O NIPEDICMT é idealizado para ser um espaço colaborativo. Enquanto estudantes, professores e pesquisadores, da UFBA, bem como, de outras instituições e centros de ensino, cremos no espaço formativo, que possa oferecer oportunidades interdisciplinares de atividades de ensino, pesquisa, inovação e extensão universitária (cursos, oficinas, seminários, ciclos de estudos, entre outros). Desta forma, o NIPEDICMT, visa proporcionar a aproximação entre a prática e a teoria, por meio da inter-relação da produção acadêmica e da produção dos professores e futuros professores, possibilitando com isso intervenções significativas de cunho teórico e prático, referentes à implementação de elementos do Ensino, Didática das Ciências, Matemática e Tecnologias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (11) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Eliene Barbosa Lima - Integrante / MARCELO LEON CAFFÉ DE OLIVEIRA - Integrante / Maria Auxiliadora Lisboa Moreno Pires - Integrante / Edmo Fernandes Carvalho - Integrante / Jany Santos Souza Goulart - Integrante / Rosileia Santana da Silva - Integrante / Lucia de Fátima Carneiro Ferreira Lessa - Integrante / Osnildo Andrade Carvalho - Integrante / Eliane Santana de Souza - Integrante / Teresa Cristina Silva de Souza Souto - Integrante / Joselia França de Holanda Cavalcanti - Integrante / Saddo Ag Almouloud - Integrante / Cecília Manoella Carvalho Almeida - Integrante / Márcia Azevedo Campos - Integrante / ANETE OTILIA CARDOSO DE SANTANA CRUZ - Integrante / CHEICK OUMAR DOUMBIA - Integrante / OUSMANE ALPHA - Integrante / CELSO EDUARDO BRITO - Integrante / SUELI DOS PRAZERES SANTOS - Integrante / AMANDA LISBOA MORENO PIRES - Integrante / BARTIRA FERNANDES TEIXEIRA - Integrante / RITA CINEIA MENESES SILVA - Integrante / JOAO LUCAS SANTOS SILVA - Integrante / PHILIPPE QUADROS SANTOS - Integrante.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 21
2013 - 2015
AS TEORIAS MODERNAS DA MATEMÁTICA NOS LIVROS DIDÁTICOS DAS INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS SUPERIORES E SECUNDÁRIAS BRASILEIRAS E BAIANAS
Descrição: O propósito deste projeto é investigar anatomicamente, numa perspectiva histórica, as teorias modernas da matemática nos livros didáticos apropriados, produzidos e difundidos no âmbito do ensino superior e secundário brasileiro, em especial na Universidade de São Paulo (USP) e na Bahia, no período que se inicia em 1934, com a criação da USP e de sua Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, quando então houve a inserção sistematizada das teorias modernas da matemática no ensino superior, até aproximadamente 1976, quando no Brasil se acentuaram as críticas a inserção da matemática moderna no ensino secundário, com uma significativa retração desta inserção. Para tanto, estamos utilizando o termo anatomicamente, no sentido de dissecar as teorias modernas da matemática, contemplando o seu processo de constituição, institucionalização, concepções de matemática e de seu ensino, embates de abordagens (geométricas e algébricas) e as transformações ao longo do desenvolvimento de sua história, tendo repercussões ainda hoje no ensino de matemática superior e das escolas básicas brasileiras. O livro didático, muito recentemente, passou a ser um dos domínios de investigação de algumas pesquisas que têm como foco central a escolarização do ensino moderno de matemática. Há, no entanto, uma lacuna na literatura vigente de uma análise anatômica das teorias modernas da matemática presentes nos livros didáticos no contexto do ensino secundário e, principalmente, no ensino superior brasileiro. Dessa forma, apropriando-nos dos novos debates teóricos, metodológicos e epistemológicos do campo da história, o livro didático será investigado levando-se em consideração todo o seu contexto de produção e não ocupando uma posição marginalizada, como um mero estereótipo da produção do conhecimento científico, e, portanto, considerado uma literatura menor em relação a outras fontes secularmente vigentes no arcabouço das pesquisas históricas, tais como os documentos de arquivos, jornais e revistas especializadas. Assim, ponderamos que este projeto ganha relevância na medida em que segue o caminho aberto pela produção historiográfica dos últimos vinte anos sobre as ciências em particular a matemática - no Brasil e na América Latina, baseada em novas abordagens e métodos que valorizaram temas e objetos anteriormente ignorados ou desconsiderados pela historiografia.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Integrante / Eliene Barbosa Lima - Coordenador / Rosemeire de Fatima Batistela - Integrante / Janice Cassia Lando - Integrante / André Luiz Mattedi Dias - Integrante / Inês Angélica Andrade Freire - Integrante / Joubert Lima Ferreira - Integrante / Juliany Santana dos Santos - Integrante / Larissa Pinca Sarro Gomes - Integrante / Wesley Ferreira Nery - Integrante.
2012 - 2015
Problemas de Educação Matemática
Descrição: O projeto PROBEM ? Problemas de Educação Matemática, pretende desenvolver ações concretas para articular o ensino, a pesquisa e a extensão no contexto da Educação Matemática. Em sua faceta extensionista o ?probem? vem propor para o biênio 2012-2013 a realização de seminários e oficinas presenciais e virtuais para discutir sobre a problemática do desenvolvimento de competências profissionais na formação de professores de matemática, cujo objetivo é o de contribuir para o intercâmbio de perspectivas e conhecimento. Essas ações serão coordenadas pelos grupos: LIAPEME (Laboratório de Integração e Articulação entre Pesquisas em Educação Matemática e Escola) da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), GDICEM (Grupo de Estudos em Didática das Ciências Experimentais e da Matemática) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), LIRDEF (Laboratoire Interdisciplinaire de Recherche en Didactique, Education et Formation) da Université de Montpellier 2 (UM2), GEPE (Grupo de Estudios, Investigación y Extensión) da Universidad Nacional del Litoral (UNL), Santa Fé, Argentina, GRADEM (Grupo de Investigación sobre Análisis Didáctico en Educación Matemática) da Universidad de Barcelona (UB) e pelo grupo EDUMATE da Universidad Católica de Peru (PUCP)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / Tânia Cristina R. S. Gusmão - Integrante / MARCELO LEON CAFFÉ DE OLIVEIRA - Integrante / Rosemeire de Fatima Batistela - Integrante / Adenilton Pereira de Barros - Integrante / Raidalva Conceição de Araujo - Integrante / Lísian Caroline Lima Alves - Integrante / Luiza de Jesus dos Passos - Integrante / Joaby de Oliveira Silva - Integrante / Cales Alves da Costa Junior - Integrante / Edmo Fernandes Carvalho - Integrante / Jany Santos Souza Goulart - Integrante / Eliane Santana de Souza - Integrante / Sulamita da Mota Silva Maia - Integrante / Karolinna Santos Neves - Integrante / Iago Nascimento Ramos - Integrante / Mellize Carvalho Pereira - Integrante / Taise Cristina de Araujo Santos - Integrante / Dannyel Santos Neves - Integrante / Lucia de Fátima Carneiro Ferreira Lessa - Integrante / alcides santos magalhães - Integrante / Paula Carine Sousa Dantas Leloup - Integrante / Camila dos Santos Ribeiro - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual de Feira de Santana - Outra.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2


Projetos de extensão


2014 - Atual
SEMINÁRIO TEMÁTICOS DO NÚCLEO INTERDISCIPLINAS DE PESQUISA, ENSINO E DIDÁTICA DAS CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E TECNOLOGIAS
Descrição: Os Seminários Temáticos do NIPEDICMT surgem da necessidade em se fomentar a produção, construção e divulgação de conhecimento científico voltado para pesquisa na UFBA. Eles propõem discussões, análises e aprofundamentos acerca das diversas correntes de pesquisa da Educação Matemática. Neste sentido, os trabalhos desenvolvidos nos seminários procuram articular e integrar as pesquisas em Educação Matemática, e o processo de ensino e aprendizagem de Matemática das escolas da Educação Básica..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / PIRES, M.A.L.M. (Maria Auxiliadora Lisboa Moreno Pires) - Integrante / Tânia Cristina R. S. Gusmão - Integrante / Teresa Cristina Silva de Souza Souto - Integrante / Joselia França de Holanda Cavalcanti - Integrante.
2009 - Atual
O Visual e o Concreto no Ensino de Geometria: Uma Abordagem Sobre a Observação, Estudo e Construção de Objetos Geométricos com a Participação de Alunos da Rede Pública de Ensino de Feira de Santana
Descrição: Este projeto busca o aprofundamento dos saberes geométricos abordados no ensino fundamental, proporcionando aos alunos deste nível desenvolver a argumentação lógica, aspectos de visualização e aplicabilidade da geometria no cotidiano, permitindo assim uma maior aproximação entre o abstrato e o concreto, visto que sentimos a necessidade de resgatar a relevância do ensino de geometria nas séries fundamentais, preocupação que está presente entre pesquisas atuais na área de educação matemática. A omissão, despreparo ou insegurança por um grande número de professores tem direcionado o ensino para um teor preponderantemente algébrico, aritmético, em detrimento do geométrico. Objetiva-se, assim, minimizar estas lacunas despertando nos alunos um novo olhar acerca da geometria e da importância desses conhecimentos, recorrendo à relação entre a teoria e a prática, buscando uma perspectiva didático-pedagógica como, por exemplo, na construção de objetos geométricos, usando materiais concretos e de fácil acesso..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Integrante / Jany Santos Souza Goulart - Coordenador / Claudiano Goulart - Integrante.


Outros Projetos


2015 - 2015
Luz, Vida e Ciência em Pauta - Semana de Ciência e Tecnologia da UFBA
Descrição: O ano de 2015 foi proclamado pela ONU como o Ano Internacional da Luz e das Tecnologias Baseadas em Luz. Em consonância com esta iniciativa, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, escolheu como tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia o tema Luz, Ciência e Vida com o objetivo de celebrar a luz como matéria da ciência e do desenvolvimento tecnológico. Neste sentido, o presente projeto busca realizar a Semana de Ciência e Tecnologia da UFBA, que terá o tema: Luz, Vida e Ciência em Pauta, no período de 19/10 a 23/10/2015. Para isto foi construída uma articulação com pesquisadores das áreas de Biologia, Física, Matemática, Geociências e Química da UFBA além de professores da Escola Estadual Evaristo da Veiga. Dentre as principais ações a serem realizadas pelo projeto destacam-se a elaboração e execução de cronogramas de: a) palestras, cursos ou oficinas de extensão com temáticas científicas; b) exibição e debate de filmes ou documentários com temáticas científicas; c) realização de experimentos demonstrativos e d) visitas aos laboratórios didáticos, de pesquisa e museus dos Institutos de Biologia, Física, Matemática, Geociências, Química e de Humanidades Artes e Ciência (IHAC) da UFBA. As atividades serão realizadas em salas de aula, auditórios, laboratórios e outros espaços dos institutos citados acima..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2015 - Atual
Análise de Livros didaticos de matemática: as organizações matemáticas, tarefas, técnicas, tecnologias e teorias presentes nos livros didáticos  para identificar as influências das referências teóricas e metodológicas na construção de tais
Descrição: O propósito deste projeto é investigar anatomicamente, numa perspectiva histórica, as teorias modernas da matemática nos livros didáticos apropriados, produzidos e difundidos no âmbito do ensino superior e secundário brasileiro, em especial na Universidade de São Paulo (USP) e na Bahia, no período que se inicia em 1934, com a criação da USP e de sua Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, quando então houve a inserção sistematizada das teorias modernas da matemática no ensino superior, até aproximadamente 1976. Para tanto, estamos utilizando o termo anatomicamente, no sentido de dissecar as teorias modernas da matemática, contemplando o seu processo de constituição, institucionalização, concepções de matemática e de seu ensino, embates de abordagens (geométricas e algébricas) e as transformações ao longo do desenvolvimento de sua história, tendo repercussões ainda hoje no ensino de matemática superior e das escolas básicas brasileiras. O livro didático, muito recentemente, passou a ser um dos domínios de investigação de algumas pesquisas. Neste sentido o plano de trabalho do estudante visa categorizar os livros didáticos que serão utilizados durante o projeto; Pesquisar as fontes de influência dos autores dos livros a serem analisados; Analisar os livros didáticos a partir dos novos debates teóricos, metodológicos e epistemológico; Comparar, através da análise dos livros didáticos entender as influências da formação do autor; Construir um instrumento tecnológico-teórico para analisar os livros de Matemática..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador.
2015 - Atual
Análise dos livros didáticos de matemática para compreensão da construção do saber matemático à luz das teorias didáticas.
Descrição: Considerando que o Projeto, financiado pela FAPESB, que reencontra em desenvolvimento, tem como um de seus objetivos identificar as organizações matemáticas, tarefas, técnicas, tecnologias e teorias presentes nos livros didáticos de matemática e as influências das referências teóricas e metodológicas na construção de tais organizações, o plano de trabalho apresentado pelo estudante visa categorizar as bases teóricas, fazendo assim uma separação temporal para melhor análise futura dos textos; Correlacionar a metodologia que será utilizada com a teoria proposta para análise; Construir um instrumento, de preferência tecnológico, para análise e comparação a fim de facilitar os processos de obtenção de resultados; Analisar quais são as metodologias eficazes e o nível de aplicabilidade das mesmas nos livros didáticos; Comparar resultados dos futuros trabalhos, fazendo um quadro comparativo das principais dificuldades, facilidades, riscos e consequências gerais que os métodos utilizados podem gerar..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador.
2013 - 2014
Projeto de Monitoria
Descrição: Professor-Orientados do aluno Iago Nascimento Ramos, na disciplina Pré_Cálculo com carga horária semanal de 12 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2013 - 2014
Projeto de Monitoria
Descrição: Professor-Orientador do aluno Clebson da Silva Santana na disciplina Lógica Matemática e Teoria dos Conjuntos. Carga Horária semanal de 12 horas..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2012 - 2014
Projeto de Monitoria
Descrição: O currículo em vigor do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Feira de Santana, é composto por 46 disciplinas obrigatórias. Dentre estas disciplinas encontramos a disciplina EXE 175 ? Pré-cálculo. Disciplina obrigatória ofertada aos licenciandos no primeiro semestre. Esta disciplina, de uma forma geral, serve como um alicerce para mais ou menos 17 outras disciplinas que serão ofertadas aos licenciandos no decorrer do curso. Atualmente, o Departamento de Ciências Exatas da UEFS ?DEXA/UEFS, devido a quantidade crescente de estudantes que não logram aprovação, após cursar pela primeira vez esta disciplina, o DEXA tem oferecido a cada semestre, duas turmas da disciplina EXE 175. Esta proposta de monitoria para as duas turmas da disciplina EXE 175 nasce das reflexões e discussões da Área de Educação Matemática do DEXA, visando garantir o sucesso do estudante durante o estudo desta disciplina. Desta forma essa proposta insere-se no campo da Educação Matemática, mais especificamente, dentro da área de didática da matemática, formação e desenvolvimento profissional do professor de matemática..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Luiz Marcio Santos Farias - Coordenador / MARCELO LEON CAFFÉ DE OLIVEIRA - Integrante / Iago Nascimento Ramos - Integrante / Expedito Araujo Azevedo - Integrante / Clebson Santana Silva - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual de Feira de Santana - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Revista ABPN
2016 - Atual
Periódico: EM TEIA - REVISTA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E TECNOLÓGICA IBEROAMERICANA
2016 - Atual
Periódico: Educação Matemática Pesquisa
2015 - Atual
Periódico: Revista de Matemática, Ensino e Cultura
2016 - Atual
Periódico: PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA
2014 - Atual
Periódico: PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA


Membro de comitê de assessoramento


2012 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia
2012 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2010 - Atual
Agência de fomento: Centre régional des ?uvres universitaires et scolaires (Crous) de Montpelli


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: International Journal for Research in Mathematics Education
2014 - Atual
Periódico: Revista Eixo
2013 - Atual
Periódico: Bolema. Boletim de Educação Matemática (UNESP. Rio Claro. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Didatica da Matematica.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Numeração.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Educação Matematica.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Matemática Aplicada.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Metodologia da pesquisa cientifica.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática / Subárea: Matemática.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, R. S.2017SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; PINTO, F. R. . dominante: em busca de ecologias para a cosmogonia iorubá no ensino de história. Revista ABPN, v. 9, p. 49-65, 2017.

2.
SILVA, G. R.2017SILVA, G. R. ; FARIAS, L. M. S. ; MENEZES, R. C. . scontruindo elementos de um modelo epistemológico dominante no ensino de matemática: Em busca de um modelo de referência fundamentado nas contribuições das populações diaspóricas e na lei 10639/2003. Revista ABPN, v. 9, p. 176-190, 2017.

3.
FARIAS, L. M. S.2015FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. . DE ARTEFATO A INSTRUMENTO: a integração da calculadora simples por um professor do 6º ano para o ensino de potência.. Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamearicana, v. 6, p. 1-20, 2015.

4.
FARIAS, L. M. S.2014FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. . Contribuições da Didática da Matemática para compreensão dos impactos do vazio didático na prática dos professores de Matemática que evoca as inter-relações entre os domínios numérico-algébrico e geométrico. Educação Matemática Pesquisa (Online), v. 16, p. 1169-1180, 2014.

5.
FARIAS, L. M. S.2014FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; Souza, E. S. . Contribuições da Didática da Matemática para compreensão dos impactos do vazio didático na prática dos professores de Matemática que evoca as inter-relações entre os domínios numérico-algébrico e geométrico. Educação Matemática Pesquisa (Online), v. 16, p. 1169-1180, 2014.

6.
FARIAS, L. M. S.2013FARIAS, L. M. S.; GUSMAO, T. C. R. S. . O VAZIO DIDATICO: um problema didático, um obstáculo não identificado ou subestimado. Perspectivas da Educação Matemática, v. 6, p. 61-79, 2013.

7.
FARIAS, L. M. S.2012FARIAS, L. M. S.. Comment la profession prend-elle en compte les interrelations entre les domaines numerique-algebrique et geometrique.. MeTis -Rivista Internazionale di Pedagogia, Didattica e Scienze della Formazione, v. 1, p. 68-89, 2012.

8.
GOULART, J. S. S.2012GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. . Representando, Manipulando e Explorando Conceitos Geométricos: Experiência Com UM Projeto de Extensão. Educação Matemática Pesquisa, v. 36, p. 36-45, 2012.

9.
FARIAS, L. M. S.2010FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. . A teoria antropológica da didática e o estudo das inter-relações entre domínios numérico, algébrico e geométrico. REMATEC. Revista de Matemática, Ensino e Cultura (UFRN), v. 7, p. 13-21, 2010.

10.
FARIAS, L. M. S.2010FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. . A teoria antropológica da didática e o estudo das inter-relações entre domínios numérico, algébrico e geométrico. REMATEC. Revista de Matemática, Ensino e Cultura (UFRN), v. 7, p. 13-21, 2010.

11.
HENRIQUES, A.2007 HENRIQUES, A. ; ATTIE, J. P. ; FARIAS, L. M. S. . Referências teóricas da didática francesa: análise didática visando o estudo de integrais múltiplas com auxílio do software Maple. Educação Matemática Pesquisa (Impresso), v. 9, p. 1-168, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SILVA, M. J. F. ; ALMOULOUD, S. A. ; FARIAS, L. M. S. . Sequências Para O Ensino De Geometria Do Ensino Básico. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2017. v. 1. 425p .

2.
SILVA, R. S. ; SOUTO, T. C. S. S. ; FARIAS, L. M. S. ; FARIAS, L. M. S. . Maria de Lourdes Siqueira e Kabengele Munanga: cidadãos daqui, cidadãos dali, cidadãos do mundo. 1. ed. Salvador: Bigraf, 2016. v. 1. 160p .

3.
FARIAS, L. M. S.; FARIAS, L. M. S. CARVALHO, E. F. NEVES, A. S. CAMPOS, M. A. LIMA, E. B. BATISTELA, R. F. HENRIQUES, A. LUNA, A. V. A. GUSMAO, T. C. R. S. NASCIMENTO JUNIOR, J. V. JESUS, G. B. TEIXEIRA, E. S. JURADO, U. M. EL-HANI, C. N. OLIVEIRA, S. V. CAREIRO, M. C. L. AMARANTE, A. L. A. P. C. REIS, V. P. G. S. MACHADO, R. F. SEPULVEDA, C. A. S. E. ALMOULOUD, S. A. GUIMARAES, A. P. M. SOUSA, A. PAIVA, A. S. ALMEIDA, R. O. , et al.MAGINA, S. GUEDJ, M. GUILLAUD, J. FONT, V. CLEMENT, P. CHAACHOUA, H. COMITI, C. ONUCHIC, L. L. R. ; Ensino e Didática das Ciências. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2016. v. 1. 322p .

4.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; NEVES, A. S. ; CAMPOS, M. A. ; LELOUP, P. C. S. D. ; Souza, E. S. ; LESSA, L. F. C. F. ; CARVALHO, I.S. ; SILVA, R. S. ; MENEZES, R. C. ; SILVA, R. S. ; BARBOSA, G. S. ; REIS, R. R. ; SOUZA, S. P. . Contribuições da Didática da Matemática para a Prática dos Professores. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2016. v. 1. 139p .

5.
FARIAS, L. M. S.. Desafios Epistemológicos das Ciências na Atualidade. 1. ed. Bauru-SP: Canal6, 2013. 286p .

Capítulos de livros publicados
1.
FARIAS, L. M. S.; SILVA, R. S. . Em busca de Ecologia para a Lei 10639/03: Uma análise institucional em livros didáticos de História do Sexto ano. In: Anderson Souza Neves; Edmo Fernandes Carvalho;Luiz Marcio Santos Farias; Márcia Azevedo Campos. (Org.). Contribuição da Didática da Matemática para prática dos professores.. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 91-104.

2.
LELOUP, P. C. S. D. ; FARIAS, L. M. S. . A Teoria das Situações Didáticas e as Diferentes Funções do "SE". In: ANDERSON SOUZA NEVES; EDMO FERNANDES CARVALHO; LUIZ MARCIO SANTOS FARIAS; MÁRCIA AZEVEDO CAMPOS. (Org.). CONTRIBUIÇÕES DA DIDATICA DA MATEMÁTICA PARA A PRÁTICA DOS PROFESSORES. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 13-23.

3.
FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. . A CALCULADORA PADRÃO E O TRABALHO DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA EM FORMAÇÃO: UMA ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA. In: ANDERSON SOUZA NEVES; EDMO FERNANDES CARVALHO; LUIZ MARCIO SANTOS FARIAS; MÁRCIA AZEVEDO CAMPOS. (Org.). CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA PARA A PRÁTICA DOS PROFESSORES. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2016, v. 11, p. 25-44.

4.
FARIAS, L. M. S.; LESSA, L. F. C. F. . TEORIA ANTROPOLÓGICA DO DIDÁTICO: CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA. In: ANDERSON SOUZA NEVES; EDMO FERNANDES CARVALHO; LUIZ MARCIO SANTOS FARIAS; MARCIA AZEVEDO CAMPOS. (Org.). CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA PARA A PRÁTICA DOS PROFESSORES. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 45-58.

5.
NEVES, A. S. ; FARIAS, L. M. S. . CONTRIBUIÇÕES PARA UMA INSTITUCIONALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO MAIS EFICAZ DAS SITUAÇÕES MATEMÁTICA DE JOGOS PELOS LICENCIANDOS EM MATEMÁTICA. In: ANDERSON SOUZA NEVES; EDMO FERNANDES CARVALHO; LUIZ MARCIO SANTOS FARIAS; MARCIA AZEVEDO CAMPOS. (Org.). CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA PARA A PRÁTICA DOS PROFESSORES. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 59-74.

6.
FARIAS, L. M. S.. O Vazio Didático, as inter-relações entre os grandes domínios da Matemática e a prática dos professores. In: Anderson Souza Neves; Edmo Fernandes Carvalho; Luiz Marcio Santos Farias; Márcia Azevedo Campos. (Org.). Ensino e Didática das Ciências. 1ed.Salvador: Edufba, 2016, v. 1, p. 29-47.

7.
FARIAS, L. M. S.; CAMPOS, M. A. ; MAGINA, S. . A Linguagem e a Representação de Conceitos Matemáticos. In: Anderson Souza Neves; Edmo Fernandes Carvalho; Luiz Marcio Santos Farias; Márcia Azevedo Campos. (Org.). Ensino e Didática das Ciências. 1ed.Salvador: Edufba, 2016, v. 1, p. 195-204.

8.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. . Da Engenharia Didática ao Percurso de Estudo e Pesquisa: o caso das frações no 6º ano. In: Claudinei de Camargo Sant'Ana; Irani Parolin Santana; Rosemeire dos Santos Amaral. (Org.). Ações Colaborativas e Cooperativas em Educação: entre História, Ensino e Formação de Professores. 1ed.Pedro & João Editores: São Carlos - São Paulo, 2016, v. 1, p. 125-152.

9.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; CARVALHO, I.S. . ANALISE DE PROBLEMAS MATEMÁTICOS ELABORADOS POR PROFESSORES EM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA. In: ANDERSON SOUZA NEVES; EDMO FERNANDES CARVALHO; LUIZ MARCIO SANTOS FARIAS; MÁRCIA AZEVEDO CAMPOS. (Org.). CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA PARA A PRÁTICA DOS PROFESSORES. 1ed.SALVADOR: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 75-90.

10.
FARIAS, L. M. S.. Contribuições do Cabri Geometre II Plus para a passagem do desenho para figura no ensino de Matemática. In: Santiago Castillo Arredondo. (Org.). Reflexiones, Análisis y Propuestas sobre la Formación del Professorado de Educación Secundária. 1ed.Madrid: Universidad Nacional de Educación A Distancia, 2013, v. 2, p. 349-352.

11.
Raspaud, M. ; FARIAS, L. M. S. ; Bastos, F. C ; Menezes, V. . World Cup Soccer 2014 in Brazil and Security Policy. In: Diamantis Mastrogiannakis; Christian Dorvillé. (Org.). Risk management and sport events. 1ed.Paris: Le manuscrit recherche-université, 2012, v. 46, p. 161-197.

12.
FARIAS, L. M. S.; BRONNER, A. . Comment la profession prand-elle en compte les interrelations entre les domaines numérique-algebrique et géométrique. In: Alain BRONNER; Mirène LARGUIER; Michèle ARTUD; Mariana BOSCH; Yves CHEVALLARD; Gisèle CIRADE; Caroline LADAGE. (Org.). DIFUSER LES MATHEMATIQUES (et les autres savoirs)COMME OUTILS DE CONNAISSANCE ET D'ACTION. 1ed.PARIS: Connaissances, 2007, v. 1, p. 449-460.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FARIAS, L. M. S.. Comme la profession prend-elle en compte les interrelations entre les domaines numerique-algebrique et geometrique.. METIS - Mondi educativi. Temi indagini suggestioni, Itália, p. 119 - 145, 30 out. 2012.

2.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. . Educação Matemática em Revista. Educação Matemática em Revista, p. 39 - 46, 01 ago. 2012.

3.
HENRIQUES, A. ; ATTIE, J. P. ; FARIAS, L. M. S. . Educ. Mat. Pesqui., São Paulo, v. 9, n. 1, pp. 51-81, 2007 Referências teóricas da didática francesa: análise didática visando o estudo de integrais múltiplas com auxílio do Maple. Educação Matemática e Pesquisa, São Paulo, p. 51 - 81, 04 jun. 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. . RAZÕES DE SER PARA O ESTUDO DE FUNÇÕES: ELEMENTOS DE SUA INSTITUCIONALIZAÇÃO ENQUANTO SABER A SER ENSINADO.. In: Seminário Temático do NIPEDICMT, 2017, Salvador. Seminário Temático do NIPEDICMT, 2017. v. 1. p. 22-51.

2.
FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. . CONTRIBUIÇÕES HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS PARA COMPREENSÃO DA EVOLUÇÃO DO CONCEITO DAS FUNÇÕES SENO E COSSENO.. In: Seminário Temático do NIPEDICMT, 2017, Salvador. Seminário Temático do NIPEDICMT, 2017. v. 1. p. 41-73.

3.
FARIAS, L. M. S.; SILVA, I. M. ; SANTOS, S. P. . Panorama des usages de la Théorie Anthropologique du Didactique dans la recherche doctorale brésilienne. In: 6e congrès international sur la Théorie Anthropologique du Didactique, 2017, Grenoble. Actes du 6e congrès international sur la Théorie Anthropologique du Didactique. Grenoble: ARDM, 2017. v. 1. p. 474-502.

4.
SILVA, R. S. ; SOUTO, T. C. S. S. ; FARIAS, L. M. S. ; FARIAS, L. M. S. . POR QUE NÃO POSSO ENSINA R A ORIGEM DO MUNDO E DO HOMEM A PARTIR DO MITO YORUBÁ? Em busca de Ecologia para a origem do mundo e do homem na cosmogonia yorubá, no ensino de história do 6º ano.. In: XXIII Encontro Estadual de História, 2016, Assis. XXIII Encontro Estadual de História:História Por que e Pra quem?. São Paulo: ANPUH-SP, 2016. v. 1.

5.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. . ENSINANDO GEOMETRIA A PARTIR DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS: O USO DO GEOEBRE POR PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL. In: 2º Semana de Matemática, 2016, Salavdor. 2º Semana de Matemática. Salvador: Anais do II SEMAT, 2016. v. 1.

6.
FARIAS, L. M. S.. MATEMÁTICA E SUAS NOVAS PERSPECTIVAS EDUCACIONAIS. In: II Semana da Matemática, 2016, Salvador. Anais do II SEMAT/UCSAL. Salvador, 2016. v. 1.

7.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; PINTO, F. R. . Educar para regenerar: o determinismo racial no Ensino de História na Bahia no início do século XX. In: 15º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2016, Florianópolis. Anais do 15º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. Florianópolis: Sociedade Brasileira de História da Ciência, 2016. v. 1.

8.
SOUZA, E. S. ; CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . INTEGRAÇÃO DA CALCULADORA PARA O ENSINO DE POTÊNCIA: UM PERCURSO DE ESTUDO E PESQUISA PARA PROFESSORES DE MATEMÁTICA. In: XII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2016, São Paulo. Anais do XII ENEM. São Paulo: UNICSUL, 2016. v. 1.

9.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; NEVES, A. S. . IMPLICAÇÕES DA CRIAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA RAZÃO DE SER DA ATIVIDADE MATEMÁTICA. In: XII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2016, São Paulo. Anais do XII ENEM.. São Paulo: UNICSUL,, 2016. v. 1.

10.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; CAVALCANTI, J. F. H. . PRAXEOLOGIAS MATEMÁTICAS A PARTIR DE SITUAÇÕES DITÁTICAS PROPOSTAS POR MEIO DE MIDIAS DIGITAIS. In: XII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2016, São Paulo. Anais do XII ENEM. São Paulo: UNICSUL, 2016. v. 1.

11.
CARVALHO, E. F. ; BARROS, A. P. ; FARIAS, L. M. S. ; SOUZA, E. S. . ANÁLISE DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA A PARTIR DO USO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS. In: 4º Simpósio Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 2015, Ilheus. Anais do IV SIPEMAT. Ilheus: UESC, 2015. v. 1. p. 312-317.

12.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. ; CARVALHO, E. F. . Por uma utilização efetiva da calculadora no ensino de matemática: uma análise institucional a partir de situações com professores em formação. In: 4º Simpósio Internacional de Pesuisa em Educação Matemática, 2015, Ilheus. Anais do IV SIPEMAT. Ilheus: UESC, 2015. v. 1. p. 2936-2947.

13.
SOUZA, E. S. ; SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . UMA ANÁLISE DIDÁTICA DA ESCOLARIZAÇÃO MATEMÁTICA DOS PEDAGOGOS: DO SABER A SER ENSINADO AO SABER ENSINADO. In: 4º Simpósio Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 2015, Ilheus. Anais do IV SIPEMAT. Ilheus: UESC, 2015. v. 1. p. 2972-2983.

14.
SOUZA, E. S. ; CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . UM TRABALHO DE ORQUESTRAÇÃO INSTRUMENTAL PARA USO EFETIVO DE CALCULADORAS EM RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. In: XI Colóquio do Museu Pedagógico, 2015, Vitória da Conquista. Anais do XI Colóquio do Museu Pedagógico. Vitória da Conquista: UESB, 2015. v. 01. p. 4109-4125.

15.
ALMEIDA, C. M. C. ; FARIAS, L. M. S. . ANÁLISE DOS IMPACTOS DA ENGENHARIA DIDÁTICA DE PRIMEIRA E SEGUNDA GERAÇÃO NO ENSINO DE PROBABILIDADE NO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO.. In: 4º Simpósio Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 2015, Ilheus. Anais do IV SIPEMAT. Ilheus: UESC, 2015. v. 1. p. 2079-2084.

16.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; GUSMAO, T. C. R. S. ; HENRIQUES, A. ; S'Antana, C. C. . DEL DIBUJO A FIGURA Y LAS TEORÍAS DE LAS SITUACIONES DIDÁCTICAS Y DE LA INSTRUMENACIÓN. In: VII Coloquio Internacional Enseñanza de las Matemáticas, 2014, Lima. Actas 2014. Lima: Dala's E.I.R.L., 2014. v. 1. p. 505-536.

17.
FARIAS, L. M. S.; SILVA, J.O. ; CARVALHO, E. F. ; NEVES, A. S. ; GOULART, J. S. S. . Una praxeologia para los juegos que los profesores pueden utilizar en sus clases. In: VII Coloquio Internacional Enseñanza de las Matemáticas Educación Matemática en contexto, 2014, Lima. Actas 2014. Lima: Dala's E.I.R.L., 2014. v. 01. p. 1001-1018.

18.
SILVA, J. O. ; FARIAS, L. M. S. ; OLIVEIRA, A. M. P. . LAS TEORÍAS DE LAS SITUACIONES E DE LA INSTRUMENTACIÓN PARA EL PASAJE DEL DIBUJO A FIGURA: UNA GENESIS PARA LA ENSEÑANZA Y EL APRENDIZAJE DE LAS PROPIEDADES GEOMÉTRICAS. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIENCIAS DE LA EDUCACION Y DEL DESARROLO, 2014, Granada. II CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIENCIAS DE LA EDUCACION Y DEL DESARROLO. Granada -Espanha: Universidade de Granada, 2014. v. 1. p. 195-219.

19.
SILVA, J. O. ; FARIAS, L. M. S. . CONTRIBUIÇÕES DO GEOGEBRA PARA A PASSAGEM DO DESENHO PARA FIGURA NO 6º ANO. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. v. I. p. 25-34.

20.
FARIAS, L. M. S.; MAIA, S. M. S. ; NEVES, K. S. . Análises didáticas à luz da teoria antropológica do didático.. In: X COLÓQUIO NACIONAL E III COLÓQUIO INTERNACIONAL DO MUSEU PEDAGÓGICO, 2013, VITÓRIA DA CONQUISTA. A produção do conhecimento no limiar do século XXI: tendências e conflitos. Vitória da Conquista: MUSEU PEDAGÒGICO, 2013. p. 36-56.

21.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . Impáctos das relações pessoais e institucionais no trabalho com geometria dos pressores de matemática do ensino médio.. In: X COLÓQUIO NACIONAL E III COLÓQUIO INTERNACIONAL DO MUSEU PEDAGÓGICO, 2013, VITÓRIA DA CONQUISTA. A produção do conhecimento no limiar do século XXI: tendências e conflitos. Vitória da Conquista: MUSEU PEDAGÒGICO, 2013. p. 147-159.

22.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . Utilização da Webquest à luz da Teoria das Situações.. In: X COLÓQUIO NACIONAL E III COLÓQUIO INTERNACIONAL DO MUSEU PEDAGÓGICO, 2013, VITÓRIA DA CONQUISTA. A produção do conhecimento no limiar do século XXI: tendências e conflitos. Vitória da Conquista: MUSEU PEDAGÒGICO, 2013. p. 247-259.

23.
FARIAS, L. M. S.. CONTRIBUIÇÕES DO CABRI GEOMETRE IIPLUS PARA A PASSAGEM DO DESENHO PARA FIGURA NO ENSINO DE MATEMATICA. In: Congreso Internacional Euro-Iberoamericano sobre la Formación del Profesorado de Educación Secundaria. Reflexión, Análisis y propuestas, 2013, Madrid. Congreso Internacional Euro-Iberoamericano sobre la Formación del Profesorado de Educación Secundaria. Reflexión, Análisis y propuestas. Madrid: UNED, 2013. v. II. p. 349-352.

24.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. ; GOULART, J. S. S. . UTILIZAÇÃO DE MIDIAS DIGITAIS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO A PARTIR DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. In: VII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 2013, SÃO CRISTOVÃO. ANAIS DO VII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE. SÃO CRISTOVÃO: EDUCONSE - UFS, 2013. p. 87-96.

25.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . ANALISE DA UTILIZAÇÃO DE MIDIAS DIGITAIS NA AULA DE MATEMÁTICA À LUZ DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. In: VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA/ ULBRA, 2013, CANOAS. ANAIS DO VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA/ ULBRA. CANOAS: ULBRA, 2013. v. 7. p. 477-489.

26.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . ESTUDO DOS IMPACTOS DE UMA RELAÇÃO INSTITUCIONAL E PESSOAL COM O ENSINO DE GEOMETRIA EM UMA ESCOLA PÚBLICA DA BAHIA. In: VI Congresso Internacional de Ensino de Matemática, 2013, CANOAS-RS. ANAIIS DO VI CIEM, 2013.

27.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. ; CARVALHO, E. F. . Explorando Conceitos Geométricos a partir de Modelos Concretos. In: VII Colóquio Internacional ' Educação e Contemporaneidade', 2013, São Cristóvão - Sergipe. Anais do VII Colóquio Internacional ' Educação e Contemporaneidade'. São Cristóvão Sergipe: Editôra da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (UFS, 2013.

28.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. . Representando, manipulando e explorando conceitos geométricos. In: VI Congresso Internacional de Ensino da Matemática, 2013, Canoas RG. Anais do VI CIEM. Canoas RG: Editora do CIEM, 2013.

29.
NEVES, A. S. ; FARIAS, L. M. S. . CONTRIBUIÇÕES PARA UMA INSTITUCIONALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO MAIS EFICAZ DA APLICAÇÃO DE JOGOS PELOS LICENCIANDOS EM MATEMATICA. In: X COLÓQUIO NACIONAL E III COLÓQUIO INTERNACIONAL DO MUSEU PEDAGÓGICO, 2013, VITÓRIA DA CONQUISTA. A produção do conhecimento no limiar do século XXI: tendências e conflitos. Vitória da Conquista: MUSEU PEDAGÒGICO, 2013. p. 71-86.

30.
FARIAS, L. M. S.. O trabalho dos professore​s e estudantes e o processo transposit​ivo de utilização das interrelaç​ões entre os domínios numérico, algébrico e geométrico. In: Simpósio Baiano de Licenciaturas, 2012, Salvador. Simpósio Baiano de Licenciaturas. Salvador: UNEB, 2012. v. II. p. 42-50.

31.
FARIAS, L. M. S.. UMA ANÁLISE DIDÁTICA DA PRÁTICA DOS PROFESSORES E AS INTERRELAÇÕES ENTRE OS GRANDES DOMÍNIOS DA MATEMÁTICA. In: Semana de Mobilização Científica ? SEMOC, 2012, SALVADOR. XV SEMOC (Consciência Ecológica e Sustentabilidade). Salvador: UCSAL, 2012. v. XV. p. 63-70.

32.
COSTA JUNIOR, C. A. ; FARIAS, L. M. S. . O jogo de Dama como instrumento didático nas aulas de Matemática. In: XV Semana de Mobilização Científica, 2012, Salvador. Semana de Mobilização Científica: conciência, ecologia e sustentabilidade, 2012.

33.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M. . As interrelações entre os domínios numérico, algébrico e geométrico e os elementos da didática françesa.. In: XIV Encontro Baiano de Educação Matemática, 2011, Amargosa. XIV Encontro Baiano de Educação Matemática. Cruz das Almas: UFRB, 2011. v. XIV. p. 33-44.

34.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. . UM OLHAR DA DIDÁTICA FRANCESA: As interrelações entre os domínios numérico, algébrico e geométrico. In: IX Colóquio Nacional e II Colóquio Internacional do Museu Pedagógico, 2011, VITÓRIA DA CONQUISTA. IX Colóquio Nacional e II Colóquio Internacional do Museu Pedagógico ?Desafios Epistemológicos na atualidade?. Vitoria da Conquista: UESB, 2011. p. 3205-3224.

35.
FARIAS, L. M. S.; ANWANDTER, N. . Referencias teoricas da didatica francesa: analise didatica visando o estudio das interrelações entre dominios numérico, algébrico e geométricoà luz da teoria antrpologica da didatica. In: VI Congresso Iberoamericano de Educacion Matematica (CIBEM), 2009, Puerto Montt. VI Congresso Ibero americano de Educacion Matematica - Puerto Montt - Chile. Puerto montt: CIBEM, 2009. p. 907-915.

36.
NOGUEIRA FARIAS, V.L. ; FARIAS, L. M. S. . Construção de situações de aprendizagem em geometria plana utilizando o software cabri-geomètre: o deslocamento no ambiente computacional cabri-geomètre.. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2007, Belo Horizonte. Diálogos entre a pesquisa e a prática educativa, 2007. v. 1.

37.
NOGUEIRA FARIAS, V.L. ; FARIAS, L. M. S. . Construção de situações de aprendizagem em geometria plana utilizando o software cabri-geomètre: o deslocamento no ambiente computacional cabri-geomètre.. In: http://www.dedc7.uneb.br/xiiebem/inscr.html, 2007, sENHOR DO bONFIM. Matemática e Inclusão Social, 2007. v. 1.

38.
NOGUEIRA FARIAS, V.L. ; FARIAS, L. M. S. . Referências teóricas da didática francesa. In: Semana de Mobilização Científica ? SEMOC, 2007, Salvador. MEIO AMBIENTE, DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL, 2007.

39.
FARIAS, L. M. S.; BRONNER, A. . Comment la profession prend-elle en compte les interrelations entre les domaines numérique-algébrique et géométrique ?. In: IIe Congrès International sur la Théorie Anthropologique du Didactique, 2007, UZÈS (France). IIe Congrès International sur la Théorie Anthropologique du Didactique, 2007. v. 1. p. 145-157.

40.
FARIAS, L. M. S.; Barboza . De que maneira os alunos-professores de Matemática percebem a influência das disciplinas pedagogicas em seu desenvolvimento profissional: Concepções e práticas de ensino - uma experiência num contexto de formação inicial. In: VI Semana de Mobilização Científica - SEMOC, 2003, Salvador. VI Semana de Mobilização Científica. Salvador: CEPEX, 2003. v. 1. p. 225-240.

41.
FARIAS, L. M. S.; Barboza . Concepções e práticas de ensino de alunos-professores de Matemática: Uma experiência no contexto de formação inicial. In: Encontro Baiano de Educação Matemática, 2003, Vitoria da Conquista. Encontro Baiano de Educação Matemática. Vitoria da Conquista: UESB, 2003. v. 1.

42.
FARIAS, L. M. S.; Barboza . Concepção e práticas de ensino de alunos-professores de Matemática: uma experiência num contexto de formação inicial.. In: V Semana de Mobilização Científica - SEMOC, 2002, Salvador. V Semana de Mobilização Científica - SEMOC. Salvador: COPEX, 2002. v. 1. p. 262-280.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; SOUTO, T. C. S. S. . A TEORIA ANTROPOLÓGICA DO DIDÁTICO NA COMPREENSÃO DO VAZIO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE HISTÓRIA DO 6º ANO CONFORME A LEI 10639/03. In: V Congresso Baiano de Pesquisadores Negros, 2015, Jequie. Anais do V CBPN. Jequie: APNB, 2015. v. 1. p. 128-134.

2.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. ; SILVA, J.O. . ANÁLISIS DE JUEGOS QUE LOS PROFESORES PUEDEN UTILIZAR EN SUS CLASES A LUZ DE LA TEORIA ANTOPOLÓGICA DO SABER. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIENCIAS DE LA EDUCACION Y DEL DESARROLO, 2014, GRANADA. II CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIENCIAS DE LA EDUCACION Y DEL DESARROLO. Granada: Universidade de Granada, 2014. v. 1. p. 259-286.

3.
FARIAS, L. M. S.. O AMBIENTE COMPUTACIONAL NA CONSTRUÇÃO DA DIFERENÇA ENTRE DESENHO E FIGURA: O CASO DO DESLOCAMENTO NO CABRI-GÉOMÈTRE II PLUS. In: Congresso de Matemática Aplicada e Computacional, 2012, Natal. Congresso de Matemática Aplicada e Computacional. Natal: CMAC nordeste, 2012. p. 10-13.

4.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; BARROS, A. P. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; ALVES, L. C. L. ; PASSOS, L. J. ; GOMES, P. H. . ALAN TURING: HOMEM E IDEIAS PLUGADAS. In: XVIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO À PESQUISA, 2012, Fortaleza. Encontro de Iniciação à Pesquisa, 2012. p. 68-77.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . Narrativas e escritas de si no processo formação: a contribuição das tensões e dificuldades vivenciadas pelos alunos em formação inicial. In: IV Simpósio Memória, (Auto) Biografia e Documentação Narrativa, 2014, Salvador - BA. IV Simpósio Memória, (Auto) Biografia e Documentação Narrativa. Salvador -BA: Eduneb, 2014.

2.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . Teoria Antropológica do Didático: contribuições para Formação Inicial de Professores de Matemática. In: III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências, 2014, Salvador e Feira de Santana. III Seminário Regional do LIAPEME Contribuições e Perspectivas. Salvador e Feira de Santana: Editora da UEFS, 2014.

3.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . As organizações matemáticas constituídas em torno das noções intuitivas de função em um curso de formação inicial de professores. In: V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática, 2014, Salvador - BA. Anais do V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática. Salvador - BA, 2014.

4.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . Estágio Supervisionado: relato de situações vivencadas por estudantes de um curso de licencatura em matemática. In: XVII Semana de Mobilização Científica -SEMOC, 2014, Salvador - BA. XVII SEMOC Semana de Mobilização Científica. Salvador -BA, 2014.

5.
FARIAS, L. M. S.. A TRAMA PRAXEOLÓGICA: UMA METODOLOGIA PARA ANÁLISE DE PRÁTICA DE PROFESSORES. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. v. I. p. 10-17.

6.
BARROS, A. P. ; FARIAS, L. M. S. . POTENCIALIZANDO O USO DE SOFTWARES MATEMÁTICOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 81-93.

7.
ARAUJO, R. C. ; FARIAS, L. M. S. . REFLEXÓRIO: AS AULAS DE MATEMÁTICA CONTRIBUINDO PARA FORMAÇÃO DE BONS ESCRITORES E LEITORES. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 53-62.

8.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . ESTUDO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO E CONCEPÇÃO DOS PEDAGOGOS NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO MATEMÁTICA DOS ESTUDANTES: Um estudo de caso no curso de Pedagogia da UEFS. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 51-55.

9.
ALVES, L. C. L. ; FARIAS, L. M. S. . IMPÁCTOS DAS ESCOLHAS TRANSPOSITIVAS DA FORMAÇÃO INICIAL NA CONSTRUÇÃO DAS REPRESENTAÇÕES DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DA UEFS. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. v. I. p. 57-64.

10.
PASSOS, L. J. ; FARIAS, L. M. S. . ENTRE ENGENHARIA DIDÁTICA E MATERIAIS MANIPULAVÉIS PAARA UM ENSINO INCLUSIVO DAS OPERAÇÕES ARITMÉTICAS FUNDAMENTAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 42-50.

11.
NEVES, A. S. ; FARIAS, L. M. S. . CONTRIBUIÇÕES PARA UMA INSTITUCIONALIZAÇÃO MAIS EFICAZ DA UTILIZAÇÃO DE JOGOS NAS AULAS DE MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 13-25.

12.
ALMEIDA, J. S. ; FARIAS, L. M. S. . ASPECTOS CONTEMPORANEOS DA EDUCAÇÃO MATEMATICA INCLUSIVA: O ENSINO DE SISTEMA DECIMAL NO 6ºANO. In: II SEMINÁRIO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS, 2013, Feira de Santana. Seminário LIAPEME. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2013. p. 30-41.

13.
FARIAS, L. M. S.. COMMENT LA PROFESSION PREND-ELLE EN COMPTE LES INTERRELATIONS ENTRE LES DOMAINES NUMERIQUE-ALGEBRIQUE ET GEOMETRIQUE ?. In: VIème Congrès de la Meditteranean: Society of Comparative Education, 2012, Hammamet. V Ième Congrès de la Meditteranean: Society of Comparative Education -Education et Changement Social Vers un réel développement humain. Bari: METIS, 2012. v. II. p. 54-65.

14.
FARIAS, L. M. S.; Barboza . Concepções e prática de ensino de alunos-professores de Matemática: uma experiência no contexto de formação inicial. In: V Seminário Estudantil de Pesquisas em Educação, 2003, Feira de Santana. V Seminário Estudantil de Pesquisas em Educação. Salvador: UEFS, 2003. v. 1. p. 27-30.

Artigos aceitos para publicação
1.
FARIAS, L. M. S.. COMMENT LA PROFESSION PREND-ELLE EN COMPTE LES INTERRELATIONS ENTRE LES DOMAINES NUMERIQUE-ALGEBRIQUE ET GEOMETRIQUE ?. Canadian Journal of Education, 2013.

2.
FARIAS, L. M. S.; GUSMAO, T. C. R. S. . O vazio didático: um problema didático, um obstaculo não identificado ou subestimado. Perspectivas da Educação Matemática, 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
FARIAS, L. M. S.. A INCOMPLETUDE DA ATIVIDADE INSTITUCIONAL: A NÃO EXPLORAÇÃO DE CONCEITOS EM SEUS DIFERENTES DOMÍNIOS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
FARIAS, L. M. S.. Importância e Metodologia de Observação de classes em pesquisas em Didática e Relações entre problemática de pesquisa, quadro teórico no qual se coloca o pesquisador e Modelagem necessária à análise de observações. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. . A INTEGRAÇÃO DA CALCULADORA PARA O ENSINO DE POTÊNCIA: UM PERCURSO DE ESTUDO E PESQUISA PARA PROFESSORES DE MATEMÁTICA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; Souza, E. S. ; NEVES, A. S. . IMPLICAÇÕES DA CRIAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA RAZÃO DE SER DA ATIVIDADE MATEMÁTICA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
FARIAS, L. M. S.; LIMA, M. S. . O ENSINO DAS FASES DA LUA PELO VIÉS DA TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
FARIAS, L. M. S.; GOULART, J. . INTERLIGAÇÕES ENTRE AS TEORIAS DA APRENDIZAGEM E A DIDÁTICA DA MATEMÁTICA: UM OLHAR SOBRE A ÁLGEBRA VETORIAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
FARIAS, L. M. S.; NASCIMENTO JUNIOR, J. V. ; GOMES, P. S. P. ; SANTOS, L. S. . CONSIDERAÇÕES A CERCA DO PRINCÍPIO DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA A PARTIR DA DIMENSÃO EPISTEMOLÓGICA SEGUNDO A TEORIA ANTROPOLÓGICA DO DIDÁTICO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. . ANÁLISE PRAXEOLÓGICA DO SABER POTENCIAÇÃO EM UM LIVRO DIDÁTICO DO 6º ANO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
FARIAS, L. M. S.; CARNEIRO, A. A. L. . Proposta de Ensino e Aprendizagem na Perspectiva Sociointeracionista em Adição. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
FARIAS, L. M. S.; CARNEIRO, A. O. . Uma Proposta de Estratégia Didática para a Aprendizagem em Divisão de Números Naturais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
FARIAS, L. M. S.; MENEZES, R. C. . Análises das Organizações Didáticas Apresentadas no Livro Didático para Abordar às Operações Aritméticas Fundamentais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
CARVALHO, E. F. ; BARROS, A. P. ; FARIAS, L. M. S. ; SOUZA, E. S. . Analise de sequência didática para o ensino de geometria a partir do uso de softwares educacionais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
SOUZA, E. S. ; CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . Por uma utilização efetiva da calculadora no ensino de matemática: uma análise institucional a partir de situações com professores em formação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SOUZA, E. S. ; SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . UMA ANÁLISE DIDÁTICA DA ESCOLARIZAÇÃO MATEMÁTICA DOS PEDAGOGOS: DO SABER A SER ENSINADO AO SABER ENSINADO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
MENEZES, R. C. ; FARIAS, L. M. S. . A utilização de recursos didáticos no ensino de matemática a partir de situações: a malamáica e alguns de seus elementos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
FARIAS, L. M. S.; ALMOULOUD, S. A. . Processus D'enseignement et D'apprentissage des Mathématiques dans des environnements technologiques partenariat PUC-SP, UFBA et PUC - Peru. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; SOUTO, T. C. S. S. . A TEORIA ANTROPOLÓGICA DO DIDÁTICO NA COMPREENSÃO DO VAZIO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE HISTÓRIA DO 6º ANO CONFORME A LEI 10639/03. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
ALMEIDA, C. M. C. ; FARIAS, L. M. S. . ANÁLISE DOS IMPACTOS DA ENGENHARIA DIDÁTICA DE PRIMEIRA E SEGUNDA GERAÇÃO NO ENSINO DE PROBABILIDADE NO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
NEVES, A. S. ; FARIAS, L. M. S. . CONTRIBUIÇÕES DA PRAXEOLOGIA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM EM SITUAÇÕES MATEMÁTICAS DE JOGOS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
FARIAS, L. M. S.; LESSA, L. F. C. F. . Narrativas e escritas de si no processo formação: a contribuição das tensões e dificuldades vivenciadas pelos alunos em formação inicial. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

21.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. . Memoriais dos professores supervisores de estágio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
FARIAS, L. M. S.; RAMOS, I. N. . A GÊNESE INSTRUMENTAL E O SOFTWARE WINPLOT NO ESTUDO DAS FUNÇÕES: CONSTRUÇÕES GRÁFICAS DE UMA TURMA DE PRÉ-CÁLCULO DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA UEFS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

23.
FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. ; SILVA, J.O. . ANÁLISIS DE JUEGOS QUE LOS PROFESORES PUEDEN UTILIZAR EN SUS CLASES A LUZ DE LA TEORIA ANTOPOLÓGICA DO SABER. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . Teoria Antropológica do Didático: contribuições para Formação Inicial de Professores de Matemática. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . As organizações matemáticas constituídas em torno das noções intuitivas de função em um curso de formação inicial de professores. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
LESSA, L. F. C. F. ; FARIAS, L. M. S. . Estágio Supervisionado: relato de situações vivencadas por estudantes de um curso de licencatura em matemática. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
SILVA, J.O. ; FARIAS, L. M. S. ; OLIVEIRA, A. M. P. . UN ANÁLISIS PRAXEOLÓGICA DE LAS ACTIVIDADES DEL GRUPO COLABORATIVO EN MODELAGEM MATEMÁTICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; SILVA, J.O. . . LAS TEORÍAS DE LAS SITUACIONES E DE LA INSTRUMENTACIÓN PARA EL PASAJE DEL DIBUJO A FIGURA: UNA GENESIS PARA LA ENSEÑANZA Y EL APRENDIZAJE DE LAS PROPIEDADES GEOMÉTRICAS.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
FARIAS, L. M. S.; GOULART, J. S. S. ; NEVES, A. S. ; CARVALHO, E. F. ; SILVA, J. O. . Una Praxeologia para Los Juguetes que los Professores pueden utilizar en sus Clases.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. ; AZEVEDO, E. A. . ESTUDO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO E DAS RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E PESSOAIS DOS PEDAGOGOS EM RELAÇÃO Á MATEMÁTICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
FARIAS, L. M. S.. Elementos da Teoria Antropológica do Didático para Análise do Livro Didático.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

32.
FARIAS, L. M. S.. O Vazio Didático, as Inter-relações entre Grandes Dominios da Matemática e a prática dos professores.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . O uso da calculadora no ensino de matemática de forma efetiva: a influência das Teorias da Didática Franc esa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
FARIAS, L. M. S.. Algoritmo Page Rank e o Google. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
FARIAS, L. M. S.; SILVA, J.O. ; OLIVEIRA, A. M. P. . Un analisis praxeologica de las actividades del grupo colaborativo en modelagem matemática. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
FARIAS, L. M. S.. A TRAMA PRAXEOLÓGICA: UMA METODOLOGIA PARA ANÁLISE DE PRÁTICA DE PROFESSORES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
FARIAS, L. M. S.. CONTRIBUIÇÕES DO CABRI GEOMETRE IIPLUS PARA A PASSAGEM DO DESENHO PARA FIGURA NO ENSINO DE MATEMATICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. ; GOULART, J. S. S. . UTILIZAÇÃO DE MIDIAS DIGITAIS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO A PARTIR DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

39.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . ANALISE DA UTILIZAÇÃO DE MIDIAS DIGITAIS NA AULA DE MATEMÁTICA À LUZ DA TEORIA DAS SITUAÇÕES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

40.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . UTILIZAÇÃO DA WEBQUEST À LUZ DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA WEBQUEST NAS AULAS DE MATEMÁTICA A PARTIR DA TEORIAS DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

42.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. ; GOULART, J. S. S. . A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO E AS INTERCONEXÕES ENTRE SEUS GRANDES DOMÍNIOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. ; CARVALHO, E. F. . EXPLORANDO CONCEITOS GEOMÉTRICOS A PARTIR DE MODELOS CONCRETOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

44.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . Impactos das relações pessoais e institucionais no trabalho com geometria dos professores de matemática do Ensino Médio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

45.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . Analise do processo transpositivo do ensino de geometria do Ensino Médio em Santo Estevão: das relações pessoais e institucionais à prática dos professores de matemática. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

46.
SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . Estudo dos Impactos de uma Relação Institucional e Pessoal com o Ensino de Geometria em uma Escola Pública da Bahia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

47.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. . Representando, manipulando e explorando conceitos geométricos: Experiencia com um projeto de extensão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

48.
SANTOS, T. C. A. ; FARIAS, L. M. S. . APRENDENDO CÁLCULO DIFERENCIAL ATRAVÉS DAS MÃOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

49.
SANTOS, T. C. A. ; FARIAS, L. M. S. . Aprendendo cálculo integral através das mãos: uma proposta para o uso do multiplano no ensino de educandos cegos na universidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

50.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . A Transposição Didática e o Ensino de História do 6º Ano: em busca de uma Ecologia para a Lei 10639/03, 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

51.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . Contribuições da Didática da Matemática para o Ensino de História do 6º Ano: Uma Ecologia para a Lei 10.639/03, 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

52.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . O Ensino de História no 6º Ano: Em Busca de Uma Ecologia para Lei 10639/2003, 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

53.
SILVA, R. S. ; FARIAS, L. M. S. ; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . Uma Proposta para o Ensino de História no 6º Ano, utilizando praxeologias completas que consideram a Lei 10639/03, 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

54.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . ESTUDO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO E DAS RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E PESSOAIS DOS PEDAGOGOS EM RALAÇÃO A MATEMÁTICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

55.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E A FORMAÇÃO MATEMÁTICA DOS PEDAGOGOS: UM ESTUDO DE CASO NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UEFS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . Formação dos pedagogos e o curso de Pedagogia da UEFS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

57.
SOUZA, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . ESTUDO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO E CONCEPÇÃO DOS PEDAGOGOS NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO MATEMÁTICA DOS ESTUDANTES: UM ESTUDO DE CASO NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UEFS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

58.
RAMOS, I. N. ; FARIAS, L. M. S. . A GENESE INSTRUMENTAL E O SOFTWARE WINPLOT NAS CONSTRUÇOES GRAFICAS EM UMA TURMA DE PRÉ-CÁLCULO DA UEFS.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

59.
RAMOS, I. N. ; AMORIM, A. A. ; FARIAS, L. M. S. . A GÊNESE INSTRUMENTAL E O SOFTWARE LIVRE KIG (GEOMETRIA INTERATIVA) NA CONSTRUÇÃO DO HEXÁGONO REGULAR: UMA EXPERIÊNCIA COM ESTUDANTES DA EJA DO CETV. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

60.
FARIAS, L. M. S.; ARAUJO, R. C. . Reflexório nas aulas de Matemática: Ressignificando a prática e contribuindo para formação de bons escritores e leitores. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

61.
FARIAS, L. M. S.. Trabalho de video formação e apoio profissional através de plataformas e dispositivos on-line de formação hibrida. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

62.
FARIAS, L. M. S.. Vidéoformation et accompagnement professionnel via des plateformes en ligne et des dispositifs de formation hybrides. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

63.
FARIAS, L. M. S.. Vidéoformation et accompagnement professionnel via des plateformes en ligne et des dispositifs de formation hybrides. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

64.
FARIAS, L. M. S.. O trabalho dos professores e estudantes e o processo transpositivo de utilização das interrelações entre os domínios numérico, algébrico e geométrico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

65.
FARIAS, L. M. S.. Comment les enseignants de mathématiques prend-ils en compte les interrelations entre les domaines numérique-algébrique et géométrique ?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

66.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M. . EXPOSIÇÃO 100ANOS DE ALAN TURING: HOMEM E IDEIAS PLUGADAS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

67.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; BARROS, A. P. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; ALVES, L. C. L. ; PASSOS, L. J. ; GOMES, P. H. . Alan Turing: Homem e ideias Plugadas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

68.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; BARROS, A. P. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; ALVES, L. C. L. ; PASSOS, L. J. ; GOMES, P. H. . Alan Turing: ideias plugadas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

69.
FARIAS, L. M. S.. Alan Turing: ideias pugladas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

70.
FARIAS, L. M. S.. 'O ambiente computacional na construção da diferença entre desenho e figura: o caso do deslocamento no Cabri-géomètre II Plus.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

71.
FARIAS, L. M. S.. Interfaces entre le public et le privé en matière de sécurité publique au Brésil et à Bahia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

72.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M. . Tendências na Educação em Ciência e Matemática. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M. . UM OLHAR DA DIDÁTICA FRANCESA: AS INTERRELAÇÕES ENTRE OS DOMÍNIOS NUMÉRICO, ALGÉBRICO E GEOMÉTRICO.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

74.
FARIAS, L. M. S.. A didática da Matemática: análises didáticas à luz da Teoria Antropológica do Didático. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

75.
FARIAS, L. M. S.. Du numérique au algébrique une ingénierie didactique basé sur les interrelations entre les domaines: Emergences des écologies de reconnaissance. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

76.
FARIAS, L. M. S.; ANWANDTER, N. . VI Congreso Iberoamericano de Educación Matemática (VI CIBEM). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

77.
FARIAS, L. M. S.. Teoria antropologica da didatica, um quadro metodologico para analise de praticas dos professores. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

78.
FARIAS, L. M. S.. As interrelações entre os dominios matematicos na pratica docente. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

79.
FARIAS, L. M. S.. Como os professores de matematica do ensino secundario utilizam o NAG. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

80.
FARIAS, L. M. S.. Estudo do papel reciproco entre os dominios numérico-algébrico e geométrico no ensino secundario: caso dos sistemas educativos brasileiro e francês. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

81.
FARIAS, L. M. S.. L'étude du rôle reciproque des domaines mathématiques. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

82.
FARIAS, L. M. S.. Estudos dos papéis reciprocos dos mominios numérico-algébrico e geométrico no ensino e aprendizagem. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

83.
FARIAS, L. M. S.. Teoria da Instrumentação em geometria plana utilizando o software Cabri-géomètre: o deslocamento no ambiente computacional Cabri-géomètre. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

84.
FARIAS, L. M. S.. Referências teoricas da Didatica Francesa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

85.
FARIAS, L. M. S.; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . Construção de situações de aprendizagem em geometria plana utilizando o software cabri-geometre: o deslocamento no ambiente computacional cabri-geometre. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

86.
FARIAS, L. M. S.. Estudos dos papéis reciprocos dos dominios numérico-algébrico e geométrico no ensino e aprendizagem da Matematica no ensino secundario. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
FARIAS, L. M. S.; FERNANDES, J. B. P. ; FERREIRA, V. G. G. ; ALMEIDA, A. P. ; LIMA, P. F. ; ARAUJO, A. J. ; BITTAR, M. ; BELLEMAIN, P. M. B. ; MENEZES, M. B. . Guia de livros didáticos ? Ensino Médio/ Ministério da Educação ?. Brasília: MEC, 2017 (Livro).

2.
FARIAS, L. M. S.. Estudo das Inter-relações entre os domínios numérico-algébrico e geométrico no ensino de matemática no secundário: uma análise das práticas de ensino em classes de troisième e seconde. Salvador: Universidade do Estado da Bahia- Departamento de Educação, 2012 (Resumo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
FARIAS, L. M. S.; FARIAS, L. M. S. . PARECER ad hoc AO PROJETO DE PESQUISA DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA.. 2017.

2.
FARIAS, L. M. S.. Programa Nacional do Livro didático. 2017.

3.
FARIAS, L. M. S.; SILVA, J. L. S. . III SEMANA DE CÊNCIA E TECNOLOGIA DA UFBA: A MATEMÁTICA ESTÁ EM TUDO. 2017.

4.
FARIAS, L. M. S.. Consultor ad hoc. 2016.

5.
FARIAS, L. M. S.. Parecerista. 2015.

6.
FARIAS, L. M. S.. Preceptor. 2015.

7.
FARIAS, L. M. S.. III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências. 2014.

8.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. ; PIRES, M. A. L. M. ; LELOUP, P. C. S. D. ; COSTA JUNIOR, C. A. . III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências. 2014.

9.
FARIAS, L. M. S.. Parecerista ad hoc da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz. 2014.

10.
FARIAS, L. M. S.. Comissão Científica. 2014.

11.
FARIAS, L. M. S.. Parecerista ad hoc do Programa de Bolsas de Iniciação Científica (PROBIC). 2013.

12.
FARIAS, L. M. S.. Parecerista no XV Encontro Baiano de Educação Matemática. 2013.

13.
FARIAS, L. M. S.. Parecerista no XI Encontro Nacional de Educação Matemática. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FARIAS, L. M. S.. I Seminário de Formação de Professores/ III Seminário de Pesquisa e Extensão / IV Seminário de Iniciação Científica - PIBIC. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
FARIAS, L. M. S.. XI Colóquio Nacional e IV Colóquio Internacional do Museu Pedagógico: Crise, Conflitos e Conhecimento no Mundo Contemporâneo. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
FARIAS, L. M. S.; CHAACHOUA, H. . La notion de variable dans le modele praxeologique. 2017. .

2.
FARIAS, L. M. S.. Instrumentalizando Investigações em Educação Matemática. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
FARIAS, L. M. S.. III Curso de Formação Docente de Educação Profissional. 2014. .

4.
FARIAS, L. M. S.. Análises Didáticas de Situações Matemáticas em Jogos: Contribuições para uma utilização mais eficaz dos jogos nas aulas de matemática. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MORADILLO, E. F.; MESSEDER NETO, H. S.; FARIAS, L. M. S.; BONILLA, M. H.. Participação em banca de Lucas Vivas de Sá. O uso das tecnologias digitais no ensino de Química: Uma análise dos trabalhos presentes na Química Nova à Luz da Teoria da Atividade. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

2.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, A. M. P.; ALMOULOUD, S. A.. Participação em banca de Edmo Fernandes Carvalho. A integração de uma proposta de criação e resolução de problemas matemáticos na prática de professores do 6º ano. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

3.
FARIAS, L. M. S.; BARBOSA, J. C.; ALMOULOUD, S. A.. Participação em banca de Eliane Santana de Souza. Uma proposta efetiva da calculadora padrão no ensino de potência. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

4.
LIMA, A. C. C.; ALEXANDRIA, A. R.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Raimundo José Andrade de Menezes. Desenvolvimento de um Sistema Microcontrolado para detecção de distúrbios em Instalações Elevatórias utilizando métodos matemático.. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

5.
HENRIQUES, A.; FARIAS, L. M. S.; SANTANA, E. R. S.. Participação em banca de Éder Barros Santos. Mestrado Profissionalizante em Matemática em Rede Nacional - PROFMAT. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissionalizante em Matemática em Rede) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Teses de doutorado
1.
PIRES, M. A. L. M.; ALMEIDA, R. O.; BATISTA, G. C. S.; GUSMAO, T. C. R. S.; SILVA, M. D. F.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Marluce Alves dos Santos. Análise do Tratamento da metodologia de Pesquisa nas Teses em Didática da Matemática. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

2.
FARIAS, L. M. S.; RIBEIRO, A. A. N.; DELIZOICOV NETO, D.; PENIDO, M. C. M.; SILVA, A. M. V.. Participação em banca de Ricardo Silva de Macedo. O Ensino de Ciências por Investigação e a prática Pedagógica de Professores Licenciados no IF-UFBA. 2015. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia.

3.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Jamile Vilas Boas dos Santos. A Aprendizagem do Professor de Matemática ao utilizar Materias Curriculares Educativos. 2015. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia.

4.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Humberto Plácido Gusmão de Moura. Análise das eleições e decisões dos estudantes quando enfrentam situações-problema de matemática: uma contribuição desde a didática fundamental da matemática. 2015 - Universidad de Santiago de Compostela - Campus Santiago.

5.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, A. M. P.. Participação em banca de Jamile Vilas Boas de Souza. Professores de Matemática e Materiais Curriculares Educativos: Participação e Oportunidades de Aprendizagens. 2015. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia.

Qualificações de Doutorado
1.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M.; GUSMAO, T. C. R. S.. Participação em banca de Marluce Alves dos Santos. Metodologia de Pesquisa em Didática da Matemática: análise de teses produzidas em programa de pós-graduação brasileiro. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia.

Qualificações de Mestrado
1.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Jakeline Amparo Villota Enríquez. As estratégias utilizadas por professores que ensinam Matemática na implementação de tarefas matemáticas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

2.
FARIAS, L. M. S.; ARTEAGA, J. M. S.; LIMA, S. C. S.; MUNANGA, K.; PINTO, F. R.; ALMOULOUD, S. A.. Participação em banca de Rosiléia Santana Silva. ORISUN TI AWON OTI OKURIN ATI AWON AYIE: a cosmogonia Yorubá como proposta didática para a explicação dos mitos da origem do mundo e do homem no ensino de História do 6º Ano. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

3.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, A. M. P.; ALMOULOUD, S. A.. Participação em banca de Lúcia de Fátima Carneiro ferreira Lessa. Análise das relações institucionais acerca dos objetos área da figuras planas no 6º Ano do Ensino Fundamental. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

4.
OLIVEIRA, A. M. P.; BAIRRAL, M. A.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Jakeline Amparo Villota Enríquez. As estratégias utilizadas por professores que ensinam Matemática na implementação de tarefas matemáticas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

5.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, A. M. P.; SILVA, I. M.. Participação em banca de Rita Cinéia Meneses Silva. A integração das tendências em Educação Matemática às Situações Didáticas: a MALAMÁTICA para operar com a aritmética básica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia.

6.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Lucas Vivas de Sá. A pesquisa no ensino de Química utilizando as tecnologias digitais: os caminhos à luz da Teoria da Atividade. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

7.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Kleber Ramos Gonçalves. As operações de adição e subtração dos números inteiros em livros didáticos do 7º ano do Ensino Fundamental. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

8.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Eliane Santana de Souza. Análise dos impactos de uma proposta de integração e utilização efetiva da calculadora padrão no ensino de potência à luz da Teoria da Instrumentação. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

9.
FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Edmo Fernandes Carvalho. Análise dos efeitos de uma proposta de criação de problemas matemáticos na prática de professores do 6º ano. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
OLIVEIRA, A. M. P.; JESUS, W. P.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Ariane Teles Bastos.PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES DE MODELAGEM MATEMÁTICA NA DELIMITAÇÃO DA SITUAÇÃO-PROBLEMA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

2.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, A. M. P.; LIMA, E. B.. Participação em banca de Wedeson Oliveira Costa.A Utilização dos Materiais Curriculares Educativos sobre Modelagem Matemática nas Práticas Pedagógicas de um Professora da Educação Básica. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

3.
OLIVEIRA, M. L. C.; SILVA, J. N. D.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de FRANCISLAINE VILLAS BÔAS DE AGUIAR.INCLUSÃO DE ALUNOS SURDOS NO ENSINO REGULAR E OS DESAFIOS ENCONTRADOS PELOS PROFESSORES, SEM O CONHECIMENTO DE LIBRAS, NAS AULAS DE MATEMÁTICA. 2012.

4.
OLIVEIRA, M. L. C.; SILVA, J. N. D.; FARIAS, L. M. S.. Participação em banca de Isis Rayane Oliveira Reis.UM OLHAR SOBRE AS AÇÕES DOCENTES NA INCLUSÃO DE UMA ALUNA PORTADORA DA SÍNDROME DE DOWN NAS AULAS DE MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
FARIAS, L. M. S.; OLIVEIRA, M. L. C.; BATISTELA, R. F. Seleção Pública para Professor Substituto em Educação Matemática. 2014. Universidade Estadual de Feira de Santana.

2.
JESUS, G. B.; FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M.. ENSINO DE MATEMÁTICA. 2013. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M.; DEUSA, M.. Concurso Público para Professor Assistente da a disciplina Estágio Supervisionado.. 2011. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Outras participações
1.
FARIAS, L. M. S.; SAMPAIO, S. M. R.; ZORZO, F. A.. PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES POR TEMPO DETERMINADO. 2015. Universidade Federal da Bahia.

2.
FARIAS, L. M. S.; JESUS, G. B.; ALVES, A. A.. Banca de Promoção na Carreira Docente da Classe de Assistente para a Classe de Adjunto.. 2013. Universidade Estadual de Feira de Santana.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
1º Simpósio Latino-Americano da Didática da Matemática.A observação de aulas nas pesquisas em didática: a instalação dos dispositivos e a análise. 2016. (Simpósio).

2.
1º Simpósio Latino-Americano em Didática da Matemática.Importância e Metodologia de observação de classes em pesquisas em didática e relações entre problemática de pesquisa, quadro teórico no qual se coloca o pesquisador e modelagem necessária à análise de observações. 2016. (Simpósio).

3.
II Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências: Perseverança e Superação Escolar. 2016. (Outra).

4.
I Seminário de Formação de Professores / II Seminário de Pesquisa e Extensão/ IV Seminário de Iniciação Científica - PIBIC.Unificando a pesquisa, o Ensino e a Extensão IF-BA. 2016. (Seminário).

5.
2e Colloque internacional en éducation: enjeux actuels et futurs de la formation et de la profession enseignante.Du Desain au figure dans la construction de situations d' apprentissage en géométrie plane: le deplacement dans l' environnement informatique cabri-géométriee. 2015. (Outra).

6.
I Seminário Temático do NIPEDICMT: a integração das calculadoras no ensino de matemática.A Integração das calculadoras no ensino de matemática. 2015. (Seminário).

7.
IV Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos.Educação Matemática, Desenvolvimento Humano e Avaliação: Perspectivas Diversas. 2015. (Outra).

8.
XI Colóquio Nacional e o IV Colóquio Internacional do Museu Pedagógico: Crise, Conflitos e Conhecimentos no Mundo Contemporâneo ade.Mesa Temática - Desenvolvimento Científico e Tecnológico no Ensino da Matemática. 2015. (Outra).

9.
XI Colóquio Nacional e o IV Colóquio Internacional do Museu Pedagógico: Crise, Conflitos e Conhecimentos no Mundo Contemporâneo ade.Uma análise da conduta Matemática de Estudantes desde a Tipologia de Situações Didáticas proposta por Brousseau: recorte de uma pesquisa. 2015. (Outra).

10.
XI Colóquio Nacional e o IV Colóquio Internacional do Museu Pedagógico: Crise, Conflitos e Conhecimentos no Mundo Contemporâneo ade.Um Trabalho de Orquestração Instrumental para uso Efetivo de Calculadoras em Resolução de Problemas. 2015. (Outra).

11.
XVI Encontro Baiano de Educação Matemática - EBEM. A utilização de recursos didáticos no ensino da matemática a partir de situações: a malamágica e alguns dos seus elementos. 2015. (Congresso).

12.
?Práticas profissionais: Desafios para a Formação de Professores de Matemática. 2014. (Seminário).

13.
I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências: contribuições e Perspectivas.O vazio didático, as inter-relações entre grandes dominios da Matemática e a prática dos professores.. 2014. (Outra).

14.
I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências: contribuições e Perspectivas.Elementos da Teoria Antropológica do Didático para análise do livro didático.. 2014. (Outra).

15.
II Colóquio Nacional de Educação, Currículo e Processos Tecnológicos e I Colóquio Internacional de Educação, Currículo e Processos Tecnologicos. 2014. (Outra).

16.
II Congreso Internacional de Ciencias de la Educación e del desarrollo. Las Teorías de las Situaciones e de la Instrumentación para el pesaje del dibujo a figura: una genesis para enseñaza e el aprendizaje de las propiedades geométricas. 2014. (Congresso).

17.
III Curso de Formação Docente de Educação Profissional. 2014. (Outra).

18.
III Fórum de Didática e Práticas pedagógicas.AS SITUAÇÕES ADIDÁTICAS COMO FERRAMENTA PARA VALORIZAÇÃO DO ERRO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO NO ENSINO FUNDAMENTAL I: O CASO DO JOGO DE PALITINHOS. 2014. (Outra).

19.
III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências.O vazio didático, as inter-relações entre os grandes domínios da Matemática e a prática dos professores. 2014. (Seminário).

20.
III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências.Elementos da Teoria Antropológica do Didático para análise de livros didáticos. 2014. (Seminário).

21.
I Semana Acadêmica de Matemática - SEAMAT.Reflexões sobre as potencialidades das práticas pedagógicas nos espaços educacionais de matemática. 2014. (Outra).

22.
Seminário ?Práticas profissionais: Desafios para a Formação de Professores de Matemática. 2014. (Seminário).

23.
Seminário Temáticos do Laboratório de Integração e Articulação entre Pesquisas em Educação Matemática e Escola. 2014. (Seminário).

24.
Simpósio Memória, (Auto)biografia e Documentação Narrativa.Narrativas e escritas de si no processo formação: a contribuição das tensões e dificuldades vivenciadas pelos alunos em formação inicial.. 2014. (Simpósio).

25.
V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática.Inserindo Professores de Matemática no contexto das TIC a partir do uso das Técnicas Instrumentais e Software Geogebra na articulação entre Matemática e Astronomia. 2014. (Outra).

26.
V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática.O uso da calculadora no ensino de Matemática de forma efetiva: a influência das Teorias da Didática Francesa. 2014. (Outra).

27.
V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática. 2014. (Outra).

28.
V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática.A Configuração das Licenciaturas para a formação dos professores de matemática na Bahia. 2014. (Outra).

29.
V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática.As organizações matemáticas constituídas em torno das noções intuitivas de função em um curso de formação inicial de professores. 2014. (Outra).

30.
XVII Semana de Mobilização Científica- SEMOC.Ensino de Matemática. 2014. (Outra).

31.
II SEMINÁRIO DO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS. 2013. (Seminário).

32.
Seminário de Pesquisa - FISA98.Princípios de Concepção e Efeitos Transformativos: Acompanhamento das transformaçõrs de atividades por meio da videoformação. 2013. (Seminário).

33.
VI Congresso Internacional de Ensino da Matemática. Relações Institucionais dos Pedagogos: Um Estudo de caso no Curso de Pedagogia da UEFS. 2013. (Congresso).

34.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA/ ULBRA. Estudo dos Impactos da Formação e das Relações Institucionais e Pessoais dos Pedagogos em Relação à Matemática. 2013. (Congresso).

35.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA/ ULBRA. Representando, Manipulando e Explorando Conceitos Geométricos: Experiência com um Projeto de Extensão. 2013. (Congresso).

36.
VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA/ ULBRA. Análises Didáticas de Situações Matemática em Jogos: Contribuições para uma utilização mais eficaz dos jogos nas aulas de Matemática. 2013. (Congresso).

37.
X COLÓQUIO NACIONAL E III COLÓQUIO INTERNACIONAL DO MUSEU PEDAGÓGICO. O vazio didático: um problema não identificado pelos professores, um obstáculo para o ensino e para aprendizagem.. 2013. (Congresso).

38.
Coloquio Brasileiro 100 anos Alan Turing. Alain Turing: Homem e ideias plugadas. 2012. (Congresso).

39.
Congrès de la MEDITERRANEAN SOCIETY OF COMPARATIVE EDUCATION - MESCE « Education et changement : vers un réel développement humain. ». COMMENT LA PROFESSION PREND-ELLE EN COMPTE LES INTERRELATIONS ENTRE LES DOMAINES NUMERIQUE-ALGEBRIQUE ET GEOMETRIQUE ?. 2012. (Congresso).

40.
Congresso de Matemática Aplicada e Computacional. O ambiente computacional na construção da diferença entre desenho e figura: o caso do deslocamento no Cabri-géomètre II Plus.. 2012. (Congresso).

41.
Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional - CNMAC. O ambiente computacional na construção da diferença entre desenho e figura: o caso do deslocamento no Cabri-géomètre II Plus.. 2012. (Congresso).

42.
Entre Professores.O CONCEITO DE TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA EM YVES CHEVALLARD. 2012. (Encontro).

43.
II SIMPÓSIO BAIANO DE LICENCIATURAS.O TRABALHO DOS PROFESSORES E ESTUDANTES E O PROCESSO TRANSPOSITIVO DE UTILIZAÇÃO DAS INTERRELAÇÕES ENTRE OS DOMÍNIOS NUMÉRICO, ALGÉBRICO E GEOMÉTRICO. 2012. (Simpósio).

44.
II SIMPÓSIO BAIANO DE LICENCIATURAS - II SBL 2012.O trabalho dos professores e estudantes e o processo transpositivo de utilização das interrelações. 2012. (Simpósio).

45.
I SEMINÁRIO DO LIAPEME.COMPREENDENDO UM TRABALHO A PARTIR DE UM RESUMO. 2012. (Seminário).

46.
I Seminario PARFOR: Discutindo praticas e saberes para formaçao do docente da educaçao basica.Ressignificando os erros em matematica. 2012. (Seminário).

47.
XIII SEMANA DE MATEMÁTICA DA UEFS.Situaçnoes problemas. 2012. (Seminário).

48.
XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. 2012. (Congresso).

49.
XVIII Encontro de Iniciação à Pesquisa.ALAN TURING: HOMEM E IDEIAS PLUGADAS. 2012. (Encontro).

50.
XV SEMANA DE MOBILIZAÇÃO CIENTÍFICA -(SEMOC).ALAN TURING: IDÉIAS PLUIGADAS. 2012. (Outra).

51.
XV SEMANA DE MOBILIZAÇÃO CIENTÍFICA -(SEMOC).EXPOSIÇÃO 100ANOS DE ALAN TURING: HOMEM E IDEIAS PLUGADAS. 2012. (Outra).

52.
XV SEMOC.ALAN TURING: IDEIAS PLUGADAS. 2012. (Encontro).

53.
IDENTITES, MEMOIRES, VIOLENCES AU BRESIL : Emergences des espaces de reconnaissance.: Interfaces entre le public et le privé en matière de sécurité publique au Brésil et à Bahia.. 2011. (Seminário).

54.
IX Colóquio Nacional e o II Colóquio Internacional do Museu Pedagógico. Tendências na Educação em Matemática. 2011. (Congresso).

55.
SEMANA DA MATEMATICA DA UCSAL.ELEMENTOS DA DIDATICA FRANCESA: Um olhar cruzado sobre a Teoria das situações. 2011. (Simpósio).

56.
XIV Semana de Mobilização Científica ? SEMOC.Mesa redonda Educação Matematica. 2011. (Simpósio).

57.
La pratique des mathématiques est-elle une pratique langagière?.Entre les discours et le style des enseignants des mathématiques. 2008. (Seminário).

58.
IX ENEM - Encontro Nacional de Educação Matematica. 2007. (Encontro).

59.
Sciences et philosophie Gaston Milhaud ou l'interdisciplinarité. 2007. (Seminário).

60.
I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências: contribuições e Perspectivas.Elementos da Teoria Antropológica do Didático para análise do livro didático.. 2004. (Outra).

61.
I Seminário Nacional de Licenciaturas em Matemática.CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE PROFESSORE-ALUNOS NO PROCESSO DE FORMAÇÃO INICIAL.. 2003. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FARIAS, L. M. S.; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. ; NASCIMENTO JUNIOR, J. V. ; LESSA, L. F. C. F. ; MENEZES, R. C. ; SILVA, R. S. ; SOUTO, T. C. S. S. ; CAVALCANTI, J. F. H. ; NEVES, A. S. . II Coloquio Internacional sobre o ensino da Didática das Ciências. 2016. (Outro).

2.
FARIAS, L. M. S.. II Colóquio Internacional Sobre Ensino e Didática das Ciências: Perseverança e Superação Escolar. 2016. (Outro).

3.
FARIAS, L. M. S.; SOUTO, T. C. S. S. ; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. ; FARIAS, L. M. S. . II Seminário Temático do Nipedicmt :O que não estou dando conta. 2016. (Outro).

4.
FARIAS, L. M. S.; LESSA, L. F. C. F. ; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. ; NEVES, A. S. ; MENEZES, R. C. ; SILVA, R. S. . I Seminário Temático do NIPEDICMT: A integração das calculadoras no ensino da matemática. 2015. (Outro).

5.
FARIAS, L. M. S.; SOUZA, E. S. ; CARVALHO, E. F. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; RIBEIRO, C. S. ; NEVES, D. S. ; LIMA, E. B. ; ALMEIDA, E. G. ; AZEVEDO, E. A. ; ALMEIDA, G. C. ; CARVALHO, I.S. ; GOULART, J. S. S. ; SILVA, J.O. ; NASCIMENTO, L.L.F. ; LESSA, L. F. C. F. ; OLIVEIRA, M. L. C. ; CARVALHO, O. A. ; CLARO, O.M. B. ; LELOUP, P. C. S. D. ; GOMES, P. H. ; ARAUJO, R. C. ; SILVA, R. S. ; BATISTELA, R. F ; MENEZES, R. C. . III Seminário Regional do LIAPEME e I Colóquio Internacional sobre Ensino e Didática das Ciências. 2014. (Outro).

6.
LUNA, A. V. A. ; FARIAS, L. M. S. ; PIRES, M. A. L. M. ; COSTA, S.C.S. . V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática. 2014. (Outro).

7.
FARIAS, L. M. S.. V Fórum Baiano das Licenciaturas em Matemática. 2014. (Outro).

8.
FARIAS, L. M. S.; NEVES, A. S. ; CARVALHO, E. F. ; SOUZA, E. S. . I Colóquio Internacional de ensino e Didática das Ciências. 2014. (Outro).

9.
FARIAS, L. M. S.; BATISTELA, R. F. ; OLIVEIRA, A. M. P. ; LIMA, E. B. ; OLIVEIRA, M. L. C. . II SEMINÁRIO DO LIAPEME: o rigor e a vigilância epistemológica sobre os referenciais teórico-metodológicos das pesquisas em Educação Matemática da UEFS. 2013. (Outro).

10.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; LIMA, E. B. ; SILVA, J. O. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; PEREIRA, M. C. . Seminários do PROBEM. 2013. (Outro).

11.
BATISTELA, R. F. ; LIMA, E. B. ; FARIAS, L. M. S. . Seminário em comemoração aos 25 anos do curso de Licenciatura em Matemática da UEFS. 2013. (Outro).

12.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; LIMA, E. B. . En qué medida las demandas de formación del profesorado de secundaria han sido atendidas por la investigación en educación matemática?: El caso español?. 2013. (Outro).

13.
BATISTELA, R. F. ; LIMA, E. B. ; FARIAS, L. M. S. . 25 anos do Curso de Licenciatura em Matemática da Uefs. 2013. (Outro).

14.
FARIAS, L. M. S.. I SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE INTEGRAÇÃO E ARTICULAÇÃO ENTRE PESQUISAS EM ADUCAÇÃO MATEMÁTICA E ESCOLA. 2012. (Outro).

15.
URIBE, G. ; FARIAS, L. M. S. ; NOGUEIRA FARIAS, V.L. . Police, Securité et Société de paix. 2009. (Outro).

16.
FARIAS, L. M. S.; BRONNER, A. . II Congrès International sur la Théorie Antropologique du Didactique. 2007. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
BARTIRA FERNANDES TEIXEIRA. UM OBSERVATÓRIO DE PRÁTICAS: Construção, análise e experimentação de situações para o ensino de Matemática bilíngue. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

2.
Amanda Lisboa Moreno Pires. ANALISE ECOLÓGICA DE LIVROS DIDÁTICOS NO 6º ANO: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA DESCOLONIZAÇÃO DIDÁTICA NO ENSINO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Teresa Cristina Silva de Souza Souto. ANÁLISE DE UM DISPOSITIVO DIDÁTICO PARA O ENSINO DOS CONCEITOS DE ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA NO 6º ANO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Osnildo Andrade Carvalho. ANALISES DE PRÁTICAS EM AVALIAÇÃO FORMATIVA COM SUPORTE INFORMÁTICO EM AULAS DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

2.
Anete Otília Cardoso de Santana Cruz. Simetria na Dança: vestígios matemáticos na prática da Dança Esportiva em Cadeira de Rodas. Início: 2017. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Celso Eduardo Brito. ANALISES DE PRÁTICAS EM AVALIAÇÃO FORMATIVA COM SUPORTE INFORMÁTICO EM AULAS DE CÁLCULO. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

4.
Josélia França de Holanda Cavalcanti Rosileia. DIALÉTICA FERRAMENTA-OBJETO NO ENSINO ATRAVÉS DE SITUAÇÕES PROBLEMA OU PROBLEMAS ABERTOS: UMA ENGENHARIA PARA CIRCUITOS ELÉTRICOS.. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

5.
Jany Santos Sousa Goulart. Uma análise da razão de ser da Geometria Analítica no Ensino Superior: uma Engenharia Didática para o Ensino de Álgebra Vetorial em um Curso de Licenciatura em Matemática.. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

6.
ELIANE SANTANA DE SOUZA. ANALYSE DE L?ENSEIGNEMENT ET L?APPRENTISSAGE DES FONCTIONS PÉRIODIQUES POUR UNE INTÉGRATION DE NOUVELLES TECHNOLOGIES DANS UNE INGENIERIE DIDACTIQUE. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

7.
Edmo Fernandes Carvalho. AMBIENTES COM TECNOLOGIAS INTEGRADAS PARA A CRIAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS MATEMÁTICOS SOBRE O GRÁFICO DAS FUNÇÕES QUADRÁTICAS. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

8.
Sueli dos Prazeres Santos Pereira. Mapeamento e estado da arte da pesquisa brasileira sobre o professor que ensina matemática. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências-PPGEFHC) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

9.
Márcia Azevedo Campos. A introdução da álgebra nos anos finais do Ensino Fundamental: dificuldades e possibilidades. Início: 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

10.
MARCELO LEON CAFFÉ DE OLIVEIRA. APRENDIZAGEM MATEMÁTICA REVELADA POR MEIO DA ESCRITA DE DIÁRIOS DE APRENDIZAGEM. Início: 2014. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Cecília M. C. Almeida. Análise dos impactos da Engenharia Didática de Primeira e Segunda geração no ensino de Probabilidade no 3o ano do ensino Médio. 2016. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

2.
ELIANE SANTANA DE SOUZA. INSTRUMENTAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO DA CALCULADORA PADRÃO NO 6° ANO: uma proposta para o ensino de matemática. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

3.
Lucia de Fátima Carneiro Ferreira Lessa. ANÁLISE DOS IMPACTOS DO PROCESSO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO DE ÁREA DAS FIGURAS PLANAS CLÁSSICAS NO 6° ANO. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

4.
Rita Cinéia Meneses Silva. ANÁLISE DOS IMPACTOS DE SITUAÇÕES PARA A INTEGRAÇÃO DE RECURSOS DIDÁTICOS POR PROFESSORES DE MATEMÁTICA: A MALAMÁTICA PARA O ESTUDO DAS OPERAÇÕES BÁSICAS NO CAMPO DOS NÚMEROS NATURAIS.. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

5.
Gerson Silva Barbosa. A Teorias aa Transposição e Situações Didáticas e os Descritores Espaço e Forma no 3º Ano: Situações e Ecologias para a Educação. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestre em educação) - Universidad del Salvador, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

6.
Edmo Fernandes Carvalho. ANALISE DOS IMPACTOS DE UMA PROPOSTA DE CRIAÇÃO DE PROBLEMAS NA PRÁTICA DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO 6° ANO. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

7.
Jeanne Ghislaine Lua Lukeba. Analises comparatifs des pratiques enseignant au niveau fundamentaux: la cas d'enseignament des mathematiques au Brésil e en France.. 2012. Dissertação (Mestrado em Master-2 en Formation de Formateurs dans les domai) - Faculté d'Education de l'Université de Montpellier - IUFM, Centre régional des ?uvres universitaires et scolaires (Crous) de Montpelli. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

Tese de doutorado
1.
MARLUCE ALVES DOS SANTOS. Análise da Metodologia de Pesquisa nas Teses em Didática da Matemática por meio da Revisão Sistemática Integrativa. 2016. Tese (Doutorado em Matemática) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

2.
Rosiléia Santana da Silva. A identidade negra na historiografia Baiana (1970-1990) e o ensino de História: em busca de ecologias para a lei 10639/03. 2015. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Luiz Marcio Santos Farias.

3.
Marluce Alves dos Santos. A Metodologia de Pesquisa em Educação Matemática: analisando teses produzidas em programas brasileiros de pós-graduação.. 2014. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia, . Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Meire Cristiane Sousa Oliveira. ANÁLISE PRAXEOLÓGICA DAS ESTRATÉGIAS UTILIZADAS PELOS ALUNOS DO 6° ANO FACE A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ARITMÉTICOS. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Matemática: Novas Tecnologias) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

2.
Emerson Ferreira de Oliveira. ANALISE DIDATICA DE SIATUAÇÕES MATÉMATICAS EM JOGOS: A importância da noção do ?meio? na construção de situções.. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Matematica) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

3.
Anderson Neves. SITUAÇÕES MATEMÁTICAS EM JOGO: Uma análise praxeológica das estratégias dos licenciandos em matemática do 7º semestre face a jogos.. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Matematica) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

4.
Elizabete Telles. UMA SEQUENCIA DIDATICA PARA O ENSINO DEEQUACAO: Entre Historia da Matematica e Jogos.. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Matematica) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

5.
Marta Lucia Messias dos Meis. ESTUDOS DE PROPRIEDADS GEOMETRICAS NO 7° ANO: uma sequência didatica proposta a partir de jogos.. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Matematica) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

6.
Guerdes Gouthyere Lemos Veras. ESTUDO DA TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA DO CONCEITO DE COEFICIENTE ANGULAR NO ENSINO MÉDIO. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Matemática: Novas Tecnologias) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

7.
Laudijane Souza Puridade. OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DIGITAL: Antropologia da didática e a prática docente. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Matemática: Novas Tecnologias) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

8.
Lucas Tadeu Cardoso Ribeiro. A CALCULADORA PADRÃO E O ENSINO DA MATEMATICA NUMA PERSPECTIVA DOCENTE. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Matemática: Novas Tecnologias) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

9.
Lourena Almeida Oliveira Cruz. AS INTERRELAÇÕES ENTRE OS GRANDES DOMÍNIOS MATEMÁTICOS: Uma exposição de exercícios de matemática que utilizam as interrelações nas suas resoluções. 2010. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Matemática: Novas Tecnologias) - Universidade Católica do Salvador. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Cales Alves da Costa Junior. Quando Professores de Matemática Jogam: uma análise didática das estratégias matemáticas evocadas em situações com jogos de regras. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

2.
Lísian Caroline Lima Alves. O Currículo 318 do curso de Licenciatura em Matemática da UEFS e a formação do Professor de Matemática: uma análise transpositiva e institucional da formação inicial à prática. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

3.
Mônica da Silva Cerqueira. A formação matemática da professora Giselia Maia e a Modernização do Ensino de Matemática no Interior da Bahia (1960 - 1980). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

4.
Karolinna Santos Neves. INDÍCIOS DAS CONTRIBUIÇÕES DO MOVIMENTO DA MATEMÁTICA MODERNA EM FEIRA DE SANTANA: O CASO DO COLÉGIO SANTO ANTÔNIO. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

5.
JOABY DE OLIVEIRA SILVA. A INSTRUMENTAÇÃO DO DESLOCAMENTO NO GEOGEBRA: Uma contribuição para passagem do desenho à figura no ensino de Geometria no 6º ano.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

6.
Paulo Henrique Gomes Santana. Os artefatos e instrumentos à serviço do ensino de Tratamento da Informação na 2º série.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

7.
ALEX ALMEIDA DE SOUZA. ESTUDO DOS IMPACTOS DA FORMAÇÃO E CONCEPÇÃO DOS PEDAGOGOS NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO MATEMÁTICA DOS ESTUDANTES: Um estudo de caso no curso de Pedagogia da UEFS.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Matemática) - Universidade Estadual de Feira de Santana. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

Iniciação científica
1.
Philippe Quadros Santos. Análise dos livros didáticos de matemática para compreensão da construção do saber matemático à luz das teorias didáticas. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Interdisciplinar en Ciências & Tecnolo) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.

2.
Joao Lucas Silva. Análise de Livros didaticos de matemática: as organizações matemáticas,  tarefas, técnicas, tecnologias e teorias presentes nos livros didáticos  para identificar as influências das referências teóricas e metodológicas na construção de tais organizações. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado Interdisciplinar en Ciências & Tecnolo) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Marcio Santos Farias.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
FARIAS, L. M. S.2012FARIAS, L. M. S.. Comment la profession prend-elle en compte les interrelations entre les domaines numerique-algebrique et geometrique.. MeTis -Rivista Internazionale di Pedagogia, Didattica e Scienze della Formazione, v. 1, p. 68-89, 2012.


Livros e capítulos
1.
SILVA, M. J. F. ; ALMOULOUD, S. A. ; FARIAS, L. M. S. . Sequências Para O Ensino De Geometria Do Ensino Básico. 1. ed. Salvador: EDUFBA, 2017. v. 1. 425p .

1.
FARIAS, L. M. S.. Contribuições do Cabri Geometre II Plus para a passagem do desenho para figura no ensino de Matemática. In: Santiago Castillo Arredondo. (Org.). Reflexiones, Análisis y Propuestas sobre la Formación del Professorado de Educación Secundária. 1ed.Madrid: Universidad Nacional de Educación A Distancia, 2013, v. 2, p. 349-352.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GOULART, J. S. S. ; FARIAS, L. M. S. . Educação Matemática em Revista. Educação Matemática em Revista, p. 39 - 46, 01 ago. 2012.


Apresentações de Trabalho
1.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M.A.L.M. . EXPOSIÇÃO 100ANOS DE ALAN TURING: HOMEM E IDEIAS PLUGADAS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. ; GOULART, J. S. S. . UTILIZAÇÃO DE MIDIAS DIGITAIS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO A PARTIR DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . UTILIZAÇÃO DA WEBQUEST À LUZ DA TEORIA DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
CARVALHO, E. F. ; FARIAS, L. M. S. . ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA WEBQUEST NAS AULAS DE MATEMÁTICA A PARTIR DA TEORIAS DAS SITUAÇÕES.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FARIAS, L. M. S.; PIRES, M. A. L. M. ; LIMA, E. B. ; SILVA, J. O. ; COSTA JUNIOR, C. A. ; PEREIRA, M. C. . Seminários do PROBEM. 2013. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 5:48:10