Maise Caroline Zucco

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7069192545517678
  • Última atualização do currículo em 06/10/2016


Possui graduação em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), mestrado em História (2008, PPGHST/UFSC) e doutorado (2014) na mesma instituição. Fez pós-doutorado em Antropologia Social (2015 - UFSC) e atualmente é professora do Bacharelado em Gênero e Diversidade da Universidade Federal da Bahia. Atua principalmente no campo dos estudos de gênero, história das mulheres e dos movimentos feministas, formação e formação continuada de professoras/es e políticas públicas educacionais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maise Caroline Zucco
Nome em citações bibliográficas
ZUCCO, Maise


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em História.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
com período sanduíche em University of California Berkeley (Orientador: Paola Bacchetta).
Título: Viagens e permanências dos feminismos: o trânsito do saber no eixo sul do conhecimento (Brasil e Argentina 1960-1999), Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Joana Maria Pedro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2006 - 2008
Mestrado em História.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Mulheres, feminismos em Florianópolis e suas relações com outros espaços de poder no território brasileiro,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Joana Maria Pedro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Feminismo; Estudos de Gênero; Movimento de Mulheres.
Grande área: Ciências Humanas
2001 - 2005
Graduação em História.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Entre os grupos intelectuais e associações de bairros: as primeiras organizações de mulheres no Brasil nas décadas de 60 e 70.
Orientador: Joana Maria Pedro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2014 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2012 - 2012
Advanced Feminist Theory. (Carga horária: 42h).
University of California Berkeley, UC BERKELEY, Estados Unidos.
2012 - 2012
Theory and critical research. (Carga horária: 39h).
University of California Berkeley, UC BERKELEY, Estados Unidos.
2011 - 2011
Cinema e Hst.: questões de linguagem audiovisual. (Carga horária: 3h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2009 - 2009
Formação de Tutor@s em Gênero e Diversidade. (Carga horária: 23h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
As mulheres e a participação política. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
Pesquisa no campo de Gênero e Feminismo. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
Complicando as noções de raça e etnia. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
O debate sobre questões étnico-raciais na REF. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2008 - 2008
SEER 2.1: Editores das Revistas na UFSC III. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2005 - 2006
Extensão universitária em Teoria da Historia III. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Teorias da História II. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Teorias da História I. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2003 - 2003
Leituras de Thompson. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2015 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Atividade realizada
Coordenação de Monografia.

Instituto de Estudos de Gênero, IEG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Articulação Institucional, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora a Distância, Carga horária: 20
Outras informações
Tutora à Distância no Curso de Formação de Professoras/es em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais. Polo Florianópolis/SC.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora a Distância, Carga horária: 20
Outras informações
Tutora à Distância no Curso de Formação de Professoras/es em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais. Polo Itajaí/SC.


Secretaria Estadual de Educação (SC), SEE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: ACT, Enquadramento Funcional: Professora de História, Carga horária: 20


Laboratório de Estudos de Gênero e História, LEGH, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica do projeto intitulado Revoluções do Gênero: apropriações e identificações com o feminismo (1964-1985), coordenado pela professora Joana Maria Pedro.


Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação profissional no Departamento de Metodologia de Ensino (área de História). Disciplinas Ministradas: 1o. semestre de 2013: MEN7012 - Estágio Supervisionado em História II - 15 créditos MEN7111 - História da Educação I - 4 créditos 2o. semestre de 2013: MEN7003 - Seminário de Pesquisa em Ensino de História - 4 créditos MEN7011 - Estágio Supervisionado de História I - 4 créditos MEN7013 - Estágio Supervisionado de História III - 8 créditos MEN7111 - História da Educação I - 4 créditos

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Estágio de Docência, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado
Outras informações
Estágio de docência realizado na disciplina de História de Santa Catarina (HST 7603), oferecida ao curso de Graduação em História. 4 créditos. Professora responsável: Janine Gomes da Silva

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Estágio de Docência, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado
Outras informações
Estágio de docência ministrado na disciplina de História de Santa Catarina (HST 5626), oferecida à Graduação em História. Professora responsável: Cristina Scheibe Wolff.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estágio de Docência, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado
Outras informações
Estágio de docência ministrado na disciplina de Teoria e Metodologia da História I (HST 5101) oferecida ao curso de Graduação em História. 4 créditos. Professora responsável: Joana Maria Pedro.

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 20
Outras informações
Didática Geral A (MEN 5132)


Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Ensino de História, NIPEH, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Integrante, Enquadramento Funcional: Estudante de graduação
Outras informações
Organização de oficinas de capacitação para professoras/es da Rede Pública de Educação.


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal de Santa Catarina, .


Revista Estudos Feministas, REF, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Divulgação e distribuição da Revista Estudos Feministas


Centro Educacional Jardim dos Sonhos, CEJDS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora de História



Linhas de pesquisa


1.
Relações de Poder e Subjetividade

Objetivo: Nesta linha de pesquisa buscamos refletir sobre as relações de poder na construção de subjetividades e discursos que permeiam as relações sociais na história a partir de quatro recortes temáticos: 1. O gênero como componente cultural e histórico 2. As interações humanas e históricas com o meio ambiente. 3.As relações entre os sujeitos individuais e suas afetividades com as suas práticas políticas e sociais. 4.o papel das instituições religiosas e das vivências do religioso..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Instituições Religiosas; Meio Ambiente; Relações de Gênero; Relações de Poder; Subjetividades; Vivências do Religioso.


Projetos de pesquisa


2008 - Atual
Do feminismo ao gênero - circulação de teorias e apropriações no Cone Sul (1960-2008)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joana Maria Pedro em 22/12/2014.
Descrição: Investigar a maneira como circularam as teorias do feminismo nos países do Cone Sul, a forma como as categorias de análise Mulher, Mulheres, Feminismo e Relações de Gênero foram apropriadas e re-significadas e, muitas vezes, instrumentalizadas pelas militantes na sua relação com o Estado, com a academia e com os organismos financiadores internacionais. Para tanto, pretendemos ampliar o tempo da pesquisa para 2008, data em que concluímos a maioria das entrevistas desta pesquisa. Com esta ampliação, iremos abranger não somente o período da ditadura militar, como, também, a fase da democratização. Estenderemos esta investigação para as trajetórias das militantes, para os movimentos de mulheres que só recentemente passaram a se autodenominar feministas e, também, para o uso de mídias alternativas atuais de divulgação de suas ações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Integrante / Joana Vieira Borges - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Athayde - Integrante / Joana Maria Pedro - Coordenador / Gabriel Felipe Jacomel - Integrante / Ana Maria Veiga - Integrante / Gabriela Miranda Marques - Integrante / Roselane Neckel - Integrante / Cristina Scheibe Wolff - Integrante / Isabel Cristina Hentz - Integrante / Larissa Viegas de Mello Freitas - Integrante / Isabella Cristina da Silva - Integrante / Marinês Ribeiro dos Santos - Integrante / Fernando Antônio Vitória - Integrante / Gilmária Salviano Ramos - Integrante / Janine Gomes da Silva - Integrante / Maria Laura Osta Vásquez - Integrante / Marlene de Fáveri - Integrante / Mirian Alves do Nascimento - Integrante / Silvia Maria Fávero Arend - Integrante / Marilene Félix - Integrante / Gabriela Santetti Celestino - Integrante / Elias Ferreira Veras - Integrante.
2007 - 2010
Movimento de Mulheres e Feminismos em tempos de ditadura militar no Cone Sul (1964-1989)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joana Maria Pedro em 22/12/2014.
Descrição: Entre as narrativas do feminismo que se desenvolveram no Brasil, encontra-se aquela que mostra um percurso iniciado com grupos de consciência, articulados em meio à ditadura militar e apontado como a única maneira de fazer militância, em vista da dificuldade de manifestações e outras formas de atividade política. Aponta, ainda, o ano de 1975 como o grande deflagrador da movimentação feminista, em vista do Ano Internacional da Mulher que, decretado pela ONU, teria proporcionado espaço legítimo e protegido, não somente para as mulheres, mas, também, para os diversos grupos políticos que lutavam contra a ditadura militar; além destes, alguns lutavam por mudança legislativa, entendendo que a igualdade passava por esta transformação. Além disso, tem sido afirmado que as lutas específicas das mulheres, que foram a tônica da Segunda Onda do feminismo, não tiveram espaço na América Latina. Algumas autoras afirmam que, na América Latina, especialmente nos países que enfrentaram ditaduras, muitas vezes foi a resistência a estas e a luta pelos direitos humanos que acabaram por reunir mulheres, cujos grupos, mais tarde e nem sempre, assumiram algumas das bandeiras feministas. Observando-se a narrativa do feminismo na Argentina, nota-se que, neste país, o feminismo começou com grupos de consciência, justamente no intervalo democrático, formado por dois períodos alternados de ditaduras militares, ou seja, entre 1973 e 1976. Entretanto, no Brasil, grupos de consciência surgiram no período mais duro da ditadura, ou seja, em 1972. Assim, o que pretendemos é investigar a maneira como os vários feminismos e movimentos de mulheres se constituíram no Cone Sul, no período de 1964 a 1989, observando a forma como as pessoas narram identificação com o feminismo, a maneira como se organizaram e atuaram, comparando com o que ocorreu no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Integrante / Joana Vieira Borges - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Athayde - Integrante / Joana Maria Pedro - Coordenador / Gabriel Felipe Jacomel - Integrante / Ana Maria Veiga - Integrante / Ana Rita Fonteles Duarte - Integrante / Gabriela Miranda Marques - Integrante / Roselane Neckel - Integrante / Cristina Scheibe Wolff - Integrante / Marcos Fábio Freire Montysuma - Integrante / Anamaria Marcon Venson - Integrante / Claudete Beise Urich - Integrante / Isabel Cristina Hentz - Integrante / Justina Franchi Gallina - Integrante / Larissa Viegas de Mello Freitas - Integrante / Gisele Maria da Silva - Integrante / Isabella Cristina da Silva - Integrante / Karina Janz Woitowicz - Integrante / Marinês Ribeiro dos Santos - Integrante.
2007 - 2009
Feminismos e movimentos de resistência às ditaduras no Cone Sul (1960-1989)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joana Maria Pedro em 10/04/2014.
Descrição: Este projeto visa investigar a maneira como as mulheres e homens, que se identificaram como feministas nas décadas de 1960 a 1989 em países como Paraguai, Chile e Bolívia e que atuaram em movimentos de resistência às ditaduras, narram sua trajetória na direção desta identificação. Pretendemos analisar a maneira como as obras do feminismo foram apropriadas e divulgadas neste período, a forma como narram suas trajetórias de vida e como se constituíram os movimentos de mulheres e feministas nestes países..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Integrante / Joana Vieira Borges - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Athayde - Integrante / Joana Maria Pedro - Coordenador / Soraia Carolina Mello - Integrante / Gabriel Felipe Jacomel - Integrante / Veridiana Bertelli Ferreira de Oliveira - Integrante / Gabriela Miranda Marques - Integrante / Roselane Neckel - Integrante / Cristina Scheibe Wolff - Integrante / Eva Lúcia Gravon - Integrante / Marcos Fábio Freire Montysuma - Integrante / Vivian Barbosa Moretti - Integrante / Lilian Back - Integrante.
2006 - 2008
Os feminismos e os movimentos sociais de resistência às ditaduras no Cone Sul: uma história comparativa (1960-1980)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joana Maria Pedro em 22/12/2014.
Descrição: Pretendemos realizar um estudo comparativo de como os feminismos se estabeleceram nos vários países do Cone Sul em relação aos diversos movimentos sociais que aconteceram na mesma época, principalmente como resistências às ditaduras, no período de 1964 a 1989. Além disso, pretendemos recuperar, organizar e disponibilizar as fontes coletadas, em forma de CD, para pesquisadoras/es interessadas na história dos diversos feminismos. Queremos perceber a maneira como os feminismos destes países se constituíram de maneira singular, de acordo com as diferentes circunstâncias políticas, sociais, econômicas e culturais que marcam cada um deles, e mesmo regiões dentro de cada país. Os países do Cone Sul viveram ditaduras militares praticamente no mesmo período, algumas mais curtas, outras mais longas, outras interrompidas por breves períodos de turbulência como na Bolívia. O estudo que propomos fazer permitirá romper algumas barreiras que costumam nos isolar dos vizinhos que falam espanhol e nos propomos a iniciar um estudo histórico que ao estabelecer comparações, não deixe de respeitar e mesmo destacar as particularidades de cada uma das regiões envolvidas em nossa pesquisa. Desta forma, estaremos fazendo uma História Comparativa que parta das especificidades da história de cada país, mas que, também, possa traçar linhas gerais e traços comuns..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Integrante / Joana Vieira Borges - Integrante / Joana Maria Pedro - Coordenador / Soraia Carolina Mello - Integrante / Gabriel Felipe Jacomel - Integrante / Juliano Malinverni da Silveira - Integrante / Maristela Moreira de Carvalho - Integrante / Veridiana Bertelli Ferreira de Oliveira - Integrante / Ana Maria Veiga - Integrante / Ana Rita Fonteles Duarte - Integrante / Gabriela Miranda Marques - Integrante / Janine Petersen - Integrante / Luciana Rosar Fornazari Klanovicz - Integrante / Roselane Neckel - Integrante / Cristina Scheibe Wolff - Integrante / Eva Lúcia Gravon - Integrante / Marcos Fábio Freire Montysuma - Integrante / Margareth Victória Kolb - Integrante / Vivian Barbosa Moretti - Integrante.
2004 - 2007
Revoluções do Gênero: apropriações e identificações com o feminismo (1964-1985)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joana Maria Pedro em 10/04/2014.
Descrição: Esta pesquisa pretende constituir uma narrativa histórica sobre o período de ressurgimento do movimento feminista no Brasil, a partir de meados dos anos 70, focalizando a maneira como, apesar da ditadura militar e dos preconceitos antifeministas, muitas mulheres e alguns homens começaram a se pensar como feministas no período de 1964 a 1985. Para tanto pretende mapear a maneira como estas idéias circularam; perceber como foi o contato com a circulação de idéias do feminismo ao nível nacional e internacional; observar os livros que o estavam divulgando; perceber a participação em movimentos sociais e o contato com pessoas que influenciaram no sentido de constituir esta identificação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Integrante / Joana Vieira Borges - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Athayde - Integrante / Joana Maria Pedro - Coordenador / Soraia Carolina Mello - Integrante / Gabriel Felipe Jacomel - Integrante / Juliano Malinverni da Silveira - Integrante / Maristela Moreira de Carvalho - Integrante / Núcia Alexandra Silva de Oliveira - Integrante / Veridiana Bertelli Ferreira de Oliveira - Integrante / Ana Maria Veiga - Integrante / Ana Rita Fonteles Duarte - Integrante / Gabriela Miranda Marques - Integrante / Janine Petersen - Integrante / Luciana Rosar Fornazari Klanovicz - Integrante / Roselane Neckel - Integrante / Thiago Rodrigo da Silva - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Gêneros, questões étinico-raciais e sexualidades: experiências e apropriações a partir da formação continuada de professoras/es
Descrição: Considerando as experiências de oferta da oferta de curso como o Gênero e Diversidade na Escola (SECADI) na Bahia e um histórico de Políticas Públicas nacionais, o objetivo investigativo desse projeto é pesquisar de que forma à diversidade, principalmente no que se refere às questões de gênero, sexualidades, discussões étnico-raciais e religiosidades foram apropriados por egressos e egressas atuantes da rede de ensino pública de Salvador considerando as especificidades das áreas de formação, as trajetórias profissionais e pessoais dessas e desses docentes..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maise Caroline Zucco - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Estudos de Gênero.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Mulheres.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Ensino de História.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2004
Desempenho Acadêmico - Primeiro semestre de 2004, Universidade Federal de Santa Catarina.
2003
Desempenho Acadêmico - Segundo semestre de 2003, Universidade Federal de Santa Catarina.
2002
Desempenho Acadêmico - Primeiro semestre de 2002, Universidade Federal de Santa Catarina.
2001
Desempenho Acadêmico - Primeiro semestre de 2001, Universidade Federal de Santa Catarina.
2001
Desempenho Acadêmico - Segundo semestre de 2001, Universidade Federal de Santa Catarina.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ZANDONÁ, J.2011ZANDONÁ, J. ; ZUCCO, Maise . Casas em exílio: fragmentos do feminino em personagens de Orlanda Amarílis. Investigações (UFPE. Impresso), v. 24, p. 177-202, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZUCCO, Maise. Construção de saberes sobre feminismos e mulheres: as relações de Florianópolis com localidades brasileiras (1964-1990). In: VIANA JUNIOR, M. SILVEIRA, V.T. NICHNIG, C.R. COSTA, P.R. Por linhas tortas: Gênero e interdisciplinaridade II. 1. ed. Fortaleza: Instituto Frei Tito de Alencar, 2011. v. 6. p. 95 110p .

2.
ARAUJO, S. A. ; ZUCCO, Maise . Educação a distância: formação de tutores/as e o trabalho de tutoria. In: MINELLA, L. S., CABRAL, C. G. (Org.).Práticas pedagógicas e emancipação: Gênero e Diversidade na Escola. 1. ed. Florianópolis: Editora Mulheres, 2009. 253 - 267p .

Capítulos de livros publicados
1.
FERNANDES FILHO, A. ; AMORIM, G. ; SCHLINDWEIN, I. L. ; SILVA, I. C. ; ALVARENGA, L. ; PASSADOR, L. H. ; ZUCCO, Maise ; GRAUPE, M. ; LOZANO, M. S. P. E. L. ; GESSER, M. ; GROSSI, M. P. ; GARCIA, O. R. Z. ; FRAPORTI, S. ; MELLO, Soraia C. ; CARVALHO, S. A. ; WELTER, T. . Em busca de igualdade de direitos e de dignidade:trabalhando com competências em gênero, sexualidade e diversidade no pólo de Florianópolis. In: GARCIA, Olga Regina Zigelli; GROSSI, Miriam Pillar; GRAUPE, Mareli Eliane.. (Org.). Desafios da formação em gênero, sexualidade e diversidades étnico-raciais em Santa Catarina. 1ed.Tubarão: Ed. Copiart, 2014, v. , p. 163-184.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZUCCO, Maise. Argentina e Brasil: viagens nas páginas dos periódicos (1980-1990). In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 - Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis. Fazendo gênero 10: desafios atuais dos feminismos: anais eletrônicos, 2013.

2.
ZUCCO, Maise. Brasil e Argentina: reflexões sobre a circulação de saberes feministas. In: XIV Encontro Estadual de História - tempo, memórias e expectativas, 2012, Florianópolis. Anais do XIV Encontro Estadual de História - tempo, memórias e expectativas, 2012.

3.
ZUCCO, Maise. Sombras de vidas: fragmentos do feminino em A casa dos Mastros. In: Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, Deslocamentos, 2010, Florianópolis. Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, Deslocamentos, 2010.

4.
ZUCCO, Maise. Os grupos de mulheres e os feminismos em Florianópolis: A importância atribuída às grandes capitais brasileiras. In: Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder, 2008, Florianópolis. Fazendo Gênero 8 - Corpo Violência e Poder, 2008.

5.
ZUCCO, Maise. Grupos de mulheres e feminismos em Florianópolis: a constituição de um movimento periférico. In: XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamento, 2007.

6.
ZUCCO, Maise. Mulheres e feminismos: a relação entre os grupos de Florianópolis e a s mobilizações de âmbito nacional. In: XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania, 2006, Florianópolis. XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania, 2006.

7.
ZUCCO, Maise. Influências do feminismo estadunidense no Brasil a partir da figura de Betty Friedan: relatos e leituras. In: XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005, Londrina. XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ZUCCO, Maise. Viagens e permanências do feminismo. In: Colóquio Internacional Gênero, Feminismos e Ditadura no Cone Sul, 2009, Florianópolis. Caderno de Resumos e Programação, 2009. p. 67.

2.
ZUCCO, Maise. Mulheres e Feminismo em Florianópolis (1975-1988). In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 7 - Gênero e Preconceitos, 2006, Florianópolis. Seminário Internacional Fazendo Gênero 7 - Gênero e Preconceitos. Florianópolis: Editora Mulheres, 2006.

3.
ZUCCO, Maise; ATHAYDE, Maria Cristina de Oliveira . Simone de Beauvoir e Betty Friedan na literatura feminista brasileira. In: Encontro Internacional Fazendo Gênero 6: Saberes Globais/ Fazeres Locais, Saberes Locais/ Fazeres Globais, 2004, Florianópolis. Programação e Resumos, 2004. p. 137.

4.
ZUCCO, Maise. Do 'tornar-se mulher'ao 'problema sem nome': as influências das grandes obras feministas no movimento brasileiro. In: História: Trabalho, Cultura e Poder -X Encontro Estadual da História- 3 a. Reunião Nacional do GT Estudos de Gênero- II Jornada Nacional de História do Trabalho, 2004, Florianópolis. Caderno de Programação e Resumos, 2004. p. 88.

5.
ZUCCO, Maise. O Feminismo Divulgado:arranjos e identificações (1964 - 1985). In: XIV Seminário de Iniciação Científica, 2004, Florianópolis. XIV Seminário de Iniciação Científica, 2004.

6.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira . Vivendo e Aprendendo:o retorno de jovens e adultos às salas de aula através do Telecurso 2000. In: 3 a. SEPEX Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão - Universidade Federal de Santa Catarina, 2003, Florianópolis. 3 a. SEPEX Semana de Ensino, Pesquisa e Exrtensão, 2003. p. 259.

7.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira ; SANTOS, Juliana Darós dos ; SILVA, Victória Gambetta da . As Filhas de Eva: Uma Leitura sobre as Mulheres Mal Faladas na Idade Média. In: IX Encontro Estadual de História: Inclusões e Exclusões, 2002, Florianópolis. Caderno de Programação e Resumos, 2002. p. 37.

Apresentações de Trabalho
1.
ZUCCO, Maise. Movimentos sociais e os direitos das mulheres. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ZUCCO, Maise. Painel - Formação Humana: Gênero, diversidade sexual e diversidade étnico-racial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
ZUCCO, Maise. Dos estudos feministas aos estudos de gênero: percursos do campo acadêmico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ZUCCO, Maise. Gênero e Diversidade no Ensino de História. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
ZUCCO, Maise. Mesa- Redonda Gênero na pesquisa histórica: experiências de equipe de pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ZUCCO, Maise. Gênero e sexualidades: as diversidades em questão no debate educacional contemporâneo brasileiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ZUCCO, Maise. Painel Contribuição dos Conselhos de Direitos da Mulher e dos Movimentos Feministas e de Mulheres para a efetivação da Igualdade de Direitos e Oportunidades. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ZUCCO, Maise. Estudos Culturais e a posicionalidade dos saberes. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ZUCCO, Maise. O trânsito da produção bibliográfica feminista latino-americana nos contextos do Brasil e da Argentina. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
ZUCCO, Maise. Estereótipos dos femininos e masculinos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
ZUCCO, Maise. Laranja Mecânica (1971). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
ZUCCO, Maise. A Pele que Habito (2011). 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira . Reflexões sobre a consolidação dos estudos feministas no Brasil: circulação e apropriações. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ZUCCO, Maise. Infâmia (1961). 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
ZUCCO, Maise. Los lugares y el saber: movimiento de mujeres y feminismo en la producción bibliográfica brasileña (1975-1989). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
ZUCCO, Maise. Influências do feminismo estadunidense no Brasil: relatos e releituras. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
ZUCCO, Maise. História Cultural: outros objetos, outras fontes, um olhar sensível. Marechal Cândido Rondon: Espaço Plural. Universidade Estadual do Oeste do Paraná, 2010 (Resenha).

2.
ZUCCO, Maise. Agenda. Florianópolis: Revista Estudos Feministas, 2008 (Agenda).

3.
ZUCCO, Maise. As Sensibilidades nos Estudos Históricos. Florianópolis: Revista Fronteiras, 2007 (Resenha).

4.
ZUCCO, Maise. Cruzando fronteiras na América Latina. Florianópolis: Revista Estudos Feministas, 2006 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ZUCCO, Maise. Revista Estudos Feministas. 2016.

2.
ZUCCO, Maise. Revista Estudos Feministas. 2016.

3.
ZUCCO, Maise. Revista Estudos Feministas. 2016.

4.
ZUCCO, Maise. Revista Estudos Feministas. 2015.

5.
ZUCCO, Maise. Perspectiva - Revista do Centro de Ciências da Educação da UFSC. 2015.

6.
ZUCCO, Maise. XVIII Simpósio Baiano de Pesquisadoras(es) sobre mulher e relações de gênero - Territorialidades: Dimensões de gênero, desenvolvimento e empoderamento das mulheres. 2015.

7.
ZUCCO, Maise. Territórios & Fronteiras. 2015.

8.
ZUCCO, Maise. Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis. 2010.


Demais tipos de produção técnica
1.
ZUCCO, Maise. Oficina Sensibilização para as diversidades no espaço escolar: possibilidades do ensino de História. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ZUCCO, Maise; ZANDONA, J. . Minicurso Gênero e diversidade nos espaços escolares. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira ; MELLO, Soraia C. . Gênero e Diversidade na Formação de Professoras/es. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
GROSSI, M. P. ; GARCIA, O. R. Z. ; AMORIM, A. C. H. ; FERNANDES FILHO, A. ; FERNANDES, F. B. M. ; BARTHOLOMAY FILHO, F. ; MARQUES, G. M. ; ARRAES, G. R. A. ; STUKER, G. ; LUCLKTENBERG, I. M. B. ; SCHLINDWEIN, I. L. ; BORGES, Joana Vieira ; ZUCCO, Maise ; GRAUPE, M. ; LOZANO, M. S. P. E. L. ; MELLO, Soraia C. ; WELTER, T. . Fuxico: Uma maneira lúdica de contribuir para o aprendizado das questões de gênero, sexualidades e raça/etnia. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Verbetes para material didatico).

5.
ZUCCO, Maise. Oficina: Gênero e Sexualidade na Escola. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
BORGES, Joana Vieira ; ZUCCO, Maise ; MELLO, Soraia C. . Nas páginas do Brasil Mulher, Nós Mulheres e Mulherio: a Segunda Onda do feminismo circulando no Brasil (1975-1988). 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ZUCCO, Maise. Revolução de Gênero: Apropriações e Identificações com o Feminismo (1964-1985). 2005. (Relatório de pesquisa).

8.
ZUCCO, Maise. O Feminismo Divulgado: Rearranjos e Identificações (1964-1985). 2004. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
WOLFF, C. S.; DUARTE, A. R. F.; ZUCCO, Maise; PEREZ, Inés; PEDRO, Joana Maria; SILVA, J. G.; OLIVEIRA, N. A. S.. Participação em banca de Soraia Carolina de Mello. Discussões feministas na imprensa para mulheres: revista Claudia e o trabalho doméstico (1970-1989). 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História da UFSC) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SOUZA, Ângela M. Freire; SCHEFLER, Maria de Lourdes; ZUCCO, Maise. Participação em banca de Maria Luiza do Carmo. Economia feminista solidária. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

2.
SCHEFLER, Maria de Lourdes; ZUCCO, Maise; WRIGHT, Sônia J.. Participação em banca de Manoel Carlos Freire de Souza. Agricultura familiar, alimentação escolar, sustentabilidade e autonomia feminina. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

3.
MANO, Maíra Kubik; ZUCCO, Maise; MACÊDO, Márcia. Participação em banca de Sandra regina Barros dos Santos. Empoderamento da mulher no contexto da política pública habitacional no município de Cordeiros-Bahia. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

4.
MANO, Maíra Kubik; ZUCCO, Maise; RODRIGUES, Alexnaldo. Participação em banca de Joselma Dantas Paiva. Política pública residencial de titularidade feminina. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

5.
MANO, Maíra Kubik; ZUCCO, Maise; MACÊDO, Márcia. Participação em banca de Maria Miranda dos Santos de Souza. Violência doméstica contra a mulher: uma realidade do município de Mortugaba-BA. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

6.
FERNANDES, F. B. M.; MANO, Maíra Kubik; ZUCCO, Maise. Participação em banca de Jakson Luís Galdino Dourado. Gênero e políticas públicas: o CREAS como espaço de afirmação de direitos entre mulheres. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

7.
SCHEFLER, Maria de Lourdes; ZUCCO, Maise; GARCIA< Antônia. Participação em banca de Paulo Sérgio de Jesus Moreira. Participação das mulheres no processo de desenvolvimento rural sustentável e solidário: uma abordagem para a a inclusão socioprodutiva das mulheres negras de Soraya. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira; OTTO, C.. Participação em banca de Najra Lafaeth Silva.O uso dos relatos no ensino de História: debate e experiências. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
ZUCCO, Maise; SOUZA, A. A.; MACHADO, P. P.. Participação em banca de Jorge Cordeiro Balster.Novembrada, o protesto nas páginas de O Estado. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
SIGOLO, Renata Palandri; ZUCCO, Maise. Participação em banca de Lauren Priscilla Fraiz.O 'ser mulher'no período revolucionário chinês: análise das obras Wild Swans e As boas mulheres da China. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Avaliação de cursos
1.
ZUCCO, Maise. Mesa de Apreciação de Trabalhos do Curso de Extensão Educação para a Diversidade e Cidadania. 2010. Universidade Aberta do Brasil.

Outras participações
1.
ZUCCO, Maise. Banca examinadora para seleção de docente por tempo determinado - Bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade. 2016. Universidade Federal da Bahia.

2.
ZUCCO, Maise. Membro avaliador da Comissão de Pôsteres. 2013. Instituto de Estudos de Gênero.

3.
ZUCCO, Maise. Comissão científica de seleção de pôster. 2010. Instituto de Estudos de Gênero.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
É pela vida das mulheres negras: Histórias de lutas e resistência. 2016. (Outra).

2.
Minicurso Experimentações poético-musicais e coreográficas: o que me move (?). 2016. (Outra).

3.
XIX Encontro Internacional da Rede Feminista Norte e Nordeste de estudos e pesquisas sobre mulher e relações de gênero.Gêneros e sexualidades: reflexões sobre elementos conjunturais da aprovação do PNE e PEE - BA. 2016. (Encontro).

4.
4a. Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres de Salvador. 2015. (Outra).

5.
II Seminário Internacional Desfazendo Gênero. 2015. (Seminário).

6.
IV Conferência Municipal de políticas para as mulheres.Facilitadora - Grupo de Trabalho. 2015. (Outra).

7.
XVIII Simpósio Baiano de Pesquisadoras(es) sobre mulher e relações de gênero - Territorialidades: Dimensões de gênero, desenvolvimento e empoderamento das mulheres.Estudos de gênero e ensaios sobre sua incorporação na prática docente: reflexões sobre apropriações do debate por professoras e professores de Florianópolis na experiência do GDE. 2015. (Simpósio).

8.
XXVI Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: velhos e novos desafios.Saberes feministas em trânsito no Brasil: circulação do conhecimento latino-americano durante a década de 1990. 2015. (Simpósio).

9.
3o. Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades. A experiência do GDE em Florianópolis: Apropriações disciplinares no espaço escolar de conceitos vinculados ao tema das diversidades. 2014. (Congresso).

10.
Ciclo de Mesas-Redondas sobre Violência, Gênero e Diversidades.Violência, Gênero e Diversidades. 2014. (Outra).

11.
I Reunião Pedagógica de Formação Continuada da SECADI. 2014. (Outra).

12.
Santa Afro Catarina: Educação patrimonial e a presença de africanos e afrodescendentes na Ilha de Santa Catarina. 2014. (Oficina).

13.
VIII Semana Acadêmica de Letras.Depósito legal no Brasil: uma reflexão sobre a circulação de saberes feministas (1960-1999). 2014. (Encontro).

14.
Fazendo Gênero 10 - Desafios Atuais dos Feminismos.Argentina e Brasil: viagens nas páginas dos periódicos (1980-1990). 2013. (Seminário).

15.
III Trans Day NIGS - Seminário Transfobia, Identidades e Cidadania Trans. 2013. (Seminário).

16.
Conferência. Cultura contemporânea: desafios para o historiador. 2011. (Outra).

17.
Palestra. Homens e mulheres contra o inimigo: a mobilização do gênero pela ditadura militar brasileira (1964-1985). 2011. (Outra).

18.
Colóquio História do Tempo Presente. 2010. (Outra).

19.
Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, Deslocamentos.Sombras de vidas: fragmentos do feminino em A casa dos Mastros. 2010. (Simpósio).

20.
A Mulher e a Mídia 6. 2009. (Seminário).

21.
Colóquio Internacional Gênero, Feminismos e Ditadura no Cone Sul.Viagens e permanências do feminismo. 2009. (Seminário).

22.
3o. Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero.Mulheres e feminismos em Florianópolis: A constituição de um saber periférico (1975-1988). 2008. (Outra).

23.
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder.Os grupos de mulheres e os feminismos em Florianópolis: A importância atribuída às grandes capitais brasileiras. 2008. (Seminário).

24.
Seminário Ensino Religioso, Gênero e Sexualidade em Santa Catarina. 2008. (Seminário).

25.
XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos.Grupos de mulheres e feminismos em Florianópolis: a constituição de um movimento periférico. 2007. (Simpósio).

26.
III Jornada de Estudos de Gênero - Feminismo e Gênero na Academia: protagonismos, tensões e perspectivas / III Encontro de Protagonismos, Educação e Gênero.Influências do feminismo estadunidense no Brasil: relatos e releituras. 2005. (Encontro).

27.
XXIII Simpósio Nacional de História - História: Guerra e Paz.Influências do feminismo estadunidense no Brasil a partir da figura de Betty Friedan: relatos e leituras. 2005. (Simpósio).

28.
Fazendo o Gênero 6 - Fazeres Locais, Saberes Globais, Fazeres Globais, Saberes Locais.Simone de Beauvoir e Betty Friedan na literatura feminista brasileira. 2004. (Seminário).

29.
X Encontro Estadual de História: Trabalho, Cultura e Poder/ 3a. Reunião Nacional de História do Trabalho / II Jornada Nacional de História do Trabalho. 2004. (Encontro).

30.
I Semana de História: Política e Paixão: Dez Anos sem E. P. Thompson. 2003. (Seminário).

31.
IV Encontro Nacional da Rede Brasileira de Estudos Feministas e I Encontro Internacional da REDEFEM. 2003. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZUCCO, Maise. Monitora. Estande do Instituto de Estudos de Gênero. 2008. (Outro).

2.
TORNQUIST, C. S. ; COELHO, C. C. ; LAGO, M. C. S. ; LISBOA, T. K. ; ZUCCO, Maise . Seminário Internacional Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder. 2008. (Outro).

3.
DIAS, M. F. S. ; SOUZA, I.S. ; ZUCCO, Maise . Livro Didático de História: Limites e Possibilidades. 2003. (Outro).

4.
DIAS, M. F. S. ; SOUZA, I.S. ; ZUCCO, Maise . História, Canção Popular e Ensino. 2002. (Outro).

5.
DIAS, M. F. S. ; SOUZA, I.S. ; ZUCCO, Maise . Lendo Jornais com "outros Olhos". 2002. (Outro).

6.
DIAS, M. F. S. ; SOUZA, I.S. ; ZUCCO, Maise . Oficina Pedagógica: Tecendo Saberes e Práticas no Ensino de História. 2002. (Outro).

7.
DIAS, M. F. S. ; SOUZA, I.S. ; ZUCCO, Maise . O Ensino de História através de Projetos. 2002. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Maria Tereza Figueiredo Macedo. Aplicação do questionário para investigar os obstáculos para acesso e permanência na escola de sujeitos com deficiência beneficiários do BPC no município de Remanso/BA. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

2.
Raquel fontes Santana. Diversidade sexual na escola: um trabalho junto aos/as professores/as do município de São Félix - BA. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

3.
Cleide Santos Souza. Formação para policiais militares da Base Comunitária de Segurança do Bairro da Paz. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

4.
Maria Lúcia de Jesus Barbosa Martins. Participação política das mulheres em Licínio de Almeida: promoção de sua autonomia. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

5.
Emille Vasconcelos do Rosário. Projeto de capacitação para mulheres da Associação Servidora dos Pequenos Produtores - ASPP em prevenção e enfrentamento da violência doméstica, familiar e institucional contra a mulher. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

6.
Rachel de Andrade Silva. Projeto de inclusão sócio-produtiva e autonomia para as mulheres através da rede de lavanderias comunitárias. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

7.
Márcia Pereira Muniz. Construção da Política Municipal de Segurança Alimentar no município de Remanso: Construindo para superação de desigualdades de gênero e raça. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

8.
Monalisa Cardoso de Souza. Tesouro do Sertão. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

9.
Erica Oliveira Barbosa. Diálogo sobre diversidade de gênero e orientação sexual na escola: o professor como elemento transformador e emancipatório da política pedagógica em sala de aula. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Maise Caroline Zucco.

Orientações de outra natureza
1.
Vários. Estágio Supervisionado de História II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maise Caroline Zucco.

2.
Vários. Estágio Supervisionado de História III. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maise Caroline Zucco.

3.
Vários. Estágio Supervisionado de História I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maise Caroline Zucco.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
ZUCCO, Maise. Estereótipos dos femininos e masculinos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
ZUCCO, Maise. Dos estudos feministas aos estudos de gênero: percursos do campo acadêmico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
ZUCCO, Maise. Oficina: Gênero e Sexualidade na Escola. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ZUCCO, Maise; ZANDONA, J. . Minicurso Gênero e diversidade nos espaços escolares. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ZUCCO, Maise; BORGES, Joana Vieira ; MELLO, Soraia C. . Gênero e Diversidade na Formação de Professoras/es. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ZUCCO, Maise. Oficina Sensibilização para as diversidades no espaço escolar: possibilidades do ensino de História. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
GROSSI, M. P. ; GARCIA, O. R. Z. ; AMORIM, A. C. H. ; FERNANDES FILHO, A. ; FERNANDES, F. B. M. ; BARTHOLOMAY FILHO, F. ; MARQUES, G. M. ; ARRAES, G. R. A. ; STUKER, G. ; LUCLKTENBERG, I. M. B. ; SCHLINDWEIN, I. L. ; BORGES, Joana Vieira ; ZUCCO, Maise ; GRAUPE, M. ; LOZANO, M. S. P. E. L. ; MELLO, Soraia C. ; WELTER, T. . Fuxico: Uma maneira lúdica de contribuir para o aprendizado das questões de gênero, sexualidades e raça/etnia. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Verbetes para material didatico).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 12:29:39