Sonia Purin da Cruz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7965959750702344
  • Última atualização do currículo em 25/09/2018


Professora de Microbiologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Ph.D. em Ciências do Solo e Vegetal (Área de Concentração: Microbiologia Ambiental e Aplicada) pela West Virginia University, Estados Unidos. Programa integralmente financiado pela CAPES/Fulbright. Possui Mestrado em Ciência do Solo pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2005) e Bacharel em Ciências Biológicas pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2002). Experiência em pesquisa científica focada na área de microbiologia do solo, cultivo, ecologia e genética de fungos micorrízicos arbusculares, testes de inoculantes a campo e protocolos de registro perante o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sonia Purin da Cruz
Nome em citações bibliográficas
PURIN, S.;CRUZ, SONIA PURIN DA;DA CRUZ, SONIA P.;DA CRUZ, SONIA PURIN

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Curitibanos.
Rodovia Ulisses Gaboardi, km3
Fazenda Pessegueirinho
89520000 - Curitibanos, SC - Brasil
Telefone: (48) 37214172


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Plant and Soil Sciences.
West Virginia University, WVU, Estados Unidos.
Título: Vegetative compatibility in arbuscular mycorrhizal fungi, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Joseph B. Morton.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fungos micorrízicos arbusculares; Vegetative compatibility.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos / Especialidade: Micologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos.
2003 - 2005
Mestrado em Ciências do Solo.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Título: Fungos micorrízicos arbusculares: atividade, diversidade e aspectos funcionais em sistemas de produção de maçã,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Osmar Klauberg Filho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Microbiologia do Solo; Fungos micorrízicos arbusculares.
Grande área: Ciências Agrárias
1998 - 2002
Graduação em Ciências Biológicas.
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Título: Desenvolvimento, recrutamento e interação com fungos micorrízicos de plantas nativas utilizadas na recuperação de uma área degradada por mineração.
Orientador: Sidney Luiz Stürmer e Juarês José Aumond.




Formação Complementar


2016 - 2016
RESOLUÇÃO 018/CUN/2006 - PROMOÇÃO E PROGRESSÃO. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2014 - 2014
Introdução ao LATEX. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2014 - 2014
Desenvolvimento de disciplina apoiada por Moodle. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2013 - 2013
Aspectos gerais do concurso para o magistério. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Educação e Tecnologias. (Carga horária: 54h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Introdução à Segurança no Trabalho. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Noções básicas de prevenção e combate a incêndios. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Introdução aos Sistemas de Controle Acadêmico. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Sistema de Processos Administrativos (SPA). (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2010 - 2010
Active learning techniques for STEM disciplines. (Carga horária: 3h).
West Virginia University, WVU, Estados Unidos.
2008 - 2008
Curso de HTML, nível introdutório. (Carga horária: 2h).
West Virginia University, WVU, Estados Unidos.
2008 - 2008
Curso de HTML, nível intermediário. (Carga horária: 2h).
West Virginia University, WVU, Estados Unidos.
2006 - 2006
Advanced Conversation. (Carga horária: 65h).
English Forever, EF, Brasil.
2004 - 2004
Língua Inglesa. (Carga horária: 90h).
Camden Escola de Idiomas Ltda, CAMDEN, Brasil.
2003 - 2003
Técnicas biológicas para avaliar impacto ambiental. (Carga horária: 8h).
Instituição Moura Lacerda, MOURALACERDA, Brasil.
2003 - 2003
Língua Inglesa High Intermediate. (Carga horária: 108h).
Cultural Escola de Idiomas, CULTURA, Brasil.
2002 - 2002
Vocabulário e Pronúncia Em Língua Inglesa. (Carga horária: 30h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2002 - 2002
Estágio Em Microbiologia do Solo. (Carga horária: 120h).
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
2002 - 2002
Estágio em Micologia e Microscopia Eletrônica. (Carga horária: 160h).
University Of Wisconsin - Oshkosh, U.W., Estados Unidos.
2001 - 2001
Tecnologia do Dna Recombinante. (Carga horária: 6h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2001 - 2001
Física da Atmosfera e Meio Ambiente. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2001 - 2001
Avaliação Qualitativa e Quantitativa da Micorrizaç. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2001 - 2001
Microsoft Excel. (Carga horária: 12h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Recuperação de Matas Ciliares. (Carga horária: 14h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Aves e Dispersão. (Carga horária: 6h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Operações Fundamentais da Técnica Histológica. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Princípios de Modelagem Em Sistemas Ecológicos. (Carga horária: 6h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2000 - 2000
Técnicas de Tradução Em Língua Inglesa. (Carga horária: 60h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Estágio Em Veterinária. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Estágio Em Biotecnologia. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Estágio Em Química Orgânica. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Estágio Em Parasitologia. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
2000 - 2000
Estágio Em Bioquímica. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Retórica. (Carga horária: 4h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Neurotoxinas de Artópodas e Suas Aplicações. (Carga horária: 12h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Transitions 1 Língua Inglesa. (Carga horária: 60h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Ecologia da Floresta Atlântica. (Carga horária: 2h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Quem Precisa de Relógios Biológicos. (Carga horária: 6h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
1999 - 1999
Intermediate I. (Carga horária: 60h).
The English School, THE ENGLISH, Brasil.
1999 - 1999
Estágio Laboratório de Botânica. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Estágio Em Zoologia Taxidermia. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1999 - 1999
Estágio Em Zoologia Etologia. (Carga horária: 20h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1998 - 1998
Lixo Urbano nas Cidades de Porte Médio. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
1998 - 1998
Biologia de Mamíferos Brasileiros. (Carga horária: 60h).
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
1996 - 1996
Windows Avançado. (Carga horária: 135h).
Franco Sul Informática, FS, Brasil.
1995 - 1995
Programação em DBase IV. (Carga horária: 135h).
Franco Sul Informática, FS, Brasil.
1994 - 1994
Introdução a Informática. (Carga horária: 120h).
Franco Sul Informática, FS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Microbiologia, Nível Adjunto 4, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Graduação em Ciências Rurais - Portaria N°98/CCR/CBS/2018.
08/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro da.
09/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Agronomia. Portaria 5/2016/CCR/CBS.
09/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Medicina Veterinária..
04/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Agronomia..
03/2015 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Microbiologia
03/2014 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Microbiologia Agrícola
08/2013 - Atual
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Microbiologia Geral
09/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UFSC - Campus Curitibanos, .

Linhas de pesquisa
Microbiologia do Solo
06/2012 - Atual
Direção e administração, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Coordenadora do Laboratório de Microbiologia (CRC 306).
06/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Ciências Rurais.
09/2016 - 05/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Agente de Desenvolvimento de Internacionalização da UFSC nos Campi..
06/2012 - 03/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Ciências Rurais.
06/2015 - 08/2015
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biotecnologia Vegetal
03/2015 - 03/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Pró-Bolsas 2015.
04/2012 - 12/2014
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Microbiologia Geral
03/2014 - 08/2014
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projetos em Ciências Rurais
08/2012 - 02/2014
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia e Fertilidade dos Solos
09/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para regulamentar as atribuições dos coordenadores de laboratório.
09/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de avaliação dos pedidos de validação de atividades complementares do curso de Ciências Rurais.
05/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, UFSC - Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Agronomia.
07/2013 - 08/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Equipe de apoio para condução do processo licitatório 23080.025902/2013-34.
03/2013 - 03/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC, .

Cargo ou função
Comissão de avaliação - PROBOLSAS 2013. Edital 01/2012.
08/2012 - 02/2013
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Saneamento Ambiental
11/2012 - 12/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Comissão de avaliação de pedidos de transferências e retornos (Curso de Ciências Rurais)..
11/2012 - 12/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Curitibanos, .

Cargo ou função
Comissão de inquérito - processo disciplinar 23080.050249/2012-61.

Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora de Microbiologia do Solo, Carga horária: 11
Outras informações
Disciplinas lecionadas: Biologia do Solo (para acadêmicos de Agronomia e Engenharia Florestal), Resíduos Urbanos, Agrícolas e Industriais (para acadêmicos de Medicina Veterinária e Agronomia) e Rizobiologia (para acadêmicos de Agronomia e Engenharia Florestal). Professora colaboradora dos cursos de Mestrado e Doutorado em Ciências do Solo, junto à disciplina de Métodos em Microbiologia e Bioquímica do Solo.

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2011 - 03/2012
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia do Solo
Resíduos Agrícolas, Urbanos e Industriais
07/2011 - 03/2012
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia dos Solos Florestais
Resíduos Agrícolas, Urbanos e Industriais
07/2011 - 12/2011
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Rizobiologia
07/2011 - 11/2011
Ensino, Ciências do Solo, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos em Microbiologia e Bioquímica do Solo

West Virginia University, WVU, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Bolsista de doutorado - CAPES, Enquadramento Funcional: Plant and Soil Sciences Ph.D. program, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Bolsista do Grupo PET, Enquadramento Funcional: Bolsista PET do governo federal, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Bolsista de inic. científica, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

Atividades

1/2001 - 6/2002
Extensão universitária , Proerc Convênio Com Pedreira Ouro Preto Ltda, .

Atividade de extensão realizada
Projeto de extensão universitária: Recuperação ambiental de uma área degradada por mineração no estado de Santa Catarina..
4/1998 - 8/1999
Extensão universitária , Cepesbi, .

Atividade de extensão realizada
Atividades de pesquisa: Comportamento e reintrodução do bugio (Alouatta fusca clamitans) no Vale do Itajaí. Atividades de conscientização ambiental na indústria privada e em escolas públicas..

Pedreira Ouro Preto Ltda, OP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20


Prefeitura Municipal de Indaial, PMI, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor ACT de Ciências, Ensino Fundamental, Carga horária: 20

Atividades

1/2006 - 7/2006
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ensino de Ciências para estudantes do ensino fundamental da Rede Pública Municipal de Ensino.


Linhas de pesquisa


1.
Microbiologia do Solo

Objetivo: Testar inoculantes a campo para certificar a eficiência agronômica de produtos desenvolvidos pela Empresa Total Biotecnologia - Curitiba, PR. Estudar aspectos das fases assimbiótica e simbiótica de fungos micorrízicos arbusculares com ênfase no efeito de agrotóxicos..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Inoculação com Bacillus subtilis e Bacillus amyloliquefasciens em diferentes gerações de sementes de Pinus taeda
Descrição: A indústria florestal carateriza-se por ser um mercado com grande demanda, a exemplo para a produção de celulose e papel. A utilização de material geneticamente melhorado é uma estratégia para reduzir o tempo de rotação da espécie, além de oferecer características desejáveis ao comprador, estabelecendo, então, uma conexão viável tanto para o viveirista (durante fase de muda) quanto para o consumidor. Em conjunto ao material genético superior, a utilização de rizobactérias promotoras de crescimento poderia diminuir o uso de recursos e tempo enquanto mudas em fase de viveiro, por influenciar no crescimento e desenvolvimento da planta como um todo, pela relação simbiótica planta-microorganismo, pois o sucesso para uma planta adulta vigorosa é a qualidade que esta apresenta na fase inicial de crescimento. Desse modo, mudas saudáveis, com características desejáveis, seriam levadas a campo com maior rotatividade em viveiro e, posteriormente, no plantio. Avaliar a influência de rizobactérias promotoras de crescimento em conjunto a genética superior de Pinus taeda..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Unidades de Referência em Manejo Agroflorestal na região do Planalto Serrano Catarinense
Descrição: Os campos de altitude com capões de mata de araucária são uma associação natural do Bioma Mata Atlântica. Mimetizar esta combinação explorando sinergismos entre espécies arbóreas e forrageiras dentro da diversidade vegetal regional configura-se como alternativa ecológica e econômica no Planalto Catarinense. A implantação do componente arbóreo diminui a pressão tanto dos remanescentes florestais nativos, recompondo a cobertura vegetal, aumentando a diversidade vegetal, sequestrando carbono, além de incorporar múltiplos propósitos ao sistema produtivo. Nesse sentido, o projeto se propõe a promover o uso de Sistemas Agroflorestais (SAFs) através da implantação de unidades demonstrativas de SAFs com composição de espécies que incorporem o conhecimento local e o resgate de tradições e costumes de forma a contribuir na segurança alimentar das comunidades locais. Serão definidos os locais para estabelecimento das 10 unidades de referência, sendo que tal definição buscará respeitar os atributos ecológicos de cada local, bem como as demandas socioculturais de cada grupo de agricultores(as) que será atendido. A composição, delineamento e avaliação de cada unidade será discutida com seus interessados imediatos por meio de ferramentas de pesquisa participativa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) no desenvolvimento de três espécies arbóreas nativas
Descrição: Este estudo objetiva avaliar a influência do potencial dos fungos micorrízicos arbusculares Gigaspora albida, Rhizophagus clarus e inóculo misto (G. albida + R. clarus) nos aspectos de altura das mudas e diâmetro do caule, de três espécies nativas do Planalto Catarinense. Assim, com o conhecimento sobre as associações fungo-planta, poderá cooperar no progresso do manejo e dos efeitos da simbiose com as espécies florestais nativas no estado de Santa Catarina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Rafael Fernandes dos Santos - Integrante / Natalia Maria Martinazzo Angelo - Integrante / Yanka Rocha Kondo - Integrante.
2018 - Atual
Efeitos da inoculação do capim Jiggs
Descrição: Na pecuária nacional, as espécies forrageiras mais trabalhadas são dos gêneros Brachiaria (Urochloa) e Panicum, porém nos últimos anos o gênero Cynodon vem ganhando importância por sua produtividade e rusticidade. O capim Cynodon dactylon cv. Jiggs é uma cultivar de clima tropical que na região sul do Brasil, de clima ameno, tem apresentado boa resistência às baixas temperaturas, porém, baixa produtividade. Visando maior produtividade e qualidade da forragem, no Brasil e no mundo, não existem trabalhos que avaliem o desempenho do capim Jiggs quando submetido à inoculação e bioestimulante. O Azospirillum brasilense já é extensamente empregado e estudado em outras espécies forrageiras. O objetivo deste trabalho é avaliar o capim Jiggs quanto a inoculação na região sul do Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Efeito da inoculação de Bacillus subtilis e Pseudomonas fluorescens na cultura da cenoura

Projeto certificado pela empresa Total Biotecnologia Indústria e Comércio em 01/06/2018.
Descrição: O objetivo geral deste estudo é avaliar o efeito da inoculação com diferentes rizobactérias sobre a produtividade da cenoura. Será determinado qual inoculante proporciona maiores benefícios para a cultura e também se há aumento de produtividade pela utilização dos inoculantes. Ao longo de todo o ciclo será verificada visualmente a ocorrência de doenças nos diferentes tratamentos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Crysttian Arantes Paixão - Integrante / Elis Borcioni - Integrante / Ana Rosa da Silva França - Integrante.
2017 - Atual
Detecção de genes de resistência a antibióticos em isolados de Escherichia coli de quadros de enterite e cistite em animais utilizando mPCR
Descrição: Bactérias multirresistentes a antibióticos, também denominadas "superbactérias? são consideradas um grave problema de Saúde Pública mundial ameaçando também a segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável. A ineficácia dos antibióticos compromete o sucesso de procedimentos médicos de rotina como transplante de órgãos, quimioterapias para o câncer, cirurgias de grande porte, além de, aumentar o tempo de internação, os custos médicos e do risco de morte. Mesmo assim, no Brasil não existem, até o momento, programas efetivos voltados ao controle e monitoramento da resistência de bactérias a antibióticos. E. coli é constituinte da microbiota urogenital e entérica de humanos e animais, e está amplamente distribuída no meio ambiente, podendo ser utilizada como um marcador de contaminação de água, alimentos ou mesmo de alterações dos ecossistemas pela intervenção humana. Sendo assim, objetivo deste trabalho é detectar genes de resistência aos principais antibióticos/grupos de antibióticos em isolados de E. coli associados a quadros de enterite e cistite em animais, utilizando mPCR (PCR multiplex). Os dados do perfil genético serão considerados como marcador para orientar o tratamento dos quadros infecciosos. Para tal, serão coletadas amostras de urina e fezes de suínos, bovinos e caninos, com quadro de enterite e/ou cistite. As amostras serão submetidas a análise microbiológica. Os isolados de E. coli, serão avaliados quanto ao genótipo através da técnica de mPCR para a expressão de genes de resistência. Simultaneamente será avaliado o fenótipo de sensibilidade por métodos convencionais. Os achados serão utilizados para orientar o tratamento.Além disso, as informações acerca dos padrões genotípicos e fenotípicos dos isolados integrarão um banco de dados que poderá orientar as políticas de uso de antibióticos em animais e humanos além de fortalecer estratégias racionais de vigilância de micro-organismos multirresistentes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Álvaro Menin - Integrante / Giuliano Moraes Figueiró - Integrante / Manoela de Leon Nobrega Reses - Integrante / Marcy Lancia Pereira - Integrante / Sandra Arenhart - Integrante / Nicole Anzanello Meira - Integrante / Vagner Miranda Portes - Integrante.
2016 - 2017
Influência do fungo Scleroderma spp. na germinação e desenvolvimento inicial de mudas de diferentes espécies de Eucalyptus
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
Atributos funcionais e moleculares de fungos micorrízicos arbusculares pertencentes a Coleção Internacional de Cultura de Glomeromycota (CICG)
Descrição: Este projeto busca avaliar a diversidade funcional e molecular de isolados de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) pertencentes a Coleção Internacional de Cultura de Glomeromycota. Possui como objetivos específicos: 1) Comparar o potencial de inóculo e a morfologia de esporos de FMAs entre o sistema in vitro e o sistema de cultura em vaso; 2) Avaliar a eficiência de isolados de FMAs produzidos in vitro e em vaso sobre o crescimento e nutrição vegetal; 3) Avaliar as relações entre a diversidade morfológica e funcional e a prestação de serviço de isolados de FMAs utilizando Modelos de Ecossistemas Terrestres (TMEs); 4) Determinar a diversidade molecular de algumas espécies de fungos micorrízicos arbusculares originados de diferentes localidades geográficas no Brasil; 5) Analisar a variabilidade inter- e intra-específica na eficiência em promover o crescimento e nutrição vegetal de isolados de FMAs..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Integrante / Sidney Luiz Stürmer - Coordenador / Osmar Klauberg Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - 2015
Efeito de bactérias promotoras de crescimento vegetal na produção de mudas de Pinus
Descrição: A indústria florestal brasileira se destaca internacionalmente na produção de produtos florestais, sendo que o pinus, juntamente com o eucalipto, domina os plantios de florestas comerciais no Brasil somando 6,7 milhões de hectares em 2012. O Pinus passou a ser cada vez mais valorizado economicamente nas últimas décadas e, assim, diversas espécies começaram a ser plantadas em escala comercial para reflorestamento e como fonte de matéria-prima para indústria de madeira, celulose e papel. Para suprir a necessidade de áreas plantadas com Pinus no território brasileiro, é necessário que a silvicultura das espécies seja otimizada para garantir a produção de mudas com qualidade. Um dos aspectos essenciais é a introdução de fungos ectomicorrízicos no substrato de produção das mudas, visto que estes fungos reduzem drasticamente a mortalidade das plantas e melhoram seu desenvolvimento no viveiro e também no campo. Além dos fungos ectomicorrízicos, outro grupo de microrganismos relacionados ao desenvolvimento vegetal do Pinus são as rizobactérias promotoras de crescimento de plantas (RPCP). A importância do uso destas bactérias é bastante conhecida para o desenvolvimento de espécies agrícolas no mundo todo. No Brasil, entretanto, existem apenas dois estudos desenvolvidos sobre este tema até o momento. Portanto, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito de três isolados comerciais de bactérias (Azospirillum brasilense, Bacillus subtilllis e Pseudomonas fluorescens) sobre o crescimento de mudas de Pinus taeda produzidas em viveiro comercial. O experimento será conduzido em um delineamento completamente casualizado em condições de viveiro. As atividades serão desenvolvidas junto ao Viveiro Comercial Primon, localizado no município de Curitibanos, SC. O experimento consistirá em um fatorial (3 x 2) + 1, com 10 repetições. Serão avaliadas três espécies de bactérias (Azospirillum brasilense, Bacillus subtilllis e Pseudomonas fluorescens) e duas formas de inoculação (no momento da semeadura e pós-emergência das plântulas). As avaliações relacionadas ao crescimento serão efetuadas aos 30, 60 e 180 dias após emergência. Em cada uma destas ocasiões, serão realizadas avaliações de altura e diâmetro de colo das plantas. Na coleta final (180 dias), será também determinada a massa seca da parte aérea e radicular. Os dados serão primeiramente submetidos à análise de variância (ANOVA) e as médias serão separadas pelo Teste de Duncan ao nível de 5% de probabilidade. Todas as análises estatísticas serão conduzidas com o software Assistat. Ao final deste projeto, pretende-se determinar qual o isolado de bactéria mais indicado para o crescimento das mudas e, possivelmente, estabelecer um protocolo de inoculação de mudas de Pinus taeda com, no mínimo, uma espécie de bactéria promotora de crescimento de plantas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Andressa Vasconcelos Flores - Integrante.
2013 - 2014
Coleção Internacional de Culturas de Glomeromycota (CICG): diversidade morfológica e funcional de fungos micorrízicos arbusculares
Descrição: Os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) estabelecem a associação micorrízica arbuscular com a maioria das plantas terrestres em ecossistemas naturais e agrícolas e possuem o potencial de serem utilizados como biofertilizantes, diminuindo a adubação fosfatada. A Coleção Internacional de Culturas de Glomeromycota (CICG) tem como principal objetivo estabelecer e manter em cultivo isolados de FMAs provenientes de diferentes ecossistemas brasileiros, para a conservação da diversidade taxonômica, fisiológica e genética deste importante grupo de fungos. O presente projeto tem como objetivos: 1) Manter e ampliar uma coleção biológica de FMAs originados de ecossistemas naturais e agrícolas brasileiros e 2) avaliar a contribuição relativa de diferentes isolados na provisão conjunta de serviços de ecossistemas. A informatização e divulgação desta coleção ocorrerá via montagem de um banco de dados para gerenciamento da mesma bem como pela disponibilização de informações no sistema species Link. A manutenção da CICG servirá como referencial para as pesquisas com micorrizas no país, tanto no fornecimento de isolados fúngicos experimentais como na formação de recursos humanos em taxonomia, e como um local de preservação da diversidade deste grupo de organismos ubíquos nos ecossistemas naturais e manejados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Integrante / Osmar Klauberg Filho - Integrante / Sidney Luiz Stürmer - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2016
Inoculantes micorrízicos para o setor agrícola e florestal: consolidando a pesquisa com fungos micorrízicos arbusculares em Santa Catarina.
Descrição: Os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) formam a associação micorrízica arbuscular com a maioria das plantas nos ecossistemas naturais e agrícolas. Estes fungos potencializam o crescimento de plantas, principalmente, através do aumento na capacidade de absorção de nutrientes, principalmente o fósforo, e água pelas raízes micorrizadas. Desta forma, os mesmos possuem um grande potencial biotecnológico, para serem utilizados na forma de um inoculante, contribuindo para aumento da produtividade agrícola e eficiência de uso de fertilizantes. O principal obstáculo à utilização prática destes fungos está na dificuldade de se produzir inoculantes que atendam as especificações do mercado, em termos de custo, pureza, quantidade e qualidade. Atualmente, não existe nenhum registro de inoculante para FMA no Brasil e a produção de inóculo de FMA é feita apenas de forma artesanal, em pequena escala, por universidades e institutos de pesquisa. Este projeto tem por objetivo produzir inoculante de fungo micorrízico arbuscular e testar sua eficiência em culturas agrícolas e espécies florestais em viveiro e a campo. A equipe é composta por sete pesquisadores de 4 instituições de ensino e pesquisa de Santa Catarina que propõem ações concatenadas para a produção de inoculante à base de FMAs. O projeto esta dividido em quatro etapas. Como impacto pretendemos consolidar a pesquisa com micorriza no estado pela formação de um Núcleo Emergente e propor uma tecnologia para a produção de inóculo à base de fungos micorrízicos arbusculares e a difusão dos resultados entre empresas do setor de inoculante e produção de mudas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Integrante / Osmar Klauberg Filho - Integrante / Murilo Dalla Costa - Integrante / Álvaro Luiz Mafra - Integrante / Sidney Luiz Stürmer - Coordenador / Paulo Emílio Lovato - Integrante / Cláudio Roberto Fonsêca Sousa Soares - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Qualidade da água subterrânea na bacia do Rio Marombas, mesorregião serrana do estado de Santa Catarina.
Descrição: A presente proposta visa realizar um diagnóstico do estado das águas subterrâneas na bacia do rio Marombas, no Planalto Catarinense, em complemento a atividades anteriores concentradas apenas na avaliação das águas superficiais. Para tanto serão produzidos: 1) dados espaciais, que viabilizarão identificar o atual estado do uso da terra na bacia; 2) levantamento das condições de abastecimento de água em domicílios localizados na zona urbana e rural; 3) determinação dos parâmetros físicos, químicos e microbiológicos de suas águas, para cálculo do Índice de Qualidade da Água IQA. Os resultados desta proposta contribuirão expressivamente para a região estudada (Mesorregião Serrana Catarinense), visto que esta bacia ainda é pouco estudada. Adicionalmente fornecerá subsídios para a elaboração do Plano de Bacia, em parceria com o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do rio Canoas. E, finalmente, consolidará uma importante interação entre a Universidade Federal de Santa Catarina e a comunidade regional, através de programa de Educação Ambiental, priorizando ações sobre a conservação dos recursos hídricos e sua relação com a saúde pública. Um projeto desta magnitude certamente promoverá uma maior inserção do Campus da UFSC, recém-implantado no município de Curitibanos, junto à região de abrangência deste estudo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Integrante / NEI KAVAGUICHI LEITE - Coordenador / Alexandre Magno Silva Santos - Integrante / Margarida Marchetto - Integrante / Alex Vladimir Krusche - Integrante / Maria Victoria Ramos Ballester - Integrante / Joni Stolberg - Integrante / Zilma Isabel Peixer - Integrante / Alexandre ten Caten - Integrante / Mark Stephen Johnson - Integrante / Eduardo Guimarães Couto - Integrante.
2010 - 2014
Produção de inoculante micorrízico e de plantas micorrizadas de qualidade (Rede Glomeronet)
Descrição: A equipe é composta por pesquisadores de 7 instituições integrados em uma rede estruturada em 6 subprojetos, distribuídos em três regiões do país. Os subprojetos focam na produção massal de diversas espécies de FMA in planta e in vitro, aprimoramento do sistema de produção e emprego de substâncias estimulantes da micorrização, desenvolvimento de formulações de inoculantes, protocolos para controle de qualidade, protocolos de inoculação, conservação e armazenamento de inóculo, e testes de inoculantes em diversas culturas importantes para o agronegócio brasileiro e distintas condições de campo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
Análise da qualidade da água de reservatórios na cidade de Ibiam ? SC
Descrição: A região do Vale do rio do Peixe, que integra a bacia do rio Uruguai, situa-se no Oeste do estado de Santa Catarina. A bacia do rio do Peixe drena 22 municípios antes de desaguar no rio Uruguai sendo o Rio do Peixe, o principal manancial de captação de água da região. Estudos demonstram que grande parte das atividades da região são potenciais causadoras de poluição sendo que o rio recebe diariamente uma alta carga orgânica produzida pela população local. A ocorrência desses tipos de poluição se explica pela presença de óleos, graxas, espumas, elevado número de coliformes fecais, altas concentrações de fosfato e nitrato, o elevado número de algas dominantes e pela presença de mercúrio no tecido muscular dos peixes. Dentre as cidades abastecidas pelo Rio do Peixe está a cidade de Ibiam que possui cerca de 28 poços localizados principalmente na região rural. Os recursos hídricos possuem elevada importância para esta população pois é utilizada para abastecimento humano e industrial, higiene pessoal e doméstica, irrigação, preservação da flora e fauna, aquicultura e recreação. Desses usos, o abastecimento humano é considerado prioritário. O presente estudo visa esclarecer a composição da água subterrânea no munícipio através de análises físicas, químicas e biológicas, e os resultados serão divulgados para a população e para os agentes responsáveis a fim de conscientizar a população sobre a importância deste recurso natural..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Integrante / Joni Stolberg - Integrante / Evelyn Winter - Coordenador / Katia Jakovljevic Pudla Wagner - Integrante / Gabriela Piovesan Zanin - Integrante.
2017 - Atual
Uso de inoculantes microbianos no cultivo de espécies agrícolas e florestais
Descrição: As atividades relacionadas a este projeto serão programadas para um período de três anos a partir de outubro de 2017 e desenvolvidas de acordo com o calendário agrícola e florestal da região. Os trabalhos serão conduzidos através da parceria da UFSC com a empresa Total Biotecnologia (Curitiba, PR) e o Viveiro Florestal Primon (Curitibanos, SC). Pretende-se instalar áreas demonstrativas mostrando o efeito do uso de inoculantes microbianos no crescimento de culturas de interesse para a região tais como milho e soja. As informações obtidas com este projeto serão compiladas na forma de um banco de dados a ser disponibilizado para a empresa parceira, associação de engenheiros florestais, produtores rurais e cooperativas, com o objetivo de esclarecer os usuários de produtos quanto a eficácia em sua região. Serão organizadas palestras para a apresentação dos resultados obtidos. Será oportunizados aos acadêmicos envolvidos publicação destas ações de pesquisa e extensão em eventos de interesse. Finalmente, serão gerados relatórios técnico-científicos com a finalidade de subsidiar pedidos de registro de produtos por parte da empresa perante o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (16) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Rafael Fernandes dos Santos - Integrante / Maurício Rosa Magro - Integrante / José Filipe dos Santos Maciel - Integrante / Joatan Césare Andrades Clamer - Integrante / Ezequiel Kleinschmitt - Integrante / Crysttian Arantes Paixão - Integrante / Ana Rosa da Silva França - Integrante / Natalia Maria Martinazzo Angelo - Integrante / Yanka Rocha Kondo - Integrante / Julio Cesar Conte - Integrante / Mateus Ganasini - Integrante / Eduardo Andrade Schmidt - Integrante / Camila Köche Wibbelt - Integrante / Renan Adamchescki - Integrante / Julio Cesar Ariati - Integrante / Vinicius Leite - Integrante / João Vitor Berner Pereira - Integrante.Financiador(es): Total Biotecnologia Indústria e Comércio - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
Cãoterapia
Descrição: O projeto tem como proposta permitir ida de tutores com seus cães à APAE de Curitibanos semanalmente para terapia com as crianças com necessidades especiais, como alterações motoras e particularidades psicológicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2017 - Atual
Cãovivência
Descrição: Este projeto visa a fazer visita quinzenal ao asilo de Curitibanos, em que alunos e professores levarão cães e passarão a tarde com os moradores do local..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Zilma Isabel Peixer - Integrante / Álvaro Menin - Integrante / Giuliano Moraes Figueiró - Integrante / Marcy Lancia Pereira - Integrante / Sandra Arenhart - Integrante / Erik Amazonas de Almeida - Integrante / Luiz Ernani Henkes - Integrante / Valério Valdetar Marques Portela Junior - Integrante.
2017 - Atual
Medicina veterinária preventiva aplicada a saúde única
Descrição: A excelência do ensino superior, voltado para a formação profissional, pressupõe que a formação universitária é sustentada no princípio da ?indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão?. Neste contexto, a Medicina Veterinária Preventiva, concentra atividades interdisciplinares e integrativas aplicadas a promoção da saúde das populações humana, animal e ambiental no seu contexto mais amplo, traduzido pelo termo saúde única, que amplia conceitos aplicados a SAÚDE, impactando diretamente na saúde pública, no controle das doenças dos animais, na ocupação dos espaços e na salvaguarda ao meio ambiente. Com base na fundamentação científica e demanda social proponho este projeto com o objetivo geral de identificar e estabelecer uma vigilância ativa de agentes com caráter zoonótico e antropozoonótico (ex. Brucelose, Leptospirose, Criptococcose, dentre outras), além de, orientar o uso racional dos antibióticos, associando o ensino acadêmico com ações junto à comunidade, fortalecendo o intercâmbio entre Universidade e sociedade. Como objetivos específicos são desenhados: (i) identificar agentes com caráter zoonótico e antropozoonótico e retornar este conhecimento a população como uma forma de otimizar a interação entre a Universidade e a comunidade, e, conhecer os principais desafios para as políticas públicas; (ii) Fortalecer as ações de controle e vigilância ativa para zoonoses e antropozoonoses, estimulando a troca de saberes entre a Universidade e a sociedade; (iii) Preservar e proteger o conhecimento produzido pela sociedade como forma de ampliar as ações participativas; (iv) Integrar a relação universidade-sociedade conduzindo os alunos ao entendimento dos desafios do ser social e compreensão das questões sobre as quais deverá intervir durante o exercício da sua profissão, além de, otimizar as relações de intercâmbio entre a Universidade e a sociedade; (v) Facilitar e melhorar a articulação do ensino e da pesquisa com as necessidades da sociedade, através da divulgação dos achados e ações que a Medicina Veterinária Preventiva proporcionará. A interlocução será baseada na orientação e formação dos gestores públicos, cursos, palestras, reuniões, produção de material didático (manuais técnicos, cartilhas, panfletos), notas no rádio e jornal, posts na internet e participação em eventos comunitários. O reflexo deste trabalho será avaliado através de um formulário de satisfação com os serviços e conhecimento técnico acumulado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / Álvaro Menin - Integrante / Giuliano Moraes Figueiró - Integrante / Sandra Arenhart - Integrante.
2015 - 2018
Aplicação de inoculantes microbianos no cultivo de espécies agrícolas e florestais

Projeto certificado pela empresa Total Biotecnologia Indústria e Comércio em 24/01/2017.
Descrição: As atividades relacionadas a este projeto serão programadas para um período de dois anos a partir de agosto de 2015 e desenvolvidas de acordo com o calendário agrícola da região. Os trabalhos serão conduzidos através da parceria da UFSC com a Empresa Cultivar (Curitibanos, SC), a empresa Total Biotecnologia (Curitiba, PR) e o Viveiro Florestal Primon (Curitibanos, SC). Pretende-se instalar áreas demonstrativas mostrando o efeito do uso de inoculantes microbianos no crescimento de culturas de interesse para a região tais como milho e soja. As informações obtidas com este projeto serão compiladas na forma de um banco de dados a ser disponibilizado para a empresa parceira, associação de engenheiros florestais, produtores rurais e cooperativas, com o objetivo de esclarecer os usuários de produtos quanto a eficácia em sua região. Serão organizadas palestras para a apresentação dos resultados obtidos. Será oportunizados aos acadêmicos envolvidos publicação destas ações de pesquisa e extensão em eventos de interesse..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador / César Eduardo Kersting - Integrante / Maurício Rosa Magro - Integrante / José Filipe dos Santos Maciel - Integrante / Joatan Césare Andrades Clamer - Integrante / Ezequiel Kleinschmitt - Integrante / Rangel Viganó - Integrante.
2012 - 2015
Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos
Descrição: As atividades relacionadas a este projeto serão programadas para um período de 3 anos a partir de abril de 2012 e desenvolvidas de acordo com o calendário agrícola da região. Os agricultores de Curitibanos serão atendidos através da parceria da UFSC com cooperativas locais, Empresa Cultivar, Sindicato de Trabalhadores Rurais, Novozymes e Total Biotecnologia. Pretende-se instalar áreas demonstrativas mostrando o efeito do uso de inoculantes microbianos no crescimento de culturas de interesse para a região tais como milho, soja, feijão e arroz. Os inoculantes microbianos serão fornecidos pelas empresas Novozymes e Total Biotecnologia, do Paraná. Os primeiros testes a campo serão realizados em 2012 com a cultura do milho e da soja. Em 2013 e 2014 serão realizados testes com inoculantes para o feijão e arroz, respectivamente. Este cronograma, entretanto, poderá sofrer alterações com base na demanda e interesse que surgirem por parte dos produtores locais. Para tanto, serão realizadas reuniões mensais com representantes das entidades envolvidas para direcionamento das atividades e discussão do progresso dos testes a campo. A análise do efeito dos inoculantes microbianos na produtividade das culturas mencionadas será feita com base em parâmetros de crescimento e nutrição vegetal. As análises serão realizadas no laboratório CRC306 do prédio inicial da UFSC e, quando necessário, as amostras serão encaminhadas para outras instituições para análise química de nutrientes. As atividades planejadas serão inicialmente desenvolvidas com o auxílio de estudantes ligados ao projeto ?Bolsa Permanência?. Para os dois primeiros anos (2012-2013), os acadêmicos Ederson Borges do Prado e Carla Cândida Cleto (matriculados no curso de Ciências Rurais) estarão vinculados às atividades de extensão abrangidas neste projeto. Eles trabalharão juntamente com o Sindicato de Trabalhadores Rurais o efeito do uso de inoculantes bacterianos na produtividade de 3 cultivares de milho (Catarina.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sonia Purin da Cruz - Coordenador.


Revisor de periódico


2010 - 2010
Periódico: Mycologia
2009 - 2010
Periódico: Scientia Agrícola (USP. Impresso)
2011 - 2011
Periódico: Symbiosis (Philadelphia, Pa.)
2011 - 2011
Periódico: Applied Soil Ecology (Print)
2012 - 2012
Periódico: Revista de Ciências Agroveterinárias (UDESC)
2013 - 2013
Periódico: Acta Botanica Brasílica (Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Ciência Rural (UFSM. Impresso)
2015 - 2015
Periódico: PEDOSPHERE
2016 - 2016
Periódico: PESQUISA AGROPECUÁRIA TROPICAL (IMPRESSO)
2018 - 2018
Periódico: Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (0102-935)
2015 - 2015
Periódico: BRAZILIAN JOURNAL OF MICROBIOLOGY
2016 - 2016
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE CIENCIA DO SOLO
2017 - 2017
Periódico: SCIENTIA AGRARIA (UFPR. IMPRESSO)


Revisor de projeto de fomento


2008 - 2008
Agência de fomento: Fondo Nacional de Desarrollo Científico y Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Microbiologia e Bioquímica do Solo.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biologia molecular.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Manejo e Conservação do Solo.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2010
Melhor apresentação oral - 14th Annual Davis College Graduate Research Day Conference, Davis College, West Virginia University, Estados Unidos.
2010
Inclusão de biografia no livro ?Who is who in Science and Engineering 2011-2012 (11th edition)?, Editora Marquis (Estados Unidos).
2009
Menção honrosa por alto desempenho acadêmico em curso de Ph.D., Gamma Sigma Delta (United States of America).
2009
Terceiro lugar em competição por melhor apresentação oral no ICOM 6 (International Congress on Mycorrhizas), International Mycorrhiza Society.
2006
Bolsa de doutorado pleno nos Estados Unidos, CAPES - Fulbright - IIE.
2002
Melhor desempenho acadêmico na graduação, FURB.
2001
Moção de louvor - Prêmio Mérito Universitário, Câmara de Vereadores de Blumenau - SC.
2001
Menção Honrosa, VII Seminário Integrado de Iniciação Científica.
2000
Prêmio Mérito Universitário Catarinense, FUNCITEC - Governo do Estado de Santa Catarina.
1999
Menção Honrosa, FURB - V Seminário Integrado de Iniciação Científica.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, RAFAEL FERNANDES DOS2018SANTOS, RAFAEL FERNANDES DOS ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; BOTELHO, GLORIA REGINA ; FLORES, ANDRESSA VASCONCELOS . Inoculation of Pinus taeda Seedlings with Plant Growth-promoting Rhizobacteria. FLORAM, v. 25, p. e20160056, 2018.

2.
LEITE, NEI K.2018LEITE, NEI K. ; STOLBERG, JONI ; DA CRUZ, SONIA P. ; TAVELA, ALEXANDRE DE O. ; SAFANELLI, JOSÉ L. ; MARCHINI, HELDER R. ; EXTERKOETTER, RONAN ; LEITE, GIOVANA M. C. ; KRUSCHE, ALEX V. ; JOHNSON, MARK S. . Hydrochemistry of shallow groundwater and springs used for potable supply in Southern Brazil. Environmental Earth Sciences, v. 77, p. 79, 2018.

3.
MALLMANN, GILVANI CARLA2018MALLMANN, GILVANI CARLA ; SOUSA, JOSÉ PAULO ; SUNDH, INGVAR ; PIEPER, SILVIA ; ARENA, MARIA ; DA CRUZ, SONIA PURIN ; KLAUBERG-FILHO, OSMAR . Placing arbuscular mycorrhizal fungi on the risk assessment test battery of plant protection products (PPPs). ECOTOXICOLOGY, v. 1, p. 1, 2018.

4.
ARAUJO, RICARDO SILVA2017ARAUJO, RICARDO SILVA ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; SOUCHIE, EDSON LUIZ ; MARTIN, THOMAS NEWTON ; NAKATANI, ANDRÉ SHIGUEYOSHI ; NOGUEIRA, MARCO ANTONIO ; HUNGRIA, MARIANGELA . Preinoculation of Soybean Seeds Treated with Agrichemicals up to 30 Days before Sowing: Technological Innovation for Large-Scale Agriculture. International Journal of Microbiology, v. 2017, p. 1-11, 2017.

5.
PURIN, S.2013 PURIN, S.; MORTON, J. B. . Anastomosis behavior differs between asymbiotic and symbiotic hyphae of Rhizophagus clarus. Mycologia, v. 105, p. 589-602, 2013.

6.
PURIN, S.2011 PURIN, S.; MORTON, J.B. . In situ analysis of anastomosis in representative genera of arbuscular mycorrhizal fungi. Mycorrhiza (Berlin), v. 21, p. 505-514, 2011.

7.
PURIN, S.2008PURIN, S.; RILLIG, M.C. . Parasitism of arbuscular mycorrhizal fungi: reviewing the evidence. FEMS Microbiology Letters, v. 279, p. 8-14, 2008.

8.
PURIN, S.2008 PURIN, S.; RILLIG, M.C. . Immuno-cytolocalization of glomalin in the mycelium of the arbuscular mycorrhizal fungus Glomus intraradices. Soil Biology & Biochemistry, v. 40, p. 1000-1003, 2008.

9.
PURIN, S.2007 PURIN, S.; RILLIG, M.C. . The arbuscular mycorrhizal fungal protein glomalin: Limitations, progress, and a new hypothesis for its function. Pedobiologia (Jena), v. 51, p. 123-130, 2007.

10.
PURIN, S.2006 PURIN, S.; KLAUBERG FILHO, O. ; STÜRMER, S.L. . Mycorrhizae activity and diversity in conventional and organic apple orchards from Brazil. Soil Biology & Biochemistry, In press, v. 38, p. 1831-1839, 2006.

11.
PURIN, S.2002PURIN, S.. Projeto Ouro Verde. Revista Areia e Brita, São Paulo, n.17, p. 22-24, 2002.

12.
BAHR, J.2001BAHR, J. ; BALSANELLI, S. ; BORTOLINI, K.A. ; BOOS JR, H. ; CHAPIEWSKY, V. ; CHICATTO, J.R. ; FAHT, E.C. ; FREYGANG, C.C. ; HIRANO, Z.M.B. ; HOELTGEBAUM, M.P. ; MARTINELLI, M. ; POLLI, D. ; PURIN, S. ; PURIN, Sonia ; REGENSBURGER, B. ; SANTOS, C.A.K. ; SCHREIBER, C. ; SILVA, P. ; WALTERS, P. . Painel Itinerante Oceano e suas interfaces. Dynamis (FURB. Online), v. 9, p. 61-66, 2001.

Capítulos de livros publicados
1.
PURIN, S.; Anastomose em FMA e implicação para a sua biologia. Fertilidade e biologia do solo: integração e tecnologia para todos. 1ed.: , 2016, v. 2, p. 1-2.

2.
PURIN, S.; PURIN, S ; KLAUBERG FILHO, O. . Glomalina: nova abordagem para entendermos a biologia dos fungos micorrízicos arbusculares. In: José Oswaldo Siqueira; Francisco A. de Souza; Elke J.B.N. Cardoso; Siu Mui Tsai. (Org.). Micorrizas : 30 anos de pesquisas no Brasil. Lavras: UFLA, 2010, v. , p. 503-524.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; WIBBELT, C. K. ; RODRIGUES, G. B. ; FRANCA, A. R. S. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Desenvolvimento vegetativo da soja (Glycine max [L.] Merr.) submetida a diferentes métodos de inoculação. In: XII Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo, 2018, Xanxerê. Anais, 2018.

2.
ANGELO, N. M. M. ; KONDO, Y. R. ; SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) no desenvolvimento de duas espécies arbóreas nativas. In: XII Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo, 2018, Xanxerê. Anais, 2018.

3.
KONDO, Y. R. ; ANGELO, N. M. M. ; SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Resposta do ipê-da-serra-amarelo (Handroanthus albus) à inoculação com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs). In: XII Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo, 2018, Xanxerê. Anais, 2018.

4.
FRANCA, A. R. S. ; MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; PEREIRA, J. V. B. ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; BORCIONI, E. . Resposta da cenoura a coinoculação e inoculação de Bacillus subtilis e Pseudomonas fluorescens e inoculação do bioestimulante up. In: XII Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo, 2018, Xanxerê. Anais, 2018.

5.
WIBBELT, C. K. ; MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; RODRIGUES, G. B. ; FRANCA, A. R. S. ; LEITE, V. ; ADAMCHESCKI, R. ; ARIATI, J. C. ; PEREIRA, J. V. B. ; PAIXAO, C. A. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Desenvolvimento da soja (Glycine max) em função da coinoculação na semente, no sulco ou no estágio V3 da planta. In: VIII Congresso Brasileiro de Soja, 2018, Goiânia. Anais, 2018.

6.
MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; FRANCA, A. R. S. ; RODRIGUES, G. B. ; WIBBELT, C. K. ; PEREIRA, J. V. B. ; ARIATI, J. C. ; ADAMCHESCKI, R. ; LEITE, V. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Avaliação da coinoculação da soja na semente com diferentes espécies microbianas. In: VIII Congresso Brasileiro de Soja, 2018, Goiânia. Anais, 2018.

7.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; WIBBELT, C. K. ; RODRIGUES, G. B. ; FRANCA, A. R. S. ; ADAMCHESCKI, R. ; LEITE, V. ; ARIATI, J. C. ; PEREIRA, J. V. B. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Desenvolvimento vegetativo da soja (Glycine max) [L.] Merr.) submetida a diferentes métodos de coinoculação. In: VIII Congresso Brasileiro de Soja, 2018, Goiânia. Anais, 2018.

8.
ZANIN, G. P. ; STOLBERG, J. ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; WAGNER, K. J. P. ; WINTER, E. . Análise da qualidade da água de reservatórios na cidade de Ibiam-SC. In: 35° SEURS ? Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

9.
RONSANI, A. L. ; PINHEIRO, M. G. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeitos de diferentes formulações e técnicas de inoculação no crescimento da soja. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis. Anais..., 2013.

10.
PINHEIRO, M. G. ; RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Resposta de cultivares crioulas de milho a inoculação com bactérias diazotróficas e adubação orgânica. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis. Anais..., 2013.

11.
CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito da inoculação e adubação orgânica na colonização de raízes de milho crioulo por fungos micorrízicos arbusculares. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis. Anais..., 2013.

12.
FELISBERTO, E. H. ; KLAUBERG FILHO, O. ; STÜRMER, S.L. ; PURIN, S. ; MAFRA, A. L. ; VERDI, A. A. . Avaliação de doses de inoculantes micorrízicos monoespecíficos na produção de mudas de cebola. In: FERTBIO 2012, 2012, Maceió. CD de Resumos - FERTBIO 2012, 2012.

13.
RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PRADO, E. B. ; OLIVEIRA, J. D. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Desinfecção e germinação de esporos de fungos micorrízicos arbusculares para o estabelecimento de culturas in vitro. In: IX REUNIÃO SUL-BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO, 2012, Lages - SC. Anais da IX REUNIÃO SUL-BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO, 2012.

14.
BARZOTTO, I. ; SANTOS, J.C.P. ; HAWERROTH, F.J. ; TASCA, F.A. ; ALVES, M.V. ; PURIN, S. . Avaliação da fauna edáfica em pomares de macieiras e em campos nativos, conduzidos nos sistemas orgânico e convencional de produção. In: XXX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2005, Recife. CD de resumos, 2005.

15.
KLAUBERG FILHO, O. ; PURIN, S. ; STÜRMER, S.L. ; ALMEIDA, D. . Indicadores biológicos e químicos de qualidade do solo no cultivo da macieira.. In: XXX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2005, Recife. CD de resumos, 2005.

16.
PURIN, S.; KLAUBERG FILHO, O. ; SILVA, D.C.P.R. ; MOTA, E.C. . Potencial de inóculo de fungos micorrízicos arbusculares, micélio e glomalina em solo com produção orgânica e convencional de maçã.. In: FERTBIO 2004, 2004, Lages. CD de resumos, 2004.

17.
STÜRMER, S.L. ; PURIN, S. ; KLAUBERG FILHO, O. ; SILVA, D.C.P.R. ; BARETTA, D. . Diversidade de Glomales em sistema de produção orgânico e convencional de maçã.. In: FERTBIO 2004, 2004, Lages. CD de resumos, 2004.

18.
KLAUBERG FILHO, O. ; PURIN, S. ; SILVA, D.C.P.R. ; ALBUQUERQUE, J.A. ; MOTA, E.C. . Estabilidade de agregados em função do carbono orgânico, micélio e glomalina: contrastes entre sistemas de produçÃo convencional e orgânico de maçã.. In: FERTBIO 2004, 2004, Lages. CD de resumos, 2004.

19.
SILVA, D.C.P.R. ; PURIN, S. ; KLAUBERG FILHO, O. ; ALMEIDA, D. ; CABRAL, L. ; SOUZA, I.M.Z. . Atributos biológicos e microbianos em áreas nativas e reflorestadas do Planalto Catarinense.. In: FERTBIO 2004, 2004, Lages. CD de resumos, 2004.

20.
MOTA, E.C. ; SILVEIRA, J. ; PURIN, S. ; KLAUBERG FILHO, O. ; SANTOS, J.C.P. . Estímulo à micorrização arbuscular e seus efeitos na nutrição e produtividade do alho.. In: 29o Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2003, Ribeirão Preto. Caderno de resumos, 2003.

21.
PURIN, S.; FIGUEIREDO, S.R. ; SEI, F.B. ; MALUCHE, C.R.D. ; KLAUBERG FILHO, O. ; SANTOS, J.C.P. . Variabilidade espacial da biomassa microbiana e micélio fúngico em solo reconstruído após mineração de carvão a céu aberto.. In: 29o Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2003, Ribeirão Preto. Caderno de resumos, 2003.

22.
PURIN, S.; AUMOND, J.J. ; STÜRMER, S.L. . Efeitos da inoculação com fungos micorrízicos arbusculares e adubação fosfatada no crescimento e nutrição de Enterolobium contortisiliquum Vell. Morong.. In: FERTBIO 2002, 2002, Rio de Janeiro. Caderno de resumos, 2002.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FRANCA, A. R. S. ; MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; PEREIRA, J. V. B. ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; BORCIONI, E. . Resposta da cenoura a inoculação com microrganismos e bioestimulantes. In: I Simpósio de Agronomia UFSC Curitibanos, 2018, Curitibanos. Anais, 2018.

2.
RODRIGUES, G. B. ; PEREIRA, J. V. B. ; WIBBELT, C. K. ; MAZZUCO, V. R. ; PAIXAO, C. A. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . O efeito de bactérias e leveduras: estudo experimental sobre o crescimento inicial do milho (Zea mays). In: I Simpósio da Agronomia UFSC Curitibanos, 2018, Curitibanos. Anais, 2018.

3.
PEREIRA, J. V. B. ; RODRIGUES, G. B. ; LEITE, V. ; PAIXAO, C. A. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Aplicação do delineamento em blocos incompletos balanceados para avaliação do diâmetro do colmo milho em resposta a diferentes métodos de inoculação. In: 63 Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria, 2018, Curitiba. Anais, 2018.

4.
FRANCA, A. R. S. ; BORCIONI, E. ; ADAMCHESCKI, R. ; ARIATI, J. C. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Influência da inoculação e coinoculação sobre a parte aérea da cenoura. In: 55 Congresso Brasileiro de Olericultura, 2018, Bonito. Anais, 2018.

5.
RODRIGUES, G. B. ; LEITE, V. ; PEREIRA, J. V. B. ; MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; KLEINSCHMITT, E. ; ARIATI, J. C. ; ADAMCHESCKI, R. ; FRANCA, A. R. S. ; WIBBELT, C. K. ; PAIXAO, C. A. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . The effects of plant growth-promoting bacteria (PGPB) on the initial development of corn. In: 21st World Congress of Soil Science, 2018, Rio de Janeiro. Anais, 2018.

6.
LEITE, V. ; RODRIGUES, G. B. ; PEREIRA, J. V. B. ; MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; KLEINSCHMITT, E. ; ARIATI, J. C. ; ADAMCHESCKI, R. ; FRANCA, A. R. S. ; WIBBELT, C. K. ; PAIXAO, C. A. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Effects of inoculation on vegetative development of corn. In: 21st World Congress of Soil Science, 2018, Rio de Janeiro. Anais, 2018.

7.
FRANCA, A. R. S. ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; KLEINSCHMITT, E. ; CLAMER, J. C. A. . Corn yield response to bio-inducers. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

8.
CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Response of corn (Zea mays) to coinoculation with three different species of plant growth-promoting bacteria. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

9.
KLEINSCHMITT, E. ; CLAMER, J. C. A. ; MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; DA CRUZ, SONIA P. ; VIGANO, R. . Growth and yield of corn (Zea mays) in response to inoculation with Azospirillum brasilense and use of bio-inducers.. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

10.
MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; FRANCA, A. R. S. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Effects of different coinoculation practices using Bradyrhizobium japonicum, Bacillus subtilis and Bacillus pumilus on soybean cropping. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

11.
MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; FRANCA, A. R. S. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Post-emergence inoculation of soybean with rhizobacteria associated to the use of a bio-inducer. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

12.
SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Response of Eucalyptus benthamii to inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

13.
MAGRO, M. R. ; SILVA, F. O. ; MORAES, C. ; RIBEIRO, P. ; RIBEIRO, P. ; MIGLIORANZA, S. C. ; BORCIONI, E. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Efeitos da inoculação do rabanete com diferentes doses e espécies de rizobactérias. In: I Simpósio Latino-Americano sobre Bioestimulantes, 2017, Florianópolis. Anais, 2017.

14.
SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Avaliação dos efeitos bioestimulantes de fungos micorrízicos arbusculares em mudas de Eucalyptus benthamii. In: I Simpósio Latino-Americano sobre Bioestimulantes, 2017, Florianópolis. Anais, 2017.

15.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; KLEINSCHMITT, E. ; CLAMER, J. C. A. ; FRANCA, A. R. S. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Effects of soybean inoculation combined with secondary metabolites of Bradyrhizobium japonium on nodulation and yield. In: 29º Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

16.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; FRANCA, A. R. S. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Nodulation and yield of soybean coinoculated with Bradyrhizobium japonicum and different species of Bacillus spp.. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

17.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Resposta da cultura da soja a diferentes métodos de inoculação em área de primeiro ano de cultivo. In: XXXVI Reunião de Pesquisa de Soja, 2017, Londrina. Anais, 2017.

18.
SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA ; FLORES, A. V. . Effects of inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi on morphological parameters of Mimosa scabrella.. In: 29º CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 2017, Foz do Iguaçu. Anais, 2017.

19.
MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; VIGANO, R. . Resposta da cultura da soja a conioculação, diferentes formulações e formas de inoculação. In: XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016, Londrina. XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016.

20.
CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; MAGRO, M. R. ; MACIEL, J. F. S. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; VIGANO, R. . Efeitos da coinoculação de quatro espécies bacterianas promotoras do crescimento de plantas na cultura do milho. In: XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016, Londrina. XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016.

21.
MACIEL, J. F. S. ; MAGRO, M. R. ; CLAMER, J. C. A. ; KLEINSCHMITT, E. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; VIGANO, R. . Resposta da cultura da soja (Glycine max) à aplicação de fertilizante bioindutor e inoculação. In: XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016, Londrina. XXVII Reunião Latinoamericana de Rizobiologia, 2016.

22.
SANTOS, R. F. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeitos da inoculação de Pinus taeda com diferentes dosagens de inoculante ectomicorrízico. In: VIII Congresso Brasileiro de Micologia, 2016, Florianópolis. VIII Congresso Brasileiro de Micologia, 2016.

23.
SANTOS, R. F. ; CRUZ, SONIA PURIN DA . Efeitos da inoculação de Pinus taeda com diferentes dosagens de inoculante ectomicorrízico. In: VIII Congresso Brasileiro de Micologia, 2016, Florianópolis. Anais, 2016.

24.
CAMPOS, A. A. B. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; SCOTTON, J. C. ; HOMMA, S. K. . The glomalin-reactive soil protein under ecological citrus management.. In: 28º Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2015, Florianópolis. 28º Congresso Brasileiro de Microbiologia ? Florianópolis, SC, 2015.

25.
RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Caracterização da diversidade genética dentro de populações em isolados de fungos micorrízicos arbusculares. In: 24 Seminário de Iniciação Cient´fica da UFSC, 2015, Florianópolis. 24 Seminário de Iniciação Cient´fica da UFSC, 2015.

26.
SANTOS, R. F. ; FLORES, A. V. ; BOTELHO, G. R. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Inoculação de mudas de Pinus taeda com rizobactérias promotoras de crescimento vegetal. In: X Simpósio Florestal Catarinense, 2014, Curitibanos. Anais do X Simpósio Florestal Catarinense, 2014.

27.
MUNHOZ, A. T. ; RONSANI, A. L. ; ALMEIDA, R. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito de técnicas de coinoculação e inoculação pré-semeadura da soja até 30 dias antes do plantio. In: FERTBIO 2014, 2014, Araxá - MG. Anais da FERTBIO 2014, 2014.

28.
CLETO, C. C. ; RONSANI, A. L. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito de tratamentos de desinfecção sobre o estabelecimento de culturas de fungos micorrízicos arbusculares in vitro. In: FERTBIO 2014, 2014, Araxá- MG. Anais da FERTBIO 2014, 2014.

29.
RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Amplificação de DNA ribossomal de fungos micorrízicos arbusculares através da técnica de Nested PCR. In: FERTBIO 2014, 2014, Araxá - MG. Anais da FERTBIO 2014, 2014.

30.
SANTOS, R. F. ; FLORES, A. V. ; BOTELHO, G. R. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Inoculação de mudas de Pinus taeda com rizobactérias promotoras de crescimento vegetal. In: 24 Seminário de Iniciação Científica, 2014, Florianópolis. Anais, 2014.

31.
CLETO, C. C. ; RONSANI, A. L. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Amplificação de DNA ribossomal de fungos micorrízicos arbusculares através da técnica de Nested PCR. In: 24 Seminário de Iniciação Científica, 2014, Florianópolis. Anais, 2014.

32.
RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito de tratamentos de desinfecção sobre o estabelecimento de culturas de fungos micorrízicos arbusculares in vitro. In: 24 Seminário de Iniciação Científica, 2014, Florianópolis. Anais, 2014.

33.
SANTOS, G. V. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; LEITE, N. K. . Análise microbiológica de água subterrânea na bacia do Rio Marombas, SC. In: 23 Seminário de Iniciação Científica da UFSC, 2013, Florianópolis. Anais do 23 SIC, 2013.

34.
CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Colonização do milho crioulo Catarina por fungos micorrízicos arbusculares. In: 23 Seminário de Iniciação Científica da UFSC, 2013, Florianópolis. Anais do 23 SIC, 2013.

35.
RONSANI, A. L. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito de diferentes formulações e técnicas de inoculação no crescimento da soja. In: 23 Seminário de Iniciação Científica da UFSC, 2013, Florianópolis. Anais do 23 SIC, 2013.

36.
LEITE, N. K. ; STOLBERG, J. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; PEIXER, Z. I. ; CATEN, A. T. ; MARCHINI, H. R. ; EXTERKOETTER, R. ; KUIAWSKI, A. ; TURCATEL, D. ; SANTOS, G. V. ; POCAI, L. H. . Qualidade da água subterrânea na bacia do Rio Marombas. In: XIV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2013, Bonito. Anais..., 2013.

37.
CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Colonização do milho crioulo Catarina por fungos micorrízicos arbusculares. In: 1 Semana Acadêmica de Agronomia UFSC-Curitibanos, 2013, Curitibanos. Anais..., 2013.

38.
RONSANI, A. L. ; CLETO, C. C. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Desinfecção e germinação de esporos de fungos micorrízicos arbusculares para o estabelecimento de culturas in vitro. In: 1 Semana Acadêmica de Agronomia UFSC-Curitibanos, 2013, Curitibanos. Anais..., 2013.

39.
RONSANI, A. L. ; PINHEIRO, M. G. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Efeito de diferentes formulações e técnicas de inoculação no crescimento e produtividade da soja. In: 1 Semana Acadêmica de Agronomia UFSC-Curitibanos, 2013, Curitibanos. Anais..., 2013.

40.
PINHEIRO, M. G. ; RONSANI, A. L. ; SANTOS, G. V. ; PURIN, S. ; PURIN, S. . Resposta de cultivares crioulas de milho a inoculação com bactérias diazotróficas e adubação orgânica. In: 1 Semana Acadêmica de Agronomia UFSC-Curitibanos, 2013, Curitibanos. Anais..., 2013.

41.
SANTOS, G. V. ; PURIN, S. ; PURIN, S. ; LEITE, N. K. ; POCAI, L. H. ; ROCHA, T. V. . Análise microbiológica da água subterrânea na bacia do Rio Marombas, mesorregião serrana de Santa Catarina. In: III Simpósio Internacional Ciência, Saúde e Desenvolvimento, 2013, Lages. Anais..., 2013.

42.
PURIN, S.; PURIN, S ; MORTON, J.B. . In situ analysis of anastomosis in representative genera of Glomeromycotan fungi using a unique rhizohyphatron design. In: 14th Annual Davis College Graduate Research Day Conference, 2010, Morgantown. CD, 2010.

43.
PURIN, S.; MORTON, J.B. . In situ analysis of anastomosis in all genera of Glomeromycotan fungi using a unique rhizohyphatron design. In: International Congress on Mycorrhizas (ICOM 6), 2009, Belo Horizonte. Abstracts of the International Congress on Mycorrhizas (ICOM 6), 2009.

44.
KLAUBERG FILHO, O. ; SILVA, D.C.P.R. ; PURIN, S. ; MOTA, E.C. . Potencial de inóculo de fungos micorrízicos arbusculares, micélio e glomalina em solo com produção orgânica e convencional de maçã. In: IX Jornada Acadêmica e XIV Seminário Científico, 2004, Florianópolis. Caderno de resumos, 2004.

45.
PURIN, S.; KLAUBERG FILHO, O. ; SILVA, D.C.P.R. ; MOTA, E.C. . Atividade de fungos micorrízicos arbusculares em sistemas de produção de maçãs. In: V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo, 2004, Florianópolis. Caderno de resumos, 2004.

46.
KLECZEWSKI, N. ; PURIN, S. ; BENTIVENGA, S. . Scanning electron microscopy of spore walls of arbuscular mycorrhizal fungi.. In: The Fourth International Conference on Mycorrhizae - ICOM4, 2003, Montreal. Abstracts of The Fourth International Conference on Mycorrhizae - ICOM4, 2003.

47.
KLAUBERG FILHO, O. ; CABRAL, L. ; SANTOS, J.C.P. ; MOTA, E.C. ; PURIN, S. . Aspectos ecológicos e funcionais de populações de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de Araucaria no Planalto Serrano de Santa Catarina.. In: VII Jornada Acadêmica e XIII Seminário de Iniciação Científica, 2003, Lages. Caderno de resumos, 2003.

48.
PURIN, S.; STÜRMER, S.L. ; AUMOND, J.J. . Comportamento Inicial de Espécies Florestais Implantadas em Uma Área sob Processo de Recuperação Ambiental Pertencente à Pedreira Ouro Preto, Ltda.. In: VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001, Blumenau. Anais, 2001.

49.
PURIN, S.; STÜRMER, S.L. ; AUMOND, J.J. . Efeitos da Adição de Serapilheira para Aceleração da Revegetação em uma Área sob Processo de Recuperação Ambiental Pertencente à Pedreira Ouro Preto Ltda.. In: VII Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2001, Blumenau. Anais, 2001.

50.
FAHT, E.C. ; TESSARI, C.S. ; CÂNDIDO, A.V. ; HIRANO, Z.M.B. ; METZGER, E.A. ; MORESCO, A.R.C. ; CRUZ, J.G.P. ; PURIN, S. ; SILVA, P. ; TERNES, A.J. . Painel Itinerante Plantas Carnívoras. In: 53ª Reunião Anual da SBPC, 2001, Salvador. Caderno de resumos, 2001.

51.
BAHR, J. ; BALSANELLI, S. ; BOOS JR, H. ; BORTOLINI, K.A. ; CHAPIEWSKY, V. ; CHICATTO, J.R. ; FAHT, E.C. ; FREYGANG, C.C. ; HIRANO, Z.M.B. ; HOELTGEBAUM, M.P. ; MARTINELLI, M. ; POLLI, D. ; PURIN, S. ; REGENSBURGER, B. ; SANTOS, C.A.K. ; SCHREIBER, C. ; SILVA, P. ; WALTERS, P. . O Impacto do Intervalo Científico na Sociedade Acadêmica. In: VI Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2000, Balneário Camboriú. Anais, 2000.

52.
BAHR, J. ; BALSANELLI, S. ; BOOS JR, H. ; BORTOLINI, K.A. ; CHAPIEWSKY, V. ; CHICATTO, J.R. ; FAHT, E.C. ; FREYGANG, C.C. ; HIRANO, Z.M.B. ; HOELTGEBAUM, M.P. ; MARTINELLI, M. ; POLLI, D. ; PURIN, S. ; REGENSBURGER, B. ; SANTOS, C.A.K. ; SCHREIBER, C. ; SILVA, P. ; WALTERS, P. . Projeto Painel Itinerante - Oceano e Suas Interfaces. In: VI Seminário Integrado de Iniciação Científica, 2000, Balneário Camboriú. Anais, 2000.

53.
BAHR, J. ; BALSANELLI, S. ; BOOS JR, H. ; BORTOLINI, K.A. ; CHAPIEWSKY, V. ; CHICATTO, J.R. ; FAHT, E.C. ; FREYGANG, C.C. ; HOELTGEBAUM, M.P. ; MARTINELLI, M. ; POLLI, D. ; PURIN, S. ; REGENSBURGER, B. ; SANTOS, C.A.K. ; SCHREIBER, C. ; SILVA, P. ; WALTERS, P. . Projeto Intervalo Científico. In: 5º Encontro Nacional de Grupos PET, 2000, Brasília. Caderno de resumos, 2000.

54.
BAHR, J. ; BALSANELLI, S. ; BORTOLINI, K.A. ; BOOS JR, H. ; CHAPIEWSKY, V. ; CHICATTO, J.R. ; FAHT, E.C. ; FREYGANG, C.C. ; HIRANO, Z.M.B. ; HOELTGEBAUM, M.P. ; MARTINELLI, M. ; POLLI, D. ; PURIN, S. ; REGENSBURGER, B. ; SANTOS, C.A.K. ; SCHREIBER, C. ; SILVA, P. ; WALTERS, P. . Projeto Painel Itinerante Oceano e Suas Interfaces. In: XVII SEURS - Seminário de Extensão da Região Sul, 1999, Cascavel. Resumo das comunicações, 1999.

55.
HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. ; SCHACHT, K. ; MACHADO, G.S. ; PURIN, S. ; POZZOBON, M. ; GRUENER, C. . A Educação Ambiental como Estratégia Para a Preservação do Bugio. In: XVII SEURS - Seminário de Extensão da Região Sul., 1999, Cascavel. Resumo das comunicações, 1999.

56.
HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. ; PURIN, S. ; SCHACHT, K. ; MACHADO, G.S. . Manejo de infante de Alouatta fusca. In: V Seminário Integrado de Iniciação Científica, 1999, Joaçaba. Anais, 1999.

57.
HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. ; PURIN, S. ; SCHACHT, K. ; MACHADO, G.S. . Criadouro de Espécies da Fauna Silvestre para Fins Científicos do Centro de Pesquisas Biológicas de Indaial.. In: IX Congresso Brasileiro de Primatologia., 1999, Santa Teresa. Livro de resumos, 1999.

58.
DIAS, B.P. ; PURIN, S. ; HIRANO, Z.M.B. . Lateralidade no comportamento alimentar de Alouatta fusca clamitans (Primata, Cebidae).. In: Lateralidade no comportamento alimentar de Alouatta fusca clamitans (Primata, Cebidae)., 1998, São José do Rio Preto. Caderno de resumos, 1998.

59.
SCHACHT, K. ; PURIN, S. ; MACHADO, G.S. ; HIRANO, Z.M.B. . Aspectos do comportamento do bugio (Alouatta fusca) em cativeiro. In: 6a Reunião Especial da SBPC, 1998, Maringá. Anais, 1998.

60.
PURIN, S.; MACHADO, G.S. ; SCHACHT, K. ; HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. . Fases de reintrodução de Alouatta fusca (Primata, Cebidae). In: 6a Reunião Especial da SBPC, 1998, Maringá. Anais, 1998.

61.
MACHADO, G.S. ; SCHACHT, K. ; PURIN, S. ; WANKE, E. ; MARQUES, S.W. ; HIRANO, Z.M.B. . Pigmento avermelhado encontrado em secreções epidérmicas de Alouatta fusca clamitans. In: 4O Congresso de Ecologia do Brasil, 1998, Belém. Anais, 1998.

62.
PURIN, S.; MACHADO, G.S. ; SCHACHT, K. ; HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. ; METZGER, E.A. . Reabilitação de Alouatta fusca. In: IV Seminário Integrado de Iniciação Científica, 1998, Blumenau. Anais, 1998.

63.
PURIN, S.; MACHADO, G.S. ; SCHACHT, K. ; HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. . Aspectos do comportamento do bugio (Alouatta fusca) em cativeiro. In: IV Seminário Integrado de Iniciação Científica, 1998, Blumenau. Anais, 1998.

64.
PURIN, S.; MACHADO, G.S. ; SCHACHT, K. ; HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. . Fases de reintrodução de Alouatta fusca (Primata, Cebidae). In: IV Seminário Integrado de Iniciação Científica, 1998, Blumenau. Anais, 1998.

Apresentações de Trabalho
1.
PURIN, S.; ITAKO, A. T. . Dia de campo: Produção de cogumelos comestíveis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PURIN, S.; Anastomose em FMA e implicações para a biologia dos mesmos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PURIN, S.; Apresentação de linhas de pesquisa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
PURIN, S.; MORTON, J.B. . In situ analysis of anastomosis in representative genera of Glomeromycotan fungi using a unique rhizohyphatron design.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
PURIN, S.; MORTON, J.B. . In situ analysis of anastomosis in all genera of Glomeromycotan fungi using a unique rhizohyphatron design.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PURIN, S.; II Fórum Anual de Iniciação Científica. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
PURIN, S.; Efeito da inoculação do milho com Bacillus amyloliquefaciens. 2018.

2.
PURIN, S.; Efeito da tecnologia de pré-inoculação de 30 dias de sementes quimicamente tratadas em comparação a inoculação padrão da soja. 2016.

3.
PURIN, S.; Eficiência agronômica e viabilidade do uso de inoculante contendo Pseudomonas fluorescens como microrganismo promotor de crescimento para a cultura do milho. 2016.

Demais trabalhos
1.
PURIN, S.. Como a iniciação científica auxiliou na pós-graduação. 2003 (Palestra) .

2.
PURIN, S.. Palestra: Matas Ciliares. 2000 (Palestra) .

3.
PURIN, S.. Palestra: Saúde e Contaminação Ambiental - Viver ou Sobreviver?. 2000 (Palestra) .

4.
PURIN, S.. Palestra: O Curso de Ciências Biológicas da Universidade Regional de Blumenau. 2000 (Palestra) .

5.
PURIN, S.. Palestra: Biocontrole de insetos através de fungos. 1999 (Palestra) .

6.
PURIN, S.. Palestra: Ecologia dos bugios. 1998 (Palestra) .

7.
PURIN, S.. Palestra: Ecologia dos bugios.. 1998 (Palestra) .

8.
PURIN, S.. Palestra: Vida dos bugios e atividades do CEPESBI. 1998 (Palestra) .

9.
PURIN, S.. Palestra: Reintrodução de bugios. 1998 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ITAKO, A. T.; NIEMEYER, J.; GEBLER, L.; CRUZ, SONIA PURIN DA. Participação em banca de Letícia de Andrade Dias. Biobeds: Avaliação de húmus de minhoca e acícula de pinus como materiais alternativos à turfa no Biomix. 2018. Dissertação (Mestrado em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
KLAUBERG FILHO, O.; KURTZ, C.; PURIN, S.; MAFRA, A. L.; SANTOS, J.C.P.. Participação em banca de Ana Carolina Lovatel. Efeitos de fungicidas na atividade de fungos micorrízicos e na fauna edáfica em cultivo de cebola. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

3.
PURIN, S.; KLAUBERG FILHO, O.; MIQUELUTTI, D. J.. Participação em banca de Guiilherme Fernando Peixe. Efeito do biofertilizante formononetina na micorrização e aumento da produtividade do milho e soja em Santa Catarina. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
KLAUBERG FILHO, O.; PURIN, S.; MAFRA, A. L.. Participação em banca de Eduardo Henrique Felisberto. Eficiência simbiótica de inoculantes à base de fungos micorrízicos arbusculares na produção de mudas de cebola. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

5.
MAFRA, A. L.; PURIN, S; PURIN, S.; SANTOS, J.C.P.; GATIBONI, L. C.. Participação em banca de Anelize Nunes Neves. Uso de fungos micorrízicos arbusculares na produção de mudas de cebola (Allium cepa L.). 2012. Dissertação (Mestrado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

6.
SANTOS, J.C.P.; PURIN, S.; COELHO, C.M.M.; NASCIMENTO JUNIOR, A.. Participação em banca de Janaína Veronezi Alberton. Eficiência agronômica de isolados de rizóbios em genótipos de ervilhaca. 2011. Dissertação (Mestrado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Teses de doutorado
1.
SOARES, C. R. F. S.; LOVATO, P. E.; GIACHINI, A. J.; PURIN, S.. Participação em banca de Edenilson Meyer. Influência de diferentes genótipos de milho e manejo sobre a simbiose micorrízica arbuscular. 2018. Tese (Doutorado em Recursos Genéticos Vegetais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
KLAUBERG FILHO, O.; SOUSA, J. P. F. A.; MORAIS, P. M. V.; BARETTA, D.; SOUSA, C. R. F.; PURIN, S.. Participação em banca de Gessiane Ceola. Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares e aspectos funcionais em cenários contrastantes de uso do solo e de clima. 2015. Tese (Doutorado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

3.
SANTOS, J.C.P.; STURMER, S. L.; PURIN, S.; ALVES, M.V.; KLAUBERG FILHO, O.. Participação em banca de Diego Pasqualini. Fungos micorrízicos e solubilizadores de fosfato: alternativas no sistema de produção de inoculantes e processo de co-inoculação. 2013. Tese (Doutorado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
SANTOS, J.C.P.; CASTRO, R. L.; BOFF, P.; MAFRA, A. L.; PURIN, S.. Participação em banca de Maria Margareth Zamboni Pinotti. Efeito de biocontrole de isolados fúngicos de solo sobre Botrytis cinerea nas culturas de amora (Rubus fruticosus), framboesa (Rubis ideaus) e mirtilo (Vaccinium spp.).. 2011. Tese (Doutorado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
SOARES, C. R. F. S.; LOVATO, P. E.; PURIN, S.. Participação em banca de Bárbara Santos Ventura. Comunidade micorrízica de solos com plantas de cobertura de inverno em sistema de plantio direto de cebola. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Genéticos Vegetais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
KLAUBERG FILHO, O.; PURIN, S.; SOUSA, J. P. F. A.; CAMPOS, M. L.; OLIVEIRA FILHO, L. C. I.. Participação em banca de Gilvani Carla Mallmann. Estabelecimento de protocolos ecotoxicológicos para avaliação do efeito de substâncias químicas sobre os fungos micorrízicos arbusculares. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

3.
SANTOS, J.C.P.; COSTA, M. D.; SOUZA, C. A.; PURIN, S.; MAFRA, A. L.. Participação em banca de James Rodrigo Mariotto. Efeito da co-inoculação de rizobactérias promotoras de crescimento e FMAs em genótipos crioulos de arroz de sequeiro. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

4.
SANTOS, J.C.P.; STÜRMER, S.L.; PURIN, S; PURIN, S.; ALVES, M.V.. Participação em banca de Diego Pasqualini. Uso de tecnologias microbianas para recuperação de áreas de nascentes.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Qualificações de Mestrado
1.
LOVATO, P. E.; SOARES, C. R. F. S.; PURIN, S.. Participação em banca de Anna Flávia Neri de Almeida. Simbiose micorrízica em Gaylussacia brasiliensis em área de Restinga no Município de Florianópolis-SC. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Recursos Genéticos Vegetais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PURIN, S.; THEODORO, P. S.; LOVATEL, A. C.. Participação em banca de Ezequiel Kleinschmitt.Desenvolvimento e produtividade da cultura do milho (Zea mays) em resposta à inoculação de Azospirillum brasilense e ao uso de fertilizantes bioindutores. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
PURIN, S.; THEODORO, P. S.; LOVATEL, A. C.. Participação em banca de Maurício Rosa Magro.Resposta da cultura da soja a inoculação com bactérias promotoras de crescimento e pulverização de bioestimulante. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
PURIN, S.; FIOREZE, S. L.; GUERRA, N.. Participação em banca de Bruna Sorgatto do Amaral.Inoculação de sementes de milho com Azospirillum brasilense associada ao uso de bioindutores. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
BOTELHO, G. R.; STINGHEN, J. C.; PURIN, S.. Participação em banca de Julio César de Andrade Silveira.Atividade microbiana como parâmetro de qualidade de solo na região de Curitibanos - SC. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
PURIN, S.; FIOREZE, S. L.; KERSTING, C. E.. Participação em banca de Joatan Césare Andrades Clamer.Efeitos da coinoculação de três diferentes espécies bacterianas promotoras do crescimento de plantas na cultura do milho. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
SANTOS, G. V.; PURIN, S.; BASSO, K. C.; MAGRINI, F.. Participação em banca de Gilmario Vilela Santos.Avaliação do capim jiggs submetido à inoculação com Azospirillum brasilense e bioestimulante. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

7.
PURIN, S.; KERSTING, C. E.; FIOREZE, S. L.. Participação em banca de André Thiago Munhoz.Efeito de diferentes técnicas de inoculação sobre o crescimento, nodulação e produtividade da soja. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
PURIN, S.; COSTA, M. D.; KLAUBERG FILHO, O.. Participação em banca de Aline de Liz Ronsani.Inoculação da soja com Rhizophagus clarus produzido em sistemas de cultivo em vaso e in vitro. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

9.
BOTELHO, G. R.; SOUSA, C. R. F.; PURIN, S.. Participação em banca de Mariane da Rosa Leoncio.Isolamento e caracterização de rizobactérias do alho (Allium sativum) e promoção de crescimento no milho (Zea mays). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
LEITE, N. K.; TAVELA, A. O.; PURIN, S.. Participação em banca de Ronan Exterkoetter.Índice de qualidade da água subterrânea para uso rural (IQASUR). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
PURIN, S.; MORTON, J.B.. Membro da banca de avaliação de candidato à posição de professor titular da WV University, Estados Unidos. 2010. West Virginia University.

Concurso público
1.
CRUZ, SONIA PURIN DA; TAVELA, A. O.; CARVALHO, L. M.. Processo seletivo para contratação de professor da Carreira do Magistério Superior no campo de conhecimento de Imunologia/Microbiologia/Parasitologia/Ensino Tutorial/Habilidades Médicas/Fundamentos do SUS.. 2018. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
SANTOS, K. L.; CASTRO, P. M. O. P.; PURIN, S.. Processo seletivo para contratação de professor substituto de Genética e Melhoramento Vegetal. 2015. Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
WELTER, L. J.; DONAZZOLO, J.; PURIN, S.. Concurso para cargo de Professor Auxiliar na área de Genética/Genética Vegetal. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
PURIN, S.. Processo seletivo para contratação de professor na área de Microbiologia Ambiental/Ecologia Microbiana da UEL. 2013. Universidade Estadual de Londrina.

5.
PURIN, S.; BASSO, K. C.; GLIENKE, C. L.. Processo seletivo para contratação de professor na área de Ciências Agrárias/Zootecnia. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
PURIN, S.; BUDZIAK, D.; BORBA, B. G. M.. Processo seletivo para cargo de professor temporário na área de Ciências Tecnologia de Alimentos. 2012. Universidade Federal de Santa Catarina.

7.
PURIN, S.; VESCO, L. L. D.; CASTRO, P. M. O. P.; STEINER, N.. Processo seletivo para cargo de professor temporário na área de Reprodução Vegetal e Horticultura. 2012. Universidade Federal de Santa Catarina.

Outras participações
1.
CRUZ, SONIA PURIN DA. Comitê Técnico Científico da XII Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo. 2018. Universidade do Oeste de Santa Catarina.

2.
CRUZ, SONIA PURIN DA. Comitê Técnico-Científico do Congresso Florestal de Nova Prata. 2018. Universidade Federal de Santa Maria.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
A atuação do engenheiro florestal em serrarias e o tratamento fitossanitário da madeira para exportação.. 2018. (Oficina).

2.
Palestra PET Ciências Rurais: Saúde e Meio ambiente: riscos que devem ser conhecidos para haver reação. 2018. (Outra).

3.
XIX Reunião da Rede de Laboratórios para recomendação, padronização e difusão de tecnologias de inoculantes microbianos de interesse agrícola. 2018. (Outra).

4.
FERTBIO 2014. Relatora de Mesa Redonda: Diversidade e Taxonomia de Fungos Micorrízicos. 2014. (Congresso).

5.
FERTBIO 2014. Anastomose em FMAs e implicações para a biologia da associação. 2014. (Congresso).

6.
XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Minicurso sobre culturas in vitro de fungos micorrízicos arbusculares. 2013. (Congresso).

7.
IX Reunião Sul Brasileira de Ciência do Solo. 2012. (Congresso).

8.
International Congress on Mycorrhizas (ICOM 6). In situ analysis of anastomosis in all genera of Glomeromycotan fungi using a unique rhizohyphatron design.. 2009. (Congresso).

9.
29o Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 29o Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2003. (Congresso).

10.
Dia de divulgação da pesquisa em Agronomia. 2003. (Encontro).

11.
FERTBIO 2002. FERTBIO 2002. 2002. (Congresso).

12.
V Encontro de Jovens Cientistas. 2002. (Encontro).

13.
VII Encontro Nacional de Grupos PET. 2002. (Encontro).

14.
53ª Reunião Anual da SBPC. 53ª Reunião Anual da SBPC. 2001. (Congresso).

15.
Encontro Técnico-Científico sobre Florestas Fluviais do Rio Itajaí. 2001. (Encontro).

16.
I Encontro Sul Brasileiro de Primatologia. 2001. (Encontro).

17.
IV Encontro de Jovens Cientistas. 2001. (Encontro).

18.
IV Encontro Sul-Brasileiro de Grupos PET. 2001. (Encontro).

19.
IV SulPET - Encontro Sul-Brasileiro de Grupos PET. 2001. (Encontro).

20.
IV Universidade Aberta. 2001. (Encontro).

21.
VI Encontro Nacional dos Grupos PET. 2001. (Encontro).

22.
VII Seminário Integrado de Iniciação Científica.VII Seminário Integrado de Iniciação Científica. 2001. (Seminário).

23.
XXVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2001. (Congresso).

24.
XXV Semana da Biologia. 2001. (Encontro).

25.
52ª Reunião Anual da SBPC. 2000. (Congresso).

26.
5º Encontro Nacional de Grupos PET.5º Encontro Nacional de Grupos PET. 2000. (Encontro).

27.
I Feira Agroindustrial do Vale do Itajaí. 2000. (Oficina).

28.
II Fórum do Curso de Ciências Biológicas da FURB. 2000. (Seminário).

29.
III Universidade Aberta. 2000. (Encontro).

30.
II Seminário de Extensão Universitária da FURB. 2000. (Seminário).

31.
IV Simpósio Nacional de Recuperação de Áreas Degradadas. 2000. (Simpósio).

32.
PET na Praça. 2000. (Oficina).

33.
Semana da Água. 2000. (Encontro).

34.
Seminário sobre Recuperação de Matas Ciliares. 2000. (Seminário).

35.
XXIV Semana da Biologia. 2000. (Encontro).

36.
51a Reunião Anual da SBPC. 1999. (Congresso).

37.
II Universidade Aberta. 1999. (Encontro).

38.
V Seminário Integrado de Iniciação Científica.V Seminário Integrado de Iniciação Científica. 1999. (Seminário).

39.
XXIII Semana da Biologia. 1999. (Encontro).

40.
6a Reunião Especial da SBPC. 6a Reunião Especial da SBPC. 1998. (Congresso).

41.
I Universidade Aberta. 1998. (Encontro).

42.
IV Seminário Integrado de Iniciação Científica.IV Seminário Integrado de Iniciação Científica. 1998. (Seminário).

43.
XI Encontro Regional dos Estudantes de Biologia. 1998. (Encontro).

44.
XXII Semana da Biologia. 1998. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PURIN, S.. 1° salão de ensino, pesquisa e extensão da UFSC Curitibanos (SEPEX, SNCT e UFSC de portas abertas). 2016. (Exposição).

2.
PURIN, S.. Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2015. (Exposição).

3.
PURIN, S.. Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2014. (Exposição).

4.
PIVA, J. T. ; BOTELHO, G. R. ; ITAKO, A. T. ; TOLENTINO JUNIOR, J. B. ; PURIN, S. . 1 Semana Acadêmica de Agronomia - UFSC Curitibanos. 2013. (Congresso).

5.
BOTELHO, G. R. ; PURIN, S. . Curso de Atualização em Nematologia da Região Sul. 2013. (Outro).

6.
PURIN, S.. Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2013. (Congresso).

7.
BOTELHO, G. R. ; PURIN, S. ; SANTOS, J. M. . Autalização em Nematologia na Região Sul. 2013. (Outro).

8.
PURIN, S.. Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2013. (Exposição).

9.
PURIN, S.. FERTBIO 2004. 2004. (Congresso).

10.
PURIN, S.. Projeto Painel Itinerante ? Plantas Medicinais. 2002. (Exposição).

11.
PURIN, S.. Projeto Mesa Redonda. 2002. (Congresso).

12.
PURIN, S.. I Encontro Sul Brasileiro de Primatologia. 2001. (Congresso).

13.
PURIN, S.. IV Encontro Sul-Brasileiro de Grupos PET. 2001. (Congresso).

14.
PURIN, S.. Projeto Painel Itinerante - Fungos. 2001. (Exposição).

15.
PURIN, S.. Programa Universidade Aberta. 2001. (Exposição).

16.
PURIN, S.. Montagem de material didático para Ciências e/ou Biologia. 2001. (Concurso).

17.
PURIN, S.. Projeto Painel Itinerante Plantas Carnívoras. 2001. (Exposição).

18.
PURIN, S.. Projeto Visitação ao Curso de Ciências Biológicas - Grupo PET/Biologia. 2001. (Exposição).

19.
PURIN, S.. IV Simpósio Nacional de Recuperação de Áreas Degradadas. 2000. (Congresso).

20.
PURIN, S.. Projeto PET na praça. 2000. (Congresso).

21.
PURIN, S.. Curso ?Operações Fundamentais da Técnica Histológica. 2000. (Outro).

22.
PURIN, S.. Programa Universidade Aberta. 2000. (Exposição).

23.
PURIN, S.. Projeto Brasil 500 anos - Grupo PET/Biologia. 2000. (Exposição).

24.
PURIN, S.. Projeto Intervalo Científico - Grupo PET/Biologia. 2000. (Outro).

25.
PURIN, S.. Projeto Lixo - Assentamentos Humanos - Grupo PET/Biologia. 2000. (Outro).

26.
PURIN, S.. Projeto Painel Itinerante Oceano e suas interfaces - Grupo PET/Biologia. 2000. (Exposição).

27.
PURIN, S.. Projeto Hortas Escolares - Grupo PET/Biologia. 2000. (Exposição).

28.
PURIN, S.. Recuperação ambiental de uma área degradada por retirada de macadame - município de Doutor Pedrinho, SC.. 2000. (Outro).

29.
HIRANO, Z.M.B. ; MARQUES, S.W. ; SCHACHT, K. ; MACHADO, G.S. ; PURIN, S. . Mini-curso "Métodos de observação do comportamento de primatas". 1998. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Aline de Liz Ronsani. Ecotoxicologia de fungos micorrízicos arbusculares. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina. (Coorientador).

Tese de doutorado
1.
Gilvani Carla Mallmann. Estabelecimento de protocolos ecotoxicológicos para avaliação do efeito de substâncias químicas sobre os fungos micorrízicos arbusculares. Início: 2017. Tese (Doutorado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Vitor Berner Pereira. Aplicação do delineamento em Blocos Incompletos Balanceados para avaliação de inoculantes na produtividade do milho. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

2.
Ana Rosa da Silva França. Utilização de inoculantes e bioindutores na cultura da cenoura. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

3.
Yanka Rocha Kondo. Inoculação com Bacillus subtilis e Bacillus amyloliquefasciens em diferentes gerações de sementes de Pinus taeda. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

4.
Natalia Maria Martinazzo Angelo. Efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) no desenvolvimento de três espécies arbóreas nativas. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

5.
Maria Carolina Collodel Pinto Kohler. Uso de bioestimulante na cultura do alho. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

6.
José Filipe dos Santos Maciel. Desempenho da soja submetida a diferentes métodos de inoculação e coinoculação. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

7.
Rafael Fernandes dos Santos. Efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) no desenvolvimento de espécies florestais. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Heraldo Alex Kemer. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

2.
Matheus Valmor Nunes Salib. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

3.
Pietra Rafaella Perrone. Análise microbiológica de amostras de água na microrregião de Curitibanos, SC.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

4.
Nayara Andresa Rossi. Detecção de resistência a antibióticos em isolados de Salmonella. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

5.
Mateus Ganasini. Influência dos produtos Azototal e Fertility no crescimento de Cynodon dactylon. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

6.
Julio Cesar Ariati. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

7.
Amanda Sant Helena. Análise microbiológica de amostras de água na microrregião de Curitibanos, SC.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

8.
Amanda Barcelos Guzi. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

9.
Rafael França Pereira. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

10.
Julio Cesar Conte. Influência dos produtos Azototal e Fertility no crescimento de Cynodon dactylon. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

11.
Eduardo Andrade Schmidt. Influência dos produtos Azototal e Fertility no crescimento de Cynodon dactylon. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

12.
Sheron Horstman dos Santos. Detecção de resistência a antibióticos em isolados de Salmonella. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

13.
Daniel Rodrigues da Silva. Detecção de resistência a antibióticos em isolados de Salmonella. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

14.
Renan Adamcheski. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

15.
Débora Caline de Mello. Avaliação do potencial fungicida de extrato de gastrópode terrestre. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Gabrielle França Ribeiro. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

2.
José Filipe dos Santos Maciel. Orientação de estágio obrigatório na Empresa Total Biotecnologia. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

3.
Maurício Rosa Magro. Orientação de estágio obrigatório na Cooperativa Regional Agropecuária de Campos Novos. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

4.
Vinicius Leite. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Eduardo Henrique Felisberto. Produção de inoculantes micorrízicos e de mudas micorrizadas de qualidade em sistema de produção de cebola. 2012. Dissertação (Mestrado em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Sonia Purin da Cruz.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ezequiel Kleinschmitt. Desenvolvimento e produtividade da cultura do milho (Zea mays) em resposta à inoculação de Azospirillum brasilense e ao uso de fertilizantes bioindutores. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

2.
Maurício Rosa Magro. Resposta da cultura da soja a inoculação com bactérias promotoras de crescimento e pulverização de bioestimulante. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

3.
Gilmário Vilela Santos. Avaliação do capim jiggs submetido à inoculação com Azospirillum brasilense e bioestimulante. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

4.
Bruna Sorgatto do Amaral. Inoculação de sementes de milho com Azospirillum brasilense associada ao uso de bioindutores. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

5.
Joatan Césare Andrades Clamer. Efeitos da coinoculação de três diferentes espécies bacterianas promotoras do crescimento de plantas na cultura do milho. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

6.
Aline de Liz Ronsani. Inoculação da soja com Rhizophagus clarus produzido em sistemas de cultivo em vaso e in vitro.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

7.
André Thiago Munhoz. Crescimento e produtividade da soja em função de diferentes tecnologias de inoculação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

Iniciação científica
1.
Vinicius Leite. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

2.
Ana Rosa da Silva França. Produtividade do milho com a utilização de produtos bioindutores. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

3.
Gustavo Benincá Rodrigues. Resposta do crescimento da cultura do milho a inoculação com Lactobacillus sp., Saccharomyces sp. e Rhodopseudomonas sp.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

4.
Camila Köche Wibbelt. Desenvolvimento da soja (Glycine max) em função da coinoculação na semente, no sulco ou no estágio V3 da planta. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

5.
Janaína Godoy. Efeito da inoculação de mudas de Eucalyptus dunni com fungos micorrízicos. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

6.
Carla Cândida Cleto. Inoculantes micorrízicos para o setor agrícola e florestal Inoculantes micorrízicos para o setor agrícola e florestal: consolidando a pesquisa com fungos micorrízicos arbusculares em Santa Catarina. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

7.
Rafael Fernandes dos Santos. Efeito de bactérias promotoras de crescimento vegetal na produção de mudas de Pinus. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

8.
Carla Cândida Cleto. Conservação de germoplasma e aspectos funcionais de fungos micorrízicos arbusculares: estabelecimento de culturas in vitro. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

9.
Magaiver Gindri Pinheiro. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

10.
Gilmario Vilela Santos. Caracterização microbiológica da água na bacia do Rio Marombas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

11.
Aline de Liz Ronsani. Inoculantes micorrízicos para o setor agrícola e florestal Inoculantes micorrízicos para o setor agrícola e florestal: consolidando a pesquisa com fungos micorrízicos arbusculares em Santa Catarina. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

12.
Aline de Liz Ronsani. Nodulação e produtividade da soja em áreas de primeiro cultivo em resposta a diferentes técnicas e formulações de inoculantes microbianos. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

13.
Magaiver Gindri Pinheiro. Conservação de germoplasma e aspectos funcionais de fungos micorrízicos arbusculares. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

14.
Ederson Borges da Cruz. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

15.
Carla Cândida Cleto. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

Orientações de outra natureza
1.
Nayara Andresa Rossi. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2018. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

2.
Yanka Rocha Kondo. Monitoria da disciplina de Microbiologia. 2018. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

3.
Joatan Césare Andrades Clamer. Orientação de estágio obrigatório na Empresa Total Biotecnologia. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

4.
Aline de Liz Ronsani. Orientação de estágio obrigatório no Laboratório de Biotecnologia da EPAGRI. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

5.
André Thiago Munhoz. Orientação de estágio obrigatório na Cooperativa Agroindustrial Alfa. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

6.
Bruna Sorgatto do Amaral. Orientação de estágio obrigatório na EMBRAPA Recursos Genéticos e Biotecnologia. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

7.
Ezequiel Kleinschmitt. Orientação de estágio obrigatório na Cooperativa de Produção e Consumo Concórdia. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

8.
Gustavo Benincá Rodrigues. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

9.
João Vitor Berner Pereira. Uso de inoculantes microbianos na agricultura de Curitibanos. 2018. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

10.
Claudia Helena Bratti da Silva. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

11.
Nayara Andresa Rossi. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

12.
Claudia Helena Bratti. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2016. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

13.
Claudia Helena Bratti. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2015. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

14.
Guilherme Carvalho Serena. Monitoria na disciplina de Microbiologia Geral. 2014. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

15.
Mariane Rosa Leoncio. Monitoria na disciplina de Microbiologia Agrícola. 2014. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

16.
Tacinae Serighelli. Monitoria na disciplina de Microbiologia Geral. 2014. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

17.
Aline de Liz Ronsani. Desinfecção e germinação de esporos de fungos micorrízicos arbusculares para o estabelecimento de culturas in vitro.. 2012. Orientação de outra natureza. (Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.

18.
Aline de Liz Ronsani. Monitoria da disciplina de Microbiologia Geral. 2012. Orientação de outra natureza. (Ciências Rurais) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Sonia Purin da Cruz.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PIVA, J. T. ; BOTELHO, G. R. ; ITAKO, A. T. ; TOLENTINO JUNIOR, J. B. ; PURIN, S. . 1 Semana Acadêmica de Agronomia - UFSC Curitibanos. 2013. (Congresso).

2.
BOTELHO, G. R. ; PURIN, S. . Curso de Atualização em Nematologia da Região Sul. 2013. (Outro).



Outras informações relevantes


Membro da sociedade honorária ?Gamma Sigma Delta?, da West Virginia University ? Morgantown WV, Estados Unidos entre abril de 2009 e maio de 2011. 

Membro do comitê de segurança responsável pelo plano de resposta de emergência do prédio ?South Agriculture Sciences? da West Virginia University ? Morgantown WV, Estados Unidos. Participante desde 3 de dezembro de 2009 até maio de 2011.

Aprovação em concurso público para o cargo de professor de Microbiologia do Solo na Universidade do Estado de Santa Catarina, SC - 2011.

Aprovação em concurso público para o cargo de professor de Microbiologia na Universidade Estadual de Ponta Grossa, PR - 2011.

Aprovação em concurso público para o cargo de professor de Microbiologia na Universidade Federal de Santa Catarina, SC - 2012.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 21:38:33