Felipe José Comunello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4621177658252435
  • Última atualização do currículo em 23/08/2018


Doutor em Antropologia Social (2014) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi estagiário de doutorado no âmbito do Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior da CAPES durante o ano de 2012 na École Normale Superieure, em Paris, França. Mestre em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (2010) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Pós-Doutorado CAPES/FAPERGS (2014-2016) no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Professor do Departamento Interdisciplinar do Campus Litoral Norte da Universidade Federal do Rio Grande do Sul desde 2016. Pesquisa os seguintes temas: identidades regionais, turismo, mercados, consumo, fronteiras, movimentos sociais e agroecologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Felipe José Comunello
Nome em citações bibliográficas
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento Interdisciplinar do Câmpus Litoral Norte.
Rodovia RS 030 (Km 92) nº 11700, Gabinete 2
Distrito de Emboaba
95590000 - Tramandaí, RS - Brasil
Telefone: (51) 33081340
URL da Homepage: http://www.ufrgs.br/campuslitoral


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Antropologia Social.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
com período sanduíche em Ecole Normale Supérieure Paris (Orientador: Anne-Marie Thiesse).
Título: Em busca do frio: o turismo na região serrana de Santa Catarina, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Ruben George Oliven.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: serra catarinense; turismo; política; antropologia da economia; vinhos finos.
Grande área: Ciências Humanas
2008 - 2010
Mestrado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Título: Trabalhar com agroecologia: movimentos sociais e mercados no circuito de maçã agroecológica em São Joaquim/SC,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: John Wilkinson.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: agroecologia; circuitos; redes sociais; movimentos sociais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2002 - 2007
Graduação em Agronomia.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
1999 - 2001
Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Agropecuária.
Colegio Agricola de Camboriu, CAC, Brasil.


Pós-doutorado


2014 - 2016
Pós-Doutorado.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: Tutoria EAD, Carga horária: 20
Outras informações
Tutora à distância do curso de graduação tecnológica Gestão e Planejamento para o Desenvolvimento Rural - PLAGEDER/UFRGS. Aos tutores EAD cabe atuar como: a) Facilitadores do processo de ensino-aprendizagem; b) Comentar as participações e atividades realizadas pelos alunos; c) Auxiliar os estudantes na compreensão dos textos e discussões através dos fóruns, mensagens, chats; d) Acompanhar os prazos para o cumprimento das atividades da disciplina; e) Fornecer feedback constantemente à coordenação do curso; f) Participar dos encontros presenciais do curso.

Atividades

08/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Litoral Norte, .

05/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Litoral Norte, .

Cargo ou função
Coordenador Substituto COMGRAD/BICT.
03/2016 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias do Desenvolvimento
Desenvolvimento Rural
Introdução ao Pensamento Social
03/2010 - 03/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

05/2014 - 03/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento.

05/2014 - 03/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento.


Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Pesquisador


Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Bolsista iniciação científica, Enquadramento Funcional: Estudante de graduação, Carga horária: 20

Atividades

08/2006 - 12/2006
Extensão universitária , Centro Agroveterinário, .

Atividade de extensão realizada
Reeducação alimentar em escolas urbanas.
08/2004 - 08/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Agroveterinário, .

08/2004 - 08/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Agroveterinário, .

08/2004 - 08/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Agroveterinário, .

Cargo ou função
Representante discente no conselho universitário.

Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, FEAB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Coordenação Nacional, Enquadramento Funcional: direção executiva, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
A responsabilidade na direção das atividades da organização incluiu: a) articulação de organizações locais e regionais de estudantes de agronomia nos três estados do Sul e em São Paulo; b) o relacionamento com movimentos sociais de camponeses e agricultores familiares (MST, MAB, MPA, MMC, Fetraf); c) o relacionamento com dirigentes das universidades que mantém cursos de agronomia e com os dirigentes dos respectivos cursos; d) o relacionamento com a entidade profissional da área (CREA); e) o relacionamento com órgãos do Estado, no setor agrário (MDA, INCRA).


Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, EPAGRI, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

8/2007 - 10/2007
Estágios , Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola - CEPA, .

Estágio realizado
Estágio realizado junto a equipe do setor de sócio - economia..

Agropecuária Piazza, PIAZZA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2001 - 01/2002
Estágios .

Estágio realizado
Estágio em supervisão técnica.


Linhas de pesquisa


1.
Aspectos sócio-técnicos da extensão rural, do ensino e da pesquisa agropecuária
2.
Cultura e paisagem nos processos de desenvolvimento local
3.
Fronteira, integração regional e política externa
4.
Estudos Sociais das Instituições e Práticas Econômicas
5.
PATRIMÔNIO CULTURAL, ALIMENTAÇÃO E TURISMO
6.
Fronteira, integração regional e política externa

Objetivo: 1) Analisar a incidência da política externa do Brasil, particularmente dos aspectos concernentes à integração regional, sobre as dimensões econômica, política, social e cultural das fronteiras do país. 2) Analisar as estratégias levadas a termo por agentes fronteiriços em suas mutuas relações e com o estado. 3) Analisar a dinâmica de integração na fronteira de Brasil com Uruguai nas dimensões acima e focando paradiplomacia, identidade e representações..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
Palavras-chave: Relações Brasil Uruguai; Paradiplomacia, fronteira, cidades; Política externa comparada; Integração, Política e Fronteira.
7.
Estudos Sociais das Instituições e Práticas Econômicas

Objetivo: O estudo dos processos de construção social das instituições econômicas. A análise das práticas e instituições econômicas na perspectiva das Ciências Sociais: agentes e instituições econômicas, mercados; sistema financeiro, consumo. Revisão e análise crítica da teoria clássica e contemporânea em Sociologia Econômica, Antropologia Econômica e Economia Institucional..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.
Palavras-chave: consumo; antropologia econômica; atores econômicos; sociologia das finanças; sociologia econômica; mercados.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Agenciamentos, negociações e disputas no plano nacional de adaptação à mudança do clima
Descrição: A presente proposta apresenta como foco central de sua análise a formulação e implementação do Plano Nacional de Adaptação à Mudança Climática (PNA), considerado aqui como locus privilegiado de compreensão acerca da rede sociotécnica em torno das mudanças climáticas no cenário nacional, capaz de articular organizações não-governamentais, cientistas, militantes de movimentos sociais, empresários e órgãos de governos, além de laudos técnicos, pareceres, vídeos, modelagens numéricas e demais formas de inscrição de fatos. O interesse da análise concentra-se, especialmente, nos agenciamentos que são realizados em nome das mudanças climáticas, permitindo-se discutir quem fala e age, e o que se fala e como se age, quando a gramática das negociações e disputas se estrutura a partir das mudanças climáticas. Tomar o PNA como ponto de partida, possibilita que, assim, possa se discutir como as mudanças climáticas informam e são informadas por práticas de governança ? entendida em sentido amplo como a combinação de formulações de problema e a organização das respostas para estes problemas ? definindo o que pode ser real, e através de quais mecanismos este real está sujeito a alterações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Felipe José Comunello - Integrante / Lorena Cândido Fleury - Coordenador / Marcelo Kunrath Silva - Integrante / Jalcione Pereira de Almeida - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Dinâmicas da fronteira: consumo, fiscalidades, turismo e política cultural na fronteira Brasil/Uruguai
Descrição: Tendo como foco a região da fronteira entre Brasil e Uruguai, esse projeto tem como objetivo geral analisar os agentes e processos envolvidos na construção social da fronteira a partir de quatro ângulos: o desenvolvimento de circuitos complexos voltados para prática intensiva do consumo; as dinâmicas e tensões envolvendo diferentes concepções de turismo, produzidas a partir do crescimento do fluxo de pessoas e mercadorias; a conformação da relação Estado-contribuinte na vivência prática da regulação fiscal nas fronteiras; o papel da imaginação moral da ?fronteira? como um espaço comum, produzida através do ativismo político dos produtores culturais frente as dinâmicas de cooperação entre países..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Felipe José Comunello - Coordenador / Lúcia Muller - Integrante / Elaine Leite - Integrante / Vera Guimarães - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2014 - Atual
Normatizar em nome de qual desenvolvimento? A construção dos mecanismos de regulação nos novos mercados alimentares
Descrição: O foco deste projeto reside sobre a análise dos processos de normatização a partir das transformações recentes do sistema alimentar e, mais precisamente, de um conjunto específico de mercados alimentares emergentes (orgânicos, tradicionais e indicações geográficas).O objetivo geral da pesquisa consiste em analisar a construção social das normas e padrões que são institucionalizados como parâmetros socialmente legitimados para a construção de novos mercados alimentares (orgânicos, tradicionais e de indicação geográfica). A partir deste desdobram-se ainda os seguintes objetivos específicos: 1. Identificar as regras e padrões que têm sido incorporados como padrão institucional legítimo em diferentes mercados alimentares. 2. Identificar os fóruns onde têm sido negociadas as regras e padrões que definem a configuração de novos mercados alimentares. 3. Compreender o posicionamento de diferentes atores no interior desses fóruns e as justificativas que eles produzem com vistas a legitimar diferentes interesses, ideias e valores. 4. Analisar como as justificativas produzidas por esses atores associam-se a distintos referenciais de desenvolvimento; 5. Comparar em que medida as normas e padrões que se tornaram prevalecentes em cada mercado são sinérgicas e confluem para um referencial de desenvolvimento comum.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Felipe José Comunello - Coordenador / Paulo André Niederle - Integrante / Maycon Noremberg Schubert - Integrante / Guilherme Francisco Waterloo Radomsky - Integrante / Flávia Charão Marques - Integrante / Fabiana Thomé da Cruz - Integrante / Alessandra Matte - Integrante / Abel Perissinato Cassol - Integrante / Potira Viegas Preiss - Integrante / Arthur M. B. Gomes - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2016
Impacto da Agenda Binacional de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço sobre as relações fronteiriças entre Brasil e Uruguai
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo analisar a implementação da Agenda Binacional de Cooperação e Desenvolvimento e seus efeitos sobre a integração fronteiriça entre Brasil e Uruguai. A pesquisa aborda os efeitos da implementação da Agenda sobre a integração fronteiriça mediante a análise do comportamento de variáveis extraídas do conjunto de condições e mecanismos necessários ao sucesso da integração, identificados pela bibliografia especializada, conforme exposto acima. O estudo trata também da ação das unidades sub-nacionais, sua coordenação com as instituições de nível nacional e regional (organismos governamentais e do Mercosul) e sua articulação com os atores sociais locais para a implementação da Agenda Binacional de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço. A Agenda Binacional de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço entre Brasil e Uruguai tem os objetivos de desenvolver ações conjuntas em temas como comércio trans-fronteiriço, complementação produtiva, saúde, educação e formação profissional, cooperação policial e judicial, meio ambiente e saneamento, obras públicas e transporte, cooperação científica e acadêmica. A pesquisa analisa a ação das instituições na execução de planos de uma agenda que envolve dois estados membros de um bloco regional, em uma área de fronteira com problemas específicos e interesses comuns ou complementares, e conta com a participação de atores sociais em diversos níveis e com graus de organização e incidência diferentes. Esta é uma pesquisa interdisciplinar que envolve abordagens antropológicas, políticas e sociológicas que será realizada mediante o desenvolvimento de vários sub-projetos, focados em diferentes aspectos do tema. Enquadra-se a pesquisa nos marcos dos estudos sobre diversidades culturais, integração, percepções recíprocas e construção de identidades.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Felipe José Comunello - Coordenador / Maria Izabel Mallmann - Integrante / Teresa Cristina Schneider Marques - Integrante / Rafael Alvariza - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2009 - 2010
As políticas de Assistência Técnica e Extensão Rural no estado do Rio de Janeiro: uma análise das ações e resultados atingidos pelos progrmas PEATER e ATES (2004-2008)
Descrição: Nesta pesquisa serão analisados os resultados atingidos pelos programas federais de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no estado do Rio de Janeiro entre os anos de 2004 e 2008. O foco das investigações será dirigido às principais ações desencadeadas a partir do lançamento, em 2004, da Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (PEATER) e do programa de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (ATES), dirigidos, respectivamente, ao atendimento dos públicos da agricultura familiar e dos assentamentos de reforma agrária do meio rural fluminense . Nesta perspectiva, a pesquisa buscará confrontar os resultados efetivos alcançados por meio das ações empreendidas pelas principais instituições que prestam serviços de ATER no âmbito do PEATER e ATES, com as diretrizes, os objetivos e as metas traçadas em seus documentos base.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Paisagem, cultura e desenvolvimento local:estudos de caso no planalto sul catarinense
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Extensão rural: continuidades, rupturas e potencialidades
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2008 - 2009
Periódico: Revista Interfaces em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade - IDEAS


Revisor de periódico


2017 - 2017
Periódico: Horizontes Antropológicos (UFRGS. Impresso)
2016 - 2016
Periódico: Campos (UFPR)
2016 - 2016
Periódico: Civitas: Revista de Ciências Sociais


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2018COMUNELLO, FELIPE JOSÉ. O ativismo cultural e a imaginação da fronteira Brasil-Uruguai. CIVITAS: REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IMPRESSO), v. 18, p. 303-318, 2018.

2.
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2015COMUNELLO, Felipe José.. Da casa ao hotel: entre a hospitalidade e a economia do turismo. REVISTA IBEROAMERICANA DE TURISMO, v. 5, p. 124-138, 2015.

3.
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2014COMUNELLO, Felipe José.. Os movimentos sociais e a produção de maçã agroecológica em São Joaquim, Santa Catarina, Brasil. SÉCULO XXI - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, v. 4, p. 190-225, 2014.

4.
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2013COMUNELLO, Felipe José.. Produto orgânico de produção agroecológica: a sensibilidade jurídica dos produtores agroecológicos. Extensão Rural (Santa Maria), v. 20, p. 69-80, 2013.

5.
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2012 COMUNELLO, Felipe José.. Movimentos sociais, agroecologia e circuitos no capitalismo. Ruris (Campinas), v. 6, p. 45-72, 2012.

6.
COMUNELLO, Felipe José.;COMUNELLO, FELIPE JOSÉ2011 COMUNELLO, Felipe José.. Das paisagens nacionais ao clima-mundo da região: referências na construção de identidade regional na Serra Catarinense. Revista Iluminuras, v. 12, p. 99-120, 2011.

7.
DIAS, C. E. A.2008 DIAS, C. E. A. ; FERT NETO, J. ; COMUNELLO, Felipe José. ; SAVIAN, Moisés . Enfoques metodológicos participativos e agroecologia na política nacional de assistência técnica e extensão rural. REVISTA DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS (UDESC), v. 7, p. 48-53, 2008.

8.
MAFRA, M. S. H.2007 MAFRA, M. S. H. ; FLORIANI, G. S. ; COMUNELLO, Felipe José. ; Carolina Custódio Amorim ; GÜTTLER, Germano . DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÃO DE CULTIVARES CRIOULAS DE HORTALIÇAS NO PLANALTO CATARINENSE. Revista Brasileira de Agroecologia (Online), v. 2, p. 1761-1764, 2007.

Capítulos de livros publicados
1.
COMUNELLO, Felipe José.. O global, o nacional e o regional: apontamentos de um longo debate. In: Maria Izabel Mallmann; Teresa Cristina Schneider Marques. (Org.). Fronteiras e relações Brasil-Uruguai. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015, v. , p. 41-52.

2.
COMUNELLO, Felipe José.; FLEURY, L. C. . A Unidade de Produção Agrícola e sua relação com o entorno: breve análise das políticas agrícolas. In: Valter Lucio de Oliveira. (Org.). Elaboração e Avaliação de Projetos para a Agricultura. 1ed.Porto Alegre: UFRGS Editora, 2010, v. , p. 9-18.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
COMUNELLO, Felipe José.. Produção cultural e ativismo político na fronteira entre Brasil e Uruguai. In: 40º ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 2016, Caxambu. 40º ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 2016.

2.
COMUNELLO, Felipe José.. Entre o velho e o novo mundo dos vinhos: a cultura em circulação. In: XII Conlab Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2015, Lisboa. Anais Electrónicos do CONLAB 2015, 2015.

3.
COMUNELLO, Felipe José.. Turistas de mais, turistas de menos: a hospitalidade e a economia do turismo na região serrana de Santa Catarina. In: 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014, Natal. 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014.

4.
COMUNELLO, Felipe José.. Turismo e identidade na Serra Catarinense: ações de qualificação, limpeza e organização da cidade. In: Seminário Internacional 'Festas,Comemorações e Rememorações na Imigração' e XXI Simpósio de História da Imigração e Colonização, 2014, São Leopoldo - RS. Seminário Internacional "Festas,Comemorações e Rememorações na Imigração" e XXI Simpósio de História da Imigração e Colonização, 2014.

5.
COMUNELLO, Felipe José.. Serra Catarinense: a construção da região entre a natureza e os projetos de desenvolvimento. In: IX Reunião de Antropologia do Mercosul, 2011, Curitiba. IX Reunião de Antropologia do Mercosul, 2011.

6.
COMUNELLO, Felipe José.. Uma questão de palavras ? para pensar sensibilidades jurídicas. In: II CONFERÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO - CIRCUITO DE DEBATES ACADÊMICOS DAS CIÊNCIAS HUMANAS, 2011, Brasília - DF. Anais do I Circuito de Debates Acadêmicos, 2011.

7.
COMUNELLO, Felipe José.. A luta política na construção de mercados: movimentos de agroecologia e circuitos no capitalismo. In: III Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, 2011, Porto Alegre - RS. III Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, 2011.

8.
COMUNELLO, Felipe José.. Os movimentos nos mercados: a formação dos circuitos agroecológicos e orgânicos. In: V Encontro Nacional de Estudos do Consumo - V ENEC, 2010, Rio de Janeiro. V Encontro Nacional de Estudos do Consumo - V ENEC, 2010.

9.
COMUNELLO, Felipe José.. Trabalhar com agroecologia: experiências e potencialidades. In: V Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2010, Florianópolis. V Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2010.

10.
COMUNELLO, Felipe José.. Paisagens de uma região. In: II Colóquio Individualismo, Sociabilidade e Memória, 2010, Porto Alegre. II Colóquio Individualismo, Sociabilidade e Memória, 2010.

11.
COMUNELLO, Felipe José.. Movimentos nos mercados: a formação dos circuitos agroecológico e orgânico. In: V Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2010, Florianópolis. V Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2010.

12.
COMUNELLO, Felipe José.; SAVIAN, Moisés . Os avanços tecnológicos da pesquisa agropecuária e a produção de alimentos: apontamentos para uma discussão. In: XLVII Congresso da SOBER, 2009, Porto Alegre. Anais do XLVII Congresso da SOBER, 2009.

13.
FERREIRA ; COMUNELLO, Felipe José. . O avanço do agronegócio, a BR-163 e a economia brasileira. In: III Encontro da Rede de Estudos Rurais, 2008, Campina Grande. III Encontro da Rede de Estudos Rurais, 2008.

14.
COMUNELLO, Felipe José.; DIAS, C. E. A. ; SAVIAN, Moisés ; FERT NETO, J. . Extensão rural: continuidades, rupturas e potencialidades.. In: XV Seminário de Iniciação Científica da UDESC, 2005, Joinvile. Anais do XV Seminário de Iniciação Científica da UDESC, 2005.

15.
COMUNELLO, Felipe José.; DIAS, C. E. A. ; SAVIAN, Moisés ; FERT NETO, J. . e paisagem nos processos de desenvolvimento local: o caso da comunidade de luizinho.. In: XV Seminário de Iniciação Científica da UDESC, 2005, Joinvile. Anais do XV Seminário de Iniciação Científica da UDESC, 2005.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
COMUNELLO, Felipe José.; DIAS, C. E. A. ; FERT NETO, J. ; SAVIAN, Moisés . A agroecologia e o conhecimento nativo no contexto da modernidade reflexiva.. In: III Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2005, Florianópolis. Anais do III Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2005.

2.
SAVIAN, Moisés ; FERT NETO, J. ; COMUNELLO, Felipe José. ; DIAS, C. E. A. . Cultura e paisagem nos processos de desenvolvimento: um estudo sobre as comunidades do alto vale do rio Pelotas.. In: III Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2005, Florianópolis. Anais do III Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2005.

3.
COMUNELLO, Felipe José.; FLORIANI, G. S. ; GÜTTLER, Germano ; MAFRA, M. S. H. . Desenvolvimento de coleções de cultivares crioulas de hortaliças no Planalto Catarinense. In: Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2004, Porto Alegre. Anais do II Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
COMUNELLO, Felipe José.. Entre o Velho e o Novo Mundo dos vinhos: a cultura em circulação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
COMUNELLO, Felipe José.. O potencial turístico: transformações de significados e políticas de governo do turismo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
COMUNELLO, Felipe José.. Turistas de mais, turistas de menos: a hospitalidade e a economia do turismo na região serrana de Santa Catarina. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
COMUNELLO, Felipe José.. O turismo cultural e a cultura do turismo na Serra Catarinense. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
COMUNELLO, Felipe José.. A ALTITUDE COMO AMBIENTE: PESQUISADORES E TÉCNICOS NO MUNDO DOS VINHOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
COMUNELLO, Felipe José.. The 'wine of altitude' and the 'culture of fine wine' in Brazil: consumption and material culture. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
COMUNELLO, Felipe José.. Parecer para 53 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural.. 2015.

2.
COMUNELLO, Felipe José.. Parecer para 52 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural.. 2014.

3.
COMUNELLO, Felipe José.. Monitoria nos setores de Jardinagem/ Urbanização e Compostagem/Vermicompostagem. 2001.


Demais tipos de produção técnica
1.
COMUNELLO, Felipe José.. Antropologia e Relações Internacionais. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
COMUNELLO, Felipe José.. Disciplina de Economia Rural, 2º lugar. 2009. (Processo Seletivo para professor substituto n.º 02/2009 - UDESC.).

3.
COMUNELLO, Felipe José.. Sociologia Econômica e Análise Social dos Mercados. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
16° SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUCRS.16° SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUCRS. 2015. (Outra).

2.
Mostra de Iniciação Científica 2015 do Colégio Marista Assunção.Mostra de Iniciação Científica 2015 do Colégio Marista Assunção. 2015. (Outra).

3.
Seminário Interno de Avaliação Científica da PUCRS.Seminário Interno de Avaliação Científica da PUCRS. 2015. (Seminário).

4.
3º Encontro da Rede de Estudos Rurais.O avanço do agronegócio, a BR-163 e a economia brasileira. 2008. (Encontro).

5.
IV Encontro Nacional de Estudos do Consumo. 2008. (Encontro).

6.
11º Conselho Nacional de Entidades de Base da UNE. 2006. (Outra).

7.
49º Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia. 2006. (Congresso).

8.
III Seminário Catarinense de Uva e Vinho. 2006. (Seminário).

9.
XV Semana Acadêmica de Agronomia. 2006. (Encontro).

10.
31º Congresso da União Catarinense dos Estudantes. 2005. (Congresso).

11.
48º Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia. 2005. (Congresso).

12.
Curso de Formação de Formadores. 2005. (Outra).

13.
III Congresso Brasileiro de Agroecologia. A agroecologia e o conhecimento nativo no contexto da modernidade reflexiva. 2005. (Congresso).

14.
Seminário de Realidade Agrária e Saúde Pública. 2005. (Seminário).

15.
47º Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia. 2004. (Congresso).

16.
I Seminário de Capacitação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável. 2004. (Seminário).

17.
IV Seminário Sobre Ciências Básicas em Homeopatia. 2004. (Seminário).

18.
IX Encontro Regional dos Estudantes de Agronomia. 2004. (Encontro).

19.
Dia da divulgação da pesquisa em agronomia. 2003. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COMUNELLO, Felipe José.. II Seminário de Etnografias da Economia e da Política. 2016. (Outro).

2.
COMUNELLO, Felipe José.. I Seminário de Etnografias da Economia e da Política. 2014. (Outro).

3.
COMUNELLO, Felipe José.. Seminário de Formação Política. 2007. (Outro).

4.
COMUNELLO, Felipe José.. XIV Semana Acadêmica da Agronomia. 2005. (Outro).

5.
COMUNELLO, Felipe José.. I Encontro Regional dos Estudantes de Agronomia do Sul - I EREA SUL. 2005. (Outro).

6.
COMUNELLO, Felipe José.. Seminário Estadual Sobre Reforma Universitária. 2004. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
COMUNELLO, Felipe José.. Antropologia e Relações Internacionais. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Aprovado em Concurso Público para provimento do cargo de Professor Adjunto A para o Departamento Interdisciplinar, área de Desenvolvimento Regional na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Edital 5/2015.
Aprovado em Processo Seletivo para professor substituto n.º 02/2009 - Universidade do Estado de Santa Catarina para a disciplina de Economia Rural (março 2009).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 6:34:22