Cesar Augusto Marchioro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0011538181014807
  • Última atualização do currículo em 19/09/2018


Possui graduação em Biologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e Mestrado e Doutorado em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná. Tem experiência em ecologia e biologia de aranhas e insetos, atuando principalmente em temas relacionados à entomologia agrícola, tais como como biologia, ecologia, controle biológico e manejo integrado de pragas, e modelagem de nicho ecológico, incluindo estudos sobre o efeito das mudanças climáticas sobre a distribuição de espécies. Trabalhou com saneamento ambiental com enfoque na qualidade da água e no monitoramento de vetores e animais peçonhentos. Atualmente é professor Adjunto na Universidade Federal de Santa Catarina, onde ministra a disciplina "Zoologia Geral" para os cursos de graduação em Agronomia e Engenharia Florestal. Também ministra as disciplinas "Manejo e conservação de recursos agrícolas e naturais", "Doenças e pragas e sua interação com o ambiente" e "Ecologia de Ecossistemas" no programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais (PPGEAN). Além disso, participa dos grupos de pesquisa "Ecologia de Ecossistemas" e "Agricultura Conservacionista", vinculados à UFSC. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Cesar Augusto Marchioro
Nome em citações bibliográficas
MARCHIORO, C. A.;Marchioro, C.A.;MARCHIORO, C A;MARCHIORO, CESAR A.;MARCHIORO, CESAR AUGUSTO;MARCHIORO, CESAR A

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Curitibanos.
Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3
Fazenda Pessegueirinho
81531980 - Curitibanos, SC - Brasil - Caixa-postal: 101
Telefone: (49) 21220355
URL da Homepage: http://nemi.ufsc.br/


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Zoologia.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Lepidópteros pragas de hortaliças no sudeste do Paraná: Bioecologia, seletividade a inseticidas e controle biológico., Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Luis Amilton Foerster.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Insecta; Trichogramma; Inimigos naturais; Dinâmica populacional.
2005 - 2007
Mestrado em Zoologia.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Efeito de dietas artificiais sobre o desenvolvimentoe e reprodução de Pseudaletia sequax Franclemont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae) e do parasitóide de ovos Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae),Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Luis Amilton Foerster.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Insecta; Lagarta do trigo; Dieta artificial; Métodos de criação.
2000 - 2003
Graduação em Biologia.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Título: Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia Mello-Leitão, 1934, L. laeta (Nicolet, 1832) e L. gaucho Gertsch, 1964 (Aranae; Sicariidae) criadas sob condições de alimentação monoespecífica..
Orientador: Marte Luciane Fischer e Emanuel Marques da Silva.




Formação Complementar


2014 - 2014
Desenvolvimento de Disciplina em Ambiente Virtual. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2014 - 2014
Introdução ao Latex. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2013 - 2013
Processo Administrativo e Direito Sanitário. (Carga horária: 30h).
Prefeitura Municipal de Pinhais, PMP, Brasil.
2010 - 2010
Escrita de artigos cientificos. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Controle Biológico de Pragas e Plantas. (Carga horária: 20h).
Instituto Neotropical de Controle Biológico, INCB, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Workshop Internacional Produção e Comercialização. (Carga horária: 21h).
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Inventário de Entomofauna Em Áreas de Preservação. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2016 - Atual
Direção e administração, Campus Curitibanos, Centro de Ciências Rurais.

Cargo ou função
Subcoordenador de Programa de Pós-Graduação.
10/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Curitibanos, .

2013 - Atual
Ensino, Ciências Rurais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia geral
2013 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia geral
2013 - Atual
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia Geral

Prefeitura Municipal de Pinhais, PMP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Biólogo, Carga horária: 40
Outras informações
Chefe da Seção de Saneamento Ambiental


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2011
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estudante de pós-graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Ciências Biológicas, Departamento de Zoologia.

3/2004 - 3/2005
Estágios , Setor de Ciências Biológicas, Departamento de Zoologia.

Estágio realizado
Manutenção de insetos..

Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 12

Atividades

10/2002 - 11/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Laboratório de Zoologia.

3/2002 - 11/2002
Estágios , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Cetas Centro de Triagem de Animais Silvestres.

Estágio realizado
Biologia, comportamento e manutenção de animais silvestres.
7/2000 - 11/2000
Estágios , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Laboratório de Zoologia.

Estágio realizado
Sisitemática de Gastrópodos.

Instituto RPC, INSTITUTO RPC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4
Outras informações
Programa Ler e Pensar - Desenvolvimento de atividades pedagógicas relacionadas à Biologia e outros temas.



Linhas de pesquisa


1.
Biologia, ecologia e comportamento de Aranae

Objetivo: Realizar estudos sobre a biologia, ecologia e comportamento de espécies de aranhas de importância médica..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal.
2.
Métodos de criação de lepidópteros em laboratório.

Objetivo: Desenvolver métodos de criação de insetos de importância econômica em laboratório, com vistas em estudos relacionados ao seu controle..
Palavras-chave: Insecta; Biologia; Métodos de criação; Dieta artificial.
3.
Bioecologia de insetos de importância agrícola

Objetivo: Realizar estudos sobre a biologia e ecologia de espécies de importância agrícola com intuito de fornecer subsídios para o desenvolvimento de planos de manejo integrado..
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Biologia e Ecologia / Especialidade: Zoologia.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Entomologia Agrícola.
Palavras-chave: Insecta; Dinâmica populacional; Inimigos naturais; Ecologia; Zoologia.
4.
Bioecologia de insetos de importância agrícola
5.
Efeito de mudanças climáticas sobre a distribuição de espécies


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Impacto das mudanças climáticas sobre a distribuição de abelhas do gênero Melipona na América do Sul
Descrição: Historicamente se reconhece que ações humanas sobre o ambiente podem gerar alterações severas sobre ecossistemas. O aumento nos níveis de gases do efeito estufa na atmosfera é um exemplo emblemático de alteração ambiental diretamente relacionada a ações antrópicas. Esta situação tem ocasionado um aumento na temperatura global e mudanças nos regimes de precipitação em diferentes regiões do mundo, afetando de forma drástica o clima do planeta. Devido à estreita relação entre a distribuição de espécies e o clima, as mudanças climáticas observadas no presente e esperadas para o futuro podem resultar em alterações no padrão de distribuição de espécies. Este projeto propõe utilizar modelos de distribuição de espécies para compreender como as mudanças climáticas podem afetar a distribuição de espécies de abelhas nativas do gênero Melipona Illiger, 1806. As informações geradas com este projeto podem ser utilizadas em ações de conservação, considerando o importante serviço ecossistêmico proporcionado por estas espécies..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador / Valdeir Pereira Lima - Integrante.
2014 - Atual
Flutuação populacional de Grapholita molesta (Busk) em dois pomares de pera japonesa localizados no planalto catarinense.
Descrição: O Brasil tem uma importante participação na fruticultura mundial, uma atividade que vem crescendo continuamente nas últimas décadas, principalmente no que diz respeito à fruticultura de clima temperado. O estado de Santa Catarina é o segundo maior produtor de frutas de clima temperado do Brasil, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul. Grande parte da produção catarinense se concentra na região do Vale do Rio do Peixe, que engloba o município de Curitibanos e outras 19 cidades. Nesta região, culturas como o pêssego, maçã e pera tem grande importância do ponto de vista econômico e também como fonte de renda para pequenos produtores. Dentre estes fatores que contribuem para o aumento no custo de produção está a ocorrência de insetos-pragas, principalmente a mariposa oriental, Grapholita molesta, que ocasiona danos severos na região. O controle desta espécie é realizado principalmente com inseticidas químicos que nem sempre têm se mostrado eficientes e que podem causar uma série de problemas relacionados à poluição ambiental. Nesse contexto, o Manejo Integrado de Pragas (MIP) surge como uma importante ferramenta para controle de insetos pragas e redução na contaminação ambiental. Este projeto tem como objetivo efetuar um levantamento sazonal de G. molesta e suas respectivas interações com o ambiente e inimigos naturais em pomares de pera japonesa na região de Curitibanos ? SC. Com a execução do projeto, espera-se contribuir para o desenvolvimento de métodos de controle mais eficientes, tornando a produção de pera japonesa uma atividade mais rentável e sustentável..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador / Lucas Tiburski - Integrante / Kelly Francine Pereira Rodrigues - Integrante.
2014 - Atual
Uso de modelos de distribuição de espécies para o estudo da influência da mudança climática sobre a distribuição de insetos pragas
Descrição: Atualmente existe uma grande preocupação com a ameaça que a invasão biológica pode causar à biodiversidade, segurança alimentar e à saúde humana. A invasão biológica por insetos pragas agrícolas ou florestais tem se tornado cada vez mais comum, na medida em que o avanço tecnológico facilita o movimento de humanos e seus bens. Hoje existem vários exemplos de espécies que se tornaram importantes pragas agrícolas após a expansão da sua distribuição geográfica, ocasionando perdas econômicas significativas. Além da introdução de espécies exóticas, atividades antrópicas tem ocasionado modificações drásticas no ambiente em diferentes níveis, incluindo o aumento na concentração de gases do efeito estufa na atmosfera como consequência do desenvolvimento industrial e da queima de combustíveis fósseis. Este incremento na emissão de gases do efeito estufa tem ocasionado alterações na temperatura e no regime de pluviosidade global, resultando em modificações drásticas no clima do planeta. Tendo em vista a relação estreita entre o clima e a distribuição de espécies, estas rápidas mudanças climáticas observadas nos últimos anos e esperadas para o futuro podem resultar em alterações no padrão de distribuição de espécies. Neste contexto, este projeto tem como objetivo prever as áreas adequadas para ocorrência de importantes espécies pragas agrícolas e florestais, bem como prever os efeitos que as mudanças climáticas podem ocasionar sobre distribuição destas espécies através do uso de modelos de distribuição de espécies..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Desenvolvimento e validação de modelos fenológicos para insetos pragas
Descrição: A temperatura é considerada o principal fator ambiental que influencia o desenvolvimento, sobrevivência, reprodução e, consequentemente, a dinâmica populacional de insetos. Nesse contexto, diversos modelos foram desenvolvidos com o objetivo de descrever adequadamente a relação entre temperatura e os parâmetros biológicos que afetam diretamente o crescimento populacional de insetos. O desenvolvimento de modelos fenológicos é particularmente útil no caso de espécies de interesse agrícola, pois podem ser utilizados para a predição de eventos importantes do ciclo de vida de insetos (i.e. tempo de desenvolvimento, emergência de adultos, potencial reprodutivo, etc.), facilitando a adoção de medidas de controle. Adicionalmente, estes modelos podem servir como uma importante ferramenta analítica para compreender como as mudanças no clima podem afetar a dinâmica populacional de insetos. Desta forma, este projeto tem por objetivo desenvolver e validar modelos fenológicos para previsão da ocorrência de insetos pragas de diferentes culturas na região subtropical do Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador / Luís Amilton Foerster - Integrante / Flavia da Silva Krechemer - Integrante / Carla Pedroso de Moraes - Integrante.
2012 - Atual
Uso de parasitoides de ovos do gênero Trichogramma como agentes de controle biológico
Descrição: Microhimenópteros do gênero Trichogramma estão entre os parasitoides de ovos mais comumente utilizados no controle biológico de diversas espécies de pragas agrícolas pertencentes à ordem Lepidoptera. Sabe-se que estes parasitoides podem ser bem sucedidos no controle populacional de insetos pragas, mas para isso é necessário uma série de estudos visando à seleção da espécie ou linhagem mais adequada. Assim, o projeto tem como objetivo avaliar os fatores que influenciam o parasitismo por diferentes espécies de Trichogramma, a fim de selecionar as mais adequadas para serem utilizadas no controle biológico de pragas agrícolas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - Atual
Lepidópteros pragas de hortaliças no sudeste do Paraná: bioecologia, exigências térmicas e controle biológico.
Descrição: O cultivo de hortaliças no Brasil tem aumentado significativamente em diversas regiões, em decorrência tanto da atividade de pequenos produtores como do crescimento na produção de orgânicos. Dentre os fatores que podem afetar a produção de hortaliças, destaca-se a incidência de insetos pragas, que podem ocasionar perdas de até 90% dependendo da cultura. Nesse contexto, é importante a realização de estudos que proporcionem um maior conhecimento sobre a dinâmica populacional de insetos pragas, bem como de seus inimigos naturais. O projeto tem como objetivo principal levantar informações sobre as principais espécies de insetos pragas de hortaliças através do estudo da biologia e dos fatores bióticos e abióticos que influenciam a dinâmica populacional em campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Efeito de dietas artificiais sobre o desenvolvimento e reprodução de Pseudaletia sequax Franclemont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae) e do parasitóide de ovos Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae).
Descrição: Uma das primeiras e mais importantes etapas para a elaboração de um programa de manejo integrado de pragas é o desenvolvimento de métodos de criação das espécies alvo do controle. A criação em laboratório é essencial, pois possibilita a realização de estudos sobre a biologia, fisiologia, comportamento e a relação entre a praga e seu inimigo natural. A criação de insetos em laboratório é facilitada pela utilização de dietas artificiais, que permitem a manutenção das colônias de maneira contínua, com uniformidade nutricional e reduzem o risco de contaminação com entomopatógenos naturalmente encontrados na dieta natural. A espécie Pseudaletia sequax, conhecida popularmente como lagarta-do-trigo, alimenta-se de uma grande variedade de culturas economicamente importantes cultivadas no sul e sudeste do Brasil. O projeto tem como objetivo desenvolver uma dieta artificial que supra as exigências nutricionais de P. sequax e proporcione um desempenho comparável ao alimento natural..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador.
2002 - 2003
Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia Mello-Leitão, 1934, L. laeta (Nicolet, 1832) e L. gaucho Gertsch, 1964 (Aranae; Sicariidae) criadas sob condições de alimentação monoespecífica.
Descrição: O projeto fez parte do Grupo de Pesquisa Biologia Ambiental CNPq/PUCPR, Linha de pesquisa Ecoetologia. Foi desenvolvido com o intuito de avaliar a influência da alimentação monoespecífica no desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia, L. laeta e L. gaucho. Contou com a Colaboração do Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (CPPI)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Integrante / Marta Luciane Fischer - Coordenador / Emanuel Marques da Silva - Integrante.Financiador(es): Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 4


Projetos de extensão


2017 - Atual
Aprendendo com os animais: a zoologia como instrumento para promover a educação ambiental
Descrição: É amplamente reconhecido o papel do ensino na formação da cidadania e de indivíduos críticos capazes de entender e se posicionar sobre questões atuais de interesse da sociedade. Dessa forma, é necessário que o conhecimento escolar ofereça meios para que os alunos possam refletir e atuar como agentes participativos da sociedade que estão inseridos. A conservação ambiental é uma das questões atuais de interesse público, cujo entendimento está relacionado ao ensino das ciências naturais nas escolas. Nesse contexto, o presente projeto propõe utilizar animais pertencentes à coleção de Zoologia e visitas à trilha ecológica da Universidade Federal de Santa Catarina, Campus de Curitibanos, como uma ferramenta para relacionar o conteúdo ensinado nas aulas com os desafios presentes no cotidiano e gerar questionamentos acerca da importância dos animais para os ecossistemas, a saúde humana e a produção de alimentos. Busca-se levar os alunos das escolas públicas participantes do projeto a uma reflexão crítica e abrangente a respeito da importância dos animais e da biodiversidade no seu dia-a-dia. Espera-se que este projeto contribua para a aproximação entre Universidade e escola e para conscientização dos alunos da rede municipal sobre a importância da biodiversidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador / Flavia da Silva Krechemer - Integrante / Ivonete Verônica Almeida - Integrante / Ana Paula Kroll - Integrante / Yanka Rocha Kondo - Integrante / Jaqueline da Silva - Integrante.
2015 - Atual
Ilustração científica: ampliando horizontes entre arte e ciência
Descrição: Este projeto tem como objetivo utilizar a ilustração científica como meio unificador de ciência, cultura e arte, a fim de conscientizar e comunicar a comunidade acadêmica e a população em geral sobre a importância de algumas espécies da fauna e flora locais sobre o ponto de visto social, ambiental e econômico visando um planejamento de uso sustentável futuro. Para cumprir este objetivo o projeto será dividido em quatro etapas, conforme descrito a seguir. Primeiramente será realizada a escolha das espécies que serão ilustradas, obedecendo aos seguintes critérios: importância econômica, médica, ambiental ou medicinal. A escolha das espécies se baseará em revisões bibliográficas e consultas a pesquisadores com expertise no reconhecimento da flora e fauna locais. Após a escolha da espécie, será realizada a segunda etapa, que consiste na seleção da técnica de ilustração a ser utilizada. A técnica será selecionada levando-se em consideração os objetivos da ilustração, ou seja, as características que se deseja destacar do organismo ilustrado. A terceira etapa compreenderá uma revisão bibliográfica e consulta à comunidade, a fim de agregar informações científicas e de conhecimento popular sobre as espécies ilustradas. A quarta e derradeira etapa consistirá na divulgação da ilustração à comunidade. Esta etapa ocorrerá de duas formas: (1) através da exposição mensal das ilustrações juntamente com as informações científicas e de conhecimento popular nas dependências da UFSC - campus Curitibanos, e (2) por meio de uma cartilha didática em meio digital contendo todas as ilustrações e as respectivas informações científicas e populares. Esta cartilha será disponibilizada a escolas da região de Curitibanos para ser utilizada como material de apoio em aulas de ciências e artes..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal de Santa Catarina - Bolsa.
2014 - Atual
Educação ambiental na prática: biodiversidade, sociedade e sustentabilidade
Descrição: O objetivo geral deste trabalho é sensibilizar e conscientizar os alunos do ensino fundamental e demais participantes sobre a importância da biodiversidade que nos cerca para a teia da vida e funcionamento dos ecossistemas, e como o homem está inserido neste contexto, como parte integrante deste ciclo e como agente transformador. Para atingir os objetivos propostos, a metodologia do presente projeto será pautada na troca de conhecimento e no estímulo à reflexão e à ação. Entre as estratégias, usaremos a Pedagogia dos 3Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar), inserida no contexto social da escola e dos alunos e aliada a um debate crítico. Atividades lúdicas e artísticas permearão todas as etapas deste projeto, incentivando a criatividade na reutilização de materiais, na livre manifestação das ideias e no respeito à diversidade de opiniões. Serão trabalhados conceitos básicos da Ecologia, como fluxo de energia e matéria nos ecossistemas, e o papel dos organismos vivos nestes processos. Para tanto, atividades envolvendo a descoberta da diversidade de formas e funções dos organismos na natureza envolverão a visita a uma trilha de interpretação ambiental, visita a espaços verdes urbanos, montagem de armadilhas para captura, observação e discussão dos organismos encontrados, tanto em ambiente natural quando em ambiente urbano. De forma prática, a participação dos seres vivos nos fluxos de energia e matéria será observada a partir da elaboração dos minhocários para a ciclagem do material orgânico, oriundo da cozinha da escola ou de casa, e o posterior uso do húmus para a produção de plantas (preferencialmente hortaliças, mas poderão ser ornamentais, conforme o interesse que a classe demonstrar). A prática educativa da separação de lixo e reciclagem será abordada não como atividade-fim, mas sim como um tema-gerador para o questionamento das causas e consequências da questão do lixo, levando em conta seu significado político-ideológico. Aliado a isto, será discutido o tema da poluição e sua influência sobre organismos e ciclos, partindo-se de reportagens ou fatos locais..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Cesar Augusto Marchioro - Coordenador / Julia Carina Niemeyer - Integrante.


Revisor de periódico


2012 - 2012
Periódico: Journal of Pest Science
2014 - 2015
Periódico: JOURNAL OF PEST SCIENCE
2018 - Atual
Periódico: PLoS One
2011 - 2011
Periódico: ECOLOGICAL ENTOMOLOGY
2016 - Atual
Periódico: BIOLOGICAL CONTROL
2012 - 2012
Periódico: PHYSIOLOGICAL ENTOMOLOGY
2011 - 2011
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE ENTOMOLOGIA
2017 - Atual
Periódico: BIOTEMAS (UFSC)
2018 - 2018
Periódico: INTERNATIONAL JOURNAL OF PEST MANAGEMENT


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Biologia e Ecologia/Especialidade: Controle Biológico de Insetos.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Métodos de criação de insetos.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Entomologia Agrícola.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Zoologia Aplicada/Especialidade: Ecologia e Biologia de Aranae.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Modelagem de nicho.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
Destaque de Iniciação Científica - Orientador, Universidade Federal de Santa Catarina.
2016
Primeiro lugar na categoria trabalho geral, Instituto Biológico - XIV CICAM.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:12
Total de citações:64
Fator H:4
Marchioro, Cesar A  Data: 04/05/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:16
Total de citações:72
Marchioro, C.A.  Data: 22/12/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MARCHIORO, CESAR A2018MARCHIORO, CESAR A; KRECHEMER, FLAVIA S . Potential global distribution of Diabrotica species and the risks for agricultural production. PEST MANAGEMENT SCIENCE, v. 1, p. 1-10, 2018.

2.
DE SANTO, FERNANDA BENEDET2018DE SANTO, FERNANDA BENEDET ; RAMOS, GUILHERME ALVES ; RICARDO FILHO, ALTAIR MAÇANEIRO ; MARCHIORO, CESAR AUGUSTO ; NIEMEYER, JÚLIA CARINA . Screening effects of metsulfuron-methyl to collembolans and earthworms: the role of adjuvant addition on ecotoxicity. Environmental Science and Pollution Research, v. 1, p. 1-7, 2018.

3.
Marchioro, C.A.2016Marchioro, C.A.; Krechemer, F.S. ; MORAES, C.P. ; FOERSTER, L.A. . A stochastic model for predicting the stage emergence of  Plutella xylostella under field conditions. Annals of Applied Biology, v. in pre, p. n/a-n/a, 2016.

4.
MARCHIORO, CESAR AUGUSTO2016MARCHIORO, CESAR AUGUSTO; FOERSTER, LUÍS AMILTON . Biotic factors are more important than abiotic factors in regulating the abundance of Plutella xylostella L., in Southern Brazil. Revista Brasileira de Entomologia (Impresso), v. 60, p. 328-333, 2016.

5.
MARCHIORO, C. A.2016MARCHIORO, C. A.. Global Potential Distribution of Bactrocera carambolae and the Risks for Fruit Production in Brazil. Plos One, v. 11, p. e0166142-16, 2016.

6.
MARCHIORO, CESAR A2016MARCHIORO, CESAR A; KRECHEMER, FLAVIA S ; FOERSTER, LUIS A . Estimating the development rate of the tomato leaf miner, Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae), using linear and non-linear models. PEST MANAGEMENT SCIENCE, v. 73, p. 1486-1493, 2016.

7.
MARCHIORO, C A2015MARCHIORO, C A; KRECHEMER, F S ; DE MORAES, C P ; FOERSTER, L A . Reliability of Degree-Day Models to Predict the Development Time of Plutella xylostella (L.) under Field Conditions. Neotropical Entomology (Impresso), v. 44, p. 574-579, 2015.

8.
MARCHIORO, C A2015MARCHIORO, C A; KRECHEMER, F S ; FOERSTER, L A . Assessing the Total Mortality Caused by Two Species of Trichogramma on Its Natural Host Plutella xylostella (L.) at Different Temperatures. Neotropical Entomology (Impresso), v. 44, p. 270-277, 2015.

9.
MARCHIORO, C. A.2014MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, . Preference-Performance Linkage in the Diamondback Moth, , and Implications for Its Management. Journal of Insect Science (Online), v. 14, p. 1-14, 2014.

10.
FOERSTER, M R2014FOERSTER, M R ; MARCHIORO, C A ; FOERSTER, L A . Temperature-Dependent Parasitism, Survival, and Longevity of Five Species of Trichogramma Westwood (Hymenoptera: Trichogrammatidae) Associated with Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae). Neotropical Entomology (Impresso), v. 43, p. 176-182, 2014.

11.
FOERSTER, MARION R.2014FOERSTER, MARION R. ; MARCHIORO, CESAR A. ; Foerster, Luís A. . How Trichogramma survives during soybean offseason in Southern Brazil and the implications for its success as a biocontrol agent. BioControl (Dordrecht), v. 60, p. 1-11, 2014.

12.
MARCHIORO, C. A.2013MARCHIORO, C. A.; Foerster, Luís A. . Effects of adult-derived carbohydrates and amino acids on reproduction of Plutella xylostella. Physiological Entomology (Print), v. 38, p. 13-19, 2013.

13.
MARCHIORO, C. A.;Marchioro, C.A.;MARCHIORO, C A;MARCHIORO, CESAR A.;MARCHIORO, CESAR AUGUSTO;MARCHIORO, CESAR A2012MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, L.A. . Importance of carbohydrate sources to the reproductive output of the wheat armyworm Pseudaletia sequax. Agricultural and Forest Entomology (Print), v. 14, p. 29-35, 2012.

14.
MARCHIORO, C. A.2012MARCHIORO, C. A.; Foerster, L. A. . Performance of the Wheat Armyworm, Pseudaletia sequax Franclemont, on Natural and Artificial Diets. Neotropical Entomology (Impresso), v. 41, p. 288-195, 2012.

15.
Marchioro, C.A.2012Marchioro, C.A.; FOERSTER, L.A. . Modelling reproduction of Plutella xylostella L. (Lepidoptera: Plutellidae): climate change may modify pest incidence levels. Bulletin of Entomological Research, v. 102, p. 489-496, 2012.

16.
MARCHIORO, C. A.;Marchioro, C.A.;MARCHIORO, C A;MARCHIORO, CESAR A.;MARCHIORO, CESAR AUGUSTO;MARCHIORO, CESAR A2011MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, L.A. . Development and survival of the diamondback moth, Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Yponomeutidae) as a function of temperature: effect on the number of generations in tropical and subtropical regions. Neotropical Entomology (Impresso), v. 40, p. 533-541, 2011.

17.
MARCHIORO, C. A.;Marchioro, C.A.;MARCHIORO, C A;MARCHIORO, CESAR A.;MARCHIORO, CESAR AUGUSTO;MARCHIORO, CESAR A2005MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia Mello-Leitão, 1934 L. laeta (Nicolet,1832) e L. gaucho Gertsch, 1964 (Araneae; Sicariidae) criadas sob condições de alimentação monoespecífica (prelo).. Biotemas (UFSC), Florianópolis, v. 18, n.1, p. 93-112, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
JACQUES, J. ; MARCHIORO, C A . Incidência e distribuição espacial dos acidentes ocasionados por aranhas entre 2007 w 2015 em Santa Catarina, Brasil. In: XXXII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2018, Foz do Iguaçu. Anais do XXXII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2018.

2.
DE SANTO, FERNANDA BENEDET ; RAMOS, G. A. ; RICARDO FILHO, A. M. ; MARCHIORO, C. A. ; NIEMEYER, J. C. . Ensaios de varredura com herbicida à base de Metsulfuron-methyl: influência da adição de adjuvante na ecotixicidade de colêmbolos e minhocas. In: I Simpósio Gaúcho de Toxicologia e Saúde Ambiental, 2018, Rio Grande. I Simpósio Gaúcho de Toxicologia e Saúde Ambiental, 2018.

3.
MARCHIORO, C. A.; LIMA, V. P. ; SALES, C. R. . Climate change can affect the interaction between Melipona quadrifasciata quadrifasciata and Euterpe edulis. In: XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018, Gramado/RS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018.

4.
MARCHIORO, C. A.; KRECHEMER, F. S. . Climate change impacts on the distribution of Bombus (Fervidobombus) brevivillus (Franklin, 1913). In: XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018, Gramado/RS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018.

5.
KRECHEMER, F. S. ; MARCHIORO, C A . Distribuição de Bombus (Fervidobombus) transversalis (Hymenoptera: Apidae) em função das mudanças climáticas. In: XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018, Gramado/RS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018.

6.
SANTOS, H. T. ; MORAES, C. P. ; MARCHIORO, C A . Seleção modelos não lineares para descrever a taxa de desenvolvimento de Neoleucinodes elegantalis (Guenée, 1854) em diferentes temperaturas. In: XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018, Gramado/RS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2018.

7.
LIMA, V. P. ; MARCHIORO, C. A. . Predicting the impacts of climate change on Melipona subnitida Ducke, 1910 (Hymenoptera, apidae). In: XIII Congresso de Ecologia e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017, Viçosa. XIII Congresso de Ecologia e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017.

8.
LIMA, V. P. ; MARCHIORO, C A . Niche analysis and distribution patterns of Melipona scutellaris Latreille, 1811 using ecological niche modelling. In: XIII Congresso de Ecologia do Brasil e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017, Viçosa. XIII Congresso de Ecologia e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017.

9.
JACQUES, J. ; MARCHIORO, C A . Estimating the development rate of Mythimna sequax (Franclemont) (Lepidoptera: Noctuidae) using non-linear models. In: XIII Congresso de Ecologia e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017, Viçosa. XIII Congresso de Ecologia e III International Symposium of Ecology and Evolution, 2017.

10.
JACQUES, J. ; MACHADO, E. S. ; KOLLING, B. ; SILVA, J. A. ; AGUIAR, M. H. S. ; GAIDZINSKI, B. ; RIBEIRO, S. P. N. ; MARCHIORO, C. A. . Influência da temperatura sobre o desenvolvimento e o peso pupal de Mythimna sequax (Franclemont, 1951) (Lepidoptera: Noctuidae). In: XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016, São Paulo. Anais do XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016.

11.
MACHADO, E. S. ; JACQUES, J. ; KOLLING, B. ; SILVA, J. A. ; AGUIAR, M. H. S. ; GAIDZINSKI, B. ; RIBEIRO, S. P. N. ; MARCHIORO, C. A. . Sobrevivência dos estágios imaturos de Mythimna sequax (Franclemont, 1951) (Lepidoptera: Noctuidae), criada em diferentes temperaturas. In: XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016, São Paulo. Anais do XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016.

12.
KOLLING, B. ; TIBURSKI, L. ; RODRIGUES, K. F. P. ; AZEVEDO, C. ; CALOMENO, F. ; MARCHIORO, C. A. . Flutuação populacional da mariposa oriental, Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: Tortricidae) em pomares comerciais de pera asiática na mesorregião serrana de Santa Catarina.. In: XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016, São Paulo. Anais do XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológica e Ambiental, 2016.

13.
JACQUES, J. ; MARQUES, A. L. A. ; VISENTIN, R. P. ; MARCHIORO, C. A. . Epidemiologia e sazonalidade dos acidentes ocasionados por aranhas entre 2007 e 2013 no município de Curitibanos, Santa Catarina.. In: XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológicas e Ambiental, 2016, São Paulo. Anais do XIV Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológicas e Ambiental., 2016.

14.
KRECHEMER, F. S. ; MARCHIORO, C. A. ; FOERSTER, L A . Parasitoides de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae) registrados em cultivos orgânicos no município de São José dos Pinhais, Paran´s. In: XIV Simpósio de Controle Biológico, 2015, Teresópolis, RJ. Anais do Simpósio de Controle Biológico, 2015.

15.
MARCHIORO, C. A.; KRECHEMER, F. S. ; FOERSTER, L A . O papel de parasitoides larvais na regulação populacional de Plutella xylostella (L. no sudeste do Paraná. In: XIV Simpósio de Controle Biológico, 2015, Teresópolis, RJ. Anais do Simpósio de Controle Biológico, 2015.

16.
MARCHIORO, C A; KRECHEMER, F. S. . Uso de modelos de distribuição de espécies para identificar regiões climaticamente adequadas para a introdução de Rhyssa persuasoria (L.), um importante inimigo natural da vespa-da-madeira. In: XIV Simpósio de Controle Biológico, 2015, Teresópolis, RJ. Anais do Simpósio de Controle Biológico, 2015.

17.
MARCHIORO, C A; FOERSTER, L A . Preferência alimentar e desempenho larval de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) em brássicas cultivadas e silvestres. In: XXV Congresso Brasileiro de Entomologia, 2014, Goiânia. XXV Congresso Brasileiro de Entomologia, 2014.

18.
MARCHIORO, C A; KRECHEMER, F. S. ; FOERSTER, L A . Variações nas exigências térmicas de Plutella xylostella (Lepidoptera: Plutellidae) em relação a um gradiente de latitude. In: XXV Congresso Brasileiro de Entomologia, 2014, Goiânia. XXV Congresso Brasileiro de Entomologia, 2014.

19.
MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, L.A. . Influência de dietas com diferentes fontes e concentrações de carboidratos sobre a reprodução de Pseudaletia sequax (Lepidoptera: Noctuidae). In: XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2008, Curitiba. XXVII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2008.

20.
RODRIGUES, Lais Soares ; MARCHIORO, C. A. ; FOERSTER, L.A. . Biologia de Trichoplusia ni (hübner, 1802) (Lepidoptera: Noctuidae) em dieta artificial. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

21.
Krechemer, F.S. ; MARCHIORO, C. A. ; FOERSTER, L.A. . Estocagem de Trichogramma atopovirilia e Trichogramma pretiosum (hymenoptera; trichogrammatidae) em ovos de Pseudaletia sequax (Lepidoptera: Noctuidae) sob baixa temperatura: parasitismo e emergência. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

22.
Krechemer, F.S. ; MARCHIORO, C. A. ; FOERSTER, L.A. . Parasitismo e emergência de Trichogramma atopovirilia (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em ovos de Pseudaletia sequax (Lepidoptera: Noctuidae) estocados em baixa temperatura. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

23.
MARCHIORO, C. A.; Krechemer, F.S. ; FOERSTER, L.A. . Desenvolvimento, reprodução e exigências térmicas de Plutella xylostella (l.) (Lepidoptera: Yponomeutidae) em diferentes temperaturas. In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

24.
MARCHIORO, C. A.; Krechemer, F.S. ; FOERSTER, L.A. . Parasitismo de ovos de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Yponomeutidae) por três linhagens de Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera: Trichogrammatidae). In: XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008, Uberlândia. XXII Congresso Brasileiro de Entomologia, 2008.

25.
MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, L.A. . Desenvolvimento de Pseudaletia sequax Franclemont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae) criada em dieta artificial.. In: XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006, Londrina - Paraná. Anais do XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006.

26.
MARCHIORO, C. A.; FOERSTER, L.A. . Influência da dieta artificial fornecida em diferentes ínstares larvais sobre o desenvolvimento e reprodução de P. sequax Franclemont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae). In: XXI Congresso Brasileiro de Entomologia, 2006, Recife - Pernambuco. XXI Congresso Brasileiro de Entomologia, 2006.

27.
MARCHIORO, C. A.. Proposta de protocolo de alimentação na criação de aranhas do gênero Loxosceles Heinecken e Lowe, 1832 em laboratório. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília, 2004.

28.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia Mello-Leitão, 1934 criadas sob alimentação monoespecífica.. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília. XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004.

29.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles gaucho Gertsch, 1964 (ARANAE; SICARIIDAE)criadas sob condições alimentares monoespecíficas.. In: V mostra de Pesquisa da PUCPR - CNPq, 2003, Curitiba. V mostra de Pesquisa da PUCPR - CNPq, 2003.

30.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Análise da morfologia do 1º e 2º ínstares de Loxosceles laeta (Nicolet, 1832), L. gaucho Gerstch, 1967, L. intermedia Mello-Leitão, 1934 e L. hirsuta Mello-Leitão , 1934.. In: IV Encontro de Aracnólogos Cone Sul, 2003, São Pedro/SP. IV Encontro Aracólogos Cone Sul, 2003.

31.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles laeta (Nicolet, 1832) (Aranae; Sicariidae) criadas sob condições alimentares monoespecíficas. In: IV encontro de aracnólogos do cone sul, 2003, São Pedro - São Paulo. IV Encontro Aracnólogos Cone Sul, 2003.

32.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Análise preliminar dos caracteres morfológicos diferenciais de filhotes de Loxosceles laeta (Nicoletm 1832), L. gaucho Gertsch, 1963 e L. intermedia Mello-Leitão, 1934.. In: 4º BIOCEC - Ciclo de Estudos Científicos de Biologia, 2003, Curitiba - Paraná. 4º BIOCEC - Ciclo de Estudos Científicos de Biologia - PUCPR, 2003.

33.
MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane ; MARQUES-DA-SILVA, Emanuel Marques . Dados preliminares do desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles laeta (Nicolet, 1832), L. gaucho Gertsch, 1964 e L. intermedia Mello-Leitão, 1934 criadas sob condições alimentares monoespecíficas.. In: I Mostra Científica de Biologia - PUCPR, 2002, Curitiba, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
MARCHIORO, C. A.. Lepidópteros-praga de hortaliças no sudeste do Paraná e seus inimigos naturais: bioecologia, exigências térmicas e controle biológico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MARCHIORO, C. A.. Dinâmica Populacional de Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera: Yponomeutidae) e seus inimigos naturais em cultivos de brássicas no sudeste do Paraná: bioecologia, exigências térmicas e controle biológico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MARCHIORO, C. A.. Introdução ao Controle Biológico de insetos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MARCHIORO, C. A.. O papel do Controle Biológico na conservação da Natureza. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MARCHIORO, C. A.. Controle Biológico. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
MARCHIORO, C. A.. Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles intermedia Mello-Leitão, 1934 L. laeta (Nicolet, 1832) e L. gaucho Gertsch, 1964 (Araneae; Sicariidae) criadas sob condições de alimentação monoespecífica.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MARCHIORO, C. A.; Cañete, C.L. ; Ricetti, J. . Relatório de Impacto Ambientao da ampliação da mina de calcário - Ribeirão Grande - São Paulo. 2008.

Trabalhos técnicos
1.
MARCHIORO, C. A.. Parecer ad hoc sobre artigo submetido à Revista Brasileira de Entomologia. 2011.

2.
MARCHIORO, C. A.. Parecer ad hoc sobre artigo submetido ao jornal Ecological Entomology. 2011.

3.
MARCHIORO, C. A.. Parecer ad hoc sobre artigo submetido à Revista Colombiana de Entomologia. 2011.


Demais tipos de produção técnica
1.
FOERSTER, L.A. ; Rosado-Neto, G. ; Lazzari, S.N. ; MARCHIORO, C. A. . Chave para as principais Ordens, Superfamílias, Famílias e SUbfamílias de Insecta. 2009. (Cartas, mapas ou similares/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Marchioro, C.A.; Richardi, V.S.; Foerster, L. A.. Participação em banca de Aline Mary Borba. Desenvolvimento e preferência alimentar de Spodoptera cosmioides (Walker) e Spodoptera eridania (Cramer) (Lepidoptera: Noctuidae) em feijão e língua-de-vaca.. 2018. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Paraná.

2.
NIEMEYER, J. C.; MEYER, A. L. S.; MARCHIORO, C A. Participação em banca de Valdeir Pereira Lima. Current and future distribution of stingless bees in Brazil: identifying potential threats to species conservation. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
MARCHIORO, C A; POLTRONIERI, A. S.; SANTOS, B.. Participação em banca de Tamara Akemi Takahashi. Seletividade de inseticidas a Trichogramma atopovirilia e Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em ovos de dois hospedeiros naturais). 2016. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Paraná.

4.
MARCHIORO, C. A.; DOETZER, A. K.; Foerster, L. A.. Participação em banca de Bruna Magda Favetti. Biologia de Spodoptera eridania (Cramer) (Lepidoptera: Noctuidae) em diferentes cultivares de soja e culturas de entressafra: uso de dados biológicos para o manejo da espécie. 2013. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
Marchioro, C.A.; ZACHRISSON, B.; BARBOSA, L. R.; POLTRONIERI, A. S.. Participação em banca de Magda Fernanda Paixão. Viabilidade de ovos de Mythimna sequax (Franclemont, 1951) (Lepidoptera: Noctuidae) e Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Erebidae) estocados em nitrogênio líquido ao parasitismo por espécies de Trichogramma Westwood (Hymenoptera: Trichogrammatidae. 2016. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BOSCO, L. C.; MARCHIORO, C A; TOLENTINO JUNIOR, J. B.. Participação em banca de Melina Inês Bonatto.Temepraturas basais em diferentes fases de desenvolvimento do alho. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
MARCHIORO, C. A.; Dubiaski-Silva, J.. Participação em banca de Thalita Bastida Vieira.Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles laeta (Nicolet, 1832) e Loxosceles intermedia (Mello-Leitão, 1934): influência da quantidade de alimento. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

3.
Krechemer, F.S.; MARCHIORO, C. A.; FISCHER, Marta Luciane; Dubiaski-Silva, J.. Participação em banca de Flávia da Silva Krechemer.Desenvolvimento pós-embrionário de Pholcus phalangioides (Fuesslin, 1775) (Aranae; Pholcidae) com dieta monoespecífica e poliespecífica.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MARCHIORO, CESAR A; ITAKO, A. T.; WENDT, J. G. N.. Processo seletivo para professor substituto da área/subárea de Agronomia/Fitossanidade. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

Outras participações
1.
MARCHIORO, CESAR A.; CATEN, A. T.; FIRMINO JUNIOR, P. C. P.. Processo Seletivo Simplificado para professor visitante da área de iências Agrárias, Subárea Agronomia. 2018. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
MARCHIORO, C. A.. Expressão de transportadores de membrana e de proteínas de choque térmico (HSP 70) e sua relação com o grau de eurihalinidade em equinodermos. 2010. Universidade Federal do Paraná.

3.
MARCHIORO, C. A.. Dinâmica populacional das hidromedusas Liriope tetraphylla (Trachymedusa) e Blackfordia virginica (Leptothecata) na Baía da Babitonga ? litoral norte do Estado de Santa Catarina, Brasil. 2010. Universidade Federal do Paraná.

4.
MARCHIORO, C. A.. Programa de Iniciação Científica da Universidade Federal do Paraná. 2009. Universidade Federal do Paraná.

5.
MARCHIORO, C. A.. I Semana do Mestrando - Zoologia/UFPR. 2009. Universidade Federal do Paraná.

6.
MARCHIORO, C. A.. VI Simpósio do Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação. 2009. Universidade Federal do Paraná.

7.
MARCHIORO, C. A.. Ecologia alimentar de três felídeos simpátricos (Leopardus pardalis, Leopardus tigrinus, Puma yaguaroundi)na região da Escarpa Devoniana, Paraná, Brasil. 2008. Universidade Federal do Paraná.

8.
MARCHIORO, C. A.. Hábito alimentar de Stellifer rastrifer e Stellifer brasilensis nos períodos noturno e diurno, emquatro áreas da plataforma sul do Estado do Paraná e norte do Estado de Santa Catarina. 2008.

9.
MARCHIORO, C. A.. Pridução e uso de Trichogramma spp no controle da mariposa do álamo, Condylorriza vestigialis (Guenée, 1854) (Lepidoptera: Crambidae). 2008. Universidade Federal do Paraná.

10.
MARCHIORO, C. A.. Semana do Mestrando - Zoologia/UFPR. 2007. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
14º Siconbiol. 2015. (Simpósio).

2.
XXV Congresso Brasileiro de Entomologia. 2014. (Congresso).

3.
II Encontro Nacional de Vigilância das Zoonoses. 2013. (Encontro).

4.
XVIII Semana acadêmica de estudos em biologia.Controle Biológico de Pragas. 2006. (Simpósio).

5.
XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia. Desemvolvimento de Pseudaletia sequax Franclmont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae) criada em dieta artificial.. 2006. (Congresso).

6.
Controle Biológico de Pragas e Plantas. 2005. (Outra).

7.
XXV Congresso Brasileiro de Zoologia. Congresso Brasileiro de Zoologia. 2004. (Congresso).

8.
IV encontro de aracnólogos do cone sul.IV Encontro de aracnólogos do Conesul. 2003. (Encontro).

9.
Quarto Ciclo de Estudos Científicos de Biologia.4º Ciclo de estudos de Biologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. 2003. (Outra).

10.
V Mostra Científica de Pesquisa da PUCPR.Desenvolvimento pós-embrionário de Loxosceles gaucho Gertsch, 1964 (Aranae; Sicariidae) sob condições de alimentação monoespecíficas.. 2003. (Seminário).

11.
Primeira Mostra Científica de Biologia da PUCPR. 2002. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARCHIORO, C. A.; BUENO, M. S. . XX Semana do Doutorando. 2008. (Outro).

2.
AVANCI, M. R. F. ; MARCHIORO, C. A. ; Wanto, M.M. ; Luz, M.A. ; Silva-Júnior, R.J. . Controle biológico de pragas e plantas.. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Fabio Sampaio. Efeito da temperatura sobre o desenvolvimento de Spodoptera eridania: modelos fenológicos e votinismo no Sul do Brasil. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

2.
Maria Virginia David Muchanga Davissone. Influência das espécies arbóreas sobre a fauna edáfica e sobre a qualidade do solo em sistemas agroflorestais. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Coorientador).

3.
Fernanda Benedet de Santos. Ecotoxicidade dos herbicidas Ally e Provence para a fauna do solo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Hevellyn Talissa dos Santos. Uso de modelos não lineares para estimativa da taxa de desenvolvimento e do efeito das mudanças climáticas sobre o voltinismo de Neoleucinodes elegantalis (Guenée) no sul do Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Valdeir Pereira Lima. Current and future distribution of stingless bees in Brazil: identifying potential threats to species conservation. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Lucas Tiburski. Flutuação populacional de Grapholita molesta (Busk) em dois pomares de pera japonesa localizados no planalto catarinense. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

2.
Monique Ane da Luz. Adequação de dieta artificial visando a criação da lagarta-do-trigo Pseudaletia sequax Franclemont, 1951 (Lepidoptera: Noctuidae).. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biologia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

Iniciação científica
1.
Jullia Jacques. Uso de modelos lineares e não lineares para estimativa do número de gerações anuais de Mythimna sequax Franclemont (Lepidoptera: Noctuidae) no sul do Brasil em diferentes cenários de mudanças climáticas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

2.
Jullia Jacques. Efeito da temperatura sobre o desenvolvimento e sobrevivência de Mythimna sequax (Franclemont) (Lepidoptera: Noctuidae) e uso de modelos lineares e não lineares para estimativa da taxa de desenvolvimento. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

3.
Lucas Tiburski. Flutuação populacional de lepidópteros pragas e seus inimigos naturais em pomares de pêssego e ameixa na mesorregião serrana de Santa Catarina. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

Orientações de outra natureza
1.
Cinara Ramos Sales. Influência das mudanças climáticas sobre a interação planta-polinizador. 2017. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

2.
Maria Helena Silva Aguiar. Organização da Coleção Entomológica da UFSC, Campus de Curitibanos. 2016. Orientação de outra natureza. (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

3.
Maiara de Liz Granemann. Ilustração científica: ampliando horizontes entre arte e ciência. 2015. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.

4.
Jullia Jacques. Organização da coleção entomológica da UFSC campus de Curitibanos. 2015. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Cesar Augusto Marchioro.



Outras informações relevantes


Aprovação em Concursos Públicos:
EMBRAPA - 10º Lugar para provimento da vaga de Analista Classe B - Entomologia - Publicado no D.O.U. de 07/02/2010 - Seção 3, páginas 04 a 25.
Prefeitura de São José dos Pinhais - 5º Lugar para provimento da vaga de Biólogo - Publicado no Jornal Correio Paranaense de 29/06/2012, edição n.º 2264.
Prefeitura Municipal de Pinhais - 1º Lugar para provimento da vaga de Biólogo - Publicado no Jornal Agora Paraná de 31/05/2012, edição n.º 2109. 
Prefeitura Municipal de Araucária - 9º Lugar para provimento da vaga de Biólogo - Publicado no Diário Oficial de Araucária de 28/06/2012, n.º 2270/2012.
Universidade Federal de Santa Catarina - 1º Lugar para provimento da vaga de Professor Efetivo da Carreira do Magistério Superior - Publicado no D.O.U de 04/10/2013.

Representação Discente:
2008-2009 - Representante discente (titular) junto ao programa de pós-graduação em Zoologia da UFPR.
2009-2010 - Representante discente (titular) junto às Plenárias do Departamento de Zoologia.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 16:10:37