Raquel Oliveira Santos Teixeira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8114535454027481
  • Última atualização do currículo em 02/10/2018


Doutora pelo programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFMG (2014), possui Mestrado em Sociologia (2008) e graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005). Em 2015, realizou estágio pós-doutoral na Universidade Federal do Espírito Santo (PGCS-UFES). Atualmente é professora adjunta do departamento de sociologia (UFMG) e pesquisadora do Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais da UFMG (GESTA-UFMG). Atua com ênfase em Meio Ambiente e Sociedade, campo em que tem experiência de ensino, pesquisa e extensão abordando os seguintes temas: conflitos socioambientais, licenciamento ambiental, justiça ambiental, comunidades tradicionais, territorialidades, risco e sofrimento social. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Raquel Oliveira Santos Teixeira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.
Avenida Antônio Carlos, 6627
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34096301
URL da Homepage: www.fafich.ufmg.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Sociologia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: "A gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar": a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte - MG, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Andréa Luisa Zhouri Laschefski.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: conflito; Risco; sofrimento social.
Grande área: Ciências Humanas
2006 - 2008
Mestrado em Sociologia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Dividir em Comum: práticas costumeiras de transmissão do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Andréa Luisa Moukhaiber Zhouri.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2001 - 2006
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: Conflitos Socioambientais no Licenciamento da Usina Hidrelétrica de Murta: a luta pelo sentido e o destino do território no Médio Jequitinhonha.
Orientador: Andréa Luisa Moukhaiber Zhouri.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo, FAPES/ES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.


Formação Complementar


2010 - 2010
Formação em Docência do Ensino Superior. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2009 - 2009
O Trabalho do Antropólogo em Situações de Perícia. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Educação do Campo, Agricultura Familiar e Des. Sus. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista de Estágio Pós-Doutoral PROFIX, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFES, desenvolvendo o projeto de pesquisa "Efeitos da Nova Extrativa sobre as Dinâmicas Territoriais: o caso do projeto Manabi" com apoio da FAPES via fomento à pesquisa (Processo FAPES 68853823/2014)

Atividades

01/2015 - 12/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciencias Humanas e Naturais, Programa de Pós- Graduação em Ciências Sociais.

01/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia, Desenvolvimento e Conflitos

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora do Departamento de Sociologia da UFMG

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Colaboração ao projeto Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais (registro SIEX UFMG 401618)

Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Bolsista CAPES, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Projeto de Extensão (registro 400168 SIEX UFMG) Cidadania e Justiça Ambiental: conflitos ambientais na perspectiva dos movimentos sociais

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador
Outras informações
Colaboração ao projeto Mapa Social dos Conflitos Ambientais em Minas Gerais (registro SIEX UFMG 400169)

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista Mestrado, Enquadramento Funcional: Bolsista FAPEMIG, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desenvolvimento do projeto de pesquisa proposto para o Mestrado em Sociologia

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Bolsista Mestrado, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Desenvolvimento do projeto de pesquisa proposto para o mestrado em Sociologia

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica do Projeto: "O Licenciamento Ambiental na Perspectiva das Ciências Sociais: as hidrelétricas de Aiuruoca, Capim Branco, Irapé e Murta em Minas Gerais" Agência de Fomento: CNPq Modalidade da Bolsa: Quota Pesquisador Coordenação: Profa. Andréa Zhouri

Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica do Projeto: "O Licenciamento Ambiental na Perspectiva das Ciências Sociais: as hidrelétricas de Aiuruoca, Capim Branco e Irapé em Minas Gerais" Agência de Fomento: FAPEMIG Modalidade da Bolsa: Quota Projeto

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Bolsista de Extensão, Enquadramento Funcional: Bolsista PROEX, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsa de Extensão Universitária pelo projeto "Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental" Agência de Fomento: Pró-Reitoria de Extensão PROEX/UFMG

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos de Coleta e Análise de Dados Qualitativos
08/2018 - Atual
Ensino, Sociologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas em Trabalho de Campo
08/2018 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia III
06/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

01/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.

08/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, GESTA-UFMG.

03/2016 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Observatório dos Conflitos Ambientais: tecnologias sociais e justiça ambiental.
02/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia e Antropologia.

02/2002 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Participação nos projeto de extensão realizados pelo GESTA-UFMG: assessoria a comunidades atingidas por projetos de desenvolvimento.
03/2018 - 07/2018
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia III
03/2018 - 07/2018
Ensino, Ciências Socioambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Rural
08/2017 - 12/2017
Ensino, Ciências Socioambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Análise Sociológica
08/2017 - 12/2017
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia III
03/2017 - 07/2017
Ensino, Abi - Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia III
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências Socioambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sobre Riscos e Desastres: contribuições teóricas a partir das Ciências Sociais
08/2016 - 12/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meio Ambiente, Desenvolvimento e Conflitos
08/2016 - 12/2016
Ensino, Ciências Socioambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Análise Sociológica
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia II
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Socioambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Meio Ambiente, Desenvolvimento e Conflitos
03/2013 - 12/2013
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Monitoria para as disciplinas Antropologia do Conflito, Seminários e Ecologia Política e Justiça Ambiental ofertadas ao curso de Ciências Socioambientais, Ciências Sociais e Antropologia.
03/2012 - 07/2012
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Iniciação à Docência - Monitoria para a Disciplina Antropologia do Conflito.
08/2011 - 12/2011
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Iniciação à Docência - Monitoria para a disciplina Ecologia Política.
03/2011 - 07/2011
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Iniciação à Docência - Monitoria para a disciplina Cultura e Ambiente.
08/2010 - 12/2010
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Monitoria para a disciplina Fundamentos da Análise Sociológica ofertada ao curso de Ciências Socioambientais.
03/2010 - 07/2010
Ensino, Ciclo Introdutório às Ciências Humanas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Modernidade e Mudança Social
Abordagens Temáticas em Sociologia - Globalização: cultura e política da diferença
03/2010 - 07/2010
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

Atividade realizada
Monitoria para a disciplina Cultura e Ambiente ofertada aos cursos de Antropologia e Ciências Socioambientais.
03/2009 - 12/2009
Ensino, Ciclo Introdutório às Ciências Humanas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Análise Sociológica
Modernidade e Mudança Social
09/2008 - 12/2008
Ensino, Ciclo Introdutório às Ciências Humanas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Análise Sociológica
Introdução à Sociologia


Linhas de pesquisa


1.
Atuação na linha de pesquisa Ambiente e Sociedade no âmbito das projetos de pesquisa e extensão desenvolvidos pelo GESTA (Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais) da UFMG.

Objetivo: 1) Análise das articulações sociedade-natureza no que tange às diversas mediações culturais e políticas através das quais tais articulações são estabelecidas, incluindo os diferentes e desiguais modos de percepção, experiência e uso do espaço e suas condições ecológicas. 2) Exame das relações de poder implicadas nas relações dos diversos grupos sociais e suas respectivas condições de acesso, uso e controle sobre os "recursos naturais". 2) Desenvolvimento de pesquisas etnográficas junto às chamadas "Comunidades Tradicionais" enfocando especialmente as formas de reprodução cultural e social desses grupos e sua relação com a natureza e o território. Registro e análise dos sentidos e formas de uso engendradas por esses grupos em contextos locais conectados às redes mais amplas de poder..
Palavras-chave: comunidades rurais; Territorialidade; Ambientalismo; conflito; etnografia.
2.
Projeto: O desastre e a gestão da crise - Auxílio PRPq/UFMG - Recém-Doutor
3.
Projeto: O Desastre e a Política das Afetações
4.
Projeto: Mineração - desastre sociotécnico e a gestão da crise - Apoio CNPq (Chamada Universal)
5.
Culturas, Identidades e Territórios Sociais


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Mineração: desastre sociotécnico e a gestão da crise
Descrição: A expansão de grandes projetos de desenvolvimento no estado de Minas Gerais tem sido responsável pela abertura de novas fronteiras minerárias. Tal contexto é complexificado pela tendência de fragmentação e agilização dos processos de licenciamento ambiental, resultando na ampliação dos conflitos e na proliferação de ameaças e desastres. Este é o caso da bacia do Rio Doce, onde no dia 05 de novembro de 2015, ocorreu o rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, estrutura de propriedade da empresa Samarco Mineração S.A., cujo capital é controlado paritariamente pelas corporações Vale S.A e BHP Billiton Brasil Ltda. Foram liberados cerca de 60 milhões de metros cúbicos de resíduos minerários carreados até o Rio Doce, causando diretamente a morte de 19 pessoas, a destruição de centenas de moradias, o comprometimento das atividades produtivas de diversas comunidades ribeirinhas, extensa mortandade de peixes com suspensão da pesca até a foz, além de significativos danos à qualidade da água na bacia, fonte de abastecimento de milhares de habitantes. Após o rompimento, iniciativas institucionais diversas foram dirigidas aos atingidos com vistas à identificação, mitigação dos danos e resolução de eminentes conflitos. Sob a ótica da sociologia dos desastres e de uma etnografia dos encontros entre as vítimas e as instituições dedicadas ao tratamento do evento e suas consequências, esta proposta procura investigar este cenário de crise social e ambiental. O objetivo geral do projeto é a análise das interações entre as vítimas e as instituições envolvidas no tratamento do desastre e suas consequências. Centrando-se nos municípios mais próximos ao local do evento, a saber, Mariana e Barra Longa, o propósito é investigar o domínio dos espaços e encaminhamentos institucionais que lhe são dirigidos, incluindo as formas pelas quais os atingidos se engajam, respondem e interpelam tais iniciativas criadas sob o registro da resolução de conflitos e da conciliação entre partes litigantes. Entre as questões a serem investigadas figuram: como se estruturam e como operam as respostas institucionais ao desastre de Mariana? Quais suas implicações para as formas de ação política organizadas pelos grupos atingidos?.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Raquel Oliveira Santos Teixeira - Coordenador / Marcos Cristiano Zucarelli - Integrante / Max Vasconcelos Magalhães - Integrante / Maryellen Milena de Lima - Integrante / Lunia Costa Dias - Integrante / Flávia Amboss Merçon Leonardo - Integrante / Thomas Mota Coelho Nascimento - Integrante / Andréa Luisa Zhouri Laschefski - Integrante / Klemens Laschefski - Integrante / Julia Bellini - Integrante / Ilklyn Barbosa da Silva - Integrante / Jessica Lorrany - Integrante / Rafael Martins Lopo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Pró-reitoria de pesquisa da UFMG - Auxílio financeiro / Pró-reitoria de pesquisa da UFMG - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 3
2016 - Atual
Mineração, saberes ambientais e participação: popularização da ciência para a construção da justiça ambiental
Descrição: A expansão de mega projetos de desenvolvimento no estado de Minas Gerais tem sido responsável pela abertura de novas fronteiras minerárias com a consequente produção de impactos sinérgicos entre distintos empreendimentos. Tal contexto, complexificado pela tendência de fragmentação e agilização dos processos de licenciamento ambiental, tem ampliado a eminência de conflitos, sobretudo ao longo das bacias hidrográficas, com o surgimento de impactos que afetam a disposição hídrica. Este é o caso da bacia do Rio Doce, vítima de um dos maiores desastres socioambientais do mundo. Esta proposta será desenvolvida na região do médio espinhaço, mais especificamente na bacia do Rio Santo Antônio, sub-bacia do Rio Doce, que compreende localidades atingidas e afetadas por múltiplos empreendimentos. Entre eles, destacam-se os complexos minerários Minas-Rio e Manabi, vinte Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), duas Usinas Hidrelétricas (UHEs), além de extensas monoculturas de eucalipto. Por se tratarem de empreendimentos transfronteiriços, os projetos minerários vem sendo licenciados por agências públicas distintas, sendo as lavras a céu aberto avaliadas pelo Sistema Estadual do Meio Ambiente de Minas Gerais, enquanto ao IBAMA compete licenciar o sistema de dutos para escoamento da polpa de minério que será impulsionada por grande volume de água captada dos afluentes do Rio Santo Antônio até os terminais portuários no Espírito Santo e Rio de Janeiro. Tais projetos atravessam territórios de comunidades tradicionais, sendo objetivo da presente proposta a realização de oficinas junto aos grupos afetados com vistas à promoção de um diálogo de saberes. Almeja-se conhecimento e divulgação dos impactos decorrentes dos projetos sobre a vida das comunidades, o processo de licenciamento, além do fomento ao engajamento para defesa qualificada dos direitos, promovendo a formação de agentes que possam ser multiplicadores do conhecimento adquirido nas oficinas em suas comunidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Raquel Oliveira Santos Teixeira - Integrante / Andréa Zhouri - Coordenador / Klemens Augustinus Lachesfski - Integrante / Vinicius Papatella Padovani - Integrante / Gabriel Costa Ribeiro - Integrante / Ana Flávia Moreira Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
O Desastre e a Política das Afetações: compreensão e mobilização em um contexto de crise
Descrição: A expansão de grandes projetos de desenvolvimento no estado de Minas Gerais tem sido responsável pela abertura de novas fronteiras minerárias. Tal contexto, complexificado pela tendência de fragmentação e agilização dos processos de licenciamento ambiental, tem ampliado a eminência de conflitos, sobretudo ao longo das bacias hidrográficas, com o surgimento de impactos que afetam a disposição hídrica. Este é o caso da bacia do Rio Doce, palco de um dos maiores desastres socioambientais do mundo. O objetivo geral do projeto é a análise das interações entre as vítimas e as instituições envolvidas no tratamento do desastre e suas consequências. Esta meta analítica se liga ao segundo objetivo do projeto, qual seja, a construção de espaços de troca, reflexão e intercâmbio que contribuam para o empoderamento e a participação dos grupos atingidos nos encaminhamentos institucionais estabelecidos para o caso. Serão examinados e problematizados os discursos e medidas construídos para a gestão da crise mediante o emprego das chamadas tecnologias resolutivas de conflitos. Paralelamente, serão realizadas oficinas com a participação de lideranças comunitárias, entidades, movimentos e organizações atuantes no campo dos conflitos ambientais associados ao extrativismo minerário. O intuito é a construção colaborativa de um levantamento e mapeamento dos danos presentes, avaliando e discutindo estratégias de atuação política com vistas ao reconhecimento das demandas e reivindicações das vítimas. O entendimento crítico dos encaminhamentos institucionais selecionados, seu acompanhamento desde o terreno e a construção de espaços de troca, reflexão e intercâmbio junto aos grupos afetados tem como horizonte a redução das assimetrias operantes nas relações entre atingidos, Estado e corporações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Raquel Oliveira Santos Teixeira - Integrante / Andréa Zhouri - Coordenador / Marcos Cristiano Zucarelli - Integrante / Max Vasconcelos Magalhães - Integrante / Thomas Mota Coelho Nascimento - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 4
2015 - 2016
Efeitos da Nova Fronteira Extrativa sobre as Dinâmicas Territoriais
Descrição: O objetivo é examinar os conflitos derivados da expansão da atividade minerária e suas intervenções no espaço nos estados de Espírito Santo e Minas Gerais, investigando os efeitos de uma nova fronteira extrativa (BURY & NORRIS, 2013) sobre as dinâmicas territoriais locais. O caso proposto para a análise é o empreendimento Manabi que consiste na implantação da infraestrutura de extração de minério de ferro, um sistema de dutos para escoamento do mineral (mineroduto Morro do Pilar ?Linhares), além de um terminal portuário, designado Porto Norte Capixaba. Ao longo de sua extensão, tal projeto colide com os territórios de comunidades tradicionais, incluindo comunidades negras rurais em Minas Gerais e grupos de pescadores artesanais no litoral do estado do Espírito Santo. O projeto propõe refletir sobre ?ecologias colidentes? forjadas no contexto de novas fronteiras extrativas onde se constituem novos padrões de acesso aos recursos naturais, novas relações de controle e domínio do território e novas formas de governança (BURY & NORRIS, 2013, p. 94). Através de pesquisa qualitativa, incluindo estratégias de investigação como a pesquisa documental, realização de entrevistas e trabalho etnográfico, objetiva-se compreender como a chegada do projeto afeta as dinâmicas territoriais das regiões afetadas. Ênfase será dada aos regimes tradicionais de posse e transmissão do patrimônio familiar entre as comunidades rurais atingidas no estado de Minas Gerais e aos sistemas de uso e gestão dos territórios e recursos naturais entre grupos de pescadores artesanais afetados no estado do Espírito Santo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Nova Fronteira Minerária, Land Grabbing e Regimes Fundiários: consequências socioambientais e limites da gestão de conflitos
Descrição: Esta proposta está inserida em um projeto mais abrangente, o Observatório dos Conflitos Ambientais do Estado de Minas Gerais , apresentado e aprovado para renovação da bolsa PQ da coordenadora, período 2013-2016. Entre os casos identificados por meio do mapeamento dos conflitos ambientais em Minas Gerais, destacam-se os conflitos provocados pela nova fronteira da mineração. Em Minas, projeta-se a construção de nove minerodutos para escoamento da produção de minério de ferro do estado em direção aos litorais nordeste (Ilhéus) e sudeste (Rio de Janeiro e Espírito Santo). Para o presente edital, a proposta visa investigar os conflitos em torno dos minerodutos Minas-Rio e Manabi S/A. O projeto Minas-Rio, em instalação desde 2007, é um complexo minerário que engloba: uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento nos municípios de Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas (MG); uma adutora de água com captação no rio do Peixe, município de Dom Joaquim (MG); o maior mineroduto do mundo, segundo a empresa Anglo American, com 525 km, atingindo 32 municípios entre Minas e Rio; e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, em São João da Barra (RJ). Ele prevê a exportação de 26,6 toneladas/ano de minério. O mineroduto Manabi S/A, em fase de licenciamento prévio, compreende um complexo minerário de produção e escoamento de minério de ferro que ligará o município de Morro do Pilar/MG a Linhares/ES cruzando 23 municípios a partir de um mineroduto de 511,77 km de extensão. Ele visa à exportação anual de 25 milhões de toneladas/ano de minério de ferro. Os empreendimentos se cruzam no município de Morro do Pilar/MG e fazem percurso que colide diretamente com os territórios de povos e comunidades tradicionais, posseiros e arrendatários, entre outras modalidades do campesinato, além de incidirem sobre ecossistemas relevantes, como os da Serra do Espinhaço, que em 2005 recebeu da UNESCO o título de Reserva da Biosfera da Humanidade. A presente proposta pretende analisar os conflitos socioambientais gerados pelos processos de licenciamento ambientais dos dois empreendimentos, com ênfase nas estratégias de land-grabbing, negociações prévias de terras, arranjos institucionais de negociação/mediação de conflitos e suas consequências para os grupos que tradicionalmente habitam a região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Raquel Oliveira Santos Teixeira - Integrante / Andréa Zhouri - Coordenador / Marcos Cristiano Zucarelli - Integrante / Klemens Augustinus Lachesfski - Integrante / Eder Jurandir Carneiro - Integrante / Rômulo Soares Barbosa - Integrante / Gabriel Costa Ribeiro - Integrante / Bruno Milanez - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7
2010 - 2014
A Gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos - MG
Descrição: A pesquisa examina o conflito vivenciado pelos moradores do Bairro Camargos, em Belo Horizonte, a partir da instalação de um incinerador de lixo industrial e hospitalar nas proximidades de suas moradias. A análise se inicia recompondo a trajetória de constituição do bairro e seu processo histórico de transformação em uma localidade habitada, urbanizada e preenchida de sentimentos de pertença. Ênfase é dada aos entrelaçamentos entre a produção da paisagem e a produção dos corpos que a habitam, evidenciando a continuidade de uma geopolítica dos riscos que atualiza as relações de classe no espaço urbano. No campo da regulação ambiental dos riscos, observa-se que as mobilizações locais de resistência à incineração são capturadas pelas exigências de uma lógica específica de evidenciação do dano. Nesse conflito, destaco que a capacidade de lidar com os problemas de saúde ambiental está fortemente constrangida pelas dinâmicas regulatórias e seus regimes de produção do saber, incluindo o uso que é feito das incertezas e controvérsias científicas relativas à incineração e seus efeitos sobre a saúde. São examinados ainda os processos de silenciamento e subalternização colocados aos moradores que instados a participarem das dinâmicas deliberativas e regulatórias, veem suas reivindicações e narrativas esvaziadas. Com efeito, argumento que na luta pela evidenciação do dano, os espaços institucionais de participação e defesa dos direitos acomodam mecanismos produtores de sofrimento social..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2011
Mapa dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais
Descrição: A pesquisa teve como objetivo a elaboração de um mapeamento qualitativo dos conflitos ambientais em Minas Gerais ocorridos entre os anos de 2000 a 2010, a partir da identificação, caracterização e classificação dos casos de violação do direito humano ao meio ambiente, considerando a existência de denúncias institucionalizadas e/ou manifestação de sujeitos sociais. A intenção é que tal mapeamento funcione como um instrumento de defesa dos direitos e também de elaboração e execução de políticas públicas voltadas à sustentabilidade e à democratização da apropriação dos territórios e condições naturais para grupos política e economicamente fragilizados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
Dividir em Comum: práticas costumeiras de transmissão do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha
Descrição: As chamadas ?terras de herança? do Médio Jequitinhonha se constituíram a partir de relações complexas que, de saída, articularam processos e modalidades hegemônicas de apropriação do espaço às formas locais colonizadas de produção dos ?territórios sociais?. A exposição às experiências históricas de expropriação e a exigüidade de seu território, que não encontra terras livres à sua expansão, conformaram um quadro de intenso agenciamento sobre a disposição e a transmissão da terra, compondo uma gramática local de costumes sucessórios orientados para a garantia da reprodução social das famílias. Este trabalho procura examinar as práticas costumeiras de gestão desses territórios, enfatizando três tipos de estratégias articuladas à herança: as uniões matrimoniais; a migração e a transação de direitos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2005
Conflitos Ambientais no Licenciamento da usina hidrelétrica de Murta
Descrição: A pesquisa apresenta uma leitura do confronto estabelecido entre as populações locais atingidas e o Setor Elétrico, a partir do licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. A análise destaca a oposição entre dois modos distintos de realizar o sentido e o destino dos territórios. No interior de uma conjuntura marcada pelo conflito, a (re)construção do território articula-se à constituição de associações e movimentos locais diversos. Neste contexto, inaugura-se uma dinâmica de produção e revisão de sentidos culturais, compondo um novo discurso no qual se destacam: a afirmação de um novo significado do termo ?atingido?; a concepção da vida ?em comunidade? em contraste com a vida ?na rua?; e a construção de uma nova interpretação sobre os significados de ?pobreza? e ?riqueza?. A formação de mobilizações locais e a imaginação do território colocam em pauta o esforço destas populações atingidas em construir seu problema como um fato coletivo, donde emergem novas identidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2005
O Licenciamento Ambiental na Perspectiva das Ciências Sociais: os casos das hidrelétricas de Irapé, Aiuruoca, Capim Branco e Murta
Descrição: Numa perspectiva comparativa a pesquisa visa analisar os processos de licenciamento ambiental de projetos de barragens em diferentes regiões do estado de Minas Gerais: UHEs Irapé e Murta (Vale do Jequitinhonha), UHE Capim Branco 1 e 2 (Triângulo Mineiro) e PCH Aiuruoca (Sul de Minas)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2013 - 2014
Observatório dos Conflitos Ambientais de Minas Gerais no estado de Minas Gerais

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX n. 401618.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - Atual
Observatório dos Conflitos Ambientais de Minas Gerais: tecnologias sociais e justiça ambiental
Descrição: Atualização do mapa dos conflitos ambientais e assessoria aos grupos vulneráveis à projetos de impacto ambiental. A pesquisa pretende realizar oficinas participativas de atualização e de ampliação do mapa, além de possibilitar a articulação de grupos para utilização desta ferramenta de luta pelo reconhecimento de direitos...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2010 - 2012
Cidadania e Justiça Ambiental: conflitos ambientais na perspectiva dos movimentos sociais

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX 400168.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2009 - 2010
Mapa Social dos Conflitos Ambientais em Minas Gerais: cidadania e justiça ambiental

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX n. 400169.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2008 - 2009
Cidadania e Justiça Ambiental: conflitos ambientais na perspectiva dos movimentos sociais no Vale do Jequitinhonha

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX 45505.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2007 - 2008
Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental e desenvolvimento local

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX 29044.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2006 - 2007
Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental e desenvolvimento local
Descrição: Registro SIEX 19569.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2005 - 2006
Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental e desenvolvimento local
Descrição: Registro SIEX 9734.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2005 - 2006
Gestão de Recursos Naturais e Geração de Renda no Vale do Jequitinhonha

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: CNPq CT-AGRO n. 022/2004.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2004 - 2005
Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental em Minas Gerais
Descrição: Registro SIEX 4426.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2002 - 2003
Cidadania e Justiça Ambiental

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andréa Luisa Zhouri Laschefski em 09/04/2015.
Descrição: Registro SIEX - 414 Assessoria à participação popular em processos de licenciamento ambiental de barragens hidrelétricas em Minas Gerais.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Revisor de periódico


2014 - 2014
Periódico: Revista Três [...] Pontos (UFMG)
2015 - 2016
Periódico: Revista Sinais
2018 - 2018
Periódico: NOVOS CADERNOS NAEA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas/Especialidade: Sociologia e Meio Ambiente.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Aprovada no Concurso Público Unimontes Edital 025/2014, Unimontes.
2003
Prêmio da XII Semana da Iniciação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-Peitoria de Pesquisa/UFMG.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA2018OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Lama e suas Marcas: neoextrativismo e seus efeitos em um contexto de desastre. Perfiles Económicos, v. n. 5, p. 77-103, 2018.

2.
ZHOURI, A.2017ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; ZUCARELLI, M. C. ; MAGALHAES, M. V. . The Rio Doce Mining Disaster in Brazil: between policies of reparation and the politics of affectations. VIBRANT (FLORIANÓPOLIS), v. 14, p. 81-101, 2017.

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA2017OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A terra imbolada, o direito traçado: estratégias de reprodução do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. AGRICULTURA FAMILIAR (UFPA), v. 11, p. 13-28, 2017.

4.
ZHOURI, A.2016ZHOURI, A. ; VALENCIO, N. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; ZUCARELLI, M. C. ; LACHESFSKI, K. A. ; SANTOS, A. F. M. . O Desastre da Samarco e a Política das Afetações: classificações e ações que produzem o sofrimento social. Ciência e Cultura, v. Ano 68, p. 36-40, 2016.

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA2013OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . O Desconhecido, O Imprevisto, O Irreparável: a implantação da barragem de Murta e o sistema de uso e transmissão da terra no Médio Jequitinhonha. Campos (UFPR), v. 14, p. 57-76, 2013.

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA2012OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. . A supressão da vazante e o início do vazio: água e 'insegurança administrada' no Vale do Jequitinhonha - MG. Anuário Antropológico, v. II, p. 23-53, 2012.

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA2012OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Etnografia como pesquisa e assessoria: construindo políticas de articulação. Teoria & Sociedade (UFMG), v. 20, p. 96-115, 2012.

8.
ZHOURI, A.2012 ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Development and Environmental Conflicts: challenges for anthropology and anthropologists. Vibrant (Florianópolis), v. 9, p. 181-208, 2012.

9.
ZHOURI, A.2007ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Développement et violence sociale dans le Brésil rural : le cas des barrages hydroélectriques. Ecologie Politique, v. 35, p. 133-145, 2007.

10.
ZHOURI, A.2007ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Desenvolvimento, Conflitos Sociais e Violência no Brasil Rural: o caso das usinas hidrelétricas. Ambiente e Sociedade (Campinas), v. X, p. 119-135, 2007.

11.
ZHOURI, A.2005ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Paisagens Industriais e Desterritorialização de Populações Locais: conflitos socioambientais em projetos hidrelétricos. Teoria & Sociedade (UFMG), Belo Horizonte, v. 12.2, p. 10-29, 2005.

Capítulos de livros publicados
1.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; ZUCARELLI, M. C. ; MAGALHAES, M. V. . O Desastre do Rio Doce: entre politicas de reparação e a gestão das afetações. In: ZHOURI, Andréa. (Org.). Mineração: violências e resistências, um campo aberto à produção de conhecimento no Brasil. 1ed.Marabá: iGuana, ABA, 2018, v. , p. 28-64.

2.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LACHESFSKI, K. A. ; ZUCARELLI, M. C. . Na forja de ofícios, gestando utopias: experiências de pesquisa, extensão e justiça ambiental na UFMG. In: Raquel Maria Rigotto, Ada Cristina Pontes Aguiar e Lívia Alves Dias Ribeiro. (Org.). Tramas para a Justiça Ambiental: diálogo de saberes e práxis emancipatórias. 1ed.Fortaleza: Edições UFC, 2018, v. , p. 217-252.

3.
ZHOURI, A. ; VALENCIO, N. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; ZUCARELLI, M. C. ; LACHESFSKI, K. A. ; SANTOS, A. F. M. . O Desastre de Mariana: colonialidade e sofrimento social. In: ZHOURI, A; BOLADOS, P; CASTRO, E.. (Org.). Mineração na América do Sul: neoextrativismo e lutas territoriais. 1ed.São Paulo: Annablume, 2016, v. 1, p. 45-65.

4.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Embodied Experiences and the Global Gaze: conflicting perceptions of water in the Jequtinhonha Valley, Brazil. In: Thomas Reuter. (Org.). Averting a Globas Environmental Collapse: the role of Anthropology and Local Knowledge. 1ed.Newclastle: Cambridge Scholars Publishing, 2015, v. unico, p. 279-300.

5.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Conflitos entre Desenvolvimento e Meio Ambiente no Brasil: desafios para a antropologia e os antropólogos. In: FELDMAN-BIANCO, Bela. (Org.). Desafios da Antropologia no Brasil. 1ed.Brasília: ABA Publicações, 2013, v. 1, p. 75-108.

6.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Experiências Locais e Olhares Globais: desafios para os moradores do Vale do Jequitinhonha (MG) no campo ambiental. In: STEIL, Carlos; CARVALHO, Isabel C. M.. (Org.). Cultura, Percepção e Ambiente: diálogos com Tim Ingold. 1ed.São Paulo: Terceiro Nome, 2012, v. unico, p. 191-210.

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Crise como Contexto no Medio Jequitinhonha - sobre pericia e politica. In: Jalcione Almeida; Cleyton Gerhardt; Sônia Barbosa Magalhães. (Org.). Contextos Rurais e Agenda Ambiental no Brasil - práticas, políticas, conflitos, interpretações. 1ed.Belem do Para: Rede de Estudos Rurais, 2012, v. unico, p. 25-43.

8.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LACHESFSKI, K. A. . A Supressão da Vazante e o Início do Vazio: água e insegurança administrada no Vale do Jequitinhonha -MG. In: Andréa Zhouri. (Org.). Desenvolvimento, Reconhecimento de Direitos e Conflitos Territoriais. 1ed.Brasília: ABA, 2012, v. 1, p. 147-195.

9.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A 'Rua' e o 'Nosso Lugar': processos de reterritorialização no licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. In: Andréa Zhouri. (Org.). As Tensões do Lugar: hidrelétricas, sujeitos e licenciamento ambiental. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, v. , p. 127-150.

10.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Quando o lugar resiste ao espaço: colonialidade, modernidade e processos de territorialização. In: Zhouri, Andréa; Laschefski, Klemens. (Org.). Desenvolvimento e Conflitos Ambientais. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010, v. único, p. 439-462.

11.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Developmental Projects and Violence in Rural Brazil: the Case of Hydroeletric Dams. In: Sivaram Vemuri. (Org.). Connected Accountabilities: Environmental Justice and Global Citizenship. 1ed.Oxford: Inter-Disciplinary Press, 2009, v. , p. 197-217.

12.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Paisagens Industriais e Desterritorialização de Populações Locais: conflitos socioambientais em projetos hidrelétricos. In: Andréa Zhouri; Klemens Laschefski; Doralice Barros Pereira. (Org.). A Insustentável Leveza da Política Ambiental: desenvolvimento e conflitos socioambientais. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 2005, v. , p. 49-64.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do bairro Camargos - Belo Horizonte/MG. In: 40 Encontro Anual da ANPOCS, 2016, Caxambu. 40 Encontro Anual da ANPOCS, 2016.

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O dano e a prova, o risco e a dor: sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte. In: 29a Reunião Brasileira da Antropologia, 2014, Natal. Anais da 29a RBA. Brasília: Kiron, 2014. v. 1.

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Sobre Sujeitos e Sujeições: reflexões sobre perícia, poder e resistência no Médio Jequitinhonha. In: 28ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2012, São Paulo. Desafios Antropológicos Contemporâneos, 2012.

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Etnografia como Pesquisa e Assessoria - construindo políticas de articulação. In: 27a Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belem do Para. Brasil Plural - conhecimentos, saberes tradicionais e direitos a diversidade, 2010.

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Dividir em Comum: estratégias de preservação do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. In: 26 Reunião Brasileira de Antropologia, 2008, Porto Seguro. CD Virtual da 26 ABA, 2008.

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação e Política do Silêncio: oposições interdiscursivas na Audiência Pública da uisna hidrelétrica de Murta. In: III Simpósio Internacional sobre Análise do Discurso: emoções, ethos, argumentação, 2008, Belo Horizonte. Anais do III Simpósio Internacional sobre Análise do Discurso, 2008.

7.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Desenvolvimento, Conflitos sociais e violência no Brasil rural: o caso das hidrelétricas. In: 31ª. Reunião Anual da ANPOCS, 2007, Caxambu. 31ª Reunião Anual da ANPOCS - CD ROOM, 2007.

8.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A 'rua' e o 'nosso lugar': processos de (re)territorialização no licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. In: I Encuentro Latinoamericano de Ciencias Sociales y Represas, 2007, Salvador. Anais do I Encuentro Latinoamericano de Ciencias Sociales y Represas, 2007.

9.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Industrial Landscapes and the Uprooting of Local Populations: Social and Environmental Conflicts in Hydroelectric Projects. In: GECOREV - Gestion concertée des ressources naturelles et de l'environnement, du local au mondial : Pour un dialogue entre chercheurs, société civile et décideurs, 2006, Paris. GECOREV Symposium.

10.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Paisagens Industriais e Desterritorialização de Populações Locais: conflitos socioambientais em projetos hidrelétricos. In: I Encontro Ciências Sociais e Barragens, 2005, Rio de Janeiro. I Encontro Ciências Sociais e Barragens, 2005.

11.
LACHESFSKI, K. A. ; FROES, L. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Santos, K. O. . Gestão de Recursos Naturais e Geração de Renda no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. In: VIII Congresso Ibero-Americano de Extensão Universitária, 2005, Rio de Janeiro. Navegar é Preciso, Transformar é Possível. Rio de Janeiro: UFRJ - Pró-reitoria de Extensão. v. Único. p. 382-387.

12.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; PAIVA, A. M. T. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LOPES, F. W. A. ; Assis, W. F. T ; FONSECA, C. S. ; BARROS, M. S. ; ZUCARELLI, M. C. . Assessoria à Participação Popular em Processo de Licenciamento Ambiental em MG. In: VI Encontro de Extensão da UFMG, 2003, Belo Horizonte. VI Encontro de Extensão da UFMG - Anais, 2003. v. 1. p. 192-196.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O Limite do Tolerável: a geopolitica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos. In: II Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente, 2014, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos - II SIBSA, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O dano e a prova, o risco e a dor: sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte. In: 29a Reunião Brasileira da Antropologia, 2014, Natal. 29a RBA Caderno de Resumos. Brasília: Editora Kiron, 2014. v. 1. p. 1530-1530.

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Geopolítica do Risco e a Produção do Sofrimento Social: a luta dos moradores do bairro Camargos em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. In: I Congreso Latinoamericano sobre Conflictos Ambientales, 2014, Los Polvorines. Libro de Resúmenes. Los Polvorines: Área de Ecologia - Universidad Nacional de General Sarmiento, 2014. v. 1. p. 32-32.

3.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Embodied experience and the global gaze: conflicting perceptions of water in the Jequitinhonha Valley - Brazil. In: 17th World Congress of the IUAES, 2013, Manchester. IUAES 2013, 2013.

4.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Development and environmental conflicts in Brazil: challenges for anthropology and anthropologists. In: IUAES/AAS/ASAANZ Conference 2011 Knowledge and Value in a Globalising World, 2011, Perth. Knowledge and Value in a Globalising World, 2011.

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Conflitos Ambientais no Licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. Desafios Antropológicos, 2007.

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Territorialidade entre as comunidades rurais do Médio Jequitinhonha: organização do espaço e construção da sociabilidade. In: XIV Semana de Iniciação Científica, 2005, Belo Horizonte. XIV Semana de Iniciação Científica: conhecimento e cultura, 2005.

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Luta Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. In: 56ª Reuniâo Anual da SBPC, 2004, Cuiabá. 56ª Reuniâo Anual da SBPC - 11ª Jornada Nacional de Iniciação Científica, 2004.

8.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Luta pela Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. In: XII Semana de Iniciação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais, 2003, Belo Horizonte. XII Semana de Iniciação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais: Universidade e Sociedade - Diálogos Múltiplos. Belo Horizonte: Pró- Reitoria de Pesquisa UFMG, 2003.

9.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Educando para a Cidadania e a Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento de barragens em Minas Gerais. In: I Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2002, João Pessoa. I Congresso Brasileiro de Extensão Universitária - Resumos. João Pessoa: Editora Universitária, 2002. v. 1. p. 222-222.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. As 'estratégias enumerativas' e as fronteiras da responsabilização. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. As 'estratégias enumerativas' e as fronteiras da responsabilização. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SVAMPA, M. ; ACOSTA, A. ; MEZA, V. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LIBERONA, F. ; BOLADOS, P. . El Lodo y sus Marcas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
BORGES, C. A. M. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LOSEKANN, C. ; MARANHAO, C. M. . Sobre o 'discurso competente' e os limites à participação: categorias e demarcações no contexto do desastre. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Lama e suas Marcas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A lama não sai: marcas de um desastre seu curso. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. 'A Lama não Sai': sobre danos que duram e se derramam. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Observatório dos Conflitos Ambientais em Minas Gerais: construindo políticas de articulação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Conflitos Ambientais e Poder Local. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MARQUES, C. E. ; HORTA, C. R. . A Compulsoriedade do Desenvolvimento: deslocamentos múltiplos e os sentidos da sujeição. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
ZHOURI, A. ; VALENCIO, N. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; ZUCARELLI, M. C. ; LACHESFSKI, K. A. ; SANTOS, A. F. M. . O Desastre da Samarco e a Política das Afetações. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O risco como governo, o governo do risco e suas implicações. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do bairro Camargos - Belo Horizonte/MG. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MUNIZ, L. . O Desastre e a Política das Afetações. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

15.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O duplo engajamento pesquisa-assessoria: relatos de experiências e alguns desafios. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Efeitos da Nova Fronteira Extrativa sobre as Dinâmicas Territoriais: o caso do projeto Manabi. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C. . A Gestão dos Conflitos e seus Efeitos Políticos: apontamentos de pesquisa sobre a mineração no Espinhaço. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Efeitos de uma Nova Fronteira Extrativa: o caso Manabi. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte - MG. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O dano e a prova, o risco e a dor: sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Novas Fronteiras: a mineração na Bacia do Rio Santo Antônio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O Limite do Tolerável: a geopolitica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Geopolítica do Risco e a Produção do Sofrimento Social: a luta dos moradores do bairro Camargos em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Sobre Sujeitos e Sujeições: reflexões sobre perícia, poder e resistência no Médio Jequitinhonha. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Questões socioambientais e Desenvolvimento. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Etnografia na crise como contexto: a narratividade como exercício do ser e o testemunho como expurgo da dor. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Tendências Atuais: empreendedorismo social e relatórios socioambientais. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

28.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Etnografia como pesquisa e assessoria: construindo políticas de articulação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Desenvolvimento e Participação: o silenciamento das diferenças e o apagamento da política?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A terra imbolada, o direito traçado: estratégias de reprodução do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação e Política do Silêncio: oposições interdiscursivas na Audiência Pública da Usina Hidrelétrica de Murta. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Quando o lugar vira espaço: colonialidade, modernidade e políticas de territorialização. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Dividir em Comum: estratégias de preservação do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Conflitos Ambientais no Licenciamento da UHE Murta: a luta pelo sentido e pelo destino do território no Médio Jequitinhonha. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A 'rua' e o 'nosso lugar': processos de (re) territorialização no licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Desenvolvimento, Conflitos Sociais e Violência no Brasil Rural: o caso das usinas hidrelétricas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; Vellasco, Daya Gloor ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Alkimim, P. L. . Cidadania e Justiça Ambiental: participação popular em processos de licenciamento ambiental e desenvolvimento local. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Paisagens Industriais e Desterritorialização de Populações Locais: conflitos socioambientais em projetos hidrelétricos. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Territorialidade entre as comunidades rurais do Médio Jequitinhonha: organização do espaço e construção da sociabilidade. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

40.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . A Luta pela Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. 2004. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; PAIVA, A. M. T. ; FONSECA, C. S. . Cidadania e Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento de barragens em Minas Gerais. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

42.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . A Luta pela Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Educando para a Cidadania e Justiça Ambiental. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; PADOVANI, V. P. ; SANTOS, F. N. ; RIBEIRO, G. C. ; LIMA, M. M. ; SPERLING, B. G. M. V. ; NOGUEIRA, M. A. C. ; ALMEIDA, H. L. Z. ; MAIA, M. N. P. . Parecer sobre o Mineroduto Morro do Pilar/MG a Linhares/ES. 2014.

Trabalhos técnicos
1.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LACHESFSKI, K. A. ; ZUCARELLI, M. C. ; MAGALHAES, M. V. ; NASCIMENTO, T. M. C. ; SILVA, I. B. ; GOMES, V. . Parecer sobre o Cadastro Integrado do Programa de Levantamento e Cadastramento dos Impactados (PLCI) elaborado pelas empresas Samarco e Synergia Consultoria Ambiental. 2016.

2.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; TRINDADE, W. M. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; MAIA, L. J. ; FERNANDES, A. M. G. ; MORAIS, L. M. O. . Impactos da UHE Irapé para as comunidades a jusante da barragem. 2011.

3.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; Assis, W. F. T ; ZUCARELLI, M. C. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LAGES, A. S. ; VASCONCELOS, V. V. ; CAPANEMA, M. ; VELASCO, D. G. ; WELTER, I. G. ; MOTTA, L. D. ; PENIDO, M. ; ALVARENGA, M. M. ; BARROS, P. M. ; SILVA, P. L. ; MADUREIRA, R. E. G. ; BARBOSA, T. P. ; MAGALHAES, M. V. ; SANTOS, M. B. S. . Parecer sobre PCA da PCH Aiuruoca. 2008.

4.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; SAMPAIO, C. A. ; ZUCARELLI, M. C. ; Assis, W. F. T ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Alkimim, P. L. ; LAGES, A. S. ; VELLASCO, D. G. ; ABREU, K. F. . Relatório Técnico sobre a Qualidade da Água do rio Jequitinhonha em trechos à jusante da usina de Irapé, municípios de Coronel Murta e Virgem da Lapa. 2006.

5.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; Santos, K. O. ; GOMES, L. A. ; FROES, L. ; ZUCARELLI, M. C. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Assis, W. F. T . Parecer sobre Atendimento ao Pedido de Informações Complementares ao EIA/RIMA pós-realização da Audiência Pública - AHE Murta. 2005.

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; PAIVA, A. M. T. ; FISHER, W. ; ZUCARELLI, M. C. ; LACHESFSKI, K. A. ; ZHOURI, A. ; FONSECA, C. S. ; DIAS, R. F. ; BARROS, M. S. ; LOPES, F. W. A. . Parecer sobre o Termo de Manifestação Prévia do IEF acerca da PCH Aiuruoca. 2003.

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; LIMA, F. P. ; LACHESFSKI, K. A. ; ZUCARELLI, M. C. ; MONTEIRO, M. G. ; PAIVA, A. M. T. . Parecer sobre o documento elaborado pelo CEMAC - Lavras. 2002.

8.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; LIMA, F. P. ; LACHESFSKI, K. A. ; ZUCARELLI, M. C. ; MONTEIRO, M. G. ; PAIVA, A. M. T. ; FISHER, W. ; VULPONI, A. ; XAIA, F. . Parecer sobre as informações complementares ao EIA/RIMA da UHE Murta. 2002.

9.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; PAIVA, A. M. T. ; MONTEIRO, M. G. ; ZUCARELLI, M. C. ; LACHESFSKI, K. A. ; LIMA, F. P. . Parecer sobre a Anuência concedida pelo IBAMA/MG à empresa Eletroriver S.A. para a construção da PCH Aiuruoca. 2001.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Programa Palavra Ética. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. BOLETIM DA UFMG - Tese de doutorado analisa mobilização social para interromper atividades de incinerador em região industrial de Belo Horizonte. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . PROGRAMA EXTRA-CLASSE Conflitos Socioambientais: o caso do Bairro Camargos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Programa Palavra Ética. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Metodologia da História Oral. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C. . Técnicas e Métodos de Pesquisa com Fontes Orais. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. História Oral: introdução à pesquisa com fontes orais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; PENIDO, M. ; SAMORA, V. ; AQUINO, B. P. . Mapa dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais: Região Metropolitana de Belo Horizonte e Central Mineira. 2009. (Relatório de pesquisa).

9.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Penido, Marina . Mapa dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais: Mesorregiões Vale do Jequitinhonha e Metropolitana de Belo Horizonte. 2008. (Relatório de pesquisa).

11.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; Assis, W. F. T . Técnicas e Métodos de Pesquisa com Fontes Orais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; GOMES, L. A. ; FROES, L. ; ZUCARELLI, M. C. . Relatório Técnico do Projeto de Pesquisa. 2007. (Relatório de pesquisa).

13.
ZUCARELLI, M. C. ; Assis, W. F. T ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Despoluindo Incertezas: impactos territoriais da expansão de agrocombustíveis e perspectivas para uma produção sustentável ISBN: 978-85-907671-0-7. 2007. (Revisão Técnica de livro).

14.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. . Relatório Técnico Final de Bolsista - Iniciação Científica. 2006. (Relatório de pesquisa).

15.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; PAIVA, A. M. T. . Levantamento sócio-antropológico junto às comunidades rurais do Médio Jequitinhonha - municípios de Coronel Murta e Virgem da Lapa - Minas Gerais. 2005. (Relatório de pesquisa).

16.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; PAIVA, A. M. T. ; ZUCARELLI, M. C. . Relatório Técnico Final de Pesquisa. 2005. (Relatório de pesquisa).

17.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; ZUCARELLI, M. C. ; PAIVA, A. M. T. . Relatório Técnico Final do Projeto de Pesquisa. 2004. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; LOPO, R. M. ; NASCIMENTO, T. M. C. . Do Desastre à Resistência: peregrinações em defesa do lugar. 2017. Filme.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CANUTO, F.; BORGES, C. A. M.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MARTINS, B. S.. Participação em banca de Ananda Martins Carvalho. Memórias de rio e de gente. 2018. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; VARGAS, M. A. R.. Participação em banca de Mayara Ferreira Mattos. O risco nas/das margens: a ocupação Pomar do Cafezal no discurso da governabilidade. 2018. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
MENDES, A. B. V.; MARQUES, C. E.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Tiago Heliodoro Nascimento. O Direito em Disputa: uma etnografia na casa de Afonso Pena. 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
GAIO, D.; LOPES, M. S.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; CUSTODIO, M. M.. Participação em banca de Gabriela Salazar Silva Pinto. Fechamento de Mina e Reabilitação do Espaço Urbano Afetado. 2017. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
MENDES, A. B. V.; MARQUES, C. E.; FIGOLI, L. H. G.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Ricardo Alexandre Pereira de Oliveira. Carroça Livre: uma etnografia com os carroceiros e cavalos da vila São Tomás e adjacências. 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MENDES, A. B. V.. Participação em banca de Mayana Silva Vinti. "À Mata do Planalto que se destine um único fim, ser, eternamente, a Mata do Planalto: formas de produção da localidade em torno de uma área verde na cidade de Belo Horizonte. 2016. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
DIAS, L. C.; ZHOURI, A.; SANTOS, A. F.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Lúnia Costa Dias. Ser Quilombola e Ser de Pinhões: dinâmicas e experiências de uma produção do lugar. 2015. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Teses de doutorado
1.
GUIMARAES, C. M.; OLIVEIRA, J. E.; CARRARA, A. A.; ANDRADE, K. V.; HORTA, A. I.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Luana Carla Martins Campos Akinruli. A desconstrução do esquecimento em contexto de conflito ambiental: arqueologia e etnografia da comunidade de Miguel Burnier, Ouro Preto, Minas Gerais. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Doutorado
1.
GUIMARAES, C. M.; SYMANSKI, L. C. P.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Luana Carla Martins Campos Akinruli. O Patrimônio Arqueológico em Perspectiva: a gestão dos bens culturais materiais em processos de licenciamento ambiental. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Mestrado
1.
PINTO, A. M. A.; SIQUEIRA, M. T.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Nubia Alaine Costa Lorenzoni. Mobilidades em um novo contexto: o reassentamento involuntário de famílias. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
PINTO, A. M. A.; VILELA, E. M.; BORGES, C. M.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Natália Santana Araújo. Implementação de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes em Situação de Rua: estudo das práticas e intervenções dos técnicos em politicas de proteção social infantil em Belo Horizonte. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
PINTO, A. M. A.; VILELA, E. M.; LOBOSQUE, A. M.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Luiza Morena Alves Lopes. Sujeitos Loucos e Práticas de Mobilidade pela cidade de Belo Horizonte. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
VICENTE, A. T.; KNOX, W.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Bruno Curtis Weber. Projeções do Agora e Relatos do Porvir: representações e imaginários sociais sobre a chegada de um projeto de grande escala em Linhares - ES. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

5.
VICENTE, A. T.; ZANETTI, D.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de João Paulo Lyrio Izoton. Pesca Artesanal e Industrialização na Barra do Riacho, Aracruz - ES. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C.. Participação em banca de Felipe Franz Wienke. Sociedade Civil, Representação e Políticas Ambientais - o caso do Conselho Municipal de Proteção Ambiental de Pelotas. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Democracia Participativa, Republica e Mov. Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C.. Participação em banca de Márcia Olegário dos Santos. Participação, regulação e controle social no saneamento básico. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Democracia Participativa, Republica e Mov. Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C.. Participação em banca de Tatiany Andrade de Oliveira. Análise da Participaçâo Social na gestão das Reservas Extrativistas - o caso da Reserva Extrativista de Canavieiras. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Democracia Participativa, Republica e Mov. Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Fernanda Borges Henrique.Carioca: comunidade tradicional ou uma não-comunidade? notas sobre relações de sociabilidade, memórias em comum, mineração e silenciamento em Morro do Pilar. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
GUARIENTO, A. P.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; RAMOS, D. A.. Participação em banca de Amanda Paiva Guariento.Intervenções estruturadoras do espaço urbano e seus efeitos nas variações do preço do solo: um estudo de caso do Bairro Primeiro de Maio e a Estação São Gabriel. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
SANTOS, A. F. M.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Yasmin Rodrigues Antonietti.Da Resistência Cotidiana à Mobilização: uma análise da trajetória de São José do Jassém frente à mineração. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
SANTOS, Ana Flávia Moreira; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Lívia Ferraz da Cosa Duarte."A gente quer a vida da gente e a água também a gente quer": transformações nos usos tradicionais da água pelo empreendimento Minas-Rio em Conceição do Mato Dentro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; LOPO, R. M.. Participação em banca de Marina Nobel Pinheiro Maia.Militantes e Moradores de uma Ocupação: uma etnografia da ocupação Emanuel Guarani Kaiowá. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
PENA, V. V.; SANTOS, A. F. M.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Vinicius Villela Pena.A construção da legalidade no licenciamento ambiental do empreendimento Minas-Rio: estudo de caso da 86a Reunião Ordinária da URC Jequitinhonha. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
ALMEIDA, H. L. Z.; ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Hanna Lopes Zambotti de Almeida.Histórias das Elites, Silenciamentos e Mineração em uma Localidade do Médio Espinhaço - MG. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
SPERING, B. G. M. V.; PEREIRA, D. B.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; VEIGA, F. C.. Participação em banca de Bruno Guerra de Moura Von Sperling.O município de Ferros à órbita da megamineração: disputas locais e o mineroduto Manabi em meio às flutuações do mercado financeiro global e a rigidez do planejamento estatal. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
FERREIRA, A. G. C.; ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Ana Gabriela Chaves Ferreira.Mineração em serra tanto bate até que seca: a presença da Vale em Itabira para além do desenvolvimento dos conflitos ambientais. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
ZHOURI, A.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Amaralina Maria Gomes Fernandes.De pouco a pouco a gente vai se acostumando: memória e produção da localidade em uma comunidade reassentada pela UHE Irapé. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
MEDEIROS, R. P.; RIBEIRO, R. F.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Participação em banca de Yara de Cássia Alves.A Construção Social da Realidade na Comunidade Quilombola Pinheiro - um estudo sobre as 'viúvas de maridos vivos'. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ROSAS, N.; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; CAMPOS, M. B.. Seleção de Bolsista para Estágio Pós-Doutoral PPGS-UFMG. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18th IUAES World Congress - PL VII Political Ecology of Extractivism: environmental deregulation, conflicts and disasters. As 'estratégias enumerativas' e as fronteiras da responsabilização. 2018. (Congresso).

2.
III Jornada de Ciências Sociais da UNIFAL. As 'estratégias enumerativas' e as fronteiras da responsabilização. 2018. (Congresso).

3.
41 Encontro Anual da ANPOCS. Coordenação GT 06 Conflitos e Desastres Ambientais. 2017. (Congresso).

4.
69a Reunião Anual da SBPC. Sobre o 'discurso competente' e os limites à participação: categorias e demarcações no contexto do desastre. 2017. (Congresso).

5.
I Congresso Mineiro de Direito Ambiental. A lama não sai: marcas de um desastre seu curso. 2017. (Congresso).

6.
II Ciclo de Debates GESTA.Redes, Movimentos, Escalas e Estratégias de Luta. 2017. (Outra).

7.
II Seminário de Balanço 2 Anos do Rompimento da Barragem de Fundão."A Lama não Sai": sobre danos que duram e se derramam. 2017. (Seminário).

8.
Mundos Sostenibles - Más allá del extractivismo? Repensando el desarollode.El Lodo y sus Marcas. 2017. (Seminário).

9.
Seminário Internacional Olhares Cruzados: política(s), gênero e territorialidades.Territorialidades, Mercados e Mobilidades. 2017. (Seminário).

10.
SINGA - VIII Simpósio Internacional de Geografia Agrária e IX Simpósio Nacional de Geografia Agrária.Mesa: Redes de Resistências e Rebeldias na América Latina. 2017. (Simpósio).

11.
Versos de Outras Lutas - Debate com o Prof. Bruno Sena Martins.Versos de Outras Lutas: diálogos entre o desastre de Bhopal(Índia) e o desastre de Mariana (Rio Doce). 2017. (Outra).

12.
VIII Encontro Nacional da ANPPAS. A Lama e suas Marcas. 2017. (Congresso).

13.
30 Reunião Brasileira de Antropologia. O risco como governo, o governo do risco e suas implicações. 2016. (Congresso).

14.
40 Encontro Anual da ANPOCS. A gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do bairro Camargos - Belo Horizonte/MG. 2016. (Congresso).

15.
V Congresso em Desenvolvimento Social. GT - (Des)Igualdades e Ambiente: conflitos ambientais. 2016. (Congresso).

16.
I CONACSO. GT Desenvolvimento, Conflitos Socioambientais e Políticas Públicas. 2015. (Congresso).

17.
29a Reunião Brasileira de Antropologia. GT Antropologia do Desenvolvimento e Crítica Epistêmica. 2014. (Congresso).

18.
29a Reunião Brasileira de Antropologia. O dano e a prova, o risco e a dor: sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte. 2014. (Congresso).

19.
VIII Semana de Ciências Sociais da UFES. Debatedora no GT Desenvolvimento e Conflitos Socioambientais. 2014. (Congresso).

20.
V Graduação em Foco.Debatedora - Avaliação dos trabalhos de iniciação cientifica apresentados pelos alunos graduandos. 2012. (Seminário).

21.
27ª RBA - Reunião Brasileira de Antropologia. Etnografia como pesquisa e assessoria: construindo políticas de articulação. 2010. (Congresso).

22.
Visões do Vale 5.Desenvolvimento e Participação: o silenciamento das diferenças e o apagamento da política?. 2010. (Encontro).

23.
Seminário Visões do Vale 4 - População: origem e movimentos.A terra imbolada, o direito traçado: estratégias de reprodução do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. 2009. (Seminário).

24.
26 Reunião Brasileira de Antropologia. Dividir em Comum: estratégias de preservação do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha. 2008. (Congresso).

25.
III Simpósio Internacional sobre Análise do Discurso: emoções, ethos, argumentação.Participação e Política do Silêncio: oposições interdiscursivas na Audiência Pública da usina hidrelétrica de Murta. 2008. (Simpósio).

26.
31 Encontro Anual da ANPOCS. Desenvolvimento, conflitos sociais e violência no Brasil rural: o caso das usinas hidrelétricas. 2007. (Congresso).

27.
I Encuentro Latinoamericano de Ciencias Sociales y Represas.A 'rua' e o 'nosso lugar': processos de (re)territorialização no licenciamento da usina hidrelétrica de Murta. 2007. (Encontro).

28.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul. Conflitos Ambientais no Licenciamento da Usina Hidrelétrica de Murta: a luta pelo sentido e pelo destino do território no Médio Jequitinhonha. 2007. (Congresso).

29.
9º Encontro de Extensão da Universidade Federal de Minas Gerais.Cidadania e Justiça Ambiental: participação popular em processos de licenciamento ambiental e desenvolvimento local. 2006. (Encontro).

30.
I Encontro Ciências Sociais e Barragens.Paisagens Industriais e Desterritorialização de Populações Locais: conflitos socioambientais em projetos hidrelétricos. 2005. (Encontro).

31.
XIV Semana de Iniciação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais.Territorialidade entre as comunidades rurais no Médio Jequitinhonha: organização do espaço e construção da sociabiliade. 2005. (Encontro).

32.
2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. Cidadania e Justiça Ambiental: asssessoria à participação popular em processos de licenciamento de barragens em Minas Gerais. 2004. (Congresso).

33.
56ª Reunião Anual da SBPC. A Luta pela Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. 2004. (Congresso).

34.
XII Semana de Iniciação Científica.A Luta pela Significação do Território: a construção de barragens hidrelétricas em Minas Gerais. 2003. (Outra).

35.
I Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. Educando para a Cidadania e a Justiça Ambiental: assessoria à participação popular em processos de licenciamento de barragens em Minas Gerais. 2002. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; SANTOS, A. F. M. ; DIAS, L. C. ; NASCIMENTO, T. M. C. ; MAGALHAES, M. V. ; LOPO, R. ; NERES, M. ; BELLINI, J. ; SILVA, I. B. ; LIMA, M. M. ; OLIVEIRA, M. F. M. T. ; LACERDA, H. J. ; PRADO, C. H. M. ; LORRANY, J. . II Ciclo de Debates GESTA. 2017. (Outro).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZHOURI, A. ; SANTOS, A. F. M. . I Ciclo de Debates GESTA UFMG. 2016. (Congresso).

3.
MIGLIEVICH, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . I CONACSO - Congresso Nacional de Ciências Sociais. 2015. (Congresso).

4.
ZHOURI, A. ; LACHESFSKI, K. A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA ; Assis, W. F. T ; ZUCARELLI, M. C. ; Acselrad, Henri . I Seminário Desenvolvimento e Conflitos Ambientais. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ilklyn Barbosa da Silva. Rituais de luta e resistência dos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão em Mariana-MG. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Maryellen Milena de Lima. "Aqui não é o nosso lugar?: as dinâmicas socioambientais da comunidade, a vivência do desastre no centro urbano de Mariana e as expectativas para a (re)construção de Paracatu de Baixo. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Ilklyn Barbosa da Silva. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais: tecnologias sociais e justiça ambiental. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Minas Gerais. Pró-reitoria de Extensão UFMG. (Orientador).

2.
Maryellen Milena de Lima. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Minas Gerais. Pró-reitoria de Extensão UFMG. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Karina Silva Leão. Sobre a exploração minerária e o trabalho social com as famílias diretamente atingidas pelo empreendimento da Anglo American em Conceição do Mato Dentro - MG. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Elaboração, Gestão e Avaliação de Projetos Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Amanda Paiva Guariento. Intervenções estruturadoras do espaço urbano e seus efeitos nas variações do preço do solo: um estudo de caso do Bairro Primeiro de Maio e a Estação São Gabriel. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

2.
Marina Nobel Pinheiro Maia. Militantes e Moradores de uma Ocupação: uma etnografia da ocupação Emanuel Guarani Kaiowá. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

Iniciação científica
1.
Maryellen Milena de Lima. Mineração: desastre sociotécnico e a gestão da crise. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de pesquisa da UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

Orientações de outra natureza
1.
Jessica Lorrany de Jesus Silva. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

2.
Julia Figueiredo Bellini. Observatório dos Conflitos Ambientais no Estado de Minas Gerais. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

3.
Thomas Mota Coelho Nascimento. O Desastre e a Política das Afetações. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

4.
Matheus Neres Moreira. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais: tecnologias sociais e justiça ambiental. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Socioambientais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

5.
Hanna Lopes Zambotti Almeida. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais. 2016. Orientação de outra natureza. (Ciências Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.

6.
Ana Beatriz Nogueira Pereira. Observatório dos Conflitos Ambientais no estado de Minas Gerais. 2016. Orientação de outra natureza. (Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Pró-reitoria de Extensão UFMG. Orientador: Raquel Oliveira Santos Teixeira.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Conflitos entre Desenvolvimento e Meio Ambiente no Brasil: desafios para a antropologia e os antropólogos. In: FELDMAN-BIANCO, Bela. (Org.). Desafios da Antropologia no Brasil. 1ed.Brasília: ABA Publicações, 2013, v. 1, p. 75-108.

2.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . Embodied Experiences and the Global Gaze: conflicting perceptions of water in the Jequtinhonha Valley, Brazil. In: Thomas Reuter. (Org.). Averting a Globas Environmental Collapse: the role of Anthropology and Local Knowledge. 1ed.Newclastle: Cambridge Scholars Publishing, 2015, v. unico, p. 279-300.


Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Gente tem que falar aquilo que a gente tem que provar: a geopolítica do risco e a produção do sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte - MG. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. O dano e a prova, o risco e a dor: sofrimento social na luta dos moradores do Bairro Camargos em Belo Horizonte. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Conflitos Ambientais e Poder Local. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MARQUES, C. E. ; HORTA, C. R. . A Compulsoriedade do Desenvolvimento: deslocamentos múltiplos e os sentidos da sujeição. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; MUNIZ, L. . O Desastre e a Política das Afetações. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. A Lama e suas Marcas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Metodologia da História Oral. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Introdução à Pesquisa com Fontes Orais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. História Oral: introdução à pesquisa com fontes orais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA; ZUCARELLI, M. C. . Técnicas e Métodos de Pesquisa com Fontes Orais. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Programa Palavra Ética. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. BOLETIM DA UFMG - Tese de doutorado analisa mobilização social para interromper atividades de incinerador em região industrial de Belo Horizonte. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ZHOURI, A. ; OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA . PROGRAMA EXTRA-CLASSE Conflitos Socioambientais: o caso do Bairro Camargos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
OLIVEIRA, R. S. TEIXEIRA. Programa Palavra Ética. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 6:37:22