Marco Aurélio Máximo Prado

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6622025960142025
  • Última atualização do currículo em 09/11/2018


Pós-Doutorado na Universidade de Massachusetts/Amherst. Doutor em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Estágios internacionais como pesquisador: City University of New York (1997-1998); Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra (2004-2005); Universidade Nacional de San Luis na Argentina (2009) e Universidade de Massachusetts/Fundação Fulbright na Cátedra de Estudos Brasileiros (2015). Foi secretário da Sociedade Brasileira de Psicologia Política, sendo um dos Editores da Revista Psicologia Política (2001-2007) e foi também Presidente da Associação Brasileira de Psicologia Política (2009-2011). Secretário executivo da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (2010-2012). Tem colaborado como consultor e membro de conselhos científicos em vários periódicos científicos e editoras. Foi um dos editores da Revista Psicologia & Sociedade da Associação Brasileira de Psicologia Social (2012-2013). É professor associado IV da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (2009-2010) da UFMG. É professor junto ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia e coordenador do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH/UFMG). Possui "grant" pesquisador pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), é bolsista pesquisador do CNPq e Pos-Doutorado pelo Center for Latin American, Caribbean, Latino Studies - Fulbright Chair in Brazilian Studies/Fulbright Foundation/University of Massachusetts/Amherst (2015). Membro da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia (2014/2015). Participou como membro das Comissões de Área da Psicologia e da Área Interdisciplinar da Capes. Atual secretário eleito para a Diretoria da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP) para o biênio 2018/2020. Atua principalmente nos seguintes temas: psicologia social, ações coletivas, preconceito, género, identidade coletiva e movimentos sociais, políticas públicas e participação social, estudos LGBT, sexualidades e democracia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marco Aurélio Máximo Prado
Nome em citações bibliográficas
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pos Graduação em Psicologia.
Avenida Antonio Carlos, 6627 sala 2003
Pampulha
31275901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34996287
Fax: (31) 34096287
URL da Homepage: http://www.fafich.ufmg.br/nuh


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2000
Doutorado em Psicologia (Psicologia Social).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Des-razão: sujeitos da consciência e políticas de identificação. Um mapa teórico sobre o sujeito coletivo e o político na literatura acerca das ações coletivas, Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Salvador Antonio Meirelles Sandoval.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Ações Coletivas; Comportamento Político; Movimentos Sociais; Teoria dos Movimentos Sociais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social / Especialidade: Movimentos Sociais e Ação Coletiva.
Setores de atividade: Outros Setores.
1990 - 1994
Mestrado em Psicologia (Psicologia Social).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: A Consciência e a Construção de Valores Comunitários - um estudo sobre os participantes de um mutirão habitacional na cidade de São Paulo,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Salvador Antonio Meirelles Sandoval.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Psicologia Comunitária; Conscientização; Comunidade.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social / Especialidade: Psicologia Política.
Setores de atividade: Outros Setores.
1997 - 1998
Aperfeiçoamento em Sociologia.
City University of New York, CUNY, Estados Unidos.
Título: Permanência como Visiting Scholar - Doutoramento. Ano de finalização: 1998.
Orientador: John Hammond.
1985 - 1989
Graduação em Psicologia.
Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.


Pós-doutorado


2015
Pós-Doutorado.
University of Massachusetts Amherst, UMass Amherst, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Fulbright, FULBRIGHT, Estados Unidos.


Formação Complementar


2011 - 2011
Estágio Capacitação.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2005 - 2005
Sociologia. (Carga horária: 40h).
centrode Estudos Sociais-Faculdade de Economia-Universidade de Coimbra, UC, Portugal.
2002 - 2002
Social Identity by Prof. Bert Klandermans.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.


Atuação Profissional



Fulbright Foundation, FULBRIGHT, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
chefe de departamento (2005/2007) coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (2009-2011)

Atividades

12/2007 - Atual
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Projeto Capacitação Professores - Prevenção e Combate Homofobia nas Escolas.
01/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

08/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

08/2002 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
seminário de tese A
Teorias Contemporaneas em Psicologia Social
História e Teorias em Psicologia Social
Identidades Coletivas e Movimentos Sociais: aspectos psicossociais
Metodologias Científicas em Psicologia Social
Psicologia Política e Participação Social
08/2002 - Atual
Ensino, psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia Política
Metodologia de Pesquisa
Psicologia Social
08/2009 - 03/2011
Direção e administração, Departamento de Psicologia, .

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
08/2006 - 12/2008
Estágios , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Estágio Internato Rural junto a EFA no Vale do Jequitinhonha.
02/2005 - 02/2007
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
História de Vida e Ação Política de Militantes.
2005 - 2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
membro da congregação da Faculdade.
2004 - 2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Membro da Camara Departamental.
2003 - 2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pos Graduação em Psicologia.

Cargo ou função
Membro Titular do Colegiado de Pos Graduação.
2003 - 2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Psicologia.

Cargo ou função
Presidente Conselho Editorial da Revista do Departamento de Psicologia - Cadernos de Psicologia.

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia, ANPEPP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretário Geral
Outras informações
Diretoria eleita para o próximo biênio

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Secretário Executivo, Enquadramento Funcional: Diretoria eleita

Atividades

2010 - 2012
Direção e administração, ANPEPP, .

Cargo ou função
Secretário Executivo.

Associação Brasileira de Psicologia Social, ABRAPSO, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Editor Adjunto Revista Psicologia e Sociedade

Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Tesoureiro, Enquadramento Funcional: gestão pública
Outras informações
segundo tesoureiro na gestão da diretoria de 2003 a 2005.

Atividades

2003 - 2005
Direção e administração, Diretoria da Abrapso, .

Cargo ou função
Segundo Tesoureiro.

Conselho Federal de Psicologia, CFP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Comissão de Direitos Humanos, Carga horária: 10


Annual Review of Critical Psychology, ARCP, Inglaterra.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: editor convidado, Enquadramento Funcional: editor convidado para número especial
Outras informações
EDITOR CONVIDADO PARA INTEGRAR EQUIPE COM OUTROS TRÊS EDITORES PARA ORGANIZAÇÃO DE UM NÚMERO ESPECIAL DO ANNUAL REVIEW OF CRITICAL PSYCHOLOGY SOBRE GENDER AND SEXUALITIES.


Sociedade Brasileira de Psicologia Política, SBPP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Presidente
Outras informações
Presidente atual (2008-2010) eleito em Assembléia da Associação Brasileira de Psicologia Política

Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: secretário

Atividades

01/2001 - 01/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Revista Psicologia Política, .

Cargo ou função
Co editor e Comissão Científica.
12/2001 - 12/2005
Direção e administração, .

Cargo ou função
Secretário Geral.

Universidade São Marcos, UNIMARCO, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

01/2001 - 6/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pós Graduação, .

Cargo ou função
membro do conselho editorial da Revista Interações.
4/2000 - 6/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Pós Graduação, .

3/2000 - 6/2002
Ensino, Mestrado em Psicologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade Coletiva e Sociedades Complexas
Perspectivas Teórico-Metodológicas em Psicologia Social
3/2000 - 6/2002
Ensino, Curso de Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projetos e Atividades Praticas I
Psicologia e Organizações
01/2001 - 12/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Psicologia, .

Cargo ou função
conselheiro do conselho de curso da graduação.

Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1997
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/1993 - 6/1997
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, Psicologia.

Atividade de extensão realizada
Desenvolvimento comunitário junto ao trabalho das organizações não governamentais "Habitat for Humanity" e "Mesereor".
8/1992 - 6/1997
Ensino,

Disciplinas ministradas
Dinâmica de Grupo I
Dinâmica de Grupo II
Psicologia Geral
Psicologia Social no Curso de Farmácia
Psicologia Social no Curso de Comunicação Social
Supervisão de Estágio em Psicologia Social
3/1993 - 12/1996
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas, Psicologia.


Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 12

Atividades

2/1999 - 12/1999
Ensino,

Disciplinas ministradas
Psicologia Social I
Psicologia Social II

Pontifícia Universidade Católica de Campinas, PUC Campinas, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1994
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Horista, Carga horária: 12

Atividades

8/1992 - 12/1994
Ensino,

Disciplinas ministradas
Psicologia Social I
Psicologia Social II


Linhas de pesquisa


1.
Psicologia Social e Comunitária

Objetivo: estudos, pesquisa e intervenção junto a grupos comunitários com o objetivo de compreensão dos elementos psicossociais que facilitam a participação comunitária e social bem como facilitadores de processos interventivos junto a grupos e\ou comunidades..
2.
Identidade: formação e transformação

Objetivo: A linha enfoca a formação e transformação da identidade, esta entendida como um processo de diferenciação e identificação de indivíduos e grupos. Esse processo é analisado em uma perspectiva histórica, na qual as diferenciações sociais constituem-se na produção de sentidos e significados possíveis nos campos relacionais entre os indivíduos e grupos. Nesse sentido, a identidade comparece como uma forma singular e simbólica de conhecimento e reconhecimento das formações sociais possíveis e/ou desejadas no conjunto de forças econômicas, culturais e políticas no mundo contemporâneo..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social / Especialidade: Psicologia Política.
Palavras-chave: Identidade coletiva; Psicologia Política; Movimentos Sociais; Psicologia Comunitária.
3.
NUH - núcleo de direitos humanos e cidadania LGBT

Objetivo: Núcleo onde se concentram as linhas de pesquisa sobre estudos LGBT/queer a partir das áreas da psicologia social, da comunicação social e das ciências políticas. O NUH também desenvolve projetos de pesquisa com interface na extensão. Atualmente existem projetos financiados pelo CNPq, pela Fapemig e pelo MEC.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: homofobia; homossexualidades; gênero; movimento LGBT; transexualidades.
4.
Política, Participação e Processos de Identificação

Objetivo: Estudo dos fenômenos políticos a partir da Psicologia Social, incluso formas de relações de poder, instituições políticas e participação social. Foco especial no estudo das possibilidades de organização política contra-hegemônica e na análise das formas de identidade coletiva e identidade política no cenário contemporaneo .Esta linha está representanda no Pós Graduação e é sustentada pelos professores do Núcleo de Pesquisa em Psicologia Política www.fafich.ufmg.br/npp.
Palavras-chave: identidade política; Movimentos Sociais; Psicologia Social; Comunidade; Conscientização; Comportamento Político.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Transexualidades/Travestilidades no discurso da justiça brasileira
Descrição: a partir de boletins de ocorrências e de inquéritos policiais de vítimas travestis analisamos como se dá a materialidade da produçao do genero e sexualidade no discurso das processos em questáo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Rafaela Vasconcelos - Integrante / Nicole Gonçalves da Costa - Integrante / Julia Carneiro - Integrante / Julia Vidal - Integrante / Gabriela Lamounier - Integrante.Financiador(es): Ministerio Público do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2016 - Atual
Travestis/Transexuais e Repertórios de Ações Políticas
Descrição: Estudo qualitativo das ações de resistências como repertórios de ações políticas de travestis e transexuais em Belo Horizonte.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / IGOR MONTEIRO - Integrante / Julia Carneiro - Integrante / Barbara Gonçalves Mendes - Integrante / Lohana Morelli - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Women?s College and Transgender?s demands: gender norms, bodies and educational policies.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Mapemanto da ações sociais e coletivas de combate a violência LGBT no Estado de Minas Gerais
Descrição: Com convênio com o Ministério Público Estadual, desenvolvemos a pesquisa sobre o mapeamento das ações sociais e publicas de combate a violência LGBT entre a sociedade civil e o estado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador.
2013 - 2015
Segurança Pública e População LGBT
Descrição: Investigar a formação das polícias militares, civis e guardas municipais em cinco estados brasileiros acerca das políticas de segurança para população LGBT.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador.Financiador(es): Secretaria Nacional de Segurança Pública - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - 2016
Direitos e Violência na Experiência de Travestis e Transexuais na cidade de Belo Horizonte
Descrição: O projeto em questão tem como objetivo mapear as formas de violência e o acesso a direitos de travestis e transexuais em trabalho sexual na região de Belo Horizonte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Ilana Mountian - Integrante / Rafaela Vasconcelos - Integrante / Liliane Anderson - Integrante / IGOR MONTEIRO - Integrante / Nicole Gonçalves da Costa - Integrante / Anne Rafaele Telmira - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro / (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 2
2009 - 2012
Participação Social Juvenil: direitos, política, cultura e subjetividade
Descrição: Articulação Nacional de pesquisadores para pesquisa sobre participação social da juventude..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Integrante / Claudia Mayorga - Integrante / Lucia Rabello de Castro - Coordenador / Katia Maheirie - Integrante / Jaileia Menezes - Integrante / Marcos Mesquita - Integrante / Andrea Zanella - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2009 - 2011
Dinâmicas Psicossociais da Homofobia: Gênero, Identidades e Heteronormatividade
Descrição: Estudo das dinâmicas homofóbicas nas relações interpessoais e institucionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Marco Antonio Torres - Integrante / Rogério Diniz Junqueira - Integrante / Daniel Arruda - Integrante / Juliana Perucchi - Integrante / Leonardo Tolentino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Psicologia Política na América Latina: sistematização e democratização de informações
Descrição: Estudo da produção latino americana em Psicologia Política nas últimas três décadas com o objetivo de sistematização e democratização da informação produzido nesta área do conhecimento científico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Cornelis Johannes van Stralen - Integrante / Odair Sass - Integrante / Vanessa Andrade Barros - Integrante / Claudia Mayorga - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.
2007 - 2009
Identidades Coletivas e posições de gênero: a reinvenção do político e da cidadania
Descrição: Projeto tem como objetivo um estudo comparativo das formas de constituição de identidades coletivas em grupos que apresentam demandas políticas relacionadas à interpelação das relações de gênero e ao questionamento das hierarquias sexuadas. O campo empírico se dá através do estudo qualitativo e quantitativo dos grupos de trabalhadoras rurais, grupos GLBTs, grupo de jovens negras e grupo de profissionais do sexo que se organizam em torno de alguma reivindicação. Pretende-se compreender a formação da identidade coletiva no âmbito dos movimentos sociais a partir das questões de gênero e dos elementos psicossociológicos que a constituem..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Claudia Mayorga - Integrante / Manuela de Sousa Magalhães - Integrante / Cassia dos Reis Donato - Integrante / Frederico Alves Costa - Integrante / Leticia Cardoso Barreto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 7
2006 - 2008
Identidades Coletivas e Movimentos Sociais: antagonismos e procedimentos da tradução
Descrição: Estudos dos processos psicossociológicos de construção de identidades coletivas em movimentos sociais e grupos político-culturais. Atenção especial aos mecanismos de criação de relações antagônicas na emergência do espaço do político e aos procedimentos de tradução de experiências entre diferentes grupos.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Salvador A. M. Sandoval - Integrante / Frederico Viana Machado - Integrante / Manuela de Sousa Magalhães - Integrante / Cassia dos Reis Donato - Integrante / Otacílio Junior - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4
2006 - 2007
Identidade Coletiva e Demandas Democráticas: gênero e movimentos sociais
Descrição: Estudo de quatro grupos de atuação e organização política em torno das formas de subalternidade sexuada no espaço público e no campo dos direitos humanos. A partir dos dados empíricos, objetiva-se analisar cada dinâmica do grupo envolvimento e comparar as formas que a reivindicação de gênero articula-se com outras categorias sociais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Claudia Mayorga - Integrante / Manuela de Sousa Magalhães - Integrante / Cassia dos Reis Donato - Integrante / Letícia Cardoso - Integrante / Frederico Alves Costa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 5
2005 - 2006
Pesquisa na Parada GLBT de Belo Horizonte - Violência, Participação e Homossoxualidade
Descrição: Pesquisa desenvolvida durante a Parada GLBT de Belo Horizonte nos anos de 2005 e 2006..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Cristiano Rodrigues - Integrante / Frederico Viana Machado - Integrante / Frederico Alves Costa - Integrante.Financiador(es): Prefeitura Municipal de Belo Horizonte - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 2
2004 - 2006
Estudo da Construção da Identidade Coletiva em Diferentes Movimentos Sociais
Descrição: Pesquisa sobre os processos psicossociológicos da construção das identidades coletivas entre diferentes grupos de ação coletiva como o movimento gay, lésbico e transexual de Minas Gerais, o movimento das mulheres trabalhadoras rurais do Estado de Minas Gerais, o movimento das mulheres negras em Belo Horizonte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Cornelis Johannes van Stralen - Integrante / Cristiano Rodrigues - Integrante / Sara Deolinda Pimenta - Integrante / Frederico Viana Machado - Integrante / Marco Antonio Torres - Integrante / Manuela de Sousa Magalhães - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 15 / Número de orientações: 5
2003 - 2006
Identidade Coletiva e Participação de Conselheiros de Saúde no Estado de Minas Gerais
Descrição: Estudo da identidade coletiva e das formas participativas dos representantes de usuários nos conselhos de saúde do estado de Minas Gerais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2000 - 2002
Movimentos Sociais e Identidade Coletiva: Movimento Sem Terra e Movimento de Luta Anti Manicomial
Descrição: Estudo das formas de constituição da identidade coletiva entre os participantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra eentre os participantes do Movimento de Luta Anti Manicomial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Nadir Lara Júnior - Integrante.Financiador(es): Universidade São Marcos - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2013 - 2016
Genero e Diversidade na Escola
Descrição: Formaçao continuada de professores da rede pública nos temas gênero, raça e sexualidades..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (2) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador.
2013 - 2015
Direitos Humanos e Combate ao Sexismo e Homofobia
Descrição: O programa Direitos Humanos e Combate à Homofobia propõe-se ao desenvolvimento de Projetos articulados, fundamentados em atividades interligadas de ensino, pesquisa e extensão com o objetivo de produzir e divulgar conhecimento acadêmico relevante para a compreensão das experiências relacionadas às múltiplas vivências da diversidade sexual e assim intervir socialmente para o enfrentamento à homofobia e ao sexismo. Atua por meio da realização de pesquisas interdisciplinares desenvolvidas por acadêmicos em nível de graduação e pós-graduação orientados por professores doutores e pós-doutores, oriundos das áreas de Psicologia Social, Comunicação Social, Educação, Ciências Sociais. Tais pesquisas fundamentam a oferta de disciplinas ministradas em diferentes cursos de graduação e programas de pós-graduação da UFMG, bem como a execução e supervisão de estágios curriculares, contribuindo de forma qualificada com a formação universitária proposta pela Instituição. Pesquisa e Ensino, assim desenvolvidos, possibilitam a constituição de uma equipe de pesquisadores-extensionistas altamente capacitada para execução de Projetos de Extensão realizados junto à comunidade externa, destacadamente na formação continuada de gestores para o respeito à diversidade sexual e, ainda, na conscientização, mobilização e organização social do público LGBT, visando ao acesso e formulação de políticas públicas de educação, cultura, seguridade social, saúde e segurança pública..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2011 - 2013
Direitos Humanos e Combate ao Sexismo e Homofobia
Descrição: O programa Direitos Humanos e Combate à Homofobia propõe-se ao desenvolvimento de Projetos articulados, fundamentados em atividades interligadas de ensino, pesquisa e extensão com o objetivo de produzir e divulgar conhecimento acadêmico relevante para a compreensão das experiências relacionadas às múltiplas vivências da diversidade sexual e assim intervir socialmente para o enfrentamento à homofobia e ao sexismo. Atua por meio da realização de pesquisas interdisciplinares desenvolvidas por acadêmicos em nível de graduação e pós-graduação orientados por professores doutores e pós-doutores, oriundos das áreas de Psicologia Social, Comunicação Social, Educação, Ciências Sociais. Tais pesquisas fundamentam a oferta de disciplinas ministradas em diferentes cursos de graduação e programas de pós-graduação da UFMG, bem como a execução e supervisão de estágios curriculares, contribuindo de forma qualificada com a formação universitária proposta pela Instituição. Pesquisa e Ensino, assim desenvolvidos, possibilitam a constituição de uma equipe de pesquisadores-extensionistas altamente capacitada para execução de Projetos de Extensão realizados junto à comunidade externa, destacadamente na formação continuada de gestores para o respeito à diversidade sexual e, ainda, na conscientização, mobilização e organização social do público LGBT, visando ao acesso e formulação de políticas públicas de educação, cultura, seguridade social, saúde e segurança pública..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Rafaela Vasconcelos - Integrante / IGOR MONTEIRO - Integrante.Financiador(es): Ministério da Educação - Bolsa.
2007 - 2011
EDUCAÇÃO SEM HOMOFOBIA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA
Descrição: PROJETO DE FORMAÇÃO DE EDUCADORES DAS REDES PÚBLICAS PARA COMBATE A HOMOFOBIA E AO SEXISMO.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marco Aurélio Máximo Prado - Coordenador / Leonardo Tolentino - Integrante / Costa, Frederico Alves - Integrante / Rafaela Vasconcelos - Integrante / IGOR MONTEIRO - Integrante.Financiador(es): SECADI - Auxílio financeiro.
1994 - 1996
Projeto Misereor - Metodologias de Estudo sobre a Situação de Risco em Favelas
Descrição: Desenvolvimento de metodologias de estudo e intervenção junto às favelas em situação de risco na cidade de Piracicaba.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
1994 - 1996
Construção de Valores Comunitários - Habitat for Humanity
Descrição: Estudo da construção de valores comunitários no Projeto de Intervenção do Habitat for Humanity.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2014 - Atual
Genero e Diversidade na Escola - formaçao continuada de educadores
Descrição: Desenvolver a capacidade dos/as participantes, de modo crítico e emancipatório, compreender e se posicionar diante das transformações políticas, econômicas e socioculturais. O sentido que se pretende difundir é o do reconhecimento e respeito à diversidade sociocultural do povo brasileiro e dos povos de todo o mundo ? o reconhecimento de que negras e negros, índias e índios, mulheres, homossexuais, travestis e transexuais, dentre outros grupos discriminados, devem ser respeitados/as em suas identidades, diferenças e especificidades, porque tal respeito baliza tanto o direito social inalienável ao reconhecimento, quanto pelo dever de proceder e agir de modo não discriminatório.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Ex Aequo
2013 - Atual
Periódico: International Journal of Psychological Studies
2012 - Atual
Periódico: Diaphora
2011 - Atual
Periódico: Polis e Psique
2009 - Atual
Periódico: Estudos de Psicologia (UFRN)
2008 - Atual
Periódico: Gerais - revista interinstitucional de Psicologia
2005 - Atual
Periódico: Revista Psicologia Argumento (0103-7013)
2004 - Atual
Periódico: Psicologia: Teoria e Prática
2004 - Atual
Periódico: Revista Electronica Psicologia Politica
2004 - Atual
Periódico: Psicologia em revista
2003 - 2011
Periódico: Interações
2001 - Atual
Periódico: Revista psicologia política (1519-549X)


Membro de comitê de assessoramento


2011 - 2011
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2017 - 2018
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2013 - 2013
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2013 - 2013
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2011 - 2011
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2008 - 2011
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior


Revisor de periódico


2003 - Atual
Periódico: Interações
2006 - Atual
Periódico: American Journal of Community Psychology
2004 - 2005
Periódico: Revista eletrônica ULAPSI
2006 - Atual
Periódico: Revista psicologia política (1519-549X)
2005 - Atual
Periódico: Psicologia & Sociedade (0102-7182)
2004 - Atual
Periódico: Revista Interamericana de Psicología (0034-9690)
2006 - Atual
Periódico: Impulso (Piracicaba) (0103-7676)
2006 - Atual
Periódico: Memorandum (Belo Horizonte)
2007 - Atual
Periódico: Aletheia (ULBRA)
2007 - Atual
Periódico: Psicologia. Teoria e Prática
2007 - Atual
Periódico: Revista do Departamento de Psicologia (UFF) (0104-8023)
2007 - Atual
Periódico: Psicologia. Reflexão e Crítica
2009 - Atual
Periódico: Ciência & Saúde Coletiva
2010 - Atual
Periódico: Ágora ( PPGTP/UFRJ)
2010 - Atual
Periódico: Revista Electrónica de Psicología Política (En línea)
2010 - Atual
Periódico: Educação em Revista (UFMG. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Ambiente e Sociedade (Campinas)
2015 - Atual
Periódico: Temas em Psicologia
2014 - Atual
Periódico: Psicologia USP (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Psicologia: Ciência e Profissão (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Athenea Digital
2015 - Atual
Periódico: Quaderns - Universitat Autònoma de Barcelona. Departament de Traducció i d'


Revisor de projeto de fomento


2018 - 2018
Agência de fomento: Fulbrigth Foundation
2010 - 2011
Agência de fomento: (FAPES) Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo
2010 - Atual
Agência de fomento: (FAP/DF) Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal
2008 - Atual
Agência de fomento: (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2006 - Atual
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: genero e sexualidades.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Movimentos Sociais e Ação Coletiva.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Política.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: políticas públicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
Grande Prêmio Melhor Tese, UFMG.
2015
Catedra de Estudos Brasileiros, Fundação Fulbrith/Universidade de Massachusetts-Amherst.
2014
Premio Direitos Humanos LGBT - Contagem, Cellos Contagem.
2013
Prêmio Educando para o Respeito à Diversidade Sexual (Doutorando Marco Antonio Torres), Gale.
2013
XI Premio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT de Belo Horizonte, Cellos - MG.
2012
Prêmio Amigos da Parada LGBT de Belo Horizonte pelo trabalho do Nucleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da UFMG, Organizadores da Parada LGBT de Belo Horizonte.
2012
Pesquisador Mineiro PPM/Fapemig, Fapemig.
2010
Menção Honrosa (aluno Marco Antonio Torres) no 6 Premio Construindo a Igualdade de Gênero, SPM/CNPq.
2009
Prêmio Cultural LGBT - SUDS/Gudds!/NUH, Ministério da Cultura - Gov. Federal.
2009
Menção Honrosa (aluno Leonardo Tolentino) XII Encontro de Extensão da UFMG, Proex/UFMG.
2009
Menção Honrosa (aluno Frederico Viana Machado) prêmio Silvia Lane, Abrapso Nacional.
2008
Pesquisador Mineiro - PPM/Fapemig, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
2007
Premio Amigos da Parada LGBT de Belo Horizonte, Movimentos Sociais LGBTs de Belo Horizonte.
2006
Prêmio "Amigos da Parada GLBT" pelo reconhecimento ao trabalho de pesquisa sobre a Parada GLBT de Belo Horizonte, Movimento GLBT e Associação da Parada GLBT de Belo Horizonte.
2006
1º lugar - Trabalhos nível Pós-Graduação (aluno:Frederico Viana Machado) - "Prêmio Silvia Lane", Abrapso - Regional Minas.
2006
2º lugar - Trabalhos nível Pós-Graduação (aluna: Manuela Sousa Magalhâes) - "Prêmio Silvia Lane", Abrapso - Regional Minas.
2006
3º lugar - Trabalhos nível Graduação (aluna: Clarisse Leão) - "Prêmio Silvia Lane", Abrapso - Regional Minas.
2006
Prêmio Iniciação Científica (aluno: Frederico Alves Costa), PIBIC/UFMG/CNPq.
2005
Prêmio "Amigos da Parada GLBTT de Belo Horizonte", Movimento GLBTT de Belo Horizonte e Associação da Parada GLBTT.
2005
- menção honrosa na categoria graduação no Primeiro Prêmio Construindo Igualdade de Gênero/ (aluna Manuela de Sousa Magalhães), CNPq e Secretaria Especial das Mulheres.
2004
BOLSA UM MÊS no CES para jovens pesquisadores, Centro de Estudos Sociais - Universidade de Coimbra - Portugal.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAYRINK, A. L.2018MAYRINK, A. L. ; MARQUES, A. C. S. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Políticas da Imagem Fotográfica em Elas, Madalenas: subjetivação e desidentificação de mulheres trans. TRÍADE: COMUNICAÇÃO, CULTURA E MÍDIA, v. 6, p. 13-36, 2018.

2.
SARAIVA, I.2018SARAIVA, I. ; PRADO, M. A. M. . Pesquisa narrativa com mulheres que usam drogas:uma experiencia etnográfica feminista. PSICOLOGIA USP (IMPRESSO), v. 29, p. 1, 2018.

3.
Prado, Marco Aurelio2018Prado, Marco Aurelio; MENDES, B. G. ; CARNEIRO, J. ; VIDAL, J. ; LAMOUNIER, G. ; VASCONCELOS, R. . A Construção Institucional do Gênero Criminoso: travestis e transexuais no sistema de justiça. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS CRIMINAIS, v. 146, p. 515-538, 2018.

4.
GOMES, M. A.2018GOMES, M. A. ; PRADO, M. A. M. ; INIGUEZ-RUEDA, L. ; MAHEIRIE, K. . 'Corpos deslocados: Relações entre política, estética e ativismo ambiental. ESTUDOS DE PSICOLOGIA (NATAL. ONLINE), v. 24, p. 1-12, 2018.

5.
COSTA, F. A.2017COSTA, F. A. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Collective actions and political behavior: scientific production of Brazilian Social Psychology (1986-2011)'. ATHENEA DIGITAL, v. 1, p. 1-23, 2017.

6.
COSTA, F. A.2017COSTA, F. A. ; PRADO, M. A. M. . Artimanhas da Hegemonia: obstáculos à radicalização da democracia no Brasil. PSICOLOGIA E SOCIEDADE (IMPRESSO), v. 29, p. 1-11, 2017.

7.
Tenorio, L2016Tenorio, L ; Prado, Marco Aurélio Máximo . As contradições da patologização das identidades trans e argumentos para mudança de paradigma. REVISTA PERIÓDICUS, v. 1, p. 41-55, 2016.

8.
COSTA, F. A.2016COSTA, F. A. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Crítica, política e psicologia social: A mudança social e o lugar da ação intelectual na luta política. Estudos de Psicologia (Natal. Online), v. 21, p. 216-227, 2016.

9.
Prado, Marco Aurélio Máximo2014Prado, Marco Aurélio Máximo; MACHADO, F. V. . FAR BEYOND THE RAINBOW. THE CONSTITUTION OF COLLECTIVE IDENTITIES BETWEEN CIVIL SOCIETY AND THE STATE. Annual Review of Critical Psychology (Online), v. 11, p. 131-150, 2014.

10.
TORRES, MARCO ANTÔNIO2014TORRES, MARCO ANTÔNIO ; PRADO, MARCO AURÉLIO . Professoras transexuais e travestis no contexto escolar: entre estabelecidos e outsiders. Educacao e Realidade, v. 39, p. 201-220, 2014.

11.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2014PRADO, M. A. M.; MACHADO, F. V. . Muito Além do Arco-Íris. A constituição de identidades coletivas entre a sociedade civil e o estado. Annual Review of Critical Psychology (Online), v. 11, p. 151-170, 2014.

12.
TONELLI, M. J. F.2013TONELLI, M. J. F. ; MAHEIRIE, K. ; Perucchi, J. ; MAYORGA, C. ; Mountian, I ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Critical social psychology in Brazil: politics, gender, and subjects of dissidence. Annual Review of Critical Psychology (Online), v. 10, p. 163-183, 2013.

13.
TONELLI, M. J. F.2013TONELLI, M. J. F. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Política e Sujeitos Coletivos: entre consensos e desacordos. Estudos de Psicologia (Natal. Online), v. 18, p. 351-357, 2013.

14.
MONTEIRO, I.2013MONTEIRO, I. ; TOLENTINO, L. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Formação Continuada de Educadores: O Projeto Educação Sem Homofobia. Interfaces, v. 1, p. 63-70, 2013.

15.
TONELI, M. J. F.2013TONELI, M. J. F. ; MAHEIRIE, K. ; PERUCCH, J. ; MAYORGA, C. ; MOUNTIAN, I. ; PRADO, M. A. M. . Critical social psychology in Brazil: politics, gender, and subjects of dissidence. Annual Review of Critical Psychology (Online), v. 10, p. 163-183, 2013.

16.
Rodrigues, Cristiano2012Rodrigues, Cristiano ; Prado, Marco Aurelio . A History of the Black Women's Movement in Brazil: Mobilization, Political Trajectory and Articulations with the State. Social Movement Studies (Print), v. 1, p. 1-20, 2012.

17.
Prado, Marco Aurélio Máximo2012Prado, Marco Aurélio Máximo; SARAIVA, I. . A emergência da politização da intimidade na experiência de mulheres usuárias de drogas. Estudos de Psicologia (UFRN), v. 17, p. 305-312, 2012.

18.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2011PRADO, M. A. M.; Costa, Frederico Alves . Estratégia de articulação e estratégia de aliança: possibilidades para a luta política. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 26, p. 685-720, 2011.

19.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2010PRADO, M. A. M.; RODRIGUES, C. . Movimento de Mulheres Negras: trajetória política, práticas mobilizatórias e articulações com o estado brasileiro. Psicologia e Sociedade (Impresso), v. 22, p. 445-458, 2010.

20.
JUNQUEIRA, R. D.2010JUNQUEIRA, R. D. ; PRADO, M. A. M. . Advinhe quem não vem para o jantar,,,Breves anotações sobre a não-tematização das questões LGBT nas eleições presidenciais de 2010. Eco (UFRJ), v. 13, p. 2, 2010.

21.
BARRETO, L. C.2010BARRETO, L. C. ; PRADO, M. A. M. . Identidade das prostitutas em Belo Horizonte: as representações, as regras e os espaços. Pesquisas e Práticas Psicossociais, v. 5, p. 5, 2010.

22.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2010PRADO, M. A. M.; MACHADO, F. V. ; SANTOS, L. C. ; Mountian, I . Los movimientos LGTB y la lucha por la democratización de las jerarquias sexuales en Brasil. Revista Digital Universitaria, v. 11, p. 68, 2010.

23.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2009PRADO, M. A. M.; Arruda, D ; TOLENTINO, L. . O LITÍGIO SOBRE O IMPENSÁVEL: ESCOLA, GESTÃO DOS CORPOS E HOMOFOBIA INSTITUCIIONAL. Bagoas : Revista de Estudos Gays, v. 4, p. 21-32, 2009.

24.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2009PRADO, M. A. M.; MACHADO, F. V. ; CARMONA, A. . LUTA PELA FORMALIZAÇÃO E TRADUÇÃO DA IGUALDADE NAS FRONTEIRAS INDEFINIDAS DO ESTADO CONTEMPORÂNEO: RADICALIZAÇÃO E/OU NEUTRALIZAÇÃO DO CONFLITO DEMOCRÁTICO?. Interface (Maynooth), v. 1, p. 134-165, 2009.

25.
MACHADO, F. V.2009MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Sexualidade e cidadania. sociedade civil e poder público na organização da parada glbt na cidade de belo horizonte (Brasil) (Republicado/Revisão). Les Cahiers de Psychologie Politique, v. 15, p. 14, 2009.

26.
COSTA, F. A.2008COSTA, F. A. ; MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Participação Política e Experiência Homossexual: dilemas entre o indivíduo e o coletivo. Interamerican Journal of Psychology, v. 42, p. 325-337, 2008.

27.
MACHADO, F. V.2007MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Sexualidade e Cidadania. Sociedade Civil e Poder Público na Organização da Parada GLBT na Cidade de Belo Horizonte (Brasil). Les Cahiers de Psychologie Politique, v. 10, p. 10, 2007.

28.
MACHADO, F. V.2005MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Movimentos Homossexuais: a constituição da identidade coletiva entre a economia e a cultura. O caso de dois grupos brasileiros. Interações (Universidade São Marcos), São Paulo, v. 19, n.X, p. 37-50, 2005.

29.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2005PRADO, M. A. M.. Movimentos de Massa e Movimentos Sociais: aspectos psicopolíticos das ações coletivas. Revista de Ciências Humanas (Florianópolis), v. 37, 2005.

30.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2004PRADO, M. A. M.. A Psicologia Social como ciencia (in)disciplinar. Psicologia Argumento, Paraná, v. 22, n.38, 2004.

31.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2004PRADO, M. A. M.; PIMENTA, S. D. ; CAMPICI, C. . Identidade Coletiva e Política na Trajetória de Organização das Trabalhadoras Rurais em Minas Gerais: para uma psicologia política das ações coletivas. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 16, p. 35, 2004.

32.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2003PRADO, M. A. M.; LARA JUNIOR, N. . A Mística e a Construção da Identidade Política entre os Participantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra no Brasil: um enfoque psicossociológico. Revista Electrónica de Psicología Política, Universidade Nacional San Luis, v. 03, 2003.

33.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2002PRADO, M. A. M.. A Psicologia Comunitária nas Américas: o individualismo, o comunitarismo e a exclusão do político. Psicologia. Reflexão e Crítica, Rio Grande do Sul, v. 15, n.1, p. 201-211, 2002.

34.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2002PRADO, M. A. M.; SOUZA, T. R. P. . Problematizando discursos contemporaneos sobre as formações identitárias. Idea (San Luis), San Luis, Argentina, v. 36, n.16, p. 12-22, 2002.

35.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2002PRADO, M. A. M.. Da Mobilidade Social à Constituição da Identidade Política: reflexões em torno dos aspectos psicossociais das ações coletivas. Psicologia em Revista, Belo Horizonte MG, v. II, n.11, p. 21, 2002.

36.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2001PRADO, M. A. M.. Psicologia Política e Ação Coletiva: notas e reflexões acerca da compreensão do processo de formação identitária do nós.. Revista Psicologia Política, São Paulo, v. 01, n.01, p. 149-172, 2001.

37.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO2001PRADO, M. A. M.; SOUZA, T. R. P. . Diferenciações e Indiferenciação nas Formações Identitárias: ambiguidades dos discursos contemporaneos. Aletheia (ULBRA), Rio Grande do Sul, v. jan/ju, n.13, p. 111-119, 2001.

38.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO1996PRADO, M. A. M.; TOODA, I. . Notas e Reflexões sobre a Pobreza: uma discussão ética-política. Revista do Segundo Seminário Acadêmico do Departamento de Psicologia da Unimep, Piracicaba, v. 1, n.1, p. 75-86, 1996.

39.
PRADO, M. A. M.;Prado, Marco Aurélio Máximo;Prado, Marco Aurelio;PRADO, MARCO AURÉLIO1996PRADO, M. A. M.; SILVA, E. . O Outro na Favela: Reflexões sobre a Prática de Extensão. Revista do Departamento de Psicologia da Unimep, Piracicaba, v. 1, n.1, p. 92-100, 1996.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PRADO, M. A. M.. Ambulare. 1. ed. Belo Horizonte: Selo PPGCOM, 2018. v. 1. 80p .

2.
MARQUES, A. C. S. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Diálogos e Dissidências: Michel Foucault e Jacques Rancière. 1. ed. Curitiba: Appris, 2018. 185p .

3.
Prado, Marco Aurelio. Experiências em Educação e Diversidade Sexual. 1. ed. Belo Horizonte: MJR, 2015. v. 1. 365p .

4.
CASTRO, L. R. (Org.) ; MAYORGA, C. (Org.) ; Prado, Marco Aurélio Máximo (Org.) . Juventude e a experiência da política no contemporâneo. 1. ed. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2012. v. 100. 300p .

5.
MAYORGA, C. (Org.) ; Perucchi, J. (Org.) ; PRADO, M. A. M. (Org.) . Olhares Diversos: direitos sexuais, feminismos e lesbianidades. 1. ed. Belo Horizonte: Campagna, 2011. 300p .

6.
PRADO, M. A. M.; MACHADO, F. V. . Preconceito contra homossexualidades - A hierarquia da invisibilidade. 1. ed. São `Paulo: Editora Cortez, 2008. v. 5. 144p .

7.
MAYORGA, C. (Org.) ; PRADO, M. A. M. (Org.) . Psicologia Social: articulando saberes e fazeres. 1. ed. Belo Horizonte e São Paulo: Autêntica, 2007. v. 1000. 326p .

8.
PRADO, M. A. M.; RODRIGUES, C. ; MACHADO, F. V. . Participação, Política e Homossexualidade: 8ª Parada do Orgulho GLBTT de Belo Horizonte. 1. ed. Belo Horizonte: Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, 2006. v. 1000. 85p .

9.
PRADO, M. A. M.; KIND, L. (Org.) ; GUERRA, A. (Org.) ; AFONSO, M. L. M. (Org.) . Psicologia Social e Direitos Humanos. 1. ed. Belo Horizonte: Edições do Campo Social- Abrapso MG, 2003. v. 500. 284p .

Capítulos de livros publicados
1.
TEIXEIRA, F. B. ; Prado, Marco Aurélio Máximo ; Hasse, M ; Felbelmann, T ; Ribeiro, C. T. ; Crovato, C. ; Araujo, J. ; Nogueira, M. I. . Estratégias de Resistência, Existência e Invenções de uma prática: entre um cotidiano de miudezas e um cuidado afetado. In: Paula Ribeiro; Joanalira Magalhães; Fernando Seffner; Teresa Villaça. (Org.). Corpo, Gênero e Sexualidade: resistência e ocupa(ações) nos espaços de educação. 1ed.Rio Grande: Editora da FURG, 2018, v. 1, p. 141-158.

2.
COSTA, F. A. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Os limites e as estratégias democráticas no Brasil Contemporâneo: contribuições do pensamento de Ernesto Laclau e Chantal Mouffe. In: Luís Gustavo Teixeira da Silva; Gabriel Bandeira Coelho; Everton Garcia da Costa; Felipe Corral de Freitas. (Org.). Pós-estruturalismo e teoria do discurso: a obra de Ernesto Laclau a partir de abordagens empíricas e teóricas. 1ed.Curitiba: CRV, 2017, v. 1, p. 89-102.

3.
BUSSINGER, R. ; Prado, Marco Aurelio ; Araujo, G . Transexualidades, Psicologia e Direitos Humanos. Psicologia, Justiça e Direitos Humanos. 1ed.Curitiba: Juruá, 2017, v. 1, p. 129-144.

4.
PERUCCH, J. ; Prado, Marco Aurélio Máximo ; MACHADO, P. S. . Do legítimo das experiências, da precariedade dos saberes: corpos, gêneros e sexualidades em disputa. In: Marcos Vieira Silva e outros. (Org.). Democracia, política e psicologia social: rupturas e consolidações. 1ed.Porto Alegre: ABRAPSO, 2017, v. 1, p. 197-220.

5.
PACHECO, B. G. C. ; RAZERA, E. ; PRADO, MARCO AURÉLIO ; TEIXEIRA, F. B. . Psicologias e Transexualidades: escritos e escrituras da Psicologia Brasileira. In: Emerson Rasera; Maristela Pereira; Dolores Galindo. (Org.). Democracia Participativa, Estado e Laicidade: Psicologia Social e Enfrentamentos em Tempos de Exceção. 1ed.Porto Alegre: Abrapso, 2017, v. 1, p. 209-226.

6.
Prado, Marco Aurelio; PERUCCH, J. ; VASCONCELOS, R. ; COSTA, N. G. ; TELMIRA, A. R. ; CARNEIRO, J. ; Gea, K ; Alecrim, D ; Oliveira, L . Travestilidades, Transexualidades e Saúde: acessos, restrições e vulnerabilizações do cuidado integral. In: Marcelo Maciel Ramos; Pedro Augusto Gravatá Nicoli; Gabriela Campos Alkmim. (Org.). Genero, Sexualidades e Direitos Humanos: perspectivas multidisciplinares. 1ed.Belo Horizonte: Initia Via, 2017, v. 1, p. 63-82.

7.
Tenorio, L ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Patologização das Identidades Trans e a Violência na Atenção à Saúde:das normativas às práticas psicológicas. In: Anna Paula Uziel; Flavio Guillhon. (Org.). Transdiversidades:práticas e diálogos em transito. 1ed.Rio de Janeiro: UERJ, 2016, v. , p. 197-.

8.
Prado, Marco Aurélio Máximo; VASCONCELOS, R. . Normas de Gênero e Precarização da Experiência: transexualidades, formação e trabalho. In: Alexandre de Padua Carrieri; Juliana Cristina Teixeira; Marco Cesar Ribeiro Nascimento. (Org.). Gênero e Trabalho - perspectivas, possibilidades e desafios no campo de estudos organizacionais. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2016, v. 1, p. 321-339.

9.
Prado, Marco Aurélio Máximo. A dissipação da política no campo de estudos dos movimentos sociais. In: Domenico Hur; Fernando Lacerda Junior. (Org.). Psicologia, Política e Movimentos Sociais. 1ed.Petrópolis: Vozes, 2016, v. 1, p. 58-74.

10.
PRADO, MARCO AURÉLIO; VASCONCELOS, R. ; CARNEIRO, J. ; TELMIRA, A. R. ; Alecrim, D ; Gea, K ; Oliveira, L ; Lopes, I ; COSTA, N. G. . Travestis e Transexuais no Brasil:ciclos de violência, inteligibilidade institucional e efeitos da invisibilidade. In: Ana Maria Veiga; Teresa Kleba Lisboa; Cristina Scheibe Wolff. (Org.). Genero e Violências: diálogos interdisciplinares. 1ed.Florianópolis: Edições do Bosque, 2016, v. 1, p. 238-263.

11.
PRADO, MARCO AURÉLIO; Tenorio, L . Os impactos e contradições da patologização das transidentidades e argumento para a mudança de paradigma. In: Alexandre da Costa Val; Fernando Machado Vilhena Dias; Gabriela de Lima Gomes. (Org.). Multiplicando os Gêneros nas Práticas em Saúde. 1ed.Ouro Preto: Editora UFOP, 2016, v. 1, p. 130-148.

12.
PRADO, M. A. M.; PINTO, J. B. M. ; BARROS, C. R. ; DORIGO, J. N. ; COSTA, N. G. ; VASCONCELOS, R. . Segurança Pública e População LGBT: Formação, Representações e Homofobia.. In: In: Cristiane do Socorro Loureiro Lima; Gustavo Camilo Baptista; Isabel Seixas Figueiredo. (Org.).. (Org.). Segurança Pública e Direitos Humanos: Temas Transversais. 1ed.Brasília: , 2014, v. 5, p. 57-80. 1eded.Brasilia: , 2014, v. 5, p. 57-80.

13.
Prado, Marco Aurélio Máximo; Oliveira, O. . A categoria juventude em contextos rurais: o dilema da migração. In: Jader F Leite e Magda Dimenstein. (Org.). Psicologia e Contextos Rurais. 1ed.Natal: EDUFRN, 2013, v. , p. 57-88.

14.
PRADO, M. A. M.; Arruda, D ; NOGUEIRA, P. H. Q. . escola e política do armário na produção e reprodução das hierarquias sexuais no Brasil. In: Alexsandro Rodrigues; Maria Aparecida Santos Correa Barreto. (Org.). Currículo, Gênero e Sexualidades. 1ed.Vitória: EDFES, 2012, v. 1, p. 23-46.

15.
SOUSA, L. M. ; MARCAL, M. ; LINO, T. ; MAYORGA, C. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Entre a nomeação e a instituição: reflexões a partir da juventude rural no sindicato. In: Claudia Mayorga; Lucia Rabello de Castro; Marco Aurelio Maximo Prado. (Org.). Juventude e a experiência da política no contemporâneo. 1ed.Rio de Janeiro: ContraCapa, 2012, v. 1, p. 99-120.

16.
DONATO, C. R. ; SILVA JUNIOR, P. R. ; MARTINS, V. ; MAYORGA, C. ; PRADO, M. A. M. . A reflexividade em torno de si e do undo na atuação dejovens hip hoppers. In: Claudia Mayorga; Lucia Rabello de Castro; Marco Aurelio Maximo Prado. (Org.). Juventude e a experiência a política no contemporâneo. 1ed.Rio de Janeiro: ContraCapa, 2012, v. 1, p. 201-236.

17.
MAYORGA, C. ; CASTRO, L. R. ; PRADO, MARCO AURÉLIO . Juventude e os paradoxos da política. In: Claudia Mayorga; Lucia Rabello de Castro; Marco Aurelio Maximo Prado. (Org.). Juventude e a experiência a política no contemporâneo. 1ed.Rio de Janeiro: ContraCapa, 2012, v. 1, p. 261-272.

18.
PRADO, M. A. M.; Perucchi, J. . Hierarquias, sujeitos políticos e juventudes: os chamados movimento juvenis são sujeitos políticos?. In: Juarez Dayrell; Maria Ignez Costa Moreira; Marcia Stengel. (Org.). Juventudes Contemporâneas: um mosaico de possibilidades. Belo Horizonte: PUC MInas, 2011, v. , p. 347-360.

19.
PRADO, M. A. M.; JUNQUEIRA, R. D. . Homofobia, Hierarquização e Humilhação Social. In: Gustavo Venturi; Vilma Bokany. (Org.). Diversidade Sexual e Homofobia no Brasil. São Paulo: Editoria Fundação Perseu Abramo, 2011, v. , p. -.

20.
MAYORGA, C. ; Perucchi, J. ; PRADO, M. A. M. . Feminismos e lesbianidades: entre uma e outra é possível ser duas?. In: Claudia Mayorga, Juliana Perucchi, Marco Aurelio M Prado. (Org.). Olhares Diversos: direitos sexuais, feminismos e lesbianidades. Belo Horizonte: Campagna, 2011, v. 1, p. 10-29.

21.
MAYORGA, C. ; PRADO, M. A. M. . Democracia, instituição e articulação de categorias sociais. In: Claudia Mayorga. (Org.). Universidade cindida; universidade em conexão ensaios sobre democratização da universidade. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010, v. 1, p. 46-70.

22.
PRADO, M. A. M.; TORRES, M. A. ; Perucchi, J. ; Arruda, D ; TOLENTINO, L. . Formação de Professores e Subalternidades Sexuais: uma experiência no âmbito das proposições do Programa Brasil sem Homofobia. In: Paula Regina Costa Ribeiro; Méri Rosane Santos da Silva; Silvana Vilodre Goellner. (Org.). Corpo, Gênero e Sexualidade:composições e desafios para a formação docente. Rio Grande: Editoria da Universidade Federal do Rio Grande, 2009, v. 1, p. 115-125.

23.
PRADO, M. A. M.; COSTA, F. A. ; MACHADO, F. V. ; TORRES, M. A. . A construçao de silenciamentos: reflexões sobre a vez e a voz de minorias sociais na sociedade contemporânea. In: Rasera, E.; Mayorga, C; Pereira, M.. (Org.). Psicologia Social: sobre desigualdades e enfrentamentos. Curitiba: Juruá, 2009, v. , p. -.

24.
PRADO, M. A. M.; COSTA, F. A. . A raridade da política e a democracia: os movimentos sociais entre sujeitos e identidades. In: Jefferson Bernardes;Benedito Medrado. (Org.). Psicologia Social e Políticas de Existência: fronteiras e conflitos. 1ed.Maceio: Abrapso, 2009, v. 1, p. 71-83.

25.
PRADO, M. A. M.; RODRIGUES, C. . Por que a Psicologia Social é Política? Identidades Coletivas e Movimentos Sociais na Contemporaneidade. In: Edinete Maria Rosa; Lídio de Souza; Luziane Zacché Avellar. (Org.). Psicologia Social: temas em debates. Vitóriia: UFES/Abrapso/GM Editora, 2008, v. , p. -.

26.
PRADO, M. A. M.; Oliveira, M. M ; Oliveira, O. . A pesquisa-intervenção e a emergência dos atores sociais:considerações a partir da experiência de jovens rurais. In: Lucia Rabello de Castro ; Vera Lopes Besset. (Org.). Pesquisa-Intervenção na infância e juventude. Rio de Janeiro: NAU Editora, 2008, v. 1, p. 179-204.

27.
PRADO, M. A. M.. Fronteiras Negadas:contribuições da psicologia política para a compreensão das ações políticas. In: Claudia Mayorga; Marco Aurélio Máximo Prado. (Org.). Psicologia Social: articulando saberes e fazeres. 1ed.Belo Horizonte e São Paulo: Autêntica, 2007, v. 1, p. 99-112.

28.
PRADO, M. A. M.. Movimentos Sociais e Massa: Identidades Coletivas no Espaço do Político Contemporâneo. In: Rousiley Maia. (Org.). Midia, Esfera Pública e Identidades Coletivas. Belo Horizonte: UFMG, 2006, v. , p. -.

29.
PRADO, M. A. M.. Psicologia Política e Direitos Humanos: tensões entre o indíviduo e o bem comum. In: Andrea Guerra; Luciana Kind; Lucia Afonso; Marco Aurélio M. Prado. (Org.). Psicologia Social e Direitos Humanos. Belo Horizonte: Edições do Campo Social, 2003, v. 1, p. 65-75.

30.
PRADO, M. A. M.. A Psicologia e a Utopia Comunitária na transição do Mundo Moderno. In: Montero, Maritza. (Org.). Psicología y Comunidad. 1ed.Caracas: UCV - SIP, 1997, v. , p. 48-58.

31.
PRADO, M. A. M.. Psicologia e Comunidade: a utopia dos projetos científicos. In: Zanella, A et al.. (Org.). Psicologia e Práticas Sociais. Florianópolis: Abrapso-sul, 1997, v. , p. 227-237.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Prado, Marco Aurélio Máximo. REPRESENTAÇÃO LOCAL E POLÍTICA PARTIDÁRIA: CANDIDATURAS TRANSEXUAIS E TRAVESTIS NO BRASI. Sexuality Policy Watch, 13 jul. 2016.

2.
PRADO, M. A. M.. DIREITOS LGBT: DESIGUALDADES E EQUIVALÊNCIAS. Revista Memória LGBT, 31 dez. 2014.

3.
MAYORGA, C. ; PRADO, M. A. M. . Bandeiras da juventude: Mobilizações juvenis descortinam hierarquias que regulam o universo adulto. Revista Mente & Cérebro - O olhar adolescente - Espelhos da Sociedade, 01 dez. 2007.

4.
PRADO, M. A. M.; MACHADO, F. V. . Silêncios e Segredos da Montanha. Mente e Cérebro, Brasil, , v. 164, 01 set. 2006.

5.
MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Preconceito Contra Homossexuais: Invisibilidades e Manutenção das Hierarquias Sociais. Trabalho Intersetorial e os Direitos de Cidadania: Experiências Comentadas - Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

6.
PRADO, M. A. M.. A diversidade da Parada LGBT de São Paulo e o Estado de Israel. Sexuality Policy Watch.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PRADO, M. A. M.. Diversidade Sexual, Direitos e Invisibilidade: preconceitos e manutenção das hierarquias sexuais. In: V Seminário Sociedade Inclusiva:diversidade e sustentabilidade ? do local ao global, 2009, Belo Horizonte. Anais do V Seminário Sociedade Inclusiva. Belo Horizonte: PUCMINAS, 2009.

2.
CARMONA, A. ; PRADO, M. A. M. . O universal e o particular na política LGBT: tensões e diálogos na esfera pública. In: XV ENABRAPSO, 2009, MACEIO. ANAIS DO XV ENABRAPSO. maceio: abrapso.

3.
MACHADO, F. V. ; PRADO, M. A. M. . Visibilidade, Sexualidade e Cidadania na Parada do Orgulho GLBT de Belo Horizonte. In: II Seminário Nacional: Movimentos Sociais, Participação e Democracia, 2007, Florianópolis. Anais do ... Seminário Nacional Movimentos Sociais, Participação e Democracia. Florianópolis: Núcleo de Pesquisa em Movimentos Sociais - Universidade Federal de Santa Catarina, 2007. v. 1.

4.
PRADO, M. A. M.. The Constitution of Political Identity in Contemporary Societies: the dynamical aspects of collective actions. In: IX Congreso Español de Sociologia - Poder, Cultura y Civilization, 2007, Barcelona. Anais do IX Congreso Español de Sociologia - Poder, Cultura y Civilization (Comité de Investigación en Sociología Politica). Barcelona: FES, 2007.

5.
DONATO, C. R. ; PRADO, M. A. M. ; Borges, L. A . Organização de Mulheres Negras Ativas: uma análise da dinâmica da ação coletiva. In: XI Coloquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, 2007, Belo Horizonte. Anais do ... Colóquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, ... Colóquio de Psicossociologia e Sociologia Clínica de Belo Horizonte, 2007.

6.
COSTA, F. A. ; PRADO, M. A. M. . As dimensões do público e do privado nas sociedades contemporâneas: reflexões sobre o silenciamento de minorias sociais. In: XI Coloquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, 2007, Belo Horizonte. Anais do ... Colóquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, ... Colóquio de Psicossociologia e Sociologia Clínica de Belo Horizonte, 2007.

7.
PENIDO, J. ; BARRETO, L. C. ; PRADO, M. A. M. . Conhecimento científico e saberes cotidianos: possibilidades de tradução no trabalho com a Associação das Profissionais do Sexo de Belo Horizonte. In: XI Coloquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, 2007, Belo Horizonte. Anais do ... Colóquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica, ... Colóquio de Psicossociologia e Sociologia Clínica de Belo Horizonte, 2007.

8.
MAGALHAES, M. S. ; PRADO, M. A. M. . Movimentos Autonômos e Mistos: gênero e identidade coletiva em movimentos de mulheres trabalhadoras rurais. In: VII Congresso Latinoamericano de Sociología Rural, 2006, Quito. Anais Eletrônico do VII Congreso Latinoamericano de Sociología Rural. Quito: ALASRU, 2006.

9.
COSTA, F. A. ; PRADO, M. A. M. . Participação Política e Movimentos sociais GLBT: o caso de Belo Horizonte. In: 3º Congresso da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH) - Discursos da diversidade sexual: lugares, saberes e linguagens, 2006, Belo Horizonte. Anais do 3º Congresso da ABEH. São Paulo: ABEH, 2006. v. 1.

10.
PRADO, M. A. M.. identidade Coletiva e Antagonismos Políticos: aspectos psicossociológicos das ações coletivas. In: III Simpósio Brasileiro de Psicologia Política, 2005, Bauru. Anais do III Símpósio Brasileiro de Psicologia Política. Bauru: SBPP e Unesp Bauru, 2005.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BARRETO, L. C. ; DONATO, C. R. ; MESQUITA, J. ; BARROS, V. A. ; PRADO, M. A. M. . Organização Política de Profissionais do Sexo ?O movimento associativo como espaço de emergência de demandas de gênero. In: VII Seminário Fazendo Gênero, 2006, Florianopolis. Anais do VII Seminário Fazendo Gênero, 2006. p. 1-7.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
JUNIOR, O. ; PRADO, M. A. M. . A Pesquisa Intervenção e a Emergência dos Atores sociais: considerações a partir da experiência de jovens rurais. In: XIV Encontro Nacional da Abrapso, 2007, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Nacional da Abrapso, 2007.

2.
MAGALHAES, M. S. ; PRADO, M. A. M. . Relações de gênero, reinvenção do político e identidade coletiva no movimento de mulheres trabalhadoras rurais no estado de Minas Gerais. In: VII Seminário Fazendo Gênero, 2006, Florianópolis. Anais do VII Seminário Fazendo Gênero, 2006. p. 1-1.

3.
BARRETO, L. C. ; PENIDO, J. ; PRADO, M. A. M. . A organização das profissionais de sexo de Belo Horizonte: espaço representativo da luta por direitos?. In: IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política: sujeito , participação e política, 2006, Belo Horizonte. Anais do IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política. Belo Horizonte: ABPP, 2006.

4.
PRADO, M. A. M.; DONATO, C. R. ; RODRIGUES, C. . A participação política dejovens negras em Belo Horizonte: um estudo da organização Negras Ativas. In: IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política, 2006, Belo Horizonte. Anais do IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política, 2006.

5.
DONATO, C. R. ; PRADO, M. A. M. ; RODRIGUES, C. . Participação Política de mulheres negras: múltiplos formatos e sentidos. In: 15º Encontro Regional da Abrapso Minas, 2006, Belo Horizonte. Cadernos de resumos e anais do 15º Encontro Regional da Abrapso MG, 2006.

6.
PRADO, M. A. M.. A Psicologia Social e a volta das lógicas de classificação social: é possível a noção de comportamento anti-social?. In: VII EMAP, 2005, BELO HORIZONTE. ANAIS DO VII EMAP, 2005.

7.
PRADO, M. A. M.; BARROS, V. A. ; SANDOVAL, S. A. M. . Emoções, Engajamento Politico e Movimentos Sociais. In: 13 Encontro Nacional da ABRAPSO, 2005, Belo Horizonte. Anais do 13 Encontro da ABRAPSO. Belo Horizonte: ABRAPSO, 2005.

8.
MAGALHAES, M. S. ; PRADO, M. A. M. . Mulheres Trabalhadoras Rurais e o Movimento Feminista: reflexões sobre igualdade e diferença. In: 13 Encontro Nacional da ABRAPSO, 2005, Belo Horizonte. Anais do 13 Encontro da ABRAPSO. Belo Horizonte: Abrapso, 2005.

9.
JUNIOR, O. ; PRADO, M. A. M. . Dilemas do Feminismo na Atualidade. In: 13 Encontro Nacional da ABRAPSO, 2005, Belo Horizonte. Anais do 13 Encontro da ABRAPSO, 2005.

10.
PRADO, M. A. M.. Debates e Perspectivas da Psicologia dos Movimentos Sociais. In: XII Encontro Nacional da ABRAPSO, 2003, Porto Alegre. Anais do XII Encontro Nacional da ABRAPSO. Porto Alegre: PUCRS, 2003.

11.
PRADO, M. A. M.. ESTUDOS SOBRE A DINÂMICA DE DIFERENTES MOVIMENTOS SOCIAIS. In: XII Encontro Nacional da Abrapso, 2003, Porto Alegre. Anais do XII Encontro Nacional da Abrapso. Porto Alegre: PUCRS, 2003.

12.
PRADO, M. A. M.. Identidade Política e Participação Social. In: XII Encontro Nacional da Abrapso, 2003, Porto Alegre. Anais do XII Encontro Nacional da Abrapso. Porto Alegre: PUCRS, 2003.

13.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Psicologia Social, Movimentos Sociais e Identidade Política. In: VI COngreso Internacional de Psicologia Social de la Libertacion, 2003, Campinas. Livro de Resumos do VI COngreso Interancional de Psicologia Social de la Libertacion, 2003.

14.
LARA JUNIOR, N. ; PRADO, M. A. M. . A mistica e a identidade coletiva dos assentamentos rurais ligados ao MST. In: I encontro de iniciação científica da Unimarco, 2002, São Paulo. Anais do I ENcontro de Iniciação Científica Unimarco. São Paulo: Unimarco Editora, 2001. v. 1. p. 81-81.

15.
PRADO, M. A. M.; JUNIOR, N. . Ambiguidades da participação política: a experiencia dos movimentos de luta antimanicomial. In: I Congresso Brasileiro Psicologia Ciencia e Profissao, 2002, São Paulo. Anais do I congresso brasileiro psicologia ciencia e profissao, 2002.

16.
PRADO, M. A. M.; CIAMPA, A. C. ; SOUZA, T. R. P. . Identidade Política e Políticas de Identidade. In: I Congresso Brasileiro Psicologia Ciencia e Profissao, 2002, Sao Paulo. Anais I Congresso Brasileiro Psicologia Ciencia e Profissao, 2002.

17.
PRADO, M. A. M.. O Político e a Psicologia Social. In: II Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2001, Salvador. Anais do II Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2001.

18.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V. . Mobilização Social e Políticas Públicas. In: VIII Colóquio Interancional de Sociologia Clínica e Psicossociologia, 2001, Belo Horizonte MG. Programa e Caderno de Resumos, 2001. p. 38.

19.
PRADO, M. A. M.; LARA JUNIOR, N. . A mística como conjunto de significações na formação identitária dos assentamentos rurais ligados ao Movimento Sem Terra. In: II Encontro de Iniciação Científica, 2001, São Paulo. Anais - II Encontro de Iniciação Científica e V Mostra de Pós-Graduação. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2001. v. 1. p. 169-170.

20.
PRADO, M. A. M.. Psicologia Política e Identidade Coletiva: equivalências e diferenciações junto aos movimentos sociais contemporâneos. In: XI Encontro Nacional da Abrapso, 2001, Florianopolis. Anais do XI Encontro Nacional da Abrapso, 2001.

21.
PRADO, M. A. M.. Collective Identity as political and psychological process. In: Twenty-Fourth Annual Scientific Meeting of International Society of Political Psychology, 2001, Cuernava. International Society of Political Psychology - Cultures of Violence, Cultures of Peace, 2001.

22.
LARA JUNIOR, N. ; PRADO, M. A. M. . A mistica como conjunto de significações na formação identitária dos Sem Terra. In: XI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social, 2001, Florianopolis. Anais do XI Encontro Nacional da Abrapso: Psicologia Social e Transformação da Realidade Brasileira: desafios e perspectivas para a abrapso 21 anos depois.. Florianopolis: Abrapso - UFSC, 2001.

23.
PRADO, M. A. M.. Pesquisas em Psicologia Política. In: XI Encontro Nacional da Abrapso, 2001, Florianópolis. Anais do XI Encontro Nacional da Abrapso, 2001.

24.
PRADO, M. A. M.. A Psicologia e o Político: relações possíveis entre a dimensão psicológica e a participação na construção de discursos articulatórios.. In: III Conferência de Pesquisa sócio-cultural, 2000, Campinas. Anais da III Conferência de Pesquisa Sócio-Cultural, 2000. p. 23-23.

25.
PRADO, M. A. M.. As Teorias sobre as ações coletivas sob um olhar histórico-social. In: VIII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico ANPEPP, 2000, Serra Negra. Anais do VIII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico - ANPEPP, 2000. v. 1.

26.
PRADO, M. A. M.. A Psicologia e o Político: mapeando territórios em comum nos processos identitários. In: III Congresso Brasileiro de Psicologia do Desenvolvimento, 2000, Niterói. Anais do III Congresso Brasileiro de Psicologia do Desenvolvimento, 2000. v. 1. p. 112-112.

27.
PRADO, M. A. M.. Identidade coletiva como um processo psico-político. In: VIII Encontro Regional da Associação Brasileira de Psicologia Social, 2000, Piracicaba. O Século XXI: os dilemas e perspectivas para a psicologia social. Anais do VIII Encontro Regional da ABRAPSO - SP. Universidade Metodista de Piracicaba.. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba - Campus Taquaral. p. 116.

28.
PRADO, M. A. M.. Individualismo e Comunitarismo como posições identitárias. In: XI Encontro Nacional de Psicologia Social, 1999, São Paulo. Anais do XI Encontro Nacional de Psicologia Social, 1999. p. 29.

29.
PRADO, M. A. M.. Psicologia e Comunidade: uma relação possível?. In: VI Encontro Regional de Psicologia Social - ABRAPSO/SUL, 1996, Florianópolis. Anais do VI Encontro Regional de Psicologia Social, 1996.

30.
PRADO, M. A. M.. A consciência e a constituição de valores comunitários: um estudo de caso.. In: XXV Congresso Interamericano de Psicologia, 1995, San Juan. Anais do XXV Congresso Interamericano de Psicologia. San Juan: Sociedade Interamericana de Psicologia, 1995. p. 347.

31.
PRADO, M. A. M.. A criação de valores na construção de aparatos urbanos. In: V Encontro Regional de Psicologia Social, 1994, São Paulo. Anais do V Encontro Regional de Psicologia Social - ABRAPSO/SP, 1994. p. 20.

Artigos aceitos para publicação
1.
Diniz, J ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Dinâmica do preconceito por gênero e sexualidades no cotidiano escolar: os limites da democracia liberal'. REVISTA PERIÓDICUS, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Prado, Marco Aurelio. Multiplicando Gêneros nas Práticas em Saúde. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
PRADO, M. A. M.. Psicologia e os Movimentos Sociais contemporâneos: um debate sobre o controle e a normatização social. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PRADO, M. A. M. ; Prado, Marco Aurelio . XX Prêmio Ana Maria Poppovic para o melhor TCC de 2013 em Psicologia da PUC/SP. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Prado, Marco Aurelio. Violencia contra Mulher: novas perspectivas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Prado, Marco Aurelio. Estratégia de Articulação e Alianças: política democrática. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PRADO, MARCO AURÉLIO. Psicologia e Direitos Humanos: sexualidade e género.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
PRADO, MARCO AURÉLIO. Violências e Resistências no contemporaneo: o lugar da subjetividade política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
PRADO, MARCO AURÉLIO. Formação Crítica e Sensibilização para Atendimento à Diversidade de Gênero, Raça e Orientação Sexual no Sistema de Justiça. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PRADO, M. A. M.. The Boundaries in State-Civil Society relations in the last ten years of Brasil: risk or democracy?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
Prado, Marco Aurelio. Movimentos Sociais, Identidade e Diversidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
PRADO, M. A. M.. Perspectivas da Democracia Atual: condições de solidariedade e cooperação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
Arruda, D ; PRADO, M. A. M. ; Perucchi, J. ; TORRES, M. A. . A escola como instituição política: polítia, sexualidades e normas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
PRADO, M. A. M.. Toda psicologia é social? generalismos e especificidades do campo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PRADO, M. A. M.. A crise do pacto social ou a emergência de novos sujeitos políticos?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
PRADO, M. A. M.. Democracia e Desigualdades Invisibilizadas: sujeitos, hierarquias sexuais e subalternidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
PRADO, M. A. M.. Por que pensar em hierarquias, antagonismos e sujeitos políticos na experiência da juventude?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
PRADO, M. A. M.. A invisibilidade dos estudos GLBTs no campo dos movimentos sociais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
PRADO, M. A. M.; CASTRO, L. R. ; SILVA, R. H. A. . As fronteiras do político: sujeitos coletivos e participação contemporânea. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. ; BARROS, V. A. . Emoções e Identidades Coletivas nos Movimentos Sociais. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
PRADO, M. A. M.. Psicologia Social na diversidade social. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
PRADO, M. A. M.. Seminário sobre Movimentos Social: O melhor de mim sou eles. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
PRADO, M. A. M.. Psicologia Comunitária e Política. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
PRADO, M. A. M.. Ação Coletiva e Mudança Social. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
PRADO, M. A. M.. Participação Comunitária e Políticas Públicas. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
PRADO, M. A. M.. Estratégias de Inseração no Espaço Público e Políticas de Reconhecimento: diferenciação e indiferenciação identitárias. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
PRADO, M. A. M.. as (im)possibilidades dos sujeitos políticos ou a ressignificação do político. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Prado, Marco Aurélio Máximo; Tenorio, L . Patologização das Identidades Trans e a Violência na Atenção à Saúde: das normativas às práticas psicológicas. Rio de Janeiro: Editoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2015 (capítulo de livro).

2.
Prado, Marco Aurélio Máximo. A dissipação da política no campo de estudos dos movimentos sociais. Goiania: Editoria da Universidade Federal de Goias, 2015 (capítulo de livro).

3.
Prado, Marco Aurélio Máximo; VASCONCELOS, R. . Normas de Genero e Precarizaçao da Experiencia: transexualidade, formaçao e trabalho. Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2015 (capítulo de livro).

4.
MOUNTIAN, I. ; Prado, Marco Aurelio ; Correa, S. . A Critical Analysis of Public Policies on Education and LGBT Rights in Brazil. Inglaterra: Institute of Development Studies, 2014 (Relatório Publicado).

5.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Psicologia e políticas : entre preterições, críticas e resistências. Belem, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
PRADO, M. A. M.; MAHEIRIE, K. ; Medrado, B ; CANIATO, A. . NAS TRILHAS DE UM PENSAMENTO COMPLEXO SOBRE RELAÇÕES DE GÊNERO E A PSICOLOGIA SOCIAL NO COTIDIANO: HOMENAGEM PARA KARIN ELLEN VON SMIGAY. Florianopolis, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

7.
MAYORGA, C. ; Perucchi, J. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Feminismos e Lesbianidades: entre uma e outra é possível as duas?. BELO HORIZONTE, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

8.
PRADO, M. A. M.. Homofobia: muitos fenômenos sob o mesmo nome. Belo Horizonte, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
PRADO, M. A. M.. O Cadernos de Psicologia: metáfora de um tempo?. Belo Horizonte, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

10.
MAYORGA, C. ; PRADO, M. A. M. . Apresentação - Psicologia Social: articulando saberes e fazeres. Belo Horizonte e São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

11.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial Revista Psicologia Política n. 11. Belo Horizonte, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

12.
PRADO, M. A. M.. A Psicologia Política e a Política de Acesso Aberto. Belo Horizonte, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

13.
PRADO, M. A. M.. Editoria da Revista Psicologia Política 09, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

14.
PRADO, M. A. M.. Editorial Revista Psicologia Política 10, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

15.
PRADO, M. A. M.. Editorial Revista Psicologia Política 07. Sao Paulo, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

16.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial da Revista Psicologia Política Volume 8. Belo Horizonte, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

17.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial da Revista Psicologia Política nº 5, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

18.
PRADO, M. A. M.. Editorial da Revista Psicologia Política nº 6, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

19.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial da Revista Psicologia Política nº 4. São Paulo, 2002. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

20.
PRADO, M. A. M.. Editorial Revista Psicologia Política 03, 2002. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

21.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial da Revista Psicologia Política nº1. São Paulo, 2001. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

22.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Editorial da Revista Psicologia Política nº2. São Paulo, 2001. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
PRADO, M. A. M.. Consultoria da Propesp junto ao Acompanhamento Institucional dos Programas de Pos Graduação em Linguagem e Saberes e ao Segurança Pública. 2018.

2.
PRADO, MARCO AURÉLIO. Camara de Humanas da Area Interdisciplinar. 2017.

3.
PRADO, M. A. M.. Participação como membro titular da Comissão para Estudo das Transexualidades do Conselho Federal de Medicina. 2016.

4.
Prado, Marco Aurelio. Comissao de Aperfeiçoamento e Orientação de Projetos de Pesquisa Cooperação Internacional. 2015.

5.
Prado, Marco Aurelio. XII Congresso de produção científica e acadêmica. 2014.

6.
Prado, Marco Aurélio Máximo. CAPES/APCN/área interdisciplinar/câmara humanas e sociais. 2013.

7.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Avaliaçao Qualis Livros. 2013.

8.
PRADO, M. A. M.. Comitê Externo avalição PIBIC/UNB. 2011.

9.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Consultor ad hoc Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado do Espírito Santo. 2011.

10.
PRADO, M. A. M.. Membro do CA do CNPq para o edital de gênero e feminismos. 2010.

11.
PRADO, M. A. M.. Membro da Comissão de Avaliação de Programas de Pós Graduação CAPES (Trieno atual). 2009.

12.
PRADO, M. A. M.. parecer para CNPq. 2009.

13.
PRADO, M. A. M.. Consultor para Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal. 2009.

14.
PRADO, M. A. M.. Comite Externo do CNPq PIBIC/UFSJ. 2009.

15.
PRADO, M. A. M.. comissão científica seminário homens, genero e políticas públicas. 2008.

16.
PRADO, M. A. M.. Parecer para CAPES. 2008.

17.
PRADO, M. A. M.. Membro Equipe de Avaliação Trienal dos Programas de Pós Graduação em Psicologia pela CAPES. 2007.

18.
PRADO, M. A. M.. Comite Qualis Capes/Anpepp. 2005.

19.
PRADO, M. A. M.. CAPES consultoria ad hoc. 2005.

20.
PRADO, M. A. M.. Editora Cortez. 2005.

21.
PRADO, M. A. M.. Alban. 2004.

22.
PRADO, M. A. M.. Comitê de Avaliação dos Periódicos Cientificos da área da Psicologia Capes/Anpepp. 2004.

23.
PRADO, M. A. M.. Consultoria Ad Hoc - Capes. 2004.

24.
PRADO, M. A. M.. Consultoria Externa Revista Psicologia: Teoria e Prática. 2004.

25.
PRADO, M. A. M.. Alban. 2003.

26.
PRADO, M. A. M.. Formação de Lideranças Comunitárias. 2001.

27.
PRADO, M. A. M.. Lideranças Comunitárias e os desafios atuais. 2000.

28.
PRADO, M. A. M.. Ensino Supletivo para quem?. 1989.

Trabalhos técnicos
1.
PRADO, M. A. M.. Parecer como consultor ad hoc. 2011.

2.
PRADO, M. A. M.. Comissão Nacional no IV Simpósio Internacional sobre Juventude Brasileira. 2010.

3.
PRADO, M. A. M.. Parecer SECAD/MEC - Coordenacao Geral de Direitos Humanos. 2010.

4.
PRADO, M. A. M.. Parecer do Projeto " Lazer, homossexualidade masculina e soropostividade ao HIV/Aids. 2008.

5.
PRADO, M. A. M.. Parecer Pro-Reitoria de Pesquisa UFRN. 2008.

6.
PRADO, M. A. M.. Membro Comitê Externo Fapemig Avaliação PIBIC/UFSJ. 2008.

7.
PRADO, M. A. M.. Parecer para SECAD/Ministério da Educação. 2007.

8.
PRADO, M. A. M.. Avaliador de Trabalhos para o I Prêmio ABRAPSO. 2007.

9.
PRADO, M. A. M.. Comissão Científica XIV Encontro ABRAPSO. 2007.

10.
PRADO, M. A. M.. Conselho Científico Revista Interações: estudos e pesquisas em Psicologia. 2006.

11.
PRADO, M. A. M.. Conselho Científico "Psicologia em Revista". 2006.

12.
PRADO, M. A. M.. Conselho Científico Psicologia - Teoria e Prática. 2006.

13.
PRADO, M. A. M.. Conselho Científico Revista Electronica de Psicologia Politica. 2006.

14.
PRADO, M. A. M.. Parecer para American Journal of Community Psychology. 2006.

15.
PRADO, M. A. M.. XIV Premio Aniela Ginsberg. 2005.

16.
PRADO, M. A. M.. Revista Interações. 2005.

17.
PRADO, M. A. M.. Parecerista Psicologia Teoria e Prática. 2005.

18.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia & Sociedade. 2005.

19.
PRADO, M. A. M.. Revista Interamericana de Psicologia. 2005.

20.
PRADO, M. A. M.. Parecerista ad hoc Scielo. 2005.

21.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia & Sociedade. 2004.

22.
PRADO, M. A. M.. Parecer Revista Interações em Psicologia. 2004.

23.
PRADO, M. A. M.. Revista ULAPSI. 2004.

24.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia Política. 2003.

25.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia, teoria e prática. 2003.

26.
PRADO, M. A. M.. Revista da Sociedade Interamericana de Psicologia. 2003.

27.
PRADO, M. A. M.. Cadernos de Psicologia - UFMG. 2002.

28.
PRADO, M. A. M.. Psicologia & Sociedade: Revista da Associação Nacional de Psicologia Social. 2001.

29.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia Política. 2001.

30.
PRADO, M. A. M.. Interações: Estudos e Pesquisa em Psicologia. 2001.

31.
PRADO, M. A. M.. Interações: estudos e pesquisas em Psicologia. 2000.

32.
PRADO, M. A. M.. Projeto de Favelas em Áreas de Risco. 1995.

33.
PRADO, M. A. M.. Criação e desenvolvimento de ações comunitárias. 1992.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
PRADO, M. A. M.; VASCONCELOS, R. . Policiais não tem preparo para tratar LGBT e outras minorias. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
PRADO, M. A. M.. Denúncias de agressão contra homossexuais crescem 150% em MG. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
PRADO, M. A. M.. Por que há confrontos em manifestações que começam pacíficas?. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Pesquisa sobre Travestis em Belo Horizonte. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Pesquisas sobre Homossexualidades na Universidade. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
PRADO, M. A. M.. TV Assembléia. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
PRADO, M. A. M.. UFMG TUBE. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
Prado, Marco Aurelio. Programa Opinião. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
PRADO, M. A. M.. Programa Salto para o Futuro - TV ESCOLA. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
PRADO, M. A. M.. Entrevista TV Rede Minas. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
PRADO, M. A. M.. Homofobia e Direitos Sexuais. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
PENIDO, J. ; PRADO, M. A. M. . Psicologia Política e o ano eleitoral. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
PRADO, M. A. M.. Homossexualidade e a Pesquisa em Psicologia. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
PRADO, M. A. M.. Programa Modernidade. 2002. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Prado, Marco Aurélio Máximo; BUSSINGER, R. . Despatologizaçao das Identidades Trans - Conselho Federal de Psicologia. 2015; Tema: Despatologizaçao das Identidades Trans. (Site).

2.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Direitos e Violencia na Experiencia de Travestis e Transexuais em Belo Horizonte. 2015; Tema: Resultados da Pesquisa Financiada pelo CNPq. (Site).

3.
PRADO, M. A. M.; VASCONCELOS, R. ; CARVALHO, T. . aquenda, mona!. 2011; Tema: Blog com informações sobre projeto com Travestis/Transexuais. (Blog).

4.
PRADO, M. A. M.. Educação em Homofobia. 2010; Tema: Website do projeto educação sem homofobia. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
Prado, Marco Aurélio Máximo; BUSSINGER, R. . Despatologização das Identidades Trans. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Vídeo).

2.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Quaderns de Psicologia - número especial sobre transexualidades. 2015. (Editoração/Periódico).

3.
SOUZA, E. R. ; Prado, Marco Aurélio Máximo . Transexualidades e saúde no Brasil'.. 2015. (Relatório de pesquisa).

4.
Prado, Marco Aurélio Máximo; MOUNTIAN, I. . Annual Review of Critical Psychology - Special Issue. 2014. (Editoração/Periódico).

5.
MOUNTIAN, I. ; Prado, Marco Aurélio Máximo ; Correa, S. . A Critical Analysis of Public Policies on Education and LGBT Rights in Brazil. 2014. (Relatório de pesquisa).

6.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Direitos e Violencia na Experiencia de Travestis e Transexuais em Belo Horizonte. 2014. (Relatório de pesquisa).

7.
PRADO, M. A. M.; PARISI, R. E. . Movimentos Sociais LGBTs na perspectiva da Psicologia Política. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
PRADO, M. A. M.. Jogos Diversidade Sexual. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático: jogos para escolas públicas de ensino básico).

9.
PRADO, M. A. M.. Projeto Identidades coletivas e movimentos sociais: procedimentos de tradução. 2008. (Relatório de pesquisa).

10.
PRADO, M. A. M.; LEAL, B. S. ; MATOS, M. . Curso Livre: GLBT desafios da cidadania. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2007. (Editoração/Periódico).

12.
PRADO, M. A. M.; MAGALHAES, M. S. ; MACHADO, F. V. . Identidade Coletiva e Movimentos Sociais em Minas Gerais. 2007. (Relatório de pesquisa).

13.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2006. (Editoração/Periódico).

14.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2005. (Editoração/Periódico).

15.
PRADO, M. A. M.; RODRIGUES, C. ; MACHADO, F. V. . Perfil dos Participantes da Parada GLBT de BH. 2005. (Relatório de pesquisa).

16.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2004. (Editoração/Periódico).

17.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2003. (Editoração/Periódico).

18.
PRADO, M. A. M.. Psicologia dos Movimentos Sociais. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M. . Revista Psicologia Política. 2002. (Editoração/Periódico).

20.
PRADO, M. A. M.. Membro Comite Editorial Internacional - série Educación Cuidadana. 2002. (Editoração/Coletânea).

21.
PRADO, M. A. M.. Psicologia Política. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

22.
PRADO, M. A. M.. Revista Psicologia Política. 2001. (Editoração/Periódico).

23.
PRADO, M. A. M.. Interações - estudos e pesquisas em Psicologia. 2001. (Editoração/Periódico).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
PRADO, M. A. M.; CARVALHO, T. . Muito Prazer: Travestis e Transexuais de Juiz de Fora. 2010. Vídeo.

2.
PRADO, M. A. M.; CARVALHO, T. . Memorinal de Travestis e Trans de Belo Horizonte. 2010. Vídeo.

Outras produções artísticas/culturais
1.
PRADO, M. A. M.. Entrevista. 2010.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TEIXEIRA, F. B.; PRADO, MARCO AURÉLIO; ABDALLA, M. C.; CAMARGO, F. F.. Participação em banca de Gabriela Costa Araujo. Re-encontrando o Diálogo de Bonecas: o bajubá em uma perspectiva antropológica. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Uberlândia.

2.
BARROS, V. A.; JAYME, J. G.; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Gabriela Almeida Moreira Lamounier. Gênero Encarcerados: uma análise da política de Alas LGBT no sistema prisional de Minas Gerais. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
TORRES, M. A.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Rubens Gonzaga Modesto. Sobre coragem e resistência: contando a história de Leona, professora e mulher trans. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Ouro Preto.

4.
Ramalho de Oliveira, D; PRADO, MARCO AURÉLIO; Nascimento, M. M. G.; TEIXEIRA, F. B.. Participação em banca de Thaís Rolla de Caux. "O hormônio traz pra realidade todos os nossos sonhos ocultos". A experiência de mulheres transexuais e travestis com o processo medicamentoso de hormonização. 2018. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva e Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
Chacham, A; Tomas, M. C.; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Hernani Passos Candido. orientação sexual e identidade de género no trabalho: uma análise de homossexuais bem-sucedidos. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

6.
TEIXEIRA, F. B.; Pegoraro, R. F.; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Barbara Guimaraes Costa Pacheco. Psicologias e Transexualidades: o estado da arte da produção teórica brasileira. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia.

7.
SOUZA, E. R.; Vencato, A. P; Oliveira, L.; Prado, Marco Aurelio. Participação em banca de Lorena Hellen de Oliveira. Travesti envelhece, não vira purpurina! um olhar interseccional sobre as velhices na experiência de travestis de Belo Horizonte. 2017. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
BUSSINGER, R.; TRINDADE, Z. A.; Prado, Marco Aurelio. Participação em banca de Odacyr Roberth Moura da Silva. Trajetórias de vida e mudança de identidade sexual: quando não se encontra o pote de ouro no final do arco- íris. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Espírito Santo.

9.
PRADO, M. A. M.; Vencato, A. P; PERUCCH, J.. Participação em banca de Claudio Magno Gomes Berto. Identidades de Gênero Não-Binarias: uma análise ciborgue da performatividade de gênero em narrativas digitais. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
PRADO, M. A. M.; TORRES, M. A.; NOGUEIRA, P. H. Q.. Participação em banca de Juliana Batista Diniz. Homofobia: Dinamicas do preconceito por género e sexualidades em experiências no cotidiano escolar. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
PERUCCH, J.; Oliveira, M. B.; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Brune Coelho Brandão. A produção de corpos trans e suas interseções com os processos saúde-doença: efeitos (in)desejáveis e autonomia dos corpos. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

12.
Pizzinato, A; Tittoni, J; MACHADO, P. S.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Mauricio Nardi Valle. Tramas e fios entre movimentos LGBTT e Paradas Livres da cidade de Porto Alegre". 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

13.
Prado, Marco Aurélio Máximo; MACHADO, P. S.; BARROS, V. A.. Participação em banca de Nicole Gonçalves da Costa. Do disque denúncia ao call center: os limites do disque 100 para realização da denúncia de violência contra população LGBT. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

14.
Leite, J; Bezerra, M; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Demetrius Lopes de Abreu. Das ações coletivas de junho de 2013 ao ciberativismo brasileiro: um estudo sobre os processos de subjetivação políticos do movimento fora do eixo.. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

15.
COSTA, F. A.; MESQUITA, M.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Carolina Cavalcanti Lins Silva. Da busca pela cidadania à luta pela vida: o ativismo político de travestis e transexuais na cidade de Maceió.. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Alagoas.

16.
Prado, Marco Aurélio Máximo; MESQUITA, M.; COSTA, F. A.. Participação em banca de Juliano Bonfim dos Santos. Além da camisinha na banana: a experiência da participação de jovens nas discussões sobre diversidade sexual e gênero na escola. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Alagoas.

17.
PERUCCH, J.; SILVA, N. L. P.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Vanessa Zanetti de Bem Quintão. Uma análise do discurso de direitos humanos que produz práticas profissionais de psicólogas/ os na política pública de assistência social em Juiz de Fora.. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

18.
PRADO, MARCO AURÉLIO; KIND, L.; TEIXEIRA, F. B.. Participação em banca de Anne Rafaele Telmira Santos. A Atenção Básica à Saúde no truque: o encontro das travestis e as agentes comunitárias de saúde no bairro Rio Branco em Belo Horizonte.. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
PRADO, MARCO AURÉLIO; Stengel, M; Couto, L. F. S.. Participação em banca de Vilmar Pereira de Oliveira. Narrativas de Jovens Gays Cristãos: experiências em igrejas Inclusivas. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

20.
PRADO, MARCO AURÉLIO; Medrado, B; CORDEIRO, R.. Participação em banca de Fernanda Isabelly Souza Ximenes. ?Ou Vai ou Racha?e ?Surto & Deslumbramento?: entre carnavais e outras f(r)icções. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

21.
Prado, Marco Aurelio; TORRES, M. A.; OLIVEIRA, M. A. C.. Participação em banca de Igor Ramon Lopes Monteiro. A exclusão democrática de travestis e transexuais na gestão educacional: um estudo das relações entre gênero, sexualidade e hierarquia. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

22.
MACHADO, P. S.; SOUZA, E. R.; ALMEIDA, G. S.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Rafaela Vasconcelos Freitas. Homens com T Maiúsculo: processos de identificação e construção do corpo nas transmasculinidades e a transversalidade da internet. 2014. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

23.
PRADO, M. A. M.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Julião Gonçalves Amaral. Lutas por Reconhecimento e Heteronormatividade nas Universidades: Um estudo sobre os Coletivos Universitários de Diversidade Sexual do Brasil.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

24.
Prado, Marco Aurelio; MAHEIRIE, K.; ZANELLA, A. V.. Participação em banca de Tainá Wandelli Braga. O que pode a música do arma-zen? relações entre o rap, o bairro e a cidade.. 2014. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

25.
OLIVEIRA, A. A. S.; LEITAO, H. A. L.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Alexsander Lima da Silva. Processo de transexualizacao: uma analise inter e intrageracional de historias de vida. 2013. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Alagoas.

26.
MAHEIRIE, K.; ZANELLA, A. V.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Flora Lorena Branco Muller. A cidade em foco: olhares a partir do bairro Chico mendes. 2013. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

27.
MOREIRA, M. I. C.; KIND, L.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Isabel Cristina Silviano Brandão. Participação Cidadã na Contemporaneidade: possibilidades, constrangimentos e desafios. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

28.
MOREIRA, M. I. C.; CASTRO, M. G.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Cassia Reis Donato. Hip Hop e feminismo negro nos processos de participação de jovens negras. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

29.
NOGUEIRA, P. H. Q.; ALMEIDA NETO, L. M.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Leonel Cardoso dos Santos. Gradientes Hieraquicos na Balada: etnografia, corpos e sociabilidades nas boates GLS de Belo Horizonte. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

30.
CIAMPA, A. C.; PRADO, M. A. M.; SANDOVAL, S. A. M.. Participação em banca de Carlos Augusto Teixeira Temperini. Adoção Homoparental e Infância: uma análise da mídia. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

31.
BERNARDO, M. H.; BRANDAO, S. C.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Heloisa Aparecida de Sousa. Os desafios do trabalho na vida cotidiana de mulheres transexuais. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

32.
MAHEIRIE, K.; PRADO, M. A. M.; ZANELLA, A. V.; HABKOST, N. M.. Participação em banca de Andre Luiz Strappazzon. Bons Encontros: relações éticas e estéticas na casa Chico Mendes. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

33.
PRADO, M. A. M.; MAYORGA, C.; Perucchi, J.. Participação em banca de Otacílio de Oliveira Junior. Migração Juvenil: um estudo sobre a trajetória de jovens rurais. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

34.
UZIEL, A. P.; CARRARA, S.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Aureliano Lopes da Silva Junior. Seis passeios pelas praias de uma ficção: notas sobre algumas movimentações de drag queens na cidade do Rio de Janeiro. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

35.
CASTRO, L. R.; Loureiro, C.F.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Rafael Prosdocimi Bacelar. Onde o político tradicional vai, o ambiental vai muito mais profundo" ambientalismo, ação política e subjetivação de jovens cariocas. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
MAHEIRIE, K.; ZANELLA, A. V.; LAGO, M. C. S.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Apoliana Regina Groff. A mediação da música no MST: um estudo em contextos e eventos coletivos em Santa Catarina. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

37.
BARBOSA, A. J. G.; Perucchi, J.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Martha Loures Choucair de Oliveira. Familia Ocidental: a trajetória de um conceito na produçao bibliográfica das ciencias humanas. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

38.
CASTRO, L. R.; PRADO, M. A. M.; CASSAB, M. A. T.. Participação em banca de Conceição Firmina Seixas Silva. A Participação de Jovens no Trabalho Social: em busca de uma 'política sem rótulos'. 2009. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
NARDI, H. C.; SANTOS, N. I. S.; LOURO, G. L.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Eliana Teresinha Quartiero. A Diversidade Sexual na Escola: produção de subjetividade e políticas publicas. 2009. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

40.
CRUZ, R.; MARQUES, W. E. U.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Ricardo Augusto de Jesus Sales. Homossexualidade Masculina, Lazer e HIV/Aids: entre a revelação e o encobrimento das identidades. 2009. Dissertação (Mestrado em Lazer) - Universidade Federal de Minas Gerais.

41.
PRADO, M. A. M.; SOUZA, M.; ZANELLA, A. V.; MAHEIRIE, K.. Participação em banca de Marcela de Andrade Gomes. Passe Livre Já: participação política e constituição do sujeito. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

42.
ESMERALDO, G. G. S. L.; MAYORGA, C.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Manuela de Sousa Magalhães. Trajetórias em Movimentos: a construção da identidade política na organização das mulheres trabalhadoras rurais em Minas Gerais. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

43.
PRADO, M. A. M.; MOREIRA, M. I. C.; MAYORGA, C.. Participação em banca de Leticia Cardoso Barreto. Prostituição, Gênero e Sexualidade: hierarquias sociais e enfretamentos no contexto de Belo Horizonte. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

44.
GOMES, N. L.; AZEREDO, S.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Silvia Adriana Silva. Processos identitários dos(as) alunos(as) do Programa Ações Afirmativas. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

45.
STRALEN, C. J. V.; GUEDES, M. C.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Robson Nascimento da Cruz. A produção social do conhecimento na Psicologia Social Brasileira: um estudo descritivo/exploratório a partir da Revista Psicologia e Sociedade. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

46.
PRADO, M. A. M.; MOREIRA, M. I. C.; FERREIRA NETO, J. L.. Participação em banca de Carolina Costa Resende. O Potencial Democrático de Conselhos de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente: um estudo de cado de Lagoa da Prata - MG. 2007. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

47.
CARRARA, S.; MATOS, M.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Frederico Viana Machado. Muito Além do Arco-Íris: A Constituição da Identidade Coletiva entre o Estado e a Sociedade Civil. 2007. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

48.
PRADO, M. A. M.; SANTOS, M. M. D.; PEREIRA, D. B.. Participação em banca de Matusalém de Brito Duarte. As leituras do lugar-mundo-vivido e do lugar-território a partir da intersubjetividades. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

49.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V.; SANDOVAL, S. A. M.. Participação em banca de Ricardo Santos Rodrigues. Identidade negra e terreiros de candomblé em Belo Horizonte: um estudo psicossocial a partir do discurso de lideranças religiosas. 2006. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

50.
PRADO, M. A. M.; CASTRO, M. G.; GONCALVEZ, L. A. O.. Participação em banca de Cristiano Santos Rodrigues. As fronteiras entre raça e gênero na cena pública brasileira: um estudo da construção da identidade coletiva do movimento de mulheres negras. 2006. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

51.
BARROS, V. A.; SILVA, R. H. A.; CARRETEIRO, T. C. O.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Adriana Dias Gomide de Araujo. Território e trabalho como possibilidade de enraizamento: a história de Valdete do Alto Vera Cruz. 2006. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

52.
PRADO, M. A. M.; SMIGAY, K. V.; MOREIRA, M. I. C.. Participação em banca de Carmen Cristina Fernandino Marinho. A construção da identidade masculina em adolescentes com trajetória de vida nas ruas de Belo Horizonte. 2006. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

53.
PRADO, M. A. M.; AFONSO, M. L. M.. Participação em banca de Sara Deolinda Pimenta. Trajetória na Terra: sociabilidade, genero e identidade coletiva no projeto de reforma agrária Aliança. 2005. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

54.
PRADO, M. A. M.; BARROS, V. A.; NEVES, M. M. B. A.. Participação em banca de Maria Gorete Antonia Mendes. Militancia e Afetividade Política: um estudo com militantes operários do PSTU. 2005. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

55.
PRADO, M. A. M.; BARROS, V. A.; CASTRO, L. R.. Participação em banca de Marco Antonio Torres. A construção hegemônica do discurso sobre homossexualidade na Igreja Católica. 2005. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

56.
PRADO, M. A. M.; CIAMPA, A. C.; BAPTISTA, M.. Participação em banca de Nelson Fernandes Bonifácio Junior. Identidade e Participação Política em uma ONG alinhada ao movimento antimanicomial. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

57.
PRADO, M. A. M.; MAIA, R.. Participação em banca de Roberto Alves Reis. Quando o afeto ganha a esfera midiática: casos de sujeitos homoeróticos e estratégias jornalísticas para enquadrar vozes de leigos e especialistas.. 2004. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais.

58.
PASSOS, M. C.; PRADO, M. A. M.; ROSA, M. D.. Participação em banca de Pia Maria Polak. O Olhar do Homossexual Masculino sobre a sua constituição no espaço da família. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

59.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V.; BELISARIO, S. A.. Participação em banca de Milton dos Santos Bicalho. Conselheiros de Saúde construindo o controle social: um estudo de caso de conselheiros usuários de Belo Horizonte. 2003. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

60.
PRADO, M. A. M.; BAPTISTA, M.; SZYMANSKY, H.. Participação em banca de Regina Célia do Prado Fiedler. Um estudo sobre a construção da identidade de alunos em escola freinetiana. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

61.
PRADO, M. A. M.; SASS, O.; SANDOVAL, S. A. M.. Participação em banca de Alessandro Soares da Silva. Acampados no Carlos Marighella: um estudo sobre a formação da consciência política entre famílias do movimento dos trabalhadores rurais sem terra no Pontal do Paranapanema-SP. 2002. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

62.
PRADO, M. A. M.; SOUZA, T. R. P.; CIAMPA, A. C.. Participação em banca de Ana Celina Gonçalves Oliveira. Os significados da ação voluntária: alguns elementos da formação identitária em diferentes práticas de voluntariado.. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

63.
PRADO, M. A. M.; BAPTISTA, M.; GUZZO, R.. Participação em banca de Elisabeth Morales Brambila Santos. O psicólogo no serviço público de saúde do município de São Paulo: aspectos identitários, políticos e históricos. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

64.
SOUZA, T. R. P.; GUZZO, R.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Nirley Dragonetti. O profissional de Psicologia: um estudo sobre seu reconhecimento e sua identidade profissional. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

65.
SOUZA, T. R. P.; SAWAIA, B. B.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Edna Videira. Os processos identitários do trabalhador petroleiro na década de 90 - uma análise psicossocial. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos.

Teses de doutorado
1.
PERUCCH, J.; PRADO, MARCO AURÉLIO; FRAGA, P. C. P.; CASSAB, M. A. T.; CUNHA, C. C.. Participação em banca de Lara Brum de Calais. Entre ser...rede, jovem e sujeito político: possibilidades de subjetivação política nos cenários do HIV/Aids no Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

2.
MAHEIRIE, K.; PRADO, MARCO AURÉLIO; ZANELLA, A. V.; DOMINGUEZ, M. E.. Participação em banca de Murilo Cavagnoli. O Sonoro na Partilha do Sensível e a Potencia Política da Música. 2018. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
MAHEIRIE, K.; OLIVEIRA, J. M. C.; PRADO, MARCO AURÉLIO; LIMA, C. C.; SCHUCMAN, L. V.. Participação em banca de Felipe Augusto Leque Tonial. Colonialidade e De(s)colonização: contribuições a partir do pensamento de Jacques Ranciere. 2018. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
Prado, Marco Aurélio Máximo; TEIXEIRA, F. B.; ALMEIDA, G. S.; GONCALVEZ, L. A. O.; Muniz, J. Participação em banca de Rafaela Vasconcelos Freitas. "Eu nunca fui FEM". Interseções entre militarismo e normas de gênero na trajetória de combatentes transexuais. 2018. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
CHACHAM, A. S.; MOREIRA, M. I. C.; MEDEIROS, R. P.; Prado, Marco Aurélio Máximo; Segata, J. Participação em banca de Alexandre Eustáquio Teixeira. A fabricação do corpo, a animação do outro: um estudo sobre imagens e representações do monstro na animação pornográfica contemporânea. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

6.
Prado, Marco Aurelio; Borges, L.; RAZERA, E.; Nogueira, C; Neto. S. Participação em banca de Vinicius Novais Gonçalves e Andrade. Transfobia no percurso Denunciativo Brasileiro: um estudo a partir do Disque Direitos Humanos da Presidencia da Republica. 2017. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

7.
MAHEIRIE, K.; TONELI, M. J. F.; Pocahy, F; Gesser, M; LAGO, M. C. S.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Patricia de Oliveira e Silva Pereira Mendes. Compondo a cena do dissenso na retirada dos termos ?igualdade de gênero e orientação sexual? do PNE 2014/2024: uma crítica em torno do cenário em questão. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
PRADO, M. A. M.; TONELI, M. J. F.; GARCIA, M. R. V.; VARGAS, E. V.; MEDEIROS, R. P.; Prado, Marco Aurelio. Participação em banca de Isabela Saraiva de Queiroz. Norma de gênero e uso de drogas: normalização e diferença na experiência de mulheres.. 2015.

9.
PRADO, MARCO AURÉLIO; ALMEIDA, G. S.; SIVORI, H. F.; CARRARA, S.; LACERDA, P. M.. Participação em banca de Mario Felipe de Lima Carvalho. MUITO PRAZER, EU EXISTO! : VISIBILIDADE E RECONHECIMENTO NO ATIVISMO DE PESSOAS TRANS NO BRASIL. 2015. Tese (Doutorado em Medicina) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

10.
PRADO, MARCO AURÉLIO; CARRIERI, A. P.; RIBEIRO, M. M. L. O.; MARIANO, S. A.. Participação em banca de Juliana Cristina Teixeira. As Artes e Práticas Cotidianas de Viver, Cuidar, Resistir e Fazer das Empregadas Domésticas.. 2015. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais.

11.
Prado, Marco Aurelio; Maia, R; SILVA, R. H. A.; Rocha, S; Prudencio, K.. Participação em banca de Regiane Lucas de Oliveira Garcez. Representação Política e lutas sociais: quem fala em nome de quem no debate sobre a educação de surdos. 2015. Tese (Doutorado em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais.

12.
PRADO, M. A. M.; PORTUGAL, F.; CAMINO, L.; SANDOVAL, S. A. M.; MAYORGA, C.. Participação em banca de Frederico Alves Costa. A dimensão do político na Psicologia Social no Brasil (1986-2011): uma análise da produção científica a partir da Teoria Democrática Radical e Plural. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

13.
MAHEIRIE, K.; ZANELLA, A. V.; MESQUITA, M.; MACHADO, F. V.; KRISCHKE, P.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Marcela de Andrade Gomes. Política, Estética e Ativismo Ambiental: um estudo sobre as ações do Greenpeace no Contemporâneo. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

14.
PRADO, MARCO AURÉLIO; STRALEN, C. J. V.. Participação em banca de Fernando Santana de Paiva. Um olhar sobre o conselho municipal de saúde de Juiz de Fora: desafios da participação social no contexto do estado brasileiro. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
TEIXEIRA, A. M. R.; SOUZA, N. B.; VIEIRA, M. M. R.; PRADO, MARCO AURÉLIO; Safatle, V; Lessa, R. Participação em banca de Luciola de Freitas Macedo. as metamorfoses da coisa: modos de apresentação do real nos escritos de primo levi. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
CASTRO, L. R.; TOMASI, M. L.; ALVES, R. H.; MOUNTIAN, I.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Frederico Viana Machado. Do Estatal à Política: uma análise psicopolítica das relações entre o estado e os movimentos de juventudes e LGBT no Brasil (2003-2010). 2013. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
CAMARGO, B. V.; WACHELKE, J. F. R.; BOUSFIELD, A. B. S.; Prado, Marco Aurélio Máximo; TONELLI, M. J. F.. Participação em banca de Alexander Hochdorn. Falando gênero: a construção con-textual das identidades do gênero. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

18.
Prado, Marco Aurélio Máximo; MACHADO, F. V.; AFONSO, M. L. M.; NASCIMENTO, A.; GREEN, J.. Participação em banca de Andrea Moreira Lima. Política Sexual: entre o universal e o particular, os direitos humanos LGBT em Belo Horizonte e Lisboa. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
MENANDRO, M. C. S.; TRINDADE, Z. A.; SILVA, P. O. M.; NOVO, H. A.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Rebeca Valadão Bussinger. 'Somos ensinados a pensar em sexo': representações sociais de masculinidades e de amor em travestis, homens gays e homens hetereossexuais. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal do Espírito Santo.

20.
PESCATORE, C.; LARA JUNIOR, N.; SILVA, M. L. C.; SANDOVAL, S. A. M.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Bruno da Graça Leite Padilha. Teatro Participativo em Projetos Comunitários: uma abordagem de avaliação da conscientização e das emoções. 2012. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

21.
CASTRO, L. R.; EWALD, A. P.; GONCALVES, H. S.; MOREIRA, J. O.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Amana Rocha Mattos. Liberdade, um problema do nosso tempo: os sentidos da liberdade para jovens no contemporaneo. 2011. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
CIAMPA, A. C.; SAWAIA, B. B.; GUEDES, M. C.; LIMA, A. F.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Renato Ferreira de Souza. Psicologia e Políticas Públicas de Assistência Social; práxis emancipatória ou administração social?. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

23.
SANDOVAL, S. A. M.; SOUZA, T. R. P.; TAKAHASHI, E. E.; PRADO, M. A. M.; CHAIA, V.. Participação em banca de Lucia Maria Rangel Azevedo. A Participação Política dos Alunos das Universidades Particulares no Vale do Paraíba, São Paulo. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

24.
FERRACO, C. E.; BARROS, M. E. B.; CARVALHO, J. M.; BENEDITO, M. P. L. L.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Alexsandro Rodrigues. Sexualidade(s) e Currículo(s): práticas cotidianas que nos atravessam produzindo experiências. 2009. Tese (Doutorado em Curso de Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo.

25.
PRADO, M. A. M.; GONCALVEZ, L. A. O.; ALMEIDA, E.; CAMACHO, L. M. Y.; ARROYO, M. G.; SANTOS, E. P.. Participação em banca de Paulo Henrique de Queiroz Nogueira. Identidade Juvenil e Identidade Discente: Processos de Escolarização no Terceiro Ciclo da Escola Plural. 2006. Tese (Doutorado em Faculdade de Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

26.
PRADO, M. A. M.; Saffioti, H.; SANDOVAL, S. A. M.; SOUZA, T. R. P.; STRALEN, C. J. V.. Participação em banca de Alessandro Soares da Silva. Marchando pelo Arco-Íris da Política: A Parada do Orgulho LGBT na construção da consciência coletiva dos movimentos LGBT no Brasil, Espanha e Portugal. 2006. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

27.
PRADO, M. A. M.; GRECO, D. B.; GONCALVEZ, L. A. O.; MELO, E. M.; TURATO, E. R.; MACHADO, M. M.. Participação em banca de Bernardino Geraldo Alves Souto. Contribuição ao Entendimento da Terapêutica da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida: a fenomenologia da aderência ao tratamento antiretroviral entre pacientes do Centro de Promoção da Saúde de Conselheiro Lafaite, Minas Gerais, no ano de 2004. 2006. Tese (Doutorado em Infectologia e Medicina Tropical) - Universidade Federal de Minas Gerais.

28.
PRADO, M. A. M.; BORGES, O. N.; GONCALVEZ, L. A. O.; LAMOUNIER, J. A.; TOSTA, S. F. P.; TURATO, E. R.. Participação em banca de Ligia Vieira Loiola. Eficácia de um programa de educação em saúde: sentidos e significados ao dibates mellitus e aos cuidados com os pés por pacientes em risco. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

29.
PRADO, M. A. M.; GONCALVEZ, L. A. O.; GIOVANETTI, M. A.; ROSSETTI-FERREIRA, M. C. T.; CARVALHO, M. P.. Participação em banca de Isabel de Oliveira e Silva. Profissionais de Creche no Coração da Cidade: Luta pelo reconhecimento profissional em Belo Horizonte. 2004. Tese (Doutorado em Faculdade de Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

30.
PRADO, M. A. M.; CIAMPA, A. C.; SANDOVAL, S. A. M.; SASS, O.; MACHADO, J. N.. Participação em banca de Enock da Silva Pessôa. O Discurso Evangélico como Expressão de Cidadania. 2003. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
STRALEN, C. J. V.; Prado, Marco Aurélio Máximo; FERREIRA NETO, J. L.. Participação em banca de Sergio Rossi Ribeiro. Conselhos de Saúde: seu lugar na teia de interações entre atores e instâncias políticas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
CAMPOS, R. D.; PRADO, MARCO AURÉLIO; PINTO, M. R.; DIAS-BENITEZ, M. E.; FARIAS, R. C. P.; SILVA, R. C.. Participação em banca de Luiz Antonio Matos do Carmo. Isso é coisa de Homem? produção de masculinidades por meio do consumo para o ambiente doméstico. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Administração) - Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais.

3.
BARROS, V. A.; Sato, L; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Thaisa Vilela Fonseca Amaral. Trabalho Sujo e Reconhecimento Social no campo do Trafico de Drogas Varejista. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
Arauo, C. A. A; SILVEIRA, F. J. N.; Frias, J. A; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Flavia Virginia Melo Pinto. Práticas Informacionais de pessoas transexuais no capitalismo contemporaneo. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação da Escola de Ciência) - Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
Prado, Marco Aurelio; GONCALVEZ, L. A. O.; TEIXEIRA, F. B.. Participação em banca de Rafaela Vasconcelos Freitas. "Eles não gostam de Fem?: trânsitos de gênero e sexualidades em instituições militares. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
PRADO, M. A. M.; MATOS, M.; NEVES, M. M. B. A.; CORDEIRO, R.. Participação em banca de Sara Deolinda Cardoso Pimenta. Engajamento Sindical, Feminismos e Processos de Subjetivação. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
Borges, L.; Nogueira, C; Neto. S; RAZERA, E.; PRADO, MARCO AURÉLIO. Participação em banca de Vinícius Novais Gonçalves de Andrade. Transfobia no percurso denunciativo brasileiro: um estudo a partir do Disque Direitos Humanos da Presidencia da Republica. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

8.
JAYME, J. G.; DIAS-BENITEZ, M. E.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Leonel Cardoso dos Santos. Entre Segurança e Práticas Sexuais Dissidentes: A Construção da Necrofilia no Interior das Políticas de Sexualidade no Brasil. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
LIMA, C. C.; PRADO, K.; Prado, Marco Aurélio Máximo; MAHEIRIE, K.. Participação em banca de Felipe Augusto Leques Tonial. Igualdade, subjetivação política e emancipação: contribuições de Jacques Rancière a ideia de resistência à colonialidade. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
PRADO, M. A. M.; MAHEIRIE, K.; ZANELLA, A. V.. Participação em banca de Patrícia de Oliveira e Silva Pereira Mendes. Desvelando as concepções de estética em Vigotski, Mendes e Bakhtin no diálogo com a concepção de estética de Ranciere. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

11.
CHACHAM, A. S.; JAYME, J. G.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Participação em banca de Alexandre Eustáquio Teixeira. A fabricação do corpo monstruoso em desenhos animados pornográficos comercializados na internet. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

12.
ZANELLA, A.; MAHEIRIE, K.; Prado, Marco Aurélio Máximo; KRISCHKE, P.. Participação em banca de Marcela de Andrade Gomes. As ações do Greenpeace: em enlace entre estética e política na contemporaneidade. 2012.

13.
MOREIRA, M. I. C.; Prado, Marco Aurélio Máximo; VARGAS, E. V.; TONELI, M. J. F.. Participação em banca de Isabela Saraiva de Queiroz. Narrativas de violência e sexismo na trajetória de mulheres usuárias de crack. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

14.
Medrado, B; MAYORGA, C.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Andreia Moreira Lima. Política de Cidadania e Identidades LGBT no contexto brasileiro e português: as reivindicações de direitos específicos de um movimento social e a universalidade dos direitos humanos na política pública. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

15.
Prado, Marco Aurelio; TEIXEIRA, A. M. R.; SOUZA, N. B.; VIEIRA, M. M. R.; LAIA, S. A. C.. Participação em banca de Luciola Freitas de Macedo. Testemunho e extimidade na obra de Primo Levi e a Coisa freudiana. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

16.
Bastos, A; Santiago, J; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Paula Ramos Pimenta. O Objeto Autístico como suplência à ausência de corpo no autismo. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

17.
JUNQUEIRA, R. D.; Dayrell, J; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Frederico Viana Machado. O discurso do Estado e seu impacto na constituição de identidades coletivas: uma análise dos movimentos de juventudes e LGBT no Brasil. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

18.
Veiga, C.; MAYORGA, C.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Marco Antonio Torres. A emergência de trans educadoras e os discursos sobre diversidade sexual, direitos humanos e cidadania LGBT nas configurações da educação. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
LEAL, B. S.; ANTUNES, E.; PRADO, M. A. M.. Participação em banca de Carlos Alberto de Carvalho. Jornalismo e Homofobia: visibilidades e silêncios em narrativas jornalísticas nos jornais Folha de São Paulo e o Globo. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Comunicação Social) - Universidade Federal de Minas Gerais.

20.
PRADO, M. A. M.; CASTRO, L. R.; MOREIRA, J. O.. Participação em banca de Amana Rocha Mattos. Liberdade: um problema do nosso tempo. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
PRADO, M. A. M.; GONCALVEZ, L. A. O.; GOMES, A. M.. Participação em banca de Ligia Vieira de Loiola. Prevenção das complicações do pé diabético: o acaso e o acerto em um programa educativo para pacientes em risco. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

22.
GRECO, D. B.; GONCALVEZ, L. A. O.; PRADO, M. A. M.; MELO, E. M.; SERUFO, J. C.. Participação em banca de Bernardino Geraldo Alves Souto. Contribuição ao entendimento da terapêutica da síndrome da imunodeficiência adquirida: a fenomenologia da aderência ao tratamento anti-retroviral entre pacientes do Centro de Promoção da Saúde de Conselheiro Lafaiete, MG. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Minas Gerais.

23.
PRADO, M. A. M.; GONCALVEZ, L. A. O.; SPOSITO, M.. Participação em banca de Paulo Henrique Queiroz. Projeto de Qualificaçao: individualidade e sociabilidade na escola. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

24.
PRADO, M. A. M.; AFONSO, M. L. M.; GIOVANETTI, M. A.; GONCALVEZ, L. A. O.. Participação em banca de Isabel de Oliveira e Silva. Profissionais de Creche: novos sujeitos sociais?. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Mestrado
1.
PRADO, MARCO AURÉLIO; SARAIVA, I.. Participação em banca de Julia Carneiro. Normas de Genero e Sistema de Justiça: construçao e regulaçao das identidades de genero em processo penais. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
PRADO, MARCO AURÉLIO; Morando, L; SARAIVA, I.. Participação em banca de Camila Americano Lanhoso. Normas de Genero e Sexualidades: sociabilidades lésbicas na ditadura civil-militar. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PRADO, M. A. M.; BAPTISTA, M.; FIEDLER, R.. Participação em banca de Nadir Lara Junior e Rosimeiri Lambiasi.As manifestações artísticas no processo de formação da identidade coletiva do sem terra. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso de Psicologia) - Universidade São Marcos.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SCHNEIDER, D. R.; NAUJORKS, C. J.; Prado, Marco Aurelio. Banca Prof. Adjunto A. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
PRADO, MARCO AURÉLIO. Banca Prof Adjunto. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
Prado, Marco Aurélio Máximo; MESQUITA, M.. Banca Concurso Público Docente Efetivo. 2014. Universidade Federal de Alagoas.

4.
PORTUGAL, F.; CAMPOS, H. R.; Prado, Marco Aurélio Máximo. Banca para Professor Adjunto. 2013. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

5.
PRADO, M. A. M.. Banca Concurso Professor Efetivo. 2010. Universidade Federal de Goiás.

6.
NASCIMENTO, I. F. G.; TASSARA, E. T. O.; COIMBRA, C. M. B.; CAMINO, L.; PRADO, M. A. M.. Concurso Professor Adjunto. 2009. Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
PRADO, M. A. M.; JACQUES, M. G. C.; GONCALVEZ, L. A. O.; CIAMPA, A. C.; ARAUJO, J. N. G.. Comissão Examinadora Concurso Público Professor Efetivo. 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

8.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V.. Membro titular na seleção de candidatos para o Mestrado em Psicologia UFMG. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
PRADO, M. A. M.; SASS, O.; STRALEN, C. J. V.; NOVO, H. A.; TONELLI, M. J. F.. Membro da Comissão Examinadora para Concurso Prof Adjunto. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

10.
PRADO, M. A. M.; HELOANI, J. R.. Seleção de Professores. 2001. Universidade São Marcos.

11.
PRADO, M. A. M.. Seleção de Professores. 2001. Universidade São Marcos.

12.
PRADO, M. A. M.; SOUZA, T. R. P.; FARIA, N. J.. Seleção de Professores. 1995. Universidade Metodista de Piracicaba.

13.
PRADO, M. A. M.; SOUZA, T. R. P.; FARIA, N. J.. Seleção Professores. 1994. Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Outras participações
1.
PRADO, M. A. M.. Comite Externo Avaliação 8 Congresso de Iniciação Científica do Distrito Federal. 2011. Universidade de Brasília.

2.
PRADO, M. A. M.. Banca de Seleção de Editor para Revista Psicologia & Sociedade. 2007. Associação Brasileira de Psicologia Social.

3.
PRADO, M. A. M.. Membro Titular Banca Examinadora Seleção Professor Substituto. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
PRADO, M. A. M.. Membro Titular Comissão Escrutinadora da Eleição Recomposição da Camara do Departamento de Psicologia. 2004. Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V.; GUERRA, A.; GOULART, S.. Membro Banca Examinadora do Concurso Melhor Trabalho na Abrapso Regional Minas. 2004. Associação Brasileira de Psicologia Social.

6.
PRADO, M. A. M.. Banca de Avaliação de Aproveitamento de Estudos. 2003. Universidade Federal de Minas Gerais.

7.
PRADO, M. A. M.. Concurso Seleção de Professores. 2002. Universidade São Marcos.

8.
PRADO, M. A. M.. Coordenação da Comissão de Seleção de alunos para ingresso no Mestrado em Psicologia. 2001. Universidade São Marcos.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cine Direitos Humanos.Debatedor do Cine Direitos Humanos. 2018. (Encontro).

2.
II Seminário Nacional Direitos Humanos como Projeto de Sociedade.Experiência contra-hegemônicas nos campos dos direitos civis e políticos. 2018. (Seminário).

3.
International Congress of Applied Psychology (ICAP 2018). Limits of Medical Knowledge About Trans Corporeality.. 2018. (Congresso).

4.
Seminário de Teses do PPGPSI UFRN.Seminário de Teses da UFRN. 2018. (Seminário).

5.
Seminário Genero, Feminismos e Sistema de Justiça.Pessoas LGBTQIA+ e Sistemas de Justiça. 2018. (Seminário).

6.
Cine Diversidade CRP/MG - Um atentado violento ao pudor.Filme - Um atentado violento ao pudor. 2017. (Outra).

7.
I Coloquio de Psicologia, Genero e Sexualidades.Despatologização: uma questão para a Psicologia?. 2017. (Simpósio).

8.
I Congresso Mineiro de Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual. Psicologia e Teoria Queer. 2017. (Congresso).

9.
Identidade de Genero e o Estado Democratico de Direito.O campo científico dos estudos de gênero e a ofensiva reacionária contemporanea.. 2017. (Seminário).

10.
I Encontro Brasileiro de Saúde Trans.Pesquisas e Produção de Conhecimento: Pesquisas Trans. 2017. (Encontro).

11.
I Encontro Brasileiro de Saúde Trans.Condenação do GT Direitos e Política: Violência.. 2017. (Encontro).

12.
I Encontro Brasileiro de Saúde Trans.Saúde, Violência Institucional e Resistências Travesti e Trans. 2017. (Encontro).

13.
II Encontro Gênero, Saúde e Direitos Humanos.Gênero, Norma e Poder. 2017. (Encontro).

14.
II Semana do PPG em Psicologia da UFAL.Desafios para a Psicologia Social e Política: Produção do conhecimento e práticas de intervenção. 2017. (Encontro).

15.
XIX Encontro Nacional da Abrapso. Inserção na política como estratégia de poder para travestis e transexuais: candidaturas ns eleições municipais de 2016. 2017. (Congresso).

16.
XXXI Jornada do Círculo Psicanalítico de Pernambuco.Folias dos Gêneros: entre identidades suturadas e subjetivações políticas. 2017. (Encontro).

17.
I Congreso Internacional de Victimologia. Ecos de las Violencias: consecuencias, interrogantes y desafios en las practicas interdisciplinarias actuais. 2016. (Congresso).

18.
II Congresso de Diversidade Sexual e Gênero. Direito e Cidadania Trans. 2016. (Congresso).

19.
IV Semana de Psicologia da Faculdade Luciano Feijão.Gênero, Diversidades e Psicologias.. 2016. (Encontro).

20.
IX Simpósio Brasileiro de Psicologia Política.A psicologia política na contemporaneidade. 2016. (Simpósio).

21.
VI Congreso Regional de la Sociedad Interamericana de Psicologia. O processo de patologização das transidentidades e o fazer psi. 2016. (Congresso).

22.
VI Congreso Regional de la Sociedad Interamericana de Psicologia.Travestis no Brasil: os efeitos da invisibilidade e os ciclos de violência. 2016. (Simpósio).

23.
XVI Simposio ANPEPP.GT Psicologia Política e Sexualidades. 2016. (Simpósio).

24.
CÁTEDRA COLOMBIANA DE PSICOLOGÍA MERCEDES RODRIGO.La Psicologia e la violencia contra la comunidad LGBT. 2015. (Outra).

25.
Congresso Interamericano de Psicologia. Patologização das Identidades Trans e a Violência na Atenção à Saúde: das normativas às práticas psicológicas. 2015. (Congresso).

26.
I Congreso Nacional de Psicología, Formación y Compromiso Social. I Congreso Nacional de Psicología, Formación y Compromiso Social. 2015. (Congresso).

27.
Multiplicando os gêneros nas praticas de saúde.Repercussões sociais e individuais dos discursos médico e psicológico e suas implicações no acesso à saúde. 2015. (Simpósio).

28.
5 Conferencia Internacional de Paradigmas Queer. Narrativas queer de la modernidad. 2014. (Congresso).

29.
Ciencias do Estado.Estratégia de Alianças e Estratégia de Articulaçao: possibilidades para a luta política no marco da democracia radical. 2014. (Outra).

30.
IV Seminário Internacional Pensando Gêneros.Queerizando os processos de subjetivação política. 2014. (Seminário).

31.
Lugares da Cultura.Cultura e Diversidade. 2014. (Seminário).

32.
Semana de direitos humanos do Ministério Público de Minas Gerais: em busca de práticas transformadoras.Diversidade Sexual. 2014. (Seminário).

33.
Semana do Conhecimento. Saberes e Fazeres: articulações possívels da universidade com os movimentos sociais. 2014. (Congresso).

34.
Semana do Conhecimento UFMG. Direitos e Violência na experiência de travestis e transexuais na cidade de Belo Horizonte. 2014. (Congresso).

35.
Seminário Nacional - Os direitos humanos como projeto de sociedade.Direitos Humanos e Dimensoes Eticas e Culturais. 2014. (Seminário).

36.
VII Congresso Internacional de Estudos sobre a Diversidade Sexual e de Gênero da ABEH. Apontamentos sobre a escolaridade de travestis e transexuais em Belo Horizonte e Região Metropolitana. 2014. (Congresso).

37.
XV Simposio de Pesquisa e Intercambio Cientifico da ANPEPP.Psicologia, Política e Sexualidades. 2014. (Simpósio).

38.
Audiência Pública - Procuradoria Geral da República.Discriminaçao e Promoçao de Direitos Humanos. 2013. (Outra).

39.
Cafe Controverso.Sexo Genero e Sexualidades. 2013. (Encontro).

40.
Coloquio Política e Subjetividade.Direitos Humanos, sexualidades e sujeitos políticos. 2013. (Simpósio).

41.
Critical Social Psycholgy. The protest, the political subjectivation and contemporary antagonism in Brazil: a critical approach to the political and social psychology of protests. 2013. (Congresso).

42.
Critical Social Psycholgy.Greenpeace: un enlace entre estetica y politica en la contemporaneidad. 2013. (Simpósio).

43.
II Seminário Nacional de Educação, Diversidade Sexual e Direitos Humanos.Gênero, Educação e Sexualidades: homofobia. 2013. (Seminário).

44.
OEA.Comissão Interamericana de Direitos Humanos - Organização dos Estados Americanos. 2013. (Simpósio).

45.
Palestra Pos Graduacao em Psicologia UFAL.Experiencia e Prática de Pesquisa/Intervençao em Direitos Humanos. 2013. (Encontro).

46.
Semana de Psicologia da UFSC.Social, Comunitário e política: práticas psicossociais e seus desafios. 2013. (Encontro).

47.
Seminário de Dissertação.Convidado Especial. 2013. (Seminário).

48.
V Encontro Integrado de Psicologia.Violências e Resistências no contemporâneo: o lugar da subjetividade política. 2013. (Encontro).

49.
workshop sobre atendimento à diversidade de gênero, raça e orientação sexual no sistema de justiça.Diversidade Sexual e Genero no Sistema de Justiça. 2013. (Seminário).

50.
XVII Encontro Nacional da Abrapso. Entre o político e a gestão das identidades políticas. 2013. (Congresso).

51.
Forum UNA de Educação.Educação e Diversidade Sexual. 2012. (Outra).

52.
III Encontro Local de Psicologia Social.Movimentos Sociais, Identidade e diversidade. 2012. (Encontro).

53.
XVIII Encontro Regional da Abrapso Minas.Política e Democracia: a formação em psicologia e as políticas públicas. 2012. (Encontro).

54.
XXX International Congress of the Latin American Studies Association. New Patterns of State-Society relations in Brazil mobilization and interes representation during the Lula Government. 2012. (Congresso).

55.
14th Biannual Conference of the International Society for Theoretical Psychology (ISTP). Mapping Critical Psychology in Brazil: politics in Gender and Queer studies. 2011. (Congresso).

56.
1er Encuentro ibero-latinoamericano de Grupos y Equipos de Psicologia Politica.A política como dissidência na contemporaneidade: desafios para o campo da psicologia politica. 2011. (Encontro).

57.
34a Reunião Anual ANPED. Movimentos Sociais, sujeitos e processos educativos. 2011. (Congresso).

58.
Abrapso Nacional. Participação Política e movimentos sociais. 30 anos de democracia??. 2011. (Congresso).

59.
Aula Inaugural do Curso de Psicologia.50 anos de psicologia e sua participação nos movimentos sociais. 2011. (Outra).

60.
Biannual Metting of International Association for the Study of Sexuality, Culture and Society (IASSCS). : ?Challenges in debates on human rights and LGBT Social movements in Brazil?. 2011. (Congresso).

61.
II Seminário Novos Horizontes.Políticas Científicas para Psicologia. 2011. (Seminário).

62.
LGBT/Queer Studies: Toward Trans/national Scholarly and Activist Kinships..LGBTT movements and human rights in Brazil?. 2011. (Seminário).

63.
Seminário de Dissertação 2011.2.Observador Externo junto ao seminário do program de pós-graduação em psicologia da UFRN. 2011. (Seminário).

64.
Seminário Sujeito e Política.Sujeitos e Políticas entre Identidades e Experiências. 2011. (Seminário).

65.
Simpósio de Psicologia Política.Perspectivas e Desafios da Psicologia Política no Brasil. 2011. (Simpósio).

66.
Encontro de Diálogos.Construindo e Desconstruindo Identidades: a identidade homoerótica em questão. 2010. (Encontro).

67.
Fazendo Gênero 9. A pesquisa militante na compreensão das lutas contra desigualdades étnico-raciais e de gênero. 2010. (Congresso).

68.
I Encontro Nacional de Pesquisa em Diversidade Sexual e Direitos Humanos.Os núcleos de pesquisa em diversidade sexual e a construção de redes. 2010. (Encontro).

69.
III Congresso Brasileiro Psicologia. Ações Coletivas e Psicologia Social: confluências e divergências históricas. 2010. (Congresso).

70.
II Seminário Nacional de Educação, Diversidade Sexual e Direitos Humanos.Gênero, Educação e Sexualidades: Homofobias. 2010. (Seminário).

71.
II Simpósio de Psicologia Política do Triangulo Mineiro.Psicologia Política: história e questòes contemporaneas. 2010. (Simpósio).

72.
IV Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira.Participação Juvenil, Movimentos Sociais e Ações Coletivas. 2010. (Simpósio).

73.
Seminário Latinoamericano Juventude e Política e IV Encontro Internucleos Juventude e Politica.Juventude e Politica no Contemporaneo. 2010. (Seminário).

74.
Seminário Latinoamericano Juventude e Política e IV Encontro Internucleos Juventude e Politica.Movimentos Sociais e Participação Juvenil. 2010. (Seminário).

75.
Seminário no PPG Psicologia UFSC.Dilemas da Pesquisa sobre Problemas Invisíveis: participação, violência e direitos na sociedade contemporanea. 2010. (Seminário).

76.
Simposio Genero e Psicologia Social: diálogos interdisciplinares.Homofobia e Democracia: é possível a emergencia de um sujeito político em um sistema de humilhação?. 2010. (Simpósio).

77.
X Encontro Regional ABRAPSO Sao Paulo.Percursos da Psicologia Social. 2010. (Encontro).

78.
XIII Simpósio ANPEPP.GT Psicologia Política. 2010. (Simpósio).

79.
XVII Encontro Regional da Abrapso Minas.Direitos Humanos e Direitos Sexuais: movimentos LGBT e as Lutas pela Democratização das Hierarquias Sexuais no Brasil. 2010. (Encontro).

80.
4 seminário Corpo, Genero e Sexualidades.Educação para Sexualidade: subalt3ernidades sexuais e formação docente. 2009. (Seminário).

81.
6 Congresso Norte Nordeste de Psicologia. Política, poder e paixão:interlocuções entre a política e a psicologia. 2009. (Congresso).

82.
I Encontro Integrado de Psicologia da PUCMINAS.Multiculturalismo e Formação de Identidades Políticas. 2009. (Encontro).

83.
II Seminário de Teses e Dissertações do PPG Psicologia Social UERJ.Arguição dos projetos de doutorado e mestrado. 2009. (Seminário).

84.
I Simpósio de História da Formação em Psicologia e VIII Encontro da Rede de Pesquisadores em História da Psicologia.Vicissitudes da Psicologia no Cenário Europeu e Latinoamericano. 2009. (Simpósio).

85.
Palestra no Programa de Mestrado em Psicologia da PUC MINAS.Trajetórias de Pesquisa: produção, legitimação e argumentação científica. 2009. (Outra).

86.
Prevenção a violencia domestica contra a Mulher.Estruturas sociais de desigualdade e relaçoes de genero. 2009. (Encontro).

87.
Semana de Ciencia, Arte e Política PUCMINAS.Multiculturalismo e Formação de Identidades Políticas. 2009. (Encontro).

88.
Seminário Diversidade no Cotidiano Escolar.Relações Etnico-Raciais, Gênero e Sexualidades: Políticas e Programas. 2009. (Seminário).

89.
V Conferência Municipal de Educação de Belo Horizonte.Justiça Social e Educação: inclusão, diversidade e promoção da igualdade social. 2009. (Outra).

90.
XIII Coloquio Internacional de Psicossociologia e Sociologia Clínica. A Escola como Instituição Política: política, sexualides e normas. 2009. (Congresso).

91.
XV Encontro Nacional da Abrapso. Política, Democracia e Movimentos Sociais: o lugar da psicologia social. 2009. (Congresso).

92.
16 Encontro Regional da Abrapso Mnas. Democracia e Desigualdades Invisibilizadas: sujeitos, hierarquias sexuais e subalternidade. 2008. (Congresso).

93.
5º Seminário Nacional Homens, Gênero e Políticas Públicas.Coordenação GT Diversidade e Direitos Sexuais. 2008. (Seminário).

94.
Abrapso Sul.Diálogos entre Psicologia Social e Movimentos Sociais. 2008. (Encontro).

95.
A crise do pacto social: crítica sócio-filosófica da contemporaneidade.A crise do pacto social ou a emergência de novos sujeitos políticos?. 2008. (Seminário).

96.
ANPEPP.GT Psicologia Política. 2008. (Simpósio).

97.
Das Margens aos Centros:sexualidades, gêneros e direitos humanos.Universidade, políticas públicas e combate à homofobia. 2008. (Seminário).

98.
Das margens aos centros: sexualidades, gêneros e direitos humanos.Coordenador de Grupo de Trabalho: Academia, ativismo e políticas públicas. 2008. (Seminário).

99.
I Jornada do Núcleo Psicologia Social - PUCMINAS.Toda psicologia é social?. 2008. (Encontro).

100.
Jornada 10 anos do NIPIAC/UFRJ.Por que pensar em hierarquias, antagonismos e sujeitos políticos na experiência da juventude?. 2008. (Seminário).

101.
REDEFEM. GT Gênero, Orientação Sexual e Cidadania LGBT. 2008. (Congresso).

102.
V Seminário Sociedade Inclusiva: Diversidade e Sustentabilidade do local ao global.Gênero, Orientação Sexual e Sustentabilidade. 2008. (Seminário).

103.
V Simpósio Brasileiro de Psicologia Política.Sujeito Político e as relações entre o público e o privado. 2008. (Simpósio).

104.
Forum do Centro de Apoio às Vítimas de Violência.GBLT: desafios e perspectivas para o acesso à cidade. 2007. (Outra).

105.
Reunião Anual da SBPC. A dinâmica da participação política no movimento social GLBT de Belo Horizonte: seus impedimentos e suas possibilidades. 2007. (Congresso).

106.
Semana da Diversidade Cultural.A comunidade GLBT e a produção de conhecimento no âmbito das Paradas do Orgulho Gay. 2007. (Seminário).

107.
Simposio Internúcleos de Pesquisa: Juventude e Participação Política.Juventude e Participação - Vocação do Poder. 2007. (Simpósio).

108.
V Congresso Norte Nordeste de Psicologia. Juventude e Participação Política. 2007. (Congresso).

109.
v Encontro Regional de Psicologia Social no Espírito Santo.Movimentos Sociais, Direitos Humanos e Violência. 2007. (Encontro).

110.
XIV Encontro Nacional da Abrapso. Para Reler Le Bon: massa, poder e identidades coletivas. 2007. (Congresso).

111.
II Encontro de Editores Científicos na Psicologia.II Encontro de Editores Científicos na Psicologia. 2006. (Encontro).

112.
III Congresso da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura. Metodologias, Invisibilidade e Identidades GLBT. 2006. (Congresso).

113.
IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política. As fronteiras do política: sujeitos coletivos e a participação contemporanea. 2006. (Congresso).

114.
XV Encontro Regional da Abrapso MG. Juventudes, Cultura e Participação Social. 2006. (Congresso).

115.
Entrelaçamento entre pesquisas qualitativas e quantitativas.Aula Pós Graduação em Psicologia PUCMINAS. 2005. (Outra).

116.
Homoerotismo e Movimentos Sociais.I Seminário de Estudos da Homocultura. 2005. (Seminário).

117.
I Congresso da ULAPSI. Identidades Coletivas e Conflitos Políticos. 2005. (Congresso).

118.
I Congresso da ULAPSI. Temas da Psicologia Política no Brasil: a emergencia do político e os paradoxos da democracia. 2005. (Congresso).

119.
I Congresso da ULAPSI. Psicologia Social, Identidades Coletivas e Antagonismos Políticos. 2005. (Congresso).

120.
III Simpósio Brasileiro de Psicologia Política.Psicologia Política e a construção dos Movimentos Sociais. 2005. (Simpósio).

121.
Seminário do CES no ambito da bolsa de um mês.Identidade Coletivas em Conflito:aspectos psicopolíticos da dinamica dos movimentos sociais contemporaneos. 2005. (Seminário).

122.
Curso Psicologia UNIMEP.Psicologia, Política e Direitos Humanos. 2004. (Encontro).

123.
Semana da Psicologia.Direitos Humanos e Psicologia. 2004. (Encontro).

124.
XIV Encontro Mineiro de psicologia Social. Pesquisas com Movimentos Sociais na Psicologia Social: questoes metodologicas e políticas. 2004. (Congresso).

125.
XIV Encontro Mineiro de Psicologia Social. Participaçao Social: análises psicossociais de diferentes formas de açao coletiva. 2004. (Congresso).

126.
Coloquio Internacional Mídia, Identidades Coletivas e Espaço Público.Estratégias de Inserção no Mundo Público. 2003. (Simpósio).

127.
Encontro Nacional dos Estudantes de Psicologia.Psicologia e Movimentos Sociais. 2003. (Encontro).

128.
II seminário de centro de apoio às vítimas de violencia.Participação Comunitária e Movimentos Sociais. 2003. (Seminário).

129.
VI Congreso Internacional de Psicologia Social de La Libertacion. Mini Curso "psicologia social, movimentos sociais e identidade política". 2003. (Congresso).

130.
XII Encontro Nacional da Abrapso. Debates e Perspectivas da Psicologia dos Movimentos Sociais. 2003. (Congresso).

131.
XII Encontro Nacional da Abrapso. Estudo da Dinamica Interna de Diferentes Movimentos Sociais. 2003. (Congresso).

132.
XII Encontro Nacional da Abrapso. Identidade Política e Participação Social. 2003. (Congresso).

133.
I Congresso Brasileiro de Psicologia. Ambiguidade da Participação Política: a experiência dos movimentos de luta antimanicomial. 2002. (Congresso).

134.
I Congresso Brasileiro de Psicologia: Ciência e Profissão. Identidade Política e Políticas de Identidade. 2002. (Congresso).

135.
I Congresso Brasileiro de Psicologia Ciencia e Profissao. A mistica e a identidade coletiva no MST. 2002. (Congresso).

136.
II Jornada Semana da Cidadania.Participação Social e Políticas Públicas. 2002. (Encontro).

137.
II Simpósio Nacional de Psicologia Política.Os Rumos da Psicologia Política no Brasil. 2002. (Simpósio).

138.
II Simpósio Nacional de Psicologia Política.Pesquisa em Psicologia Política: Três Campos de Investigação. 2002. (Simpósio).

139.
IX Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico.GT Comportamento Político e Movimentos Sociais. 2002. (Simpósio).

140.
Seminário Desejo & Poder.Desejo & Poder: construir uma política homossexual para a cidade de São Paulo. 2002. (Seminário).

141.
XIII Encontro Mineiro da Abrapso - MG. Psicologia Política e Direitos Humanos. 2002. (Congresso).

142.
II Congresso Norte Nordeste de Psicologia. O político e a trajetória da Psicologia Social. 2001. (Congresso).

143.
Semana de Estudos do Instituto de Psicologia e Fonoaudiologia da PUCCAMP.Psicologia e Direitos Humanos. 2001. (Simpósio).

144.
VIII Colóquio Internacional de Sociologia Clínica e Psicossociologia.Da mobilização social a identidade política. 2001. (Simpósio).

145.
XI Encontro Nacional de Psicologia Social. Pesquisa em Psicologia Política. 2001. (Congresso).

146.
XI Encontro Nacional de Psicologia Social. Psicologia Política e Identidade Coletiva: eqüivalências e diferenças junto aos movimentos sociais contemporâneos. 2001. (Congresso).

147.
XII Encontro Mineiro de Psicologia Social. Psicologia Política: movimentos sociais, discriminação e exclusão social. 2001. (Congresso).

148.
III Conference for Sociocultural Research. A psicologia e o político: relações possíveis entre a dimensão psicológica e a participação na construção de discursos articulatórios. 2000. (Congresso).

149.
I Simpósio Psicologia Política.Psicologia Política e Antagonismos Sociais: notas e reflexões sobre o significado dos movimentos sociais. 2000. (Simpósio).

150.
Semana de Psicologia da Universidade Paulista.Psicologia Social e Intervenções Comunitárias. 2000. (Simpósio).

151.
VIII Encontro Regional de Psicologia Social. Identidade Coletiva coo processo psico-político. 2000. (Congresso).

152.
VIII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico.As teorias da ação coletiva sob um olhar histórico-social. 2000. (Simpósio).

153.
X Encontro Nacional de Psicologia Social. Individualismo e Comunitarismo como posições identitárias. 1999. (Congresso).

154.
VI Encontro Regional de Psicologia Social. Movimentos Sociais de Moradia e Estado: controle e/ou emancipação dos indivíduos. 1996. (Congresso).

155.
VI Encontro Regional de Psicologia Social. Psicologia e Comunidade: a utopia dos projetos científicos. 1996. (Congresso).

156.
Semana de Psicologia da USJT.Psicólogo: um profissional atuante. 1995. (Simpósio).

157.
XXV Congresso Interamericano de Psicologia. A Psicologia e a Utopia Comunitária na transição da modernidade. 1995. (Congresso).

158.
V Encontro Regional de Psicologia Social. A criação de valores na construção de aparatos urbanos. 1994. (Congresso).

159.
Semana de Psicologia da Universidade Paulista.O psicólogo na Comunidade. 1993. (Simpósio).

160.
Encontro Nacional de Estudantes de Psicologia.Atuação do psicólogo em comunidades. 1992. (Encontro).

161.
IV Encuentro Latinoamericano de Psicoanalistas y Psicologos Marxistas. Aspectos Psicossociais dos Movimentos Sociais. 1992. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PRADO, M. A. M.. I Colóquio de Psicologia, Gênero e Sexualidades. 2017. (Congresso).

2.
PRADO, M. A. M.. XXXV Congresso Interamericano de Psicologia. 2015. (Congresso).

3.
PRADO, M. A. M.. XXXV Congresso Interamericano de Psicologia. 2015. (Congresso).

4.
Prado, Marco Aurélio Máximo. Internúcleos - Subjetivaçao e Política: Teoria em açao.. 2014. (Outro).

5.
PRADO, M. A. M.. XIV SIMPOSIO DA ANPEPP. 2012. (Congresso).

6.
PRADO, M. A. M.. 7 ENCONTRO REGIONAL DE TRAVESTIS E TRANSEXUAIS. 2012. (Outro).

7.
Prado, Marco Aurélio Máximo. II Seminário Novos Horizontes da Psicologia. 2011. (Congresso).

8.
PRADO, M. A. M.; Arruda, D ; TOLENTINO, L. ; Perucchi, J. . Encontro Nacional de Universitários pela Diversidade Sexual- 7º. 2009. (Congresso).

9.
MAYORGA, C. ; PRADO, M. A. M. . II Encontro Internúcleos NPP/NIPIAC/GEPCOL. 2008. (Outro).

10.
PRADO, M. A. M.; RAZERA, E. ; PEREIRA, M. . 16 Encontro da Abrapso Regional Minas. 2008. (Congresso).

11.
PRADO, M. A. M.. I semana universitária da diversidade sexual. 2008. (Outro).

12.
LEAL, B. ; PRADO, M. A. M. . III Congresso da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura. 2006. (Congresso).

13.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V. ; SANDOVAL, S. A. M. ; CASTRO, L. R. ; FREITAS, M. F. Q. ; BARROS, V. A. . IV Simpósio Brasileiro de Psicologia Política. 2006. (Congresso).

14.
PRADO, M. A. M.; STRALEN, C. J. V. . XIII Encontro Nacional da ABRAPSO. 2005. (Congresso).

15.
PRADO, M. A. M.; LEAL, B. ; MAIA, R. ; DOIMO, A. M. . Coloquio Internacional Mídia, Espaço Público e Identidades Coletivas: perspectivas interdisciplinares. 2003. (Congresso).

16.
PRADO, M. A. M.. Comitê Científico do XI Encontro Nacional da Abrapso. 2001. (Congresso).

17.
PRADO, M. A. M.. VIII Encontro Regional da Associação Brasileira de Psicologia Social. 2000. (Congresso).

18.
PRADO, M. A. M.. Entre Homens: tempos, práticas e vozes.. 2000. (Congresso).

19.
PRADO, M. A. M.. Simpósio de Psicologia Política. 2000. (Congresso).

20.
PRADO, M. A. M.. II Seminário Acadêmico do Departamento de Psicologia - A formação ética e política do psicólogo. 1996. (Congresso).

21.
PRADO, M. A. M.. I Seminário Acadêmico do Departamento de Psicologia - A Formação Científica do Psicólogo. 1995. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Julia Carneiro. Sistema de Justiça e Transexualidades. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Camila Lanhoso. Ditadura e Movimentos LGBT. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Suzana Almeida. Psicologia Política e Eventos de Risco. Início: 2017. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Juliano Bonfim. Gênero e Ofensivas Anti-Gênero: o caso da educação. Início: 2017. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

3.
Barbara Gonçalves Mendes. Representatividade e Inserção no campo Político Institucional e Estratégias de Poder: Travestis e Transexuais eleitas vereadoras eleitas em 2016 no Brasil. Início: 2017. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

4.
Vinício Brigido. Empregabilidade e Transexualidades. Início: 2017. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Nestor Eliecer Moreno Rangel. Movimentos LGBT na tríplice fronteira.. Início: 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

6.
Igor Monteiro Lopes. Genero e Políticas de Extermínio. Início: 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. (Orientador).

7.
Sara Deolinda Pimenta. Feminismos em Movimento: diálogos nas ações coletivas e experiências de mulheres rurais. Início: 2015. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Lohana Morelli. Transexuais e Travestis e Repertórios de Ação Política. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. (Orientador).

2.
Antonio Lemos. Gênero e Sistema de Justiça. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

3.
Lohana Morelli. Travestis e Repertório de Ação Política. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Thaís Rolla de Caux. O hormônio traz pra realidade todos os nossos sonhos ocultos".A experiência de mulheres transexuais e travestis com o processo medicamentoso de hormonização. 2018. Dissertação (Mestrado em Medicamentos e Assistência Farmaceutica) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

2.
Gabriela Lamounier. Géneros Encarcerados:uma análise da política de alas LGBT no sistema carcerário de minas gerais. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

3.
Claudio Magno. Trangeneridades queer e críticas ao binarismo de gênero. 2017. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

4.
Juliana Diniz. Homofobia e Escola Básica. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

5.
Nicole Gonçalves da Costa. Do disque denúncia ao call center: os limites do disque 100 para realização de denúncias contra população LGBT. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

6.
Igor Ramon Lopes Monteiro. A exclusão democratica de travestis e transexuais na gestão educacional: um estudo entre as relações de gênero, sexualidade e hierarquias.. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

7.
Anne Rafaele Telmira. A atenção básica à saúde no truque: o encontro das travestis e das agentes comunitárias de saúde do bairro Rio Branco em Belo Horizonte.. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

8.
RAFAELA VASCONCELOS. Homens com T maiúsculo. Processos de identificação e construção do corpo nas transmasculinidades e a transversalidade da internet. 2014. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

9.
Cassia Reis Donato. Hip Hop e feminismo negro nos processos de participação de jovens negras. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

10.
Leonel Cardoso dos Santos. Gradientes Hierárquicos na Balada: etnografia, corpos e sociabilidades nas boates GLS de Belo Horizonte. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

11.
Otacilío de Oliveira Junior. Migração Juvenil: um estudo sobre a trajetória de jovens rurais. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

12.
Daniel Arruda Martins. Os paradoxos da experiência do "armário" entre jovens gays e lésbicas: um estudo psicossocial. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

13.
Leonardo Tolentino. Homofobia e Educação. 2010. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

14.
Frederico Alves Costas. Democratização Social e Pluralidade dos Sujeitos Político: uma leitura a partir da Teoria Democrática Radical e Plural. 2009. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

15.
Manuela de Sousa Magalhães. Trajetórias em Movimentos: a construção da identidade política na organização das mulheres trabalhadoras rurais em Minas Gerais. 2008. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

16.
Letícia Cardoso Barreto. Prostituição, Gênero e Sexualidade: hierarquias sociais e enfrentamentos no contexto de Belo Horizonte. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

17.
Silvia Adriana Silva. Processos identitários dos(as) alunos(as) do Programa Ações Afirmativas. 2008. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

18.
Frederico Viana Machado. Muito Além do Arco-Íris: A Constituição da Identidade Coletiva entre o Estado e a Sociedade Civil. 2007. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

19.
Critstiano Santos Rodrigues. As Fronteiras entre Raça e Gênero na Cena Pública Brasileira: Um Estudo da Constituição da Identidade Coletiva do Movimento de Mulheres Negras. 2006. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

20.
Ricardo Santos Rodrigues. Identidade Negra e Candomblé a partir de discursos de lideranças religiosas em Belo Horizonte. 2006. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

21.
Marco Antonio Torres. Os significados da homossexualidade no discurso da Igreja Católica pós-concílio Vaticano II: padres homossexuais, tolerância e formação hegemônica católica.. 2005. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

22.
Sergio Mascoli. A construçao dos significados da gravidez na formação identitária da mulher soropositiva. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

23.
Márcia Maria Tiengo. Mulher e Carreira Profissional: implicações na constituição identitária e nas relações doméstica sob a perspectiva de gênero. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

24.
Elisabeth Morales Brambila Santos. O Psicólogo no Serviço Público de Saúde do Município de São Paulo: aspectos identitários, políticos e históricos. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

25.
Ana Celina Gonçalves Oliveira. Os significados da ação voluntária: alguns elementos da formação identitária em diferentes práticas de voluntariado.. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade São Marcos, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

Tese de doutorado
1.
Rafaela Vasconcelos Freitas. Nunca fui Fem. Interseções entre militarismo e normas de gênero na trajetória de combatentes transexuais. 2018. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

2.
Otacilio de Oliveira Junior. Entre a luta, a voz e a palavra: partilhas de sentido em torno de um sarau de periferia. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

3.
Isabela Saraiva de Queiroz. Normas de Gênero e Uso de Drogas: normalização e diferença na experiência de mulheres.. 2015. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

4.
Frederico Alves Costa. A dimensão do político na Psicologia Social no Brasil (1986-2011): uma análise da produção científica a partir da Teoria Democrática Radical e Plural. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

5.
Marcela de Andrade Gomes. Política, Estética e Ativismo Ambiental: um estudo sobre as ações do Greenpeace no Contemporâneo. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Coorientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

6.
Rafaela Vasconcelos Freitas. Transexualidades e Segurança Pública. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

7.
Frederico Viana Machado. Do Estatal à Política: uma análise psicopolítica das relações entre o estado e os movimentos de juventudes e LGBT no Brasil (2003-2010). 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

8.
Andrea Moreira Lima. Política sexual: entre o universal e o particular, os direitos humanos LGBT em Belo Horizonte e Lisboa. 2013. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

9.
Marco Antonio Torres. A Emergência de Professoras Travestis e Transexuais na Escola: heteronormatividade e direitos nas figurações sociais contemporâneas. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Ilana Mountian. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Marco Aurélio Máximo Prado.

2.
Maria Juracy Tonelli. 2009. Universidade Federal de Minas Gerais, . Marco Aurélio Máximo Prado.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Denyr Jeferson Dutra Alecrim. Perfil das travestis que realizam trabalho sexual em Belo Horizonte e utilizaram hormônios para a transformação do corpo: um estudo transversal. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

Iniciação científica
1.
Julia Carneiro. Direitos e Violencia na Experiência de Travestis e Transexuais em Belo Horizonte. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

2.
Karina Dias Gea. Direitos e Violencia na Experiência de Travestis em Belo Horizonte. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

3.
Julia Carneiro. Direitos e Violencia na experiência de travetis e transexuais em Belo Horizonte. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

4.
Karina Dias Gea. Direitos e Violencia na Experiência de Travestis e Transexuais em Belo Horizonte. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

5.
Igor Monteiro. Escolas e enfrentamento a homofobia. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade Federal de Minas Gerais, PROEX. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

6.
RAFAELA VASCONCELOS. Perfil da experiencia de travestis em Belo Horizonte. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

7.
Julião Gonçalves Amaral. Grupos Universitários de Diversidade Sexual As dinâmicas da homofobia institucional e a emergência de identidades políticas nas universidades. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

8.
Leonardo Tolentino. Questões conceituais para compreensão da Homofobia. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, PROEX. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

9.
Jane Badaró. Homofobia, Gênero e Preconceito. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

10.
Felipe. Questões teóricas na conceituação de práticas homofóbicas. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

11.
Mariana Possas. A construção coletiva da Pauta da Marcha das Margaridas: identidades em trânsito. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

12.
Thalles Ribeiro. A Psicologia Política na América Latina. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

13.
Frederico Costa. Participação Política e Homossexualidades: a experiência de Belo Horizonte. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

14.
Otacílio de Oliveira Junior. Procedimento da Tradução entre diferentes experiências de movimentos sociais. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

15.
Clarisse Leão. Bandeiras de Luta e Estratégias de Resistência Política Coletiva e Individual no Movimento Autonomo de Mulheres Trabalhadoras Rurais. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

16.
Junia Penido. Teoria da Tradução e Identidades em grupos de ação coletiva. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

17.
Frederico Alves Costa. Elementos Psicossociais da Participação Política de Homossexuais na cidade de Belo Horizonte. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

18.
Cassia Reis Donato. mulheres negras na construção da identidade coletiva de movimentos culturais. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

19.
Manuela Sousa Magalhaes. A trajetória das mulheres trabalhadoras rurais no estado de Minas Gerais. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

20.
Otacílio de Oliveira Junior. Identidade Coletiva e Política entre Mulheres Negras: o caso de Belo Horizonte. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

21.
Carmella Campici. estudo dos processos psicossociais na constituição da identidade coletiva de movimentos sociais: experiëncias de ações coletivas em Minas Gerais. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.

22.
Nadir Lara Junior. A mistica como um conjunto de significação identitária no Movimento Sem Terra. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Curso de Psicologia) - Universidade São Marcos, Universidade São Marcos. Orientador: Marco Aurélio Máximo Prado.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Prado, Marco Aurélio Máximo. REPRESENTAÇÃO LOCAL E POLÍTICA PARTIDÁRIA: CANDIDATURAS TRANSEXUAIS E TRAVESTIS NO BRASI. Sexuality Policy Watch, 13 jul. 2016.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
PRADO, M. A. M.. Programa Salto para o Futuro - TV ESCOLA. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
PRADO, M. A. M.. TV Assembléia. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
PRADO, M. A. M.. Entrevista TV Rede Minas. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
PRADO, M. A. M.. UFMG TUBE. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Prado, Marco Aurelio. Programa Opinião. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Redes sociais, websites e blogs
1.
PRADO, M. A. M.; VASCONCELOS, R. ; CARVALHO, T. . aquenda, mona!. 2011; Tema: Blog com informações sobre projeto com Travestis/Transexuais. (Blog).

2.
PRADO, M. A. M.. Educação em Homofobia. 2010; Tema: Website do projeto educação sem homofobia. (Site).


Artes Visuais
1.
PRADO, M. A. M.; CARVALHO, T. . Muito Prazer: Travestis e Transexuais de Juiz de Fora. 2010. Vídeo.

1.
PRADO, M. A. M.; CARVALHO, T. . Memorinal de Travestis e Trans de Belo Horizonte. 2010. Vídeo.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 2:42:11