Marize Barros de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2773303979810841
  • Última atualização do currículo em 27/08/2018


Possui graduação em Enfermagem (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Especialista em Saúde Pública ? Escola de Saúde Pública da USP1990 . Especialista em Epidemiologia (UFRN) 1992. Especialista em gerencia de unidade básica de saúde (UFRN) 1996. Especialista em Educação Profissional área de Enfermagem (ENSP/FIOCRUZ) 2005. Especialista em ativação de processos de mudança na formação superior (ENSP/FIOCRUZ) 2006. Mestrado em Enfermagem (UFRN/2004). Doutorado em Ciências da Saúde (UFRN/2015). É professora efetiva da Escola de Saúde da UFRN. É pesquisadora do Grupo de pesquisa Saúde e Sociedade (UFRN) e do Grupo de Estudos em Saúde Coletiva (UFRN). Participou como pesquisadora do Programa de expansão e consolidação do Saúde da Família? Estudos de linha de base lote I- Nordeste (PROESF-ELB), nos Estados do CEARÁ, de Sergipe e da Bahia. Participou como pesquisadora na Avaliação Externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ-AB/UFRN 2012-2018, ciclos 1,2 e 3), do Ministério da Saúde, nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará. Coordena o curso técnico em Agente Comunitário de Saúde. Atua principalmente nos seguintes temas: política social, saúde coletiva, Saúde da Família, avaliação de programas de saúde, processo de trabalho em saúde, trabalho em equipe, processo de trabalho em enfermagem, atenção primária em saúde. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marize Barros de Souza
Nome em citações bibliográficas
ARAÚJO, Marize Barros de Souza;Araújo, Marize Barros de Souza;Souza, Marize Barros;Souza, Marize Barros de;Barros de Souza, Marize

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
av. Senador Salgado Filho/ SN
Lagoa Nova
59078-970 - Natal, RN - Brasil
Telefone: (84) 32153650


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Ciencias da Saúde.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: O TRABALHO EM EQUIPE NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: situação de Portugal e do Brasil, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Severina Alice da Costa U coa.
Coorientador: Paulo de Medeiros Rocha.
Palavras-chave: Atenção primária à saúde; relações interprofission; Brasil; Stisfação do Usuário; Portugal.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Avaliação de serviços de saúde.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Processo de trabalho em saúde / Especialidade: trabalho em equipe.
2002 - 2004
Mestrado em Enfermjagem.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: A equipe de Saúde no PSF: mudando práticas? estudo de caso no município de Natal.,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Paulo de Medeiros Rocha.
Palavras-chave: trabalho em equipe; saúde da família; Modelo Assistencial.
2005 - 2006
Especialização em Ativação em processos de mudança na formação super. (Carga Horária: 396h).
ENSP-FIOCRUZ-MS-REDE UNIDA, ENSP-FIOCRUZ-MS, Brasil.
Título: Planejamento estratégico situacional como ferramenta de avaiação nos serviços.
Orientador: Ana Catarina.
2005 - 2005
Especialização em Curso de especializaçãoem educação profissional na. (Carga Horária: 360h).
ENSP-FIOCRUZ, ENSP-FIOCRUZ, Brasil.
Título: A prática pedagógica do enfermeiro na Estratégia Saúde da Famlia.
Orientador: Sheila Santclair.
1996 - 1996
Especialização em Especialização Em Gerência de Unidades Básicas. (Carga Horária: 1086h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
1992 - 1992
Especialização em Especialização Em Epidemiologia. (Carga Horária: 1086h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
1990 - 1990
Especialização em Saúde Pública. (Carga Horária: 1086h).
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo., FSP USP, Brasil.
Título: PERFIL SÓCIO- SANITÁRIO DO MUNICÍPIO DE ARARAQUARA/SP.
Orientador: PROF DR. EDMUNDO JUAREZ.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1987 - 1987
Graduação em Licênciatura Em Enfermagem.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
1983 - 1986
Graduação em Enfermagem E Obstetrícia.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
Atualização Pedagógica. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do RN, UFRN, Brasil.
2010 - 2010
atualização em SIGAA. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do RN, UFRN, Brasil.
2010 - 2010
Francês nível 3. (Carga horária: 72h).
Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolviemnto do Rio Grande do Norte, FUNCERN, Brasil.
2010 - 2010
Francês nível 4.
Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolviemnto do Rio Grande do Norte, FUNCERN, Brasil.
2009 - 2009
Francês nível 2. (Carga horária: 72h).
Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolviemnto do Rio Grande do Norte, FUNCERN, Brasil.
2009 - 2009
Francês nível 1. (Carga horária: 72h).
Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolviemnto do Rio Grande do Norte, FUNCERN, Brasil.
2001 - 2001
Atenção as doenças prevalentes na infancia AIDP. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2000 - 2000
Vigilância Epidemiológica das doenças tranmissívei. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
1997 - 1997
Gerência de programa de contrôle da Tuberculose. (Carga horária: 20h).
Centro de Referência professor Hélio Fraga, CRHF, Brasil.
1997 - 1997
Pneumologia sanitária. (Carga horária: 40h).
Centro de Referência professor Hélio Fraga, CRHF, Brasil.
1990 - 1990
Relacionamento Terapêutico Enfermeiro Paciente. (Carga horária: 20h).
Escola de Enfermagem USP, EEN/USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do ensino básico técnico e tecnológ, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2010 - Atual
Direção e administração, ESCOLA DE ENFERMAGEM UFRN, .

Cargo ou função
VICE COORDENAÇÃO DA DISCIPLINA POLÍTICAS PÚBLICAS DE GESTÃO DO SUS.
07/2010 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Enfermagem de Natal, .

Cargo ou função
Avaliação de processo seletivos e outras.
10/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , ESCOLA DE ENFERMAGEM UFRN, .

10/2009 - Atual
Ensino, Gestão Hospitalar, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Processo de trabalho em saúde; Política de humanização; etica e bioética
10/2009 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Processo de trabalho em enfermagem I e II; Saúde Coletiva; Processo de trabalho em Saúde
10/2009 - Atual
Estágios , ESCOLA DE ENFERMAGEM UFRN, .

Estágio realizado
Estágio em Saúde Coletiva I e II.
10/2009 - Atual
Extensão universitária , Escola de Enfermagem de Natal, .

Atividade de extensão realizada
ATIVIDADES DE EXTENÇÃ: PROJETOS, AÇÕES E CURSOS.
11/2014 - 11/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, ESCOLA DE ENFERMAGEM UFRN, .

Cargo ou função
avaliação dos trabalhos de Iniciação Científica apresentados pelos alunos durante o XXV CICT Congresso de Iniciação Científica da UFRN - CIC2014..

Secretaria Municipal de Saúde, SMS, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: ENFERMEIRA, Carga horária: 40

Atividades

2000 - 2009
Ensino, PESC - Saúde e Cidadania (SACI), Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Disciplina Saúde e Cidadania- Programa Estruturante de Ensino e Extenção
1999 - 2009
Ensino, Preceptoria no Curso de Enfermagem Ufrn, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Integrado.
07/2008 - 07/2008
Extensão universitária , UFRN/NESC/SMS, .

Atividade de extensão realizada
CAPACITAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO DA GESTÃO DO CUIDADO NA ATENÇÃO BÁSICA.
05/2008 - 05/2008
Extensão universitária , UFRN, .

Atividade de extensão realizada
Implantação das ações da Liga Acadêmica em Saúde da Família, Comunidade e Educação Popular - LASFACE nos cursos de graduação da UFRN.
12/2005 - 09/2006
Direção e administração, Prefeitura Municipal de Natal, .

Cargo ou função
Coordenadora de Enfermagem no PSF.
2006 - 2006
Ensino, Enfermagem/UFRN, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Processo de Tabalho em Saúde - aula teórica sobre o trabalho em equipe
2005 - 2005
Ensino, Nutrição/UFRN, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Aula teórica sobre a Estratégia Saúde da Família
1999 - 2002
Ensino, Preceptoria no Curso de Medicina da UFRN, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio em Saúde Coletiva
1/1997 - 2/1998
Outras atividades técnico-científicas , Distrito Sanitário, Distrito Sanitário.

Atividade realizada
ASSESSOR TÉCNICO EM EPIDEMIOLOGIA.
1/1991 - 3/1992
Outras atividades técnico-científicas , Distrito Sanitário, Distrito Sanitário.

Atividade realizada
ASESSOR TÉCNICO EM PLANEJAMENTO.


Linhas de pesquisa


1.
Processo de trabalho em saúde e Enfermagem; avaliação de programas e serviços de saúde; atenção primária em saúde


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Curso Técnico de Vigilância em Saúde da ESUFRN: buscando evidências para reorganização curricular com base na abordagem do território
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Atuação da Atenção Básica no teste rápido para ISTs: Uma reflexão da realidade dos municípios da região do Seridó
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Coordenador / Túlio César Vieira de Araúdjo - Integrante.
2016 - Atual
trabalho em equipe na Atenção Primária em Saúde
Descrição: O trabalho em equipe vem sendo ressaltado como uma importante estratégia para o alcance da integralidade do cuidado. O objetivo deste estudo é conhecer as concepções sobre o trabalho em equipe e as práticas do trabalho das equipes de saúde da família, sob a ótica dos gestores e profissionais das equipes que participaram da pesquisa de avaliação externa do PMAQ-AB. O estudo será realizado em uma unidade de saúde da família, no Distrito Sanitário Oeste. O universo será representado por profissionais e gestores desse serviço. A metodologia compreende: revisão bibliográfica, entrevista com roteiro semiestruturado e análise do banco de dados da pesquisa de avaliação externa (ciclos I e II) disponibilizado pelo Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde. A análise será realizada pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo e pelo programa Statistical Package for Social Sciences..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Saúde e Sociedade: interfaces de gestão e cuidado
Descrição: Estudos acerca de saberes e práticas de políticas públicas de gestão e cuidado em saúde. Dar-se-á prioridade à investigação de saberes e práticas realizados nas Redes de Atenção à Saúde de Natal-RN, especialmente, a Rede de Atenção Psicossocial. A relevância social e científica do presente estudo justifica-se pela busca do conhecimento, reconhecimento, contribuição e divulgação para as políticas públicas de saúde mental no município. O objetivo central busca mapear e divulgar experiências de gestão e cuidado em saúde mental. Os objetivos específicos compreendem o conhecimento das ações de saúde mental em nível de equipe multidisciplinar e, em nível de articulação de redes de cuidado. Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa, cujos instrumentos de investigação serão entrevistas semi-estruturadas e grupos focais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Avaliação da Atenção Básica no 3º ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da AB (PMAQ)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo de Medeiros Rocha em 20/02/2018.
Descrição: Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) foi criado pelo Ministério da Saúde (MS) em 2011. Seuprincipal objetivo é induzir a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da Atenção Básica e criar padrões comparáveis nacional, regional e local de modo a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais. Além da certificação das equipes de saúde, o PMAQ-AB preconiza na sua terceira fase a realização da Avaliação Externa, ou seja, um processo avaliativo executado pelas Instituições de Ensino Superior (IES) com foco nas equipes de atenção básica, nas equipes de saúde bucal, e núcleos de apoio ao saúde da família (NASF). Como parte de uma processo mais abrangente de um Ciclo de Melhoria Contínua da Qualidade na Atenção Primária em Saúde, preconizado peloMinistério da Saúde (Departamento de Atenção Básica), em 2010, já foram realizados o primeiro e o segundo ciclos da avaliação externa, emtodo o território nacional, em 2012 e 2014, respectivamente. Com o propósito de dar continuidade à essas ações avaliativas na atenção primáriaem saúde brasileira, o Ministério da Saúde-DAB está induzindo o 3º ciclo do programa que contará também com a avaliação externa a ser realizada, em estudo multicêntrico, pelas IES participantes. Nesta etapa o Grupo de Estudos em Saúde Coletiva da UFRN, com expertiseacumulada nos ciclos anteriores, coordenará sua execução nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. O objetivo desta pesquisa avaliativa érealizar a verificação in loco do conjunto de padrões de qualidade dos processos de trabalho das referidas Equipes de Unidades de Atenção Básica (EAB), das Equipes de Saúde Bucal (ESB) e dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF). Com relação à metodologia, trata-se deum inquérito (survey), com aplicação de um único questionário nacional e que tomará como parâmetro aquele aplicado nos ciclo anteriores doPMAQ-AB. O mesmo será previamente validado por Técnica de Consenso (Delfos) com cerca de 100 especialistas indicados pelos DAB/MS e 8 centros de pesquisa, além de Estudo Piloto. O questionário será aplicado em cerca de 3.258 EAB/ESB, além de 343 NASF, totalizando 3.601equipes nos dois estados. O questionário será organizado em 3 grande eixos: condições de infraestrutura; processo de trabalho das equipes eorganização do cuidado; satisfação e percepção dos usuários sobre acesso e utilização dos serviços. Todos os questionários serão aplicados com o uso de tablets enviados via internet para um sistema centralizado no MS. O DAB/MS também ficará responsável pela validação dosquestionários respondidos de forma automatizada e em tempo real. Para o trabalho de campo no RN e CE serão recrutados 150 avaliadores dequalidade que serão capacitados de forma semipresencial pela Secretaria de Educação à Distância (SEDIS-UFRN), com base em diretrizes comuns a todos os centros de pesquisa participantes. Cada grupo de cinco avaliadores terá um supervisorde campo. As análises dos dadosserão realizadas pela equipe de pesquisadores da UFRN, com uso de estatística descritiva e análise multivariada. São esperados benefíciosacadêmicos variados para a UFRN - Departamento de Saúde Coletiva (integração de pesquisadores, publicações, teses/dissertações)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (1) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de Medeiros Rocha - Coordenador / Nádja Dantas Pinto Sá Rocha - Integrante / Lyane Ramalho Cortez - Integrante / Alice da Costa Uchôa, - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / RENATA MELO MAROTO - Integrante / LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM DE MELO - Integrante / CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA - Integrante / ARDIGLEUSA ALVES COELHO - Integrante / ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA - Integrante / ANA TANIA LOPES SAMPAIO - Integrante / THEMIS XAVIER DE ALBUQUERQUE PINHEIRO - Integrante / GRASIELA PIUVEZAM - Integrante / NILMA DIAS LEAO COSTA - Integrante / VYNA MARIA CRUZ LEITE - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / EWERTON WILLIAM GOMES BRITO - Integrante / Elizabete Cristina Fagundes de Souza - Integrante / VILANI MEDEIROS DE ARAUJO NUNES - Integrante / MAURICIO ROBERTO CAMPELO DE MACEDO - Integrante / TATYANA MARIA SILVA DE SOUZA ROSENDO - Integrante / JUSSARA LISBOA VIANA - Integrante / KELIENNY DE MENESES SOUSA - Integrante / ANYA PIMENTEL GOMES FERNANDES VIEIRA MEYER - Integrante / DANIELE MONTENEGRO DA SILVA BARROS - Integrante / ANTONIO MEDEIROS JUNIOR - Integrante / DYEGO LEANDRO BEZERRA DE SOUZA - Integrante / ISA MARIA HETZEL DE MACEDO - Integrante / JÉSSICA DANIELLA DA SILVA SANTOS - Integrante / MARIE MARCELLE PRESTES CÂMARA - Integrante / MONIQUE DA SILVA LOPES - Integrante / DÉBORA MAYARA VARELA DA SILVA - Integrante / MARISTELA INES OSAWA CHAGAS - Integrante / ANA MATTOS BRITO DE ALMEIDA - Integrante / IRAMARA LIMA RIBEIRO - Integrante / LAVINIA UCHOA AZEVEDO DE ARAUJO - Integrante / FLÁVIA CHRISTIANE DE AZEVEDO MACHADO - Integrante / OSWALDO GOMES CORREA NEGRAO - Integrante / ANA PATRICIA PEREIRA MORAIS - Integrante / YANA PAULA COELHO CORREIA SAMPAIO - Integrante / MARIA SOCORRO DE ARAUJO DIAS - Integrante / MARIA DE FÁTIMA ANTERO SOUSA MACHADO - Integrante / EMILIA SOARES CHAVES - Integrante / JANETE LIMA DE CASTRO - Integrante / CIPRIANO MAIA DE VASCONCELOS - Integrante / ANA CAROLINA PATRICIO DE ALBUQUERQUE SOUSA - Integrante.Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.
2015 - Atual
Trabalho em Equipe na Atenção Primária em Saúde: concepções e práticas dos profissionais e gestores.
Descrição: O trabalho em equipe vem sendo ressaltado como uma importante estratégia para o alcance da integralidade do cuidado. O objetivo deste estudo o objetivo desse trabalho é conhecer as concepções e as práticas do trabalho das equipes de saúde da família, sob a ótica dos gestores e profissionais das equipes que participaram da pesquisa de avaliação externa do PMAQ-AB. O estudo será realizado nas 31 equipes de saúde da família e gestores que participaram da avaliação externa do Programa de Melhoria do Acesso e da qualidade na Atenção Básica, no ciclo I em 2012. A metodologia compreende: revisão bibliográfica, entrevista com roteiro semi-estruturado e análise dobanco de dados da pesquisa deavaliação externa disponibilizado pelo Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde. A análise será realizada pelo método doDiscurso do Sujeito Coletivo e pelo programa Statistical Package for Social Sciences..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Coordenador / Paulo de mdeiros racha - Integrante / Jcileide Guimarães - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / ANGÉLICA TERESA NASCIMENTO DE MEDEIROS - Integrante / SAMARA KEYLLA DANTAS BRASIL - Integrante.
2014 - Atual
Território e saúde: práticas educativas desenvolvidas por Auxiliares e Técnicos de Enfermagem na Estratégia Saúde da Família em Natal-RN
Descrição: Considerando que o processo de territorialização é um dos pressupostos básicos da Estratégia Saúde da Família (ESF), a presente pesquisa busca conhecer as práticas educativas desenvolvidas por auxiliares e técnicos de enfermagem na ESF em uma perspectiva da articulação entre território e saúde como espaço de produção social, apontando a promoção da saúde como potencializadora na ampliação do empoderamento social de trabalhadores e usuários dos serviços. A metodologia adotada consiste na abordagem qualitativa, sendo uma investigação do tipo estudo de caso. O cenário da pesquisa será a ESF do município de Natal, os sujeitos da pesquisa serão os auxiliares e técnicos de enfermagem inseridos na referida Estratégia. O instrumento de coleta de informações será a entrevista semi-estruturada e o método de sistematização dos resultados consistirá na análise temática a partir da entrevista aplicada. Posteriormente a análise temática elencaremos as categorias e respectivas discussões acerca do fenômeno investigado. Assim, visamos contribuir para a atualidade da formação crítico-reflexiva em saúde, especialmente, no que tange ao processo ensino-aprendizagem de técnicos de enfermagem, uma vez que partiremos da atuação desses profissionais na realidade dos serviços locais de saúde coletiva, podendo assim, identificar, refletir criticamente e atualizar o exercício de profissionais do nível médio de enfermagem pautando-se na promoção da saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Marize Barros de Souza Araújo - Integrante / Gilvania Magda Luz de Aquino - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Coordenador / Jacileide Guimarães - Integrante / Francisca Idanésia da Silva - Integrante / Edilene Rodrigues - Integrante / MARIA CLAUDIA MEDEIROS DANTAS DE RUBIM COSTA - Integrante / SIMONE PEDROSA LIMA - Integrante / PAOLA ELIZABETE BEZERRA DA SILVA - Integrante / MARISTELA LIMA BORGES DE SOUZA - Integrante.
2014 - Atual
Implementação de ações de controle, regulação e avaliação dos serviços de saúde
Descrição: Atualmente, a avaliação da qualidade dos serviços de saúde vem sendo reconhecida em todo o mundo como estratégia para garantia de prestações de cuidados adequados e equânimes. No Brasil, destaca-se o Programa Nacional de Avaliação dos Serviços de Saúde (PNASS). Neste contexto esta pesquisa tem como objetivo avaliar a qualidade da gestão, dos processos de trabalho e satisfação dos usuários dos serviços de saúde de média e alta complexidade públicos e conveniados ao Sistema Único de Saúde nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Pernambuco, Alagoas, Amapá. A pesquisa tem caráter multicêntrica envolvendo diferentes Instituições de Ensino Superior (IES) em todo território nacional. Nos referidos estados será nucleada pela UFRN, através do Departamento de Saúde Coletiva. Será financiada pela Coordenação-Geral de Regulação e Avaliação do Ministério da Saúde. Trata-se de Pesquisa Avaliativa, observacional, descritiva com abordagem quantitativa. O período preparatório compreendeu oficinas de discussão e sistematização dos instrumentos, em conjunto com as instituições nucleadoras, dois estudos pilotos pela Universidade Nacional de Brasília (UNB) e demais instituições como a UFRN. Uma capacitação dos instrutores para aplicação dos instrumentos será realizada pelo Ministério da Saúde entre setembro a outubro de 2014. A coleta de dados será realizada entre janeiro a maio de 2015. A técnica de coleta de dados será aplicação de questionários eletrônicos disponibilizados em tablets. Os questionários abordarão as seguintes dimensões: gestão organizacional, apoio técnico e logístico, gestão da atenção a saúde e do cuidado, serviços e unidades específicas, satisfação dos usuários, e condições e relações de trabalho. Os questionários serão aplicados por 50 pesquisadores e ou alunos de pós-graduação da UFRN capacitados e supervisonados por 5 pesquisadores com expertise na área em 342 serviços de saúde para verificação de padrões de conformidade e com uma amostra de usuários. Os dados serão enviados eletronicamente, processados e validados por sistema do Ministério da Saúde com apoio de Tecnologia da Informação da Secretaria de Educação a Distancia da UFRN. As variáveis serão analisadas descritivamente, utilizando-se os recursos tradicionais para esse tipo de análise (representação em tabelas e gráficos), submetendo-os, quando possível a testes confirmatórios do tipo t-Student ou Qui-quadrado (χ2), admitindo-se uma significância estatística ao nível de 5% (α = 5%). Para tais análises serão utilizados os SPSS (versão 17.0), além das planilhas do Microsoft Excel. Divulgação dos resultados O banco de dados será disponibilizado pelo Ministério da Saúde inicialmente para IES e posteriormente para gestores e sociedade. Está previsto elaboração de 1 oficina de capacitação, 1 artigo, 1 dissertação, 1 relatório final e participação em 1 congresso internacional.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (9) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de mdeiros racha - Integrante / Lyane Ramalho Cortez - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA - Integrante / ARDIGLEUSA ALVES COELHO - Integrante / ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA - Integrante / ANA TANIA LOPES SAMPAIO - Integrante / THEMIS XAVIER DE ALBUQUERQUE PINHEIRO - Coordenador / GRASIELA PIUVEZAM - Integrante / NILMA DIAS LEAO COSTA - Integrante / Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / Elizabete Cristina Fagundes de Souza - Integrante / VILANI MEDEIROS DE ARAUJO NUNES - Integrante / EULALIA MARIA CHAVES MAIA - Integrante / MAURICIO ROBERTO CAMPELO DE MACEDO - Integrante / TATYANA MARIA SILVA DE SOUZA ROSENDO - Integrante / JUSSARA LISBOA VIANA - Integrante / KELIENNY DE MENESES SOUSA - Integrante / ANYA PIMENTEL GOMES FERNANDES VIEIRA MEYER - Integrante / DIVANISE SURUAGY CORREIA - Integrante / OSMAR DE OLIVEIRA CARDOSO - Integrante / SIDNEY FEITOZA FARIAS - Integrante / DANIELE MONTENEGRO DA SILVA BARROS - Integrante / RICARDO ALEXSANDRO DE MEDEIROS VALENTIM - Integrante / DEBORAH DINORAH SA MORORO - Integrante / ANTONIO MEDEIROS JUNIOR - Integrante / DYEGO LEANDRO BEZERRA DE SOUZA - Integrante / ISA MARIA HETZEL DE MACEDO - Integrante.
2013 - 2014
Avaliação da Atenção Básica no Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) no Rio Grande do Norte e Ceará
Descrição: No cenário de qualificação da Atenção Básica em Saúde, destaca-se o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). O programa foi criado pelo Ministério da Saúde (MS) em 2011. Seu principal objetivo é induzir a ampliação do acesso e amelhoria da qualidade da Atenção Básica e criar padrões comparáveis nacional, regional e local de modo a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais. Além da certificação das equipes de saúde, o PMAQ conta avaliação externa, ou seja, um processoavaliativo que contempla a avaliação da rede local de saúde pelas equipes de atenção básica e processos complementares de avaliação da satisfação do usuário e da utilização dos serviços. O primeiro ciclo da avaliação externa foi realizado em 2012 em todo território nacional. Com o propósito de ampliar e apoiar as ações já implementadas pelo PMAQ, o Departamento de Atenção Básica DAB/MS induziu o 2º ciclo do programa que contará também com a avaliação externa. Nesta etapa o Grupo de Estudos em Saúde Coletiva da UFRN, com expertiseacumulada no ciclo anterior, coordenará sua execução nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. O objetivo desta pesquisa avaliativa érealizar a verificação in loco do conjunto de padrões de qualidade dos processos de trabalho das referidas Equipes de Unidades de AtençãoBásica (EAB) e dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), com vistas a subsidiar os processos de certificação de qualidade e a tomada de decisão na definição de parâmetros de qualidade para melhoria e expansão das ações de atenção e prevenção, particularmente nos estados do Rio Grande do Norte (RN) e do Ceará (CE). Com relação à metodologia, trata-se de um inquérito (survey), multicêntrico. Será aplicado ummesmo questionário nacional e que tomará como parâmetro aquele aplicado no 1° ciclo do PMAQ. O mesmo será previamente validado porTécnica de Consenso (Delfos) com cerca de 100 especialistas indicados pelos DAB/MS e 8 centros de pesquisa, além de Estudo Piloto. Oquestionário será aplicado em cerca de 2610 EAB e 215 NASF, totalizando aproximadamente 2825 nos dois estados.Para cada equipe serãoarrolados 4 usuários. O questionário será organizado em 3 grande eixos: condições de infraestrutura; processo de trabalho das equipes eorganização do cuidado; satisfação e percepção dos usuários sobre acesso e utilização dos serviços. Todos os questionários serão aplicadoscom o uso de tablets enviados via internet para um sistema centralizado no MS. O DAB/MS também ficará responsável pela validação dosquestionários respondidos de forma automatizada e em tempo real. Para o trabalho de campo no RN e CE serão recrutados 150 avaliadores dequalidade que serão capacitados de forma semipresencial pela Secretaria de Educação à Distância (SEDIS-UFRN), com base em diretrizes comuns a todos os centros de pesquisa participantes. Cada grupo de quatro avaliadores terá um supervisor de campo. As análises dos dadosserão realizadas pela equipe de pesquisadores da UFRN, com uso de estatística descritiva e análise multivariada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (9) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA - Integrante / ARDIGLEUSA ALVES COELHO - Integrante / ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA - Integrante / ANA TANIA LOPES SAMPAIO - Integrante / THEMIS XAVIER DE ALBUQUERQUE PINHEIRO - Integrante / GRASIELA PIUVEZAM - Integrante / NILMA DIAS LEAO COSTA - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / EWERTON WILLIAM GOMES BRITO - Integrante.
2012 - Atual
Conhecimento e percepção dos profissionais de Caps-ad do município de Natal-RN sobre a Política de Redução de Danos
Descrição: As ações de Redução de Danos (RD) ? danos estes decorrentes do uso de produtos, substâncias ou drogas que causam dependência ? encontram no cenário atual das políticas públicas em saúde um espaço conflituoso onde as drogas se configuram ora como questão de segurança pública (através do narcotráfico e da repressão à oferta) ora como questão de saúde pública (na busca da redução de danos sociais e à saúde). A presente pesquisa busca analisar os saberes e práticas de profissionais de Caps-ad do município de Natal-RN sobre a Política de Redução de Danos (PRD), assim como, identificar as possibilidades e os limites da PRD e verificar as ações programáticas de PRD em Caps-ad de Natal-RN. O estudo será desenvolvido nos CAPS-ad do município de Natal-RN por serem serviços da rede de atenção em saúde habilitados para o diagnóstico, tratamento e recuperação de dependentes químicos, entendendo que nessas instituições a Política de Redução de Danos em álcool e outras drogas deve nortear as intervenções implementadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Marize Barros de Souza Araújo - Integrante / Jcileide Guimarães - Coordenador / Jovanka Bittencourt Leite de Carvalho - Integrante / Gilvania Magda Luz de Aquino - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / CECILIA NOGUEIRA VALENCA - Integrante / DIEGO BONFADA - Integrante / RAIMUNDO VALDOCI DE MELO JUNIOR - Integrante / DÉBORAH KAROLLYNE RIBEIRO RAMOS - Integrante.
2012 - Atual
Desinstitucionalização em saúde mental: investigação sobre o fenômeno da portagiratória em Natal-RN
Descrição: Trata-se de um estudo sobre a efetivação da Reforma Psiquiátrica brasileira na cidade de Natal-RN. Para tanto, temos como objetivo analisar a ocorrência do fenômeno de reinternações psiquiátricas freqüentes porta-giratória no contexto da rede de atenção à saúde mental em Natal-RN. Utilizaremos o método qualitativo de pesquisa, em particular, o estudo de caso. O cenário da pesquisa é a rede de atenção à saúde mental do município de Natal e os sujeitos da pesquisa são trabalhadores do Hospital João Machado e dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). O instrumento de coleta de informações será a entrevista semi-estruturada e o método de sistematização dos resultados consistirá na análise temática a partir da entrevista aplicada. Posteriormente à análise temática, elencaremos as categorias e respectivas discussões acerca do fenômeno investigado. Assim, visamos contribuir para a atualidade da formação crítico-reflexiva em saúde, especialmente, no que tange ao processo de formação em saúde mental, uma vez que partiremos da realidade dos serviços locais, podendo assim, identificar, refletir criticamente e atualizar o exercício de profissionais do nível médio de enfermagem pautando-se na intersetorialidade da rede de atenção em saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Jcileide Guimarães - Coordenador / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / CECILIA NOGUEIRA VALENCA - Integrante / DIEGO BONFADA - Integrante / RAIMUNDO VALDOCI DE MELO JUNIOR - Integrante / DÉBORAH KAROLLYNE RIBEIRO RAMOS - Integrante.
2011 - 2012
AVALIAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA (PMAQ-AB) NOS ESTADOS DO RIO GRANDE DO NORTE, CEARÁ E PIAUÍ
Descrição: Em 2011 o Ministério da Saúde lança o Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica PMAC-AB cujo principal objetivo é induzir a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da atenção básica, comparável nacional, regional e localmente de maneira a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais direcionadas à Atenção Básica em Saúde.Neste contexto esta pesquisa tem como objetivo avaliar as condições de acesso e de qualidade da totalidade de municípios e atendimento das Equipes da Atenção Básica; certificar as equipes em todos os municípios que aderiram ao Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) nos Estados do Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Também avaliará as condições de infra-estrutura de todas as unidades de todos os municípios destes estados independente da adesão. O trabalho de campo ocorrerá de março a julho de 2012. A população do estudo será gestores (municipais e atenção básica), um profissional de cada equipe indicada pelo gestor, 3 responsáveis por crianças menores de 7 anos e 3 idosos por equipe. As dimensões de análise serão gestão ( implantação e implementação da atenção básica no município, organização e integração da rede de atenção à saúde; gestão do trabalho; satisfação do usuário e participação popular; apoio institucional, educação permanente e integração ensino-serviço; gestão do monitoramento e avaliação) Unidades Básicas de Saúde (infraestrutura e equipamentos; insumos, imuno-biológicos e medicamentos) e Equipes de Atenção Básica ( perfil da equipe. organização do processo de trabalho; atenção integral à saúde; participação social e satisfação do usuário).Espera-se favorece a criação de padrões de qualidade comparáveis pautados em evidencias científicas. Além de conferir um grau desejável de objetividade e solidariedade no aporte de subsídios a gestão da atenção e do cuidado na decisão de implementação dos ciclos de melhoria da qualidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (5) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de mdeiros racha - Coordenador / Lyane Ramalho Cortez - Integrante / Renata Melo Maroto - Integrante / RENATA MELO MAROTO - Integrante / LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM DE MELO - Integrante / CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA - Integrante / ARDIGLEUSA ALVES COELHO - Integrante / ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA - Integrante / ANA TANIA LOPES SAMPAIO - Integrante / THEMIS XAVIER DE ALBUQUERQUE PINHEIRO - Integrante / GRASIELA PIUVEZAM - Integrante / NILMA DIAS LEAO COSTA - Integrante / VYNA MARIA CRUZ LEITE - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / EWERTON WILLIAM GOMES BRITO - Integrante / Elizabete Cristina Fagundes de Souza - Integrante / VILANI MEDEIROS DE ARAUJO NUNES - Integrante / ANTONIO MEDEIROS JUNIOR - Integrante / ISA MARIA HETZEL DE MACEDO - Integrante / KARLA SIMONE LISBOA MAIA DAMIAO - Integrante / EVANIA LEIROS DE SOUZA - Integrante / GEORGIA SIBELE NOGUEIRA DA SILVA - Integrante / BIANCA NUNES GUEDES DO AMARAL ROCHA - Integrante / JÚLIA SERAFIM FERNANDES - Integrante / RICARDO LUIZ OLIVEIRA ALVES - Integrante / WESLEY BRUNO NUNES IZÍDIO - Integrante / KALLIL MONTEIRO FERNANDES - Integrante / MARIA ZAIDE LISBOA COSTA - Integrante / SÍLVIA SILVEIRA SORIANO BACELAR - Integrante.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Maternidade consciente: Uma experiência de integração ensino serviço sob o eixo norteador do trabalho em equipe.
Descrição: A presente ação de extensão trata do desenvolvimento de uma atividade educativa para gestantes residentes na área de abrangência da Unidade de Saúde da Família de Nazaré, (distrito Oeste do município de Natal), e tem como eixo norteador o trabalho em equipe interdisciplinar. Os temas abordados nos encontros têm como foco a saúde da gestante de uma forma integral, possibilitando as mesmas adquirir conhecimentos e vivenciar esse momento da gravidez de forma mais segura e equilibrada.Tem como propósito qualificar a assistência pré natal da referida unidade de saúde, assim como fortalecer a integração ensino/serviço/comunidade. Sua relevância reside no fato de ser essa atividade considerada pelo Ministério da Saúde como uma ação complementar à assistência ao pré-natal..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
Oficina de Treinamento dos Avaliadores da Qualidade na Atenção Básica para atuação na pesuisa de campo e manuseio do aplicativo PMAQ 2
Descrição: Oficina realizada pela coordenação da Pesquisa de Campo do Programa de Acesso e Qualiadade na Atenção Básica, coordenada pelo Departamento de Saúde Coletiva da UFRN, tendo como público alvo Avalidores de Qualidade na Atenção Básica do PMAQ2, com o objetivo de oferecer capacitação aos avaliadores para atuação na pesquisa de campo e manuseio do aplicativo PMAQ2.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Doutorado: (6) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA - Integrante / ARDIGLEUSA ALVES COELHO - Integrante / ANA TANIA LOPES SAMPAIO - Coordenador / THEMIS XAVIER DE ALBUQUERQUE PINHEIRO - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / JANIO RODRIGUES REGO - Integrante / ISABEL CRISTINA ARAÚJO BRANDÃO - Integrante / DIEGO DE SOUSA DANTAS - Integrante.
2011 - 2011
SEMINÁRIO DE QUALIFICAÇÃO DE PROJETO DO TCC DOS ALUNO DE MEDICINA 2011.1
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2011 - 2011
Boas práticas e Cuidado Integral à saúde da criança

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo de Medeiros Rocha em 20/02/2018.
Descrição: No Brasil, com a implementação do Sistema Único de Saúde (SUS), a Estratégia Saúde da Família (ESF), com base na Atenção Primária em Saúde, é orientada para mudança do modelo de atenção e, pressupõe, dentre outras características, a integralidade do cuidado e o trabalho em equipe. Renovada como idéia-força, após 1978 (Alma-Ata), a experiência brasileira é destacada pela Organização Mundial da Saúde. Compreendida como o primeiro nível de atenção, caracterizando-se por: constituir-se na porta de entrada do serviço, o primeiro recurso a ser buscado; continuidade do cuidado, a pessoa mantém seu vínculo com o serviço ao longo do tempo; a integralidade é responsável por todos os problemas de saúde; e, a coordenação do cuidado, tem a incumbência de organizar, coordenar, integrar esses cuidados. Nesta compreensão, a formação profissional deve pautar-se nestes princípios, onde o foco no cuidado integral à saúde da criança supera os limites da dimensão técnica, agregando a relacional e intersubjetiva, e das condições de vida e de saúde da população infantil, numa constante valorização dos vínculos equipe-família, e de uma prática profissional de co-responsabilidade e solidariedade. A formação com base na integralidade do cuidado requer a preparação de professores, estudantes e familiares nas ações promocionais, preventivas, diagnósticas e terapêuticas, através de atuação em equipes multidisciplinares, e interação de diversos saberes e práticas. Este projeto vincula-se ao programa do cuidado integral e nesta fase visa implementar ações do processo ensino-aprendizagem das ações em saúde da criança, integrando as metodologias ativas de pesquisa, ensino e extensão, a Declaração dos Direitos da Criança, as Diretrizes da UNESCO e UNICEF para a Cultura de Paz e Agenda Prioritária da Saúde da Criança do Ministério da Saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Paulo de Medeiros Rocha - Coordenador / EULALIA MARIA CHAVES MAIA - Integrante / LEONARDO MOURA FERREIRA DE SOUZA - Integrante / MAIANA MARIA DE LIMA DANTAS - Integrante / EMELINE NORONHA VILAR DE SOUZA - Integrante / CECILIA OLIVIA PARAGUAI DE OLIVEIRA SARAIVA - Integrante / DANIELE DA SILVA MACÊDO - Integrante / DAYARA ALVES FERRO - Integrante / RENATA CRISTINA BARROS LEITE - Integrante / PAMELA KATHERINE NELSON CAMPERO - Integrante / RAYANNA CATARINA RÊGO DA COSTA - Integrante.
2010 - 2019
I Curso de Monitoramento e Avaliação da Saúde da Criança e I Mostra de Produção da Saúde da Criança.
Descrição: O compromisso com os objetivos do milênio de redução da mortalidade infantil coloca como prioridade as ações de avaliação e capacitação da saúde da criança. O declínio da mortalidade infantil resulta de distintas iniciativas e avanços obtidos nas últimas décadas, em especial, o acesso aos serviços de saúde, a consolidação do PSF, o aleitamento materno exclusivo, a Terapia de Reidratação Oral (TRO), dentre outros. Porém, o aumento proporcional das causas perinatais , maus tratos e outras formas de violencias associada a fragilidade dos direitos da criança, constitui um alerta para a necessidade de intensificar as ações voltadas para a infancia. Nesta perspectiva, o Depto e Hospital de Pediatria em parceria com outras instituições se propõem a realizar a I Capacitação em Monitoramento e Avaliação da Saúde da Criança e I Mostra de Produção da Saúde da Criança. O curso de Monitoramento e Avaliação da Saúde da Criança representa uma iniciativa de formação e educação permanente e de integração ensino-serviço que visa a capacitação de equipes gestoras do programa de saúde da criança estadual, regionais e municipais (sedes das regionais e da grande Natal) e outros profissionais de saúde para a condução do processo de avaliação da saúde da criança. Esta capacitação prioriza a temática avaiação com foco na atenção básica à saúde, prevê a implementação de ações de gestão da avaliação na perspecriva da redução da mortalidade infantil e na qualidade e integralidade do cuidado. Os objetivos específicos da capacitação compreendem: Discutir conceitos, abordagens, metodologias e técnicas usadas na avaliação da saúde da criança; Desenvolver estratégias pedagógicas que facilitem o acompanhamento e monitoramento dos planos estadual e municipais da saúde da criança no tocante à atenção básica, pacto de redução da mortalidade infantil e Avaliação da Melhoria da Qualidade (AMQ); Induzir o processo de institucionalização da avaliação da saúde da criança; Discutir estratégias e parcerias com as instituições que integram o SUS; Definir os indicadores de avaliação e monitoramentro da saude da criança; Mapear e Sistematizar a produção de estudos, pesquisas e extensão na área da saúde da criança; Incentivar a adoção de protocolos em linhas do cuidado e ciclos de vida; Preparar as equipes para a construção das salas de situação. Por sua vez, a I Mostra visa mapear as iniciativas bem sucedidas - estudos e experiencias em curso - que tenham como objetivo a qualidade do cuidado, a redução da mortalidade infantil e a promoção da saúde. O evento prevé a premiação das melhores experiencias, como forma de reconhecer e valorizar as iniciativas. A qualificação das equipes, a avaliação processual e a sistematização das ações de redução da mortalidade infantil poderão contribuir para a qualidade do cuidado voltado às crianças no Rio Grande do Norte..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Nádja Dantas Pinto Sá Rocha - Coordenador / Alice da Costa Uchôa, - Integrante / EULALIA MARIA CHAVES MAIA - Integrante / JUSSARA LISBOA VIANA - Integrante / DEBORAH DINORAH SA MORORO - Integrante / LAVINIA UCHOA AZEVEDO DE ARAUJO - Integrante / LEONARDO MOURA FERREIRA DE SOUZA - Integrante / MAIANA MARIA DE LIMA DANTAS - Integrante / EMELINE NORONHA VILAR DE SOUZA - Integrante / CECILIA OLIVIA PARAGUAI DE OLIVEIRA SARAIVA - Integrante / DANIELE DA SILVA MACÊDO - Integrante / DAYARA ALVES FERRO - Integrante / RENATA CRISTINA BARROS LEITE - Integrante / PAMELA KATHERINE NELSON CAMPERO - Integrante / RAYANNA CATARINA RÊGO DA COSTA - Integrante / JOZANA DO ROSARIO DE MOURA CAETANO - Integrante / STELLA BEATRIZ RODRIGUES PINTO DE ARAUJO - Integrante.
2010 - 2010
Cuidado Integral à saúde da criança como eixo norteador das ações de ensino, pesquisa e extensão
Descrição: A integralidade é uma das diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), instituído na Constituição de 1988, e é a partir deste preceito que propomos mudanças na formação baseada do cuidado integral. Desta forma, o cuidado integral em saúde da criança pressupõe a combinação de tecnologias e metodologias a fim de adotar a singularidade do paciente como ponto de partida para os processos de intervenção, seja hospitalar ou ambulatorial. Este projeto prioriza a formação, desde os primeiros períodos da graduação, na atenção primária em pediatria e visa, sobretudo, a implantação e o desenvolvimento de atividades pedagógicas integradas, seqüenciadas e progressivas de ensino e de avaliação, objetivando a melhoria do processo de ensino-aprendizagem entre seus principais elementos constituintes: o estudante, o conhecimento e práticas da saúde da criança, e a preceptoria contíniua. Inclui um programa integrado tendo como eixo transversal a temática humanização e a estratégia do acolhimento, como atitude e prática cotidiana no âmbito multiprofissional.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Nádja Dantas Pinto Sá Rocha - Integrante / Alice Uchoa - Integrante / Lyane Ramalho Cortez - Integrante / EULALIA MARIA CHAVES MAIA - Integrante / DEBORAH DINORAH SA MORORO - Integrante / MAIANA MARIA DE LIMA DANTAS - Integrante / EMELINE NORONHA VILAR DE SOUZA - Integrante / CECILIA OLIVIA PARAGUAI DE OLIVEIRA SARAIVA - Integrante / DANIELE DA SILVA MACÊDO - Integrante / DAYARA ALVES FERRO - Integrante / RENATA CRISTINA BARROS LEITE - Integrante / PAMELA KATHERINE NELSON CAMPERO - Integrante / RAYANNA CATARINA RÊGO DA COSTA - Integrante / JOZANA DO ROSARIO DE MOURA CAETANO - Coordenador / JUSSARA MELO DE CERQUEIRA MAIA - Integrante / STELLA BEATRIZ RODRIGUES PINTO DE ARAUJO - Integrante.
2010 - Atual
Curso para gestantes: uma experiência de integração ensino serviço.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2008 - 2009
Radiodifusão: cuidados integrais à saude da criança
Descrição: Este projeto situa-se no contexto das ações do cuidado integral à saude da criança, com ênfase na promoção, prevenção e educação comunitária debatendo temas relevantes da infancia em uma emissora de rádio de Natal RN. Compreende uma parceria entre Hosped, DEPPED; Departamentos e Cursos da área da saúde, Programa de pós-graduação do CCS; Casa Durval Paiva e Rádio Globo de Natal. Surgiu de uma proposta de intervenção do internato em pediatria por parte de um grupo de estudantes - Saboia, V. & Pires, A. & Eduardo, A. & Rolim, S. Estes avaliavam que esta atuação de estudantes dos cursos da saude, professores e outros profissionais de saúde em interação comunitaria poderia contribuir para o conhecimento sobre saúde e direitos do Estatuto da Criança e do Adolescente. De periodicidade semanal, surge como plano de intervenção de estudantes de medicina, no internato de pediatria, contribuindo para a educação em saúde. A seleção dos temas pauta-se nas necessidades epidemiológicas, sendo valorizados os seguintes: Cuidado materno-infantil, Humanização, Desnutrição, Violencia na Infancia, Acidentes, Convulsão, Gripe Suína, Dengue na criança, Sífilis Congênita, dentre outros. A divulgação dos temas vincula-se a agenda integrada de ensino, pesquisa e extensão, fazendo parte da programação dos estudantes no internato (pediatria básica) e de alunos de extensão do programa cuidado integral à saude da criança. O programa funciona todas as quintas feiras às 11 horas, sendo que na última quinta de cada mês, contamos com a participação da equipe da Casa Durval Paiva abordando questões relacionadas à promoção da saude e diagnóstico precoce do cancer infanto-juvenil..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marize Barros de Souza - Integrante / Nádja Dantas Pinto Sá Rocha - Coordenador / Alice da Costa Uchôa, - Integrante / EULALIA MARIA CHAVES MAIA - Integrante / LEONARDO MOURA FERREIRA DE SOUZA - Integrante / CECILIA OLIVIA PARAGUAI DE OLIVEIRA SARAIVA - Integrante / DANIELE DA SILVA MACÊDO - Integrante / RENATA CRISTINA BARROS LEITE - Integrante / ANTONIO SERGIO MACEDO FONSECA - Integrante / HENIO GODEIRO LACERDA - Integrante / MARIA DO CARMO FERNANDES LOPES - Integrante / RILDER FLAVIO DE PAIVA CAMPOS - Integrante / VANESSA PACHE DA ROSA - Integrante / ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO - Integrante / ELINEIDE DA SILVA GABRIEL - Integrante / MARIA NEIDE B MAIA FILHA - Integrante.
2008 - 2008
POLO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE DO RIO GRANDE DDO NORTE
Descrição: O PROJETO SE PROPÕE A COMPLEMENTAR AÇÕES DE QUALIFICAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE E PESSOAS ENVOLVIDAS COM O CONTROLE SOCIAL, NO CONTEXTO DA ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NO SUS-RN, DESENVOLVIDAS PELO PROJETO "POLO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE DO RIO GRANDE DO NORTE", FINANCIADO PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE EM PARCERIA COM A UNESCO E DESENVOLVIDO NO PERÍODO DE 2006/2007. AS AÇÕES PROPOSTAS ESTÃO ADEQUADAS AO PRAZO DE EXECUÇÃO AUTORIZADO PELO AGENTE FINANCIADOR E AS ATIVIDADES PROPOSTAS ESTÃO RELACIONADAS AOS CURSOS INTEGRANTES DO PROJETO ACIMA MENCIONADO, QUE INCLUIU: O CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA INSERÇÃO DE TRABALHADORES NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NO RN, O CURSO DE ATUALIZAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS MUNICIPAIS DE SAÚDE, À CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS DE SAÚDE E LIDERANÇAS DO MOVIMENTO SOCIAL E OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA E EM GESTÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2016 - Atual
EDUCAÇÃO PERMANENTE NO SUS/RN: QUALIFICANDO A ATENÇÃO BÁSICA COM ÊNFASE NA ESF
Descrição: O presente projeto caracteriza-se Inovação Social à medida que mobiliza atores e diversos recursos no apoio à gestão para desenvolvimento de ações de atenção a saúde coletiva, potencializando também as redes sociais existentes que são vitais para a implantação dos sistemas de saúde regionalizados. Dessa forma, assume a Inovação Social como objetivo, ao contribuir para a qualificação de profissionais para atuar na inclusão de usuários e coletivos de base territorial e para o desenvolvimento dessas regiões. Os benefícios/resultados de ordem política e acadêmica esperados para a UFRN estão em acordo com seu Plano Geral de Gestão, quando destaca que nas ações de ensino, pesquisa e extensão, devem contribuir para enfrentar os problemas da nossa realidade e fortalecer o compromisso social da Universidade. Este projeto se constitui em um claro benefício potencial para a UFRN e o serviço de saúde, na medida em que contribui na consolidação da ESF enquanto estratégia de reorientação do modelo assistencial de saúde ora vigente. Sendo assim, o Curso de especialização em Atenção Básica, com ênfase na Estratégia Saúde da Família, parte de uma demanda dos gestores municipais, encaminhada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (SESAP/RN), de qualificação dos profissionais que atuam na ESF e nos NASF, para uma visão mais ampla sobre o SUS, seus princípios e diretrizes e suas políticas mais recentes, articulada com as especificidades da rede de atenção à saúde. O curso pretende contemplar os profissionais de nível superior das equipes das unidades de saúde da família e dos núcleos de apoio à saúde da família do estado do RN, com vistas à reorientação dos seus processos de trabalho na perspectiva de uma Atenção Básica de qualidade e resolutiva..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2013 - Atual
Periódico: Aquichan (Bogotá)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem / Subárea: Enfermagem em Saúde Coletiva/Especialidade: Especialista Em Saúde Pública.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Avaliação de serviços de saúde.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Processo de trabalho em saúde.
5.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Processo de trabalho em saúde/Especialidade: trabalho em equipe.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Lygia Maria de Figueiredo Melo2017Lygia Maria de Figueiredo Melo ; SOUSA, C. S. M. ; Souza, Marize Barros de ; ROCHA, P. M. ; PINHEIRO, T. X. A. . CARACTERÍSTICAS DO APOIO INSTITUCIONAL OFERTADO ÀS EQUIPES DE ATENÇÃO BÁSICA NO BRASIL. TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE (ONLINE), v. 15, p. 685-708, 2017.

2.
6Lygia Maria de Figueiredo Melo2016Lygia Maria de Figueiredo Melo ; SOUSA, C. S. M. ; Jacileide Guimarães ; Souza, Marize Barros de ; ROCHA, P. M. . Análises das diretrizes para o apoio institucional das gestões da Atenção Básica das capitais brasileiras. SAÚDE EM DEBATE, v. 40, p. 8-22, 2016.

3.
SOUSA, C. S. M.2016SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; Souza, Marize Barros de ; BRANDAO, I. C. A. ; SILVAV, A. K. F. ; Uchoa, S.A.C . Caracterização da prescrição de medicamentos por enfermeiros nos protocolos de Atenção Primária à Saúde [Characterization of medication prescription by nurses in Primary Health Care protocols]. REVISTA ENFERMAGEM UERJ, v. 24, p. 01-07, 2016.

4.
2SANTOS MARTINIANO, CLAUDIA2015 SANTOS MARTINIANO, CLAUDIA ; DE CASTRO MARCOLINO, EMANUELLA ; Barros de Souza, Marize ; ALVES COELHO, ARDIGLEUSA ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; FRONTEIRA, INÊS ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE . The gap between training and practice of prescribing of drugs by nurses in the primary health care: a case study in Brazil. Nurse Education Today, v. 1, p. 1-2, 2015.

5.
1Souza, Marize Barros2013 Souza, Marize Barros; ROCHA, P. M. ; Armando Brito Sá ; Uchôa, Alice da Costa . Trabalho em equipe na atenção primária: a experiência de Portugal. Revista Panamericana de Salud Publica (Print), v. 33, p. 190-195, 2013.

6.
4ARAÚJO, Marize Barros de Souza2009ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; ROCHA, P. M. . Saúde da família: mudando práticas? Estudo de caso no município de Natal (RN). Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 14, p. 1439-1452, 2009.

7.
5Villas Bôas L M F M2008Villas Bôas L M F M ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; PESSOADESOUZATIMOTEO, R. . A prática gerencial do enfermeiro no PSF na perspectiva da sua ação pedagógica educativa: uma breve reflexão. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 13, p. 1355-1360, 2008.

8.
3ARAÚJO, Marize Barros de Souza2007 ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; ROCHA, P. M. . Trabalho em equipe: um desafio para a consolidação da estratégia de saúde da família. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 12, p. 455-464, 2007.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . A ENFERMAGEM NO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA. In: XIII CONGRESSO ESTADUAL DE ENFERMAGEM, 2002, NATAL. XIII CONGRESSO ESTADUAL DE ENFERMAGEM- ANAIS, 2002.

2.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . SITUAÇÃO DE SAÚDE DO RN: indicadores sanitários do meio ambiente e de morbimortalidade.. In: 3 congresso brasileiro d, 2 íbero-americano e 1 congresso latino-americano de epidemiologia., 1995, Salvador-BA. 3 congresso brasileiro d, 2 íbero-americano e 1 congresso latino-americano de epidemiologia., 1995.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Villas Bôas L M F M ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Guimarães , Jacileide ; Fernandes, S.M.B.A ; Carício. Marcia Rique . Avisita domiciliar como instrumento de ressignificação do apoio matricial de saúde mental no cotidiano da Estratégia Saúde da Família. In: 9º Congresso Nacional da Rede Unida, 2010, Porto Alegre/RS. Interface (Botucatu. Impresso). Belo Horizonte/MG: Fundação UNI/UNIESP, 2010. v. Suplem.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Villas Bôas L M F M ; Guimarães , Jacileide ; Carvalho, J.B.L ; Aquino, G,M,L . O portifolio de aprendizagem como método de avaliaação: a experiencia do ensino de saúde coletiva na Escola de Enfermagem de Natal/RN. In: 9º CONGRESSO NACIONAL DA REDE UNIDA, 2010, Porto Alegre/RS. Interface (Botucatu. Impresso). Belo Horizonte/MG: Fundação UNI/UNIESP, 2010. v. Suplem. p. 1-220.

2.
Aquino, G,M,L ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Villas Bôas L M F M ; Carvalho, J.B.L ; COSTA, M. C. M. R. ; Cortez, L.R . O TRABALHO EM EQUIPE TRANSFORMANDO REALIDADES: ESTUDO DE CASO NO HOSPITAL ANA BEZERRA/SANTA CRUZ RN. In: 62ºCBEN CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM, 2010, Florianópolis/ RS. 62ºCBEN CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM, 2010.

3.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . A? A equipe de saúde no PSF: mudando práticas? estudo de caso no minicípio de NATAL/RN.. In: VI congresso Nacional da REDE UNIDA. Belo Horizonte, Julho de 2005., 2005, Belo Horizonte. Olho Mágico (UEL), 2005. v. 12.

4.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . ACOLHIMENTO NOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE:RELATO DE EXPERIÊNCIA.. In: 61 SEMANA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM, 2000, NATAL. 61 SEMANA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM- ANAIS, 2000.

Artigos aceitos para publicação
1.
ALVES COELHO, ARDIGLEUSA ; Souza, Marize Barros de ; Uchoa, S.A.C ; ARCÊNCIO, R ; COSTA, N. D. L. ; PIUVEZAM, G. . Tuberculose no Brasil ? Relação entre porte populacional , estrutura e processo ?. REVISTA ENFERMAGEM UERJ, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Souza, Marize Barros de; ARAUDJO, T. C. V. ; SANTOS, M. C. B. . O matriciamento pela Estratégia Saúde da Família como facilitador do acesso as PICS: relato de experiencia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Barros de Souza, Marize; ARAUDJO, T. C. V. ; AMARAL, P. M. . O som quebrando barreira: a música como ferramenta de superação da resistência ao profissional homem na coleta de citopatológico de colo uterino.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; Uchôa, Alice da Costa ; Souza, Marize Barros ; ANDRADE, P. ; PERET, T. ; Paulo de Medeiros Rocha . Os (des) caminhos da prescrição de medicamentos pelo enfermeiro no Brasil: tendências e desafios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Souza, Marize Barros; Paulo de Medeiros Rocha ; Uchoa, S.A.C ; SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. . Reforma na Atenção Primária à Saúde no Brasil: o Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Lúcia de Fátima Carvalho ; Lygia Maria de Figueiredo Melo ; Carvalho, J.B.L ; Aquino, G,M,L ; Jacileide Guimarães . La integración de Enseñanza Servicio en la Percepción del usuario: el caso del grupo USB de las mujures embarazadas Candelária Natal/RN/Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
Lygia Maria de Figueiredo Melo ; Jacileide Guimarães ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; SILVA, F. I. ; Aquino, G,M,L ; Carvalho, J.B.L . Las Prácticas Educativas Desarroladas por los Auxiliares y Técnicos de Enfermeria en la Estratégia de Salud da Família en Natal/RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
Lopes, Rayssa Horácio ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Carício. Marcia Rique ; Gomes, Cleide de Oliveira ; Alencar, R.C.G ; Almeida, Sheyla Gomes Pereira . Repensando a Avaliação da Aprendizagem no Ensino Técnico da Escola de Enfermagem de Natal. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
Carvalho, J.B.L ; Villas Bôas L M F M ; Guimarães , Jacileide ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Carício. Marcia Rique . A pratica educativa na prevenção das DSTS: Aprendendo através do método do caso. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
Aquino, G,M,L ; COSTA, M. C. M. R. ; ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; LYGIA Mª DE F. MELO VILLAS BÔAS ; Carvalho, J.B.L ; Cortez, Liane Ramalho . O Trabalho em equipe transformando realidades:estudo de caso no hospital Ana Bezerra, SantaCruz RN. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . ? A equipe de saúde no PSF: mudando práticas? estudo de caso no minicípio de NATAL/RN.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . práticas assistenciais de enfermagem na Estratégia de Saúde da Família?.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Estratégia da Saúde da Família na Reorganização da Atenção à Saúde.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . O múltiplo fazer da enfermagem: A Enfermagem no PSF. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . SIS (Sistema de Informação em Saúde .. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Acolhimento? nos serviços básicos de saúde.. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Souza, Marize Barros de. Membro titular do Conselho Diretor, CONDIRES, da Escola de Saúde /UFRN. 2018.

2.
Souza, Marize Barros de. Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação Tecnológia em Gestão Hospitalar. 2018.

3.
Souza, Marize Barros de. Membro do Colegiado Gestor do Programa de pós Graduação em Saúde e Sociedade da ESUFRN. 2018.

4.
Souza, Marize Barros de. Comissão permanente de auditagem. 2017.

5.
Souza, Marize Barros de. Membro titular do Conselho Diretor, CONDIRES, da Escola de Saúde /UFRN. 2017.

6.
Barros de Souza, Marize. Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação Tecnológia em Gestão Hospitalar. 2017.

7.
Souza, Marize Barros de. Membro do Colegiado Gestor do Programa de pós Graduação em Saúde e Sociedade da ESUFRN. 2017.

8.
Souza, Marize Barros de; Lygia Maria de Figueiredo Melo ; Carvalho, J.B.L ; Guimarães , Jacileide ; ROCHA, B. N. G. A. . Membro da comissão para elaboração de questões de provas para o processo seletivo para o Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação - MPPSE da ESUFRN. 2017.

9.
Souza, Marize Barros de; ROCHA, B. N. G. A. ; AGUIAR, A. C. V. V. . Membro da comissão para avaliação de prova didática para o processo seletivo para o Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação - MPPSE da ESUFRN. 2017.

10.
ROCHA, B. N. G. A. ; Jacileide Guimarães ; Souza, Marize Barros de ; Carvalho, J.B.L . Membro da comissão para análise de Curriculos para o processo seletivo para o Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação - MPPSE da ESUFRN. 2017.

11.
Souza, Marize Barros de. Membro da comissão de avaliação de trabalhos científicos no ARASCO 2017. 2017.

12.
Souza, Marize Barros de. Comissão de avaliação de RECONHECIMENTO DE SABERES e COMPETÊNCIAS. 2017.

13.
Jacileide Guimarães ; Souza, Marize Barros de ; ROCHA, B. N. G. A. . Membro da comissão para correção de prova para o processo seletivo para o Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação - MPPSE da ESUFRN. 2017.

14.
Souza, Marize Barros de. Comissão permanente de auditagem. 2016.

15.
Barros de Souza, Marize. Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação Tecnológia em Gestão Hospitalar. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
Uchôa, Alice da Costa ; Souza, Marize Barros de ; LOPES, M. S. ; Rocha,Nádja Dantas Pinto Sá ; ROCHA, P. M. ; PINHEIRO, T. X. A. ; Lygia Maria de Figueiredo Melo ; SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; QUEIROZ, A. A. R. ; BAY JUNIOR, O. G. . Avaliação da atenção Básica no 3]iclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB): um estudo de meta-avaliação. 2018.

2.
Souza, Marize Barros de. XXVIII CICT Congresso de Iniciação Científica e Tecnológica da UFRN 2017.. 2017.

3.
Souza, Marize Barros de. Parecerista Ad hoc da revis Aquichan, Bogotà. 2016.

4.
Souza, Marize Barros de. XXVI CICT Congresso de Iniciação Científica e Tecnológica da UFRN 2015.. 2015.

5.
Souza, Marize Barros de. XXV CICT Congresso de Iniciação Científica e Tecnológica da UFRN 2014.. 2014.


Demais tipos de produção técnica
1.
Souza, Marize Barros de. COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE. 2018. (COORDENAÇÃO DE CURSO TÉCNICO).

2.
Souza, Marize Barros de; PINHEIRO, R. E. . Acompanhameto de docente em estágio probatório. 2018. (Tututoria de Estágio Probatório de servidor/docente).

3.
Souza, Marize Barros de. COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE. 2017. (COORDENAÇÃO DE CURSO TÉCNICO).

4.
Souza, Marize Barros de; PINHEIRO, R. E. . Acompanhameto de docente em estágio probatório. 2017. (Tututoria de Estágio Probatório de servidor/docente).

5.
Souza, Marize Barros de. COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE. 2016. (COORDENAÇÃO DE CURSO TÉCNICO).

6.
Souza, Marize Barros de; PINHEIRO, R. E. . Acompanhameto de docente em estágio probatório. 2016. (Tututoria de Estágio Probatório de servidor/docente).

7.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; LYGIA Mª DE F. MELO VILLAS BÔAS . Atualização na política de atenção básica na saúde. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Oficina de trabalho avaliação dos cursos de Especialização em Saúde da Família 92001-2007). 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Curso Introdutório sobre a Estratégia Saúde da Família. 2008. .

10.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Curso Introdutório sobre a Estratégia Saúde da Família. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . O trabalho em equipe e o processo de territorialização na Estratégia de Saúde da Família, do curso de especialização em Saúde da Família.. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

12.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Curso Introdutório sobre a Estratégia Saúde da Família. 2007. .

13.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . Curso Introdutório sobre a Estratégia Saúde da Família. 2007. .

14.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . curso de capacitação para inserção dos trabalhadores na Estratégia de Saúde da Família. 2006. .

15.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Souza, Elizabete Cristina fagundes . ESTUDO DA IMPLANTAÇÃO DO PROESF NO MUNICÍPIO DE ARACAJU-SE. 2006. (Relatório de pesquisa).

16.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; ROCHA, P. M. . ESTUDO DA IMPLANTAÇÃO DO PROESF NO MUNICÍPIO DE TEIXEIRA DE FREITAS ? BA. 2006. (Relatório de pesquisa).

17.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Paulo de Medeiros Rocha . ESTUDO DA IMPLANTAÇÃO DO PROESF NO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO DO NORTE-CE. 2006. (Relatório de pesquisa).

18.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza ; Carvalho, Lúcia . curso de capacitação para inserção dos trabalhadores na Estratégia de Saúde da Família. 2005. .

19.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . V Curso de Especialização em Saúde da Família. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

20.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . O trabalho em equipe e o processo de territorialização na Estratégia de Saúde da Família. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

21.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza . IVCurso de Especialização em Saúde da Família. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Soares, Cláudia Helena; ARAÚJO, Marize Barros de Souza; FORTE, F. D. S.. Participação em banca de Luciana Margarida de Santana Madruga. A integração ensino-serviço no processo de formação dos graduandos em fisioterapia da UFPB. 2016. Dissertação (Mestrado em Pos Graduação em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Qualificações de Mestrado
1.
COSTA, N. D. L.; MEDEIROS JUNIOR, A.; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Polyana de Oliveira Cacho. Dificuldades e barreiras no registro de informações nos prontuários em uma unidade básica de saúde. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em programa de pós-graduação em gestão da qualidade em serviço) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
Rocha,Nádja Dantas Pinto Sá; ROCHA, P. M.; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Anna Cristina da Cruz Bezerra. Saúde da criança no Estado do Rio Grande do Norte: acesso e qualidade do cuidado. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Saúde da Família no N) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
ROCHA, P. M.; TRINDADE, T. G.; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Andrelina Alves Mangueira. Planejamento das equipes de atenção básica: um caminho para melhoria do acesso e da qualidade. 2015.

4.
MORAIS, C. H. S.; RODRIGUES, M. P.; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de LUCIANA MARGARIDA DE SANTANA MADRUGA. A integracao ensino servico no processo de formacao dos graduandos em fisioterapia da UFPB.. 2015 - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Pollyana Araújo de Medeiros. A percepção dos profissionais da Estretégia em Saúde da Família no Município de São Paulo do Potengi sobre hábitos alimentares. 2007. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em V Curso de Especialização em Saúde da Família) - UFRN/CCS/NESC.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Meira, K.C.; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Allessa Hedley Ferreira Bezerra.Tendência da mortalidade por infarto agudo do miocardio no estado do Rio Grande do Norte, 1996 a 2012. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
Lygia Maria de Figueiredo Melo; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Marilene Soares da Silva.O perfil das crianças e adolescentes de 0 a 16 anos submetidas à avaliação global no CRI/CRA-RN. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
Jacileide Guimarães; ARAÚJO, Marize Barros de Souza. Participação em banca de Márcia Maria Pereira.Gestão Compartilhada: a experiência de um hospital público do município de Natal/RN. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
ARAÚJO, Marize Barros de Souza; Gomes, Cleide de Oliveira; Guimarães , Jacileide; Villas Bôas L M F M. Processo seletivo simplificado para professor substituto edital n 20/2010. 2010. Escola de Enfermagem de Natal.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, 14. O som quebrando barreira: a música como ferramenta de superação da resistência ao profissional homem na coleta de citopatológico de colo uterino.. 2017. (Congresso).

2.
IICongresso de Medicina Familiar Wonca- Iberoamericana - CIMF, X Seminário Internacional de Atención Primaria de Salud.. La integración de Enseñanza Servicio en la Percepción del usuario: el caso del grupo USB de las mujures embarazadas Candelária Natal/RN/Brasil. 2012. (Congresso).

3.
13 CBCENF - Congresso brasileiro de conselhos de enfermagem e 7 CONAENF - Congresso Nacional de residência em enfermagem. A Prática educativa na prevenção das DSTS: aprendendo através do método do caso.. 2010. (Congresso).

4.
9º CONGRESSO NACIONAL DA REDE UNIDA. O Portfólio de aprendizagem como método de avaliação: a experiência do ensino de saúde coletiva na escola de enfermagem de natal/UFRN. 2010. (Congresso).

5.
XV CIENTEC.Pratica educativa na saúde:contribuição do técnico de enfermagem na prevenção das DST. 2010. (Outra).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Túlio César Vieira de Araújo. Atuação da Atenção Básica no teste rápido diagnóstico para IST: uma reflexão da realidade dos municípios da região do Seridó.. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação) - Escola de Saúde da UFRN. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Ronaldo Aparecido de Almeida. Integração entre equipes de saúde bucal e saúde da famíia. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Espeialização em saúde da família) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Orientador: Marize Barros de Souza.

2.
Francisco Americo Micussi. Grau de informação sobre DSTs e AIDS em adolescentes de Tangará/RN antes e após atividades educativas do PSF?. 2005. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Espeialização em saúde da família) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Orientador: Marize Barros de Souza.

3.
Ana Valcácia de Medeiros Rocha. Estratégia de Saúde da Família: Melhoria na qualidade da atenção à aúde?. 2005. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Espeialização em saúde da família) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Orientador: Marize Barros de Souza.

Iniciação científica
1.
SAMELLA SOARES DE CASTRO. Trabalho em equipe na Atenção Primária: uma revisão integrativa. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Curso de graduação tecnológica em gestão hospitalar) - Escola de Saúde da UFRN. Orientador: Marize Barros de Souza.

Orientações de outra natureza
1.
Giuliane Emanuella de Aquino Maia. Saúde Coletiva: vivenciando a teoria na prática. 2010. Orientação de outra natureza. (Curso Técnico de Enfermagem) - Escola de Enfermagem de Natal. Orientador: Marize Barros de Souza.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/10/2018 às 1:50:19