Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3429911984896416
  • Última atualização do currículo em 02/01/2019


Economista, PhD em desenvolvimento sustentável pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília. Professora e Pesquisadora da Faculdade de Economia da Universidade Federal do Pará. Ex-presidente e atual Conselheira Fiscal da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO). Publicou por volta de 70 artigos em periódicos, capítulos de livro e jornais nacionais e internacionais. É autora do livro. "Mineração: maldição ou dádiva ? o dilema do desenvolvimento das regiões de base mineral (2007), que tem servido com referencia para o debate sobre a temática da mineração e desenvolvimento local. Entre 2009-2015 atuou como membro científico do Painel Internacional de Recursos (International Resources Panel) , uma entidade do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP) especialmente voltada para o estudo, debate e difusão do conhecimento científico dos recursos naturais e sua interação com a sociedade, onde participou de três grupos de trabalhos: Metal, Decoupling e Trade, com contribuições relevantes. Desde março de 2015, faz parte do Conselho Consultivo do fórum Sustentabilidade da Indústria de Reciclagem (SRI) uma iniciativa do Fórum Mundial de Recursos (WRF) e do Governo suíço - Secretaria de Estado da Economia (SECO). Entre 2008 a 2011, foi assessora da Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (SGM) do Ministério de Minas e Energia (MME), do Governo Federal, onde atuou na elaboração do Plano Nacional de Mineração e na proposta de mudança da lei dos royalties minerais. De junho de 2011 a dezembro de 2018 atuou na gestão pública do Governo do Estado do Pará; como Secretária Adjunta de Estado nas Secretarias de Desenvolvimento Econômico, de Indústria, Comércio e Mineração e de Ciência e Tecnologia. Exercendo atividades de coordenação e implementação do Plano de Desenvolvimento da Industrial Mineral (Plano Mineral do Estado do Pará), coordenação da Equipe de Estado em programas de Desenvolvimento Regional , como o Plano da Região do Xingu que foi elaborado como contrapartida da instalação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte e na implementação do Programa de ciência e tecnologia - Inova Pará focado criação de ambientes de inovação em territórios do Estado do Pará. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez
Nome em citações bibliográficas
ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Pará, Faculdade de Economia.
Campus Universitário do Guamá
Guamá
66075900 - Belém, PA - Brasil
Telefone: (91) 32112022
URL da Homepage: http://ufpa.br


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2007
Doutorado em Desenvolvimento Sustentável.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Maldição ou Dádiva? Os dilemas do desenvolvimento sustentável a partir de uma base mineira, Ano de obtenção: 2007.
Orientador: José Augusto Leitão Drummond.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: desenvolvimento sustentável; indicadores; meneração; município de base mineira; Royalties da Mineração.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Indústrias Extrativas; Administração Pública, Defesa e Seguridade Social.
1990 - 1993
Mestrado em Geociências.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: A Indústria Mineral do Estado do Pará: Inserção no Mercado Mundial e Repercussões Regionais,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Luis Augusto Milani.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: mineração; estado do Pará; desenvolvimento regional.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais / Especialidade: Mineração e Desenvolvimento Sustentável.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais / Especialidade: Política Mineral.
Setores de atividade: Recursos Minerais; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Indústria Metal-Mecânica.
1986 - 1987
Especialização em Teoria Econômica. (Carga Horária: 380h).
Universidade da Amazônia, UNAMA, Brasil.
1982 - 1985
Graduação em Economia.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.




Atuação Profissional



Governo do Estado do Pará, PA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e, Carga horária: 40
Outras informações
Em 2011 atuou como Assessora da Secretaria Especial de Produção Entre 2012 e 2014 - como Secretaria Adjunta da Secretaria de Industria Comércio e Mineração - SEICOM, onde colaborou para a implantação da taxa mineral e coordenou a elaboração do I Plano de Mineração do Estado do Pará 2014 - foi Secretaria da Seicom , atuando como titular do Conselho Estadual de Mineração (COEMA) e na implantação do Projeto Territórios com Mineração 2015 e 2016 - Secretaria Adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), representado o Governo do Estado na Coordenação do Comitê gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu - PDRSX 2016 - Secretaria Adjunta de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica - SECTET, do Governo do Pará


Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1986 - 1994
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Economista, Carga horária: 40

Atividades

05/2001 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Sócio-Econômico, .

4/1994 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Introdução à Economia
Macroeconomia
Crescimento e Ciclos das Economias Capitalistas
Técnicas de Pesquisas Aplicadas à Economia
Economia Clássica
Economia do Setor Público
Economia Política I
Economia para Engenheiros
01/1998 - 12/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Sócio-Econômico, .


Ministério de Minas e Energia, MME, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Assessoria da SGM/MME, Carga horária: 40
Outras informações
Cedida temporariamente ao Ministério das Minas e Energias para exercer função de assessoria econômica à Secretaria de Geologia, Mineração e e Transformação Mineral (SGM).


Universidade da Amazônia, UNAMA, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 2016
Vínculo: Professor e Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

Atividades

1997 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Superintendencia de Pesquisa, Núcleo Sócio Econômico.

1986 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Economia dos Recursos Naturais
Economia do Setor Público
Monografia I
Monografia II
Macroeconomia

Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazonia, IMAZON, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1997
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Atuou como pesquisadora na área da mineração e desenvolvimento . Desenvolveu pesquisa sobre os royalties da mineração no Pará, financiada pelo Biodivesity Program



Linhas de pesquisa


1.
Recursos naturais não-renováveis e desenvolvimento regional
2.
Economia dos recursos renováveis e impactos sócio-econômicos no desenvolvimento regional
3.
Mineração e desenvolvimento regional
4.
Meio ambiente e indústria mineral
5.
Desenvolvimento municipal
6.
Zoneamento econômico e ecológico


Projetos de pesquisa


2011 - 2012
A cooperação e o desenvolvimento e sustentabilidade da aglomeração de alumínio de Barcarena
Descrição: Esta pesquisa estuda o papel da cooperação para o desenvolvimento e sustentabilidade da aglomeração do alumínio no município de Barcarena. Assim, as principais categorias de análise deste estudo serão ?aglomerações econômicas?, ?aglomerados?, ?desenvolvimento das aglomerações?, ?sustentabilidade? nas aglomerações e ?cooperação?. Estuda, portanto, relações de cooperação entre os agentes no território daquele município e as repercussões destas relações para o desenvolvimento e sustentabilidade da aglomeração do alumínio. Vão ser levantadas e analisadas com destaque as relações de cooperação entre as empresas de diferentes setores correlatos (complementares), em especial as relações de cooperação voltadas para iniciativas inovadoras nas áreas de tecnologia e meio ambiente. Também vão ser investigadas as relações de cooperação entre as empresas do setor de alumínio e dos setores que lhe são correlatos com os fornecedores. Igualmente, vão ser pesquisadas as relações de cooperação entre as empresas da aglomeração de alumínio de Barcarena com as instituições governamentais, as universidades, organizações representativas empresariais e dos trabalhadores, organizações não governamentais e agências reguladoras. Serão utilizados para análise dos dados levantados os trabalhos de diversos autores estudiosos de aglomerações produtivas, como Michael Porter e Barquero, assim como materiais voltados para a discussão da cooperação no processo produtivo, como Putnam e Brandenburger, assim como autores estudiosos da questão da responsabilidade ambiental e social empresarial, a exemplo de Barbieri e Rodrigues. A metodologia requer a determinação do coeficiente locacional da indústria de alumínio naquela região, verificando se este é maior ou menor do que o coeficiente locacional da indústria do alumínio no Estado do Pará, utilizando-se dos dados de emprego da RAIS. Será necessário identificar a cadeia vertical do alumínio em Barcarena, a partir da qual será levantada a cadeia horizon.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Desenvolvimento Rural: Sustentabilidade de Sistemas Agroflorestais e Sistemas Tradicionais de Produção
Descrição: Identificação de indicadores de sustentabilidade econômica, social e ambiental em sistemas de produção agroflorestais (SAF) e sistemas tradicionais-Tomé-Açu/Pará.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez - Integrante / Maria Lúcia Bahia Lopes - Integrante / Luiz Benedito Varela - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2009 - Atual
Periódico: Brasil Mineral (São Paulo)


Membro de comitê de assessoramento


2014 - Atual
Agência de fomento: Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Boletim da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica
2012 - Atual
Periódico: Sustentabilidade em Debate
2013 - Atual
Periódico: Cadernos do Desenvolvimento
2016 - Atual
Periódico: Ambiente e Sociedade (Campinas)
2016 - Atual
Periódico: The Extractive Industries and Society


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Mineração e Desenvolvimento Sustentável.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Mineração e Meio Ambiente.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Recursos Naturais e Desenvolvimento Regional.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Industria Mineral e Gestão do Meio Ambiente.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Desenvolvimento Regional.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Administração e Política de Recursos Minerais/Especialidade: Avaliação de Impactos Ambientais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
Reconhecimento Profissional, Sindicato dos Economista do Pará.
2012
Menção de Aplauso ao Livro, Câmara Municipal de Congonhas - MG.
2012
Mérito Profissional Economista 2012, Sindicato dos Economistas do Estado do Pará.
2008
Menção Honrosa de Melhor Tese de Doutorado, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa emAmbiente e Sociedade - ANPPAS.
2005
Bolsa do "Programa do Governador Geral", Embaixada do Canadá.
2000
Prêmio Professor Armando Corrêa Pinto pela orientação de Monografia, Conselho Regional de Economia/Pa.
1999
Prêmio Professor Armando Corrêa Pinto pela orientação de monografia, Conselho Regional de Economia/Pa.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1ALI, SALEEM H.2017ALI, SALEEM H. ; GIURCO, DAMIEN ; ARNDT, NICHOLAS ; NICKLESS, EDMUND ; BROWN, GRAHAM ; DEMETRIADES, ALECOS ; DURRHEIM, RAY ; ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA ; KINNAIRD, JUDITH ; LITTLEBOY, ANNA ; MEINERT, LAWRENCE D. ; OBERH?NSLI, ROLAND ; SALEM, JANET ; SCHODDE, RICHARD ; SCHNEIDER, GABI ; VIDAL, OLIVIER ; YAKOVLEVA, NATALIA . Mineral supply for sustainable development requires resource governance. NATURE, v. 543, p. 367-372, 2017.

2.
20WEISS, JOSEPH S.2017WEISS, JOSEPH S. ; DAJIAN, ZHU ; ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA ; MAY, PETER H. ; DO NASCIMENTO, ELIMAR PINHEIRO ; PENGUE, WALTER A. ; SHMELEV, STANISLAV . UN environmental policy: Non-State Actors, trends, and the regulatory role of the state. Journal of Political Ecology, v. 24, p. 1013-1037, 2017.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S2017ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desafios para uma gestão ecológico-econômico. BRASIL MINERAL (SÃO PAULO), v. 1, p. 18-19, 2017.

4.
19ENRÍQUEZ, M.A.R.S2015ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Recursos Minerais - da atual conjuntura de crise à estratégia de sustentabilidade. Brasil Mineral (São Paulo), v. 1, p. 38-39, 2015.

5.
4ENRÍQUEZ2015ENRÍQUEZ. Desacoplamento (Decoupling) entre Crescimento Econômico e Degradação Ambinetal. Ciência & Ambiente, v. 50, p. 53-71, 2015.

6.
6ENRÍQUEZ, M.A.R.S2014ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração na Amazônia. Parcerias Estratégicas (Impresso), v. 19, p. 155-212, 2014.

7.
8ENRÍQUEZ, M.A.R.S2013ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Agregar Valor aos Minérios Extraídos no Pará - uma agenda indispensável e inadiável. Ver-a-Ciência, v. 1, p. 36-41, 2013.

8.
5ENRÍQUEZ, M.A.R.S2013ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Aspectos Críticos da Proposta de Mudança dos Royalties da Mineração Brasileira. Brasil Mineral (São Paulo), v. 1, p. 130-139, 2013.

9.
9ENRÍQUEZ2008ENRÍQUEZ. O desenvolvimento sustentável e a alternativa dos fundos de mineração. Brasil Mineral (São Paulo), v. 1, p. 44-53, 2008.

10.
7ENRÍQUEZ, M.A.R.S2008ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O custo de oportunidade dos recursos naturais não-renováveis em um mundo cheio na perspectiva de Herman Daly. Boletim da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, v. 19, p. 13-16, 2008.

11.
2ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2007 ENRÍQUEZ, M.A.R.S; DRUMMOND, J. A. . Social-environmental certification: Sustainable development and competitiveness in the mineral industry of the Brazilian Amazon. Natural Resources Forum, v. 31, p. 71-86, 2007.

12.
11ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2007ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Uso dos royalties minerais no Brasil - A compensação financeira pela exploração mineral (CFEM). Petróleo, Royalties e Região, v. 15, p. 4-7, 2007.

13.
10ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2007ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desafio da Governança - a utilização da CFEM pelos municípios mineradores do Brasil. Brasil Mineral (São Paulo), v. 268, p. 98-109, 2007.

14.
3ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2006ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Un demi Siècle D'exploitation Minière en Amazonie - de la conjuncture à la diversification concentrée. Cahiers du Brésil Contemporain, v. 66/67, p. 205-231, 2006.

15.
12ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2006ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Dilemas do Desenvolvimento de regiões de base mineral no Brasil quanto ao uso das rendas provenientes da mineração - o caso da CFEM. Revista de Conjuntura, v. 28, p. 22-30, 2006.

16.
13ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2006ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Eqüidade intergeracional na partilha dos benefícios dos recursos minerais: a alternativa dos fundos de mineração. Revista Iberoamericana de Economía Ecológica, v. 5, p. 61-73, 2006.

17.
14ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2005ENRÍQUEZ, M.A.R.S; DRUMMOND, J. A. . Certificações socioambientais: desenvolvimento sustentável e competitividade da indústria mineira da Amazônia. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 01, p. 01-21, 2005.

18.
15ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2002ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O Papel da indústria mínero-metalúrgica no desenvolvimento do Pará. Brasil Mineral (São Paulo), São Paulo, v. 01, n.202, p. 22-25, 2002.

19.
16ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA2000ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Royalties da Mineração : Instrumento de Promoção do Desenvolvimento Sustentável de Regiões Mineradoras na Amazônia Oriental?. Cadernos do IG/UNICAMP, Campinas, v. 08, n.1/2, p. 03-21, 2000.

20.
17ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA1998ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Harmonização dos capitais: desafios para a sustentabilidade do desenvolvimento do Pará. Movendo Idéias (UNAMA), Belém, v. 01, n.04, p. 36-39, 1998.

21.
18ENRÍQUEZ, M.A.R.S;SILVA, M.A.R;ENRIQUEZ, MARIA AM?LIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA;ENRÍQUEZ, MARIA AMÉLIA1995ENRÍQUEZ, M.A.R.S; MARTINS, L. A. M. . The world mineral market & minig in the State of Pará, Brazil. Raw Materials - International Ceramic Journal, Inglaterra, v. 11, p. 05-08, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA. Economia do Meio Ambiente - 3a. Edição. 3a.. ed. São Paulo: Elsevier, 2018. v. 1. 488p .

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; LOUREIRO, J. G. G. ; NEVES, M. B. . Contradições do Desenvolvimento e o uso da CFEM em Canaã do Carajá (PA). 1. ed. Rio de Janeiro: IBASE, 2018. v. 1. 48p .

3.
WEIZSACKER, E. U. ; LARDEREL, J. A. ; HARGROVES, K. C. ; HUDSON, C. ; SMITH, M. H. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Decoupling 2 technologies, opportunities and policy options. 1. ed. França: UNON/PublishingSection Services, 2014. v. 1. 130p .

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O desafio da abundância - 10 anos do Boletim Petroleo, Royalties e Região. 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2013. v. 1. 466p .

5.
FERNANDES, F. R. C. (Org.) ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S (Org.) ; ALAMINO, R. C. J. (Org.) . Recursos Minerais & Sustentabilidade Territorial. 1. ed. Rio de Janeiro: CETEM - MInistério da Ciência e Tecnologia, 2011. v. 2. 584p .

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Trajetórias do Desenvolvimento: da ilusão do crescimento ao imperativo da sustentabilidade. 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração: Maldição ou Dádiva? Os dilemas do desenvolvimento sustentável a partir de uma base mineira. 1. ed. São Paulo: Signus Editora, 2008. v. 01. 396p .

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração no Pará; uma agenda pró-ativa para ampliar e potencializar os benefícios regionais. Belém - Pará: Fiepa, 2007. v. 1. 121p .

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CABRAL, E. ; ENRIQUEZ, G. E. V. . Usos e Potenciais dos Mais Importantes Produtos Naturais do Pará. 01. ed. Belém (Pará): NUMA/UFPA, 2003. v. v,01. 179pp .

Capítulos de livros publicados
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. MINERAÇÃO NA AMAZÔNIA: MALDIÇÃO OU DÁDIVA?. In: João tertuliano Lins Neto; Maria Lúcia Bahia. (Org.). 1912-2012 cem anos da crise da borracha: do retrospecto ao prospecto: a Amazônia em doze ensaios : coletânea do VI ENAM. 1ed.Belem: CORECON, 2013, v. 1, p. 147-175.

2.
SILVA, M.A.R; GOMES, G. C. . Justiça Distributiva e Eficiência Econômica: uma perspectiva ecológico-econômica dodesacoplamento. In: Philippe Léna, Elimar Pinheiro Nascimento. (Org.). Enfrentando os limites do crescimento: sustentabilidade, decrescimento e prosperidade. 1ed.Rio de Janeiro: Garamond, 2012, v. 1, p. 235-251.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Indústria Mineral no Contexto do Desenvolvimento da Amazônia. In: Marcelo Bentes Diniz. (Org.). Desafios e Potencialidades para a Amazônia do Século XXI. 1ed.Belém: Pakatatu, 2011, v. 1, p. 215-248.

4.
CABRAL, E. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S ; SANTOS, D. V. . Canaã dos Carajás - do leite ao cobre: transformações estruturais do município após a implantação de uma grande mina. In: Fernando Rego Chaves Fernandes; Maria Amélia Rodrigues da Silva Enríquez; Renata de Carvalho Jimenes Alamino. (Org.). Recursos Minerais & Sustentabilidade Territorial. 1ed.Rio de Janeiro: CETEM - MInistério da Ciência e Tecnologia, 2011, v. 1, p. 39-68.

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; FERNANDES, F. R. C. ; ALAMINO, R. C. J. . A Mineração das Grandes Minas e as Dimensões da Sustentabilidade. In: Fernando Rego Chaves Fernandes; Maria Amélia Rodrigues da Silva Enríquez; Renata de Carvalho Jimenes Alamino. (Org.). Recursos Minerais & Sustentabilidade Territorial. 1ed.Rio de Janeiro: CETEM - MInistério da Ciência e Tecnologia, 2011, v. 2, p. 1-18.

6.
ENRÍQUEZ. Economia dos Recursos Naturais. In: Peter Herman May. (Org.). Economia dos Recursos Naturais. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010, v. , p. 49-70.

7.
ENRÍQUEZ; DRUMMOND, J. A. . Construction de la frontière minière en Amazonie dans la seconde moitié du 20ième siècle. L'Amazonie, un demi siècle après la colonisation. : , 2009, v. , p. -.

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; DRUMMOND, J. A. . Mineração e Desenvolvimento Sustentável - dimensões, critérios e propostas de instrumentos. In: Francisco Rego Chaves Fernandes; Gerson Manuel Muniz de Matos; Zuleica Carmen Castilhos e Adão Benvindo da Luz. (Org.). Tendências Tecnológicas Brasil 2015 - Geociências e Tecnologia Mineral. 01ed.Rio de Janeiro: CETEM, 2007, v. 01, p. 245-272.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Meio Século de Mineração na Amazônia: das ocorrências à diversificação concentrada. In: Armando Dias Mendes. (Org.). Amazônia - Terra & Civilização - Uma Trajetória de 60 Anos. 2a.ed.Belém: Banco da Amazônia, 2004, v. I, p. 245-270.

10.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Economia dos Recursos Naturais. In: Peter H.May, Maria Cecília Lustosa, Valéria Vinha. (Org.). Economia do Meio Ambiente - Teoria e Prática. 1a.ed.Rio de Janeiro: Elsevier (Editora Campus), 2003, v. 01, p. 33-60.

11.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Meio Século de Mineração na Amazônia: das Ocorrências à Diversificação Concentrada. In: Armando Dias Mendes. (Org.). A Amazônia e o seu Banco. 1a.ed.Manaus: Editora Valer/Banco da Amazônia, 2002, v. 01, p. 189-212.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Da atual conjunta da crise á estratégia da sustentabilidade. Brasil Mineral, p. 38 - 39, 01 out. 2015.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Atraso no Marco Mineral prejudica o Pará. Atraso no Marco Mineral prejudica o Pará, Belem - Pará, p. 3 - 4, 27 set. 2015.

3.
ENRÍQUEZ. Mineração: maldição ou dádiva?. Jornal do Brasil - JB Ecológico, Brasil : Rio de Janeiro, p. 10 - 13, 25 out. 2008.

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O crescimento da mineração no Pará e as potencialidades de desenvolvimento do Estado. Indústria de Base do Estado do Pará, Belém (Pará), p. 19 - 21, 01 jul. 2007.

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O PARA E A CVRD - De amor e ódio a uma política propositiva para o desenvolvimento sustentável regional. COMUNICADO, BELÉM- PARÁ, 14 abr. 2003.

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CABRAL, E. . Uso Atual e Potencialidade da Biodiversidade Amazônica: um estudo dos mais promissores produtos naturais do Pará. NO +, a revista do empreendedorismo e inovação do PIEBT, Belém (Pará), p. 13 - 20, 30 jan. 2003.

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Biodiversidade Amazônica - as possibilidades da Andiroba. Agroamazônia - A revista de agronegócios da Amazônia, Belém (Pa), p. 56 - 57, 01 out. 2002.

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Papel da Indústria Mínero-Metálica na Dinâmica do Desenvolvimento do Pará e os Desafios para Ampliar Benefícios e Agregar Valor. COMUNICADO, Belém, 15 abr. 2002.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O Papel da indústria mínero-metálica. Gazeta Mercantil Norte, BELÉM, p. 2 - 2, 31 jan. 2002.

10.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. As Iniquidades do Racionamento Energético. Gazeta Mercantil, Belém, p. 02, 20 ago. 2000.

11.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Gestão Ambiental das Empresas Mínero-Metalúrgicas do Pará. Gazeta Mercantil, Pará e Amapá, p. 02, 07 dez. 1999.

12.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração e Desenvolvimento Regional: Velhos Problemas e Novas Questões. Gazeta Mercantil, Pará, p. 02, 31 maio 1999.

13.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desafios da Mineração do Brasil Pós-Real. Jornal do Economista, Belém, p. 04, 01 ago. 1998.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Curse or blessing? The sustainable development dilemma of mining regions in Brazil. In: 5th International Conference Sustainable Development in the Minerals Industry (SDIMI 2011), 2011, Aachen. 5th International Conference Sustainable Development in the Minerals Industry (SDIMI 2011). Aachen, 2011. v. 1. p. 281-300.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração e Desenvolvimento Sustentável: é possível conciliar?. In: VII Encontro Nacional da Saciedade Brasileira de Economia Ecológica, 2007, Fortaleza. VII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, 2007.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Equidade intergeração na partilha dos benefícios dos recursos minerais: a alternativa dos Fundos Minerais. In: VI Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, 2005, Brasília - DF. VI Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, 2005.

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Sustentabilidade Ambiental e a Indústria de Transformação do Alumínio na Amazônia Paraense. In: II Congresso Internacional do Alumínio, 2005, São Paulo - SP. II Congresso Internacional do Alumínio - Coletânea de Trabalhos, 2005.

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; DRUMMOND, J. A. . Crescimento Econômico e Desenvolvimento Sustentável Regional. In: II Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), 2004, Indaiatuba - SP. CD-Room, 2004. v. X. p. 00-00.

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; ALMEIDA, L. T. . Desenvolvimento Sustentável na Amazônia: uma resenha de estudos econômicos. In: As Dimensões Internacionais da Ecologia Política: o caso da Amazônia e outros trópicos Úmidos, 2004, São Paulo. Anais do Simpósio Internacional da Ecologia Política, 2004.

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; GOMES, S. C. . Índice de Sustentabilidade Ambiental (ISA) da Indústria de Transformação do Alumínio na Amazônia Paraense. In: VIII Encontro Regional de Economia do Nordeste, 2003, Fortaleza/Ce. Nordeste:Desafios da Transformação - Fórum do Nordeste de Desenvolvimento, 2003. v. 01. p. 20-40.

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; GOMES, S. C. . Índice de Sustentabilidade Ambiental para a Indústria de Transformação do Alumínio na Amazônia Paraense. In: III Seminário de Economia do Meio Ambiente: Regulação Estatal e Auto-Regulação Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, 2003, Campinas - São Paulo. Anais do III Seminário de Economia do Meio Ambiente: Regulação Estatal e Auto-Regulação Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável. Campinas/SP: Editora da Unicamp, 2003. v. 01. p. 40-60.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Efeitos da Gestão Ambiental das Empresas Mínero-Metalúrgicas da Amazônia Oriental. In: V Encontro Nacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, 1999, São Paulo. V Encontro Nacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente. São Paulo: Editora Plêiade, 1999. v. 01. p. 519-534.

10.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Os Royalties da Mineração: Problemas e Perspectivas para Promover o Desenvolvimento Sustentável das Regiões Mineradoras da Amazônia Oriental. In: XXV Encontro Nacional de Economia, 1997, Recife. XXV Encontro Nacional de Economia. Recife: UFPE:PIMES, 1997. v. 02. p. 1255-1274.

11.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mining in the State of Pará in Brazil and the worlds mineral market. In: First International Symposium of Mining and Development, 1995, Campinas. Proceedings of the First International Symposium on Mining and Development. Campinas: Editora da Unicamp, 1995. v. 01. p. 122-128.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desenvolvimento Local e Mineração: Uso da CFEM pelos maiores municípios mineradores do Brasil. In: XLIII Congresso Brasileiro de Geologia, 2006, Aracaju. XLII Congresso Brasileiro de Geologia - Aracaju 2006, 2006.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Dilemas do desenvolvimento de regiões de base mineral quanto ao uso das rendas provenientes da mineração. In: 2o. Congresso Acadêmico de Meio Ambiente e Desenvolvimento - CADMA 2006, 2006, Niterói. ANAIS DO 2O. CONGRESSO ACADÊMICO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO - CADMA 2006, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mining share and the use of mineral exploitation benefits: the case of compensation for the mineral exploration (CFEM) in Brazil. In: SEG 2006 Conference - Wealth Creation in the Minerals Industry, 2006, Keystone - Colorado (USA). Wealth Creation in the Minerals Industry - Integrating Science, Business, and Education, 2006. v. 01. p. 353-353.

Artigos aceitos para publicação
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desacoplamento (Decoupling) entre Crescimento Econômico e Decgradação Ambiental. Ciência & Ambiente, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
MOREIRA, P. G. L. S. ; MOREIRA, T. C. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S ; FONSECA, G. C. F. . Desenvolvimento rural sustentável: perspectivas a partir da integração de ações públicas e privadas no município de São Félix do Xingu. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
MOREIRA, P. G. L. S. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Consciência ambiental da importância dos solos como instrumento de políticas públicas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; LOUREIRO, J. G. . Mining royalties ? challenges and opportunities to achieve the Sustainable Development Goals and intergenerational equity in the peripheral mining regions. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
LOUREIRO, J. G. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Rendas minerais e desenvolvimento em municípios de base mineira: o caso de Canaã-dos-Carajás. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
MOREIRA, P. G. L. S. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Mercado de Agrominerais no Estado do Pará: Perspectivas e Desafios. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; PENGUE, W. ; BAPTISTA, M. J. . World Resources Forum Latin America and the Caribbean (LAC) and the International Sustainable Building Congress 2016. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Encontro Regional da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
MOREIRA, P. G. L. S. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Calcário agrícola para desenvolvimento rural sustentável do estado do Pará. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MOREIRA, P. G. L. S. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Viabilidade do uso do pó de rocha como fonte alternativa de nutrientes para os solos no estado do Pará ? o caso de Monte Alegre. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
ALMEIDA, L. T. ; SILVA, M.A.R . Decoupling and Green Technologies: cases in Latin America and the Brazilian Experience. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
SILVA, M.A.R; ZHU, D. ; URAMA, K. ; SHMELEV, S. ; PENGUE, W. . Ecological Economics and the Green Economy: Relevance for the South in Time of Global Change. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
ENRÍQUEZ. Curse or blessing? The mineral rent used by. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
ENRÍQUEZ. Mineração: maldição ou dádiva?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; LIRA, S. R. B. ; ROCQUE, A. C. B. ; BRANCO, J. L. M. . Pólo Oleiro Cerâmico de Abaetetuba - Expansão e Crise. Belém: NUMA/POEMA/IDESP, 1998 (Relatório de Pesquisa).

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração no Pará - Elementos para uma Estratégia de Desenvolvimento Regional. Belém: Secretaria de Estado de Indústria Comércio e Mineração - Seicom, 1994 (Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CABRAL, E. . Projeto Araguaia Cinzeiro - Análise Socioeconômica da Área de Influência - municípios de Xinguara, Sapucaia, Piçarra e Santa Fé do Araguaia. 2006.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração no Pará - Uma Agenda Pró-Ativa para Ampliar e Potencializar os Benefícios Regionais. 2006.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Tributação no setor mineral: um estudo comparativo entre Brasil, África do Sul, Austrália e Canadá. 2006.

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Coordenação dos Planos de Compensação Ambiental (PCAs) do Projeto Juruti, no Pará. 2005.

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Estudos Socioeconômicos da Área de Influência das UHEs de FURNAS. 2004.

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Coordenação dos Estudos Socioeonômicos (Meio Antrópico) do projeto ONÇA-PUMA. 2003.

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CABRAL, E. . Plano de Desenvolvimento Local Sustentável do Município de Almeirim -Pará. 2003.

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Coordenação do diagnóstico do meio antrópico para o EIA/RIMA da explotação da bauxita de Paragominas pela Companhia Vale do Rio Doce. 2002.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Acompanhamento e Supervisão Operacional do PLANFOR. 2002.

10.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Perfil Socioeconômico do Município de Canaã dos Carajás. 2000.

Trabalhos técnicos
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Um Plano de Mineração para o Estado do Pará. 2015.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Plano de Mineração do Estado do Pará. 2014.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Análise dos Impactos Imediatos e Futuros da Proposta de Marco Regulatório para a Mineração e para a Economia do Brasil. 2013.

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Novo Marco Legal da Mineração e o Estado do Pará. 2013.

5.
ENRÍQUEZ; LINS, F. A. F. ; SCLIAR, C. ; MACHADO, I. F. . Plano Nacional de Mineração 2030. 2011.

6.
LOPES, A. ; CHIDIAK, M. ; ALEMANY, C. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Eficiencia en el Uso de los Recursos en America Latina: Perspectivas e Implicancias Económicas. 2011.

7.
ENRÍQUEZ. Panorama dos encargos e incentivos existentes sobre a atividade de pesquisa, mineração e transformação mineral no Brasil. 2008.

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Plano de Manejo do Parque Nacional Chapada dos Veadeiros. 2004.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Parecer Técnico sobre o Estudo Socioeonômico da empresa ALCOA para implantação de um empreendimento mineiro em Juruti - Pará. 2004.

10.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Seminário para o Aprimoramento da Política Ambiental da Eletronorte. 2004.

11.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Coordenadora da Mesa dos Trabalhos Técnicos. 2004.

12.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Estudo de Mercado e Plano de Negócio para implantação de uma empresa produtora de derivados do Óleo de Andiroba. 2004.

13.
BOSKA, H. ; MÁRIO SOBRINHO, ; VASCONCELLOS, A. M. ; CABRAL, E. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S ; CORREA, R. . Instrumentos Indicativos para Gestão de Territórios Municipais: Zoneamento Ecológico Econômico. 2001.

14.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; MÁRIO SOBRINHO, ; VASCONCELLOS, A. M. ; CABRAL, E. ; GOMES, S. ; RAIOL, L. F. ; CORRÊA, R. . Diagnóstico de 36 Municípios do Pará. 2000.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Governo Luta por Compensação Mineral. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Entenda a Urgência do Novo Código de Mineração no Brasil. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; ALVES, F. ; SANTOS, B. A. ; BERBET, C. O. ; CHAVES, A. P. ; CIMINELLI, V. ; SILVA, A. F. ; BORGES, L. F. ; CIMINELLI, R. ; SALUM, M. J. ; VILLAS BOAS, R. ; MACHADO, I. . O Brasil Mineral tem Futuro?. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O Pará e Novo Marco da Mineração. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Curso de Especialização em Desenvolvimento Sustentável Regiona. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
ENRÍQUEZ. Sustainability in the Amazon. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA. Programa de Intercambio da Duke University no Brasil. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Escala e uso dos Recursos exemplificando setorialmente - o caso da Mineração. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Diagnósticos, estudos básicos e pesquisa estratégica. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CAVALCANTI, Clóvis . Economia Ecológica: Ciência para Promoção da Sustentabilidade. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Uso de Indicadores para Avaliação Regional da Atividade de Mineração. 2012. .

8.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Especialização em Gestão Sustentável de Municípios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

9.
CAVALCANTI, C. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Meio Ambiente e Sociedade. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
SILVA, M.A.R; May, Peter Herman ; URAMA, K. . Ecological Economics and Rio + 20: Challenges and Contributions for a Green Economy. 2012. (Membro de Comitê Científico).

11.
ENRÍQUEZ. Programa Interdisciplinar de atualização e formação de especialista em auditoria da gestão municipal do meio ambiente. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

12.
ENRÍQUEZ. Especialização em Desenvolvimento Regional. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

13.
CAVALCANTI, Clóvis ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Introdução à Economia Ecológica - a economia na perspectiva da ecologia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CAVALCANTI, Clóvis . A Economia dos anos 2000, na perspectiva da Economia Ecológica. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração e Desenvolvimento Sustentável. 2008. (Palestra em Curso de Extensão).

16.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Do mito do crescimento ao devir do desenvolvimento sustentável. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

17.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Gestão Ambiental. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

18.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Economia Ambiental I. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

19.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Gestão Ambiental. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

20.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Desenvolvimento e Sustentabilidade em Ricas Regiões Pobres. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

21.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Economia Política do Meio Ambiente. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

22.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Economia do Setor Público. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

23.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Indicadores para Avaliação da Sustentabilidade Ambiental da Indústria de Transformação do Alumínio no Pará - 1996/2001. 2002. (Relatório de pesquisa).

24.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Uso Atual e Potencialidades Comerciais da Biodiversidade Amazônica: um Estudo de Mercado dos mais Promissores Produtos Naturais do Pará. 2002. (Relatório de pesquisa).

25.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Economia do Meio Ambiente. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

26.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Introdução à Sustentabilidade. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

27.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. O Pará e a Mineração no Limiar do Século XXI: crescimento inercial ou desenvolvimento sustentável?. 2000. (Relatório de pesquisa).

28.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Mineração na Amazônia Legal : importância socioeconômica e perspectivas. (Amazônia Ocidental). 1999. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ROCHA, G. M.; ENRÍQUEZ, M.A.R.S; PLAS, P.; LIMA, M. A.. Participação em banca de MARJORIE BARROS NEVES. Hidrelétricas na Amazônia e Governança Territorial: Análise da Gestão do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu 2013-2016. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Pará.

2.
Moretto, Evandro; Aguirre, Basilia; Sinisgalli, P.A.Almeida; ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Participação em banca de Sérgio Mantiovani Paiva Pulice. A Compensação Financeira e o Desenvolvimento de Municípios Brasileiros Alagados por Usinas Hidrelétricas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Ambiental) - Universidade de São Paulo.

3.
ALMEIDA, L. T.; Muradian, Roldan; ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Participação em banca de Layza da Rocha Soares. Crescimento Econômico e Desacoplamento do Uso de Recursos Naturais e de Impactos Ambientais - Evidencias para o Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CIDADE, L. C. F.; AMAZONAS, M. C.. Participação em banca de Carolina Soledad Presas. Instituições e Desenvolvimento em Municípios de Base Mineira: os casos de Parauapebas-PA e Itabira-MG. 2012. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável) - Universidade de Brasília.

5.
ALMEIDA, L. T.; ENRÍQUEZ; ANSANELLI, S. M.. Participação em banca de Jaqueline Coelho Visentin. O Emprego na Transição para uma Economia Verde: Cenários para o Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

6.
ALMEIDA, L. T.; ENRÍQUEZ; PAIVA, C. C.. Participação em banca de Vinicius Pagani de Melo. Políticas Públicas e a Sustentabilidade da Pesca Marinha no Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; AMAZONAS, M. C.. Participação em banca de Fabiana Ikeda de Oliveira. Certificação da Castanha do Brasil e o Desenvolvimento Sustentável: Análise de Programas de Certificação em Empreendimentos Castanheiros Amazônicos. 2011. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável) - Centro de Desenvolvimento Sustentável.

8.
BRASIL Jr, A.C.P; PEREIRA FILHO, S.R.P; ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Participação em banca de Larissa Lara Leão. Considerações sobre impactos ambientais de pequenas centrais hidrelétricas - modelagem e análise. 2008. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável) - Centro de Desenvolvimento Sustentável.

9.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S; CUNHA, Hlenilza F.Albuquerque; CUNHA, Alan Cavalcanti; CRISPINO, Nicolau Eladio Básalo. Participação em banca de Helena Cristina Guimarães Queiroz Simões. Avaliação da Compensação Financeira pela Exploração dos Recursos Minerais no Estado do Amapá. 2008. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade Tropical) - Universidade Federal do Amapá.

Teses de doutorado
1.
PINTO JR, H. Q.; CASTRO, A. C.; ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA; NAZARETH, P. A. C. P.; PONDE, J. L. S. P. S.. Participação em banca de Mônica Monnerat Tardin Bastos. Governança, Desenho Institucional e Regulação no Setor Mineral Brasileiro. 2018. Tese (Doutorado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
NUSDEO, A. M. O.; SCAFF, F. F.; ENRÍQUEZ, M.A.R.S; BECHARA, E.; FARIAS, T. Q.; POVEDA, E. P. R.. Participação em banca de YURI JORDY NASCIMENTO FIGUEREDO. Licenciamento Ambiental: instrumento de desenvolvimento regional, ou defesa do meio físico? Um estudo sobre as condicionantes socioambientais. 2017. Tese (Doutorado em Direito Economico e Financeiro) - Universidade de São Paulo.

3.
RODRIGUEZ, E. O.; AGOSTINHO, F. D. R.; ENRÍQUEZ; COMAR, M. V.; ROMEIRO, A. R.. Participação em banca de Lucas Gonçalves Pereira. Análise Multiescala Multicritério do Desempenho Energético-Ambiental Brasileiro. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Estadual de Campinas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
May, Peter Herman; FLEXOR, G. G.; YOUNG, C. E. F.; AMAZONAS, M. C.; ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Professor Adjunto. 2009. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Avaliação de cursos
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Curso de Especialização em Gestão de Ciência, Tecnologia e Educação. 2018. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação do Estado do Pará.

Outras participações
1.
ENRÍQUEZ. ISEE 2010 Conference - Advancing Sustainability in a Time of Crisis. 2010. International Society for Ecological Economics.

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Comitê Científico do V Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica. 2003.

3.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Comissão Parlamentar de Inquérito. 1999. Assembléia Legislativa do Estado doPará.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Semana de Engenharia Industrial.A industria do Pará e os desafios para o desenvolvimento do Estado. 2018. (Seminário).

2.
UE-CELAC INNOV-AL PLATAFORM : Promotion of decentralized innovation policies in Brazil.Missão de Estudos aos países da União Europeia - Hungria, Romênia , Polônia e Portugal - com potencial de estabelecer relações de cooperação tecnológica, baseado na estratégia de especialização inteligente. 2018. (Oficina).

3.
UE-CELAC INNOV-AL PLATAFORM : Promotion of decentralized innovation policies in Brazil.Missão de Estudos aos países da União Europeia - Hungria, Romênia , Polônia e Portugal - com potencial de estabelecer relações de cooperação tecnológica, baseado na estratégia de especialização inteligente. 2018. (Oficina).

4.
UE-CELAC INNOV-AL PLATAFORM : Promotion of decentralized innovation policies in Brazil.Missão de Estudos a Uniao Europeia com potencial de estabelecer relações de cooperação tecnológica, baseado na estratégia de especialização inteligente. 2018. (Encontro).

5.
UE-CELAC INNOV-AL PLATAFORM : Promotion of decentralized innovation policies in Brazil.Missão de Estudos aos países da União Europeia - Hungria, Romênia , Polônia e Portugal - com potencial de estabelecer relações de cooperação tecnológica, baseado na estratégia de especialização inteligente. 2018. (Encontro).

6.
1 SIMPOSIO SOBER NORTE.CONJUNTURA DO SETOR MINERAL PARAENSE E IMPLICAÇÕES PARA A AGRICULTURA. 2017. (Simpósio).

7.
Café com Planejamento.O papel da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento do empreendedorismo inovador. 2017. (Encontro).

8.
Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia. Mineração no Pará. 2017. (Congresso).

9.
Curso Interdisciplinar, Interinstitucional e Internacional Mundos Amazônicos, na UFPA, Belém-Pará.MINERAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA AMAZÔNIA. 2017. (Outra).

10.
Encontro de Economia Mineral do DNPM.Economia Mineral Paraense ? Perspectiva e Tendência. 2017. (Encontro).

11.
I Seminário de Impactos Socioambientais de Grandes Projetos na Amazônia: crises, conflitos e perspectivas.O desenvolvimento do Estado do Pará e seus desafios. 2017. (Seminário).

12.
Reunião Anual dos Membros da Academia Brasileira de Ciencia.Situação de CT&I no Brasil e seus Reflexos sobre a Amazônia. 2017. (Encontro).

13.
Seminário Mineração &X Comunidade.Desafios para uma Gestão Mineral Ecológico-Econômica. 2017. (Seminário).

14.
XXII Congresso Brasileiro de Economia. A Questão Regional e o Desenvolvimento da Amazônia. 2017. (Congresso).

15.
XXVII Encontro Nacional de Tratamento de Minério e Metalurgia Extrativa (ENTEMME).Mineração no Pará e os Desafios da Sustentabilidade. 2017. (Encontro).

16.
XXVII Encontro Nacional de Tratamento de Minério e Metalurgia Extrativa (ENTEMME).Sessão de Trabalhos Científicos sobre Economia Mineral. 2017. (Encontro).

17.
3º Fórum Nacional CACB Mil ? O Brasil está em nossas mãos.Trajetórias de Sucesso. 2016. (Encontro).

18.
Agendas em Disputa na Mineração.Controle e participação social na mineração. 2016. (Seminário).

19.
Avaliação da Região Norte em Diálogo com Brasil.Indicadores de Avaliação de Belo Monte. 2016. (Seminário).

20.
Feira do Empreendedor (SEBRAE.Políticas Públicas para o Setor de Cosméticos. 2016. (Simpósio).

21.
II Encontro de Inovação e Transferência de Tecnologia ? fomento ao Ecossistema Regional de Inovação.Cadeias Produtivas do Estado do Pará. 2016. (Encontro).

22.
II Encontro de Inovação e Transferência de Tecnologia - Fomento ao Ecossistema Regional de Inovação.Plano de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Pará. 2016. (Simpósio).

23.
I Seminário Internacional ?Universidade e Desenvolvimento Regional: os desafios do engajamento social?,.A politica de CT&I do Pará. 2016. (Seminário).

24.
I Seminário Internacional Cidades, Territorialidade e Sustentabilidade na Pan-Amazonia.Gestão Urbana Municipal. 2016. (Seminário).

25.
I Seminário Internacional de Cidades - Territorialidade e Sustentabilidade na Pan-Amazônia.Gestão Urbana Minicipal e a política de CT&I. 2016. (Seminário).

26.
Mineração &X Comunidades.O Ambientalismo Impede o Desenvolvimento da Industria?. 2016. (Seminário).

27.
REUNIÃO ANUAL E DIPLOMAÇÃO DOS MEMBROS AFILIADOS DA ABC REGIONAL NORTE 2016-2020.A situação de CT&I no Brasil e seus reflexos na Amazônia. 2016. (Seminário).

28.
Seminário Mineração &XComunidade.O Ambientalismo impede o desenvolvimento da Indústria?. 2016. (Seminário).

29.
Simpósio de Biocosméticos da Amazônia.Dos Insumos da biodiversidade à Produção Global. 2016. (Simpósio).

30.
Simpósio de Biocosméticos da Amazônia.Política Pública pra Cosméticos - dos Insumos à Produção Global. 2016. (Simpósio).

31.
World Resources Forum. Sustainable Management of Natural Resources in the 2030 Agenda for Sustainable Development. 2016. (Congresso).

32.
World Resources Forum 2016. Resources Efficiency and Circular Economy ? Understanding the Concepts. 2016. (Congresso).

33.
Guidance Principles for Addressing Sustainability Criteria in Secondary Resources Management - focus on metals.Sustainable Recycling Industries - focus on metals. 2015. (Oficina).

34.
Mineração na Região do Tapajós.Plano de Mineração do Estado do Pará 2014-2030. 2015. (Seminário).

35.
Seminário Mineração e Meio Ambiente.A Mineração das Grandes Mineras e a Dimensão da Sustentabilidade. 2015. (Seminário).

36.
World Resources Forum 2015. Resources Efficiency and Circular Economy - Understanding the Concepts. 2015. (Congresso).

37.
XI Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica e VI e VII Congresso Iberoamericano de Desarrollo y Ambiente sso.Desacoplamento de Recursos Naturais e Impactos Ambientais: evidências latino-americanas. 2015. (Encontro).

38.
XI Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica e VI e VII Congresso Iberoamericano de Desarrollo y Ambiente sso.A Agenda de Desenvolvimento Sustentável Pós-2015. 2015. (Encontro).

39.
4º Congresso de Mineração da Amazônia. Recursos naturais e o desenvolvimento: o potencial dinamizador da mineração na economia brasileira. 2014. (Congresso).

40.
Forum Brasil Mineral.Perspectivas do Setor Mineral. 2014. (Encontro).

41.
Seminário Castanhal 2020.Política de Desenvolvimento do Estado do Pará e a abordagem na região do Rio Guamá. 2014. (Seminário).

42.
World Resources Forum 2014. Doing Business with Less. 2014. (Congresso).

43.
World Resources Forum 2014. A Dialogue on Decoupling Strategies for Sustainable Development: How to make it happen?. 2014. (Congresso).

44.
World Resources Forum 2014. Decoupling Economic Growth from Environmental Impacts on Mineral Extraction: Opportunities in Latin America. 2014. (Congresso).

45.
Café com Planejamento.Política Mineral do Estado do Pará. 2013. (Encontro).

46.
IV CODS - Colóquio Organizações, Desenvolvimento & Sustentabilidade. Novos Caminhos para Gestão Organizacional. 2013. (Congresso).

47.
Seminário Sobre Monitoramento Ambiental em Programas de Recuperação de Áreas Degradadas.Sustentabilidade e Mineração. 2013. (Seminário).

48.
Sustainability.IS SUSTAINABILITY MEASURABLE? The sustainability dimensions and mining. 2013. (Seminário).

49.
Economia Verde e Sustentabilidade na Amazônia.Economia Verde no Pará: Desafios e Oportunidades para os Setores Produtivos. 2012. (Seminário).

50.
Encontro de Entidades de Economistas da Região Norte.Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos no Desenvolvimento Regional. 2012. (Encontro).

51.
Encontro dos Profissionais de Geologia da Amazônia.Novo Cenário da Mineração no Pará e o papel dos profissionais de geologia. 2012. (Outra).

52.
Forum de Debates: Regulamentação dos Royalties do Petróleo e da Mineração da.Os royalties da mineração no Brasil. 2012. (Simpósio).

53.
I Conferência Estadual de Desenvolvimento Regional - CEDER - 2012. Transversalidades - Vetores do Desenvolvimento Regional Sustentável. 2012. (Congresso).

54.
IX Congresso de Gestão de Pessoas. Economia Verde e Gestão de Pessoas. 2012. (Congresso).

55.
IX Seminário Nacional de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral.Políticas Públicas de Apoio aos APLs de Base Mineral do Estado do Pará. 2012. (Seminário).

56.
Low-Carbon Development and Green Protectionism: Challeges for BRICS countries.The Challenge of Green Protectionism for BRICS Countries. 2012. (Seminário).

57.
Parauapebas: planejando para o desenvolvimento.O novo marco regulatório da mineração e o desenvolvimento local. 2012. (Seminário).

58.
SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS E DE SEGURANÇA NA MINERAÇÃO.Indicadores Sociais, Ambientais e Econômicos para o Setor de Minerção. 2012. (Seminário).

59.
Seminário Meio Ambiente e Cidadania.Economia Verde: economia inclusiva?. 2012. (Seminário).

60.
VII SOBER Nordeste. Ecologia, Economia e Bem-Estar Humano - a Perspectiva da Economia Ecológica. 2012. (Congresso).

61.
?Novo Marco Regulatório do Setor Mineral e os Impactos dessa mudança para o Estado do Pará. Uma nova abordagem para os Royalties da Mineração. 2011. (Congresso).

62.
9as JORNADAS RETEMA - QUÉ MINERÍA PARA QUÉ RESARROLLO.ROYALTIES MINEROS Y DESARROLLO LOCAL. 2011. (Seminário).

63.
Comércio Internacional e Desenvolvimento Sustentável: o comércio bilateral Brasil- União Européia em foco..A dinâmica recente das exportações de minerais e seus impactos socioambientais. 2011. (Seminário).

64.
Decoupling-Economia Verde.Desacoplamento e Economia Verde - o desafio das economias emergentes. 2011. (Oficina).

65.
Eficiencia na Utilização de Recursos na América Latina: Perspectivas e Implicações Econômicas.Processo de Crescimento Econômico da Amarica Latina e a Eficiência no Uso dos Recursos Naturais. 2011. (Outra).

66.
II Seminário de Apresentação e Defesa dos Trabalhos de Conclusão do Curso de Geologia - IG/UFPA.Perspectivas do Setor Mineral do Pará e o Plano Nacional de Mineração 2030. 2011. (Seminário).

67.
Mineração e Desenvolvimento no Pará.Os impactos da atividade mineral no desenvolvimento do Pará. 2011. (Simpósio).

68.
Mineração e Sustentabilidade -Diretrizes para a Política do Setor Mineral do Amapá.Mineração e Sustentabilidade. 2011. (Oficina).

69.
O Plano Nacional de Mineração 2030 - atividade mineral do Pará desafios e poptencialidades.Plano Nacional de Mineração 2030. 2011. (Seminário).

70.
Reunião de Audiência Pública do Senado Federal com a finalidade de debater a Economia Verde.Economia Verde: Limites e Perspectivas para o Suk. 2011. (Outra).

71.
3o. Workshop Quadrilátero Ferrífero 2050 - Visão de Futuro para o Quadrilátero.Mineração e as Perspectivas do Desenvolvimento Regional. 2010. (Oficina).

72.
45. Congresso Brasileiro de Geologia. Mineração, Desenvolvimento e Meio Ambiente. 2010. (Congresso).

73.
58a. Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Uma nova abordagem para os royalties da mineração. 2010. (Congresso).

74.
Decoupling and Economic Growth.Decoupling Economic Growth from Resource Consumption. 2010. (Seminário).

75.
Dematerialization - Separating Growth from Consumption.Decouple Economic Growth from Resources Comsumption. 2010. (Seminário).

76.
III Seminário de Integração Ambiental.Mineração: maldição ou dádiva? O dilema do desenvolvimento de regiões de base mineradora. 2010. (Seminário).

77.
Recursos Minerais e Sociedade.Maldição ou Dádiva? Os modelos pessimista e orimista. Os estudos de caso e o exercício da quantificação e da qualificação. 2010. (Oficina).

78.
Semana do Meio Ambiente.Mineração e Meio Ambiente. 2010. (Encontro).

79.
Visão Estratégica da Amazônia.Mineração na Amazônia e os Desafios do Desenvolvimento Regional. 2010. (Seminário).

80.
Brazilian Studies Seminar da York University.Curse or blessing? The mineral rent used by the larger. 2009. (Oficina).

81.
Debates da Pos-Graduação em Economia da UFPA.A crise econômica e seus efeitos sobre o setor mineral no Brasil. 2009. (Oficina).

82.
III Seminário Internacional Amazônias: Desafios e Potencialidades para a Amazônia do Século XXI.A Indústria Mineral no Contexto do Desenvolvimento da Amazônia. 2009. (Seminário).

83.
Latin American Studies Program at the University of Otawwa.Curse or Blessing? The mineral rent used by the larger mining cities in Brazil. 2009. (Simpósio).

84.
Rethink Extractive Industry.Mining and sustentability ? the case of the mineral royalties used by the mining cities in Brazil. 2009. (Seminário).

85.
Seminário Internacional Crise Civilizacional: Distintos Olhares - transição de paradigmas de desenvolvimento nos países do Sul.Economia e Sustentabilidade: quais alternativas?. 2009. (Seminário).

86.
Workshop: como o setor mineral pode enfrentar a crise?.Impactos da Crise Econômica sobre o Setor Mineral no Brasil. 2009. (Oficina).

87.
44o. Congresso Brasileiro de Geologia. Trajetória da Política Mineral Brasileira sob a ótica dos Estados. 2008. (Congresso).

88.
60a. Reunião Anual da SBPC.Economia, Ecologia e os Conflitos Ambientais do Desenvolvimento. 2008. (Simpósio).

89.
Encerramento de Mina: Aspectos Ambientais e Socioeconômicos.Encerramento de Mina: Garantias Financeiras. 2008. (Seminário).

90.
12o. Congresso Brasileiro de Mineração. Mineração e Desenvolvimento Local : O caso da CFEM no Brasil. 2007. (Congresso).

91.
Activités extratives: quelle recherche d'accompaggnement?.Les enjeux de gouvernance: l'utilisation de la rente minière par les municipalités au Brésil. 2007. (Seminário).

92.
VII Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica.Mineração e desenvolvimento sustentável: é possível conciliar?. 2007. (Encontro).

93.
XVIII Seminário de Iniciação Científica da UFPA.Mineração e Desenvolvimento Local. 2007. (Seminário).

94.
2o. Congresso Acadêmico de Meio Ambiente e Desenvolvimento - CADMA 2006. Dilemas do desenvolvimento de regiões de base mineral no Brasil quanto ao uso das rendas provenientes da mineração. 2006. (Congresso).

95.
COP 8 Associated Meeting - Biodiversity - The Magascience in Focus.Representante da ECOECO. 2006. (Encontro).

96.
Estudos Estratégicos da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.Mineração do Pará e perspectivas de Desenvolvimento Regional. 2006. (Encontro).

97.
II Simpósio Brasileiro de Exploração Mineral - SIMEXMIN.Mineração e Desenvolvimento Local - o caso da CFEM. 2006. (Simpósio).

98.
Wealth Creation in the Mineraks Industry. SEG 2006 Conference. 2006. (Congresso).

99.
XLIII Congresso Brasileiro de Geologia. Desenvolvimento Local e Mineração: Uso da CFEM pelo Maiores Municípios Mineradores do Brasil. 2006. (Congresso).

100.
1o. Forum Nacional de Receitas Não Tributárias - Royalties Incidentes sobre os Recursos Naturais.O Uso da CFEM como Instrumento para o Desenvolvimento Regional. 2005. (Simpósio).

101.
II Congresso Internacional do Alumínio. Sustentabilidade Ambiental e a Indústria de Transformação do Alumínio na Amazônia Paraense. 2005. (Congresso).

102.
VI Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica.Equidade intergeração na partilha dos benefícios dos recursos minerais: a alternativa dos Fundos Minerais. 2005. (Encontro).

103.
1o. Congresso Acadêmico sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Rio de Janeiro - CADMA 2004. As certificações socioamebientais são instrumentos eficazes para a promoção do desenvolvimento sustentável local e para a competitividade da indústria mineral da Amazônia?. 2004. (Congresso).

104.
As Dimensões Internacionais da Ecologia política: o caso da Amazônia e Outros Trópicos Úmidos.Desenvolvimento Sustentável na Amazônia Brasileira? uma resenha de estudos econômicos. 2004. (Simpósio).

105.
III Seminário de Economia do Meio Ambiente: Regulação Estatal e Auto-Regulação Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável.III Seminário de Economia do Meio Ambiente. 2003. (Seminário).

106.
Nordeste:Desafios da Transformação.VIIII Encontro Regional de Economia. 2003. (Encontro).

107.
50 Anos de Mineração Industrial na Amazônia.O Papel da Indústria Mínero-metálica na Dinâmica do Desenvolvimento do Pará e os Desafios para Ampliar Benefícios e Agregar Valor. 2002. (Seminário).

108.
7th Biennial Conference of the International Society for Ecological Economics. Indicators for the Evaluation of Social and Environmental Sustainability of the Aluminium Industry in the Brazilian Amazon. 2002. (Congresso).

109.
II Seminário de Política e Economia Mineral.Harmonização da Mineração com o Meio Ambiente. 2002. (Seminário).

110.
4o. Econtro da Soceidade Brasileira de Economia Ecológica.Financiamento Publico para a Proteção Ambiental : o caso do. 2001. (Encontro).

111.
4º Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica.Indicadores para Avaliação da Sustentabilidade Sócio-Ambiental da Indústria de Transformação do Alumínio no Pará. 2001. (Oficina).

112.
VII Simpósio de Geologia da Amazônia - Verticalização Mineral na Amazônia.Mineração e Indústria Mineral: o presente e a visão de futuro. 2001. (Simpósio).

113.
III Seminário de Pesquisa da Universidade da Amazônia.Administração Pública Municipal e Desenvolvimento Local. 2000. (Seminário).

114.
Semana do Economista 2000.Desenvolvimento Sustentável - a questão mineral. 2000. (Encontro).

115.
Semana do Geólogo.O Papel da Mineração no Desenvolvimento Sustentável do Estado do Pará. 2000. (Encontro).

116.
III Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - ECOECO.Indústria Mineral da Amazônia e Meio Ambiente. 1999. (Encontro).

117.
Trabalho, Território e Globalização.Mudanças no Mundo do Trabalho, Território e Regulação do Estado. 1999. (Seminário).

118.
V Encontro Nacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente.Efeitos da Gestão Ambiental das Empresas Mineradoras da Amazônia Oriental. 1999. (Encontro).

119.
Simpósio Internacional Amazônia XXI - Agenda e Estratégias de Sustentabilidade.Agenda e Estratégias de Sustentabilidade. 1997. (Simpósio).

120.
XXV Encontro Nacional de Economia.Os Royalties da Mineração para o Desenvolvimento Sustentável das Regiões Mineradoras da Amazônia Oriental. 1997. (Encontro).

121.
I Seminário Interno da CONAE - Região Amazônica.Mineração no Estado do Pará. 1996. (Seminário).

122.
First International Symposium on Mining and Development.Mining in Pará State, Brazil, and the World Mineral Market. 1995. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ENRÍQUEZ. IX Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica. 2011. (Congresso).

2.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Sustentabilidade dos Biomas Brasileiros e as Políticas Públicas. 2011. (Congresso).

3.
ENRÍQUEZ. VIII Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica. 2009. (Congresso).

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. VI Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - ECOECO. 2005. (Congresso).

5.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. IV Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - ECOECO. 2001. (Congresso).

6.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Semana do Meio Ambiente e Cidadania. 1998. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Tadeu Rodrigues Lopes. Mineração e Desenvolvimento Sustentável: Uma análise da maldição dos recursos naturais para os Estados brasileiros. 2013. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Alexandre de Souza Brasil. Análise do Perfil Exportador do Estado do Pará: 2002 - 2011. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão Sustentável de Municípios) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

2.
Cesar Augusto Saraiva Pinto. Os Meios de Produção no Assentamento Quilombola do Abacaxi. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão Sustentável de Municípios) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

3.
Dorinha Raiol Dias. Sistema de Informações e Indicadores Culturais - Construindo uma Base de Dados para a Gestão Pública na Área da Cultura em Belém. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão Sustentável de Municípios) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

4.
João Bosco Baima Pinto. Célula Social Base da Sustentabilidade: desenvolvimento sustentável de organização sistêmica complexa de Município Amazônico Brasileiro, protagonistas nas Células Comunitárias Pontuais ? CCP, no Município de Bonito/PA. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão Sustentável de Municípios) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

5.
Bernardo de Oliveira Araujo. Royalties Minerários: Aspectos Correlatos a CFEM e seu Impacto mp Desenvolvimento da Região de Carajás. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Auditoria da Gestão Municipal do Meio Ambiente) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

6.
Andre Luís Vieira. A Função do Tributo na Tutela Ambiental. 2005. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Direito Ambiental) - Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Gustavo Gouveia Loureiro. A grande mineração e os objetivos do desenvolvimento sustentável em Canaã dos Carajás: avanço ou retrocesso?. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

2.
Flávio Alves de LIma. Sistemas de Inovação e a Importância dos Ambientes Pró-Inovação - o caso do programa de incubação de empresas de base tecnológica (PIEBT) da Universidade Federal do Pará. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

3.
Alegria dos Santos Leite. Análise das Práticas de Cooperação, Aprendizagem e Inovação no Arranjo Produtivo da Indústria de Cerâmica Estrutural no Município de São Miguel do Guamá. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

4.
Juliano Gotardo Pancieri. Paragominas : dinâmica econômica e desenvolvimento local. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

Iniciação científica
1.
Arnildo da Silva Correa. Exploração Eficiente de Recursos Não-Renováveis: o caso da bauxita metalúrgica no Estado do Pará. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

2.
Márcio Santos da Cruz. Identificação e Análise dos Impactos Ambientais no Complexo Industrial do Alumínio no Estado do Pará: da extração da bauxita à produção do Lingote. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

3.
Luana Abreu dos Santos. Do Extrativismo à Transformação do Ouro e das Gemas-Possibilidade de um novo Impulso à Economia do Pará. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.

4.
Eduardo José Monteiro da Costa. Perspectivas da viabilidade de um Pólo de Modernização Tecnológica de Beneficiamento do Alumínio em Barcarena. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA. Economia do Meio Ambiente - 3a. Edição. 3a.. ed. São Paulo: Elsevier, 2018. v. 1. 488p .


Cursos de curta duração ministrados
1.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Especialização em Gestão Sustentável de Municípios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
ENRÍQUEZ. Sustainability in the Amazon. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ENRÍQUEZ, MARIA AMELIA. Programa de Intercambio da Duke University no Brasil. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ENRÍQUEZ, M.A.R.S. Curso de Especialização em Desenvolvimento Sustentável Regiona. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
CAVALCANTI, C. ; ENRÍQUEZ, M.A.R.S . Meio Ambiente e Sociedade. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Outras informações relevantes


Atuação no Governo do Estado do Pará:
Em 2011 - Assessora da Secretaria Especial de Produção 
Entre 2012 e 2014 - como Secretaria Adjunta da Secretaria de Industria Comércio e Mineração - SEICOM, onde colaborou para a implantação da taxa mineral e coordenou a elaboração do I Plano de Mineração do Estado do Pará
2014 - foi Secretaria da SEICOM , atuando como titular do Conselho Estadual de Mineração (COEMA) e na implantação do Projeto Territórios com Mineração
2015 e 20016 - Secretaria Adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), representado o Governo do Estado na Coordenação do Comitê gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu - PDRSX. Os recursos financeiros para implantação do Plano são de de responsabilidade da empresa vencedora do leilão da UHE-Belo Monte
a partir de 2016 - Secretaria Adjunta da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (SECTET), do Governo do Pará.

Prêmio de "Melhor Tese de Doutorado" concedido pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), no IV ENANPPAS, realizado em Brasília, em junho de 2008.

Ganhou bolsa do Governo Canadense - "Programa de Bolsa do Governador Geral" - para realizar pesquisa de dois meses sobre a mineração e desenvolvimento sustentável no Canadá, como parte das pesquisas para a tese de doutoramento.

Presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica- ECOECO, para o bienio 2008-2009. e foi vice-presidente nos períodos 2004/2005 e 2006-2007.

Vice-presidente do Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá-9a. região, durante o período 2000/2001;

Já orientou por volta de 70 monografias de conclusão de curso, na área das Ciências Econômicas na Unama e UFPA.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 18:48:17