Regina Dalcastagnè

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2599879538822377
  • Última atualização do currículo em 10/12/2018


A pesquisadora defende a universidade pública, gratuita, laica, de qualidade e para todos. Além disso, é professora titular livre da Universidade de Brasília e bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Coordena o Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea (GELBC). Edita as revistas Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, do GELBC, e Veredas, da Associação Internacional de Lusitanistas. Publicou, entre outros, os livros O espaço da dor: o regime de 64 no romance brasileiro (Editora UnB, 1996), Literatura brasileira contemporânea: um território contestado (Editora da UERJ, 2012) e Representación y resistencia en la literatura brasileña contemporánea (Biblos, 2015). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Regina Dalcastagnè
Nome em citações bibliográficas
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas.
Universidade de Brasília (UnB)
Asa Norte
70910900 - Brasília, DF - Brasil
Telefone: (61) 33072357
Fax: (61) 32737016


Formação acadêmica/titulação


1993 - 1997
Doutorado em Letras: Teoria Literária.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Uma obra em movimento: leitura(s) de Avalovara, de Osman Lins, Ano de obtenção: 1997.
Orientador: Vilma Sant'Anna Arêas.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Literatura Brasileira - Século XX; Literatura e Sociedade; Literatura e Artes Plásticas.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Teoria da Narrativa.
1990 - 1993
Mestrado em Literatura.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: O espaço da dor: o regime de 64 na produção romanesca brasileira,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Clara de Andrade Alvim.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Literatura Brasileira - Século XX; Literatura e Sociedade; Brasil - Historia - Regime Militar.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Literatura e Sociedade.
1985 - 1988
Graduação em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Tramóia: histórias de rendeiras.
Orientador: Sônia Weidner Maluf.




Atuação Profissional



Universidad de Santiago de Compostela - Campus Santiago, USC, Espanha.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Visitante, Carga horária: 40
Outras informações
Ministrou curso de curta duração para a pós-graduação em Literatura.


Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação, EAPE, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professora visitante, Carga horária: 8


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/1997 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas.

Atividade de extensão realizada
Grupo de Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea.
9/1996 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas.

9/1996 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Literatura (O Conto Contemporâneo)
Literatura Brasileira Contemporânea
Literatura Comparada I
Monografia em Literatura
Tópicos Especiais em Literatura (Literatura e Preconceito)
Projeto de Curso
Teoria e Prática da Análise do Texto
Tópicos Especiais em Literatura Brasileira (Literatura Infanto-Juvenil)
9/1996 - Atual
Ensino, Literatura, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Arte e Literatura
Literatura Brasileira Contemporânea
Literatura e Sociedade no Brasil
Representações do Outro
Métodos e Técnicas de Pesquisa
Propostas Ideológicas na Literatura Brasileira
Contatos e Confrontos na Literatura Brasileira
Análise do Texto
09/2006 - 09/2006
Extensão universitária , Instituto de Ciência Política, .

Atividade de extensão realizada
Coordenadora do evento (ciclo de debates) e conferencista.
10/2004 - 10/2004
Extensão universitária , Departamento de Teoria Literária e Literaturas, .

Atividade de extensão realizada
Coordenadora do curso de extensão "O preconceito na literatura brasileira contemporânea".
5/1999 - 6/1999
Extensão universitária , Reitoria, Cespe.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "Literatura Infanto-Juvenil".
9/1998 - 10/1998
Extensão universitária , Reitoria, Cespe.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "Literatura Brasileira Contemporânea".
3/1998 - 6/1998
Extensão universitária , Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "Vertentes da Literatura Brasileira Contemporânea".
3/1998 - 4/1998
Extensão universitária , Reitoria, Cespe.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "A literatura brasileira no PAS - 2ª etapa".
09/1997 - 11/1997
Extensão universitária , Departamento de Teoria Literária e Literaturas, .

Atividade de extensão realizada
Professora de um módulo do curso de extensão "História e ficção".
8/1997 - 11/1997
Extensão universitária , Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas.

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "Lendo a Literatura Brasileira Contemporânea".

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: bolsista de PQ, Enquadramento Funcional: bolsista, Carga horária: 0

Atividades

8/2001 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, .



Linhas de pesquisa


1.
Narrativa Brasileira Contemporânea
2.
Representação na Literatura Contemporânea
3.
Narrativa Brasileira Contemporânea
4.
Representação na Literatura Contemporânea


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Fora do retrato, no meio da história: a Brasília contada pelas periferias
Descrição: O projeto pretende identificar, inicialmente entre os artistas que frequentam os saraus e slams das periferias de Brasília, diferentes projeções sobre a cidade ? relatos urbanos que redesenham seus contornos. O objetivo principal é ampliar o acesso ao mosaico de narrativas que constroem o imaginário da capital federal, incorporando a literatura produzida por mulheres, negros, trabalhadores, moradores de periferia. Além de uma espécie de cartografia dessa produção, o projeto propõe a criação de um site informativo e a publicação de uma antologia de textos. O aporte teórico será amplo e multidisciplinar, conforme exigência do próprio objeto de estudo, e a experiência acumulada do Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea, da UnB, na pesquisa das poéticas populares e de periferia será aproveitada para dar contexto à discussão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Andressa Maques da Silva - Integrante / Waldson Gomes de Souza - Integrante / Isadora Maria Santos Dias - Integrante / Lucía Tennina - Integrante / Sophia Beal - Integrante / Amanda Maria Garcia Holgado de Oliveira - Integrante / Ana Cristina Viana Barboza de Oliveira - Integrante / Carina Rodrigues Lobato - Integrante / Dalva Martins de Almeida - Integrante / Daniel Pinho Rocha - Integrante / Michael Felipe Souza Araújo - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
A superfície das coisas: objetos e memória na literatura brasileira contemporânea
Descrição: Este projeto de pesquisa busca entender a presença e os significados dos objetos para a construção narrativa contemporânea. Serão analisadas obras de diferentes gêneros ? conto, romance, memória, quadrinhos ? produzidas no Brasil das últimas décadas, com foco especial na produção que veio a público a partir de 2000. Tendo em vista a hipótese de que há diferenças entre os objetos colocados em cena de acordo com a classe à qual pertencem as personagens, também se pretende observar o sentido social dessa construção. Sendo assim, para além da própria teoria literária, se recorrerá tanto a discussões empreendidas por pesquisadores de áreas afins, como a sociologia, a geografia e a antropologia, quanto a aproximações com as artes plásticas, a fotografia e mesmo o cinema. A partir da discussão de um amplo conjunto de obras, a pesquisa deve chegar a uma compreensão mais abrangente obre a presença dos objetos na representação literária contemporânea, observando-se a diversidade das experiências socialmente estruturadas, incorporadas nesta representação, e das formas expressivas de narração..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Narrativas da cidade: Brasília e a experiência urbana na literatura brasileira contemporânea
Descrição: O projeto discute as narrativas da relação ? subjetiva, estética e política ? entre homens e mulheres desprovidos de poder e o espaço que, a um só tempo, ocupam e os constitui. Serão analisadas diferentes possibilidades de construção e veiculação desta história: romances, contos, letras de músicas, filmes, quadrinhos, artes plásticas. Para o recorte do objeto, há duas preocupações principais: que sejam produções contemporâneas e que se passem no espaço urbano, com preocupação especial com as obras que enfoquem Brasília, projeto modernista que impõe uma experiência ainda inovadora e, por vezes, desconcertante de relação com a cidade. A proposta é discutir tanto obras provenientes de membros de grupos sociais subalternos quanto aquelas produzidas por autores da elite cultural brasileira. O critério básico, portanto, é o da presença, com maior ou menor destaque, de personagens pobres, negras, trabalhadoras, desempregadas, incapacitadas, interagindo com a cidade, ou com o pedao dela que lhes cabe. O aporte teórico será amplo e multidisciplinar, conforme exigência do próprio objeto de estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
A crítica literária em periódicos brasileiros contemporâneos
Descrição: RESUMO: O projeto propõe o mapeamento e a análise da crítica literária acadêmica produzida no Brasil nos últimos quinze anos, a partir da investigação de artigos publicados em periódicos reconhecidos e representativos da área. Será observado, especialmente, como a literatura brasileira (e, ainda mais especificamente, a literatura brasileira contemporânea) é trabalhada nessas revistas, o que permitirá um conhecimento mais profundo tanto sobre a crítica no meio universitário quanto sobre os mecanismos de legitimação do campo literário brasileiro. Pretende-se identificar quais as correntes mais presentes, os autores de referência, as obras mais citadas. Entendendo que os estudiosos de literatura no Brasil não formam um corpo monolítico, mas possuem uma razoável pluralidade interna, os dados levantados devem permitir não apenas uma comparação diacrônica, mas também incluir elementos que possibilitem comparações sincrônicas, segundo critérios de geração, região, instituição de origem e gênero, entre outros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Igor Ximenes Graciano - Integrante / Gabriel Estides Delgado - Integrante / Vanessa Pereira Cajá Alves - Integrante / Fernanda Serafim Alves - Integrante / Priscila Cristina Cavalcante Oliveira - Integrante / Waldson Gomes de Souza - Integrante / Vanessa Chanice Magalhães Silva - Integrante / Isadora Maria Santos Dias - Integrante / Maria Manuella Bessa Kury - Integrante / Marcos Eduardo Lopes Rocha - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - 2017
Configurações do espaço na literatura brasileira contemporânea
Descrição: O projeto pretende abordar uma série de problemas relativos à configuração do espaço na literatura brasileira contemporânea. Será realizada tanto uma análise sobre o campo literário no país, observando-se a movimentação e as disputas de seus/suas agentes ? autores/as, leitores/as, editores/as, críticos/as, tradutores/as, livreiros/as etc. ? por um espaço que é, sobretudo, simbólico, mas que marca o lugar e a produção de cada um/a deles/as no contexto cultural brasileiro; quanto uma discussão mais pormenorizada sobre as tensões estabelecidas a partir de relações conflituosas com o espaço vivenciadas no interior das obras. Incorpora-se o entendimento de que os espaços físicos refletem as hierarquias sociais e que pobres e ricos ou mulheres e homens, por exemplo, têm acesso diferenciado a diferentes locais. As implicações dessas relações com as múltiplas espacialidades contemporâneas na construção da subjetividade das personagens e as possibilidades estéticas da movimentação desses problemas serão um dos focos da análise. Para alimentar essas discussões, será realizado também um extenso levantamento estatístico sobre autores/as e personagens de romances brasileiros publicados entre os anos de 2005 e 2014. A pesquisa seguirá os moldes de outra, já realizada junto ao Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea, da Universidade de Brasília, sobre a produção dos anos 1965-1979 e 1990-2004, privilegiando, agora, a discussão sobre o espaço por onde se movem as personagens. Os dados sobre os/as autores/as, que incluem desde informações sobre sexo, cor, idade, até local de nascimento e moradia, permitirão uma série de reflexões sobre a constituição do campo literário nacional. A partir das análises feitas, sobre dados, obras e problemas específicos relacionados a cada um dos eixos do projeto, a pesquisa deve chegar a um conceito de espaço maleável o suficiente, ainda que teoricamente denso, para dar conta da diversidade das experiências socialmente estruturadas, incorporadas na representação literária, e das formas expressivas possíveis para essa narração..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (12) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Maria Isabel Edom Pires - Integrante / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Luciene Azevedo - Integrante / Luís Alberto Ferreira Brandão Santos - Integrante / Maria del Carmen Villarino Pardo - Integrante / Igor Ximenes Graciano - Integrante / Ricardo Araújo Berberena - Integrante / Stefania Chiarelli - Integrante / Paulo César Thomaz - Integrante / TONUS, José Leonardo - Integrante / Sandra Regina Goulart de Almeida - Integrante / Cecily Raynor - Integrante / Danilo Roberto Silva de Oliveira - Integrante / Gabriel Estides Delgado - Integrante / Vanessa Pereira Cajá Alves - Integrante / Fernanda Serafim Alves - Integrante / Daniela Alves de Morais - Integrante / Priscila Cristina Cavalcante Oliveira - Integrante / Sofia Salustiano Botelho - Integrante / Livia Martins Ribeiro de Limoges Viganó - Integrante / Nara Andejara Gomes do Vale - Integrante / Ricardo Tadeu de Carvalho - Integrante / Lúcia Osana Zolin - Integrante / Ângela Maria Dias - Integrante / Claire Williams - Integrante / Leila Lehnen - Integrante / Camila Gonzattto da Silva - Integrante / Fernanda Borges Pinto - Integrante / Julia Panadés - Integrante / Juliana Borges Morais - Integrante / José Luiz Matias - Integrante / Luciana Gonçalves Guedes - Integrante / Tania Teixeira da Silva Nunes - Integrante / Vinicius Gonçalves Carneiro - Integrante / Caio de Oliveira Yurgel - Integrante / Camila Marques - Integrante / Daiane Carneiro Pimentel - Integrante / Estevan de Negreiros Ketzer - Integrante / Mônica Vaz da Costa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 5
2012 - 2015
Ocupações populares do espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea
Descrição: A pesquisa pretende se deter sobre as narrativas da relação ? subjetiva, estética e política ? entre homens e mulheres desprovidos de poder e o espaço que, a um só tempo, ocupam e os constitui. Serão analisadas diferentes possibilidades de construção e veiculação desta história: romances, contos, letras de músicas, filmes, quadrinhos, artes plásticas. Para o recorte do objeto, há duas preocupações principais: que sejam produções contemporâneas e que se passem no espaço urbano. A proposta é discutir tanto obras provenientes de membros de grupos sociais subalternos quanto aquelas produzidas por autores da elite cultural brasileira. O critério básico, portanto, é o da presença, com maior ou menor destaque, de personagens pobres, negras, trabalhadoras, desempregadas, incapacitadas, interagindo com a cidade, ou com o pedaço dela que lhes cabe. O aporte teórico será amplo e multidisciplinar, conforme exigência do próprio objeto de estudo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Edma Cristina Alencar de Góis - Integrante / Cecily Raynor - Integrante / Andressa Marques da Silva - Integrante / Danilo Roberto Silva de Oliveira - Integrante / Gabriel Estides Delgado - Integrante / Vanessa Pereira Cajá Alves - Integrante / Fernanda Serafim Alves - Integrante / Daniela Alves de Morais - Integrante / Priscila Cristina Cavalcante Oliveira - Integrante / Sofia Salustiano Botelho - Integrante / Raíssa Pereira Maciel Comini Christófaro - Integrante / Livia Martins Ribeiro de Limoges Viganó - Integrante / Nara Andejara Gomes do Vale - Integrante / Juliana Venturini Pinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2015
Mulheres e espaço urbano: gênero, raça e classe na literatura brasileira contemporânea
Descrição: Mais do que buscar os modos como o espaço aparece representado nas obras contemporâneas (entendidas como aquelas produzidas a partir de 1990), esta pesquisa pretende analisar as diferentes formas como a literatura produz, em contextos distintos, sistemas de significação e de valor sobre espaço e gênero, expondo tensões, restrições e, mesmo, possibilidades. Incorpora-se o entendimento de que os espaços físicos refletem as hierarquias sociais e que mulheres e homens ou pobres e ricos, por exemplo, têm acesso diferenciado a diferentes locais. As implicações dessas relações com as múltiplas espacialidades contemporâneas na construção da subjetividade das personagens femininas e as possibilidades estéticas da movimentação desses problemas serão um dos focos de nossas análises. Como um complemento da pesquisa, e para alimentar essas discussões, será realizado também um extenso levantamento estatístico sobre autoras/es e personagens de romances brasileiros publicados entre os anos de 2005 e 2014. Serão seguidos os moldes de pesquisas realizadas anteriormente (sobre os períodos de 1965-1979 e 1990-2004), privilegiando, agora, a discussão sobre as personagens femininas e o espaço por onde elas se deslocam. Como contraponto ao romance contemporâneo, serão analisadas também expressões vinculadas a outras linguagens artísticas: letras de músicas, filmes, quadrinhos, artes plásticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Adelaide Calhman de Miranda - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Edma Cristina Alencar de Góis - Integrante / Sandra Regina Goulart de Almeida - Integrante / Cecily Raynor - Integrante / Juliana Borges de Oliveira - Integrante / Andressa Marques da Silva - Integrante / Danilo Roberto Silva de Oliveira - Integrante / Gabriel Estides Delgado - Integrante / Carine Pereira Marques - Integrante / Vanessa Pereira Cajá Alves - Integrante / Fernanda Serafim Alves - Integrante / Daniela Alves de Morais - Integrante / Priscila Cristina Cavalcante Oliveira - Integrante / Sofia Salustiano Botelho - Integrante / Raíssa Pereira Maciel Comini Christófaro - Integrante / Livia Martins Ribeiro de Limoges Viganó - Integrante / Nara Andejara Gomes do Vale - Integrante / Juliana Venturini Pinto - Integrante / Ricardo Tadeu de Carvalho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Diante da experiência do outro: representação de grupos marginalizados na literatura brasileira contemporânea
Descrição: Tal como outras esferas de produção de discurso, o campo literário brasileiro configura-se como um espaço de exclusão. Nossos autores são, em sua maioria, homens, brancos (praticamente todos), moradores dos grandes centros urbanos e de classe média ? e é de dentro dessa perspectiva social que nascem suas personagens, que são construídas suas representações. Conforme mostra pesquisa realizada na UnB sobre a totalidade dos romances publicados pelas principais editoras do País nos últimos 15 anos, a homogeneidade dos autores se reflete em suas criações. O outro (mulheres, pobres, negros, trabalhadores) está, em geral, ausente; quando incluído nessas narrativas, costuma aparecer em posição secundária, sem voz e, muitas vezes, marcado por estereótipos (Dalcastagnè, 2005c). Daí a tensão presente em textos de escritores e escritoras provenientes de outros segmentos sociais, que têm de se contrapor a essas representações já fixadas na tradição literária e, ao mesmo tempo, reafirmar a legitimidade de sua própria construção. Esta pesquisa pretende analisar tanto a presença, ou a ausência, de determinados grupos sociais como personagens de nossa literatura quanto as estratégias utilizadas por autores marginalizados (pobres, negros, moradores de regiões periféricas nas grandes cidades etc.) para validar suas representações no campo literário brasileiro. A partir de levantamentos preliminares já realizados pelos integrantes da equipe junto ao Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea, da Universidade de Brasília, este projeto propõe a discussão da produção literária atual sob a perspectiva do que chamaremos de crise da representação, que se estabelece com a emergência de novos sujeitos do discurso: mulheres, índios, presidiários, negros, homossexuais, velhos, loucos, trabalhadores etc..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante / Maria Isabel Edom Pires - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Imagens fraturadas: literatura e artes plásticas no Brasil contemporâneo
Descrição: Pensando em alguns nomes do expressionismo abstrato, como Pollock, De Koonning e Hofmann, o crítico norte-americano Harold Rosenberg refletiu sobre o que chamou de ?ansiedade da arte?. A expressão, para ele, não está absolutamente relacionada com a intensidade das angústias dos artistas, mas sim com a consciência dolorosa de que se a arte não envolve o criador com as dificuldades de seu tempo, ela se esgota em sua própria realização. Isso porque ?nenhum problema essencial da arte, salvo dificuldades técnicas, pode ser resolvido somente pela arte? . A ansiedade surgiria, assim, ?não como um reflexo da condição dos artistas, mas como resultado da reflexão que eles fazem sobre o papel da arte em outras atividades humanas? e se manifestaria, sobretudo, no questionamento da própria arte. Apropriando-se, então, da idéia de Rosenberg e expandindo-a para alcançar o contexto artístico brasileiro recente, este projeto pretende analisar as tensões e os questionamentos nas obras de artistas plásticos e de ficcionistas, estabelecendo diálogos entre formas diversas de representação. Foram selecionadas, inicialmente, três ?duplas? para a análise: o contista Samuel Rawet (1929-1984) e o gravador Oswaldo Goeldi (1895-1961), o romancista Autran Dourado (1926-) e o pintor e gravador Iberê Camargo (1914-1994) e o pintor João Câmara (1944-) e o contista e romancista Sérgio Sant?Anna (1941-). A intenção é aproximar as produções literárias e pictóricas, não para criar alguma espécie de paralelo entre expressões artísticas variadas, mas sim para tentar entender as respostas possíveis que artistas da mesma geração, embora trabalhando em formas expressivas diferentes, oferecem às indagações do seu tempo, especialmente àquelas relacionadas à representação do outro. Esse tipo de aproximação, além de permitir uma discussão mais fundamentada sobre a representação na literatura e nas artes brasileiras, tem como objetivo a reflexão sobre o processo de construção das narrativas contemporâneas (en.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 3
2007 - 2010
Representações da mulher na narrativa brasileira contemporânea
Descrição: A partir de uma extensa pesquisa anterior que mapeou todos os romances brasileiros publicados pelas três editoras mais importantes do país entre os anos 1990 e 2004, pretende-se discutir como se dá a representação das personagens femininas, tanto em obras de escritoras mulheres quanto de escritores homens. Um estudo inicial mostrou que estas personagens - quase todas brancas e de classe média - tendem a exercer papéis sociais tradicionais (mãe, esposa, dona-de-casa) e a permanecer encerradas na esfera doméstica. Isto é, a condição da mulher avançou mais na sociedade do que na literatura. Agora, a partir de uma amostra de personagens femininas, será analisado em profundidade como a mulher é representada no romance brasileiro contemporâneo, abordando questões como família, sexualidade, profissão, participação política e educação e observando as diferenças nos enfoques de escritoras mulheres e de escritores homens. O método a ser utilizado passa pelo confronto entre dados estatísticos e texto, percebendo, com os primeiros, as regularidades que nos permitem entender os constrangimentos absorvidos, por vezes de maneira inconsciente, pelos produtores culturais, que manifestam desta forma os limites do campo e expressam sua própria perspectiva social; e, com o segundo, buscando sensibilidade para as formas singulares nas quais estas regularidades se apresentam..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante / Ludmilla Oliveira dos Santos - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Márcia Maria Nóbrega de Oliveira - Integrante / Marina Farias Rebelo - Integrante / Paula Diniz Lins - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Paloma Vidal - Integrante / Edma Cristina Alencar de Góis - Integrante / Larissa de Araújo Dantas - Integrante / Mariana Moura Coelho - Integrante / Naiara Ribeiro Gonçalves - Integrante / Beatriz Souza Kenig - Integrante / Anna Luiza de Vasconcellos Cavalcanti - Integrante / Andressa Maques da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 11
2007 - 2010
A realidade e seus possíveis: tensões da representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara
Descrição: O projeto pretende analisar as tensões e os questionamentos nas obras do artista plástico pernambucano João Câmara (João Pessoa - 1944) e do ficcionista carioca Sérgio Sant?Anna (Rio de Janeiro - 1941). O objetivo é aproximar as duas produções, não para criar alguma espécie de paralelo entre expressões artísticas diferentes, mas sim para tentar entender as respostas possíveis que dois artistas da mesma geração, vivendo em espaços geográficos muito distantes, oferecem às indagações do seu tempo. Esta aproximação, além de permitir uma discussão mais fundamentada sobre a crise da representação na literatura e nas artes brasileiras, tem como objetivo a reflexão sobre o processo de construção das narrativas contemporâneas (entendidas no seu sentido amplo) em seu vínculo com a História e a realidade nacionais. O projeto pretende, também, analisar o questionamento do conceito de realidade efetivado no interior das obras de Sant?Anna e Câmara, em confronto com o contexto artístico e, especialmente, literário brasileiro atual, onde a referencialidade ainda é o recurso mais utilizado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Igor Ximenes Graciano - Integrante / Aline Paiva de Lucena - Integrante / Pedro Galas Araújo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2006 - 2008
Representações da mulher na narrativa brasileira
Descrição: O projeto se insere num esforço de pesquisa já em andamento, que visa entender como se dá, na narrativa brasileira contemporânea, a representação de grupos subalternos ? entendidos em sentido amplo, como todos aqueles que vivenciam uma identidade coletiva que recebe valoração negativa da cultura dominante, sejam definidos por sexo, idade, etnia, cor, orientação sexual, posição nas relações de produção, condição física ou outro critério. Já foi estudado um amplo corpus de romances publicados a partir de 1965. Agora, serão estudados o cinema e o teatro contemporâneos; e, ainda, obras canônicas da nossa literatura. Também será dada atenção especial à representação da mulher ? sem deixar de lado os entrelaçamentos entre gênero, raça/cor, classe social e orientação sexual. Os dados das pesquisas já realizadas indicam que, na narrativa brasileira contemporânea, as mulheres permanecem em posição numericamente secundária (além de serem poucas as escritoras, os homens são a ampla maioria das personagens) e ainda são representadas de forma bastante estereotipada. Autores e autoras parecem ter dificuldade de incorporar, no texto, os avanços (insuficientes, mas inegáveis) da condição feminina na sociedade brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante / Maria Isabel Edom Pires - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Márcia Maria Nóbrega de Oliveira - Integrante / Marina Farias Rebelo - Integrante / André Luís Gomes - Integrante / Mariana Moura Coelho - Integrante / Naiara Ribeiro Gonçalves - Integrante / Beatriz Souza Kenig - Integrante / Anna Luiza de Vasconcellos Cavalcanti - Integrante / Laura Castro de Araújo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 14 / Número de orientações: 11
2004 - 2005
Mapeamento das personagens do romance brasileiro contemporâneo
Descrição: O objetivo principal da pesquisa é entender como se dá a representação, na narrativa brasileira mais recente, de personagens de diferentes grupos sociais. Num recorte que possui seu quê de arbitrário, como qualquer recorte, optou-se por trabalhar com romances e contos publicados a partir de 1990. Dentre esses, serão escolhidos aqueles que, por critérios variados, são considerados mais representativos do campo literário brasileiro (prestígio do autor e da casa editora, repercussão na mídia, premiações etc.). Os resultados esperados incluem, sobretudo, a produção de um mapeamento das personagens da narrativa brasileira mais recente, que servirá de subsídio para a investigação mais ampla à qual está vinculada. A partir daí, a pesquisa espera contribuir para: (1) o debate acadêmico sobre o sentido político da representação literária; (2) a redação de um conjunto de artigos sobre a representação de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea; (3) a preparação de cursos para a graduação, pós-graduação e extensão, relacionados ao problema da representação e da marginalização; e (4) o fortalecimento, na Universidade de Brasília, do campo de estudos sobre representação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Ludmilla Oliveira dos Santos - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Márcia Maria Nóbrega de Oliveira - Integrante / Marina Farias Rebelo - Integrante / Paula Diniz Lins - Integrante / Bruna Paiva de Lucena - Integrante / Larissa de Araújo Dantas - Integrante / Naiara Ribeiro Gonçalves - Integrante / Aline de Almeida Costa Ribeiro - Integrante / Gleiser Mateus Ferreira Valério - Integrante / Luiz Rodrigues Freires Neto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 6
2003 - 2007
A representação da mulher na narrativa contemporânea: a literatura brasileira em perspectiva latino-americana
Descrição: O projeto busca construir um panorama da representação da mulher na narrativa contemporânea (definida como aquela publicada a partir dos anos 1970), tomando como corpus central a literatura brasileira, mas ampliando a perspectiva através de comparações com as literaturas hispano-americanas, o que permitirá visualizar melhor as peculiaridades da produção nacional. Serão abordadas tanto obras escritas por mulheres quanto aquelas produzidas por homens. Dentro desta proposta, destacam-se os seguintes objetivos específicos: (a) avançar na discussão teórica sobre a questão da representação na narrativa literária; (b) dentro do item anterior, entender o problema específico da representação de grupos marginalizados, isto é, com menor acesso aos espaços de decisão e de produção simbólica; (c) dentro dos dois itens anteriores, discutir a representação da mulher, entendendo-a, porém, como uma categoria que se sobrepõe a outras (?mulher negra?, ?mulher imigrante?, ?mulher idosa?, ?mulher louca?, ?mulher profissional?, ?mulher mãe? etc.); (d) analisar de que forma a narrativa contemporânea tematiza a separação entre esferas pública e privada - e como situa os papéis de gênero nestes espaços; (e) contribuir para a discussão sobre o lugar da literatura brasileira no panorama da literatura da América Latina..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Stella Montalvão Ferraz - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante / Rita de Cassi Pereira dos Santos - Integrante / Sara Almarza - Integrante / Maria Isabel Edom Pires - Integrante / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Elizabeth de Andrade Hazin - Integrante / Gilberto Martins - Integrante / Renata da Silva Nóbrega - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Márcia Maria Nóbrega de Oliveira - Integrante / Marina Farias Rebelo - Integrante / Rogério Pereira - Integrante / Paloma Vidal - Integrante / Mariana Moura Coelho - Integrante / Naiara Ribeiro Gonçalves - Integrante / Beatriz Souza Kenig - Integrante / Anna Luiza de Vasconcellos Cavalcanti - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 7
2003 - 2007
Representações de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea
Descrição: Cada vez mais, os estudos literários (e o próprio fazer literário) se preocupam com os problemas ligados ao acesso à voz e à representação dos múltiplos grupos sociais. Ou seja, eles se tornam mais conscientes das dificuldades associadas ao lugar da fala: quem fala e em nome de quem. Ao mesmo tempo, discutem-se as questões correlatas, embora não idênticas, da legitimidade e da autoridade (palavra que, não por acaso, possui a mesma raiz de ?autoria?) na representação literária. Tudo isto se traduz no crescente debate sobre o espaço, na literatura brasileira e em outras, dos grupos marginalizados - entendidos em sentido amplo, como todos aqueles que vivenciam uma identidade coletiva que recebe valoração negativa da cultura dominante, sejam definidos por sexo, idade, etnia, cor, orientação sexual, posição nas relações de produção, condição física ou outro critério. O objetivo da pesquisa é entender como se dá a representação, na narrativa brasileira contemporânea, de cinco grupos marginalizados - pobres, negros, mulheres, crianças e velhos, os dois últimos tratados em conjunto. Como critério geral, considera-se ?contemporânea? a narrativa produzida a partir de 1970, num Brasil já predominantemente urbano, em fase de acelerada modernização e tendo sofrido o trauma do golpe militar de 1964..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Virgínia Maria Vasconcellos Leal - Integrante / Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante / Anderson Luís Nunes da Mata - Integrante / Renata da Silva Nóbrega - Integrante / Patrícia Mattos de Oliveira - Integrante / Laeticia Jensen Eble - Integrante / Liana Aragão - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 25 / Número de orientações: 23
2001 - 2003
A narrativa brasileira contemporânea: narrador, personagem, espaço, tempo
Descrição: A pesquisa analisará a narrativa brasileira contemporânea (definida como sendo aquela produzida a partir de 1970), buscando construir um painel amplo da produção do período a partir do estudo em profundidade de quatro aspectos básicos: narrador, personagem, tempo e espaço. Para tanto, foram pré-selecionados 40 livros, entre romances e volumes de contos, considerados representativos de diferentes tendências da prosa de ficção brasileira dos últimos 30 anos. A perspectiva aqui assumida é que a literatura está em permanente diálogo com a sociedade - ou seja, o que se procura é compreender as características da narrativa contemporânea dentro das transformações sofridas pelo Brasil neste período. Para tanto, adota-se uma perspectiva metodológica ampla, que lança mão não apenas da teoria literária, mas das ciências humanas em seu conjunto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Regina Dalcastagnè - Coordenador / Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva - Integrante / Elzimar Fernanda Nunes - Integrante / Zak Zangrando Cardoso - Integrante / Marcus Corrêa Fernandes - Integrante / Susana Moreira de Lima Bigio - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 18 / Número de orientações: 6


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: VEREDAS. REVISTA DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LUSITANISTAS
2014 - Atual
Periódico: Brasil (Porto Alegre)
2013 - Atual
Periódico: Brasiliana: Journal for Brazilian Studies
2013 - Atual
Periódico: Revista Todas as Letras (MACKENZIE. Online)
2013 - Atual
Periódico: Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea
2011 - Atual
Periódico: Uniletras (UEPG. Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Macabéa
2010 - Atual
Periódico: Pessoa
2010 - 2012
Periódico: Pessoa
2008 - 2012
Periódico: Cerrados (UnB)
2008 - Atual
Periódico: Acta Scientiarum. Language and Culture
2006 - Atual
Periódico: Extravío - Revista Electrónica de Literatura Comparada
2005 - 2009
Periódico: txt - leituras transdisciplinares de telas e textos
1998 - Atual
Periódico: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea


Membro de comitê de assessoramento


2012 - 2012
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2015 - 2015
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2013 - 2013
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2013 - 2013
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2011 - 2011
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2010 - 2010
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.


Prêmios e títulos


2011
Prêmio FAP-DF Pesquisador(a) do Distrito Federal 2010 - área: Ciências Humanas - categoria: Pesquisador(a) Sênior, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal.
2006
Prêmio UnB de Pesquisa - Ciências Humanas e Sociais - Prêmio Roberto Cardoso de Oliveira (1ª colocada), Universidade de Brasília.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DALCASTAGNÈ, REGINA2018DALCASTAGNÈ, REGINA. O rumor da vida: sobre escrita, afetos e revolução. O EIXO E A RODA (UFMG), v. 27, p. 59, 2018.

2.
DALCASTAGNÈ, REGINA2018DALCASTAGNÈ, REGINA. O que o golpe quer calar: literatura e política no Brasil hoje. ANUÁRIO DE LITERATURA (UFSC), v. 23, p. 13-24, 2018.

3.
DALCASTAGNÈ, R.2018DALCASTAGNÈ, R.. A crítica literária em periódicos brasileiros contemporâneos: uma aproximação inicial. ESTUDOS DE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA, v. 54, p. 195-209, 2018.

4.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2016DALCASTAGNÈ, R.. Resenha do livro Polifonias marginais, de Lucía Tennina, Mário Medeiros, Érica Peçanha e Ingrid Hapke. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 46, p. 295-298, 2016.

5.
DALCASTAGNÈ, REGINA2016DALCASTAGNÈ, REGINA. Como folhas espalhadas pelo vento: o local na literatura brasileira contemporânea. Romance Quarterly, v. 63, p. 167-173, 2016.

6.
VILLARINO PARDO, C.2016VILLARINO PARDO, C. ; DALCASTAGNÈ, R. . Apresentação ao dossiê ?Lugares do literário'. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 50, p. 13-17, 2016.

7.
DALCASTAGNÈ, R.2016DALCASTAGNÈ, R.. Para não esquecer: a narrativa como espaço de resistência. ESFERAS, v. 9, p. 145-151, 2016.

8.
DALCASTAGNÈ, R.2015DALCASTAGNÈ, R.. Retrato sem parede: o Bom Crioulo, de Adolfo Caminha. Veredas, v. 24, p. 147-159, 2015.

9.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2014DALCASTAGNÈ, R.. Deslocamentos urbanos na literatura brasileira contemporânea. Brasiliana, v. 3, p. 31-47, 2014.

10.
CARVALHO, V. M.2014CARVALHO, V. M. ; DALCASTAGNÈ, R. . Editorial: A literatura brasileira contemporânea. Brasiliana, v. 3, p. 1-3, 2014.

11.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2014DALCASTAGNÈ, R.. Para não ser trapo no mundo: as mulheres negras e a cidade na literatura brasileira contemporânea. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 44, p. 289-302, 2014.

12.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2013DALCASTAGNÈ, R.. El lugar del pobre en la literatura brasileña actual. Cuadernos Hispanoamericanos, v. 752, p. 59-73, 2013.

13.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2013DALCASTAGNÈ, R.. Cruzando fronteras: tres invasiones en la literatura brasileña contemporanea. Revista 2384, v. 6, p. 66-75, 2013.

14.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2013DALCASTAGNÈ, R.; EBLE, L. J. . Dobrando a esquina: deslocamentos urbanos em Samuel Rawet e Ferréz. Veredas. Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, v. 20, p. 115-128, 2013.

15.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2013DALCASTAGNÈ, R.. Autoria e crise na representação: literatura e artes plásticas no Brasil contemporâneo. Agália : Revista de Estudos na Cultura, v. 107, p. 91-101, 2013.

16.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2012DALCASTAGNÈ, R.. Narrativas sobre meninos e guerras. Muitas Vozes, v. 1, p. 49-55, 2012.

17.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2012DALCASTAGNÈ, R.. Um território contestado: literatura brasileira contemporânea e as novas vozes sociais. Iberic@l: Revue d'études ibériques et ibéro-américaines, v. 2, p. 11-15, 2012.

18.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2012DALCASTAGNÈ, R.. Colocar-se em palavras: memórias de um percurso íntimo. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 40, p. 15-28, 2012.

19.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2011DALCASTAGNÈ, R.. Pelas margens da cidade: exclusão e silenciamento em Samuel Rawet. Itinerarios (UNESP. Araraquara), v. 32, p. 15-25, 2011.

20.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2010DALCASTAGNÈ, R.. Personagens e narradores da literatura brasileira contemporânea. Letras com Vida, v. 2, p. 28-31, 2010.

21.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2010DALCASTAGNÈ, R.. A cor de uma ausência: representações do negro no romance brasileiro contemporâneo. Afro-Hispanic Review, v. 29, p. 97-108, 2010.

22.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2010DALCASTAGNÈ, R.. A cor de uma ausência: representações do negro na narrativa brasileira contemporânea. Studia Iberystyczne, v. 9, p. 171-183, 2010.

23.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2008DALCASTAGNÈ, R.. Entre silêncios e estereótipos: relações raciais na literatura brasileira contemporânea. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 31, p. 87-110, 2008.

24.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2008DALCASTAGNÈ, R.. Quando o preconceito se faz silêncio: relações raciais na literatura brasileira contemporânea. Gragoatá (UFF), v. 24, p. 203-219, 2008.

25.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2007DALCASTAGNÈ, R.. A construção do feminino no romance brasileiro. Política Democrática (Brasília), v. 17, p. 141-147, 2007.

26.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2007DALCASTAGNÈ, R.. Nas tripas do cão: a escrita como espaço de resistência. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 29, p. 55-66, 2007.

27.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2007DALCASTAGNÈ, R.. Ilusão e referencialidade: tendências da narrativa brasileira contemporânea. Signótica, v. 19, p. 125-142, 2007.

28.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2007DALCASTAGNÈ, R.. Imagens da mulher na narrativa brasileira. O Eixo e a Roda, v. 15, p. 127-135, 2007.

29.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2007DALCASTAGNÈ, R.. A auto-representação de grupos marginalizados: tensões e estratégias na narrativa contemporânea. Letras de Hoje, v. 42, p. 18-31, 2007.

30.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2006DALCASTAGNÈ, R.. Saindo do alpendre: alteridade e resistência na obra de Sérgio Sant'Anna. Cerrados (UnB), Brasília, v. 21, p. 201-218, 2006.

31.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2005 DALCASTAGNÈ, R.. Vivendo a ilusão biográfica. Literatura e Sociedade (USP), São Paulo, v. 8, p. 112-125, 2005.

32.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2005 DALCASTAGNÈ, R.. A personagem do romance brasileiro contemporâneo (1990-2004). Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 26, p. 13-71, 2005.

33.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2005DALCASTAGNÈ, R.. Constrangimento discursivo e estratégias de legitimação na literatura brasileira contemporânea. Graphos - Revista da Pós Graduação em Letras/UFPB, João Pessoa, v. 7, n.2, p. 65-70, 2005.

34.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2005DALCASTAGNÈ, R.. Violência, marginalidade e espaço na narrativa brasileira contemporânea. Dialogos Latinoamericanos, Aarhus, v. 11, p. 72-82, 2005.

35.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2005DALCASTAGNÈ, R.. O escritor brasileiro e seu espaço de resistência. Revista de Crítica Literaria Latinoamericana (Peru), Hanover (New Haven) e Lima, v. XXXI, n.61, p. 47-58, 2005.

36.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2004DALCASTAGNÈ, R.. O vôo da madrugada, de Sérgio Sant'Anna (resenha). Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 23, p. 209-211, 2004.

37.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2004DALCASTAGNÈ, R.. O intelectual e seu espelho. Rodapé Crítica de Literatura Brasileira Contemporânea, São Paulo, v. 3, p. 167-183, 2004.

38.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2004DALCASTAGNÈ, R.. Contos e novelas reunidos, de Samuel Rawet (resenha). Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 24, p. 184-186, 2004.

39.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2004DALCASTAGNÈ, R.. Personagem e tempo no romance brasileiro contemporâneo. Agalia (A Corunha), Ourense, v. 79-80, p. 95-108, 2004.

40.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2003DALCASTAGNÈ, R.. Cruzando fronteiras: três invasões na narrativa brasileira contemporânea. Cerrados (UnB), Brasília, v. 15, p. 57-65, 2003.

41.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2003DALCASTAGNÈ, R.. Sombras da cidade: o espaço na narrativa brasileira contemporânea. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 21, p. 33-53, 2003.

42.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2003DALCASTAGNÈ, R.. Voz e exclusão da personagem popular no romance brasileiro contemporâneo: Clarice Lispector e Osman Lins. Dialogos Latinoamericanos, Aarhus, v. 8, p. 4-27, 2003.

43.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2003 DALCASTAGNÈ, R.. Sombras da cidade: o espaço na narrativa brasileira contemporânea. Ipotesi (UFJF), Juiz de Fora, v. 13, p. 11-28, 2003.

44.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2002DALCASTAGNÈ, R.. Consciências embotadas: multiplicidade e falibilidade das vozes na narrativa contemporânea. Revista da ANPOLL, São Paulo, v. 12, p. 123-146, 2002.

45.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2002DALCASTAGNÈ, R.. Uma voz ao sol: representação e legitimidade na narrativa brasileira contemporânea. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 20, p. 33-77, 2002.

46.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2002DALCASTAGNÈ, R.. Deslocamentos no vazio: o espaço na narrativa brasileira. Contexto (Vitória), Vitória, v. X, n.9, p. 23-37, 2002.

47.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Renovação e permanência: o conto brasileiro da última década. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 11, p. 3-17, 2001.

48.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Vozes femininas na novíssima narrativa brasileira. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 11, p. 19-26, 2001.

49.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Quatro notas sobre a literatura na internet. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 11, p. 27-31, 2001.

50.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Personagens e narradores do romance contemporâneo no Brasil: incertezas e ambigüidades do discurso. Dialogos Latinoamericanos, Aarhus (Dinamarca), v. 3, p. 114-130, 2001.

51.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Da senzala ao cortiço: história e literatura em Aluísio Azevedo e João Ubaldo Ribeiro. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 21, n.42, p. 483-494, 2001.

52.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Sobre encomendas e virtudes (resenha de O livro das virtudes para crianças, organizado por Ana Maria Machado). Itinerários (UNESP), Araraquara, v. 17-18, p. 291-294, 2001.

53.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Ambigüidade na narrativa brasileira contemporânea. Revista SEFLU, Rio de Janeiro, v. 1, n.2, p. 103-104, 2001.

54.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2001DALCASTAGNÈ, R.. Da senzala ao cortiço: elites e poder em Azevedo e João Ubaldo. Coleção Ensaios (Santa Maria), Santa Maria, v. 4, p. 105-112, 2001.

55.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2000DALCASTAGNÈ, R.. Herdeiros de Machado de Assis: personagens do romance brasileiro atual. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 6, p. 19-21, 2000.

56.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2000DALCASTAGNÈ, R.. As virtudes do mercado: uma breve reflexão a partir de Ana Maria Machado. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 5, p. 15-17, 2000.

57.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2000 DALCASTAGNÈ, R.. Contas a prestar: o intelectual e a massa em A hora de estrela, de Clarice Lispector. Revista de Crítica Literaria Latinoamericana (Peru), Hanover (NH); Lima, v. 51, p. 83-98, 2000.

58.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA2000DALCASTAGNÈ, R.. No caminho de Tijucopapo. Cerrados (UnB), Brasília, v. 10, p. 93-103, 2000.

59.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. Viagens de Abel: a busca da cidade em Avalovara, de Osman Lins. Boletim. Centro de Estudos Portugueses, Faculdade de Letras da UFMG, Belo Horizonte, v. 19, n.24, p. 181-197, 1999.

60.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. Andaimes da memória (resenha de As confissões prematuras, de Salim Miguel). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.23, p. 1-2, 1999.

61.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. A formação das elites em Viva o povo brasileiro e O cortiço. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, n.2, p. 1-5, 1999.

62.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. O homem como medida: cosmo, história e identidade em Avalovara, de Osman Lins. Universa (UCB), Brasília, v. 7, n.3, p. 399-409, 1999.

63.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. Espaço de cumplicidade: a representação da figura materna na literatura brasileira contemporânea. Cerrados (UnB), Brasília, n.9, p. 147-154, 1999.

64.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. Espaço de cumplicidade: a representação da figura materna na literatura brasileira contemporânea. Revista Brasileira de Letras (UFSCar), São Carlos, v. 1, n.1, p. 87-92, 1999.

65.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1999DALCASTAGNÈ, R.. Contas a prestar: o intelectual e a massa em A hora da estrela, de Clarice Lispector. Gragoatá (UFF), Niterói, v. 7, p. 99-114, 1999.

66.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. A máquina de relatos de Ricardo Piglia. Universa (UCB), Brasília, v. 6, n.1, p. 91-96, 1998.

67.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Opção pelo humano (resenha de Avalovara, de Osman Lins). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.19, p. 1-2, 1998.

68.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Memórias da violência da memória (resenha de Um largo, sete memórias, de Adolfo Boos Jr.). Revista DF Letras, Brasília, v. V, n.51-3, p. 30-31, 1998.

69.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Opção pelo humano (sobre Avalovara, de Osman Lins). Revista DF Letras, Brasília, v. V, n.57-8, p. 48-49, 1998.

70.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Mistérios e buscas de Avalovara. Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, Recife, v. XII, p. 26-26, 1998.

71.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. A ditadura por escrito: intelectuais e o salazarismo no romance Bolor, de Augusto Abelaira. Universa (UCB), Brasília, v. 6, n.3, p. 415-424, 1998.

72.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. A hora do iólipo: criação e opressão em Avalovara, de Osman Lins. Travessia (UFSC), Florianópolis, n.33, p. 132-144, 1998.

73.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Um diálogo com as artes: a construção das personagens em Avalovara. Gragoatá (UFF), Niterói, n.4, p. 77-92, 1998.

74.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1998DALCASTAGNÈ, R.. Viagens de Abel: a busca da cidade em Avalovara, de Osman Lins. Terceira Margem, Rio de Janeiro, n.5-6, p. 124-131, 1998.

75.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. Memórias da violência e violências da memória (resenha de Um largo, sete memórias, de Adolfo Boos Jr.). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.15, p. 1-2, 1997.

76.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. Entre o regionalismo e o naturalismo: um projeto literário questionável (resenha de Cartilha do silêncio, de Francisco J. C. Dantas). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.13, p. 1-2, 1997.

77.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. O olhar de quem vê (resenha de O cachorro e o lobo, de Antônio Torres). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.8, p. 2-2, 1997.

78.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. No campo das artes (resenha de Um crime delicado, de Sérgio Sant'Anna). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.9, p. 2-2, 1997.

79.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. Uma autoria ambígua (resenha de Uma noite em Curitiba, de Cristovão Tezza). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.2, p. 2-2, 1997.

80.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. Assis Brasil constrói castelo com a historia (resenha de Um castelo no pampa, de Luiz Antonio de Assis Brasil). Literatura Brasileira Contemporânea Boletim, Brasília, n.0, p. 1-1, 1997.

81.
DALCASTAGNÈ, R.;DALCASTAGNÈ, REGINA1997DALCASTAGNÈ, R.. A crença dos ladrões, de Michel Chaillou (resenha). Universa (UCB), Brasília, v. 5, n.2, p. 284-285, 1997.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DALCASTAGNÈ, R.; LICARIAO, B. (Org.) ; NAKAGOME, P. (Org.) . Literatura e resistência. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2018. v. 1. 280p .

2.
DALCASTAGNÈ, R.; DUTRA, P. (Org.) ; FREDERICO, G. (Org.) . Literatura e direitos humanos. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2018. v. 1. 224p .

3.
EBLE, L. J. (Org.) ; DALCASTAGNÈ, R. (Org.) . Literatura e exclusão. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2017. v. 1. 344p .

4.
DIAS, A. M. (Org.) ; DALCASTAGNÈ, R. (Org.) . Sérgio Sant?Anna: um autor em cena. 1. ed. Rio de Janeiro: EdUFF, 2016. v. 1. 162p .

5.
DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V. (Org.) . Espaço e gênero na literatura brasileira contemporânea. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2015. v. 1. 284p .

6.
DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L. (Org.) . Espaços possíveis na literatura brasileira contemporânea. 1. ed. Porto Alegre: Zouk, 2015. v. 1. 298p .

7.
DALCASTAGNÈ, R.. Representación y resistencia en la literatura brasileña contemporánea. 1. ed. Buenos Aires: Biblos, 2015. v. 1. 212p .

8.
BARBERENA, R. (Org.) ; DALCASTAGNÈ, R. (Org.) . Do trauma à trama: o espaço urbano na literatura brasileira contemporânea. 1. ed. Porto Alegre: Luminara, 2015. v. 1. 410p .

9.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N. (Org.) . Fora do retrato: estudos de literatura brasileira contemporânea. 1. ed. Vinhedo: Horizonte, 2012. v. 1. 182p .

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Histórias em quadrinhos: diante da experiência dos outros. 1. ed. Vinhedo: Horizonte, 2012. v. 1. 223p .

11.
DALCASTAGNÈ, R.. Literatura brasileira contemporânea: um território contestado. 1. ed. Rio de Janeiro, Vinhedo: Editora da UERJ, Horizonte, 2012. v. 1. 208p .

12.
DALCASTAGNÈ, R.; THOMAZ, P. C. (Org.) . Pelas margens: representação na narrativa brasileira contemporânea. 1. ed. Vinhedo: Horizonte, 2011. v. 1. 262p .

13.
DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V. (Org.) . Deslocamentos de gênero na narrativa brasileira contemporânea. 1. ed. Vinhedo: Horizonte, 2010. v. 1. 240p .

14.
DALCASTAGNÈ, R.. Melhores contos: Salim Miguel. 1. ed. São Paulo: Global, 2009. v. 1. 222p .

15.
DALCASTAGNÈ, R.. Ver e imaginar o outro: alteridade, desigualdade, violência na literatura brasileira contemporânea. 1. ed. Vinhedo: Horizonte, 2008. v. 1. 168p .

16.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre fronteiras e cercado de armadilhas: problemas da representação na narrativa brasileira contemporânea. 1. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2005. v. 1. 144p .

17.
DALCASTAGNÈ, R.. A garganta das coisas: movimentos de Avalovara, de Osman Lins. 1. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2000. v. 1. 286p .

18.
DALCASTAGNÈ, R.. Tramóia: histórias de rendeiras. 1. ed. Florianópolis: Insular, 1998. v. 1. 48p .

19.
DALCASTAGNÈ, R.. O espaço da dor: o regime de 64 no romance brasileiro. 1. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1996. v. 1. 156p .

Capítulos de livros publicados
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Sobre guerras, ruídos e esquecimento. In: Regina Dalcastagnè; Paula Q. Dutra; Graziele Frederico. (Org.). Literatura e direitos humanos. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2018, v. 1, p. 181-188.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Quando o objeto resiste: ansiedade e crise na representação. In: Regina Dalcastagnè; Berttoni Licarião; Patrícia Nakagome. (Org.). Literatura e resistência. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2018, v. 1, p. 143-159.

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Olhando o mundo por outras frestas. In: Marlene Gomes de Vellasco; Maria Eugênia Curado; Thiago Mota Ferreira. (Org.). Vintém de cobre. 1ed.Goiânia: Kelps, 2018, v. 1, p. 325-339.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Brazilian contemporary fiction and the representation of poverty. In: Vinicius Mariano Carvalho e Nicola Gavioli. (Org.). Literature and ethics in contemporary Brazil. 1ed.New York: Routledge, 2017, v. 1, p. 15-44.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. O lugar das coisas, ou de como os objetos compõem o espaço narrativo. In: Ângela Maria Dias; Stephania Chiarelli. (Org.). Atores em cena: o público e o privado na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2017, v. 1, p. 282-296.

6.
DALCASTAGNÈ, R.; EBLE, L. J. . Apresentação. In: Laeticia Jensen Eble; Regina Dalcastagnè. (Org.). Literatura e exclusão. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2017, v. 1, p. 11-14.

7.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre silêncios e estereótipos: relações raciais na literatura brasileira contemporânea. In: Laeticia Jensen Eble; Luis Felipe Miguel. (Org.). Literatura e exclusão. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2017, v. 1, p. 217-238.

8.
DALCASTAGNÈ, R.. Resistência e ansiedade. In: Ângela Maria Dias; Regina Dalcastagnè. (Org.). Sérgio Sant?Anna: um autor em cena. 1ed.Rio de Janeiro: EdUFF, 2016, v. 1, p. 87-98.

9.
DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V. . Apresentação. In: Regina Dalcastagnè; Virgínia Maria Vasconcelos Leal. (Org.). Espaço e gênero na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2015, v. 1, p. 9-13.

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Mulheres negras e espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea. In: Regina Dalcastagnè; Virgínia Maria Vasconcelos Leal. (Org.). Espaço e gênero na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2015, v. 1, p. 41-55.

11.
DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L. . Apresentação. In: Regina Dalcastagnè; Luciene Azevedo. (Org.). Espaços possíveis na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2015, v. 1, p. 11-17.

12.
DALCASTAGNÈ, R.. A cidade como uma escrita possível. In: Regina Dalcastagnè; Luciene Azevedo. (Org.). Espaços possíveis na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Porto Alegre: Zouk, 2015, v. 1, p. 85-100.

13.
DALCASTAGNÈ, R.. Colocar-se em palavras: memórias de um percurso íntimo. In: Ricardo Barberena; Regina Dalcastagnè. (Org.). Do trauma à trama: o espaço urbano na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Porto Alege: Luminara, 2015, v. , p. 49-71.

14.
DALCASTAGNÈ, R.. Uma estética do desconforto: autoria e crise na representação. In: Juliana Santini; Rejane C. Rocha. (Org.). Literaturas: identidades. 1ed.São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014, v. 1, p. 167-188.

15.
DALCASTAGNÈ, R.. Por que precisamos de escritoras e escritores negros?. In: Cidinha da Silva. (Org.). Africanidades e relações raciais. 1ed.Brasília: Fundação Cultural Palmares, 2014, v. , p. 66-69.

16.
DALCASTAGNÈ, R.. A narrativa brasileira contemporânea: um território em disputa. In: Marilene Weinhardt; Luiz Carlos Simon; Benito Martínez Rodríguez; Silvana Oliveira; Luís Bueno; Maurício Mendonça Cardozo. (Org.). Ética e estética nos estudos literários. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2013, v. 1, p. 199-205.

17.
DALCASTAGNÈ, R.. Por uma existência plural: a ?Violeira? e a migração feminina no imaginário brasileiro contemporâneo. In: Rinaldo de Fernandes. (Org.). Chico Buarque: o poeta das mulheres, dos desvalidos e dos perseguidos. 1ed.São Paulo: Leya, 2013, v. , p. 305-312.

18.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N. . Apresentação. In: Regina Dalcastagnè, Anderson Luis Nunes da Mata. (Org.). Fora do retrato: estudos de literatura brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2012, v. 1, p. 7-11.

19.
DALCASTAGNÈ, R.. A cidade e seus restos: de Samuel Rawet a Luiz Ruffato. In: Regina Dalcastagnè; Anderson Luís Nunes da Mata. (Org.). Fora do retrato: estudos de literatura brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2012, v. 1, p. 135-144.

20.
DALCASTAGNÈ, R.. Apresentação. In: Regina Dalcastagnè. (Org.). Histórias em quadrinhos: diante da experiência dos outros. 1ed.Vinhedo: Hoeizonte, 2012, v. 1, p. 7-10.

21.
DALCASTAGNÈ, R.. O tempo no romance brasileiro contemporâneo. In: Gínia Gomes. (Org.). Narrativas contemporâneas: recortes críticos sobre literatura brasileira. 1ed.Porto Alegre: Libretos, 2012, v. 1, p. 129-143.

22.
DALCASTAGNÈ, R.. Tendências da narrativa brasileira contemporânea. In: Luciano Barbosa Justino. (Org.). Narrar a juventude: dos colégios jesuítas às demandas do pós. 1ed.João Pessoa: Editora da UFPB; Realize, 2012, v. 1, p. 181-200.

23.
DALCASTAGNÈ, R.; THOMAZ, P. C. . Apresentação. In: Regina Dalcastagnè; Paulo C. Thomaz. (Org.). Pelas margens: representação na narrativa brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2011, v. 1, p. 9-13.

24.
DALCASTAGNÈ, R.. Contas a prestar: o intelectual e a massa em A hora da estrela, de Clarice Lispector. In: Regina Dalcastagnè; Paulo C. Thomaz. (Org.). Pelas margens: representação na narrativa brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2011, v. 1, p. 40-56.

25.
DALCASTAGNÈ, R.. A personagem negra na literatura brasileira contemporânea. In: Eduardo de Assis Duarte; Maria Nazareth Fonseca. (Org.). Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, v. 4, p. 309-337.

26.
DALCASTAGNÈ, R.. Impressões de viagem. Deslocamentos críticos. 1ed.São Paulo: Babel, 2011, v. 1, p. 251-253.

27.
DALCASTAGNÈ, R.. Representações restritas: a mulher no romance brasileiro contemporâneo. In: Regina Dalcastagnè. Virgínia Maria Vasconcelos Leal. (Org.). Deslocamentos de gênero na narrativa brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2010, v. 1, p. 40-64.

28.
LEAL, V. M. V. ; DALCASTAGNÈ, R. . Apresentação. In: Regina Dalcastagnè; Virgínia Maria Vasconcelos Leal. (Org.). Representações restritas: a mulher no romance brasileiro contemporâneo. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2010, v. 1, p. 7-11.

29.
DALCASTAGNÈ, R.. Encruzilhadas da narrativa brasileira contemporânea. In: Carlos Magno Gomes. (Org.). Língua e literatura: propostas de ensino. 1ed.São Cristóvão: Editora UFD, 2009, v. , p. 50-64.

30.
DALCASTAGNÈ, R.. A posse da memória. In: Regina Dalcastagnè. (Org.). Melhores contos: Salim Miguel. 1ed.São Paulo: Global, 2009, v. 1, p. 5-11.

31.
DALCASTAGNÈ, R.. Um território em disputa: o acesso à representação literária no Brasil. In: Angela Almeida; Denise Jodelet. (Org.). Representações sociais: interdisciplinaridade e diversidade de paradigmas. Vitória: GM, 2009, v. 1, p. 119-130.

32.
DALCASTAGNÈ, R.. Identidades negras no romance brasileiro. In: Ivete Walty; Maria Zilda F. Cury; Sandra Regina G. Almeida. (Org.). Mobilidades culturais: agentes e processos. 1ed.Belo Horizonte: Veredas & Cenários, 2009, v. 1, p. 99-123.

33.
DALCASTAGNÈ, R.. Apresentação. In: Regina Dalcastagnè. (Org.). Ver e imaginar o outro: alteridade, desigualdade, violência na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2008, v. 1, p. 7-10.

34.
DALCASTAGNÈ, R.. Vozes nas sombras: representação e legitimidade na narrativa contemporânea. In: Regina Dalcastagnè. (Org.). Ver e imaginar o outro: alteridade, desigualdade, violência na literatura brasileira contemporânea. 1ed.Vinhedo: Horizonte, 2008, v. 1, p. 78-107.

35.
DALCASTAGNÈ, R.. A personagem feminina na narrativa brasileira dos anos 1990. In: Maria Isabel Edom Pires. (Org.). Formas e dilemas da representação da mulher na literatura contemporânea. 1ed.Brasília: Editora UnB, 2008, v. , p. 99-106.

36.
DALCASTAGNÈ, R.. A permanência dos estereótipos femininos no romamce brasileiro contemporâneo. In: Antonio de Padua Dias da Silva. (Org.). Identidades de gênero e práticas discursivas. 1ed.Campina Grande: Eduep, 2008, v. , p. 331-336.

37.
DALCASTAGNÈ, R.. Vivre l'illusion biographique: le personnage et le temps dans le récit brésilien contemporain. In: Jacqueline Penjon. (Org.). Voies du paysage: représentations du monde lusophone. 1ed.Paris: Presses Sorbonne Nouvelle, 2007, v. , p. 169-186.

38.
DALCASTAGNÈ, R.. A representação da mulher no romance brasileiro contemporâneo. In: Regina Helena Machado Aquino Corrêa. (Org.). Nem fruta nem flor. Londrina: Humanidades, 2006, v. 1, p. 191-221.

39.
DALCASTAGNÈ, R.. Engendrando Macabéas: representação da personagem popular em Osman Lins e Clarice Lispector. In: Rita Terezinha Schmidt. (Org.). A ficção de Clarice: nas fronteiras do (im)possível. 1ed.Porto Alegre: Sagres Luzzatto, 2003, v. , p. 137-160.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Castanha do Pará: uma HQ entre a delicadeza e a densidade (resenha de Castanha do Pará, de Gidalti Jr.). Pernambuco, Recife, p. 23 - 23, 01 jun. 2018.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Cartas lançadas a um oceano fora do tempo. Pernambuco, Recife, p. 23 - 23, 01 dez. 2017.

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Sobre a criação de narrativas necessárias (resenha de Contos de mãe, de Allan da Rosa). Pernambuco ? Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuc, Recife, p. 14 - 15, 01 nov. 2016.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Colocar-se em palavras: memórias de um percurso íntimo. Cesárea, Recife, p. 1 - 14, 01 nov. 2013.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Em um só tom. O Globo, Rio de Janeiro, p. 2 - 2, 09 set. 2013.

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Subjetiva violência em meio às prateleiras. Pernambuco - Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, Recife, p. 10 - 15, 01 jun. 2013.

7.
DALCASTAGNÈ, R.. Literatura, um território contestado. Pernambuco - Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, Recife, p. 14 - 17, 01 dez. 2012.

8.
DALCASTAGNÈ, R.. Relato afetivo de um drama político e familiar (resenha de Jacinta Passos, organizado por Janaína Amado). O Globo, Rio de Janeiro, p. 3 - 3, 29 jan. 2011.

9.
DALCASTAGNÈ, R.. Sem redenção ou resgate (resnha de O livro das impossibilidades, de Luiz Ruffato). O Globo, Rio de Janeiro, p. 5 - 5, 20 nov. 2008.

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Linhas de crueldade (resenha de Cruéis paisagens, de Ângela Maria Dias). O Globo, Brasil, p. 5 - 5, 16 fev. 2008.

11.
DALCASTAGNÈ, R.. Diferenças no olhar. Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 4 - 5, 10 mar. 2007.

12.
DALCASTAGNÈ, R.. A negação do Brasil. Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 3 - 5, 18 nov. 2006.

13.
DALCASTAGNÈ, R.. Lembranças refeitas (resenha de A rainha dos cárceres da Grécia, de Osman Lins). Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 3 - 3, 17 dez. 2005.

14.
DALCASTAGNÈ, R.. Visões múltiplas de uma mulher (resenha de A tragédia brasileira, de Sérgio Sant'Anna). Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 3 - 3, 22 out. 2005.

15.
DALCASTAGNÈ, R.. O vôo da madrugada, de Sérgio Sant'Anna. Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 5 - 5, 02 jul. 2005.

16.
DALCASTAGNÈ, R.. Em busca da forma perfeita (resenha de Avalovara, de Osman Lins). O Globo, Rio de Janeiro, p. 3 - 3, 07 maio 2005.

17.
DALCASTAGNÈ, R.. Literatura brasileira e preconceito. Correio Braziliense, Brasília, p. 30 - 30, 28 nov. 2004.

18.
DALCASTAGNÈ, R.. Um dia, em São Paulo (resenha de Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato). Correio Braziliense, Brasília, p. 10 - 10, 07 out. 2001.

19.
DALCASTAGNÈ, R.. Contos novos e velhas ausências (resenha de Geração 90: manuscritos de computador, organizado por Nelson de Oliveira). Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 5 - 5, 19 ago. 2001.

20.
DALCASTAGNÈ, R.. Andaimes da memória (resenha de As confissões prematuras, de Salim Miguel). Correio das Artes, João Pessoa, p. 19 - 19, 30 jul. 2001.

21.
DALCASTAGNÈ, R.. Boa literatura. Correio Braziliense, Brasília, p. 3 - 3, 25 mar. 2001.

22.
DALCASTAGNÈ, R.. A literatura que fez a cara da nuestra América. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 1D - 1D, 24 fev. 2001.

23.
DALCASTAGNÈ, R.. Paraíso perdido. Correio Braziliense, Brasília, p. 1 - 1, 24 dez. 2000.

24.
DALCASTAGNÈ, R.. Retratos de jovens escritoras. Correio Braziliense, caderno Pensar, Brasília, p. 1 - 2, 24 set. 2000.

25.
DALCASTAGNÈ, R.. De volta às histórias curtas. Palavra, |Belo Horizonte, , v. 16, p. 76 - 79, 01 ago. 2000.

26.
DALCASTAGNÈ, R.. Pelos aindames da memória (resenha de As confissões prematuras, de Salim Miguel). A Notícia, caderno Anexo, Joinville, p. 3 - 4, 04 jul. 1999.

27.
DALCASTAGNÈ, R.. Texto de Lessing é para iniciados (resenha de Andando na sombra, de Doris Lessing). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 2 - 2, 28 nov. 1998.

28.
DALCASTAGNÈ, R.. O riso cético de Vladimir Nabokov (resenha de Riso no escuro, de Vladimir Nabokov). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 5 - 5, 22 nov. 1998.

29.
DALCASTAGNÈ, R.. Vida inteligente além do Nobel (resenha de Paraíso, de Toni Morrison). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 6 - 6, 19 nov. 1998.

30.
DALCASTAGNÈ, R.. Autor fica no meio do caminho (resenha de As fúrias da mente, de Teixeira Coelho). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 2 - 2, 08 out. 1998.

31.
DALCASTAGNÈ, R.. Obra é uma chata sessão de slides (resenha de Notícias do mundo, de Michel Serres). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 2 - 2, 14 set. 1998.

32.
DALCASTAGNÈ, R.. Narrativa feérica (resenha de Os bêbados e os sonâmbulos, de Bernardo Carvalho). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 2 - 2, 04 jul. 1996.

33.
DALCASTAGNÈ, R.. O amor e o desamor (resenha de A ocupação americana, de Pascal Quignard). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 2 - 2, 25 abr. 1996.

34.
DALCASTAGNÈ, R.. Do livro para as telas do cinema (resenha de Razão e sensibilidade, de Jane Austen). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 2 - 2, 28 mar. 1996.

35.
DALCASTAGNÈ, R.. Angústia e drama de escritora vira livro de verdade (resenha de Vidas reais, de Alison Lurie). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 2 - 2, 14 mar. 1996.

36.
DALCASTAGNÈ, R.. Épico caboclo é rico de personagens (resenha de Os dias do demônio, de Roberto Gomes). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 2 - 2, 15 fev. 1996.

37.
DALCASTAGNÈ, R.. Crônicas gaúchas (resenha de Ibiamoré, de Roberto Bittencourt Martins). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 11 set. 1995.

38.
DALCASTAGNÈ, R.. Baile de máscaras (resenha de Café pequeno, de Zulmira Ribeiro Tavares). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 07 ago. 1995.

39.
DALCASTAGNÈ, R.. Aventuras interiores (resenha de A crença dos ladrões, de Michel Chaillou). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 05 jun. 1995.

40.
DALCASTAGNÈ, R.. A mesma história com outro olhar (resenha de Ópera dos fantoches, de Autran Dourado). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 5 - 5, 22 maio 1995.

41.
DALCASTAGNÈ, R.. O senhor dos pampas (resenha de Os senhores do século, de Luiz Antonio de Assis Brasil). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 06 fev. 1995.

42.
DALCASTAGNÈ, R.. Subúrbio (resenha de Subúrbio, de Fernando Bonassi, e Miss Danúbio, de Marçal Aquino). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 16 jan. 1995.

43.
DALCASTAGNÈ, R.. Palomar decepciona o fã de Calvino (resenha de Palomar, de Italo Calvino). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 5 - 5, 05 dez. 1994.

44.
DALCASTAGNÈ, R.. Trama surreal (resenha de O fantasma da infância, de Cristovão Tezza). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 5, 28 nov. 1994.

45.
DALCASTAGNÈ, R.. Ai daquele que volta ao passado (resenha de Cinco dias de sagração, de Cunha de Leiradella). Correio Braziliense, caderno Armazém Literário, Brasília, p. 1 - 1, 13 nov. 1993.

46.
DALCASTAGNÈ, R.. Réquiem para uma personagem (resenha de Harmada, de João Gilberto Noll). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 1 - 1, 30 ago. 1993.

47.
DALCASTAGNÈ, R.. Pequenos dramas, grandes tragédias (resenha de A festa, de Katherine Mansfield). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 1 - 1, 23 ago. 1993.

48.
DALCASTAGNÈ, R.. Pedro Malasartes ataca no extremo sul do País (resenha de Pedro de Malas Artes, de Donaldo Schüler). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 6 - 6, 26 jul. 1993.

49.
DALCASTAGNÈ, R.. O inferno da mulher na intolerância da Colônia (resenha de Ao sul do corpo, de Mary del Priore). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 6 - 6, 28 jun. 1993.

50.
DALCASTAGNÈ, R.. Fábula e ironia para revelar homem contemporâneo (resenha de O cavaleiro inexistente, de Italo Calvino). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 4 - 4, 07 jun. 1993.

51.
DALCASTAGNÈ, R.. Poeta imerge no inferno para reaver mulher amada (resenha de A cidade ausente, de Ricardo Piglia). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 8 - 8, 31 maio 1993.

52.
DALCASTAGNÈ, R.. Romance expõe vida íntima de Kahlo e Rivera (resenha de Diego e Frida, de J. M. G. Le Clézio). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 5 - 5, 20 mar. 1993.

53.
DALCASTAGNÈ, R.. Em famílias, as respostas não voam com o vento (resenha de Uma história de família, de Silviano Santiago). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 6 - 6, 23 maio 1992.

54.
DALCASTAGNÈ, R.. As contradições de um livro de recursos débeis mas original (resenha de Simulacros, de Sérgio Sant'Anna). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 6 - 6, 23 maio 1992.

55.
DALCASTAGNÈ, R.. A vida num quebra-cabeça (resenha de A vida, modo de usar, de Georges Perec). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 08 abr. 1992.

56.
DALCASTAGNÈ, R.. A guerra dos miseráveis colonos alemães no Sul (resenha de Videiras de cristal, de Luiz Antônio de Assis Brasil). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 10 - 10, 22 mar. 1992.

57.
DALCASTAGNÈ, R.. Concerto de pura poesia (resenha de Concerto a céu aberto para solos de ave, de Manoel de Barros). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 22 dez. 1991.

58.
DALCASTAGNÈ, R.. O dia em que Jesus de Nazaré lutou contra Deus (resenha de O evangelho segundo Jesus Cristo, de José Saramago). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 11 - 11, 01 dez. 1991.

59.
DALCASTAGNÈ, R.. A história do mundo vista de cima de uma árvore (resenha de O barão nas árvores, de Italo Calvino). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 10 - 10, 17 nov. 1991.

60.
DALCASTAGNÈ, R.. A briga entre amor e sexo em plena Praça Mauá (resenha de Praça Mauá, de Paulo de Carvalho-Neto). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 11 - 11, 27 out. 1991.

61.
DALCASTAGNÈ, R.. Uma fábula árabe para responder aos aiatolás (resenha de Haroun e o mar de histórias, de Salman Rushdie). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 10 - 10, 14 jul. 1991.

62.
DALCASTAGNÈ, R.. A angústia de um sobrevivente de suas histórias (resenha de Ilona chega com a chuva, de Álvaro Mutis). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 11 - 11, 07 jul. 1991.

63.
DALCASTAGNÈ, R.. A despedida literária de uma autora angustiada (resenha de A redoma de vidro, de Sylvia Plath). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 11 - 11, 16 jun. 1991.

64.
DALCASTAGNÈ, R.. A deliciosa narrativa em prosa de um poeta maior (resenha de Retrato do artista quando jovem cão, de Dylan Thomas). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 10 - 10, 19 maio 1991.

65.
DALCASTAGNÈ, R.. Velhas histórias contadas num novo romance (resenha de O castelo dos destinos cruzados, de Italo Calvino). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 18 abr. 1991.

66.
DALCASTAGNÈ, R.. As purgações individuais em um inferno coletivo (resenha de As cidades invisíveis, de Italo Calvino). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 9 - 9, 27 jan. 1991.

67.
DALCASTAGNÈ, R.. O crime sem castigo de Rubem Fonseca (resenha de Agosto, de João Gilberto Noll). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 21 nov. 1990.

68.
DALCASTAGNÈ, R.. A viagem modernista contra o marasmo cultural (resenha de O castelo de Frankenstein, vol. 2, de Salim Miguel). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 6 - 6, 19 nov. 1990.

69.
DALCASTAGNÈ, R.. Oz zumbis de verão do João Gilberto Noll (resenha de Rastros do verão, de João Gilberto Noll). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, 01 jul. 1990.

70.
DALCASTAGNÈ, R.. Anoar esqueceu de falar do Lima Barreto (resenha de As idéias sócio-literárias de Lima Barreto, de Anoar Aiex). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 4 - 4, 06 maio 1990.

71.
DALCASTAGNÈ, R.. Como o indivíduo vira massa bruta (resenha de O encantamento, de Hermann Broch). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 4 - 4, 08 abr. 1990.

72.
DALCASTAGNÈ, R.. Para ler com a navalha na jugular (resenha de Billy Bathgate, de E. L. Doctorow). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 13 mar. 1990.

73.
DALCASTAGNÈ, R.. Cadáveres da civilização (resenha de Messias, de Gore Vidal). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 06 mar. 1990.

74.
DALCASTAGNÈ, R.. A busca da identidade e o fantasma da solidão (resenha de Juliano Pavollini, de Cristovão Tezza). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 1 - 1, 07 fev. 1990.

75.
DALCASTAGNÈ, R.. Corpanzis salvos do incêndio rendem prêmio (resenha de Os corpanzis, de João Inácio Padilha). Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 4 - 4, 26 nov. 1989.

76.
DALCASTAGNÈ, R.. A disneylândia nazista. Correio Braziliense, caderno Dois, Brasília, p. 6 - 6, 12 nov. 1989.

77.
DALCASTAGNÈ, R.. Uma trégua para a vida (resenha de A trégua, de Mario Benedetti). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 10 - 10, 16 jul. 1989.

78.
DALCASTAGNÈ, R.. A hora do crepúsculo (resenha de As horas nuas, de Lygia Fagundes Telles). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 10 - 10, 02 jul. 1989.

79.
DALCASTAGNÈ, R.. As duas vidas de Antônio Conselheiros (resenha de A casca da serpente, de José J. Veiga). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 14 - 14, 11 jun. 1989.

80.
DALCASTAGNÈ, R.. Um talento de além-mar (resenha de História do cerco de Lisboa, de José Saramago). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 14 - 14, 21 maio 1989.

81.
DALCASTAGNÈ, R.. Uma aguda visão da tirania (resenha de Macbeth, de William Shakespeare). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 15 - 15, 16 abr. 1989.

82.
DALCASTAGNÈ, R.. Sebastunes lança estilo pornô nouveau (resenha de Antologia mamaluca, de Sebastião Nunes). Diário Catarinense, caderno Variedades, Florianópolis, p. 1 - 1, 07 mar. 1989.

83.
DALCASTAGNÈ, R.. Mais leitores, apesar da crise. Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 6 - 7, 15 maio 1988.

84.
DALCASTAGNÈ, R.. Navegar é preciso (resenha de A jangada de pedra, de José Saramago). Diário Catarinense, caderno Revista DC, Florianópolis, p. 2 - 2, 08 maio 1988.

85.
DALCASTAGNÈ, R.. Salim Miguel retrata sua geração (resenha de A vida breve de Sezefredo das Neves, poeta, de Salim Miguel). Diário Catarinense, caderno Variedades, Florianópolis, p. 1 - 1, 15 mar. 1988.

86.
DALCASTAGNÈ, R.. Sanatório (resenha de Sanatório, de Bruno Schulz). Correio Braziliense, caderno Correio Dois, Brasília, p. 6 - 7.

87.
DALCASTAGNÈ, R.. Para além da ?perspectiva do alpendre?. Pernambuco ? Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, p. 14 - 17.

88.
DALCASTAGNÈ, R.. Diante de uma poética de tralhas. Pernambuco ? Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, p. 14 - 17.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DALCASTAGNÈ, R.. A cidade e seus restos: de Samuel Rawet a Luiz Ruffato. In: X Congresso Internacional da Brazilian Studies Association, 2010, Brasília. Anais - Brasa X. Brasília: Brasa, 2011. p. 1-6.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. A construção do feminino no romance brasileira contemporâneo. In: Colloque International ?La voix des femmes dans les cultures de langue portugaise: penser la différence?, 2007, Paris. Actes du Colloque International du Séminaire d'Études Lusophones de l'Université Paris-Sorbonne. Paris, 2007.

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Tensões da representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara. In: Encontro Regional da ABRALIC 2007, 2007, São Paulo. Anais Online. São Paulo: Abralic, 2007. p. 1-5.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. A sobrevivência dos estereótipos: representação de grupos subalternos no romance brasileiro, de 1965 aos dias de hoje. In: X Congresso Internacional Abralic, 2006, Rio de Janeiro. Lugares dos discurso: X Congresso Internacional Abralic. Rio de Janeiro: Abralic, 2006. p. 1-20.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Saindo do alpendre: alteridade e resistência na obra de Sérgio Sant'Anna. In: X Encontro Regional da Associação Brasileira de Literatura Comparada, 2005, Rio de Janeiro. Sentidos dos lugares. Rio de Janeiro: Abralic, 2005. v. 1. p. 1-6.

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre a mãe e a mulher: 30 anos de história e literatura. In: 7º Seminário Nacional Mulher e Literatura, 1999, Niterói. Mulher e literatura: trabalhos apresentados no 7º Seminário Nacional. Niterói: Eduff, 1997. v. 1. p. 170-176.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Retrato sem parede: o Bom Crioulo, de Adolfo Caminha. In: X Seminário Internacional de História da Literatura, 2014, Porto Alegre. Anais do X Seminário Internacional de História da Literatura. Editora da PUC-RS: Porto Alegre, 2014. v. 1. p. 1-11.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. A mulher no cinema e na literatura contemporâneos. In: II Seminário Internacional Enfoques Feministas e o Século XXI/VI Encontro da Rede Brasileira de Estudos e Pesquisas Feministas/II Encontro Internacional Política e Feminismo, 2008, Belo Horizonte. Enfoques feministas e os desafios contemporâneos. Belo Horizonte: REDEFEM, 2008. p. 176-176.

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Representações da migração feminina na literatura brasileira contemporânea. In: Fazendo Gênero 8, 2008, Florianópolis. Fazendi Gênero 8: corpo, violência e poder. Florianópolis: UFSC, 2008.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Personagens escritores na ditadura brasileira. In: VIII Congresso Internacional de Humanidades, 2005, Brasília. Palavra e cultura na América latina: heranças e desafios. IL/UnB: Brasília, 2005. v. 1. p. 16-16.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Alteridade e resistência na obra de Sérgio Sant'Anna. In: X Encontro Regional da ABRALIC, 2005, Rio de Janeiro. X Encontro Regional da ABRALIC. Rio de Janeiro: ABRALIC, 2005. p. 112-112.

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Personagens escritores na ditadura brasileira. In: Oitavo Congresso Internacional de Humanidades, 2005, Brasília. Palavra e conflito na América Latina: conflitos e desafios. Brasília: UnB, 2005. p. 16-16.

7.
DALCASTAGNÈ, R.. Macacos fora de seus galhos: desafiando barreiras na literatura e na vida. In: IX Congresso Internacional ABRALIC, 2004, Porto Alegre. Travessias: IX Congresso Internacional ABRALIC 2004. Porto Alegre: ABRALIC, 2004. p. 417-417.

8.
DALCASTAGNÈ, R.. A personagem feminina na narrativa brasikeira dos anos 1990. In: X Seminário Nacional Mulher e Literatura/I Seminário Internacional Mulher e Literatura, 2003, João Pessoa. Mulheres no mundo: etnia, marginalidade e diáspora. João Pessoa: Idéia, 2003. p. 94-95.

9.
DALCASTAGNÈ, R.. Vozes nas sombras: autenticidade e legitimidade na representação de grupos marginalizados. In: VIII Congresso Internacional ABRALIC, 2002, Belo Horizonte. VIII Congresso Internacional ABRALIC 2002: Mediações. Belo Horizonte: ABRALIC, 2002. p. 93-93.

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Um corpo negado: a figura da criada em Avalovara, de Osman Lins, e em El obsceno pájaro de la noche, de José Donoso. In: Colóquio Palavra e Cultura na América Latina, 2002, Brasília. Colóquio Palavra e Cultura na América Latina: Herança e Desafios. Brasília: UnB, 2002. p. 14-14.

Apresentações de Trabalho
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Para que serve a crítica, afinal?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DALCASTAGNÈ, R.. O que o golpe não vai conseguir calar. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
DALCASTAGNÈ, R.. O rumor da vida: sobre escrita, afetos e revolução. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Por que eles querem nos calar: sobre golpe, pesquisa e literatura. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
DALCASTAGNÈ, R.. O que o golpe quer calar: literatura e política no Brasil hoje. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
DALCASTAGNÈ, R.. O lugar das mulheres no campo literário brasileiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
DALCASTAGNÈ, R.. conferência de encerramento: Dobrando a esquina: literatura e periferia no Brasil hoje. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
DALCASTAGNÈ, R.. A escrita como espaço do possível. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
DALCASTAGNÈ, R.. Conferência de abertura: Nous sommes encore là: littérature et résistance dans le Brésil actuel. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Até quando? Sobre a necessidade de imaginar outras narrativas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
DALCASTAGNÈ, R.. A personagem do romance brasileiro contemporâneo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
DALCASTAGNÈ, R.. Mesa redonda Literatura e feminismo: a luta em forma de letra. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
DALCASTAGNÈ, R.. O prego e o rinoceronte: literatura e resistência no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
DALCASTAGNÈ, R.. Conferência de abertura Tão longe, tão perto: literatura e suas margens. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
DALCASTAGNÈ, R.. Conferência de abertura A ilusão do real: o Brasil que vê, o Brasil que se narra. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
DALCASTAGNÈ, R.. Mesa plenária Artes e revolução. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
DALCASTAGNÈ, R.. Pontos de fora da curva: o que resiste na literatura brasileira contemporânea. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
DALCASTAGNÈ, R.. Conferência de abertura O que escondem os muros do universal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
DALCASTAGNÈ, R.. Literatura e resistência. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
DALCASTAGNÈ, R.. Metodologia de pesquisa em literatura. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
DALCASTAGNÈ, R.. Aula inaugural Do que se fala quando falamos de literatura: sobre a crítica hoje no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre becos e salões: literatura de autoria negra no Brasil hoje. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
DALCASTAGNÈ, R.. Colocar-se em palavras: memórias de um percurso íntimo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
DALCASTAGNÈ, R.. A escrita como abrigo: Samuel Rawet e a experiência urbana. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
DALCASTAGNÈ, R.. Eles ainda estão aqui: literatura e ditadura no Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
DALCASTAGNÈ, R.. Literatura e resistência (conferência de abertura do VI Congresso Nacional de Pesquisa em Literatura e XVII Seminário de Estudos Literários). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
DALCASTAGNÈ, R.. O lugar das coisas, ou de como os objetos compõem o espaço narrativo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
DALCASTAGNÈ, R.. Mesa-redonda ?Políticas editoriais para periódicos da área de Letras e Linguística: critérios, tendências e perspectivas'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
DALCASTAGNÈ, R.. A conquista da cidade pela escrita, ou o local na literatura brasileira contemporânea (na mesa-redonda A ficção contemporânea). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
DALCASTAGNÈ, R.. Representación y resistencia en la literatura brasileña contemporánea. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
DALCASTAGNÈ, R.. Ruídos, interferências e dissonâncias: o que há de novo na literatura brasileira contemporânea. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
DALCASTAGNÈ, R.. A força política de uma estética dissonante. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
DALCASTAGNÈ, R.. O lugar das coisas na literatura brasileira contemporânea. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
DALCASTAGNÈ, R.. Mesa-redonda A ficção contemporânea. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
DALCASTAGNÈ, R.. Propuestas para un dialogo latinoamericano. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
DALCASTAGNÈ, R.. Mulheres negras e espaço urbano na literatura brasileira contemporânea. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

37.
DALCASTAGNÈ, R.. A disputa pela representação na literatura brasileira contemporânea. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
DALCASTAGNÈ, R.. Como folhas espalhadas pelo vento: o local na literatura brasileira contemporânea. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
DALCASTAGNÈ, R.; LINS, P. ; MOTTA, N. ; ZAPPA, R. . Mesa-redonda Território: a diversidade das vozes e a democratização dos espaços. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
DALCASTAGNÈ, R.. No supermercado: o pobre e seus espaços possíveis na literatura brasileira contemporânea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
DALCASTAGNÈ, R.. Sem raízes, nem abrigo: sobre Samuel Rawet e Oswaldo Goeldi. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
DALCASTAGNÈ, R.. Uma estética do desconforto: autoria e crise na representação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
DALCASTAGNÈ, R.. Aula inaugural do Curso de Especialização em Literatura Brasileira da PUC-RS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
DALCASTAGNÈ, R.. Espaços possíveis: a mulher e a cidade na narrativa brasileira contemporânea. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
DALCASTAGNÈ, R.. A cidade e seus restos: de Samuel Rawet a Luiz Ruffato. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
DALCASTAGNÈ, R.. Imagens fraturadas: literatura e artes plásticas no Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
DALCASTAGNÈ, R.. A cidade e seus restos: de Samuel Rawet a Luiz Ruffato. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
DALCASTAGNÈ, R.. Negros possíveis na narrativa brasileira contemporânea. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

49.
DALCASTAGNÈ, R.. Por um percurso singular: as narrativas possíveis de um imigrante libanês. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

50.
DALCASTAGNÈ, R.. A realidade e seus possíveis: representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

51.
DALCASTAGNÈ, R.. Um território em disputa: representação e auto-representação de grupos marginalizados. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

52.
DALCASTAGNÈ, R.. A mulher no romance e no cinema contemporâneos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
DALCASTAGNÈ, R.. Representações da migração feminina na literatura brasileira contemporânea. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

54.
DALCASTAGNÈ, R.. A disputa pela representação literária. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
DALCASTAGNÈ, R.. A construção do feminino no romance brasileira contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

56.
DALCASTAGNÈ, R.. Tensões da representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
DALCASTAGNÈ, R.. Identidades negras no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
DALCASTAGNÈ, R.. O corpo e a sexualidade da mulher no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
DALCASTAGNÈ, R.. Relações raciais na literatura brasileira contemporânea. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
DALCASTAGNÈ, R.. A crítica literária acadêmica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
DALCASTAGNÈ, R.. Quem é a personagem do romance brasileiro contemporâneo?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

62.
DALCASTAGNÈ, R.. Cuál es el personaje de la novela brasileña contemporánea?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
DALCASTAGNÈ, R.. Autores e personagens do romance brasileiro contemporâneo: uma comparação entre os períodos 1965-1979 e 1990-2004. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

64.
DALCASTAGNÈ, R.. O realismo e sua problematização: narrativas sobre meninos e guerras. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

65.
DALCASTAGNÈ, R.. Representações da mulher no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
DALCASTAGNÈ, R.. A construção do corpo feminino no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
DALCASTAGNÈ, R.. Exclusão e estereótipos na literatura brasileira contemporânea. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

68.
DALCASTAGNÈ, R.. Amélia não morreu: a mulher no romance brasileiro recente. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

69.
DALCASTAGNÈ, R.. A sobrevivência dos estereótipos: representação de grupos subalternos no romance brasileiro, de 1965 aos dias de hoje2006. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

70.
DALCASTAGNÈ, R.. Tendências da narrativa brasileira contemporânea. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
DALCASTAGNÈ, R.. Relações raciais e de gênero na literatura brasileira atual. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

72.
DALCASTAGNÈ, R.. A representação da mulher no romance contemporâneo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
DALCASTAGNÈ, R.. Personagens escritores na ditadura brasileira. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

74.
DALCASTAGNÈ, R.. Saindo do alpendre: alteridade e resistência na obra de Sérgio Sant'Anna. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

75.
DALCASTAGNÈ, R.. Nas tripas do cão: uma leitura política de Avalovara, de Osman Lins. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

76.
DALCASTAGNÈ, R.. Macacos fora de seus galhos: desafiando barreiras na literatura e na vida. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

77.
DALCASTAGNÈ, R.. O Brasil que se vê, o Brasil que se representa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

78.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre a ausência e a invisibilidade: representação de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

79.
DALCASTAGNÈ, R.. A personagem feminina na narrativa brasileira dos anos 90. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

80.
DALCASTAGNÈ, R.. Vozes nas sombras: autenticidade e legitimidade na representação de grupos marginalizados. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

81.
DALCASTAGNÈ, R.. Espacio de complicidad: la representación de la figura materna en la literatura brasileña contemporánea. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

82.
DALCASTAGNÈ, R.. Entre a mãe e a mulher: 30 anos de história e literatura. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
DALCASTAGNÈ, R.; DUTRA, P. ; FREDERICO, G. . Apresentação. Porto Alegre, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Vidas não contadas. São Paulo, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do júri do Prêmio Jabuti, na categoria Romance. 2016.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Comisão Técnica do Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE). 2015.

3.
DALCASTAGNÈ, R.; MACIEL, M. E. ; LEON, S. . Integrante do júri do Prêmio Cidade de Belo Horizonte, na categoria Romance. 2013.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE/2014). 2013.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do ?júri nacional? e do ?júri final? do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa 2010/2011. 2011.

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do júri do Prêmio São Paulo de Literatura. 2011.

7.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do júri do 6º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. 2011.

8.
DALCASTAGNÈ, R.. Enciclopédia Virtual de Literatura Brasileira. 2007.

9.
DALCASTAGNÈ, R.; REZENDE, B. ; RESENDE, F. V. . Programas Jovens Artistas. 2006.

10.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do Júri Nacional do Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira 2005/2006. 2006.

11.
DALCASTAGNÈ, R.. Integrante do Júri Nacional do Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira 2004/2005. 2005.

12.
DALCASTAGNÈ, R.. 11º Concurso de Contos Luiz Vilela. 2001.

Trabalhos técnicos
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Parecer ad hoc para a revista Itinerários. 2011.

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Parecer ad-hoc para Editoral UEL. 2010.

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Parecer ad-hoc no processo de seleção de periódicos da coleção SciELO Brasil. 2008.

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Pareceres ad-hoc no processo de seleção do Prociência UERJ-FAPERJ. 2006.

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Parecer ad-hoc para a Editora UEL. 2006.

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Pareceres ad-hoc para a Editora UFG. 2005.

Redes sociais, websites e blogs
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Espaços hostis, corpos insubmissos. 2016. (Blog).

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Crise e violência na representação literária. 2016. (Blog).

3.
DALCASTAGNÈ, R.. A construção do feminino no romance brasileiro contemporâneo. 2016. (Blog).

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Por que precisamos de escritoras e escritores negros?. 2016. (Blog).

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Lygia Fagundes Telles e a ambiguidade feminina. 2016; Tema: http://www.nonada.com.br/2016/03/lygia-fagundes-telles-e-a-ambiguidade-feminina/. (Site).

6.
DALCASTAGNÈ, R.. Quem pode fazer literatura, afinal?. 2016. (Blog).

7.
DALCASTAGNÈ, R.. ?Nossos antepassados venceram sem cotas?. 2016. (Blog).

8.
DALCASTAGNÈ, R.. A escrita como abrigo: Samuel Rawet e a experiência urbana. 2016; Tema: Samuel Rawet. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
DALCASTAGNÈ, R.. Fora do retrato, no meio da história: a Brasília contada pelas periferias. 2018. (Relatório de pesquisa).

2.
DALCASTAGNÈ, R.. Narrativas da cidade: Brasília e a experiência urbana na literatura brasileira contemporânea. 2017. (Relatório de pesquisa).

3.
DALCASTAGNÈ, R.. Ocupações populares do espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea. 2016. (Relatório de pesquisa).

4.
DALCASTAGNÈ, R.. Mulheres e espaço urbano: gênero, raça e classe na literatura brasileira contemporânea. 2015. (Relatório de pesquisa).

5.
DALCASTAGNÈ, R.. Ocupações populares do espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea. 2015. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MATA, A. L. N.; TENNINA, L.; DALCASTAGNÈ, R.. Participação em banca de Aline Teixeira da Silva Lima. Do malandro ao bandido: representações de personagens periféricos em Marcos Rey e Paulo Lins. 2018. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

2.
ROCHA, D. G.; DALCASTAGNÈ, R.; PEREIRA, E. L.. Participação em banca de Dandara Baçã de Jesus Lima. Contribuições da literatura para a formação do profissonal de saúde: Carolina Maria de Jesus e equidade racial. 2018. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília.

3.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N.; SILVA, G. M. B. L. F.. Participação em banca de Rosângela Lopes da Silva. A sofredora do ver e a urgência da escrita: a poética de Maura Lopes Cançado. 2017. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

4.
SILVA, M. S.; DALCASTAGNÈ, R.; BIRMAN, D.. Participação em banca de Lua Gill da Cruz. (Sobre)viver: luto, culpa e narração na literatura pós-ditatorial. 2017. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
LEAL, V. M. V.; DALCASTAGNÈ, R.; GOIS, E. C. A.. Participação em banca de Aline Paiva de Lucena. Por afetos e leituras transbordantes: os limites da coleção Amores Extremos. 2016. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

6.
DALCASTAGNÈ, R.; HOSSNE, A. S.; MATA, A. L. N.. Participação em banca de Gabriel Estides Delgado. A negociação social do espaço em Inferno provisório, de Luiz Ruffato. 2014. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

7.
DALCASTAGNÈ, R.; BARBOSA, L. M. A.; CARVALHO, E. R.. Participação em banca de Danilo Roberto Silva de Oliveira. Homem na estrada: a narrativa dos Racionais MC?s. 2014. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

8.
DALCASTAGNÈ, R.; BARBOSA, L. M. A.; LEAL, V. M. V.. Participação em banca de Andressa Marques da Silva. Por uma promessa de vida mais viva: relações afetivas de mulheres negras no rap e no romance brasileiro contemporâneo. 2013. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

9.
KAMITA, R.; DALCASTAGNÈ, R.; COELHO, M. C.; FURLAN, S.. Participação em banca de Marco Antônio Francelino de Oliveira. Depois da última página: intertextualidade entre HQs e literatura na graphic novel A líga extraordinária. 2013. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
DALCASTAGNÈ, R.; THOMAZ, P. C.; MATA, A. L. N.. Participação em banca de Gabriel Antunes Magalhães Ramos da Silva. A escrita errante de Samuel Rawet. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

11.
DALCASTAGNÈ, R.; PIMENTEL, H. U.; LEAL, V. M. V.. Participação em banca de Ludimila Moreira Menezes. Entreatos de uma vida não fascista: as múltiplas faces de Patrícia Galvão. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

12.
DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L.; MATA, A. L. N.. Participação em banca de Pedro Galas Araújo. Trato desfeito: o revés autobiográfico na literatura brasileira contemporânea. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

13.
DALCASTAGNÈ, R.; LIMA, S. M.; THOMAZ, P. C.. Participação em banca de Laeticia Jensen Eble. Imagens convergentes: os anônimos de Oswaldo Goeldi e Luiz Ruffato. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

14.
SCHWANTES, C.; DALCASTAGNÈ, R.; DINIZ, D.. Participação em banca de Mariana de Moura Coêlho. Sexualidades em questionamento: uma abordagem queer sobre Caio Fernando Abreu. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

15.
DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V.; THOMAZ, P. C.. Participação em banca de Marina Farias Rebelo. Sobre ruídos, resistência e identidade: autorrepresentação feminina negra em Marilene Felinto e Nega Gizza. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

16.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, F. P.; LEAL, V. M. V.. Participação em banca de Bruna Paiva de Lucena. Espaços em disputa: o cordel e o campo literário brasileiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

17.
GOMES, A. L.; DALCASTAGNÈ, R.; CASTRO, R. C. A.. Participação em banca de Laura Castro de Araújo. Dramaturgia em trânsito: o teatro de Maria Adelaide Amaral da página às telas. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

18.
DALCASTAGNÈ, R.; BERBERENA, R. A.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Paula Diniz Lins. O pobre em cena: representação no cinema brasileira contemporâneo. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

19.
DALCASTAGNÈ, R.; RAMOS, T. R. O.; SCHWANTES, C.. Participação em banca de Larissa de Araújo Dantas. Espaços de visibilidade: trajetórias possíveis no campo literário brasileiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

20.
GOMES, A. L.; DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L.. Participação em banca de Gleiser Mateus Ferreira Valério. Do romance ao teatro: a teatralidade como fonte de representação na obra de Sérgio Sant?Anna. 2008. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

21.
ALMARZA, S.; DALCASTAGNÈ, R.; SEGATTO, R. L.. Participação em banca de Ana Paula Castello Branco Soria. Entre a dor de ser cigano e o orgulho de ser romà: auto-representação dos romà nas obras de Jorge Nedich. 2008. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

22.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, L. A. F. B.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Igor Ximenes Graciano. O gesto literário em três atos: a narrativa de Sérgio Sant'Anna. 2008. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

23.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, L. A. F. B.. Participação em banca de Janaína Rocha Silva. Entre música e marginalidade: o discurso malandro em João Antônio e suas repercussões na atualidade. 2008. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

24.
ZONIN, L. O.; DALCASTAGNÈ, R.; SILVA, M. C.. Participação em banca de Mirele Carolina Werneque Jacomel. Na contramão da ordem vigente: a mulher no contexto da ditadura militar em Tropical sol da liberdade, de Ana Maria Machado. 2008. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

25.
FARIA, Z.; DALCASTAGNÈ, R.; SANTANA, J. A.. Participação em banca de Flávio Pereira Camargo. Nas trilhas da poética de Osman Lins: um estudo sobre a metaficcionalidade. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás.

26.
SANTOS, L. A. F. B.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMEZ, G. I. R.. Participação em banca de Farley Eduardo Lamines Pereira. No limite da ficção: comparações entre literatura e RPG ? Role Playing Games. 2007. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

27.
GINZBURG, J.; DALCASTAGNÈ, R.; ROSENBAUM, Y.. Participação em banca de Moacyr Vergara de Godoy Moreira. Linguagem e melancolia em Laços de família: histórias feitas de muitas histórias. 2007. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

28.
DALCASTAGNÈ, R.; WALTY, I. L. C.; VIDAL, P.. Participação em banca de Liana Aragão Lira Vasconcelos. Estratégias de atuação no mercado editoral: Marcelino Freire e a geração 90. 2007. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

29.
DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.; AZEVEDO, L.. Participação em banca de Anderson Luís Nunes da Mata. O silêncio das crianças: representações da infância na narrativa brasileira contemporânea. 2006. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

30.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, L. A. F. B.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Ludmilla Oliveira dos Santos. Na corda bamba: o espaço da criança na obra de Lygia Bojunga. 2006. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

31.
SEGATTO, R. L.; DALCASTAGNÈ, R.; PINHO, O. A.. Participação em banca de Waldemir Rosa. Homem preto no gueto: um estudo sobre a masculinidade no rap brasileiro. 2006. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

32.
DALCASTAGNÈ, R.; CUNHA, E. L.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Enio Alves Vieira Filho. A fratura da nação em Viva o povo brasileiro, de João Ubaldo Ribeiro. 2005. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

33.
RODRIGUEZ, B. M.; DALCASTAGNÈ, R.; WEINHARDT, M.. Participação em banca de Marcos Antonio Zibordi. Jornalismo alternativo e literatura marginal em Caros Amigos. 2004. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Paraná.

34.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; MADEIRA, M. A.. Participação em banca de Cleverson Alberto Rocho. O outro na narrativa testemunhal: um estudo a partir de Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus. 2004. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

35.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; PRADO, A. A.. Participação em banca de Patrícia Mattos de Oliveira. Cacos de telha, retalhos humanos: uma poética do irremediável em Lima Barreto. 2004. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

36.
PEREIRA, M. A.; DALCASTAGNÈ, R.; DINIZ, T. F. N.. Participação em banca de Kênia Aulízia Herédia. Literatura e cinema: no percurso da ex-tradição. 2004. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

37.
DALCASTAGNÈ, R.; LOPES, D.; MARTINS, G. F.. Participação em banca de Stella Montalvão Ferraz. Representando o preconceito: o eu e o outro em contos brasileiros contemporâneos. 2004. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

38.
DALCASTAGNÈ, R.; MARQUES, R. M.; SANTOS, R. C. P.. Participação em banca de Susana Moreira de Lima. Espaços possíveis: identidade e legitimidade social em Os sinos da agonia, de Autran Dourado. 2003. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

39.
DALCASTAGNÈ, R.; WALTY, I. L. C.; DUARTE, L. P.. Participação em banca de Maria do Carmo de Oliveira Moreira dos Santos. Imagens urbanas: uma leitura dos signos da cidade contemporânea no espaço narrativo de João Antônio e Luiz Ruffato. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

40.
SEGATTO, R. L.; DALCASTAGNÈ, R.; CARVALHO, J. J.. Participação em banca de Tatiana Souza Guedes. Versos aprisionados: uma etnografia da Papuda pelas letras do rap. 2003. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

41.
BASTOS, H.; DALCASTAGNÈ, R.; WEBER, J. H.. Participação em banca de Alexandre Simões Pilati. A representação da condição de autor periférico na poesia de Ferreira Gullar. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

42.
DALCASTAGNÈ, R.; BASTOS, H.; LOPES, D.. Participação em banca de Marcus Corrêa Fernandes. Narrativa e experiência na obra de Samuel Rawet. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

43.
DALCASTAGNÈ, R.; ALMARZA, S.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Elzimar Fernanda Nunes. A reescrita da história em Calabar, o elogio da traição, de Chico Buarque e Ruy Guerra. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

44.
DALCASTAGNÈ, R.; PEREIRA, M. A.; LIMA, R. S.. Participação em banca de Zak Zangrando Cardoso. Literatura e outros jogos. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

45.
STEVENS, C. M.; DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.. Participação em banca de Sandra Araújo de Lima. Mulheres em Lobato: uma leitura feminista das obras Reinações de Narizinho e A chave do tamanho. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

46.
ALMARZA, S.; DALCASTAGNÈ, R.; MELLO, A. M. L.. Participação em banca de Patrícia Rossi de Oliveira. Confissões e confusões na esteira da memória: A voz submersa, de Salim Miguel. 2001. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

47.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; AMADO, J.. Participação em banca de Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva. Vozes da loucura, ecos na literatura: o espaço do louco em O exército de um homem só, de Moacyr Scliar, e Armadilha para Lamartine, de Carlos & Carlos Sussekind. 2001. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

48.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; SIEWIERSKI, H.. Participação em banca de Joseana Geaquinto Paganine. O engajamento poético em A hora da estrela, de Clarice Lispector. 2000. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

49.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GINZBURG, J.. Participação em banca de Ilar Gorette Ribeiro. Caminho poético: uma leitura do espaço em Baira-mar, de Pedro Nava. 2000. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

50.
BASTOS, H.; DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Adriana de Fátima Barbosa Araújo. Como a luz branca nas cores do espectro ou A construção da subjetividade de Uma noite em Curitiba de Cristovão Tezza. 1999. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

51.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; VENTURA, A. F.. Participação em banca de Adelaide Calhman de Miranda. Diálogos sobre fronteiras: a arquitetura do Retábulo de Santa Joana Carolina de Osman LIns. 1999. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

52.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; SIEWIERSKI, H.. Participação em banca de Ivanilda Barbosa. Armadilha para Lamartine e Uma noite em Curitiba: interioridade e exterioridade no espaço da memória. 1999. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

53.
DALCASTAGNÈ, R.; BANDEIRA, L. M.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Virgínia Maria Vasconcelos Leal. Encontros e desencontros discursivos em As meninas de Lygia Fagundes Telles. 1999. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

54.
DALCASTAGNÈ, R.; SIEWIERSKI, H.; VELOSO, M.. Participação em banca de Marcelo Azevedo Larroyed. A literatura em teses: caminhos e descaminhos da pesquisa no Brasil (1970/1996). 1998. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

55.
BASTOS, F. J. M.; DALCASTAGNÈ, R.; SIEWIERSKI, H.. Participação em banca de Piotr Lech Kilanowski. As caretas do duplo: um estudo de alguns casos do duplo na literatura brasileira contemporânea. 1997. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
DALCASTAGNÈ, R.; PILATI, A.; MELLO, J. A.; THOMAZ, P. C.. Participação em banca de Gabriel Estides Delgado. Poéticas da desigualdade social na literatura brasileira contemporânea. 2018. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

2.
FONSECA, M. N. S.; DALCASTAGNÈ, R.; TAVARES, A. P.; DUARTE, E. A.; MATTA, I.. Participação em banca de Franciane Conceição da Silva. Corpos dilacerados: a violência em contos de escritoras africanas e afro-brasileiras. 2018. Tese (Doutorado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

3.
AZEVEDO, L.; DALCASTAGNÈ, R.; SEIDEL, R. H.; FRANCA, D. C.; QUEIROZ, M. B.. Participação em banca de Elizangela Maria dos Santos. Modos de pensar a literatura e a arte contemporânea depois da internet. 2017. Tese (Doutorado em LITERATURA E CULTURA) - Universidade Federal da Bahia.

4.
DALCASTAGNÈ, R.; DUARTE, E. A.; SILVA, G. M. B. L. F.; LEAL, V. M. V.; MATA, A. L. N.. Participação em banca de Bruna Paiva de Lucena. ?É fácil ver a chuva quando você não se molha?: os gabinetes da historiografia literária e do cordel e as poéticas a céu aberto. 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

5.
PRADO, M. A. M.; DALCASTAGNÈ, R.; MAHEIRIE, K.; MARQUES, A. C. S.; SILVA, R. H. A.. Participação em banca de Otacílio de Oliveira Júnior. Entre a luta, a voz e a palavra: partilhas de sentido no sarau de periferia. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
DALCASTAGNÈ, R.; TENNINA, L.; LEHNEN, L.; THOMAZ, P. C.. Participação em banca de Laeticia Jensen Eble. Uma quebrada que fala, uma periferia que se escreve: literatura e movimento hip-ho. 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

7.
ZOLIN, L. O.; DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N.; FELDMAN, A. K. T.; ZAPPONE, M. H.. Participação em banca de Joyce Luciane Correia Muzi. Um caleidoscópio em movimento: representações da professora no romance contemporâneo de autoria feminina. 2016. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
CORNELSEN, E. L.; DALCASTAGNÈ, R.; ARBEX, M. M. V.; CURY, M. Z. F.; BINES, R. K.. Participação em banca de Michel Mingote Ferreira de Azara. Paisagem e perambulação urbana: Samuel Rawet em diálogo com as artes visuais. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

9.
HOSSNE, A. S.; DALCASTAGNÈ, R.; ZILBERMANN, R.; LAJOLO, M.; NATALI, M. P.. Participação em banca de Patrícia Trindade Nakagome. A vida e a vida do leitor: um conceito formado no espelho. 2015. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

10.
ANGELINI, P. R. K.; DALCASTAGNÈ, R.; OLIVEIRA, R. P.; AMODEO, M. T.; BERBERENA, R. A.. Participação em banca de Ilmara Valois Bacelar Figueiredo Coutinho. Margens limiares da prosa de ficção contemporânea: a poética do fragmento em Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato, e Ó, de Nuno Ramos. 2014. Tese (Doutorado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
SCHWANTES, C.; ALMEIDA, S. R G.; DINIZ, D.; DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V.. Participação em banca de Adelaide Calhman de Miranda. Pensar o local: gênero e espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea. 2013. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

12.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; LEAL, V. M. V.; MACEDO, A. G.; BRANDAO, I. F. O.. Participação em banca de Edma Cristina Alencar de Gois. Cartografias dissonantes: corporalidades femininas em narrativas brasileiras contemporâneas. 2013. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

13.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; COSSON, R.; SCHWANTES, C.; LIMA, S. M.. Participação em banca de Ana Luiza Montalvão Maia. Um rio entre dois mundos: espaço, memória e narrador nas obras Relato de um certo Oriente e Dois irmãos, de Milton Hatoum. 2011. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

14.
SCHMIDT, S. P.; DALCASTAGNÈ, R.; DUARTE, E. A.; MUZART, Z. L.; COSTA, C. L.. Participação em banca de Sandra Maria Job. Em texto e no contexto social: mulher e literatura afrobrasileiras. 2011. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

15.
DALCASTAGNÈ, R.; VIDAL, P.; FARIAS. E. S.; PIRES, M. I. E.; LIMA, R. S.. Participação em banca de Anderson Luís Nunes da Mata. As fraturas no projeto de uma literatura nacional: representação na narrativa brasileira contemporânea. 2010. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

16.
ARAUJO, A. G.; DALCASTAGNÈ, R.; FERREIRA, E.; ANDRADE, A. C.; MAGALHAES, L. A. M.. Participação em banca de Edson Soares Martins. O romance e seu direito ao grito: mimésis e representação em A rainha dos cárceres da Grécia e A hora da estrela. 2010. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal da Paraíba.

17.
NITRINI, S.; DALCASTAGNÈ, R.; SILVA, M. I. L.; HOSSNE, A. S.; PARREIRA, M. P.. Participação em banca de Nelson Luís Barbosa. Infinitivamente pessoal: a autoficção de Caio Fernando Abreu, o biógrafo da emoção. 2009. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

18.
DUARTE, E. A.; DALCASTAGNÈ, R.; OLIVEIRA, A. P.; ALEXANDRE, M. A.; FRANCISCO, D.. Participação em banca de Adélcio de Sousa Cruz. Narrativas contemporâneas da violência: Fernando Bonassi, Paulo Lins e Ferréz. 2009. Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

19.
FARIA, Z.; DALCASTAGNÈ, R.; CÀNOVAS, S. Y. L. M.; CARVALHO, M. L. F. L.; YOKOZAWA, S. F. C.. Participação em banca de Ronaldo Elias Borges. Personagens e escrita diante do espelho: a questão do duplo em quatro romances de Roberto Drummond. 2009. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás.

20.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; SCHWANTES, C.; PIRES, A. D.; CHIARELLI, S.. Participação em banca de Luiz Carlos Menezes dos Reis. Deslocamentos e temporalidades: o contato possível em Samuel Rawet. 2009. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

21.
RAMOS, T. R. O.; DALCASTAGNÈ, R.; CURY, M. Z. F.; WEBER, J. H.; CRUZ, C. C. A.. Participação em banca de Raul José de Matos Arruda Filho. A invenção do inimigo: literatura e fraternidade. 2008. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

22.
DALCASTAGNÈ, R.; RAMOS, T. R. O.; VILLARINO PARDO, C.; SCHWANTES, C.; STEVENS, C. M.. Participação em banca de Virgínia Maria Vasconcelos Leal. As escritoras contemporâneas e o campo literário brasileiro: uma relação de gênero. 2008. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

23.
DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L.; MELO, M. T. F. N.; PIRES, M. I. E.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Susana Moreira de Lima. O outono da vida: trajetórias do envelhecimento feminino em narrativas brasileiras contemporâneas. 2008. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

24.
DALCASTAGNÈ, R.; TELLES, N. A.; ALMEIDA, A.; STEVENS, C. M.; SCHWANTES, C.. Participação em banca de Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva. Olhando sobre o muro: representações de loucos na literatura brasileira contemporânea. 2008. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

25.
DALCASTAGNÈ, R.; WALTY, I. L. C.; PERPÉTUA, E. D.; FONSECA, M. N. S.; CURY, M. Z. F.. Participação em banca de Mary Márcia Alves. Espaços de repressão: retratos de in/exclusão. 2006. Tese (Doutorado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

26.
DALCASTAGNÈ, R.; BETTI, M. S.; NUNES, L. A. F. F.; GOMES, A. L.; MADEIRA, M. A.. Participação em banca de José Fernando Marques de Freitas Filho. Com os séculos nos olhos: teatro musical e expressão política no Brasil, 1964-1979. 2006. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

27.
DALCASTAGNÈ, R.; FACIOLI, V.; NITRINI, S.; FERREIRA, E.; AMÂNCIO, M.. Participação em banca de Hugo Afonso de Almeida Souza. Osman Lins: a chama grega do cárcere Brasil. 2005. Tese (Doutorado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

28.
DALCASTAGNÈ, R.; REZENDE, B.; AMÂNCIO, M.; SILVA, M. S.. Participação em banca de Eloésio Paulo dos Reis. Literatura e loucura: o escritor no hospício em três romances dos anos 70. 2004. Tese (Doutorado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

29.
BASTOS, H.; DALCASTAGNÈ, R.; PRADO, A. A.; MAGALHÃES, B.; FERNANDES, R. C.. Participação em banca de Deane Maria Fonseca de Castro e Costa. O nervo exposto da literatura: o escritor e a experiência literária periférica em A rainha dos cárceres da Grécia de Osman Lins. 2004. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
DALCASTAGNÈ, R.; FARIAS. E. S.; PILATI, A.. Participação em banca de Gabriel Estides Delgado. Poéticas da desigualdade social na literatura brasileira contemporânea. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

2.
GONCALVES, A. B. R.; DALCASTAGNÈ, R.; VIEIRA, E. R. P.. Participação em banca de Humberto Fois-Braga. Coleções literárias, narrativas de viagem e garimpagem de experiências: dos relatos de viagem no projeto multimídia Amores Expressos. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: Estudos Literários) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

3.
ZOLIN, L. O.; DALCASTAGNÈ, R.; FELDMAN, A. K. T.. Participação em banca de Joyce Luciane Correia Muzi. Que professora é essa? Representações da personagem professora na narrativa contemporânea de autoria feminina. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; TONUS, J. L.. Participação em banca de Marco Antônio Rodrigues. De Policarpo Quaresmo a Máximo Modesto: o funcionário público na literatura brasileira de ficção. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

5.
ALMARZA, S.; DALCASTAGNÈ, R.; COSTA, C. B.. Participação em banca de Zuleica Maria Souza Porto. Vozes do mar e do sertão: a literatura oral no Ceará e na obra de Natércia Campos. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

6.
SCHWANTES, C.; DALCASTAGNÈ, R.; STEVENS, C. M.. Participação em banca de Adelaide Calhman de Miranda. Espaços de resistência: cidade, gênero e sexualidades nas literaturas brasileiras e norte-americana contemporâneas. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

7.
DALCASTAGNÈ, R.; LEAL, V. M. V.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Edma Cristina Alencar de Góis. Representações de corpos femininos por autoras brasileiras contemporâneas. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

8.
FARIAS. E. S.; DALCASTAGNÈ, R.; VELOSO, M.. Participação em banca de Clovis Carvalho Britto. Frestas na janela: poesia de autoria feminina e cânone literário brasileiro (trajetória e práticas literárias na segunda metade do século XX). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de Brasília.

9.
DALCASTAGNÈ, R.; BERBERENA, R. A.; PIRES, M. I. E.. Participação em banca de Anderson Luís Nunes da Mata. O conceito de representação na narrativa brasileira: as fraturas no projeto de uma literatura nacional. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

10.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; MULLER, A.. Participação em banca de Luiz Carlos Menezes dos Reis. O contato possível: leitura de Samuel Rawet. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

11.
FARIA, Z.; DALCASTAGNÈ, R.. Participação em banca de Ronald Elias Borges. Formas da representação do duplo em quatro romances de Roberto Drummond. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás.

12.
DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.; VIDAL, P.. Participação em banca de Susana Moreira de Lima. O outono da vida: trajetórias do envelhecimento feminino na literatura brasileira contemporânea. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

13.
DALCASTAGNÈ, R.; JODELET, D.; SCHWANTES, C.. Participação em banca de Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva. Personagens da insanidade: imagens da alteridade. Representações de loucos na literatura brasileira (1951-2001). 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

14.
MOTTA, L. G.; DALCASTAGNÈ, R.; CUNHA, M. J. C.; SILVA, L. M.; ADHIRNI, Z. L.. Participação em banca de Paulo Roberto Assis Paniago. Nem mar, nem terra: o jornalismo literário de revistas. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Comunicação) - Universidade de Brasília.

15.
DALCASTAGNÈ, R.; SCHWANTES, C.; VIDAL, P.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Virgínia Maria Vasconcelos Leal. As escritoras e o campo literário brasileiro: uma relação de gênero. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

16.
WALTY, I. L. C.; DALCASTAGNÈ, R.; FONSECA, M. N. S.. Participação em banca de Mary Márcia Alves. Espaços de repressão: retratos de in/exclusão. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

17.
DALCASTAGNÈ, R.; HAZIN, E. A.; VILLAR, F.. Participação em banca de José Fernando Marques de Freitas Filho. Com os séculos nos olhos: teatro musical e expressão política no Brasil, 1964-1979. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

18.
BASTOS, H.; DALCASTAGNÈ, R.; HAZIN, E. A.. Participação em banca de Deane Maria Fonsêca de Castro e Costa. O nervo exposto da literatura: o escritor e a experiência literária periférica em A rainha dos cárceres da Grécia de Osman Lins. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

19.
BASTOS, H.; DALCASTAGNÈ, R.; CARVALHO, J. J.. Participação em banca de Germana Henriques Pereira de Sousa. Carolina Maria de Jesus: o estranho diário de uma escritora vira-lata. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
FONTANA, M. G. Z.; DALCASTAGNÈ, R.; RODRIGUES, C. C.. Participação em banca de Jéssica Balbino. Pelas margens: vozes femininas na literatura periférica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Divulgação Científica e Cultural) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N.; SILVA, G. M. B. L. F.. Participação em banca de Rosângela Lopes da Silva. A sofredora do ver e a urgência da escrita: a poética de Maura Lopes Cansado. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Literatura) - Universidade de Brasília.

3.
MATA, A. L. N.; DALCASTAGNÈ, R.; MANDAGARA, P.. Participação em banca de Lúcia Tormin Mollo. Bazar Oió: uma livraria, um livreiro e um campo literário. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Literatura) - Universidade de Brasília.

4.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N.; MANDAGARA, P.. Participação em banca de Graziele Frederico. Narrativas e silêncios na ditadura militar na literatura brasileira recente. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Literatura) - Universidade de Brasília.

5.
BARBERENA, R.; DALCASTAGNÈ, R.. Participação em banca de Amanda da Silva Oliveira. Memórias de não-ouvidos: poder e gênero na literatura latino-americana. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pòs-Graduação em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

6.
ZOLIN, L. O.; DALCASTAGNÈ, R.; ZAPPONE, M. H.. Participação em banca de Lígia de Amorim Neves. Mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira: perspectivas de rupturas e continuidades. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Rejânia Maria Marins. Tecendo a malha do (des)entendimento: repressão sexual e racismo nas mulheres espartilhadas de Lygia Fagundes Telles. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

2.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Solange Brasil de Souza. O índio na literatura brasileira: de mito a autor. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

3.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Émile Paz Andrade. Discurso, loucura e resistência no ?falatório? de Stela do Patrocínio. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

4.
PIRES, M. I. E.; NUTO, J. V. C.; DALCASTAGNÈ, R.. Participação em banca de Mariane Pereira Reis. Os sentidos da marginalidade nos prefácios à obra de Lima Barreto. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

5.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Gilmar Xavier de Sousa. Histórias de uma decomposição: memórias de um filho querido ? a dissolução da família patriarcal em Cinzas do norte, de Milton Hatoum. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

6.
PIRES, M. I. E.; GOMES, A. L.; DALCASTAGNÈ, R.. Participação em banca de Anderson Silveira de França. A representação dos não-escolarizados ou com pouca instrução na literatura contemporânea: narradores e personagens de Autran Dourado, Marcelino Freire e Clarice Lispector e o mito da caverna de Platão. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

7.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; NUTO, J. V. C.. Participação em banca de Luciana Carvalho de Aguiar. Um estudo de personagem baseado na continuidade do sistema literário, por meio da consciência de atraso nacional em Fabiano e Macabéa: da catástrofe ao dilaceramento. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

8.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; NUTO, J. V. C.. Participação em banca de Lindalva Alves de Albuquerque. Visões do Norte na literatura contemporânea. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

9.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Fernanda Lino Barreto Lourenço. A representação do imigrante libanês nas obras Dois irmãos e Relato de um certo oriente, de Milton Hatoum. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

10.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Gleice Rocha Cunha Vasconcelos. Nur na escuridão, de Salim Miguel: a imigração árabe na ficção brasileira contemporânea. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

11.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Helene Lopes Klavdianos. A literatura contemporânea e a questão da (auto) representação do escritor: análise do conto A mulher cobra, de Sérgio Sant'Anna. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

12.
PIRES, M. I. E.; DALCASTAGNÈ, R.; GOMES, A. L.. Participação em banca de Maria Antônia de Sousa. O estudo do narrador em Um discurso sobre o método, de Sérgio Sant'Anna. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

13.
PEREIRA, R.; DALCASTAGNÈ, R.; BASTOS, H.. Participação em banca de Giovana Paula Santiago de Oliveira. Uma narrativa contemporânea sobre o trabalho: análise de dois fragmentos de Eles eram muitos cavalos. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

14.
PEREIRA, R.; DALCASTAGNÈ, R.; BASTOS, H.. Participação em banca de Valéria da Silva Teixeira. Uma dialética sobre mobilidade e imobilidade em O soldado amarelo de Vida secas. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

15.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; LIMA, R. S.. Participação em banca de Leda Cláudia da Silva Ferreira. A representação do negro em O menino marrom, de Ziraldo. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.

16.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; LIMA, R. S.. Participação em banca de Edna Rodrigues Araújo. A construção do riso em O exército de um homem só, de Moacyr Scliar. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DALCASTAGNÈ, R.; WALTY, I. L. C.; BASTOS, H.. Concurso público para o cargo de professor adjunto de Literatura Brasileira na UnB. 2005. Universidade de Brasília.

2.
PELLEGRINI, T.; DALCASTAGNÈ, R.; FERNANDES, M. L. O.. Concurso público para o cargo de professor adjunto no Departamento de Letras da Universidade Federal de São Carlos. 2004. Universidade Federal de São Carlos.

Outras participações
1.
DALCASTAGNÈ, R.; BERGAMO, E.; EYBEN, P.; BARRETO, J. R. F.; TINOCO, R. C.. Seleção dos ingressantes no curso de Doutorado em Literatura. 2016. Universidade de Brasília.

2.
CORREA, A. L. R.; DALCASTAGNÈ, R.; TINOCO, R. C.; HAZIN, E. A.. Seleção dos ingressantes no Doutorado em Literatura, turma de 2015. 2014. Universidade de Brasília.

3.
DALCASTAGNÈ, R.; TINOCO, R. C.; CORREA, A. L. R.; SCHWANTES, C.; BARRETO, J.. Seleção dos ingressantes no Doutorado em Literatura, turma de 2013. 2012. Universidade de Brasília.

4.
DALCASTAGNÈ, R.; CORREA, A. L. R.; PIRES, M. I. E.; LONTRA, H. O. H.. Seleção dos ingressantes no Doutorado em Literatura, turma de 2011. 2010. Universidade de Brasília.

5.
DALCASTAGNÈ, R.; MULLER, A.; BASTOS, H.; CYNTRAO, S. H.; HAZIN, E. A.. Seleção dos ingressantes no Doutorado em Literatura, turma de 2009. 2008. Universidade de Brasília.

6.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; CYNTRAO, S. H.; CORREA, A. L. R.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura, turma de 2006. 2006. Universidade de Brasília.

7.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; PIRES, A. D.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura Brasileira, turma de 2003. 2003. Universidade de Brasília.

8.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; TINOCO, R. C.. Seleção simplificada para professor substituto de Literatura Brasileira. 2003. Universidade de Brasília.

9.
DALCASTAGNÈ, R.; HAZIN, E. A.; PIRES, M. I. E.; SANTOS, R. C. P.. Seleção dos ingressantes no Doutorado em Literatura Brasileira, turma de 2004. 2003. Universidade de Brasília.

10.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E.; SANTOS, R. C. P.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura Brasileira, turma de 2002. 2002. Universidade de Brasília.

11.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; PIRES, M. I. E.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura Brasileira, turma de 2001. 2000. Universidade de Brasília.

12.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; PIRES, M. I. E.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura Brasileira, turma de 2000. 1999. Universidade de Brasília.

13.
DALCASTAGNÈ, R.; SANTOS, R. C. P.; SALVADOR, P. J.; PIRES, M. I. E.. Seleção dos ingressantes no Mestrado em Literatura Brasileira, turma de 1999. 1998. Universidade de Brasília.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4º CIELLI ? Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários.A crítica literária em periódicos brasileiros contemporâneos. 2016. (Simpósio).

2.
III Seminário de Estudos de Literatura.O lugar da crítica literária hoje. 2016. (Seminário).

3.
XXXI Encontro Nacional da ANPOLL.De lá para cá: a literatura pensada em diálogo com seu entorno. 2016. (Encontro).

4.
4ª Semana UEMG.A força política de uma estética dissonante. 2015. (Encontro).

5.
Foro Cuestiones Críticas.Representación y resistencia en la literatura brasileña contemporánea. 2015. (Simpósio).

6.
Seminários de Pesquisa VI.O lugar das coisas na literatura brasileira contemporânea. 2015. (Seminário).

7.
V Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. Ruídos, interferências e dissonâncias: o que há de novo na literatura brasileira contemporânea. 2015. (Congresso).

8.
XIV Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada ? ABRALIC. A ficção contemporânea. 2015. (Congresso).

9.
III Seminário Caminhos da Literatura Brasileira.O escritor no Brasil hoje. 2014. (Seminário).

10.
II Jornada de Literatura Afro-Brasileira Contemporânea.Para não ser trapo no mundo: mulheres negras e a cidade. 2014. (Simpósio).

11.
Festa Literária das Periferias. Páginas em branco. 2013. (Feira).

12.
III Seminário de Coordenadores de Pós-Graduação da Área de Letras e Linguística.Estudos culturais. 2013. (Seminário).

13.
III Seminário Internacional de Estudos Literários.Travessias possíveis na narrativa brasileira contemporânea. 2013. (Seminário).

14.
Literatura brasileira contemporânea - Colóquio internacional Brasil-França-Alemanhanha.No supermercado: o pobre e seus espaços possíveis na literatura brasileira contemporânea. 2013. (Simpósio).

15.
V Encontro Nacional de Língua e Literatura.Ocupações populares do espaço urbano na narrativa brasileira contemporânea. 2013. (Encontro).

16.
V Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea.No asfalto: trânsitos possíveis na narrativa brasileira contemporânea. 2013. (Simpósio).

17.
X Seminário Internacional de História da Literatura.Retrato sem parede: o Bom Crioulo, de Adolfo Caminha, na história literária brasileira. 2013. (Seminário).

18.
54th International Congress of Americanists. Sem raízes, nem abrigo: sobre Samuel Rawet e Oswaldo Goeldi. 2012. (Congresso).

19.
I SEPLEV (Seminário de Estudos em Práticas de Linguagem e Espaço Virtual).Entre o campo literário e o ciberespaço. 2012. (Seminário).

20.
Itinerância Críticas.Representações na literatura e nas artes visuais brasileiras. 2012. (Seminário).

21.
Jornada de Estudos sobre Romances Gráficos: Edição Porto Alegre.O romance gráfico em diálogo com a literatura contemporânea. 2012. (Encontro).

22.
Simpósio Internacional A Literatura Brasileira Contemporânea.Um território contestado: literatura brasileira contemporânea e as novas vozes sociais. 2012. (Simpósio).

23.
XXVIII Seminário Brasileiro de Crítica Literária. As razões da escrita e as possibilidades da crítica. 2012. (Congresso).

24.
III Seminário Nacional Literatura e Cultura da Universidade Federal de Sergipe.Que lugar é este? O espaço urbano na literatura brasileira contemporânea. 2011. (Seminário).

25.
V Colóquio Internacional Cidadania Cultural.Para que serve a literatura, afinal?. 2011. (Simpósio).

26.
XII Congresso Internacional ABRALIC. A narrativa brasileira contemporânea: um território em disputa. 2011. (Congresso).

27.
XIV Seminário Nacional e V Seminário Internacional Mulher e Literatura.Espaços possíveis: a mulher e a cidade na narrativa brasileira contemporânea. 2011. (Seminário).

28.
II Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea.Por um percurso singular: as narrativas possíveis de um imigrante libanês. 2010. (Simpósio).

29.
I Simpósio Internacional África & Brasil ? Diálogos Possíveis.Negros possíveis na narrativa brasileira contemporânea. 2010. (Simpósio).

30.
Seminário Internacional Identidade, Representação e Narrativa no Mundo de Língua Portuguesa.Representações do negro na literatura brasileira contemporânea. 2010. (Seminário).

31.
X Congresso Internacional da Brazilian Studies Association (BRASA). A cidade e seus restos: de Samuel Rawet a Luiz Ruffato. 2010. (Congresso).

32.
XI Seminário de Pesquisa/V Simpósio de Literatura.Representação: literatura e artes plásticas. 2010. (Seminário).

33.
XI Congresso de Estudos Literários. Lugares e possibilidades da personagem do romance brasileiro contemporâneo. 2009. (Congresso).

34.
XXVIII Congresso Internacional da Associação de Estudos Latino-Americanos (LASA). A realidade e seus possíveis: representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara. 2009. (Congresso).

35.
Encontro Nacional de Revistas Culturais Independentes.Participação na mesa "O que nos levou a fazer essa revista". 2008. (Encontro).

36.
Rumos Literatura.Os riscos do contemporâneo. 2008. (Simpósio).

37.
Séminaires du CRIMIC (Centre de Recherche Interdisciplinaire sur le Mondes Ibériques Contemporains).Relações raciais na literatura brasileira contemporânea. 2008. (Seminário).

38.
Seminário Internacional Fazendo Gênero 8.Representações da migração feminina na literatura brasileira contemporânea. 2008. (Seminário).

39.
VI Encontro Nacional da Rede Brasileira de Estudos e Pesquisas Feministas (REDEFEM).A mulher no romance e no cinema contemporâneos. 2008. (Encontro).

40.
Colloque International ?La voix des femmes dans les cultures de langue portugaise: penser la différence?.A construção do feminino no romance brasileira contemporâneo. 2007. (Encontro).

41.
Colóquio Internacional Brasil/França Deslocamentos e diálogos na literatura brasileira contemporânea.Um território em disputa: representação e auto-representação de grupos marginalizados. 2007. (Simpósio).

42.
Colóquio Mobilidades culturais Brasil/Canadá.Identidades negras no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Simpósio).

43.
Colóquio Projeto Temático Escritas da Violência.O realismo e sua problematização: narrativas sobre meninos e guerras. 2007. (Simpósio).

44.
Colóquio Rumos Literatura.Os riscos do contemporâneo. 2007. (Simpósio).

45.
Encuentros de interrogación. Cuál es el personaje de la novela brasileña contemporánea?. 2007. (Encontro).

46.
I Jornada de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo.O corpo e a sexualidade da mulher no romance brasileiro contemporâneo. 2007. (Seminário).

47.
Literatura e conflitos sociais.Relações raciais na literatura brasileira contemporânea. 2007. (Seminário).

48.
Seminaire International La recherche en littératures de langue portugaise: perspectives actuelles de la création et de la critique littéraires.Autores e personagens do romance brasileiro contemporâneo: uma comparação entre os períodos 1965-1979 e 1990-2004. 2007. (Seminário).

49.
Sétimo Encontro Acadêmico do Núcleo de Estudos de Linguagem e Sociedade.Exclusão e estereótipos na literatura brasileira contemporânea. 2007. (Encontro).

50.
V Jornada Internacional e III Conferência Brasileira sobre Representações Sociais. A disputa pela representação literária. 2007. (Congresso).

51.
XI Encontro Regional da ABRALIC.Tensões da representação em Sérgio Sant?Anna e João Câmara. 2007. (Encontro).

52.
I Fórum Paranaense de Estudos Literários.A representação da mulher na narrativa brasileira contemporânea. 2006. (Simpósio).

53.
II Seminário de Teses e Dissertações.Mulheres e negros no romance brasileiro contemporâneo. 2006. (Seminário).

54.
Jornada de Gênero e Literatura.O espaço da mulher no romance brasileiro. 2006. (Seminário).

55.
Simpósio Internacional Fazendo Gênero 7.Amélia não morreu: a mulher no romance brasileiro recente. 2006. (Seminário).

56.
X Congresso Internacional da Abralic. A sobrevivência dos estereótipos: representação de grupos subalternos no romance brasileiro, de 1965 aos dias de hoje. 2006. (Congresso).

57.
Seminário Diálogos Literários.Representação na literatura contemporânea. 2005. (Seminário).

58.
VIII Congresso Internacional de Humanidades. Personagens escritores na ditadura brasileira. 2005. (Congresso).

59.
X Encontro Regional da Abralic.Alteridade e resistência na obra de Sérgio Sant'Anna. 2005. (Encontro).

60.
Colloque International La literature brésilenne contemporaine, de 1970 à nos jours.O Brasil que se vê, o Brasil que se representa: a narrativa brasileira hoje. 2004. (Simpósio).

61.
Colóquio Osman Lins (Literatura, Teatro, Ensaio).Nas tripas do cão: uma leitura política de Avalovara, de Osman Lins. 2004. (Simpósio).

62.
IX Congresso Internacional Abralic. Macacos fora de seus galhos: desafiando barreiras na literatura e na vida. 2004. (Congresso).

63.
Seminários de Literatura Brasileira e Hispano-Americana Contemporânea.Representações de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea. 2004. (Seminário).

64.
Seminários em Literatura Brasileira e Hispano-Americana Contemporânea.Representações de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea. 2004. (Seminário).

65.
VI Seminário de Letras da PUC-MG São Gabriel.Representação e exclusão na narrativa brasileira contemporânea. 2004. (Seminário).

66.
I Simpósio Internacional de Literatura Brasileira e Hispano-Americana Contemporânea.Entre a ausência e a invisibilidade: representação de grupos marginalizados na narrativa brasileira contemporânea. 2003. (Simpósio).

67.
Seminário Palavras, sons e imagens da subalternidade.Negros e pobres na narrativa brasileira. 2003. (Seminário).

68.
X Seminário Nacional Mulher e Literatura/I Seminário Internacional Mulher e Literatura.A personagem feminina na narrativa brasileira dos anos 90. 2003. (Seminário).

69.
Colóquio Brasil-Chile: Palavra e cultura na América latina.Um corpo negado: a figura da criada em Avalovara, de Osman Lins, e em El obsceno pájaro de la noche, de José Donoso. 2002. (Encontro).

70.
Seminário Encontros com a Literatura Brasileira Contemporânea.Espaço e exclusão na narrativa brasileira contemporânea. 2002. (Seminário).

71.
VIII Congresso Internacional ABRALIC. Vozes nas sombras: autenticidade e legitimidade na representação de grupos marginalizados. 2002. (Congresso).

72.
Coloquio Internacional La mujer latinoamericana y su cultura en los umbrales del próximo milenio: teoría, historia y crítica.Espacio de complicidad: la representación de la figura materna en la literatura brasileña contemporánea. 1998. (Seminário).

73.
Semana da Pós-Graduação em Literatura da Universidade de Brasília.Por que estudar a literatura brasileira contemporânea. 1997. (Seminário).

74.
Sessão de Estudos Acadêmicos.Entre a mãe e a mulher: 30 anos de história e literatura. 1997. (Simpósio).

75.
VII Seminário Nacional Mulher e Literatura.Entre a mãe e a mulher: 30 anos de história e literatura. 1997. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DALCASTAGNÈ, R.; VILLARINO PARDO, C. . VI Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2016. (Congresso).

2.
DALCASTAGNÈ, R.. III Jornada Literária de Autoria Negra. 2016. (Congresso).

3.
DALCASTAGNÈ, R.; TENNINA, L. . VII Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2016. (Congresso).

4.
DALCASTAGNÈ, R.; WILLIAMS, C. ; TONUS, J. L. . IV Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2015. (Congresso).

5.
DALCASTAGNÈ, R.; TENNINA, L. . V Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2015. (Congresso).

6.
DALCASTAGNÈ, R.; DUTRA, P. . Seminários de Pesquisa VI. 2015. (Congresso).

7.
DALCASTAGNÈ, R.; LEHNEN, L. ; SANTOS, V. A. . III Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2014. (Congresso).

8.
DALCASTAGNÈ, R.; SILVA, A. C. . Seminários de Pesquisa V: Literatura, História e Sociedade ? Novas Conexões. 2014. (Outro).

9.
DALCASTAGNÈ, R.. II Jornada de Literatura Afro-Brasileira Contemporânea. 2014. (Congresso).

10.
DALCASTAGNÈ, R.. VI Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2014. (Congresso).

11.
DALCASTAGNÈ, R.; TONUS, J. L. ; BESSE, M. G. ; KENGLEL, S. ; WINK, G. . Literatura brasileira contemporânea: espaços, traduções e intermediações culturais - Colóquio internacional Brasil-França-Alemanha. 2013. (Congresso).

12.
DALCASTAGNÈ, R.; AZEVEDO, L. . V Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânenea. 2013. (Congresso).

13.
DALCASTAGNÈ, R.; EBLE, L. J. . Seminários de pesquisa IV: Desafios da literatura contemporânea. 2013. (Outro).

14.
DALCASTAGNÈ, R.; BESSE, M. G. ; TONUS, J. L. ; KENGLEL, S. ; WINK, G. . II Colóquio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea: Espaços, Traduções e Intermediações Culturais. 2013. (Congresso).

15.
DALCASTAGNÈ, R.; TONUS, J. L. . Simpósio Internacional A Literatura Brasileira Contemporânea. 2012. (Congresso).

16.
DALCASTAGNÈ, R.. IV Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2012. (Congresso).

17.
DALCASTAGNÈ, R.. III Jornada de Estudos sobre Romances Gráficos. 2012. (Congresso).

18.
DALCASTAGNÈ, R.; MATA, A. L. N. . III Simpósio Internacional sobre Literatura Contemporânea. 2011. (Congresso).

19.
DALCASTAGNÈ, R.; FERRAZ, S. M. ; MENEZES, L. M. . II Jornada de Estudos sobre Romances Gráficos. 2011. (Congresso).

20.
DALCASTAGNÈ, R.; LUCENA, B. P. . 1º Colóquio Internacional sobre Poéticas da Oralidade. 2010. (Congresso).

21.
DALCASTAGNÈ, R.; GOIS, E. C. A. ; SCHWANTES, C. . 2ª Jornada de Gênero e Literatura. 2010. (Congresso).

22.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E. . II Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea. 2010. (Congresso).

23.
DALCASTAGNÈ, R.; MENEZES, L. M. ; FERRAZ, S. M. . Jornada de Estudos sobre Romances Gráficos. 2010. (Outro).

24.
DALCASTAGNÈ, R.; DUARTE, C. L. . Grupo de Trabalho Gênero, Literatura e Linguagem. 2008. (Congresso).

25.
DALCASTAGNÈ, R.; WREGE-RASSIER, L. ; GODET, R. O. . Colóquio Internacional Brasil/França ?Deslocamentos e diálogos na literatura brasileira contemporânea?. 2007. (Congresso).

26.
DALCASTAGNÈ, R.; RAMOS, T. R. O. . Simpósio temático Ruídos na representação da mulher: preoconceitos e estereótipos na literatura e em outros discursos, dentro do Seminário Internacional Fazendo Gênero 7. 2006. (Congresso).

27.
DALCASTAGNÈ, R.. Ruídos na representação do outro: preconceitos e estereótipos na narrativa brasileira contemporânea, simpósio dentro do X Congresso Internacional da ABRALIC. 2006. (Congresso).

28.
DALCASTAGNÈ, R.. Estratégias de sobrevivência na literatura contemporânea - Grupo temático dentro do X Encontro Regional da Abralic. 2005. (Congresso).

29.
DALCASTAGNÈ, R.. Colóquio O lugar, o não-lugar e o fora-de-lugar: estratégias de deslocamentos no espaço social, dentro do IX Congresso da Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic). 2004. (Congresso).

30.
DALCASTAGNÈ, R.; PIRES, M. I. E. . I Simpósio Internacional de Literatura Brasileira e Hispano-Americana Contemporânea. 2003. (Congresso).

31.
DALCASTAGNÈ, R.. Sessão de comunicações O feminino na narrativa moderna e contemporânea, no X Seminário Nacional e I Internacional Mulher e Literatura. 2003. (Congresso).

32.
DALCASTAGNÈ, R.. Colóquio Clivagens sociais e representação literária: os grupos marginalizados na literatura brasileira, dentro do VIII Congresso da Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic). 2002. (Congresso).

33.
DALCASTAGNÈ, R.. I Jornada de Literatura Afro-Brasileira Contemporânea. 2001. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
João Pedro Coleta. Representações da ditadura no romance pós-ditatorial. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Isadora Maria Santos Dias. Sob rosa, lavanda e azul: representações da bissexualidade no romance brasileiro contemporâneo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Waldson Gomes de Souza. Afrofuturismo: autorrepresentação e autoria negra na literatura especulativa brasileira contemporânea. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Marina Farias Rebelo. O percurso para a construção de uma nação e suas subjetividades diaspóricas: autorepresentação feminina negra em Um defeito de cor. Início: 2018. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Graziele Frederico. O que pode a literatura diante da Tradição, Família e Propriedade. Início: 2017. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Berttoni Cláudio Licarião. "Lá fora segue a vida inalterada": a memória da ditadura na ficção contemporânea brasileira e argentina. Início: 2017. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

4.
Calila das Mercês. Literatura, cinema e suas margens no Brasil contemporâneo. Início: 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

5.
Andressa Marques. Representação, autorrepresentação de grupos marginalizados e o ensino de literatura. Início: 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

6.
Maria Clara Braga Machado Campello. Nascer ou tornar-se brasileiro: uma análise do processo de construção identitário de autores de autores de origem imigrante (obras publicadas entre 1980-2010). Início: 2016. Tese (Doutorado em Litterature) - Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3. (Coorientador).

7.
José Humberto Torres Filho. Uma análise da representação de intelectuais e grupos marginalizados em Quarup, de Antonio Callado. Início: 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

8.
Maria Aparecida Cruz de Oliveira. Margens deslizantes: a personagem infantil em deslocamento nos romances afro-brasileiro e moçambicano contemporâneo. Início: 2015. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Gabriel Estides Delgado. Início: 2018. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rosângela Lopes da Silva. A sofredora do ver e a urgência da escrita: a poética de Maura Lopes Cançado. 2017. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

2.
Danilo Oliveira. Homem na estrada: a narrativa dos Racionais MC?s. 2014. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

3.
Gabriel Estides Delgado. A negociação social do espaço em Inferno provisório, de Luiz Ruffato. 2014. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

4.
Andressa Marques da Silva. Por uma promessa de vida mais viva: relações afetivas de mulheres negras no rap e no romance brasileiro contemporâneo. 2013. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

5.
Gabriel Antunes Magalhães Ramos da Silva. A escrita errante de Samuel Rawet. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

6.
Pedro Galas Araújo. Trato desfeito: o revés autobiográfico na literatura brasileira contemporânea. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

7.
Laeticia Jensen Eble. Imagens convergentes: os anônimos de Oswaldo Goeldi e Luiz Ruffato. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

8.
Ludimila Moreira Menezes. Entreatos de uma vida não fascista: as múltiplas faces de Patrícia Galvão. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

9.
Marina Farias Rebelo. Sobre ruídos, resistência e identidade: autorrepresentação feminina negra em Marilene Felinto e Nega Gizza. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

10.
Bruna Paiva de Lucena. Espaços em disputa: o cordel e o campo literário brasileiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

11.
Larissa de Araújo Dantas. Espaços de visibilidade: trajetórias possíveis no campo literário brasileiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

12.
Paula Diniz Lins. O pobre em cena: representação no cinema brasileira contemporâneo. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

13.
Liana Aragão Lira Vasconcelos. Estratégias de atuação no mercado editorial: Marcelino Freire e a geração 90. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

14.
Ludmilla Oliveira dos Santos. Na corda bamba: o espaço da criança na obra de Lygia Bojunga. 2006. 120 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

15.
Igor Ximenes Graciano. O gesto literário em três atos: a narrativa de Sérgio Sant'Anna. 2006. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

16.
Anderson Luís Nunes da Mata. O silêncio das crianças: representações da infância na narrativa brasileira contemporânea. 2006. 150 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

17.
Enio Alves Vieira Filho. A fratura da nação em Viva o povo brasileiro, de João Ubaldo Ribeiro. 2005. 200 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

18.
Stella Montalvão Ferraz. Representando o preconceito: o eu e o outro em contos brasileiros contemporâneos. 2004. 120 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

19.
Cleverson Alberto Rocho. O outro na narrativa testemunhal: um estudo a partir de Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus. 2004. 106 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

20.
Susana Moreira de Lima. Espaços possíveis: identidade e legitimidade social em Os sinos da agonia, de Autran Dourado. 2003. 159 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

21.
Elzimar Fernanda Nunes. A reescrita da história em Calabar, o elogio da traição, de Chico Buarque e Ruy Guerra. 2002. 140 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

22.
Zak Zangrando Cardoso. Literatura e outros jogos. 2002. 105 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

23.
Marcus Corrêa Fernandes. Narrativa e experiência na obra de Samuel Rawet. 2002. 172 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

24.
Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva. Vozes da loucura, ecos na literatura: a construção do espaço do louco em O exército de um homem só, de Moacyr Scliar, e Armadilha para Lamartine, de Carlos e Carlos Sussekind. 2001. 199 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

25.
Joseana Geaquinto Paganine. O engajamento poético em A hora da estrela, de Clarice Lispector. 2000. 144 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

26.
Virgínia Maria Vasconcellos Leal. Encontros e desencontros discursivos em As meninas, de Lygia Fagundes Telles. 1999. 135 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

27.
Adelaide Calhman de Miranda. Diálogos sobre fronteiras: a arquitetura de Retábulo de Santa Joana Carolina, de Osman Lins. 1999. 189 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

28.
Marcelo Azevedo Larroyed. A literatura em teses: caminhos e descaminhos da pesquisa no Brasil (1970-1996). 1998. 482 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

Tese de doutorado
1.
Gabriel Estides Delgado. Poéticas da desigualdade social na literatura brasileira contemporânea. 2018. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

2.
Laeticia Jensen Eble. Uma quebrada que fala, uma periferia que se escreve: literatura e movimento hip-hop.. 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

3.
Bruna de Paiva Lucena. ?É fácil ver a chuva quando você não se molha?: os gabinetes da historiografia literária e do cordel e as poéticas a céu aberto. 2016. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

4.
Edma Cristina Alencar de Góis. Cartografias dissonantes: corporalidades femininas em narrativas brasileiras contemporâneas. 2013. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

5.
Anderson Luís Nunes da Mata. As fraturas no projeto de uma literatura nacional: representação na narrativa brasileira contemporânea. 2010. 0 f. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

6.
Susana Moreira de Lima. O outono da vida: trajetórias do envelhecimento feminino em narrativas brasileiras contemporâneas. 2008. 0 f. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

7.
Virgínia Maria Vasconcelos Leal. As escritoras contemporâneas e o campo literário brasileiro: uma relação de gênero. 2008. 0 f. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

8.
Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva. Olhando sobre o muro: representações de loucos na literatura brasileira contemporânea. 2008. 0 f. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

9.
José Fernando Marques de Freitas Filho. Com os séculos nos olhos: teatro musical e expressão política no Brasil, 1964-1979. 2006. 395 f. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília, . Orientador: Regina Dalcastagnè.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Rosilene Silva da Costa. 2018. Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Regina Dalcastagnè.

2.
Lívia Maria Natália de Souza Santos. 2018. Universidade de Brasília, . Regina Dalcastagnè.

3.
Juliana Santini. 2017. Universidade de Brasília, . Regina Dalcastagnè.

4.
Mirian Hisae Yaegashi Zappone. 2014. Universidade de Brasília, . Regina Dalcastagnè.

5.
Antônio Rodrigues Belon. 2012. Universidade de Brasília, . Regina Dalcastagnè.

6.
Paloma Vidal. 2007. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Regina Dalcastagnè.

7.
Rogério Silva Pereira. 2006. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Regina Dalcastagnè.

8.
Gilberto Figueiredo Martins. 2005. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Regina Dalcastagnè.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Solange Brasil de Souza. O índio na literatura brasileira: de mito a autor. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

2.
Rejânia Maria Marins. Tecendo a malha do (des)entendimento: repressão sexual e racismo nas mulheres espartilhadas de Lygia Fagundes Telles. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

3.
Émile Paz Andrade. Discurso, loucura e resistência no ?falatório? de Stela do Patrocínio. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

4.
Leda Cláudia Ferreira da Silva. A representação do negro em O menino marrom, de Ziraldo. 2006. 45 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

5.
Edna Rodrigues Araújo. A construção do riso em O exército de um homem só, de Moacyr Scliar. 2006. 50 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rosiane Dias Rodrigues. A produção artística da periferia: a literatura de Ferréz e o graffiti do Zulu. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Português) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

2.
Zenon de Araújo dos Santos. Ninguém me representa: autoria e alteridade na literatura contemporânea. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Português) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

3.
Keila Karina. O retrato da solidão da mulher negra em Quarto de despejo de Carolina Maria de Jesus. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Português) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

4.
Ana Luiza Pires. Quadrinhos japoneses: divisão demográfica e representação de gênero. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

5.
Thais Malaquias Rufino. Do individual ao coletivo, da história à ficção: a busca pela memória e seus movimentos em Valsa com Bashir, Notas sobre Gaza e Maus. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

6.
Vanessa Chanice Magalhães. O sagrado e o profano na obra suassuniana. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Português) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

Iniciação científica
1.
Carina Rodrigues Lobato. Os eixos que dividem Brasília: poesia e periferia em Meimei Bastos. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

2.
Carlos Wender Sousa Silva. Brasília exata e indeterminada: a racionalidade geométrica e a vivência criativa do cotidiano em João Almino. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

3.
Daniel Pinho Rocha. Vozes em movimento: Brasília contada pelas margens. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

4.
Amanda Maria Garcia Holgado de Oliveira. O que nos contam os muros?. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

5.
Michael Felipe Souza Araújo. Ceilanhood: a visão de dentro em um cinema de fora. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

6.
Ix Chel Barbosa de Carvalho. O que nos contam os muros? Relações entre a rua, o grafite e o feminino. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

7.
Isadora Maria Santos Dias. O lugar da personagem com deficiência na literatura brasileira contemporânea. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

8.
Carina Rodrigues Lobato. O lugar da literatura afro-brasileira na crítica contemporânea. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

9.
Raysa Soares. ?Isso aqui era tudo mato?: memórias que construíram Brasília. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal. Orientador: Regina Dalcastagnè.

10.
Waldson Gomes de Souza. Relações entre mães e filhas no romance contemporâneo. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

11.
Fernanda Serafim Alves. Autoras e autores do romance brasileiro contemporâneo (2005-2014). 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Abi - Letras - Língua Portuguesa) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

12.
Fernanda Serafim Alves. Vozes e silêncios: mulheres imigrantes no romance brasileiro contemporâneo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

13.
Sofia Salustiano Botelho. Entre passos lentos e silêncios: o envelhecimento feminino no romance brasileiro contemporâneo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

14.
Daniela Alves de Morais. O lugar da sexualidade feminina no romance brasileiro contemporâneo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

15.
Aline Paiva de Lucena. Espaço urbano em Samuel Rawet e Oswaldo Goeldi. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

16.
Aline Paiva de Lucena. Personagens femininas e espaço urbano em Samuel Rawet e Oswaldo Goeldi. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

17.
Andressa Marques Silva. Mulheres negras na narrativa brasileira contemporânea. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

18.
Aline de Almeida Costa Ribeiro. Personagens da contística de Rubem Fonseca. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

19.
Beatriz Souza Kenig. Personagens da obra de Lygia Fagundes Telles. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

20.
Anna Luiza de Vasconcelos Cavalcanti. Personagens femininas do romance brasileiro. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

21.
Beatriz Souza Kenig. Personagens do cinema brasileiro contemporâneo. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

22.
Mariana de Moura Coelho. Personagens na obra de Caio Fernando Abreu. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

23.
Bruna Paiva de Lucena. Personagens na obra de Patativa do Assaré. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

24.
Aline de Almeida Costa Ribeiro. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

25.
Alessandra Souza Vaz Moreira. Personagens femininas do romance brasileiro. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

26.
Paula Diniz Lins. Personagens do romance brasileiro contemporâneo, 1965/1979. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

27.
Mariana de Moura Coelho. Personagens do romance brasileiro contemporâneo, 1965/1979. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

28.
Larissa de Araújo Dantas. Personagens do romance brasileiro contemporâneo, 1965/1979. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

29.
Laeticia Jensen Eble. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

30.
Bruna de Paiva Lucena. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

31.
Márcia Maria Nóbrega de Oliveira. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

32.
Marina Farias Rebelo. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

33.
Paula Diniz Lins. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

34.
Bruna de Paiva Lucena. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

35.
Laeticia Jensen Eble. Personagens do romance brasileiro contemporâneo. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

36.
Luiz Rodrigues Freires Neto. Personagens di romance brasileiro (1965-1979). 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Regina Dalcastagnè.

37.
Anderson Luís Nunes da Mata. Representações de grupos sociais nos contos de Rubem Fonseca. 2004. 80 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

38.
Renata da Silva Nóbrega. A narrativa brasileira dos anos 1970: um mapeamento a partir da coleção Autores brasileiros. 2004. 90 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

39.
Anderson Luís Nunes da Mata. Conceitos atuais da teoria literária: representação, autoria, discurso, etnia/raça/gênero. 2003. 90 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

40.
Devair Antônio Fiorotti. Perspectivas em movimento: o narrador na literatura brasileira contemporânea. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

41.
Devair Antônio Fiorotti. O conto brasileiro dos anos 70. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

42.
Andréia Firmino Alves. O conto brasileiro dos anos 70. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.

43.
Renata Filippi da Silva. O conto brasileiro dos anos 70. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. Orientador: Regina Dalcastagnè.

44.
Renata Filippi da Silva. O mito do andrógino e o da donzela guerreira. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Regina Dalcastagnè.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 21:03:50