Hilario Inacio Bohn

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0157693202617991
  • Última atualização do currículo em 18/03/2017


Formei-me em Letras, Língua Portuguesa e Língua Inglesa pela PUC do RS em 1968. Durante minha formação universitária participei dos Institutos Lingüísticos Latinos Americanos, realizados na Universidade de Montevideo, Uruguai em 1964, no Museu de Antropologia, México em 1967 e em 1969 na USP. Em Montevideo tive o privilégio de ser aluno do Prof. Mattoso e no México tive como professor Robert Lado. Como bolsa da Latin American Scholarship Program of American Universities (LASPAU), especializei-me em Língua Inglesa nas Universidades de Michigan, Ann Arbor e Yale University, New Haven, (1969) e cursei o Mestrado em Lingüística Aplicada na School of Education em Bloomington, Indiana University (1970-71). Como bolsista da Fundação FORD, cursei o doutorado em Lingüística Aplicada na School of Education da University of Texas At Austin (1975-1977), USA. Fiz o meu pós-doutorado como bolsista da CAPES na University of Birmingham, Inglaterra (1985-1986) sob a supervisão do Prof. Malcon Coulthart. Participei ativamente da criação dos Programas de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, Mestrado e doutorado da UFSC, dei aula, orientei teses e coordenei o Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, Língua e Literatura Inglesa, durante seis anos. Concursei para Professor Titular no Departamento de Línguas Estrangeiras, cargo no qual me aposentei. Durante 10 anos exerci atividades de docência e de orientação de dissertações no Mestrado em Educação na Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), SC, no eixo temático Discurso e Práticas Educacionais. Atualmente sou Professor Titular no Departamento de Letras da UCPel, onde participei ativamente na criação do Programa de Pós-Graduação em Letras, Mestrado e Doutorado e oriento, há mais de 15 anos, Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado na área da Lingüística Aplicada, linha de pesquisa Aquisição, Variação e Ensino. Sou sócio fundador da ABRALIN e da ALAB (Associação de Lingüística Aplicada do Brasil). Fui coordenador do GT de Lingüística Aplicada da ANPOLL, presidente da ALAB e membro, por seis anos, do Executive Board da Associação Internacional de Lingüística Aplicada (AILA) com sede na Suíça, ocupando por três anos o cargo de Vice Presidente desta Associação. Colaborei como assessor do MEC na elaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais, Língua Estrangeira e sou membro do Conselho Editorial de várias revistas nacionais, entre as quais destacam-se a Revista Ilha do Desterro da UFSC, Trabalhos em Lingüística Aplicada da UNICAMP, Revista de Estudos da Linguagem da Faculdade de Letras da UFMG, da Revista Brasileira de Lingüística Aplicada da ALAB e da revista Linguagem e Ensino da UCPel. Quando professor da UFSC fui pesquisador e bolsista do CNPq. Na FURB coordenei Projetos de pesquisa pela FAPESC e atualmente, na UCPel, RS, estou desenvolvendo projetos financiados pela FAPERGS, na área dos estudos identitários, focalizando nos aspectos de aquisição da linguagem, letramento e alfabetização, formação de professores, ensino de línguas estrangeiras e políticas lingüísticas. As minhas pesquisas e as orientações de teses de doutorado e dissertações de mestrado na UCPel se concentram na pesquisa em sala de aula, fundamentalmente nas práticas educacionais e o papel da linguagem na construção das competências lingüísticas e das identidades das pessoas envolvidas com o processo de ensino e aprendizagem, isto é, alunos e professores. Como pode ser depreendido de meu CV Lattes, inúmeros dos trabalhos produzidos tomam a palavra do aluno e do professor para desenvolver a compreensão sobre a sala de aula e sobre a construção das competências e habilidades lingüísticas. Devido ao meu envolvimento com o ensino e formação de recursos humanos para a educação da linguagem, tenho publicado e pesquisado também aspectos de políticas lingüísticas para o Brasil, especialmente sobre o ensino de línguas estrangeiras. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Hilario Inacio Bohn
Nome em citações bibliográficas
BOHN, H. I.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Católica de Pelotas, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Mestrado Em Letras.
Rua Félix da Cunha 412
Centro
96010-000 - Pelotas, RS - Brasil
Telefone: (53) 21288242


Formação acadêmica/titulação


1975 - 1977
Doutorado em School Of Education.
The University Of Texas At Austin, UT, Estados Unidos.
Título: A syntactical characterization of the oral language of selected Brazilian kindergarten children compared to the language used in the primers to teach them to read, Ano de obtenção: 1977.
Orientador: JOHN BORDIE.
Bolsista do(a): Ford Foundation, FF, Estados Unidos.
Palavras-chave: Alfabetização; Complexidade lingüística; Linguagem infantil; Letramento.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada / Especialidade: Aquisição da Linguagem.
Setores de atividade: Educação.
1969 - 1971
Mestrado em School Of Education.
Indiana University, IU Bloomington, Estados Unidos.
Título: MESTRADO POR CREDITOS,Ano de Obtenção: 1971.
Orientador: Dr Harry Gradmann.
Bolsista do(a): Latin American Scholarship Program Of American Universities, LASPAU, Estados Unidos.
Palavras-chave: Educação; Aquisição - segunda língua; Letras e Lingüistica; Lingüistica Aplicada.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Educação.
1986 - 1986
Especialização em International Residence Course On Language Project. (Carga Horária: 40h).
Birmingham University, BU, Inglaterra.
Bolsista do(a): British Council, BC, Inglaterra.
1983 - 1983
Especialização em Neurolingusitics. (Carga Horária: 45h).
University Of California At Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
1983 - 1983
Especialização em Second Language Acquisition.
University Of California At Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
1983 - 1983
Especialização em Psycholinguistics. (Carga Horária: 45h).
University Of California At Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
1970 - 1970
Especialização em Intensive English Course. (Carga Horária: 220h).
The University Of Michigan At Ann Arbor, MU, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Latin American Scholarship Program Of American Universities, LASPAU, Estados Unidos.
1970 - 1970
Especialização em American Language And Civilization. (Carga Horária: 240h).
Yale University, YALE, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Latin American Scholarship Program Of American Universities, LASPAU, Estados Unidos.
1969 - 1969
Especialização em Indexação Lingüística e Literatura. (Carga Horária: 40h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
1968 - 1968
Especialização em Fonética y Fonologia Inglesa. (Carga Horária: 45h).
II Instituto Interamericano de Linguistica, II-IIL, México.
1968 - 1968
Especialização em Fonética y Fonologia Inglesa. (Carga Horária: 45h).
II Instituto Interamericano de Linguistica, II-IIL, México.
1968 - 1968
Especialização em Introducción a La Linguística En General. (Carga Horária: 45h).
II Instituto Interamericano de Linguistica, II-IIL, México.
1968 - 1968
Especialização em Fonética y Fonologia. (Carga Horária: 45h).
II Instituto Interamericano de Linguistica, II-IIL, México.
1968 - 1968
Especialização em Fonética y Fonologia. (Carga Horária: 45h).
II Instituto Interamericano de Linguistica, II-IIL, México.
1966 - 1966
Especialização em Fonologia Inglesa. (Carga Horária: 45h).
Universidad de La República Del Uruguai, URU, Uruguai.
1966 - 1966
Especialização em Introducción a La Linguística En General. (Carga Horária: 45h).
Universidad de La República Del Uruguai, URU, Uruguai.
1966 - 1966
Especialização em Historia de La Linguística. (Carga Horária: 45h).
Universidad de La República Del Uruguai, URU, Uruguai.
1964 - 1968
Graduação em Licenciatura em Letras.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.


Pós-doutorado


1985 - 1987
Pós-Doutorado.
University Of Birmingham, GBR, Grã-Bretanha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - Atual
Vínculo: Servidor celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

7/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas e da Educação, Mestrado Em Letras.

1998 - Atual
Serviços técnicos especializados , Centro de Ciências Humanas e da Educação, Mestrado Em Letras.

Serviço realizado
Membro do Conselho Editorial do Periódico Linguagem & Ensino.
11/1996 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de doutorado
A construção social da identidade
Lingüística Aplicada
Pesquisa em sala de aula
Tópicos especiais de lingüística aplicada

Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2007
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 30

Atividades

6/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação, Pós Graduação Em Educação.

1997 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação, Mestrado Em Educação.
11/1996 - 10/2008
Ensino, Mestrado em Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise do discurso
Pesquisa em sala de aula
Produção textual

Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

1980 - 1992
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1972 - 1980
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/1990 - 03/1994
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.
9/1991 - 6/1992
Direção e administração, Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.

Cargo ou função
Sub-coordenador de Curso de Pósgraduação.
1985 - 06/1992
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Comunicação e Expressão, Centro de Comunicação e Expressão.

Atividade realizada
Membro da Comissão Editorial do Periódico Ilha do Desterro.
2/1972 - 6/1992
Ensino, Letras (Inglês e Literatura Correspondente), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Psicolingüsítica
The learning and the learner
The acquisition of the four language skills
Theories of second language acquisition
Research into language acquisition - Classroom research
Introdução ao estudo da linguagem
Lingüística aplicada II
Lingüística aplicada ao ensino de segundas línguas
Léxico e memória
Memória e leitura
Avaliaçaõ e preparação de materiais de ensino
3/1990 - 3/1991
Direção e administração, Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.
3/1987 - 3/1989
Direção e administração, Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.

Cargo ou função
Membro de conselho de unidade.
03/1978 - 04/1985
Direção e administração, Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.

Cargo ou função
Coordenador de programa de Pós-graduação.
3/1982 - 3/1984
Direção e administração, Centro de Comunicação e Expressão, Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras.

Cargo ou função
Membro de colegiado superior.

Associação Internacional de Lingüística Aplicada, AILA, Suiça.
Vínculo institucional

1999 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Vice -presidente da AILA, Carga horária: 12

Atividades

06/1999 - 12/2002
Direção e administração, Associação Internacional, .

Cargo ou função
VICE-PRESIDENTE.
6/1999 - 12/2002
Outras atividades técnico-científicas , Associação Internacional, Associação Internacional.

Atividade realizada
Vice - presidente.


Linhas de pesquisa


1.
Discurso e Práticas Educacionais

Objetivo: A linha de pesquisa Discurso e Práticas Educacionais visa (1) compreender como a linguagem e o discurso constituem o ser humano; (2) compreender o papel da linguagem no processo educacional; (3) discutir o papel da linguagem no desvelar dos dados de pesquisa nas diferentes áreas da educação e das práticas educativas; (4) discutir especificamente como o discurso constitui o próprio processo educacional..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada / Especialidade: Linguagem e práticas educacionais.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada / Especialidade: Formação de Identidade.
Palavras-chave: Discurso; Práticas educacionais; Linguagem e ensino; Identidade.
2.
Aquisição, ensino e variação

Objetivo: Esta linha de pesquisa articula os estudos sobre (1) as diferentes áreas da aquisição da linguagem, tanto em seus aspectos processuais como os diferentes níveis lingüísticos (fonológico, morfológico, sintático e semântico); (2) a variação lingüística sócio-cultural, tanto nos seus aspectos geográficos, étnicos, como educacionais e de gênero; (3) a área de ensino pesquisa um conjunto de variáveis relacionadas com as diferentes formas de ensino (presencial vs. distância), pesquisa de sala de aula, aspectos relacionados com materiais e metodologias de ensino, com o aprendiz (motivação, atitude, aptidão, por ex.), com o meio ambiente social, institucional e docente. ..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Palavras-chave: Práticas educacionais; Políticas lingüísticas; Identidade; Aquisição da línguagem.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
A MÍDIA ESCRITA BRASILEIRA DISCURSA O PROFESSOR: O RETRATO ROUBADO DOS EDUCADORES BRASILEIROS.
Descrição: O Projeto tem por objetivo desvelar e criticamente avaliar as representações de professor discursadas na imprensa escrita nacional (jornais e revistas). O objetivo fundamenta-se na importância das formas simbólicas, particularmente da mídia, na sustentação das relações de dominação e na organização social (Thompson, 1990:77) de uma comunidade. Os dados para análise e interpretação vêm de artigos, reportagens e editoriais frequentemente fundamentados em estatísticas de agências nacionais e internacionais que abordam o desempenho de alunos brasileiros e estrangeiros em avaliações como o PISA, por exemplo. Hipotetíza-se que a voz dos professores, educadores, pesquisadores e lideranças da educação brasileira estejam praticamente ausentes desse debate..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Hilario Inacio Bohn - Coordenador / LUCIANA SPECHT - Integrante / LUIZA MACHADO DA SILVA - Integrante / LUCIANA CONTREIRA DOMINGO - Integrante / ISAPHI ALVAREZ - Integrante / Silvania Faccin Colaço - Integrante / EVANIR TERESINHA PICCOLO CARVALHO - Integrante / DANY RODRIGUES MOREIRA - Integrante.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 7
2010 - 2014
AS REPRESENTAÇÕES DE PROFESSOR NA PESQUISA EM LINGUISTICA APLICADA NO BRASIL: AS IDENTIDADES SOCIALMENTE DESIGNADAS
Descrição: Descrição: A sociedade brasileira, educadores e autoridades governamentais mostram e vivem uma certa perplexidade em relação aos baixos índices de desempenho nas avaliações dos alunos brasileiros em relação a outros países. Dentro dos debates realizados no Brasil e no exterior vai surgindo aos poucos um consenso de que a educação é uma tarefa complexa, em que família, escola e sociedade desempenham papéis importantes. No entanto, o professor talvez seja o grande tecelão que organiza essa complexidade de fios que tecem a construção do saber. Os professores lidam com a linguagem, com as coisas do espírito, com o conhecimento, com a cultura, com a formação da consciência, mas também lidam com as emoções e a construção de uma profissão. São estes fatos que motivam o presente projeto. Nesta pesquisa parte-se, portanto, do princípio de que o professor é um dos eixos centrais do processo educacional e, devido a esta centralidade, vale a pena interrogar sobre o seu papel, sua identidade profissional, vale a pena interrogar sobre a educação, sobre a escola e sobre o ensino e aprendizagem. Objetivos da pesquisa Associando-nos a este interrogar, justifica-se investigar a identidade profissional do professor. Procura-se, pois, traçar os seguintes objetivos para este projeto: verificar e discutir, nos textos de Linguística Aplicada publicados em periódicos nacionais e que tratam do ensino e aprendizagem de línguas, as representações e-ou identidades profissionais que se designam ao professor. Examinam-se, outrossim, as implicações pedagógicas dessas representações. Suporte teórico da pesquisa Para que os objetivos da pesquisa sejam alcançados, a linha norteadora de encaminhamento do presente projeto, incluindo a análise do corpus a ser investigado, terá o suporte teórico na bibliografia especializada da area. Deverão ser seguidos particularmente os pressupostos da teoria de discurso de BAKHTIN, os fundamentos da linguística aplicada desenhados por CORACINI, ELLIS e LARSEN..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (16) .
Integrantes: Hilario Inacio Bohn - Coordenador / MATILDE CONTRERAS - Integrante / ALESSANDRA G. MARTINS - Integrante / LUCIANA SPECHT - Integrante / LÚCIA V. S. GRIGOLETTI - Integrante / ANA LOURDES FERNÁNDEZ - Integrante / VIRGINIA ORLANDO - Integrante / VANESSA DOUMID DAMASCENO - Integrante / LUIZA MACHADO DA SILVA - Integrante / MARIA ANTONIA O. DOMINGUEZ - Integrante / AMANDA CARAMÃO GONÇALVES - Integrante / MARIA ANDRÉA GARCIA WYSE - Integrante / SHAIANE BANDEIRA - Integrante / OLGA MARIA LIMA PEREIRA. - Integrante / CARLOS LEANDRO COELHO RECUERO - Integrante / ELAINE NOGUEIRA DA SILVA - Integrante / LUCIANA CONTREIRA DOMINGO - Integrante / AMANDA CARAMÃO GONÇALVES - Integrante / JESSICA BELLOMO DA SILVA - Integrante / DANI RODRIGUES MOREIRA - Integrante / ISAPHI ALVAREZ - Integrante / CIBELE TRINDAD - Integrante / EVANIR TERESINHA PICCOLO CARVALHO - Integrante.
Número de produções C, T & A: 24 / Número de orientações: 15
2007 - 2010
PESQUISAS SOBRE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS NO BRASL - as variavéis de concepção de linguagem e teorias de aprendizagem
Descrição: O objetivo deste Projeto é analisar pesquisas sobre o ensino e aprendizagem de línguas, materna e estrangeiras, publicadas em periódicos e livros nacionais. Focalizam-se particularmente dois aspectos: 1) a concepção de linguagem que subjaz às pesquisas; 2) as teorias de aprendizagem que são privilegiadas nos textos publicados pelos pesquisadores brasileiros. As definições destes dois aspectos parecem fundantes nas investigações da Lingüística Aplicada assim como são para o processo decisório sobre as práticas pedagógicas em sala de aula. Assim, examina-se a linguagem, primeiro como objeto de aprendizagem e mediadora do processo e, em segundo lugar, procura-se compreender o posicionamento do pesquisador sobre a relação mente do aprendiz e contexto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Hilario Inacio Bohn - Coordenador / LUCIANA SPECHT - Integrante / CARLOS EUGÊNIO COSTA DA SILVA - Integrante / VERIDIANA P. BORGES - Integrante / MARIANE DO ROCIO P. KRAVICE - Integrante / TEREZA JOVITA BRAGA WILLRICH - Integrante / MARIANA FRIGO DENARDIN - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 21 / Número de orientações: 7
2005 - 2007
A IDENTIFICAÇÃO E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DE PROFESSOR DE LÍNGUAS
Descrição: O Projeto "A IDENTIFICAÇÃO E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DE PROFESSOR DE LÍNGUAS " visa acompanhar longitudinalmente um grupo de alunos de Letras de uma Universidade do interior do RS e objetiva compreender como os alunos se constituem professores. Procura responder as seguintes perguntas: Quais atividades escolares exercem maior influência nesta formação; quais as interlocuções mais propicias para a construção da identidade profissional; Qual o papel do professor no desenvolvimento das subjetivações profissionais; Quais os momentos e os espaços mais significativos; Qual o papel dos textos, dos autores, das vozes, da polifonia na constituição dessa identificação; quais as resistências pessoais e coletivas que dificultam essa formação; Quais as limitações institucionais que dificultam a subjetivação; Até que ponto o tempo e o espaço escolar oferecem e se constituem ecologias cognitivas propicias e privilegiadas para o desenvolvimento de saberes e de crenças na constituição das subjetivações de uma identidade profissional. O projeto proposto também é uma continuação dos projetos de pesquisa anteriores já concluídos ou em andamento no Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, quais sejam: A REFLEXÃO COLETIVA COMO PROCESSO TRANSFORMADOR DO FAZER PEDAGÓGICO DO PROFESSOR DE LÍNGUAS e do Projeto O PAPEL DA PRODUÇAO TEXTUAL NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO E NA FORMAÇÃO DOS EDUCADORES DA LINGUAGEM. Ambos os projetos já concluídos, e desenvolvidos na UCPel..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Hilario Inacio Bohn - Coordenador / LUCIANA LOSTE VINHAS - Integrante / ALESSANDRA G. MARTINS - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 5
2004 - 2006
A Linguagem da Construção do conhecimento
Descrição: O projeto visa pesquisar em diferentes regiões do Estado de Santa Catarina como a escritura é abordada no cotidiano da sala de aula de alfabetização, exercício escolar ou prática social? O projeto inclui três redes escolares do Vale de Itajaí - Blumenau, Itajaí e Gaspar, o Município de Joinville e de Lages. Os dados serão coletados na sala de aula das diferentes redes e incluirão a observação, o exame dos materiais produzidos pelos alunos, a observação do ambiente escolar, tanto da sala de aula como da escola..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Hilario Inacio Bohn - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2010 - Atual
Periódico: Tempo e ciencia
2001 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Lingüística Aplicada
1998 - Atual
Periódico: Linguagem & Ensino (UCPel)
1992 - Atual
Periódico: Revista de Estudos da Linguagem
1983 - Atual
Periódico: Trabalhos em Lingüística Aplicada


Revisor de periódico


1998 - Atual
Periódico: Linguagem & Ensino (UCPel)
2002 - Atual
Periódico: Revista de Estudos da Linguagem
2001 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Lingüística Aplicada
1983 - Atual
Periódico: Trabalhos em Lingüística Aplicada


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Produção Textual.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Formação de Identidade.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Letramento e alfabetização.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Aquisição da Linguagem.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Politicas Linguisticas.
7.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada.
8.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Produção Textual.
9.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Formação de Identidade.
10.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Letramento e alfabetização.
11.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Aquisição da Linguagem.
12.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada/Especialidade: Politicas Linguisticas.


Idiomas


Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2014
ASSOSIADO HONORARIO DA ALAB, ALAB.
1987
BOLSA DE PÓS-DOUTORADO, CAPES.
1985
BOLSA DE PÓS-DOUTORADO, CONSELHO BRITÂNICO.
1975
BOLSA DE DOUTORADO, FORD FOUNDATION.
1972
BOLSA DE MESTRADO, LATIN AMERICAN SCHOLARSHIP PROGRAM OF AMER. UNIV..
1972
BOLSISTA JUREZ PELO PROGRAMA LASPAU, LATIN AMERICAN SCHOLARSHIP PROGRAM OF AMERICAN UNIVERSITIES.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BOHN, H. I.2014BOHN, H. I.; TRINDAD, C. . As palavras ?cor ? e ?raça? (não) ecoam na linguagem dos documentos governamentais sobre educação. Identidade!, v. 19, p. 23-31, 2014.

2.
BOHN, H. I.2013BOHN, H. I.; CARVALHO, E.T.P. . As identidades designadas: um estudo dos documentos oficiais do PROEJA. EJA em debate, v. 2, p. 1-26, 2013.

3.
LEFFA, Vilson J.2012LEFFA, Vilson J. ; BOHN, H. I. ; DAMASCENO, Vanessa Doumid ; MARZARI , Gabriela Quatrin . Quando jogar é aprender: o videogame na sala de aula. Revista de Estudos da Linguagem, v. 20, p. 209-230, 2012.

4.
BOHN, H. I.2007BOHN, H. I.; DEBARBA, I. . Vozes sobre o papel do corpo na aprendizagem. Calidoscópio (UNISINOS), v. 56, p. 1-7, 2007.

5.
BOHN, H. I.2005BOHN, H. I.. A formação do professor de línguas - A construção de uma identidade profissional. Investigações (UFPE. Impresso), Recife, Pe, v. 17, n.2, p. 97-113, 2005.

6.
BOHN, H. I.2003BOHN, H. I.. The educational role and status of English in Brazil. World Englishes (Print), Estados Unidos, v. 22, n.02, p. 159-172, 2003.

7.
BOHN, H. I.2002BOHN, H. I.. A diversidade linguística é a garantia contra a clonagem (da homogeneização) cultural. Caderno de Letras (UFPEL), Pelotas, R.S., v. 1, n.8, p. 38-44, 2002.

8.
BOHN, H. I.2000BOHN, H. I.. Os aspectos políticos de uma política de ensino de línguas e literaturas estrangeiras. Linguagem & Ensino (UCPel), Pelotas - RS, v. 3, n.1, p. 117-138, 2000.

9.
BOHN, H. I.1996BOHN, H. I.. Subsídios para discussão crítica da pós-graduação e da pesquisa em Letras e Linguística. Boletim Informativo da ANPOLL, João Pessoa, PB, v. 24, p. 83-89, 1996.

10.
BOHN, H. I.1995BOHN, H. I.. O papel da interação na produção do texto. Boletim Informativo da ANPOLL, João Pessoa, PB, v. 24, p. 387-389, 1995.

11.
BOHN, H. I.1994BOHN, H. I.. A percepção do aprendiz nas pesquisas e teoria da aquisição de segundas línguas. Boletim Informativo da ANPOLL, Brasília, Goiâna, v. 22, p. 229-230, 1994.

12.
BOHN, H. I.1993BOHN, H. I.. O GT de Linguística Aplicada. Boletim Informativo da ANPOLL, v. 09, p. 56-59, 1993.

13.
BOHN, H. I.1993BOHN, H. I.; SARDO, C. E. . Alunos gerando insumos para sua aprendizagem. Boletim Informativo da ANPOLL, Porto Alegre, RS, v. VIII, p. 775-784, 1993.

14.
BOHN, H. I.1991BOHN, H. I.. Linguistic complexity and text comprehension - Readability Issues reconsidered. Fragmentos (UFSC), Florianopolis, SC, v. 03, n.2, p. 120-130, 1991.

15.
BOHN, H. I.1991BOHN, H. I.. Leitura. Resumos Analíticos Em Educação, Brasilia, v. 2, p. 191-209, 1991.

16.
BOHN, H. I.1990BOHN, H. I.. LInguística aplicada no Brasil: as tarefas do linguista aplicado. Boletim Informativo da ANPOLL, Recife, PE, v. 14, p. 94-95, 1990.

17.
BOHN, H. I.1984BOHN, H. I.. Leitura - Documento Base. Inep Documentos Básicos, p. 21-28, 1984.

18.
BOHN, H. I.1984BOHN, H. I.. Questões pertinentes: a variável complexidade sintática no ensino da leitura. Inep Documentos Básicos, v. 1, p. 91-95, 1984.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BOHN, H. I.; SOBRAL, A. (Org.) . Dialogismo: bordas, fronteiras, imprecisões, sentidos: Textos do II DIÁLOGOS TRANSDISCIPLINARES. 1. ed. Pelotas: EDUCAT, 2016. v. 1. 144p .

2.
FERNANDEZ, A. L. R. N. B. ; BOHN, H. I. . Vozes de aprendizagem de Língua Espanhola: relatos de aprendizagem de alunos do Curso de Letras ? Licenciatura em Espanhol da UFPel. 1. ed. Sao Paulo: Novas Edições Acadêmicas, 2014. v. 1. 164p .

3.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de (Org.) . Escrita e cidadania. 1ra. ed. Florianopolis, S.C.: Insular, 2003. v. 1. 200p .

4.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de (Org.) . Faces do saber - desafios à educação do futuro.. 1ra. ed. Florianópolis, SC.: Insular, 2002. v. 1. 224p .

5.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P. (Org.) . Tópicos de Lingüística Aplicada. 1ra. ed. Florianópolis, SC: Editora da UFSC, 1988. v. 1. 333p .

Capítulos de livros publicados
1.
BOHN, H. I.. Introdução. In: Letícia Fonseca Richthofen de, Mozzillo, Isabella, Luciana Wrege Rassier. (Org.). Questões de identidade, tradução, línguas e culturas em contato. 1ed.Pelotas, RS.: EDUCAT, 2016, v. 1, p. 7-14.

2.
BOHN, H. I.. Professor: uma identidade não herdada. In: Kleber Aparecido da Silva; Mariana Mastrella-de Andrade; Cesário Alvim Pereira Filho. (Org.). A formação de professores de Línguas : políticas, projetos e parcerias. 1ed.São Paulo: Pontes, 2015, v. 1, p. 17-31.

3.
BOHN, H. I.. Apresentação. In: V. J,LEFFA; V.B, IRALA (Orgs.).. (Org.). Uma espiadinha na sala de aula: ensinando línguas adicionais no Brasil. 1ed.Pelotas, RS: Educat, 2014, v. , p. 1-6.

4.
BOHN, H. I.. Posfácio. In: Christine Nicolaides; Kleber Aparecido da Silva; Rogerio Tilio; Claudia H. Rocha. (Org.). Política e políticas linguísticas. 1ed.Campinas, SP: Pontes, 2013, v. 1, p. 307-317.

5.
BOHN, H. I.. Ensino e aprendizagem de línguas: uma reflexão sobre os atores da sala de aula e a necessidade de rupturas. In: Luiz Paulo da Moita Lopes. (Org.). Linguística Aplicada na modernidade recente ? Festchrift para Antonieta Celani. 1ed.Sao Paulo: Parábola, 2013, v. 1, p. 79-98.

6.
BOHN, H. I.; ABRAHAO, M. H. V. ; Almeida Filho, José Carlos Paes de . Documento Síntese do II Encontro Nacional sobre Política de Ensino de Línguas Estrangeiras. In: Luiz Paulo da Moita Lopes. (Org.). Linguística Aplicada na modernidade recente ? Festchrift para Antonieta Celani. 1ed.São Paulo: Parábola, 2013, v. 1, p. 321-324.

7.
BOHN, H. I.. Professor: a problematização de uma indentidade. In: VETROMILLE-CASTRO, Rafael; HEEMANN, Cristiane; FIALHO, Vanessa Ribas. (Org.). Aprendizagem de línguas - a presença na ausência: CALL, atividade e complexidade. 1ed.Pelotas: EDUCAT, 2012, v. 1, p. 287-301.

8.
BOHN, H. I.. Ler e escrever: os caminhos diversos desse aprender. In: Otilia Lizete de Olveira Martins Heining; Cátia de Azevedo Fronza. (Org.). Diálogos entre Linguística e educação: a linguagem em foco. 1ed.Blumenau: FURB, 2010, v. 1, p. 75-90.

9.
BOHN, H. I.. Ser professor: o enraizamento temporal. In: Rosely Diniz da Silva Machado; Luciani Salcedo de Oliveira Malatér. (Org.). Linguagem, cultura e educação: uma tela de discursos sobre leitura e ensino. 1ed.Rio Grande, RGS: FURG, 2010, v. 1, p. 1-189.

10.
BOHN, H. I.. Leitura privilegiada. In: SOUZA, Osmar de. ( Org) et.al.. (Org.). Autoria: uma questão de pesquisa em gêneros (além de) escolares.. 1ed.Blumenau-SC: : Edifurb, 2009, v. 1, p. 7-14.

11.
BOHN, H. I.. O método ?soberano? para o ensino e aprendizagem de língua inglesa. In: Diógenes Cândido de Lima. (Org.). Ensino aprendizagem de língua inglesa: conversas com especialistas. 1ed.São Paulo: Parábola Editorial, 2009, v. 1, p. 169-178.

12.
BOHN, H. I.. As vozes e atitudes formadoras do profissional professor. In: Osmar de Souza; Adolfo Ramos Lamar. (Org.). Educação em perspectiva: interfaces para a interlocução. 1ed.Florianopolis. SC: Insular, 2007, v. , p. 45-57.

13.
BOHN, H. I.. Maneiras inovadoras de ensinar e aprender: a necessidade de des(re)construção de conceitos. In: Wilson J. Leffa. (Org.). O professor de línguas estrangeiras: construindo a profissão. 2daed.Pelotas, RS.: EDUCAT, 2006, v. , p. 106-123.

14.
BOHN, H. I.. Os sentidos de ensinar e aprender: um prefácio aos acordos semânticos. In: R. K., FRONZA. (Org.). A linguagem do professor no seu fazer pedagógico: entre acordos e negociações. 1ed.Rio do Sul, SC: Editora UNIDA, 2006, v. VI, p. 7-10.

15.
BOHN, H. I.. As exigências da pós-modernidade sobre a pesquisa em Linguística Aplicada no Brasil. In: Maximira M. Freire; Maria Helena Vieira Abrahão; Ana Maria Ferreira Barcelos. (Org.). Linguística Aplicada e contemporaneidade. 1ed.Campinas, SP.: Pontes Editores, 2005, v. , p. 11-23.

16.
BOHN, H. I.. Políticas linguísticas: um olhar sobre o ensino de línguas. In: Isabella Mozillo; Maristela G.S. Machado; Silvia Costa Kurtz dos Santos; Christine Nicolaides; Lia J. Nelson Pachalski; Márcia Morales Klee; Vera Fernandes. (Org.). O plurilinguismo no contexto educacional. 1ed.Pelotas: Ed. Universitária, 2005, v. , p. 01-232.

17.
BOHN, H. I.. Identidade e formação do professor de línguas. In: Isabella Mozillo; Maristela G.S. Machado; Silvia Costa Kurtz dos Santos; Christine Nicolaides; Lia J. Nelson Pachalski; Márcia Morales Klee; Vera Fernandes. (Org.). O plurilinguismo no contexto educacional. 1ed.Pelotas, RS.: Ed. Universitária, 2005, v. , p. 01-232.

18.
BOHN, H. I.. Momentos de significação de aprendizagem e de descoberta da linguagem. In: Stevens, Cristina Maria Teixeira; Cuhna, Maria Jandyra. (Org.). Caminhos e colheitas: ensino e pesquisa na área de Inglês no Brasil. 1ed.Brasília: UNB, 2003, v. 1, p. 262-265.

19.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de . Produção textual e cultura: a interlocução necessária para a construção do saber. In: Hilário Inácio Bohn; Osmar de Souza. (Org.). Escrita e Cidadania. 1ed.Florianópolis: Insular, 2003, v. 1, p. 75-87.

20.
BOHN, H. I.. A sala de aula como espaço e tempo de pesquisa. In: Gilson Ricardo de Medeiros Pereira; Maria da Conceição Lima de Andrade. (Org.). Educador pesquisador e a produção social do conhecimento. 1ed.Florianópolis, S.C.: Insular, 2003, v. 1, p. 39-49.

21.
BOHN, H. I.. Cultura de sala de aula e discurso pedagógico.. In: HILÁRIO I. BOHN; OSMAR DE SOUZA. (Org.). Faces do Saber - desafio à educação do futuro. 1raed.Florianópolis, SC.: Insular, 2002, v. 1, p. 99-116.

22.
BOHN, H. I.. The lessons of tradition and the new perspectives in teaching and learning foreign languages. In: MAILCE BORGES MOTA FORTKAMP; ROSELY PEREZ XAVIER. (Org.). EFL TEACHING AND LEARNING IN BRAZIL: THEORY & PRACTICE. 1ed.Florianópolis, SC.: Insular, 2002, v. , p. 259-270.

23.
BOHN, H. I.. A criação de ecologias cognitivas para a aprendizagem de línguas estrangeiras - o caso da cultura local. In: Wilson Leffa. (Org.). Transformando a sala de aula, transformando o mundo: ensino e pesquisa em língua estrangeira. Pelotas, RS.: EDUCAT, 2001, v. 1, p. 19-26.

24.
BOHN, H. I.. Maneiras inovadoras de ensinar e aprender: a necessidade de des(re)construção de conceitos. In: Vilson Leffa. (Org.). O professor de línguas estrangeiras - construindo a profissão. Pelotas, RS: Educat, 2001, v. 1, p. 115-124.

25.
BOHN, H. I.. Formar o cidadão crítico e criativo. In: Mauro Costa. (Org.). O aluno pesquisador - metodologias de estudo. Blumenau, SC: Editora Heck, 2000, v. , p. 1-7.

26.
BOHN, H. I.. Os processos de significação na produção textual em língua materna e língua estrangeira. In: Loni. G. Cabral; José Morais. (Org.). Investigando a linguagem. 1ed.Florianópolis: Editora da Mulher, 1999, v. , p. 169-186.

27.
BOHN, H. I.. The perception of the composing process by Brazilian EFL learners. In: Wilson Leffa. (Org.). Autonomy in language learning. Porto Alegre, RS: Editora UFRGS, 1994, v. , p. 184-195.

28.
BOHN, H. I.. Linguistica Aplicada. In: Hilario Inacio Bohn; Paulino Vandresen. (Org.). TOPICOS DE LINGUISTICA APLICADA. FLORIANOPOLIS, SC: Editora da UFSC, 1988, v. , p. 11-39.

29.
BOHN, H. I.. Avaliação de materiais de ensino. In: Hilario Inacio Bohn; Paulino Vandresen. (Org.). TOPICOS DE LINGUISTICA APLICADA. 1raed.FLORIANOPOLIS, SC: Editora da UFSC, 1988, v. , p. 292-313.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Ausência da cultura: retratos da Linguística Aplicada brasileira. In: Duo VII - Dialogue Under Occupation, 2016, Porto Alegre, RS. Duo VII - Dialogue Under Occupation. Porto Alegre: EDPUCRS, 2015. p. 309-320.

2.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Interculturalidade: a complexidade constitutiva de políticas culturais.. In: I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade, 2015, Foz de Iguaçu, Brasil. Anais ELETRÔNICOS do I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade. Foz de Iguaçu, Brasil: UNILA, 2015. v. 1. p. 245-253.

3.
BOHN, H. I.; CARVALHO, E.T.P. . Os sentidos dos processos de letramentos em Língua Portuguesa no PROEJA. In: IX Seminário ANPED SUL, 2012, Caxias do Sul, RGS. Anais do IX Seminário ANPED SUL,. Caxias do Sul, RGS: ANPED, 2012. v. 1. p. 1-1.

4.
BOHN, H. I.; DAMASCENO, Vanessa Doumid . As representações de aluno, escola e professor na era tecnológica pelos protagonistas da sala de aula. In: I Sul Letras - UNISINOS, 2012, 2012, São Leopoldo, RS. Anais do Congresso do I Sul Letras - UNISINOS, 2012. São Leopoldo, RS, 2012. v. 1. p. 1-10.

5.
BOHN, H. I.. A mídia nacional discursa o professor: identidades e memória. In: IIV SENALE - ENSINO E LINGUAGEM: NOVOS DESAFIOS, 2012, Pelotas, RS.. ANAIS DO IIV SENALE. Pelotas, RS: UCPel, 2012. v. 1. p. 1-15.

6.
BOHN, H. I.; DAMASCENO, Vanessa Doumid ; MARZARI , Gabriela Quatrin . Repensando a sala de aula a partir do letramento digital. In: V I SIGET, 2011, Natal. Anais do V I SIGET. Natal: Anais do V I SIGET, 2011. v. 1. p. 1-9.

7.
BOHN, H. I.; BORGES, VERIDIANA P. . ALUNO: IDENTIDADE EM CONFLITO E MUDANÇA. In: VI SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino, 2010, Pelotas, RS.. Anais do VI SENALE. Pelotas, RS: SENALE - UCPel, 2010. v. 1. p. 1-6.

8.
BOHN, H. I.. Historias de letramento e de alfabetização: os movimentos de ingresso no mundo da leitura e da escrita. In: V Congresso Internacional da Associação Brasileira de Lingüística, 2007, Belo Horizonte. V CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE LINGÜÍSTICA. BELO HORIZONTE, MG: UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS, 2007. v. 1. p. 44-45.

9.
BOHN, H. I.. A formação do profissional de Letras, escutando a voz dos alunos. In: V Seminário de Pesquisa em Educação da Região sul - ANPED SUL, 2004. Anais do V Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL. Curitiba, PR: ANPED SUL, 2004. v. 1. p. 1-16.

10.
BOHN, H. I.. Identidade e formação de professores de línguas. In: FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras, 2004, Pelotas, RS. Anais do FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras. Pelotas, RG: UCPel, 2004. v. 1. p. 1-8.

11.
BOHN, H. I.. Políticas lingüísticas: um olhar sobre o ensino de línguas. In: FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras, 2004, Pelotas, RS. Anais do FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras. Pelotas, RS: UCPel, 2004. v. 1. p. 1-18.

12.
BOHN, H. I.. O domínio da língua escrita e as aproximações que levam ao letramento e à alfabetização. In: VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 2004, São Paulo, SP. Anais do VII CBLA, 2004. v. 1. p. 1-15.

13.
BOHN, H. I.. Cultura, texto, discurso e dialogia: o entrecruzamento necessário para a construção do saber. In: VI Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL, 2002, Florianópolis, SC. Anais - Encontro da ANPED SUL. Florianópolis, SC: UFSC, 2002. v. 1. p. 1-11.

14.
BOHN, H. I.; Roldão, D. ; GONCALVES, I. . Autonomia nas vozes dos alunos de Letras: expectativas e equívocos. In: II Forum Internacional de Línguas Estrangeiras, 2002, Pelotas, RS.. Anais do I Congresso Internacional das Linguagens. Pelotas, RS.: FILE II, 2002. v. 1. p. 1-13.

15.
BOHN, H. I.; CARVALHO, C. S. ; GONCALVES, I. . O papel da produção textual na construção do conhecimento e na formação dos educadores da lingiuagem. In: VI Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB, 2001, Belo Horizonte. MG.. Anais do VI Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. Belo Horizonte, MG.: ALAB, 2001. v. 1. p. 1-12.

16.
BOHN, H. I.; NASCIMENTO, K. R. S. DO ; FERNANDES, V. L. D. ; NICOLAIDES, C. . Uma ponte para a autonomia. In: II Congresso Nacional da ABRALIN, 2000, Florianópolis, SC. Anais do II Congresso Nacional da ABRALIN e XIV Instituto Lingüístico. Florianópolis, SC: Editora da UFSC, 2000. p. 289-299.

17.
BOHN, H. I.. A contribuição do aprendiz na construção de teorias de aquisição de segundas línguas. In: IX Encontro Nacional da ANPOLL, 1995, Brasília. Anais do IX Encontro Nacional da ANPOLL - Lingüística 2. Brasília: Editora da UNB, 1995. v. 2. p. 1116-1119.

18.
BOHN, H. I.. The perception of linguistic needs. In: VIII ENPULI, 1988, Brasilia. Anais do VIII ENPULI. Editora da UNB: Brasilia, 1988. p. 183-197.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BOHN, H. I.. A voz do narrador nos relatos de letramento. In: V SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino, 2007, Pelotas, RS. V SENALE - Teorias lingüìsticas e ensino: Possibilidade e limites. Resumos dos trabalhos. Pelotas, RS: UCPel, 2007. v. 1. p. 135-136.

2.
BOHN, H. I.; SILVA, CARLOS EUGÊNIO COSTA DA . O discurso científico nas pesquisas em lingüística aplicada no Brasil. In: V SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino, 2007, Pelotas, RS. V SENALE - Teorias lingüìsticas e ensino: Possibilidade e limites. Resumos dos trabalhos. Pelotas, RS: UCPel, 2007. v. 1. p. 80-81.

3.
BOHN, H. I.. O papel das associações de professores na elaboração e implementação de uma política de ensino de línguas. In: V Encontro da Associação de Professores de Línguas e Literaturas Estrangeiras - ENPLLE, 1998, Assis, SP. Progama do V Encontro da Associação de Professores de Línguas e Literaturas Estrangeiras ? ENPLLE. Assis, SP: Universidade Estadual de São Paulo ? UNESP, 1998. v. 1. p. 78-78.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BOHN, H. I.. Formação de professores de línguas. In: IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada, 2011, Rio de Janeio. Anais do IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. Rio de Janeiro: ALAB, 2011. v. 1. p. 15-15.

2.
BOHN, H. I.; BANDEIRA, Shaiane . O feminino e o masculino discursam o professor. In: 20 Congresso de Iniciação Científica, UCPel, 2011, Pelotas, RS.. nais do 20 Congresso de Iniciação Científica, UCPel. Pelotas, RS: UCPel, 2011. v. 1. p. 32-32.

3.
BOHN, H. I.; WYSE, M. A. G. . O feminino discursa o professor,. In: 20 Congresso de Iniciação Científica, UCPel, 2011, Pelotas, RS.. Anais do 20 Congresso de Iniciação Científica, UCPel. Pelotas, RS: UCPel, 2011. v. 1. p. 17-17.

4.
BOHN, H. I.. Os convites para aprendizagem de línguas: o problema dos sistemas discretos. In: IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada, 2011, Rio de Janeio. Anais do IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. Rio de Janeiro: UFRJ, 2011. v. 1. p. 35-36.

5.
BOHN, H. I.. Histórias de letramento, alfabetização e formação de leitores. In: 9º Encontro do CELSUL (Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul), 2010, Palhoça, SC. Caderno de Programação e Resumos do 9º Encontro do CELSUL. Palhoça, SC: Editora Unisul, 2010. v. 1. p. 144-144.

6.
BOHN, H. I.. A Lingua vai para a sala de aula os - discursos do complexo processo de ensinar e aprender. In: VI SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino, 2010, Pelotas, RS.. Anais do VI SENALE. Pelotas, RS: UCPel, 2010.

7.
BOHN, H. I.. As lições do Primeiro e Segundo ENPLEs: carta de Florianópolis e Pelotas. In: III ENPLE -Encontro Nacional sobre Políticas de Línguas e Ensino, 2009, Brasilia. Anais do III ENPLE - Encontro Nacional sobare Poliíticas de Línguas e Ensino. Brasilia: UNB, 2009. p. 6-6.

8.
BOHN, H. I.. A língua materna: criação coletiva ou comunidade imaginada. In: III ENPLE -Encontro Nacional sobre Políticas de Línguas e Ensino, 2009, Brasilia. Anais do III ENPLE - Encontro Nacional sobare Poliíticas de Línguas e Ensino. Brasilia: UNB, 2009. v. 1. p. 32-32.

9.
BOHN, H. I.. Um olhar crítico sobre 'as implicações pedagógicas' na pesquisa em Linguística Aplicada no Brasil. In: VI Congresso Internacional da ABRALIN. XIX Instituto de Lingüística., 2009, João Pessoa. Anais do VI Congresso Internacional da ABRALIBN . XIX Instituto de Linguística. João Pessoa, PB: UFP, 2009. v. 1. p. 20-20.

10.
BOHN, H. I.. Paradigmas de pesquisa na lingüística aplicada brasileira ? o caso de leitura. In: XV CONGRESO INTERNACIONAL DE LA ASOCIACION DE LINGUÍSTICA Y FILOLOGIA DE AMERICA LATINA., 2008, Montevideo. LIBRO DE RESÚMENES. Montevideo, Uruguay: Imprenta Grega, 2008. v. 1. p. 215-216.

11.
BOHN, H. I.. Pesquisa em lingüística aplicada no Brasil: um lugar do fazer pedagógico. In: 8º ENCONTRO DO CIRCULO DE ESTUDOS LINGUISTICOS DO SUL - CELSUL., 2008, Porto Alegre, RS.. 8º ENCONTRO DO CIRCULO DE ESTUDOS LINGUISTICOS DO SUL - CELSUL. Programação e Resumos. Porto Alegre, RS.: EDUCAT, 2008. v. 1. p. 71-72.

12.
BOHN, H. I.. The development of literacy skills: the importance of the language variable. In: AILA 2008 World Congress, 2008, Essen, Alemanha. Proceedings - AILA 2008 world Congress. Essen, Alemanha: AILA, 2008. v. 1. p. 26-26.

13.
BOHN, H. I.. A representação de Professor de Língua Estrangeira na Contemporaneidade. In: VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB, 2007, Brasilia. Caderno de Resumos do VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada ? ALAB. Brasilia: UNB, 2007. v. 1. p. 22-22.

14.
BOHN, H. I.. A ilusão de completude na construção dos saberes docentes. In: VI Seminário de Pesquisa em Educação da Região sul - ANPED SUL, 2006, Santa Maria, RS. Anais do VI Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL. Santa Maria, RS: UFSM, 2006. p. 12-12.

15.
BOHN, H. I.; SPECHT, L . A constituição da autoria de alunos-escritores de língua estrangeira. In: 7 Encontro do CELSUL, 2006, Pelotas, RS. 7 Encontro do CELSUL ? Programação e Resumos. Pelotas, RS: UCPel, 2006. v. 1. p. 208-209.

16.
BOHN, H. I.; VINHAS, L. L. . A identidade professor de línguas na contemporaneidade líquida da Pós-Modernidade. In: 7 Encontro do CELSUL, 2006, Pelotas, RS. 7 Encontro do CELSUL ? Programação e Resumos. Pelotas, RS: UCPel, 2006. v. 1. p. 184-185.

17.
BOHN, H. I.; MARTINS, A. G ; BORGES, E . A presença do arquivo e da contemporaneidade na representação do professor de línguas. In: 7 Encontro do CELSUL, 2006, Pelotas, RS. 7 Encontro do CELSUL ? Programação e Resumos. Pelotas, RS: UCPel, 2006. v. 1. p. 128-129.

18.
BOHN, H. I.. Os silêncios discursivos na formação identitária do professor de línguas. In: IV SENALE, 2005, Pelotas, RS. Oralidade e ensino: questões e perspectivas. Pelotas, RS: EDUCAT, 2005. v. 1. p. 41-41.

19.
BOHN, H. I.. Escola: espaço de conflitos. In: XVII Seminário do CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos do Paraná, 2005, Guarapuava, PR. XVII Seminário do Centro de Estudos Lingüísticos do Paraná - Caderno de Resumos. Guarapuava, PR: Unicentro Editora, 2005. p. 108-109.

20.
BOHN, H. I.. A construção da auto-identidade profissional e a formação do professor de línguas. In: FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras, 2004, Pelotas, RS. FILE III - O plurilingüismo no contexto educacional - Caderno de Resumos. Pelotas, RS: UCPel, 2004. v. 1. p. 81-81.

21.
BOHN, H. I.. As exigências da pós-modernidade sobre a pesquisa em Lingüística Aplicada no Brasil. In: VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 2004, São Paulo, SP.. Resumos do VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. São Paulo, SP: Universidade Católica de São Paulo, 2004. v. 1. p. 15-15.

22.
BOHN, H. I.. Letramento e alfabetização: processos de mediação e palavras de aproximação. In: VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 2004, São Paulo, SP. Resumos do VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. São Paulo, SP, 2004. v. 1. p. 57-57.

23.
BOHN, H. I.; SANTOS, Solange Maria S . O processo da escrita e as aprendizagens decorrentes da escrita como prática social. In: VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 2004, São Paulo, SP. Resumos do VII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. São Paulo, SP.: Universidade Católica de São Paulo, 2004. v. 1. p. 93-93.

24.
BOHN, H. I.; HINZ, Josiane Redmer ; VINHAS, L. L. . O que significa ser professor de línguas no imaginário dos alunos de letras ? uma análise interpretativa. In: VI Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul ? CELSUL, 2004, Florianópolis, SC. VI Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul ? CELSUL - Resumos. Florianópolis, SC: UFSC, 2004. v. 1. p. 107-107.

25.
BOHN, H. I.. Os silêncios significativos nas pesquisas de letramento e alfabetização. In: VI Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul ? CELSUL, 2004, Florianópolis, SC. VI Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul ? CELSUL - Resumos. Florianópolis, SC: UFSC, 2004. p. 17-17.

26.
BOHN, H. I.. The pleasure to become bilingual and to share meaning. In: Convenção dos Professores de Inglês do RIo Grande do Sul - apirs, 2003, Porto Alegre. The Bright Side of EFL teaching. Porto Alegre, RS: APIRS, 2003. v. 1. p. 05-06.

27.
BOHN, H. I.. Culture and foreign language learning - The need of new metaphors. In: XVII ENPULI/XXXII SENAPULI, 2003, Florianópolis, SC. Culture and Foreing Language Learning. Florianópolis, SC.: ENPULI, 2003. v. 1. p. 11-12.

28.
BOHN, H. I.. O professor de línguas e a cultura local - motivações para ensinar e aprender. In: 9° Encontro Nacional. 2° Encontro Internacional NAP -RS. Línguas estrangeiras na rede oficial de ensino: o que ensinar?, 2003, Porto Alegre, RS.. Línguas estrangeiras na rede oficial de ensino: o que ensinar?. Porto Alegre, RS.: NAP, 2003. v. 1. p. 03-03.

29.
BOHN, H. I.. Ensino de línguas o lugar da cultura na construção da competência lingüística. In: Encontro Nacional de Profissionais de Língua Estrangeira: 3º Encontro nacional de profissionais de idiomas do SENAC, 2003, Florianópolis, SC. Encontro Nacional de Profissionais de Língua Estrangeira. Florianópolis, SC: SENAC, 2003. v. 1. p. 02-02.

30.
BOHN, H. I.. A produção textual como expressão e construção do saber e da identidade do aluno. In: XVI CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos Literários do Paraná, 2003, Londrina, PR. XVI CELLIP. Londrina, PR: UEL, 2003. v. 1. p. 15-15.

31.
BOHN, H. I.. As novas metáforas do ensinar e aprender e as exigências sobre o professor. In: I Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste, 2003, Brasília. I Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste. Brasília: UNB, 2003. v. 1. p. 02-02.

32.
BOHN, H. I.; VINHAS, L. L. . Texto discurso e dialogia. In: XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2003, Porto Alegre. Resumos do XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS. Porto ALegre, RS.: UFRGS, 2003. v. 1. p. 257-257.

33.
BOHN, H. I.; HINZ, Josiane Redmer . A formação do profissional de Letras da UCPel: qualidades, deficiências, ansiedades, frustrações e sugestões na voz dos alunos. In: XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS, 2003, Pelotas, RS. Anais do XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS. Pelotas, RGS: UCPel, 2003. v. 1. p. 130-131.

34.
BOHN, H. I.; SOARES, D. ; GONCALVES, I. ; NEVES, M. . Convergências e conflitos sobre a formação do profissional de letras. In: IV CELSUL, 2002, Curitiba, PR. Anais do IV CELSUL, 2002. v. 1. p. 209-209.

35.
BOHN, H. I.. Issues on AILA Membership. In: AILA 2002 World Congress, 2002, Cingapura. Anais - AILA 2002 World Congress. Cingapura: AILA, 2002. v. 1. p. 14-15.

36.
BOHN, H. I.; AMARAL, A. M. DA GRAÇA . Learning the foreign language in the local culture. In: AILA 2002 World Congress, 2002, CINGAPURA. ANAIS -AILA 2002 World Congress, 2002. v. 1. p. 14-15.

37.
BOHN, H. I.. Autonomia na construção do saber lingüístico exige cooperação. In: FILE II - Forum Internacional das Línguas Estrangeiras, 2002, Pelotas, RS. Caderno de Resumos FILE II. Pelotas, RS: UCPel, 2002. p. 87-88.

38.
BOHN, H. I.. Applied Linguistics revised - a look into the underprivileged social and economic groups. In: 20th Conference of the Southern African Applied Linguistics Association - African Odyssey 2001: explorations in applied linguistics, 2001, Grahamstown. Proceedings do the 20th Conference of the Southern African Applied Linguistics Association - African Odyssey 2001: explorations in applied linguistics. Grahamstown: Southern African Applied Linguistics Association, 2001. v. 1. p. 7-7.

39.
BOHN, H. I.. Professores contadores de histórias e alunos plagiadores. In: VIII Congresso Sul - Brasileiro da Qualidade na Educação- Educação: Solidariedade Planetária, 2001, Joinville, SC. ANAIS - VIII Congresso Sul - Brasileiro da Qualidade na Educação. Joinville, SC: UNIVILLE. p. 70-70.

40.
BOHN, H. I.. The dilema between native-like target language competence and linguistic identity. In: XX Congrès de FIPLV - Paris, 2000, Paris. Resumos do XX Congrès de FIPLV - Paris. Paris: L'Université René Descartes Paris V, 2000. p. 17-17.

41.
BOHN, H. I.. Maneiras inovadoras de ensinar e aprender. In: II ENPLE (II Encontro Nacional de Políticas de Ensino de Línguas), 2000, Pelotas - RS. Resumos do II Encontro Nacional de Políticas de Ensino de Línguas. Pelotas - RS: EDUCAT UCPel, 2000. v. 1. p. 17-18.

42.
BOHN, H. I.. O papel da cultura local na aprendizagem de línguas estrangeiras. In: II Congresso Nacional de re-organização Curricular, 2000, Blumenau, SC. Caderno de resumos. Blumenau - SC: FURB, 2000. p. 3-3.

43.
BOHN, H. I.. Produção textual e auto-análise. In: XIV Seminário de Estudos Lingüísticos Literários do Paraná, 2000, Maringa - PR. XIV CELLIP: Caderno de Resumos. Maringa - PR: Universidade Estadual de Maringa, 2000. p. 92-92.

44.
BOHN, H. I.. Foreign language learning: searching for a new classroom paradigm. In: Convenção de professores de língua estrangeira, 2000, Florianópolis - SC. Resumo no Programa da Convenção de professores de língua estrangeira. Florianópolis, SC: UFSC, 2000. p. 5-5.

45.
BOHN, H. I.. O elo entre a pesquisa e o professor de ensino de línguas. In: I Forum Internacional de ensino de línguas, 2000, Pelotas, RS. I Forum Internacional de Ensino de Línguas. Pelotas, RS, 2000. p. 18-18.

46.
BOHN, H. I.. Ecologias cognitivas para a aprendizagem de língua estrangeira. In: I Forum Internacional de Ensino de Línguas, 2000, Pelotas, RS. Resumos do I Forum Internacional de Ensino de Línguas. Pelotas, RS: Editora da UCPel, 2000. p. 18-18.

47.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de . A formação do professor e sua habilidade de construir e expressar conhecimento pelo texto apresentado. In: I Congresso Ibero-Americano de Formação de Professores, 2000, Santa Maria, RS. Resumos do I Congresso Ibero-Americano de Formação de Professores. Santa Maria, RS: Universidade de Santa Maria (UFSM), 2000. v. 1. p. 68-68.

48.
BOHN, H. I.. Translation as a means to enhance language acquisition. In: 99 TESOL Convention, 1999, New York. Program Book Abstracts:TESOL 99 Convention. New York: TESOL Inc., 1999. p. 190-190.

49.
BOHN, H. I.. The many variables influencing FL text production. In: 12th World Congress of Applied Linguistic - AILA World Congress, 1999, Tóquio. Resumos do 12th World Congress of Applied Linguistic - AILA World Congress. Tóquio: JACET, 1999. p. 162-162.

50.
BOHN, H. I.. Future directions of the English language use. In: 99 AILA World Congress, 1999, Tóquio. Resumos of the 99 AILA World Congress. Tóquio: JACET, 1999. p. 128-129.

51.
BOHN, H. I.; NASCIMENTO, K. R. S. DO . Foreign language learning by the blind. In: 12th World Congress of Applied Linguistic - AILA World Congress, 1999, Tóquio. Resumos do 12th World Congress of Applied Linguistic - AILA World Congress. Tóquio: JACET, 1999. p. 304-305.

52.
BOHN, H. I.. Os parâmetros curriculares nacionais de língua portuguesa e a prática da leitura. In: II Seminario Nacional sobre linguagem e ensino, 1999, Pelotas. Anais do II Seminário Nacional sobre linguaguem e ensino, 1999. p. 29-29.

53.
BOHN, H. I.. Os PCNs - Língua estrangeira e ação pedagógica. In: II Seminario Nacional sobre linguagem e ensino, 1999, Pelotas, RS. II Seminario Nacional sobre Linguagem e Ensino - Resumos. Pelotas, RS: UCPel, 1999. p. 16-16.

54.
BOHN, H. I.. Ways of teaching and learning in a connecting world. In: Associação dos Professores de Inglês dos Estados do Paraná (APLIEPAR), Santa Catarina (APLISC) e Rio Grande do Sul (APIRS), 1999, Maringa. Programação e Resumos. Maringa: Universidade Estadual de Maringa, 1999. v. 1. p. 71-72.

55.
BOHN, H. I.. Dificuldades em elaborar textos em segunda língua: problema lingüístico e/ou de transferência. In: Congresso Internacional da ABRALIN, 1999, Salvador, Bahia. Congresso Internacional da ABRALIN ? Programação e Resumos. Bahia: Universidade Federal da Bahia, 1999. v. 1. p. 67-67.

56.
BOHN, H. I.. Implementação de uma política de línguas. In: V ENPLLE V Encontro da Associação de Professores de Línguas e Literaturas Estrangeiras, 1998, Assis, SP. Programa e Resumos. Assis, SP: UNESP, 1998. p. 9-9.

57.
BOHN, H. I.. A globalização, a interculturalidade e as propostas hegemônicas na política de ensino de línguas. In: V Congresso brasileiro de Lingüística Aplicada, 1998, Porto Alegre. Anais do V Congresso brasileiro de Lingüística Aplicada, 1998. p. 64-64.

58.
BOHN, H. I.. Produção textual em língua materna e estrangeira: os processos de transferência. In: V Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 1998, Porto Alegre. Anais do V Congresso Brasileiro de lingüística aplicada, 1998. p. 97-97.

59.
BOHN, H. I.. Critérios a considerar na elaboração de uma política de ensino de línguas. In: 49 Reunião da Sociedade Brasileira pra o progresso da Ciência - SBPC, 1998, Belo Horizonte, MG. Anais da 49 Reunião da Sociedade Brasileira pra o progresso da Ciência - SBPC. Belo Horizonte, MG: UFMG, 1998. p. 64-64.

60.
BOHN, H. I.. Os processos de revisão e feedback. In: II CELSUL, 1997, Florianópolis, SC. Caderno de Resumos. Florianóplois, SC: Editora da UFSC, 1997. p. 36-36.

61.
BOHN, H. I.. Parâmetros curriculares nacionais e o ensino de língua materna na escola brasileira. In: I Seminário Nacional do Ensino de Línguas, 1997, Pelotas. Caderno de Resumos. Pelotas. RS: Editora da UCPel, 1997.

62.
BOHN, H. I.. The inconsistencies of the feedback provided by EFL writing instructors. In: TESOL '97, 1997, Orlando, Florida. Program Book: TESOL '97. Orlando, Florida: TESOL Inc, 1997. p. 263-263.

63.
BOHN, H. I.. Critérios a considerar na elaboração de uma política de ensino de línguas. In: 49 Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC, 1997, Belo Horizonte, MG. Anais da 49 Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC. Belo Horizonte, MG: UFMG, 1997. p. 65-65.

64.
BOHN, H. I.. Implementação de uma política de ensino de línguas. In: 49 Reunião da Sociedade Brasileira para o progresso da Ciência - SBPC, 1997, Bedlo Horizonte, MG. Anais da 49 Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência ? SBPC. Bedlo Horizonte, MG: UFMG, 1997. p. 65-65.

65.
BOHN, H. I.. Os conteúdos dos parâmetros curriculares nacionais e o ensino de língua materna na escola brasileira. In: I Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino, 1997, Pelotas, RS. Programa do I Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino. Pelotas, RS: UCPel, 1997. p. 27-27.

66.
BOHN, H. I.. A construção do texto acadêmico. In: INPLA, 1996, São Paulo, SP.. Caderno de resumos. São Paulo, SP: PUC/SP, 1996. p. 85-86.

67.
BOHN, H. I.. Feedback in the development of EFL writing ability. In: 96 TESOL Convention, 1996, Chicago, EUA. Abstracts of the '96 TESOL Convention. Chicago, EUA: TESOL Inc., 1996. p. 389-389.

68.
BOHN, H. I.. The role of feedback in EFL writing. In: AILA WORLD CONGRESS 1996, 1996, Jyväskylä. Programme Abstracts. Jyväskylä, Finlândia: Jyväskylä, University, 1996. p. 68-68.

69.
BOHN, H. I.. The place of feedback in EFL writing. In: AILA 96 World Congress, 1996, Finlândia. AILA 96 World Congress - Abstracts. Finlândia: AILA. p. 74-74.

70.
BOHN, H. I.. Necessary links for Brazilian EFL professionals. In: XIII ENPULI, 1995, Rio de Janeiro. Resumos do XII ENPULI. Rio de Janeiro: Editora da PUC - Rio de Janeiro, 1995. p. 47-47.

71.
BOHN, H. I.. Redefinition and pertinence of the concept of communicative language teaching. In: XIII ENPULI, 1995, Rio de Janeiro. Resumos do XII ENPULI. Rio de Janeiro: Editora da PUC - Rio, 1995. p. 58-58.

72.
BOHN, H. I.. Stages of development in learning to write FL. In: 29th TESOL Convention, 1995, Long Beach. Abstracts: 29th TESOL Convention. Long Beach, California, USA: TESOL Inc., 1995. p. 262-262.

73.
BOHN, H. I.. A produção do texto acadêmico: três percepções do mesmo processo. In: IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 1995, Campinas, SP. IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - Resumos. Campinas, SP: UNICAMP, 1995. p. 8-8.

74.
BOHN, H. I.. A interação escritor e supervisor na produção de um texto acadêmico. In: IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 1995, Campinas, SP. IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - Resumos. Campinas, SP: UNICAMP,, 1995. p. 3-3.

75.
BOHN, H. I.. Input and second language acquisition. In: XIII ENPULI, 1995, Rio de Janeiro. XIII ENPULI - Resumos. Rio de Janeiro: ENPULI, 1995. p. 8-8.

76.
BOHN, H. I.. Perspectivas de Pós-graduação e da Pesquisa em Letras e Lingüística no Brasil. In: 47 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência SBPC, 1995, São Luís, Maranhão. SBPC. São Luís, Maranhão: SBPC, 1995. p. 56-56.

77.
BOHN, H. I.. Problemas e soluções para a Pós-graduação em Letras do Brasil. In: 47 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência SBPC, 1995, São Luís, Maranhão. Anais da 47 Reunião Anual da SBPC. São Luís, Maranhão: SBPC, 1995. p. 45-45.

78.
BOHN, H. I.. Dificuldades em elaborar textos em segunda língua: problema lingüístico e/ou de transferência. In: Congresso Internacional da ABRALIN, 1994, Salvador, Bahia. Anais do Congresso Internacional da ABRALIN. Salvador, Bahia: ABRALIN, 1994. p. 15-15.

79.
BOHN, H. I.. A percepção do aprendiz nas pesquisas e teoria de aquisição de segundas línguas. In: IX Encontro Nacional da ANPOLL, 1993, Caxambu, MG. Anais do IX encontro Nacional da ANPOLL. Caxambu, MG: ANPOLL, 1993. p. 47-48.

80.
BOHN, H. I.. Learning to write in a foreign language. In: AILA '93 10th World Congress of the Internacional Association of Applied Linguistics, 1993, Amsterdam. Holanda. Proceedings AILA '93 10th World Congress. Amsterdam. Holanda: AILA, 1993.

81.
BOHN, H. I.. The perception of the composing process by Brazilian EFL Learners. In: XII ENPULI, 1993, Porto Alegre, RS. XI Encontro de Professores de Línguas e Literatura Estrangeiras ? Programa e Resumos. Porto Alegre, RS: UFRGS, 1993. p. 11-11.

82.
BOHN, H. I.. O GT da Lingüística Aplicada. In: Reunião Administrativa da ANPOLL, 1993, Pousada do Rio Quente, GO. Anais da ANPOLL. Pousada do Rio Quente, GO: ANPOLL, 1993. v. 1. p. 15-15.

83.
BOHN, H. I.. Input generated by NNSs. In: XI ENPULI, 1991, São Paulo. XI ENPULI. São Paulo: ENPULI, 1991.

84.
BOHN, H. I.. The perception of the composing process by Brazilian EFL learners. In: XI ENPULI, 1989, Porto Alegre, RS. XII ENPULI ? Resumos. Porto Alegre, RS, 1989. p. 5-5.

Artigos aceitos para publicação
1.
BOHN, H. I.. Corporeidade: os dispositivos que definem as identidades. Nonada : letras em revista, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
BOHN, H. I.. Linguística Aplicada brasileira: o espaço da voz do leitor e do escritor na pesquisa sobre leitura e escritura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Panorama de la linguística aplicada brasileña: una omisión de la cultura?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BOHN, H. I.; ROSA, S. H. D. . Da dor ao amor e no entremeio a cor. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . A linguagem da diferença no ?entre-lugar? da convivência na fronteira CHUÍ-CHUY. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
BOHN, H. I.. Linguagem, identidades, corpo(reidades) e culturas fronterizas: palavras de abertura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
BOHN, H. I.; DOMINGO, L.C. . DESCOLONIZANDO SABERES NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE LÍNGUAS NA FRONTEIRA BRASIL-URUGUAY. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BOHN, H. I.. Profissão professor: o ?entre - lugar? designado pela mídia nacional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
BOHN, H. I.. Os ?dipositivos ? que identificam o professor. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
BOHN, H. I.. Linguística Aplicada Brasileira: Uma área do conhecimento em construção no meio de saberes, desejos e de políticas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
TORRES, L. S. A. ; BOHN, H. I. . A língua portuguesa no limite da contemporaneidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
BOHN, H. I.. Síntese e avalição do Simpósio II DIÁLOGOS TRANSDICIPLINARES. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
BOHN, H. I.. Como a alteridade nos (re)significa: os conflitos identitarios. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Ausência da cultura: retratos de linguística aplicada brasileira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . As pesquisas dos linguistas aplicados brasileiros: diagnóstico e recursos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
BOHN, H. I.; ROSA, S. H. D. . Os banheiros da escola como espaço de significação: as marcas de gênero e a influência da mídia na (trans)formação identitária de estudantes do IFRS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
BOHN, H. I.. A definição das distancias culturais entre os habitantes brasileiros em situação de moradia na fronteira Uruguaia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
BOHN, H. I.. Mitos e verdades de moradores fronteriços - como o gaúcho brasileiro lida com a linha divisória na fronteira. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
BOHN, H. I.. Professor: a mídia discursa a profissão. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
BOHN, H. I.. Professor: uma identidade não herdada. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
BOHN, H. I.; TRINDAD, C. . As palavras 'cor' e 'raça' (não) ecoam na linguagem dos documentos governamentais sobre educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
BOHN, H. I.. Professor(es) identidades designadas pelo poder econômico. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
BOHN, H. I.; TRINDAD, C. . Cor, raça, etnia e cultura: complexidades que marcam encontros na sala de aula. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Interculturalidade: a complexidade constitutiva de políticas culturais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
BOHN, H. I.; CARVALHO, E.T.P. . Os discursos e os processos de letramento no Proeja. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
BOHN, H. I.; SILVA, Luiza Machado da . Interculturalidade: a complexidade constitutiva de políticas culturais e educacionais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
BOHN, H. I.. Exemplo de Professora e Pesquisadora de Lingüística Aplicada: As qualidades da profissional professora. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

27.
BOHN, H. I.. O paraíso perdido : profissão professor. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
BOHN, H. I.; CARVALHO, E.T.P. . Os sentidos dos processos de letramentos em Língua Portuguesa no PROEJA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
BOHN, H. I.; GRIGOLETTI, L. V. S. . O inconsciente e a formação das identidades. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
BOHN, H. I.; DAMASCENO, Vanessa Doumid . As representações de aluno, escola e professor na era tecnológica pelos protagonistas da sala de aula. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
BOHN, H. I.. A mídia nacional discursa o professor: identidades e memória. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
BOHN, H. I.. Formação de professores de línguas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
BOHN, H. I.. Os convites para aprendizagem de línguas: o problema dos sistemas discretos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
BOHN, H. I.; MARZARI , Gabriela Quatrin ; DAMASCENO, Vanessa Doumid . Repensando a sala de aula a partir do letramento digital. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
BOHN, H. I.; GONÇALVES, A. C. . Os discursos sobre o professor refletem a identidade do aluno. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
BOHN, H. I.; WYSE, M. A. G. . O feminino discursa o professor. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

37.
BOHN, H. I.; BANDEIRA, Shaiane . O feminino e o masculino discursam o professor. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
BOHN, H. I.. Professor, pesquisador - memórias e o compromisso com a contemporaneidade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
BOHN, H. I.. A Lingua vai para a sala de aula os - discursos do complexo processo de ensinar e aprender. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

40.
BOHN, H. I.. Histórias de letramento, alfabetização e formação de leitores. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

41.
BOHN, H. I.; BORGES, VERIDIANA P. . ALUNO: IDENTIDADE EM CONFLITO E MUDANÇA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

42.
BOHN, H. I.. Limites da formação em letras. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
BOHN, H. I.. As lições do Primeiro e Segundo ENPLEs: carta de Florianópolis e Pelotas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
BOHN, H. I.. Identidade: uma teia de significados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
BOHN, H. I.. As lições do Primeiro e Segundo ENPLEs: carta de Florianópolis e Pelotas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

46.
BOHN, H. I.. A língua materna: criação coletiva ou comunidade imaginada,. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

47.
BOHN, H. I.. Um olhar crítico sobre 'as implicações pedagógicas' na pesquisa em Linguística Aplicada no Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

48.
BOHN, H. I.. Paradigmas de pesquisa na lingüística aplicada brasileira ? o caso de leitura. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

49.
BOHN, H. I.. Pesquisa em lingüística aplicada no Brasil: um lugar do fazer pedagógico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

50.
BOHN, H. I.. The development of literacy skills: the importance of the language variable. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

51.
BOHN, H. I.. Historia de letramento e de alfabetização: os movimentos de ingresso no mundo da leitura e da escrita. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

52.
BOHN, H. I.. Historias de aprendizagem de línguas estrangeiras: novos sentidos para a aquisição. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

53.
BOHN, H. I.; SILVA, CARLOS EUGÊNIO COSTA DA . O discurso científico nas pesquisas em lingüística aplicada do Brasil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

54.
BOHN, H. I.. A voz do narrador nos relatos de letramento e de alfabetização. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

55.
BOHN, H. I.. A representação do professor de língua estrangeira na contemporaneidade. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
BOHN, H. I.. O diferente e as diferenças na educação escolar: contextos e desafios. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

57.
BOHN, H. I.; MARTINS, A. G ; BORGES, E . A liquidez e ambivalência do self na expressão de professores de língua inglesa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
BOHN, H. I.; VINHAS, L. L. . A identidade professor de línguas na contemporaneidade líquida da Pós-Modernidade. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

59.
BOHN, H. I.; SPECHT, L . A constituição da autoria de alunos-escritores de língua estrangeira. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
BOHN, H. I.; MARTINS, A. G ; BORGES, E . A presença do arquivo e da contemporaneidade na representação de professor de línguas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

61.
BOHN, H. I.. Novos argumentos para a sala de aula comunicativa. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

62.
BOHN, H. I.. Identidade do Professor. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

63.
BOHN, H. I.; RAJAGOPALAN, K. ; GUIMARAES, A. M. M. ; SAPPER, S. . Práticas discursivas em Língua falada e o processo ensino-aprendizagem. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
BOHN, H. I.. Razões para utilizar o método comunicativo na sala de aula. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

65.
BOHN, H. I.. New interdisciplinary arguments for communicative language teaching. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

66.
BOHN, H. I.. Autonomia na sala de LE: uma meta a ser alcançada ou uma utopia a ser perseguida?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
BOHN, H. I.. Lingüística Aplicada no contexto brasileiro: Reflexões e boa prática. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

68.
BOHN, H. I.. O papel do texto no fazer pedagógico do professor. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

69.
BOHN, H. I.. O texto e a construção do saber: a percepção de um grupo de professores. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

70.
BOHN, H. I.. Thoughts on learning education and humanity. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

71.
BOHN, H. I.. A necessidade de desconstrução e (re)construção de conceitos no ensino de línguas estrangeiras. 2000. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

72.
BOHN, H. I.. Cultura local e aprendizagem de outras línguas. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
BOHN, H. I.. A ação política do professor no processo de construção de uma política de ensino de línguas. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

74.
BOHN, H. I.. A narratividade na construção do conhecimento. 1999. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

75.
BOHN, H. I.. Ways of teaching and learning in a connecting world. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

76.
BOHN, H. I.. O papel das associações de professores na elaboração e implementação de uma política de ensino de línguas. 1998. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

77.
BOHN, H. I.. Os dilemas na elaboração de uma política de ensino de línguas. 1997. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

78.
BOHN, H. I.. Uma política de ensino de línguas para o Brasil: o caso da língua estrangeira. 1997. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

79.
BOHN, H. I.. O papel da interação na elaboração do texto. 1996. (Apresentação de Trabalho/Outra).

80.
BOHN, H. I.. Writing in the FL classroom: when does it make sense?. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

81.
BOHN, H. I.. Que critérios se deverian tener en cuenta en la planificación del enseño de lenguas. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

82.
BOHN, H. I.. O papel dos insumos no desenvolvimento da língua materna e/ou estrangeira. 1995. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

83.
BOHN, H. I.. Redefinition ad pertinence of the concept of communicative language teaching. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

84.
BOHN, H. I.. Twenty years of the Input hypothesis. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

85.
BOHN, H. I.. Aprendendo a aprender. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

86.
BOHN, H. I.. A importância da língua estrangeira em escolas de 1o e 2º grau. 1993. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

87.
BOHN, H. I.. As características textuais do aprendiz de língua estrangeira. 1993. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

88.
BOHN, H. I.. O GT da Lingüística Aplicada. 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
BOHN, H. I.. Prefacio. Campinas, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
BOHN, H. I.. A identidade de aluno: uma narrativa da incompletude. Bahia: Parábola ou Edições Uesb,, 2009 (Capitulo de livro).

3.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P. . Introdução. Florianópolis, SC., 1988. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BOHN, H. I.. Comissão Científica da 5th International Conference on Multicultural Discourses: Multi ? Inter or Trans- Cultural Commnunication: Reflections. 2016.

2.
BOHN, H. I.. Consultor ad hoc do MEC. 2009.

3.
BOHN, H. I.. Assesor cientifico ad hoc da Coordenadoria de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Estadual de Londrina. 2002.

4.
BOHN, H. I.. Assessor científico ad hoc da Universidade Estadual de Londrina. 1996.

5.
BOHN, H. I.. Parâmetros Curriculares Nacionais para Línguas Estrangeiras. 1996.

6.
BOHN, H. I.. Membro da Comissão de especialistas do MEC. 1996.

Trabalhos técnicos
1.
BOHN, H. I.. Membro da Comissão Cientifica do IX Congresso de Linguistica Aplicada. 2011.

2.
BOHN, H. I.. Parecerista e consultor da CAPES. 2009.

3.
BOHN, H. I.; Almeida Filho, José Carlos Paes de ; ORTIZ, M. L. ; Motta-Roth, Désirée . Carta de Brasilia - III ENPLE. 2009.

4.
BOHN, H. I.. Representante do CNPq no VI Seminário Integrado de Iniciação Científica da UNIVALI. 2000.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BOHN, H. I.; CELADA, M. T. ; ZEULLI, E. . Políticas públicas e linguísticas para línguas estrangeiras. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
BOHN, H. I.; GRIGOLETTI, L. V. S. ; SILVA, E. N. da ; CARVALHO, E.T.P. ; CONTRERAS, M. ; PEREIRA, O. M. L. ; DAMASCENO, Vanessa Doumid ; ORLANDO, Virginia ; MARTINS, A. G . Variação linguística, identidades e ensino: reflexoes. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
BOHN, H. I.. Trabalhos em Lingüística Aplicada. 2012. (Participante do corpo editorial de revista).

2.
BOHN, H. I.. Revista de Estudos da Linguagem. 2012. (Conselho Consultivo de Associação Científica Nacional- ALAB).

3.
BOHN, H. I.. Linguagem e Ensino. 2012. (Participante do corpo editorial de revista).

4.
BOHN, H. I.. Tempo da Ciência. 2012. (Participante do corpo editorial de revista).

5.
BOHN, H. I.. Revista Brasileira de Lingüística Aplicada. 2012. (Participante do corpo editorial de revista).

6.
BOHN, H. I.. PESQUISAS SOBRE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS NO BRASL - as variáveis de concepção de linguagem e teorias de aprendizagem. 2011. (Relatório de pesquisa).

7.
BOHN, H. I.. Pesquisas sobre ensino e aprendizagem de línguas no Brasil: as variáveis de concepção de linguagem e teoria de aprendizagem. 2009. (Relatório de pesquisa).

8.
BOHN, H. I.. Ilha do Desterro. 2009. (Participante do corpo editorial de revista).

9.
BOHN, H. I.. Membro do Conselho Consultivo da ALAB. 2009. (Conselho Consultivo de Associação Científica Nacional- ALAB).

10.
BOHN, H. I.. Membro da Comissão Científica do III ENPLE. 2009. (III ENPLE- Integrante da Comissão científica).

11.
BOHN, H. I.. A Identificação E A Construção Da Identidade Profissional De Professor De Línguas. 2007. (Relatório de pesquisa).

12.
BOHN, H. I.. A reflexão coletiva como processo transformador do fazer pedagógico do professor de línguas. 2004. (Relatório de pesquisa).

13.
BOHN, H. I.. A escritura como processo mediador na docência e na pesquisa. 2004. (Relatório de pesquisa).

14.
BOHN, H. I.. O papel da produção textual na construção do conhecimento e na formação dos educadores da linguagem. 2002. (Relatório de pesquisa).

15.
BOHN, H. I.. A produção textual em língua materna e língua estrangeira: os processos de transferência e as variáveis culturais.. 1999. (Relatório de pesquisa).

Demais trabalhos
1.
BOHN, H. I.. Professor: - intelectual (com)prometido. 2011 (Palestra) .

2.
BOHN, H. I.. Docência ? uma profissão em confronto com o poder. 2011 (Conferência) .

3.
BOHN, H. I.. Os desafios da identificação profissional do professor de línguas. 2011 (Conferência) .

4.
BOHN, H. I.; Miller, Inés K. de . Formacao de professores. 2011 (Coordenador e Organizador da Mesa Redonda) .

5.
BOHN, H. I.. Gêneros textuais no ensino de línguas estrangeiras. 2005 (MIni-curso) .

6.
BOHN, H. I.. Professor, uma identidade herdada ou construída. 2005 (MIni-curso) .

7.
BOHN, H. I.; DANIELE, Y. M. S. ; MARTINS, A. P. ; LENZI, N. E. . O discurso sobre a escola e a aprendizagem: silencios e conflitos. 2005 (Coordenador de Comunicações Coordenadas) .

8.
BOHN, H. I.. O poder das palavras. 2003 (Apresetação plenaria) .

9.
BOHN, H. I.. O professor de línguas diante das novas concepções de linguagem. 2003 (MIni-curso) .

10.
BOHN, H. I.; GONCALVES, I. ; CARVALHO, C. S. . O papel do texto na construção da competência lingüística do professor da linguagem. 2000 (Apresentação de trabalho) .

11.
BOHN, H. I.. Documento Síntese do II ENPLE - Encontro Nacional de Políticas de Ensino de Línguas. 2000 (Documento Síntese) .

12.
BOHN, H. I.. The advantages of being an AILA affiliate - some basic issues for the membreship committee. 2000 (Apresentação de trabalho) .

13.
BOHN, H. I.. Cultura local e ensino de línguas. 2000 (Seminário) .

14.
BOHN, H. I.. Organização curricular para o próximo milênio. 1999 (Apresetação plenaria) .

15.
BOHN, H. I.. Organização curricular e a globalização. 1999 (Mesa Redonda) .

16.
BOHN, H. I.. As maneiras de ensinar e aprender- os papéis do professor e do aluno. 1999 (MIni-curso) .

17.
BOHN, H. I.. O papel do professor e do aluno na construção do conhecimento lingüístico. 1999 (Workshop) .

18.
BOHN, H. I.. As funções do cérebro na construção do conhecimento e as variáveis da sala de aula. 1999 (Workshop) .

19.
BOHN, H. I.. O profissional de Letras e as demandas sociais do fim do milênio. 1999 (Palestra) .

20.
BOHN, H. I.. Os parâmetros curriculares: língua estrangeira e a ação pedagógica. 1999 (MIni-curso) .

21.
BOHN, H. I.. Ensino-aprendizagem do inglês:métodos. 1999 (Coordenador de Comunicações Coordenadas) .

22.
BOHN, H. I.. Recursos tecnológicos e parâmetros curriculares nacionais de língua estrangeira. 1999 (Conferência) .

23.
BOHN, H. I.. Unity or diversity? future directions of the English language use. 1999 (Participante de Mesa Redonda) .

24.
BOHN, H. I.. LDB e política de ensino de línguas. 1999 (Conferência) .

25.
BOHN, H. I.. Teorias de aprendizagem: os papeis do aluno e do professor. 1998 (Palestra) .

26.
BOHN, H. I.. Implementação de uma política de ensino de línguas. 1997 (Coordenador e Organizador da Mesa Redonda) .

27.
BOHN, H. I.. A questão da aprendizagem autônoma no desenvolvimento da língua materna e/ou estrangeira. 1995 (Palestra) .

28.
BOHN, H. I.. Que critérios se deberian tener en cuenta en la planificación de la enseñanza de lenguas?. 1995 (Mesa Redonda) .

29.
BOHN, H. I.. As variáveis de uma política de ensino de línguas: os determinantes externos e individuais. 1995 (Apresentaçao de trabalho) .

30.
BOHN, H. I.. The perception of the composing process by brasilian EFL learners. 1993 (Comunicação) .

31.
BOHN, H. I.. Metodologia de ensino de línguas. 1991 (Palestra) .

32.
BOHN, H. I.. Research into language acquisition. 1991 (Mini-curso) .

33.
BOHN, H. I.. The perception of linguistic needs varies according to the roles/tasks performers. 1989 (Apresentaçao de trabalho) .

34.
BOHN, H. I.. On the learning experiences of foreign students in Great Britain. 1987 (Conferência) .

35.
BOHN, H. I.. Teaching objectives and the selection of teaching materials: how to bridge the gap. 1985 (Apresentaçao de trabalho) .

36.
BOHN, H. I.. Pesquisa sobre leitura com alunos brasileiros. 1983 (Mesa Redonda) .

37.
BOHN, H. I.. A competência lingüstica e a realidade dos cursos de graduação Letras com Inglês. 1981 (Mesa Redonda) .

38.
BOHN, H. I.. The state of the art. 1981 (Mesa Redonda) .

39.
BOHN, H. I.. Teaching reading. 1980 (Apresentaçao de trabalho) .

40.
BOHN, H. I.. Readability. 1980 (Apresentaçao de trabalho) .

41.
BOHN, H. I.. The attitude of ESP students towards the target language. 1979 (Comunicação) .

42.
BOHN, H. I.. Testing as learning experience. 1974 (Conferência) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BOHN, H. I.; CERVI, G. M.; FRITZEN, M. P.; HEINIG, O. L. O. M.. Participação em banca de Gabriela Kloth. Práticas do subprojeto de Letras do PIBID/FURB: sentidos para acadêmicos, estudantes da Educação Básica e professora supervisora. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

2.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; IRALA, V. B.. Participação em banca de Luisa Klug Guedes. O uso de games domo IMPUT para aprendizagem de línguas. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas.

3.
SOBRAL, A.; BOHN, H. I.; GIACOMELLI, K.. Participação em banca de MARIA WALESKA SIGAPEIL MARTINS. Ser professor de Língua Inglesa em cursos livres: identificações e práticas docentes. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

4.
BOHN, H. I.; SOBRAL, A.; FISHER, A.; DICKEL, A.. Participação em banca de FRANCELINI RODRIGUES DE SOUZA. A construção de sujeitos críticos em um projeto vivencial de letramento. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas.

5.
BOHN, H. I.; HEBERLE, V. M.; FISHER, A.. Participação em banca de Luiza Machado da Silva. A língua constitui o professor: identidades (conflitantes) de professores de línguas estrangeiras. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas.

6.
SOUZA, Osmar de; BOHN, H. I.; SILVA, Neide de Melo A.; KRAEMER, Celso. Participação em banca de Alinor dos Santos. Os discursos do ensino religioso escolar: uma análise a partir dos dizeres dos alunos. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

7.
LEFFA, Vilson J.; BOHN, H. I.; SPEROTTO, R. I.. Participação em banca de LUIZ HENRIQUE TOUGUINHA DE ALMEIDA. Letramento digital e perfil discente: existe uma relação?. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

8.
BARTH, E. L.; BOHN, H. I.; FANTI, M. G. C.. Participação em banca de GABRIEL SOARES MACHADO. A construção discursiva da identidade do gaúcho na canção de Luiz Marenco: um enfoque dialógico. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

9.
BOHN, H. I.; MATZENAUER, Carmen Lúcia; FANTI, M. G. C.. Participação em banca de Marineti Adami Franz. A utopia da sala de aula dialógica: as normalizações e as renormalizações de uma professora. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

10.
SOUZA, Osmar de; BOHN, H. I.; Schroeder, Edson; KRAEMER, Celso. Participação em banca de Sandra Pottmeier. Os discursos de leitura em língua inglesa : os efeitos de sentido em alunos do ensino médio. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

11.
BOHN, H. I.; COX, M. I. P; ASSIS, A. A.. Participação em banca de Marki Lyons. Crenças em contexto: o ensino de língua inglesa numa escola pública de Mato Grosso. 2009. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso.

12.
BOHN, H. I.; FANTI, M. G. C.; TEBALDI GOMES, Neiva Maria. Participação em banca de Josiane Redmer Hinz. Atividade de estagio de língua portuguesa: o trabalho docente em perspectiva dialógica. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

13.
HEINIG, O. L. O. M.; BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de. Participação em banca de Ederli da Silva Teixeira Sampaio. Na voz dos alunos e sentidos do ensino /aprendizagem da lingua inglesa no contexto escolar. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

14.
Motta-Roth, Désirée; BOHN, H. I.; CORRÊA, MARCIA CRISTINA. Participação em banca de Francieli Socoloski Rodrigues. Análise crítica de gênero de relatos de pesquisa sobre escrita. 2008. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Santa Maria.

15.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARIANE DO ROCIO P. KRAVICE. O discurso da diferença no livro didático do ensino religioso. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

16.
BOHN, H. I.. Participação em banca de TERESA JOVITA BRAGA VIEIRA WILLRICH. O discurso de autoridade na sala de aula de ensino superior. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

17.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ANDREIA JULIANO. Sujeito e escritura: uma perspectiva discursiva sobre erro. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

18.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LUCIANA SPECHT. Autoria de alunos - escritores de língua estrangeira: possibilidade ou utopia. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

19.
BOHN, H. I.; HEINIG, O. L. O. M.; FURLANETTO, MARIA MARTHA. Participação em banca de Rafaela Lorena Vieira Otte. O que veio na minha cabeça eu escrevi: a heteregeneidade nois textos de alunos de ensino medio. 2006. Dissertação (Mestrado em Educacao) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

20.
XAVIER, R. P.; BOHN, H. I.; CARDOSO, T. M.. Participação em banca de ROBERTA KOLLING ESCALANTE. As representações de alunos sobre professores de espanhol como língua estrangeira. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina.

21.
BOHN, H. I.; FONTANA, BEATRIZ; ZILLES STAHL, A. M. Participação em banca de Cassiane Leonor Sartori Pereira. Os aspectos do livro didático de inglês como língua estrangeira e os parâmetros curriculares nacionais: convergências ou divergências?. 2006. Dissertação (Mestrado em Lingüística Aplicada) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

22.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Edivana Maria Stival. Educação de jovens e adultos: representações discursivas.. 2006. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

23.
BOHN, H. I.. Participação em banca de SIMONE RISKE KOCH. Discurso e ensino religioso: um olhar a partir da diferença. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

24.
BOHN, H. I.. Participação em banca de VOLNEI ZUNINO. O corpo em discurso. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

25.
BOHN, H. I.; CARDOSO, A. M. L.; PEREIRA, G. R. M.. Participação em banca de ROBERTA DEL-VECHIO DE OLIVEIRA E SILVA. Fazer ver e crer: valores de educação na publicidade e propaganda escolar. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

26.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de; VASCONCELOS, S. I. C. C.. Participação em banca de FLAVIO JOAQUIM FRONZA. Os sentidos de autor e texto: movimentos discursivos dos acadêmicos de Letras. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

27.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LIA JOAN NELSON PACHALSKI. As representações do ensino da língua inglesa - o discurso da afetividade e o discurso da dramaticidade. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

28.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P.; CABRAL, L. S.. Participação em banca de MARIANE SCHAFFER DIAS. A aprendizagem do present perfect: um olhar sobre a produção de erros. 2005. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

29.
BOHN, H. I.; SIMOES, L. J.; GARCEZ, P. M.. Participação em banca de ANELISE TEIXEIRA BURMEISTER. O trabalho em grupo colaborativo na aula de língua estrangeira numa escola pública de ensino médio. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

30.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Osmar Matiola. Formação humana como centro do processo de formação continuada de educadores. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

31.
BOHN, H. I.; VASCONCELOS, S. I. C. C.; BENITES, S. A. L.. Participação em banca de Cleusa Maria Alves de Maatos. O movimiento entre a mídia e a escola no processo discursivo de construção do conhecimento. 2004. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

32.
BOHN, H. I.; FAVERI, M.; SOUZA, Osmar de. Participação em banca de GREICE LUIZA LOPES FLECK. O discurso de gênero das professoras construindo indentidades sociais. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

33.
BOHN, H. I.; ROMAO, J. E.; LAMAR, A. R.. Participação em banca de CREUZA MARIA FLECK. Autonomia na Educação segundo Paulo Freire. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

34.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de; VOLPATO, Arceloni Neusa. Participação em banca de Katia Cristina Schumann Zilio. A escolha do uso da modalidade oral e escrita da língua materna no espaço acadêmico. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí.

35.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Olga Tereza Pissetti Machado. A produção dos sentidos: investigando historias de vida de leitura nos anos de ensino fundamental. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí.

36.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Daniele Borchardt Veiras. As formas de conhecimento implícito na sala de aula de língua estrangeira e a formação da competência comunicativa. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

37.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de; FISHER, J.; SOARES, M. B.. Participação em banca de IRENE DEBARBA ANTUNES DA SILVA. O papel da mediação, da dialogia e da (re) significação do ato de escrever no processo de construção da língua escrita. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

38.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de; MENEGASSI, J. J.; MENEGHEL, S. M.. Participação em banca de RAQUEL SILVA CLEMENTE. Os sentidos de autoria na voz do aluno do ensino médio. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

39.
BOHN, H. I.. Participação em banca de GISELE VIRGINIA KNEIP. Aspectos culturais no ensino de língua estrangeira. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

40.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ELIZABETH BERNARDES PANERAI. Um estudo sobre o silêncio nas atividades textuais em sala de aula: um olhar sobre o aluno. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

41.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Eliana Vogel Jaeger. Educação e as interdições. A diferença: os movimentos de interlocução e controle de uma sala de aula.. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

42.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Mariainês Ulbriki. A construção do sentido em leitura: o papel do conhecimento prévio.. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

43.
BOHN, H. I.. Participação em banca de AUGUSTO CESAR LUSTOSA. Ensino superior em artes cénicas: possibilidade e resistências na organização e realização de um espectáculo numa perspectiva interdisciplinar. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

44.
BOHN, H. I.. Participação em banca de KATIA REGINA KOERICH FRONZA. A linguagem do professor no seu fazer pedagógico: entre acordos (?) e negociações (?). 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

45.
BOHN, H. I.. Participação em banca de JANES FIDÉLIS TOMELIN. A dialogicidade da comunidade de investigação numa proposta para educar ao pensar. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

46.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ELAINE NOGUEIRA DA SILVA. A relação com o saber sob a perspectiva da análise crítica do discurso: um estudo com grupos de alunos de classes populares. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

47.
BOHN, H. I.. Participação em banca de CRISTINA KROEFF SCHMITZ. O papel da negociação de significado na aquisição de língua estrangeira. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

48.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARIA LÚCIA ARAGÃO ALVES. Motivação: o melhor caminho para um trabalho bem sucedido e prazeroso na escola. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

49.
BOHN, H. I.. Participação em banca de HARRY WIESE. A inserção da língua portuguesa na colônia Hammonia. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

50.
BOHN, H. I.. Participação em banca de CLARICE VAZ PERES ALVES. O processo da revisão textual na construção da textualidade através da focalização das máximas de Grice. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

51.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA SILVA. Formação continuada: um olhar diferenciado. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

52.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARLY KRÜGER DE PESCE. Autonomia do aluno: uma possibilidade na prática do praofessor de língua inglesa. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

53.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Ana Cristina Silva Bastos. Dificuldades no processo de aprendizagem: o discurso da superação na relação professor e aluno.. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

54.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ADRIANA FISHER. A caminho da produção do texto dissertativo no ensino fundamental. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

55.
BOHN, H. I.. Participação em banca de CLAUDINE GUS. O feedback avaliativo e corretivo em composições de língua inglesa analisadas por professores não-nativos. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

56.
BOHN, H. I.. Participação em banca de VALESCA SIMON PAULI. Interferência fonética de um dialeto alemão na expressão oral e escrita em português. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

57.
BOHN, H. I.. Participação em banca de HERZILIA MARIA DE LIMA BASTOS. A escrita em L2: dificuldades lingüìsticas. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

58.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARCELO ZILLES. O ensino e a aquisição de vocabulário em contexto de instrução de língua estrangeira. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

59.
BOHN, H. I.. Participação em banca de SANDRA MADALENA DA ROCHA. Língua estrangeira moderna no vestibular: que conhecimento lingüístico é exigido nas provas de língua espanhola?. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

60.
BOHN, H. I.. Participação em banca de CLÁUDIO PASSOS DE OLIVEIRA. A produção de perguntas em Inglês como língua estrangeira por aprendizes brasileiros. 2001. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

61.
BOHN, H. I.. Participação em banca de SIMONE SILVA PIRES. Vantagens e desvantagens do ensino de língua estrangeira na educação infantil: um estudo de caso. 2001. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

62.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ADRIANA FISHER. Um processo de produção de sentidos: o texto dissertativo em uma 4a série do ensino fundamental. 2001. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

63.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Maria Aparecida Rita Moreira. The use of the mother tongue in EFL classrooms of the Great Florianópolis (SC) region: a study of state school teachers' perceptions. 2001. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

64.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Mauro Alves da Costa. A construção do sujeito pesquisador: o papel da intertextualidade na construção do discurso. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

65.
BOHN, H. I.. Participação em banca de GIOVANNI SECCO. Criações lexicais em uma criança de 20 meses de idade. 1998. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

66.
BOHN, H. I.. Participação em banca de DEBORA LLIEFF PORTO. Leitura e construção do sentido em resumos de texto presente e de texto ausente. 1998 - Universidade Católica de Pelotas.

67.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ELISA PROBST HAUSMANN. O Problema do uso da língua materna em sala de aula de língua estrangeira. 1998. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

68.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Marilúcia Mattedi. A criança e o adolescente nas políticas e praticas publicas de Blumenau: de marginal a sujeito.. 1998. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

69.
BOHN, H. I.. Participação em banca de JOSÉ GILBERTO DE CAMPOS. A repetição lexical em redação de vestibular. 1997 - Universidade Católica de Pelotas.

70.
BOHN, H. I.. Participação em banca de JEANNE TEIXEIRA REBELLO. The acquisition of English initial /s/ clusters by Brazilian EFL learners. 1997. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

71.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ROSANA MASSARO CARNEIRO MONTEIRO. Interferência e interferência na leitura de alunos de 1º e 2º graus. 1997 - Universidade Católica de Pelotas.

72.
BOHN, H. I.. Participação em banca de RICARDA LUCY TEMPEL NAKASU. Fatores da comprensão na leitura de textos em Inglês por estudantes secundaristas brasileiros. 1997 - Universidade Católica de Pelotas.

73.
BOHN, H. I.. Participação em banca de HERZILIA MARIA DE LIMA BASTOS. O processo da escrita de texto subjetivo e de texto discursivo em L2. 1996 - Universidade Federal de Minas Gerais.

74.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ANA MARIA CARDOSO LUCENA. Revisão colaborativa de textos no 2º grau. 1996 - Universidade Católica de Pelotas.

75.
BOHN, H. I.. Participação em banca de PAULO LEÔNCIO DA SILVA. Rhetorical Ineptness in texts written by linguists. 1995. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

76.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARIA DE LOURDES AMANTE FEROHNA. Gender issues in the visual representations of EFL Brazilian Books. 1995. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

77.
BOHN, H. I.. Participação em banca de SILVIA MADEIRA NEVES. Foreign language acquisition through interaction: an ethnography study. 1995. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

78.
BOHN, H. I.. Participação em banca de IARA JANE WOLLSTEIN. Frequency of strategy use and achievement in foreign language learning. 1995. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

79.
BOHN, H. I.. Participação em banca de GIOVANNI SECCO. Criações lexicais em uma criança de 20 meses de idade. 1994. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

80.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Tania Regina Tascheto. Aquisição de Inglês como língua estrangeira - a modalidade escrita. 1993. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Santa Maria.

81.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARTA MARIA CHIQUETTO. Reflexões sobre a gagueira: concepções e atitudes dos professores. 1992. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

82.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LORENA CONSOLATA PLEIN DE SOUZA. O papel do conhecimento prévio na compreensão de textos didáticos. 1992. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

83.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARIA CRISTINA FARIA DALACORTE. Natural conversation and EFL textbook dialogues: a contrastive study. 1991. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

84.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ELISABETE SCHRAMM SZENÉSZI. The use of dialogue jounal writing to teach EFL secondary school students. 1991. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

85.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MAURA REGINA DOURADO AFFONSO. Toward communicative competence: the use of apologies by Brazilian learners of English. 1991. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

86.
BOHN, H. I.. Participação em banca de MARLISE LUDWING. A motivação na aprendizagem de francês. 1990. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

87.
BOHN, H. I.. Participação em banca de NEUZA RODRIGUES DE OLIVEIRA. Incidência de erros. 1990. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

88.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ROSELY PEREZ XAVIER. Residual segmental errors in English. 1989. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

89.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LEDA MARIA BRAGA TOMITCH. Scheme activation and text comprehension. 1988. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

90.
BOHN, H. I.. Participação em banca de EDLAMAR BENEVIDES XAVIER. That deletion: a reading comprehension problem. 1988. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

91.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ROSA YOSHIKO MOCHIDOME. Teacher talk: a description of classroom interaction. 1987. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

92.
BOHN, H. I.. Participação em banca de AURINEIDE COSTA DA PENHA. Development of initial competence in listenig comprehension (A tentative analysis). 1984. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

93.
BOHN, H. I.. Participação em banca de FATIMA MOREIRA HARBICH. A instrumentalidade no ensino de leitura em Inglês uma abordagem comunicativa. 1982. Dissertação (Mestrado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

94.
BOHN, H. I.. Participação em banca de INGE HANNELORE ELFRIEDE MARCUS. The cohesive relation of verbal ellipsis in English and its counterparts in Portuguese. 1982. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Paraná.

95.
BOHN, H. I.. Participação em banca de NEUS ZAPPELINI SCHIEFFLER. Acentuação gráfica - interferência da língua alemã. 1981. Dissertação (Mestrado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
BOHN, H. I.; MELLO, E. M. B.; STURZA, E. R.; VIEIRA, M. A.; SOBRAL, A.. Participação em banca de MARIA DO SOCORRO DE ALMEIDA FARIAS MARQUES. Um olhar para o ingresso específico para uruguaios fronteiriços na unipampa ? campus Jaguarão: por uma política educacional integracionista no entremeio identitário. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

2.
ALVES, R. G.; MARRONI, F. V.; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de DANIEL ESPÍRITO SANTO GARCIA.. Letramento em design de games: jogando, criando e compartilhando textos videolúdicos. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

3.
FARIAS-MARQUES, .. M. S. A.; BOHN, H. I.; IRALA, V. B.; MARRONI, F. V.; SOBRAL, A.. Participação em banca de ISAPHI MARLENE JARDIM ALVAREZ. O (in)cômodo hibridismo linguístico dos alunos na fronteira brasil/uruguai: o desafio docente. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

4.
BOHN, H. I.; MARINS, IDA MARIA MORALES; DOMINGO, L.C.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de LUCIANA SPECHT. O ingresso na língua estrangeira: vínculos linguístico-culturais e identitários de professores de língua inglesa. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

5.
BOHN, H. I.; MARTINES, M. S. V.; GIACOMELLI, K.; SCHEIFER, C. L.; SOBRAL, A.. Participação em banca de Veronice Camargo da Silva. Relações entre letramento acadêmico no estágio supervisionado e práticas de ação docente na voz do aluno-professor. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

6.
BOHN, H. I.; VINHAS, L. L.; GRIGOLETTI, L. V. S.; MARRONI, F. V.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Evanir Piccolo Carvalho. Os letramentos e as identidades nos discursos dos sujeitos da educação de jovens e adultos (PROEJA). 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

7.
LEFFA, Vilson J.; BOHN, H. I.; MOR, W. M. M.; FISHER, A.; SCHEIFER, C. L.. Participação em banca de Jossemar de Matos Theisen. O letramento digital e a leitura online no contexto universitário. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

8.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; FISHER, A.; FIALHO, V. R.; SCHEIFER, C. L.. Participação em banca de Cândida Martins Pinto. Metanálise qualitativa de investigação brasileira sobre letramento digital. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

9.
BOHN, H. I.; FRITZEN, M. P.; MARINS, IDA MARIA MORALES; SCHEIFER, C. L.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de SILVANIA FACCIN COLAÇO. A travessia do ser aluno para o ser professor: práticas de letramento pedagógico no PIBID. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

10.
BOHN, H. I.; SEMINO, Maria Josefina Israel; SANTOS, E. M. O.; AMARAL, M. G. C.; MARRONI, F. V.. Participação em banca de LUCIANA CONTREIRA DOMINGO. Letramento intercultural: a formação de mediadores interculturais nos cursos de letras. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

11.
BOHN, H. I.; SCHEIFFER, C. L.; FIALHO, V. R.; VETROMILLE-CASTRO, R.. Participação em banca de Ana Cláudia Pereira de Almeida,. De Brás cubas à curva de Koch: produção textual com base nas teorias da complexidade. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

12.
MAGNI, C. T.; ASSUNCAO, A. V.; MARRONI, F. V.; BOHN, H. I.; SOBRAL, A.. Participação em banca de rlos Leonardo Coelho Recuero,. O discurso sociolinguístico da fotografia: fotógrafo e fotografado construindo sentidos por meio da fotoetnotextografia na ilha dos marinheiros. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

13.
SOBRAL, A.; BOHN, H. I.; NUNES, G. H. L.; SILVEIRA, D. N.; SPAREMBERGER, R. F. L.. Participação em banca de OLGA MARIA LIMA PEREIRA. Docência negra em Pelotas: um constante reinterpretar de silêncios. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

14.
PINHEIRO, N. F.; FIALHO, V. R.; SOBRAL, A.; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de GABRIELA QUATRIN MARZARI. Quem me ensinou o Inglês que eu ensino? A influência das tecnologias digitais na constituição da identidade do professor de línguas do século XXI. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

15.
CUNHA, A. P. A.; MARRONI, F. V.; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; CASTRO, R. V.. Participação em banca de CAMILA GONÇALVES DOS SANTOS. O desenvolvimento e a implantação de uma Webquest interativa e adaptativa destinada ao ensino de línguas. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

16.
CABRAL, L. S.; SILVA, T. C.; BOHN, H. I.; LAZZAROTTO-VOLCAO, C.; MOTA, M. B.. Participação em banca de Nelson José Fontoura de Melo. ?Estratégias conscientes de ensino-aprendizagem para automatização da pronúncia do inglês. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC) - Universidade Federal de Santa Catarina.

17.
PERES, L. M. V.; PERES, E. T.; BOHN, H. I.; BUSSOLETTI, M.; OLIVEIRA, V. F.; PORTO, T. M. E.. Participação em banca de Flávia Griep Mancini. O valor simbólico da leitura: cartas (auto) biográficas de leitores professores.. 2013. Tese (Doutorado em Mestrado e doutorado em Educação) - Universidade Federal de Pelotas.

18.
BOHN, H. I.; SEMINO, M. J. I.; MARRONI, F. V.. Participação em banca de Maria Antonia Carballo Dominguez. As representações identitárias de um grupo de professores de língua espanhola: a sua formação e trabalho profissional.. 2013. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas.

19.
BOHN, H. I.; KLUGE, D. C.; FINGER, I.; ALVES, U. K.; ZIMMER, M. C.. Participação em banca de Cíntia Avila Blank. A influencia grafónico-fonológica na produção oral e no processamento de priming em multilíngues; uma perspectiva dinâmica. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

20.
BOHN, H. I.; CABRAL, S. R. S.; FREITAS, L. F. R.; HEBERLE, V. M.. Participação em banca de ELAINE NOGUEIRA DA SILVA. Os significados da docência nos textos produzidos por estudantes dos cursos de Letras em situação de estagio de língua portuguesa. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

21.
DAMIANI, M. F.; BOHN, H. I.; MOLON , Susana Inês; MIRANDA, A. R. M.; FRISON, L. M. B.. Participação em banca de Clarice Vaz Peres Alves. A escrita no contexto acadêmico: uma abordagem a partir das idéias de L.S. Vygotski. 2013. Tese (Doutorado em Pos- graduação em Educacação) - Universidade Federal de Pelotas.

22.
BOHN, H. I.; ASSUNCAO, A. V.; FREITAS, L. F. R.; MARRONI, F. V.; SOBRAL, A.. Participação em banca de REGINA ZAUK LEIVAS. Amores Perros: arquitetônica em espelho estilhaçado. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

23.
BOHN, H. I.; TAGLIANI, D. C.; VANDRESEN, P.; SOBRAL, A.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de IDA MARIA MORALES MARINS. Processos de identificação com a docência : um olhar a partir da trajetória de formação de alunas em um curso de Literatura em Letras. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

24.
BOHN, H. I.; Coracine, M. J.; Eisirik, C; VANDRESEN, P.. Participação em banca de Lucia V. Grigoletti. A voz identitaria do estrangeiro ecoa num espaço sonoro de muitas viagens. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

25.
BOHN, H. I.; BRISOLARA, O. L.; FANTI DI C. ,M. DE G.; FREITAS, L. F. R.. Participação em banca de Alessandra Avila Martins. A representação Discursiva da irmandade na fronteira Jaguarão/Rio Branco : um (des)encontro de vozes.. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

26.
BOHN, H. I.; SOUZA, Osmar de; VANDRESEN, P.; SEMINO, Maria Josefina Israel; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de VIRGINIA SUSANA ORLANDO. Estamos em japonés: dimensão ativo?dialógica da compreensão e gêneros discursivos em cursos de leitura em línguas estrangeiras próximas.. 2012. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas.

27.
BOHN, H. I.; HEBERLE, V. M.; CABRAL, S. R. S.. Participação em banca de ELAINE NOGUEIRA DA SILVA. Construções identitárias de estudantes dos Cursos de Letras em situação de estágio de Língua Materna. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

28.
BOHN, H. I.; HEEMANN, Cristiane; PALAZZO , Luiz Antonio Moro; MOLON , Susana Inês; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Simone Carboni Garcia. Objetos de aprendizagem como artefatos mediadores da construção do conhecimento: um estudo com base na epistemologia histórico-cultural. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

29.
BOHN, H. I.. Participação em banca de VANESSA RIBAS FIALHO. Comunidades virtuais na formação de professores de E/LE a distância na perspectiva da complexidade. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

30.
BOHN, H. I.; WITTKE, Ines Cleide; FANTI, M. G. C.; SOBRAL, A.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de FERNANDA PIZARRO DE MAGALHÃES. Gêneros discursivos da esfera empresarial no ensino da educação profissional: reflexões, análises e possibilidades. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

31.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; FREIRE, Maximina Maria; DAMIANI, M. F.; XAVIER, Regina Trilhotero. Participação em banca de CHRISTIANE HEEMAMM. A formação de uma comunidade virtual de aprendizagem sob a perspectiva da teoria da atividade. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

32.
BOHN, H. I.; GABBIANE, Beatriz; SEMINO, Maria Josefina Israel; VANDRESEN, P.. Participação em banca de MATILDE CONTRERAS. El valor axiológico del pronome oblíquo en el protugues brasilenho, relacionado al género discursivo y el traslado a la producción en lengua espanhola com lingua estranjera,. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

33.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Ana Lourdes da Rosa Nieves Fernández. Vozes de aprendizagem de língua espanhola. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

34.
MENEZES, V. L.; BOHN, H. I.; CASTANHEIRA, M.L.; MICCOLI, L. S.; CARMO, Claudio Márcio do. Participação em banca de Liliane Assis Sade Resende. Identidade a aprendizado de Inglês sob a ótica do caos e dos sistemas complexos. 2009. Tese (Doutorado em Estudos Lingüísticos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

35.
Motta-Roth, Désirée; Cristóvão, Vera Lucia Lopes; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; Müller, Felipe Martins. Participação em banca de Flavia Medianeira de Oliveira. O ensino e aprendizagem de línguas no contexto digital: analise de propostas pedagógicas em portais educacionais docentes da língua inglesa. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras) - Universidade Federal de Santa Maria.

36.
Uyeno, Elzira Yoko; Dornelles, Clara Zeni Camargo; CARVALHO DA SILVA, M. G. P, M das G.; BOHN, H. I.. Participação em banca de VALESCA BRASIL IRALA. A reinstitucionalização como prática: entre o jogo de rir com e o jogo de rir do professor. 2009. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

37.
BOHN, H. I.; LIMA, M. S.; Lamb, Clarice; CAMPOS, J.. Participação em banca de Magaly Ferrari. A hipótese período critico no aprendizado da língua estrangeira analisada a luz do paradigma conexionista. 2008. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Letras - Doutorado) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

38.
CABRAL, L. S.; BOHN, H. I.; HEINIG, O. L. O. M.; Debus, Eliane; ROCHA, MARCO ANTONIO ESTEVES DA. Participação em banca de Rejane Croharé Dania. Professora, eu não sei ler: uma intervenção para amenizar a produção de analfabetos funcionais.. 2007. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina.

39.
PELANDRE, N. L.; BOHN, H. I.; Fiad, Raquel Selek; Silva, Fábio Luiz Lopes da. Participação em banca de ADRIANA FISCHER. A construção do letramento na esfera acadêmica. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC) - Universidade Federal de Santa Catarina.

40.
BOHN, H. I.; Aguilera, Vanderci de Andrade; REIS, S.. Participação em banca de Cláudia Estima Sardo. A afetividade como argumento para o aprendizado de línguas estrangeiras na terceira idade. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Estudos da Linguagem) - Universidade Estadual de Londrina.

41.
BOHN, H. I.; MENEZES, V. L.; LIMA, M. S.; FLORES, V. N.. Participação em banca de Maria da Grça Cavalho de Amaral. O desdobramento de uma atitude teórica em relação à linguagem. 2006. Tese (Doutorado em Pós Graduaçao em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

42.
BOHN, H. I.; BRIGMANN, A. P.; MAGGIO, S. S.; FORTKAMP, M. B. M.. Participação em banca de SIMONE SILVA PIRES. Aspectos afetivos nos processos de ensino e aprendizagem de língua estrangeira na meia -idade. 2005. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

43.
BOHN, H. I.; MAGGIO, S. S.; FORTKAMP, M. B. M.; BEVILACQUA, C. R.. Participação em banca de MARIA TEREZA NUNES MARCHEZAN. Perfil de provas elaboradas por professores de Inglês na escola pública fundamental. 2005. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

44.
BOHN, H. I.; SCHMITZ, John Robert; PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira; NEVES, Maralice de Souza; BASTOS, Herzila Maria de Lima. Participação em banca de Helivane de Azevedo Evangelista. A utilização do feedback como estrategia de ensino/aprendizagem da escrita em Inglês como L2. 2003. Tese (Doutorado em Faculdade de Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

45.
BOHN, H. I.; SANTOS, Vera; LEFFA, Vilson J.; GARCEZ, Pedro; SCHLATTER, Margarete. Participação em banca de Christine Siqueira Nicolaides. A busca da aprendizagem autônoma de língua estrangeira no contexto acadêmico. 2003. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

46.
BOHN, H. I.. Participação em banca de HERBERT LUIZ BRAGA FERRERIA. Gramática e aquisição: a relação entre o foco na forma e a aquisição de língua estrangeira em situação institucional. 2001. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada) - Universidade Estadual de Campinas.

47.
BOHN, H. I.. Participação em banca de JUNE CAMPOS. Aquisição do pretérito perfeito e imperfeito do idicativo em português L2. 2000. Tese (Doutorado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

48.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ROSELY PEREZ XAVIER. Aprendizagem em um programa temático de língua estrangeira (Inglês). 1999. Tese (Doutorado em Lingüística Aplicada) - Universidade Estadual de Campinas.

49.
BOHN, H. I.. Participação em banca de ANTÔNIA DILAMAR ARAÚJO. Lexical signalling: a study of uspecific nouns in book reviews. 1996. Tese (Doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

50.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Maria da Graça Gomes Paiva. O Ensinar e aprender: uma leitura de construção social do ensino superior e da aprendizagemd Língua Inglesa. 1996. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

51.
BOHN, H. I.. Participação em banca de STELLA MARIA MIRANDA VIEIRA. The oral/written constrast in EFL learners' narratives. 1995. Tese (Doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

52.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LÊDA MARIA BRAGA TOMITCH. Reading text organization perception and working memory capacity. 1995. Tese (Doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

53.
BOHN, H. I.. Participação em banca de LONI GRIMM CABRAL. The role of metaphor in informative texts. 1994. Tese (Doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
BOHN, H. I.; IRALA, V. B.; SOBRAL, A.; FARIAS-MARQUES, .. M. S. A.; MARRONI, F. V.. Participação em banca de ISAPHI MARLENE JARDIM ALVAREZ. é O (in)cômodo hibridismo linguístico dos alunos na fronteira brasil/uruguai: o desafio docente. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

2.
BOHN, H. I.; GRUGOLETTI, L. V. S.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de LUCIANA SPECHT. O ingresso na língua estrangeira: vínculos linguístico-culturais e identitários de professores de língua inglesa. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

3.
BOHN, H. I.; MARRONI, F. V.. Participação em banca de DANI RODRIGUES MOREIRA. Manifestações de junho de 2013 no Brasil ? posições enunciativas no discurso dos editoriais de veja e carta capital: o poder da linguagem de criar, nomear e ser a expressão de ideologias, no dia 16 de dezembro de 2016. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

4.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; GRIGOLETTI, L. V. S.. Participação em banca de EVANIR PICCOLO CARVALHO. Os letramentos e as identidades nos discursos dos sujeitos da educação de jovens e adultos (PROEJA). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

5.
BOHN, H. I.; SEMINO, M. J. I.; MARRONI, F. V.. Participação em banca de LUCIANA CONTREIRA DOMINGO. Letramento intercultural: a formação de mediadores interculturais nos cursos de letras. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

6.
BOHN, H. I.; SCHEIFER, C. L.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Daniel Espírito Santo Garcia. Letramento em design de games: jogando, criando e compartilhando textos videolúdicos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

7.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; SCHEIFER, C. L.. Participação em banca de Ana Cláudia Pereira de Almeida,. De Brás cubas à curva de Koch: produção textual com base nas teorias da complexidade. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

8.
BOHN, H. I.; BRISOLARA, O. L.; SOBRAL, A.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de VANESSA DOUMID DAMASCENO. O olhar dos alunos sobre as TIC no processo de ensino e aprendizagem. A tecnologia é uma ferramenta, quem tem que trabalhar é o cérebro do professor e do aluno.. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

9.
BOHN, H. I.. Participação em banca de GABRIELA QUATRIN MARZARI. A influência das tecnologias digitais na constituição da identidade do professor de línguas do século XXI. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

10.
BOHN, H. I.; HEINIG, O. L. O. M.; SOBRAL, A.. Participação em banca de IDA MARIA MORALES MARINS. Representações e práticas sócio-discursivas na mobilização de processos de identificação com a docência em um curso de licenciatura em letras. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

11.
DAMIANI, M. F.; MIRANDA, A. R. M.; FRISON, L. M. B.; MOLON , Susana Inês; BOHN, H. I.. Participação em banca de Clarice Vaz Peres Alves. Consciência e controle da escrita no contexto acadêmico a partir das ideias de L. S. Vygotsky. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Pos- graduação em Educacação) - Universidade Federal de Pelotas.

12.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P.. Participação em banca de Matilde Contreras. El valor axiológico del oblíquo en Brasil, relacionado al género discursivo y reflejado enla lengua estranjera. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

13.
BOHN, H. I.. Participação em banca de Alessandra Ávila Martins. A representação Discursiva da irmandade na fronteira Jaguarão/Rio Branco : um (des)encontro de vozes.. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

14.
BRISOLARA, Luciene Bassols; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Virginia Orlando. ?!Estamos em japonês!?: sobre leitura, gênero discursivos e interpretação (autoria) em processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras próximas (PLE). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

15.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P.. Participação em banca de LÚCIA GRIGOLETTI. A voz do estrangeiro ? sabemos escutá-la?. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

16.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; TRILHOTERO, R.. Participação em banca de Simone Carboni Garcia. Objetos de aprendizagem como artefatos mediadores da construção conhecimento: um estudo com base na epistemologia histórico-cultural. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

17.
BOHN, H. I.; DAMIANI, M. F.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Christiane Heemann. Através dos outros, nos tornamos nós mesmos: a formação de comunidades virtuais sob o olhar da teoria da atividade. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

18.
TRILHOTERO, R.; DAMIANI, M. F.; BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.. Participação em banca de Christiane Heemann. A formação de uma comunidade virtual de aprendizagem sobre a perspectiva da teoria da atividade. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas.

19.
BOHN, H. I.; PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira. Participação em banca de Liliane Assis Sade Resende. Identidade e aprendizagem de inglês sob a óptica do caos dos sistemas complexos. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Faculdade de Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

20.
FRANCO, SÉRGIO ROBERTO KIELING; BOHN, H. I.; COSTA, A. C. da ROCHA; CARVALHO, MARIE JANE; NEVADO, ROSANE ARAGON DE. Participação em banca de MAXIMIRA CARLOTA DA SILVA ANDRÉ. Processos de aquisição da Língua Inglesa via educação a distância mediada pela internet. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Educaçao) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
BOHN, H. I.; MENEZES, V. L.. GRAFITE E DIAMANTE: A ESTRUTURA CRISTALINA DOS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS.. 2014. Universidade Católica de Pelotas.

2.
BOHN, H. I.. Membro da Comissão Especial para avaliar a progressão docente - Professor Titular da Universidade Federal de Santa Maria. 2014. Universidade Federal de Santa Maria.

3.
LOPES, Luiz Paulo da Moita; BOHN, H. I.; Motta-Roth, Désirée; PACHECO, Lucia. Membro da Banca Examinadora do Concurso Publico para Professor Adjunto em Língua Inglesa. 2010.

4.
BOHN, H. I.; VANDRESEN, P.; PORTELA, Girlene Lima; SOUZA, Lynn Mário Trindade Menezes de; ABREU, Antonio Suárez. Membro da Banca Examinadora do Consurso Publico para Professor Titular de Estudos Linguisticos. 2010. Universidade Federal de Minas Gerais.

5.
BOHN, H. I.; SCHMITZ, John Robert; ZANOTTO,M. S.; SOLANGE , R. DE OLIVEIRA; GAZZOLA, A. A.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais. 2002. Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor integrante da carreira do Magistério Superior da Universidade Federal de Ouro Preto. 1995. Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor Titular na área de Lingüística da Universidade Federal de Sergipe. 1993. Universidade Federal de Sergipe.

8.
BOHN, H. I.. Professor Titular Língua Inglesa, Lingüística Aplicada ao Inglês e Literaturas de Língua Inglesa da Universidade Federal de Santa Catarina. 1992. Universidade Federal de Santa Catarina.

9.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor integrante da carreira do Magistério Superior da Universidade Federal de Mato Grosso. 1992. Universidade Federal de Mato Grosso.

10.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor Titular da UFSM. 1988.

Concurso público
1.
LOPES, Luiz Paulo da Moita; MENEZES, V. L.; BOHN, H. I.. Membro da Banca examinadora do Concurso Público para professor Adjunto. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
BOHN, H. I.; FREITAS, S.; ORTIZ, M. L.. Lingüística Aplicada. 2004. Universidade de Brasilia.

3.
BOHN, H. I.; BORBA, AMANDIA MAIA DE; BIEMBENGUT, MARIA SALETT. Professor do Quadro. 2000. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

4.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor do Quadro - FURB. 1997. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

5.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor do Quadro - FURB. 1997. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

6.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor da Universidade Federal de Ouro Preto. 1985. Universidade Federal de Ouro Preto.

7.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor da Universidade Federal de Ouro Preto. 1985. Universidade Federal de Ouro Preto.

8.
BOHN, H. I.. Membro da Banca Examinadora do Concurso Público para Professor da Universidade Federal de Uberlandia, MG. 1982. Universidade Federal de Uberlândia.

Livre docência
1.
BOHN, H. I.; SCHMITZ, John Robert; DUARTE, V. L. C.. Pesquisa educacional com base nas artes e reflexão compartllhadas. 2005. Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho.

Outras participações
1.
BOHN, H. I.; LEFFA, Vilson J.; SILVA, M. C. P. S. E.. Membro da Comissão para emitir um parecer de mérito para indicar o docente que fará jus ao Prêmio Zeferino Vaz, edição 2015, UNICAMP. 2015. Universidade Estadual de Campinas.

2.
BOHN, H. I.. Avaliador das áreas de Ciências Sociais e Humanas. I Fórum Anual de Iniciação Científica - CNPq. 2002. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

3.
BOHN, H. I.. Membro da Banca do I Forum Anual de Iniciação Científica - FURB. 2002. Fundação Universidade Regional de Blumenau.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III CIPLOM e III EAPLOM,. DESCOLONIZANDO SABERES NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE LÍNGUAS NA FRONTEIRA BRASIL-URUGUAY. 2016. (Congresso).

2.
Simposio internacional lenguajes, identidades, corpo(reidades) y culturas fronterizas.Linguagem, identidades, corpo(reidades) e culturas fronterizas: palavras de abertura. 2016. (Simpósio).

3.
SIMPOSIO INTERNACIONAL LENGUAJES, IDENTIDADES, CORPO(REIDADES) Y CULTURAS FRONTERIZAS Universidad de la República del Uruguay- Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación - Universidade.Da dor ao amor e no entremeio a cor. 2016. (Simpósio).

4.
SIMPOSIO INTERNACIONAL LENGUAJES, IDENTIDADES, CORPO(REIDADES) Y CULTURAS FRONTERIZAS Universidad de la República del Uruguay- Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación - Universidade.A linguagem da diferença no ?entre-lugar? da convivência na fronteira CHUÍ-CHUY. 2016. (Simpósio).

5.
VIII Congresso Internacional - Catedra Unesco- Lectura y escritura de las dinámicas discursivas en el mundo contemporáneo. Linguistica Aplicada Brasileira: o espaço da voz do leitor e do escritor na pesquisa sobre elitura e escritura. 2016. (Congresso).

6.
DUO VII: dialogue under ocupation. Teoría dialógica do discurso. 2015. (Congresso).

7.
DUO VII: dialogue under ocupation. Ausência da cultura: retratos de linguística aplicada brasileira. 2015. (Congresso).

8.
ICCAL - International Congress of Critical Applied Linguistics:Language, Action, and Transformation. As pesquisas dos linguistas aplicados brasileiros: diagnóstico e recursos. 2015. (Congresso).

9.
II Diálogos Transdiciplinares ? dialogismo, bordas, fronteiras impressões, sentido.Síntese e avalição do Simpósio II DIÁLOGOS TRANSDICIPLINARES. 2015. (Simpósio).

10.
IX Congresso Internacional da ABRALIN. Profissão professor: o ?entre - lugar? designado pela mídia nacional. 2015. (Congresso).

11.
Seminário Internacional - Nível Pós-graduação, Universidad de la Republica do Uruguay.Como a alteridade nos (re)significa: os conflitos identitarios. 2015. (Seminário).

12.
V Seminário dos Programas de Pós-Graduação em Letras e Linguística Políticas e Agendas no Campo de Estudos da Linguagem.Linguística Aplicada Brasileira: Uma área do conhecimento em construção no meio de saberes, desejos e de políticas. 2015. (Seminário).

13.
V Seminário Nacional de Linguística e Ensino de Língua Portuguesa (V SENALLP). A língua portuguesa no limite da contemporaneidade. 2015. (Congresso).

14.
V Simpósio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários da UFTM? V SELL.Os ?dipositivos ? que identificam o professor. 2015. (Simpósio).

15.
I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade. Interculturalidade: a complexidade constitutiva de políticas culturais. 2014. (Congresso).

16.
II Seminário Internacional de língua literatura e processos culturais ? SILLPRO.Professor: a mídia discursa a profissão. 2014. (Seminário).

17.
XII Seminário de Linguística Aplicada e VIII Seminário de Tradução.Mitos e verdades de moradores fronteiriços - como o gaúcho brasileiro lida com a linha divisória na fronteira. 2014. (Seminário).

18.
XVII Congresso Internacional da Associação de Linguística e Filologia da América Latina.. A definição das distancias culturais entre os habitantes brasileiros em situação de moradia na fronteira Uruguaia. 2014. (Congresso).

19.
10º Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. Professor(es) - identidades designadas pelo poder econômico. 2013. (Congresso).

20.
Festchrift para Antonieta Celani.Exemplo de Professora e Pesquisadora de Lingüística Aplicada: As qualidades da profissional professora. 2013. (Outra).

21.
I Ciclo de Recepção e Debates dos Estudantes de Letras da UNIPAMPA/Bagé: Resistência, cidadania e transformação social..O paraíso perdido : profissão professor. 2013. (Seminário).

22.
I COPENE SUL Congresso dos/as pesquisadores/as negros/as da região Sul. As palavras 'cor' e 'raça' (não) ecoam na linguagem dos documentos governamentais sobre educação. 2013. (Congresso).

23.
II Seminario Internacional de Escolas da Fronteira Chui - Chuy.Interculturalidade: a complexidade constitutiva de políticas culturais e educacionais. 2013. (Seminário).

24.
IV CLAFPL- IV Congresso Latino Americano. Professor: uma identidade não Herdada. 2013. (Congresso).

25.
Salão universitário ? UCPEL.Os discursos e os processos de letramento no Proeja. 2013. (Encontro).

26.
UNILA - Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade,. INTERCULTURALIDADE: A COMPLEXIDADE CONSTITUTIVA DE POLÍTICAS CULTURAIS. 2013. (Congresso).

27.
VIII Seminário Nacional sobre Ensino de Língua Materna e Estrangeira e de Literatura ? VIII SELIMEL e I SIEL. Cor, raça, etnia e cultura: complexidades que marcam encontros na sala de aula. 2013. (Congresso).

28.
X Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. Comunicações Temáticas no 10 - Linguagem e Identidade. 2013. (Congresso).

29.
IIV SENALE - ENSINO E LINGUAGEM: NOVOS DESAFIOS. A mídia nacional discursa o professor: identidades e memória. 2012. (Congresso).

30.
I Sul Letras na UNISINOS, 2012.As representações de aluno, escola e professor na era tecnológica pelos protagonistas da sala de aula. 2012. (Encontro).

31.
IX Seminário ANPED SUL,. Os sentidos dos processos de letramentos em Língua Portuguesa no PROEJA. 2012. (Congresso).

32.
VI I COPENE ?Congresso brasileiro de pesquisadores/as negros/as Os desafios da luta antirracista no século XXI. 2012. (Congresso).

33.
20º Congresso de iniciação cientifica. O feminino e o masculino discursam o professor. 2011. (Congresso).

34.
40 anos dos cursos de Pós- graduação em Letras e linguística da UFSC. Professor, pesquisador - memórias e o compromisso com a contemporaneidade. 2011. (Congresso).

35.
IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. Formação de professores de línguas. 2011. (Congresso).

36.
V I SIGET. Repensando a sala de aula a partir do letramento digital. 2011. (Congresso).

37.
IX Encontro do CELSUL (Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul).Histórias de letramento, alfabetização e formação de leitores. 2010. (Encontro).

38.
VI SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino. A LÍNGUA VAI PARA A SALA DE AULA ? OS DISCURSOS DO COMPLEXO PROCESSO DE ENSINAR E APRENDER. 2010. (Congresso).

39.
Encontro Catarinense de Letras em Florianópolis, SC..Limites da formação em letras. 2009. (Encontro).

40.
ENCONTRO PROMOVIDO PELO MESTRADO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU.Identidade: uma teia de significados. 2009. (Outra).

41.
III ENPLE -Encontro Nacional sobre Políticas de Línguas e Ensino.As lições do Primeiro e Segundo ENPLEs: carta de Florianópolis e Pelotas. 2009. (Encontro).

42.
VI Congresso Internacional da ABRALIN. XIX Instituto de Lingüística.. Um olhar critico sobres ?a implicações pedagógicas? na pesquisa em Lingüística Aplicada no Brasil. 2009. (Congresso).

43.
8º ENCONTRO DO CIRCULO DE ESTUDOS LINGUISTICOS DO SUL - CELSUL..Pesquisa em lingüística aplicada no Brasil: um lugar do fazer pedagógico.. 2008. (Encontro).

44.
AILA 2008 World Congress. The development of literacy skills: the importance of the language variable.. 2008. (Congresso).

45.
XV CONGRESO INTERNACIONAL DE LA ASOCIACION DE LINGUÍSTICA Y FILOLOGIA DE AMERICA LATINA.. Paradigmas de pesquisa na lingüística aplicada brasileira ? o caso de leitura.. 2008. (Congresso).

46.
I Congresso Internacional da ABRAPUI. Historias de aprendizagem de línguas estrangeiras: novos sentidos para a aquisição. 2007. (Congresso).

47.
Semana Acadêmica da Universidade Federal de Pelotas: Perspectivas de Ensino no Século XXI.Identidade e Formação Profissional. 2007. (Encontro).

48.
Semana Acadêmica do Curso de Letras da UFSC.Pesquisa e Formação de Professores. 2007. (Encontro).

49.
V Congresso Internacional da Associação Brasileira de Lingüística. Historia de letramento e de alfabetização: os movimentos de ingresso no mundo da leitura e da escrita. 2007. (Congresso).

50.
VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada ? ALAB. Um Ingresso na Complexidade da Sala de Aula de Línguas: Debate. 2007. (Congresso).

51.
VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. ALAB - historia, realizações e perspectivas. 2007. (Congresso).

52.
VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. ALAB ~ historia, realizações e perspectivas. 2007. (Congresso).

53.
VIII Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. As vozes do processo de aquisição da linguagem. 2007. (Congresso).

54.
V SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino.O discurso científico nas pesquisas em lingüística aplicada do Brasil. 2007. (Seminário).

55.
V SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino.Coordenador do Curso: Ser -(estar)- entre línguas-culturas: (des)construindo identidades. 2007. (Seminário).

56.
V SENALE Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino.Uma visão caleidoscópica das vozes na aprendizagem de línguas. 2007. (Seminário).

57.
7 Encontro do CELSUL.A constituição da autoria de alunos-escritores de língua estrangeira. 2006. (Encontro).

58.
II Colóquio Catarinense de Ensino Religioso - O diferente e as diferenças no contexto Escolar: um desafio para o Ensino Religioso.O diferente e as diferenças na educação escolar: contextos e desafios. 2006. (Encontro).

59.
VI Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL. A ilusão de completude na construção dos saberes docentes. 2006. (Congresso).

60.
VI Seminário Internacional em Letras Palavra: Margens e Imagens.A constituição da autoria de alunos-escritores de língua estrangeira. 2006. (Seminário).

61.
IV Seminário sobre Ensino de Língua Materna e Estrangeira e de Literatura. Ensino de Línguas Estrangeiras. 2005. (Congresso).

62.
IV SENALE. Os silêncios discursivos na formação identitária do professor de línguas. 2005. (Congresso).

63.
TIRF- Inglês no Mundo Contemporâneo.Inglês no mundo contemporâneo: ampliando oportunidades sociais por meio da educação. 2005. (Encontro).

64.
XIV Congresso de Iniciação Cientifica Pelotas, RS. COMPONENTE DA COMISSAO AVALIADORA. 2005. (Congresso).

65.
XVII Seminário do CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos do Parana.Escola: espaço de conflitos. 2005. (Seminário).

66.
FILE III - Forum Internacional de Ensino de Línguas Estrangeiras. Políticas Lingüísticas : um olhar sobre o ensino de línguas. 2004. (Congresso).

67.
VI Encontro do Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul ? CELSUL. O que significa ser professor de línguas no imaginário dos alunos de letras ? uma análise interpretativa. 2004. (Congresso).

68.
VII Congresso Brasileiro de Lingüística AplicadaO dominio da língua escrita e as aproximações que levam ao letramento e à alfabetização. O dominio da língua escrita e as aproximações que levam ao letramento e à alfabetização. 2004. (Congresso).

69.
V Seminário de Pesquisa em Educação da Região sul - ANPED SUL.A formação do Profissional de Letras, escutando a voz dos alunos. 2004. (Seminário).

70.
1 Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste.1 Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste As exigências que as novas metáforas do ensinar e do aprender fazem sobre o professor de línguas. 2003. (Encontro).

71.
9° Encontro Nacional. 2° Encontro Internacional NAP -RS. Línguas estrangeiras na rede oficial de ensino: o que ensinar?. O professor de línguas e a cultura local ? motivações para ensinar e aprender. 2003. (Congresso).

72.
Convenção dos Professores de Inglês do RIo Grande do Sul - APIRS. The pleasure to become bilingual and to share meaning. 2003. (Congresso).

73.
Encontro Nacional de Profissionais de Língua Estrangeira: 3º Encontro nacional de profissionais de idiomas do SENAC. Ensino de línguas o lugar da cultura na construção da competência lingüística Encontro Nacional de Profissionais de Língua Estrangeira: 3º Encontro nacional de profissionais de idiomas do SENAC. 2003. (Congresso).

74.
I Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste. I Encontro de Lingüística Aplicada da Região Centro-Oeste As novas metáforas do ensinar e aprender e as exigências sobre o professor. 2003. (Congresso).

75.
XVI CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos literários do Paraná. XVI CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos literários do Paraná A produção textual com expressão e construção do saber e d identidade do aluno. 2003. (Congresso).

76.
XVII ENPULI/XXXII SENAPULI. Culture and foreign language learning ? The need of new metaphors. 2003. (Congresso).

77.
XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS.XV Salão de Iniciação Científica da UFRGS A formação do profissional de Letras da UCPel: qualidades, deficiências, ansiedades, frustrações e sugestões na voz dos alunos. 2003. (Outra).

78.
AILA 2002 World Congress. Learning the foreing language enthe local culture AILA 2002 World Congress. 2002. (Congresso).

79.
FILE II - Forum Internacional das Línguas Estrangeiras. Autonomia nas vozes dos alunos de Letras: expectativas e equívocos. 2002. (Congresso).

80.
IV CELSUL. Convergências e conflitos sobre a formação do profissional de Letras. 2002. (Congresso).

81.
VI Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL.Cultura, texto, discurso e dialogia: o entrecruzamento necessário para a construção do saber. 2002. (Seminário).

82.
20th Conference of the Southern African Applied Linguistics Association - African Odyssey 2001: explorations in applied linguistics. Applied Linguistics revised ? a look into the underprivileged social and economic groups. 2001. (Congresso).

83.
III Congresso Sul Brasileiro de Literatura Infanto-Juvenil. Thoughts on learning education and humanity. 2001. (Congresso).

84.
VI Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. O papel da produção textual na construção do conhecimento e na formação dos educadores da linguagem. 2001. (Congresso).

85.
VI Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada - ALAB. Lingüística Aplicada Hoje. 2001. (Congresso).

86.
VIII Congresso Sul - Brasileiro da Qualidade na Educação- Educação: Solidariedade Planetária. Professores contadores de histórias e alunos plagiadores. 2001. (Congresso).

87.
Convenção de professores de língua estrangeira. Foreing language learning: searching for a new classroom paradigm. 2000. (Congresso).

88.
I Congresso Ibero-Americano de Formação de Professores. A formação do professor e sua habilidade de construir e expressar conhecimento do texto apresentado. 2000. (Congresso).

89.
I Forum Internacional de Ensino de Línguas. Ecologias cognitivas para a aprendizagem de língua estrangeira. 2000. (Congresso).

90.
II Congresso Nacional da ABRALIN. Uma ponte para a autonomia. 2000. (Congresso).

91.
II Congresso Nacional de re-organização curricular. O papel da cultura local na aprendizagem de línguas estrangeiras. 2000. (Congresso).

92.
II Congresso Nacional de re-organização Curricular. O papel da cultura local na aprendizagem de línguas estrangeiras. 2000. (Congresso).

93.
II ENPLE (II Encontro Nacional de Políticas de Ensino de Línguas). Maneiras inovadoras de ensinar e aprender. 2000. (Congresso).

94.
V Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. O papel das línguas estrangeiras na criação de uma política lingüística na América Latina. 2000. (Congresso).

95.
XIV Seminário de Estudos Lingüísticos Literários do Paraná.Produção textual e auto-análise. 2000. (Seminário).

96.
XX Congrès de FIPLV - Paris. The dilema between native-like target language competence and linguistic identity. 2000. (Congresso).

97.
12th World Congress of Applied Linguistic - AILA World Congress. Foreign language learning by the blind. 1999. (Congresso).

98.
99 AILA World Congress. Future directions of the English language use. 1999. (Congresso).

99.
99 TESOL Convention. Translation as a means to enhance language acquisition. 1999. (Congresso).

100.
Associação dos Professores de Inglês dos Estados do Paraná (APLIEPAR), Santa Catarina (APLISC) e Rio Grande do Sul (APIRS). Ways of teaching and learning in a connecting world. 1999. (Congresso).

101.
Congresso Anual da Associação de Professores de Inglês do Estado de São Paulo - APLIESP. Organização curricular para o próximo milênio. 1999. (Congresso).

102.
Congresso da Associação de Professores de Inglês do Estado do Parana - APLIEPR. Organização curricular e globalização. 1999. (Congresso).

103.
Congresso Internacional da ABRALIN. Dificuldades em elaborar textos em segunda língua: problema lingüístico e/ou de transferência. 1999. (Congresso).

104.
II Seminario Nacional sobre linguagem e ensino.Os parâmetros curriculares nacionais de língua portuguesa e a prática da leitura. 1999. (Seminário).

105.
XV Jornada de Ensino de Língua Inglesa.Recursos tecnológicos e parâmetros curriculares nacionais de língua estrangeira. 1999. (Encontro).

106.
V Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. A globalização, a interculturalidade e as propostas hegemônicas na política de ensino de línguas. 1998. (Congresso).

107.
V Encontro da Associação de Professores de Línguas e Literaturas Estrangeiras - ENPLLE. O papel das associações de professores na elaboração e implementação de uma política de ensino de línguas. 1998. (Congresso).

108.
V EPLLE. Implementação de uma política de línguas. 1998. (Congresso).

109.
49 Reunião da Sociedade Brasileira para o progresso da Ciência - SBPC. Critérios a considerar na elaboração de uma política de ensino de línguas. 1997. (Congresso).

110.
Congreso Internacional de Políticas Linguísticas para América Latina.Critérios a considerar na elaboração de uma política de ensino de línguas. 1997. (Simpósio).

111.
Congresso Internacional de Políticas Lingüísticas para América Latina. Os dilemas na elaboração de uma política de ensino de línguas. 1997. (Congresso).

112.
II CELSUL. Os processos de revisão e feedback. 1997. (Congresso).

113.
I Seminário Nacional do Ensino de Línguas.Parâmetros curriculares nacionais e o ensino de língua materna na escola brasileira. 1997. (Seminário).

114.
I Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino. Os conteúdos dos parâmetros curriculares nacionais e o ensino de língua materna na escola brasileira. 1997. (Congresso).

115.
TESOL '97. The inconsistencies of the feedback provided by EFL writing instructors. 1997. (Congresso).

116.
XIX World Congress da Associação Internacional de Professores de Ensino de Línguas Vivas - IPLV. Uma política de ensino de línguas para o Brasil: o caso da língua estrangeira. 1997. (Congresso).

117.
96 TESOL Convention. Feedback in the development of EFL writing ability. 1996. (Congresso).

118.
AILA WORLD CONGRESS 1996. The place of feedback in EFL writing. 1996. (Congresso).

119.
I Encontro de Política de Ensino de Línguas Estrangeiras.Política de Ensino de Línguas Estrangeiras. 1996. (Encontro).

120.
INPLA. A construção do texto acadêmico. 1996. (Congresso).

121.
Reunião Acadêmica da ANPOLL.O papel da interação na elaboração do texto. 1996. (Outra).

122.
Writing in the FL classroom: when does it make sense?.Semana de Estudos Anglo-Americanos da UFMG. 1996. (Seminário).

123.
29th TESOL Convention. Stages of development in learning to write FL. 1995. (Congresso).

124.
47 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência SBPC. Perspectivas de Pós-graduação e da Pesquisa em Letras e Lingüística no Brasil. 1995. (Congresso).

125.
IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. A interação escritor e supervisor na produção de um texto acadêmico. 1995. (Congresso).

126.
IX Encontro Nacional da ANPOLL.A contribuição do aprendiz na construção de teorias de aquisição de segundas línguas. 1995. (Encontro).

127.
Primeira Reunião sobre Políticas Lingüísticas de la Universidad de Buenos Aires.Que critérios se deverian tener en cuenta en la planificación del enseño de lenguas. 1995. (Seminário).

128.
Semana de Letras da Universidade Federal do Amazonas.O papel dos insumos no desenvolvimento da língua materna e/ou estrangeira. 1995. (Seminário).

129.
XIII ENPULI. Input and second language acquisition. 1995. (Congresso).

130.
Congresso Internacional da ABRALIN. Dificuldades em elaborar textos em segunda língua: problema lingüístico e/ou de transferência. 1994. (Congresso).

131.
XVII Semana Acadêmica do Curso de Letras da UCPel.Aprendendo a aprender. 1994. (Seminário).

132.
AILA '93 10th World Congress of the Internacional Association of Applied Linguistics. Learning to write in a foreign language. 1993. (Congresso).

133.
Encontro do GT de Lingüística Aplicada.As características textuais do aprendiz de língua estrangeira. 1993. (Encontro).

134.
IX Encontro Nacional da ANPOLL. A percepção do aprendiz nas pesquisas e teoria de aquisição de segundas línguas. 1993. (Congresso).

135.
Reunião Administrativa da ANPOLL.O GT da Lingüística Aplicada. 1993. (Encontro).

136.
Seminário de Línguas Estrangeiras no Brasil, promovido pela UFSC, Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina.A importância da língua estrangeira em escolas de 1o e 2º grau. 1993. (Seminário).

137.
XII ENPULI. The perception of the composing process by Brazilian EFL learners. 1993. (Congresso).

138.
XI ENPULI. Research into language acquisition. 1991. (Congresso).

139.
VIII ENPULI. The Perception of Linguistic needs. 1988. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BOHN, H. I.. Revisor de trabalhos submetidos para aceitação no 18th World Congress oa Applied Linguistics. 2016. (Outro).

2.
BOHN, H. I.; SOBRAL, A. ; GRIGOLETTI, L. V. S. ; RIBEIRO, A. ; SILVA, Luiza Machado da ; ROSA, S. H. D. ; GABBIANE, Beatriz ; ORLANDO, Virginia . SIMPOSIO INTERNACIONAL LENGUAJES, IDENTIDADES, CORPO(REIDADES) Y CULTURAS FRONTERIZAS. 2016. (Outro).

3.
BOHN, H. I.; ROSA, S. H. D. . VIII SENALE - Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino. 2016. (Congresso).

4.
BOHN, H. I.; HEBERLE, V. M. . Simposio em Politica Linguística no IX Congresso Internacional da ABRALIN 2015. 2015. (Outro).

5.
BOHN, H. I.. Seminário de Pós-graduação. 2015. (Outro).

6.
BOHN, H. I.. Sessão Coordenada: Políticas Linguísticas Fronteiras, Culturas e Interculturalidade. 2014. (Congresso).

7.
BOHN, H. I.. 1 SImposio do GELFIC. 2014. (Outro).

8.
BOHN, H. I.. COMISSÃO CIENTÍFICA - CONGRESSO DA ALAB - 2013. 2013. (Congresso).

9.
BOHN, H. I.. Membro da Comissão Científica - I ICOPENE SUL Congresso doas/as pesquisadores/as negros/as da região Sul. 2013. (Congresso).

10.
BOHN, H. I.; GRIGOLETTI, L. V. S. . ORGANIZAÇÃO DE SIMPÓSIO: Iden(en)titatis: o lócus na différence. 2012. (Outro).

11.
BOHN, H. I.; GRIGOLETTI, L. V. S. . COORDENADOR DE SIMPÓSIO: Iden(en)titatis: o lócus na différence. 2012. (Outro).

12.
BOHN, H. I.. COMISSÃO CIENTÍFICA : IIV SENALE - ENSINO E LINGUAGEM: NOVOS DESAFIOS. 2012. (Congresso).

13.
BOHN, H. I.. IX Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada. 2011. (Congresso).

14.
BOHN, H. I.. III ENCONTRO DE POLITICAS LINGUISTICAS -III ENPLE. 2009. (Congresso).

15.
BOHN, H. I.; GRIGOLETTI, L. V. S. . SIMPÓSIO: O PAPEL DA LINGUAGEM E DE POLITICAS LINGUISTICAS NA FORMAÇÃO IDENTITÁRIA DO SUJEITO BRASILEIRO, EDUCADOR ↔EDUCANDO. 2009. (Outro).

16.
BOHN, H. I.. I FILE - I Forum Internacional de Professores de Línguas Estrangeiras (23 -25 Novembro de 2000). 2000. (Congresso).

17.
BOHN, H. I.. II Encontro Nacional de de Políticas Lingüísticas, II ENPLE (4 -6 de setembro de 2000). 2000. (Congresso).

18.
BOHN, H. I.. I Encontro Nacional sobre Política de Ensino de Línguas Estrangeiras. 1996. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
LORENA OLIVEIRA PY. A mudança do código linguístico na fala do fronteiriço: as variáveis que comandam a interação. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
CÁSSIA RODRIGUES GONÇALVES. Masculino, branco, heterossexual e cisgênero: o paradigma social dominante e o novo mal-estar na cultura.r. Início: 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).

2.
SABRINA HAX DURO ROSA. O aluno cotista negro e seu empoderamento por meio da língua inglesa a partir do desenvolvimento da competência simbólica.. Início: 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).

3.
DANY RODRIGUES MOREIRA. Os letramentos do gênero dissertativo-argumentativo: o desafio da escola brasileira. Início: 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).

4.
LUIZA MACHADO DA SILVA. O ensino das línguas estrangeiras: a definição da (inter) cultura(lidade). Início: 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).

Iniciação científica
1.
RITIELE COSTA VARGAS. . Identidades docentes nos estudos culturais. Iniciação. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
STEFANIE DA SILVA TUNES.. . O olhar ecológico do professor de língua materna.. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

2.
CASSIA RODRIGUES GONCALVES. Transexualidade, cinema e linguagem: dialogando com Katia. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

3.
MARIA ANTONIA CARBALLO DOMINGUEZ. As representações identitárias de um grupo de professores de língua espanhola: a sua formação e trabalho profissional.. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Letras- Mestrado/Doutorado) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

4.
LUIZA MACHADO DA SILVA. A língua constitui o professor: identidades. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

5.
MARÍA ANTONIA O. DOMINGUEZ. O discurso de professores de língua espanhola: uma questão de identidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

6.
MARINETI ADAMI FRANZ. A utopia da sala de aula dialógica: as normalizações e as renormalizações de uma professora. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

7.
MARIANE DO ROCIO P. KRAVICE. O discurso da diferença no livro didático do ensino religioso. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

8.
ANDREIA JULIANO. Sujeito e escritura: uma perspectiva discursiva sobre erro.. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

9.
LUCIANA SPECHT. Autoria de alunos - escritores de língua estrangeira: possibilidade ou utopia. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

10.
TERESA JOVITA BRAGA WILLRICH. O Discurso de autoridade na sala de aula de Ensino Superior. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

11.
MARIANE FRIGO DENARDIN. O encontro de crianças com uma língua estrangeira: ?Seu fosse mágico eu queria passar tudo de novo?. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

12.
SIMONE RISKE KOCH. Discurso e ensino religioso: um olhar a partir da diferença. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

13.
VOLNEI ZUNINO. O corpo em discurso. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

14.
IDA MARIN. As origens da motivação para aprender línguas estrangeiras. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

15.
SOLANGE MARIA SENEM DOS SANTOS. A linguagem escrita como produção de sentidos no contexto da sala de aula. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

16.
LEILA BOM CAMILLO. O processo de aprendizagem da linguagem escrita num contexto rural sul-brasileiro. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

17.
ROSANE SCHUMANN SUMAN. A construção da habilidade comunicativa em língua estrangeira na voz dos alunos: o caso da língua espanhola.. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

18.
CLEIDE DOS SANTOS PEREIRA SOPELSA. A mediação pedagógica no processo de construção da linguagem escrita no contexto de sala de aula de alfabetização. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, Secretaria Municipal de Educação de Blumenau. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

19.
MARINA CRUZ KREPSKY. Dificuldades de aprendizagem: movimentos discursivos na voz dos alunos. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

20.
ELIANA VOGEL JAEGER. Educação e as interdições à diferença: movimentos de interlocução de uma sala de aula. 2003. 121 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

21.
IRENE DEBARBA ANTUNES DA SILVA. O papel da mediação, da diologia e da (re) significação do ato de escrever no processo de construção da língua escrita. 2003. 135 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

22.
DANIELE BOECHARDT VEIRAS. As formas de conhecimento implícito e explícito na sala de aula de língua estrangeira e a formação da competência comunicativa.. 2003. 136 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

23.
GISELE KNEIP. Aspectos culturais do ensino de língua estrangeira. 2003. 103 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

24.
NEREIDA VALENCIO BARROS. Estudo do emprego e funções dos operadores argumentativos mas e embora em textos escolares. 2003. 126 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

25.
FLAVIA GRIEP MANCINI. A produção de inferências na leitura de narrativas literárias por alunos de Letras.. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

26.
ANA MÁRCIA MARTINS. As vozes de professores e alunos no jogo discursivo da sala de aula: tradição e inovação. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

27.
HARRY WIESE. A inserção da língua portuguesa na colônia Hammonia. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Coorientador: Hilario Inacio Bohn.

28.
MARLY KRÜGER DE PESCE. Autonomia do aluno: uma possibilidade na prática do professor de língua inglesa. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

29.
JÓSE DALMONICO. Livro didático e discurso pedagógico: uma relação de dependência. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

30.
ANA CRISTINA SILVA BASTOS. Dificuldades no processo de aprendizagem: o discurso da superação na relação do professor e aluno. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

31.
MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA SILVA. Formação continuada: um olhar diferenciado. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

32.
CIBELE LEMKE. Concepções de linguagem no ensino da língua estrangeira. 2002. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

33.
CLEIDE SOPELSA. O processo de escritura em aulas de alfabetização. 2002. 0 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

34.
MAURO ALVES DA COSTA. A construção do sujeito pesquisador: o papel da intertextualidade na construção do discurso. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

35.
NACIR ABDALA. Produção de Textos: em face de prática pedagógica do professor e a percepção do aluno do processo de escritura. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

36.
MARIA DA GRAÇA CARVALAHO DE AMARAL. Aprendizagem de uma língua estrangeira com processo de construção para o desenvolvimento de uma identidade em educação ambiental. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

37.
FERNANDA. A. H. DE CARVALHO. A construção da aptidão: uma provável resposta para diferentes desempenhos na aquisição de língua estrangeira. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

38.
ANALVA APARECIDA DE ANDRADE LUCAS E SILVA. O papel do texto na construção do conhecimento na universidade - uma reflexão sobre a cultura na sala de aula e o uso da linguagem na construção do conhecimento. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

39.
MARIA ESTER BUENO. Text production and revision in foreign language learning. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

40.
MARISTELA PEREIRA. Educação de jovens e adultos: desenvolvendo compreensão do processo de reinserção na escola. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

41.
MARIA ESTER WOLLSTEIN MORITZ. Differences and similarities on self-revision across Portuguese as a native language and English as a foreign language. 1999. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

42.
ELISA PROBST HAUSMANN. O problema do uso da língua materna em sala de aula de língua estrangeira. 1998. 0 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

43.
CLAUDIA ALVES. Translation as a means to inhance foreign language acquisition. 1998. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

44.
LUCIANI SALCEDO DE OLIVEIRA. Teacher beliefs and classroom behaviours. 1998. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

45.
MAXIMIRA CARLOTA DA SILVA ANDRÉ. Crenças educacionais de futuros professores de língua estrangeira em fase de conclusão do curso de formação. 1998. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

46.
MATILDE CONTRERAS. Las trampas que puede ofrecer la proximidad de los idiomas. 1998. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

47.
ADRIANA DE CARVALHO KUERTEN DELLAGNELLO. Writing and revision: the effect of individual revision, peer revision and teachers'written feedback in foreign language text prodiuction. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

48.
ISABELLA MOZZILLO DE MOURA. Traição lingüística e lealdade cultural - a alternância de código no discurso bilingüe. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

49.
KATIA REGINA SILVA DO NASCIMENTO. a Interaçaõ em sala de aula de LE de deficientes visuais. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

50.
VERA LÚCIA DIAS FERNANDES. A busca de autonomia na aprendizagem de LE: a experiência do ensino concentrada na UCPel. 1996. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

51.
CHRISTINE N. GASTAUD. Interação em sala de aula de língua estrangeira: uma experiência na escola de ensino de primeiro grau. 1996. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

52.
ANTONIO EDUARDO VIEIRA DE OLIVEIRA. Vocabulary in foreign- language learning: explorations of a neglected area. 1995. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

53.
PAULA FATUR SANTOS. The un(consciousness) in foreign language acquisition. 1994. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

54.
DIEGO ERNESTO ARENAZA VECINO. A threshold level syllabus for Brazilian adult studens learning Spanish. 1993. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

55.
CLAUDIA E. SARDO. An EFL student-generated syllabus. 1993. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

56.
NADIR DE ASSIS BORALLI. Oral strategies used by Brazilian students learning English. 1993. 0 f. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

57.
JOSE ENDOENCA MARTINS. Can communicative claims be met in teaching materials: the case of Our Turn. 1991. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

58.
RAFAEL CARMOLINGA ALCARAZ. Níveis de interferência na aprendizagem do espanhol para estudantes brasileiros. 1991. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

59.
ELAINE LUZ BARTH. The effects of text structure Instruction on EFL readers'understanding of expository texts. 1990. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

60.
LEATRICE NEVES HOFFMANN. An accelerative psycholinguistic approach to second language acquisition applied to English language. 1990. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

61.
ANTONIO MOTA FILHO. Text structure and Brazilian university student's writing proficiency: an experiment. 1989. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

62.
CRISTINE BITTENCOURT. Teaching brazilian students how to read a foreign language. 1989. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

63.
ALBERTINA FELISBINO VITORETTI. Desenvolvimento e aquisicao das habilidades de Leitura No 1o Grau. 1984. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

64.
MARCIA HELENA BOECHART ALVES FERNANDES. Communicative competence of prospective teachers of English at Brazilian universities. 1983. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

65.
MARIA BEATRIZ PICCOLI. Reading Ability Of Brazilian University Students And Foreign Language Teaching. 1983. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

66.
LUCIA MARIA NASSIB OLIMPIO. Complexidade sintatica- uma variável pertinente para a compreensão de Leitura. 1983. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

67.
MARILDA DOS REIS BELLAGUARDA. Ensino e aprendizagem de língua materna no primeiro e segundo graus: o caso de concordância verbal. 1983. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

68.
FATIMA MOREIRA HARBICH. A instrumentalidade do ensino da leitura em Inglês: uma abordagem comunicativa. 1982. Dissertação (Mestrado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

69.
NEUSA SCHIEFLER. Acentuação gráfica - interferência da língua alemã. 1981. Dissertação (Mestrado em Lingüística e Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

70.
ANA ANTONIA DE ASSIS. The order or prenominal adjetivals in unambiguous unbroken string in English. 1980. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

71.
VILSON LEFFA. A study on the teaching of English for reading purposes in the secondary school. 1979. Dissertação (Mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente)) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

Tese de doutorado
1.
ISAPHI MARLENE JARDIM ALVAREZ. O (in)cômodo hibridismo linguístico dos alunos na fronteira brasil/uruguai: o desafio docente. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

2.
LUCIANA SPECHT. O ingresso na língua estrangeira: vínculos linguístico-culturais e identitários de professores de língua inglesa. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

3.
EVANIR TERESINHA PICCOLO CARVALHO. As estratégias de aprendizagem da LM ? alunos EJA.. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

4.
LUCIANA CONTREIRA DOMINGO. Currículo e materiais didáticos para uma educação linguística intercultural. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

5.
SILVANIA FACCIN COLAÇO. Práticas de letramento no domínio acadêmico em um curso de licenciatura em Ciências Biológicas: trajetórias, conflitos e transformações. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

6.
VANESSA DOUMID DAMASCENO. O olhar dos alunos sobre as TIC no processo de ensino e aprendizagem. A tecnologia é uma ferramenta, quem tem que trabalhar é o cérebro do professor e do aluno. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

7.
IDA MARIA MORALES MARINS. Processo de identificação com a docência: um olhar a partir da trajetoria de formacao de alunas em um curso de letras. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

8.
ELAINE NOGUEIRA DA SILVA. Os significados da docência nos textos produzidos por estudantes dos cursos de Letras em situação de estagio de língua portuguesa. 2013. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

9.
LUCIA VALQUIRIA SOUZA GRIGOLETTI. A voz identitaria do estrangeiro ecoa num espaço sonoro de muitas viagens. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

10.
VIRGINIA SUSANA ORLANDO. Estamos em japonés: dimensão ativo?dialógica da compreensão e gêneros discursivos ursivos em cursos de leitura em línguas estrangeiras próximas. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

11.
ALESSANDRA AVILA MARTINS. A representaçao discursiva da irmandade na fronteira Jaguarão/Rio Branco: um (des) encontro de vozes. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

12.
VIRGINIA SUSANA ORLANDO. Leitura e Leitores: será que em línguas próximas fica mais fácil?. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

13.
IDA MARIA MORALES MARINS. Identidade do aluno de Letras. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

14.
MATILDE CONTRERAS. A recepção da língua estrangeira: o caso do espanhol brasileiro. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

15.
VANESSA DOUMID DAMASCENO. Identidade(s) de alunos: deslocamento e conflitos. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

16.
ANA LOURDES DA ROSA NIEVES FERNÁNDEZ Fernández. Vozes de aprendizagem de língua espanhola. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Letras e Lingüística) - Universidade Católica de Pelotas, . Orientador: Hilario Inacio Bohn.

Iniciação científica
1.
Cibele Trindad. Identidades de professor na mídia escrita nacional. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Português e Inglês) - Universidade Católica de Pelotas. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

2.
Laura Sacco dos Anjos Torres. A língua portuguesa no limite da contemporaneidade. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Católica de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

3.
Vanessa Valente Gonçalves. Professor brasileiro: a imagem da mídia escrita. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Católica de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

4.
Daiana Medeiros. Ensino de arte na escola: formação artística do aluno. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Católica de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

5.
SHAIANE BANDEIRA. Identidade do professor e aluno. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

6.
JESSICA BELLOMO DA SILVA. Identidade do aluno de Letras: uma. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas - Bolsa de Iniciação Científica. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

7.
VERIDIANA P. BORGES. A língua produz o professor: identidades conflitantes. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas - Bolsa de Iniciação Científica. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

8.
CARLOS EUGÊNIO COSTA DA SILVA. A concepção de linguagem e teoria de aprendizagem na pesquisa em lingüística aplicada brasileira. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

9.
Alessandra G. Martins. A identificação e construção da identidade do professor de línguas. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas - Bolsa de Iniciação Científica. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

10.
Elen Susana Inacio Borges. A identificação e a construção da identidade do professor de línguas. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas - Bolsa de Iniciação Científica. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

11.
LUCIANA LOST VINHAS. SUBJETIVAÇÕES. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

12.
JOSIANE REDMER HINZ. SUBJETIVAÇÕES. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

13.
ALICE PRODE. SUBJETIVAÇÕES. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

14.
JOSIANE REDMER HINZ. SUBJETIVAÇÕES. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

15.
LUCIANA LOST VINHAS. SUBJETIVAÇÕES. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

16.
LETICIA CALDERA. SUBJETIVAÇÕES. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

17.
LUCIANA LOST VINHAS. SUBJETIVAÇÕES. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

18.
JOSIANE REDMER HINZ. SUBJETIVAÇÕES. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Núcleo de pesquisa da linguagem. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

19.
RAFAEL DIAS FERREIRA. As interlocuções e a construção das subjetividades do profissional de letras. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Núcleo de pesquisa da linguagem. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

20.
INÊS DE FÁTIMA A. GONÇALVES. A reflexão produtiva como processo no fazer pedagógico dos profesores de línguas. 2002. Iniciação Científica - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

21.
DANIELA R. SOARES. A reflexão produtiva como processo no fazer pedagógico dos profesores de línguas. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

22.
MICHELE NEVES. A reflexão produtiva como processo no fazer pedagógico dos profesores de línguas. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

23.
CAMILA SOARES DE CARAVALHO. O papel da produção textual na construção da mente científica e na formaçao dos educadores da linguagem. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

24.
NELSON NIEUHUES. A necessidade de aprendizagem de língua estrangeira: o caso do aluno universitário. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras Inglês e Literatura Correspondente) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

25.
CAMILA SOARES DE CARVALHO. Produção textual em língua estrangeira: problema lingüístico ou de transferência. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

26.
NELSON NIEUHUES. O perfil do profissional de letras: idealização versus realidade. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras Inglês e Literatura Correspondente) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnoloólgico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

27.
ROSANGELA TERESINHA CALZA. Feedback no ensino/aprendizagem da escrita em língua estrangeira. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras Inglês e Literatura Correspondente) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

28.
NELSON NIEUHUES. Razôes de insatisfação e causas de evasão nos cursos de Letras-Língua Estrangeira. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras Inglês e Literatura Correspondente) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.

29.
ROSANGEL A TERESINHA CALZA. Os processos de auto-monitoração e de feedback no desenvolvimento de habilidades de escrever em língua estangeira: o ensino de língua francesa. 1995. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Letras Inglês e Literatura Correspondente) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Hilario Inacio Bohn.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
BOHN, H. I.. Linguística Aplicada Brasileira: Uma área do conhecimento em construção no meio de saberes, desejos e de políticas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/11/2018 às 23:59:38