Evandro Steffani

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1304491221763766
  • Última atualização do currículo em 07/05/2018


Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1990), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). Foi professor do Departamento de Engenharia Química da Universidade de Caxias do Sul de agosto de 1995 a outubro de 2009. Também foi professor adjunto na Unipampa - Campus Bagé de outubro de 2009 a dezembro de 2011, atuando nos cursos de Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Engenharia Química e Engenharia de Alimentos. Posteriormente, de dezembro de 2011 a maio de 2014, atuou como professor adjunto na Universidade Federal de Santa Maria, lotado no Departamento de Engenharia Química. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Engenharia Química da UFRGS, tendo iniciado suas atividades em maio de 2014. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Operações de Separação e Mistura, particularmente com processos de extração supercrítica e adsorção. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Evandro Steffani
Nome em citações bibliográficas
STEFFANI, E.;STEFFANI, EVANDRO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Química.
Avenida Engenheiro Luiz Englert
Farroupilha
90040040 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33084404


Formação acadêmica/titulação


1998 - 2003
Doutorado em Engenharia Química.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Modelagem Matemática do Processo de Extração Supercrítica de Óleo Essencial de Ho-Sho (Cinnamomum camphora Nees & Eberm var. linaloolifera Fujita) Utilizando CO2, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Leonel Teixeira Pinto.
1991 - 1993
Mestrado em Engenharia Química.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Método de Colocação Ortogonal em Elementos Finitos Aplicado à Solução de Problemas Bidimensionais de Escoamento Laminar em Dutos Cilíndricos,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Milton Mori.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1986 - 1990
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Curso de Formação Básica em Saúde e Segurança no. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Comunicação e Avaliação em Sala de Aula. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Integração Institucional para Ingressantes - 2014. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Aspectos Pedagógicos da Educação a Distância (EAD. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2013 - 2013
Curso de Capacitação de Professores Pesquisadores. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2009 - 2009
III Seminário de Propriedade Intelectual - UCS. (Carga horária: 9h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
2006 - 2006
Introdução e Utilização de Simuladores de Processo. (Carga horária: 24h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
2002 - 2002
Programa de Atualização Pedagógica. (Carga horária: 12h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
2001 - 2001
Aperfeiçoamento Em Tecnologia do Ensino Superior. (Carga horária: 5h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
2000 - 2000
Formulação e Solução de Problemas no Ensino de Eng. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
1999 - 1999
III Workshop Internacional de Ensino de Engenharia. (Carga horária: 13h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
1998 - 1998
Reciclagem e Degradação de Polímeros. (Carga horária: 6h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Projeto de Experimentos na Otimização de Produtos. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1997 - 1997
Modeling Of Thermodynamically Difficult Systems. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Seminário de Atualização Didático Pedagógica. (Carga horária: 60h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
1996 - 1996
Formação de Prof. de Engenharia - Em busca de uma. (Carga horária: 8h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
1996 - 1996
Modelagem, Simulação e Controle de Proc. Químicos. (Carga horária: 25h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto C1

Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A1, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias da Indústria Química I (60 horas)
03/2016 - Atual
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Mecânica dos Fluidos Aplicada (60 horas)
01/2016 - Atual
Direção e administração, Escola de Engenharia, .

Cargo ou função
Coordenador Substituto da Comissão de Graduação do Curso de Engenharia Química.
01/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Graduação (COMGRAD) do Curso de Engenharia Química.
08/2015 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, .

Cargo ou função
Membro da COMGRAD do Curso de Engenharia de Energia.
08/2015 - 12/2015
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias da Engenharia Química I turma V (60 horas)
08/2015 - 12/2015
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química (45 horas)
03/2015 - 07/2015
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias da Engenharia Química I (60 horas)
03/2015 - 07/2015
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias da Engenharia Química I turma U (15 horas)
03/2015 - 07/2015
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química (50 horas)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias da Engenharia Química I turma V (60 horas)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias II (60 horas)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química (45 horas)
05/2014 - 07/2014
Ensino, Química Industrial, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fenômenos de Transporte A (45 horas)
05/2014 - 07/2014
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química (22 horas)

Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2012 - 04/2014
Direção e administração, Departamento de Engenharia Química, .

Cargo ou função
Coordenador Substituto do Curso de Graduação de Engenharia Química.
09/2013 - 01/2014
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias com Transferência de Calor e Massa II - (das 75 lecionei 60 horas)
Termodinâmica Para Engenharia Química II - 60 horas
04/2013 - 08/2013
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica para Engenharia Química II - 60 horas
Operações Unitárias com Transferência de Calor e Massa II - (das 75 lecionei 60 horas)
04/2013 - 08/2013
Ensino, Engenharia Acústica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica Geral - 60 horas
04/2013 - 08/2013
Ensino, Especialização em Educação Ambiental, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Processo de Monografia - 15 horas
10/2012 - 02/2013
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias com Transferência de Calor e Massa I (DEQ 1011) 30 horas (compartilhado com Profa Lisiane de Marsillac Terra)
Operações Unitárias com Transferência de Calor e Massa II (DEQ 1018) 75 horas
Termodinâmica Para Engenharia Química II (DEQ 1014) 60 horas
03/2012 - 07/2012
Ensino, Engenharia Acústica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica Geral (DEQ 1039) 60 horas
03/2012 - 07/2012
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias com Transferência de Calor e Massa I (DEQ 1011) 60 horas

Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Nível I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2011 - 12/2011
Ensino, Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Combustão (BA011743 - 4 créditos)
Termodinâmica para Engenharia (BA010986 - 4 créditos)
Mecânica Geral (BA010907 - 4 créditos)
03/2011 - 12/2011
Direção e administração, Campus Bagé, .

Cargo ou função
Coordenador Substituto do Curso de Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente.
03/2011 - 07/2011
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Termodinâmica para Engenharia (BA010986 - 4 créditos)
03/2011 - 07/2011
Ensino, Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Combustão (BA011743 - 4 créditos) (disciplina compartilhada: ministrei 2 créditos)
Mecânica dos Fluidos (BA011741 - 4 créditos)
08/2010 - 12/2010
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Cálculo de Reatores (BA000228 - 4 créditos)
Termodinâmica para Engenharia (BA010986 - 4 créditos)
08/2010 - 12/2010
Ensino, Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Combustão (BA011743 - 4 créditos)
Projeto Integrado de Energia e Ambiente (BA000261 - 4 créditos) (disciplina compartilhada: ministrei 1 crédito)
Trabalho de Conclusão de Curso I (BA000366 - 4 créditos) (disciplina compartilhada: ministrei 1 crédito)
03/2010 - 07/2010
Ensino, Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Máquinas Térmicas (BA000248) - 4 créditos) (disciplina compartilhada: ministrei 2 créditos)
Mecânica de Fluidos (BA011741-4 créditos)
Termodinâmica para Engenharia (BA010986 (disciplina compartilhada: ministrei 2 créditos)
Transferência de Calor e Massa II (BA010989-4 créditos)
10/2009 - 02/2010
Ensino, Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Mecânica de Fluidos (BA011741- 4 créditos)
Transferência de Calor e Massa I (BA010988-4 créditos)

Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1995 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40

Atividades

8/2009 - 10/2009
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química IV (6 créditos) - ENQ0254
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0246
8/1995 - 10/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

03/2009 - 07/2009
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0246
Operações Unitárias na Indústria Química IV (6 créditos) - ENQ0254
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
10/2007 - 7/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia/Departamento de Engenharia Química, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Engenharia Química.
3/2008 - 7/2008
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle da Poluição Atmosférica (2 créditos) - AMB0215
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0246
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Projeto de Engenharia Ambiental I (1 crédito) - AMB0221
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
8/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado em Engenharia Química (1 crédito) - ENQ0445
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0246
Princípios dos processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
3/2007 - 7/2007
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria de Alimentos I (6 créditos) - ALM0212
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
4/2001 - 3/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Depertamento de Engenharia Mecânica.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Engenharia Mecânica.
8/2006 - 12/2006
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Controle da Poluição Atmosférica (4 créditos) - AMB0215
3/2006 - 7/2006
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado em Engenharia Química (2 créditos) - ENQ0445
Controle da Poluição Atmosférica (4 créditos) - AMB0215
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0208
8/2005 - 12/2005
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado em Engenharia Química (2 créditos) - ENQ0445
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0208
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
3/2005 - 7/2005
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0208
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
8/2004 - 12/2004
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0208
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
Estágio Supervisionado em Engenharia Química (1 crédito) - ENQ0445
3/2004 - 7/2004
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ0405
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Operações Unitárias na Indústria de Alimentos I (2 créditos) - ALM0212
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0208
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ0241
8/2003 - 12/2003
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Matemática II (4 créditos) - MAT0608
2/2003 - 7/2003
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ0400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ0406
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ0418
Matemática II (4 créditos) - ENQ0608
3/2001 - 3/2003
Direção e administração, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Coodenador do Colegiado do Curso de Engenharia Química.
8/1999 - 3/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Membro do Conselho Departamental do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia.
08/2002 - 12/2002
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ418
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ406
03/2002 - 07/2002
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Matemática II (4 créditos) - MAT608
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ418
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ400
6/1999 - 6/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Membro da Câmara Especializada de Engenharia Química do CREA - Regional Caxias do Sul.
8/2001 - 12/2001
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ 406
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ 418
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
3/2001 - 7/2001
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ 418
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
Matemática III (2 créditos) - MAT 610
5/1999 - 4/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Engenharia Química.
1/2001 - 2/2001
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Engenharia Química III (2 créditos) - ENQ 407
8/2000 - 12/2000
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
Matemática III (2 créditos) - MAT 610
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ 406
10/1999 - 12/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade de Caxias do Sul, .

3/2000 - 7/2000
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto e Construção de Equipamentos para Engenharia (4 créditos) -ENQ224
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
Matemática III (2 créditos) - MAT 610
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ 418
3/2000 - 6/2000
Extensão universitária , Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Departamento de Engenharia Química.

Atividade de extensão realizada
Ministrante do Curso Tópicos Especiais em Engenharia Química, com carga horária de 40 horas.
8/1999 - 12/1999
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química III(6 créditos) - ENQ 402
Laboratório de Engenharia Química II (2 créditos) - ENQ 406
Matemática III (2 créditos) - MAT610
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
3/1999 - 7/1999
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química II (6 créditos) - ENQ 401
Matemática II (4 créditos) - MAT 608
Introdução à Programação de Computadores (4 créditos) - SIS 247
8/1998 - 12/1998
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400
Operações Unitárias na Indústria Química III (6 créditos) - ENQ 402
3/1998 - 7/1998
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ 208
Operações Unitárias na Indústria Química II (6 créditos) - ENQ 401
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) - ENQ 405
8/1997 - 12/1997
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400
Operações Unitárias na Indústria Química III (6 créditos) - ENQ 402
3/1997 - 7/1997
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Transferência de Massa (2 créditos) - ENQ 208
Operações Unitárias na Indústria Química II (6 créditos) - ENQ 401
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) Turma A - ENQ 405
Laboratório de Engenharia Química I (2 créditos) Turma B - ENQ 405
8/1996 - 12/1996
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400
Operações Unitárias na Indústria Química III (6 créditos) - ENQ 402
3/1996 - 7/1996
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Princípios dos Processos Químicos (4 créditos) - ENQ 418
Materiais de Construção III (4 créditos) - MOV 610
8/1995 - 12/1995
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Operações Unitárias na Indústria Química I (6 créditos) - ENQ 400

Tramontina Cutelaria S A, TRAMONTINA, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico, Carga horária: 40


Pulverlack Tintas Ltda, PULVERLACK, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1995
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico, Carga horária: 40



Linhas de pesquisa


1.
Reciclagem de Polímeros
2.
Pirólise de Resíduos Plásticos e Borra de Tinta
3.
Extração de Óleos Essenciais
4.
Atividade relativa ao Convênio celebrado entre a UCS e a empresa R.R. Recuperadora de Resíduos Industriais Ltda, no Projeto Inertização de Resíduos de Tintas


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Estudo Experimental, Modelagem e Estimação de Parâmetros de Processos de Adsorção de Misturas de Corantes
Descrição: O processo de adsorção tem diversas aplicações em processos de separação, como no tratamento de efluentes, purificação de gases, entre outros. Indústrias da área alimentícia e têxtil utilizam diversos tipos de corantes em seus processos de fabricação e os resíduos destes processos contendo os diferentes corantes são geralmente descartados na forma de efluentes líquidos. O tratamento deste tipo de efluente não é trivial, dada a complexidade da mistura. Na literatura científica a adsorção dos corantes utilizando adsorventes de baixo custo aparece com bastante frequência. Entretanto, na maioria dos trabalhos apenas a adsorção de um único corante é considerada e a adsorção de mistura de corantes é pouco relatada, apesar da sua maior proximidade com os problemas reais de tratamento de efluentes que contém misturas de corantes. Assim, o objetivo principal deste projeto de pesquisa é o estudo do processo de adsorção de misturas de corantes comumente presentes em efluentes industriais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Desenvolvimento de Ferramentas Computacionais para o Estudo da Adsorção de Corantes em Batelada e em Leito Fixo
Descrição: O objetivo fundamental deste projeto de pesquisa é o desenvolvimento de ferramentas computacionais para o estudo do processo de adsorção, em particular a adsorção de corantes presentes nos efluentes da indústria têxtil e de couros. Serão avaliadas e desenvolvidas novas técnicas de estimação de parâmetros para o estudo da cinética de adsorção em batelada e em leito fixo. Busca-se com isso complementar e desenvolver novas rotinas computacionais, as quais serão organizadas na forma de um software, onde seja possível a estimação dos parâmetros de cada etapa e tipo de processo de adsorção (equilíbrio, batelada e em leito fixo), bem como a simulação destes processos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Desenvolvimento de rotinas computacionais para o cálculo de equilíbrio termodinâmico
Descrição: A conversão de material sacaríneo e amiláceo em combustíveis é de fundamental importância para o desenvolvimento sustentável e para diminuir a dependência do petróleo para fins energéticos. Uma alternativa interessante consiste na fermentação butílica, onde é produzida uma mistura chamada de ABE, já que contém acetona, butanol e etanol. O etanol já vem sendo utilizado como combustível automotivo, em particular no Brasil. Já o butanol é um forte candidato para substituir a gasolina, pois alguns trabalhos indicam que apresenta um conteúdo de energia e eficiência em motores similares ao da própria gasolina. Já a acetona é usada como solvente e matéria-prima para produção de outros produtos químicos de interesse. Por outro lado, é de fundamental importância o desenvolvimento de rotas alternativas para a produção de insumos da indústria que tradicionalmente são obtidos do petróleo, como, por exemplo, as olefinas leves (eteno, propeno e buteno) que são amplamente utilizadas pela indústria petroquímica e de polímeros. A síntese de eteno a partir do etanol é uma reação bem conhecida e muito estudada na década de 70, tanto para a compreensão dos fenômenos catalíticos, como para a substituição de eteno proveniente do petróleo. Atualmente a BRASKEM tem no Polo Petroquímico de Triunfo uma unidade industrial de produção de eteno a partir do etanol, levando à produção do chamado ?Polietileno Verde?. É importante observar que a transformação de etanol em polietileno tem um apelo ambiental muito grande, já que grandes quantidades de CO2 da atmosfera são removidas da atmosfera e transformadas em cadeias de carbono, isto é, polímeros. Assim, a atenção da comunidade cientifica e de empresas da área da petroquímica tem voltado a sua atenção a este processo de produção de olefinas. Da mesma forma, a conversão de butanol em buteno foi uma reação bastante estudada na década de 70, onde o maior interesse era a compreensão dos fenômenos catalíticos, já que nesta época diversos equipamentos de análise, que antes não estavam disponíveis, possibilitaram um avanço na compreensão da catálise e, em particular, as reações de conversão de álcoois em olefinas foram muito estudadas. Atualmente, devido ao grande interesse em insumos para as indústrias petroquímicas e de polímeros, estudos relacionados a esta reação vem sendo retomados, inclusive com a geração de novas patentes, em particular, desenvolvidas pela BRASKEM. Já a acetona é utilizada como solvente e matéria-prima para produção de outros produtos químicos de interesse. Da acetona é possível produzir-se o propeno, utilizando-se catalisadores adequados, sendo esta uma das olefinas de maior interesse da indústria petroquímica. Neste contexto, o eixo central da proposta deste estudo consiste na separação dos componentes resultantes da fermentação butílica, a mistura ABE (acetona, butanol e etanol), para que estes compostos sejam utilizados para a produção de olefinas leves, isto é, propeno, buteno e eteno. Ademais, a fermentação ocorre em meio aquoso, o que caracteriza um sistema quaternário. Para realizar a separação destes componentes, propõe-se a destilação fracionada. Portanto, torna-se importante o estudo termodinâmico de equilíbrio de fases. O equilíbrio de fases pressupõe igualdade entre as fugacidades de cada componente em cada uma das fases. Então este estudo iniciará pela estimativa das fugacidades para cada componente nas fases vapor e líquido e posteriormente evoluirá para os cálculos das composições de equilíbrio de cada fase. Numa etapa final, será aplicado ao cálculo de tanques flash. Já que a destilação fracionada pode ser considerada, de um ponto de vista simplificado, como um conjunto de estágios de vaporização flash associados em série, esta parece ser uma abordagem metodológica bastante adequada para ser aplicada neste estudo introdutório que visa modelar o processo de separação dos comp.
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador / Marcio Schwaab - Integrante / Elisa Barbosa Coutinho - Integrante / Fabricio Schonhals - Integrante / Camila de Moura Strieder - Integrante.
2007 - 2009
Projeto SEMENTES DE VITIS
Descrição: A região da Serra Gaúcha é referência Nacional na área da viticultura: boa parte da economia da região está diretamente ligada a uma cadeia produtiva que envolve além da produção da uva, também a sua vinificação, bem como todo aparato instrumental necessário ao seu processamento. O Rio Grande do Sul atualmente representa o Estado com maior área cultivada (cerca de 30.000 ha), sendo Bento Gonçalves, o detentor de 19% da produção vitícola estadual. Entre as variedades cultivadas, a cultivar Isabel é a mais produzida, com 44% do total. Segundo o Instituto Brasileiro do Vinho, os maiores volumes de uvas industrializadas na safra de 2004 foram de uvas tintas comuns, principalmente Isabel e Bordô e tintas viniferas, destacando Cabernet Sauvignon e Merlot. Do fruto, apenas o mosto é utilizado. O restante, incluindo o engaço, as sementes e a película (casca), que responde por cerca de 16,8% do total, é descartado sob a forma de resíduo, o que, considerando a produção regional, equivale a cerca de 80.054 toneladas anuais. As sementes que constituem este resíduo apresentam compostos de interesse para diversos ramos da indústria, como é o caso da farmacêutica, cosmética e alimentícia, visto a presença de óleo fixo e compostos fenólicos. Estudos demonstraram que o óleo de sementes de uvas possui a habilidade de agir aumentando no sangue a Lipoproteína de Alta Densidade (HDL) e diminuindo a Lipoproteína de baixa densidade (LDL) e triglicérides, um efeito que acaba minimizando os riscos de doenças vasculares. Além disso, o óleo age dissolvendo trombos nas artérias e reduzindo a agregação das plaquetas, com isso ele previne infartos e diminui o risco de derrames, ajuda na prevenção da hipertensão e age na normalização de lesões ocasionadas pela obesidade e diabetes provenientes da má circulação. Os compostos fenólicos encontrados nas sementes de uva, por sua vez, apresentam propriedades antioxidantes tanto para alimentos como para o organismo, sendo por isso indicados para.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador.
2007 - 2009
Obtenção e análise de óleo e compostos fenólicos de sementes de diferentes variedades de uva (Vitis sp) cultivadas no Rio Grande do Sul
Descrição: A região da Serra Gaúcha é referência Nacional na área da viticultura: boa parte da economia da região está diretamente ligada a uma cadeia produtiva que envolve além da produção da uva, também a sua vinificação, bem como todo aparato instrumental necessário ao seu processamento. O Rio Grande do Sul atualmente representa o Estado com maior área cultivada (cerca de 30.000 ha), sendo Bento Gonçalves, o detentor de 19% da produção vitícola estadual. Entre as variedades cultivadas, a cultivar Isabel é a mais produzida, com 44% do total. Segundo o Instituto Brasileiro do Vinho, os maiores volumes de uvas industrializadas na safra de 2004 foram de uvas tintas comuns, principalmente Isabel e Bordô e tintas viniferas, destacando Cabernet Sauvignon e Merlot. Do fruto, apenas o mosto é utilizado. O restante, incluindo o engaço, as sementes e a película (casca), que responde por cerca de 16,8% do total, é descartado sob a forma de resíduo, o que, considerando a produção regional, equivale a cerca de 80.054 toneladas anuais. As sementes que constituem este resíduo apresentam compostos de interesse para diversos ramos da indústria, como é o caso da farmacêutica, cosmética e alimentícia, visto a presença de óleo fixo e compostos fenólicos. Estudos demonstraram que o óleo de sementes de uvas possui a habilidade de agir aumentando no sangue a Lipoproteína de Alta Densidade (HDL) e diminuindo a Lipoproteína de baixa densidade (LDL) e triglicérides, um efeito que acaba minimizando os riscos de doenças vasculares. Além disso, o óleo age dissolvendo trombos nas artérias e reduzindo a agregação das plaquetas, com isso ele previne infartos e diminui o risco de derrames, ajuda na prevenção da hipertensão e age na normalização de lesões ocasionadas pela obesidade e diabetes provenientes da má circulação. Os compostos fenólicos encontrados nas sementes de uva, por sua vez, apresentam propriedades antioxidantes tanto para alimentos como para o organismo, sendo por isso indicados para.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador.
2005 - 2007
Extração de Compostos Fenólicos de Schinus terebinthifolius (Aroeira) Utilizando CO2 Supercrítico
Descrição: No estado do Rio Grande do Sul já foram identificadas diversas espécies de plantas do gênero Schinus. Entre estas espécies, S. terebinthifolius Raddi, já demonstrou potencial como fonte de compostos fenólicos (antioxidantes). Estudos realizados com extratos obtidos a partir do processo de hidrossolubilização com diferentes órgãos do vegetal demonstraram altos teores de compostos fenólicos, sendo que os mesmos apresentaram atividade antioxidante semelhante à vitamina C nas concentrações de 0,1% e 1,0%. O presente projeto visa estudar as principais variáveis do processo de extração supercrítica de compostos fenólicos presentes em Schinus terebinthifolius e Schinus molle utilizando dióxido de carbono como solvente, bem como otimizar o processo de extração procurando maximizar o rendimento em compostos fenólicos. Também serão testadas metodologias de quantificação dos compostos fenólicos nos extratos visando determinar a melhor técnica para análise de fenólicos em plantas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.Número de orientações: 1
2004 - 2006
Extração de Óleo Essencial de Camomila Alemã Utilizando CO2 Supercrítico
Descrição: A camomila alemã (Chamomilla recutita [L.] Rauschert) foi introduzida no Brasil pelos imigrantes europeus a mais de 100 anos, sendo muito cultivada no estado do Paraná, que abastece os estados vizinhos (SP, SC e RS). O óleo essencial de camomila alemã é amplamente utilizado em indústrias farmacêuticas, de cosméticos e de alimentos. O seu uso medicinal advém do fato de que alguns de seus componentes apresentam propriedades anti-inflamatórias, sedativas, anti-alérgicas e vermífugas, dentre outras. Os processos de obtenção de óleos essenciais incluem a destilação com arraste a vapor e a hidrodestilação, bem como a extração por fluido supercrítico (SFE) utilizando dióxido de carbono. Este último processo vem recebendo atenção especial nos últimos anos, pois produz extratos de excelente qualidade e constitui-se, verdadeiramente, numa "tecnologia limpa". O presente projeto propõe o estudo do processo de extração supercrítica do óleo essencial de camomila alemã, do ponto de vista da otimização das condições de operação que permitam obter rendimentos máximos em óleo essencial, bem como de seus componentes de maior interesse..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador / Luciana Atti Serafini - Integrante / Ana Cristina Atti Santos - Integrante / Éder Giaretta - Integrante / Luciana Duarte Rota - Integrante / Gabriel Fernandes Pauletti - Integrante / Márcia Regina Pansera - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2004 - 2006
Aplicação de um modelo acoplado de fluidodinâmica e transferência de calor e massa no projeto e otimização de um secador
Descrição: A secagem de alimentos é utilizada para o aumento do tempo de preservação e a qualidade dos produtos perecíveis, e proporciona aos pequenos produtores rurais uma alternativa de comercializar produtos com maior valor agregado. Neste projeto, o principal objetivo é a construção de um secador protótipo otimizado visando assim a redução no consumo de energia, a redução no tempo do processo de secagem e a garantia de homogeneidade dos produtos, beneficiando, desta maneira, produtores rurais interessados neste processo. Para se chegar à configuração ideal do secador, estão sendo utilizados pacotes de software para a modelagem dimensional e simulação, que permitem analisar, para uma dada geometria, a disposição do ventilador e dos aquecedores, o fluxo de ar, o perfil de temperatura entre outras características. Os protótipos (modelos geométricos) são desenhados utilizando o software SolidWorks, enquanto que a simulação fluidodinâmica é executada pelo Cosmos FloWorks, que é um software utilizado em simulações de fluxo de fluidos e transferência de calor. Os dados inseridos no Cosmos, como as características do ventilador e as condições de contorno do modelo matemático, em conjunto com os modelos gerados no SolidWorks, permitem simular o fluxo de ar, a temperatura, a velocidade e a pressão no interior do secador. Com a finalidade de testar o uso do Cosmos através da comparação de resultados experimentais com resultados gerados pelo software, foi utilizado como sistema físico real um módulo experimental de mecânica dos fluidos (túnel de vento), onde foram obtidos perfis de velocidade compatíveis com os simulados. Desta forma, já foi adquirida experiência no uso do Cosmos quanto à questão da fluidodinâmica, restando, como próximas etapas, a adição dos fenômenos de transferência de calor e massa, inicialmente no túnel de vento e, num segundo momento, no protótipo do secador, de forma a poder otimizá-lo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador.
2001 - 2003
Reaproveitamento e Reciclagem de Areias de Fundição (AREIAS)
Descrição: O resíduo sólido industrial areia de fundição é gerado na etapa de desmoldagem de peças metálicas em processos de fundição. Um tipo de areia gerado é a areia fenólica, que requer cuidados especiais em função da presença de resina fenólica na composição e o torna um resíduo de potencial de periculosidade em relação à toxicidade. Um dos principais problemas atuais das indústrias da região de Caxias do Sul e do estado do RS é a geração, em quantidades significativas, do resíduo, não inerte, denominado areia de fundição. Este estudo prevê o desenvolvimento de metodologias e processos que permitam a utilização dos resíduos, originários de processos de fundições, em duas propostas distintas:a) incorporação em misturas asfálticas como uma de suas frações e b) pirólise deste resíduo. Para o desenvolvimento das etapas do projeto será necessário, inicialmente, a caracterização física, química e granulométrica do resíduo, tendo em vista que cada indústria geradora adota uma composição de areia de acordo com o tipo de seu produto. A incorporação da areia de fundição à mistura asfáltica será analisada pela avaliação dos resultados obtidos com os corpos de prova ensaiados. Ensaios de resist~encia à tração, densidade aparente, fluência, índice de vazios e estabilidade serão realizados, bem como ensaios de campo estão previstos. Objetivando avaliar o processo de pirólise da areia de fundição os produtos fluidos gerados serão analisados por cromatografia gasosa, enquanto que os sólidos serão submetidos a análises por absorção atômica e infravermelho e TGA/DSC. A pirólise prevê, como resíduo, a areia bruta, que poderá ser reutilizada pela própria indústria geradora..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ana Rosa Costa - Integrante / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Ademir José Zattera - Integrante / Gláucio de Almeida Carvalho - Integrante / Mára Zeni - Integrante / Rosmary Nichele Brandalise - Coordenador / Diogo Pasqual Penna - Integrante / Estevão Freire - Integrante / Luiz Vitório Garbin - Integrante.
2001 - 2003
Estudo do Comportamento Hidráulico e Microbiologia de Lagoas de Maturação Tratando Efluente Doméstico em Clima Subtropical
Descrição: Sistemas de lagoas são muito utilizados em tratamento de efluentes por aliarem economia com eficiência. Quando há a necessidade de remoção de coliformes fecais, isto é, de efetuar um tratamento avançado no efluente e de disponibilidade de área, a alternativa mais atraente sempre é um sistema de lagoas. Outra vantagem é o baixo consumo de energia, somente para bombeamento, sendo que algumas vezes nem isto é necessário. Porém, atualmente, as pesquisas em sistemas de lagoas estão concentradas na região Nordeste do Brasil, onde o clima é distinto da região Sul, que se caracteriza por um clima subtropical. Desta forma, este trabalho pretende pesquisar o comportamento de lagoas de maturação. Neste clima, serão avaliados os aspectos hidráulicos e microbiológicos. No aspecto hidráulico será estudada uma configuração adotada na Estação de Tratamento de Efluentes da Universidade de Caxias do Sul, com chicanas, para que a performance hidráulica se aproxime do regime de fluxo de pistão. Será construído um modelo reduzido das lagoas adotadas para simular o comportamento hidráulico. Relativamente ao aspecto microbiológico, a pesquisa será efetuada na própria estação de tratamento de efluentes. Serão estudados a taxa de decaimento bacteriano, especificamente de coliformes, para que possa ser definida uma constante de decaimento para o clima subtropical. Também será estudada a concentração de algas, através da determinação de clorofila e a determinação das espécies predominantes. Assi, é esperado que o produto desta pesquisa possa colaborar com o aprimoramento do emprego de sistemas de lagoas onde sejam utilizados parâmetros de projeto de acordo com a realidade de um clima subtropical..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Cláudia Teixeira Panarotto - Coordenador / Lademir Luiz Beal - Integrante / Neide Pessin - Integrante.
2000 - 2002
Inertização de Resíduos de Tintas (INERTE)
Descrição: Um dos problemas mais presentes em indústrias de diversos ramos é o destino de resíduos provenientes do processo de pintura. Na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul, um resíduo, denominado industrialmente de "borra de tinta", é gerado pelo processo de pintura em cabines usadas principalmente na pintura de peças de veículos automotores e de móveis. Cerca de três mil toneladas deste resíduo estão estocadas nas empresas da região e também na AMBIENTASUL (Órgão Municipal da Câmara de Indústria e Comércio, destinado à armazenagem de resíduos Classe 1). Visto que são diversos os setores industriais que possuem o processo de pintura, diferentes tipos de resíduos são gerados, devido aos vários tipos de tinta usados: alquídicas, epóxi, fenólicas, vinílicas, etc. A análise de alguns tipos de "borras de tinta" foi realizada pela CONSULTING (Empresa de Projetos e Consultoria Ambiental de Caxias do Sul), classificando o resíduo, segundo a norma NBR 10004 como "Classe 1 - Resíduo Perigoso e Não Inerte". Diante da complexidade do assunto, o tratamento deste tipo de resíduo normalmente fica fora do alcance da maioria das empresas, fazendo com que as mesmas recorram ao apoio científico da universidade. A Universidade de Caxias do Sul, através de seus laboratórios e profissionais, buscará reduzir o problema do impacto ambiental e econômico causado pela atual disposição do resíduo de "borra de tinta", dando um destino mais nobre a ele, substituindo a armazenagem de toneladas desses resíduos em tambores, por produtos de maior valor agregado que o mercado poderá consumir, ou, para aqueles menos atraentes economicamente, tentar-se-á incorporá-lo como "carga" em outros processos, como na produção de argamassa para a indústria de construção civil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ana Rosa Costa - Coordenador / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Ademir José Zattera - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
1999 - 2000
Laboratório de Modelagem, Simulação e Controle de Processos (ELETIVA)
Descrição: A concepção de como devem ser desenvolvidos os cursos de engenharia no país vem sofrendo mudanças marcantes nos últimos anos."Graduandos e Calouros de Engenharia Química defendem mudanças no currículo. Todos querem mais aulas práticas em laboratórios. Os alunos pedem mais preparo para responder às exigências da profissão." (Revista do Provão, 1997). Estudar metodologias que explorem o desenvolvimento da auto suficiência do aluno em termos de aprendizagem vem sendo uma das metas do REENGE-UCS. Neste trabalho, propõe-se uma disciplina eletiva onde o aluno, frente a um problema de engenharia, tenha que projetar um processo para a solução do mesmo, fazendo orçamento da aquisição, momtagem do equipamento, instalação e operação da planta. O aluno, desta forma, estará se confrontando com situações práticas de engenharia, fugindo um pouco das "receitas de bolo" das aulas de laboratório convencionais. Esta disciplina eletiva estará,ainda, interligada a diversas disciplinas do curso, isto é, à medida em que os problemas forem aparecendo os alunos irão consultar "especialistas" nos assuntos (alunos de outras disciplinas que estejam relacionadas ao tópico). Por exemplo, no projeto de um experimento para determinação de transferência de calor com mudança de fases o aluno da eletiva deverá levar o problema aos alunos da disciplina de transferência de calor e pedir que eles elaborem alguns projetos em grupos. A equipe da disciplina eletiva analisará os projetos recebidos e escolherá o melhor dentre eles. A escolha dos materiais poderá ser feita por equipes da turma da disciplina de materiais. Estarão trabalhando, portanto, com diversos níveis da taxonomia de Bloom..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador / Ana Rosa Costa - Integrante / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
1998 - 2002
Reciclagem de Resíduos Poliméricos Via Pirólise (PIRÓLISE)
Descrição: Resíduos plásticos industriais constituem um sério problema ambiental. Essa questão tem levado diversos pesquisadores a estudarem soluções alternativas sobre o destino desses resíduos, onde a reciclagem vem assumindo crescente importância. Neste projeto foi conduzido o processo de reciclagem por pirólise, cujo atrativo econômico comparado a outros processos depende da seletividade relativa para produtos valiosos bem como do custo do processo. As reações foram executadas num reator de leito fixo, sendo testadas as seguintes condições: faixa de temperatura entre 300 e 500 C e pressão de 10 a 50 atm. Foram utilizados como alimentação resíduos plásticos provenientes de empresas da região nordeste do estado do Rio Grande do Sul interessadas em se desfazer dos mesmos, bem como uma formulação de resíduos domésticos que reproduzem a composição dos resíduos encontrados nos aterros. A caracterização dos produtos obtidos pela pirólise foi realizada por cromatografia gasosa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ana Rosa Costa - Coordenador / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Ademir José Zattera - Integrante / Gláucio de Almeida Carvalho - Integrante.Financiador(es): Universidade de Caxias do Sul - Bolsa / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
1998 - 2000
Extração de Óleos Essenciais Utilizando Fluidos Supercríticos (ESSENCIAL)
Descrição: Neste projeto pretende-se estudara técnica de obtenção de óleos essenciais, utilizando o processo de extração com dióxido de carbono supercrítico. No Instituto de Biotecnologia da UCS serão feitas corridas experimentais num extrator de bancada marca HP modelo 7680T. Os resultados serão utilizados para o ajuste dos parâmetros envolvidos na modelagem matemática do processo. Uma vez resolvido o modelo, o passo seguinte será a validação do modelo, comparando os resultados obtidos pelo modelo com aqueles obtidos experimentalmente. Serão testadas diversas condições de operação, variando a pressão e a temperatura do processo. Na etapa de de otimização serão determinadas quais dessas condições resulta no melhor rendimento com menor custo possível. Por último, serão feitas comparações, a nível de bancada, dos rendimentos e custos dos processos de obtenção de óleos essenciais utilizando a destilação com arraste a vapor e a extração com dióxido de carbono supercrítico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ana Rosa Costa - Coordenador / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Luciana Atti Serafini - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Cooperação.
1998 - 2000
Reaproveitamento do Lixo Plástico dos Resíduos Sólidos Domésticos Gerados na Zona Urbana (RECICLAGEM LIXO PLÁSTICO)
Descrição: Alguns dos maiores problemas com que o homem tem se deparado na atualidade com respeito ao meio ambiente são a destruição dos recursos não-renováveis e a grande produção de resíduos sólidos, líquidos e gasosos gerados em sua atividade diária. O destino dos plásticos presentes nos resíduos sólidos de diversas naturezas (resíduos sólidos domésticos, peças refugadas da indústria, material pós-consumido de cadeias de lanchonete, supermercados, etc.) representa uma grande preocupação para a sociedade moderna. Os processos comumente empregados para reciclagem de plásticos fornecem materiais de baixa qualidade, prejudicando a confiabilidade do plástico reciclado para usos mais nobres. A reciclagem é dificultada pela heterogeneidade de composição do material plástico descartado devido à presença de diferentes polímeros (LDPE, HDPE, PP, PS, PVC e PET). A incompatibilidade química encontrada na maior parte das vezes entre esses componentes gera, nas peças recicladas, regiões pouco resistentes aos esforços mecânicos, diminuindo a qualidade do produto. Para reutilizar adequadamente esses resíduos é necessário ter conhecimento do desempenho de misturas binárias/ternárias dos polímeros comerciais que serão foco de estudo, sendo os objetivos deste projeto: desenvolver uma sistemática de coleta de resíduoo sólidos domiciliares e composição gravimétrica; aplicação da técnica de separação por densidade através do processo de sedimentação e por classificação hidráulica (hidrociclone); modificar as características mecânicas e físicas dos plásticos reciclados para consequente diversificação de sua utilização; avaliar as propriedades físico-mecânicas de frações recuperadas;preparar amostras de misturas recicladas modificadas ou não, determinar suas propriedades físico-químicas e comparar seu desempenho com amostras de polímeros comerciais; determinar o efeito dos contaminantes residuais nos resíduos plásticos e aumentar o valor agregado das frações recicladas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ademir José Zattera - Integrante / Gláucio de Almeida Carvalho - Coordenador / Mára Zeni - Integrante / Suzana Maria De Conto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
1997 - 1999
Estudo para Predição de Propriedades de Produtos Poliméricos Incorporando Materiais Reciclados (RECIPLAST)
Descrição: A reciclagem de material polimérico é um procedimento normal na indústria de processamento de termoplásticos. Quando o objetivo é fabricar produtos com propriedades similares àqueles feitos com material virgem apenas, utiliza-se material moído reciclado e livre de contaminantes misturado ao polímero virgem. Este procedimento é geralmente conhecido como reciclagem primária. A justificativa econômica da reciclagem primária é óbvia, já que as matérias-primas geralmente constituem a maior parte do custo do produto, e o resíduo moído gerado pode ser uma fração significativa do peso das peças produzidas. Isto posto, vale salientar a importância do setor de plásticos para a região, através de alguns indicadores. Atualmente, o consumo de matérias-primas poliméricas na região da Serra Gaúcha é da ordem de 15.000 ton/mês. Os materiais mais utilizados são o polietileno, o polipropileno, o PVC, o poliestireno, o policarbonato e o nylon. O potencial industrial está baseado principalmente na transformação/fabricação de peças para a indústria automobilística, elwetroeletrônica, móveis, peças técnicas, utilidades domésticas, embalagens, mangueiras dentre outros itens. Um total aproximado de 187 empresas atuam neste ramo de transformação de plásticos na região, utilizando, principalmente, processos de injeção, extrusão e sopro. O objetivo geral deste trabalho é encontrar correlações matemáticas para a predição de propriedades de materiais poliméricos, em função de parâmetros como a fração de material virgem empregado na reciclagem e do número de ciclos de processamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Ademir José Zattera - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
1997 - 1999
Otimização de Planta-Piloto para Produção de Óleos Essenciais(OTIMIZAÇÃO DE PLANTA)
Descrição: Em dezembro de 1995, numa iniciativa do Instituto de Biotecnologia da UCS, foi implantado o Centro de Transferência de Tecnologia e Treinamento de Produtores Rurais, no município de Campestre da Serra - RS. Após ter feito levantamentos por hectare cultivado de plantas aromáticas (sálvia, alecrim, camomila romana e artemísia) este Centro repasssou a tecnologia de produção para 5 produtores interessados. Visando aumentar o valor agregado das culturas implantadas, foram realizadas extrações de óleos essenciais de plantas aromáticas a nível de bancada, pela Divisão de Produtos Naturais do Instituto de Biotecnologia da UCS. Diante dos resultados apresentados, verificou-se a importância da implantação de uma usina piloto de extração de óleos essenciais. Com este projeto pretende-se dominar o processo de extração de óleos essenciais das aromáticas em escala piloto, utilizando o processo de destilação por arraste a vapor, otimizando a operação da planta, ou seja, buscando a minimização de custos do processo. Isto poderá estimular o desenvolvimento da agroindústria de essências, a qual é adequada para zonas de economia baseadas em minifúndios, zonas de difícil mecanização agrícola e com impossibilidade de realizar cultivos extensivos, como é o caso da região da Serra do Rio Grande do Sul..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Ana Rosa Costa - Coordenador / Luis Antonio Rezende Muniz - Integrante / Luciana Atti Serafini - Integrante.


Projetos de extensão


2013 - 2014
O binômio Energia-Meio Ambiente como elemento motivador para a carreira de engenheiro no Brasil
Descrição: Em face às incertezas do mercado de trabalho e constante metamorfose que ele impõe aos seus profissionais, considera-se que é cada vez mais importante fornecer aos estudantes uma formação cultural sólida e ampla, quadros teóricos e analíticos gerais, uma visão global do mundo e das suas transformações. Isso visa desenvolver neles o espírito crítico, a criatividade, a disponibilidade para inovação, a ambição pessoal, o saber trabalhar e se relacionar bem em equipe, e a capacidade de negociações que os preparem para enfrentar os níveis cada vez mais exigentes do processo produtivo. Qualquer política de desenvolvimento em larga escala, e especialmente aquela baseada na tecnologia, tem como requisito a disponibilidade de pessoal qualificado. O déficit de recursos humanos nas áreas de engenharia é um problema crescente em alguns países, incluindo o Brasil, onde a situação tende a se tornar crítica com o estímulo ao desenvolvimento tecnológico. Com a grave crise econômica que se abate sobre a Europa, particularmente em países como a Grécia e a Espanha, muitas pessoas têm emigrado destas regiões em busca de melhores oportunidades de trabalho, inclusive nas áreas das engenharias. E o Brasil, sendo uma nação que vem ganhando cada vez mais destaque no cenário econômico mundial, tem sido o destino de muitos destes emigrantes. Portanto, seria interessante que os nossos jovens estudantes tivessem, desde cedo, um contato, mesmo que apenas a nível de informação, a respeito da importância que a engenharia tem para o desenvolvimento tecnológico sustentável e todas as suas implicações sociais. Esse desenvolvimento tecnológico é muitas vezes voltado para a solução de vários problemas que ameaçam diretamente o futuro das nações. Um desses problemas é a grande dependência de uma fonte energética não renovável, como o petróleo, e seu uso indiscriminado, que afeta a vida, direta e indiretamente, gerando situações tais como o efeito estufa. As conseqüências de um aumento global de temperatura vão desde alterações nos regimes de chuvas e ventos até a elevação do nível dos oceanos pelo derretimento das geleiras e expansão térmica da água, afetando diretamente as zonas litorâneas que sabemos ser regiões de intensa atividade humana. A redução de espaços e de recursos dessas regiões provocaria gigantescas ondas de migração, gerando conflitos sociais pela posse de recursos que seriam cada vez mais escassos. Além de intensificar o aquecimento global, o uso de combustíveis não renováveis para geração de energia, deixa também resíduos que causam outros impactos regionais, como a chuva ácida que pode provocar a morte de plantas e animais e até mesmo destruir habitações humanas. É válido observar também que há grandes gastos energéticos para se explorar e transportar estes combustíveis até os consumidores e que, além disso, nas etapas de exploração e transporte podem ocorrer acidentes causando grandes contaminações no solo e principalmente na água promovendo catástrofes ambientais. Neste contexto, a substituição da matriz energética surge como uma saída para garantir que haja vida sustentável futuramente. A busca por fontes alternativas de energia tem se destacado para promover essa sustentabilidade. Dentro dessas alternativas podemos citar a utilização de novas tecnologias como: - O aproveitamento da energia contida nos ventos (energia eólica); - A utilização direta do sol como fonte geradora de energia elétrica (energia solar fotovoltaica); - O uso da energia solar para aquecimento de água (energia solar térmica); - O emprego da biomassa, que mesmo sendo a mais antiga matriz energética ainda tem destaque na geração de energia. - O uso de combustíveis oriundos de fontes renováveis, tais como o biodiesel e o etanol. Por serem as idéias mais difundidas como soluções para o desenvolvimento de uma matriz energética mais limpa, em substituição ao petróleo, essas.
Situação: Desativado; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Evandro Steffani - Coordenador / Ronaldo Hoffmann - Integrante / Cicero Urbaneto Nogueira - Integrante / Lara Colvero Rockenbach - Integrante / Mariana Moro Bassaco - Integrante / Flavio Dias Mayer - Integrante.


Outros Projetos


2004 - 2005
Projeto Pão com Fibras, Alunos de Fibra - Uma Questão de Inclusão Social
Descrição: Este projeto, de cunho social, tem como objetivo agregar valor nutricional (fibras) a produtos de panificação utilizando matéria prima proveniente da fabricação de cerveja que seria descartada como resíduo, minimizando um problema ambiental e, ao mesmo tempo, utilizando um resíduo com propriedades nutricionais atendendo à demanda de algumas escolas da rede pública em regiões carentes da cidade de Caxias do Sul. Como é necessário realizar uma secagem do material (cevada) de modo a aumentar seu tempo armazenamento, antes da moagem, este trabalho envolve as etapas de dimensionamento e construção de um secador usando a tecnologia de leito fluidizado. Paralelamente, estão sendo desenvolvidas receitas de incorporação do material em pães, bem como painéis de degustação formal para análise sensorial dos produtos..
Situação: Desativado; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Evandro Steffani - Integrante / Thereza Linzmaier - Coordenador / Odoaldo Ivo Rochefort Neto - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química/Especialidade: Operações de Separação e Mistura.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química Produtos Naturais.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química Polímeros.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


1990
Aluno Destaque da Turma de Engenharia Química da UFRGS de dezembro de 1990, Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SCHWAAB, MARCIO2017SCHWAAB, MARCIO ; STEFFANI, EVANDRO ; BARBOSA-COUTINHO, ELISA ; SEVERO JÚNIOR, JOÃO B. . Critical analysis of adsorption/diffusion modelling as a function of time square root. CHEMICAL ENGINEERING SCIENCE, v. 173, p. 179-186, 2017.

2.
STEFFANI, E.;STEFFANI, EVANDRO2006 STEFFANI, E.; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. ; PINTO, L. T. . Extraction of Ho-Sho (Cinnamomum camphora Nees and Eberm var. Linaloolifera Fujita) Essential Oil with Supercritical CO2: Experiments and Modeling. Brazilian Journal of Chemical Engineering (Impresso), in press, v. 23, p. 259-266, 2006.

3.
MUNIZ, L. A. R.2003 MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; ZATTERA, A. J. ; HOFSETZ, K. ; BOSSARDI, K. ; VALENTINI, L. . A Study of Paint Sludge Deactivation by Pyrolysis Reactions. Brazilian Journal of Chemical Engineering, v. 20, n.01, p. 63-68, 2003.

4.
MUNIZ, L. A. R.2001MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; ZATTERA, A. J. ; VALENTINI, L. . Obtenção de gás combustível e solventes industriais a partir da pirólise de resíduos de etileno acetato de vinila (EVA). Exatec (UCS), v. 1, p. 35-42, 2001.

5.
STEFFANI, E.;STEFFANI, EVANDRO1999STEFFANI, E.; FINKLER, M. . Uma Avaliação das Propriedades do Polipropileno Reciclado. Plástico Industrial, São Paulo - SP, v. -, n.8, p. 40-42, 1999.

Capítulos de livros publicados
1.
ATTI-SANTOS, A. C. ; ROSSATO, M. ; Bertolazzi, M ; STEFFANI, E. ; ATTI-SERAFINI, L. . Supercritical CO2 Extraction of Essential Oils from Plants of Genus Schinus from South Brazil. In: Farid Chemat. (Org.). Essential Oils and Aromas Green Extraction and Applications. 1ed.Dehradun: Har Krishan Bhalla & Sons, 2009, v. 1, p. 54-65.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MIGLIORANZA, G. ; STEFFANI, E. ; BARBOSA-COUTINHO, E. ; SCHWAAB, M. . Comparação entre métodos numéricos na simulação de difusão/adsorção intrapartícula em banho infinito. In: Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2018, Gramado. Anais do Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2018. p. 1-6.

2.
SCHWAAB, M. ; STEFFANI, E. ; BARBOSA-COUTINHO, E. . Uma análise crítica da modelagem da adsorção/difusão intrapartícula através do ajuste da quantidade adsorvida em função da raiz quadrada do tempo. In: 11º EBA - Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2016, Aracaju. 11º EBA - Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2016.

3.
TOLAZZI, N. ; STEFFANI, E. ; BARBOSA-COUTINHO, E. ; SCHWAAB, M. . Efeito das condições experimentais nas incertezas das estimativas dos parâmetros das isotermas de Langmuir e Freundlich. In: 11º EBA - Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2016, Aracaju. 11º EBA - Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2016.

4.
STEFFANI, E.; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. ; PINTO, L. T. . Extraction of Ho-Sho (Cinnamomum camphora Nees & Eberm var. linaloolifera Fujita) Essential Oil by Supercritical CO2: Experiments and Modeling. In: V Encontro Brasileiro de Fluidos Supercríticos (EBFS), 2004, Florianópolis - SC, 2004.

5.
SCHNEIDER, V. E. ; BETTIN, F. ; MANDELLI, R. R. ; SCIENZA, L. C. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; PANAROTTO, C. T. ; BEAL, L. L. . Análise Preliminar da Geração de Resíduos Galvânicos e de Pintura Industrial no Município de Caxias do Sul / RS. In: III Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2002, Porto Alegre - RS. III Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2002.

6.
MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; ZATTERA, A. J. ; HOFSETZ, K. ; BOSSARDI, K. ; VALENTINI, L. . A Study of Paint Sludge Deactivation by Pyrolysis Reactions. In: 3rd Mercosur Congress on Process Systems Engineering - 1st Mercosur Congress on Chemical Engineering, 2001, Santa Fé. Proceedings of ENPROMER, 2001. v. II. p. 697-702.

7.
STEFFANI, E.; COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; ZATTERA, A. J. ; HOFSETZ, K. . Modelos para Estimativa de Propriedades Mecânicas de Polipropileno Reforçado com Fibra de Vidro. In: 5 Congresso Brasileiro de Polímeros, 1999, Águas de Lindóia - SP, 1999.

8.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; FILIPPIS, F. M. de ; PAIM, D. R. . Informatização do Curso de Engenharia Química: a Experiência da Universidade de Caxias do Sul. In: 12 Congresso Brasileiro de Engenharia Química, 1998, Porto Alegre - RS. 12 Congresso Brasileiro de Engenharia Química - ANAIS, 1998.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ATTI-SANTOS, A. C. ; STEFFANI, E. ; TOSS, D. ; HEINKE, T. . Obtenção de óleo essencial de Rosmarinus officinalis L. através da extração assistida por microondas. In: V Simpósio Brasileiro de Óleos Essenciais, 2009, Rio de Janeiro. V Simpósio Brasileiro de Óleos Essenciais, 2009.

2.
TOSS, D. ; STEDILE, M. ; STEFFANI, E. ; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. . Extração de compostos fenólicos de Schinus terebinthifolius (aroeira) utilizando dióxido de carbono supercrítico. In: 58ª Reunião Anual da SBPC, 2006, Florianópolis. Anais da 58ª Reunião Anual da SBPC, 2006.

3.
GIARETTA, E. ; STEFFANI, E. ; SANTOS, A. C. A. ; SERAFINI, L. A. ; PAULETTI, G. F. ; ROTA, L. D. ; PANSERA, M. R. . Extração de Óleo Essencial de Camomila Alemã Utilizando Dióxido de Carbono Supercrítico. In: 57ª Reunião Anual da SBPC, 2005, Fortaleza. Anais da 57ª Reunião Anual da SBPC, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Bertolazzi, M ; ATTI-SANTOS, A. C. ; AGOSTINI, F. ; Camassola, M. ; DILLON, A. J. P. ; STEFFANI, E. . Determinação das melhores condições para extração enzimática de compostos fenólicos de sementes de Vitis labrusca variedade Isabel. In: XVII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2009, Caxias do Sul. XVII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2009.

2.
Bertolazzi, M ; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. ; AGOSTINI, F. ; Camassola, M. ; DILLON, A. J. P. ; STEFFANI, E. . Influência da granulometria da semente na extração enzimática de compostos fenólicos de semente de Vitis labrusca variedade Isabel. In: XVI Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2008, Caxias do Sul. XVI Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2008.

3.
RUFATTO, L. C. ; STEFFANI, E. . Avaliação do rendimento e da composição química do óleo essencial de espécies de menta cultivadas em dois locais do Rio Grande do Sul. In: XV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2007, Caxias do Sul. Anais do XV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2007.

4.
Bertolazzi, M ; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. ; STEFFANI, E. . Extraction and Chemical Characterization of Essential Oils from Plants of Genus Schinus from South Brazil. In: 38th International Symposium on Essential Oils, 2007, Graz (Austria). 38th International Symposium on Essential Oils - Book of Abstracts, 2007. p. 91-91.

5.
TOSS, D. ; STEFFANI, E. ; ATTI-SANTOS, A. C. ; ATTI-SERAFINI, L. . Extração de compostos fenólicos de Schinus terebinthifolius (aroeira) utilizando dióxido de carbono supercrítico. In: XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006, Caxias do Sul. XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006.

6.
DIEHL, F. C. ; BEAL, L. L. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. . Projeto de instrumentação e controle de um sistema piloto de tratamento de efluentes. In: XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006, Caxias do Sul. XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006.

7.
LOVATEL, A. A. ; BEAL, L. L. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. . Escolha de meio suporte para reator anaeróbio de leito fluidificado associado à membrana de microfiltração. In: XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006, Caxias do Sul. XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006.

8.
CARVALHO, N. ; BEAL, L. L. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. . Desenvolvimento de um reator anaeróbio de leito fluidificado associado à microfiltração (RALFM). In: XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006, Caxias do Sul. XIV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2006.

9.
STEDILE, M. ; STEFFANI, E. . Extração de Compostos Fenólicos de Schinus terebinthifolius (aroeira) Utilizando CO2 Supercrítico. In: XIII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2005, Caxias do Sul, 2005.

10.
de ABREU, C. K. ; STEFFANI, E. . Aplicação de um Modelo Acoplado de Fluidodinâmica e Transferência de calor e Massa no Projeto e Otimização de um Secador. In: XIII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2005, Caxias do Sul, 2005.

11.
GIARETTA, E. ; STEFFANI, E. . Otimização do processo de Extração de Óleo Essencial de Camomila Alemã Utilizando Dióxido de Carbono Supercrítico. In: XIII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2005, Caxias do Sul, 2005.

12.
TOSS, D. ; STEFFANI, E. . Extração de Compostos Fenólicos de Schinus terebinthifolius (aroeira) Utilizando CO2 Supercrítico. In: XX Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2005, Foz do Iguaçú, 2005.

13.
VALENTINI, L. ; COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; GIARETTA, E. . Reciclagem de Resíduos Poliméricos Via Pirólise. In: X Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2002, Caxias do Sul - RS. X Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS - Resumo dos Trabalhos. Caxias do Sul - RS, 2002. p. 75-75.

14.
SCHNEIDER, V. E. ; BETTIN, F. ; MANDELLI, R. R. ; SCIENZA, L. C. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; PANAROTTO, C. T. ; BEAL, L. L. . Análise Preliminar da Geração de Resíduos Galvânicos e de Pintura Industrial no Município de Caxias do Sul /RS. In: III Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2002, Porto Alegre - RS. III Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental - Livro de Resumos, 2002. p. 74-74.

15.
COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. . Scheduling em um Reator de Pirólise Multiproduto, Usando Algoritmos Genéticos. In: IV Simpósio de Ciência e Tecnologia, 2001, Caxias do Sul. IV Simpósio de Ciência e Tecnologia- Resumo dos Trabalhos, 2001. p. 25-25.

16.
STEFFANI, E.; ATTI-SERAFINI, L. ; SANTOS, A. C. ; PINTO, L. T. . Estudo da Extração Supercrítica do Óleo Essencial de Ho-Sho utilizando CO2. In: IV Simpósio de Ciência e Tecnologia, 2001, Caxias do Sul. IV Simpósio de Ciência e Tecnologia - Resumo dos Trabalhos, 2001. p. 27-27.

17.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; BOLZAN, A. . Técnicas de Otimização - Uma Aplicação em Redes Neurais. In: IV Simpósio de Ciência e Tecnologia, 2001, Caxias do Sul. IV Simpósio de Ciência e Tecnologia - Resumo dos Trabalhos, 2001. p. 30-30.

18.
COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; VALENTINI, L. ; HOFSETZ, K. ; BOSSARDI, K. . Pirólise - Uma Alternativa para Transformar Resíduos de Pintura Industrial em Produtos de Valor Comercial. In: IX Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2001, Caxias do Sul. IX Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2001. p. 44-44.

19.
VALENTINI, L. ; STEFFANI, E. ; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; HOFSETZ, K. ; BOSSARDI, K. . Pirólise - Uma Alternativa para Transformar Resíduos de Pintura Industrial em Produtos de Valor Comercial. In: XVI Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2001, Ijuí. CRICTE 2001, 2001.

20.
STEFFANI, E.; BOSSARDI, K. . Aproveitamento de Resíduos Plásticos Através de Pirólise. In: VIII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 2000, Caxias do Sul. VIII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS - Resumo dos Trabalhos, 2000. p. 31-31.

21.
COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; MUNIZ, L. A. R. ; BOSSARDI, K. . Inertização de Resíduos de Tintas. In: XV Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2000, Rio Grande. CRICTE 2000, 2000.

22.
COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; MUNIZ, L. A. R. ; HOFSETZ, K. . Reciclagem de Resíduos Poliméricos Via Pirólise. In: XV Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2000, Rio Grande. CRICTE 2000, 2000.

23.
MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; STEFFANI, E. ; VALENTINI, L. . Controle de Temperatura de Um Reator de Pirólise Usando Redes Neuroniais. In: XV Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2000, Rio Grande. CRICTE 2000, 2000.

24.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; SANTOS, I. F. R. ; RODRÍGUEZ, J. E. N. . Controle e Automatização em Uma Coluna de Destilação. In: Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 2000, Rio Grande. CRICTE 2000, 2000.

25.
COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; ZATTERA, A. J. ; PALOSCHI, R. . Aproveitamento de Resíduos de EVA Através de Pirólise. In: XXVII Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados, 1999, Campos do Jordão - SP. XXVII Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados - ENEMP'99 - Programação e Resumos, 1999. v. único. p. H4-H4.

26.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; FILIPPIS, F. M. ; PAIM, D. ; MOREIRA, V. ; CARNIELLI, F. . Informatização de Disciplinas do Curso de Engenharia Química: a Experiência da Universidade de Caxias do Sul. In: III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS, 1999, Caxias do Sul. III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS - Resumos dos Trabalhos, 1999. p. 22-22.

27.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; PAIM, D. ; PAIM, J. C. . Análise e Controle de Uma Planta-Piloto para Extração de Óleos Essenciais por Arraste a Vapor. In: III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS, 1999, Caxias do Sul. III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS - Resumos dos Trabalhos, 1999. p. 31-31.

28.
STEFFANI, E.; MUNIZ, L. A. R. ; COSTA, A. R. ; HOFSETZ, K. . Determinação das Curvas de Degradação de Polímeros, Baseadas nos Resultados dos Ensaios de Índice de Fluidez. In: III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS, 1999, Caxias do Sul. III Simpósio de Ciência e Tecnologia da UCS - Resumos dos Trabalhos, 1999. p. 36-36.

29.
STEFFANI, E.; HOFSETZ, K. . Estudo para Predição de Propriedades Mecânicas de um Polipropileno Reforçado com Fibra de Vidro. In: VII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 1999, Caxias do Sul. VII Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS - Resumo dos Trabalhos, 1999. p. 27-27.

30.
STEFFANI, E.; FINKLER, M. . Reciclagem Primária de Polipropileno: Avaliação das Propriedades Mecânicas e Índice de Fluidez. In: 13 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 1998, Curitiba - PR, 1998.

31.
STEFFANI, E.; FINKLER, M. . Estudo Sobre a Influência da Degradação Termo-Química do Polipropileno nas Propriedades Mecânicas e no Índice de Fluidez. In: 50 Reunião Anual da SBPC, 1998, Natal - RN. 50 Reunião Anual da SBPC - RESUMOS, 1998. v. único. p. 177-177.

32.
STEFFANI, E.; FINKLER, M. . Estudo para Predição de Propriedades Mecânicas e Índice de Fluidez do Polipropileno na Reciclagem Primária. In: VI Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS, 1998, Caxias do Sul. VI Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS - Resumos dos Trabalhos, 1998. p. 17-17.

33.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; PAIM, D. R. ; FILIPPIS, F. M. . Informatização do Curso de Engenharia Química: a Experiência da Universidade de Caxias do Sul. In: 50 Reunião Anual da SBPC, 1998, Natal. 50 Reunião Anual da SBPC - RESUMOS, 1998. p. 130-131.

34.
MANDELLI, R. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; MUNIZ, L. A. R. ; FILIPPIS, F. M. de . Otimização de Inibidores de Corrosão Utilizando Técnicas de Planejamento Experimental. In: 50 Reunião Anual da SBPC, 1998, Natal - RN. 50 Reunião Anual da SBPC - RESUMOS, 1998. v. único. p. 130-130.

35.
STEFFANI, E.; PAIM, D. R. . Software Aplicado à Classificação Granulométrica de Sólidos. In: XII Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia, 1997, Porto Alegre - RS. XII Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia - ANAIS, 1997.


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; BOLZAN, A. ; VALENTINI, L. . Pirólise. 1999.

2.
MUNIZ, L. A. R. ; STEFFANI, E. ; COSTA, A. R. ; FILIPPIS, F. M. . Simulação de Reatores Químicos. 1998.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Dettmer, A.; de BORTOLI, A. L.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Vinícius da Costa Ávila. O papel de modelos de turbulência na modelagem de um biorreator com membranas. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
FERNANDES, P. R. B.; NETZ, P. A.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Guilherme Braganholo Flôres. Inclusão de um termo de dispersão no modelo F-SAC. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
MILTZAREK, G. L.; de SOUZA, G.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Ivone Vanessa Jurado Dávila. Remoção de Vermelho Reativo 120 em solução aquosa usando hidrocarbonetos de Mg-Al, Mg-Fe e Mg como sólidos sorventes. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
de BORTOLI, A. L.; da PORCIUNCULA, C. B.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Adam Macedo Martins. Análise da qualidade das predições de tensão obtidas na simulação de escoamento de fluidos viscoelásticos usando a formulação log-conformação. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
DALLA ZEN, L.; de SOUZA, G.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Felipe de Aguiar de Linhares. Avaliação fluidodinâmica e co-combustão de resíduo industrial com carvão mineral em planta piloto de leito fluidizado borbulhante. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
SALAU, N. P. G.; MELO, P. J.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Jana Marimon Simões. Produção de butanol a partir de etanol utilizando óxidos mistos de Mg e Al. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria.

7.
SCHNEIDER, P. S.; ARAGAO, M. E.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Aline Baraldi. Análise, modelagem e otimização do ciclo de refrigeração de uma unidade de processamento de gás natural. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
Soares, M. G.; Lima, E. C.; STEFFANI, E.; Dotto, G. L.. Participação em banca de Carolina Scaraffuni Gomes. Adsorção Aplicada ao Tratamento de Efluentes de Tingimento de Couro. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
Feris, L. A.; MELO, P. J.; ROSA, G. S.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Liliana Dutra dos Santos. Remoção de Íons Zn+2 por Adsorção em Carvão Ativado em Batelada e Processo Contínuo. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
Tessaro, I. C.; MARCILIO, N. R.; Rech, R.; STEFFANI, E.; Baldasso, C.; Duarte Filho, P. F. M.. Participação em banca de Gabriela Leticia de Jesus. Avaliação do Processo Combinado de Coagulação e Osmose Direta para a Concentração de Biomassa Algal. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

11.
MARCILIO, N. R.; Tessaro, I. C.; Rech, R.; Faccin, D. J. L.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Alexandre Antônio Bento Carvalho. Recuperação e Purificação de Biomassa das Microalgas Chlorella sp e Dunaliella tertiolecta utilizando Microfiltração Tangencial. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
BEAL, L. L.; Andrade, M. Z.; Monteggia, L. O.; MUNIZ, L. A. R.; Zorzi, J. E.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Paulo Américo Boff. Desenvolvimento de reator anaeróbio de leito fluidizado associado a membranas de microfiltração. 2008. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Materiais) - Universidade de Caxias do Sul.

Teses de doutorado
1.
ESPINDOLA, J. S.; TRIERWEILER, J. O.; LOPEZ, O. W. P.; HUBER, G.; SOARES, R. R.; COUTINHO, E. B.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Juliana da Silveira Espindola. Desenvolvimento de Catalisadores à Base de HZSM-5 Modificada Por Metais para o Processo de Pirólise Rápida. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
HOFFMANN, R.; MAYER, F. D.; STEFFANI, E.; FALCAO, C. E. G.; Dotto, G. L.. Participação em banca de Michel Brondani. Avaliação fluidodinâmica de modelos de pratos perfurados sem downcomer. 2016 - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
SOARES, R. P.; CARDOZO, N. S. M.; PAREDES, M.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Neumara Bender. Estimação de parâmetros do modelo GC-PC-SAFT utilizando dados de mistura como forma de evitar o uso de parâmetros de interação binária. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
ROSA, G. S.; MELO, P. J.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Flávio Dias Mayer. Otimização da produção de etanol hidratado combustível (EHC) em microdestilarias utilizando destilador com tecnologia mista. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química ( PPGEQ / UFRGS )) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
STEFFANI, E.; PINHEIRO, D. K.; SILVEIRA, D. D.. Participação em banca de Dreisse Gabbi Fantineli. Ações Ambientais com os Vitivinicultores do Município de Jaguari. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
STEFFANI, E.; PINHEIRO, D. K.; SILVEIRA, D. D.. Participação em banca de Flavia Rossato Coradini. Educação Ambiental no Combate ao Tráfico de Animais Silvestres. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

3.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Rosangela Pöerch. Resíduos Sólidos, Sustentabilidade e Cidadania: a Educação Ambiental na Escola Municipal de Ensino Fundamental Ayrton Senna, Tenente Portela/RS. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

4.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Vanessa Candito. A Reciclagem como Instrumento da Conscientização e Preservação Ambiental. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

5.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Micheli Becker. Um Olhar Diferenciado para a Problemática Sociocultural dos Resíduos nas Escolas. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

6.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Margarete Eliane Schütz Radtke. Análise da Educação Ambiental Através dos Grupos Com-Vida (Comissão de Qualidade de Vida e Meio Ambiente) nas Escolas Municipais de Três Passos/RS. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

7.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Marcia Seidenfuz Schulz. O Uso dos Sentidos Humanos em Ações de Educação Ambiental: Trilha dos Sentidos, uma Estratégia de Sensibilização. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

8.
STEFFANI, E.; PASQUALI, I. S. R.; NOGUERA, J. O. C.. Participação em banca de Osmarina Alma Graff Velten. A Administração Pública e a Educação Ambiental na Busca por Qualidade de àgua: uma Reflexão de uma Experiência Local. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
STEFFANI, E.. Participação em banca de Alan pereira Magalhães.Coleta, isolamento e triagem de fungos para tratamento de corantes para couro. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
STEFFANI, E.. Participação em banca de Paola del Vecchio.Remoção do ácido acetilsalicílico por adsorção. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
Tessaro, I. C.; POLLO, L. D.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Bruno Souza de Souza.Avaliação da Influência do pH na Remoção de Etanol de Soluções Aquosas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
Feris, L. A.; STEFFANI, E.; BOTELHO, J.. Participação em banca de Diego Miotto Zanolla.Remoção de Nitrato Através de Zeólitas Sintetizadas a Partir de Cinzas de Carvão. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
STEFFANI, E.. Participação em banca de Luana Variani.Estudo de viabilidade para operação em modo condensado numa piloto de polimerização em fase gasosa. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
STEFFANI, E.. Participação em banca de Adir Tavares da Silva Filho.Remoção do Violeta Cristal por adsorção utilizando carvão ativado. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
SCHNORENBERGER, E.; MARCILIO, N. R.; LIMA SOBRINHO, L. E.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Ernani Schnorenberger.Técnicas de Análise de Dados de Produção de Parques Eólicos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
Soares, M. G.; STEFFANI, E.; Haro, N. K.. Participação em banca de André Luís da Silva Gusmão.Uso de Taninos no Tratamento de Água para Abastecimento. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

9.
Feris, L. A.; Souza, F. S.; STEFFANI, E.; Caprioli, T.. Participação em banca de Louise Potrich.Degradação de Cafeína por Processos Oxidativos Avançados. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
HOFFMANN, R.; BERTUOL, D. A.; STEFFANI, E.. Participação em banca de D. S. Lima, L. C. Spadoa, L. V. Miklasevicius, N. T. Hupfer.Projeto de Uma Indústria de Rerrefino de Óleo Lubrificante. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria.

11.
MENEGOL, D.; DILLON, A. J. P.; STEFFANI, E.; Silveira, M. M. Participação em banca de Daiane Menegol.Hidrólise enzimática de Pennisetum purpureum (capim elefante) com complexos enzimáticos de Penicillium echinulatum, visando a produção de etanol. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Caxias do Sul.

12.
BÚRIGO, V.; MUNIZ, L. A. R.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Vinicius Búrigo.Projeto de um Sistema de Controle e Redução das Emissões Atmosféricas de uma Usina Termelétrica, com Diagnóstico e Avaliação das Emissões por Modelagem Computacional.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade de Caxias do Sul.

13.
Bertolazzi, M; ATTI-SANTOS, A. C.; STEFFANI, E.; DELAMARE, A. P. L.. Participação em banca de Marina Bertolazzi.Extração enzimática de compostos fenólicos de sementes de Vitis vinifera var. Merlot e Vitis labrusca var. Isabel. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Caxias do Sul.

14.
Silveira, M. M; Dillon, A. J.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Tomás Augusto Polidoro.Construção e Caracterização de um Biorreator de Tambor Rotativo em Escala de Bancada. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

15.
DIEHL, F. C.; MUNIZ, L. A. R.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Fabio Cesar Diehl.Simulação Operacional de uma Torre de Destilação Atmosférica via Aspen Plus e Avaliação de Modelos de Analisadores Virtuais. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

16.
Finotti, A. R.; SCIENZA, L. C.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Renata Cornelli.Projeto de um separador ciclônico com base nos dados gerados utilizando modelagem computacional. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade de Caxias do Sul.

17.
Silveira, M. M; STEFFANI, E.. Participação em banca de Ernesto A. Minozzo.Análise comparativa entre biorreatores do tipo airlift e mistura completa. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

18.
SLOMP, N. B.; SCIENZA, L. C.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Nicole Barazzeti Slomp.Proposta Operacional para Melhoria do Sistema de Condensado de Vapor.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

19.
ZANETTE, R. J.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Rodrigo Júnior Zanette.Avaliação da Viabilidade de Implantação de um Sistema de Pintura Eletroforética. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

20.
RECH, G. R.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Giovani Ricardo Rech.Aproveitamento de Serragem de Madeira na Fabricação de Compósitos à Base de Poliolefinas. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

21.
STEFFANI, E.; FREIRE, E.; MUNIZ, L. A. R.. Participação em banca de Ana Cristina Atti dos Santos.Implantação de uma usina de extração de óleos essenciais. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.

22.
CARVALHO, C. R. C.; STEFFANI, E.. Participação em banca de Carina Rejane Casagranda Carvalho.Avaliação do Sistema de Pintura a Pó no Processo de Fabricação de Eletrodomésticos. 1995. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
STEFFANI, E.. Concurso Público referente ao edital de Processo Seletivo para Professor Substituto 06/2016 Área: Engenharia Química - Operações Unitárias. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Feris, L. A.; TRIERWEILER, L. F.; STEFFANI, E.. Concurso Público referente ao edital de Processo Seletivo Simplificado 11-2015 para Professor Substituto para a Área de Engenharia Química, Subárea Operações Unitárias. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
STEFFANI, E.. Concurso Público referente ao edital de Processo Seletivo para Professor Substituto 22/2015 Área: Engenharia Química - Operações Unitárias. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
STEFFANI, E.; de Castilhos, F.; Costa-Muniz. A. R.. Concurso Público Docente para a Área de Engenharia Química Subárea Reatores Químicos referente ao Edital 185/2013 UFSM. 2014. Universidade Federal de Santa Maria.

5.
Baldasso, C.; Catelli, F.; STEFFANI, E.. Concurso Público para Professor na Área de Engenharia Química Subáreas Fenômenos de Transporte e Operações Unitárias. 2014. Universidade de Caxias do Sul.

6.
SILVEIRA, D. D.; PINTO, L. A. A.; STEFFANI, E.. Concurso Público para Professor Adjunto na Área de Engenharia Química, Subárea Processos Industriais de Engenharia Química. 2012. Universidade Federal de Santa Maria.

7.
STEFFANI, E.; CARNEIRO, M. L. F.; MANDELLI, R. I.. Comissão Examinadora para o Processo de Seleção de Docentes na UCS, conforme Edital de Abertura de Inscrições para Concurso Público para Professor Adjunto do Quadro do Quadro de Carreira, do Depto de Engenharia Química, na Área de Processos Químicos: Projetos. Carga Horária: 16 horas. 1997. Universidade de Caxias do Sul.

Outras participações
1.
STEFFANI, E.; MELO, P. J.. Membro da Comissão Julgadora no XXVIII Salão de Iniciação Científica (SIC) da UFRGS. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
STEFFANI, E.. Participação como avaliador de trabalhos no XV OKTOBERFÓRUM, evento promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UFRGS. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
STEFFANI, E.; MELO, P. J.. Participação como avaliador de trabalhos no I Salão de Iniciação Científica e Tecnológica. 2014. Fundação de Ciência e Tecnologia.

4.
Zanella, O.; Ribas, M. C.; Feris, L. A.; Tessaro, I. C.; STEFFANI, E.. Participação como avaliador de trabalhos no XIII OKTOBERFÓRUM, evento promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UFRGS. 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
RAMON, A. P.; CANCELIER, A.; STEFFANI, E.. Participação em banca de estágio supervisionado de Adriana Paula Ramon. 2013. Universidade Federal de Santa Maria.

6.
DRUZIAN, S.; TERRA, L. M.; STEFFANI, E.; MAZUTTI, M. A.. Participação em banca de estágio supervisionado de Susanne Pedroso Druzian. 2013. Universidade Federal de Santa Maria.

7.
PEDROTTI, M. F.; PINHEIRO, D. K.; TERRA, L. M.; STEFFANI, E.. Participação em banca de estágio supervisionado de Matheus Felipe Pedrotti. 2013. Universidade Federal de Santa Maria.

8.
STEFFANI, E.. Participação em banca examinadora do projeto intitulado Produção de Sabão, requisito obrigatório para aprovação na disciplina de Projeto de InstalaçõesQuímicas II do curso de Engenharia Química da Universidade de Caxias do Sul. Carga Horária: 2 horas. 2001. Universidade de Caxias do Sul.

9.
STEFFANI, E.. Banca avaliadora dos trabalhos do XII Congresso Regional de Iniciação Científica e Tecnológica em Engenharia - CRICTE'97. Carga Horária: 4 horas. 1997. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
28 Jornada Acadêmica Integrada.O binômio Energia-Meio Ambiente como elemento motivador para a carreira de engenheiro no Brasil. 2013. (Encontro).

2.
Terceira Reunião da Coalizão Tche - PAEPE.Terceira Reunião da Coalizão Tche - PAEPE. 2001. (Outra).

3.
VI Feira das Profissões.Palestrante da VI Feira de Profissões. Carga Horária 4 horas. 2001. (Outra).

4.
XXXVIII COBENGE - Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia. Participação como congressista no XXXVIII COBENGE. Carga Horária: 12 horas. 2000. (Congresso).

5.
I Seminário dos Coordenadores de Comissão de Inspetoria de Engenharia Química do CREA-RS.I Seminário dos Coordenadores de Comissão de Inspetoria de Engenharia Química do CREA-RS. 1999. (Seminário).

6.
IV COREEQ-SUL. Minicurso sobre Operações Unitárias. 1998. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Daniel Toss. Extração de Compostos Fenólicos de Butia capitata Utilizando Dióxido de Carbono Supercrítico. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Evandro Steffani.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Osmarina Alma Graff Velten. A Administração Pública e a Educação Ambiental na Busca por Qualidade de Água: uma Reflexão de uma Experiência Local. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

2.
Marcia Seidenfuz Schulz. O Uso dos Sentidos Humanos em Ações de Educação Ambiental: Trilha dos Sentidos, uma Estratégia de Sensibilização. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

3.
Margarete Eliane Schütz Radtke. Análise da Educação Ambiental Através dos Grupos Com-Vida (Comissão de Qualidade de Vida e Meio Ambiente) nas Escolas Municipais de Três Passos/RS. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

4.
Micheli Becker. Um Olhar Diferenciado para a Problemática Sociocultural dos Resíduos nas Escolas. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

5.
Vanessa Candito. A Reciclagem como Instrumento da Conscientização e Preservação Ambiental. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

6.
Rosangela Pöerch. Resíduos Sólidos, Sustentabilidade e Cidadania: a Educação Ambiental na Escola Municipal de Ensino Fundamental Ayrton Senna, Tenente Portela/RS. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

7.
Flavia Rossato Coradini. Educação Ambiental no Combate ao Tráfico de Animais Silvestres. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

8.
Dreisse Gabbi Fantineli. Ações Ambientais com os Vitivinicultores do Município de Jaguari. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Esp. em Ed. Ambiental a Distância) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Daniel Toss. Aplicação da extração assistida por microondas para a obtenção de óleo essencial de Rosmarinus officinalis L. (alecrim). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

2.
Tatiara Sozo Marcon. Recuperação de Solventes numa Indústria de Tintas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

3.
Mariana Stedile. Extração de Compostos Fenólicos de Schinus terebinthifolius Raddi (aroeira) Utilizando Dióxido de CarbonoSupercrítico. 2005. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

4.
Helena Ferrari Cogorni. Dispersão de Pigmentos Utilizando Moinho de Bolas na Indústria de Tintas. 2004. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

5.
Vinícius Moreira. O uso de gás nitrogênio em processos de contrapressão na indústria de bebidas carbonatadas. 2001. 80 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

6.
Paulo Gomes. Estudo de expansão da vermiculita do tipo super-fina. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

Iniciação científica
1.
Fabricio Schönhals. Desenvolvimento de rotinas computacionais para cálculo de equilíbrio termodinâmico. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

2.
Marina Bertolazzi. Obtenção e Análise de Compostos Fenólicos de Sementes de Diferentes Variedades de Uva Cultivadas no Rio Grande do Sul.. 2008. Iniciação Científica - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

3.
Daniel Toss. Extração de compostos fenólicos de Schinus terebinthifolius (aroeira) utilizando CO2 supercrítico. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

4.
Éder Giaretta. Extração de Óleo Essencial de Camomila Alemã utilizando CO2 supercrítico. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

5.
Kelly Bossardi. Pirólise de Resíduos Plásticos - Projeto PIRÓLISE. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

6.
Kelly Hofsetz. Predição de Propriedades de Produtos Poliméricos Incorporando Materiais Reciclados - Projeto RECIPLAST. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Evandro Steffani.

7.
Delmar Vidor. Predição de Propriedades de Produtos Poliméricos Incorporando Materiais Reciclados - Projeto RECIPLAST. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

8.
Daniela Paim. Informatização do Curso de Engenharia Química - Projeto INFOENGE. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

9.
Maira Finkler. Predição de Propriedades de Produtos Poliméricos Incorporando Materiais Reciclados - Projeto RECIPLAST. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Química) - Universidade de Caxias do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Evandro Steffani.

Orientações de outra natureza
1.
Jonas Machado. Estágio Supervisionado. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Evandro Steffani.

2.
Alexandre Baiotto. Estágio Supervisionado. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

3.
Eduardo Cezario Biezus. Estágio Supervisionado. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

4.
Ederson Rossi Abaide. Estágio Supervisionado. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

5.
Lara Colvero Rockembach. O binômio Energia-Meio Ambiente como elemento motivador para a carreira de engenheiro no Brasil. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

6.
Jean Lucca Souza Fagundez. Estágio Supervisionado. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Química) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Evandro Steffani.

7.
Josiane C Paim. Extração Supercrítica de Óleos Essenciais. 1997. 0 f. Orientação de outra natureza - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Evandro Steffani.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 18:41:29