Mario de Vivo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3360600541764043
  • Última atualização do currículo em 05/01/2016


Sou Bacharel e Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1978) e Doutor em Ciências Biológicas (Zoologia) pela mesma universidade (1988). Atualmente sou Curador da Mastozoologia do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Me interesso pela sistemática e evolução dos mamíferos e a relação dessa história evolutiva com a história dos biomas terrestres, enfatizando o continente sul-americano. Oriento alunos em projetos relacionados à sistemática, biogeografia e aspectos selecionados da história natural dos mamíferos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mario de Vivo
Nome em citações bibliográficas
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Museu de Zoologia da USP.
Avenida Nazare 481
Ipiranga
04263-000 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (011) 61658146
Fax: (011) 61658116


Formação acadêmica/titulação


1980 - 1988
Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: SISTEMATICA DE 'CALLITHRIX' ERXLEBEN, 1777 (CALLITRICHIDAE, PRIMATES), Ano de obtenção: 1988.
Orientador: PAULO EMILIO VANZOLINI.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Callithrix; Primates; Sistematica.
Grande área: Ciências Biológicas
1975 - 1978
Graduação em Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


1991 - 1992
Pós-Doutorado.
American Museum of Natural History, AMNH, Estados Unidos.
Bolsista do(a): American Museum of Natural History, AMNH, Estados Unidos.
Grande área: Ciências Biológicas


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSOR ASSISTENTE DOUTOR, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2002 - Atual
Ensino, Licenciatura e Bacharela em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Amniota
01/2000 - Atual
Direção e administração, Museu de Zoologia da USP, .

Cargo ou função
Diretor Técnico do Serviço de Vertebrados.
12/1999 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Museu de Zoologia da USP, .

03/1998 - Atual
Ensino, Pós-Graduação em Biologia Comparada, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemática e evolução de mamíferos neotropicais
03/1991 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas (Zoologia), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ENSINO SUPERIOR DE POS-GRADUACAO // DISCIPLINA: SISTEMATICA E EVOLUCAO DE MAMIFEROS NEOTROPICAIS
12/1999 - 12/2002
Ensino, Licenciatura e Bacharela em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Zoologia de Vertebrados
01/2000 - 12/2001
Direção e administração, Museu de Zoologia da USP, .

Cargo ou função
Vice-Chefe da Estação Ecológica de Boracéia.
03/1982 - 11/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Departamento de Biologia.
03/1982 - 11/1999
Ensino, Licenciatura e Bacharela em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Princípios de Zoogeografia
Zoologia de Vertebrados


Linhas de pesquisa


1.
Sistemática, evolução e biogeografia de mamíferos neotropicais

Objetivo: A sistemática, evolução e biogeografia dos mamíferos neotropicais são disciplinas profundamente interligadas, e seu estudo tem revelado padrões e processos que permitem uma ampla compreensão da evolução faunística no continente. As relações de parentesco entre linhagens, bem como sua riqueza taxonômica ao longo do tempo, tem profundas ligações com a história tectônica e climática da América do Sul, e a evolução das paisagens e sua reconstituição em escala continental permite a proposição de novas hipóteses a respeito da evolução da biodiversidade no Cenozóico..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Biogeografia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.
Palavras-chave: evolução; Mammalia; Sistematica; Taxonomia; Biogeografia.


Membro de corpo editorial


2004 - Atual
Periódico: Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia dos Grupos Recentes.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Biogeografia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Paleozoologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
de Vivo, M.2014de Vivo, M.; SILVEIRA, L. F. ; NASCIMENTO, F. . Reflexões sobre coleções zoológicas, sua curadoria e a inserção dos Museus na estrutura universitária brasileira. Arquivos de Zoologia, v. 45, p. 105-114, 2014.

2.
GREGORIN, RENATO2013GREGORIN, RENATO ; VIVO, MARIO DE .

Revalidation of Saguinus ursula Hoffmannsegg (Primates: Cebidae: Callitrichinae)

. Zootaxa (Auckland. Print), v. 3721, p. 172, 2013.

3.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE2011de Vivo, M.; CARMIGNOTTO, A. P. ; Gregorin, R. ; Hingst-Zaher, E. ; Iack-Ximenez, G.E. ; MIRETZKI, M. ; Percequillo, A.R. ; Rollo, Jr. M. M. ; Rossi, R. V. ; Taddei, V.A. . Checklist dos mamíferos do Estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotropica (Edição em português. Impresso), v. 11, p. 1-21, 2011.

4.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE2009de Vivo, M.. Clima e o estudo dos mamíferos. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, v. 55, p. 1-6, 2009.

5.
CARVALHO, M. R.2007CARVALHO, M. R. ; BOCKMANN, F. A. ; AMORIN, D. S. ; de Vivo, M. ; NELSON, G. ; VARI, R. P. . Taxonomic impediment or impediment to taxonomy? A commentary on systematics and the cybertaxonomic automation paradigm. BMC Evolutionary Biology (Online), v. 34, p. 140-143, 2007.

6.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE2007de Vivo, M.. Problemas da mastozoologia brasileira. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, v. 48, p. 1-4, 2007.

7.
Rodrigues, F.P.2006Rodrigues, F.P. ; ROCHA, F. S. ; GARCIA, J. E. ; GARCIA, J. F. ; de Vivo, M. ; MATIOLI, S. R. . Isolation and characterization of microsatellite loci in the wooly mouse opossum Micoureus paraguayanus (Marsupialia, Didelphimorphia). Molecular Ecology Notes (Online), v. 6, p. 686-688, 2006.

8.
CARVALHO, M. R.2005CARVALHO, M. R. ; AMORIN, D. S. ; BOCKMANN, F. A. ; de Vivo, M. ; FIGUEIREDO, J. L. ; NELSON, G. ; VARI, R. P. . Revisiting the taxonomic impediment. Science, v. 307, p. 353-353, 2005.

9.
Iack-Ximenez, G.E.2005Iack-Ximenez, G.E. ; de Vivo, M. ; Percequillo, A.R. . A new species of Echimys Cuvier, 1809 (Rodentia, Echimyidae) from Brazil. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), São Paulo, v. 45, n.5, p. 51-60, 2005.

10.
Iack-Ximenez, G.E.2005 Iack-Ximenez, G.E. ; de Vivo, M. ; Percequillo, A.R. . A new genus for Loncheres grandis Wagner, 1845, with taxonomic comments on other arboreal echimyids (Rodentia, Echimyidae). Arquivos do Museu Nacional, Rio de Janeiro, v. 63, n.1, p. 89-112, 2005.

11.
Marroing, G.2004Marroing, G. ; de Vivo, M. ; Cheverud, J.M. . Cranial evolution in sakis (Pithecia, Platyrrhini) II: evolutionary processes and morphological integration. Journal of Evolutionary Biology, London, v. 17, p. 144-155, 2004.

12.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE2004 de Vivo, M.; CARMIGNOTTO, A. P. . Holocene vegetation change and the mammal faunas of South America and Africa. Journal of Biogeography, Grã-Bretanha, v. 31, p. 943-957, 2004.

13.
SILVA, C.R.2003SILVA, C.R. ; Percequillo, A.R. ; Iack-Ximenez, G.E. ; de Vivo, M. . New distributional records of Blarinomys breviceps (Winge, 1888) (Sigmodontinae, Rodentia). Mammalia, Paris, v. 67, n.1, p. 147-152, 2003.

14.
Higa, A.2002Higa, A. ; Hingst-Zaher, E. ; de Vivo, M. . Size and shape variability in the skull of Pontoporia blainvillei (Cetacea, Pontoporiidae) from the brazilian coast. The Latin American Journal of Aquatic Mammals, v. 1, n.1, p. 145-152, 2002.

15.
Lyra Jorge, M. C.2001Lyra Jorge, M. C. ; Pivello, V. R. ; Meirelles, S. T. ; de Vivo, M. . Riqueza e abundância de pequenos mamíferos em ambientes de cerrado e floresta, na reserva cerrado Pé-de-Gigante, Parque Estadual de Vassununga (Santa Rita do Passa Quatro, SP). Naturalia, São Paulo, v. 26, p. 287-302, 2001.

16.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE1999de Vivo, M.; Gregorin, R. ; Iack-Ximenez, G.E. . Conservação biológica e a sistemática de mamíferos. Holos, Rio Claro. SP, v. Agosto, p. 86-91, 1999.

17.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE1997 de Vivo, M.. Mammalian evidence of historical ecological change in the Caatinga semiarid vegetation of northeastern Brazil. J. Comp. Biol., Ribeirão Preto, SP, v. 2, n.1, p. 65-73, 1997.

18.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE1997de Vivo, M.. Ensaio sobre a diversidade de mamíferos do estado de São Paulo. Biotasp, 1997.

19.
TRAJANO, E.1991TRAJANO, E. ; de Vivo, M. . Desmodus Draculae Morgan, Linares, And Ray, 1988, Reported For Southeastern Brasil, With Paleoecological Comments (Phyllostomidae, Desmodontinae). MAMMALIA, v. 55, n.3, p. 456-459, 1991.

20.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE1989de Vivo, M.; GOMES, N. F. . First Record Of 'Caluromysiops Irrupta' Sanborn, 1951 (Didelphidae) From Brasil. MAMMALIA, v. 53, n.2, p. 310-311, 1989.

21.
GEORGE, T. K. S. A.1988GEORGE, T. K. S. A. ; MARQUES, M. ; de Vivo, M. ; BRANCH, N. F. ; GOMES, R. . Levantamento de Mamiferos do Parna-Tapajos.. BRASIL FLORESTAL, v. 63, n.11, p. 33-41, 1988.

22.
de Vivo, M.;VIVO, MARIO DE1985de Vivo, M.. On Some Monkeys From Rondonia, Brasil (Primates: Callitrichidae, Cebidae).. PAPEIS AVULSOS DE ZOOLOGIA, SAO PAULO, v. 36, n.11, p. 103-110, 1985.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
de Vivo, M.. Taxonomia de Callithrix, Erxleben, 1777 (Callitrichidae, Primates). 1. ed. BELO HORIZONTE, MG: FUNDACAO BIODIVERSITAS, 1992. 105p .

Capítulos de livros publicados
1.
de Vivo, M.; CARMIGNOTTO, A. P. . Family Sciuridae G. Fischer, 1817. In: Patton, J.L. et al.. (Org.). Mammals of South America, Rodents. 1ed.Chicago: Chicago University Press, 2015, v. 2, p. 1-48.

2.
CARMIGNOTTO, A. P. ; de Vivo, M. ; LANGGUTH, A. . Mammals of the Cerrado and Caatinga: Distribuition Patterns of the Tropical Open Biomes of Central South America. In: Patterson, B.D.; L.P. Costa. (Org.). Bones, Clones, and Biomes. The History and Geography of Recent Neotropical Mammals. 1ed.Chicago: The University of Chicago Press, 2012, v. , p. 307-350.

3.
de Vivo, M.; CARMIGNOTTO, A. P. . Variação ou erro na morfometria dos mamíferos. In: Freitas, T.R.O.; E.M. Vieira. (Org.). Mamíferos do Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Mastozoologia, 2012, v. 2, p. 90-95.

4.
de Vivo, M.; CARMIGNOTTO, A. P. ; Gregorin, R. ; Hingst-Zaher, E. ; Iack-Ximenez, G.E. ; MIRETZKI, M. ; Percequillo, A.R. ; Rollo, Jr. M. M. ; Rossi, R. V. ; Taddei, V.A. . Anexo 5 - Mamíferos do Estado de São Paulo. In: Vários. (Org.). Fauna Ameaçada de Extinção no Estado de São Paulo - Vertebrados. 1ed.São Paulo: Imprensa Oficial, 2010, v. , p. 599-605.

5.
de Vivo, M.. Mamíferos e mudanças climáticas. In: Marcos S. Buckeridge. (Org.). Biologia e Mudanças Climáticas no Brasil. 1ed.São Carlos: Editora Rima, 2008, v. , p. 207-223.

6.
de Vivo, M.; Gregorin, R. . Mamíferos. In: Leonel, C.. (Org.). Intervales/Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo.. 1ed.: , 2001, v. , p. 116-123.

7.
Michelazzo, R.A.M. ; Braga, C.M.S. ; de Vivo, M. . Levantamento da ornitofauna de Ribeirão Preto. In: Barbieri, M.R.; Sicca, N.A.L.; Carvalho, C.P. de. (Org.). A Contrução do Conhecimento do Professor. 1ed.Ribeirão Preto: Holos, 2001, v. , p. 26-33.

8.
de Vivo, M.; Taddei, V.A. ; Percequillo, A.R. ; Martins, U.R. . O acervo das coleções zoológicas do Estado de São Paulo. In: Wey de Brito, M.C.; Joly, C.A.. (Org.). Biodiversidade do Estado de São Paulo, Volume 7. 1ed.São Paulo: FAPESP, 1999, v. 7, p. 53-67.

9.
de Vivo, M.. Museus e coleções zoológicas. In: Wey de Brito, M.C.; Joly, C.A.. (Org.). Biodiversidade do Estado de São Paulo, Vol. 7. 1ed.São Paulo: FAPESP, 1999, v. 7, p. 49-50.

10.
de Vivo, M.. Diversidade de mamíferos do Estado de São Paulo. In: Corrêa e Castro, R.M.. (Org.). Biodiversidade do Estado de São Paulo, Vol. 6. 1ed.São Paulo: FAPESP, 1998, v. 6, p. 53-66.

11.
de Vivo, M.. Filo Chordata (Mammalia). In: Corrêa e Castro, R.M.. (Org.). Biodiversidade do Estado de São Paulo. 1ed.São Paulo: FAPESP, 1998, v. 6, p. 51-52.

12.
de Vivo, M.. How many species of mammals are there in Brazil? Taxonomic practice and diversity evaluation. In: Bicudo, C.E.; Menezes, N.A.. (Org.). Biodiversity in Brazil: a first approach. 1ed.São Paulo: CNPq, 1996, v. , p. 313-321.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
de Vivo, M.. A mastofauna da Floresta Atlântica: padrões biogeográficos e implicações conservacionistas. In: V Reunião Especial da SBPC, 1997, Blumenau, SC. Anais da V Reunião Especial da SBPC. Blumenau, SC: CNPq, 1997. p. 60-63.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
de Vivo, M.; Hingst-Zaher, E. . Mamíferos sudamericanos, diversidad y clima: causas básicas y epifenomenos. In: XIX Jornadas Mastozoologicas Argentinas, 2004, Puerto Madryn. Libro de Resumenes de las XIX JAM. Puerto Madryn, 2004. p. 155-155.

2.
de Vivo, M.; Rollo, Jr. M. M. . Ecologia e distribuição de golfinhos Sotalia guianesnsis (Mammalia, Cetacea) na região estuarina-lagunar de Cananéia, sul do estado de São Paulo.. In: II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001, SãoPaulo. Caderno de Resumos da II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001. p. 14-14.

3.
de Vivo, M.; PIRES, T.M. ; CARMIGNOTTO, A. P. ; MIRETZKI, M. . Contribuições ao conhecimento da diversidade da Mastofauna Brasileira.. In: II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001, São Paulo. Caderno de Resumos da II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001. p. 18-18.

4.
de Vivo, M.; Higa, A. ; Percequillo, A.R. ; Iack-Ximenez, G.E. ; Basile, P. A. ; Gregorin, R. ; Rossi, R. V. . O papel da Mastozoologia do MZUSP no estudo da sistemática de mamíferos do Brasil.. In: II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001, São Paulo. Caderno de Resumos da II Jornada Ciêntífica do Museu de Zoologia da USP., 2001. p. 19-19.

5.
Hingst-Zaher, E. ; de Vivo, M. ; Lopes, P.L. ; Marcus, L.F. . Preliminary results of a taxonomic review of Cerdocyon Smith, 1839 (Carnivora, Canidae). In: XV Jornadas Argentinas de Mastozoologia, 2000, Buenos Aires. Libro de Resúmenes, 2000. p. 70.

6.
de Vivo, M.. Variacao Populacional de D. Albiventris, O. Utiaritensis e O. Sp. Na Faz. Sta. Carlota, Cajuru, Sp.. In: XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1988. CURITIBA, PR. p. 0-0.

7.
de Vivo, M.. Variacao Populacional e Habitat de Nectomys Gr. Squamipes Na Faz. Sta. Carlota, Cajuru, Sao Paulo. In: XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1988. CURITIBA, PR. p. 0-0.

8.
de Vivo, M.. Taxonomia do Genero 'Callicebus' Thomas, 1903 (Cebidae, Primates).. In: XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1987. JUIZ DE FORA, MG. p. 0-0.

9.
de Vivo, M.. Taxonomia do Genero 'Callithrix' Erxleben, 1777 (Callitrichidae, Primates). In: XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1987. JUIZ DE FORA, MG. p. 0-0.

10.
de Vivo, M.. Revisoes Sistematicas dos Generos 'Callithrix' e 'Callicebus' (Ceboidea, Primates): Com. Pres. Pesquisa.. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1985. CAMPINAS, SP. p. 0-0.

11.
de Vivo, M.. O Emprego de Especies e Subespecies Na Mastozoologia Neotropical.. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1985. CAMPINAS, SP. p. 0-0.

Outras produções bibliográficas
1.
de Vivo, M.. Um acervo, muitas visões. Museu de Zoologia da USP, 2005 (Folheto sobre exposição).

2.
de Vivo, M.; Sene, F. de M. . Biologia Evolutiva. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1993. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
de Vivo, M.. Visões. 2005.


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
de Vivo, M.. Um acervo, muitas visões. 2005 (Exposição).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Juliana de Lucca. História natural da anta (Tapirus terrestris Lineu 1758, Tapiridae, Perissodactyla) na Estação Biológica de Boracéia: uso do espaço e sazonalidade. Início: 2009. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Adalberto Cesari. Biogeografia de Chiroptera da América do Sul. Início: 2006. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP. (Orientador).

2.
Fábio Oliveira do Nascimento. Revisão Texonômica do gênero Leopardus (Carnivora: Felidae). Início: 2006. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Carla Cristina de Aquino. Revisão do grupo Personatus, gênero Callicebus Thomas (Primates). 2013. Dissertação (Mestrado em Sistemática, Taxonomia Animal e Biodiversidade) - Museu de Zoollogia da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

2.
Guilherme Siniato Terra Garbino. Filogenia de Callitrichinae (Primates). 2013. Dissertação (Mestrado em Sistemática, Taxonomia Animal e Biodiversidade) - Museu de Zoollogia da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

3.
Alessandra Higa. Taxonomia de Pontoporia (Cetacea, Pontoporiidae). 2003. Dissertação (Mestrado em Bilogia Comparada) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, . Orientador: Mario de Vivo.

4.
Patrícia A. Basile. Taxonomia de Thrichomys Trouessart 1880 (Rodentia, Echimyidae). 2003. Dissertação (Mestrado em Bilogia Comparada) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

5.
Dalton Marques Novaes. Dieta e uso do hábitat no guaxinim, Procyon cancrivorus, na Baixada Santista, São Paulo (Carnivora: Procyonidae). 2002. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

6.
Edmara Golçalves. Taxonomia de Eptesicus Rafinesque, 1821 (Chiroptera, Vespertilionidae) do Brasil.. 2001. Dissertação (Mestrado em Bilogia Comparada) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

7.
Rogério Vieira Rossi. Taxonomia das espécies brasileiras de Mazama Rafinesque (Mammalia, Cervidae). 2000. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

8.
Gilson E. Iack-Ximenez. Taxonomia das espécies brasileiras de Dasyprocta e Myoprocta (Rodentia, Dasyproctidae). 1999. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

9.
Diego Miguel Perez. Ecologia de bugios (Alouatta fusca, Primates, Atelidae) em floresta de araucária de Santa Catarina. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Mario de Vivo.

10.
Júlio César Voltolini. Ecologia de pequenos mamíferos das copas das árvores na Floresta Atlântica de Santa Catarina. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Mario de Vivo.

11.
Alexandre Reis Percequillo. Taxonomia das espécies de Oryzomys do leste do Brasil (Rodentia, Cricetidae). 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

12.
Renato Gregorin. Variação geográfica e taxonomia das espécies brasileiras do gênero Alouatta Lacepéde, 1799 (Primates, Atelidae). 1996. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Mario de Vivo.

13.
LIEGE MARIEL PETRONI. Sobre Alguns Aspectos da Ecologia do Mono-Carvoeiro (Brachyteles Arachnoides, Primates, Cebidae) Em Floresta Continua Na Serra de Paranapiacaba, Sao Paulo. 1993. Dissertação - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, . Orientador: Mario de Vivo.

Tese de doutorado
1.
Fábio Oliveira do Nascimento. Revisão Taxonômica do Gênero Leopardus Gray, 1842 (Carnivora, Felidae). 2010. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, . Orientador: Mario de Vivo.

2.
Diego Queirolo. UDiversidade e padrões de distribuição de mamíferos dos pampas do Uruguai e Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Ecologia de Ecossistemas Terrestres e Aquáticos) - Instituto de Biociências da USP, . Orientador: Mario de Vivo.

3.
Fernanda Scarano Camargo. Estudo das vocalizações de golfinhos-rotadores, Stenella longirostris (Cetacea, Delphinidae), no arquipélago de Fernando de Noronha. 2008. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mario de Vivo.

4.
Michel Miretski. Diversidade de mamíferos da Floresta Atlântica. 2006. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

5.
Ana Paula Carmignotto. Pequenos mamíferos terrestres do bioma Cerrado: padrões faunísticos locais e regionais. 2005. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

6.
Gilson Evaristo Iack Ximenes. Sistemática de Thrichomys (Rodentia, Echimyidae). 2005. Tese (Doutorado em `Doutoramento em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

7.
Rogério Vieira Rossi. Sistemática de Marmosa (Mammalia, Didelphimorphia). 2005. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

8.
Alexandre R. Percequillo. Sistemática de Oryzomys Baird 1858: Definição dos grupos de espécies e revisão taxonômica do grupo albigularis (Rodentia, Sigmodontinae). 2003. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

9.
Mario Manoel Rollo Junior. Distribuição espaço-temporal do boto Sotalia guianensis Van Bénéden 1864 (Cetacea, Delphinidae) na região de Cananéia, sul do estado de São Paulo. 2002. Tese (Doutorado em Zoologia) - Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

10.
Ana E. Jannini. Ecologia Populacional e Hábitos de Pacas (Agouti paca, Rodentia, Agoutidae) em Floresta Semi-Decídua.. 2000. Tese (Doutorado em Zoologia) - Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, . Orientador: Mario de Vivo.

11.
Renato Gregorin. Relações Filogenéticas dos Gêneros de Molossidae (Chiroptera, Mammalia).. 2000. Tese (Doutorado em Zoologia) - Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Regina Albernaz Machado Michelazzo. Levantamento da ornitofauna de Ribeirão Preto. 1998. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Reciclagem de Professores) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

2.
Cristina Marçal da Silva Braga. Levantamento da ornitofauna de Ribeirão Preto. 1998. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Reciclagem de Professores) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Keila MacFadden Juarez. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba. 1990. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

Iniciação científica
1.
Sandra Motikawa. Variação geográfica em Bradypus (Bradypodidae, Xenarthra). 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP. Orientador: Mario de Vivo.

2.
E. L. Sarti. Fauna de quirópteros da Estação Biológica de Boracéia, Salesópolis, SP. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

3.
Talitha Monfort Pires. Os marsupiais do Estado de São Paulo (Didelphimorphia): distribuição e morfologia. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

4.
M. P. A. Fracasso. Pequenos mamíferos da estação Biológica de Boracéia, Salesópolis, SP. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

5.
G. L. Teixeira. Utilização do Espaço por Antas (Tapirus terrestris, Perissodactyla, Tapiridae) e Correlação com Aspectos Bióticos e Abióticos do Ambiente.. 1999. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

6.
J. Lovo. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Estação Ecológica de Jataí, Luíz Antônio, São Paulo, Fase II.. 1998. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

7.
Patrícia A. Basile. Disponibilidade de Abrigos Diurnos e Riqueza em Espécies de Chiroptera na Estação Ecológica de Jataí, Luís Antônio, São Paulo.. 1998. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

8.
R. V. Rossi. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Estação Ecológica de Jataí, Luís Antônio, São Paulo. 1995. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Mario de Vivo.

9.
V. P. Verulli. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Estação Ecológica de Jataí, Luís Antônio, São Paulo.. 1995. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mario de Vivo.

10.
Luciana Gargaglione. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Estação Ecológica de Jataí, Luís Antônio, São Paulo. 1995. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

11.
Erica Paula Andriani. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba, São Paulo.. 1991. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

12.
Fernando César Trematore. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba. 1991. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

13.
Daniel de Granville Manço. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba. 1991. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

14.
Renato Gregorin. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba. 1991. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

15.
Erica Sampaio. Levantamento da Fauna de Mamíferos da Fazenda Intervales, Serra de Paranapiacaba. 1991. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

16.
Paulo Sérgio D'Andrea. Estudos Sobre a Ecologia Populacional de Pequenos Mamíferos em um Trato Florestal Isolado na Fazenda Santa Carlota, Cajurú, São Paulo. 1987. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

17.
Regiane Lagamba. Estudos Sobre a Ecologia Populacional de Pequenos Mamíferos em um Trato Florestal Isolado na Fazenda Santa Carlota, Cajurú, São Paulo. 1987. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

18.
C. S. Arruda. Estudos Preliminares Sobre a Anatomia Funcional da Dentição de Phyllostomidae (Mammalia, Chiroptera), com comentários sobre a Evolução dos Hábitos Alimentares na Família.. 1986. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

19.
Marisa dos Santos. Estudos Preliminares Sobre a Anatomia Funcional da Dentição de Phyllostomidae (Mammalia, Chiroptera), com comentários sobre a Evolução dos Hábitos Alimentares na Família. 1986. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

20.
Rosângela de Lima Francisco. Biologia Reprodutiva e Alimentar de Chiroptera da Fazenda Santa Carlota, Cajurú, São Paulo. 1985. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

21.
Carlos Camargo Alberts. Levantamento Preliminar da Fauna de Mamíferos da Fazenda Santa Carlota, Cajurú, São Paulo.. 1984. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.

22.
Ana Maria Fleury Curado. Levantamento preliminar da fauna de mamíferos da Fazenda Santa Carlota, Cajuru, São Paulo. 1984. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP. Orientador: Mario de Vivo.



Outras informações relevantes


PROJETOS RECENTES POR AGÊNCIAS NACIONAIS: 

Nome do Projeto: Sistemática, Evolução e Conservação de Mamíferos do Leste Brasileiro.
Coordenador: Mario de Vivo
Agência Financiadora: FAPESP
Tipo do projeto: Projeto Temático
Parte do Programa BIOTA-FAPESP
Montante: R$ 650.000,00
Início: 1999 Término: 2004



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 13:42:38