Paulo Roberto Peloso Augusto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3073211689267814
  • Última atualização do currículo em 08/11/2018


Nascido em 1961, natural da Cidade do Rio de Janeiro, tem dedicado continuamente seus esforços, estudos e atuação profissional à Música, à Arte e à História. Possui doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1996), sob a orientação do Prof. Dr. Arnaldo Daraya Contier, intensificando, assim, seu interesse crescente na interdisciplinaridade entre Música e História. Em decorrência, disputou e venceu o Prêmio ALV 97 (PR-2/UFRJ), fomento destinado pela Fundação José Bonifácio a Recém-Doutores, com a pesquisa "Pianistas e Pianeiros na belle époque carioca". Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Música. Concluiu Bacharelado (1984), Especialização (1986) e Mestrado (1987) em Música, na Área de Concentração: Instrumentos de Teclado/Piano pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob a orientação do Prof. Dr. Heitor Alimonda. Conquistou o Prêmio Medalha de Prata (UFRJ) referente ao ano da conclusão do Bacharelado. Realizou seu Estágio de Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2000) sob a supervisão do Prof. Dr. José Eduardo Martins. É Professor Titular, por Provas e Títulos, do Magistério Superior na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, lotado e em exercício no Departamento de Composição, ministrando, na Graduação, Harmonia Vocal e Instrumental I, II III e IV e Formas Musicais I, II, III e IV. Desde 2008, atua, simultaneamente, no Departamento de Musicologia e Educação Musical, ministrando História da Música I, II, III e IV, bem como História da Arte Integrada à Música. No momento, desenvolve cinco projetos de pesquisa sob temas palpitantes, em que sobressaem, como ponto de contato, a questão fundamental da, muitas vezes negligenciada, memória musical. Além destes, dois projetos de extensão lhe são caros: um, dirigido ao público de concertos, em geral leigos, em que são apresentadas, ao vivo, abordagens diversificadas, multifacetadas e informativas sobre aspectos essenciais das peças e seus compositores, do programa a ser executado. E o outro, visa ampliar o horizonte do estudante de música, frequentemente limitado a sua redoma musical, incentivando-o a partilhar e envolver-se na pluralidade das manifestações artísticas, enriquecedoras, em seu humanismo, da própria vivência musical. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Roberto Peloso Augusto
Nome em citações bibliográficas
AUGUSTO, P. R. P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Rua do Passeio 98 Escola de Música da UFRJ
Centro
20021290 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22221130


Formação acadêmica/titulação


1990 - 1996
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: OS TANGOS BRASILEIROS RIO DE JANEIRO: 1870/1920, Ano de obtenção: 1996.
Orientador: Arnaldo Daraya Contier.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1986 - 1987
Mestrado em Música.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A aplicabilidade da análise estético formal na interpretação musical,Ano de Obtenção: 1987.
Orientador: Heitor Alimonda.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Análise musical; Interpretação Musical; piano.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
1986 - 1986
Especialização em Música. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A importância da análise musical na interpretação.
Orientador: Heitor Alimonda.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1979 - 1985
Graduação em Música.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1976 - 1978
Curso técnico/profissionalizante.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1972 - 1975
Curso técnico/profissionalizante.
Escola de Música Villa Lobos, EMVL, Brasil.
1967 - 1971
Curso técnico/profissionalizante.
Escola de Música Sá Pereira, EMSP, Brasil.
1978 - 1980
Ensino Médio (2º grau).
Colégio São Bento, CSB, Brasil.
1971 - 1977
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio São Bento, CSB, Brasil.


Pós-doutorado


1998 - 2000
Pós-Doutorado.
Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, ECA/USP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes


Formação Complementar


2018 - 2018
CEPHAS/IHGB - Russos: Alemães do Volga, no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
CEPHAS/IHGB - Russos em Revista: A Revolução Russa nas revistas ilustradas. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
CADEIRA 41: Luzia-Homem de Domingos Olympio: a criação de um mito mulher. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO: Dicotomias no campo do Patrimônio Cultural. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
A arbitragem comercial internacional no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO: Políticas, atores, perspectivas. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Estradas Reais para o escoamento do ouro no Brasil nos séculos XVII e XVIII. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Araújo Porto-Alegre e a Música: Ideias e Projetos. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Nova Friburgo - 200 anos. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
CADEIRA 41- Antenor Nascentes, um tardio na cadeira 41; p/ Evanildo Bechara. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Hipólito da Costa, o jornalista que imaginou o Brasil, por Isabel Lustosa. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
BRASIL, brasis - O LIVRO: A aventura não terminou. Coord.: Cícero Sandroni. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Villa Aymoré: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
CINEMA E LITERATURA - Imagens e sons por escrito: a arte do roteiro. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Um clássico entre clássicos: Machado de Assis, por Marta de Senna. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
O Barão de Penedo: a atuação de no cenário internacional entre 1852-1889. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
A geração de 1790: a formação das elites governativas no final século XVIII. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Oliveira Lima, um Historiador das Américas - FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO. (Carga horária: 2h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
CADEIRA 41 - Drummond: Poesia e Aporia - por Antonio Carlos Secchin. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
C41 Cem anos de Urupês, de Monteiro Lobato: o primeiro best-seller nacional. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Os sonetos de Camões: modernidade e inovação. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Portugal segundo o Brasil - por Roberto Acízelo e José Luís Jobim. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Um capítulo de genealogia paraense. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
O iniciador da Historiografia Brasileira: Francisco Adolfo de Varnhagen. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
BRASIL, brasis - Uma certa ideia de brasil: entre o passado e o futuro. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO: A Constituição e o patrimônio cultural. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2018 - 2018
Antonio Vieira no sermão de Santo Antonio de 1642: 'Conservar o recuperado'. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2018 - 2018
Histórias das imagens em repatrimonialização de acervos. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Ao Encontro da Memória: Brasil e Portugal (terceiro ano). (Carga horária: 6h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2017 - 2017
Vencer Kronos: os documentos de Ephemera e sua relevância para a História d. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
D. Pedro I, Imperador do Brasil, e a experiência liberal portuguesa. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Alagoas 1817, o território das capitanias coloniais. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
A viagem do Imperador Pedro II ao Espírito Santo(Museu Imperial Petrópolis). (Carga horária: 2h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
O Templo da Humanidade da Igreja Positivista do Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
NOBLESSE D'ÉTAT: O habitus da diplomacia brasileira. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
De Martonne a Deleuze e Guattari ou História e Geografia retornam à Filosof. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Dona Januária de Bragança, a Princesa da Independência e o conde D'Áquila. (Carga horária: 2h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
O emprego do poder militar na paz e o pensamento militar de Rio Branco. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
O modernismo brasileiro através da lente futurista (José Miguel Wisnick). (Carga horária: 1h).
Patrocinado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa - CLEPUL, CLEPUL, Brasil.
2017 - 2017
O Brasil e as Américas nas páginas da Revista Americana. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
A Presença Negra em Alagoas. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
O valor da escrita em tempos de Luís de Camões. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Grafia & iconografia: Mosteiro de São Bento - Rio de Janeiro (1602-1802). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Diplomacia a serviço do Império: Duarte da Ponte Ribeiro. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
O Rio de Janeiro nas notícias da Gazeta de Lisboa: 1715-1750. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Do Império para República: a figura esquecida de Brasílio Machado 1849-1919. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Ordem Beneditina e garrote absolutista - O caso Brasileiro. (Carga horária: 2h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Estudos Comparados e Historiografia da imigração galega no Rio de Janeiro. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2017 - 2017
Relações Internacionais do Brasil: Antologia Comentada de artigos na RIHGB. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Ao Encontro da Memória: Brasil e Portugal (segundo ano). (Carga horária: 6h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Missão Artística Francesa: Significados. (Carga horária: 8h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Clovis Bevilaqua e a Justiça Internacional: O sim e o não a Rui Barbosa. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
A rede de sociabilidadedo BarãodoRioBranco ea defesa dasoberaniaterritorial. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Projetos em desenvolvimento no Arquivo Nacional. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Humberto de Campos: o escritor e o conselheiro - por Carlos Heitor Cony. (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
2016 - 2016
A política de estado sobre recursos do petróleo: o caso Venezuelano. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
O Supremo e a Crise Brasileira. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
A Academia Imperial das Belas Artes e o debate da Escola Realista no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
As linhas de pesquisa da Geografia Física do IBGE. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Vicente Salles e seu legado (1931-2013). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
A Rota Imperial da Estrada Real São Pedro de Alcântara. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Minerva Brasiliense - Periódico Literário no Rio de Janeiro (1843- 1845). (Carga horária: 2h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
A volta de Dom Clemente Silva Nigra à Bahia. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
História e Sociabilidade no Brasil: A Coleção de Cardápios no IHGB.. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
D. Isabel Maria de Bragança -regente de Portugal entre D. Pedro e D. Miguel. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
O Centro Histórico do Rio Colonial e Republicano. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Rodolpho Garcia (1873-1949): erudição e coautoria. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
O Padre Antônio Vieira e o conflito com os holandeses no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Liceu Literário Português: Ensino e Cultura (1868-2016). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
O Rio antes do Rio - A Cidade Tupinambá. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
A Catedral de Petrópolis: Santuário da Memória da Cidade Imperial. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
O Padre Antônio Vieira (1608-1697) e a luta contra a escravidão. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Varnhagen: pensamento histórico e a interpretação do Brasil. (Carga horária: 5h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Varnhagen: pensamento diplomático e ação político-administrativa. (Carga horária: 5h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Das Invasões Holandesas do Brasil de 1625-1630 à Paz de Haia de 1661. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Origem, evolução e decadência da pesca de lagostas no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Padre Antônio Vieira: A defesa dos Judeus e a Crítica ao mau Clero. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
Santa Teresa de Ávila no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2016 - 2016
Um Império chamado Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2016 - 2016
João Camillo de Oliveira Torres: O Homem Interino e a Monarquia (1915-1973). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Dom Pedro II em Portugal1871:Memória e História (Museu Imperial Petrópolis). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Brasilidade de exportação: a divulgação da Cultura Brasileira nos EUA 1940s. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Europa, Ocidente e Islã. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
A guerra literária nos Panfletos da Independência. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Dom Pedro II Imperador do Brasil-O Imperador visto pelo Barão do Rio Branco. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Azeredo Coutinho, o Bispo de Olinda. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Nos Salões da Viscondessa de Cavalcanti. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2015 - 2015
Profissão Docente no Brasil e em Portugal. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Ao Encontro da Memória: Brasil e Portugal (primeiro ano). (Carga horária: 10h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2014 - 2014
História do Rio de Janeiro: 450 anos. (Carga horária: 26h).
Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, IHGB, Brasil.
2014 - 2014
O Arco Metropolitano do Rio de Janeiro. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
A música em dois contos de Machado de Assis. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Por uma História Política: O Estado Novo no Brasil. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
A Imperial Irmandade de N.Sa. da Glória do Outeiro. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Rádio Mauá -o início da emissora dos trabalhadores. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Tobias Barreto: Um olhar europeu. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
As viagens de Marinetti ao Brasil em 1926 e 1936. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
De Toynbee a Jaguaribe em um mestre de todos nós. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Mestres de música no Imperial Collegio de Pedro II. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Os caminhos do sertão (Peabirus) e a geografia imaginária. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
História e Conhecimento suas conexões e perspectiv. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
O IHGB e a Formação do Cânone Literário do Império. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
Patrimônio Cultural Imaterial. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
O pensamento social de Evaristo de Moraes Filho. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
San Tiago Dantas: A Razão vencida (1911-1945). (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2014 - 2014
O Mosteiro de São Bento da Bahia. (Carga horária: 1h).
Instituto Histórico e Geográfico-Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas, IHGB - CEPHAS, Brasil.
2008 - 2008
Antônio Vieira no seu século e na história do futuro(S. Peloso:La Sapienza). (Carga horária: 2h).
Academia Brasileira de Letras, ABL, Brasil.
1987 - 1987
Extensão universitária em Improvisação ao Órgão. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1985 - 1985
Extensão universitária em Órgão, Alta Interpretação. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1985 - 1985
Extensão universitária em O Cravo Bem Temperado. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1985 - 1985
Extensão universitária em Noções sobre Órgão para Compositores. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1983 - 1983
Alta Interpretação ao Piano com Magda Tagliaferro. (Carga horária: 12h).
Ministério da Educação, MEC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Magistério Superior, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2008 - Atual
Ensino, Música, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Música I,II,III e IV - História da Arte Integrada à Música: Departamento de Musicologia e Educação Musical EM/UFRJ
03/2003 - Atual
Ensino, Música, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Harmonia Vocal e Instrumental I, II, III e IV - Formas Musicais I, II, III e IV : Departamento de Composição EM/UFRJ
11/1988 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Música/UFRJ, .

10/1996 - 06/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEPG-PR2, .

Cargo ou função
Integrante do Quadro de Consultores Ad hoc do Conselho de Ensino de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - CEPG (PR2) - designado para avaliar Projetos de Pesquisa da Área de Artes, Música e Ciências Humanas..
08/2013 - 11/2014
Ensino, Música, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Musicologia
03/1990 - 12/2010
Ensino, Música, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Musical
08/2004 - 08/2006
Direção e administração, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Composição.
04/2004 - 10/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Revalidação de Diplomas da EMUFRJ. 04/2004 a 10/2005..
04/2003 - 10/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
Representante da Escola de Música junto ao Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro - CONSUNI.
07/2003 - 12/2003
Direção e administração, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Vice-Diretor eleito da Escola de Música da UFRJ.
11/1988 - 12/2002
Ensino, Música, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Harmonia e Morfologia I, II, III, IV, V e VI : Departamento de Composição EM/UFRJ
11/1988 - 12/2002
Ensino, Música, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estética Musical I e II Departamento de Composição EM/UFRJ
12/1996 - 12/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Revalidação de Diplomas da EMUFRJ. 12/1996 a 12/1997..
03/1995 - 12/1997
Direção e administração, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Substituto do Diretor e Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação.
03/1995 - 12/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEPG-PR2, .

Cargo ou função
Representante da Escola de Música no Conselho de Ensino de Pós-Graduação CEPG-PR2/UFRJ.
08/1990 - 08/1994
Extensão universitária , Escola de Música/UFRJ, .

Atividade de extensão realizada
Assessor para Assuntos Externos (contatos acadêmicos) da Pós-Graduação, no período compreendido entre 08/1990 a 08/1994. Gestão da Professora Dra. Irany Leme..
04/1992 - 04/1994
Direção e administração, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Composição.
04/1992 - 04/1994
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Orientação Acadêmica (COA) da EMUFRJ, no período de 04/92 a 04/94..
11/1990 - 11/1992
Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Integrante da Comissão de Acumulação de Cargos da Escola de Música da UFRJ, por dois anos a partir de 09/11/1990..
04/1990 - 04/1992
Direção e administração, Escola de Música/UFRJ, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Composição.
09/1989 - 09/1991
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEPG-PR2, .

Cargo ou função
Representante da Escola de Música junto ao Conselho de Ensino de Pós-Graduação CEPG-PR2/UFRJ.
09/1989 - 09/1991
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Letras e Artes UFRJ, .

Cargo ou função
Representante da Escola de Música junto ao Conselho de Coordenação do Centro de Letras e Artes.


Linhas de pesquisa


1.
Musicologia
2.
História e documentação da música brasileira e ibero-americana
3.
As práticas interpretativas e seus processos reflexivos


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Música e memória em À la recherche du temps perdu de Proust: a sonata de Vinteuil
Descrição: Despontando como uma das principais obras da literatura do século XX, À la recherche du temps perdu (Em busca do tempo perdido) de Proust é mais do que uma monumental coleção de livros que traça um retrato complexo da sociedade francesa do princípio do século durante a belle époque. Proust, ele mesmo um grande admirador da música de sua época, concedeu a esta arte um espaço privilegiado na trama de sua obra literária, pois que cabe à música o poder essencial de ativar a memória com sua multifacetada teia de relações, à maneira de um leitmotiv. Para tal, criou um personagem-compositor chamado Vinteuil, cuja composição principal, uma sonata para violino e piano corresponde à própria essência ativadora das memórias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Leitmotiv, cromatismo harmônico e arte total na ópera wagneriana: um estudo histórico e analítico
Descrição: Estudo das técnicas de composição que levaram à concepção da chamada arte total na criação wagneriana. O leitmotiv, aqui analisado como ponto de partida para o arcabouço da forma cíclica e concepção da música programática, é indissociavelmente associado a uma técnica de harmonia cromática cujo ápice gera uma crise sem precedentes na música ocidental. Leitmotiv, cromatismo harmônico e arte total resumem-se de maneira explosiva no acorde de Tristão, que irá instigar de várias maneiras a criação musical subsequente. Uma questão que se faz sentir neste particular é justamente o tratamento dado por Wagner ao leitmotiv, tanto do ponto de vista da construção da composição, quanto da criação estética. Ou seja, uma dupla abordagem se impõe, que neste estudo não poderá ser dissociada, quer dizer, a análise simultânea das técnicas de forma cíclica verificadas como arcabouço para o desenvolvimento estrutural dos leitmotive, bem como seu impacto decisivo e intencional na maneira de ouvinte penetrar no drama, caracterizando a música programática. A discussão apaixonante própria do romantismo do século XIX, 'pode ou não a música representar algo extramusical?' (ZAMACOIS, 1983, p. 5) encontra lugar decisivo nesta abordagem, uma vez que a música é direcionada, propositalmente, com o objetivo de nos despertar emoções evocativas de situações, personagens, sentimentos, objetos e lugares. A simples aparição do leitmotiv provoca uma teia de associações que induz o ouvinte a participar do enredo ou programa de maneira quase imperceptível . No desenvolvimento deste projeto de pesquisa, esta trama motívica e o respectivo arcabouço composicional da forma cíclica deverá ser questionado, relativamente à construção da ideia dramática e sua carga de emoções despertada pela música programática, ouvindo-se inclusive a próprias ideias sobre este assunto do próprio compositor Richard Wagner em sua obra Beethoven, onde expõe com clareza e sem rodeios sua técnica e estética - a arte total - que acreditava ser a herdeira única de toda a tradição beethoveniana e, num sentido autoritário, a verdadeira e válida forma de expressão artística. Wagner deixa clara esta postura, quando afirma seguidamente que o mundo, em todos os segmentos do pensamento, quer seguir apenas modismos, enquanto ele quer introduzir uma arte que induz ao pensamento crítico. Aproveitando o ensejo das comemorações do bicentenário de nascimento de Richard Wagner, procuraremos desenvolver um estudo no âmbito da tetralogia - o Anel dos Nibelungos - com o objetivo principal de elencar os leitmotive, como os mesmos são apresentados no decorrer desta jornada, com suas principais transformações temáticas e estéticas. Como dito anteriormente este procedimento será simultâneo à identificação das técnicas de desenvolvimento composicionais no âmbito das formas cíclicas integradas à música programática. Uma ênfase especial será dirigida à harmonia presente nesta trama, antecessora do intenso cromatismo de Tristão e Isolda, cristalizado no célebre acorde do desejo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Estudo histórico e comparativo entre a composição operística francesa e a italiana durante o período barroco
Descrição: O ouvinte contemporâneo acostumado às atuais orquestras sinfônicas, herdeiras dos mestres da orquestração romântica, como o francês Hector Berlioz (1803-1869) e o russo Rimsky-Korsakov (1844-1908), além do impressionista ultracolorista Maurice Ravel (1875-1937), talvez se surpreenda com a gama diversa de instrumentos que dão vida ao barroco musical em especial a ópera. De fato, longe das grandes e potentes massas orquestrais presentes na arte total de Richard Wagner (1813-1883), descortina-se uma instrumentação constituída por violinos, violas, flautas transversas, flautas doces, oboés, fagotes, percussão, baixo contínuo (base harmônica indispensável na música barroca), teorbas, guitarras barrocas, violas da gamba e violone (ancestral do atual contrabaixo). A surpresa ficará por conta da sutileza da combinação dos naipes envolvidos, criando uma combinação timbrística única, com vários coloridos. A tradição romântica, desenvolvida ao longo do século XIX, fez com que os compositores trouxessem anotado em suas partituras tudo o que fosse referente à instrumentação e orquestração, harmonia, ritmo, dinâmica, agógica e, sobretudo, a concepção geral da composição. E, mais uma vez, veremos não ser essa a essência da música barroca, em especial na França do rei-sol. A improvisação, as técnicas de variação, o gosto pelas repetições com novas orquestrações e, sobretudo, a participação intensa e criativa do intérprete, de quem se esperava uma contribuição única, enriquecendo com isso a composição original, esta sim seria a essência. Assim, conjuntos atuais tais como La Grande Écurie et la Chambre du Roy, Les Arts Florissants, Les Musiciens du Louvre, La Chapelle Royale, La Petite Bande e Le Concert Spirituel trazem para uma mesma obra uma gama intensa de possibilidades interpretativas tão válidas e tão ao gosto do século XVII, quanto os compositores da época desejariam. Com efeito, paralelamente, acerca da instrumentação em Alceste de Lully, diz Jean-Claude Malgoire, à frente de La Grande Écurie et La Clambre du Roy: Escolhi uma instrumentação à francesa, para a qual os instrumentos do baixo estivessem privilegiados em relação aos agudos. Para Lully a música começa pelo baixo, o que é oposto aos nossos hábitos de escuta. Nada de contrabaixos nem de dobramentos de 16 pés como na música italiana, mas vários instrumentos graves, cinco fagotes e cinco violoni. Está fora de questão reconstituir a orquestra de Lully, já que a mesma era diferente a cada representação de uma mesma obra. O efetivo instrumental era adaptado a cada representação e podia variar de acordo com as condições acústicas. (...) Lully era hostil a apoiar o violino sob o queixo. O violino se tocava no ombro, o que inviabilizava as posições e sons agudos. Totalmente ao contrário de Vivaldi, em suma. (Malgoire, 1994:12). No universo do barroco musical na Itália Tornou-se usual os séculos XVII e XVIII, a prática da castração para fornecer os famosos sopranistas para os coros das igrejas e mesmo para os teatros. Este costume se estendeu a outros países, tendo obtido resistência na célebre rival da Itália, a França. Luís XIV tinha tanta aversão a esta prática, que ameaçava com a forca quem colocasse esta ideia em prática, o que não impediu, evidentemente, que castrati famosos fizessem sucesso na França. Além disso, tal ameaça não atingia o coro da capela real do rei-sol em Versailles, pois entre os seus integrantes contavam-se meninos castrati. Em especial, um tipo de voz que deixou de existir completamente e que na atualidade não teria mesmo condições para continuar a existir, em virtude da defesa dos direitos humanos, representou, na realidade, um momento brilhante da música nos séculos XVII e XVIII, em especial na Itália. O observador contemporâneo que lançar um olhar de estranheza, não poderá imaginar o que representou no passado a arte dos castrati..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2008
Considerações sobre o baixo contínuo e questões interpretativas da música barroca
Descrição: Relacionado às linhas de pesquisa : 1) A prática interpretativa e sua relação com a técnica vocal/instrumental e 2) A performance musical e sua relação com a técnica vocal/instrumental da Área de Concentração: Práticas Interpretativas.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1998 - Atual
Pianistas e pianeiros na belle époque carioca: 1870-1920
Descrição: Os símbolos da nova música popular que surgiu a partir da década de 1870 na cidade do Rio de Janeiro são inequívocos. O piano, representando status e poder para a classe dominante e emblema do próprio romantismo, foi incorporado paulatinamente aos salões das classes populares, onde ocupou aí um lugar privilegiado no grupo do choro, marco da música popular na belle époque. Ao mesmo tempo, o surgimento de novos gêneros musicais populares, entre eles o tango brasileiro, que dominaram neste momento a produção musical para piano, trouxeram como protagonistas os chamados pianeiros. A partir deste momento (1870), podemos observar, no âmbito da cidade do Rio de Janeiro, o surgimento de novos gêneros musicais populares, que representaram, desde então, a fala de uma nova classe que se afirmava e uma proposta artística original, assim observada tendo em vista a cristalização de uma nova estética musical urbana. O ambiente cultural deste momento e em especial na virada do século, ocupado em todos os setores pela classe dominante, não privilegiava ou sequer permitia as manifestações culturais populares, estas vistas então como sinal e expressão do atraso em que estava imerso o país. Esta hostilidade implicava a adesão a um modelo de desenvolvimento e progresso, representado pela cultura francesa e ao consumo, tanto de produtos e mercadorias, quanto de músicas da moda parisiense, assim como o gosto pelas demais manifestações artístico-culturais daquela metrópole. A elite burguesa brasileira transformou os salões familiares e os teatros em espaços de auto reconhecimento, tomando por paradigma sempre o código artístico-musical francês, através do qual se expressavam, negando a validade de um outro código, principalmente o que fosse advindo das camadas subalternas, que recordavam uma realidade a ser esquecida. Este preconceito, entretanto, não colidia com a afirmação do ideal de nação brasileira ou conceito de brasilidade, uma vez que, segundo a óptica da elite dominante, ao se promover o progresso e o desenvolvimento do Brasil de acordo com os cânones dominantes da metrópole francesa, o nação encontraria assim sua identidade mais genuína. Na realidade, este era um ideal da burguesia brasileira de participar da chamada sociedade civilizada.Neste momento, em que o músico popular é excluído do processo de construção da nação pela elite brasileira, a música popular urbana, que surge no Rio de Janeiro, apresenta uma nova propostaestética,caracterizada na seguinte fusão: de um lado o aproveitamento das formas musicais em voga na Europa, para a dança e o canto, como, por exemplo, a polca; por outro lado a introdução de novas expressões rítmico-melódicas e harmônicas, que viriam consolidar uma nova estética musical urbana, ou seja, um contraponto aos ideais estéticos europeizantes das elites. Como afirmamos, estes novos gêneros populares, como o tango, derivavam, na realidade, de composições de sucesso na Europa, especialmente em Paris. Observamos que o tango antes de ser acolhido pelas plateias cariocas, no início da década de 1870, já fazia enorme sucesso nos teatros parisienses, tendo, por isso mesmo, logo interessado a compositores brasileiros, como Henrique Alves de Mesquita, que logo o introduziram em suas operetas.Esta predileção nos revela, também, que as camadas subalternas, longe de rejeitarem por completo o código musical das elites e em especial seus gêneros musicais favoritos - como forma de resistência à dominação e discriminação - assimilaram no discurso musical popular elementos importantes das falas dominantes, como as próprias formas musicais, com todas as implicações tonais, rítmicas e culturais. Um outro elemento forte de assimilação das falas dominantes na música popular foi a incorporação do piano no conjunto instrumental do Choro. Este último possuiu, sem dúvida, a formação que melhor caracterizaria a música popular urbana..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - Atual
Um novo método de inclusão social através da arte integrada à música
Descrição: O tema deste projeto surgiu da observação, enquanto exercendo a docência da disciplina História da Arte Integrada à Música, que os alunos que frequentam a mesma não têm, em sua grande maioria, conhecimentos acerca das outras artes. Desconhecem o potencial vasto e precioso que as demais artes propõem enquanto estética, independentemente da periodização, desde as manifestações artísticas mais antigas até às contemporâneas. É de se notar, com destaque, que a cidade do Rio de Janeiro, outrora capital do Brasil, possui um patrimônio histórico de tal maneira relevante, que ignorar a existência do mesmo é, sem dúvida, empobrecer não sé a experiência cultural, como também a vivência humana. Pois é indiscutível que as variadas experiências artísticas promovem o ser humano na sua própria dignidade e mais ainda na compreensão e valorização das relações humanas e sociais pela promoção da diversidade cultural, repudiando o preconceito e a discriminação, que costumam acompanhar a ignorância e o enclausuramento nas próprias experiências pessoais. Certamente, um fator que muito contribui para esta visão estanque do universo das artes, entre as quais a música se insere perfeitamente, é a concepção que muitos buscam na Escola de Música, de orientarem exclusivamente seus cursos como especializações em instrumentos, por exemplo, desinteressando-se, inclusive, pelos demais instrumentos ou habilitações existentes no âmbito plural da Escola de Música. E não só, mas aparentemente o desinteresse se estende a tudo que porventura extrapole a esfera de sua especialização, como por exemplo a música antiga, contemporânea, a ópera, as pesquisas musicológicas e os diversos estilos e estéticas musicais, para citar as exclusões mais comuns. Isto tudo transposto e estendido ao universo das outras artes, encontra obviamente um entrave de interesses, que poderia se materializar na seguinte e frequente questão: 'mas para que serve isto?' Certamente esta visão equivocada precisa ser revista, para que tudo o que as outras artes têm a oferecer, se transformem para o músico, em especial o estudante, numa fonte inesgotável de experiências e de enriquecimento da vivência musical, uma vez que todas as artes se unem e promovem suas influências estéticas entre si. É sabido que muito do universo musical tem a influência direta da pintura, em especial pela relação entre cores e timbres musicais, por exemplo. Toda esta questão abordada perpassa a simples temática do isolamento e empobrecimento artístico a que o estudante de música se impõe culturalmente e se estende a um universo mais complexo que é o da Inclusão Social. Pois, sem dúvida nenhuma, conhecer, experimentar, apreciar e valorizar todas as artes, sejam oriundas do universo popular ou erudito, de qualquer época, é também respeitar o ser humano em sua diversidade e integridade cultural e promover um mundo melhor, ideal, em que a beleza, a admiração pela alteridade e a superação das divergências sejam o objetivo para a promoção humana, superação das diferenças e concretização da paz. Para se atingir estes objetivos, temos a nosso favor o fato de que a Cidade do Rio de Janeiro e muito especialmente o centro da cidade, onde se localiza a Escola de Música, é repleto de museus, centros culturais, teatros, igrejas históricas, jardins e urbanizações preservadas, bem como passeios importantes e entretenimentos culturais por muitos desconhecidos, como aqueles que a marinha oferece para que se possa visitar os monumentos históricos a que se chegam pelo mar. Assim, além de trabalhar em favor da conscientização, junto aos alunos, de que o aprofundamento em tudo que se refere às artes é um fator de enriquecimento musical, a busca da Inclusão Social será perseguida intensamente nas visitas a todo este patrimônio artístico e cultural que se localiza, em especial, no centro do Rio de Janeiro..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2013 - Atual
Análise musical para o público em concertos: integração entre teoria e prática interpretativa
Descrição: O tema deste projeto surgiu da observação quotidiana da realidade do público presente nos recitais que ocorrem frequentemente nos salões da Escola de Música. Este público numeroso e heterogêneo, que é composto, evidentemente, por alunos, professores e conhecedores de música, inclui em sua grande parte pessoas atraídas pelo desejo de apreciar os diversos tipos de música que a Escola oferece, sendo em essência apreciadores diletantes da arte musical, porém em sua grande maioria completamente leigos no que se refere aos processos de criação musical de caráter técnico. Muitas vezes são levantadas questões por estes frequentadores, que permanecem nestas ocasiões sem resposta, acerca de quem terão sido os compositores das obras que são executadas naquele momento, o que caracterizam estas composições, quais as dificuldades técnicas que se apresentam, o que representam os títulos de algumas destas peças: sonatas, prelúdios, fugas, suítes, baladas, poemas sinfônicos entre outros tantos e variados. Técnicas como contraponto, polifonia, imitações, variações, séries, melodia acompanhada e ainda movimentos como impressionismo, expressionismo, nacionalismo, por exemplo, deixam uma indagação no ar. O que são música barroca, concreta, neoclássica, eletroacústica e quais suas propostas estéticas, ficam sem resposta na maioria das vezes. A complexidade da linguagem musical, de caráter não conceituado, amplia estas questões, pois a ausência de textos explicativos pode gerar para o público leigo muitas vezes um descontentamento em relação ao que estão ouvindo. Além disso, existe uma curiosidade muito grande acerca dos mitos que envolvem os compositores e os intérpretes, que exercem um fascínio intenso sobre o público de concerto e muitas vezes estas informações são transmitidas distorcidamente, o que não contribui para a justa homenagem a estes músicos admirados. Vários intérpretes têm contribuído para aumentar o nível de informações durante estes eventos. A proposta atual é somar mais um esforço neste sentido. Ou seja, trazer os conhecimentos acadêmicos, discutidos em salas de aulas, pode ser bastante proveitoso se realizado da maneira apropriada que a situação exige. Está claro que para o público leigo, a apresentação do conhecimento analítico com viés histórico e estético deve ser na medida em que não ultrapasse uma introdução de dimensão moderada e se pretensão de se transformar numa aula e sim num caráter informativo essencial, que venha possivelmente, aumentar a apreciação das obras executadas. A análise musical é o veículo proposto para tal empreendimento, despojada das complexidades técnicas que lhe são peculiares e familiares aos estudiosos em nível acadêmico, mas resumindo-se aos aspectos de fácil comunicabilidade e interesse que são acessíveis e pertinentes num recital. É importante salientar que a análise de que se trata aqui envolve aspectos multifacetados, como informações sobre a linguagem harmônica, princípios formais, características estéticas e contextualização histórica das obras e dos compositores. Questões importantes envolvendo os instrumentos e os executantes, bem como análises interpretativas, como por exemplo as que envolvem a música historicamente orientada, constituem alguns dos aspectos que integram as abordagens das análises dirigidas ao público, que são preliminarmente apresentados a este tipo de procedimento ao vivo, com o título de Comentários Estéticos. Os objetivos são contribuir junto ao público leigo que frequenta recitais na Escola de Música da UFRJ, com informações diretamente relacionadas às músicas executadas, bem como compositores e intérpretes.Tornar mais conhecidos aspectos importantes da música brasileira ou estrangeira de modo a colocar em relevo o trabalho competente e dedicado de compositores, professores, alunos e convidados..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2004 - 2004
Os estilos nacionais da música de cravo
Descrição: Um dos aspectos mais importantes para a compreensão da música barroca é a noção de que não se trata de uma manifestação artística homogênea. Ao contrário, considera-se atualmente não ser possível falar de um único estilo barroco, uma vez que este não existe. Reconhece-se, portanto, dois grandes estilos predominantes e antagônicos no período barroco - Francês e o Italiano. Há ainda um terceiro estilo, o Alemão, que vem a ser uma mistura dos anteriores. Nos séculos XVII e XVIII - época que ainda não dispunha de meios de comunicação dos dias atuais - a música não era uma arte internacional e as fronteiras eram muito mais delimitadas culturalmente que hoje. Ainda que houvesse os viajantes, os virtuosos itinerantes, as nações foram desenvolvendo seus estilos, muitas vezes rivais, certamente calcados no temperamento e mentalidade de cada povo. Assim, surgem em duas importantes nações, onde existia maior rivalidade geográfica, espiritual, política e cultural, dois estilos antagônicos: na Itália e na França. Considerando-se que as raízes da música barroca encontram-se na Itália, a música francesa desta época surge praticamente como uma reação contrária à arte italiana..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música/Especialidade: Instrumentação Musical.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música/Especialidade: Composição Musical.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Ópera.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: musicologia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2014
Associado da Fédération Internationale des Associations d'Études Classiques, FIEC - Bordeaux/France.
2013
Sócio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, SBPC.
2012
Professor Homenageado pelos formandos/graduados dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Música da Escola de Música da UFRJ. Data da solenidade da formatura: 08 de dezembro de 2012., Corpo Discente da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
2011
Professor Homenageado pelos formandos/graduados dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Música da Escola de Música da UFRJ. Data da solenidade da formatura: 16 de abril de 2011., Corpo Discente da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
2010
Professor Homenageado pelos formandos/graduados dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Música da Escola de Música da UFRJ. Data da solenidade da formatura: 19 de junho de 2010., Corpo Discente da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
1997
Prêmio de Pesquisa Obtido no Concurso de Recém Doutor ALV/97 promovido pela Fundação José Bonifácio e pela SR2/UFRJ, com o Projeto de Pesquisa: Pianistas e Pianeiros na Belle Époque Carioca: 1870-1920, Sub-Reitoria de Pós-Graduação SR2 Universidade Federal do Rio de Janeiro.
1991
Medalha de Prata em Música de Câmara, Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
1985
Dignidade Acadêmica no Grau Magna Cum Laude concedida pelo Magnífico Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro pelo aproveitamento do Curso de Graduação em Música, Universidade Federal do Rio de Janeiro.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
AUGUSTO, P. R. P.2016 AUGUSTO, P. R. P.. Elgar: o enigma das variações. PER MUSI (ONLINE), p. 147-178, 2016.

2.
AUGUSTO, P. R. P.2015AUGUSTO, P. R. P.. IL CIMENTO DELL'ARMONIA E DELL'INVENTIONE: AS QUATRO ESTAÇÕES DE ANTONIO VIVALDI. Revista Interfaces (UFRJ), v. 22, p. 33-44, 2015.

3.
AUGUSTO, P. R. P.2014 AUGUSTO, P. R. P.. RELAÇÕES ENTRE MÚSICA POPULAR E PODER NA BELLE ÉPOQUE CARIOCA. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 463, p. 109-140, 2014.

4.
AUGUSTO, P. R. P.2014AUGUSTO, P. R. P.. PIANISTAS, PIANEIROS E O TANGO BRASILEIRO NA BELLE ÉPOQUE CARIOCA:1870-1920. Revista Interfaces (UFRJ), v. 21, p. 46-61, 2014.

5.
AUGUSTO, P. R. P.2013 AUGUSTO, P. R. P.. CORPOS MASCULINOS COM VOZES FEMININAS: A PRESENÇA DOS CASTRATI NA ÓPERA BARROCA ITALIANA. Revista Interfaces (UFRJ), v. 1, p. 124-132, 2013.

6.
AUGUSTO, P. R. P.2013 AUGUSTO, P. R. P.. O SURGIMENTO DE GÊNEROS MUSICAIS POPULARES NA BELLE ÉPOQUE CARIOCA. European Review of Artistic Studies, v. 4, p. 1-18, 2013.

7.
AUGUSTO, P. R. P.2011 AUGUSTO, P. R. P.. LULLY E A ÓPERA FRANCESA NO SÉCULO XVII: REFLEXÕES, CONTEXTUALIZAÇÕES E REPERCUSSÕES. Revista Interfaces (UFRJ), v. 2, p. 32-45, 2011.

8.
AUGUSTO, P. R. P.1997AUGUSTO, P. R. P.. OS TANGOS URBANOS NO RIO DE JANEIRO: 1870-1920 UMA ANÁLISE HISTÓRICA E MUSICAL. Revista Musica, v. 8, p. 105-128, 1997.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AUGUSTO, P. R. P.. ARTE E CULTURA DURANTE A BELLE ÉPOQUE CARIOCA: IDEOLOGIA E REPERCUSSÕES. In: V SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UFRJ 'Periódicos Musicais: História, Crítica e Políticas Editoriais', 2014, Rio de Janeiro. ANAIS DO V SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UFRJ. Rio de Janeiro: UFRJ, 2014.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. ÉTICA E PARECER: QUEM AVALIA O AVALIADOR?. In: IV FORUM NACIONAL DE EDITORES DE PERIÓDICOS DE MÚSICA, 2014, Rio de Janeiro. ANAIS DO IV FORUM NACIONAL DE EDITORES DE PERIÓDICOS DE MÚSICA. Rio de Janeiro: UFRJ, 2014.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. LEITMOTIV, CROMATISMO HARMÔNICO E ARTE TOTAL NA ÓPERA WAGNERIANA: UM ESTUDO HISTÓRICO E ANALÍTICO. In: 12º COLÓQUIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA DA UFRJ, 2013, Rio de Janeiro. ANAIS DO 12º COLÓQUIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA DA UFRJ, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
AUGUSTO, P. R. P.. MÚSICA E MEMÓRIA EM À LA RECHERCHE DU TEMPS PERDUE DE PROUST: A SONATA DE VINTEUIL. In: 13º COLÓQUIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA DA UFRJ, 2014, Rio de Janeiro. ANAIS DO 13º COLÓQUIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA DA UFRJ, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo à Música Russa, versando sobre comentários estéticos, abordando obras para piano de Scriabin, Rachmaninoff e Prokofieff. . Salão Leopoldo Miguez, no dia 26 de junho. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Edward Grieg (120 anos de morte) e Johannes Brahms (110 anos de morte), versando sobre comentários estéticos, abordando obras destes destacados compositores. Evento promovido pela Associação dos Ex-Professores da Escola de Música da UFRJ (AExPEM). Salão da Congregação, no dia 23 de novembro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo Homenagem a Franz Liszt (130 anos de morte), versando sobre comentários estéticos abordando obras deste destacado compositor. Salão da Congregação, no dia 31 de maio. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Robert Schumann (160 anos de morte), versando sobre comentários estéticos abordando obras deste destacado compositor. Salão da Congregação, no dia 28 de junho. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de três Palestras, na XIII Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'La Treizième Ordre - Les follies françaises ou les Dominos - de François Couperin'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 03 de outubro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de três Palestras, na XIII Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'A técnica da Variação em Jean Philippe Rameau e o virtuosismo nas sonatas para cravo de Domenico Scarlatti '. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 04 de outubro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Terceira de uma série de três Palestras, na XIII Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'A influência de Haydn na consolidação da Forma Sonata para teclado, nos meios camerísticos e sinfônicos'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 05 de outubro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo à Música Brasileira, dedicado aos vencedores premiados do Concurso Nacional de Piano e Canto de Câmera , versando sobre comentários estéticos abordando a valorização do incentivo aos jovens recitalistas e a importância dos Concursos a Prêmio como estímulo decisivo as suas carreiras musicais. Salão da Congregação, no dia 07 de outubro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra sobre o pintor Antônio Parreiras, analisando esteticamente - in loco - os quatro painéis monumentais realizados por este artsta em 1922, localizados no Foyer do Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ. Em solidariedade ao evento organizado pelos alunos desta instituição - Ocupa UFRJ - contra o aviltamento do ensino público agravado pelos cortes previstos na PEC55. 05 de dezembro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de duas Palestras, na XII Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Compositores portugueses e franceses para cravo'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 05 de outubro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de duas Palestras, na XII Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Compositores italianos e alemães para cravo'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 07 de outubro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de duas Palestras, no evento 'Pianolatria Carioca' promovido pelo Projeto Piano...Ad Libitum,coordenado pela Profa. Nadge Breide, em homenagem aos 450 anos da Cidade do Rio de Janeiro (UFRJ Carioca). Salão Leopoldo Miguez, no dia 20 de maio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de duas Palestras, no evento 'Pianolatria Carioca' promovido pelo Projeto Piano...Ad Libitum,coordenado pela Profa. Nadge Breide, em homenagem aos 450 anos da Cidade do Rio de Janeiro (UFRJ Carioca). Salão Leopoldo Miguez, no dia 27 de maio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Alberto Nepomuceno (150 anos de nascimento) e Guerra Peixe (100 anos de nascimento), versando sobre comentários estéticos abordando as obras destes destacados compositores. Salão da Congregação, no dia 06 de maio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no IV Festival de Música Antiga, promovido pela Escola de Música da UFRJ, versando sobre ?Estilo e performance em árias e óperas barrocas?. Salão da Congregação, no dia 15 de maio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Gabriel Fauré (90 anos de morte) e Darius Milhaud (40 anos de morte), versando sobre comentários estéticos abordando as obras destes destacados compositores. Salão da Congregação, no dia 27 de maio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Arte e cultura durante a belle époque carioca: ideologia e repercussões' no V Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ. 15 de agosto. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Ética e parecer: Quem avalia o avaliador?' no IV Fórum Nacional de Editores de Periódicos de Música. 11 de agosto. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de três Palestras, na XI Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'A inserção dos gêneros formais: prelúdio, toccata, suíte, sonata e variações na composição para cravo '. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 13 de outubro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Terceira de uma série de três Palestras, na XI Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'A técnica do contraponto na obra para teclado de Bach'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 15 de outubro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo à Música Brasileira, versando sobre comentários estéticos abordando as obras dos compositores Villa-Lobos, Guerra Peixe, Vieira Brandão e Marlos Nobre. Salão da Congregação, no dia 04 de novembro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Música e memória em À la recherche du temps perdu de Proust: A sonata de Vinteuil' apresentada no 13º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música. 13 de dezembro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de três Palestras, na XI Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Aspectos estéticos da história da música para cravo: música pura e música descritiva'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 14 de outubro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de três Palestras, na X Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Doze compositores barrocos'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 28 de outubro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de três Palestras, na X Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Formas e gêneros musicais barrocos para cravo'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 29 de outubro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Terceira de uma série de três Palestras, na X Semana do Cravo promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - sobre 'Música historicamente orientada e os Tratados e Métodos de Teclado'. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 30 de outubro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Brahms (180 anos de nascimento) e Rachmaninoff (70 anos de morte), versando sobre comentários estéticos abordando as obras destes destacados compositores. Salão Leopoldo Miguez, no dia 03 de dezembro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Leitmotiv, cromatismo harmônico e arte total na ópera wagneriana: um estudo histórico e analítico' apresentada no 12º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música. 20 de setembro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Liszt, em comemoração aos 200 anos de nascimento, versando sobre comentários estéticos abordando as obras deste destacado compositor. Salão da Congregação, no dia 31 de maio. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Conferência intitulada Liszt e a música programática, evento promovido pela Fondation Liszt de Paris e realizado no dia 26 de outubro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Chopin, em comemoração aos 200 anos de nascimento, versando sobre comentários estéticos abordando as obras deste destacado compositor. Salão Dourado do FCC, no dia 19 de abril. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Villa-Lobos, em comemoração aos 50 anos de falecimento, versando sobre comentários estéticos abordando as obras deste destacado compositor brasileiro. Salão Dourado do FCC, no dia 27 de abril. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Haydn, em comemoração aos 200 anos de falecimento, versando sobre comentários estéticos abordando as obras deste destacado compositor. Salão Dourado do FCC, no dia 04 de maio. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Segunda de uma série de três Palestras, na III Semana do Piano, promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - homenageando Villa-Lobos, em comemoração aos 50 anos de falecimento. As 3 Conferências versaram sobre comentários estéticos abordando as obras para piano deste destacado compositor brasileiro. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 17 de novembro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Primeira de uma série de três Palestras, na III Semana do Piano, promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - homenageando Villa-Lobos, em comemoração aos 50 anos de falecimento. As 3 Conferências versaram sobre comentários estéticos abordando as obras para piano deste destacado compositor brasileiro. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 16 de novembro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Terceira de uma série de três Palestras, na III Semana do Piano, promovida pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Música da UFRJ - homenageando Villa-Lobos, em comemoração aos 50 anos de falecimento. As 3 Conferências versaram sobre comentários estéticos abordando as obras para piano deste destacado compositor brasileiro. Salão da Congregação EMUFRJ, no dia 19 de novembro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo a Franz Liszt, versando sobre comentários estéticos abordando as obras deste destacado compositor. Salão Dourado do FCC, no dia 20 de outubro. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Pianistas e piareiros na belle époque carioca: estágio atuall' apresentada no 8º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música. 15 de dezembro. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra, no evento Tributo à Música Brasileira, versando sobre comentários estéticos abordando as obras dos compositores Osvaldo Lacerda, José Siqueira, Camargo Guarnieri, Lorenzo Fernândez, Villa-Lobos e Francisco Mignone. Salão Dourado do FCC, no dia 26 de novembro. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'Pianistas e pianeiros na belle époque carioca: estágio atual' apresentada no 7º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música. 07 de setembro. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

41.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra na abertura do evento promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música Mestrado e coordenado pela Profa. Dra. Nadge Breide, intitulado Semana do Piano 2006 e realizado no Salão da Congregação da EMUFRJ, dedicado às Sonatas de Mozart para Piano Solo, desenvolvendo no dia 28 de novembro uma Apreciação Estilística das referidas sonatas através da ótica da análise e estética musicais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra no encerramento do Tópico Especial em Pesquisa, ministrado pelo Prof. Dr. Marcelo Verzoni em 2006/1 e promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música Mestrado - desenvolvendo no dia 12 de julho, no Salão da Congregação da EMUFRJ, uma Apreciação Estilística das Sonatas de Mozart para Piano através da ótica da análise e estética musicais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
AUGUSTO, P. R. P.. Comunicação intitulada 'A belle époque carioca: um momento de confluências artísticas' apresentada no 6º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música. 14 de dezembro. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

44.
AUGUSTO, P. R. P.. Palestra intitulada O barroco e a ópera francesa: uma análise histórica e musical, em 21/10/97, a convite do Seminário Permanente de Estudos Franceses e Francófonos, do Departamento de Letras Neolatinas da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da XV Semana do Cravo, realizada de 29 a 31 de outubro de 2018 na Escola de Música da UFRJ.. 2018.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Membro integrante da comissão dos professores atuantes no Curso de Licenciatura da EMUFRJ, que prestaram assessoria à Comissão Especial constituída pelo MEC para avaliar o Curso de Licenciatura da EMUFRJ. 2017.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da XIV Semana do Cravo, realizada de 06 a 08 de novembro de 2017 na Escola de Música da UFRJ.. 2017.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Membro integrante da comissão dos professores do Departamento de Composição da EMUFRJ, que prestaram assessoria à Comissão Especial constituída pelo MEC para avaliar o Curso de Composição da EMUFRJ. 2016.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da XIII Semana do Cravo, realizada de 03 a 05 de outubro de 2016 na Escola de Música da UFRJ.. 2016.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da XII Semana do Cravo, realizada de 05 a 07 de outubro de 2015 na Escola de Música da UFRJ.. 2015.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Parecer científico para o volume I de 2015 da Revista Interfaces (ISSN 1516-0033, publicação do Centro de Letras e Artes da UFRJ.. 2014.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da XI Semana do Cravo, realizada de 13 a 15 de outubro de 2014 na Escola de Música da UFRJ.. 2014.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão Científica da X Semana do Cravo, realizada de 28 a 30 de outubro de 2013 na Escola de Música da UFRJ.. 2013.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Parecer científico para o volume I de 2014 da Revista Interfaces (ISSN 1516-0033, publicação do Centro de Letras e Artes da UFRJ.. 2013.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Parecer científico para os Anais do 12o Colóquio de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ.. 2013.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante de Comissão Especial de Revalidação de Diploma de Mestrado, junto ao Programa de Pós-Graduação em História CCS/IFCH da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). 2012.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão de Seleção de Candidatura PDEE/CAPES no Centro de Letras e Artes Da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNI-RIO). 2010.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Assessor Colaborador do Conselho de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo, para avaliar o pedido da Escola de Comunicações e Artes da USP, referente à solicitação para implantação do Doutorado na Área de Musicologia do Programa de Artes. (Parecer de Avaliação enviado em 2004, com a subsequente apreciação e implantação do referido Doutorado). 2004.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Perito Judicial nomeado pelo MM. Dr. Juiz da 15º Vara Cível do Estado do Rio de janeiro Comarca da Capital para avaliar possíveis alterações nas obras Manual de Harmonia e Manual de Contraponto da autoria de José Paulo da Silva. Processo nº2527, Ação Ordinária. Autor: José Paulo da Silva Filho, Réu: Coomusa Cooperativa Mixta dos Músicos Profissionais do Rio de Janeiro. 1985.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Harmonia Vocal e Instrumental: desenvolvimento de técnicas nos diferentes meios para permitir ao aluno o domínio dos procedimentos de harmonização em função de linguagens e texturas diversas. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Identificação das características estruturais da Forma Sonata: Do século XVIII aos nossos dias. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Percepção e análise das estruturas musicais do século XX: desenvolvimento de técnicas para compreensão dos códigos sonoros. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Realização de cantos Dados, Baixos dados e Cantos e Baixos Alternados para uso nas disciplinas de Harmonia em forma de coletânea em dificuldades progressivas. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Identificação das características estruturais das Formas Cíclicas: Do século XIX aos nossos dias?.. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Resumo de técnicas de análise musical com objetivo didático para a graduação, abrangendo diversas formas e períodos. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Produção didático-pedagógica).

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante da Comissão designada para atuar no Processo de Negociação junto à Petrobrás as condições de implementação do Projeto de Restauração do Prédio Principal da Escola de Música, do Salão Leopoldo Miguez e da construção de um Anexo. Projeto patrocinado de Petrobrás através da Lei de Incentivo à Cultura e intermediado pela Fundação José Bonifácio FUJB. 2003. (Integrante de Comissão Universitária).

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Comissão de Sindicância Portaria 954 de 22 de março de 1995 Sub-Reitoria de Pessoal SR-4. 1995. (Integrante de Comissão de Sindicância).

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Comissão de Inquérito Portaria 441 de 07 de fevereiro de 1992 Sub-Reitoria de Pessoal SR-4. 1992. (Integrante de Comissão de Inquérito).

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Comissão de Inquérito Portaria 641 de 25 de março de 1991 Sub-Reitoria de Pessoal SR-4. 1991. (Integrante de Comissão de Inquérito).

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Comissão de Sindicância Portaria 3701 de 16 de dezembro de 1991 Sub-Reitoria de Pessoal SR-4. 1991. (Integrante de Comissão de Sindicância).


Produção artística/cultural
Música
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo Música Russa. Salão Leopoldo Miguez, no dia 26 de junho. 2018. Outra.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento promovido pela Associação dos Ex-Professores da Escola de Música da UFRJ (AExPEM), Tributo a Edward Grieg (120 anos de morte) e Johannes Brahms (110 anos de morte). Salão da Congregação, no dia 23 de novembro. 2017. Outra.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Robert Schumann. Salão da Congregação, no dia 28 de junho. 2016. Outra.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo Homenagem a Franz Liszt. Salão da Congregação, no dia 31 de maio. 2016. Outra.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XIII Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2016. Outra.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XIII Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2016. Outra.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XIII Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2016. Outra.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XII Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2015. Outra.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XII Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2015. Outra.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Alberto Nepomuceno e Guerra Peixe. Salão da Congregação, no dia 06 de maio. 2014. Outra.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Gabriel Fauré e Darius Milhaud. Salão da Congregação, no dia 27 de maio. 2014. Outra.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XI Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 13 de outubro. 2014. Outra.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XI Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 14 de outubro. 2014. Outra.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento XI Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 15 de outubro. 2014. Outra.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo à Música Brasileira. Salão da Congregação, no dia 04 de novembro. 2014. Outra.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Brahms e Rachmaninoff. Salão Leopoldo Miguez, no dia 03 de dezembro. 2013. Outra.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento X Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 28 de outubro. 2013. Outra.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento X Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 29 de outubro. 2013. Outra.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento X Semana do Cravo. Salão da Congregação, no dia 30 de outubro. 2013. Outra.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Liszt. Salão da Congregação, no dia 31 de maio. 2011. Outra.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Chopin. Salão Dourado do FCC, no dia 19 de abril. 2010. Outra.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Haydn. Salão Dourado do FCC, no dia 04 de maio. 2009. Outra.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Villa-Lobos. Salão Dourado do FCC, no dia 27 de abril. 2009. Outra.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento III Semana do Piano. Salão da Congregação, no dia 16 de novembro. 2009. Outra.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento III Semana do Piano. Salão da Congregação, no dia 17 de novembro. 2009. Outra.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento III Semana do Piano. Salão da Congregação, no dia 19 de novembro. 2009. Outra.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo a Franz Liszt,. Salão Dourado do FCC, no dia 20 de outubro. 2008. Outra.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Tributo à Música Brasileira. Salão Dourado do FCC, no dia 26 de novembro. 2007. Outra.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação no evento Semana do Piano. Salão da Congregação, no dia 28 de novembro. 2006. Outra.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Produção do CD intitulado Carlos Gomes: Cortina Lírica, realizado com o Prêmio de Pesquisa Obtido no Concurso de Recém Doutor ALV/97, promovido pela Fundação José Bonifácio e a UFRJ-SR/2. 1998. Registro Fonográfico.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Piano no Salão da Congregação. 1986. Interpretação.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Assistente de direção musical e pianista no espetáculo teatral Sonho de uma noite de verão (de William Shakespeare adaptado por Lenita Ploncynski e dirigida por Moacyr Góes): De março a setembro de 1985 no Teatro Glauce Rocha. 1985. Interpretação.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Assistente de direção musical e pianista no espetáculo teatral Olho de Gato (adaptação livre de Cora Ronai, dirigido por Moacyr Góes, inspirado no filme tcheco Um dia, um gato). De outubro a dezembro de 1985 no Teatro Cacilda Becker. 1985. Interpretação.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Duo de Piano e Violino. 1985. Interpretação.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Concurso Nacional de Piano Francisco Mignone. Rio de janeiro. 1984. Interpretação.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Piano no Salão Henrique Oswald. 1984. Interpretação.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Piano no Salão da Congregação. 1984. Interpretação.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. II Concurso Sul América de Música. Rio de Janeiro. 1983. Interpretação.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Piano no Salão Henrique Oswald. 1983. Interpretação.

40.
AUGUSTO, P. R. P.. ABRARTE 1º Concurso Estadual de Piano. Petrópolis. 1976. Interpretação.

Outras produções artísticas/culturais
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Pesquisa e produção de programa de rádio para a Escola de Música da UFRJ na Rádio Roquette Pinto, no Ciclo Bach, em comemoração aos 260 anos de morte do gênio barroco Johann Sebastian Bach (1685-1750). 13 de setembro de 2010, com reapresentações posteriores. 2010 (Programa Radiofônico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ricardo Bessa Magalhães França. Os solos para Violone em Sinfonias de Haydn e a prática da PHI - Performance Historicamente Informada - por Contrabaixistas. (Suplente). 2016. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcelo Ferreira Portela Nunes. Karl Richter e os Ciclos Bach do Rio de Janeiro. (Suplente). 2016. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Antonio Guimarães Neto. O Boisinho de Chumbo e o Lobosinho de Vidro de Heitor Villa-Lobos: Uma análise do uso da metáfora como elemento de construção da Interpretação Musical. (Suplente). 2016. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Raisa Richter. A transcrição operística para piano solo: um estudo dos gestos musicais nas transcrições de Alfredo Bevilacqua. 2014. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Sulamita de Oliveira Lage. "Das rodas de jongo às salas de concerto: um estudo dos padrões rítmicos do jongo na 3a Suíte Brasileira de Lorenzo Fernandez". 2014. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Aluísio Barreto da Silva. Villa-Lobos e as Bachianas, estética e política num compositor em transformação. 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Guilherme Barroso. A Missa Brevis da Missa Pastoril de Noite de Natal de José Maurício Nunes Garcia segundo critérios interpretativos históricos: Uma análise fonográfica. 2012. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Antonello Lavigne de Almeida. L'Armonico Pratico Al Cimbalo de Francesco Gasparini e métodos posteriores sobre o baixo contínuo: uma análise comparativa. 2012. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Priscila Lopes Bomfim Muniz.. Leitura à primeira vista ao piano: aplicação de estratégias básicas de aprendizagem. 2012. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Fabrício Schlee Eyler. Nicanor Teixeira, Stile Brisé e Campanellas. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Adler dos Santos Tatagiba. O acervo de José Carlos Ligiero. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de André Távora Kacowicz. O pianista co-repetidor e a arte do acompanhamento: seu significado e importância no cenário musical atual. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Lívia Cristina Dias da Silva. A relação entre a música e o texto na obra para canto e piano de José Vieira Brandão. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Daniele Espíndola Oliveira. Suíte Litúrgica Negra de Brasílio Itiberê II: um estudo interpretativo. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Robério Molinari. Sobre tempo e ritmo na Dança da Bachianas Brasileiras nº 4 de Heitor Villa Lobos: uma interpretação. 2011. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marianna de Lima Ferreira Pinto. O caráter vocal nas últimas sonatas para piano de Beethoven. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de André Rosalem Signorelli. Da importância da imaginação musical na prática pianística. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de :Edílson Leal da Cunha Filho.. A linguagem harmônica e a expressão mística de Alexander Scriabin nas Mazurcas opus 40. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gustavo Medina Gomes Burlamaqui. Manuel de Falla e a obra ?Noches en los jardines de España: um olhar através do universo cultural espanhol. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcelo Rauta de Souza. Reminiscências do Choros nº 10 de Heitor Villa-Lobos na Sinfonietta nº 4 de Marcelo Rauta: um estudo comparativo. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcelo Henrique Andrade Coutinho.. O ciclo Ofélia no contexto da obra vocal de câmara de Henrique Oswald. 2009. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Antônio Pedro de Almeida Santos.. Bel canto no Brasil Colonial: José Maurício Nunes Garcia e Marcos Portugal. 2009. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Paulo Roberto dos Passos. O uso da técnica expandida em um repertório brasileiro para clarinete. 2009. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Letícia dos Santos Lima. Presença do elemento vocal operístico nas sonatas para piano de Mozart. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Julio César Vieira Merlino. Cifragem alfanumérica: uma revisão conceitual. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcio Luiz de Carvalho. Música no teatro: uma reflexão sobre sentido. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Clara Fernandes Albuquerque. Formação do cravista no Brasil: um estudo sobre história, técnicas e habilidades. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Cláudio Frydman. Música em revista: Rio de Janeiro, 1900-1920. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ana Paula Caldeira Alencar de Sousa e Carvalho. Proposta de repertório para o primeiro ano de piano. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Roberta de Lemos Miranda Jordão. Um estudo comparativo entre as concepções de técnica pianística de Chopin e Liszt e aquelas dos professores e pianistas da Cidade do Rio de Janeiro. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Willa Soanne Martins.. Prosódia nas canções de Guerra Peixe. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Leonardo Rocha Hammoud.. Aspectos impressionistas do quarteto de cordas nº3 de Heitor Villa-Lobos. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ana Cecília Prista Tavares Ladeira. Os prelúdios non mesurés para cravo no século XVII Ênfase no prelúdio tripartite em ré menor de Louis Couperin. 2006. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Patrícia Francis Abdalla. O nacionalismo em Villa-Lobos sob um olhar do Guia Prático. 2005. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Heron Alvim Moreira. Um panorama da obra pianística do Padre José Penalva com ênfase na interpretação da Sonata nº 1. 2004. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Elizabeth Lucas Teixeira Pinto. As histórias cantadas de Braguinha e o imaginário infantil. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências da Arte) - Universidade Federal Fluminense.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Grace Costa da Silva de Castro. "Três cantigas brasileiras: uma interseção entre música e literatura através de uma perspectiva fenomenológica". 2004. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ilene Marinho Riitano. O dedilhado como subsídio à realização da fraseologia mozartiana. 2002. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Regina Maria Meirelles Santos. Samba: comunicação, cultura e identidade nacional. 2002. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

40.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Glauco Moreira Carneiro.. Tropicalismo: cultura de massa na década que nunca acabou. 2000. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

41.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Cecília Pessini Elias. A Presença do Pensamento Poético-Religioso Na Obra de Liszt. 1997. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

42.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Bailinda Alice Heckert. Francisco Correa de Arauxo - Execução de Tientos. 1997. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

43.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Giovanni Figueiredo Padula. Nacionalismo e Modernismo na Música brasileira: Estudos Para Uma Abordagem Em Crítica Musical. 1997. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

44.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Joaquim Inácio de Nonno. Nacionalismo, Enculturação e Estética : Uma Leitura dos Ciclos Drummondiana e Sumidouro de César Guerra-Peixe. 1997. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

45.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Benedito José Rosa Pereira. Charles-Marie Widor - Sixième Symphonie Pour Orgue Opus 42 N° 2 Pesquisa Tímbrica e Virtuosística - Sua Realização No Órgão Eclético. 1996. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

46.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Alexandre Jaques Eisenberg. O Processo de Variar À Luz de Um Estudo de Caso. 1996. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

47.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Patrícia Bretas de Oliveira da Rosa. Max Reger - Variationen und Fuge Über Ein Thema Von Johann Sebastian Bach Fur Klavier Opus 81 - Ensaio Interpretativo. 1996. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Jorge Kundert Ranevsky. Projeções da cultura italiana nas notações musicais. 2017. Tese (Doutorado em Letras Neolatinas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Tamara Ujakova Corrêa Schubert. Duas Toccatas Nordestinas de Júlio Braga: uma proposta de condução sonora. 2017. Tese (Doutorado em Música) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Myrian Ribeiro Aubin. "A música erudita na conformação de espaços na cidade: Belo Horizonte de 1925 a 1950". 2015. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Claudio Frydman. "Mobilidade de temperamento em flautas de sistema simples a partir da Biblioteca da Imperatriz Leopoldina. 2014. Tese (Doutorado em Música) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Alexandre Raicevich de Medeiros. Uma memória ímpar: a trajetória de Arthur Napoleão na sociabilidade de dois continentes (1843-1925). 2013. Tese (Doutorado em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Joaquim Inácio de Nonno. De Petrópolis a Pasárgada: o cancioneiro de Guerra-Peixe: contextualização, processo criativo e análise. 2012. Tese (Doutorado em Música) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de José Luís Prudente de Aquino. Furio Franceschini e o órgão: relação constante preferencialmente voltada à música sacra. 2001. Tese (Doutorado em Música) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Alexandre Raicevich de Medeiros. Programa de Pós-Graduação em História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Centro de Ciências Sociais Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ. 30 de agosto. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Raisa Richter. Área de Concentração: Práticas Interpretativas - Piano. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Sulamita de Oliveira Lage. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Natália Iza Teles Terra. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 16 de dezembro. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Aluísio Barreto da Silva. Programa de Pós-Graduação em História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). 15 de agosto. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Henrique de Souza Santos.. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 03 de julho. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Priscila Lopes Bomfim Muniz. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 22 de setembro. 2011 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Guilherme dos Santos Barroso. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 06 de julho. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Lívia Cristina Dias da Silva. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Canto. Escola de Música da UFRJ. 15 de abril. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Robério Molinari Neves. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 21 de março. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Antonello Lavigne de Almeida. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 25 de agosto. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Tatiana Dumas Macedo. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 21 de dezembro. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Adler Tatagiba dos Santos. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 20 de setembro. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Claudia Márcia Feitosa dos Santos Souza. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 30 de agosto. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marianna de Lima Ferreira Pinto. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 30 de agosto. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Daniele Espíndola Lopes de Souza. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 12 de agosto. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Luiz Henrique da Costa Matta. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 24 de junho. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Edílson Leal da Cunha. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 14 de junho. 2010.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Helder Trefzger Cândido. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Regência. Escola de Música da UFRJ. 28 de maio. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gustavo Medina Burlamaqui. Área de Concentração: Práticas Interpretativas ? Piano. Escola de Música da UFRJ. 15 de dezembro. 2009 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Danielly de Souza Silva. Área de Concentração: Regência. Escola de Música da UFRJ. 03 de dezembro. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcelo Henrique Andrade Coutinho. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 24 de agosto. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcelo Rauta de Souza. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 05 de novembro. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Paulo Roberto dos Passos. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 12 de dezembro. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Antonio Pedro de Almeida. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 12 de dezembro. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Silas Barbosa de Oliveira. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Aline Rodrigues dos Santos. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 05 de dezembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Márcio Luiz de Carvalho. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 29 de novembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Júlio César Vieira Merlino. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 29 de novembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Cláudio Frydman. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 11 de setembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Letícia dos Santos Lima. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 26 de dezembro. 2007. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ana Paula Caldeira Alencar de Sousa e Carvalho. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 15 de dezembro. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Roberta de Lemos Miranda Jordão. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. 26 de setembro. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Myrian Ribeiro Aubin. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 14 de setembro. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Leonardo Rocha Hammoud. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 13 de março. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gesiane Leone Castro. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 31 de maio. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Darwin Alexandre Ronconi da Rocha. Área de Concentração: Musicologia. Escola de Música da UFRJ. 16 de dezembro. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Elizabeth Lucas Teixeira Pinto. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Arte do Instituto de Arte e Comunicação Social. Universidade Federal Fluminense (UFF). 30 de março. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Arte) - Universidade Federal Fluminense.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Heron Alvim Moreira. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 18 de dezembro. 2003. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Sergio di Sabbato. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 08 de junho. 2002 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

40.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ilene Marinho Riitano. Área de Concentração: Práticas Interpretativas Piano. Escola de Música da UFRJ. 28 de junho. 2001. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

41.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Carlos Alberto Marques Soares. Área de Concentração: Instrumentos de Sopro Saxofone. Escola de Música da UFRJ. 15 de janeiro. 2001. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

42.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Cristina do Nascimento. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. Novembro. 1996. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

43.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Lélia Brazil Protásio Dias de Oliveira. Área de Concentração: Instrumentos de Sopro Flauta. Escola de Música da UFRJ. 20 de junho. 1996 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

44.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Elaine Thomazi Freitas. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 18 de abril. 1996. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

45.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Otacílio Ferreira Lima Filho. Área de Concentração: Instrumentos de Sopro Fagote. Escola de Música da UFRJ. 02 de dezembro. 1994. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

46.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Bertolossi Biato. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 21 de dezembro. 1992. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

47.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Luiz Eduardo de Castro D. da Silva. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 21 de dezembro. 1992. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

48.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Fernando Caiuby Ariani Filho. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 09 de junho. 1992. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

49.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eugênio Carlos de Lima Gall. Área de Concentração: Instrumento de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 17 de fevereiro. 1992. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

50.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Roberto Pinto Victorio. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 09 de agosto. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

51.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Edson Sekeff Zampronha. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 09 de agosto. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

52.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Sônia Katz. Área de Concentração: Instrumento de Arco Violino. Escola de Música da UFRJ. 12 de dezembro. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

53.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Jesus Fábregas Haro. Área de Concentração: Instrumento de Cordas Dedilhadas Violão. Escola de Música da UFRJ. 05 de dezembro. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

54.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Nicolas de Souza Barros. Área de Concentração: Instrumento de Cordas Dedilhadas Violão. Escola de Música da UFRJ. 05 de dezembro. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

55.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de João Guilherme Ripper Vianna. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. Escola de Música da UFRJ. 23 de novembro. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

56.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Maria Alice Cardoso de Mendonça. Área de Concentração: Instrumento de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 14 de novembro. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

57.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marco Aurélio Lischt. Área de Concentração: Instrumento de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 22 de agosto. 1990. Exame de qualificação (Mestrando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Átila de Paula Fonseca.Recital de Formatura Cravo, realizado em 12 de julho. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música - Cravo) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Júlia Fernandes Guimarães.Recital de Formatura Piano, realizado em 17 de janeiro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Alexandre Neves.Recital de Formatura Órgão, realizado em 05 de dezembro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Antônio Guimarães Neto.Recital de Formatura Piano, realizado em 19 de julho. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Pablo Ferreira.Recital de Formatura Piano, realizado em 19 de julho. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Érico Tourinho.Recital de Formatura Piano, realizado em 28 de janeiro. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ana Paula Reinoso.Recital de Formatura Piano, realizado em 14 de dezembro. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Fernando Sathler Breder.Recital de Formatura Regência Coral, realizado em 07 de dezembro. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Laís Frey.Recital de Formatura Piano realizado em 14 de julho. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marco Antônio Jaguaribe.Recital de Formatura Piano realizado em 19 de dezembro. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Guilherme Tomaselli.Recital de Formatura Piano realizado em 27 de maio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Edmere Salles.Recital de Formatura Percussão realizado em 04 de maio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Rafael Quaresma Caldas.Recital de Formatura Regência Coral realizado em 08 de dezembro. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Felipe Habib.Recital de Formatura Canto realizado em 29 de junho. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Raoni Hübner.Recital de Formatura Canto realizado em 07 de maio. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Ricardo José Severino.Recital de Formatura Trombone realizado em 19 de dezembro, às 11:00h.. 2009 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Luiz Carlos Vaz.Recital de Formatura Trombone realizado em 19 de dezembro, às 10:00h. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Douglas Milano Nunes.Recital de Formatura Trombone realizado em 19 de dezembro, às 09:00h. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Rafael Severiano.Recital de Formatura Trombone realizado em 18 de dezembro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Eduardo Antonello Lavigne de Almeida.Recital de Formatura Cravo realizado em 02 de outubro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gian Matheus Ponte.Recital de Formatura Piano realizado em 07 de julho. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marcos Martins Ribeiro.Recital de Formatura Trombone realizado em 08 de dezembro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Dhiego Lima.Recital de Formatura Violino realizado em 12 de dezembro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gustavo Campos Guerreiro.Recital de Formatura (TCC) Composição realizado em 05 de dezembro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Frederico Omar Ribeiro da Rosa.Recital de Formatura (TCC) Composição realizado em 05 de dezembro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Antônio Henrique Souza dos Santos.Recital de Formatura Órgão realizado em 01 de dezembro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Diego Forte.Recital de Formatura Piano realizado em 11 de julho. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Luísa de Castro Alves.Luísa de Castro Alves Recital de Formatura Piano realizado em 04 de julho. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Alexandre Pena Furtado.Recital de Formatura Flauta realizado em 15 de dezembro. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gil Borges.Recital de Formatura Piano realizado em 07 de dezembro. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Mônica Acatauassú Bittencourt.Recital de Formatura Canto realizado em 19 de outubro. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Fábio José Fernandes.Recital de Formatura Composição (Trabalho de Conclusão de Curso) realizado em 21 de agosto. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de João Guimarães Rival.Recital de Formatura Bacharelado em Música: Cravo. Escola de Música da UFRJ. 16 de julho. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Yáscara Luciana Tonin.Recital de Formatura Composição (Trabalho de Conclusão de Curso) realizado em 21 de agosto. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gisele Sant Ana Batista.Recital de Formatura Bacharelado em Música: Órgão. Escola de Música da UFRJ. 15 de dezembro. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Marianna de Lima Ferreira Pinto.Recital de Formatura - Bacharelado em Música: Piano. Escola de Música da UFRJ. 12 de dezembro. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Gustavo Medina Burlamaqui.Recital de Formatura - Bacharelado em Música: Piano. Escola de Música da UFRJ. 08 de dezembro. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Fabrício Schlee Eyler.Recital de Formatura - Bacharelado em Música: Violão. Escola de Música da UFRJ. 11 de novembro. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Participação em banca de Adler dos Santos Tatagiba.Recital de Formatura - Bacharelado em Música: Violão. Escola de Música da UFRJ. 05 de dezembro. 2005 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção para Prof. Titular do Professor Carlos Alberto Figueiredo Pinto (Suplente) em 31 de julho. 2017. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção para Prof. Titular da Professora Lúcia Barrenechea (Suplente) em 03 de novembro. 2016. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção para Prof. Titular da Professora Ingrid Barankoski (Suplente) em 19 de dezembro. 2016. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção para Prof. Titular do Professor José Nunes Fernandes (Suplente) em 02 de julho. 2015. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Concurso público
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Adjunto do Setor de Canto do Departamento Vocal da EMUFRJ (Suplente). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente do Setor de Bandolim (recém implantado na universidade no Brasil) do Departamento de Arco e Cordas Dedilhadas da EMUFRJ. Candidato aprovado: Paulo Sá.. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente do Setor de Harmonia e Análise Musical do Departamento de Composição da EMUFRJ. Candidato aprovado: Carlos Almada. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Análise Musical do Departamento de Composição e Regência do Instituto Villa-Lobos da Uni-Rio. Candidato aprovado: Paulo Dantas. 2009. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente do Setor de Harmonia e Análise Musical do Departamento de Composição da EMUFRJ. Candidato aprovado: Geraldo Magela. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Adjunto do Setor de Harmonia e Análise Musical do Departamento de Composição da EMUFRJ. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Harmonia e Análise da EMUFRJ. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Percussão da EMUFRJ - 2ª vaga.. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Percussão da EMUFRJ - 1ª vaga.. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Percepção Musical do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Candidata aprovada: Adriana Lopes da Cunha Moreira. 2004. Universidade de São Paulo.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Canto Coral do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Candidato aprovado: Marco Antonio da Silva Ramos. 2003. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Harmonia Morfologia e Estética Musical da EMUFRJ. 2002. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Composição da EMUFRJ. Candidato aprovado: Marcos Vinício Nogueira.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Canto Coral da EMUFRJ. Candidato aprovado: Sérgio Pires.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Percepção Musical (2ª vaga) da EMUFRJ. Candidata aprovada: Inês Rufino Martins.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Violão da EMUFRJ. Candidato aprovado: Bartholomeu Wiese.. 1997.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Percepção Musical (1ª vaga) da EMUFRJ. Candidata aprovada: Sheila Zagury.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Auxiliar de Contraponto da EMUFRJ. Candidato aprovado: Eduardo Bertolossi Biato.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Canto Coral da EMUFRJ. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Seleção de Professor Substituto de Piano da EMUFRJ. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Assistente de Violino da EMUFRJ. Candidata aprovada: Nicole Lerch.. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Professor Auxiliar de Saxofone da EMUFRJ. Candidato aprovado: José Arthur Rua.. 1994. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Avaliação de cursos
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Leandro Taveira Soares em16 de maio. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção, com defesa de Memorial, à Classe de Adjunto da Professora Tamara Ujakova Correa Schubert em 08 de junho. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla (Adjunto 1 para Adjunto 4) da Professora Tamara Ujakova Correa Schubert em 08 de junho. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional da Professora Maria Beatriz Licursi Conceição em 05 de julho. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor José Alberto Salgado em 01 de agosto. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção, com defesa de Memorial, à Classe de Adjunto do Professor Leandro Taveira Soares em 15 de dezembro. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Leandro Taveira Soares em 11 de maio. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Cristiano Siqueira Alves em 11 de maio. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor José batista Júnior em 11 de maio. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor José Batista Júnior, em 11 de maio. (Departamento de Sopros). 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla do Professor Pauxy Gentil-Nunes (Suplente) em 04 de novembro. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção à Classe de Associado do Professor Liduíno Pitombeira (Suplente) em 04 de novembro. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Promoção à Classe de Associado do Professor Aloysio Fagerlande em 08 de dezembro. 2016. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Marcelo Fagerlande (Suplente) em 24 de novembro. 2016.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Aloysio Moraes Rego Fagerlande em 11 de março. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Pedro Sá em 24 de abril. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Carlos Almada em 10 de abril. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Geraldo Magela em 10 de abril. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional da Professora Midori Maeshiro em 01 de junho. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Giulio Draghi em 04 de agosto. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão da Professora Ana Paula da Matta Machado Avvad em 14 de outubro. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor João Vicente Vidal em 14 de outubro. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional do Professor Luiz Henrique Senise em 27 de novembro. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Geraldo Magela, em 10 de julho. (Departamento de Composição). 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Julio Cesar Vieira Merlino, em 03 de fevereiro. (Departamento de Sopros). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Julio Cesar Vieira Merlino em 03 de fevereiro. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Ricardo Johny Tuttman em 24 de fevereiro. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor André Heller-Lopes em 24 de fevereiro. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Alexandre Schubert, em 25 de abril. (Departamento de Composição). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Alexandre Schubert em 25 de abril. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Yahn Wagner em 16 de maio. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Yahn Wagner, em 16 de maio. (Departamento de Composição). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Patrícia Michelini Aguilar, em 01 de julho. (Departamento de Sopros). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Patrícia Michelini Aguilar em 01 de julho. 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Albert Savino Khattar, em 25 de setembro. (Departamento de Sopros). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Philip Michael Doyle, em 25 de setembro. (Departamento de Sopros). 2014. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Midori Maeshiro, em 06 de agosto. (Departamento de Instrumentos de teclado e Percussão). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Gabriela Queiroz, em 03 de maio. (Departamento de Arcos e Cordas Dedilhadas). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Daniel Guedes, em 03 de maio. (Departamento de Arcos e Cordas Dedilhadas). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

40.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Maria Beatriz Licursi, em 04 de junho. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

41.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Midori Maeshiro, em 06 de maio. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

42.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Celso Garcia de Araújo Ramalho, em 01 de março. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

43.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Ana Paula da Matta Machado Avvad em 16 de setembro. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

44.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Marcelo Jardim em 16 de setembro. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

45.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor João Vicente Vidal em 16 de setembro. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

46.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Ana Paula da Matta Machado Avvad, em 16 de setembro. (Departamento de Música de Conjunto). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

47.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Marcelo jardim, em 16 de setembro. (Departamento de Música de Conjunto). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

48.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Stella Junia Guimarães em 28 de novembro. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

49.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Luiz Henrique Senise em 28 de novembro. 2013.

50.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Stella Junia Guimarães, em 28 de novembro. (Departamento de Instrumentos de teclado e Percussão). 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

51.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor André Heller-Lopes em 16 de dezembro. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

52.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Pedro Sá, em 27 de setembro. (Departamento de Instrumentos de teclado e Percussão). 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

53.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Pedro Bittencourt, em 21 de agosto. (Departamento de Sopros). 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

54.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Márcia Taborda, em 18 de abril. (Departamento de Arcos e Cordas Dedilhadas). 2012.

55.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório do Professor Humberto Amorim, em 18 de abril. (Departamento de Arcos e Cordas Dedilhadas). 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

56.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Pedro Sá em 27 de setembro. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

57.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Pedro Bittencourt em 21 de agosto. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

58.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Márcia Taborda em 18 de abril. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

59.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Humberto Amorim em 18 de abril. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

60.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Nadge Breide em 02 de dezembro. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

61.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Luiz Henrique Senise em 22 de novembro. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

62.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Vertical com defesa de memorial da Professora Maria Beatriz Licursi Conceição em 23 de maio. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

63.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Aloysio Fagerlande em 09 de setembro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

64.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Cristiano Alves em 09 de setembro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

65.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Giulio Draghi em 13 de maio. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

66.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Vertical com defesa de memorial do Professor Luiz Henrique Senise em 22 de junho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

67.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Roberto Macedo Ribeiro em 08 de junho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

68.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Marcos Vinício Nogueira em 08 de junho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

69.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal do Professor Marcelo Moraes Rego Fagerlande em 08 de junho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

70.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Dalmário Oliveira em 20 de abril. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

71.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal da Professora Nicole Frances Lerch em 03 de dezembro. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

72.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Alysio de Mattos em 03 de dezembro. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

73.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal da Professora Judith Imbassahy de Mello em 17 de novembro. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

74.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Bartholomeu Wiese Filho em 26 de agosto. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

75.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Marcelo Moraes Rego Fagerlande em 19 de junho. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

76.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Múltipla Horizontal do Professor Leonardo Fuks em 27 de maio. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

77.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Valéria Matos em 25 de setembro de 2007. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

78.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Valéria Matos, em 24 de abril. (Departamento de Música de Conjunto). 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

79.
AUGUSTO, P. R. P.. Estágio Probatório da Professora Veruschka Mainhard, em 11 de abril (Departamento de Canto). 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

80.
AUGUSTO, P. R. P.. Progressão Funcional Horizontal da Professora Miriam Grosman em 30 de dezembro. 2005. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Outras participações
1.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Luciana Gimenes Fantini. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 27 de maio. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Eduardo Antonello Lavigne de Almeida. Área de Concentração: Cravo. Escola de Música da UFRJ. 23 de agosto. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: André Távora Kacowicz. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 28 de julho. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: André Távora Kacowicz. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 30 de junho. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Carlo Vinícius Rosa Arruda. Área de Concentração: Cravo. Escola de Música da UFRJ. 20 de maio. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Marianna de Lima Ferreira Pinto. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 13 de dezembro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: André Rosalem Signorelli. Área de Concentração Piano: Escola de Música da UFRJ. 01 de dezembro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: André Rosalem Signorelli. Área de Concentração Piano: Escola de Música da UFRJ. 16 de novembro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Luiz Henrique da Costa Matta. Área de Concentração Piano: Escola de Música da UFRJ. 30 de agosto. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

10.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Tatiana Dumas Macedo. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 05 de julho. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Daniele Espíndola Lopes de Souza. Área de Concentração: Piano. Escola de Música da UFRJ. 11 de abril. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Marcelo Rauta de Souza. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 14 de janeiro. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

13.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Thiago de Oliveira Sias. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Gustavo Medina Burlamaqui. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 15 de dezembro. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

15.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Claudia Feitosa. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 20 de julho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Marianna de Lima Ferreira Pinto. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 20 de julho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

17.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Helder Trefzger. Área de Concentração: Regência. Escola de Música da UFRJ. 07 de junho. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

18.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Letícia dos Santos Lima. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 18 de julho. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

19.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Silas Barbosa de Oliveira. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 02 de junho. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Roberto Goliewski. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 24 de junho. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

21.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Márcio Luiz de Carvalho. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 24 de junho. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

22.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Danielly de Souza Lima. Área de Concentração: Regência. Escola de Música da UFRJ. 28 de maio. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

23.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Júlio César Vieira Merlino. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

24.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Jane Rodrigues. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 31 de agosto. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

25.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Roberta Lemos Miranda Jordão. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 17 de agosto. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

26.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Willa Soanne Martins. Área de Concentração: Canto. Escola de Música da UFRJ. 14 de junho. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: João Augusto Ó de Almeida. Área de Concentração: Canto. Escola de Música da UFRJ. 24 de abril. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

28.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Letícia dos Santos Lima. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 11 de março. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Myrian Ribeiro Aubin. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 18 de abril. 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

30.
AUGUSTO, P. R. P.. JIAC - XXVIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

31.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Cristiana Ribeiro Aubin. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 13 de dezembro. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

32.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: João Augusto Lima Ó de Almeida. Área de Concentração: Canto. Escola de Música da UFRJ. 14 de novembro. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

33.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado -Intérprete: Myrian Ribeiro Aubin. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 12 de maio. 2006. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

34.
AUGUSTO, P. R. P.. JIAC - XXVI Jornada de Iniciação Científica e XVI Jornada de Iniciação Artística e Cultural. 2004. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

35.
AUGUSTO, P. R. P.. JIAC - XXV Jornada de Iniciação Científica e XV Jornada de Iniciação Artística e Cultural. 2003. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

36.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Ilene Marinho Riitano. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 15 de outubro. 2002. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

37.
AUGUSTO, P. R. P.. JIAC - XXII Jornada de Iniciação Científica e XII Jornada de Iniciação Artística e Cultural. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

38.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Sergio di Sabbato. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 19 de dezembro. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

39.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado -Intérprete: Ricardo Johny Tuttman. Área de Concentração: Canto. Escola de Música da UFRJ. 19 de novembro. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

40.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Roberto Macedo Ribeiro. Área de Concentração: Composição. Escola de Música da UFRJ. 22 de agosto. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

41.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Domitila Ballesteros. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 27 de junho. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

42.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Savio Rossi Santoro. Área de Concentração: Instrumentos de Arco Viola. Escola de Música da UFRJ. 13 de abril. 1997. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

43.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Fabio Adour. Área de Concentração: Instrumentos de Cordas Dedilhadas Violão. Escola de Música da UFRJ. 04 de dezembro. 1996. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

44.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: André Carrara. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 08 de julho. 1996. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

45.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérpretes: Flávio Barbeitas e Carlos Pereira. Área de Concentração: Instrumentos de Cordas Dedilhadas Violão. Escola de Música da UFRJ. 16 de novembro. 1995. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

46.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Maluh Guarino de Felice. Área de Concentração: Instrumentos de Arco Violino. Escola de Música da UFRJ. 02 de maio. 1995. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

47.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante de Banca para avaliação de Músicos Militares nas Comissões de Exames de Suficiência Artístico-Musical, que avaliaram os 1º, 2º e 3º Sargentos PM Músicos, em abril de 1995, para prenchimento de requisito à promoção.. 1995.

48.
AUGUSTO, P. R. P.. Integrante de Banca para avaliação de Músicos Militares nas Comissões de Exames de Suficiência Artístico-Musical, que avaliaram os 1º, 2º e 3º Sargentos PM Músicos, em setembro de 1994, para prenchimento de requisito à promoção.. 1994.

49.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Marco Aurélio Lischt. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 17 de dezembro. 1992. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

50.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Sônia Katz. Área de Concentração: Instrumentos de Arco Violino. Escola de Música da UFRJ. 12 de dezembro. 1990. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

51.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Viviane Mellinger. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Piano. Escola de Música da UFRJ. 23 de outubro. 1990. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

52.
AUGUSTO, P. R. P.. Recital de Mestrado - Intérprete: Marco Aurélio Lischt. Área de Concentração: Instrumentos de Teclado Órgão. Escola de Música da UFRJ. 22 de agosto. 1990. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciclo de Conferências CADEIRA 41; promovido pela Academia Brasileira de Letras, realizado de 02 a 30 de agosto, no Teatro R. Magalhães Jr.. 2018. (Outra).

2.
Ciclo de Conferências CINEMA E LITERATURA; promovido pela Academia Brasileira de Letras, realizado em setembro, no Teatro R. Magalhães Jr.. 2018. (Outra).

3.
Ciclo de Conferências O BARROQUISMO BRASILEIRO; promovido pela Academia Brasileira de Letras, realizado em novembro, no Teatro R. Magalhães Jr.. 2018. (Outra).

4.
Ciclo de Conferências PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO: abordagens desafios, políticas; promovido pela Academia Brasileira de Letras, realizado de 04 a 10 de outubro, no Teatro R. Magalhães Jr.. 2018. (Outra).

5.
Seminário Águas e Patrimônio Cultural, promovido pelo INEPAC e pelo IHGB no Ano do Patrimônio das Águas, realizado no Salão Nobre do IHGB, em 13 de agosto. 2018. (Seminário).

6.
Seminário BRASIL, brasis; promovido pela Academia Brasileira de Letras, realizado no Teatro R. Magalhães Jr.. 2018. (Seminário).

7.
Sessão Magna Comemorativa do 180º Aniversário de Fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2018. (Outra).

8.
XV Semana do Cravo.Mediador, presidindo os trabalhos, durante Mesa-redonda de Abertura da XV Semana do Cravo, cuja temática versou sobre os Quinze anos da Semana do Cravo. 2018. (Encontro).

9.
8ª Sessão Itinerante da Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas (CEPHAS) do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) no Museu Imperial de Petrópolis. 2017. (Encontro).

10.
Centenário do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca CEFET. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2017. (Outra).

11.
Congresso Internacional Luso-Brasileiro - 100 Futurismo: A vez das Vanguardas. Realização: Academia Brasileira de Letras; Fundação Casa de Rui Barbosa e Instituto de Letras da UFF. 2017. (Congresso).

12.
Programa Memória do Mundo da UNESCO - MoW Brasil. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2017. (Oficina).

13.
Pró-Matre: Cem anos de História. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2017. (Outra).

14.
Revolução Pernambucana de 1817 - Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2017. (Seminário).

15.
Semana Nacional de Arquivos: O Arquivo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - Evento promovido pelo Arquivo Nacional e pela Fundação Casa de Rui Barbosa. 2017. (Outra).

16.
Sessão Magna Comemorativa do 179º Aniversário de Fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2017. (Outra).

17.
XIV Semana do Cravo.Mediador, presidindo os trabalhos, durante Mesa-redonda de Abertura da XIV Semana do Cravo, cuja temática versou sobre TRANSCRIÇÕES. 2017. (Encontro).

18.
Homenagem ao Centenário do Sócio (IHGB) José Veríssimo (1857-1916). Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2016. (Outra).

19.
Para nascer, pouca terra, para morrer, toda a terra: A alma brasileira do do Padre Antônio Vieira: Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2016. (Seminário).

20.
Seminário Belém 400 anos, realizado de 05 a 06 de julho de 2016, no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2016. (Seminário).

21.
Seminário Comemorativo do Centenário da Aviação Naval Brasileira, realizado pelo IHGB e pela Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha. 2016. (Seminário).

22.
Seminário Varnhagen 200 anos, realizado de 25 a 26 de outubro de 2016, no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2016. (Seminário).

23.
Sessão Comemorativa dos 150 anos de Euclides da Cunha. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2016. (Outra).

24.
Sessão Conjunta em homenagem ao Sócio Marcos Almir Madeira (1916-2003). Academia Brasileira de Arte - Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - PEN Clube Brasil, ABA - IHGB - PEN, Brasil.. 2016. (Outra).

25.
Sessão Magna Comemorativa do 178º Aniversário de Fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro em 21 de outubro. 2016. (Outra).

26.
7ª Sessão Itinerante da Comissão de Estudos e Pesquisas Históricas (CEPHAS) do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) no Museu Imperial de Petrópolis. 2015. (Encontro).

27.
Homenagem ao centenário de nascimento de Wilson Lima Bastos. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2015. (Outra).

28.
13º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 13 de dezembro.Música e memória em À la recherche du temps perdu de Proust: a sonata de Vinteuil. 2014. (Simpósio).

29.
Encontro Brasil-Alemanha 2014 Visões e Revisões, realizado de 8 a 10 de abril de 2014, no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2014. (Encontro).

30.
Homenagem a Ronaldo Rogério de Freitas Mourão. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. 2014. (Outra).

31.
IV Forum Nacional de Editores de Periódicos de Música.Ética e parecer: Quem avalia o avaliador?. 2014. (Simpósio).

32.
VI Colóquio dos Institutos Históricos Brasileiros. 2014. (Outra).

33.
V Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ 'Periódicos Musicais: História, Crítica e Políticas Editoriais'.Moderador, coordenando os trabalhos, durante a apresentação da Sessão de Comunicações intitulada "Crítica Musical, política e Instituições". 2014. (Simpósio).

34.
V Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ 'Periódicos Musicais: História, Crítica e Políticas Editoriais'.Arte e cultura durante a belle époque carioca: ideologia e repercussões. 2014. (Simpósio).

35.
12º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 20 de setembro.Leitmotiv, cromatismo harmônico e arte total na criação wagneriana: o estágio atual da pesquisa. 2013. (Encontro).

36.
12º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 20 de setembro.Moderador, coordenando os trabalhos, durante a apresentação das Comunicações da Sessão F. 2013. (Encontro).

37.
Colóquio Internacional Verdi, promovido pela Faculdade de Letras da UFRJ.. 2013. (Encontro).

38.
IV Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ: Verdi, Wagner e contemporâneos. 2013. (Simpósio).

39.
Simpósio Liszt, promovido pela Academia Nacional de Música e Fondation Liszt (Paris)..Liszt e a música programática. 2011. (Simpósio).

40.
9º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, Na ocasião foi proferida por Elliott Antokoletz a Conferência.Integrante da mesa de debatedores da Conferência de Abertura. 2009. (Encontro).

41.
III Simpósio Internacional de Letras Neolatinas Navegações e fronteiras: o futurismo e o surgimento das vanguardas. 2009. (Simpósio).

42.
II Simpósio dos Programas de Pós-Graduação Cem anos de Futurismo: Ressonâncias nas artes brasileiras e nos Programas de Pós-Graduação do Centro de Letras e Artes, em comemoração aos cem anos de publicação do Manifesto Futurista de Marinetti. 2009. (Simpósio).

43.
8º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 15 de dezembro.Moderador, presidindo os trabalhos, durante a apresentação das Comunicações da Área de Musicologia. 2008. (Encontro).

44.
8º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 15 de dezembro.Pianistas e pianeiros na belle époque carioca: estágio atual. 2008. (Encontro).

45.
7º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado no dia 07 de dezembro de 2007 na Escola de Música da UFRJ..Pianistas e Pianeiros na belle époque carioca: estágio atual. 2007. (Encontro).

46.
6º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 14 de dezembro.Moderador, presidindo os trabalhos, durante a apresentação das Comunicações da Área de Musicologia. 2006. (Encontro).

47.
6º Colóquio de Pesquisa promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Música, realizado em 14 de dezembro.A belle époque carioca: um momento de confluências artísticas. 2006. (Encontro).

48.
Colóquio Corpos-Letrados, Corpos-Viajantes, promovido pelos Grupos de Pesquisa Ressonâncias do Decadentismo na belle époque Brasileira, e, Estéticas de fim-de-século da Faculdade de Letras da UFRJ.. 2006. (Simpósio).

49.
VI Encontro Anual da ANPPOM, realizado no Rio de Janeiro, no período de 02 a 06/08/93..Música popular na belle époque carioca. 1993. (Encontro).

50.
XVI Simpósio Nacional de História da ANPUH, realizado no Campus Universitário da UERJ, no período de 22 a 26/07/91.Música brasileira da belle époque. 1991. (Simpósio).

51.
II Congresso Nacional de Música na EMUFRJ em 07/87. 1987. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AUGUSTO, P. R. P.; FAGERLANDE, M. M. R. . Coordenador da XIV Semana do Cravo - 06, 07, 08 de novembro. 2017. (Concerto).

2.
AUGUSTO, P. R. P.. Coordenador na Escola de Música do Projeto TENDÊNCIAS PARA O SÉCULO XXI, finalizando em concerto com alunos do Departamento de Composição apresentando suas composições na Sala Cecília Meireles, em 31 de agosto. 2006. (Concerto).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Gustavo Medina Gomes Burlamaqui. Manuel de Falla e a obra Noches em los Jardines de España: um olhar através do universo cultural espanhol. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

2.
Marcelo Rauta de Souza. Reminiscências do Choros nº 10 de Heitor Villa-Lobos na Sinfonietta nº 4 de Marcelo Rauta: um estudo comparativo. 2010. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

3.
Paulo Roberto dos Passos. O uso da técnica expandida em um repertório brasileiro para clarinete. 2009. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

4.
Cláudio Frydman. Música em revista: Rio de janeiro, 1900-1920. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

5.
Leonardo Rocha Hammoud. Aspectos impressionistas no quarteto de cordas nº 3 de Heitor Villa-Lobos. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

6.
Joaquim Inácio de Nonno. Nacionalismo, Enculturação e Estética: Uma Leitura dos Ciclos Drummondiana e Sumidouro de Cesar Guerra Peixe. 1997. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

7.
Teresa Maria Fagundes Lima. Polimikoopus: conjunto de Micropeças gerado por motivo único. 1992. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

8.
Inês Rufino Martins. A problemática interpretativa nas Variações e Fuga sobre um tema de Haendel de Johannes Brahms. 1992. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

9.
Giulio Edoardo Camillo Draghi. Schumann Toccata Opus 7: a descoberta do aspecto expressivo numa obra de características técnico-mecânicas. 1992. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

10.
Tamara Ujakova Correa. Um estudo da sonatina de Ravel através da escolha dos toques pianísticos. 1989. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

11.
Sônia André Cava de Oliveira. Algumas considerações sobre a análise e adequação dos movimentos na execução pianística. 1989. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

12.
Zaida Valentim. Interpretação da obra Terra Selvagem de Bruno Kiefer através das características composicionais do autor. 1989. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

Iniciação científica
1.
Diogo Lozza. Orfeo: favola in musica. 2010. Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

2.
Magno Caliman Sposito. A diversidade e inovação harmônica na obra de Franz Liszt. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

3.
Marcelo Henrique Coutinho. Uma estética do ciclo Gesange Des Harfners de Schubert através da valorização da letra. 1989. Iniciação Científica. (Graduando em Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

Orientações de outra natureza
1.
Marcelo Rauta. Estágio Docente Supervisionado da Pós-Graduação na Graduação (Análise Musical): Exposição sobre análise de Fugas do Cravo Bem Temperado de Bach. 2008. Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

2.
Alexandre Tavares Avellar. Monitor de Harmonia e Morfologia. 2002. Orientação de outra natureza. (Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.

3.
Paulo Roberto Dantas. Monitor de Harmonia e Morfologia. 2002. Orientação de outra natureza. (Música) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Paulo Roberto Peloso Augusto.



Outras informações relevantes


Examinador nas Provas de Seleção ao Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Música da UFRJ, nos anos de 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011. Examinador nas Bancas do Teste de Habilidade Específica T.H.E. Vestibular - para selecionar candidatos a vagas do Curso de Graduação da Escola de Música da UFRJ, nos anos de 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007,2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013. Examinador das Provas Finais das disciplinas do Departamento de Composição, nos anos de 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013. Examinador da Prova Final de Cravo do Departamento de Instrumentos de Teclado e Percussão, nos períodos 2006/1, 2006/2, 2007/1, 2007/2, 2008/1, 2009/1, 2009/2, 2010/1, 2010/2, 2011/1, 2011/2, 2012/1, 2012/2, 2013/1, 2013,2. Examinador nas Bancas de Vestibular para ingresso no Curso Técnico da Escola de Música da UFRJ, nos anos de 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 22:45:19