Raquel Neves de Mello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6216296192318059
  • Última atualização do currículo em 08/08/2016


Raquel Neves de Mello é Fitopatologista com ênfase em Virologia Molecular. Doutora pela Universidade Federal de Viçosa (2001), Mestre pela Universidade de Brasília (1996) e graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1991), atuou como pesquisadora em empresas multinacionais dos segmentos de sementes e de defensivos entre 2002 e 2009. Atualmente é pesquisadora da Embrapa Arroz e Feijão, onde seu principal interesse é o uso de ferramentas moleculares no desenvolvimento de cultivares de arroz resistentes a doenças. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Raquel Neves de Mello
Nome em citações bibliográficas
MELLO, R. N.;Mello, R. N.;de Mello, R. N.;MELLO, RAQUEL N.;MELLO, RAQUEL NEVES DE

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Arroz e Feijão.
Rodovia GO 462 km 12
Zona Rural
75375000 - Santo Antônio de Goiás, GO - Brasil - Caixa-postal: 179
Telefone: (62) 35332150
Fax: (62) 35332206
URL da Homepage: http://www.cnpaf.embrapa.br


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2001
Doutorado em Agronomia (Fitopatologia).
Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Título: Begomovírus em soja no Brasil e ferramentas moleculares para sua identificação, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Francisco Murilo Zerbini.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: geminivírus; begomovirus; soja; diagnose; PCR; sondas.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos / Especialidade: Virologia.
Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos; Produção Vegetal.
1992 - 1996
Mestrado em Fitopatologia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Caracterização biológica e molecular de um isolado de BYMV, não transmitido por afídeos,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: CLÁUDIO LÚCIO COSTA.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: potyvirus; Bean yellow mosaic virus; transmissão por afídeos; capa proteica; HC-Pro.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
Setores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos; Produção Vegetal.
1986 - 1991
Graduação em Engenharia Agronômica.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
V Curso de Análise Genômica Aplicada ao Melhoramen. (Carga horária: 56h).
Embrapa Arroz e Feijão, CNPAF, Brasil.
2009 - 2009
Gerenciamento de Resíduos e Estação e Tratamento d. (Carga horária: 24h).
Embrapa Arroz e Feijão, CNPAF, Brasil.
2009 - 2009
Interpretação de Boas Práticas de Laboratório (INM. (Carga horária: 32h).
Embrapa Arroz e Feijão, CNPAF, Brasil.
2009 - 2009
PCR Quantitativo em Tempo Real: Metodologia e Apli. (Carga horária: 24h).
Embrapa Soja, CNPSO, Brasil.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Embrapa Arroz e Feijão, CNPAF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Atuando em biologia avançada no entendimento e controle de estresses bióticos em arroz.

Atividades

07/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CNPAF, .


DuPont Crop Plant Protection, DUPONT CPP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Representante de Pesquisa, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável pelo programa de pesquisa em Fungicidas no Brasil.

Atividades

08/2008 - 06/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Estação de Experimentação Agrícola de Paulínia, .


Seminis do Brasil Produção e Comércio de Sementes Ltda., SEMINIS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2007
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Pesquisador Cientista, Carga horária: 40
Outras informações
Responsável pela pesquisa em Fitopatologia na América do Sul.

Atividades

07/2002 - 11/2007
Pesquisa e desenvolvimento , Estação de Pesquisa de Paulínia, .


Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Outro (Bolsita de Doutorado), Enquadramento Funcional: Bolsita de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Sindicato da Industria do Fumo no Estado do Rio Grande do Sul, SINDIFUMO, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Prestação de serviço, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Responsável pelo desenvolvimento de ferramentas moleculares para diagnose rápida de vírus em fumo.

Atividades

8/1996 - 7/1997
Pesquisa e desenvolvimento , Sindicato da Industria do Fumo no Estado do Rio Grande do Sul, .



Linhas de pesquisa


1.
Diagnose, epidemiologia e controle de PVY
2.
Resistência de hortaliças a doenças

Objetivo: Caracterização de patógenos e identificação de novas fontes de resistência em tomate, pimentão, alface, cebola, cenoura, feijão-vagem, couve-flor e milho doce..
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Melhoramento Vegetal.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos / Especialidade: Virologia.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
Palavras-chave: Xanthomonas campestris pv. vesicatoria; Clavibacter michiganensis subsp. michiganensis; geminivírus; Alternaria dauci; Lettuce mosaic virus; Thielaviopsis basicola.
3.
Controle químico de doenças de soja, feijão, batata e tomate.

Objetivo: Desenvolvimento de fungicidas para o controle da ferrugem asiática da soja, da mancha angular do feijoeiro e da requeima do tomate e da batata.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Silvicultura e Exploração Florestal.
Palavras-chave: Phakopsora pachyrhizi; Phytophthora infestans; Pseudocercospora griseola.
4.
Biotecnologia aplicada a resistência do arroz a doenças

Objetivo: Desenvolver ferrramentas moleculares para o estudo da resistência e o desenvolvimento de cultivares de arroz resistente a doenças.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Melhoramento Vegetal.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Silvicultura e Exploração Florestal.
Palavras-chave: Magnaporthe oryzae; Marcadores moleculares; resistência genética.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Caracterização funcional de gene candidato em resposta à deficiência hídrica e à brusone do arroz (Oryza sativa L.)
Descrição: O incremento, ou mesmo a manutenção da produtividade do arroz em condições adversas é um desafio contínuo para os programas de melhoramento de arroz, especialmente diante de previsões que indicam que extremos climáticos tenderão a aumentar, incluindo secas mais freqüentes e prolongadas. A resposta mais precoce das plantas aos estresses ocorre ao nível molecular, geralmente causada pela mudança na expressão dos genes. Assim, a identificação e caracterização funcional de genes expressos e envolvidos nos estresses bióticos e abióticos são de grande importância para o avanço tecnológico. Nesse sentido, a busca por genes tem sido um dos objetivos dos programas de biotecnologia e de melhoramento da Embrapa Arroz e Feijão e, nessa proposta, propõe-se a caracterização funcional de um gene isolado do arroz potencialmente envolvido em dois estresses de importância econômica para o Brasil: seca e brusone. As atividades previstas nessa proposta envolvem a caracterização funcional de um gene, já clonado e validado, no sistema heterólogo de Arabidopsis thaliana e no sistema homólogo do arroz, ultimando na avaliação quanto a tolerância à deficiência hídrica e a resistência à brusone do arroz. Este estudo tem potencial para a produção de provas de conceito, necessárias à solicitação de patente do gene com função caracterizada. Espera-se, ao final do projeto, que os resultados gerados possam contribuir para disponibilizar gene caracterizado da própria Embrapa e também linhagem transgênica de arroz expressando tolerância/resistência aos estresses estudados, que poderão subsidiar a solução de problemas gerados pela suscetibilidade das plantas de arroz à seca e/ou à brusone. Para o futuro, o gene caracterizado pode ser disponibilizado para outros pesquisadores para desenvolvimento de linhagens transgênicas de outras espécies..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Development of upland rice lines with wide blast resistance by marker assisted recurrent selection (MARS)
Descrição: Rice is the staple food for 3 billion people around the world. Upland rice production is a very risky crop due to the unpredictability of rainy season, added to rice blast, caused by the fungus Magnaporthe oryzae, that heavily affects rice in this condition. In Brazil and Bolivia, blast causes profit losses and environmental threats due to the intensive use of fungicides. Genetic resistance is the most economical and environmental friendly strategy to control blast. However, specific complete resistance usually does not last due to the high variability of pathogen populations. Association of specific complete resistance with partial resistance is a very promising way to achieve durable and effective blast control in the field. We propose to use marker-assisted selection to develop resistant recurrent populations to support Bolivian and Brazilian breeding programs to obtain adapted and resistant rice cultivars..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Sistema de informação sobre marcadores moleculares, rotas metabólicas e elementos regulatórios para dados genômicos e metabolômicos de arroz e feijão relativos a tolerância a seca
Descrição: Um volume grande de dados moleculares é gerado a cada ano pelos pesquisadores da Embrapa Arroz e Feijão através de projetos diversos relacionados à tolerância a seca e outros temas. Estas informações, entretanto, estão dispersas em muitos arquivos, armazenadas de forma precária, e com acesso restrito ao gerador dos dados. Este projeto propõe o desenvolvimento de um sistema de informação, GeneMais, que organizará os dados moleculares de forma estruturada em um reservatório central. O sistema exibirá ainda funcionalidades que permitam a manipulação desses dados e a integração com outras bases de dados, possibilitando a extração de novas informações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Biofortificação no Brasil - desenvolvendo produtos agrícolas mais nutritivos - Fase II
Descrição: De acordo com dados da FAO, de 2009, mais de 1,02 bilhões de pessoas não consomem alimentos em quantidade suficiente para suprir suas necessidades diárias básicas de energia Uma população estimada em três bilhões de pessoas, sofre os efeitos traiçoeiros da deficiência de micronutrientes porque não têm meios para comprar carnes, frutas e hortaliças nas quantidades necessárias. Resultados foram alcançados no combate a desnutrição nos países em desenvolvimento, com a estratégia de fornecimento de suplementos de vitaminas e minerais para mulheres grávidas e crianças, além da fortificação de alimentos com esses nutrientes. Entretanto, há limites para a fortificação e o fornecimento de suplementos comerciais. Talvez alimentos fortificados não alcancem uma boa parte da população alvo devido à insuficiente infraestrutura de mercado. Do mesmo modo, a suplementação depende de um sistema de saúde com capilaridade raramente encontrada em países em desenvolvimento. Novos enfoques são necessários para complementar estas intervenções. A introdução de produtos agrícolas biofortificados, variedades melhoradas que apresentam maiores conteúdos de minerais e vitaminas, complementará as intervenções em nutrição existentes e proporcionará uma maneira sustentável e de baixo custo para alcançar as populações com limitado acesso aos sistemas formais de saúde e mercado. O projeto Biofortificação no Brasil: Desenvolvendo Produtos Agrícolas Mais Nutritivos - BioFORT, conduzido no MP2, entre 2009 e abril de 2012, contou com o apoio do Fundo de Pesquisa Embrapa-Monsanto propiciou a formação da Rede de Biofortificação no Brasil. O elevado volume de resultados apresentados comprovaram não só o potencial impacto positivo da estratégia de biofotificação como também a necessidade de apresentação desta proposta para dar continuidade ao seu desenvolvimento numa Fase II. O presente projeto tem como objetivo obter produtos agrícolas biofortificados e avaliar sua qualidade nutricional. Especificamente pretende-se: desenvolver variedades de abóbora, batata doce, milho e mandioca com teores elevados de carotenóides e boas características agronômicas e comerciais; desenvolver cultivares de arroz, feijão e feijão-caupi com alto conteúdo de ferro e zinco, adaptadas às regiões produtoras onde há prevalência de carência nutricional; identificar genótipos com alto teor de ferro e zinco em trigo; avaliar o efeito da ingestão de feijão biofortificado no estado imunológico de pré-escolares com estudo de caso; estudar e comparar a absorção de ferro de variedades de feijão comum e biofortificados utilizando isótopos estáveis no homem; estudar embalagens que propiciem a preservação dos micronutrientes dos cultivos biofortificados; avaliar a biodisponibilidade in vivo e in vitro dos cultivares e combinações presentes na dieta da população alvo; avaliar a retenção de carotenoides em abóbora e milho pró-vitamina A e a retenção de Fe e Zn em arroz e feijão; avaliar cultivares de trigo com potencial em responder à fertilização com Zn; realizar mapeamento QTL controlando teores de Zinco em população segregante de arroz, utilizando marcadores microssatélites e EST e mapeamento QTL controlando teores de Ferro em populações segregantes de feijoeiro comum e estudo dos efeitos da interação QTL com ambientes destes micronutrientes. Serão utilizados métodos convencionais de comunicação no contexto de produção agrícola e os principais canais de comunicação acessados pelos públicos alvos. Em alguns casos, o desenvolvimento de produtos agrícolas biofortificados será realizado através de melhoramento participativo. A gestão do projeto será realizada por um Comitê Gestor, constituído pelos responsáveis dos planos de ação, presidido pelo líder do projeto, associado a um plano de comunicação interno e externo, onde o website http://www.biofort.com.br será a principal ferramenta de informa.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Gestão dos dados experimentais da Embrapa
Descrição: Os dados produzidos pela pesquisa na Embrapa encontram-se armazenados de forma dispersa e não estruturada. Isto dificulta o acesso e o reuso destes dados, além de diminuir a confiabilidade e em casos extremos ocasionar perda de parte dos mesmos. O presente projeto, liderado pela Embrapa Informática Agropecuária e com apoio do Departamento de Tecnologia da Informação, tem o objetivo de informatizar o processo Gestão de Experimentos da Embrapa, com base nas Unidades Piloto.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Aumento da eficiência da aquisição de fósforo em gramíneas por meio de estratégias morfo-fisiológicas, genéticas e microbiológicas
Descrição: O Brasil tem na agricultura um meio para promover avanços sócio-econômicos consideráveis de maneira sustentável, no entanto, a produtividade de culturas de cereais como o milho, arroz, trigo e o sorgo está aquém do seu potencial. A baixa disponibilidade de fósforo (P) assim como a adubação inadequada são alguns dos grandes desafios da agricultura moderna. O P é um dos macronutrientes mais limitantes às culturas nos solos brasileiros e com menor eficiência de uso pelas plantas. Nos solos tropicais, a adubação fosfatada é realizada pela adição de altas doses de fosfatos solúveis, uma vez que a maior parte do adubo adicionado torna-se indisponível devido ao processo de fixação, aumentando significativamente os custos de produção. Adicionalmente, esse nutriente não é renovável. Mantendo-se as estimativas, o pico de exploração das reservas de P deve ser atingido no meio deste século, o que deve resultar em um significativo aumento de seu custo. A eficiência na aquisição de P pelas plantas é uma característica complexa e ainda pouco conhecida, sendo, portanto, pouco utilizada em programas de melhoramento. Por outro lado, as plantas diferem em sua habilidade de utilizar diferentes formas químicas de fosfato do solo sob condições de limitação desse nutriente, indicando a existência de variabilidade genética e fisiológica para aumentar a aquisição e a eficiência no uso de P pelas plantas. A Embrapa vem buscando o aumento da eficiência de aquisição de P em cereais por meio da exploração da variabilidade genética e de práticas de manejo de solo aliadas com a interação com microorganismos. Dentro desse contexto, o presente projeto objetiva definir características morfo-fisiológicas e genéticas associadas com a eficiência na aquisição e utilização de P em gramíneas. Para tanto, serão caracterizados sítios de fenotipagem para P, onde serão analisados materiais genéticos de milho, arroz e sorgo em campo. Além disso, será realizada fenotipagem em casa de vegetação e solução nutritiva para determinação dos mecanismos morfo-fisiológicos de milho, sorgo e trigo e para estudar a genética de características ligadas à eficiência no uso de P de milho. Serão também caracterizados genótipos de milho e sorgo quanto a variabilidade genética para a formação de micorrizas. O conjunto de dados fenotípicos, juntamente com dados de marcadores moleculares, genes candidatos e padrões de expressão em painéis e populações apropriadas, serão analisados por meios de diferentes estratégias genético-moleculares e de bioinformática visando à identificação e validação de regiões genômicas e/ou genes associados com os diferentes mecanismos envolvidos com a eficiência no uso de P em milho, sorgo e arroz. Adicionalmente, todas as informações genômicas geradas no projeto estarão integradas em bancos de dados apropriados, contribuindo efetivamente na elucidação de mecanismos moleculares e fisiológicos associados com a eficiência na utilização de P em gramíneas. Assim, espera-se que tais esforços tenham um impacto no desenvolvimento de genótipos mais eficientes na aquisição de P, com maior adaptabilidade e produtividade de grãos em solos tropicais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Melhoramento Genético para Produtividade e Qualidade dos Grãos da Cultura do Arroz no Brasil
Descrição: O projeto tem como objetivo principal melhorar as populações-base e as populações-elite do programa de melhoramento de arroz quanto à tolerância aos estresses abióticos e bióticos restritivos à melhor performance da cultura do arroz no país e desenvolver cultivares de arroz irrigado e de terras altas, adaptadas às diferentes regiões produtoras, que sobressaiam pela maior produtividade e melhor qualidade de grãos e que sejam capazes de reduzir os custos de produção e conferir sustentabilidade econômica e ambiental ao negócio do arroz no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Identificação, caracterização e incorporação de genes para resistência durável à brusone em arroz cultivado no Brasil.
Descrição: Esta proposta tem como objetivo aplicar técnicas moleculares padronizando a utilização de marcadores capaz de: 1) monitorar os patótipos de M. oryzae freqüentes e prever o aumento de outros; 2) detectar genes de resistência a brusone, de natureza qualitativa em populações de arroz para piramidização e/ou, desenvolvimento seqüencial de cultivares com genes de resistência conhecidamente diferentes entre si. O desenvolvimento deste projeto ampliará os conhecimentos quanto: a estrutura das populações do patógeno; a interação patógeno-hospedeiro; a genética da resistência do arroz à brusone, o que consequentemente ampliará as opções para a obtenção de cultivares de arroz com resistência durável..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Raquel Neves de Mello - Integrante / Anne Sitarama Prabhu - Integrante / Napoleão de Souza - Integrante / Leila Garces de Araujo - Integrante / Gisele Barata da Silva - Integrante / Gil Rodrigo dos Santos - Integrante / Veridiano A. Cutrim - Integrante / M S Souza - Integrante / P C F Neves - Integrante / Orlando Peixoto de Morais - Integrante / Valacia Lemes da Silva Lobo - Integrante / Marcio Vinícius C. B. Cortes - Integrante / Flavio Breseghello - Integrante / Antônio Alves Soares - Integrante / Antônio Centeno Cordeiro - Integrante / Flávio Jesus Wruck - Integrante / Francisco Moura Neto - Integrante / José Almeida Pereira - Integrante / Jaison Pereira - Integrante / Kátia de Lima Nechet - Integrante / Klaus Konrade Scheuermann - Integrante / Marley Marico Utumi - Integrante / Moacir Antônio Schiochetti - Integrante / Rosana Pereira Vianello Brondani - Integrante / Tereza Cristina DE Oliveira Borba - Integrante / Vanda M. de O. Cornélio - Integrante / Marta Cristina Corsi de Filippi - Coordenador.Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Monsanto do Brasil - Matriz - Auxílio financeiro.
2005 - 2008
Epidemiologia de begomovírus em tomateiro em Minas Gerais
Descrição: : O presente projeto tem como objetivo realizar estudos quanto à epidemiologia de doenças causadas por begomovírus em tomateiro, em dois anos, em duas regiões agroclimáticas do estado de Minas Gerais: Zona Metalúrgica (município de Igarapé) e Alto Paranaíba (município de Patos de Minas). Os objetivos específicos incluem: (i) Quantificar a prevalência de begomoviroses em tomateiro nas duas localidades; (ii) Identificar as espécies de begomovírus infectando o tomateiro em cada localidade; (iii) Estudar a dinâmica espaço-temporal de begomoviroses em tomateiro, sob diferentes sistemas de manejo da mosca-branca; (iv) Monitorar a população de mosca-branca (Bemisia tabaci) ao longo do ano; (v) Identificar os biótipos de mosca-branca que colonizam o tomateiro; (vi) Estimar as perdas na produção em vista da ocorrência dos begomovírus..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1998 - 2000
Detecção e caracterização de geminivírus na cultura da soja utilizando métodos moleculares
Descrição: Apesar das perdas causadas por geminivírus em diversas culturas, ainda não existem estudos de incidência desses vírus em soja, de aspectos epidemiológicos e de reação de cultivares de soja a esses vírus. Esses problemas são conseqüência principalmente de dificuldades de diagnose. As técnicas tradicionais de diagnose são de difícil aplicação para os geminivírus, pois suas gamas de hospedeiros são restritas, a transmissão via extrato vegetal é difícil ou mesmo impossível, a concentração de vírus nos tecidos vegetais é baixa, e a imunogenicidade das partículas virais é reduzida. Uma das possibilidades para se expeditar e simplificar a diagnose é o uso de sondas moleculares. Entretanto, entre os vírus que infectam a soja, apenas o BGMV está totalmente caracterizado, existindo sondas adequadas para sua detecção. Essas sondas não são capazes de distinguir o BGMV dos outros vírus já identificados em soja. Os objetivos do projeto incluem: (1) desenvolver técnicas moleculares para a diagnose de geminivírus em soja; (2) analisar a incidência de geminivírus na cultura da soja; e (3) realizar estudos epidemiológicos. A metodologia empregada incluiu a coleta de plantas no campo, a detecção preliminar de vírus utilizando PCR, a clonagem de fragmentos do genoma viral e seu uso como sondas em testes de hibridização. As seqüências de nucleotídeos desses fragmentos foram utilizadas para a síntese de oligonucleotídeos específicos para uso em testes de detecção por PCR. Simultaneamente, a microscopia eletrônica foi empregada para detecção e análise de sítios de replicação viral. Os estudos epidemiológicos incluíram experimentos de transmissão via inseto vetor e reação de cultivares. Os resultados obtidos incluem: (1) desenvolvimento de metodologias para detecção e identificação de geminivírus em soja; (2) avaliação da incidência de geminivírus e perdas em soja e leguminosas associadas; (3) determinação de parâmetros epidemiológicos associados à disseminação dos vírus no campo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2009 - 2012
Melhoramento Genético para Produtividade e Qualidade dos Grãos da Cultura do Arroz no Brasil
Descrição: O projeto tem como objetivo principal melhorar as populações-base e as populações-elite do programa de melhoramento de arroz quanto à tolerância aos estresses abióticos e bióticos restritivos à melhor performance da cultura do arroz no país e desenvolver cultivares de arroz irrigado e de terras altas, adaptadas às diferentes regiões produtoras, que sobressaiam pela maior produtividade e melhor qualidade de grãos e que sejam capazes de reduzir os custos de produção e conferir sustentabilidade econômica e ambiental ao negócio do arroz no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Melhoramento Vegetal.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Fitopatologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Virologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NASCIMENTO, JACQUELINE BARBOSA2015 NASCIMENTO, JACQUELINE BARBOSA ; BARRIGOSSI, JOSÉ ALEXANDRE FREITAS ; BORBA, TEREZA CRISTINA DE OLIVEIRA ; MARTINS, JOSÉ FRANCISCO DA SILVA ; FERNANDES, PAULO MARÇAL ; MELLO, RAQUEL NEVES DE . Evaluation of rice genotypes for sugarcane borer resistance using phenotypic methods and molecular markers. Crop Protection, v. 67, p. 43-51, 2015.

2.
ZERBINI, F. M.2005 ZERBINI, F. M. ; Andrade, E. C. ; Barros, D. R. ; Ferreira, S. S. ; Lima, A. T. M. ; ALFENAS, P. F. ; MELLO, R. N. . Traditional and novel strategies for geminivirus management in Brazil. Australasian Plant Pathology, v. 34, p. 475-480, 2005.

3.
RIBEIRO, S. G.2003 RIBEIRO, S. G. ; Ambrozev?cius, L. P. ; ?vila, A. C. ; Bezerra, I. C. ; Calegario, R. F. ; FERNANDES, J. J. ; LIMA, M. F. ; de Mello, R. N. ; ROCHA, H. ; ZERBINI, F. M. . Distribution and genetic diversity of tomato-infecting begomoviruses in Brazil *. Archives of Virology, v. 148, p. 281-295, 2003.

4.
KRAUSE-SAKATE, R.2001KRAUSE-SAKATE, R. ; MELLO, R. N. ; MACIEL-ZAMBOLIM, E. ; PAVAN, M.A. ; CARVALHO, M.G. ; LEGALL, O. ; ZERBINI, F.M. . Molecular characterization of two Brazilian isolates of Lettuce mosaic virus (LMV), with distinct biological properties. Fitopatologia Brasileira, Brasília, DF, v. 26, p. 153-157, 2001.

5.
INOUE, A. K.1995 INOUE, A. K. ; MELLO, R. N. ; NAGATA, T. ; KITAJIMA, E. W. . Characterization of passion fruit woodiness virus isolates from Brasília and surrounding region, Brazil. Fitopatologia Brasileira, v. 20, p. 479-487, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
HOFFMANN, L. V. ; BORBA, T. C. O. ; ALLEM, L. N. ; BARROSO, P.A.V. ; MELLO, R. N. . Biodiversity. , 2011. v. 1.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SALATI, R. ; MELLO, R. N. . Produtividade Ameaçada. Cultivar HF, Pelotas, p. 10 - 11, 01 jun. 2003.

2.
ZERBINI, F. M. ; MELLO, R. N. . Os geminivírus. Caderno Técnico Cultivar HF, p. 9 - 10, 01 abr. 2002.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELLO, R. N.. Geminivírus: Situação Mundial e Perspectivas do Melhoramento Genético. In: Seminário Internacional de Tomate para Processamento, 2003, Goiânia. Annals, 2003.

2.
ALMEIDA, A. M. R. ; ZERBINI, F. M. ; MELLO, R. N. ; LARANJEIRA, F. F. ; PARDINA, P. R. ; LAGUNA, I. G. . Geminiviruses in soybeans. In: 12th National Meeting of Virology and 4th Mercosul Meeting of Virology, 2001, Caldas Novas-GO. Virus Reviws & Research, 2001. v. 6. p. 38.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CRISPIM, B.C.F. ; SUASSUNA, N.D. ; FILIPPI, M.C.C. ; MELLO, R. N. . Avaliação da variabilidade patogênica de Magnaporthe oryzae em duas séries diferenciadoras. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO, 2011, Balneário Camboriu. CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO. Racionalizando recursos e ampliando oportunidades: anais. Itajaí: Epagri, 2011. v. 7. p. 611-614.

2.
NASCIMENTO, J.B. ; LACERDA, M.C. ; BORBA, T. C. O. ; MELLO, R. N. ; BARRIGOSSI, J.A. ; MARTINS, J.F.S. . Avaliação da resistência de genótipos de arroz ao ataque de Diatraea saccharalis (Fabr., 1794) (Lepidoptera: pyralidae). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO, 2011, Balneário Camboriu. CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO. Racionalizando recursos e ampliando oportunidades: anais. Itajaí: Epagri, 2011. v. 7. p. 691-694.

3.
MELLO, R. N.. Melhoramento genético de tomateiro visando resistência a bactérias. In: XX Reunião Anual do Instituto Biológico, 2007, São Paulo. Biológico, 2007. v. 69. p. 97-98.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NASCIMENTO, J.B. ; BORBA, T. C. O. ; MELLO, R. N. ; BARRIGOSSI, J.A. ; MARTINS, J.F.S. ; FERNANDES, P.M. . Variabilidade genética de acessos de arroz (Oryza sativa) determinada por marcadores SSR. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO, 2011, Balneário Camboriu. CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO. Racionalizando recursos e ampliando oportunidades: anais. Itajaí: Epagri, 2011. v. 7. p. 236-239.

2.
MARIANO NETO, A. ; CRISPIM, B.C.F. ; Silva, V.L. ; FILIPPI, M.C.C. ; MELLO, R. N. . Variabilidade de isolados de Magnaporthe oryzae em arroz no Brasil. In: XLIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2010, Cuiabá. Tropical plant pathology. Lavras: Brazilian Phytopathology Society, 2010. v. 35. p. S222-S222.

3.
NASCIMENTO, J.B. ; BORBA, T. C. O. ; MELLO, R. N. ; BARRIGOSSI, J.A. ; MARTINS, J.F. da S. ; FERNANDES, P.M. . Resposta de diferentes genótipos de arroz (Oryza sativa) ao ataque da broca-do-colmo (Diatraea saccharalis). In: Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2010, Goiania. Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conhecimento e desenvolvimento sustentáveis, 2010. v. 7. p. 5864-5868.

4.
CRISPIM, B.C.F. ; MELLO, R. N. ; FILIPPI, M.C.C. ; BORBA, T. C. O. ; BRESEGHELLO, F. ; SANTOS, P.G. . Identificação de fontes de resistência à Maganaporthe oryzae em arroz (Oryza sativa). In: Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2010, Goiania. Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão, 2010. v. 7. p. 5303-5307.

5.
CRISPIM, B.C.F. ; MARIANO NETO, A. ; FILIPPI, M.C.C. ; BORBA, T. C. O. ; LOBO, V.L.S. ; MELLO, R. N. . Identificação de fontes de resistência à Magnaporthe oryzae em arroz (Oryza sativa). In: Seminário Jovens Talentos, 2010, Santo Antonio de Goias. Embrapa Arroz e Feijão Documentos 257, 2010. v. 4. p. 45-45.

6.
NASCIMENTO, J.B. ; MARQUES, M.A. ; MOREIRA, C.A. ; BARRIGOSSI, J.A. ; QUINTELA, E.D. ; BORBA, T. C. O. ; MELLO, R. N. ; MARTINS, J.F. da S. . Avaliação do ataque da broca-do-colmo Diatraea saccharalis em cultivares de arroz (Oryza sativa). In: Congresso Brasileiro de Entomologia, 2010, Natal. Anais do Congresso Brasileiro de Entomologia, 2010. v. 23.

7.
MARIANO NETO, A. ; CRISPIM, B.C.F. ; BORBA, T. C. O. ; LOBO, V.L.S. ; FILIPPI, M.C.C. ; MELLO, R. N. . Variabilidade de isolados de Magnaporthe oryzae em arroz no Brasil. In: XLIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2010, Cuiabá. Tropical Plant Pathology, Suplemento. Brasília: Sociedade Brasileira de Fitopatologia, 2010. v. 35. p. S222-S222.

8.
CRISPIM, B.C.F. ; BORBA, T. C. O. ; BRESEGHELLO, F. ; FILIPPI, M.C.C. ; MELLO, R. N. . Avaliação de marcadores moleculares diagnósticos de alelos de resistência a Maganaporthe oryzae em arroz (Oryza sativa). In: Congresso Brasileiro de Genética, 2010, Guarujá. Resumos do 56o. Congresso Brasileiro de Genética, 2010. v. 56. p. 164-164.

9.
CABRAL, C.S. ; COSTA, H. ; MELLO, R. N. ; CARVALHO, M.R.M. ; Santos Junior, W.N. ; Reis, A. . Ocorrência de Fusarium oxysporum f sp. lactucae em alface no Brasil. In: 42o Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2009, Rio de Janeiro. Tropical Plant Pathology (Impresso), 2009. v. 34. p. S175.

10.
SALATI, R. ; MELLO, R. N. ; SHOREY, M. ; FRAMPTON, A. ; HOOGSTRATEN, J. ; HIMMEL, P. . Commercial fresh market tomato hybrids resistance reaction to monopartite and bipartite begomoviruses. In: Tomato breeders roundtable, 2004, Annapolis. Annals, 2004.

11.
CONTIN, F. S. ; ALFENAS, P. F. ; MELLO, R. N. ; ALMEIDA, A. M. R. ; ZERBINI, F. M. . Identification of a begomovirus complex infecting soybean-associated Sida sp. at Paraná state, Brazil. In: XIV Encontro Nacional de Virologia, 2003, Florianopolis. Virus Reviews and Research, 2003. v. 8. p. 194.

12.
MELLO, R. N.; COTRIM, M. A. A. ; LOPES, E. F. ; MOREIRA, A. G. ; CONTIN, F. S. ; FONTES, E. P. B. ; ALMEIDA, A. M. R. ; ZERBINI, F. M. . Survey of begomoviruses associated with soybean and identification of Sida mottle virus (SiMoV) infecting this crop in Brazil. In: XIII Encontro Nacional de Virologia, 2002, Águas de Lindóia. Virus Reviews and Research, 2002. v. 7. p. 157.

13.
MELLO, R. N.; CONTIN, F. S. ; ALMEIDA, A. M. R. ; FONTES, E. P. B. ; ZERBINI, F. M. . Detection and identification of begomoviruses infecting soybean and associated weeds in Brazil. In: 3rd International Geminivirus Symposium, 2001, Norwich-Inglaterra. Annals, 2001. p. 24.

14.
RIBEIRO, S. G. ; AMBROZEVICIUS, L. P. ; ÁVILA, A. C. ; CALEGÁRIO, R. F. ; FERNANDES, J. J. ; LIMA, M. F. ; MELLO, R. N. ; ROCHA, H. ; ZERBINI, F. M. . Distribution and genetic diversity of tomato-infecting geminiviruses in Brazil. In: 3rd International Geminivirus Symposium, 2001, Norwich-Inglaterra. Annals, 2001. p. 116.

15.
MELLO, R. N.; CONTIN, F. S. ; ALMEIDA, A. M. R. ; FONTES, E. P. B. ; ZERBINI, F. M. . Development of molecular tools for the specific detection of soybean-infecting begomoviruses and survey of begomoviruses in the main soybean-producing states of Brazil. In: 12th National Meeting of Virology and 4th Mercosul Meeting of Virology, 2001, Caldas Novas-GO. Virus Reviews & Research, 2001. v. 6. p. 158-159.

16.
RIBEIRO, S. G. ; AMBROZEVICIUS, L. P. ; ÁVILA, A. C. ; CALEGÁRIO, R. F. ; FERNANDES, J. J. ; LIMA, M. F. ; MELLO, R. N. ; ROCHA, H. ; ZERBINI, F. M. . Distribution and genetic diversity of tomato-infecting geminiviruses in Brazil. In: 12th National Meeting of Virology and 4th Mercosul Meeting of Virology, 2001, Caldas Novas-GO. Virus Reviews & Research, 2001. v. 6. p. 160-161.

17.
MELLO, R. N.; ALMEIDA, A. M. R. ; ZERBINI, F. M. . Detection and identification of geminiviruses infecting soybean and associated weeds in Brazil.. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2000, Belém-PA. Fitopatologia Brasileira, 2000. v. 25. p. 444.

18.
AMBROZEVICIUS, L. P. ; MELLO, R. N. ; SANCHES, J. B. ; ZERBINI, F. M. . Detection of African cassava mosaic virus (ACMV) in cassava leaves intercepted at Galeão International Airport, Rio de Janeiro, Brazil.. In: XI Encontro Nacional de Virologia, 2000, São Lourenço-MG. Virus Reviews & Research, 2000. v. 5. p. 191.

19.
MELLO, R. N.; ZERBINI, F. M. ; ZAMBOLIM, E. M. ; PAVAN, M. A. ; CARVALHO, M. G. . Cloning and partial sequencing of the capsid protein gene of two Brazilian isolates of lettuce mosaic potyvirus (LMV) with distinct biological properties.. In: XXXI Congresso de Fitopatologia, 1998, Fortaleza-CE. Fitopatologia Brasileira, 1998. v. 23. p. 320.

20.
MELLO, R. N.; KRAUSE, R. ; CARVALHO, M. G. ; ZAMBOLIM, E. M. ; PAVAN, M. A. ; ZERBINI, F. M. . Cloning and partial sequencing of the capsid protein gene of two Brazilian isolates of Llettuce mosaic potyvirus (LMV) with distinct biological properties.. In: IX Encontro Nacional de Virologia, 1998, São Lourenço-MG. Virus Reviews & Research, 1998. v. 3. p. 145.

21.
MELLO, R. N.; COSTA, C. L. ; RESENDE, R. O. . Partial nucleotide sequence of the coat protein gene of a non aphid-transmissible isolate of bean yellow mosaic virus.. In: XXX Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1997, Poços de Caldas-MG. Fitopatologia Brasileira, 1997. v. 22. p. 338.

22.
MELLO, R. N.; COSTA, C. L. . Evidências adicionais da não transmissão do isolado necrótico de Bean yellow mosaic virus por afídeo.. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1995, Ilhéus-BA. Fitopatologia Brasileira, 1995. v. 20. p. 288.

23.
MELLO, R. N.; COSTA, C. L. . Transmissão de isolados brasileiros de potyvirus de leguminosas por treze espécies de afídeos.1995. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1995, Ilhéus-BA. Fitopatologia Brasileira, 1995. v. 20. p. 287-288.

24.
MELLO, R. N.; INOUE, A. K. ; MARINHO, V. L. A. ; KITAJIMA, E. W. . Ocorrência de Passionfruit woodiness virus no Distrito Federal.. In: XXVII Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1994, Itajaí-SC. Fitopatologia Brasileira, 1994. v. 19. p. 338.

25.
COSTA, C. L. ; MELLO, R. N. . Um novo afídeo vetor de vírus de leguminosas. In: XXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1993, Aracaju-SE. Fitopatologia Brasileira, 1993. v. 18. p. 338-339.

Apresentações de Trabalho
1.
MELLO, R. N.. Melhoramento genético de tomateiro visando resistência a bactérias. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
MELLO, R. N.. Geminivírus: Situação Mundial e Perspectivas do Melhoramento Genético. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ZERBINI, F. M. ; CARVALHO, M. G. ; MIZUBUTI, E. S. G. ; MAFFIA, L. A. ; PICANCO, M. C. ; MELLO, R. N. . Epidemiologia de begomovírus em tomateiro em Minas Gerais. 2005.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Doutorado
1.
OLIVEIRA, J. R.; ROMEIRO, R. S.; SILVA, D. J. H.; MELLO, R. N.; ZERBINI, F. M.. Participação em banca de Maria Raquel Silva. Variabilidade genética de isolados de Xanthomonas campestris pv. campestris. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Fitopatologia)) - Universidade Federal de Viçosa.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
42o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Ocorrência de Fusarium oxysporum f sp. lactucae em alface no Brasil. 2009. (Congresso).

2.
17o Encontro Nacional de Virologia. 2006. (Encontro).

3.
29o Congresso Paulista de Fitopatologia. 2006. (Congresso).

4.
39o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 2006. (Congresso).

5.
38o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 2005. (Congresso).

6.
27o Congresso Paulista de Fitopatologia. 2004. (Congresso).

7.
37o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 2004. (Congresso).

8.
4th International Geminivirus Symposium. 2004. (Simpósio).

9.
14o Encontro Nacional de Virologia. 2003. (Encontro).

10.
36o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 2003. (Congresso).

11.
13o Encontro Nacional de Virologia. 2002. (Encontro).

12.
3rd International Geminivirus Symposium. 2001. (Simpósio).

13.
30o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 1997. (Congresso).

14.
28o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 1995. (Congresso).

15.
27o Congresso Brasileiro de Fitopatologia. 1994. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BORBA, T. C. O. ; MELLO, R. N. . 2o. Congresso de Genética do Centro-Oeste. 2010. (Congresso).

2.
MELLO, R. N.. Workshop Água. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Eliara Nelisa Xavier. Resistência de alface a Thielaviopsis basicola. Início: 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Centro Regional Universitário Espírito Santo do Pinhal. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/11/2018 às 2:53:23