Evely Vânia Libanori

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7543381376917727
  • Última atualização do currículo em 17/10/2018


Sou professora do Departamento de Teorias Linguísticas e Literárias da Universidade Estadual de Maringá desde 1997. Fiz mestrado e doutorado na UNESP/Assis. Na Graduação trabalho Literatura Brasileira - Narrativa, e Práticas Metodológicas em Educação Literária. Na Pós-Graduação trabalho com romances latino-americanos e com o referencial teórico referente ao Existencialismo, Ecocrítica, Identidade humana e animal, Ética Animal. Estou à frente do GAIA (Grupo de Atividades Interdisciplinares sobre os Animais), grupo de pesquisa cadastrado no CNPq e que estuda libertação animal, ética animal, veganismo. Sou coordenadora adjunta do Programa de Pós-graduação em Letras (PLE) desde setembro de 2012 até o presente momento. Oriento pesquisas na Graduação e na Pós-Graduação relacionadas a esses campos de estudo/conhecimento: Representação de Identidades na Literatura, Ética Animal, Representação Animal na Literatura, Clarice Lispector, Existencialismo. Em maio de 2014, lancei o livro de crônicas abolicionistas animalistas Nós, Animais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Evely Vânia Libanori
Nome em citações bibliográficas
LIBANORI, E. V.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Letras.
Av Colombo 5790
Zona Sete
87020900 - Maringá, PR - Brasil - Caixa-postal: 0000
Telefone: (44) 30114889
Ramal: 4889
Fax: (44) 4889
URL da Homepage: http://gaiauem.wix.com/gaiauem


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2006
Doutorado em Letras.
Universidade Estadual Julio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: A construção do espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo e Ópera dos mortos, de Autran Dourado., Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Heloisa Costa Milton.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Espaço, Autran Dourado, Juan Rulfo.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
1991 - 1996
Mestrado em Letras.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Água viva: O processo criador de Clarice Lispector e o papel do leitor,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Maria de Lourdes Zizi Trevisan Perez.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Leitor, Clarice Lispector; Identidade.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
1984 - 1988
Graduação em Literatura e Ensino.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor nao-titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2016 - Atual
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas metodológicas em educação literária
09/2014 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, .

Cargo ou função
coordenadora adjunto do Programa de Pós-Graduação em Letras.
09/2014 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, .

Cargo ou função
coordenadora-adjunto da Pós-graduação em Letras.
03/2011 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, .

Linhas de pesquisa
Construção de identidade
3/2016 - 8/2016
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial na literatura latino-americana
2/2015 - 2/2016
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas metodológicas em educação literária
3/2015 - 7/2015
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial no romance latino-americano
7/2014 - 12/2014
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial no romance latino-americano
7/2013 - 12/2013
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial no romance latino-americano
6/2013 - 12/2013
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas metodológicas em educação literária
Estágio curricular supervisionado III
02/2013 - 12/2013
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas metodológicas de educação literárioa
2/2012 - 12/2012
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura brasileira narrativa
2/2012 - 12/2012
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial no romance latino-americano
2/2011 - 12/2011
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio curricular supervisionado II
Estágio curricular supervisionado I
2/2011 - 12/2011
Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Identidade existencial no romance latino-americano
2/2010 - 12/2010
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura e Ensino
Estágio curricular supervisionado II
2/2009 - 12/2009
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio curricular supervisionado II
Estágio curricular supervisionado I
2/2008 - 12/2008
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio curricular supervisionado I
Estágio curricular supervisionado II
2/2007 - 12/2007
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Portuguesa II
Literatura Brasileira II
1/2006 - 12/2006
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura brasileira II
1/2005 - 12/2005
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Afastamento para PACD, nível de doutorado
1/2004 - 12/2004
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Afastamento para PACD, nível de doutorado
1/2003 - 12/2003
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Afastamento para PACD, nível de doutorado
1/2002 - 12/2002
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Afatamento para PACD, nível de doutorado
3/2001 - 12/2001
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Literária
3/2000 - 12/2000
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Brasileira II
Teoria Literária
3/1999 - 12/1999
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Portuguesa I
Teoria Literária
3/1998 - 12/1998
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Portuguesa I
Teoria Literária
3/1997 - 12/1997
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Literatura Portuguesa I
Teoria da Literatura

Colégio Santa Cruz, CSC, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Professora de ensino médio, Enquadramento Funcional: Professora de ensino médio, Carga horária: 20


Secretaria de Estado da Educação no Paraná, SEED/PR, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1995
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora efetiva, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
Construção de identidade

Objetivo: A minha linha de pesquisa estuda a relação entre ser humano e animais na Literatura a fim de discutir a ética com a qual a nossa cultura lida com os animais. Onde e quando o ser humano se aproxima dos animais e onde e quando se distancia? A linha de pesquisa tem por objetivo fazer com que o respeito à vida e à liberdade do animal sejam parte da nossa humana identidade..


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Espaço e Identidade na Literatura latino-americana
Descrição: Resumo: Na pesquisa que ora proponho, pretendo estudar especificamente, a construção do espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo, Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez, e A maçã no escuro, de Clarice Lispector. O foco do estudo estará na forma como as personagens se relacionam com animais, plantas, ecossistemas e, ainda, a maneira como o espaço é transfigurado. Em Pedro Páramo, de Rulfo, não há um espaço regido por um tempo. Há vários espaços regidos por vários tempos. Em Cem anos de solidão, de García-Márquez, o espaço físico e o espaço transcendente se comunicam, muitas vezes, com naturalidade. Há um conjunto de sentido simbólico presente no espaço e nos elementos do espaço. Em A maçã no escuro, de Clarice Lispector, o espaço é objeto das reflexões das personagens. O espaço não apenas situa a ação, ou o frágil fio de ação. Os seres componentes do espaço é que deflagram questionamentos internos, e o cenário externo é transformado pela subjetividade. O instrumento teórico que será o suporte da interpretação dos romances está na Ecocrítica e na Filosofia existencialista. A Ecocrítica, numa visão geral, estuda a relação do ser humano com o ser não humano, o que acarreta um questionamento do próprio termo humano. A Ecocrítica pensa o ser humano em um ecossistema, questiona a identidade humana, reflete acerca da relação do ser humano com o animal não humano. Neste sentido, trabalharei, principalmente, com as ideias de Greg Garrard no estudo Ecocrítica. E as ideias da Ecocrítica convocarão ainda, filósofos eticistas e, então, a pesquisa também contará com os pensadores animalistas abolicionistas como Peter Singer, com Libertação animal, e Sônia T. Felipe, com Ética e experimentação animal. Ainda, o material teórico convocado para o desenvolvimento da pesquisa é a Filosofia existencialista. Por Filosofia existencialista define-se o pensamento que foca o ser humano em sua existência, em primeiro lugar. A existência é a base da construção da essência humana. Isso significa que o ato de existir é, ao mesmo tempo, o ato de pensar a identidade humana, no sentido de investigar quem e o que o ser humano é, e o que ele pode vir a ser. Jean-Paul Sartre em O existencialismo é um humanismo é presença teórica em função da clareza na exposição de temas e conceitos difíceis. Martin Heidegger com o tratado filosófico Ser e tempo é a base principal, visto que é Heidegger quem primeiro sistematizou o pensamento filosófico existencial, embora ele preferisse ser chamado de ontologista. O título Ser e tempo remete ao fato de que a existência é pensada como o movimento entre passado, presente e futuro. O futuro, ao mesmo tempo em que é possibilidade, também anuncia a morte, o que é causa da constante inquietação humana. Ser é uma questão de possibilidadeaté o encerramento final. Heidegger disserta sobre a necessidade de entender o ser humano como ser, e não como ente. Objetivos O objetivo geral da pesquisa é o de estudar o espaço nos romances Pedro Páramo, de Juan Rulfo, A maçã no escuro, de Clarice Lispector, e Cem anos de solidão, de Gabriel García-Márquez. Os objetivos específicos são: Estudar a identidade humana por meio da relação do ser humano com o espaço. Levantar os elementos espaciais mais expressivos na Literatura de Juan Rulfo, Clarice Lispector e Gabriel García Márquez Buscar pontos comuns na Literatura desses três escritores no que diz respeito ao modo como as personagens se relacionam com o espaço. Resultados esperados Como resultado do projeto, espero a discussão sobre a identidade das personagens na sua relação com o espaço latino-americano. Nesse sentido, o projeto contribuirá com os estudos teóricos sobre o espaço na narrativa, uma vez que, como vimos, na introdução, com a observação de Antônio Dimas, é minguada a bibliografia teórica do assunto de que tratamos, tanto no âmbito nacional, como no estrangeiro(1994, p. 15.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Evely Vânia Libanori - Coordenador / Diego Muller Fascina - Integrante.
2011 - Atual
Identidade existencial das personagens no romance latino-americano moderno
Descrição: Em "Literatura e subdesenvolvimento", Antonio Candido explica a trajetória ideológica dos países latino-americanos a partir da colonização até a independência, conseguida, na maioria dos países, no século XIX. Segundo Candido, a autonomia, o amadurecimento e a consequente identidade própria da literatura latino-americana se encontra estreitamente ligada à consciência política dos escritores. Até o século XIX, havia nos países latino-americanos a noção de "terra nova" que ainda não desenvolvera todas as suas forças potenciais e que resultaria uma "pátria" política e economicamente forte. O romance do século XIX tentou marcar a identidade latino-americana por emio da descrição pitoresca dos cenários decorativos, numa espécie de amenização do atraso econômico vivido nos países colonizados. De fato, um dos pressupostos ostensivos ou latentes da literatura latino-americana foi esse conteúdo temátido geralmente eufórico entre a "terra" e a "pátria", considerando-se que a grandeza da pátria adviria da riqueza potencial da terra. Segundo Candido, não houve, até a década de 1950, verdadeira independência cultural latino-americana e os escritores refletiam sua condição de povo colonizado e intelectualmente dependente. Apenas a partir de 1950, com a tomada de consciência de nosso subdesenvolvimento, a literatura latino-americana apresenta novo rumo, tanto no campo ideológico como no campo estético. Quanto àquilo que um dia foi a matéria do nativismo exaltado temos, por exemplo, em Juan Rulfo, Mario Vargas Llosa e Guimarães Rosa a ultrapassagem dos cenários regionais e a completa superação da literatura documentarista. A consciência do subdesenvolvimento e o entendimento políticos dos motivos pelos quais a política internacional não priorizava o desenvolvimento cultural dos seus países colonizados fizeram com que os escritores abandonassem, de vez, o tom panfletário existente principalmente nos romances com cenários regionais. Importante ressaltar que a grande causa da mudança.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
O espaço em Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, e Pedro Páramo, de Juan Rulfo
Descrição: Em Grande sertão: veredas (1956), do escritor mineiro João Guimarães Rosa, e em Pedro Páramo (1955), do escritor mexicano Juan Rulfo, o espaço não pode ser entendido como um cenário estático de objetos ao redor porque o espaço das obras está em interação existencial com as personagens. Nos dois romances, o processo fabular está situado em ambiente regional, mas o que está em evidência é a trajetória existencial do homem. Ambos os autores utilizam a matéria regional para criar um mundo que, embora apoiado na realidade de determinada localidade, não se prende a ela. O propósito criador do autores não se preocupa com a concepção mimética da paisagem regional. O que ocupa primeiro plano é a visão de mundo remodelada pelos romancistas e, nessa visão, os elementos espaciais importam no momento em que se relacionam com o destino humano. Portanto, os objetos materiais revelam seu sentido e inteligibilidade no momento em que se integram aos propósitos das personagens. O espaço regional, que na estética romântica e realista servira a uma possível formação da identidade do homem latinoamericano por meio da exaltação do que é específico, ganha outras conformações. Nessas obras, os elementos contextuais, retirados, em sua maior parte, do sertão mineiro em Grande sertão: veredas, e do interior do estado mexicano de Jalisco, perdem sua função de apenas situar geográfica e socialmente a narrativa. A atitude criadora de Rosa e Rulfo evoca a seguinte observação de Antonio Candido no artigo "Literatura e subdesenvolvimento" sobre a ficção regional a partir de 1940 na América Latina: "as regiões se transfiguram e os seus contornos humanos se subvertem, levando os traços antes pitorescos a se descarnarem e adquirirem universalidade" (1979, p.361). No entanto, nesta declaração existe uma pergunta sem resposta: de que maneira as regiões adquirem universalidade? Em responder a esta pergunta consiste a hipótese que norteia a presente pesquisa, ou seja, a de que a realidade regional em Rosa.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
O ser e o mundo circundante: análise filosófico-ontológica de Uma apredizagem ou O livro dos prazeres, de Clarice Lispector, e Aparição, de Vergílio Ferreira
Descrição: A obra da escritora brasileira Clarice Lispector (1925-1977) e a produção literária do escritor português Vergílio Ferreira (1916-1996), iniciada a partir da publicação do romance Mudança, em 1969, apresentam semelhanças no que diz respeito tanto à exposição dos temas quanto ao processo de construção textual. As personagens principais rompem a crosta daquilo que, em sentido lato, pode-se denominar "hábitos sociais", ou seja, um conjunto de formas consuetudinárias de comportamento e compreensão humanas. As personagens de "Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres", de Clarice Lispector, e a personagem principal de "Aparição", de Vergílio Ferreira, são exemplos de indivíduos que se vêem na difícil condição de construtores de si mesmos. Trata-se de personagens que transcendem as circunstâncias mundanais fora de si e olham para suas próprias possibilidades ontológicas e, por isso, encontram-se eminentemente vigilantes e presentes ao mundo. Ambos os romances expõem a inquietação humana diante dos mistérios do existir e a insatisfação em face da relatividade e das limitações expressivas da palavra. O envolvimento amoroso presente nos dois romances constituem uma leve trama de ação romanesca que é secundária como interesse. A experiência amorosa de Lóri e Ulisses em "Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres", de Lispector, bem como os desententimentos afetivos entre Alberto e Sofia em "Aparição", de Ferreira, interessam à medida que servem como fio condutor das reflexões das personagens acerca de si, do outro, da dificuldade de comunicação. A tendência para o monólogo interior, a análise instrospectiva de fundo existencialista e o sentimento de amargura como resultados de uma culpa ancestral que se explica tão-somente pela presença do eu no mundo caracterizam os protagonistas dos romances de Clarice Lispector e Vergílio Ferreira. Assim sendo, é necessário delinear a identidade do homem que rompe as vinculações fáticas e se vê como o fundador de si e do mundo. Para tanto, no.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2014 - Atual
Do especismo à libertação animal
Descrição: O projeto de ensino intitulado ?Do especismo à libertação animal? tem como objetivo a conscientização das pessoas quanto ao fato de que os animais não humanos não são ?coisas? para serem usadas. Os participantes do projeto têm como objetivo construir estratégias para que os alunos de ensino fundamental e médio pensem sobre a relação do ser humano com o animal na cultura atual..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Evely Vânia Libanori - Coordenador.
2011 - 2012
Os animais não-humanos na cultura contemporânea
Descrição: O projeto visa estudar a relação entre os seres humanos e os animais na cultura contemporânea de modo a entender as raízes do especismo, ou seja, do entendimento de que a especie humana é superior a todas as outras espécies e pode fazer com elas o que quiser. Será estudada a corrente de pensamento chamada de "abolicionista animalista", que luta pela desanimalização dos hábitos culturaais. Peter Singer, Sônia T. Felipe e Gary Francione serão os principais filósofos a seres estudados..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (13) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Evely Vânia Libanori - Coordenador / Patrícia Lessa - Integrante / Luzia Marta Bellini - Integrante.


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Building the Way
2011 - Atual
Periódico: Building the Way
2009 - Atual
Periódico: La Oveja Negra


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2006
Distinção, louvor e indicação para publicação na defesa da tese, Unesp.
1996
Distinção e Louvor na defesa da dissertação, Unesp.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CHERPINSKI, A.2018CHERPINSKI, A. ; LIBANORI, E. V. . Ressonâncias onomatopeicas e interjetivas no episódio. MIGUILIM - REVISTA ELETRÔNICA DO NETLLI, v. 7, p. 457-467, 2018.

2.
TELES, M. A. H.2018TELES, M. A. H. ; LIBANORI, E. V. . Uma discussão sobre o ser e o ente em A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector. REVELL ? REVISTA DE ESTUDOS LITERÁRIOS DA UEMS, v. 1, p. 343-363, 2018.

3.
FASCINA, D. M.2016FASCINA, D. M. ; LIBANORI, E. V. . Ética animal e construção de identidades em Bicho, de Caetano Veloso. Estação Literária, v. 17, p. 1983-204, 2016.

4.
LIBANORI, E. V.2015LIBANORI, E. V.; AGUIAR, F. C. . Abordagens de letramento: o texto literário na sala de aula. Educação Literária e ensino de literatura, v. 27, p. 127-146-146, 2015.

5.
JARDIM, M. U.2014JARDIM, M. U. ; LIBANORI, E. V. . A Babel feliz: o prazer do texto em O ovo e a galinha, de Clarice Lispector. Revista Versalete, v. 2, p. 241-255, 2014.

6.
JARDIM, M. U.2014JARDIM, M. U. ; LIBANORI, E. V. . Os animais não humanos em Perto do coração selvagem. Rascunhos Culturais, v. 5, p. 113-126, 2014.

7.
LIBANORI, E. V.2013 LIBANORI, E. V.. A interação existencial entre seres humanos e animais no romance Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Acta Scientiarum. Language and Culture (Impresso), v. 35, p. 49, 2013.

8.
LIBANORI, E. V.2013LIBANORI, E. V.; JARDIM, M. U. . A representação animal em Clarice Lispector. Anais do ... Congresso Nacional de Linguagens em Interação, v. 4, p. 1, 2013.

9.
LIBANORI, E. V.2012LIBANORI, E. V.. O fim da inocência no ato de consumir leite. Educação e Cidadania, v. 14, p. 103, 2012.

10.
LIBANORI, E. V.2011LIBANORI, E. V.. Da terra mítica à terra infernal: o espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Leitura (UFAL), v. 2, p. 13-28, 2011.

11.
LIBANORI, E. V.2010LIBANORI, E. V.. Clarice Lispetor e Virgílio Ferreira: a existência problematizada. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences (Impresso) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1983-4675 Acta Scientiarum. Language and Culture (Impresso)), v. 32, p. 117-124, 2010.

12.
LIBANORI, E. V.2007LIBANORI, E. V.. O ser-para-a-morte em Ópera dos mortos, de Autran Dourado. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, v. 29, p. 23-30, 2007.

13.
LIBANORI, E. V.2005LIBANORI, E. V.. Os espaços sagrados em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Fragmentos (Florianópolis), v. 27, p. 47-56, 2005.

14.
LIBANORI, E. V.2004LIBANORI, E. V.; LOPES, L. . O mesmo e o outro: uma leitura dupla do conto '92', de Dalton Trevisan. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences (Impresso) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1983-4675 Acta Scientiarum. Language and Culture (Impresso)), v. 26, p. 195-2000, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FASCINA, D. M. ; LIBANORI, E. V. ; DENIS, L. ; TESSUTO, P. ; RODRIGUES, S. . Educação Vegana: perspectivas no ensino de direitos animais. 01. ed. São Paulo: FiloCzar, 2017.

2.
BRAGA, E. F. (Org.) ; LIBANORI, E. V. (Org.) ; DIOGO. R.M. (Org.) . Representação animal na Literatura. on. ed. , 2015.

3.
BRAGA, E. F. (Org.) ; LIBANORI, E. V. (Org.) ; DIOGO. R.M. (Org.) . Representação animal nos estudos literários. on. ed. , 2015.

4.
LIBANORI, E. V.. Representação Animal na Literatura: diálogos e reflexões literárias. 1. ed. , 2015.

5.
BRAGA, E. F. (Org.) ; LIBANORI, E. V. (Org.) ; DIOGO. R.M. (Org.) . Representação Animal: Perspectivas literárias de análise. on. ed. Oficina da Leitura, 2015.

6.
LIBANORI, E. V.. Nós, Animais. 1. ed. , 2014.

7.
LIBANORI, E. V.; Zolin, L. O. (Org.) . Estudos de ficção Brasileira. 17. ed. Maringa: Eduem, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
LIBANORI, E. V.; JARDIM, M. U. . Ética Animal em Clarice Lispector. Representação Animal na Literatura. oned.: , 2015, v. , p. 190-206.

2.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . O foco narrativo em A cartomante, de Machado de Assis. In: Manoel Messias Alves da Silva. (Org.). Outras Palavras: estudos sobre língua e literatura. Maringá: Departamento de Letras - Maringá, 2006, v. , p. 489-493.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . A Terceira Margem do Rio, de Guimarães Rosa: O domínio do imprevisivel. In: VIII Semana de Letras: Por entre os espaços das Letras, 2005, Jandaia do Sul. VIII Semana de Letras: Por entre os espaços das Letras, 2005.

2.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . Santa Evita, de Tomás Eloy Martinez: amor, estranho amor. In: XVI Cellip, 2004, Londrina. XIV Cellip, 2004.

3.
LIBANORI, E. V.. Pedro Páramo, de Juan Rulfo e Ópera dos mortos, de Autran Dourado: cenários regionais e universais. In: III Congresso de Literatura Hispanoamericana, 2004, Forianópolis. Congresso Trabalho Literatura Hispanoamericana, 2004.

4.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . O foco narrativo em A Cartomante, de Machado de Assis. In: Evento de Extensão, 2004, Maringá. Evento de Extensão, 2004.

5.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . Ressonancias do mito Penelope/Ulisses em conto Ave do paraiso, de Nélida Piñon. In: XIV Semana de Letras, 2003, Maringa. XIV Semana de Letras, 2003.

6.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . L´autoportrait, segundo Michel Beaujour en Água viva, de Clarice Lispector. In: Jornada de Estudos Franceses, 2003, Maringá. Jornada de Estudos Franceses, 2003.

7.
LIBANORI, E. V.. A solidão existencial em Uma noite em Curitiba, de C. Tezza. In: VI Semana de Letras, 2002, Jandaia do Sul. VI Semana de Letras.

8.
LIBANORI, E. V.. Agua viva, de C. Lispector: em busca da palavra genesíaca. In: III Seminário de Estudos sobre Linguagem e Sifnificação, 2002, Londrina. III Seminário de Estudos sobre Linguagem e Significação, 2002.

9.
LIBANORI, E. V.. A presença da morte na obra O general em seu labirinto, de G. García Márquez. In: II Congresso Brasileiro de Hispanistas, 2002, São Paulo. II Congresso Brasileiro de Hispanistas, 2002.

10.
LIBANORI, E. V.. Gil Vicente e o Auto da Alma: uma relação entre tempo e espaço. In: Semana de Letras, 2001, maringá. Semana de Letras, 2001.

11.
LIBANORI, E. V.. O amor e a mulher no lirismo de Camoes. In: Semana de Letras, 2001, Maringá. Semana de Letras.

12.
LIBANORI, E. V.. O mito de Helena e suas variantes. In: Cellip, 2000, campo mourao. Cellip, 2000.

13.
LIBANORI, E. V.. Memórias do carcere, de G. Ramos e Os ratos, de D. machado: semelhanças ideológicas. In: cellip, 2000, campo mourao. cellip, 2000.

14.
LIBANORI, E. V.. O papel do leitor em Os ratos, de Dyonélio Machado. In: cellip, 2000. cellip.

15.
LIBANORI, E. V.. A literatura e o leitor: breve percurso teórico. In: Outras palavras, 1999. semana de letras.

16.
LIBANORI, E. V.. O mito de Helena e suas variantes. In: Cellip, 1999. Semana de Letras.

17.
LIBANORI, E. V.. O tesouro, de Eça de Queirós: a interaçao texto-leitor. In: Outras palavras, 1999, Maringá. Outras Palavras, 1999.

18.
LIBANORI, E. V.. Os ratos e memórias do cárcere:uma leitura comparativa. In: cellip, 1999, campo mourao. cellip.

19.
LIBANORI, E. V.. A procura do ser: uma leitura da obra Água viva. In: Cellip, 1997, Maringá. Cellip, 1993.

20.
LIBANORI, E. V.. Uma leitura psicanalitico-lacaniana do conto Preciosidade, de Clarice Lispector. In: Cellip, 1997, Paranavaí. Cellip, 1993.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . A morte em "Azo de Almirante", de Guimarães Rosa e em "O velho demônio", de Pearl Buck. In: Evento de Extensão I Congresso Nacional de Linguagens em Interação, 2006, Maringá. Evento de Extensão I Congresso Nacional de Linguagens em Interação, 2006.

2.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . "Azo de Almirante": a morte como redenção do cabeça perpétua. In: IX Semana de Letras - A hora e a vez da Palavra, 2005, Jandaia do Sul. IX Semana de Letras - A hora e a vez da Palavra, 2005.

3.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . O Ex-centrismo em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. In: XVII Seminário do CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos e Literários do Paraná, 2005, Guarapuava. XVII Seminário do CELLIP - Centro de Estudos Lingüísticos e Literários do Paraná, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
LIBANORI, E. V.. Ecofeminismo animalista em Humana festa, de Regina Rheda. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
LIBANORI, E. V.. Literatura e ética animal no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
LIBANORI, E. V.. Literatura, Ecologia, Direitos Animais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
LIBANORI, E. V.. Crime, Pecado e Ética Animal no conto 'O professor de matemática', de Clarice Lispector. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ESCARMANHANI, C P D ; LIBANORI, E. V. . Ser humano também é animal: animalização em Clarice Lispector. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
LIBANORI, E. V.. Especismo e abolição animal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
LIBANORI, E. V.. Crime ou ato libertador em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
LIBANORI, E. V.. Abolicionismo animal na literatura: de Machado de Assis a Regina Rheda. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
LIBANORI, E. V.; FERREIRA, P. G. . Representação animal nos textos literários e nas práticas sociais: sobre ética animal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
LIBANORI, E. V.. Abolição animal em Clarice Lispector. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
LIBANORI, E. V.. A ética animal em Clarice Lispector. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
LIBANORI, E. V.. A ética animal em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
JARDIM, M. U. ; LIBANORI, E. V. . A carne sangrenta e a galinha ao molho pardo: o encontro entre animais humanos e não humanos em Clarice Lispector. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
LIBANORI, E. V.; FASCINA, D. M. . Animais humanos e não humanos e construção de identidades em A maça no escuro, de Clarice Lispector. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
LIBANORI, E. V.; FICHER, J. ; TRENTIN, K. . Clarice Lispector e o Ensino de Literatura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
LIBANORI, E. V.; MORETTI, J. . O fantástico em Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
LIBANORI, E. V.. Literatura e Ética Animal. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
LIBANORI, E. V.. A ética animal em Clarice Lispector. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
LIBANORI, E. V.. Espaço e Identidade em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
LIBANORI, E. V.. O caminho labiríntico para a morte em O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
LIBANORI, E. V.. A representação animal em Clarice Lispector. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
LIBANORI, E. V.. Silêncio e solidão em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
LIBANORI, E. V.. Discutindo o Curso de Letras UEM - Habilitação Português Única (mesa-redonda). 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
LIBANORI, E. V.; BELLINI, L. M. ; LESSA, Patrícia . Os animais na Literatura (Debatedora). 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
LIBANORI, E. V.. Os espaços de morte em Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
LIBANORI, E. V.. A inter-relação entre sujeito e natureza em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
LIBANORI, E. V.. Humanidade/animalidade em Clarice Lispector e Juan Rulfo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
LIBANORI, E. V.; Larissa Walter Tavares . Animais e vegetais em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
LIBANORI, E. V.; Luana Moscatto Orsini . O inseto e a epifania em Clarice em A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
LIBANORI, E. V.. 'Os bichos: seres essenciais em Clarice Lispector. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
LIBANORI, E. V.. A identidade existencial em Perto do coração selvagem de Clarice Lispector. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
LIBANORI, E. V.; FASCINA, D. M. . 'O existencialismo sartreano na obra de Clarice Lispector. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
LIBANORI, E. V.; Larissa Walter Tavares . O narrador em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
LIBANORI, E. V.; PAZINI, B. . O "ser para a morte" em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
LIBANORI, E. V.. A comunhão entre homem e terra: de Platão a Juan Rulfo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
LIBANORI, E. V.. Fogo e ar em Grande sertão: veredas, e Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
LIBANORI, E. V.. As multifaces de G.H. em A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
LIBANORI, E. V.. A inexplicável construção da morte em Saramago e Rulfo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
LIBANORI, E. V.; PAZINI, B. . Os símbolos em Guimarães Rosa e Juan Rulfo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
LIBANORI, E. V.. La brujaría em Pedro Páramo, de Juan Rulfo - Minicurso. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
LIBANORI, E. V.. O ser-para-a-morte em Ópera dos mortos, de Autran Dourado. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
LIBANORI, E. V.. A maldição da múmia em Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . A morte em Azo de almirante, de Guimarães Rosa e em O velho demônio, de Pearl Buck. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
LIBANORI, E. V.. A morte em "Azo de Almirante", de Guimarães Rosa e em "O velho demônio", de Pearl Buck. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . O ex-centrismo em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . Azo de almirante: a morte como redenção do cabeça perpétua. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

47.
LIBANORI, E. V.. Pedro Páramo, de Juan Rulfo e Ópera dos mortos, de Autran Dourado: cenários regionais e universais. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

48.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . A terceira margem do rio, de Guimarães Rosa: o domínio do imprevisível. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

49.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . O foco narrativo em A cartomante, de Machado de Assis. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

50.
CARVALHO, Cleiry de Oliveira ; LIBANORI, E. V. . Ressonancias do mito Penelope/Ulisses no conto Ave de paraiso, de Nélida Pinõn. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

51.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . L'autoportrait, segundo Michel Beaujour em Água Viva, de Clarice Lispector. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

52.
LIBANORI, E. V.; CARVALHO, Cleiry de Oliveira . Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez: amor, estranho amor. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

53.
LIBANORI, E. V.. A presença da morte na obra O general em seu labirinto, de G. García Márquez. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

54.
LIBANORI, E. V.. Água viva, de Clarice Lispector: em busca da palavra genesíaca. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
LIBANORI, E. V.. A solidão existencial em Uma noite em Curitiba, de Cristovao Tezza. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

56.
LIBANORI, E. V.. O amor e a mulher no lirismo de Camões. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
LIBANORI, E. V.. Gil Vicente e o Auto da Alma: uma relação entre tempo e espaço. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

58.
LIBANORI, E. V.. O papel do leitor em Os ratos, de Dyonelio Machado. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

59.
LIBANORI, E. V.. O erotismo em Manuel Bandeira. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
LIBANORI, E. V.. Os ratos e Memórias do cárcerce, uma leitura comparativa. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

61.
LIBANORI, E. V.. O tesouro, de Eça de Queirós: a interação texto-leitor. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

62.
LIBANORI, E. V.. O mito de Helena e suas variantes. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

63.
LIBANORI, E. V.. A literatura e o leitor: breve percurso teórico. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

64.
LIBANORI, E. V.. Uma leitura psicanalítico-lacaniana do conto Preciosidade, de Clarice Lispector. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

65.
LIBANORI, E. V.. A procura do ser: uma leitura da obra Água Vida. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
LIBANORI, E. V.. Apresentação de Critical Animal Studies, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
KANNO, M. ; LIBANORI, E. V. . Apresentação de Os animais também contam. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
LIBANORI, E. V.. Apresentação de Acertos. São José, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
LIBANORI, E. V.. Parecer técnico para a revista Building the way: revista do curso de Letras da UEG/Itapuranga.. 2012.

2.
LIBANORI, E. V.. Parecer técnico na revista REF. 2011.

3.
LIBANORI, E. V.. Parecer técnico em artigo científico da revista Acta Scientiarum. 2010.

4.
LIBANORI, E. V.. Parecer técnico na revista Urutágua. 2009.

5.
LIBANORI, E. V.. Parecer técnico em artigo científico da revista Acta Scientiarum. 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
LIBANORI, E. V.. Animais e nós. Sobre ética e poética animal na Literatura. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
LIBANORI, E. V.. Simpósio 'Os espaços naturais no texto literário' no I Conaele - Congresso Nacional de Educação Ambiental e V JIOP - Jornada Interartes Outras Palavras. 2013. (Coordenação de simpósio).

3.
LIBANORI, E. V.. Mesa redonda intitulada: Literatura, Ecofeminismo e Ecosofia. 2013. (Mediadora de mesa-redonda).

4.
LIBANORI, E. V.. I Conaele - Congresso Nacional de Educação Ambiental e V JIOP - Jornada Interartes Outras Palavras. 2013. (Chefe da comissão organizadora do I Conaele).

5.
LIBANORI, E. V.. Literatura e filosofia - Curso de formação continuada para os professores PDE. 2012. .

6.
LIBANORI, E. V.. O ensino de Literatura nas escolas p[ublicas. 2011. (Participa;'ao em mesa-redondsa).

7.
LIBANORI, E. V.. A narrativa machadiana. 2011. (Palestra).

8.
LIBANORI, E. V.. IX Epelpe - Encontro de Profissionais do Ensino de Lingua Portuguesa e Estrangeira. 2010. (Membro da comissão organizadora do IX Epelpe - Encontro de Profis. do Ensino de Ling. Port. e Estr.).

9.
LIBANORI, E. V.. III CELLI - Colóquio de Estudos Linguisticos e Literários. 2007. (Coordenadora de sessão de comunicaçãoes).

10.
LIBANORI, E. V.. XVI Encontro Anual de Iniciação Científica. 2007. (Coordenadora de sessão de apresentação de trabalhos).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, M. C.; LIBANORI, E. V.; Maria Heloisa Martins Dias. Participação em banca de Estela Pereira dos Santos. Manifestações da violência: um estudo comparativo entre Não verás país nenhum, de Ignácio de Loyola Brandão, e Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

2.
MONTEIRO, K. C.; LEITE, E. R.; ALMEIDA, M. A.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Maurício de Paula Kanno. Ética abolicionista nos mangás de Maurício de Sousa: estética e história da arte revisitadas. 2018. Dissertação (Mestrado em Estética e História da Arte) - Universidade de São Paulo.

3.
TOFALINI, L. A. B.; BOTOSO, A.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Ibrahim Alisson Yamakawa. Aprender a rezar na era da técnica: as formas do silêncio e os silêncios da forma. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
ZAPPONE, M.; LIBANORI, E. V.; MOLINA, A.. Participação em banca de Jackson José Pagani. Práticas de letramento de adolescentes em situação de fragilidade econômica e a leitura de textos ficcionais. 2017.

5.
LIBANORI, E. V.; BOTOSO, A.; TOFALINI, L. A. B.. Participação em banca de Ivana de Vilane de Freitas Barankievicz. O ser-com-o-ouro, a solidão e a morte em A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
LIBANORI, E. V.; BRAGA, E. F.; TOFALINI, L. A. B.. Participação em banca de Alessandra Aparecida de Carvalho. Bruxaria em Clarice Lispector. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

7.
Zolin, L. O.; LIBANORI, E. V.; TEIXEIRA, Nincia Cecilia Ribas Borges. Participação em banca de Adrielle dos Santos Bergamasco. Mulheres por mulheres: A representação do amor, do corpo e da sexualidade nas identidades femininas da coleção Amores extremos - Ed. Record. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
LIBANORI, E. V.; TOFALINI, L. A. B.; FERRAZ, Salma. Participação em banca de Bruno Alexandre Matsushita. Uma tal aleluia: o Neopaganismo em Água viva, de Clarice Lispector. 2016 - Universidade Estadual de Maringá.

9.
Clarice Zamonaro Corteza; LIBANORI, E. V.; Maria Natália Ferreira Gomes Timóteo. Participação em banca de Juliana Marcella Pereira Angeli. Consonâncias e dissonâncias na representação do espaço citadino em poemas de Charles Baudelaire e Cesário Verde. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

10.
Clarice Zamonaro Corteza; LIBANORI, E. V.; Maria Natália Ferreira Gomes Timóteo. Participação em banca de Aline Carla Dalmutt. A paisagem de Lisboa na infância de Pessoa: Da "Minha Infância ao pé do rio" à infância. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

11.
TOFALINI, L. A. B.; LIBANORI, E. V.; SILVA, T. M.. Participação em banca de Fernanda Tonholi Sasso Curanishi. Silêncio: pedra angular de Os pobres, de Raul Brandão. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

12.
Marisa Corrêa Silva; LIBANORI, E. V.; Maria Heloisa Martins Dias. Participação em banca de Thays Pretti de Sousa. Do mundo simbólico ao Inferno do Real, e volta: uma análise de A paixão seguno G.H.. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

13.
MARTHA, A. A. P.; LIBANORI, E. V.; AGUIAR, V. T.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Olga Ozaí da Silva. Miniconto: uma nova proposta para a literatura juvenil Exame de qualificação de Mestrado. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

14.
SILVA, M. C.; LIBANORI, E. V.; TREVIZAN, Z.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Diego Luiz Miiler Fascina. Da semente da maçâ ao silêncio da estrela: o percurso do narrar e da linguagem na obra de Clarice Lispector. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

15.
MARTHA, A. A. P.; LIBANORI, E. V.; AGUIAR, V. T.. Participação em banca de Olga Ozaí da Silva. Miniconto: Uma nova proposta para a Literatura Juvenil. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

16.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Fabiana dos Santos Zanquetta. A representação da mulher na ficção de autoria feminina paranaense: Pompília Lopes dos santos (1900-1993). 2011. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

17.
ESTEVES, A. R.; LIBANORI, E. V.; MARETTI, M. L.L. Participação em banca de Gracielle Marques. Geografias do drama humano: leituras do espaço em São Bernardo, de Graciliano Ramos. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Teses de doutorado
1.
SILVA, M. C.; FLORY, A. V.; LIBANORI, E. V.; SA, J. B.; BAZZANELLA, S. L.. Participação em banca de Diego Luiz Miiller Fascina. No umbigo de um furacão e no peito um gavião: Cazuza ao som do materialismo lacaniano. 2018. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

Qualificações de Doutorado
1.
LIBANORI, E. V.; SILVA, M. C.; BOTOSO, A.. Participação em banca de Marco Antonio Hruschka Telles. A via crucis do ser para a morte em A paixão segundo G. H., de Clarice Lispector. 2017.

Qualificações de Mestrado
1.
TOFALINI, L. A. B.; LIBANORI, E. V.; BOTOSO, A.. Participação em banca de Ingrid Gryszak Moreira. Os sentidos dos silêncios em A hora da estrela, de Clarice Lispector. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

2.
ZAPPONE, M.; MOLINA, A.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Jackson José Pagani. Leitura literária e relações de poder: problemas e desafios de leitura com alunos do ensino médio de uma escola pública. 2017.

3.
BORA, Z.; FELDMAN, A.; LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Michelle Cerqueira Cesar Tambosi. Perspectivas ecofeministas em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2017.

4.
LIBANORI, E. V.; TOFALINI, L. A. B.; BRAGA, E. F.. Participação em banca de Alessandra Regina de Carvalho. Bruxaria em Água viva, de Clarice Lispector. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

5.
Zolin, L. O.; LIBANORI, E. V.; TEIXEIRA, Nincia Cecilia Ribas Borges. Participação em banca de Adrielle dos Santos Bergamasco. Mulheres por mulheres: a representação do amor, do corpo e da sexualidade nas identidades femininas da coleção Amores Extremos - Ed. Record. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
LIBANORI, E. V.; TOFALINI, L. A. B.; FERRAZ, Salma. Participação em banca de Bruno Alexandre Matsushita. Uma tal aleluia: O neopaganismo em Água viva, de Clarice Lispector. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

7.
Clarice Zamonaro Corteza; LIBANORI, E. V.; Maria Natália Ferreira Gomes Timóteo. Participação em banca de Aline Carla Dalmutt. A paisagem de Lisboa na infância de Pessoa: Da "Minha Infância ao pé do rio" à infância. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
LIBANORI, E. V.; SILVA, T. M.. Participação em banca de Fernanda Tonholi Sasso Curanishi. Silêncio: Pedra Angular de Os pobres, de Raul Brandão. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
LIBANORI, E. V.; BELLINI, L. M.; BOTOSO, A.. Participação em banca de Ivana Vilane de Freitas Barankievicz. A solidão e a morte em A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

10.
TOFALINI, L. A. B.; LIBANORI, E. V.; GALINDO, C.S.O.. Participação em banca de Alyson Carlos dos Santos. Transfigurações de perfis femininos: a metamorfose nos contos machadianos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

11.
Marisa Corrêa Silva; LIBANORI, E. V.; Lúcia Helena. Participação em banca de Diego Luiz Miller Fascina. Da semente da maçã ao silêncio de uma estrela: narrador obsessivo e escrita histérica em Clarice Lispector. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

12.
Marisa Corrêa Silva; LIBANORI, E. V.; Maria Heloisa Martins Dias. Participação em banca de Thays Pretti de Sousa. Do mundo simbólico ao inferno do real, e volta: uma análise de A paixão segundo G.H. pelo viés do materialismo lacaniano. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

13.
Zolin, L. O.; LIBANORI, E. V.; SOARES, Marky Catarina. Participação em banca de Fabiana dos Santos Zanquetta. A representação da mulher na ficção de autoria paranaense: Pompília Lopes de Sousa. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá.

14.
ESTEVES, A. R.; LIBANORI, E. V.; MARETTI, M. L.L. Participação em banca de Gracielle Marques. Geografias do drama humano: leituras do espaço em São Bernardo, de Graciliano Ramos. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Devalcir Leonardo. Uma leitura filosófica do romance A caverna, de José Saramago: na (des)construção do labirinto da modernidade. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

2.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Regina Lúcia Pereira Silvestrini. Do desengano do sonho da vida: Sóror Mariana e Sóror Violante do Céu: uma leitura da intertextualidade. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

3.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Alzeni Sales Pontes Gandolfo. A representação feminina em "O pardal é um pássaro azul". 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

4.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Roberto Carraro. O reino encantado de Monteiro Lobato segundo a Marquesa de Rabicó, em Memórias de Emília. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

5.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Roberto Carraro. O reino encantado de Monteiro Lobato segundo a Marquesa de Rabicó em Memórias de Emilia. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Vera Beatriz Medeiros Berto de Oliveira. Os contos de fada e o leitor da era multimídia: a recepção dos contos de fadas por crianças entre oite e onze anos. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

7.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Gislaine Cristina Fransózio. A literatura infanto-juvenil e a formação do leitor. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

8.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Airton Donizete de Oliveira. Um estudo sobre o programa "O diário na escola" - desenvolvido em estabelecimentos de ensino da região noroeste do Paraná. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Célia da Silva Oliveira. A produção de narrativas escolares. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

10.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Leliana Aparecida Mendes. Análise da prova de Literatura Brasileira do Vestibular da Universidade Estadual de Maringá. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

11.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Sidneia da Silva. A estética recepcional no ensino da poesia aplicada ao ensino fundamental. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

12.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Iara Cristina Ribeiro. Aprendendo poesia por meio de exercícios lúdicos e jogos e técnicas teatrais. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

13.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Loide Nascimento de Souza. Renovação das fábulas de Monteiro Lobato. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

14.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Lucia Helena Camargo. Um estudo com alunos e professores de 5ª a 8ª séries sobre o hábito da leitura e o seu incentivo. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

15.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Maria Auxiliadora de Barros. A rejeição e o resgate da poesia no ensino médio. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

16.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Terezinha Ivanilde Esposto. As funções da poesia como formadoras do senso estético e humanístico do homem. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.

17.
LIBANORI, E. V.. Participação em banca de Alessandra Valéria Brondani. Amigos secretos: uma viagem intertextual. 1999. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LIBANORI, E. V.; BARROS, Luizete; SILVA, Odair Luiz Nadim. Concurso público para seleção de professor não-titular da FECEA - Faculdade Estadual de Ciencias econômicas de Apucarana - Departamento de Economia - FECEA - Apucarana. 2012. Faculdade Estadual de Ciências econômicas de Apucarana.

2.
LIBANORI, E. V.; SIMON, L. C. S.; SILVA, M. L. E.. Banca de seleção de professor não titular para a área de Teoria da Literatura e Literaturas de Língua Portuguesa. 2010. Universidade Estadual de Maringá.

3.
LIBANORI, E. V.; SILVA, M. L. E.; SILVA, M. C.. Banca Examinadora do 21º Concurso Público para Docentes na UNIOESTE de Marechal Cândido Rondon. 2001. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

4.
LIBANORI, E. V.; MARTA, A. A. P.; HOLMES, M.. Banca para admissão de professor no Ensino Superior. 1998. Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Outras participações
1.
LIBANORI, E. V.. Processo Seletivo - Mestrado e Doutorado. 2015. Universidade Estadual de Maringá.

2.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de Redação do Concurso Vestibular de Verão 2013. 2013. Universidade Estadual de Maringá.

3.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de redação do concurso vestibular de verão 2012. 2012. Universidade Estadual de Maringá.

4.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de Redação do Processo de Avaliação Seriada - PAS/UEM 2010. 2011. Universidade Estadual de Maringá.

5.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de Redação do processo de Avaliação Seriada - PAS/UEM 2011. 2011. Universidade Estadual de Maringá.

6.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de Redação do Concurso Vestibular de Verão 2010. 2010. Universidade Estadual de Maringá.

7.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova de Redação do Concurso Vestibular de Inverno 2010. 2010. Universidade Estadual de Maringá.

8.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular EAD/2009. 2009. Universidade Estadual de Maringá.

9.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação de Redação do Concurso Vestibular EAD 2/2009. 2009. Universidade Estadual de Maringá.

10.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno. 2009. Universidade Estadual de Maringá.

11.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração da Prova de Literaturas em Língua Portuguesa do Concurso Vestibular de Verão. 2009. Universidade Estadual de Maringá.

12.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração das Questões de Literaturas em Língua Portuguesado Concurso Vestibular de Educação a Distancia 2/2009. 2009. Universidade Estadual de Maringá.

13.
LIBANORI, E. V.. Banca para analisar processo de ascensão de nível da docente Eliana Alves Greco. 2009.

14.
LIBANORI, E. V.. Banca para a implantação da Habilitação Espanhol. 2009.

15.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular EAD/2008. 2008. Universidade Estadual de Maringá.

16.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da redação do concurso vestibular de Inverno 2008. 2008. Universidade Estadual de Maringá.

17.
LIBANORI, E. V.. Banca de Terceira Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno. 2008. Universidade Estadual de Maringá.

18.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Verão. 2008. Universidade Estadual de Maringá.

19.
LIBANORI, E. V.. Banca para a proposta de equivalência dos componentes curriculares. 2008.

20.
LIBANORI, E. V.. Banca para estudo sobre a ênfase na habilitação de Letras/Portugues e Literaturas correspondentes. 2008.

21.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova discursiva de Literatura em Língua Portuguesa do Concurso vestibular de verão 2007. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

22.
LIBANORI, E. V.. Banca para seleção de monitor da disciplina Teoria Literária. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

23.
LIBANORI, E. V.. Banca do concurso de seleção de monitor da disciplina Literatura Portuguesa. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

24.
LIBANORI, E. V.. Banca do concurso de seleção de monitor da disciplina Prática de Leitura do texto literário. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

25.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova discursiva de Literatura do Concurso Vestibular de Inverno 2007. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

26.
LIBANORI, E. V.. Banca do concurso de seleção de monitor da disciplina Literatura Brasileira I-B. 2007. Universidade Estadual de Maringá.

27.
LIBANORI, E. V.. Banca para ascensão de nível da docente Claudia Valeria Dona Hila. 2006. Universidade Estadual de Maringá.

28.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da prova discursiva de Literatura do Concurso Vestibular de Verão de 2006. 2006. Universidade Estadual de Maringá.

29.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Verão/2001. 2001. Universidade Estadual de Maringá.

30.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno/2001. 2001. Universidade Estadual de Maringá.

31.
LIBANORI, E. V.. Banca de Revisão de Prova, instituida pelo Edital nº 007/2001-CVU. 2001. Universidade Estadual de Maringá.

32.
LIBANORI, E. V.. Banca para analisar processo de ascensão de nível do prof. Juliano Desiderato Antonio. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

33.
LIBANORI, E. V.. Banca para seleção de monitoria da disciplina Literatura Brasileira I. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

34.
LIBANORI, E. V.. Banca para seleção de monitoria da disciplina Teoria da Literatura. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

35.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Verão/2000. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

36.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular Especial de Verão/2000. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

37.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração de Questões da prova de Literatura Brasileira do Concurso Vestibular de Verão/2000. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

38.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração de Questões da prova de Literatura Brasileira do Concurso Vestibular Especial de Verão/2000. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

39.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração de Questões da prova de Literatura Brasileira do Concurso Vestibular de Inverno/2000. 2000. Universidade Estadual de Maringá.

40.
LIBANORI, E. V.. Banca de análise de Pré-Projeto e Entrevista, no processo de seleção de candidatos ao Curso de Especialização em Literatura e Ensino - turma II. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

41.
LIBANORI, E. V.. Banca para aplicação da Prova escrita, no processo de seleção de candidatos ao Curso de Especialização em Literatura e Ensino - turma II. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

42.
LIBANORI, E. V.. Banca de correção da prova escrita, no processo de seleção de candidatos ao Curso de Especialização em Literatura e Ensino - turma II. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

43.
LIBANORI, E. V.. Banca para o concurso de seleção de monitoria da disciplina Introdução aos Estudos Literários. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

44.
LIBANORI, E. V.. Banca para seleção de monitoria da disciplina Teoria Literária. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

45.
LIBANORI, E. V.. Banca para o concurso de seleção de monitoria da disciplina Literatura Brasileira I-A. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

46.
LIBANORI, E. V.. Membro da Comissão Julgadora do Concurso de Contos e Poesias da XII Semana de Letras da Uem. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

47.
LIBANORI, E. V.. Coordenadora de sessões de comunicações no evento de extensão Outras Palavras - XII Semana de Letras. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

48.
LIBANORI, E. V.. Membro da Comissão Julgadora do Concurso de Contos e Poesias da XII Semana de Letras da Uem. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

49.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Verão/99. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

50.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno/99. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

51.
LIBANORI, E. V.. Banca de Elaboração de Questões da prova de Literatura Brasileira do Concurso Vestibular de Inverno/99. 1999. Universidade Estadual de Maringá.

52.
LIBANORI, E. V.. Banca de concruso para seleção de monitores da disciplina Teoria Literária. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

53.
LIBANORI, E. V.. Membro da comissão organizadora do Evento de Extensão "Outras Palavras - XI Semana de Letras. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

54.
LIBANORI, E. V.. Banca de Concurso de Poesias no Evento de Extensão "Outras Palavras - XI Semana de Letras. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

55.
LIBANORI, E. V.. Participação da Comissão Julgadora do 1º Concurso de Poesias da UEM. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

56.
LIBANORI, E. V.. Participação da Comissão Julgadora do 1º Concurso de Poesias da UEM. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

57.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de 1998. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

58.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno/98. 1998. Universidade Estadual de Maringá.

59.
LIBANORI, E. V.. Membro da Comissão Eleitoral para eleição de Vice-coordenador do Colegiado do Curso de Graduação em Letras. 1997. Universidade Estadual de Maringá.

60.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de 1997. 1997. Universidade Estadual de Maringá.

61.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de Inverno/97. 1997. Universidade Estadual de Maringá.

62.
LIBANORI, E. V.. Banca de Avaliação da Redação do Concurso Vestibular de 1996. 1996. Universidade Estadual de Maringá.

63.
LIBANORI, E. V.. Banca de avaliação da Redação do Concurso Vestibular de 1994, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. 1994. Universidade Estadual de Maringá.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
X Colóquio de Estudos Literários: Diálogos e Perspecitvas.Humanidade e animalidade em A cidade sitiada, de Clarice Lispector. 2017. (Outra).

2.
4. CIELLI - Colóqui Internacional de Estudos Linguísticos e Literários. Crime ou ato libertador em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2016. (Congresso).

3.
Anima Filosofia e Estudos Animais.Especismo e abolição animal. 2016. (Simpósio).

4.
Congresso Internacional de Leitura e Literatura Infantil e Juvenil da Rede Paranaense de Leitura. Coordenadora de Simpósio: Representação de animais na literatura infantil e juvenil. 2016. (Congresso).

5.
Congresso Internacional de Leitura e Literatura Infantil e Juvenil da Rede Paranaense de Leitura.Representação de animais na literatura infantil e juvenil. 2016. (Simpósio).

6.
III Congresso Internacional de Literatura e Ecocrítica. Abolicionismo animal na Literatura: de Machado de Assis a Regina Rheda. 2016. (Congresso).

7.
Ética Animal e Literratura.Ética Animal e Literatura. 2015. (Seminário).

8.
I Seminário de educação vegana abolicionista.Educação vegana na Literatura. 2015. (Seminário).

9.
I Seminário sobre Representação Animal na Literatura."Em defesa dos animais não humanos" (mesa redonda). 2015. (Seminário).

10.
I I Seminário Internacional de Língua, Literatura e Processos culturais.A ética animal em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2014. (Simpósio).

11.
VIII Colóquio de Estudos Literários: Diálogos e Perspectivas.A carne sangrenta e a galinha ao molho pardo: o encontro entre animais humanos e não humanos em Clarice Lispector. 2014. (Outra).

12.
IV CONALI - Congresso Nacional de Linguagens em interação. A representação animal em Clarice Lispector. 2013. (Congresso).

13.
IV CONALI - Congresso Nacional de Linguagens em interação. O caminho labiríntico para a morte em O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez. 2013. (Congresso).

14.
IX ERIC - Encontro Regional de Iniciação Científica.Silêncio e solidão em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2013. (Encontro).

15.
15a. Jornada Internacional de estudos linguisticos e literários. Os bichos: seres esenciais em Clarice Lispector. 2012. (Congresso).

16.
2ª JIED-Jornada Internacional de Estudos do Discurso e 1º EIID-Encontro Internacional da Imagem em Discurso. Os animais em Clarice Lispector e Juan Rulfo. 2012. (Congresso).

17.
2º CIELLI-Colóquio Internacional de Estudos Linguisticos e Literários. Animais e vegetais em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2012. (Congresso).

18.
4a. JIOP - Jornada Interartes Outras Palavras.Euclides da Cunha, precursor do jornalismo literário. 2012. (Outra).

19.
Encontro Nacional dos Direitos Animais. 2012. (Encontro).

20.
Semana de Estudos Integrados (IX - Semana de Pedagogia / IX Semana de Matemática e XXIII SELL-Semana de Estudos Linguisticos e Literários).A identidade existencial em Perto do coração selvagem, de Clarice Lispector. 2012. (Outra).

21.
XI Seminário de Estudos Literários. O narrador em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2012. (Congresso).

22.
I Congresso Internacional de Pesquisa em Letras no Contexto Latino-Americano e X Seminário Nacional de Literatura, História e Memória. A comunhão entre homem e terra: de Platão a Juan Rulfo. 2011. (Congresso).

23.
III CONALI - Congresso Nacional de Linguagens em Interação. Fogo e ar em Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, e Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2011. (Congresso).

24.
Música, Literaturas e Identidades na 3ª JIOP - Jornada Interartes Outras Palavras.O "ser com o outro em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2011. (Simpósio).

25.
XX Seminário do Centro de Estudos Linguisticos e Literários do Paraná - CELLIP.As multifaces de G.H. em A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector. 2011. (Seminário).

26.
Colóquio Internacional de Estudos Linguisticos e Literários. A inexplicável construção da morte em Saramago e Rulfo. 2010. (Congresso).

27.
VI Congresso Brasileiro de Hispanistas. Os Animais em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2010. (Congresso).

28.
VI ERIC - Encontro Regional de Iniciação Científica.O fluxo de consciência em Clarice Lispector. 2010. (Encontro).

29.
VII EPELPE - Encontro de Profissionais do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira da UEM.O espaço escolar e a formação dos professores. 2009. (Encontro).

30.
VII EPELPE - Encontro de Profissionais do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira da UEM.Uma proposta para ensinar Gregório de Matos aos adolescentes. 2009. (Encontro).

31.
II CONALI - Congresso Nacional de Linguagens em Interação. Uma aprendizagem ou o Livro dos prazeres, de Clarice Lispector e Aparição, de Vergílio Ferreira: a existência problematizada. 2008. (Congresso).

32.
I Mostra de Pesquisa, Ensino e Extensão do DLE.A morte em Pedro Párama, de Juan Rulfo. 2008. (Outra).

33.
Recursos Audiovisuais em sala de aula: a televisão pendrive. 2008. (Outra).

34.
V Ongresso Brasileiro de Hispanistas / I Congresso Internacional da ABH. Pedro Páramo, de Juan Rulfo: Espaços de solidão. 2008. (Congresso).

35.
DLE: 40 anos de graduação e pós-graduação. 2007. (Outra).

36.
I Encontro Cientifico do CCH - As ciências humanas e as políticas públicas na pós-modernidade. 2007. (Outra).

37.
V SPLE - Seminário de pesquisa em Letras.Debatedora de mesa redonda: Projeto - de trocando olhares à charneca em flor - uma leitura da natureza em Florbela Espanca. 2007. (Seminário).

38.
I CONALI - Congresso Nacional de Linguagens em Interação. A morte em "Azo de Almirante",de Guimarãesa Rosa e em "O velho demônio", de pealr Buck. 2006. (Congresso).

39.
III CELLI - Colóquio de Estudos Linguisticos e Literários.O ser-para-a-morte em Ópera dos mortos, de Autran Dourado. 2006. (Outra).

40.
Sempre um papo com o poeta Fabricio Carpinejar.Sempre um papo. 2006. (Encontro).

41.
II Congresso Brasileiro de Hispanistas. II Congresso Brasileiro de Hispanistas. 2002. (Congresso).

42.
III Seminário de Estudos sobre Linguagem e Significação.III Seminário de Estudo sobre Linguagem e Significação. 2002. (Seminário).

43.
VI Semana de Letras.VI Semana de Letras. 2002. (Encontro).

44.
XIII Semana de Letras.XIII Semana de Letras. 2001. (Encontro).

45.
XIV CELLIP.XIV CELLIP. 2000. (Seminário).

46.
VII Jornada de Estudos Franceses.VII Jornada de Estudos Franceses. 1999. (Encontro).

47.
XIII Seminário do CELLIP.XIII Seminário do CELLIP. 1999. (Seminário).

48.
XII Semana de Letras.XII Semana de Letras. 1999. (Encontro).

49.
XI Semana de Letras.XI Semana de Letras. 1998. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Marco Antonio Teles Hruscha. Humanidade e religiosidade em A paixão segundo G.H, de Clarice Lispector e O evangelho segundo Jesus Cristo, de José Saramago. Início: 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

2.
Michelle Cerqueira Cesar Tambosi. Ética Animal em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

3.
Alessandra Carvalho. A bruxaria em Clarice Lispector. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

4.
Bruno Matshusita. Neo-paganismo em Clarice Lispector. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

5.
Maiara Usai Jardim. Os animais na produção literária de Clarice Lispector. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
Ivana Barankievcz. A morte em Clarice Lispector. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

7.
Larissa Walter Tavares. A construção do espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Início: 2011. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Valéria Campos. Má fé e culpa em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Início: 2016. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

2.
Rosiani Cristina de Souza. Representação do cachorro em Clarice Lispector. Início: 2016. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Camila Beatriz Teixeira de Arruda. Os animais não humanos na Literatura. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Fundação Araucária. (Orientador).

2.
Lilian de Oliveira. A identidade humana em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. Início: 2015. Iniciação científica (Graduando em Abi - Letras Inglês) - Universidade Estadual de Maringá. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Bruno Alexandre Matsushita. Elementos do neopaganismo e da ecoespiritualidade em Água Viva, de Clarice Lispector. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Evely Vânia Libanori.

2.
Alessandra Regina de Carvalho. Bruxaria em Água viva, de Clarice Lispector. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Evely Vânia Libanori.

3.
Ivana de Freitas Barankievcz. O ser com-o-outro, a solidão e a morte em A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector. 2016. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Evely Vânia Libanori.

4.
Maiara Usai Jardim. Sobre baratas, cães, galinhas e macacos: um estudo dos animais em Clarice Lispector. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Evely Vânia Libanori.

5.
Larissa Walter Tavares. A Inter-relação entre o ser humano e o espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Evely Vânia Libanori.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Gislaine Regina Camargo. O leitor e o texto literário. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

2.
Hiandra Boschini Macedo. A colaboração interpretativa em A fada que tinha idéias, de Fernanda Lopes de Almeida. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

3.
Marcinéia Rosangela Pedra. O cobrador, de Rubens Fonseca: o papel do leitor. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

4.
Suely Gerardeli Ortiz. Noite na taverna, de A. de Azevedo: o texto literário na sala de aula. 2001. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Lietratura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

5.
Maria Zeli Silva. O texto infantil e sua recepção. 1999. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

6.
Roseli Mendonça. A hora da estrela, de Clarice Lispector: o universo existencial e o universo social. 1999. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

7.
Valda Suely da Silva. O enfermeiro de Almas agradecidas, de Machado de Assis: uma visão sobre o papel do leitor. 1999. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Michele Mitsuy Tangi. A morte em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Francês) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

2.
Rosely de Faria Mendes. Contação de histórias para crianças em idade pré-escolar. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

3.
Maria Aparecida Obino. O amor e o medo em "Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres", de Clarice Lispector.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

4.
Ademar dos Santos. A morte em Cruz e Sousa. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

5.
Roberto Yamada. A denúncia social nos contos em Machado de Assis. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Literatura e Ensino) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

Iniciação científica
1.
Lilian Cezar de Oliveira. A identidade humana em A maçã no escuro, de Clarice Lispector. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Letras - Inglês) - Universidade Estadual de Maringá, Fundação Araucária. Orientador: Evely Vânia Libanori.

2.
Rayssa Almeida Gaspar. A ética animal em Clarice Lispector. 2014. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

3.
Jéssica Baía Moretti. Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez: as faces de Eva Peron. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Letras) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Evely Vânia Libanori.

4.
Camila Pinheiro Delgado Escarmanini. O caminho labiríntico para a morte em O general em seu labirinto, de Gabriel García-Márquez. 2012. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

5.
Maiara Usai Jardim. As multifaces de G.H. em A paixão segundo G. H., de Clarice Lispector. 2011. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

6.
Larissa Walter Tavares. Animais e vegetais em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. 2010. Iniciação Científica - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.

Orientações de outra natureza
1.
Maria Silvani Zavatini. Amados e desprezados: os animais e os usos humanos (PDE-Plano de Desenvolvimento Educacional). 2012. Orientação de outra natureza. (Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Estadual de Maringá, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel. Orientador: Evely Vânia Libanori.

2.
Maria Teresa Serabion. Combatendo o racismo e o especismo por meio da Literatura (PDE-Plano de Desenvolvimento Educacional). 2012. Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Evely Vânia Libanori.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
LIBANORI, E. V.2011LIBANORI, E. V.. Da terra mítica à terra infernal: o espaço em Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Leitura (UFAL), v. 2, p. 13-28, 2011.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 6:39:37