Soelge Mendes da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8354384606852114
  • Última atualização do currículo em 18/10/2013


Possui graduação em Educação Especial,Hab. Ed. de Surdos pela UFSM,especialista em TILS(Tradução e Interpretação de Língua de Sinais -Libras/Português) .Tem experiência na área de educação, equoterapia, com ênfase em interpretação de Libras, atuando principalmente nos seguintes temas: educação de surdos, tradução e interpretação em língua de sinais/ português. Atualmente é mestranda em Estudos da Tradução na PGET-UFSC e professora na área de tradução e interpretação no IFSC-Campus Palhoça Bilíngue. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Soelge Mendes da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, Soelge Mendes da

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IFSC Campus Palhoça Bilíngue.
Campus Palhoça Bilíngue, João Pereira dos Santos nº 305
Ponte do Imaruim
88130-475 - Palhoca, SC - Brasil
Telefone: (48) 0000000
Ramal: 0000
Fax: (48) 0000000


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2010
Especialização em Trad. e Intérprete de Língua de Sinais/Português. (Carga Horária: 360h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IF/SC, Brasil.
Título: Interpretação simultânea: limites e casos de intraduzibilidade..
Orientador: Uéslei Paterno.
2001 - 2001
Especialização em Psicopedagogia. (Carga Horária: 450h).
Faculdades Integradas do Vale do Ribeira.
1995 - 1999
Graduação em Educação Especial.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2008
Laboratório de Prática de Interpretação Libras-Por. (Carga horária: 45h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IF/SC, Brasil.
2006 - 2006
PROLIBRAS-Exame Nacional Certificação na LIBRAS.
MEC/INEP-UFSC.
2005 - 2005
Extensão universitária em Libras:quebrando barreiras- Nível avançado. (Carga horária: 150h).
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
2005 - 2005
Curso Dirigido de Diretrizes pedagógicas e Adminis. (Carga horária: 24h).
Secretaria de Estado da Educação do Paraná - Núcleo R. de Educação Maringá.
2003 - 2003
Intérprete de Língua Brasileira de Sinais. (Carga horária: 80h).
Secretaria de Estado da Educação.
2003 - 2003
Intérprete de Libras Língua Portuguesa. (Carga horária: 80h).
Centro de Treinamento do Magistério do Paraná.
2003 - 2003
Comunicação,língua e costumes na comunidadee surda. (Carga horária: 30h).
Ministério da Educação.
2003 - 2003
O processo de interpretação em língua de Sinais. (Carga horária: 60h).
Ministério da Educação.
2003 - 2003
Tradução Línguística:fundamentos semântico-pragmát. (Carga horária: 30h).
Ministério da Educação.
2002 - 2002
Dança Especial para Surdos e Professores de Alunos. (Carga horária: 35h).
Prefeitura Municipal de Cascavel.
2002 - 2002
Deficiência Auditiva. (Carga horária: 12h).
Prefeitura Municipal de Cascavel.
2002 - 2002
Prova Para Intérprete de Libras Língua Brasileira.
Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos.
2001 - 2001
Básico de Escrita de Língua de Sinais. (Carga horária: 24h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2001 - 2001
Planejamento Organização Curricular. (Carga horária: 32h).
Prefeitura Municipal de Chapecó.
1998 - 1998
Extensão universitária em Atividades de Apoio Pedagógico. (Carga horária: 62h).
Escola Estadual de 1º Grau Incompleto Dr Antônio Xavier da Rocha.
1998 - 1998
Clown. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
1997 - 1997
Estudos de Supl em Leitura Dinâmica, Memorização. (Carga horária: 15h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial.
1997 - 1997
Windows 95. (Carga horária: 30h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial.
1996 - 1997
Língua Brasileira de Sinais. (Carga horária: 155h).
Associação dos Surdos de Santa Maria.
1992 - 1992
Datilografia Básica. (Carga horária: 110h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial.
1991 - 1992
Programador Clipper. (Carga horária: 30h).
Data Control.
1991 - 1991
Programador Basic. (Carga horária: 30h).
Data Control.
1991 - 1991
Programador Dbase III Plus. (Carga horária: 30h).
Data Control.
1990 - 1990
Operador PC. (Carga horária: 30h).
Data Control.


Atuação Profissional



Prefeitura Municipal de Chapecó, XXX, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: , Carga horária: 40

Atividades

4/2000 - 9/2001
Ensino,

Disciplinas ministradas
Educação de surdos, com educação de jovens e adultos

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IF/SC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Profª do Ensino Básico Téc. e Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto-Intérprete de Libras, Carga horária: 40
Outras informações
Atuei como intérprete d Libras/port. em cursos de mestrado e doutorado bem com em outras atividades em que estejam presentes alunos e/ou professoressurdos da UFSC.


Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora/intérprete de Libras, Carga horária: 18


Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Acadêmica, Carga horária: 6


Governo do Estado do Paraná, GOVERNO/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Prof nível 1, Carga horária: 20

Atividades

04/2006 - Atual
Serviços técnicos especializados , Secretaria de Educação Especial, .

Serviço realizado
Intérprete de Língua de Sinais - LIBRAS/Português.

Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: CLT, Enquadramento Funcional: Técnico - Intérprete de Libras, Carga horária: 20


Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Tupancireta, XXX, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: , Carga horária: 20

Atividades

8/1999 - 12/1999
Ensino,

Disciplinas ministradas
Educadora especial - habilitação deficientes da audiocomunicação


Projetos de pesquisa


2001 - Atual
Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação de Surdos
Descrição: O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação de Surdos (NEPES) investiga as perspectivas educacionais políticas e culturais no processo de construção de uma educação bilíngue (Libras/Português). No período de 1991 a 2000, enfatizou-se o desenvolvimento de pesquisa-ação com estudantes surdos em cursos técnicos de diferentes formações e modalidades do Campus São José. No período de 2001 a 2004, deu-se a implantação de projetos inéditos de cursos bilíngues na modalidade de Educação de Jovens e Adultos Surdos e de Ensino Médio. A partir de 2007 ocorreu o processo de implantação do Campus Palhoça Bilíngue, consequência das ações interligadas de ensino, pesquisa e extensão em educação de surdos, com interfaces com o NEPES. Desde então, o núcleo está atuando com pesquisas relacionadas aos itinerários formativos do campus: multimídia e formação de profissionais bilíngues..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2002 - 2004
Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
1997 - 1998
Reabilitação e reeducação a portadores de necessidades especiais através da equoterapia
Descrição: Acadêmicos de diversos cursos que realizam sessões de equitação para fazer o atendimento multidisciplinar com cada aluno. Dentre eles, crianças e adolescentes com paralisia cerebral, sindrome de Down e surdos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: PORTUGUÊS/ LIBRAS(LÍNGUA DE SINAIS DO BRASIL).
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
3.
Grande área: Ciências Humanas.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação.


Idiomas


Outros
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente.
Libras
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
NICOLOSO, S. ; SILVA, Soelge Mendes da . Lendo Sinalizações em Libras: Onde está o Sujeito?. Lendo Sinalizações em Libras: Onde está o Sujeito?. 2ed.Petrópolis: Arara Azul, 2008, v. 4, p. 78-110.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SILVA, Soelge Mendes da. Pioneirismo em intérprete para surdos. O Paraná Educação, p. 3 - 3, 08 nov. 2002.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Soelge Mendes da. Comunicação Oral. In: I Congresso Brasileiro de Educação Especial, I Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial e IX Ciclo de Estudos Sobre Deficiência Mental, 2003, São Carlos/SP, 2003.

2.
SILVA, Soelge Mendes da; ALCÂNTARA, Loraine ; ROSSETTO, Elisabeth . O intérprete de libras na Unioeste. In: VII Seminário Nacional do Ines, 2002, Rio de Janeiro/RJ. Anais do congresso. Rio de Janeiro/RJ: Sindicato Nacional de Livros, 2002. v. único. p. 151-153.

3.
SILVA, Soelge Mendes da. Equoterapia para portadores de necessidades educativas especiais. In: I Congresso Internacional de Educação e VI Jornada Nacional de Educação da FAFRA, 1998, Santa Maria/RS, 1998. p. 71-71.

4.
SILVA, Soelge Mendes da. Reabilitação e reeducação de portadores de necessidades especiais através da equoterapia. In: Seminário repensando a educação especial, 1998, Santa Maria/RS, 1998.


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVA, Soelge Mendes da. Interpretação em Libras em banca de defesa de Mariana de Lima Isaac Leandro Campos. 2008.


Demais tipos de produção técnica
1.
SILVA, Soelge Mendes da. Curso de Libras Básico Nível I. 2009. (Atuação como intérprete de lLibras).

2.
SILVA, Soelge Mendes da; BIDARRA, Jroge . A informática aplicada ao desenvolvimento de software para deficientes auditivos. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
SILVA, Soelge Mendes da. Fundamentos históricos e escolarização dos surdos. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SILVA, Soelge Mendes da. Módulo de educação e surdez. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
SILVA, Soelge Mendes da. Básico de língua de sinais. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
SILVA, Soelge Mendes da. A Escola Fundamental e a Formação de Professores:Perspectivas e Alternativas. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Demais trabalhos
1.
SILVA, Soelge Mendes da. Intérprete português/Libras. 2003 (Intérprete) .

2.
SILVA, Soelge Mendes da. Intérprete de 06 candidatos deficientes audivisuais durante a realização da junta médica. 2001 (Intérprete) .

3.
SILVA, Soelge Mendes da. Intérprete de 03 candidatos deficientes auditivos, durante a realização do teste psicotécnico. 2001 (Intérprete) .

4.
SILVA, Soelge Mendes da. Intérprete em consulta do deficiente Olmiro Barbosa. 2001 (Intérprete) .

5.
SILVA, Soelge Mendes da. Intérprete de 06 candidato deficientes auditivos em teste psicotécnico. 2001 (Intérprete) .

6.
SILVA, Soelge Mendes da. Idônea para atuar como intérprete da língua brasileira de sinais - Avaliada pelo instrutor Clóvis Batista de Souza. 2000 (Intérprete) .



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
workshop "Performance Assessment". 2008. (Outra).

2.
9ºCongresso Internacional de aspectos Teóricos das Pesquisas nas Línguas de Sinais. 2006. (Congresso).

3.
XI Conferência Regional de Educação:"Educação e Luta de Classe". 2006. (Outra).

4.
1º Ciclo de debates da Unioeste. 2004. (Outra).

5.
Curso de capacitação"Desenvolvimento das Pessoas nas Organizações".Pessoas com deficiência: Conhecer para não discriminar. 2004. (Outra).

6.
Encontro:comunidade surda e Língua Brasileira de Sinais. 2003. (Encontro).

7.
Encontro: comunidade surda e língua brasileira de sinais. 2003. (Encontro).

8.
I Congresso Brasileiro de Educação Especial, I Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial e IX Ciclo de Estudos Sobre Deficiência Mental. Oficina de educação de surdos no ensino superior. 2003. (Congresso).

9.
I Congresso Brasileiro de Educação Especial, I Encontro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial e IX Ciclo de Estudos Sobre Deficiência Mental. 2003. (Congresso).

10.
Oficina compacta III de treinamento para intérpretes da linguagem de sinais. 2003. (Oficina).

11.
Seminário acessibilidade para todos.Seminário acessibilidade para todos. 2003. (Seminário).

12.
Seminário nacional estado e políticas sociais no Brasil. 2003. (Seminário).

13.
Seminário os desafios da educação pública na sociedade brasileira.Seminário os desafios da educação pública na sociedade brasileira. 2003. (Seminário).

14.
VIII Conferência de Educação.VIII Conferência de Educação. 2003. (Outra).

15.
V Seminário de prática de ensino.V Seminário de prática de ensino. 2003. (Seminário).

16.
XVI Semana de Educação. 2003. (Oficina).

17.
XVI Semana de Educação.Oficina o trabalho com a reflexão linguistica gramatical na escola. 2003. (Oficina).

18.
3º Seminário de educação - a leitura.3º Seminário de educação - a leitura. 2002. (Seminário).

19.
I Congresso internacional do ines e do VII seminário nacional do ines - surdez e pós-modernidade: novos rumos para a educção brasileira. I Congresso internacional do ines e do VII seminário nacional do ines - surdez e pós-modernidade: novos rumos para a educação brasileira. 2002. (Congresso).

20.
I Jornada de estudos em bilinguismo.I Jornada de estudos em bilinguismo . 2002. (Outra).

21.
I Oficina para intérpretes de língua de sinais. 2002. (Outra).

22.
I Seminário de teoria e prática educacional: em debate o marxismo.I Seminário de teoria e prática educacional: em debate o marxismo. 2002. (Seminário).

23.
IV Seminário de prática de ensino.IV Seminário de prática de ensino. 2002. (Seminário).

24.
Língua portuguesa para surdos.Encontro sobre avaliação diferenciada em língua portuguesa para alunos surdos. 2002. (Encontro).

25.
Seminário de jovens e adultos.Seminário de jovens e adultos. 2002. (Seminário).

26.
Seminário de regulamentação dos procedimentos de ingresso e permanência de pessoas com necessidades especiais na Unioeste.Seminário de regulamentação dos procedimentos de ingresso e permanência de pessoas com necessidades especiais na Unioeste. 2002. (Seminário).

27.
VII Conferência de educação. VII Conferência de educação. 2002. (Congresso).

28.
1º Seminário estadual de língua de sinais. 2001. (Seminário).

29.
III Seminário de educação para surdos. 2001. (Seminário).

30.
II Seminário de educação para surdos. 2000. (Seminário).

31.
I seminário nacional de educação popular.I Seminário nacional de educação popular. 2000. (Seminário).

32.
I Seminário regional de estudos da cultura e língua do surdo.I Seminário regional de estudos da cultura e língua do surdo. 2000. (Seminário).

33.
Seminário promoção da igualdade de opurtunidades no trabalho 0 implementação da convenção nº 111 da OIT.Seminário promoção da igualdade de oportunidades no trabalho - implementação da convenção nº 111 da OIT. 2000. (Seminário).

34.
V Congresso latino americano de educação bilíngue para surdos. V Congresso latino americano de educação bilíngue para surdos. 1999. (Congresso).

35.
Educação especial: aspectos relevantes no contexto atual.Educação especial: aspectos relevantes no contexto atual. 1998. (Seminário).

36.
I Congresso internacional de educação e VI Jornada nacional de educação da fafra. I Congresso internacional de educação e VI Jornada nacional de educação da fafra: as perspectivas e os desafios da educação no século XXI. 1998. (Congresso).

37.
II Congresso brasileiro sobre educação especial. II Congresso brasileiro sobre educação especial. 1998. (Congresso).

38.
II Congresso internacional de educação infantil do mercosul. II Congresso internacional de educação infantil do mercosul. 1998. (Congresso).

39.
II Congresso internacional multidisciplinar sobre aprendizagem. 1998. (Congresso).

40.
Oficina I e II de treinamento para intérpretes da libras. 1998. (Oficina).

41.
Repensando a Educação Especial.Reabilitação e reeducação de portadores de necessidades especiais através da equoterapia. 1998. (Seminário).

42.
1ª Seminário temas em educação especial.1ª Seminário temas em educação especial. 1997. (Seminário).

43.
Cirança e psiquiatria biológica.Criança e psiquiatria biológica - II Jornada brasileira e II Jronada gaucha de stress, câncer e imunidade. 1997. (Outra).

44.
I seminário internacional da região sul: desafios da educação da amárica latina para o novo milênio.I Seminário internacional da região sul: desafios da educação da américa latina para o novo milênio. 1997. (Seminário).

45.
Palestra - Escola inclusiva: desafio de todo o educador.Palestra - Escola inclusiva: desafio de todo o educador. 1997. (Outra).

46.
Seminário desafios e possibilidades na educação bilingue para surdos. 1997. (Seminário).

47.
Seminário nacional de educação especial - o desafio da diferença.Seminário nacional de educação especial - o desafio da diferença. 1997. (Seminário).

48.
XII Encontro internacional de audiologia.XII Encontro internacional de audiologia. 1997. (Encontro).

49.
2º Encontro internacional para estudas da criança.2º Encontro internacional para estuda da criança. 1996. (Encontro).

50.
4º Circuito conesul de educação física e pedagogia.4º Circuito conesul de educação física e pedagogia. 1996. (Outra).

51.
Conversa de Mulher.Conversa de Mulher. 1996. (Outra).

52.
II Congresso internacional de atividades físicas do mercosul. II Congresso internacional de atividades físicas do mercosul. 1996. (Congresso).

53.
II Seminario nacional de educação bilingue para surdos e I Encontro do mercosul de educação de surdos.II Seminario nacional de educação bilingue para surdos e I Encontro do mercosul de educação de surdos. 1996. (Seminário).

54.
1º Encontro internacional de estudos do desenvolvimento da criança.1º Encontro internacional de estudos do desenvolvimento da criança. 1995. (Encontro).

55.
II Encontro sul-brasileiro sobre brinquedoteca.II Encontro Sul-Brasileiro sobre Brinquedoteca. 1995. (Encontro).

56.
III NEPES.III Seminário do NEPES. 1995. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SILVA, Soelge Mendes da. II Seminário de educação Especial"Educação Inclusiva:Concepções,Perspertivas e Desafios". 2005. (Outro).

2.
SILVA, Soelge Mendes da. Princípios para a Educação Especial e a Formação de Professores na Perspectiva da Inclusão. 2004. (Outro).

3.
SILVA, Soelge Mendes da. Oficina de educação para surdos. 2003. (Outro).

4.
SILVA, Soelge Mendes da. I Relato da prática de ensino da escola de 1º grau. 1998. (Outro).



Outras informações relevantes


Atuei como intérprete no exame PROLIBRAS em 2007 que ocorreu nos dias 7, 9, 10 e 11 de outubro na UFSC e também no PROLIBRAS 2008 na mesma instituição, no período de  28 a 30 de setembro  e de 1 a 2 de outubro.Apresento atestados da Coperve-UFSC como documento comprobatório.Cursei como aluna especial a disciplina LIN4002-063 S.E. ministrada pela profa. Dra. Ronice  Muller de Quadros no período de 2008/1, obtendo conceito A no PPGL da UFSC. Atuei como intérprete em seis bancas de defesa de mestrado e doutorado realizadas pelo PPGE nos últimos dois anos na UFSC.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 24:54:35