Gleicy Mailly da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3330760974469768
  • Última atualização do currículo em 27/08/2018


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), com bacharelado e licenciatura em Sociologia; mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) com pesquisa vinculada à linha de Religiões no Mundo Contemporâneo; e doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP) com pesquisa que enfoca a análise de circuitos econômicos e culturais realizados por empreendedoras negras na cidade de São Paulo. Em 2015, realizou estágio na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), em Paris. Desde 2012 está vinculada ao Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença (NUMAS/USP), no qual atua sob a linha de pesquisa: "Antropologia das Populações Afro-Brasileiras". Atualmente, seus interesses enfocam a relação entre feminismos negros, economia da cultura e experiências cosmopolitas na construção de novos imaginários, formas de sociabilidade e espaços reivindicativos no mundo urbano contemporâneo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gleicy Mailly da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, Gleicy;SILVA, Gleicy Mailly da


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Ciência Social (Antropologia Social).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales (Orientador: Emmanuelle Lallement).
Título: Empreendimentos Sociais,Negócios Culturais: Uma etnografia das relações entre economia e política a partir da Feira Preta em São Paulo, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Laura Moutinho.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Relações Raciais; cultura negra; Empreendedorismo; Consumo; Mobilidade social; Feminismos Negros.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Marcadores Sociais da Diferença.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Economia.
2007 - 2010
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Caminhando pelas Ruas, Batendo de Porta em Porta: Dinâmica Religiosa e Experiência Social entre Testemunhas de Jeová no Campo Religioso Brasileiro,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Ronaldo Rômulo Machado de Almeida.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Experiência Religiosa; Testemunhas de Jeová; Sociabilidade.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.
2005 - 2006
Graduação em Ciências Sociais (Licenciatura em Sociologia).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2001 - 2005
Graduação em Ciências Sociais (Bacharelado em Sociologia).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: As políticas públicas de promoção dos Direitos Humanos e a parceria com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha.
Orientador: Luís Antônio Francisco de Souza.




Formação Complementar


2013 - 2013
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - Preparação Pedagógica. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2012 - 2012
Introdução aos Estudos de África. (Carga horária: 36h).
Centro de Estudos Africanos - FFLCH/USP, CEA, Brasil.
2012 - 2012
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - Preparação Pedagógica. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2006 - 2007
Informática. (Carga horária: 72h).
Microlins, MICROLINS, Brasil.
2005 - 2005
Francês. (Carga horária: 90h).
Cultura Francesa Idioma, CF, Brasil.
1996 - 2000
Inglês.
CNA, CNA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença (NUMAS) é um grupo de estudos vinculado ao Departamento de Antropologia da Universidade de São Paulo (USP) que integra alunos da iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado, junto a um corpo docente, com o objetivo de fomentar um intenso diálogo entre as diferentes pesquisas dentro de uma mesma linha temática que articula gênero, sexualidade, raça e etnia.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio supervisionado à docência-Assistente, Carga horária: 6
Outras informações
Realização de estágio docente, tendo exercido atividades didáticas na disciplina FLA 101 "Introdução às Ciências Sociais (Antropologia)" aos alunos de graduação do departamento de Ciências Sociais da Universidade de São Paulo (USP), sob supervisão da professora Drª Laura Moutinho

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio supervisionado à docência-Assistente, Carga horária: 6
Outras informações
Realização de estágio docente, tendo exercido atividades didáticas, sob supervisão do professor Dr. Vagner Gonçalves da Silva, na disciplina FLA0337 "Do Afro ao Brasileiro: Religião e Cultura Nacional", oferecida aos alunos da graduação em Ciências Sociais da Universidade de São Paulo (USP)

Atividades

03/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Linhas de pesquisa
Antropologia Urbana
03/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

03/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Estudante de Mestrado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto de Pesquisa: Caminhando pelas Ruas, Batendo de Porta em Porta: Dinâmica Religiosa e Experiência Social entre Testemunhas de Jeová no Campo Religioso Brasileiro

Atividades

03/2007 - 03/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, .


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2006
Vínculo: Estudante de Graduação, Enquadramento Funcional: Estudante, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Trabalho de Conclusão de Curso: As políticas públicas de promoção dos Direitos Humanos e a parceria com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha


Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio de pesquisa no Exterior (BEPE), Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação como estagiária de pesquisa, contemplada pela Bolsa de Estágio à Pesquisa no Exterior (BEPE) da FAPESP, para a realização de estágio de um ano letivo na École Des Hautes Études En Sciences Sociales de Paris, sob supervisão da Professora Drª Emanuelle Lallement.


Colégio Vidal, VIDAL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professora Ensino Fundamental, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 8
Outras informações
Atuação como professora nas disciplinas de Sociologia e Filosofia para alunos do ensino fundamental do colégio Vidal


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação como bolsista de doutorado em regime de dedicação exclusiva da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiáriaria/pesquisadora no exterior, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação como estagiária de pesquisa, contemplada pela Bolsa de Estágio à Pesquisa no Exterior (BEPE) da FAPESP, para a realização de estágio de um ano letivo na École Des Hautes Études En Sciences Sociales de Paris, sob supervisão da Professora Drª Emanuelle Lallement.



Linhas de pesquisa


1.
Antropologia Urbana

Objetivo: Estudo de grupos e instituições sociais, processos culturais e dinâmicas espacial no contexto urbano contemporâneo..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Sociabilidade; Consumo; Cidade; Mobilidades.
2.
Antropologia das Populações Afro-Brasileiras

Objetivo: Compreensão dos processos socioculturais das populações negras no Brasil, com especial atenção para as relações raciais, as religiões afro-brasileiras, os estudos de identidade étnica; as análises do processo colonial e das suas transformações.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: África; cultura negra; Racismo; Feminismos Negros; Identidade; Mobilidades.
3.
Marcadores Sociais da Diferença

Objetivo: Estudos que focalizam a produção social da diferença por meio da articulação de categorias de ?raça, gênero, sexo, idade e classe, tanto do ponto de vista da configuração de sistemas de classificação social, como de corpos e identidades coletivas..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Relações Raciais; Desigualdade Social; Relações de Gênero; Feminismos Negros.
4.
Religiões no Mundo Contemporâneo

Objetivo: Estudo dos sistemas e práticas religiosas em suas diversas dimensões como a institucional, ritual, mitológica. Análise das denominações que compõem o variado campo religioso brasileiro. catolicismo, religiões afro-brasileiras, pentecostalismo entre outras..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: Experiência Religiosa; Pregação; Testemunhas de Jeová, hierarquia e sociabilidade.; Sociabilidade.


Projetos de pesquisa


2012 - 2016
Empreendimentos Sociais/Negócios Culturais: Uma Análise Etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo
Descrição: O presente projeto tem como foco a análise das interações sociais que se estabelecem em torno do evento Feira Preta, que ocorre uma vez ao ano na cidade de São Paulo. A Feira tem como objetivo promover atividades de cultura e comércio entendidos como específicos da comunidade negra. Mais especificamente, há alguns traços distintivos que nos interessa focar: sua associação a um conjunto de institutos culturais; parcerias com a iniciativa privada; sua influência junto a políticas públicas de ação afirmativa, que têm sido ampliadas principalmente na última década; a construção de um contexto não apenas de fomento a projetos ligados a certa perspectiva dos conceitos de ?cultura? e ?identidade?, mas também, e fundamentalmente, de manutenção de circuitos econômicos de geração de renda e emprego, orientados pela retórica identitária e, em particular, pelo recorte étnico-racial. Para tanto, pretendemos levar em conta as conexões e as formas de sociabilidade que se estabelecem entre os organizadores, os parceiros e os participantes da feira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Gleicy Mailly da Silva - Integrante / Laura Moutinho - Coordenador.
2007 - 2010
Caminhando pelas Ruas, Batendo de Porta em Porta: Dinâmica Religiosa e Experiência Social entre Testemunhas de Jeová no Campo Religioso Brasileiro
Descrição: As Testemunhas de Jeová, representadas juridicamente pela Sociedade Torre de Vigia, se formaram nos Estados Unidos, em 1870, à luz de movimentos protestantes fundamentalistas que emergiram no mesmo período, e se consolidaram a partir de uma doutrina rigorosa, fortemente restritiva. Esta pesquisa busca compreender, considerando a dinâmica interna deste grupo, o que faz com que ele se mantenha coeso numa comunidade aparentemente tão restritiva no contexto do campo religioso brasileiro, cuja característica, como inúmeras análises vêm demonstrando, é a intensa flexibilidade entre doutrinas e práticas religiosas. Ao analisar e dar visibilidade aos meios dos quais lançaram mão para crescerem, se organizarem, se expandirem e se manterem no campo religioso, fica evidente a tensão entre mobilidade e radicalidade. Desse modo, termos redutores como ?fundamentalismo? e ?proselitismo? são colocados em perspectiva, considerando importantes dimensões de conflito que, por fim, inserem as Testemunhas de Jeová nesta dinâmica. É a capacidade de conviverem, rivalizarem, cooptarem, reinventando suas crenças e práticas quando necessário, que torna o grupo flexível de um modo bastante particular, ainda que pareça rígido, onde as mudanças tornam-se recursos importantes para manterem suas crenças e distinção em meio às transformações pelas quais tem passado o campo religioso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gleicy Mailly da Silva - Coordenador / Ronaldo Almeida - Integrante.
2003 - 2004
As políticas públicas de promoção dos Direitos Humanos e a parceria com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha
Descrição: O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) pode ser considerado uma das organizações mais importantes de ajuda humanitária internacional do século XX. Esta pesquisa buscou compreender de que forma o CICV tem prestado auxílio ao Brasil, levando em conta as particularidades políticas, econômicas, sociais e culturais deste país. Para uma análise de alguns dos principais problemas atualmente enfrentados pela sociedade brasileira, no que diz respeito à violência policial, buscamos compreender de que forma os trabalhos do CICV foram penetrando o território brasileiro, verificando em que medida os projetos com respeito à região têm sido propostos, a fim de caracterizarmos as estratégias das ações do CICV no Brasil. Pretendemos, portanto, fazer uma discussão acerca da representação social dos Direitos Humanos no Brasil e ao CICV como organização internacional envolvida nas políticas governamentais em defesa da democracia brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gleicy Mailly da Silva - Coordenador / Luis Antonio Francisco de Souza - Integrante.


Membro de corpo editorial


2013 - 2015
Periódico: Espaço Novos Debates
2012 - 2013
Periódico: Revista Cadernos de Campo


Revisor de periódico


2012 - 2012
Periódico: Revista Conexões Parciais
2014 - 2014
Periódico: CADERNOS DE CAMPO (USP)
2017 - 2017
Periódico: PROA: Revista de Antropologia e Arte


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Marcadores Sociais da Diferença.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Economia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia do Consumo.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:2
Total de citações:4
SILVA, Gleicy Mailly da  Data: 27/08/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, Gleicy2018 SILVA, Gleicy. Cultura negra e empreendedorismo: sensibilidades políticas a reivindicações econômicas e o engajamento através do mercado. ANUÁRIO ANTROPOLÓGICO, v. 43, p. 11-36, 2018.

2.
SILVA, Gleicy2015 SILVA, Gleicy; FERREIRA, V. K. . Novas perspectivas para as publicações acadêmicas em Ciências Sociais no século XXI: transformações sociais, digitais e epistemológicas. Pensata ? Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNIFESP, v. 4, p. 23-31, 2015.

3.
SILVA, Gleicy2015SILVA, Gleicy; ADERALDO, G. . Entre direito e compaixão: dilemas sociais contemporâneos. NOVOS DEBATES - FÓRUM DE DEBATES EM ANTROPOLOGIA, v. 2, p. 153-158, 2015.

4.
SILVA, Gleicy2014SILVA, Gleicy; ADERALDO, G. . O problema: apresentação da seção Fórum. NOVOS DEBATES - FÓRUM DE DEBATES EM ANTROPOLOGIA, v. 1, p. 48-51, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Gleicy. Empreendimentos sociais\negócios culturais: uma análise etnográfica da Feira Preta na Cidade de São Paulo. In: Seminário 'A pesquisa sobre África na FFLCH-USP' (CEA), 2013, São Paulo. A PESQUISA SOBRE ÁFRICA EM ANTROPOLOGIA, 2013.

2.
SILVA, Gleicy. O Lugar da Pregação: Considerações acerca da Dimensão Subjetiva Presente na Experiência Religiosa. In: XIV Jornadas sobre Alternativas religiosas en Amércia Latina, 2007, Buenos Aires. XIV Jornadas sobre Alternativas religiosas en Amércia Latina - CD Rom, 2007.

3.
SILVA, Gleicy. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e sua ação humanitária no Brasil. In: XI Jornada de Iniciação Científica da Universidade Estadual Paulista, 2004, Marília/SP. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e sua ação humanitária no Brasil, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, Gleicy. Mulheres Negras em Movimento: Experiência estética e mercado como espaços de enunciação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SILVA, Gleicy. Dinâmicas econômicas e sensibilidades estéticas/políticas insurgentes: uma análise etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SILVA, Gleicy. Mercado, política e cultura: reflexões sobre trajetórias de empreendedoras negras em São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SILVA, Gleicy. Entre 'cultura negra' e empreendedorismo: Notas etnográficas sobre uma trajetória. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
SILVA, Gleicy. Produção cultural, mercado e sororidade: decodificando novos contornos do ativismo político entre mulheres negras. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
SILVA, Gleicy. Empreendimentos Sociais e Negócios Culturais: Uma Análise Etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
SILVA, Gleicy. Projeto de Pesquisa - Empreendimentos Sociais/Negócios Culturais: Uma Análise Etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SILVA, Gleicy. Notas sobre a Dinâmica da Experiência Religiosa das Testemunhas de Jeová: Construindo um ?Saber? sobre o Mundo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
SILVA, Gleicy. O Lugar da Pregação: considerações acerca da dimensão subjetiva presente na experiência religiosa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SILVA, Gleicy. As políticas públicas de promoção dos Direitos Humanos e a parceria com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SILVA, Gleicy; ADERALDO, G. . A rua, a saúde, a política: algumas definições sobre a ?população em situação de rua? e suas trajetórias em São Paulo, 2015. (Tradução/Artigo).

2.
SILVA, Gleicy; LOPES, P. . Compaixão e Repressão: A Economia Moral das Políticas de Imigração na França. American Anthropological Association, 2015. (Tradução/Artigo).

3.
SILVA, Gleicy. FERREIRA, Francirosy Campos Barbosa (org.). Olhares Femininos sobre o Islã: etnografias, metodologias e imagens, São Paulo, Aderaldo & Rothschild Editores Ltda., 2010, 287 pp.. São Paulo: USP, 2012 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SILVA, Gleicy. Parecer de artigo científico (Revista de Antropologia e Arte - PROA). 2017.

2.
SILVA, Gleicy. Parecer de artigo científico (Revista de Antropologia e Arte - PROA). 2017.

3.
SILVA, Gleicy. Parecer de artigo científico (Revista Cadernos de Campo USP). 2014.

4.
SILVA, Gleicy. Parecer de artigo científico (Revista Conexões Parciais). 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SILVA, Gleicy. Proibição fortalece evento anual destinado à cultura afro-brasileira em SP. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SILVA, Gleicy. Resistência ao racismo fortalece o Instituto Feira Preta em SP. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SILVA, Gleicy. 3º Relatório parcial Fapesp. 2016. (Relatório de pesquisa).

2.
SILVA, Gleicy. 2º Relatório parcial Fapesp. 2015. (Relatório de pesquisa).

3.
SILVA, Gleicy. 1º Relatório parcial Fapesp. 2014. (Relatório de pesquisa).

4.
SILVA, Gleicy. Relatório técnico anual CNPq. 2013. (Relatório de pesquisa).



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SILVA, Gleicy. Programa VAI - Valorização de Iniciativas Culturais. 2017. Secretaria Municipal de Cultura.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciclo Feminismos Contemporâneos #1 Pluralidades (Unicamp).Mulheres Negras em Movimento: Experiência estética e mercado como espaços de enunciação. 2018. (Encontro).

2.
40º Encontro anual da Anpocs.Mercado, política e cultura: reflexões sobre trajetórias de empreendedoras negras em São Paulo. 2016. (Encontro).

3.
Seminário FESPSP 2016: Cidades Conectadas.Debatedora do GT13 -Relações raciais e étnicas na América Latina: Identidades e enfrentamentos. 2016. (Seminário).

4.
VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia (APA). Dinâmicas econômicas e sensibilidades estéticas/políticas insurgentes: uma análise etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo. 2016. (Congresso).

5.
6ª Conférence Européenne d?Études Africaines - ECAS. 2015. (Congresso).

6.
XII Congresso Luso-Afro-Brasileiro. Entre. 2015. (Congresso).

7.
XI RAM ? Reunión de Antropología del Mercosur. Produção cultural, mercado e sororidade: decodificando novos contornos do ativismo político entre mulheres negras. 2015. (Congresso).

8.
50 anos A integração do negro na sociedade de classes de Florestan Fernandes. 2014. (Encontro).

9.
7º Festival Latinidades. 2014. (Encontro).

10.
III ENUMAS. 2014. (Encontro).

11.
II Oficina de Estudos Urbanos. 2014. (Oficina).

12.
Sexta do Mês - Trabalho Sexual: entre a conquista de direitos e o processo de vitimização. 2014. (Encontro).

13.
A pesquisa sobre África na FFLCH/USP - CEA.Pesquisa na Antropologia: Uma análise etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo. 2013. (Seminário).

14.
O programa para valorização de iniciativas culturais - VAI (SESC). 2013. (Outra).

15.
X Reunión de Antropología del Mercosur. Empreendimentos Sociais/Negócios Culturais: uma análise etnográfica da Feira Preta na cidade de São Paulo. 2013. (Congresso).

16.
I ENUMAS - Sessão Marcadores Sociais da Diferença. 2012. (Encontro).

17.
I Seminário de Pesquisa / IV Seminário de Iniciação Científica e I Seminário de Pós-Graduação da FESPSP.Debatedora. 2012. (Seminário).

18.
Sexta do Ano - Antropologia e Políticas Públicas. 2012. (Encontro).

19.
VIII Reunión de Antropología del Mercosur.Notas sobre a dinâmica da experiência religiosa entre as Testemunhas de Jeová: Construindo um Saber sobre o Mundo. 2009. (Encontro).

20.
XIV Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina.'Nós, Eles e as Ruas': O trabalho de pregação das Testemunhas de Jeová na configuração dos espaços de sociabilidade religiosa. 2007. (Outra).

21.
XI Jornada de Iniciação Científica do Câmpus de Marília.XI Jornada de Iniciação Científica do Câmpus de Marília. 2004. (Outra).

22.
Colóquio Adorno - 100 anos. 2003. (Outra).

23.
Filosofia e Teoria das Ciências Humanas - História da Filosofia Antiga e Medieval. 2003. (Outra).

24.
Mini Curso. 2003. (Outra).

25.
IV Simpósio em Filosofia e Ciência - Universidade e Produção do Conhecimento: Problemas e Perspectivas para a Construção de uma Sociedade Inclusiva. 2001. (Simpósio).

26.
Mapa da Inclusão/Exclusão Social. 2001. (Outra).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
SILVA, Gleicy2015 SILVA, Gleicy; FERREIRA, V. K. . Novas perspectivas para as publicações acadêmicas em Ciências Sociais no século XXI: transformações sociais, digitais e epistemológicas. Pensata ? Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNIFESP, v. 4, p. 23-31, 2015.


Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, Gleicy. Mercado, política e cultura: reflexões sobre trajetórias de empreendedoras negras em São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Outras informações relevantes


Participação como membro da equipe técnica responsável pela avaliação dos projetos do Programa para Valorização das Iniciativas Culturais (VAI), ligado à Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo (2017).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 5:33:07