Marciano Adilio Spica

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7589108445201141
  • Última atualização do currículo em 16/10/2018


Possui doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009), Mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), graduação em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (RS). Atualmente é professor Associado no Departamento de Filosofia da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO- OESTE DO PARANÁ -UNICENTRO e membro do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UNIOESTE. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Ética e Filosofia Política, Filosofia da Religião e Filosofia da Linguagem. Possui vários artigos publicados em revistas nacionais e internacionais, bem como livros e capítulos de livros. É membro do GT Wittgenstein da ANPOF e da Associação Brasileira de Filosofia da Religião. Foi o criador e TUTOR do Grupo PET Filosofia da UNICENTRO. Participou (2015-2017), juntamente com outros pesquisadores de diferentes universidades brasileiras, do projeto Analytic Philosophy of Religion in Brazil, financiado pela John Templeton Foundation em parceria com a Associação Brasileira de Filosofia da Religião. Nos anos de 2015 e 2016 realizou estágio pós-doutoral na University of Glasgow,Glasgow, Scotland. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marciano Adilio Spica
Nome em citações bibliográficas
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual do Centro-Oeste.
Rua Presidente Zacarias de Goes, 875
Santa Cruz
85012000 - Guarapuava, PR - Brasil
Telefone: (42) 36211047


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2009
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Wittgenstein: a religião para além do silêncio, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Darlei Dall'Agnol.
Palavras-chave: Filosofia da linguagem; Wittgenstein; crença; religião.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia Política.
2004 - 2005
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: As relações entre ética e ciência no Tractatus de Wittgenstein,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Darlei Dall'Agnol.
Palavras-chave: Wittgenstein; Filosofia da linguagem; ética.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
1999 - 2002
Graduação em Filosofia.
Universidade de Passo Fundo, UPF, Brasil.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
University of Glasgow, GLASGOW, Escócia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em VI SAPE. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2006 - 2006
A metafísica de Schopenhauer. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, ANPOF, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em V SAPE. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em IV SAPE. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2017 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética; Tópicos especiais em Filosofia I; Filosofia da Linguagem.
02/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselhos Superiores - UNICENTRO, .

Cargo ou função
Conselheiro reperesentante do Setor de Humanas, Letras e Artes (Campus Santa Cruz) no CEPE (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNICENTRO)..
09/2016 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Defil, Defil.

Atividade realizada
Editora da Revista Guairacá - Revista de Filosofia.
02/2014 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem; Filosofia Contemporânea.
02/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PROEN, .

Cargo ou função
Membro do CLAA - Comitê local de acompanhamento dos Grupos PET..
03/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PROEN, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Local de Acompanhamento dos grupos PET da UNICENTRO.
02/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PROPESP, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Local de Acompanhamento dos Grupos PET (CLA-PET).
02/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, PROEC, .

Cargo ou função
Comitê assessor do Programa Institucional de Ações extensionistas, PIAE, da UNICENTRO..
01/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Defil, .

Cargo ou função
Membro da Comissão interna de ensino, pesquisa e extensão (CIEPE)..
12/2010 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Defil, Defil.

Atividade realizada
Tutor do grupo PET Filosofia.
12/2010 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Defil, Defil.

Atividade realizada
Tutoria do Grupo PET FILOSOFIA.
01/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Defil, .

09/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagem e Filosofia; História da Filosofia I.
02/2015 - 08/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética; Filosofia Contemporânea.
02/2013 - 02/2015
Direção e administração, Defil, .

Cargo ou função
Chefe do Departamento de Filosofia.
02/2013 - 02/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, SEHLA/G - UNICENTRO, .

Cargo ou função
Membro do CONSET..
08/2014 - 09/2014
Ensino, Formação de prof. para docência no Ensino Superio, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Ética e cidadania
02/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem; Ética.
02/2012 - 12/2012
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética
Filosofia da Linguagem
Tópicos especiais em filosofia I
10/2012 - 10/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, DIREX _ UNICENTRO, .

Cargo ou função
Comitê científico do Processo Seletivo de propostas do Programa de Apoio a Ações Afirmativas para Inclusão Social.
06/2012 - 07/2012
Ensino, Formação de prof. para docência no Ensino Superio, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Ética e cidadania
02/2011 - 12/2011
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Filosófica
Filosofia da Linguagem
Tópicos especiais em Filosofia I
02/2011 - 12/2011
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagem e Filosofia
03/2010 - 12/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
03/2010 - 12/2010
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagem e Filosofia
03/2010 - 12/2010
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História das Idéias Filosóficas II
03/2010 - 12/2010
Outras atividades técnico-científicas , Defil, Defil.

Atividade realizada
Grupo de estudos Fundamentos Filosóficos da Bioética.
11/2009 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, PROPESP, .

Cargo ou função
Membro do Comitê de ética em Pesquisa da UNICENTRO..
05/2009 - 11/2010
Extensão universitária , Defil, .

Atividade de extensão realizada
Projeto de extensão universitária intitulado Filosofia, cinema e literatura no contra-turno escolar..
05/2010 - 05/2010
Ensino, Formação de prof. para docência no Ensino Superio, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
03/2009 - 12/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ESTÉTICA
03/2009 - 12/2009
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História das Idéias Filosóficas I
3/2009 - 12/2009
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
03/2009 - 12/2009
Ensino, administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Racionalidade e Ética

Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Doutorando

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Mestrando

Atividades

09/2006 - 03/2007
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
09/2006 - 12/2006
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação I
09/2006 - 12/2006
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ètica e Filosofia Política
05/2006 - 08/2006
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação
05/2006 - 08/2006
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento e Filosofia da Linguagem
05/2006 - 08/2006
Ensino, Secretariado Executivo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de ética
08/2005 - 02/2006
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
08/2005 - 12/2005
Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
08/2005 - 12/2005
Ensino, Comunicação visual, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à filosofia
03/2004 - 12/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de filosofia e ciências humanas, .


Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do PPG Filosofia, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40

Atividades

07/2018 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais de Ética I
03/2008 - 12/2008
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado I
Teoria do Conhecimento
Teoria das Ciências Humanas
Introdução à Filosofia
05/2007 - 12/2008
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Seminário de Filosofia da linguagem
Seminários de Epistemologia, lógica e Filosofia da Linguagem

Escola Superior de Educação Corporativa, ESEC, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Titular Mestre B, Carga horária: 4

Atividades

08/2006 - 12/2006
Ensino, Administração com habilitação em marketing, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia aplica as organizações
08/2006 - 12/2006
Ensino, Administração com Habilitação em Finanças, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Aplicada As Organizações
08/2006 - 12/2006
Ensino, Administração com habilitação em marketing, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Aplicada as organizações
08/2006 - 12/2006
Ensino, Gestão de Tecnologia da Informação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia das organizações
03/2006 - 07/2006
Ensino, Administração com habilitação em marketing, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional
03/2006 - 07/2006
Ensino, Administração com Habilitação em Finanças, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Profissional
08/2005 - 12/2005
Ensino, Administração com habilitação em marketing, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética Profissional
08/2005 - 12/2005
Ensino, Administração com Habilitação em Finanças, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional
03/2005 - 07/2005
Ensino, Administração com habilitação em marketing, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética Profissional
03/2005 - 07/2005
Ensino, Administração com Habilitação em Finanças, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética profissional

University of Glasgow, GLASGOW, Escócia.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 40



Linhas de pesquisa


1.
Fundamentação da ação moral
2.
Fundamentação da ação moral

Objetivo: Estudo de questões clássicas de fundamentação da ação moral, através da análise de autores clássicos da história da filosofia, focado principalmente em filósofos contemporâneos que se interessam pela teleologia moral. Autores estudados: MacIntyre, Anscombe, Singer, Mill..
3.
Relação entre ética, religião e ciência.

Objetivo: Estudo de autores que trabalhem as relações contemporâneas entre ética e religião, principalmente autores anglo-americanos que se voltem a discutir os problemas que emergem quando a ética e a religião se deparam com o avanço da ciência..
4.
Linguagem e conhecimento

Objetivo: Estudo de questões voltadas à filosofia da linguagem e a teoria do conhecimento, principalmente problemáticas voltadas ao conceitos de crença e saber. Autores estudados: Wittgenstein, Ryle, Anscombe, D. Z. Phillips, James, Clifford, Plantinga..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Ética e diversidade moral: diversidade e justificação da moralidade
Descrição: A diversidade cultural, religiosa e moral, entre outras, trouxe com ela problemas de grande importância à filosofia moral a ponto de Joshua Greene dizer, em seu Moral Tribes: Emotion, Reason and the Gap Between Us and Them?, que a contemporaneidade tem uma tragédia muito diferente das tragédias do mundo antigo e que ?O que nós necessitamos no mundo moderno é algo como uma moralidade em um nível superior. Nós necessitamos um tipo de pensamento que capacite grupos com morais conflitantes a viver juntos e de forma próspera. Em outras palavras, nós necessitamos uma metamoralidade. Nós precisamos de um sistema moral que possa resolver discordâncias entre grupos com diferentes ideais morais assim como a moralidade de primeira ordem, a moralidade ordinária, resolve discordâncias entre indivíduos com diferentes interesses egoístas.? (2015, p.26). Nossa pesquisa pretende focar justamente em alguns dos problemas éticos gerados pela diversidade moral contemporânea. Buscaremos através de um estudo metaético da epistemologia e da linguagem moral analisar algumas respostas dadas tanto para questões de fundamentação da moralidade, quanto para questões de éticas normativas e práticas. Entre as questões que estamos interessados está aquela do pluralismo moral que se pergunta se nós podemos pensar que os diferentes valores morais podem ser reduzidos a um super-valor moral ou se existem diferentes valores irredutíveis a um único valor. Além desta, estaremos preocupados com outras questões que têm a ver com os efeitos da diversidade moral sobre a justificação da moralidade, tais como: A existência de crenças morais diferentes da minha, deve necessariamente fazer com que eu coloque em dúvida minhas crenças morais?, Um sujeito moral A está justificado em agir (ou defender uma posição moral) de forma X ,mesmo sabendo que existe um sujeito B que tem boas razões para agir de forma Y?, Como deveria agir um sujeito A que está lidando com um sujeito B que possui crenças morais completamente diferentes da sua? (veja-se, por exemplo, as implicações desta última pergunta em questões de ética médica ou bioética), entre outras. Note-se que nosso estudo é mais voltado a um problema do que à resposta ou respostas de um autor específico. Neste sentido, este estudo se focará em respostas de autores contemporâneas da Filosofia moral (especialmente autores de viés analítico) e, quando necessário, buscaremos auxílio de autores e discussões da epistemologia e filosofia da linguagem (principalmente daqueles que discutem a questão da diversidade da linguagem e em autores que discutem o que, contemporaneamente, convencionou-se chamar de Epistemology of Disagreement), já que entendemos que há boas razões para acreditar que tais áreas são fundamentais para auxiliar alguns dos debates éticos oriundos da diversidade do mundo contemporâneo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2018
Analytic Philosophy of Religion in Brazil
Descrição: Philosophy of religion in Brazil is very diverse and pluralistic in terms of approaches and history of philosophy references. However, although it is a very important manner of dealing with crucial problems in the field (specially as a bridge between science and religion), the analytic philosophy of religion is too little practised in the country. This project intends to improve the study and training in this way of dealing with conceptual big questions of religion and spirituality in the country by means of four activities: 1) translation into Portuguese of influential and introductory books of the analytic tradition in the philosophy of religion, 2) aquisition of books and a journal subscription which are important for the academic training of researchers in this approach in Brazil, 3) interchange of researchers between Brazilian and Anglo-American universities, 4) an award aimed at encouraging the teaching of analytic philosophy of religion with material produced by the project. By the end of the project, we aim to have as outputs: 13 books translated from English into Portuguese; at least three monographs to be sent for publication in either Brazilian or international jounals (at least one by each participant in the project); three seminars with Anglo-American philosophers (one in each university involved); equip the libraries of the three univesities to which belong the participants with important books of analytic philosophy of religion; the BAPR will have contacted foreign institution willing to accept Brazilian researches in the area; five awards will have been given for teaching experience with the analytic philosophy of religion in the country. The enduring impact expected with the project is an increase 1) in the number of researchers dealing with the area in the country, 2) in the influence its debate have in the Brazilian academic environment, 3) in the participation of Brazilian philosophers in the international debate..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
PLURALISMO DE CRENÇAS RELIGIOSAS: Análise e contribuições
Descrição: Pretendo, neste estudo, fazer uma análise de algumas das principais teorias que debatem o pluralismo de crenças religiosas, mostrando seus pontos fortes e fracos e dar uma contribuição de cunho wittgensteiniano a tal debate, através da aplicação de algumas ideias de Wittgenstein sobre linguagem, crença e conhecimento presentes, principalmente mesmo que não exclusivamente, nas obras Philosophical Investigations e On Certainty. Para fazer isso, pretendo, primeiramente realizar um estudo, análise e crítica de algumas teorias sobre a pluralidade de crenças, focando-me nas teses de John Hick e Victoria Harrison e utilizando outras teorias quando se fizer necessário. Feito isso, pretendo aplicar algumas ideias de cunho wittgensteiniano ao debate sobre o pluralismo, utilizando-me de conceitos e ideias de Wittgenstein sobre linguagem, crença e conhecimento presentes nas obras citadas acima, principalmente as noções de crença e imagem de mundo (Weltbild) presentes em On Certainty e jogos de linguagem e semelhanças de família, presentes em Philosophical Investigations. Espero, com isso, apresentar uma abordagem diferenciada para a questão da diversidade religiosa e os problemas gerados por ela, contribuindo com tal debate..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2014
Ética, ciência e religiosidade
Descrição: O projeto pretende estudar os fundamentos filosóficos da ética e suas relações com a religiosidade. Além disso, buscamos compreender os problemas que podem surgir da relação entre ética, ciência e religião na contemporaneidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Linguagem, crença e saber: a religiosidade como exemplo da variedade de saberes e jogos de linguagem em Wittgenstein.
Descrição: O presente Projeto tem por objetivos: Mostrar a possibilidade da existência de vários tipos de saberes e como a mente humana lida com eles; Elucidar o estatuto da religiosidade como um saber independente do saber científico; Mostrar a íntima relação entre a linguagem e o conhecimento; Defender a possibilidade da existência de jogos de linguagem religiosos; Mostrar que a religiosidade, tendo linguagem e práticas próprias se constitui num tipo de saber. Exemplificar como a filosofia da linguagem pode dar conta de problemas clássicos da filosofia, principalmente problemas ligado à área da epistemologia,.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Guairaca (UNICENTRO)
2009 - Atual
Periódico: Analecta (UNICENTRO)


Revisor de periódico


2007 - Atual
Periódico: Controvérsia (UNISINOS)
2017 - Atual
Periódico: ETHIC@ (UFSC)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA DA RELIGIÃO
2018 - 2018
Periódico: KRITERION


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Linguagem.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:8
Total de citações:15
Marciano Adilio Spica  Data: 09/05/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SPICA, MARCIANO ADILIO2018SPICA, MARCIANO ADILIO. Language, belief and plurality: a contribution to understanding religious diversity. International Journal for Philosophy of Religion, v. 83, p. 169-181, 2018.

2.
SPICA, MARCIANO ADILIO2018SPICA, MARCIANO ADILIO. Pluralism With Syncretism: A Perspective From Latin American Religious Diversity. Open Theology, v. 4, p. 236-245, 2018.

3.
SPICA, M. A.2018SPICA, M. A.. Diversidade religiosa e democracia: da filosofia da religião à filosofia política. ETHIC@ (UFSC), v. 17, p. 13-40, 2018.

4.
SPICA, M. A.2017SPICA, M. A.. O estatuto de ciência e religião como visões de mundo. REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA DA RELIGIÃO, v. 4, p. 53-65, 2017.

5.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2015SPICA, M. A.; KAVETSKI, S. . Eugenia e simetria de relações ou da impossibilidade da necessária independência moral a partir da permissibilidade da eugenia. Peri, v. 07, p. 275-292, 2015.

6.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2015SPICA, M. A.. Crer em alguém. Revista Dissertatio de Filosofia, v. 01, p. 77-91, 2015.

7.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2015SPICA, M. A.. Linguagem e dignidade: um ensaio a partir de Frankenstein de Mary Shelley. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 15, p. 92-103, 2015.

8.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2013SPICA, M. A.. Justiça e ética biomédica. Guairaca (UNICENTRO), v. 29, p. 187-210, 2013.

9.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2010SPICA, M. A.. A insuficiência da linguagem:apontamentos a respeito do De Magistro de Agostinho. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 109, p. 71-79, 2010.

10.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2010SPICA, M. A.. Observações sobre deus e ética em Wittgenstein. Ethic@ (UFSC), v. 9, p. 119-131, 2010.

11.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2010SPICA, M. A.. Místico versus misticismo: Reflexões sobre o místico de Wittgenstein em comparação ao misticismo religioso caracterizado por James. Princípios (UFRN. Impresso), v. 17, p. 113-136, 2010.

12.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2009SPICA, M. A.. A linguagem da ciênica no Tractatus de Wittgenstein. Intuitio (Porto Alegre), v. 2, p. 101-123, 2009.

13.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2009SPICA, M. A.. Jogos de linguagem religiosos? reflexões a partir dos escritos de Wittgenstein sobre religiosidade. Revista de Filosofia : Aurora (PUCPR. Impresso), v. 21, p. 399-423, 2009.

14.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2007SPICA, M. A.. Entre o mostrar e o imaginar: reflexões sobre o Tractatus e a natureza dos juízos morais. Kalagatos (UECE), v. 4, p. 131-160, 2007.

15.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2007 SPICA, M. A.. A ética do Tractatus e sua relação com a ciência. Dissertatio (UFPel), v. 25, p. 91-113, 2007.

16.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2005SPICA, M. A.. A concepção de sujeito volitivo no Tractatus de Wittgenstein. Revista Paradigmas, Santos, v. 25, p. 4-7, 2005.

17.
SPICA, M. A.;SPICA, MARCIANO ADILIO2004 SPICA, M. A.. Do valor da vida, dos interesses, do sujeito. Ethic@ (UFSC), Florianópolis, v. 3 n 3, p. 223-237, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SZCZEPANIK, G. E. ; SPICA, M. A. . Investigações Petianas: Temas de filosofia contemporânea. 1. ed. Guarapuava: Apolodoro, 2018. 180p .

2.
SPICA, M. A.; MARTINEZ, H. L. (Org.) . Religião em um mundo plural: debates desde a filosofia. 1. ed. Pelotas: Nepfilonline, 2014.

3.
SPICA, M. A.. A religião para além do silêncio: Reflexões a partir dos escritos de Wittgenstein sobre religião. 1. ed. Curitiba: Editora CRV, 2011. 219p .

4.
SPICA, M. A.; BILIBIO, E. (Org.) . Filosofia - Reflexões Contemporâneas. 1. ed. Guarapuava: Editora Unicentro, 2010. 284p .

5.
SPICA, M. A.. Um encontro com a felicidade. Erechim: Editora São Cristóvão, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
SPICA, M. A.. Verbete Candomblé. In: Charles Taliaferro; Elsa Marty. (Org.). A Dictionary of Philosophy of Religion. 2ed.New York: Bloomsbury, 2018, v. 1, p. 51-52.

2.
SPICA, M. A.. PET/Filosofia Unicentro: concepção, história e desafios. In: Gilmar Evandro Szcepanik; Marciano Adilio Spica. (Org.). Investigações Petianas: temas de filosofia contemporânea. 1ed.Guarapuava: Apolodoro, 2018, v. 1, p. 15-30.

3.
SPICA, M. A.. Wittgenstein contra o espírito cientificista: apontamentos a partir dos escritos sobre religião e arte. In: Gilmar Evandro Szczepanik. (Org.). Investigações Petianas: temas de filosofia contemporânea. 1ed.Guarapuava: Apolodoro, 2018, v. 1, p. 139-158.

4.
SPICA, M. A.. Filosofia como atividade terapêutica de ver diferenças. In: Ester Maria Dreher Heuser e Wilson Frezzatti Jr.. (Org.). Textos para ensinar e aprender essa tal de filosofia.... 1ed.Cascavel: Editora Unioste, 2016, v. 1, p. 165-175.

5.
SPICA, M. A.. O lugar dos discursos religiosos na sociedade plural. In: SPICA, M. A,; MARTÍNEZ, H. L.. (Org.). Religião em um mundo plural: debates desde a filosofia. 1ed.Pelotas: Nepfilonline, 2014, v. , p. 317-335.

6.
SPICA, M. A.. Weltbild, Bezugssystem e crença religiosa. In: João Carlos Salles. (Org.). Certeza. 1ed.Salvador: Quarteto, 2012, v. , p. 155-172.

7.
SPICA, M. A.. Religião em tempos de ciência: reflexões a partir de Wittgenstein. In: Matinez, H; Peruzzo, L; Valle, B.. (Org.). Ludwig Wittgenstein: Perspectivas. 1ed.Curitiba: CRV, 2012, v. 1, p. 73-85.

8.
SPICA, M. A.. Validade e correção de normas morais: breves apontamentos a partir de Habermas e Wittgenstein. In: Charles Feldhaus; Delamar Volpato Dutra. (Org.). Habermas e Interlocuções. 1ed.São Paulo: DWW, 2012, v. 1, p. 157-172.

9.
SPICA, M. A.. Discussões sobre a base da fé religiosa a partir de On Certainty. In: Dall'Agnol, D.; Sattler, J.; Fatturi, A.. (Org.). Wittgenstein em retrospectiva. 1ed.Florianópolis: Editora UFSC, 2012, v. 1, p. 83-95.

10.
SPICA, M. A.. Reflexões sobre a indizibilidade da ética no Tractatus de Wittgenstein. In: Marcelo José Doro; Leandro Carlos Ody. (Org.). Filosofia Contemporânea: ética, ciência e cultura. 1ed.Passo Fundo: Editora Universidade de Passo Fundo, 2011, v. , p. 69-105.

11.
SPICA, M. A.. APONTAMENTOS SOBRE RELIGIÃO E REALIDADE A PARTIR DE ?I?EK E KIERKEGAARD. In: GUERRA,E. ; TELES, I.. (Org.). Lacunas do real: leituras de Slavoj ?i?ek. Florianópolis: nefiponline, 2009, v. , p. 57-72.

12.
SPICA, M. A.. Bibliografia brasileira sobre Wittgenstein. In: Darlei Dall'Agnol. (Org.). Wittgenstein no Brasil. São Paulo: Escuta, 2008, v. , p. 315-332.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SPICA, M. A.. A diversidade de saberes a partir de Wittgenstein. In: I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro/ II Colóquio Kant da SKB-PR, 2009, Guarapuva. Anais do I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SPICA, M. A.. Enunciando um princípio de justiça material para a Bioética. In: VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - VI CONIFIL, 2011, Guarapuava. Anais do VI CONIFIL. Guarapuava: Editora Unicentro, 2011.

2.
SPICA, M. A.. Validade e correção de normas morais: uma discussão a partir de Habermas e Wittgenstein. In: VII Colóquio Habermas : Habermas e Interlocuções e II Simpósio Nacional de Filosofia : Ética, Filosofia Política e Linguagem, 2011, Londrina. Anais do VII Colóquio Habermas : Habermas e Interlocuções e II Simpósio Nacional de Filosofia : Ética, Filosofia Política e Linguagem. LONDRINA: UEL, 2011. p. 25-26.

3.
SPICA, M. A.. CARACTERÍSTICAS DO DISCURSO RELIGIOSO EM WITTGENSTEIN. In: V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL, 2010, GUARAPUAVA. VI Congresso Internacional de Filosofia, 2010.

4.
TEO, V.M.G ; SPICA, M. A. . Ampliação do círculo moral em Peter Singer. In: V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL, 2010, GUARAPUAVA. VI Congresso Internacional de Filosofia, 2010.

5.
SENOSKI, B. ; SPICA, M. A. . Noção de figuração limites da linguagem no Tractatus de Wittgenstein. In: V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL, 2010, GUARAPUAVA. VI Congresso Internacional de Filosofia, 2010.

6.
CESLAK, J. G. ; SPICA, M. A. . Justiça como equidade e principialismo bioético. In: V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL, 2010, GUARAPUAVA. VI Congresso Internacional de Filosofia, 2010.

7.
KUHN, C. C. ; SPICA, M. A. . A intuição em Kant. In: I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro/ II Colóquio SKB-PR, 2009, Guarapuava. Anais do I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro, 2009.

8.
ZANIN, R. Z. ; SPICA, M. A. . Sociedade e o problema da reflexão moral em Hume. In: I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro/ II Colóquio Kant da SKB-PR, 2009, Guarapuava. Anais do I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro, 2009.

9.
SPICA, M. A.. A natureza das sentenças no Tractatus Logico-philosophicus.. In: Semana de Filosofia, 2006, Guarapuava. Anais da semana de Filosofia, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SPICA, M. A.. A relação entre religião e ciência: uma questão de esclarecimento conceitual. In: 7º Congresso Brasileiro de Filosofia da Religião: Religião e Ciência, 2017, São Paulo. Anais 7º Congresso Brasileiro de Filosofia da Religião: Religião e Ciência. São Paulo: Pontificia Universidade de São Paulo, 2017. v. 1. p. 73-74.

2.
SPICA, M. A.. SOBRE O ESTATUTO DA CIÊNCIA E RELIGIÃO COMO VISÕES DE MUNDO. In: x Congresso Internacional de Filosofia e I Simpósio de Filosofia da Religião da UNICENTRO - CIÊNCIA E RELIGIÃO, 2017, Guarapuava. Congresso Internacional de Filosofia e I Simpósio de Filosofia da Religião da UNICENTRO. Guarapuava: Editora da UNICENTRO, 2017. v. 10. p. 1-1.

3.
SPICA, M. A.. A importância do testemunho ou crença em alguém. In: XIII Semana de Filosofia e IV Semana PET Filosofia: Crença, Conhecimento e Linguagem, 2014, Guarapuava. Anais do XIII Semana de Filosofia e IV Semana PET Filosofia: Crença, Conhecimento e Linguagem. Guarapuava: Editora da Unicentro, 2014. v. 5. p. s-s.

4.
SPICA, M. A.. La contribución de Wittgenstein a la comprensión de los fenómenos religiosos. In: XVI Congresso Nacional de Filosofia da Associación Filosófica Argentina, 2013, Buenos Aires. Libro de resúmenes do XVI Congresso Nacional de Filosofia da AFRA. Buenos Aires: afra, 2013. v. 1. p. 240-240.

5.
SPICA, M. A.. Wittgenstein e a natureza da crença religiosa. In: V Congresso Brasileiro de Filosofia da Religião, 2013, Vitória. Anais do V Congresso Brasileiro de Filosofia da Religião, 2013. v. 1. p. 68-69.

6.
SPICA, M. A.. A religião e sua gramática: apontamentos sobre o saber religioso em Wittgenstein. In: XIV Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea, 2009, Toledo. Anais do XIV Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea, 2009. p. 11-12.

7.
KUHN, C. C. ; SPICA, M. A. . O PAPEL DA INTUIÇÃO SENSÍVEL NA TEORIA DO CONHECIMENTO DE IMMANUEL KANT. In: XIV Simpósio de Filosofia Moderna e Conemporânea, 2009, Toledo. Anais do XIV Simpósio de Filosofia Moderna e Conemporânea, 2009.

8.
SPICA, M. A.. A gramática da religião: apontamentos sobre a possibilidade de um jogo de linguagem religioso. In: XIII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF, 2008, Canela. Livro de atas do XIII encontro nacional de filosofia- Anpof. São Leopoldo: Unisinos, 2008. p. 453-453.

9.
SPICA, M. A.. Teologia como gramática e a possibilidade de Jogos de Linguagem religiosos em Wittgenstein. In: IV Congresso Internacional de Filosofia da Unicentro: O discurso da filosofia, 2008, Guarapuava. Anais do IV Congresso Internacional de Filosofia: O discurso da filosofia, 2008.

10.
SPICA, M. A.. Crer, ter fé e saber: uma análise gramatical. In: XII Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporänea, 2007, Toledo. Cadernos de resumo do XII Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea. Toledo: Coluna do saber, 2007. p. 191-192.

11.
SPICA, M. A.. A linguagem religiosa como expressão não-cognitiva de uma atitude diante da vida em Wittgenstein. In: XII encontro nacional de Filosofia da ANPOF, 2006, Salvador. Atas do XII encontro nacional de Filosofia da ANPOF, 2006. p. 363-363.

12.
SPICA, M. A.. As consequências tractarianas nas relações entre ética e ciência. In: X Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea, 2005, Toledo. Anais do X Simpósio de Filosofia Moderna e Contemporânea da Universidade Estadual do Paraná. Toledo: Coluna Saber, 2005.

13.
SPICA, M. A.. A influência hertziana na concepção de ciência de Wittgenstein. In: A Filosofia de Donald Davidson, 2005, Florianópolis. Anais do IV Simpósio Internacional Principia, 2005. p. 93-94.

14.
SPICA, M. A.. A impossibilidade de uma Ética como ciência em Wittgenstein. In: XI encontro nacional da ANPOF, 2004, Salvador. Anais do XI encontro nacional da ANPOF. SALVADOR: editora da ANPOF, 2004.

15.
SPICA, M. A.. A crise reflexiva da atualidade e o método de sócrates e Platão como forma de incitar a reflexão em sala de aula. In: I Simpósio Sul-Brasileiro sobre Ensino de Filosofia e III Encontro dos Cursos de Filosofia do sul do Brasil, 2001, Passo Fundo. Livro de Resumos do I simpósio sul-brasileiro de ensino de filosofia e III encontro dos cursos de filosofia do sul do Brasil. Passo Fundo: UPF editora, 2001. p. 50-51.

Apresentações de Trabalho
1.
SPICA, M. A.. Sobre o estatuto da ciência e religião como visões de mundo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SPICA, M. A.. A relação entre ciência e religião: uma questão de esclarecimento. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SPICA, M. A.. Religião, Democracia e Pluralidade: da epistemologia à prática. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SPICA, M. A.. Language, belief and plurality: a contribution to understanding religious diversity. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SPICA, M. A.. Linguagem, crença e pluralidade: uma contribuição para compreender a diversidade religiosa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SPICA, M. A.. Uma abordagem sobre pluralismo de crenças a partir de Wittgenstein. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SPICA, M. A.. O que significa crer em alguém. Cometários a partir de Anscombe e Wittgenstein. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SPICA, M. A.. A importância do testemunho ou crença em alguém. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SPICA, M. A.. A natureza da crença religiosa em Wittgenstein. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SPICA, M. A.. La Contribución de Wittgenstein a la comprensión de los fenomenos religiosos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SPICA, M. A.. Wittgenstein e a ética da crença. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SPICA, M. A.. Wittgenstein e os limites da Ciência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
SPICA, M. A.. Enunciando um princípio de justiça material em Bioética. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
SPICA, M. A.. Religião em um mundo de ciência: observações a partir de Wittgenstein. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
SPICA, M. A.. Epistemologia Religiosa? Discussões a partir do livro da Certeza. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
SPICA, M. A.. Validade e Correção de normas morais: uma discussão a partir de Wittgenstein. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SPICA, M. A.. Religión y arte. Wittgenstein y la crítica a la cientificación de las actividades humanas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
SPICA, M. A.. Discussões sobre a possibilidade de uma epistemologia religiosa a partir de Wittgenstein. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
SPICA, M. A.. As contribuições de On Certainty para a compreensão das crenças religiosas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
SPICA, M. A.. Características do discurso religioso a partir de Wittgenstein. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
SPICA, M. A.. Religião, ciência e o sentido para vida: reflexões sobre Wittgenstein e a religião.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
SPICA, M. A.. Comitê de ética em pesquisa. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
SPICA, M. A.. Wittgenstein e a variedade de saberes. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
SPICA, M. A.. A humilhação do sujeito e o desespero da religião: apontamentos sobre realidade e sentido a partir de Zizek. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
SPICA, M. A.. Teologia como gramática e a possibilidade de jogos de linguagens religiosos em Wittgenstein. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
SPICA, M. A.. Entre crer e ter fé: especulações sobre ciência e religião a partir de Wittgenstein. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
SPICA, M. A.. Filosofia como terapia gramatical em Wittgenstein. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
SPICA, M. A.. Teologia como gramática e a possibilidade de jogos de linguagem religiosos em Wittgenstein. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
SPICA, M. A.. "Ensinar-lhe-eis diferenças": contribuições do método filosófico de Wittgenstein para pensarmos a educação. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
SPICA, M. A.. Crer, ter fé é saber em Wittgenstein: uma análise gramatical. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
SPICA, M. A.. A linguagem religiosa como expressão não-cognitiva de uma atitude diante da vida. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
SPICA, M. A.. A Influência hertziana na concepção de ciência de Wittgenstein. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
SPICA, M. A.. A impossibilidade de uma ética como ciência em Wittgenstein. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
SPICA, M. A.. Ciência e místico no Tractatus de Wittgenstein. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
SPICA, M. A.. A crise reflexiva da atualidade e o método de sócrates e Platão como forma de incitar a reflexão em sala de aula. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SPICA, M. A.; MARTINEZ, H. L. . Uma última discussão em torno da existência de Deus: o argumento do design. Pelotas: Nepfilonline, 2014. (Tradução/Artigo).

2.
SPICA, M. A.. Filosofia e Fé. Pelotas: Nepfilonline, 2014. (Tradução/Artigo).

3.
MARTINEZ, H. L. ; SPICA, M. A. . Prefácio. Toledo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
SPICA, M. A.; BILIBIO, E. . Apresentação. Guarapuava, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
SPICA, M. A.. Apresentação dos anais do V congresso Internacional de Filosofia da Unicentro, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
SPICA, M. A.. Ciência em Wittgenstein 2006 (Texto publicado em home-page).

7.
SPICA, M. A.. As relações entre ética e ciência no Tractatus de Wittgenstein. Florianópolis 2006 (Resumo de dissertação publicado pela revista ethic@).

8.
SPICA, M. A.. As relações entre ética e ciência no Tractatus de Wittgenstein 2005 (Dissertação).


Demais tipos de produção técnica
1.
SPICA, M. A.. A natureza das sentenças no Tractatus. 2006. (Curso de curta duração).

2.
SPICA, M. A.; DALLAGNOL, D. . Ethic@ - Revista Internacional de Filosofia moral. 2005. (Editoração/Periódico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SPICA, M. A.; MARTINEZ, H. L.; CRAIA, E. C. P.. Participação em banca de Lucas Batista Carriconde. Ludwig Wittgenstein e a Filosofia como um trabalho sobre si mesmo e sobre a vontade. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

2.
PORTUGAL, A. C.; SPICA, M. A.; MIRANDA, S. R. N.. Participação em banca de Rodrigo Rocha Silveira. Natureza, Ciência e Religião: uma avaliação do Naturalismo. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de Brasília.

3.
SPICA, M. A.; VALLE, B.; CANDIOTO, K. B. B.. Participação em banca de Maygon André Molinari. Wittgenstein, o silêncio acerca de Deus e o destino. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Teses de doutorado
1.
SPICA, M. A.; DALLAGNOL, D.; SATTLER, J.; DUTRA, D. V.; LUZ, A. M.; PERUZZO, L.. Participação em banca de Jonathan Elizondo Orozco. Wittgenstein y la (meta)ética. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
SPICA, M. A.; DALLAGNOL, D.. Participação em banca de Alison Vander Mandeli. O ponto de vista religioso de Wittgenstein. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
SPICA, M. A.; LITAIFF, A.. Participação em banca de Cristiano Neves. A Linguagem viva - Wittgenstein e os jogos de linguagem: a comunicação em uma comunidade prisional. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Linguagem) - Universidade do Sul de Santa Catarina.

Qualificações de Doutorado
1.
SPICA, M. A.; GALLO, S. M. L.; LITAIFF, A.. Participação em banca de Cristiano Neves. A linguagem viva - Wittgenstein e os jogos de linguagem: a comunicação em uma organização prisional. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Linguagem) - Universidade do Sul de Santa Catarina.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MARTINEZ, H. L.; SPICA, M. A.; PORTELA, L. C. Y.. Participação em banca de Keli Andréa Vargas Paterno. A linguagem e a Infância. 2007. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Fundamentos Filosóficos) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SZCZEPANIK, G. E.; SPICA, M. A.. Participação em banca de Renata Lima Zucheli.Por uma nova epistemologia: a ciência como social e política. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

2.
SZCZEPANIK, G. E.; SPICA, M. A.. Participação em banca de Jaqueline Portela.A transgenia como problema ético e científico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

3.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Edinéia Batista Martins.A controvérsia entre os transgênicos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

4.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Daniel Antonio Piasecki.As representações singulares e universais: Kant e sua doutrina da intuição. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

5.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Bianca Carraro Duda.A crítica de Wittgenstein à privacidade epistêmica. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

6.
SPICA, M. A.. Participação em banca de João Vitor Schmidt.Sobre o desenvolvimento do Logicismo de Frege. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

7.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Patrícia Hemkemeir.Secularização e religião no século XXI: Apontamentos de J. Habermas.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

8.
SPICA, M. A.; GIUSTI, E. M.. Participação em banca de Derli Machado.Objetividade e Subjetividade: Dois discursos divergentes segundo Thomas Nagel. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

9.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Michele Lino da Silva.A questão dos critérios utilizados por John Mill para a distinção de ações morais. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

10.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Angela Maria Foss.A necessidade do estado da filosofia política de T. Hobbes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

11.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Ana Carolina Ribeiro.Análise argumentativa das possibilidades de se provar a existência de Deus. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

12.
GIUSTI, E. M.; BARBOSA, E.; SPICA, M. A.. Participação em banca de Mônica Lacoski.A compaixão na ética de Arthur Schopenhauer. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

13.
GIUSTI, E. M.; SPICA, M. A.; BILIBIO, E.. Participação em banca de Bruno Fernandes de Oliveira.Externalismo e Internalismo: um debate entre Putnam e Searle. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

14.
GIUSTI, E. M.; SPICA, M. A.; BILIBIO, E.. Participação em banca de Sandra Meira Diniz.Alguns conceitos sobre a teoria do conhecimento de Immanuel Kant. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

15.
SPICA, M. A.; BILIBIO, E.. Participação em banca de Osni Carlos Raulik.A questão da felicidade em Aristóteles e Russell. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

16.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Angela Maria Zimny Toledo.A felicidade em Aristóteles. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

17.
SPICA, M. A.. Participação em banca de Adriel José Machado.Os princípios da doutrina da ciência: do Cogito cartesaiano a autoconsciência fitchtiana. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

18.
BELLEI, A. A.; HACK, R. F.; SPICA, M. A.. Participação em banca de Whesley Fagliari dos Santos.A fundação do mito erótico socrático em O Banquete. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

19.
RHODEN, H. J.; SPICA, M. A.; BELLEI, A. A.. Participação em banca de Aldair César Alexandre.O conhecimento e a teoria da iluminação em Santo Agostinho. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

20.
Guteilfrazen, R.; SPICA, M. A.; Pereira, E. C.. Participação em banca de Rosiane Vanessa de Souza.A pré-estrutura enquanto ser-em e a ligação com os conceitos alétheia e jogo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

21.
Pereira, E. C.; SPICA, M. A.. Participação em banca de Josiane Paula da Silva.Sobre o Fundamento em Martin Heidegger. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

22.
BELLEI, A. A.; SPICA, M. A.; HACK, R. F.. Participação em banca de Leosir Santin Massarollo Junior.O desespero humano em Kierkegaard. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SZCZEPANIK, G. E.; SPICA, M. A.; BRITO, E.. Teste seletivo para professor colaborador UNICENTRO. 2017. Universidade Estadual do Centro-Oeste.

2.
SPICA, M. A.; FELDHAUS, C.; PRADO, L.. Concurso Público para professor de Filosofia da UNICENTRO. 2014. Universidade Estadual do Centro-Oeste.

3.
SPICA, M. A.; SILVA, M. M.; FELLER, W.. Banca examinadora do Teste Seletivo para professores Colaboradores da Unicentro - Área Filosofia. 2012. Universidade Estadual do Centro-Oeste.

Outras participações
1.
FELLER, W.; SPICA, M. A.; BILIBIO, E.. Elevação de nível de Augusto Bach. 2011. Universidade Estadual do Centro-Oeste.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Congresso Nacional de Filosofia da Religião da Universidade Federal de Ouro Preto,. 2017. (Congresso).

2.
III Simpósio de Filosofia e Direito: Democracia e religião.Religião, Democracia e Pluralidade: da epistemologia à prática. 2017. (Simpósio).

3.
Biennial Glasgow Philosophy to Religion Seminar.Language, Belief and Plurality: a Contribution to Understanding Religious Diversity. 2016. (Seminário).

4.
XVII Encontro da ANPOF. Lingagem, crença e pluralidade: uma contribuição para a compreensão da diversidade religiosa. 2016. (Congresso).

5.
IV Workshop Wittgenstein.Uma abordagem da pluralidade de crenças a partir de Wittgenstein. 2015. (Simpósio).

6.
III Workshop Wittgenstein: Conhecimento e Certeza.O que significa crer em alguém? Comentários a partir de Anscombe e Wittgenstein. 2014. (Seminário).

7.
XIII Semana de Filosofia e IV Semana PET Filosofia da UNICENTRO. A importância do testemunho ou crença em alguém. 2014. (Congresso).

8.
V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL. Características do discurso religioso a partir de Wittgenstein. 2010. (Congresso).

9.
I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro/II Colóquio Kant da SKB-PR. A variedade de saberes em Wittgenstein. 2009. (Congresso).

10.
Colóquio Verdade e Respeito: Homenagem aos 75 anos de Tungendhat. 2006. (Seminário).

11.
Mini-curso: a metafísica de schopenhauer. 2006. (Oficina).

12.
XII encontro nacional de filosofia da ANPOF.A linguagem religiosa como expressão não-cognitiva de uma atitude diante da vida em Wittgenstein. 2006. (Encontro).

13.
A Filosofia de Donald Davidson.A influência hertziana na concepção de ciência de Wittgenstein. 2005. (Simpósio).

14.
Colóquio Guerra e Paz. 2005. (Seminário).

15.
Colóquio Habermas. 2005. (Congresso).

16.
IV Encontro Catarinense de Filosofia.A impossibilidade da ética como ciência em Wittgenstein. 2004. (Encontro).

17.
6° curso ecumênico de pastoral popular - dignidade humana: justiça e trabalho - construindo a paz, celebrando a vida. 2003. (Encontro).

18.
II Simpósio Sul-Brasileiro sobre ensino de Filosofia e IV encontro de cursos de Filosofia do Sul do Brasil. 2002. (Simpósio).

19.
Seminário Comemorativo aos 45 anos do Curso de Filosofia e da Faculdade de Educação da Universidade de Passo Fundo. 2002. (Seminário).

20.
II Seminário sobre Filosofia e Ciência: Filosofia e ciência: Ética, ciência e Bioética. 2001. (Seminário).

21.
I Simpósio Sul-Brasileiro sobre Ensino de Filosofia e III Encontro dos Cursos de Filosofia do sul do Brasil.A crise reflexiva da atualidade e o método dialético de Sócrates e Platão como forma de incitar a reflexão em sala de aula. 2001. (Simpósio).

22.
A Gênese da Ciência Moderna. 2000. (Seminário).

23.
III Semana Acadêmica da Filosofia sobre Ética e Contemporaneidade. 1999. (Seminário).

24.
Temas de Filosofia Grega. 1999. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SPICA, M. A.. X Congresso Internacional de Filosofia e I Simpósio de Filosofia da Religião da UNICENTRO. 2017. (Congresso).

2.
SPICA, M. A.. XIII Semana de Filosofia e IV Semana PET Filosofia: Crença, Conhecimento e Linguagem. 2014. (Congresso).

3.
SPICA, M. A.. XII Semana de Filosofia e III Semana PET Filosofia da UNICENTRO: Filosofia e Direitos Humanos. 2013. (Congresso).

4.
SPICA, M. A.. VII Congresso Internacional de Filosofia da UNICENTRO - Discursos sobre Política. 2012. (Congresso).

5.
GIUSTI, E. M. ; BILIBIO, E. ; SPICA, M. A. . VI Congresso Internacional de Filosofia da UNICENTRO. 2011. (Congresso).

6.
SPICA, M. A.. V CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA UNICENTRO - V CONIFIL. 2010. (Congresso).

7.
SILVA, M. M. ; SPICA, M. A. ; GIUSTI, E. M. ; BACH, A. . I Congresso Nacional de Filosofia da Unicentro - II Colóquio Kant da SKB-PR. 2009. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Elisa Santos. A natureza da crença religiosa no Tractatus de Wittgenstein. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

2.
Zacarias Alvez. Considerações sobre a incorporação dos animais na esfera moral em Peter Singer. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

3.
Giseli Novak da Silva. Proposições fulcrais em Wittgenstein: duas interpretações.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

4.
Silvio Kavetski. Linguagem moral e racionalidade: um estudo sobre a teoria ética de R. M. Hare.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

5.
Paulo Henrique de Oliveira. A filosofia do do direito de Ronald Dworkin. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

6.
Rosecléia Aparecida da Luz. Distinção entre valor intrínseco e inerente e sua aplicação para discussão da eutanásia em Dworkin. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

7.
Everton Ribeiro. Religião em Kant. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

8.
Victor Mateus Gubert Teo. A ampliação do círculo moral em Peter Singer. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

9.
Everaldo Caldas da Silva. Inexistência de Deus em Richard Dawkins. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

10.
Bruno Senoski do Prado. A linguagem e seus limites no Tractatus de Wittgenstein. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

11.
José Gustavo Ceslak. Em busca de uma justa alocação de recursos para a saúde: um estudo a partir do principialismo e da possível contribuição de John Rawls. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

12.
Romell Krieger. A teoria do direito dos animais em Tom Regan. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

13.
Ricardo Zolinger Zanin. O conceito de identidade em Hume. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

14.
Ademir Araújo Lima. Metodologia Cartesiana. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

15.
Joelma Feviari. A importäncia do paradigma no trabalho científico segundo Kuhn. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Marciano Adilio Spica.

16.
Juliana Calichio Gonçalves. Thomas Kuhn e a evolução científica atraves das revoluções paradigmáticas. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Marciano Adilio Spica.

17.
Solange Aparecida Both Klein. A passagem do homem do estado de natureza ao estado civil em Thomaz Hobbes. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Marciano Adilio Spica.

18.
Izonil Luiz Barzotto. Da voluntas a noluntas: a superação do sofrimento do mundo. Uma perspectiva de Schopenhauer. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Marciano Adilio Spica.

Iniciação científica
1.
EVERTON DIEGO TELES. Pluralismo Religioso: um estudo sobre o pluralismo religioso de John Rick. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

2.
INEZ GORETE KINAL. Deus e o mal no mundo. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

3.
DIEGO LOPES. A teoria de justiça no pensamento de John Rawls. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

4.
Elisa Santos Meier. A religião no Tractatus de Wittgenstein. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marciano Adilio Spica.

5.
Giseli Novak da Silva. O Conceito de crença no Da Certeza de Wittgenstein. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

6.
Caroline Ciucz de Jesus. Justiça em Mill. 2015. Iniciação Científica - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marciano Adilio Spica.

7.
Silvio Kavetski. A diferença entre imperativos e indicativos na filosofia moral de R. M. Hare. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

8.
Michelle Ferreira de Lima. Existência e Desespero na concepção de Soren Kierkegaard.. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marciano Adilio Spica.

9.
Paulo Henrique de Oliveira. As Críticas de Ronald Dworkin ao Positivismo Jurídico. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

10.
MICHELLE FERREIRA DE LIMA. O Conceito de Desespero em Kierkegaard. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel. Orientador: Marciano Adilio Spica.

11.
EDILAINE CRISTINA CARDOZO. O conceito de valor intrínseco e seus reflexos sobre a questão da eutanásia em Dworkin. 2013. Iniciação Científica - Universidade Estadual do Centro-Oeste, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel. Orientador: Marciano Adilio Spica.

12.
Sílvio Kavetski. A natureza dos juízos morais em R. Hare. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

13.
MAÍSA DE CAMPOS CARNEIRO. As criticas rawlsianas as doutrinas teleológicas e a alternativa deontológica. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

14.
Bruno Senoski do Prado. A Linguagem no Tractatus de Wittgenstein. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

15.
José Gustavo Ceslak. Justiça e Equidade em Bioética. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

16.
Victor Mateus Gubert Teo. A ampliação do círculo moral em Peter Singer. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

17.
Bruno Senoski do Prado. A linguagem no Tractatus de Wittgenstein. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.

18.
Christian Carlos Khun. O problema da intuição em Kant. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste. Orientador: Marciano Adilio Spica.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
SPICA, M. A.. Wittgenstein e a ética da crença. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SPICA, M. A.. Language, belief and plurality: a contribution to understanding religious diversity. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 7:03:50