Flávio Augusto Corrêa Basilio

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9856933052129754
  • Última atualização do currículo em 28/08/2017


Economista, com mestrado e doutorado em economia. Possui experiência nas áreas de macroeconomia, economia monetária, economia internacional, economia bancária e econometria. Foi gestor de riscos do Banco do Brasil, onde trabalhou com regulação bancária, modelagem interna de risco de mercado, crédito e operacional e na implementação de Basileia II e III. É ex-professor da Universidade de Brasília onde lecionou as disciplinas de macroeconomia II, introdução à economia e economia brasileira. Recebeu da UnB, em 2012 e em 2014, o prêmio pesquisador parceiro da imprensa. Ainda no plano acadêmico, é professor titular do Centro Universitário UDF e do Mestrado em Direito da mesma instituição. Possui artigos publicados nos principais periódicos do país e capítulos de livro no país e no exterior. Além disso é organizador do livro Macroeconomia do Desenvolvimento. No Ministério da Fazenda, exerceu a função de assessor econômico do Ministro de Estado da Fazenda e de economista chefe na Secretaria de Assuntos Internacionais. Ainda no Ministério da Fazenda, foi representante do Brasil no G20 e coordenou estudos em parceria com o IPEA na elaboração de simulações computacionais com uso da Matriz Insumo-Produto e também de impactos de política econômica. Em colaboração com a Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda criou o Boletim Infraestrutura Brasil e ajudou a desenvolver as debêntures de infraestrutura. No ministério do Planejamento exerceu a função de Secretário Adjunto da Secretaria de Assuntos Internacionais, onde era responsável pela relação com investidores estrangeiros, por financiamentos internacionais com garantias da União e por temas de comércio exterior. Foi representante do Ministério do Planejamento nos Comitês Executivos GECEX e COFIG. Atualmente é Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Flávio Augusto Corrêa Basilio
Nome em citações bibliográficas
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2012
Doutorado em Economia.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Política Monetária e Barganha Salarial: A Importância das Instituições do Mercado de Trabalho na Ausência de Rigidez Nominal, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Joaquim Pinto de Andrade.
Coorientador: José Luis da Costa Oreiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Crescimento; Vulnerabilidade Externa; Integração Financeira; Performance Macroeconômica; Fluxos de Capitais.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Macroeconomia / Especialidade: Macroeconomia Aberta.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Crescimento, Flutuações e Planejamento Econômico / Especialidade: Crescimento e Desenvolvimento Econômico.
Setores de atividade: Política Econômica e Administração Pública em Geral.
2005 - 2007
Mestrado em Desenvolvimento Econômico.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Acumulação de Capital, Integração Financeira e Performance Macroeconômica: Ensaios em Macrodinâmica Pós-Keynesiana para Economias Abertas,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: José Luis da Costa Oreiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Acumulação de Capital; Intergração Financeira; Poupança Externa; Política Monetária; Fluxos Internacionais de Capitais; Teoria Pós-Keynesiana.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Macroeconomia.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Crescimento, Flutuações e Planejamento Econômico / Especialidade: Crescimento e Desenvolvimento Econômico.
Setores de atividade: Política Econômica e Administração Pública em Geral; Educação Superior.
2001 - 2004
Graduação em Ciências Economicas.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Crescimento, Vulnerabilidade e Poupança Externa: uma análise do debate macroeconômico brasileiro.
Orientador: José Luis da Costa Oreiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2006 - 2006
Fazendo Apresentações. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
Solucionando Problemas. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
Gerenciado Projetos. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
Coaching. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
Princípios de Finanças. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
A Comunicação Escrita. (Carga horária: 20h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2006 - 2006
Elaborando Orçamentos. (Carga horária: 12h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2004 - 2004
Planejamento e Organizações. (Carga horária: 16h).
Lcm Treinamento e Consultoria, LCM, Brasil.
2002 - 2003
Extensão universitária em Monitoria.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2001 - 2002
Extensão universitária em Programa Especial de Treinamento. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



UDF Centro Universitário, UDF, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Professor Titular, Enquadramento Funcional: Professor titular

Atividades

04/2012 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Administração Financeira
Administração Financeira e Orçamentária

Ministério da Fazenda, MIN. FAZENDA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Economista Chefe - SAIN

Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Assessor Econômico do Ministro da Fazenda, Carga horária: 40


Banco do Brasil - Direção Geral, BB, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Assessor Diretoria de Gestão de Riscos, Carga horária: 40
Outras informações
Assessor na Diretoria de Riscos


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 5

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Boletim de Conjuntura TCPAR/MDE

Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 20
Outras informações
Estagio no Programa Especial de Treinamento da UFPR (PET - UFPR) - Participação semanal nos seminários da Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico da Universidade Federal do Paraná - Participação nos Eventos de Iniciação Científica CNPQ - Participação no grupos de estudos sobre macrodinâmica da UFPR.

Atividades

6/2006 - 12/2006
Estágios , Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Economia.

Estágio realizado
Pesquisa Econômica.
1/2005 - 6/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Economia.

1/2005 - 6/2006
Estágios , Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Economia.

Estágio realizado
Pesquisador Boletim de Conjuntura.
6/2001 - 12/2002
Estágios , Setor de Ciências Agrárias, Departamento de Economia.

Estágio realizado
Programa Especial de Treinamento (PET).

Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador
Outras informações
Membro de Banca Examinadora

Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professor das seguintes disciplinas: Macroeconomia II Introdução à Economia Formação Econômica do Brasil


Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, PLANEJAMENTO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretário Adjunto, Carga horária: 40


Ministério da Defesa, MD, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretário



Linhas de pesquisa


1.
Economia Monetária
2.
Macroecomia
3.
Macrodinâmica


Projetos de pesquisa


2015 - 2016
O Desafio da Manutenção do Equilíbrio Financeiro e Atuarial na Seguridade Social com as Políticas Contemporâneas de Inclusão e Assistencialismo
Descrição: Embora se possa considerar que o equilíbrio financeiro e atuarial já existia anteriormente como princípio implícito da previdência social e de toda a Seguridade Social, na forma estabelecida pelo § 5º do artigo 195 da Constituição Federal, segundo o qual ?Nenhum benefício ou serviço da seguridade social poderá ser criado, majorado ou estendido sem a correspondente fonte de custeio total?, o fato é que historicamente tal previsão, por si só um tanto vaga, nunca foi efetivamente observada com seriedade pelos regimes de previdência social. É a partir da reforma de 1998 que o equilíbrio financeiro e atuarial passou a ser considerado um princípio essencial e estruturante da previdência social, acompanhado de mecanismos voltados a verificar a sua observância. Políticas de inclusão previdenciária, com forte inserção dos informais no mercado e sistema econômico, aliadas a diversas concessões assistencialistas, dão o tom no Brasil de um cenário que tem se traduzido em problemas quase que insolúveis como visto na Europa. O desafio é garantir o bem-estar social às pessoas que não vertem contribuições a sistema algum de previdência social, mas recebem amparo social vindo dos recursos custeados por toda a sociedade, numa ampla aplicação do princípio da solidariedade. No Brasil, os direitos sociais surgem no ordenamento jurídico como garantias constitucionais sob o manto de normas fundamentais, e o que sempre se esperou foram suas efetividades e aplicabilidades imediatas, o que não ocorre na maior das vezes. Conquistas precisam ser mantidas e o retrocesso jamais admitido, contudo, permeados por proporcionalidade. É nessa toada, o maior dos desafios da Seguridade Social não contributiva e inclusiva: o de garantir amparo efetivo da universalidade de cobertura aos hipossufiicientes tomando por base o financiamento social geral da coletividade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Meio Ambiente do Trabalho: repercussões previdenciárias e trabalhistas da infortunística laboral.
Descrição: O tema do meio ambiente do trabalho, embora seja antigo no campo trabalhista e da Seguridade Social, adquiriu relevância destacada no novo cenário constitucional e infraconstitucional brasileiro, inclusive em decorrência de reformas constitucionais consumadas nos últimos 25 anos. Nesse quadro, a normatividade jurídica acerca da matéria passou a ostentar uma acentuada perspectiva multidimensional, com princípios e regras atuantes sobre a gestão empresarial do estabelecimento e da empresa, a responsabilidade das empresas em face da Previdência Social e em face do próprio trabalhador, os preceitos estipuladores de garantias de emprego para trabalhadores acidentados, os dispositivos referentes a certa política de cotas em torno de trabalhadores vítimas da infortunística laboral ou em processo de recuperação previdenciária, as regras que tratam das ações regressivas da Previdência Pública contrariamente aos empregadores considerados culpados por danos causados a trabalhadores no âmbito do meio ambiente laborativo, além de outros preceitos convergentes. Dessa maneira, a pesquisa sobre as repercussões previdenciárias inerentes às lesões derivadas dos acidentes laborais e/ou doenças profissionais ou ocupacionais no meio ambiente do trabalho apresenta na atualidade grande relevância jurídica, não somente com respeito à busca de uma mais eficiente política pública para a prevenção desses malefícios provindos do ambiente laborativo, como ainda por se constituir em parte significativa de uma política pública de redução do déficit orçamentário próprio à seara da Previdência Social. A relevância dessa pesquisa jurídica se demonstra igualmente pela circunstância de enfrentar, com amplitude, o tema da gestão empresarial do meio ambiente do trabalho, com suas atribuições e deveres, sem contar o tema da responsabilidade empresarial perante os respectivos trabalhadores, em vista dos danos a eles provocados por lesões vinculadas à infortunística laborativa.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Economia do Trabalho
Descrição: O projeto tem o objetivo estudar as principais teorias relativas à determinação do emprego e dos salários, tanto sob enfoque microeconômico, quanto macroeconômico, além de mostrar a importância do instrumental da oferta e demanda de trabalho para a compreensão de inúmeros aspectos observados no mercado de trabalho, tanto no modelo competitivo como em outras formas de mercado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Flávio Augusto Corrêa Basilio - Integrante / José Luís da Costa Oreiro - Integrante / Gustavo José de Guimarães e Souza - Coordenador / Laura Dias Abramo - Integrante.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1
2013 - 2015
Impactos de Política Econômica na Matriz Insumo-Produto
Descrição: CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº 030/2013.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .
Integrantes: Flávio Augusto Corrêa Basilio - Coordenador / Gustavo José de Guimarães e Souza - Integrante / Pedro Jucá Maciel - Integrante / Alexandre Alves Porsse - Integrante.
2013 - 2015
Estimação de Modelos DSGE para avaliação de políticas econômicas
Descrição: CHAMADA PÚBLICA IPEA/PNPD Nº 033/2013.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .
Integrantes: Flávio Augusto Corrêa Basilio - Coordenador / Gustavo José de Guimarães e Souza - Integrante / Guilherme Valle Moura - Integrante / Pedro Jucá Maciel - Integrante.Financiador(es): Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF - Bolsa.
2007 - 2011
Grupo de Estudos de Macrodinâmica do Desenvolvimento
Descrição: As pesquisas desenvolvidas no âmbito do grupo de macrodinâmica do desenvolvimento deverão constribuir para um melhor entendimento da dinâmica do desenvolvimento econômico a partir de um enfoque predominantemente macroeconômico, apoiado nas constribuições teóricas de autores como Keynes, Kalecki, Harrod, Robinson, Steindl, Lance Taylor, Amit Bhaduri, Antony Twirwall entre outros. Deve-se ressaltar a alta produtividade dos membros do grupo, dois deles sendo pesquisadores do CNPQ, tendo bolsa de produtividade. Os membros do grupo publicam frequentemente em revistas como a Revista de Economia Política, a Estudos Econômicos,a Economia e Sociedade, o Journal of Post Keynesian Economics e a Investigacíon Económica. Além dos artigos publicados em revistas nacionais e internacionais os membros do grupo tem participado como autores e/ou organizadores de diversos livros nas áreas de macroeconomia e desenvolvimento econômico. Por fim, deve-se ressaltar a importância dos pesquisadores do grupo na formação de novos pesquisadores por intermédio da orientação de diversas dissertações de mestrado e teses de doutorado no âmbito do programa de pós-graduação em desenvolvimento econômico da UFPR..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (13) .
Integrantes: Flávio Augusto Corrêa Basilio - Integrante / José Luís da Costa Oreiro - Coordenador / Jose Gabriel Porcile Meireles - Integrante / guilherme jonas costa da silva - Integrante / mauricio aguiar serra - Integrante / breno pascualote lemos - Integrante / marcelo luiz curado - Integrante / luciano nakabashi - Integrante / fabio doria scatolin - Integrante / alexandre campos gomes de souza - Integrante / fabricio jose missio - Integrante / marcelo de oliveira passos - Integrante / marcos wagner da fonseca - Integrante / rodrigo ayres padilha - Integrante / evelin lucht - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação.


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Revista ANPEC
2014 - Atual
Periódico: Revista de Economia Política (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Revista de Economia (Curitiba)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Crescimento, Flutuações e Planejamento Econômico/Especialidade: Crescimento e Desenvolvimento Econômico.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia do Trabalho.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Equilíbrio Geral.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Troféu Pesquisador Parceiro da Imprensa ? Universidade de Brasília (UnB), Universidade de Brasília (UnB).
2008
Certificação Profissional ANBID - Série 20 (CPA 20), Associação Nacional dos Bancos de Investimento.
2005
Prêmio Paraná de Economia, Corecon/PR.
2004
Segundo aluno Geral do Curso de Ciências Econômicas, UFPR.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CARTAXO, MAC AMARAL2017CARTAXO, MAC AMARAL ; BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA ; DUQUE, CLAUDIO GOTTSCHALG . Arquitetura da informação para uma economia da informação. Informação & Informação (Online), v. 22, p. 34-59, 2017.

2.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2015BASILIO, F.. Macroeconomia pós-keynes e o referencial novo-keynesiano. Revista de Conjuntura, v. 55, p. 27-35, 2015.

3.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2015BASILIO, F.; de GUIMARÃES e SOUZA . O (Des)Emprego e sua Importância para a Definição do Mainstream na Macroeconomia. Reflexões Econômicas, v. 1, p. 295, 2015.

4.
OREIRO, José Luís da Costa2014 OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA . Effects of overvaluation and volalitity of exchange rate over investment in manufacturing industry: empirical evidenc-es and policy proposals for the brazilian case.. Revista de Economia Política (Impresso), v. 34, p. 347-366, 2014.

5.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2014BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Acumulação de capital, abertura financeira e endividamento externo: um modelo macrodinâmico pós-keynesiano com câmbio flexível e mobilidade de capitais. Análise Econômica (UFRGS), v. 32, p. 7-32, 2014.

6.
NUNES, A.2014NUNES, A. ; SOARES, F. A. R. ; BASILIO, F. . A regulação do mercado de saúde e os efeitos sobre a seleção adversa. Revista de Economia (Curitiba), v. 40, p. 23-38, 2014.

7.
OREIRO, José Luís da Costa2013BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa ; De Paula, L. F. R. . Estrutura do setor bancário e o ciclo recente de expansão do crédito: o papel dos bancos públicos federais. Nova Economia (UFMG. Impresso), v. 23, p. 473-520, 2013.

8.
OREIRO, José Luís da Costa2010OREIRO, José Luís da Costa ; De Paula, L. F. R. ; BASILIO, F. . Desenvolvimento financeiro e crescimento econômico. Revista de la CEPAL (Impresa), v. 230, p. 3-39, 2010.

9.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2009BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . A Crise Financeira Brasileira: análise e propostas para o seu enfrentamento. Revista de Conjuntura, v. 37, p. 21-31, 2009.

10.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2009BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . A Crise Financeira Brasileira: uma análise a partir do conceito de fragilidade financeira à la Minsky. Revista de Economia Política (Impresso), v. 29, p. 146-148, 2009.

11.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2005BASILIO, F.. O paradoxo das exportações e o comportamento do câmbio real. Revista Economia & Tecnologia, v. 2, p. 69-76, 2005.

12.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2005BASILIO, F.. A política monetária americana e o recente ciclo de negócios. Revista Economia & Tecnologia, v. 3, p. 67-83, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
OREIRO, José Luís da Costa (Org.) ; De Paula, L. F. R. (Org.) ; BASILIO, F. (Org.) . Macroeconomia do Desenvolvimento: Ensaios sobre restrição externa, financiamento e política macroeconômica. 1. ed. Recife: Editora Universitária - UFPE, 2012. v. 1. 479p .

Capítulos de livros publicados
1.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . A Crise Financeira Brasileira: uma análise a partir do conceito de fragilidade financeira a la Minsky. In: Luiz Fernando de Paula; Fernando Ferrari Filho. (Org.). A crise financeira internacional: origens, desdobramentos e perspectivas. 1ed.São Paulo: Unespe, 2012, v. 1, p. 131-136.

2.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Derivativos de câmbio, fragilidade financeira e política monetária no Brasil durante a crise financeira internacional. In: Luis Oreiro; Luiz Fernando de Paula; Flavio Basilio.. (Org.). Macroeconomia do Desenvolvimento: ensaios sobre restrição externa, financiamento e política macroeconômica. 1ed.Recife: Editora Universitária UFPE, 2012, v. 1, p. 59-93.

3.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Exchange rate derivatives, Financial Fragility and Monetary Policy in Brazil during the World Financial Crisis. In: Philip Arestis; Rogério Sobreira; José Luis Oreiro. (Org.). An Assessment of the Global Impact of the Financial Crisis. 1ed.Londres: Palgrave, 2011, v. 1, p. 236-261.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA . Câmbio e crescimento, as evidências em ordem. Valor Econômico, Brasil, p. A10 - A10, 10 fev. 2014.

2.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Por uma redução permanente da Selic. Valor Econômico, São Paulo, p. A12 - A12, 29 nov. 2011.

3.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . A Crise e seus Impactos no Brasil. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 21 - 21, 13 set. 2009.

4.
BASILIO, F.; de GUIMARÃES e SOUZA . Poupança: uma janela de oportunidades. Valor Econômico, p. a12 - a12, 20 maio 2009.

5.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . A Eficácia das Mudanças na Poupança. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. a20 - a20, 15 maio 2009.

6.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Dilemas e Alternativas no Debate sobre a Poupança. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. a18 - a18, 12 maio 2009.

7.
BASILIO, F.. Neoclássicos Versus Keynesianos e a Crise. Valor Econômico, Brasil, p. A6 - A6, 26 dez. 2008.

8.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . A Crise Financeira Brasileira: análise e propostas para o seu enfrentamento. Revista de Conjuntura, Brasília, 15 dez. 2008.

9.
BASILIO, F.. A política monetária americana e o recente ciclo de negócios. Boletim de Economia e Tecnologia UFPR/TECPAR, Curitiba, , v. 3, p. 67 - 83, 01 dez. 2005.

10.
BASILIO, F.. O paradoxo das exportações e o comportamento do câmbio real. Boletim de Conjuntura UFPR/TECPAR, Curitiba, , v. 2, p. 69 - 76, 04 ago. 2005.

11.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . A Crise Financeira Brasileira: uma análise a partir do conceito de fragilidade financeira a la Minski. Dossiê da Crise, Brasil.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Regras de Política Monetária e Estrutura das Barganhas Salariais em um Modelo de Equilíbrio Geral Novo Keynesiano. In: 42º Encontro Nacional de Economia - Anpec, 2014, Natal-RN. 42° ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 2014.

2.
BASILIO, F.; ABRAMO, L. D. . Economia Brasileira em Retrospectiva: análise da pr. In: VII Encontro Internacional da Associação Keynesiana Brasileira, 2014, São Paulo. VII Encontro Internacional da Associação Keynesiana Brasileira, 2014.

3.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA ; MARTINS, K. S. . Effects of over-valuation and exchange rate volatility over industrial investment: empirical evidence and economic policy proposal for the Brazilian case. In: 11th International Conference Developments in Economic Theory and Policy, 2014, Bilbao. 11th International Conference Developments in Economic Theory and Policy, 2014.

4.
SOUSA, A. P. T. ; BASILIO, F. ; OREIRO, José Luís da Costa . WAGE-LED OU PROFIT-LED? ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO DAS ECONOMIAS SOB O REGIME. In: 41º Encontro Nacional de Economia / ANPEC, 2013, Foz do Iguaçu. 41º Encontro Nacional de Economia / ANPEC, 2013.

5.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA . Acumulação de Capital, Taxa Real de Câmbio e Catching-up Teoria e evidência para o caso brasileiro. In: 10º Forum de Economia, 2013, São Paulo. "Uma estratégia para dobrar a renda per capita do Brasil em 15 anos?", 2013.

6.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Stability Analysus of Different Monetary Policy Rules for a Macroeconomic Model with Endogenous Money and Credit Channel. In: XXXVII Encontro Nacional de Economia, 2009, Foz do Iguaçu. Stability Analysus of Different Monetary Policy Rules for a Macroeconomic Model with Endogenous Money and Credit Channel, 2009.

7.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Acumulação de Capital, Abertura Financeira e Endividamento Externo: um modelo macrodinâmico pós-keynesiano com câmbio flexível e mobilidade de capitais. In: XXXVI Encontro Nacional de Economia - ANPEC, 2008, Salvador. XXXVI Encontro Nacional de Economia - ANPEC, 2008.

8.
BASILIO, F.. Crescimento Econômico, Integração Financeira e Endividamento Externo: um modelo pós-keynesiano. In: XII Encontro Nacional de Economia Política, 2007, São Paulo. XII Encontro Nacional de Economia Política, 2007.

9.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . ENDOGENOUS GROWTH AND FOREIGN SAVINGS IN A POST KEYNESIAN OPEN ECONOMY MACROECONOMIC MODEL WITH FLEXIBLE EXCHANGE RATES. In: The Ninth International Post Keynesian Conference: The Continuing Relevance of The General Theory, 2006, Kansas. The Ninth International Post Keynesian Conference: The Continuing Relevance of The General Theory, 2006.

10.
BASILIO, F.. O Modelo de Crescimento Norte-Sul e a Questão da Poupança Externa. In: XI Encontro Nacional de Economia Política, 2006, Vitória. Alternativas ao Neoliberalismo na América Latina. São Paulo: Sociedade Brasileira de Economia Política, 2006. p. 56-56.

Artigos aceitos para publicação
1.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Stability Analysis of Different Monetary Policy Rules for a Macroeconomic Model with Endogenous Money and Credit Channel. Economia (Brasília), 2015.

2.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Wage-led ou profit-led? Análise das estratégias de crescimento das economias sob o regime de metas de inflação, câmbio flexível, mobilidade de capitais e endividamento externo.. Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso), 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
BASILIO, F.. As Origens e Motivadores da Crise Financeira Americana. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Stability Analysus of Different Monetary Policy Rules for a Macroeconomic Model with Endogenous Money and Credit Channel. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BASILIO, F.. Seminário PPS em defesa da Poupança. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Crescimento endógeno, conflito distributivo e política monetária: um modelo pós-keynesiano. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Crescimento Endógeno, Conflito Distributivo e Política Monetária: um modelo pós-keynesiano com fluxos de capitais para uma pequena economia aberta. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Crescimento Econômico, Integração Financeira e Endividamento Externo: um modelo pós-keynesiano. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
Frenkel, R. ; BASILIO, F. . Sistema Financeiro e Política Econômica em uma Era de Instabilidade. Rio de Janeiro: Campus Elsevier, 2013. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BASILIO, F.. Carta IEDI n. 390 - Os Sistemas Tributários dos Países do BRIC: Um Foco na Competitividade Externa. 2010.

2.
BASILIO, F.. Crescimento, Vulnerabilidade e Poupança Externa: uma análise do debate macroeconômico brasileiro.. 2004.

3.
BASILIO, F.. Análise dos efeitos da desvalorização cambial de 1999 nas economias brasileira e paranaense. 2002.


Demais tipos de produção técnica
1.
BASILIO, F.. Política Monetária e o Combate à Inflação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BASILIO, F.. Política monetária. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Oliveira, J.C.; BASILIO, F.. Participação em banca de Leonardo Romero Marino.A SUSTENTABILIDADE DA DÍVIDA PÚBLICA BRASILEIRA E A POLÍTICA FISCAL DO SEGUNDO GOVERNO LULA. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
BASILIO, F.. 1º Prêmio Codeplan de Monografia. 2015. Companhia de Planejamento do Distrito Federal.

2.
BASILIO, F.. Prêmio Ministério da Fazenda de Economia. 2014. Ministério da Fazenda.

3.
BASILIO, F.. Prêmio Ministério da Fazenda de Economia. 2013. Ministério da Fazenda.

4.
BASILIO, F.; de GUIMARÃES e SOUZA; NUNES, M.. Projeto "Qualidade do gasto público": Estimação de Modelos DSGE para avaliação de políticas econômicas. 2013. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF.

5.
BASILIO, F.; de GUIMARÃES e SOUZA; NUNES, M.. Projeto "Qualidade do gasto público": Impactos de Política Econômica na Matriz Insumo-Produto.. 2013. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF.

6.
BASILIO, F.; de GUIMARÃES e SOUZA; NUNES, M.. Projeto "Qualidade do gasto público": Avaliação dos Sistemas Tributários do Brasil, Rússia, China e Índia: um foco sobre a competitividade externa. 2013. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF.

7.
BASILIO, F.. Prêmio Ministério da Fazenda de Economia. 2012. Ministério da Fazenda.

Concurso público
1.
De Paula, L. F. R.; RODRIGUES JUNIOR, M.; MARQUES, G. O. L. C.; BASILIO, F.. Professor Magistério Superior Univrsidade Federal do ABC, UFABC. 2014. Universidade Federal do ABC.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
'Política Monetária, Bancos Centrais e Regime de Metas de Inflação: teoria e experiência brasileira'. 2009. (Seminário).

2.
BRIC: Sistema Tributário, Desenvolvimento e Comércio Exterior. 2009. (Congresso).

3.
ANPEC SUL. Crescimento Endógeno, Conflito Distributivo e Política Monetária: um modelo pós-keynesiano com fluxos de capitais para uma pequena economia aberta. 2008. (Congresso).

4.
XXXVI Encontro Nacional de Economia - Anpec. Acumulação de Capital, Abertura Financiera e Endividamento Externo: um modelo pós-keynesiano com câmbio flexível e mobilidade de capitais. 2008. (Congresso).

5.
XII Encontro Nacional de Economia Política. Crescimento Econômico, Integração Financeira e Endividamento Externo: um modelo pós-keynesiano. 2007. (Congresso).

6.
XI Encontro Nacional de Economia Política. XI Encontro Nacional de Economia Política. 2006. (Congresso).

7.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.Modelo de Equilibrio Geral Computável: O que é? Para que serve?. 2005. (Seminário).

8.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.Um modelo macrodinamicopso-keynesiano de simulaçao. 2005. (Seminário).

9.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.Inflação, deflação de ativos: Da teoria convencional a uma abordagem alternativa. 2005. (Seminário).

10.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.Science and governance in the national systems of innovation approach. 2005. (Seminário).

11.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.A goveranança da Política Brasileira: Análise e Proposta de mudança.. 2005. (Seminário).

12.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento Econômico.Spread Bancário no Brasil: determinantes e proposições de política. 2005. (Seminário).

13.
Seminário Mestrado em Desenvolvimento UFPR.Utilização de Simuladores Empresariais no Ensino de Ciências Sociais Aplicadas:Um Estudo na República Federal da Alemanha. 2005. (Seminário).

14.
Congresso Paranaense da Indústria. Mapa da indústria paranaense. 2004. (Congresso).

15.
Seminário PPGDE.Poverty and Social Discrimination: A Spatial Keynesian Approach. GARY DYMSKI (University of California). 2004. (Seminário).

16.
Seminário Internacionalização Produtiva e Financeira e o Desenvolvimento Regional.Seminário Internacionalização Produtiva e Financeira e o Desenvolvimento Regional. 2002. (Seminário).

17.
Seminário Itinerante sobre a Economia Paranaense.Seminário Itinerante sobre a Economia Paranaense. 2002. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FISHLOW, A. ; BARBOSA, N. ; FICHE, M. E. ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA ; NUNES, M. ; MACIEL, P. J. . Sessão Especial ANPEC/Ministério da Fazenda - Perspectiva da Economia Brasileira diante do Cenário Externo.. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Laura Diaz Abramo. Economia Brasileira em Retrospectiva: análise da produtividade do trabalho a partir do Plano Real. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Alexander Ferreira. Análise dos principais fundos de renda fixa do Brasil: uma análise baseada na metodologia Value at Risk. Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - UDF Centro Universitário. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
OREIRO, José Luís da Costa2010OREIRO, José Luís da Costa ; De Paula, L. F. R. ; BASILIO, F. . Desenvolvimento financeiro e crescimento econômico. Revista de la CEPAL (Impresa), v. 230, p. 3-39, 2010.

2.
OREIRO, José Luís da Costa2014 OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. ; de GUIMARÃES e SOUZA . Effects of overvaluation and volalitity of exchange rate over investment in manufacturing industry: empirical evidenc-es and policy proposals for the brazilian case.. Revista de Economia Política (Impresso), v. 34, p. 347-366, 2014.

3.
BASILIO, F.;BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA2014BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Acumulação de capital, abertura financeira e endividamento externo: um modelo macrodinâmico pós-keynesiano com câmbio flexível e mobilidade de capitais. Análise Econômica (UFRGS), v. 32, p. 7-32, 2014.

4.
CARTAXO, MAC AMARAL2017CARTAXO, MAC AMARAL ; BASÍLIO, FLÁVIO AUGUSTO CORRÊA ; DUQUE, CLAUDIO GOTTSCHALG . Arquitetura da informação para uma economia da informação. Informação & Informação (Online), v. 22, p. 34-59, 2017.

Artigos aceitos para publicação
1.
BASILIO, F.; OREIRO, José Luís da Costa . Wage-led ou profit-led? Análise das estratégias de crescimento das economias sob o regime de metas de inflação, câmbio flexível, mobilidade de capitais e endividamento externo.. Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso), 2015.


Livros e capítulos
1.
OREIRO, José Luís da Costa (Org.) ; De Paula, L. F. R. (Org.) ; BASILIO, F. (Org.) . Macroeconomia do Desenvolvimento: Ensaios sobre restrição externa, financiamento e política macroeconômica. 1. ed. Recife: Editora Universitária - UFPE, 2012. v. 1. 479p .

1.
OREIRO, José Luís da Costa ; BASILIO, F. . Derivativos de câmbio, fragilidade financeira e política monetária no Brasil durante a crise financeira internacional. In: Luis Oreiro; Luiz Fernando de Paula; Flavio Basilio.. (Org.). Macroeconomia do Desenvolvimento: ensaios sobre restrição externa, financiamento e política macroeconômica. 1ed.Recife: Editora Universitária UFPE, 2012, v. 1, p. 59-93.


Cursos de curta duração ministrados
1.
BASILIO, F.. Política monetária. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Outras informações relevantes


Representante do Brasil no Grupo de Infraestrutura do G20



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 6:45:16