Ana Rafaela de Souza Timoteo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5643969576865120
  • Última atualização do currículo em 30/08/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2007), graduação em Ciências Biológicas - Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008), mestrado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2011) e doutorado em Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2016). Atualmente é pós-doutoranda, atuando no Núcleo de Genômica da UFRN. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Rafaela de Souza Timoteo
Nome em citações bibliográficas
TIMOTEO, A. R. S.;TIMOTEO, Ana Rafaela S.;TIMOTEO, ANA RAFAELA DE SOUZA;TIMOTEO, ANA;de Souza Timoteo, Ana Rafaela

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Biociências.
Campus Universitário - Av.Senador Salgado Filho. Laboratório de Biologia Molecular e Genômica
Lagoa Nova
59072970 - Natal, RN - Brasil
Telefone: (84) 32119209


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Bioquímica.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE MUTAÇÕES GERMINATIVAS EM INDIVÍDUOS COM SÍNDROME DE CÂNCER DE MAMA E OVÁRIO HEREDITÁRIO, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Tirzah Braz Petta Lajus.
Coorientador: Lucymara Fassarella Agnez Lima.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Síndrome de câncer de mama e ovário hereditário; análise multigênica; mutações germinativas; BRCA1/2; ATM/ATR; CDH1/MLH1/MSH6.
2009 - 2011
Mestrado em Ciências Biológicas.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: PROTEÔMICA COMPARATIVA DE LINHAGENS CELULARES HUMANAS EXPOSTAS AO ESTRESSE OXIDATIVO INDUZIDO POR RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Adriana Ferreira Uchôa.
Coorientador: Lucymara Fassarella Agnez Lima.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: XPC; CSB; NER; apoptose.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Reparo de DNA.
2008 - 2008
Graduação em Ciências Biológicas - Bacharelado.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Análise de respostas celulares em cepas de Escherichia coli proficiente e deficiente em reparo de DNA expostas à Riboflavina (Vitamina B2) fotossensibilizada..
Orientador: Lucymara Fassarella Agnez Lima.
2003 - 2007
Graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Análise de expressão gênica.


Formação Complementar


2016 - 2016
Treinamento Operacional QIAcube. (Carga horária: 6h).
Qiagen Brasil, QB, Brasil.
2016 - 2016
Treinamento Operacional QIAgitlity. (Carga horária: 6h).
Qiagen Brasil, QB, Brasil.
2016 - 2016
Treinamento Operacional do Rotor-GeneQ. (Carga horária: 6h).
Qiagen Brasil, QB, Brasil.
2014 - 2014
Treinamento Operacional e de Aplicações na plataforma Ion Torrent (PGM). (Carga horária: 24h).
Life Technologies Brasil, LTB, Brasil.
2008 - 2008
Mutagênese e Reparo de DNA. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2007 - 2007
Genética Forense. (Carga horária: 3h).
Sociedade Brasileira de Genética, SBG, Brasil.
2006 - 2006
Técnicas de biologia molecular e imunologia. (Carga horária: 5h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2006 - 2006
Mecanismos de Mutagênese e Reparo de DNA. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2004 - 2004
Cultura de Tecidos aplicada ao melhoramento vegeta. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2004 - 2004
Estresse Salino em Plantas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2003 - 2003
Conservação do Parque das Dunas: estado atual e.... (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte, FAPERN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI-2 - Projeto de Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, LNRCC, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Execução de experimentos


Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente externo, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda

Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista - graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Bolsista - graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista - graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Laboratório de Estudo em Biotecnologia Vegetal

Atividades

02/2008 - 07/2008
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Biociências, Centro de Biociências.

Atividade realizada
Monitoria na Disciplina de Genética Básica II, durante o período 2008.1, para o curso de Ciências Biológicas, supervisionada pela Dra. Lucymara Fassarella Agnez Lima..
06/2006 - 07/2006
Extensão universitária , Centro de Biociências, Laboratório de Biologia Molecular e Genômica.

Atividade de extensão realizada
5º curso de férias: "Todos os seus desejos do saber sobre genética podem ser realizados" (Projeto FINEP) - Monitoria.
11/2004 - 12/2004
Extensão universitária , Centro de Biociências, .

Atividade de extensão realizada
"A disciplina de microbiologia e sua contribuição para o fortalecimento da cidadania em uma comunidade carente do município de Natal (RN)".Monitoria voluntária..
08/2004 - 09/2004
Extensão universitária , Centro de Biociências, Departamento de Botânica, Ecologia e Zoologia.

Atividade de extensão realizada
Dia Internacional de Limpeza de Praia - Monitoria Voluntária.
10/2003 - 06/2004
Estágios , Centro de Biociências, Laboratório de Estudos em Biotecnologia Vegetal.

Estágio realizado
Estágio Voluntário.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudo do impacto de polimorfismos genéticos na resposta terapeutica oncológica
Descrição: O câncer de mama, dentre as neoplasias malignas, tem sido o responsável pelos maiores índices de mortalidade no mundo. Entre os tratamentos disponíveis para o câncer de mama, está a utilização de hormônios. Entre esses fármacos, encontra-se o tamoxifeno (TMX). Esse medicamento pode ser utilizado em pacientes na pré e pós-menopausa e age ligando-se ao receptor tumoral para estradiol, competindo, assim, com esse hormônio. Existem efeitos colaterais ao uso do tamoxifeno como fogachos, retenção hídrica, amenorreia, alteração do ciclo menstrual, corrimento vaginal, sangramento vaginal, câncer do colo uterino, náusea, perda de peso, mudança de humor, depressão, fraqueza e faringite. No entanto a terapêutica adjuvante do câncer de mama com TMX está associada à maior sobrevida livre de doença e, possivelmente, à sobrevida global, além da redução do câncer de mama contralateral. A resposta clínica ao TMX varia de paciente para paciente e aproximadamente 35% das pacientes com câncer de mama receptor estrogênio positivo não respondem ao uso do tamoxifeno. A atividade farmacológica do TMX depende da sua bioativação pelo citocromo P450 2D6. Os resultados clínicos da terapia com TMX são influenciados por diversos fatores, incluindo o genótipo metabolizador CYP2D6, aderência ao tratamento e o uso de comedicações inibidoras, como os antidepressivos. As variações alélicas que alteram a atividade da enzima do citocromo CYP2D6 afetam a resposta ao TMX modulando o seu metabolismo. Embora a associação entre os polimorfismos do CYP2D6 e a recorrência do câncer de mama em pacientes em uso do tamoxifeno tenha sido relatada, existe pouca evidência sobre a associação entre esses polimorfismos e efeitos adversos ao TMX. Portanto, nosso objetivo é genotipar as pacientes atendidas na Liga contra o Câncer com diagnóstico de câncer de mama receptor de estrogênio positivo, de qualquer idade e que aceite participar do estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Genética Potiguar
Descrição: As anomalias congênitas são a mais importante causa de mortalidade perinatal e infantil em países desenvolvidos e de problemas de saúde nas crianças sobreviventes. Em países com problemas socioeconômicos importantes, a real incidência não é conhecida e a população afetada carece de centros de referências que possam acolher e minimizar seu sofrimento. Além disso, a subnotificação decorrente de inúmeros fatores, que vão da própria carência populacional ao desconhecimento dos gestores políticos, só contribui para agravar a situação dessa parcela relevante da população. Segundo o DATASUS, no Brasil, no período de 1980 a 1997, e no RN, a partir do ano de 2000, com a melhora dos indicadores de saúde ocorrida, as condições geneticamente determinadas se destacaram, com as anomalias congênitas (incluindo as anormalidades cromossômicas) superando a diarreia e as infecções respiratórias, passando a ser a segunda causa de mortalidade infantil, o que ressalta a necessidade da inclusão de estratégias específicas para as políticas em saúde pública (Brasil. Ministério da Saúde 2013). O único Serviço de referência no RN para pacientes com DR é o Centro Especializado em Reabilitação III (CER), que possui limitada capacidade de investigação diagnóstica, dependendo de que os pacientes sejam referenciados a outros Estados, para realização de análises mais específicas, mesmo que tecnicamente simples. Uma investigação sobre princípios genéticos, com base em teste precisos, que contemple e faça a diferenciação entre os diversos grupos étnicos pode ajudar a entender as diferentes dinâmicas sócio-históricas, o processo de miscigenação desses grupos no RN e suas doenças genéticas, preenchendo uma enorme lacuna no que diz respeito à consanguinidade dos potiguares. Nós iremos realizar o georreferenciamento das comunidades com pacientes portadores de doenças raras; Levantamento dos dados epidemiológicos, geográficos, antropológicos e clínicos através da anamnese inicial; Realizar coleta de sangue dos indivíduos cujos quadros clínicos sugiram alguma das condições com diagnóstico complementar passível de ser realizado pelas técnicas propostas neste projeto, como sequenciamento de DNA por NGS em plataforma ION TORRENT..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Oncologia de precisão utilizando banco de dados- Genômica do câncer
Descrição: Na última década o conhecimento sobre a genômica do câncer avançou acentuadamente, e nos últimos anos, achados provenientes das ciências básicas foram incorporados à clínica, impactando significativamente o diagnóstico e o tratamento do paciente oncológico e permitindo a prática da oncologia personalizada ou oncologia de precisão. A compreensão da biologia molecular do câncer e da oncologia de precisão é hoje fundamental para um tratamento personalizado e melhora do prognóstico. Antes da oncologia de precisão, a maioria dos pacientes com um tipo específico de câncer e estadiamento recebiam o mesmo tratamento. No entanto, os médicos observaram que alguns pacientes respondiam bem a alguns tratamentos, enquanto outros não tão bem. Com o crescimento do conhecimento genético, os pesquisadores descobriram que as diferenças genéticas nos pessoas e seus tumores explicavam muito dessas diferentes respostas ao tratamento. Embora um paciente com câncer possa receber um esquema de tratamento convencional, como a cirurgia para a retirada do tumor, o médico também pode recomendar algum tipo de tratamento personalizado. Os tratamentos individuais para o câncer podem ser oferecidos como parte ativa do tratamento ou como parte de um estudo clínico. A terapia alvo visa genes, proteínas ou tecidos cancerosos específicos que contribuem para o crescimento do câncer. Para alguns tipos de câncer, como câncer de mama, câncer colorretal, tumor estromal gastrointestinal (GIST), câncer de rim, câncer de pulmão, melanoma, mieloma múltiplo, alguns tipos de leucemia e linfoma, e alguns tipos de cânceres infantis já existem medicamentos alvo disponíveis. Mas, certamente, a terapia alvo depende de descobrir se o tumor tem o alvo específico. Isto é geralmente verificado testando uma amostra do tumor obtida através de uma biópsia ou durante a cirurgia. Para que isso ocorra, é necessário entendermos a constituição genômica mais frequente de tumores e associar estas informações com informações biológicas do tumor e do paciente. Atualmente, podemos fazer isso utilizando banco de dados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Calculadora de risco para câncer hereditário
Descrição: A síndrome hereditária de predisposição ao câncer de mama e/ou ovário acomete em torno de 15% das mulheres diagnosticadas com câncer, que tem como característica tumores agressivos e prognóstico reservado. Essa fração da população precisa de acompanhamento médico específico, baseado em protocoles clínicos. Para diagnosticar se a paciente tem síndrome hereditária de predisposição ao câncer de mama e/ou ovário ela precisa fazer um teste genético baseado em sequenciamento genômico. Hoje estuda-se 8 genes além dos genes BRCA1 e BRCA2. Esses testes são caros e devem ser aplicados de forma correta. As informações genéticas acerca dessa síndrome são muito complexas, pois requer conhecimento prévio de genética humana e molecular. Portanto, muito médicos desconhecem os fatores etiológicos e não se sentem seguros para solicitar o teste genético. Aqui no RN, a Liga contra o Câncer oferece um serviço de aconselhamento genético que atende pacientes encaminhados por oncologistas, ginecologistas, radioterapeutas e mastologistas. Porém, mais de um terço dos pacientes encaminhados não tem indicação para realizar o teste genético. Isso se deve ao fato dos médicos desconhecerem todos os critérios para cálculo do risco de pacientes oncológicos para síndrome hereditária de predisposição ao câncer de mama e/ou ovário. O objetivo desse projeto é desenvolver um aplicativo interativo que calcule o risco do paciente para síndrome hereditária e que forneça informações sobre quais genes devem ser testados e onde realizar esses testes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Rastreamento de mutações germinativas relacionadas com câncer hereditário
Descrição: Síndromes hereditárias incluídas nesse estudo: Melanoma Familial, Câncer de mama e/ou ovário hereditário, Câncer colorretal, HNPCC ou Síndrome de Lynch, Câncer gástrico difuso hereditário. O serviço de Aconselhamento Genético oferecido pela Liga servirá para detectar famílias de alto risco da população Norte-Riograndense a desenvolver câncer, por apresentar histórico familiar. A execução de testes genéticos para a detecção de mutações germinativas em genes que causam propensão ao câncer de mama é de alto custo, por isso, um dos objetivos deste projeto é oferecer para todos os pacientes indicados a oportunidade de realizar esse teste. A LIGA é uma Instituição que recebe grande parte de seus recursos pelo SUS e por isso não tem, hoje em dia, capital de giro para financiar o Aconselhamento Genético em 100%. Por este motivo, uma parceria estabelecida entre a Liga e a UFRN permitiu que o sequenciamento seja realizado no Laboratório de Biologia Molecular e Genômica da UFRN.O paciente será encaminhado pelo médico responsável para o serviço de Aconselhamento Genético, que é uma consulta multidisciplinar feita por um geneticista, psicólogo e oncologista. Em seguida será avaliado se o paciente tem critério de inclusão para ser testado. Caso tenha, o paciente assinará o TCLE e será submetido a coleta de 5 mL de sangue periférico. O resultado será comunicado ao médico antes de ser comunicado ao paciente, nos casos positivos para mutação germinativa, a equipe de AG participará da mesa redonda da especialidade do câncer do paciente e será discutido acompanhamento e conduta médica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Study of new mechanisms to potentiate targeted cancer therapy
Descrição: Estudo em parceria com a empresa farmacêutica Novartis Oncology com objetivo de testar moléculas em estudo de Fase II em modelos de linhagem humana in vitro deficiente em vias de reparo de DNA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Estudo epidemiológico, clínico e genético da radiodermite em pacientes com câncer de cabeça e pescoço e de mama
Descrição: A radioterapia é uma modalidade de tratamento oncológico que utiliza radiação ionizante atuando sobre o ácido desoxirribonucléico (DNA) das células, impedindo-as de se multiplicarem (morte reprodutiva) e/ou induzindo sua morte direta por apoptose. A irradiação da pele leva um complexo modelo de lesão tecidual e recrutamento de células inflamatórias, envolvendo dano da camada basal celular da epiderme, das células endoteliais e componentes vasculares. Em até 30% dos pacientes com complicações induzidas pela radioterapia, as reações de pele ocorrem devido aos fatores relacionados às técnicas de tratamento radioterápico e a fatores específicos dos pacientes. Alguns fatores, portanto, podem predispor o indivíduo a alterar sua capacidade de cicatrização e, assim contribuir com o aparecimento de radiodermites e, sobretudo, da sua gravidade. No entanto, não há uma explanação clara a respeito da gravidade dessas reações que podem ser encontradas na maioria dos pacientes, fato que tem apontado para a radiossensibilidade de componentes genéticos, fatores de predisposição para o aumento das reações de pele induzidas pela radioterapia. Polimorfismos em genes envolvidos no reparo do DNA, inflamação e cicatrização, poderiam determinar a susceptibilidade individual ao aparecimento da radiodermite. Porém ainda não está claro o motivo pelo qual alguns pacientes desenvolvem radiodermite e outros não. O aprimoramento constante da radioterapia no tratamento do câncer através de seus avanços tecnológicos e técnicas de radiação permitiram que a radiação ionizante adquirisse maior poder de penetração, os feixes de radiação focassem melhor o tumor com preservação de tecidos saudáveis adjacentes e mobilização do indivíduo para a aplicação fosse melhorada. A técnica de tratamento com intensidade modulada (IMRT) foi desenvolvida para reduzir os efeitos adversos, a toxicidade em tecidos saudáveis, bem como a severidade dos efeitos na pele..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
3R do DNA: reparo, replicação e recombinação
Descrição: Rede formada no ambito do edital PROCAD-CAPES, envolvendo pesquisadores da UFRN, USP e UFRGS com o objetivo de estudar mecanismos relacionados a integridade genômica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .
Integrantes: Ana Rafaela de Souza Timoteo - Integrante / Ana Helena Sales Oliveira - Integrante / Acarízia Eduardo da Silva - Integrante / Lucymara Fassarella Agnez Lima - Coordenador / Julliane Tamara Araújo de Melo - Integrante / Tirzah Braz Petta Lajus - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2009 - Atual
Instituto Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Redoxoma
Descrição: O INCT Redoxoma consiste em uma rede envolvendo aproximadamente 200 pesquisadores organizados em 25 grupos de pesquisa brasileiros. Este grupo de pesquisadores é financiado pelo Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência e Tecnologia, coordenado pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico (CNPq). Nosso objetivo é contribuir para o desenvolvimento de novos biomarcadores e estratégias antioxidantes para otimizar a monitoração e controle de processos biológicos mediados por radicais livres. Para atingir este objetivo, o INCT Redoxoma pretende aumentar nosso conhecimento sobre processos redox, atuando dentro de quatro frentes específicas: 1. Estudar a geração e controle de oxidantes em sistemas biológicos; 2. Estudar a reatividade química dessas espécies e consequências sobre a estrutura e função de biomoléculas; 3. Estudar mecanismos e redes de sinalização redox; 4. Desvendar aplicações diagnósticas e terapêuticas de processos redox..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Estabelecimento de uma rede de Aconselhamento Genético no Estado do Rio Grande do Norte para detecção precoce do câncer de mama hereditário
Descrição: No Brasil, o câncer de mama é o câncer que mais causa mortes entre as mulheres. O número de novos casos de câncer de mama no Brasil em 2008 foi de 49.400, e em 2009 existe um risco estimado de 51 casos a cada 100 mil mulheres (Fonte: INCA). O câncer de mama pode ser hereditário ou esporádico, este último representando cerca de 80% dos casos de câncer de mama. Os genes BRCA1 e BRCA2 (Breast Cancer 1 ou 2) são implicados na formação do câncer de mama hereditário. A incidência do câncer de mama hereditário ocorre de maneira precoce em relação à população geral e por este motivo, portadores de mutação no gene BRCA1 necessitam uma atenção particular, principalmente em mulheres na média de 30 anos. No nosso Estado, os relatos dos casos de câncer de mama pelos mastologistas apontam um crescimento de casos em mulheres pré-menopausa, o que é um forte indício para se acreditar na ocorrência de fatores hereditários. O presente projeto busca a desenvolver um processo de inovação tecnológica em Biologia Molecular do Câncer. O Departamento de Pesquisa da Liga Norte-Riograndense contra o Câncer em parceria com o Laboratório de Biologia Molecular e Genômica da UFRN irão, através deste projeto, desenvolver o diagnóstico biomolecular para detecção de propensão ao câncer de mama hereditário. Este processo faz parte da rede de Aconselhamento Genético que será estabelecido na LIGA para a prevenção, para a detecção precoce, e para a execução de tratamento profilático do câncer de mama hereditário no Estado do RN. Com isso nós estaremos não somente oferecendo um serviço de qualidade para a população como também estaremos estudando a assinatura genética dos pacientes no nosso Estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - Atual
Análise da Expressão e Regulação de APE1/Ref-1 Induzidas por Estresse Oxidativo em Células de Mamíferos Proficientes e Deficientes em Reparo de DNA
Descrição: As espécies reativas de oxigênio (EROs) são os agentes endógenos mais abundantes e tóxicos nos organismos aeróbios, as quais podem oxidar as biomoléculas celulares, incluindo o DNA. A riboflavina é um dos componentes do complexo da vitamina B2 e um eficiente fotossensibilizador, a qual tem sido utilizada em vários estudos de terapia fotodinâmica. Após a sensibilização da riboflavina com luz UV ou luz visível, observou-se a formação de EROs, incluindo oxigênio singlete, íons superóxido, radicais hidroxila e peróxido de hidrogênio. Embora a riboflavina seja utilizada como um eficiente fotossensibilizador, o potencial de seus fotoprodutos em células normais e tumorais não tem sido evidenciado. Foi descrito que o peróxido de hidrogênio promove a indução de APE1/Ref-1, proteína que atua regulando as respostas celulares ao estresse oxidativo por reparar os danos no DNA causados pelas EROs. Porém, ainda não foi elucidado como ocorre a regulação das funções de APE1/Ref-1 e quais mecanismos moleculares são responsáveis por induzir a sua translocação do citoplasma para o núcleo sob condições de estresse oxidativo. Além disso, tem sido descrito a participação das proteínas da via de reparo por excisão de nucleotídeos (NER) na remoção de danos oxidativos e na estimulação da função de reparo da APE1/Ref-1. Desta forma, o objetivo deste estudo é avaliar os efeitos citotóxicos do H2O2 e da riboflavina fotossensibilizada em células proficientes e deficientes na via NER, correlacionando à expressão e à regulação de APE1/Ref-1..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Núcleo de Estudos Genômicos
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
Aconselhamento genético em câncer familial
Descrição: O Aconselhamento Genético tem por objetivo fornecer informações detalhadas sobre síndromes genéticas, visando prevenir ou detectar de maneira precoce o surgimento da doença. Aproximadamente 15% de todos os cânceres tem causa hereditária e, dessa forma, a mutação que predispõe o indivíduo ao câncer pode ser passada para a próxima geração. O Aconselhamento genético é realizado em três fases: Pré-Teste, Pós-Teste e Acompanhamento...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2012 - 2015
Em Busca de Novos Talentos para a Ciência: Uma Intervenção no Ensino Público
Descrição: Nosso principal objetivo tem sido o treinamento de professores e alunos do ensino médio de Escolas Públicas no exercício do pensamento e métodos científicos, visando propiciar a aplicação de metodologias inovadoras para o ensino de Ciências. Desta forma buscaremos despertar vocações e identificar jovens com talento para pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Humana e Médica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: BIOLOGIA MOLECULAR.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Reparo de DNA.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Estresse oxidativo.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2008
Menção Honrosa - Painel Iniciação Científica (Co-autoria), Sociedade Brasileira de Genética.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:5
Total de citações:47
Fator H:2
Timoteo, Ana Rafaela de Souza  Data: 18/09/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
de Souza Timoteo, Ana Rafaela2018 de Souza Timoteo, Ana Rafaela; GONÇALVES, ANA ÉLIDA MENEZES MAGALHÃES ; SALES, LUCAS AMADEUS PORPINO ; ALBUQUERQUE, BETINA MENEZES ; DE SOUZA, JORGE ESTEFANO SANTANA ; DE MOURA, PATRÍCIA CRISTINA PASCOTO ; DE AQUINO, MARCOS ALBERTO ARRUDA ; AGNEZ-LIMA, LUCYMARA FASSARELA ; LAJUS, TIRZAH BRAZ PETTA . A portrait of germline mutation in Brazilian at-risk for hereditary breast cancer. BREAST CANCER RESEARCH AND TREATMENT, v. 171, p. 1-10, 2018.

2.
MELO, JULLIANE TAMARA ARAÚJO DE2016MELO, JULLIANE TAMARA ARAÚJO DE ; TIMOTEO, ANA RAFAELA DE SOUZA ; LAJUS, TIRZAH BRAZ PETTA ; BRANDÃO, JULIANA ALVES ; SOUZA-PINTO, NADJA CRISTHINA DE ; MENCK, CARLOS FREDERICO MARTINS ; CAMPALANS, ANNA ; RADICELLA, J.PABLO ; VESSONI, ALEXANDRE TEIXEIRA ; MUOTRI, ALYSSON RENATO ; AGNEZ-LIMA, LUCYMARA FASSARELLA . XPC deficiency is related to APE1 and OGG1 expression and functions. MUTATION RESEARCH-FUNDAMENTAL AND MOLECULAR MECHANISMS OF MUTAGENESIS, v. 784, p. 25-33, 2016.

3.
TIMOTEO, ANA RAFAELA DE SOUZA2015 TIMOTEO, ANA RAFAELA DE SOUZA; ALBUQUERQUE, BETINA MENEZES ; MOURA, PATRICIA CRISTINA PASCOTO ; RAMOS, CARLOS CESAR DE OLIVEIRA ; AGNEZ-LIMA, LUCYMARA FASSARELA ; WALSH, TOM ; KING, MARY-CLAIRE ; LAJUS, TIRZAH BRAZ PETTA . Identification of a new BRCA2 large genomic deletion associated with high risk male breast cancer. Hereditary Cancer in Clinical Practice (Online), v. 13, p. 1-5, 2015.

4.
MARCELINO, HENRIQUE2015MARCELINO, HENRIQUE ; DA SILVA, ACARÍLIA ; GOMES, MONIQUE ; OLIVEIRA, ELQUIO ; NAGASHIMA-JUNIOR, TOSHIYUKI ; PINHEIRO, GARDÊNIA ; DA SILVA, ACARÍZIA ; TIMOTEO, ANA ; AGNEZ-LIMA, LUCYMARA ; AYALA, ALEJANDRO ; OLIVEIRA, ANSELMO ; EGITO, ERYVALDO . Leads from Physical, Chemical, and Thermal Characterization on Cytotoxic Effects of Xylan-Based Microparticles. Polymers, v. 7, p. 2304-2315, 2015.

5.
AGNEZ-LIMA, LUCYMARA F.2012 AGNEZ-LIMA, LUCYMARA F. ; MELO, JULLIANE T.A. ; SILVA, ACARÍZIA E. ; OLIVEIRA, ANA HELENA S. ; TIMOTEO, Ana Rafaela S. ; LIMA-BESSA, KERONNINN M. ; MARTINEZ, GLAUCIA R. ; MEDEIROS, MARISA H.G. ; DI MASCIO, PAOLO ; GALHARDO, RODRIGO S. ; MENCK, CARLOS F.M. . DNA damage by singlet oxygen and cellular protective mechanisms. MUTATION RESEARCH-REVIEWS IN MUTATION RESEARCH, v. 1, p. 1, 2012.

6.
BRITO, L. K. F. L.2008BRITO, L. K. F. L. ; SILVEIRA, J.A.G. ; LIMA, L.L.F. ; TIMOTEO, A. R. S. ; CHAGAS, R.M. ; MACEDO, C. E. C. . Alterações no perfil de frações nitrogenadas em calos de cana-de-açúcar induzidas por deficit hídrico. Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online), v. 43, p. 683-690, 2008.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BRITO, L. K. F. L. ; LIMA, L.L.F. ; TIMOTEO, A. R. S. ; ARAÚJO, R. D. ; ARAÚJO, R.A.L ; SOUZA, M.B. ; SILVEIRA, J.A.G. ; MACEDO, C. E. C. . Cultivo de calos embriogênicos das variedades RB 72 454 e SP 81 3250 de cana-de-açúcar (Saccharum sp.) na presença de polietilenoglicol (PEG-6000).. In: XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal, 2005, Recife. Anais do XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TIMOTEO, A. R. S.; AGNEZ-LIMA, L. F. ; LAJUS, T. B. P. . CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE UMA MUTAÇÃO PATOGÊNICA INTRÔNICA (BRCA1_IVS17+2T>C) EM PACIENTE COM CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO. In: V Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica ? V CONNEGEM, 2015, Natal. Anais do V Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica ? V CONNEGEM, 2015.

2.
TIMOTEO, A. R. S.; FONTES, F. L. ; MOURA, P. C. P. ; COSTA, C. S. X. ; SANTOS, E. M. ; AGNEZ-LIMA, L. F. ; LAJUS, T. B. P. . EFEITO DOS POLIMORFISMOS APEX1 ASP148GLU E TNF?857C>T NA OCORRÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA E RADIODERMITE. In: V Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica ? V CONNEGEM, 2015, Natal. Anais do V Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica ? V CONNEGEM, 2015.

3.
TIMOTEO, A. R. S.; AGNEZ-LIMA, L. F. ; LAJUS, T. B. P. . SEQUENCIAMENTO DE GENES ASSOCIADOS À PREDISPOSIÇÃO DE CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO. In: XX Encontro de Genética do Nordeste, 2014, Campina Grande. Anais do XX Encontro de Genética do Nordeste, 2014.

4.
MELO, J. T. A. ; SILVA, G. K. ; PINHEIRO, D. M. L. ; TIMOTEO, A. R. S. ; LIMA, L. F. A. . Teatralizando a Importância da Mutação para a Evolução. In: 58º Congresso Brasileiro de Genética, 2012, Foz do Iguaçu. Anais do 58º Congresso Brasileiro de Genética, 2012.

5.
MELO, J. T. A. ; BRANDAO, J. A. ; SILVA, A. E. ; TIMOTEO, A. R. S. ; LAJUS, T. B. P. ; LIMA, L. F. A. . Efeitos Citotóxicos Induzidos pela Riboflavina Fotossensibilizada em Células Humanas Proficientes e Deficientes em Reparo de DNA. In: Ciências do Mar: Herança para o Futuro, 2010, Natal/RN. Anais da 62 Reunião Anual da SBPC, 2010.

6.
MELO, J. T. A. ; BRANDAO, J. A. ; SILVA, A. E. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; TIMOTEO, A. R. S. ; LAJUS, T. B. P. ; LIMA, L. F. A. . CYTOTOXIC EFFECTS INDUCED BY HYDROGEN PEROXIDE AND PHOTOSENSITIZED RIBOFLAVIN IN HUMAN CELLS PROFICIENT AND DEFICIENT IN NER. In: IX Congresso Brasileiro da SBMCTA, 2009, Ouro Preto/MG. IX Congresso Brasileiro da SBMCTA, 2009, Ouro Preto, 2009.

7.
MELO, J. T. A. ; SILVA, A. E. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; TIMOTEO, A. R. S. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ANÁLISE DAS RESPOSTAS AOS DANOS CELULARES OXIDATIVOS CAUSADOS PELO PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO (H2O2) EM CÉLULAS DE MAMÍFEROS. In: 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008, Salvador, BA. Anais do 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008.

8.
SILVA, A. E. ; MELO, J. T. A. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; TIMOTEO, A. R. S. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . EXPRESSÃO DIFERENCIAL DA APE1/REF-1 INDUZIDA POR OXIGÊNIO SINGLETE EM CÉLULAS HUMANAS. In: 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008, Salvador, BA. Anais do 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008.

9.
TIMOTEO, A. R. S.; OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; MELO, J. T. A. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ALTERAÇÕES DO PADRÃO DE RESPOSTAS CELULARES DE CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. In: XIX Congresso de Iniciação Científica - CIC 2008, 2008, Natal, RN. Anais do XIX Congresso de Iniciação Científica - CIC 2008, 2008.

10.
TIMOTEO, A. R. S.; OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; MELO, J. T. A. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ANÁLISE DE RESPOSTAS CELULARES DE CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. In: 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008, Salvador, BA. Anais do 54º Congresso Brasileiro de Genética, 2008.

11.
MELO, J. T. A. ; SILVA, A. E. ; TIMOTEO, A. R. S. ; BRANDAO, J. A. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ANÁLISE DA CITOTOXICIDADE E EXPRESSÃO DE APE1/REF-1 EM CÉLULAS DE MAMÍFEROS TRATADAS COM PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO (H2O2). In: XIX Congresso de Iniciação Científica, 2008, Natal. Anais do XIX Congresso de Iniciação Científica, 2008.

12.
OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; TIMOTEO, A. R. S. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . OXIDATIVE STRESS INDUCES CELL DEATH AND DNA DAMAGE IN MAMMALIAN CELL LINE. In: XXXVI Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology (SBBq) and 10th International Union of Biochemistry and Molecular Biology (IUBMB) Conference "Infectious Diseases: Biochemistry of Parasites, Vectors and Hosts, 2007, Salvador, BA. Anais do XXXVI Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology (SBBq) and 10th International Union of Biochemistry and Molecular Biology (IUBMB) Conference "Infectious Diseases: Biochemistry of Parasites, Vectors and Hosts, 2007.

13.
SILVA, A. E. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; TIMOTEO, A. R. S. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . RESPOSTAS CELULARES AO ESTRESSE OXIDATIVO INDUZIDO POR OXIGÊNIO SINGLETE. In: XIX Congresso de Iniciação Científica - CIC2008, 2007, Natal, RN. XVIII Congresso de Iniciação Científica - CIC2007, 2007.

14.
LEAL, A.M.S. ; VIEIRA, V. K. B. ; EGITO, L. C. M. ; MEDEIROS, J. A. V. ; TIMOTEO, A. R. S. ; MENCK, C. F. M. ; MARQUES, M. V. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . RESISTÊNCIA DA CHROMOBACTERIUM VIOLACEUM A DIFERENTES AGENTES GENOTÓXICOS. In: VIII Congresso Brasileiro de Mutagênese, Carcinogênese e Teratogênese Ambiental, 2007, Mangaratiba, RJ. REVISTA BRASILEIRA DE TOXICOLOGIA. São Paulo: Suprema, 2007. v. 20. p. 87-87.

15.
OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; TIMOTEO, A. R. S. ; CARVALHO, F. M. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . Mutagenesis and citotoxicity caused by photosensitizers-induced oxidative stress. In: XXXVI Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology / 10th IUBMB, 2007, Salvador, BA. XXXVI Annual Meeting of the Brazilian Society for Biochemistry and Molecular Biology / 10th IUBMB, 2007.

16.
OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; TIMOTEO, A. R. S. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . SINGLET OXYGEN-INDUCED CITOTOXICITY AND MUTAGENESIS IN ESCHERICHIA COLI MEDIATED BY PHOTOSENSITIZATION OF METHYLENE BLUE. In: VIII Reunião Regional Nordeste da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular - SBBq, 2006, Natal, RN. Anais da VIII Reunião Regional Nordeste da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular - SBBq, 2006.

17.
TIMOTEO, A. R. S.; ARAÚJO, R.A.L ; BRITO, L. K. F. L. ; MACEDO, C. E. C. . EFEITO DE DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE 2,4-D NA CALOGÊNESE E REGENERAÇÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR. In: 57º REUNIÃO ANUAL DA SBPC, 2005, FORTALEZA-CE. ANAIS/RESUMOS DA 57º REUNIÃO ANUAL DA SBPC, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
TIMOTEO, A. R. S.. GENÉTICA DO CÂNCER: DIAGNÓSTICO E ACONSELHAMENTO GENÉTICO. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
TIMOTEO, A. R. S.; AGNEZ-LIMA, L. F. ; KING, M. C. ; WALSH, TOM ; LAJUS, T. B. P. . SEQUENCIAMENTO DE GENES ASSOCIADOS À PREDISPOSIÇÃO AO CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
LIMA, D. C. ; PINHEIRO, D. M. L. ; TIMOTEO, A. R. S. ; MELO, J. T. A. ; MEDEIROS, S. R. B. ; LIMA, L. F. A. . Projeto interação ciência e educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
PINHEIRO, D. M. L. ; MELO, J. T. A. ; TIMOTEO, A. R. S. ; DOLIVEIRA, R. G. ; MEDEIROS, S. R. B. ; LIMA, L. F. A. . Projeto interação ciência e educação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
TIMOTEO, A. R. S.; OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; MELO, J. T. A. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ANÁLISE DE RESPOSTAS CELULARES DE CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
TIMOTEO, A. R. S.; OLIVEIRA, A. H. S. ; SILVA, A. E. ; MELO, J. T. A. ; AGNEZ-LIMA, L. F. . ALTERAÇÕES DO PADRÃO DE RESPOSTAS CELULARES DE CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
TIMOTEO, A. R. S.; ARAÚJO, R.A.L ; BRITO, L. K. F. L. ; MACEDO, C. E. C. . EFEITO DE DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE 2,4-D NA CALOGÊNESE E REGENERAÇÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Biologia celular e genética de portas abertas.GENÉTICA DO CÂNCER: DIAGNÓSTICO E ACONSELHAMENTO GENÉTICO. 2018. (Outra).

2.
V Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica ? V CONNEGEM. CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE UMA MUTAÇÃO PATOGÊNICA INTRÔNICA (BRCA1_IVS17+2T>C) EM PACIENTE COM CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO. 2015. (Congresso).

3.
XX Encontro de Genética do Nordeste.SEQUENCIAMENTO DE GENES ASSOCIADOS À PREDISPOSIÇÃO AO CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO. 2014. (Encontro).

4.
Simpósio Rede Nacional Educação e Ciência.Projeto interação ciência e educação. 2013. (Simpósio).

5.
Simpósio Rede Nacional Educação e Ciência.Projeto interação ciência e educação. 2012. (Simpósio).

6.
54º Congresso Brasileiro de Genética. ANÁLISE DE RESPOSTAS CELULARES DE CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. 2008. (Congresso).

7.
XIX CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - CIC 2008. ALTERAÇÕES DO PADRÃO DE RESPOSTAS CELULARES EM CEPAS DE ESCHERICHIA COLI EXPOSTAS À RIBOFLAVINA FOTOSSENSIBILIZADA. 2008. (Congresso).

8.
53º Congresso Brasileiro de Genética. 2007. (Congresso).

9.
CURSO DE TÉCNICAS DE BIOLOGIA MOLECULAR E IMUNOLOGIA PARA DIAGNÓSTICO. 2006. (Outra).

10.
VIII Reunião Regional da SBBq e 3rd International Symposium in Biochemistry of Macromolecules and Biotechnology. 2006. (Simpósio).

11.
57º REUNIÃO ANUAL DA SBPC.EFEITO DE DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE 2,4-D NA CALOGÊNESE E REGENERAÇÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR. 2005. (Encontro).

12.
CURSO DE CULTURA DE TECIDOS APLICADA AO MELHORAMENTO VEGETAL. 2004. (Outra).

13.
III SIMPÓSIO E VI MOSTRA CIENTÍFICA DO CENTRO DE BIOCIÊNCIAS. 2004. (Outra).

14.
MINI-CURSO: "ESTRESSE SALINO EM PLANTAS" III SIMPÓSIO E VI MOSTRA CIENTÍFICA DO CENTRO DE BIOCIÊNCIAS. 2004. (Outra).

15.
1º BIO NA PRAÇA.MONITORIA. 2003. (Outra).

16.
II SIMPÓSIO E V MOSTRA CIENTÍFICA DO CENTRO DE BIOCIÊNCIAS. 2003. (Simpósio).

17.
MINI-CURSO VIVENCIAL:"CONSERVAÇÃO DO PARQUE DAS DUNAS: ESTADO ATUAL E PERSPECTIVAS" SEMANA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE - CB -UFRN. 2003. (Outra).

18.
SEMANA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE -CB - UFRN. 2003. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TIMOTEO, A. R. S.; PINHEIRO, D. M. L. ; MELO, J. T. A. ; LIMA, L. F. A. . 13 Curso de Férias de Genética. 2013. (Outro).

2.
TIMOTEO, A. R. S.; PINHEIRO, D. M. L. ; MELO, J. T. A. ; LIMA, L. F. A. . 12 Curso de Férias de Genética. 2012. (Outro).

3.
TIMOTEO, A. R. S.; MELO, J. T. A. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; LIMA, L. F. A. . 11 Curso de Férias de Genética. 2011. (Outro).



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
TIMOTEO, A. R. S.. GENÉTICA DO CÂNCER: DIAGNÓSTICO E ACONSELHAMENTO GENÉTICO. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TIMOTEO, A. R. S.; PINHEIRO, D. M. L. ; MELO, J. T. A. ; LIMA, L. F. A. . 12 Curso de Férias de Genética. 2012. (Outro).

2.
TIMOTEO, A. R. S.; PINHEIRO, D. M. L. ; MELO, J. T. A. ; LIMA, L. F. A. . 13 Curso de Férias de Genética. 2013. (Outro).

3.
TIMOTEO, A. R. S.; MELO, J. T. A. ; OLIVEIRA, A. H. S. ; LIMA, L. F. A. . 11 Curso de Férias de Genética. 2011. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 20:59:48