Suelen Gonçalves Rabelo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4546302251297136
  • Última atualização do currículo em 08/07/2016


Possui mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas na Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos pela Universidade Federal de Goiás graduação em C. Biológicas pela Universidade Católica de Brasília. Na UFG foi bolsista DTI do CNPq por um ano. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Filigeografia e estrutura de pupoulações, atuando principalmente nos seguintes temas: espécies do cerrado, filogrografia, genética de populações, microssatélites. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Suelen Gonçalves Rabelo
Nome em citações bibliográficas
RABELO, S. G.;Rabelo, S. G.;Rabelo, Suelen Gonçalves;RABELO, SUELEN GONÇALVES

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade Tecsoma.
Rua Orlando Ulhoa Batista, 380
Vila Alvora
38600000 - Paracatu, MG - Brasil
Telefone: (38) 33115800
URL da Homepage: http://www.tecsoma.br/


Formação acadêmica/titulação


2010
Mestrado em andamento em Genética e Melhoramento de Plantas.
Universidade Federal de Goiânia, UFG, Brasil.
Título: Filogeografia de Tabebuia aurea (Bignoneaceae),Orientador: Rosane Garcia Collevatti.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2002 - 2007
Graduação em C. Biológicas.
Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Orientador: Rosane Garcia Collevatt.




Atuação Profissional



Faculdade Tecsoma, TECSOMA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20


Colégio Soma, SOMA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências no Ensino Fundamental I, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Titular de Biologia do Ensino médio, Carga horária: 20


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora pesquisadora do Ensino à Distância, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Colégio Dom Elizeu, DOM ELIZEU, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino médio, Carga horária: 4


Colégio Objetivo, OBJETIVO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20


Escola Municipal João Braz, EMJB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Temporária, Carga horária: 20


Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: DTI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2009 - 2011
Genética e Conservação de Tabebuia (Bignoniaceae): fatores históricos e fragmentação atual do Cerrado
Descrição: Esse trabalho tem como objetivos estudar a estrutura genética e a filogeografia de Tabebuia aurea e T. ochracea no Cerrado. O conhecimento de parâmetros genéticos é de suma importância para a compreensão do papel de processos micro e macroevolutivos na distribuição atual das espécies e também para entender como fatores antrópicos podem afetar esta distribuição. Além disso, pode dar subsídios para o desenvolvimento de estratégias de conservação e manejo sustentável das espécies e dos Biomas. Praticamente toda a informação sobre genética de populações, filogeografia e ecologia de espécies arbóreas tropicais foram gerados a partir de estudos na Floresta Amazônica. Os resultados gerados neste trabalho contribuirão para o melhor conhecimento sobre aspectos genéticos de uma vegetação, o cerrado sensu stricto, pouco estudada sobre o aspecto genético, e bastante negligenciada sobre o aspecto de conservação. O presente projeto se beneficiará do conhecimento e tecnologia gerados por outros projetos desenvolvidos ou em desenvolvimento pela coordenadora da proposta. Atualmente, vários estudos vêm sendo desenvolvidos com espécies do gênero Tabebuia. Dentro destes projetos foi desenvolvida uma bateria de 21 loci microsatélites para o gênero Tabebuia (Braga et al. 2007), que serão utilizados na presente proposta. Além disso, a estrutura de acasalamento e de parentesco e a distância de fluxo gênico via pólen foram estudados em uma população de Tabebuia aurea na Estação Ecológica de Águas Emendadas, dentro de uma tese de doutorado (um artigo submetido e um em elaboração final), com financiamento do CNPq (Universal 2003) e do IFS International Foundation for Science, 2001). A estrutura de parentesco e a distância de dispersão de sementes estão sendo estudadas para várias espécies de Tabebuia de Floresta Estacional no Parque Estadual Altamiro Pacheco em Goiânia, Goiás (projeto PQ 2006, em fase de finalização) e para T. ochracea no Parque Estadual da Mata Seca, MG, dentro de uma..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Suelen Gonçalves Rabelo - Integrante / Rosane Garcia Collevatti - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2009 - 2011
Genética e Conservação de Tabebuia impetiginosa (Bignoniaceae): fatores históricos e fragmentação atual das Matas Secas do Brasil Central
Descrição: Esse trabalho tem como objetivos estudar a estrutura genética e a filogeografia de Tabebuia impetiginosa nas Matas Secas do Brasil. O conhecimento destes parâmetros ecológicos e genéticos é de suma importância para a compreensão do processo de fragmentação da Mata Seca e para avaliar a probabilidade de sua persistência nos remanescentes, dando subsídios para o desenvolvimento de estratégias de conservação e manejo sustentável destas espécies de grande importância ecológica, medicinal e econômica para a população do Brasil Central. Praticamente toda a informação sobre genética de populações, filogeografia e ecologia de espécies arbóreas tropicais foram gerados a partir de estudos na Floresta Amazônica. Os resultados gerados neste trabalho contribuirão para o melhor conhecimento sobre aspectos ecológicos e genéticos de espécies de uma formação florestal pouco estudada e para o melhor entendimento do efeito da fragmentação sobre estes aspectos. Além disso, irão contribuir para um melhor entendimento dos processos evolutivos que geraram a diversidade e o padrão de distribuição de espécies desta formação, bem como os processos ecológicos que permitem a manutenção desta diversidade. Os dados gerados por este trabalho serão de suma importância para a tomada de decisão sobre conservação e manejo das espécies estudadas e também das Matas Secas. O presente projeto se beneficiará do conhecimento e tecnologia gerados por outros projetos desenvolvidos ou em desenvolvimento pelo grupo no Laboratório de Genética Molecular do Programa de Pós-graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia da Universidade Católica de Brasília. Atualmente, vários estudos vêm sendo desenvolvidos com espécies do gênero Tabebuia. Dentro destes projetos, foi desenvolvida uma bateria de 21 loci microsatélites para o gênero Tabebuia (Braga et al. 2007), que serão utilizados na presente proposta. Além disso, a estrutura de acasalamento e de parentesco e a distância de fluxo gênico via pólen estão sendo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Suelen Gonçalves Rabelo - Coordenador / Rosane Garcia Collevatti - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Análise do impacto do extrativismo sobre a dinâmica populacional e estrutura genética do buriti (Mauritia flexuosa, Arecaceae) e sobre a comunidade de aves associada às veredas no Distrito Federal.
Descrição: O Cerrado, ou domínio morfoclimático dos Cerrados, é a maior, mais rica e provavelmente mais ameaçada região de savanas do mundo. Considerando-se a forte pressão antrópica sobre o Cerrado, é provável que a biodiversidade existente neste bioma esteja caminhando rapidamente rumo às extinções em massa. O buriti (Mauritia flexuosa, Arecaceae) é uma palmeira de presença marcante no Cerrado por ocorrer principalmente em associação com nascentes de água, em formações conhecidas como veredas, e em bordas de matas de galeria. A importância do buriti como fonte de renda alternativa para as populações locais do Centro-Oeste é notória. Constituí fonte de matéria-prima para pequenas indústrias caseiras, que utilizam as flores, frutos, sementes, folhas e tronco. O fruto é utilizado na confecção de doces e na indústria cosmética. As folhas, flores, brácteas e tronco são utilizados na confecção de artesanatos, sendo um importante componente da tradição cultural regional do Centro-Oeste, que alimenta o comércio informal da região. Além de sua importância para as populações humanas locais, o buriti exerce papel fundamental na manutenção da fauna do cerrado, funcionando como local de pouso e reprodução para a avifauna, atuando também como refúgio, abrigo, fonte de alimento e local de reprodução para a fauna terrestre e aquática. A principal ameaça ao buriti é a destruição do seu habitat natural, vales ou áreas planas acompanhando linhas de drenagem, que constitui uma das fitofisionomias mais vulneráveis do Cerrado devido à alta dependência de água. Estudos sobre dinâmica populacional e estrutura genética nessa espécie de palmeira são inexistentes. Portanto, este trabalho tem como objetivo geral avaliar o impacto do extrativismo sobre a dinâmica populacional e a diversidade genética do buriti, bem como avaliar a importância desta espécie de palmeira para a avifauna local, propiciando assim subsídios para o desenvolvimento de estratégias de manejo sustentável para o buriti e consequente.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Suelen Gonçalves Rabelo - Integrante / Rosane Garcia Collevatti - Coordenador / Renato Caparroz - Integrante / Cássia B. R. Munhoz - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.
2006 - 2008
Programa Biodiversidade Brasil Itália Estudo de Genética de Populações de Faveira na Floresta Nacional da Chapada do Araripe-CE
Descrição: O Programa Biodiversidade Brasil Itália foi criado com o objetivo de viabilizar soluções baseadas na biodiversidade vegetal, natural e agrícola, para aliviar a pobreza e melhorar a segurança alimentar de populações-alvo nas três regiões geográficas priorizadas Amazônia, Cerrado e Semi-Árido. Assim, o programa está voltado para a conservação e uso sustentável da biodiversidade nos aspectos que são relevantes para a alimentação e/ou produção de renda para as populações locais. O presente sub-projeto tem como objetivo gerar conhecimentos sobre a estrutura genética e fluxo gênico na faveira dando subsídeos para a elaboração do plano de manejo da espécie na FLONA do Araripe..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Suelen Gonçalves Rabelo - Integrante / Rosane Garcia Collevatti - Coordenador / Lélia T. Leói - Integrante / Suelma Ribeiro Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa - Auxílio financeiro / Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Cooperação.
2002 - 2005
Estratégias para a Conservação e Manejo Sustentável de Arnica ( Lychnophora ericoides)
Descrição: O Cerrado ocupa cêrca de 23% do território brasileiro, com uma flora estimada em 7 mil espécies, sendo o segundo maior bioma do País em área. O crescimento populacional e a demanda por mais alimentos, associado às condições edafo-climáticas favoráveis do Cerrado, transformou esta região em importante área para atividades agropecuárias. O ritmo acelerado desta ação antrópica nas últimas décadas tem levado a perdas de material genético vegetal nativo praticamente desconhecido do ponto de vista científico. Várias espécies da flora do Distrito Federal podem ser consideradas "ameaçadas de extinção", pelo número reduzido de indivíduos, por serem alvo de extrativismo predatório ou por predominarem em ambientes ou locais muito vulneráveis à ação antrópica. Este elenco inclui a Lychnophora ericoides Martius, presente na Lista Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção do IBAMA. Lychnophora ericoides (Asteraceae) ocorre em Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal em elevações de 950 a 1800 m. Estudos químicos e farmacológicos têm mostrado que estas plantas possuem atividades antinociceptiva, antiinflamatória e antitumoral, e efeitos antimicrobianos. Os estudos sobre a ecologia e a biologia dessa espécie são escassos. O objetivo deste projeto é gerar conhecimentos básicos da biologia de Arnica (L. ericoides), baseado em estudos de fisiologia de sementes, propagação vegetativa, biologia reprodutiva, dinâmica de populações, além de conhecer a diversidade genética e química entre indivíduos e populações, permitindo a definição de um plano de manejo sustentado. Além disso, realizar um diagnóstico do extrativismo e da comercialização de arnica em áreas de pressão extrativista, visando à geração de informações para dar suporte às políticas que contribuam para o desenvolvimento sustentável da região...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Suelen Gonçalves Rabelo - Integrante / Rosane Garcia Collevatti - Integrante / Roberto F. Vieira - Coordenador.Financiador(es): Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Universidade Federal de Goiás - Cooperação / Universidade Catolica de Brasilia - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Filigeografia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Docesncia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genetica conservativa.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genetica de populações.


Idiomas


Inglês
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1Collevatti, R. G.2012Collevatti, R. G. ; COLLEVATTI, R ; TERRIBILE, L. C. ; LIMA-RIBEIRO, M. S. ; NABOUT, J. C. ; Oliveira, G ; RABELO, S. G. ; Rangel, TF ; DINIZ-FILHO, J. A. F. . A coupled phylogeographic and species distribution modeling approach recovers the demographic history of a Neotropical seasonally dry forest tree species. Molecular Ecology (Print), v. 00, p. 00-00, 2012.

2.
TERRIBILE, L. C.2012TERRIBILE, L. C. ; LIMA-RIBEIRO, M. S. ; ARAUJO, M. B. ; BIZAO, N. ; Collevatti, R. G. ; DOBROVOLSKI, R. ; FRANCO, A. A. ; GUILHAUMON, F. ; LIMA, J. S. ; MURAKAMI, D. M. ; NABOUT, J. C. ; OLIVEIRA, G. ; OLIVEIRA, L. K. ; Rabelo, S. G. ; Rangel, TF ; SIMON, L. M. ; SOARES, T. N. ; TELLES, M. P. C. ; DINIZ-FILHO, J. A. F. . Areas of Climate Stability of Species Ranges in the Brazilian Cerrado: Disentangling Uncertainties Through Time. Brazilian Journal of Nature Conservation (Online), v. 10, p. 152-159, 2012.

3.
Rabelo, S. G.2011Rabelo, S. G.; TEIXEIRA, C. F. ; TELLES, M. P. C. ; Collevatti, R. G. . Development and characterization of microsatellite markers for Lychnophora ericoides, an endangered Cerrado shrub species. Conservation Genetics Resources (Online), v. 3, p. 741-743, 2011.

4.
2COLLEVATTI, R. G.2009 RABELO, S. G.; COLLEVATTI, R. G. ; Vieira, R. F. . Phylogeography and disjunct distribution in Lychnophora ericoides (Asteraceae), an endangered cerrado shrub species. Annals of Botany (Print), v. 104, p. 655-664, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COLLEVATTI, R. G. ; RABELO, S. G. . TRACING THE HISTORY OF SOUTH‐AMERICAN NEOTROPICAL SEASONALLY DRY FOREST: EVIDENCE FROM THE PHYLOGEOGRAPHY OF TABEBUIA IMPETIGINOSA (BIGNONIACEAE). In: 5th IBS conference, 2011, Irakleion. 5th international conference of the international Biogeography society, 2011.

2.
LIMA, NE ; FALEIRO, CT ; RABELO, S. G. ; COLLEVATTI, R. G. . Phylogeographic aspects of Mauriia flexuosa LF (Arecaceae): a palm restricted to flooded regions and with importante economic value for the local. In: 57 Congresso Brasileiro de Genética, 2011, Águas de Lindóia. Anais do Congresso de Genética, 2011.

3.
Rabelo, S. G.; COLLEVATTI, R. G. . Phylogeography and historic events related to Tabebuia aurea, (Bignoniaceae). In: 57 Congresso Brasileiro de Genética, 2011, Águas de Lindóia. Anais do 57 Congresso Brasileiro de Genética, 2011.

4.
RABELO, S. G.; COLLEVATTI, R. G. ; Vieira, R.F . . Desenvolvimento de marcadores microssatélites para a fava d anta Dimorphandra mollis (Fabaceae).. In: Congresso Nacional de Genética, 2008, Salvador. Resumos do 54º Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2008. v. 1. p. 148-148.

5.
RABELO, S. G.; COLLEVATTI, R. G. ; Vieira, R.F . Baixo polimorfismo em seqüências de cloroplasto de Lychnophora ericoides (Asteraceae), uma espécie medicinal do Cerrado ameaçada de extinção. In: 53 Congresso Brasileiro de Genética, 2007, Águas de Lindóia. Resumos do 53 Congresso Brasileiro de Gentica. Ribeirao Preto. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genetica, 2007. v. 1. p. 79-79.

6.
RABELO, S. G.; COLLEVATTI, R. G. ; Vieira, R.F . Filogeografi a de Lychnophora ericoides (Asteraceae), uma espécie medicinal do cerrado ameaçada de extinção. In: 51º Congresso Brasileiro de Genética, 2005, Águas de Lindóia. Anais do 51º Congresso Brasileiro de Genéica, 2005. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
RABELO, S. G.. As contribuições da genética para desvendar a história evolutiva das plantas do Cerrado. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RABELO, S. G.; COLLEVATTI, R. G. . Phylogeography and historic events related to Tabebuia aurea, (Bignoniaceae). 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
MELLO, R. ; ZVIEJKOVSKI, I. P. ; Rabelo, Suelen Gonçalves . Evolução Biológica. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Capítulo de livro).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
57 Congresso Brasileiro de Genética. Phylogeography and historic events related to Tabebuia aurea, (Bignoniaceae). 2011. (Congresso).

2.
International Symposiun on phylogeograph. 2010. (Simpósio).

3.
55 Congresso Brasileiro de Genética. 2009. (Congresso).

4.
54⁰ Congresso Brasilieiro de Genética. DESENVOLVIMENTO DE MARCADORES MICROSSATÉLITES PARA A FAVA D´ ANTA Dimorphandra mollis (FABACEAE) POR MEIO DE TÉCNICA DE SHOTGUN. 2008. (Congresso).

5.
53º Congresso Naciona de Genética. Baixo polimorfismo em seqüências de cloroplasto de Lychnophora ericoides (Asteraceae), uma espécie medicinal do cerrado ameaçada de extinção. 2007. (Congresso).

6.
51º Congresso Nacional de Genética. 51º Congresso Nacional de Genética. 2005. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
MELLO, R. ; ZVIEJKOVSKI, I. P. ; Rabelo, Suelen Gonçalves . Evolução Biológica. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Capítulo de livro).



Outras informações relevantes


Participação como monitora no II Congresso de Genética do Centro, realizado na Universidade Federal de Goiás em Goiânia, nos dias 01 a 03 julho de 2010.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 20:35:55