Rafael Fernandes Mendes dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3545407801701607
  • Última atualização do currículo em 08/10/2018


Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia (2008) e mestrado em Filosofia-MA - Universität Hamburg (2016). Atualmente é membro de grupo de pesquisa da Universidade Federal da Bahia, membro de grupo de pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana e professor substituto da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rafael Fernandes Mendes dos Santos
Nome em citações bibliográficas
Dos Santos, R.F.M.


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Filosofia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: A Memória em Wittgenstein: um estudo sobre lógica e causalidade,
Orientador: João Carlos Salles.
2013 - 2016
Mestrado em Filosofia-MA.
Universität Hamburg, UHH, Alemanha.
Título: Picture Theory in the Tractatus Logico-philosophicus,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Benjamin Schnieder.
Coorientador: Nathan Wildman.
Palavras-chave: Valor de verdade; Lógica.
Grande área: Ciências Humanas
2004 - 2008
Graduação em Filosofia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Crítica ao psicologismo em Frege.
Orientador: João Carlos Salles Pires da Silva.
Bolsista do(a): Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica, PIBIC, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Deutschkurse - Intensivkurs A2-C1. (Carga horária: 625h).
University Service, UNS, Alemanha.
2011 - 2011
Extensivkurs A1.
Goethe Institut, GI, Irlanda.
2010 - 2011
First Certificate in English Exam Preparation - Framework level C1.
Dublin Cultural Institut, DCI, Irlanda.
2009 - 2010
Intensive course in Test of Interactive English.
Dublin Cultural Institut, DCI, Irlanda.
2008 - 2008
Extensão universitária em Introdução a Hegel. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Curso Ação, Explicação e Racionalidade. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Conhecimento Intuitivo e Simbólico. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Membro de Grupo de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Membro de Grupo de Pesquisa


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Membro de Grupo de Estudos
Outras informações
Trata-se do Grupos de Estudos Empirismo Fenomenologia e Gramática coordenado pelo Professor João Carlos Salles. A página do grupo na Internet é www.efg.ufba.br

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia
08/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da História
08/2018 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia
08/2018 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética
04/2018 - 08/2018
Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia
04/2018 - 08/2018
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia

Gymnasium Hoheluft, GHT, Alemanha.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Honorarvertrag, Enquadramento Funcional: außerunterrichtliche Arbeitsgruppe, Carga horária: 5


Stadtteilschule Lessing, GL, Alemanha.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Honorarvertrag, Enquadramento Funcional: Förderlehrer, Carga horária: 10


Ganztagsstadtteilschule Mümmelmannsberg, GM, Alemanha.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Honorarvertrag, Enquadramento Funcional: Förderlehrer, Carga horária: 7



Projetos de pesquisa


2012 - Atual
O Antipsicologismo e a certeza em Wittgenstein
Descrição: Ao analisar expressões lingüísticas que travam uma relação direta com estados mentais, no MS 169, Wittgenstein afirma que a certeza não pode ser pensada como um tipo de sentimento ou coisa semelhante. A certeza, diz ele, deve ser compreendida como um modo de agir e não como a inflexão de voz que alguém usa ao falar. Assim, a certeza seria compreendida como resultante das práticas com as quais se entremescla no mesmo sentido que não pode ser compreendida como um ponto idealizado do qual as coisas ora se aproximam, ora se distanciam. Aparentemente, essa noção de certeza teria como conseqüência imediata a desimportância dos estados mentais na dinâmica dos jogos de linguagem. Afinal de contas, a certeza constitui interesse filosófico na medida em que pode ser compreendida como resultado da aplicação de critérios de objetividade que garantem a compreensão lingüística. Talvez por essa razão a maneira como Wittgenstein a compreende vincula-se tão facilmente à afirmação de desimportância dos estados mentais ao funcionamento dos jogos de linguagem. De um lado, teríamos a tese de irrelevância dos estados mentais; de outro, a tese segundo a qual a certeza corresponderia a um estado mental. Nesse caso, como em muitos outros, Wittgenstein deve recusar tanto uma quanto outra. Em sendo assim, mais do que enfatizar a irrelevância dos estados mentais, a investigação trata de desvendar as relações internas dos atos psicológicos a partir da gramática mesma segundo a qual esses atos são ditos, mesmo porque à lógica deve interessar apenas o que seja observável, ou seja, o que pertence ao tecido dos jogos de linguagem. Em razão disso, Wittgenstein trata de combater aquela noção de certeza psicologista, que a pensa articulada em um cenário mental a partir do qual se passaria a atribuir necessidade às nossas ações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Rafael Fernandes Mendes dos Santos - Integrante / Andre de Jesus Nascimento - Integrante / Ângelo Márcio Macedo Gonçalves - Integrante / Wagner Teles de Oliveira - Coordenador.
2007 - 2008
Sentido, Referência e Objetos em Frege
Descrição: O atual projeto se vale dos resultados da investigação anterior sobre os fundamentos da distinção entre sentido e referência, aprofundando-se em um dos seus assuntos essenciais, a saber, o da ligação entre nome e objeto. Trata-se então de analisar a tese de que nomes têm sentido à luz do problema instituição da referência de um nome por meio de um dos seus modos de apresentação. Cuida-se assim de examinar quais as consequências filosóficas de se admitir que a identidade de um nome possa ser instituída por meio de uma descrição possível de sua referência.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rafael Fernandes Mendes dos Santos - Integrante / João Carlos Salles Pires - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2
2006 - 2007
Sentido e Referência em Frege
Descrição: A inadequação da noção de significado anterior a distinção entre sentido e referência tornou-se clara a partir da análise de relações de identidade entre expressões que se referem a um mesmo número, mas que o apresentam diferentemente, como é o caso de '2=1+1'. O objeto do atual projeto de pesquisa é o pano de fundo teórico concebido por Frege para fundamentar tal distinção e as implicações de sua extensão para o âmbito das expressões proposicionais que incluem termos da linguagem natural.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rafael Fernandes Mendes dos Santos - Integrante / João Carlos Salles - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 3
2005 - 2006
Conhecimento por Descrição e por Familiaridade
Descrição: O projeto de pesquisa visa investigar as bases conceituais da distinção russeliana entre conhecimento por descrição e por familiaridade. Caberá então examinar em que medida, do ponto de vista de Bertrand Russell, o conhecimento do mundo exterior dependerá da descrição de dados dos sentidos e quais as dificuldades teóricas que essa descrição deverá exceder.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Rafael Fernandes Mendes dos Santos - Integrante / João Carlos Salles - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 2


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Dos Santos, R.F.M.. Descrição e Familiaridade em Bertrand Russell. Revista Argumento, Salvador - Ffch.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Dos Santos, R.F.M.. Wittgenstein on solipsism and time. In: V Conferência da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2018, Salvador. Anais da V Conferência da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2018.

2.
Dos Santos, R.F.M.. Sentido, Referência e Objetos Lógicos em Frege. In: IX Seminário Estudantil de Pesquisa da UFBA, 2008, Salvador. Listagens de Resumos, 2008.

3.
Dos Santos, R.F.M.. A Análise da Linguagem em Frege. In: VIII Seminário de Pesquisa e Pós-Graduação e XXVI Seminário Estudantil de Pesquisa, 2007, Salvador. Resumos, 2007.

4.
Dos Santos, R.F.M.. Sentido e Referência em Frege. In: I Encontro de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFBA, 2007, Salvador. Programação e Resumos, 2007. p. 70-71.

5.
Dos Santos, R.F.M.. Conhecimento por Familiaridade em Russell. In: I Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática, 2006, Salvador. Caderno de resumos. Salvador: Edufba, 2006. p. 10-10.

6.
Dos Santos, R.F.M.. Conhecimento por Familiaridade e Conhecimento por Descrição. In: VII Seminário de Pesquisa e Pós-Graduação e XXV Seminário Estudantil de Pesquisa, 2006, Salvador. Resumos, 2006. p. 255-255.

Apresentações de Trabalho
1.
Dos Santos, R.F.M.. A Memória na Filosofia de Wittgenstein. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
Dos Santos, R.F.M.. Frege e o Domínio da Lógica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
Dos Santos, R.F.M.. Sentido e Verdade em Frege. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
Dos Santos, R.F.M.. Observações sobre Sentido, Referência e Objetos Lógicos em Frege. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
Dos Santos, R.F.M.. Juízo e Pensamento em Frege. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
Dos Santos, R.F.M.. O Pensamento e a Gramática em Frege. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
Dos Santos, R.F.M.. Sentido e Referência em Frege. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
Dos Santos, R.F.M.. O Mundo em Frege. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
Dos Santos, R.F.M.. Conhecimento por Descrição e Conhecimento por Familiaridade em Bertrand Russell. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Demais trabalhos
1.
Dos Santos, R.F.M.. Familiaridade e Descrição em Bertrand Russell. 2006 (Apresentação de texto em colóquios e seminários) .

2.
Dos Santos, R.F.M.. O Empirismo de Russell. 2005 (Apresentação de texto em colóquios e seminários) .



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seventeenth BWS Lecture. 2017. (Outra).

2.
Nordic Wittgenstein Society - Symposium Wittgenstein and Pragmatism. 2016. (Simpósio).

3.
Easy Ontology - Third Hamburg Summer School. 2014. (Outra).

4.
IV Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática.Frege e o Domínio da Lógica. 2009. (Outra).

5.
III Colóquio Empirismo, Fenomenologia e Gramática.Juízo e Pensamento em Frege. 2008. (Outra).

6.
III Seminário de Pesquisa da Graduação em Filosofia da UFBA.Sentido e Verdade em Frege. 2008. (Seminário).

7.
I Encontro de Pesquisa da Pós-Graduação em Filosofia da UFBA.Sentido e Referência em Frege. 2007. (Encontro).

8.
II Colóquio Empirismo Fenomenologia e Gramática.O Mundo em Frege. 2007. (Outra).

9.
II Seminário de Pesquisa da Graduação em Filosofia da UFBA.O Pensamento e a Gramática em Frege. 2007. (Seminário).

10.
I Colóquio Empirismo Fenomenologia e Gramática.O Empirismo de Russell. 2006. (Outra).

11.
I Seminário de Pesquisa da Graduação em Filosofia da UFBA.Conhecimento por Familiaridade e Conhecimento por Descrição em Bertrand Russell. 2006. (Seminário).

12.
XII Encontro de Filosofia da Anpof. 2006. (Encontro).

13.
Colóquio Justiça, Virtude e Democracia. 2005. (Outra).

14.
Colóquio O Prazer do Texto. 2005. (Outra).

15.
XI Encontro de Filosofia da Anpof. 2004. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Dos Santos, R.F.M.. II Seminário de Graduação de Filosofia - UFBA. 2007. (Outro).

2.
Dos Santos, R.F.M.. I Seminário de Graduação de Filosofia - UFBA. 2006. (Outro).



Outras informações relevantes


Participo do Grupo de Estudo e Pesquisa Empirismo, Fenomenologia e Gramática, que realiza encontros semanais na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA. O site do grupo é www.efg.ufba.br



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 8:56:44