Marilda Munaro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5973234062782358
  • Última atualização do currículo em 25/10/2018


Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Paraná (1993), mestrado em Engenharia e Ciências dos Materiais pela Universidade Federal do Paraná (2000) e doutorado em Engenharia e Ciências dos Materiais pela Universidade Federal do Paraná (2007). . Tem experiência na área de Engenharia de Materiais, com ênfase em Polímeros. Atuando principalmente nos seguintes temas: materiais poliméricos - avaliação da degradação, caracterização, análise de falhas; e desenvolvimento de novos materiais . Trabalhou por mais de 20 anos como pesquisadora no Lactec. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marilda Munaro
Nome em citações bibliográficas
MUNARO, M.;Munaro, Marilda


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2007
Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Desenvolvimento de blendas de polietileno com desempenho aperfeiçoado para utilização no setor elétrico., Ano de obtenção: 2007.
Orientador: Leni Akcelrud.
Palavras-chave: Blendas; morfologia; polímeros; Polietileno.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica / Especialidade: Polímeros e Colóides.
Setores de atividade: Energia; Desenvolvimento de Novos Materiais.
1998 - 2000
Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: AVALIAÇÃO DA DEGRADAÇÃO DO POLIETILENO, EMPREGADO EM EQUIPAMENTOS PARA DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, ATRAVÉS DA TEMPERATURA DE OXIDAÇÃO MEDIDA POR CALORIMETRIA DIFERENCIAL DE VARREDURA (DSC),Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Gabriel Pinto de Souza.
Palavras-chave: polímeros; Polietileno; envelhecimento; DSC.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Produção e Distribuição de Energia Elétrica; Qualidade e Produtividade.
1989 - 1993
Graduação em Química.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.




Formação Complementar


2002 - 2002
Aperfeiçoamento em propriedades dos Plásticos. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2002 - 2002
Blendas polímericas. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Química de cosméticos. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
1993 - 1993
Extensão universitária em Normas série ISO-9000- Motivar para Qualidade.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
1991 - 1991
Extensão universitária em Ressonância Magnética Nuclear do Carbono-13. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Tecnologia Para o Desenvolvimento, LACTEC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2

Vínculo institucional

1996 - 2018
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 40

Atividades

2008 - Atual
Ensino, Mestrado Profissional em Desenv. de Tecnologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Técnicas de Caracterização de Materiais
Tecnologia de Materiais
Tecnologia em Polímeros
4/1996 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Área de Materiais, Materiais Poliméricos e Dielétricos.

4/1996 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Área de Materiais, Materiais Poliméricos e Dielétricos.

Linhas de pesquisa
Materiais Poliméricos

Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor do programa de pós-gradução em Engenharia e Ciência dos Materiais

Atividades

05/2009 - Atual
Ensino, Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Técnicas de caracterização de materiais poliméricos
Degradação e estabilização de polímeros

FACULDADE ESTÁCIO CURITIBA, ESTÁCIO, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2017
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6

Atividades

02/2010 - Atual
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral
02/2010 - 11/2017
Ensino, Engenharia de produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Química Geral

Sociedade Educacional de Santa Catarina, SOCIESC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10

Atividades

07/2008 - 12/2009
Ensino, Tecnologo em polímeros, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Degradação e estabilização de polímeros
04/2008 - 12/2009
Ensino, Tecnologo em polímeros, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Caracterização de materiais poliméricos

DIAGNO - Materiais e Meio Ambiente, DIAGNO, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 10



Linhas de pesquisa


1.
Rede Protegida de distribuição de anergia
2.
Materiais Poliméricos


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
TECNOLOGIAS ALTERNATIVAS PARA MELHORIA DE DESEMPENHO DE ISOLADORES DE LINHAS DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO (CLASSE 69 KV OU SUPERIOR)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guilherme Cunha da Silva em 18/01/2017.
Descrição: A ocorrência de descarga disruptiva em isoladores de alta tensão, principalmente em isoladores cerâmicos (vidro e porcelana), seja em ambiente com poluição leve (flashover) ou poluição pesada (pollution flashover), é um problema comum às concessionárias de energia elétrica. Este fenômeno pode levar à falha do sistema de isolamento e, em última instância, à ocorrência de desligamento. A extensão e características deste problema podem variar de local para local, inclusive dentro do mesmo sistema de transmissão ou distribuição. As alternativas normalmente utilizadas pelas concessionárias para evitar desligamentos ocasionados por descargas disruptivas são a utilização de isoladores com maior distância de escoamento e/ou a limpeza dos isoladores. Todavia, nem sempre estas soluções são suficientes e eficazes (tanto do ponto de vista técnico quanto econômico) para prevenção da ocorrência de descargas disruptivas, principalmente em ambientes de poluição pesada. Assim, faz-se necessários estudar e selecionar materiais e/ou tecnologias alternativas para aplicação em isoladores de linhas de transmissão e distribuição, classe 69 kV ou superior (tais como coberturas de silicone, materiais superhidrofóbicos, entre outros) que possibilitem a melhoria do desempenho dos mesmos pela supressão da corrente de fuga e minimização de problemas relacionados com poluição. Além da definição de materiais apropriados para tal fim, faz-se necessário o desenvolvimento de diretrizes para adequada seleção destes materiais, com a definição de ensaios e parâmetros de avaliação, bem como o desenvolvimento de diretrizes para acompanhamento do envelhecimento destes materiais durante o uso, a fim de estabelecer ensaios e parâmetros de avaliação que permitam o diagnóstico destes materiais, bem como indicar o final de vida útil dos mesmos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
ISOLADOR INTELIGENTE - NOVOS MECANISMOS DE PROTEÇÃO SUPERFICIAL E MELHORIA DE PROPRIEDADES DOS MATERIAIS

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Vitoldo Swinka Filho em 18/01/2017.
Descrição: A vida útil de componentes utilizados nas redes aéreas de distribuição compactas, como o isolador tipo pino, confeccionado com polietileno de alta densidade, é comprometida devido à degradação causada pela radiação ultravioleta proveniente da radiação solar. A radiação ultravioleta incidente sobre o polímero ocasiona a quebra das cadeias poliméricas mudando as propriedades do material. Além da radiação ultravioleta, outra propriedade importantes para o desempenho dos isoladores poliméricos é a manutenção da condição de alta hidrofobicidade para a superfície, pois se a superfície do material tende a se tornar hidrofílica, a água depositada, em conjunto com outros poluentes, forma um filme com condutividade elétrica reduzida e favorece a ocorrência do fenômeno de trilhamento elétrico, o qual pode levar o isolador a ruptura elétrica. No projeto 2866-018/2007 foi desenvolvido um primeiro protótipo de isolador polimérico inteligente, o qual utiliza o princípio do termocromismo (mudança da coloração) para indicar a presença de defeitos no isolador. O protótipo desenvolvido se mostrou eficaz para detecção de defeitos, porém os materiais termocromicos apresentaram elevado grau de degradação na presença da radiação ultravioleta. A proposta deste projeto é desenvolver técnicas de tratamento de superfície para os isoladores poliméricos com os seguintes objetivos: redução da degradação causada pela radiação ultravioleta, controle e manutenção da hidrofobicidade e melhoria da resistência ao trilhamento elétrico em isoladores poliméricos, incluindo o isolador inteligente. Paralelamente pretende-se estudar outros mecanismos de indicação de defeitos para o funcionamento do isolador inteligente, que não apresentem degradação intensa quando expostos a radiação UV..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / JOSEANE V. GULMINE - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Vitoldo Swinka Filho - Coordenador / Manoella Braga Costa - Integrante / José Molinari Pinto - Integrante / Rafael Pires Machado - Integrante / Tarcisio Loddi - Integrante / Cesar Ricardo Hubsch - Integrante / Daniel de Andrade Ussuna - Integrante / Danilo Carvalho de Gouveia - Integrante.
2015 - Atual
Metodologia de manutenção preventiva para definir a periodicidade da substituição de equipamentos e acessórios poliméricos usados em redes aéreas protegidas e nuas
Descrição: Para aumentar a confiabilidade das redes de distribuição aéreas, tanto nuas como protegidas, é importante conhecer o estado de envelhecimento e degradação dos equipamentos e acessórios utilizados a fim de estabelecer um programa de manutenção preventiva. Uma forma de obter a informação do estado de envelhecimento e degradação de equipamentos e acessórios cuja isolação é confeccionada com material polimérico (cabos cobertos, isoladores poliméricos, para-raios poliméricos, anéis de amarração e espaçadores) é avaliar o consumo de aditivo no material (no caso do polietileno) e dos compostos de baixo peso molecular (no caso do silicone). Esta premissa é baseada no fato de que, após o consumo do aditivo ou composto de baixo peso molecular, a velocidade de degradação do polímero aumenta, alterando as propriedades elétricas e mecânicas do material e comprometendo o desempenho ou funcionalidade do equipamento ou acessório em campo. O presente projeto visa desenvolver uma metodologia que permita avaliar se os materiais poliméricos de equipamentos e acessórios usados em redes de distribuição aéreas estão próximo do final da vida útil, para que seja possível a substituição antes da ocorrência de falha, tendo como base a avaliação do consumo de aditivos antioxidantes ou compostos de baixo peso molecular nas formulações poliméricas usadas para confecção de cabos cobertos, isoladores poliméricos, para-raios poliméricos, chaves fusíveis poliméricas, espaçadores e anéis de amarração.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Coordenador / JOSEANE V. GULMINE - Integrante / Leni Campos Akcelrud - Integrante / Guilherme Cunha - Integrante / Aline S. Salum - Integrante / Sebastião Ribeiro Júnior - Integrante / Fábio Scussiato Richart - Integrante / José Molinari Pinto - Integrante / Marcelo Strapação - Integrante.
2014 - 2018
Desenvolvimento de nano-óleos baseados em óleo mineral e éster natural isolantes para aplicação em transformadores
Descrição: Descrição: O óleo isolante utilizado em transformadores possui duas funções principais: proporcionar isolação elétrica e refrigeração ao sistema, reduzindo a degradação do equipamento devido ao calor gerado na sua operação. Apesar de serem excelentes isolantes elétricos, os óleos isolantes (minerais e vegetais) não possuem muito boa condutividade térmica, levando os transformadores a possuírem um tamanho maior do que o que seria necessário para o isolamento elétrico. Neste contexto, o presente projeto visa estudar, desenvolver, analisar e testar novos fluidos isolantes baseados em óleos minerais e vegetais já utilizados em transformadores, adicionados de nanopartículas. Conforme a literatura, óleos nanoaditivados podem melhorar significativamente a capacidade de refrigeração do sistema sem comprometer sua capacidade de isolação elétrica, permitindo maior segurança na operação dos equipamentos (reduzindo as falhas por elevação de temperatura), aumentando sua vida útil, podendo inclusive permitir aumento na sua carga. O presente projeto propõe a preparação e a caracterização de nanopartículas e a obtenção e caracterização de suspensões estáveis em óleos de base mineral e vegetal, visando sua aplicação em transformadores. Visando avaliar o grau de aplicabilidade dos óleos nanoaditivados desenvolvidos para utilização em transformadores, os mesmos serão caracterizados seguindo normas para óleos isolantes para transformadores e estudados em relação à sua condutividade térmica, ao comportamento quanto ao envelhecimento e à compatibilidade com os materiais internos dos transformadores, em comparação com os óleos mineral e vegetal convencionais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Joseane Valente Gulmine - Integrante / RICHART, FÁBIO S. - Integrante / Kassia dos Santos - Integrante / Heloisa Nunes Motta - Coordenador / Aline S. Salum - Integrante / Juliano de Andrade - Integrante / Luciane Tulio - Integrante / Rodrigo Santos - Integrante / Caroline Miglioretto Monaro - Integrante / Nuno Gustavo Silverio de Araujo Adonis - Integrante / Francyele Ines de Carvalho - Integrante / Manoella Braga Costa - Integrante / Mayara Regina Munaro - Integrante.
2014 - 2017
Desenvolvimento de nova metodologia para avaliação de elastômeros empregados na vedação de transformadores com óleo vegetal e mineral
Descrição: Materiais elastoméricos são utilizados em transformadores em anéis de vedação e bolsas de expansão. Para esses equipamentos é esperada vida útil de no mínimo 20 anos, no entanto vários fatores podem reduzir esse tempo, entre eles estão incompatibilidade do elastômero com o óleo do transformador (vegetal ou mineral) e a degradação do elastômero. Esses fatores podem tanto modificar a característica dielétrica do óleo, como provocar vazamentos no transformador, podendo ocasionar interrupção do fornecimento de energia, danos ambientais e risco a população. No entanto, poucos estudos foram feitos até o momento, principalmente em relação a transformadores com óleo vegetal, para avaliar os efeitos das solicitações impostas a esses materiais e indicar quais as características devem possuir para garantir bom desempenho durante o tempo de utilização. Este projeto propõe-se avaliar os efeitos do óleo mineral e vegetal isolante nos elastômeros e com essas informações desenvolvimento de metodologia que possa avaliar a qualidade dos materiais empregados na confecção dos anéis de vedação e demais componentes elastoméricos que permanecem em contato com óleos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Marilda Munaro - Coordenador / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Joseane Valente Gulmine - Integrante / RICHART, FÁBIO S. - Integrante / Heloisa Nunes Motta - Integrante / Aline S. Salum - Integrante.Financiador(es): Copel Distribuicão - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
DESENVOLVIMENTO DE PROCESSO PARA DESTRUIÇÃO DE PCBs EM ÓLEO MINERAL ISOLANTE.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joseane Valente Gulmine em 19/08/2015.
Descrição: Desde 2004 o Brasil participa da Convenção de Estocolmo que prevê a eliminação progressiva até 2025 de transformadores, capacitores e demais equipamentos elétricos contendo PCBs bifenilas policloradas) ou óleos isolantes contaminados com PCBs. Em 2006 o estado de São Paulo publicou a Lei n. 12.288 que prevê a eliminação progressiva dos PCBs em equipamentos elétricos até 2020, em consonância com os compromissos assumidos pelo Brasil no âmbito da Convenção de Estocolmo. Nessa Lei, transformadores que apresentam seu óleo contaminado com teor de PCBs superior a 50 mg/kg deverão ter o óleo destinado para incineração ou descontaminação a valores inferiores a 50 mg/kg. No Brasil existem apenas 3 ou 4 empresas qualificadas para realizar a incineração de PCBs e apenas uma que possui todas as licenças ambientais para realizar a descontaminação do óleo. Além da criação de um monopólio em relação a esses serviços, provavelmente essas empresas não conseguirão absorver todo volume de óleo contaminado existente no Brasil, reforçando a necessidade de desenvolvimento de novas tecnologias/processos para essa finalidade. A COPEL e o LACTEC tem investido em pesquisas básicas dirigidas visando o desenvolvimento de novas tecnologias para descontaminar o óleo mineral isolante (OMI). Dentre os processos estudados, o de destruição dos PCBs com o reagente PEG/PPG (polietileno glicol/polipropileno glicol) em hidróxido de potássio (KOH), conhecido como método de descloração, foi o mais eficiente, e o que não gera passivo ambiental (resíduos de PCBs) para a concessionária. Uma vez que os resultados obtidos na pesquisa básica dirigida foram satisfatórios, ao final da pesquisa o LACTEC projetou e comprou um reator com capacidade para 2.000 L de óleo visando a continuidade dos estudos em escala piloto. No presente projeto de pesquisa o LACTEC e a COPEL pretendem dar continuidade aos estudos de descontaminação do OMI realizados anteriormente em escala laboratorial, por meio de uma pesquisa aplicada em escala piloto, pesquisa esta prevista no novo manual da ANEEL, visando o aprimoramento e a implantação do processo/metodologia de destruição de PCBs em OMI com o reagente PEG/PPG em meio alcalino (descloração) no reator projetado com capacidade para 2.000 L de óleo. Inicialmente está prevista a instalação do reator e a determinação da concentração de PCBs em óleos estocados em tambores na concessionária, pois estão previstos testes no reator com óleos minerais com diferentes concentrações de PCBs. Como aprimoramentos do processo estão previstos na pesquisa a utilização de catalisadores específicos adicionados ao meio reacional como agentes aceleradores da reação; a substituição do KOH por um sal alcalino; e a adição de um agente oxidante (fonte de radicais livres). Os catalisadores serão testados em laboratório e a partir dos resultados obtidos será(ão) selecionado(s) um ou dois para os testes no reator. A seleção do(s) catalisador(es) será feita com base no seu desempenho em laboratório e na relação custo/benefício..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / Joseane Valente Gulmine - Coordenador / Caroline Ines Lisevski - Integrante / Kassia dos Santos - Integrante / Heloisa Nunes Motta - Integrante / Martinho José Vichinheski - Integrante / Viviane V. Calixto - Integrante / Luciane Tulio - Integrante / Rodrigo Santos - Integrante / Rodrigo Soares Ferreira - Integrante / Aguinaldo G. de Melo - Integrante / Thiago Luís Zanin - Integrante / Marco A. Marin - Integrante / Carlos E. Almeida - Integrante.
2014 - 2017
Avaliação da estabilidade a oxidação de fluidos isolantes à base de ésteres naturais (óleos vegetais isolantes)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joseane Valente Gulmine em 04/11/2015.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / Joseane Valente Gulmine - Coordenador / Kassia dos Santos - Integrante / Heloisa Nunes Motta - Integrante / Viviane V. Calixto - Integrante / Luciane Tulio - Integrante / Adriana de Castro Passos Martins - Integrante / Costabile Di Sessa - Integrante / Laís Martins Marques Chaves - Integrante.
2014 - Atual
Desenvolvimento de técnicas para avaliação do estado de degradação de capacitores de potência submetidos a distorções harmônicas
Descrição: Capacitores de potência são amplamente utilizados em sistemas elétricos de potência com a finalidade de corrigir o fator de potência e, em outros casos, reduzir perdas técnicas e manter a tensão constante pela injeção de potência reativa. Esses componentes estão sujeitos a diversos fatores de estresses, tais como: elevadas temperaturas, campo elétrico e componentes harmônicos presentes no sistema, os quais aceleram o estado de degradação dos materiais constituintes de forma sinergética. O conhecimento da forma com que os fatores de estresses, especialmente as distorções harmônicas, contribuem nos mecanismos de degradação é fator crucial para a aplicação de métodos capazes de estimar o estado de degradação e consequentemente a vida útil do componente a fim de se evitar suas falhas. Diante do exposto, surge a necessidade de desenvolver técnicas capazes de avaliar o estado de degradação desses capacitores de forma não destrutiva e in loco. Este projeto apresenta a proposta para o desenvolvimento destas técnicas, as quais serão implementadas em um equipamento a ser empregado nas inspeções de campo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Vitoldo Swinka Filho - Coordenador / Rafael Pires Machado - Integrante / Mateus Duarte Teixeira - Integrante.
2013 - 2017
Desenvolvimento de tecnologias para avaliação de desempenho de isoladores de alta tensão em áreas de alta agressividade ambiental.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guilherme Cunha da Silva em 14/10/2015.
Descrição: 1. Estudar e identificar os efeitos da salinidade e da poluição industrial (mecanismos de difusão/degradação) sobre os materiais dielétricos e partes integrantes dos isoladores utilizados nas (LTs), classes 230 e 500 kV, na SEs Vila do Conde (Pará), dada a sua proximidade à região industrial (carvão mineral, alumínio, bauxita e outras partículas dispersas) e na SE São Luis II (em São Luis do Maranhão), contendo poluição industrial e litorânea. O desempenho dos isoladores serão balizados por valores de referência obtidos no laboratório de Alta Tensão do LACTEC. Para tanto, serão instaladas duas estações de teste representativas, em 138 kV, fase-fase, para a verificação do desempenho de cadeias de isoladores em ambiente e tempo reais, com monitoramento da corrente de fuga e das variáveis ambientais e da poluição. 2. Investigar os efeitos concomitantes da salinidade, condições climáticas e da poluição industrial sobre as cadeias de isoladores e materiais integrantes, sob condições naturais de instalação, in-situ em estações de intemperismo natural com monitoramento da corrente de fuga, das variáveis ambientais, da poluição e com armazenamento local de informações. 3. Obter informações, por intermédio de inspeções instrumentais (termovisão, ultrasom, ultravioleta e radiofrequência), com desenvolvimento de metodologia de investigação, que subsidie o estabelecimento de valores críticos de desempenho e de defeitos internos dos isoladores instalados, prevendo-se critérios para a priorização do tempo ou período de sua manutenção. 4. Investigar sistemas de proteção superficial dos materiais metálicos das SEs no sentido de minimizar os efeitos da corrosão nos locais de estudo e ampliar a vida útil dos materiais estudados.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Projeto Cabeça-de-Série: Desenvolvimento de Coberturas Rígidas Fotoluminescente e/ou Fosforescentes para a Realização de Atividades em Linha Viva Noturna

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Edemir Luiz Kowalski em 22/09/2014.
Descrição: Descrição: O projeto PD0047-0032/2010 "Desenvolvimento de metodologia e ferramental para realização de serviço em linha viva noturno" em andamento obteve-se uma formulação para cobertura rígida de postes e condutores com características fotoluminescentes e fosforescentes, objetivando a realização de atividades em linha viva no período noturno, em função da Legislação Municipal da cidade de Salvador que estabelece que as manutenções em vias públicas devam ser realizadas no período noturno. Para a execução das atividades em linha viva, há necessidade de isolamento dos cabos adjacentes ao ponto de trabalho, bem como das partes da estrutura que são consideradas como aterradas a exemplo de postes e cruzetas. O isolamento tanto dos postes e cruzetas como condutores são feitos por meio de coberturas rígidas circulares e longilíneas confeccionadas normalmente em HDPE em cor laranja. Para as atividades no período diurno estas coberturas são fabricadas e vendidas comercialmente, porém para a realização de atividades no período noturno sua coloração não é suficiente para garantir a visualização por parte dos eletricistas das regiões que se encontram isoladas, e merecem especial atenção durante a manutenção. No caso dos materiais fosforescentes ao receberem a incidência da radiação luminosa eles a absorvem e a irradiam em intervalos de tempo muito reduzidos garantindo a sua visualização desde que iluminadas e nas coberturas fotoluminescentes ao absorverem a radiação ambiente armazenam esta energia e no período noturno irradiam esta e ficam visíveis sem a necessidade de incidência de radiação luminosa. Deve-se ressaltar que não existem no mercado mundial equipamentos com estas características sendo, portanto inéditos. Para sua fabricação haverá necessidade de confecção de matrizes para realização da injeção do polímero formulado e assim obter deste produto características comerciais. O produto a ser desenvolvido poderá ser aplicado tanto em atividades diurnas como noturnas. Para que o produto possa ser confeccionado com as características necessárias há necessidade de confecção de matriz para injeção polimérica com características comerciais. Deve-se ressaltar que atualmente no Brasil existe um único fabricante de coberturas rígidas, abrindo-se a possibilidade de se desenvolver um segundo fabricante nacional. A viabilização da manutenção com redes energizadas no período noturno, otimizará a utilização de equipamentos e veículos em pelo menos mais um turno, além de atender as legislação municipal da cidade de Salvador. Para a concessionária a disponilização de equipes e equipamentos em mais um turno, possibilitará se atingir melhores índices de continuidade de fornecimento de energia bem como de manutenção. Para o Instituto de pesquisa a possibilidade de ampliar e consolidar a sua participação em projetos de pesquisa ligados à manutenção de redes. Ainda serão utilizadas empresas brasileiras com tradição no desenvolvimento de equipamentos elétricos e implementos de engenharia, tornando viável assim esta proposta. Pode-se pensar que novo ramo de atividade poderá ser desenvolvido no setor industrial brasileiro. Os resultados obtidos serão divulgados em revistas técnicas e seminários do setor.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2017
Desenvolvimento de nova configuração de rede protegida para aplicação em regiões com elevada agressividade ambiental
Descrição: As redes aéreas protegidas utilizadas no setor elétrico brasileiro vem apresentando ótimos resultados quando comparada com a rede convencional com cabos nus, com a redução do número de desligamentos e aumento da confiabilidade do sistema elétrico, principalmente em regiões densamente arborizadas. No entanto, esse tipo de rede tem sua aplicação limitada a regiões com índice de agressividade ambiental variando de médio a baixo, o que restringe a possibilidade de aplicação em regiões industriais e litorâneas com elevado nível de agressividade ambiental. Parte das regiões industriais e as regiões litorâneas apresentam a necessidade de melhoria da confiabilidade e qualidade no fornecimento de energia por terem grande quantidade de consumidores (cidades litorâneas) e indústrias de médio e grande porte. Nestes locais nem sempre a instalação de redes isoladas aéreas ou subterrâneas é possível, tanto por restrições técnicas quanto devido ao elevado custo de implantação destes sistemas de distribuição. Sendo assim, surge a necessidade de desenvolver uma nova configuração para a rede aérea protegida, que possibilite sua utilização e aplicação em regiões de elevada agressividade ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marilda Munaro - Coordenador / JOSEANE V. GULMINE - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Vitoldo Swinka Filho - Integrante / Edemir L. Kowalski - Integrante / Rafael Pires Machado - Integrante / Camila M. O. Wolski - Integrante / SIGNIE LAUREANO FRANCA SANTOS - Integrante / Alessandro Pedro Dadam - Integrante.
2012 - 2014
DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS PARA A LIMPEZA DE EQUIPAMENTOS DE LINHA VIVA

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Edemir Luiz Kowalski em 15/10/2015.
Descrição: Para a realização de atividades em redes energizadas (linha viva),é necessário utilizar um ferramental específico confeccionado com materiais isolantes. Os materiais utilizados na confecção desse ferramental são a borracha natural, polietileno e compósitos com fibra de vidro. Para que haja uma garantia nas propriedades de isolamento deste ferramental, bem como uma vida maior, é necessário que antes e após a realização das atividades em campo o ferramental passe por processo de limpeza. A borracha natural (NR), usada na confecção de luvas, mantas e mangas, apresenta alto inchamento. O processo de inchamento implica na penetração de solventes entre as cadeias poliméricas, podendo deixar o produto mais mole e suscetível ao rasgo e abrasão, além de comprometer as propriedades de isolamento elétrico do material. Quando em contato com solventes não polares, como por exemplo benzeno, gasolina, óleo mineral, etc, este processo se torna pronunciado, porém, com acetonas, alcoóis, e ésteres o inchamento é menor. Os polietilenos (PEs), usados na fabricação coberturas rígidas e barreiras de isolamento, são resistentes a ácidos e bases, no entanto, em contato com alcoóis, esteres, cetonas, sabões metálicos, silicone líquido e óleos, podem levar ao aparecimento de fratura em curto espaço de tempo, especialmente quando estas peças estiverem sob alguma tensão mecânica, que é o caso prático. A imcompatibilidade dos produtos químicos usados para a limpeza dos materiais isolantes, acelera os processos de degradação das ferramentas, bem como reduz seu tempo de vida, elevando os custos com a manutenção, além de aumentar os riscos de acidentes com os eletricistas que utilizam estas ferramentas para a realização das atividades em linha viva. Este projeto tem por objetivo desenvolver produtos químicos que possam ser aplicados às ferramentas de linha viva na realização da limpeza e manutenção das mesmas, sem acelerar os processos de degradação e sem comprometer as propriedades.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / Edemir L. Kowalski - Coordenador / Rafael Pires Machado - Integrante / Guilherme R. Hernarski - Integrante / Juliana Pinheiro de Lima - Integrante.
2011 - 2014
Desenvolvimento de protótipo de sensor termosensível para diagnóstico e monitoramento de
Descrição: As concessionárias de energia elétrica tem convivido ao longo do tempo com o problema de sobreaquecimento em conexões elétricas. Infelizmente este problema muitas vezes é encarado como normal por ser de ocorrência imprevisível e inevitável. A COELBA tem relatado casos de interrupção no fornecimento de energia em alimentadores de redes de distribuição devido ao sobreaquecimento de conexões elétricas. Alguns fatores que contribuem para o sobreaquecimento das conexões são o crescente aumento do consumo de energia, as severas condições operacionais e o uso de materiais de baixa qualidade. As interrupções causadas por sobreaquecimento de conexões tem levado ao aumento dos custos operacionais, diminuição da confiabilidade do sistema e da qualidade no fornecimento de energia. Atualmente a COELBA utiliza equipamentos de termovisão para avaliação das conexões elétricas. Todavia, além deste monitoramento não ser realizado de forma contínua, pode apresentar erros de medida da temperatura devido às diferentes características de emissividade dos materiais utilizados nas conexões. Tendo em vista os fatores supracitados torna-se fundamental o desenvolvimento de tecnologias que permitam um monitoramento contínuo das conexões do sistema elétrico, principalmente de redes de distribuição, a fim de minimizar a taxa de falha e garantir maior confiabilidade ao sistema elétrico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Vitoldo Swinka Filho - Coordenador / Sebastião Ribeiro Junior - Integrante / Mateus Duarte Teixeira - Integrante.
2010 - 2013
Desenvolvimento de metodologia para avaliação qualitativa e quantitativa do impacto de ambientes de média e alta agressividade na degradação de materiais de redes aéreas de distribuição instaladas em distintas regiões do Estado do Paraná

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Guilherme Cunha da Silva em 14/10/2015.
Descrição: O objetivo principal deste projeto consiste no desenvolvimento de metodologia de avaliação do impacto de ambientes de média e alta agressividade nos materiais empregados em redes aéreas de distribuição. Como objetivos secundários têm-se: (a) mapear distintas regiões do Estado do Paraná em termos de agressividade ambiental e identificar os pontos críticos de concentração de poluentes; (b) investigar o impacto de ambientes de média e alta agressividade ambiental nos materiais das redes aéreas de distribuição, por intermédio de diversas técnicas analíticas, incluindo as medidas das suas propriedades elétricas. (c) identificar os tipos de poluentes que mais afetam a vida útil dos materiais das redes aéreas de distribuição; (d) definir parâmetros quantitativos para avaliação do grau de poluição das regiões avaliadas; (e) propor soluções alternativas, em termos de materiais, para utilização em regiões de média e elevada agressividade ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Estudo para a padronização, normalização e realização de ensaios mecânicos em ferramentas de linha viva
Descrição: O serviço com redes energizadas torna-se cada vez mais imprescindível às concessionárias de energia, em função das exigências da ANEEL com relação aos índices de freqüência, como também ao consumidor que cada vez mais se torna exigente com relação à qualidade do serviço prestado. O serviço em redes energizadas depende do preparo das equipes denominadas "Equipes de Linha Viva". As equipes de linha viva possuem um ferramental específico para a execução de suas atividades em redes de redes distribuição e subestações. Este ferramental garante a integridade do eletricista, bem como a correta e segura execução das atividades desenvolvidas. Algumas ferramentas de linha viva são padronizadas universalmente, porém outras ferramentas, tais como barreiras isolantes, coberturas de cruzetas entre outras, não possuem ensaios padronizados, pois se tratam de ferramental desenvolvido pelos eletricistas das concessionárias em função de novas tarefas que vem sendo adotadas nas concessionárias de energia. Este ferramental é confeccionado com material plástico e fibra, normalmente o XLPE, que habitualmente é chamado pelo pessoal de material rígido. Algumas normas estrangeiras estabelecem padrões de ensaios elétricos para o ferramental rígido, porém não específico a cada nova ferramenta desenvolvida. Assim adaptações são feitas, objetivando garantir um mínimo de segurança ao eletricista, no tocante dos ensaios de suportabilidade elétrica. Através da experiência adquirida em outro projeto de P&D, ciclos 2001/2002, 2002/2003 e 2003/2004, onde se avaliou a propriedade elétrica destas ferramentas, constatou-se que muitas das ferramentas sólidas são aprovadas nos ensaios de suportabilidade elétrica, porém possuem suas propriedades mecânicas e aplicabilidade em campo totalmente comprometidas, colocando em risco a vida do eletricista e a atividade a ser executada. Esta situação é bastante preocupante, pois as normas exigem que somente o ensaio elétrico seja realizado, não primando p.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / Edemir L. Kowalski - Coordenador / Rafael Pires Machado - Integrante / Anselmo Pombeiro - Integrante / Eduardo Otto Filho - Integrante / José Arinos Teixeira Junior - Integrante / Marcelo Antônio Ravaglio - Integrante.Financiador(es): Agência Nacional de Energia Elétrica - Auxílio financeiro / Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
Estudo para a redução de ozônio gerado em ensaios de tensão aplicada em materiais isolantes
Descrição: A COPEL sempre primou pela segurança de seus colaboradores, e a cada ano investe mais neste item. No caso dos eletricistas que executam serviço em redes energizadas, esta segurança entre vários itens, é garantida pelo ferramental usado no serviço de linha viva. Este ferramental segundo normas internas da COPEL [1] é ensaiado de seis em seis meses e agora segundo a NR 10 [2], com emissão de certificado de ensaio da ferramenta. A quantidade de ferramentas que a COPEL disponibiliza para as suas equipes, é extremamente grande, sendo que as regionais da COPEL possuem equipes de ensaiadores de ferramentas de linha viva, para atender às suas exigências e da NR 10 [2]. Durante a realização de ensaios em alta tensão, é comum a geração de ozônio em função da forma e geometria de certos arranjos de ensaio. Este ozônio permanece no ambiente onde é realizado o ensaio durante um tempo que varia em média de 3 minutos a 30 minutos. O odor do ozônio é irritante, e causa em certas pessoas reações alérgicas, náuseas e dores de cabeça. Estudos têm sido realizados no sentido de se avaliar os efeitos do ozônio sobre o ser humano. Muitos resultados mostram que em cobaias os efeitos provocados no sistema respiratório são extremamente maléficos. O ozônio é um poderoso oxidante, segundo trabalhos publicados, o mais poderoso entre todos os existentes [3,4]. Assim, deve-se realizar um melhor estudo referente aos resultados e danos que o ozônio poderá causar sobre o ser humano. Ao término de um dia de trabalho em ambiente onde se realizam os ensaios em ferramentas de linha viva, os níveis de ozônio gerados são extremamente elevados, permanecendo o seu odor por muito tempo no recinto. Num trabalho piloto desenvolvido pelas equipes de segurança do trabalho da COPEL juntamente com equipes de ensaiadores de ferramentas de linha viva, constatou-se que os níveis de ozônio gerados durante os ensaios, e aos quais o trabalhador esta exposto, encontram-se em níveis acima daqueles considerados aceitáve.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
DESENVOLVIMENTO DE BLENDAS DE POLIETILENO COM DESEMPENHO APERFEIÇOADO PARA UTILIZAÇÃO NO SETOR ELÉTRICO
Descrição: As redes aéreas compactas têm mostrado excelentes resultados em cidades densamente arborizadas com diminuição da interrupção no fornecimento de energia, do número de podas, do impacto ambiental, e no custo de manutenção. No entanto, são encontrados nas redes instaladas um grande número de espaçadores e isoladores de pino quebrados, e estas quebras devem-se principalmente ao baixo desempenho das formulações usadas, devido a rigidez mecânica dos polímeros e a baixa resistência a fissuração. Os isoladores de pino e espaçadores normalmente são confeccionados em polietileno de alta densidade (HDPE), comercialmente existem uma grande quantidade de tipos de HDPE com propriedades bastante variadas. No entanto, quanto mais resistente a fissuração mais difícil é o processamento por injeção, método de processamento utilizado na confecção destes equipamentos, pela dificuldade no processamento pode ser geradas imperfeições nas peças que prejudicaram o desempenho das mesma em campo. Existe, portanto, a necessidade do desenvolvimento de formulações com maior tenacidade, de fácil processamento e com boa resistência aos agentes que causam fissuração e quebra nas peças. Uma alternativa que vem sendo muito utilizada para o desenvolvimento de novos materiais é a mistura de dois ou mais polímeros formando blendas. Estas possibilitam a obtenção de materiais com propriedades mais adequadas às solicitações impostas pelo uso. A originalidade deste trabalho está na preparação de blendas com vários polietilenos em diferentes proporções entre os componentes e será estudada a miscibilidade e o comportamento morfológico, procurando desenvolver formulações que atendam as solicitações em serviço de equipamentos para rede compacta de distribuição de energia, propiciando melhor desempenho e maior durabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Coordenador / GUILHERME C. SILVA - Integrante / Leni Campos Akcelrud - Integrante / Luiz Eduardo Linero - Integrante / Paulo Inone - Integrante.Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Agência Nacional de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 4
2005 - 2007
Desenvolvimento de novo sistema para avaliação de redes de distribuição sob condições de multistresamento - ANEEL/COPEL/LACTEC
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Desenvolvimento de dispositivo para sinalização de falhas em isoladores
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / GUILHERME C. SILVA - Coordenador / Vitoldo Swinka Filho - Integrante / Guilherme J. Delben - Integrante.Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Agência Nacional de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2001 - 2005
Pesquisa do comportamento dos cabos e acessórios de rede protegida aérea submetidos às solicitações típicas da região Centro-Oeste do Brasil
Descrição: O conhecimento da suportabilidade dos cabos e acessórios da rede protegida frente a agentes ambientais é de fundamental importância ao corpo técnico responsável pela especificação destes equipamentos. Na aplicação de novos materiais e tecnologias para distribuição de energia, devido ao alto custo de investimento inerente a esta atividade, deve ser observada a adaptação ao micro clima local e quais as variações de projetos materiais e fornecedores com melhor potencial de retorno e qualidade no fornecimento de energia. A utilização da rede protegida traz inúmeros benefícios ecológicos, diminuição da poluição visual e melhoria da confiabilidade com relação ao fornecimento de energia. A rede protegida tem seu sistema isolante constituído por materiais poliméricos que estão sujeitos a solicitações múltiplas como variações de temperatura, variações do campo elétrico, solicitações mecânicas e influência do meio ambiente. O sinergismo destes fatores degradam os materiais poliméricos e podem causar para o sistema isolante a perda dos requisitos mínimos para continuidade de operação. Os cabos e acessórios que fazem parte da rede protegida ainda podem ser fornecidos por vários fabricantes, os quais utilizam diferentes materiais e processos de fabricação, podendo portanto apresentar diferentes comportamentos frente às diversas solicitações. As redes protegidas tem sido utilizadas em diversas regiões do Brasil, porém, a região Centro ? Oeste possui condições ambientais particulares, de elevadas temperatura e umidade, que a diferencia das outras localidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2005
Avaliação dos impactos da poluição atmosférica correlacionada à manutenção de estruturas utilizadas no setor elétrico
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2004 - 2007
AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DE COMPONENTES POLIMÉRICOS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO (AÉREA E SUBTERRÂNEA)
Descrição: Os materiais poliméricos vêm sendo usados cada vez mais no setor elétrico, principalmente na área de distribuição, tanto para redes protegidas como isoladas tornando-se importante a avaliação dos polímeros empregados nas construções destas redes. Estes polímeros estão sujeitos a solicitações múltiplas e bastante variadas dependendo do local de aplicação área industrial, urbana, litoral, etc. O conhecimento do desempenho dos polímeros perante as solicitações de trabalho como umidade, radiação solar, tensão elétrica aplicada, poluição, salinidade, e outros, se torna bastante útil na melhoria das especificações dos materiais e auxilia na manutenção do bem desempenho das redes de distribuição. Como os problemas podem ir surgindo ao longo do tempo de aplicação, torna-se importante uma integração constante dos pesquisadores com os engenheiros e técnicos da concessionária, o que levaria ao levantamento dos problemas que seriam pesquisados e auxiliariam na melhoria das especificações, adequação da aplicação do material, etc..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2010 - 2012
Estudo e Desenvolvimento de Isolador Polimérico Modular para a Rede de Distribuição de Energia Elétrica
Descrição: Pretende-se desenvolver um isolador polimérico modular, cuja principal característica será a de possuir um amplo espectro de utilização. Pretende-se que o isolador seja apropriado ao uso tanto em redes protegidas quanto em redes de cabo nu. A característica modular permitirá que se possa ajustar o isolador para uso em regiões de baixa ou alta agressividade ambiental. A separação do isolador em partes ou módulos deverá tornar o processo de fabricação mais confiável, em virtude da redução da incidência de defeitos inerentes ao processo de injeção tais como vazios, rechupes e rugosidades ..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marilda Munaro - Integrante / Paulo C Inone - Integrante / Kleber F. Portella - Coordenador / Guilherme Cunha - Integrante / M. S. Cabussu - Integrante.Financiador(es): Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos/Especialidade: Polímeros, Aplicações.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica/Especialidade: Polímeros e Colóides.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende PoucoLê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:23
Total de citações:210
Munaro M  Data: 01/12/2011

SCOPUS
Total de trabalhos:16
Total de citações:149
Munaro M  Data: 06/09/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALBACH, BREIDI2018ALBACH, BREIDI ; Munaro, Marilda ; SANTOS, PEDRO H. ; ZAWADZKI, SÔNIA F. ; SCHREINER, WIDO H. ; RAMPON, DANIEL S. ; BARBOSA, RONILSON V. . Thermal, mechanical, and water vapor barrier behavior of polypropylene composite containing modified kaolinite. JOURNAL OF APPLIED POLYMER SCIENCE, v. 135, p. 45785, 2018.

2.
MENINI, CASSIO2018MENINI, CASSIO ; KANIESKI, KASSIA ; VICHINHESKI, MARTINHO ; LODDI, TARCISIO ; MARIN, MARCO ; Munaro, Marilda ; GULMINE, JOSEANE . AVALIAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS DURANTE A DESTRUIÇÃO DE PCBS PELO PROCESSO CATALISADO POR BASE. QUIMICA NOVA, v. 41, p. 634-640, 2018.

3.
TEIXEIRA, MATEUS2017TEIXEIRA, MATEUS ; DEL HOYO, IGNÁCIO ; WANDROWELSTI, FERNANDO ; SWINKA-FILHO, VITOLDO ; Munaro, Marilda . Evaluation of thermal degradation in isotactic polypropylene films used in power capacitors. JOURNAL OF THERMAL ANALYSIS AND CALORIMETRY, v. 1, p. 1, 2017.

4.
MUNARO, MAYARA2017MUNARO, MAYARA ; MOTTA, HELOISA ; GULMINE, JOSEANE ; TULIO, LUCIANE ; ADONIS, NUNO ; Munaro, Marilda ; KOWALSKI, EDEMIR . AVALIAÇÃO DE DIFERENTES ROTAS DE ESFOLIAÇÃO LÍQUIDA PARA OBTENÇÃO DE NANOLAMELAS DE NITRETO DE BORO HEXAGONAL. QUIMICA NOVA, v. 40, p. 1018-1024, 2017.

5.
ASSIS, ADRIANA HELFENBERGER COLETO2016ASSIS, ADRIANA HELFENBERGER COLETO ; Munaro, Marilda . MELHORIA NO PROCESSO DE TINGIMENTO DE FIBRAS DE POLIÉSTER APÓS HIDRÓLISE POR ENZIMA LIPASE. Evidëncia Interdisciplinar, v. 15, p. 113, 2016.

6.
VON STEINKIRCH SOUZA, ESTRELA MARIANA PRUX2016VON STEINKIRCH SOUZA, ESTRELA MARIANA PRUX ; MILDEMBERGER, LARISSA ; Akcelrud, Leni ; ANDREOLI, MÁRIO CARLOS ; DOS SANTOS, KASSIA ; DA SILVA, GUILHERME CUNHA ; DA MOTTA, HELOÍSA NUNES ; GULMINE, JOSEANE VALENTE ; Munaro, Marilda . Evaluation of the chemical stability of methanol generated during paper degradation in power transformers. IEEE Transactions on Dielectrics and Electrical Insulation, v. 23, p. 3209-3214, 2016.

7.
MILDEMBERGER, LARISSA2016MILDEMBERGER, LARISSA ; ANDREOLI, MARIO CARLOS ; SILVA, GUILHERME CUNHA DA ; MOTTA, HELOISA NUNES DA ; GULMINE, JOSEANE VALENTE ; Munaro, Marilda . Correlation between stabilizer consumption and degree of polymerization of thermally upgraded paper aged in insulating natural ester and insulating mineral oil. Polímeros: ciência e Tecnologia, v. 26, p. 61-65, 2016.

8.
AKISHINO, J.K.2016AKISHINO, J.K. ; CERQUEIRA, D.P. ; SILVA, G.C. ; SWINKA-FILHO, V. ; MUNARO, M. . Morphological and thermal evaluation of blends of polyethylene wax and paraffin. THERMOCHIMICA ACTA, v. 626, p. 9-12, 2016.

9.
KOWALSKI, E. L.2015KOWALSKI, E. L. ; HERNASKI, G. R. ; BORGES, V. S. ; MACHADO, R. P. ; DETZEL, D. H. M. ; GUERRA, F. A. ; TEIXEIRA JUNIOR, J. A. ; MUNARO, M. ; CERQUEIRA, D. P. ; VARJÃO, M. J. ; DUARTE, P. N. ; SILVA, A. M. ; SILVA, A. L. M. ; RONCOLATTO, R. A. ; SA, F. L. . Desenvolvimento de coberturas rígidas fotoluminescentes para realização de atividades em linha viva noturna. P&D: Revista Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel, v. 6, p. 109-113, 2015.

10.
PORTELLA, Kleber Franke2015PORTELLA, Kleber Franke ; MUNARO, M. ; RIBEIRO JUNIOR, S. ; SILVA, G.C. ; RICHART, F. S. ; CHAVEZ, M. A. ; PINHEIRO, M. J. C. ; CERQUEIRA, Dailton Pedreira . Isolador polimérico modular: classes 15 e 34,5 kV. P&D: Revista Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel, v. 1, p. 127-128, 2015.

11.
SANTOS, KASSIA DOS2015SANTOS, KASSIA DOS ; MOTTA, HELOISA N. DA ; CAMPOS, ERICK AMARAL ; GULMINE, JOSEANE V. ; Munaro, Marilda . EVALUATION OF STANDARD TEST METHODS APPLIED FOR PCBS QUANTIFICATION IN INSULATING OIL. Química Nova (Impresso), p. 471-477, 2015.

12.
PORTELLA, AUGUSTUS CAESER FRANKE2014PORTELLA, AUGUSTUS CAESER FRANKE ; Munaro, Marilda ; ASCÊNCIO, SERGIO DONIZETE ; SIQUEIRA, CHRYSTIAN DE ASSIS ; FERREIRA, TALITA PEREIRA DE SOUZA ; AGUIAR, RAIMUNDO WAGNER DE SOUZA . PHYSICAL AND CHEMICAL CHARACTERIZATION OF ESSENTIAL OIL OF Aublet. Química Nova (Impresso), v. 37, p. 844-849, 2014.

13.
Lisevski, CI2012Lisevski, CI ; Wolski, CMO ; SERTA, R. G. ; Machado, R. P. ; Pombeiro, A ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. . Estudo do efeito do ozônio gerado durante ensaios elétricos em equipamentos de segurança confeccionados em borracha natural. Polímeros (São Carlos. Impresso), v. 22, p. 1-7, 2012.

14.
D Aquino, C.A.2012D Aquino, C.A. ; Balmant, W. ; Ribeiro, R.L.L. ; MUNARO, M. ; Vargas, J.V.C. ; Amico, S.C. . A simplified mathematical model to predict Pvc Photodegradation In Photobioreactors. Polymer Testing, v. 31, p. 638-644, 2012.

15.
MORITA, REINALDO Y.2012MORITA, REINALDO Y. ; RICHART, FÁBIO S. ; BARBOSA, RONILSON V. ; Munaro, Marilda ; KLOSS, JULIANA R. . Influence of Organophilic Ammonium-Free Nanoclay Incorporation on Mechanical Properties and Biodegradability of Biodegradable Polyester. Macromolecular Symposia, v. 319, p. 108-113, 2012.

16.
MATSUI, Mitsuka2011MATSUI, Mitsuka ; Munaro, Marilda ; AKCELRUD, Leni Campos . Chitin- polyurethane networks: correlations between physical properties and composition. Journal of Polymer Research, v. 18, p. 2255-2264, 2011.

17.
MATSUI, Mitsuka2010MATSUI, Mitsuka ; MUNARO, M. ; Akcelrud, Leni . Chitin/polyurethane blends: a thermal and morphological study. Polymer International, p. n/a-n/a, 2010.

18.
Paz Jr., Emilio M. de2010Paz Jr., Emilio M. de ; Wolski, Camila M. O. ; Machado, Rafael P. ; KOWALSKI, Edemir L. ; Munaro, Marilda ; Pombeiro, Anselmo . Avaliação de compostos de borracha natural utilizados em equipamentos de segurança. Polímeros (São Carlos. Impresso), v. 20, p. 236-239, 2010.

19.
SILVA, Guilherme C.2009 SILVA, Guilherme C. ; PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. . Field Behavior on Polymer-Covered Overhead Conductors Submitted to Natural Aging on Diverse Weather and Geographic Conditions in Brazil. IEEE Transactions on Power Delivery, v. 24, p. 1651-1656, 2009.

20.
Gomes, DM2009Gomes, DM ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. ; ROBERT, Renê . Estudo de relaxações dielétricas e dinâmico-mecânicas da borracha natural por meio das técnicas de DMTA E TSC. Matéria (UFRJ), v. 14, p. 1134-1145, 2009.

21.
MUNARO, M.;Munaro, Marilda2008 MUNARO, M.; AKCELRUD, Leni Campos . Correlations between composition and crystallinity of LDPE/HDPE. Journal of Polymer Research, v. 15, p. 83-88, 2008.

22.
MUNARO, M.;Munaro, Marilda2008 MUNARO, M.; AKCELRUD, Leni Campos . Polyethylene blends: A correlation study between morphology and environmental resistance. Polymer Degradation and Stability, v. 93, p. 43-49, 2008.

23.
HARTMANN, Luiz Carlos2008HARTMANN, Luiz Carlos ; INONE, Paulo C ; SILVA, Guilherme C. ; PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. . Revisão de especificação: Avaliação de anéis de amarração usados nas redes protegidas de energia elétrica. Espaço Energia, v. 9, p. 08-12, 2008.

24.
HARTMANN, Luiz Carlos2008HARTMANN, Luiz Carlos ; LINERO, Luiz Eduardo ; PIAZZA, Fernando ; SILVA, Guilherme C. ; MUNARO, M. . Desenvolvimento de nova metodologia para avalição de equipamentos e acessórios de redes protegidas sob condições de multiestressamento. Espaço Energia, v. 9, p. 13-20, 2008.

25.
MACHADO, Angelita M.2006MACHADO, Angelita M. ; MUNARO, M. ; MARTINS, Tatiana D. ; DA´VILA, Liliana Y. A. ; CALDAS, Marý´lia J. ; ATVARS, Teresa D. Z. ; AKCELRUD, Leni Campos . Photoluminescence Studies of Phenanthrene-Azomethyne Conjugated-Nonconjugated Multiblock Copolymer. Macromolecules, v. 39, p. 3398-3407, 2006.

26.
TANOBE, Valcineide O A2005TANOBE, Valcineide O A ; SYDENSTRICKER, Thais H D ; MUNARO, M. ; AMICO, Sando C . A comprehensive characterization of chemical treated Brazilian spongr-gourds (Luffa cylindrica). Polymer Testing, v. 24, p. 474-482, 2005.

27.
HUI, W S2003HUI, W S ; SILVA, Luiziana F ; KLOSS, J ; MUNARO, M. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; WADA, M. Alice ; GOMEZ, J. Gregório C. ; ZAWADZKI, S F ; AKCELRUD, Leni Campos . Polycaprolactone based biodegradable polyurethanes. Macromolecular Symposia, v. 197, p. 255-264, 2003.

28.
SOUZA, Gabriel Pinto de2002SOUZA, Gabriel Pinto de ; GULMINE, J. V. ; KLOSS, J ; ZAWADZKI, S F ; MUNARO, M. ; HUI, W S ; AKCELRUD, Leni Campos . Poly(ester uretane)s with Polycaprolactone Soft Segmentes. A morphological study.. Journal of Polymer Science. Part A, Polymer Chemistry, v. 40, n.23, p. 4117-4130, 2002.

29.
MUNARO, M.;Munaro, Marilda2001MUNARO, M.; RODRIGUES, P. C. ; GARCIA, C. M. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; ABBTE, M. ; SCHREINER, W. H. ; GOMES, M. A. B. . Polyaniline/lignin: thermal analysis and XPS. European Polymer Journal, v. 37, p. 2217-2223, 2001.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; GULMINE, J. V. ; TOMIOKA, Jorge ; SCARPA, P. C. N. ; MELLO, J. S. ; NERI, P. J. ; DAS-GUPTA, D.K. . Avaliação de cabos isolados em polietileno usado em rede subterrâneas. Eletricidade Moderna, São Paulo, p. 156 - 172, 01 mar. 2002.

2.
MUNARO, M.; PARANHOS, J. R.M.R. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; PIAZZA, Fernando ; CARON, L. E. . Materiais poliméricos: ensaios em laboratórios e desempenho em campo. Eletricidade Moderna, São Paulo, , v. 313, p. 312 - 319, 01 abr. 2000.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, S. L. F. ; CARVALHO, F. I. ; RICHART, FÁBIO S. ; DADAM, A. P. ; OKA, M. H. ; RIBEIRO JÚNIOR, S. ; KOWALSKI, Edemir L. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; SILVA, Guilherme C. ; MUNARO, M. . Nova configuração de rede protegida para aplicação em regiões com elevada agressividade ambiental.. In: IX Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (CITENEL), 2017, João Pessoa. IX Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (CITENEL) e o V Seminário de Eficiência Energética no Setor Elétrico (SEENEL), 2017.

2.
SILVA, Guilherme C. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; RIBEIRO JÚNIOR, S. ; SANTOS, S. L. F. ; DADAM, A. P. ; OKA, M. H. ; MUNARO, M. . Desenvolvimento de espaçador polimérico, com novo material e novo design, para uso nas classes de 15 kV e 35 kV. In: XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017, Curitiba. XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017.

3.
SILVA, Guilherme C. ; MUNARO, M. ; GOUVEIA, D. C. ; RICHART, FÁBIO S. ; LIMA, J. P. . Técnicas alternativas para avaliação da qualidade de isoladores compostos tipo bastão. In: XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017, Curitiba. XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017.

4.
SILVA, A. R. ; SILVA, C. H. ; PENTEADO NETO, R. A. ; PALUDO, R. ; PROCOPIAK, L. A. J. ; MUNARO, M. . Avaliação de composições de PTFE visando à aplicação em sistema de vedação de vapor de óleo de mancal de unidade geradora. In: XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017, Curitiba. XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017.

5.
SZYMANSKI, H. M. F. ; MUNARO, M. . Estudo da degradação do material de capa de cabos ópticos aéreos pelo efeito de trilhamento elétrico concomitantemente ao envelhecimento por intemperismo. In: XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017, Curitiba. XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2017.

6.
MUNARO, M.; RIBEIRO JÚNIOR, S. ; RICHART, FÁBIO S. ; DADAM, A. P. ; D?AQUINO, F. M. ; OKA, M. H. ; SILVA, Guilherme C. . Novo protótipo de espaçador polimérico, com novo material e novo design, para uso em ambientes de elevada agressividade ambiental. In: XVII ENCUENTRO REGIONAL IBEROAMERICANO DEL CIGRE, 2017, CIUDAD DEL ESTE. XVII ENCUENTRO REGIONAL IBEROAMERICANO DEL CIGRE, 2017.

7.
DA SILVA, GUILHERME C. ; Munaro, Marilda ; JUNIOR, SEBASTIAO R. ; ARAUJO, DIEGO B. ; DADAM, ALESSANDRO P. ; D'AQUINO, FELIPE M. ; OKA, MARCELO H. . Different configurations of spacer cable system under multiple stress tests. In: 2016 IEEE/PES Transmission and Distribution Conference and Exposition (T&D), 2016, Dallas. 2016 IEEE/PES Transmission and Distribution Conference and Exposition (T&D). p. 1.

8.
MUNARO, A. P. ; SALUM, A. S. ; RICHART, F. S. ; CARVALHO, F. I. ; PINTO, J. M. ; AKCELRUD, Leni Campos ; MUNARO, M. . Estudo da fotodegradação de borracha de silicone utilizada em isoladores para rede elétrica. In: II CMDT Colóquio Sobre Materiais Dielétricos e Técnicas Emergentes de Ensaios e Diagnósticos (CE D1), 2016, Curitiba. II CMDT Colóquio Sobre Materiais Dielétricos e Técnicas Emergentes de Ensaios e Diagnósticos (CE D1), 2016.

9.
SILVA, Guilherme C. ; ARAUJO, D. B. ; RIBEIRO JUNIOR, S. ; OKA, M. H. ; D?AQUINO, F. M. ; DADAM, A. P. ; MUNARO, M. . ALTERNATIVES FOR THE USE OF SPACER CABLE SYSTEM IN MEDIUM AND HIGH. In: 23rd International Conference on Electricity Distribution, 2015, Lyon. 23rd International Conference on Electricity Distribution, 2015.

10.
CARVALHO, F. I. ; RICHART, F. S. ; SALUM, A. S. ; DADAM, A. P. ; MUNARO, M. . Avaliação de formulação de blenda de polietileno para aplicação no setor elétrico. In: 13º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2015, Natal. 13º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2015.

11.
SALUM, A. S. ; RICHART, F. S. ; GULMINE, J. V. ; CALIXTO, V. V. ; ADONIS, N. G. S. A. ; MUNARO, M. . Avaliação da compatibilidade de elastômeros comerciais com óleo mineral isolante (OMI). In: 13º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2015, Natal. 13º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2015.

12.
J. K. Akishino ; SILVA, Guilherme C. ; CERQUEIRA, D. P. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; MUNARO, M. . Photodegradation evaluation of polyethylene waxes used in thermal sensor. In: XIII Encontro da SBPMat, 2013, Campos do Jordão. XIII Encontro da SBPMat, 2013.

13.
SANTOS, K. ; STOCCO, G. B. ; MOTTA, H. N. ; GULMINE, J. V. ; VICHINHESKI, M. J. ; CAMPOS, E. A. ; MUNARO, M. . Avaliação da utilização de argilominerais no pré-tratamento de amostras oxidadas de óleo mineral isolante para quantificação de PCBs. In: Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica - VII CITENEL, 2013, Rio de Janeiro. Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica - VII CITENEL, 2013.

14.
MILDEMBERGER, L. ; SILVA, Guilherme C. ; STOCCO, G. B. ; MOTTA, H. N. ; DEGER, C. A. ; ANDRADE, J. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; CALIXTO, V. V. ; ANDREOLI, M. C. ; MUNARO, M. . Avaliação da Degradação de Distintos Tipos de Sistemas de Isolação Papel-óleo Usados em Transformadores. In: VII Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica - CITENEL, 2013. VII Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica, 2013.

15.
MILDEMBERGER, L. ; SILVA, Guilherme C. ; STOCCO, G. B. ; MOTTA, H. N. ; GULMINE, J. V. ; DEGER, C. A. ; CALIXTO, V. V. ; ANDRADE, J. ; ANDREOLI, M. C. ; MUNARO, M. . Estudo de marcadores químicos em óleos mineral e vegetal isolantes para acompanhamento da degradação de papéis isolantes de transformadores. In: XXII Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, 2013, Brasilia. XXII Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica.

16.
Lisevski, CI ; Wolski, Camila M. O. ; Machado, R. P. ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. ; Pombeiro, A . Estudo dos efeitos do ozônio gerado em ensaios de ferramentas de linha viva nos processos de degradação dos materiais. In: V CITTESTrabajos con tension y seguridad en transmision e distribuicion de energia electrica y mantenimiento sin tension de instalaciones de AT, 2011, Salta. V CITTES -Trabajos con tension y seguridad en transmision e distribuicion de energia electrica y mantenimiento sin tension de instalaciones de AT, 2011.

17.
Wolski, Camila M. O. ; J. K. Akishino ; Cabussu, MS ; INONE, Paulo C ; Kleber F. Portella ; MUNARO, M. . Evaluantion of polimeric nanocomposites prepared with polyethylene blends and layered silicates.. In: 11 Congresso Brasileiro de polímeros, 2011, Campos do Jordão. 11 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2011.

18.
de Paz, EM ; KOWALSKI, Edemir L. ; Pombeiro, A ; Machado, R. P. ; MUNARO, M. . Estudo dos efeitos da degradação sobre as propriedades mecânicas e elétricas em materiais poliméricos de ferramentas usadas na manutenção com redes energizadas. In: VI CITENEL - VI Congresso De Inovação Tecnológica em Energia Elétrica, 2011, Fortaleza. VI CITENEL - VI Congresso De Inovação Tecnológica em Energia Elétrica.

19.
Lisevski, CI ; Wolski, Camila M. O. ; SERTA, R. G. ; Machado, Rafael P. ; Pombeiro, A ; E. E. dos Santos ; Fernandes, M. C. S. ; EMANHOTO, Eliseu ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. . Estudo dos Efeitos do Ozônio Gerado Durante os Ensaios de Equipamentos de Linha Viva Sobre os Materiais Poliméricos. In: VI CITENEL - VI Congresso De Inovação Tecnológica Em Energia Elétrica, 2011, Fortaleza. VI CITENEL - VI Congresso De Inovação Tecnológica Em Energia Elétrica, 2011.

20.
Pombeiro, A ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. ; Machado, R. P. ; de Paz, EM ; Wolski, Camila M. O. . Efeitos da degradação sobre as propriedades mecânicas e elétricas em materiais poliméricos aplicados em ferramentas de manutenção de redes energizadas. In: V CITTES, - Trabajos con tension y seguridad en transmision e distribuicion de energia electrica y mantenimiento sin tension de instalaciones de AT, 2011, Salta. V CITTES, - Trabajos con tension y seguridad en transmision e distribuicion de energia electrica y mantenimiento sin tension de instalaciones de AT, 2011.

21.
Lisevski, CI ; Wolski, CMO ; Machado, R. P. ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. . ESTUDO DAS PROPRIEDADES DA BORRACHA NATURAL SOB AÇÃO DO OZÔNIO. In: 65º Congresso da ABM, 1st TMS/ABM Congress e 18th IFHTSE Congress, 2010, Rio e Janeiro.. 65º Congresso Anual da ABM, 2010.

22.
Wolski, CMO ; INONE, Paulo C ; KLOSS, J. ; Rodrigues, L E ; Cabussu, MS ; MUNARO, M. . COMPORTAMENTO TERMOMECÂNICO DE NANOCOMPÓSITOS. In: 19º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais CBECiMat, 2010, 2010, Capmos do Jordão. 19º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais CBECiMat, 2010, 2010. p. 8431-8436.

23.
Ligia Marilia Piai Almeida ; SILVA, Guilherme C. ; INONE, Paulo ; LINERO, Luiz Eduardo ; MUNARO, M. ; AKCELRUD, Leni Campos . Desenvolvimento de blendas de polietileno com desempenho aperfeiçoado para utilização no setor elétrico. In: V Congresso de Inovação Tecnológica em energia elétrica -CITENEL I Seminário de Eficiência Energética no setor Elétrico, 2009, Belém. V Congresso de Inovação Tecnológica em energia elétrica -CITENEL I Seminário de Eficiência Energética no setor Elétrico, 2009.

24.
Ligia Marilia Piai Almeida ; Guilherme Cunha ; INONE, Paulo ; LINERO, Luiz Eduardo ; MUNARO, M. ; AKCELRUD, Leni Campos . CORRELAÇÕES ESTRUTURA/PROPRIEDADES DE BLENDAS DE POLIETILENOS.. In: 10º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2009, Foz do Iguaçu. 10º Congresso Brasileiro de Polímeros, 2009.

25.
MATSUI, Mitsuka ; MUNARO, M. ; AKCELRUD, Leni Campos . Biodegradable blends based on oligourethane and chitin: A morphological study. In: XI International Macromolecular Colloquium - 6 th International Symposium on Natural Polymer and Composites, 2007, Gramado. XI International Macromolecular Colloquium - 6 th International Symposium on Natural Polymer and Composites, 2007.

26.
MUNARO, M.; AKCELRUD, Leni Campos . Correlation between morphology and thermal-mechanical properties of HDPE/LDPE blends. In: XI International Macromolecular Colloquium - 6 th International Symposium on Natural Polymer and Composites, 2007, Gramado. XI International Macromolecular Colloquium - 6 th International Symposium on Natural Polymer and Composites, 2007.

27.
MUNARO, M.; BRANDT, Thiago Rubert ; AKCELRUD, Leni Campos . Morphological Characterization of LDPE / HDPE blends by dynamical mechanical analysis. In: 41 Internanational Symposion on Macromolecules, 2006, Rio de Janeriro. World Polymer congress - Macro 2006, 2006.

28.
DELBEN, Guilherme J. ; KOWALSKI, Edemir L. ; MUNARO, M. ; RODRIGUES, Paula C. ; AKCELRUD, Leni Campos ; ROBERT, Renê ; SWINKA FILHO, Vitoldo . Dielectric properties of HDPE/ Polyaniline blends. In: 41 Internanational Symposion on Macromolecules, 2006, Rio de Janeiro. World polymer congress - Macro 2006, 2006.

29.
MUNARO, M.; AKCELRUD, Leni Campos . BLENDAS DE HDPE/LLDPE: 1. DESEMPENHOS TÉRMICO E MORFOLÓGICO. In: 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005, Aguas de Lindóia. 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005. p. 678-679.

30.
MUNARO, M.; LEPIENSKI, Carlos Maurício ; MIKOWSKI, Alexandre ; AKCELRUD, Leni Campos . BLENDAS DE HDPE/LLDPE: 2. DESEMPENHO MECÂNICO.. In: 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005, Águas de Lindóia. 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005. p. 693-694.

31.
MUNARO, M.; PIAZZA, Fernando ; AKCELRUD, Leni Campos . DESEMPENHO DE ANÉIS DE FIXAÇÃO USADOS NA REDE PROTEGIDA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA SOB INTEMPERISMO NATURAL. In: 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005, Águas de Lindóia. 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005. p. 706-707.

32.
RODRIGUES, Paula C. ; MUNARO, M. ; AKCELRUD, Leni Campos . PROPRIEDADES TÉRMICAS DE REDES MISTAS DE POLIANILINA/POLIURETANO. In: 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005, Águas de Lindóia. 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005. p. 942-943.

33.
MATSUI, Mitsuka ; MUNARO, M. ; AKCELRUD, Leni Campos . CARACTERIZAÇÃO TÉRMICA DE BLENDAS DE OLIGÔMERO URETANICO E QUITINA POR DMTA E DSC.. In: 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005, Águas de Lindóia. 8 Congresso Brasileiro de Polímeros, 2005. p. 904-905.

34.
MUNARO, M.; SOUZA, Gabriel Pinto de ; AKCELRUD, Leni Campos . Estudo da degradação do polietileno usado em revestimento de cabos elétricos. In: 7o Congresso Brasileiro de Polímeros, 2003, Belo Horizonte / MG. 7o Congresso Brasileiro de Polímeros, 2003.

35.
MUNARO, M.; SOUZA, Gabriel Pinto de ; AKCELRUD, Leni Campos . Photo-oxidation effects on the thermomechanical properties of crosslinked high density polyethylene used in electrical covered cables. In: II Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais, 2003, Rio de Jaineirio. II Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais, 2003.

36.
MUNARO, M.; ALBERTI, Sandra Mara ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; KENNY, Elaine Dalledone ; EMANHOTO, Eliseu ; LINERO, Luiz Eduardo ; HARTTMAN, L. C. . Avaliação dos Impactos da Poluição Atmosférica correlacionada à Manutenção de Estruturas utilizadas no Setor Elétrico. In: CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003, Salvador. CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003.

37.
BOSZCZOWSKI, Roberta B. ; PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. ; MAYERLE, R. ; KORMANN, A. C. M. . Avaliação de Sistemas Submarinos de Distribuição de Energia. In: CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003, Salvador. CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003.

38.
PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; TOMIOKA, Jorge ; SILVA, Guilherme C. ; OCHIUTO, M. de Souza . Rede protegida piloto de Cuiabá ? Avaliação de equipamentos e materiais. In: CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003, Salvador. CITENEL - CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA, 2003.

39.
INONE, Paulo C ; PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. ; TOMIOKA, Jorge ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; SILVA, Guilherme C. ; LINERO, Luiz Eduardo ; HARTTMAN, L. C. . Avaliação da Geometria dos Acessórios de Redes Protegidas de Distribuição Considerando Solicitações devido ao Campo Elétrico e Ambientais. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, 2002, Brasilia. SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, 2002.

40.
MUNARO, M.; SOUZA, Gabriel Pinto de . Comportamento da degradação do polietileno avaliado por estabilidade térmica. In: 6o Congresso Brasileiro de Polímeros e IX International Macromolecular Colloquium, 2001, Gramado , RS. 6o Congresso Brasileiro de Polímeros e IX International Macromolecular Colloquium, 2001. p. 717-720.

41.
SCARPA, P. C. N. ; MUNARO, M. ; LEGUENZA, E. L. ; GULMINE, J. V. ; PIAZZA, Fernando ; DAS-GUPTA, D.K. ; SILVA, Guilherme C. ; BRAGA, D. ; BORNANCIM, A. ; MELLO, J. S. ; TOMIOKA, Jorge . AVALIAÇÃO DE CABOS ISOLADOS EM POLIETILENO UTILIZADOS EM REDES SUBTERRÂNEAS UTILIZANDO ENSAIOS DE TENSÃO DE RETORNO. In: XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, 2000, Foz do Iguaçu. XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, 2000.

42.
PARANHOS, J. R.M.R. ; MUNARO, M. ; PIAZZA, Fernando ; CARON, L. E. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; SCARPA, P. C. N. . AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE CAMPO DE MATERIAIS DE REDES COMPACTAS DE DISTRIBUIÇÃO. In: XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, 2000, Foz do Iguaçu. XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Foz do Iguaçu - Pr, 2000.

43.
PARANHOS, J. R.M.R. ; MUNARO, M. ; PIAZZA, Fernando ; CARON, L. E. . Acompanhamento comparativo entre ensaios de laboratório e desempenho de campo de materiais poliméricos de redes compactas protegidas de distribuição de 13,8 kv.. In: 4º Encontro Luso-Afro-Brasileiro de Planejamento e Exploração de Redes de Energia, 1999, Rio de Janeiro, 1999.

44.
MUNARO, M.; MORENO, L. ; SCARPA, P.C.N. ; DAS-GUPTA, D.K. . Polarization behaviour in polymers. In: Conference on Electrical Insulation and Dielectric Phenomena, 1999, Austin. 1999 Annual Report Conference on Electrical Insulation and Dielectric Phenomena (Cat. No.99CH36319). p. 19.

45.
MUNARO, M.; BOTELHO, L. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; CARON, L. E. . Avaliação da degradação de polietileno de revestimento de cabos de distribuição de energia elétrica e acessórios através da temperatura de oxidação medida por calorimetria diferencial (DSC).. In: VI SEMEL e 13o. CBCIMAT, 1998, Curitiba. VI SEMEL e 13o. CBCIMAT, 1998.

46.
MUNARO, M.; TRINDADE, E. . Determinação do DBPC e produtos de degradação em óleo lubrificante. Parte I. Desenvolvimento do método. In: III Seminário de Materiais no Setor Elétrico (SEMEL), 1992, Curitiba, 1992.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
RICHART, FÁBIO S. ; KLOSS, J. ; Wolski, CMO ; PINHEIRO, M. J. C. ; PORTELLA, K. F. ; MUNARO, M. . Influencia do Processamento nas propriedades mecânicas do nanocompósito PEAD-PEBDL/ argila organofílica Livre de Sal de Amônio. In: 12° Congresso Brasileiro de Polímeros (12°CBPol), 2013, Florianópolis. 12° Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013.

2.
SALUM, A. S. ; RICHART, FÁBIO S. ; GRANADO, C. J. F. ; Wolski, Camila M. O. ; PORTELLA, K. F. ; PIANARO, S. A. ; SANTOS, J. C. M. ; MUNARO, M. . Influencia da concentração de fibras de sisal e coco nas propriedades mecânicas de compósitos com polipropileno. In: 12° Congresso Brasileiro de Polímeros (12°CBPol), 2013, Florianópolis. 12° Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013.

3.
VIEIRA, D. E. ; Machado, R. P. ; BORGES, V. S. ; GUERRA, F. A. ; HERNARSKI, G. R. ; LIMA, J. P. ; REIS, F. A. ; MUNHOZ, D. L. ; MUNARO, M. ; KOWALSKI, Edemir L. . Avaliação da compatibilidade da borracha natural com detergente iônico. In: 12° Congresso Brasileiro de Polímeros (12°CBPol)., 2013, Florianópolis. 12° Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013.

4.
AVILA, M. C. ; MUNARO, M. ; KLOSS, J. . Propriedades reológicas e reométricas do composto SBR/BR/NR/argila organofílica para fabricação de bandas de rodagem. In: Congresso Brasileiro de Polímeros (12°CBPol), 2013, Florianópolis. Congresso Brasileiro de Polímeros, 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MUNARO, A. P. ; RICHART, FÁBIO S. ; SALUM, A. S. ; CARVALHO, F. I. ; KLOSS, J. ; PINTO, J. M. ; AKCELRUD, Leni Campos ; MUNARO, M. . Silicone rubber insulator coatings: a study of the photodegradation mechanism. In: 46th World Chemistry Congress 40ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2017, São Paulo. 46th World Chemistry Congress 40ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2017.

2.
RIBEIRO, SEBASTIAO ; BRENNER, MARCELL A. ; CARVALHO, FRANCYELE I. ; ARAUJO, DIEGO B. ; MENDES, ALBARI S. ; Munaro, Marilda ; DADAM, ALESSANDRO P. . Development of a multi stress chamber applied to polymeric equipment of electrical distribution networks. In: 2016 IEEE/PES Transmission and Distribution Conference and Exposition (T&D), 2016, Dallas. 2016 IEEE/PES Transmission and Distribution Conference and Exposition (T&D). p. 1.

3.
SANTOS, K. ; MOTTA, H. N. ; CAMPOS, E. A. ; GULMINE, J. V. ; MUNARO, M. . Modified sodium bentonita with aromatic ammonium salt. In: XIII Encontro da SBPMat, 2013, Campos do Jardão. XIII Encontro da SBPMat, 2013.

4.
MUNARO, M.; INONE, Paulo ; OLIVEIRA, Suely ; HARTMANN, Luiz Carlos ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; PIAZZA, Fernando . Composite insulators and arresters hausing materials evaluation by modified eletrical tracking testing. In: XIV International Materials research congress, 2005, Cancun. XIV International Materials research congress, 2005. v. 7. p. p102-p102.

Demais trabalhos
1.
PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; SILVA, Guilherme C. ; TOMIOKA, Jorge . PESQUISA DO COMPORTAMENTO DOS CABOS PROTEGIDOS E ACESSÓRIOS DE REDE PROTEGIDA AÉREA COMPACTA SUBMETIDOS ÀS SOLICITAÇÕES TÍPICAS DA REGIÃO CENTRO OESTE DO BRASIL.. 2002 (Pesquisa e desenvolvimento) .

2.
SOUZA, Gabriel Pinto de ; MUNARO, M. ; PIAZZA, Fernando ; SILVA, Guilherme C. . AVALIAÇÃO DE CABOS SUBMARINOS - MANUAL PARA A AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA SUBMERSOS: ESTUDO DE CASO EM ÁREA MODELO - CARACTERIZAÇÃO DOS MATERIAIS DO CABO.. 2002 (Pesquisa e desenvolvimento) .

3.
ALBERTI, Sandra Mara ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; MUNARO, M. ; KENNY, Elaine Dalledone . Avaliação dos impactos da poluição atmosférica correlacionada à manutenção de estruturas utilizadas no Setor Elétrico. 2002 (Pesquisa e desenvolvimento) .

4.
MUNARO, M.; CARON, L. E. ; SOUZA, Gabriel Pinto de ; PIAZZA, Fernando . Projeto de avaliação do comportamento dos materiais de redes compactas de distribuição de energia elétrica - Progeto Getulio Vargas. 1996 (Pesquisa e desenvolvimento) .



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 KOWALSKI, Edemir L. ; Machado, R. P. ; MUNARO, M. ; RIBEIRO JUNIOR, S. ; HERNASKI, G. R. ; Pombeiro, A . Equipamento para ensaio mecânico não destrutivo em coberturas circulares. 2012, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR102012032609, título: "Equipamento para ensaio mecânico não destrutivo em coberturas circulares" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 20/12/2012; Depósito PCT: 20/12/2012.

2.
 KOWALSKI, Edemir L. ; Machado, R. P. ; RIBEIRO JUNIOR, S. ; HERNASKI, G. R. ; MUNARO, M. ; Pombeiro, Anselmo . Equipamento para ensaio mecânico não destrutivo em coberturas de condutores. 2012, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020120326043, título: "Equipamento para ensaio mecânico não destrutivo em coberturas de condutores" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 20/12/2012; Depósito PCT: 20/12/2012.

3.
 J. K. Akishino ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; MUNARO, M. . Sensor termosensível para monitoramento de sobre aquecimento em conexões elétricas. 2013, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR1020130217000, título: "Sensor termosensível para monitoramento de sobre aquecimento em conexões elétricas" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 26/08/2013; Depósito PCT: 26/08/2013; Concessão: 26/08/2013.

4.
 MUNARO, M.; SANTOS, S. L. F. ; DADAM, A. P. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; KOWALSKI, Edemir L. ; SILVA, Guilherme C. ; RICHART, F. S. ; RIBEIRO JÚNIOR, S. ; OKA, M. H. . DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESPAÇADOR PARA REDES PROTEGIDAS DE CLASSE DE TENSÃO DE 15 KV PARA REGIÕES COM ELEVADA AGRESSIVIDADE AMBIENTAL. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR20201501864, título: "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESPAÇADOR PARA REDES PROTEGIDAS DE CLASSE DE TENSÃO DE 15 KV PARA REGIÕES COM ELEVADA AGRESSIVIDADE AMBIENTAL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 04/08/2015

5.
 MUNARO, M.; CARVALHO, F. I. ; RICHART, F. S. ; SILVA, Guilherme C. ; SALUM, A. S. ; DADAM, A. P. ; OKA, M. H. . FORMULAÇÃO DE POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201600126, título: "FORMULAÇÃO DE POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 20/01/2016



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MARIANO, A. B.; MUNARO, M.; UGAYA, C. M. L.. Participação em banca de Gustavo Strauch Wilin Finger. Aumento de biomassa de microalgas cultivadas em fotobioreatores pela injeção de emissões de grupo motogerador a diesel.. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

2.
MUNARO, M.; SILVA, Guilherme C.; LAZZARETTI, A. E.. Participação em banca de Hernani Maurício Ferreira Szymanski. Avaliação de material termoplástico resistente ao trilhamento elétrico para aplicação em capa externa de cabos ópticos autossustentados. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec.

3.
MUNARO, M.; SWINKA FILHO, Vitoldo; LOPES, E. M. O.. Participação em banca de Adriano Rodrigues da Silva. Avaliação do desempenho tribológico de composições de PTFE em ensaio tipo esfera disco. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec.

4.
MUNARO, M.; DEUS, J. F.; Carlos Itsuo Yamamoto. Participação em banca de Cassio Paluch Menini. Avaliação dos resíduos gerados durante a destruição das PCBS utilizando o processo KPEG. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

5.
MUNARO, M.; SILVA, Guilherme C.; COUSSEAU, T.. Participação em banca de Lorival Antunes da Silva Junior. Estudo da viabilidade técnica da utilização de materiais poliméricos autolubrificantes no uso de mancais de pequenas unidades geradoras horizontais. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec.

6.
MUNARO, M.; GROVA, I. R.; KOWALSKI, Edemir L.. Participação em banca de Francyele Ines de Carvalho. Desenvolvimento e avaliação de formulações de polietileno para aplicação em equipamentos utilizados em redes de distribuição de energia elétrica em regiões de elevada agressividade ambiental. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

7.
DILAY, E.; MUNARO, M.; VARGAS, J. V. C.. Participação em banca de Diogo de Oliveira Corrêia. Desenvolvimento e caracterização do cultivo de microalgas em fotobiorreator alimentado por emissoões gassosas de motores. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

8.
CARVALHO, B. M.; KOWALSKI, Edemir L.; MUNARO, M.. Participação em banca de Maruro Cesar de Avila. Desenvolvimento e avaliação do desempenho e compatibilidade de formulações de NBR quando em contato com óleos isolantes mineral e éster natural isolante. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

9.
LOURENCO, S. A.; MUNARO, M.; ROMAN, L. S.. Participação em banca de Marcelo Eising. Dispositivos sensores de gases baseados no compósito nanotubos de carbono/polianilina. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

10.
SAMIUS, D.; WYPYCH, F.; MUNARO, M.. Participação em banca de Kassia dos Santos. Desenvolvimento e avaliação de sistemas de extração de compostos carbonilados em amostras de óleo mineral contaminado com PCBs. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

11.
SANTIAGO, E. I.; KOWALSKI, Edemir L.; MUNARO, M.. Participação em banca de Jéssica Kemie Akishino. Desenvolvimento e avaliação de sensor termosensível para detecção de aquecimento de conectores elétricos. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

12.
CANTO, L. B.; SWINKA FILHO, Vitoldo; MUNARO, M.. Participação em banca de Larissa Mildemberger. Avaliação do desempenho de indicadores de degradação de sistemas isolantes papel/óleo usados em transformadores de potência. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

13.
BARBOSA, RONILSON V.; CORDEIRO, C. S.; Munaro, Marilda. Participação em banca de Breidi Albach. Síntese do poli(etileno-co-álcool vinílico-g-norbixina) para aplicação em isoladores elétricos de redes eletricas compactas protegidas. 2014. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Paraná.

14.
ARROYO, P. A.; MARIANO, A. B.; MUNARO, M.. Participação em banca de DhyogoMiléo Taher. Biodisel de microalgas cultivada em dejeto suíno biodegerido.. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

15.
KOWALSKI, Edemir L.; Oliveira, M. M; MUNARO, M.. Participação em banca de Fábio Scssiato Richart. Influência do processamento na preparação de compósito PEAD/PEBDL/argila organofílica para utilização em equipamentos para o setor elétrico. 2013.

16.
RUBIRA, A. F.; MUNARO, M.; WYPYCH, F.. Participação em banca de Silvia Jaerger. Compósitos de polietileno de baixa desnsidade contendo hidroxido duplos e hidroxissais lamelares orga. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

17.
KLOSS, J.; SWINKA FILHO, Vitoldo; MUNARO, M.. Participação em banca de Guilherme Rachelle Hernaski. Preparação e avaliação de formulações termoplásticas com aditivos fotoluminescentes para aplicação em coberturas rigidas utilizados na manutenção de redes energizadas. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

18.
MORA, N. D.; MUNARO, M.; Wilhelm, H. M.. Participação em banca de Dieli Carolina da Silva. Avaliação da interação de materiais internos do transformador com fluidos isolantes tipo ester natura e óleo mineral. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

19.
ARROYO, P. A.; MUNARO, M.; MARIANO, A. B.. Participação em banca de Dhyogo Miléo Taher. Biodisel de microalgas cultivados em dejeto Suíno biodegradado. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

20.
MARCONCINI, J. M.; KOWALSKI, Edemir L.; MUNARO, M.. Participação em banca de Fabio Scussiato Richart. Influência do processamento na preparação de compósitos PEAD/BEBDL/argila organofílica para utilização em equipamentos para o setor elétrico. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

21.
E. M. Girotto; MUNARO, M.; WYPYCH, F.. Participação em banca de Marlon Luiz Neves da Silva. Compósitos de Poli(vinil álcool) reforçados com hidroxissais lamelares, intercalados com corantes aniônicos azo.. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

22.
ANAISSE, F. J.; WOHNRATH, K.; MUNARO, M.; WYPYCH, F.. Participação em banca de Aline Hara da Silva. Nanocompósitos de amido termoplástico, reforçados com hidróxidos duplos lamelares. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

23.
KLOSS, J.; Carlos Itsuo Yamamoto; MUNARO, M.. Participação em banca de Adriana Helfenberger Coleto de Assis. Avaliação das mudanças ocorridas em fibras de poliester submetidas a tratamento alcalino e enzimático. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

24.
Gimenez, I . F.; MUNARO, M.; Oliveira, M. M. Participação em banca de Hiany Mehel. Nanocompósitos Formados por nanotubos de carbono, nonopartículas de prata e polianilina:Síntese e caracterização.. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

25.
Antonio Andre Chivanga Barro; Munaro, Marilda; Carlos Itsuo Yamamoto. Participação em banca de Luciane Godoi. Estudo do comportamento dos ligantes asfalticos utilizados na imprimação asfáltica relacionados a emissão de VOC'S. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

26.
Janissek, Paulo Roberto; AKCELRUD, Leni Campos; Munaro, Marilda. Participação em banca de Emilio Merino de paz Junior. Avaliação da degradação em equipamentos de proteção utilizados na manutenção de redes de energia elétrica energizadas. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

27.
MUNARO, M.; Arroyo, P A; Wilhelm, H. M.. Participação em banca de Guilherme Barrachina Stocco. Regeneração de óleo vegetal isolante - estudo em escala laboratorial. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

28.
SWINKA FILHO, Vitoldo; MUNARO, M.; Kleber F. Portella. Participação em banca de Guilherme Jurkevicz Delben. Avaliação da resposta da bobina de Rogowski para aplicação em sensor de descargas elétricas em isoladores. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

29.
GULMINE, J. V.; MUNARO, M.; Kleber F. Portella; SWINKA FILHO, Vitoldo. Participação em banca de Rosimeri Cruz Fagundes. Avaliação de acessórios poliméricos de redes compactas protegidas por meio de ensaio de multiestressamento e simulação computacinal. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
VOLPATO, N.; AHRENS, C. H.; MUNARO, M.; FOGGIATTO, J. A.; AZEVEDO, E. C.. Participação em banca de Luciano Zart Olanyk. Desenvolvimento de polímero termoplástico de glicerina para aplicação na manufatura aditiva por extrusão de material. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica e de Materiais) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

2.
WYPYCH, F.; LONA, L. M. F.; ZAWADZKI, SÔNIA F.; MUNARO, M.; ARAUJO, M. P.. Participação em banca de Silvia Jaerger. Compósitos de polietileno de baixa densidade contendo hidróxidos duplos lamelares coloridos, intercalados com surfactantes aniônicos. 2017. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Paraná.

3.
KAMINARI, N. M. S.; PESSOA, C. A.; MUNARO, M.; ZAMORA, P. G. P.; PONTE, H. A.. Participação em banca de Luciana Godoi. Recuperação de vanádio por remediação eletrocinética de catalizadores desativados provenientes do processos de craqueamento catalítico fluidizado (FCC). 2016. Tese (Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

4.
MYMRINE, V.; DILAY, E.; MUNARO, M.; ROMAN, L. S.; VARGAS, J. V. C.. Participação em banca de Marisa Daniele Sherer. Avaliação do ciclo de vida (ACV) da produção de biodisel de microalgas cultivadas em fotobiorreatores compactos industriais via SIMAPRO 7.3. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

5.
SIMIONATTO, E. L.; GIMENES, M. L.; MUNARO, M.; PONTE, H. A.; Carlos Itsuo Yamamoto. Participação em banca de Andre Romualdo Lopes. Adsorção de compostos de enxofre e nitrogênio do diesel comercial por carvão ativado impregnado com paládio. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

6.
BARBOSA, RONILSON V.; MUNIZ, E. C.; MUNARO, M.; MAIA, B. H. L. N. S.; CORDEIRO, C. S.; CORDEIRO, A. R. M.. Participação em banca de Tiago Hommerding Pedrozo. Plastificantes alternativos para PVC obtidos a partir de modificações do óleo de soja. 2014. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Paraná.

7.
ANIASSI, F. J.; MIKOWSKI, Alexandre; MUNARO, M.; ROMAN, L. S.; WYPYCH, F.. Participação em banca de Ademir Zimmermann. Hidroxissais e hidróxidos duplos lamelares contendo ânios cloreto de corantes aniônicos azo usados com cargas em matriz polimérica de PEAD. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

8.
SEIDEL, K. F.; GIACOMETTI, J. A.; MUNARO, M.; RIBEIRO, E.; AKCELRUD, Leni Campos. Participação em banca de Juliana de Fátima Prestes Sousa. Transporte de cargas em polímeros semicondutores para aplicação em dispositivos fotovoltáicos. 2014. Tese (Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

9.
SOUSA, J. A.; NEGRAO, C. O.; MUNARO, M.; MARINO, C. E. B.; Vargas, J.V.C.. Participação em banca de Emerson Dilay. Modelagem e simulação para engenharia de sistemas: acondicionamento de eletrônicos, navios elétricos e fotobiorreatores. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

10.
Maurício Pereira Cantão; D'Alkaine, C. V.; Carmargo, P. C.; MUNARO, M.; Impinnisi, P. R.. Participação em banca de Juliano de Andrade. Estudo da Morfologia do filme de PbSo4 sobre Pb em solução de H2SO4. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

11.
Monteiro, Sergio Neves; AMICO, Sando C; Saul, C. K; Munaro, Marilda; Satyanarayana, Kestur Gundappa. Participação em banca de José Luiz Guimarães. Fabricação e caracterização de compósitos de amido plastificado com glicerol e reforçados com fibras vegetais. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Doutorado
1.
MUNARO, M.; ZAMOA, P. G. P.; PONTE, H. A.. Participação em banca de Luciane de Godoi. Obtenção de vanádio por remadiação eletrocinética de catalizadores E-CAT provinientes do processo (FCC). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

2.
KOWALSKI, Edemir L.; MUNARO, M.; MATOS, C. F.; ROMAN, L. S.. Participação em banca de Luis Carlos Mariano. Estudo das propriedades elétricas de novos nanomateriais com viabilidade de aplicação em dispositivos eletrônicos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

3.
MUNARO, M.; ROMAN, L. S.; VARGAS, J. V. C.. Participação em banca de Marisa Daniele Sherer. Avaliação do ciclo de vida (ACV) da produção de biodisel de microalgas cultivadas em fotobiorreatores compactos industriais via SIMAPRO 7.3. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

4.
MUNARO, M.; PONTE, H. A.; Carlos Itsuo Yamamoto. Participação em banca de Aurea Lucia Vendramin Grorgi. Aquecimento solar de água - otimização e racionalização de materias e energia alternativa fundamental para o desenvolvimento sustentável. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

5.
HERMES, C. J. L.; MUNARO, M.; Vargas, J.V.C.. Participação em banca de Emerson Dilay. Modelagem e simulação de sistemas integrados de engenharia: acondicionamento de eletrônicos, navios elétricos e fotobiorreatores. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

6.
MUNARO, M.; Oliveira, M. M; AKCELRUD, Leni Campos. Participação em banca de Sandra de Melo Cassemiro. Síntese, caracterização r propriedades eletro-ópticas de polímeros contendo unidades fluorrno associadas a heterocíclocos para a confecção de dispositivos eletroluminescentes e fotovoltáicos. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Mestrado
1.
MUNARO, M.; SWINKA FILHO, Vitoldo; Kleber F. Portella. Participação em banca de Tiago Scheffer de Matos. Avaliação da especificação técnica por desempenho mecânico no ligante asfáltico brasileiro. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

2.
MAGALHAES, W. L. E.; Carlos Itsuo Yamamoto; MUNARO, M.. Participação em banca de Cassio Paluch Menini. Avaliação de resíduos gerados durante a destruição das PCBs utilizando o processo KPeg.. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

3.
MUNARO, M.; ARIAS, A. C.; ROMAN, L. S.. Participação em banca de Liziane Barbara Bugalski. Dispositivos fotovoltaicos utilizando porfirinas modificadas como camada ativa. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

4.
KOWALSKI, Edemir L.; Carlos Itsuo Yamamoto; MUNARO, M.. Participação em banca de Mauro Cesar Avila. Desenvolvimento e avaliação do desempenho e compatibilidade de formulações de NBR quando em contato com óleos isolantes mineral e éster natural isolante. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

5.
MARINO, C. E. B.; MUNARO, M.; MARIANO, A. B.. Participação em banca de Débora Andreatta da Silva. Produção de Biomassa de microalgas cultivadas em esgoto sanitário biodigerido visando a produção de biocombustíveis. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

6.
SWINKA FILHO, Vitoldo; MARINO, C. E. B.; MUNARO, M.. Participação em banca de Larissa Mildemberger. Avaliação do desempenho de indicadores de degradação de sistemas isolantes papel/óleo usados em transformadores de potência. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

7.
Carlos Itsuo Yamamoto; MARIANO, A. B.; MUNARO, M.. Participação em banca de Kassia dos Santos. Desenvolvimento e avaliação de sistemas de extração de compostos carbonilados em amostras de óleo mineral contaminado com PCBs. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

8.
PONTE, H. A.; KOWALSKI, Edemir L.; MUNARO, M.. Participação em banca de Jéssica Kimie Akishino. Desenvolvimento e avaliação de sensor termosensível para detecção de aquecimento de conectores elétricos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

9.
GODOI, R. H. M.; MUNARO, M.; MARIANO, A. B.. Participação em banca de Bruno Miyawaki. Purificação de biogás por cultivo de autotrófico de microalgas. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.

10.
MUNARO, M.; PONTE, H. A.; Carlos Itsuo Yamamoto. Participação em banca de Akemi Suzuki. Estudo da resistência a vincagem baseado na influência das propriedades do papel cartão e dos processos de conversão vinco e dobra de embalagens para alimentos líquidos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná.

11.
SYDENSTRICKER, Thais H D; MUNARO, M.; Wilhelm, H. M.. Participação em banca de Dieli Carolina da Silva. Avaliação da interação de materiais internos do transformador com fluidos isolantes tipo éster natural e óleo mineral. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Congresso de Inovação Tecnológica em energia elétrica -CITENEL I Seminário de Eficiência Energética no setor Elétrico. Desenvolvimento de blendas de polietileno com desempenho aperfeiçoado para utilização no setor elétrico. 2009. (Congresso).

2.
XI International Macromolecular Colloquium - 6 th International Symposium on Natural Polymer and Composite.Correlation between morphology and thermal-mechanical properties of HDPE/LDPE blends. 2007. (Simpósio).

3.
Internanational Symposion on Macromolecules.Morphological Characterization of LDPE / HDPE blends by dynamical mechanical analysis. 2006. (Simpósio).

4.
8 Congresso Brasileiro de Polímeros.. BLENDAS DE HDPE/LLDPE: 1. DESEMPENHOS TÉRMICO E MORFOLÓGICO. 2005. (Congresso).

5.
6o Congresso Brasileiro de Polímeros e IX International Macromolecular Colloquium,. Comportamento da degradação do polietileno avaliado por estabilidade térmica. 2001. (Congresso).

6.
XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA.XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. 2000. (Seminário).

7.
VI SEMEL e 13o. CBCIMAT. Avaliação da degradação de polietileno de revestimento de cabos de distribuição de energia elétrica e acessórios através da temperatura de oxidação medida por calorimetria diferencial (DSC). 1998. (Congresso).

8.
III Seminário de Materiais no Setor Elétrico (SEMEL.Determinação do DBPC e produtos de degradação em óleo lubrificante. Parte I. Desenvolvimento do método. 1992. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Murilo Arnaldo Hobmeir. Desenvolvimento e Avaliação de Formulações de Polietileno de Alta Densidade com Hidróxido de Magnésio.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Desenv. de Tecnologia) - Instituto de Tecnologia Para o Desenvolvimento. (Orientador).

2.
Fernando Henrique Coffacci de Lima. AVALIAÇÃO DE RECOBRIMENTO DE SILICONE EM ISOLADORES DE VIDRO PARA REDES ELÉTRICAS DE ALTA TENSÃO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Mauro Cesar De Avila. Desenvolvimento e avaliação de formulações elastoméricas compatíveis com éster natural isolante (ENI) utilizados em transformadores de potência. Início: 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

2.
Signie Laureano França Santos. Desenvolvimento e avaliação elétrica e por simulação computacional de espaçador para redes protegidas para aplicação em regiões com elevada agressividade ambiental. Início: 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Engenharia - PIPe) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Cassio Paluch Menini. AVALIAÇÃO DOS RESÍDUOS GERADOS DURANTE A DESTRUIÇÃO DE PCB'S COM MÉTODO UTILIZANDO PEG. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Marilda Munaro.

2.
Adriano Rodrigues Da Silva. Avaliação do desempenho tribológico de composições de PTFE em ensaio tipo esfera disco. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec, . Orientador: Marilda Munaro.

3.
Hernani Mauricio Ferreira Szymanski. Avaliação de material termoplástico resistente ao trilhamento elétrico para aplicação em capa externa de cabos ópticos autossustentados. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec, . Orientador: Marilda Munaro.

4.
Lorival Antunes Da Silva Junior. ESTUDO DA VIABILIDADE TÉCNICA DA UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS POLIMÉRICOS AUTOLUBRIFICANTES NO USO DE MANCAIS DE PEQUENAS UNIDADES GERADORAS HORIZONTAIS. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional (stricto sensu) em Desenvolvimento de Tecnologia) - Institutos Lactec, . Orientador: Marilda Munaro.

5.
Francyele Ines De Carvalho. Desenvolvimento e avaliação de formulações de polietileno para aplicação em equipamentos utilizados em redes de distribuição de energia elétrica em regiões de elevada agressividade ambiental. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Marilda Munaro.

6.
Larissa Mildemberger. Avaliação do desempenho de indicadores de degradação de sistemas isolantes papel/óleo usados em transformadores de potência. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Orientador: Marilda Munaro.

7.
Kassia dos Santos. Desenvolvimento e avaliação de sistemas de extração de compostos carbonilados em amostras de óleo mineral contaminado com PCBs. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Orientador: Marilda Munaro.

8.
Jéssica Kimie Akishino. Desenvolvimento e avaliação de sensor termosensível para detecção de aquecimento de conectores elétricos. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Orientador: Marilda Munaro.

9.
Mauro Cesar de Avila. Desenvolvimento e avaliação do desempenho e compatibilidade de formulações de NBR quando em contato com óleos isolantes mineral e ester natural isolante. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Marilda Munaro.

10.
Roberta Vergara da Fonseca. Avaliação de filmes coextrusados de PET/ PEBD E PET/ EVOH/ PEBD usados em embalagens para alimentos. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Marilda Munaro.

11.
Debora Egea Vieira. Desenvolvimento e avaliação de produtos de limpeza para equipamentos de proteção individual e coletivos aplicados na manutenção de redes de energia elétrica. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Coorientador: Marilda Munaro.

12.
Guilherme Hernaski. Preparação e avaliação de formulações termoplásticas com aditivos fotoluminescentes para aplicação em coberturas rígidas utilizadas na manutenção de redes energizadas. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Orientador: Marilda Munaro.

13.
FABIO SCUSSIATO RICHART. Influência do processamento na preparação de compósito PEAD/PEBDL/argila organofílica para utilização em equipamentos para o setor elétrico. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Agencia Nacional de Energia Eletrica. Orientador: Marilda Munaro.

14.
Camila Mariana De Oliveira Wolski. Preparação e caracterização de nanocompósitos para aplicação no setor elétrico. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica. Orientador: Marilda Munaro.

15.
Adriana Helfenberger Coleto Assis. Avaliação das mudanças ocorridas em fibras de poliéster que submetidas a tratamento alcalino e enzimática.. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Marilda Munaro.

16.
Camila Agner D?Aquino. Desenvolvimento de materiais poliméricos transparentes para fotobiorreatores. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação Eng. e Ciência dos Mat) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Marilda Munaro.

17.
Caroline Inês Lisevski. ESTUDO DO EFEITO DO OZÔNIO GERADO EM ENSAIOS ELÉTRICOS EM FERRAMENTAS DE MANUTENÇÃO DE LINHA-VIVA. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: Marilda Munaro.

18.
Emilio Merino De Paz Junior. Avaliação da degradação em equipamentos de proteção utilizados na manutenção de redes de energia elétrica energizadas. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de pós-graduação em Engenharia) - Universidade Federal do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica. Orientador: Marilda Munaro.

Tese de doutorado
1.
MATEUS DUARTE TEIXEIRA. AVALIAÇÃO DOS MECANISMOS DE DEGRADAÇÃO DO FILME DE POLIPROPILENO ISOTÁTICO EMPREGADO EM CAPACITORES DE POTÊNCIA. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Marilda Munaro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Camila Mariana De Oliveira Wolski. Estudo das propriedades térmicas, mecânicas e degradação dos materiais poliméricos utilizados na confecção de ferramentas de linha viva. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em plásticos e moldes) - Faculdade Sociesc de Curitiba. Orientador: Marilda Munaro.

Iniciação científica
1.
Ana Paula Munaro. Avaliação da degradação de silicone empregado na confecção de isoladores e chave fusíveis quando expostos a foto e termo degradação. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marilda Munaro.

2.
Roberta Figueiredo Pereira. Preparação e caracterização de formulações de polietileno com aditivos retardantes a chama. 2013. Iniciação Científica - Instituto de Tecnologia Para o Desenvolvimento, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marilda Munaro.

3.
Jessica Kimie Akishino. Desenvolvimento e avaliação de nanocompósitos para aplicação no setor elétrico. 2011. Iniciação Científica - Instituto de Tecnologia Para o Desenvolvimento, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marilda Munaro.

4.
Camila Mariana De Oliveira Wolski. Avaliação dos processos de degradação nos materiais poliméricos ocasionados pelo ozônio gerado durante o ensaio de tensão aplicada. 2009. Iniciação Científica - Instituto de Tecnologia Para o Desenvolvimento, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marilda Munaro.

5.
Camila Mariana de Oliveira Wolski. Estudo das propriedades térmicas, mecânicas e degradação dos meterias poliméricos usados na confecção de ferramentas para linha viva. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Tecnologia em plásticos e moldes) - Faculdade Sociesc de Curitiba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marilda Munaro.



Inovação



Patente
1.
 MUNARO, M.; SANTOS, S. L. F. ; DADAM, A. P. ; SWINKA FILHO, Vitoldo ; KOWALSKI, Edemir L. ; SILVA, Guilherme C. ; RICHART, F. S. ; RIBEIRO JÚNIOR, S. ; OKA, M. H. . DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESPAÇADOR PARA REDES PROTEGIDAS DE CLASSE DE TENSÃO DE 15 KV PARA REGIÕES COM ELEVADA AGRESSIVIDADE AMBIENTAL. 2015, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: BR20201501864, título: "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESPAÇADOR PARA REDES PROTEGIDAS DE CLASSE DE TENSÃO DE 15 KV PARA REGIÕES COM ELEVADA AGRESSIVIDADE AMBIENTAL" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 04/08/2015

2.
 MUNARO, M.; CARVALHO, F. I. ; RICHART, F. S. ; SILVA, Guilherme C. ; SALUM, A. S. ; DADAM, A. P. ; OKA, M. H. . FORMULAÇÃO DE POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201600126, título: "FORMULAÇÃO DE POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 20/01/2016



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
HARTMANN, Luiz Carlos2008HARTMANN, Luiz Carlos ; INONE, Paulo C ; SILVA, Guilherme C. ; PIAZZA, Fernando ; MUNARO, M. . Revisão de especificação: Avaliação de anéis de amarração usados nas redes protegidas de energia elétrica. Espaço Energia, v. 9, p. 08-12, 2008.

2.
HARTMANN, Luiz Carlos2008HARTMANN, Luiz Carlos ; LINERO, Luiz Eduardo ; PIAZZA, Fernando ; SILVA, Guilherme C. ; MUNARO, M. . Desenvolvimento de nova metodologia para avalição de equipamentos e acessórios de redes protegidas sob condições de multiestressamento. Espaço Energia, v. 9, p. 13-20, 2008.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 1:24:57